REPRESENTAÇÃO GRÁFICA DOS DADOS DOS QUESTIONÁRIOS DA IGEC RELATÓRIO IGEC - TRABALHADORES DOCENTES I

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REPRESENTAÇÃO GRÁFICA DOS DADOS DOS QUESTIONÁRIOS DA IGEC RELATÓRIO IGEC - TRABALHADORES DOCENTES I"

Transcrição

1 REPRESENTAÇÃO GRÁFICA DOS DADOS DOS QUESTIONÁRIOS DA IGEC A - TRABALHADORES DOCENTES RELATÓRIO IGEC - TRABALHADORES DOCENTES I 1. O ensino nesta escola é exigente 17,3 19,6 58,3 2. A escola é aberta ao exterior 45,8 49,4 3. A informação circula bem na escola 26,8 57,1 4. A Direção valoriza os meus contributos para o funcionamento da escola 5. As salas de aula são confortáveis ,3 23, ,5 totalmente Os espaços de desporto e recreio da escola são adequados 18,5 11,9 53,6 7. O refeitório e o bufete funcionam bem e têm qualidade 13,1 27,4 39,3 8. Os alunos respeitam os professores 19,6 45,2 9. Os alunos respeitam o pessoal não docente 23,8 42,9 10. A biblioteca está bem apetrechada e funciona bem 31,5 55,4 11. O uso dos computadores na sala de aula é prática comum nesta escola 11,9 26,8 44 1

2 RELATÓRIO IGEC - TRABALHADORES DOCENTES II 12. O comportamento dos alunos é bom 32,1 26,8 31,5 13. As situações de indisciplina são bem resolvidas 10,7 29, A Direção é disponível 47,6 39,9 15. A Direção partilha competências e responsabilidades 16,1 27,4 48,2 16. A Direção sabe gerir os conflitos 18,5 49,4 totalmente 17. A escola tem uma boa liderança 23,8 46,4 18. A Direção envolve os trabalhadores na autoavaliação da escola 11,9 54,2 19. A escola é limpa 23,2 61,3 20. A escola é segura 11,9 23,2 57,7 21. Os serviços administrativos funcionam bem 11,3 64,3 22. O ambiente de trabalho é bom 11,9 21,4 58,9 23. Gosto de trabalhar nesta escola 14,9 34,5 42,9 2

3 B - TRABALHADORES NÃO DOCENTES RELATÓRIO IGEC - TRABALHADORES NÃO DOCENTES I 1. O ensino nesta escola é exigente 59,7 2. A escola é aberta ao exterior 20,8 65,3 3. A informação circula bem na escola 44,4 4. A Direção valoriza os meus contributos para o funcionamento da escola 15,3 44,4 5. As salas de aula são confortáveis 12,5 43,1 totalmente 6. Os espaços de desporto e recreio da escola são adequados 15,3 65,3 7. O refeitório e o bufete funcionam bem e têm qualidade 18,1 16,7 52,8 8. Os alunos respeitam os professores 23,6 23,6 37,5 9. Os alunos respeitam o pessoal não docente 20,8 22,2 45,8 10. A biblioteca está bem apetrechada e funciona bem 65,3 11. O uso dos computadores na sala de aula é prática comum nesta escola 12,5 12,5 12,5 43,1 3

4 RELATÓRIO IGEC - TRABALHADORES NÃO DOCENTES II 12. O comportamento dos alunos é bom 34,7 29,2 13. As situações de indisciplina são bem resolvidas 44,4 14. A Direção é disponível 31,9 51,4 15. A Direção partilha competências e responsabilidades 16,7 16,7 48,6 16. A Direção sabe gerir os conflitos 22,2 45,8 totalmente 17. A escola tem uma boa liderança 15,3 23,6 45,8 18. A Direção envolve os trabalhadores na autoavaliação da escola 11, A escola é limpa 40,3 55,6 20. A escola é segura 23,6 65,3 21. Os serviços administrativos funcionam bem 23,6 63,9 22. O ambiente de trabalho é bom 15,3 15,3 58,3 23. Gosto de trabalhar nesta escola 37,5 43,1 4

5 C PAIS E ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO RELATÓRIO IGEC - PAIS E ENC. EDUCAÇÃO I 1. O ensino é bom nesta escola. 15,6 15, Os resultados da escola são bons. 8, ,8 3. Conheço bem as regras de funcionamento da escola. 8,6 26, O meu filho é incentivado a trabalhar para ter bons resultados. 12,8 31,9 47,9 totalmente 5. As avaliações são justas. 17,9 21,8 45,9 6. O meu filho revela satisfação pela forma como é tratado na escola 23 17,1 50,6 7. O meu filho tem bons amigos na escola. 15,2 33,9 44,7 8. A Direção da escola é acessível. 10,1 31, A Direção incentiva os pais a participar na vida da escola. 14,8,7 47,9 5

6 RELATÓRIO IGEC - PAIS E ENC. EDUCAÇÃO II 10. A Direção está a fazer um bom trabalho. 22,6 46,3 21,4 11. A escola resolve bem os problemas de indisciplina. 15,2 23,3 41,6 12. A escola fornece-me informação suficiente sobre as atividades e as aprendizagens do meu filho. 12,5 23, O diretor de turma do meu filho é disponível e faz uma boa ligação à família. 41,6 49,8 totalmente 14. As instalações da escola são boas. 15,6 50,2 15. Os serviços de refeitório e bufete são bons. 15,6 32,3 16. A escola é limpa. 12,8 17,9 55,3 17. Os serviços administrativos funcionam bem. 14, ,7 18. A escola é segura. 12, ,6 19. Gosto que o meu filho ande nesta escola. 14,8 32,7 48,6 6

7 C 1 PAIS E ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO Ensino Pré-Escolar (EPE) 1. Estou satisfeito com o desenvolvimento do meu filho desde quefrequenta este JI. 2. Sou informado do que o meu filho está a aprender. 3. Sou incentivado a apoiar as aprendizagens do meu filho. 4. O meu filho participa em atividades fora do JI. 5. Conheço bem as regras de funcionamento do JI 6. Os pais são incentivados a participar na vida do JI. 7. O JI tem boas instalações. 8. Os almoços são bons. 9. O JI é limpo. 10. Os serviços administrativos do Agrupamento funcionam bem. RELATÓRIO IGEC - PAIS E ENC. EDUCAÇÃO EPE ,2 20,9 23,3 20,9 37,2 30,2 34,9 41,9 32,6 34,9 46,5 37,2 46,5 48,8 46,5 55,8 totalmente 11. O JI tem um bom ambiente. 12. O JI é seguro. 37,2 48,8 13. Há boa comunicação entre o JI e os pais. 14. Os responsáveis do JI são acessíveis e dialogantes. 15. A Direção do Agrupamento está a fazer um bom trabalho 16. Gosto que o meu filho frequente este JI. 32,6 30,2 23,3 48,8 46,5 7

8 D ALUNOS DO 1º CICLO RELATÓRIO IGEC - ALUNOS DO 1º CICLO Percebo bem o que o professor explica nas aulas 2. Utilizo o computador na sala de aula todas as semanas 3. Faço experiências nas aulas com alguma frequência 4. Utilizo a biblioteca para fazer trabalhos e leituras 5. Faço visitas de estudo 38,5 23,1 26,9 26,9 13,5 13,5 19,2 57,7 55,8 51,9 46,2 53,8 6. Gosto das atividades de expressão plástica que faço na escola 17,3 78,8 7. Gosto da educação física e do desporto que pratico na escola 67,3 totalmente 8. Os professores são justos com os alunos 9. Gosto do almoço que é servido na escola 10. Estou satisfeito com a higiene e a limpeza da escola 28,8 28,8 38,5 67,3 11. Estou satisfeito com os espaços de recreio da escola 50 42,3 12. Conheço as regras de comportamento da escola 32,7 63,5 13. Na minha sala os alunos portam se bem 38,5 14. Sinto me seguro e tranquilo na escola 15. Tenho vários amigos na escola 23,1 69, Gosto desta escola 15,4 82,7 8

9 E ALUNOS DO 2º,3º CICLOS E SECUNDÁRIO RELATÓRIO IGEC - ALUNOS 2º, 3º CICLOS E SECUNDÁRIO I 1. Os professores desta escola ensinam bem ,9 16,9 2. O ensino nesta escola é exigente 14,6 49,6 3. Aprendo com as experiências que faço nas aulas 16,5 16,9 50,4 4. Uso a biblioteca para fazer trabalhos e leituras 15,7 37,2 5. Uso o computador na sala de aula com alguma frequência,6 24,4 totalmente 6. As visitas de estudo que tenho feito ajudam me a aprender mais e melhor 7. Conheço os critérios de avaliação 17,4 17,4 28, ,2 8. A avaliação das aprendizagens dos alunos é justa 16,9 21,9 9. Participo em clubes e projetos da escola 10. Conheço as regras de comportamento da escola 21,9 23,1 16,5 42,6 45,9 11. Nas aulas há um ambiente de tranquilidade e respeito 14,5 27,7 36 9

10 RELATÓRIO IGEC - ALUNOS 2º, 3º CICLOS E SECUNDÁRIO II 12. A escola resolve bem os problemas de indisciplina 21,9 20,7 33,9 13. As salas de aula são confortáveis 27,3 17,4 20, Estou satisfeito com os espaços desportivos e de recreio 15,7,6 40,5 15. Gosto do almoço que é servido na escola 14,9 13,6 48,8 totalmente 16. Estou satisfeito com a higiene e a limpeza da escola 17. Os serviços administrativos funcionam bem 24,4 16,5 16,5 21,1 13,2 33,1 48,8 18. As minhas sugestões são tidas em conta pelos professores e pela Direção 19 16,1 33,5 19. Os professores tratam os alunos com respeito 15,7 28,5 40,5 20. Sinto me seguro na escola 14 28,1 40,9 21. Tenho vários amigos na escola 33,5 22. Gosto desta escola 24 18,2 41,3 10

Modelo de Inquérito por Questionário aos Educandos da CPL

Modelo de Inquérito por Questionário aos Educandos da CPL Modelo de Inquérito por Questionário aos Educandos da CPL 1 QUESTIONÁRIO AOS EDUCANDOS DO 1.º CICLO A Casa Pia de Lisboa está a realizar um estudo para avaliar a escola e a formação profissional, pois

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3ºCICLO DE LOUSADA. Avaliação Interna. Questionário ao Pessoal Não Docente

ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3ºCICLO DE LOUSADA. Avaliação Interna. Questionário ao Pessoal Não Docente ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3ºCICLO DE LOUSADA Avaliação Interna Questionário ao Pessoal Não Docente O pessoal dos serviços de administração e gestão da escola e o pessoal auxiliar de acção educativa e guardas-nocturnos

Leia mais

CAF Estrutura Comum de Avaliação para a Qualidade Total das Administrações da União Europeia

CAF Estrutura Comum de Avaliação para a Qualidade Total das Administrações da União Europeia QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO Pais/Encarregados de Educação CAF Estrutura Comum de Avaliação para a Qualidade Total das Administrações da União Europeia Agrupamento de Escolas de Arganil 2º/3º CEB e Secundário

Leia mais

ESCOLA REGIONAL DR. JOSÉ DINIS DA FONSECA INQUÉRITOS REALIZADOS À COMUNIDADE ESCOLAR- 2014/2015

ESCOLA REGIONAL DR. JOSÉ DINIS DA FONSECA INQUÉRITOS REALIZADOS À COMUNIDADE ESCOLAR- 2014/2015 ESCOLA REGIONAL DR. JOSÉ DINIS DA FONSECA INQUÉRITOS REALIZADOS À COMUNIDADE ESCOLAR- 2014/2015 INQUÉRITO AO PESSOAL DOCENTE SIM NÃO Conheço o fluxo do ensino-aprendizagem e de avaliação Contribuo para

Leia mais

Inquéritos aos Pais e aos Alunos

Inquéritos aos Pais e aos Alunos Inquéritos aos Pais e aos Alunos Resultados ata: 25-07-2014 Versão: V1.0 oc.: Inquerito-PA-V1.0 ASOIAÇÃO E PAIS E ENARREGAOS E EUAÇÃO Índice 1 NOTAS GERAIS... 3 2 INQUÉRITO AOS PAIS... 5 2.1 AOS GERAIS...

Leia mais

Questionário aos Pais e Encarregados de Educação 2015

Questionário aos Pais e Encarregados de Educação 2015 Questionário aos Pais e Encarregados de Educação Caros Pais e/ou Encarregados de Educação, professores e funcionários da EB Leão de Arroios - este inquérito é da responsabilidade da Associação de Pais

Leia mais

Questionário Grau de Satisfação dos Docentes 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico e Secundário

Questionário Grau de Satisfação dos Docentes 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico e Secundário 93 Questionário Grau de Satisfação dos Docentes 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico e Secundário Pretende-se, com este questionário, fazer o levantamento de alguns aspetos que o GAP considera relevantes para

Leia mais

ANÁLISE DOS QUESTIONÁRIOS SOBRE O GRAU DE SATISFAÇÃO DOS DOCENTES 2010/2011. O edifício da escola convida ao ensino aprendizagem

ANÁLISE DOS QUESTIONÁRIOS SOBRE O GRAU DE SATISFAÇÃO DOS DOCENTES 2010/2011. O edifício da escola convida ao ensino aprendizagem ANÁLISE DOS QUESTIONÁRIOS SOBRE O GRAU DE SATISFAÇÃO DOS DOCENTES 2010/2011 A equipa do GAP elaborou um questionário com o objectivo de averiguar o Grau de Satisfação do pessoal docente. Este questionário

Leia mais

Agrupamento Vertical de Escolas de Leça da Palmeira/ Santa Cruz do Bispo AVALIAÇÃO EXTERNA DAS ESCOLAS 2012 PLANO DE MELHORIA

Agrupamento Vertical de Escolas de Leça da Palmeira/ Santa Cruz do Bispo AVALIAÇÃO EXTERNA DAS ESCOLAS 2012 PLANO DE MELHORIA Agrupamento Vertical de Escolas de Leça da Palmeira/ Santa Cruz do Bispo AVALIAÇÃO EXTERNA DAS ESCOLAS 2012 PLANO DE MELHORIA Leça da Palmeira, Julho 2012 0 INDICE Introdução. Relatório da avaliação externa..

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MOURÃO - Ano Letivo 2015/ 2016 PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES ( ) Eixo I - APOIO À MELHORIA DAS APRENDIZAGENS

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MOURÃO - Ano Letivo 2015/ 2016 PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES ( ) Eixo I - APOIO À MELHORIA DAS APRENDIZAGENS PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES (2015-2017) Eixo I - APOIO À MELHORIA DAS APRENDIZAGENS Designação da Ativida Calendarização Dinamizadores Público Alvo Oficina Gramática e leitura Oficina da escrita Plano

Leia mais

Análise dos Inquéritos de Satisfação

Análise dos Inquéritos de Satisfação Análise dos Inquéritos de Satisfação 211/212 1 Nível de Satisfação dos Parceiros Institucionais Ficha Técnica: Universo 24 Parceiros Institucionais Amostra 6 Parceiros Institucionais(25%) 1 A escola tem

Leia mais

QUESTIONARIO. Há quantos anos o/a seu/sua educando/a frequenta esta escola?

QUESTIONARIO. Há quantos anos o/a seu/sua educando/a frequenta esta escola? QUESTIONARIO FAMILIAS Justificação A escola está a participar num projeto europeu cujo tema é combater o abandono escolar, melhorar a convivência e o rendimento escolar. O que se pretende é conhecer como

Leia mais

ESTE MÊS ACONTECE. DEZEMBRO DE 2016 INTERVENIENTES CALENDARIZAÇÃO ATIVIDADE. 5 de dezembro Comemoração do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência

ESTE MÊS ACONTECE. DEZEMBRO DE 2016 INTERVENIENTES CALENDARIZAÇÃO ATIVIDADE. 5 de dezembro Comemoração do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência DEZEMBRO DE 2016 ESTE MÊS ACONTECE. 5 de Comemoração do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência Serviços Especializados de Apoio Educativo Equipa da Saúde 5, 6, 7 e 13 de (12h30) Campeonatos Matemáticos

Leia mais

Inquérito por questionário Alunos

Inquérito por questionário Alunos Inquérito por questionário Alunos INSTRUÇÕES A seguir apresentamos-te um conjunto de perguntas sobre as tuas aulas. Não há respostas certas nem erradas, por isso pedimos-te que respondas com verdade. Obrigado

Leia mais

AVALIAÇÃO INTERNA EQUIPA DE AVALIAÇÃO INTERNA

AVALIAÇÃO INTERNA EQUIPA DE AVALIAÇÃO INTERNA AVALIAÇÃO INTERNA EQUIPA DE AVALIAÇÃO INTERNA JULHO 2015 1 Abreviaturas AEAG Agrupamento de Escolas Dr. António Granjo CAF Common Assessment Framework (Estrutura Comum de Avaliação) AM - Ação de Melhoria

Leia mais

Questionários de Satisfação

Questionários de Satisfação Questionários de Satisfação Apresentação de resultados Ano Letivo 0/03 Índice. Enquadramento... 3. Taxa de adesão... 3. Caracterização dos inquiridos.... Comparando níveis do mesmo grupo-alvo... 3.. Alunos...

Leia mais

Agenda Início do ano letivo

Agenda Início do ano letivo Agenda Início do ano letivo 2016 / 2017 Período de funcionamento das aulas de acordo com o horário normal 1º Período Início : 16 de (Pré-escolar e 1º Ciclo) 19 de (2º e 3º Ciclos e E.S) Termo : 16 de dezembro

Leia mais

AUTOAVALIAÇÃO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS MARQUÊS DE MARIALVA CANTANHEDE BIBLIOTECAS ESCOLARES

AUTOAVALIAÇÃO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS MARQUÊS DE MARIALVA CANTANHEDE BIBLIOTECAS ESCOLARES AUTOAVALIAÇÃO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS MARQUÊS DE MARIALVA CANTANHEDE BIBLIOTECAS ESCOLARES EB Marquês de Marialva EB1 Cantanhede Sul EB1 Ançã EB1 Cadima Áreas de intervenção A. Currículo, literacias e aprendizagem

Leia mais

7. Participar em atividades (efemérides, palestras, eventos de leitura, sessões formativas, projetos, clubes, outras)

7. Participar em atividades (efemérides, palestras, eventos de leitura, sessões formativas, projetos, clubes, outras) QA Questionário aos alunos 17 Escola: 1 Identificação: Data: Masculino 2 Frequentas o Feminino Ensino Básico: 3.º 4.º 5.º 6.º 7.º Outros cursos Ensino Secundário: 10.º 11.º 12.º Curso profissional Outros

Leia mais

Departamento da Educação Pré-Escolar

Departamento da Educação Pré-Escolar Agrupamento de Escolas de São Pedro do Sul Escola sede Escola Secundária de S. Pedro do Sul Departamento da Educação Pré-Escolar ORIENTAÇÕES DAS ATIVIDADES DE ANIMAÇÃO E APOIO À FAMÍLIA 2015-2016 Brincar!...sim,

Leia mais

Centro de Formação da Associação de Escolas de Sintra

Centro de Formação da Associação de Escolas de Sintra Inscrições até dia 18 de fevereiro Pessoal Docente 02.2016D 03.2016D A emergência da escrita no pré-escolar. Uma abordagem à escrita em contexto pré-escolar. Práticas Musicais: técnicas de execução instrumental

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Muralhas do Minho, Valença PLANO ESTRATÉGICO PARA O ANO LETIVO

Agrupamento de Escolas de Muralhas do Minho, Valença PLANO ESTRATÉGICO PARA O ANO LETIVO Agrupamento de Escolas de Muralhas do Minho, Valença PLANO ESTRATÉGICO PARA O ANO LETIVO 2014-2015 1. Enquadramento. O Plano Estratégico apresentado para o ano letivo 2014-2015 e elaborado nos termos do

Leia mais

questionários de avaliação da satisfação

questionários de avaliação da satisfação questionários de avaliação da satisfação Introdução Tendo como referência o Modelo de Avaliação da Qualidade, o desenvolvimento de um Sistema de Gestão da Qualidade aplicado aos serviços prestados pelas

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MOURÃO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MOURÃO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MOURÃO Plano Plurianual de Atividades (2013-2017) Plano Anual de Atividades (2015-2016) ÍNDICE Introdução... 2 Planeamento e organização escolar Calendário escolar 2015-2016...

Leia mais

Plano de Melhoria para 2015/2016

Plano de Melhoria para 2015/2016 Plano de Melhoria para 2015/2016 Ano letivo de 2015/2016 Preâmbulo justificativo O recebeu, de 17 a 20 de novembro de 2014, a visita da equipa de avaliação externa (constituída no âmbito da Área Territorial

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ÁGUEDA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ÁGUEDA 2014 Plano de melhoria AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ÁGUEDA O Plano de Melhoria do Agrupamento de Escolas de Águeda surge na sequência do relatório da Avaliação Externa das Escolas realizada pela equipa de

Leia mais

AEMS-ASSOCIAÇÃO DE ENSINO E CULTURA DE MS FACULDADES INTEGRADAS DE TRÊS LAGOAS RELATÓRIO GERAL RESPOSTA DE ALUNOS DA I.E.S. 2º SEMESTRE DE 2015

AEMS-ASSOCIAÇÃO DE ENSINO E CULTURA DE MS FACULDADES INTEGRADAS DE TRÊS LAGOAS RELATÓRIO GERAL RESPOSTA DE ALUNOS DA I.E.S. 2º SEMESTRE DE 2015 AEMS-ASSOCIAÇÃO DE ENSINO E CULTURA DE MS FACULDADES INTEGRADAS DE TRÊS LAGOAS RELATÓRIO GERAL RESPOSTA DE ALUNOS DA I.E.S. 2º SEMESTRE DE 2015 1.1 Organização Institucional Q1 Cumprimento da missão das

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA COM3º CICLO DE LOUSADA. Avaliação Interna. Questionário aos Pais Encarregados de Educação

ESCOLA SECUNDÁRIA COM3º CICLO DE LOUSADA. Avaliação Interna. Questionário aos Pais Encarregados de Educação ESCOLA SECUNDÁRIA COM3º CICLO DE LOUSADA Avaliação Interna Questionário aos Pais Encarregados de Educação Reconhece-se a importância da família e da sua colaboração no processo educativo. Com este questionário

Leia mais

O programa BE\CRE à la carte apresenta atividades e projetos pedagógicos que a equipa de Bibliotecas do Agrupamento de Escolas de Mem Martins

O programa BE\CRE à la carte apresenta atividades e projetos pedagógicos que a equipa de Bibliotecas do Agrupamento de Escolas de Mem Martins O programa BE\CRE à la carte apresenta atividades e projetos pedagógicos que a equipa de Bibliotecas do Agrupamento de Escolas de Mem Martins pretende desenvolver ao longo do ano com os diferentes níveis

Leia mais

Regimento Escola Básica de Bonsucesso 2014-2015

Regimento Escola Básica de Bonsucesso 2014-2015 Regimento Escola Básica de Bonsucesso 2014-2015 1. Introdução Este regimento tem por finalidade apresentar de forma clara o funcionamento e organização da Escola Básica de Bonsucesso Ensino Pré- Escolar

Leia mais

aprendizes no Estado de São Paulo 1.296

aprendizes no Estado de São Paulo 1.296 CAMP SBC e COLMEIA RESULTADOS DA PESQUISA Aspectos Gerais Números de questionários respondidos e enviados por aprendizes no Estado de São Paulo 1.296 Foram compilados: 1.000 Abrangência do questionário

Leia mais

QUESTIONÁRIO 1º CICLO

QUESTIONÁRIO 1º CICLO QUESTIONÁRIO 1º CICLO Numeração do Questionário Caro(a) aluno(a) Venho convidar-te a participar num estudo sobre Gestão de tempo e Desempenho escolar no Ensino Básico. Peço-te por este motivo, que respondas

Leia mais

Mais do que um Centro de Estudos Um Centro de Aprendizagem e Desenvolvimento

Mais do que um Centro de Estudos Um Centro de Aprendizagem e Desenvolvimento Mais do que um Centro de Estudos Um Centro de Aprendizagem e Desenvolvimento O Centro 4Brain é um Projeto Pedagógico Inovador, que trabalha o aluno como um todo, centrando os esforços tanto na Aprendizagem

Leia mais

PLANO DE COMUNICAÇÃO. Agrupamento de Escolas Rio Arade. Ano letivo 2012/2013 [Escolha a data] Agrupamento de Escolas Rio Arade

PLANO DE COMUNICAÇÃO. Agrupamento de Escolas Rio Arade. Ano letivo 2012/2013 [Escolha a data] Agrupamento de Escolas Rio Arade Agrupamento de Escolas Rio Arade PLANO DE COMUNICAÇÃO Ano letivo 2012/2013 [Escolha a data] 1 / 7 Índice Nota introdutória... 3 O que se pretende?... 4 Instrumentos... 5 Objetivos... 6 Monitorização e

Leia mais

Questionário aos Professores. Apresentação dos dados. Equipa de autoavaliação

Questionário aos Professores. Apresentação dos dados. Equipa de autoavaliação Questionário aos Professores Apresentação dos dados Equipa de autoavaliação Inquérito dos Professores Informação de enquadramento: Responderam ao inquérito 47 professores com idades compreendidas entre

Leia mais

Relatório de Contas de Gerência

Relatório de Contas de Gerência Relatório de Contas de Gerência Período: 01 de janeiro a 31 dezembro 2014 A INTRODUÇÃO Para cumprimento no estabelecido na alínea j) do nº 1 do artigo 13º do Decreto-Lei nº 75/2008, de 22 de Abril, alterado

Leia mais

APÊNDICE A Questionários Aplicados

APÊNDICE A Questionários Aplicados APÊNDICE A Questionários Aplicados CPA Comissão Própria de Avaliação 60 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO CAMPUS SERTÃOZINHO COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA AUTOAVALIAÇÃO

Leia mais

CRITÉRIOS GERAIS DE ELABORAÇÃO DOS HORÁRIOS DOS ALUNOS PARA O ANO LETIVO 2015/2016

CRITÉRIOS GERAIS DE ELABORAÇÃO DOS HORÁRIOS DOS ALUNOS PARA O ANO LETIVO 2015/2016 CRITÉRIOS GERAIS DE ELABORAÇÃO DOS HORÁRIOS DOS ALUNOS PARA O ANO LETIVO 2015/2016 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Plano de Ações de Melhoria

Plano de Ações de Melhoria Plano de Ações de Escola Básica Elias Garcia Escola Básica Miquelina Pombo J. I. da Sobreda 2014/2015 1 INTRODUÇÃO O presente plano de ações de melhoria 2014/15 - resulta da avaliação do plano de ações

Leia mais

PLANO DE AÇÕES DE MELHORIA

PLANO DE AÇÕES DE MELHORIA PLANO DE AÇÕES DE MELHORIA - ATUALIZADO EM OUTUBRO DE 2016 - TRIÉNIO 2015-2018 Índice I INTRODUÇÃO... 2 II ENQUADRAMENTO ESTRATÉGICO... 2 III IDENTIFICAÇÃO DAS ÁREAS DE MELHORIA... 3 IV PRIORIZAÇÃO DAS

Leia mais

1. Introdução AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA MAIA

1. Introdução AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA MAIA 1. Introdução A avaliação externa do Agrupamento de Escolas da Maia, da responsabilidade da IGEC, decorreu de 17 a 20 de novembro do ano transato. A classificação de Muito Bom em todos os domínios enche-nos

Leia mais

Escola Secundária da Portela

Escola Secundária da Portela Universidade de Lisboa Introdução à Prática Profissional I Escola Secundária da Portela Filipa Burgo Inês Almeida 21 de Janeiro de 2011 Localização Avenida das Escolas, nº20 Portela de Sacavém 2685-202,

Leia mais

CONSERVATÓRIO DE MÚSICA CALOUSTE GULBENKIAN DE BRAGA

CONSERVATÓRIO DE MÚSICA CALOUSTE GULBENKIAN DE BRAGA CONSERVATÓRIO DE MÚSICA CALOUSTE GULBENKIAN DE BRAGA PLANO DE MELHORIA 2014 / 2016 ÍNDICE Introdução 3 Resultados da Avaliação Externa 4 Ações a contemplar no Plano de Melhoria 5 Conclusão 7 2 Introdução

Leia mais

Guião de Entrevista Semi-Estruturada A crianças/jovens sobredotados

Guião de Entrevista Semi-Estruturada A crianças/jovens sobredotados Guião de Entrevista Semi-Estruturada A crianças/jovens sobredotados Entrevista nº Data: / / Código: 1. Nome: 2. Idade: 1ª PARTE Questionário Caracterização do Percurso Individual Os dados recolhidos contribuirão

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Alhandra, Sobralinho e S.º João dos Montes. Projeto Educativo do Agrupamento Apresentação para Divulgação

Agrupamento de Escolas de Alhandra, Sobralinho e S.º João dos Montes. Projeto Educativo do Agrupamento Apresentação para Divulgação Agrupamento de Escolas de Alhandra, Sobralinho e S.º João dos Montes Projeto Educativo do Agrupamento Apresentação para Divulgação CARATERIZAÇÃO DOS TERRITÓRIOS ENVOLVIDOS NA CONSTITUIÇÃO DO AGRUPAMENTO

Leia mais

FICHA DA ESCOLA. 1.1 - Designação: 1.2 Localização: 1.3 Início do Funcionamento Data da sua criação. Data de entrada em funcionamento

FICHA DA ESCOLA. 1.1 - Designação: 1.2 Localização: 1.3 Início do Funcionamento Data da sua criação. Data de entrada em funcionamento FICHA DA ESCOLA 1 - ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO 1.1 - Designação: 1.2 Localização: 1.3 Início do Funcionamento Data da sua criação Data de entrada em funcionamento 1.3.1 Horário de funcionamento: 1.4 Situação

Leia mais

Agrupamento de Escolas Eng. Fernando Pinto de Oliveira SALA DE ESTUDO Coordenadora: Maria da Glória Machado Polónia

Agrupamento de Escolas Eng. Fernando Pinto de Oliveira SALA DE ESTUDO Coordenadora: Maria da Glória Machado Polónia Agrupamento de Escolas Eng. Fernando Pinto de Oliveira SALA DE ESTUDO 2013-2017 Coordenadora: Maria da Glória Machado Polónia 1 Para responder aos desafios de uma sociedade em transformação, é necessário

Leia mais

Projeto de Ações de Melhoria Inicial

Projeto de Ações de Melhoria Inicial Projeto de Ações de Melhoria Inicial PAM Inicial 2015/2016 Outubro de 2015 Índice Pág. 2 1. Introdução 2. Estrutura do documento PAM (Projeto de Ações de Melhoria) Tabela 1 Estrutura do documento Projeto

Leia mais

(Portaria nº266/2012, de 30 de agosto)

(Portaria nº266/2012, de 30 de agosto) (Portaria nº266/2012, de 30 de agosto) dezembro, 2013 CARTA DE MISSÃO (Portaria n.º 266/2012, de 30 de agosto) Nome do Diretor Carlos Alberto Martins Carvalho Escalão 9º Unidade Orgânica : Agrupamento

Leia mais

Gostaríamos que respondessem de forma reflectida e sincera, a fim de acedermos a um conhecimento fundamentado sobre as questões em análise.

Gostaríamos que respondessem de forma reflectida e sincera, a fim de acedermos a um conhecimento fundamentado sobre as questões em análise. Questionário de Inquérito Colegas, A experiência profissional e a investigação educacional têm revelado que a supervisão organizacional das escolas é um factor que concorre decisivamente para a melhoria

Leia mais

Plano de Melhoria

Plano de Melhoria Plano de Melhoria 1 Enquadramento O presente Plano de Melhoria resulta, simultaneamente, das orientações emanadas da Inspeção-Geral da Educação e Ciência, que assentam nas sugestões do Conselho Nacional

Leia mais

1- CONTEXTO E CARACTERIZAÇÃO GERAL DO AGRUPAMENTO

1- CONTEXTO E CARACTERIZAÇÃO GERAL DO AGRUPAMENTO 1- CONTEXTO E CARACTERIZAÇÃO GERAL DO AGRUPAMENTO 1.1- Enquadramento territorial e contexto físico O concelho da Moita onde se localiza o Agrupamento de Escolas Fragata do Tejo está situado na região de

Leia mais

Margarida Maria Antunes Silva Pereira - O Futuro de uma Ilusão: (In)Satisfação, Paradoxos e Desafios na Profissão Docente APÊNDICES

Margarida Maria Antunes Silva Pereira - O Futuro de uma Ilusão: (In)Satisfação, Paradoxos e Desafios na Profissão Docente APÊNDICES Profissão Docente APÊNDICES I Profissão Docente Apêndice 1 Questionário aplicado Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias Mestrado em Ciências da Educação Inquérito Este inquérito faz parte de

Leia mais

Resultados da Pesquisa de Clima Organizacional 2010

Resultados da Pesquisa de Clima Organizacional 2010 Resultados da Pesquisa de Clima Organizacional 2010 População e amostra da pesquisa 350 300 População Amostra 294 250 219 200 150 100 50 75 52 100 152 0 Técnicoadministrativos (69%) Docentes (46%) Geral

Leia mais

AEDLV - Agrupamento de Escolas e Jardins de Infância D. Lourenço Vicente. Plano de Melhoria do Agrupamento

AEDLV - Agrupamento de Escolas e Jardins de Infância D. Lourenço Vicente. Plano de Melhoria do Agrupamento Plano de Melhoria do Agrupamento dezembro 2013 1. Introdução O Plano de Melhoria que neste momento se apresenta, constitui um instrumento de suporte à programação e à implementação das ações de melhoria

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CANEDO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CANEDO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CANEDO PLANO DE MELHORIA 2013-2015 ÍNDICE PLANO DE MELHORIA... 2 ÁREAS DE MELHORIA... 2 PLANO DE AÇÃO... 3 1. A monitorização da implementação das medidas de apoio delineadas,

Leia mais

José Pacheco. Escola da Ponte

José Pacheco. Escola da Ponte José Pacheco Escola da Ponte Biografia O Prof. José Francisco Pacheco, nasceu em 10 de maio de 1951. Educador português que hoje aposentado tem sua residência atual no Brasil, sendo considerado um Peregrino

Leia mais

Escola EB 2,3 Irene Lisboa

Escola EB 2,3 Irene Lisboa 1 Jardim-de-infância / Escola Ribeiro de Sousa (n.º 30) Escola EB 2,3 Irene Lisboa Jardim-de-infância / Escola EB 1 da Constituição (n.º 31) 2 3 4 A educação é um problema de ordem geral, à altura de todos

Leia mais

Apresentação de Resultados CAF

Apresentação de Resultados CAF Apresentação de Resultados CAF Sumário Introdução Ponto de situação do projeto Fases do Projeto Resultados CAF Modelo CAF Resultados da(s) Grelha(s) de Autoavaliação Resultados dos questionários Plano

Leia mais

Índice. Introdução 3. Identificação dos pontos fortes do Agrupamento. 3. Identificação das Áreas de Melhoria. 4. Priorização das Áreas de Melhoria.

Índice. Introdução 3. Identificação dos pontos fortes do Agrupamento. 3. Identificação das Áreas de Melhoria. 4. Priorização das Áreas de Melhoria. Índice Introdução 3 Identificação dos pontos fortes do. 3 Identificação das Áreas de Melhoria. 4 Priorização das Áreas de Melhoria. 6 Ações de melhoria modelo de ficha. 8 Ações de melhoria. 8 2 Introdução

Leia mais

A Escola João Afonso de Aveiro está inserida no Agrupamento de Escolas de Aveiro.

A Escola João Afonso de Aveiro está inserida no Agrupamento de Escolas de Aveiro. A Escola João Afonso de Aveiro está inserida no Agrupamento de Escolas de Aveiro. 1 / 6 Somos uma Escola com excelentes horários e diversos apoios ao estudo: de Salas de Estudo em grupo, Aulas de Apoio

Leia mais

Relatório da Avaliação pela CPA

Relatório da Avaliação pela CPA FACULDADES DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS E ADMINISTRAÇÃO DO VALE DO JURUENA E INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DO VALE DO JURUENA de novembro Relatório da Avaliação pela CPA 00 Visando atender a abrangência necessária

Leia mais

18/10/2012 Ordem de Trabalhos

18/10/2012 Ordem de Trabalhos Ordem de Trabalhos 1. Informações. 2. Eleição dos Representantes dos Encarregados de Educação no Conselho de Turma. 3. Outros assuntos. Informações Diretor de Turma: Luís Perna Hora e dia de atendimento:

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Mafra

Agrupamento de Escolas de Mafra CARTA DE MISSÃO (Portaria n.º 266/2012, de 30 de agosto) Nome da Diretora Maria de Jesus Azevedo dos Santos Roxo Geraldes Pires Escalão 6º Escola : Agrupamento de Escolas de Mafra Grupo de Recrutamento

Leia mais

Divulgação dos resultados Questionário de Avaliação do Grau de Satisfação dos clientes 2013

Divulgação dos resultados Questionário de Avaliação do Grau de Satisfação dos clientes 2013 Divulgação dos resultados Questionário de Avaliação do Grau de Satisfação dos clientes 2013 Centro Social Nossa Senhora do Amparo GRÁFICO 1 QUESTIONÁRIO DE SATISFAÇÃO DO CLIENTE 1. INSTALAÇÕES Aspeto Geral

Leia mais

PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL 2015

PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL 2015 PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL 2015 COOPERATIVA GERAL Quantidade de colaboradores: 1146 Quantidade de Respondentes: 835 Percentual de participação: 73% Dr. João Damasceno Porto Diretor Administrativo

Leia mais

Regulamento de Atividades Extracurriculares 2013/14

Regulamento de Atividades Extracurriculares 2013/14 Regulamento de Atividades Extracurriculares 2013/14 A componente extracurricular enquadra-se na oferta de atividades em horário não letivo da Associação de Pais da Escola Básica EB1/JI Vila Nova da Caparica,

Leia mais

AGRUPAMENTO VERTICAL DE OURIQUE

AGRUPAMENTO VERTICAL DE OURIQUE AGRUPAMENTO VERTICAL DE OURIQUE Relatório de Reflexão Critica do Plano Anual de Atividades Ano Letivo 2011/2012 1ºPeríodo Índice Índice 2 Introdução 3 Grau execução e de satisfação 4 Participação dos agentes

Leia mais

PLANEAMENTO DAS AEC 2013/14

PLANEAMENTO DAS AEC 2013/14 PLANEAMENTO DAS AEC 2013/14 ENTIDADE PROMOTORA Município de Ponte de Sor NIPC: 506806456 Coordenação e Monitorização por parte da equipa de Coordenação dos Projetos Socioeducativos ENTIDADES PARCEIRAS

Leia mais

PLANO DE MELHORIA Agrupamento de Escolas de Celeirós Equipa de Autoavaliação Interna 2014/17

PLANO DE MELHORIA Agrupamento de Escolas de Celeirós Equipa de Autoavaliação Interna 2014/17 PLANO DE MELHORIA Agrupamento de Escolas de Celeirós Equipa de Auto Interna 2014/17 Introdução O presente Plano de Melhoria resulta, em grande parte, das reflexões retiradas da leitura atenta do Relatório

Leia mais

GABINETE DE INFORMAÇÃO E APOIO AO ALUNO (GIAA)

GABINETE DE INFORMAÇÃO E APOIO AO ALUNO (GIAA) Unidade Local de Saúde do Alto Minho, EPE Centro de Saúde de Ponte da Barca Unidade de Cuidados na Comunidade de Ponte da Barca Saúde Escolar Agrupamento de Escolas de Ponte da Barca Escola Básica e Secundária

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE FORNOS DE ALGODRES

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE FORNOS DE ALGODRES TELEFONISTA Graça Maria Monteiro Paulo 08:50-11:00 13:00-17:50 Maria Luísa Ferreira Gaspar 09:00-13:00 15:00-18:00 efetua o atendimento geral e encaminha os utentes aos locais pretendidos; assegura o serviço

Leia mais

Código PLANO DE [2016/2020] (IGEC) MELHORIA

Código PLANO DE [2016/2020] (IGEC) MELHORIA Código 160635 PLANO DE [2016/2020] (IGEC) MELHORIA ÍNDICE 1. Introdução... 2 2. Metodologia de trabalho... 3 3. Identificação das áreas de melhoria... 4 4. Desenvolvimento da estratégia... 5 5. Conclusão...

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO RESTELO ELEIÇÃO DO CONSELHO GERAL REGULAMENTO ELEITORAL. Artigo 1.º. Objeto

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO RESTELO ELEIÇÃO DO CONSELHO GERAL REGULAMENTO ELEITORAL. Artigo 1.º. Objeto AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO RESTELO ELEIÇÃO DO CONSELHO GERAL REGULAMENTO ELEITORAL Artigo 1.º Objeto O presente regulamento define o processo eleitoral dos membros do Conselho Geral referido nos artigos

Leia mais

Projeto de Autoavaliação do Agrupamento de Escolas de Montelongo

Projeto de Autoavaliação do Agrupamento de Escolas de Montelongo Projeto de Autoavaliação do Agrupamento de Escolas de Montelongo Constituição da equipa de autoavaliação do Agrupamento: Ana Paula Gonçalves Pires Laura Maria Peixoto de Almeida Fernando Silva Fernandes

Leia mais

Agrupamento de Escolas Dr. Bissaya Barreto Castanheira de Pera. Plano. Estudos. Desenvolvimento. Currículo

Agrupamento de Escolas Dr. Bissaya Barreto Castanheira de Pera. Plano. Estudos. Desenvolvimento. Currículo Agrupamento de Escolas Dr. Bissaya Barreto Castanheira de Pera Plano de Estudos e Desenvolvimento do Currículo Educação Pré Escolar A Educação Pré-Escolar afigura-se como a primeira etapa da educação básica

Leia mais

PROPOSTA DE CONTRATO INTERADMINISTRATIVO DE DELEGAÇÃO DE COMPETÊNCIAS DO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIENCIA NO MUNICÍPIO DE CASCAIS

PROPOSTA DE CONTRATO INTERADMINISTRATIVO DE DELEGAÇÃO DE COMPETÊNCIAS DO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIENCIA NO MUNICÍPIO DE CASCAIS PROPOSTA DE CONTRATO INTERADMINISTRATIVO DE DELEGAÇÃO DE COMPETÊNCIAS DO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIENCIA NO MUNICÍPIO DE CASCAIS NA ÁREA EDUCATIVA E DA FORMAÇÃO OBJETO Delegação de competências do MEC

Leia mais

Constituída a equipa, iniciaram-se os trabalhos necessários à elaboração deste Plano de Melhorias.

Constituída a equipa, iniciaram-se os trabalhos necessários à elaboração deste Plano de Melhorias. Plano de Melhoria 1. Introdução Em Julho de 2012, o Agrupamento de Escolas de Carnaxide-Valejas juntou-se à Escola Secundária Camilo Castelo Branco dando origem ao atual Agrupamento de Escolas de Carnaxide.

Leia mais

OUTUBRO 2011 OUTUBRO NA ESCOLA E NO PAÍS... SALA DE ESTUDO S.O.S DÚVIDAS! EDIÇÃO N.º 2

OUTUBRO 2011 OUTUBRO NA ESCOLA E NO PAÍS... SALA DE ESTUDO S.O.S DÚVIDAS! EDIÇÃO N.º 2 EDIÇÃO N.º 2 OUTUBRO 2011 OUTUBRO NA ESCOLA E NO PAÍS... O mês de outubro está recheado de notícias que marcam a atualidade. Não só fomos informados da morte dos subsídios de férias e de natal Subimos

Leia mais

Relatório de Avaliação Grau de Satisfação - Colaboradores CRIT

Relatório de Avaliação Grau de Satisfação - Colaboradores CRIT Relatório de Avaliação Grau de Satisfação - Colaboradores CRIT - 2010 Grau de Satisfação para Colaboradores sobre a Satisfação Global Nº de inquéritos recebidos 90 P1. Imagem global da organização. 0 2

Leia mais

Escrito por Administrador Quinta, 05 Fevereiro :48 - Actualizado em Terça, 10 Novembro :11

Escrito por Administrador Quinta, 05 Fevereiro :48 - Actualizado em Terça, 10 Novembro :11 Plano de Ação e Plano Estratégico do Agrupamento 1.Plano de Ação Para dar consecução à missão e aos valores, pretende o Agrupamento desenvolver uma ação educativa alicerçada num conjunto de princípios

Leia mais

Resultados da Pesquisa do Programa Internacional

Resultados da Pesquisa do Programa Internacional Resultados da Pesquisa do Programa Internacional Ano Acadêmico de / Conclusões Finais O resultado geral da pesquisa foi muito favorável, com apenas algumas áreas de melhoria. Porém, a equipe de liderança

Leia mais

ROSÁRIO. Regulamento Interno CAPÍTULO III DOS EDUCADORES. Colégio de Nossa Senhora do Rosário Porto

ROSÁRIO. Regulamento Interno CAPÍTULO III DOS EDUCADORES. Colégio de Nossa Senhora do Rosário Porto ROSÁRIO Colégio de Nossa Senhora do Rosário Porto Regulamento Interno CAPÍTULO III DOS EDUCADORES Edição: maio 2016 Capítulo III Dos Educadores Edição maio de 2016 Índice do Capítulo III Secção I Docentes

Leia mais

Bem-vindo(a)s Encarregados de Educação 12 e 13 de outubro 2015

Bem-vindo(a)s Encarregados de Educação 12 e 13 de outubro 2015 Bem-vindo(a)s Encarregados de Educação 12 e 13 de outubro 2015 Agenda Preparação do trabalho a realizar no ano letivo 2015/2016 Regulamento Interno disponível no portal do agrupamento www.esvalongo.org

Leia mais

AVALIAÇÃO EXTERNA DAS ESCOLAS

AVALIAÇÃO EXTERNA DAS ESCOLAS AVALIAÇÃO EXTERNA DAS ESCOLAS Relatório Agrupamento de Escolas de Figueiró dos Vinhos 5 a 7 dez. 2011 Área Territorial de Inspeção do Centro 1 INTRODUÇÃO A Lei n.º 31/2002, de 20 de dezembro, aprovou o

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ AFONSO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ AFONSO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ AFONSO Resumo da proposta final Documento para análise PROJETO EDUCATIVO Análise na matriz SWOT (strenghts, weaknesses, opportunities, threats) pontos fortes/pontos fracos/

Leia mais

AVALIAÇÃO DO PROJETO EDUCATIVO

AVALIAÇÃO DO PROJETO EDUCATIVO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS MOSTEIRO E CÁVADO DESENVOLVIMENTO DA AVALIAÇÃO DO PROJETO EDUCATIVO PARA O TRIÉNIO 2010-13 MARÇO 2013 Introdução No ano letivo 2010/11 iniciou-se um ciclo de três anos para o desenvolvimento

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ AFONSO. Lançamento do ano letivo 2016/2017

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ AFONSO. Lançamento do ano letivo 2016/2017 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ AFONSO Lançamento do ano letivo 2016/2017 O Agrupamento. Unidades educativas EB de Alhos Vedros nº1 192 alunos EB de Alhos Vedros nº2 194alunos EB de Alhos Vedros 225 alunos

Leia mais

ANO LETIVO 2016/2017. CALENDARIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DE INÍCIO DO ANO LETIVO Dia Hora Atividades Local/Sala Observações

ANO LETIVO 2016/2017. CALENDARIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DE INÍCIO DO ANO LETIVO Dia Hora Atividades Local/Sala Observações AGRUPAMENTO DE ESCOLAS CIDADE DO ENTRONCAMENTO 170586 ANO LETIVO 2016/2017 CALENDARIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DE INÍCIO DO ANO LETIVO Dia Hora Atividades Local/Sala Observações 29- Agosto 15.00 1 e 2-Set. Todo

Leia mais

Avaliação Externa das Escolas PLANO DE MELHORIA

Avaliação Externa das Escolas PLANO DE MELHORIA Avaliação Externa das Escolas 2012-2013 PLANO DE MELHORIA A elaboração deste plano de melhoria assenta no pressuposto de que o Agrupamento Vertical de Escolas de Azeitão é capaz de repensar estratégias

Leia mais

Relatório Global da Avaliação de Satisfação realizada em 2011

Relatório Global da Avaliação de Satisfação realizada em 2011 No período compreendido entre 05-12-2011 e 30-01-2012 foi realizada a Avaliação de Satisfação referente ao ano de 2011, tendo sido inquiridas todas as partes interessadas. No total foram enviados / entregues

Leia mais

Mais do que um Centro de Estudos Um Centro de Aprendizagem e Desenvolvimento

Mais do que um Centro de Estudos Um Centro de Aprendizagem e Desenvolvimento Mais do que um Centro de Estudos Um Centro de Aprendizagem e Desenvolvimento O Centro 4Brain é um Projeto Pedagógico Inovador, que trabalha o aluno como um todo, centrando os esforços tanto na Aprendizagem

Leia mais

Melhorar as aprendizagens e consolidar conhecimentos. Colmatar as dificuldades ao nível da compreensão oral e escrita.

Melhorar as aprendizagens e consolidar conhecimentos. Colmatar as dificuldades ao nível da compreensão oral e escrita. Escola Secundária Abel Salazar Sala de Estudo DEFINIÇÃO Pretende-se que a Sala de Estudo seja um espaço com um ambiente educativo diferente daquele a que o aluno está habituado a vivenciar nas áreas curriculares

Leia mais

Atividades de Apoio Educativo

Atividades de Apoio Educativo Plano Curricular 2012 2013 Plano Anual de Atividades Atividades de Apoio Educativo Departamento/Estrutura: Orientações para as Atividades de Apoio Educativo Receção Biblioteca Manuel Monteiro Zonas de

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SAMORA CORREIA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SAMORA CORREIA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SAMORA CORREIA ANÁLISE DA QUALIDADE GERAL E ESPECÍFICA DOS SERVIÇOS E INFRAESTRUTURAS EQUIPA DE AVALIAÇÃO INTERNA Novembro de 2007 1 PB RESULTADO DO INQUÉRITO AOS FUNCIONÁRIOS

Leia mais

questionários de avaliação da satisfação

questionários de avaliação da satisfação questionários de avaliação da satisfação Introdução Tendo como referência o Modelo de Avaliação da Qualidade, o desenvolvimento de um Sistema de Gestão da Qualidade aplicado aos serviços prestados pelas

Leia mais

Relatório da ação de formação

Relatório da ação de formação Relatório da ação de formação A utilização do Microsoft Excel na atividade docente Modalidade: Oficina de Formação 30 Horas Data de início: 26/01/2016 - Data de fim: 05/04/2016 Local: Escola Secundária

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES do Trigal CAMPOS INTERVENÇÃO PROJETO EDUCATIVO ATIVIDADES OBJETIVOS RESPONSÁVEIS DATA LOCAL DESTINATÁRIOS CPI 3 Receção aos novos alunos e formação de utilizadores -Motivar para a utilização da ; -Informar

Leia mais

Olhando o Aluno Deficiente na EJA

Olhando o Aluno Deficiente na EJA Olhando o Aluno Deficiente na EJA ConhecendoJoice e Paula Lúcia Maria Santos Tinós ltinos@ffclrp.usp.br Apresentando Joice e Paula Prazer... Eu sou a Joice Eu sou a (...), tenho 18 anos, gosto bastante

Leia mais

Plano Trabalho 2016/2017 Alia Raichande Setembro 2016

Plano Trabalho 2016/2017 Alia Raichande Setembro 2016 Plano Trabalho 2016/2017 O que é uma Associação Pais? As associações de pais são organizações de direito privado, autónomas e independentes, sem fins lucrativos, que baseiam o seu trabalho no voluntariado

Leia mais