RELATÓRIO DE EXECUÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DA UPA TIPO III - 24 HORAS RICARDO DE ALBUQUERQUE MARÇO DE 2014 CONTRATO DE GESTÃO SES/RJ

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RELATÓRIO DE EXECUÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DA UPA TIPO III - 24 HORAS RICARDO DE ALBUQUERQUE MARÇO DE 2014 CONTRATO DE GESTÃO SES/RJ"

Transcrição

1 RELATÓRIO DE EXECUÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DA UPA TIPO III - 24 HORAS RICARDO DE ALBUQUERQUE MARÇO DE 2014 CONTRATO DE GESTÃO SES/RJ

2 1 - CONSIDERAÇÕES INICIAIS Neste mês foram atendidos pacientes, sendo adultos (69,9%), pediátricos (23,79%), 137 assistência social (1,3%) e 506 odontológicos (5%). Ao analisar estatisticamente estes números pudemos verificar que a média diária de atendimentos ficou em torno de 327 pacientes, com um erro padrão de 10,23. Para melhor estudo, analisamos a mediana, que é a melhor medida de tendência central, que os atendimentos ficaram em torno de 324 pacientes. Tendo como referência a moda, a quantidade de atendimentos que mais se repete é o 324 diários. Na medida de dispersão, o desvio padrão apresenta 56,97, no qual destaca-se um mínimo de 229 e um máximo de 452 atendimentos por dia. Segue abaixo a tabela de análise estatística para melhor visualização. ANÁLISE ESTATÍSTICA Média 327 Erro padrão 10,23 Mediana 324 Moda 324 Desvio padrão 56,97 Variância da amostra 3245,46 Intervalo 223 Mínimo 229 Máximo 452 Soma Contagem 31 Tabela 1: Dados Estatisticos Os números apresentados estiveram dentro das estimativas previstas para o referido mês, percebendo um aumento de 17,3% no atendimentos mensal. INSTITUTO DOS LAGOS - RIO 3/20

3 2 - RELATÓRIO ASSISTENCIAL 2.1 Produção Assistencial Neste mês tivemos dos serviços contratados executados (clínica médica, pediatria, odontologia, serviço social, procedimentos, dispensação de medicamentos, exames laboratoriais, imagem e etc.) e a utilização de dos 15 leitos disponíveis. Para melhor exemplificar, demonstramos no quadro a seguir o quantitativo de atendimento dos 10 bairros que mais demandaram a Unidade no mês. OS 10+ ATENDIDOS BAIRROS TOTAL % ANCHIETA ,12% RICARDO DE ALBUQUERQUE ,49% PARQUE ANCHIETA 653 5,86% PAVUNA 546 4,90% CENTRO NILOPOLIS* 538 4,83% GUADALUPE 488 4,38% OLINDA* 351 3,15% DEODORO* 282 2,53% CABRAL* 144 1,29% CENTRO MESQUITA* 106 0,95% Tabela 2: Relação de Bairros *Não pertencem a AP 3.3 Na relação dos 10 bairros mais atendidos possui 5 bairro (Deodoro, Centro de Nilópolis, Olinda, Cabral e Centro de Mesquita), que não pertence a área programática 3.3, que representa 10,23% atendimento dessa unidade. Segue abaixo o gráfico dos dez bairros mais atendidos: INSTITUTO DOS LAGOS - RIO 4/20

4 No indicador de pacientes oriundos de outros municípios totalizaram 2536 atendimentos, para melhor visualização tabelamos percentualmente com base neste total. Segue abaixo a tabela: Municipio QTD % NILOPOLIS ,00% NOVA IGUACU ,61% MESQUITA ,46% SAO JOAO DE MERITI ,84% BELFORD ROXO 68 2,68% QUEIMADOS 19 0,75% JAPERI 12 0,47% DUQUE DE CAXIAS 7 0,28% PARACAMBI 4 0,16% NITEROI 2 0,08% Outros 15 0,59% Tabela 3: Relação de Municípios do Estado Acrescentamos também o perfil da faixa etária e categoria sexo da unidade. Percebe-se que os clientes que procuram atendimento são adultos jovens com a média de idade entre 20 a 29 anos, sendo o sexo feminino predominante. Segue abaixo o gráfico de Faixa Etária/ Sexo x Atendimento: INSTITUTO DOS LAGOS - RIO 5/20

5 E para uma melhor análise das patologias, segue o indicador dos dez mais diagnósticos, representando 25,92% do total de atendidos.segue abaixo o quadro: CID DIAGNÓSTICOS MAIS ATENDIDOS QUANTIDADE % I10 Hipertensão essencial (primária) 576 5,17% M255 Dor articular 409 3,67% R05 Tosse 390 3,50% J039 Amigdalite aguda não especificada 371 3,33% J00 Nasofaringite aguda [resfriado comum] 272 2,44% M545 Dor lombar baixa 261 2,34% R101 Dor localizada no abdome superior 259 2,33% G442 Cefaléia tensional 253 2,27% M796 Dor em membro 249 2,24% N390 Infecção do trato urinário de localização não especificada 239 2,15% Tabela 4: Patologias mais atendidas Na expectativa da construção de uma série histórica, para uma possível previsão de demanda, analisamos através da média, o dia da semana que representa quantitativamente o maior atendimento. Desta maneira, neste mês a segunda alcançou o maior índice, seguidos por quinta e quarta. Segue abaixo a tabela: Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Tabela 5: Média de atendimento semanal A relação entre a estimativa de produção e a produção realizada, no período de julho/13 a Março/2014, apresentou o seguinte comportamento: INSTITUTO DOS LAGOS - RIO 6/20

6 UNIDADE GERENCIADA: UPA RICARDO DE ALBUQUERQUE OS RESPONSÁVEL: INSTITUTO DOS LAGOS RIO CRONOGRAMA/ESTIMATIVA DE PRODUÇÃO ATIVIDADES JULHO/2013 AGOSTO/2013 SETEMBRO/2013 OUTUBRO/2013 NOVEMBRO/2013 DEZEMBRO/2013 PREV. REAL. % PREV. REAL. % PREV. REAL. % PREV. REAL. % PREV. REAL. % PREV. REAL. % ACOLHIMENTO % % % % % % ATENDIMENTO DE CLASSIFICAÇÃO DE RISCO % % % % % % ATENDIMENTO MÉDICO ADULTO E CRIANÇAS % % % % % % ATENDIMENTO ODONTOLÓGICO % % % % % % PROCEDIMENTO % % % % % % EXAMES % % % % % % CUIDADO MULTIPROFISSIONAL % % % % % % DISPENSAÇÃO DE MEDICAMENTOS NAS 24 HORAS % % % % % % ATIVIDADES JANEIRO/2014 FEVEREIRO/2014 MARÇO/2014 ABRIL/2014 MAIO/2014 JUNHO/2014 PREV. REAL. % PREV. REAL. % PREV. REAL. % PREV. REAL. % PREV. REAL. % PREV. REAL. % ACOLHIMENTO % % % % % % ATENDIMENTO DE CLASSIFICAÇÃO DE RISCO % % % % % % ATENDIMENTO MÉDICO ADULTO E CRIANÇAS % % % % % % ATENDIMENTO ODONTOLÓGICO % % % 360 0% 360 0% 360 0% PROCEDIMENTO % % % % % % EXAMES % % % % % % CUIDADO MULTIPROFISSIONAL % % % % % DISPENSAÇÃO DE MEDICAMENTOS NAS 24 HORAS % % % % % % Tabela 6: Produção Assistencial Nas atividades hospitalares da Unidade do mês de dezembro, superamos os valores estimados em quase todas propostas. Ficamos abaixo somente no atendimento médico adulto e criança. A tabela acima encontra-se no ANEXO I para melhor visualização. Na planilha apresentada no ANEXO II detalhamos os procedimentos citados na planilha de Cronograma/ Estimativa de Produção. No que se relaciona ao atendimento diário, este comportou-se, conforme pode ser observado no gráfico abaixo: INSTITUTO DOS LAGOS - RIO 7/20

7 A taxa de transferência de pacientes para hospitais, em relação ao atendimento total, ficou em 1%, com um total de 42 remoções, sendo que em sua maioria foram para o Hospital São Francisco de Assis, conforme destacamos no quadro a seguir: DESTINO TOTAL HOSPITAL ESTADUAL CARLOS CHAGAS 9 HOSPITAL ESTADUAL ADÃO PEREIRA NUNES 4 HOSPITAL ESTADUAL ALBERT SCHWEITZER 1 HOSPITAL ESTADUAL GETULIO VARGAS 2 HOSPITAL EDUARDO RABELLO 2 HOSPITAL DE CLÍNICAS INFANTIL - PRONTONIL 3 HOSPITAL SÃO FRANCISCO DE ASSIS 6 HOSPITAL ORDEM TERCEIRA DA PENITÊNCIA (VOT COR) 2 HOSPITAL CENTRAL DA POLICIA MILITAR (ESTÁCIO) 1 HOSPITAL MUNICIPAL SOUZA AGUIAR 1 PROSIM 2 IECAC 2 H.M.P.II 1 HOSPITAL MUNICIPAL SALGADO FILHO 1 UPA REALENGO 1 HOSPITAL ESTADUAL MELCHIADES CALAZANS 1 HOSPITAL PEDRO LUDOVICO 1 INSTITUTO FERNANDES FIGUEIRA 1 HOSPITAL TOTAL COR IPANEMA 1 Tabela 7: Destinos de remoções INSTITUTO DOS LAGOS - RIO 8/20

8 2.2 Indicadores de Desempenho A produtividade das atividades desenvolvidas na Unidade de Ricardo de Albuquerque neste mês está demonstrada na planilha apresentada no ANEXO III. O ítem satisfação dos usuários foi preenchido através do resultado da pesquisa realizada através de questionários. O questionário para avaliação da satisfação dos usuários foi respondido pela população atendida no mês. Neste mês obtivemos 97% que avaliaram atendimento como BOM ou MUITO BOM. Segue abaixo o relatório da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar elaborado pela responsável pela Enfermeira Lais Borsoi Braz. Segue também os anexos (VIII, IX e X) com as atas das comissões de CCIPH, Prontuários e Óbitos. RELATÓRIO MENSAL CCIPH UPA: RICARDO MÊS: MARÇO/2014 RELATÓRIO DAS ATIVIDADES REALIZADAS NO PERÍODO 01/03/2014 À 31/03/2014 ATRIBUIÇÕES MENSAIS: Arquivadas as planilhas abaixo discriminadas para a Superintendência e encaminhadas para a Coordenação Geral de Enfermagem: Planilhas da Classificação de Risco com a estatística do mês; Planilhas de Doenças de Notificações Compulsórias; Planilhas de Acidentes Biológicos; Planilhas de Antibióticos (controle interno dos pacientes internados); Planilhas de Controle de Culturas; Planilhas de Resíduos; Check-list mensal. INSTITUTO DOS LAGOS - RIO 9/20

9 ATIVIDADES REALIZADAS NO MÊS DE MARÇO: Foram notificadas todas as doenças de notificação compulsória de acordo com a portaria 104 de 25 de janeiro de Os SINAN foram encaminhados ao Serviço de Vigilância Epidemiológica da região que responde por Ricardo de Albuquerque. Concluído o treinamento de dengue com todas as equipes de enfermagem (enfermeiros e técnicos de enfermagem), restando apenas os funcionários que se encontram de licença médica, retornando suas atividades trabalhistas, serão repassadas todas as informações pertinentes ao treinamento; Diariamente são realizadas as visitas nos setores da unidade como forma de analisar e fiscalizar as ações desenvolvidas pelos profissionais de sáude, orientando quando necessário com a finalidade de minimizar a incidência de infecção pré-hospitalar;. Realizadas no 06/03/2014 as reuniões das comissões de óbitos, prontuários e CCIPH; As Coordenações de Enfermagem reuniu-se no dia 14/03/2014, com a Coordenadora Geral de Enfermagem, com o objetivo de resolver assuntos voltados a Eduacação Permanente; Reunião no dia 25/03/2014 com a Coordenação Estadual de Controle de Infecção Hospitalar, estando presentes os coordenadores médicos, enfermeiros CCIPH e Coordenadores das Organizações Sociais ; Convocação para reunião no dia 31/03/2014 na SES, que tratou efetivamente de assuntos da Educação Permanentes nas UPAs; INSTITUTO DOS LAGOS - RIO 10/20

10 Foram coletados os swabs dos pacientes hospitalizados seguindo os critérios estabelecidos pela SES. De acordo com esses critérios coletamos 12 swabs nasais e 12 swabs retais, totalizando 24 swabs. De acordo com os resultados apresentados pelo laboratório não houve resultados positivos de ambos os sítios para multirresistentes; No respectivo mês não tivemos casos de acidentes biológicos. ENFª LAÍS BORSOI BRAZ CCIPH E EDUCAÇÃO PERMANENTE UPA RICARDO DE ALBUQUERQUE INSTITUTO DOS LAGOS - RIO 11/20

11 3 - RECURSOS FINANCEIROS Fluxo de Caixa Neste demonstrativo, onde são apresentados o saldo de caixa e desembolsos da unidade no mês. Observa-se que foram utilizados 82,72% da parcela média anual de subvenções governamentais de R$ ,98, pagamento dos compromissos vencidos no mês. Unidade Gerenciada: UPA RICARDO DE ALBUQUERQUE OS responsável: INSTITUTO DOS LAGOS RIO FLUXO DE CAIXA março/2014 março A - SALDO FINANCEIRO NO MÊS ANTERIOR R$ ,43 RECEITAS Contrato de Gestão R$ - Receitas Financeiras R$ 32,93 Outras Receitas R$ ,00 B - TOTAL DE RECEITAS R$ ,93 DESPESAS C1 - PESSOAL R$ ,91 C2 - MATERIAL DE CONSUMO R$ ,57 C3 - SERVIÇOS DE TERCEIROS R$ ,24 C4 - TAXAS / IMPOSTOS / CONTRIBUIÇÕES R$ - C5 - SERVIÇOS PÚBLICOS R$ ,79 C6 - DESPESAS BANCÁRIAS R$ 326,60 C7 - OUTRAS DESPESAS OPERACIONAIS R$ ,86 C8 - INVESTIMENTOS R$ - C - TOTAL DE DESPESAS R$ ,97 SALDO MENSAL FINAL (A)+(B)-( C) R$ ,39 D - SALDO FINANCEIRO DISPONÍVEL PARA O PERÍODO SEGUINTE D1 - Saldo em C/C e Aplicações Financeiras R$ ,39 D2 - Fundo Fixo de Caixa (Caixa Pequena) R$ - D3 - Avisos de Créditos não Lançados nos Extratos Bancários R$ - D4 - Cheques Emitidos e não Descontados R$ - D5 - Avisos de Débitos não Lançados nos Extratos Bancários R$ - TOTAL (D1+D2+D3-D4-D5) R$ ,39 INSTITUTO DOS LAGOS - RIO 12/20

12 3.2 - Conciliação Bancária Unidade Gerenciada: UPA RICARDO DE ALBUQUERQUE OS Responsável: INSTITUTO DOS LAGOS RIO CONCILIAÇÃO BANCÁRIA março/2014 BANCO: Banco Bradesco S.A. AGÊNCIA: CONTA CORRENTE N : PERÍODO DE REFERÊNCIA: de 01/03/2014 até 31/03/2014 A - SALDO CONFORME EXTRATO BANCÁRIO EM 31/03/2014 DESCRIÇÃO VALOR (R$) A1 - Saldo em Conta Corrente ,70 A2 - Saldo em Aplicações Financeiras 3.553,69 A3 - TOTAL ,39 B - AVISOS DE CRÉDITO NÃO LANÇADOS NO EXTRATO DATA Nº HISTÓRICO VALOR (R$) B1- TOTAL 0,00 C - CHEQUES EMITIDOS E NÃO DESCONTADOS DATA N VALOR (R$) C1 - TOTAL 0,00 D - AVISOS DE DÉBITO NÃO LANÇADOS NO EXTRATO DATA Nº VALOR (R$) D1 - TOTAL 0,00 E- SALDO CONTÁBIL (A3+B1-C1-D1) ,39 INSTITUTO DOS LAGOS - RIO 13/20

13 3.3 - Demonstrativo Contábil Operacional Neste demonstrativo, elaborado com base no regime de competência, são apresentados os compromissos assumidos pela unidade para assegurar a continuidade do perfeito funcionamento dos serviços. Observa-se que as despesas da competência março/14 líquida de outras receitas, e que correspondem a receita de subvenção para custeio realizada no mês de R$ ,22, superam em 5,19% o valor da parcela média anual de subvenções governamentais de R$ ,98, destacando que estão contempladas todas as provisões. UNIDADE GERENCIADA: UPA RICARDO DE ALBUQUERQUE março/2014 OS RESPONSÁVEL:INSTITUTO DOS LAGOS RIO DEMONSTRATIVO CONTÁBIL OPERACIONAL Regime de Competência A = SALDO ACUMULADO ANTERIOR 0,00 Receitas Operacionais Repasse Contrato de Gestão (Parte Fixa) ,22 Repasse Contrato de Gestão (Parte Variável) 0,00 Repasse Termo Aditivo - adicional (Custeio) 0,00 Repasse Termo Aditivo - adicional (Investimento) 0,00 Sub-Total (1) ,22 Resultado de Aplicação Financeira 32,93 Reembolso de Despesas 0,00 Obtenção de Recursos Externos à SES/RJ 0,00 Outras Receitas 0,00 Sub-Total(2) 32,93 B = Total das Receitas (1) + (2) ,15 Despesas CUSTEIO Salários ,19 Benefícios 7.274,57 Encargos e Contribuições ,62 Indenizações e Avisos Prévios (Rescisões) ,12 Provisões (13º + Férias) ,54 Outras Despesas de Pessoal 0,00 Sub-Total (3) ,04 Materiais de Consumo (4) ,17 Serviços de Terceiros (5) ,46 Serviços Públicos (6) ,77 Tributárias/Financeiras (7) 326,60 Outras Despesas Operacionais (8) ,11 C = Total das Despesas CUSTEIO (3)+(4)+(5)+(6)+(7)+(8) ,15 Despesas INVESTIMENTO Equipamentos 0,00 Móveis e Utensílios 0,00 Obras e Instalações 0,00 Intangível (Direito e uso) 0,00 Veículos 0,00 D = Total Despesas Investimento 0,00 E = TOTAL GERAL DE DESPESAS (C+D) ,15 F = SADO ACUMULADO ATUAL (A+B-E) 0, Despesas Realizadas INSTITUTO DOS LAGOS - RIO 14/20

14 Seguem detalhadas a seguir as despesas realizadas no mês de março/2014. UNIDADE GERENCIADA: UPA RICARDO DE ALBUQUERQUE OS RESPONSÁVEL: INSTITUTO DOS LAGOS RIO DESPESAS REALIZADAS março/2014 Código Despesa Valor (R$) 1 PESSOAL R$ , SALARIO R$ , FOLHA NORMAL R$ , º SALÁRIO R$ FÉRIAS R$ ADIANTAMENTO 13º SALÁRIO R$ GRATIFICAÇÕES E ADICIONAIS R$ ADICIONAL 1/3 DE FÉRIAS R$ HORAS EXTRAS R$ OUTRAS VANTAGENS R$ BENEFÍCIOS R$ , VALE TRANSPORTE R$ , CESTA BÁSICA R$ CONVÊNIOS R$ VALE REFEIÇÃO/ALIMENTAÇÃO R$ OUTROS BENEFÍCIOS R$ ENCARGOS e CONTRIBUIÇÕES R$ , FGTS R$ , IRRF R$ , CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA-INSS R$ , RESCISÕES R$ , OUTROS ENCARGOS e CONTRIBUIÇÕES R$ 5.536, OUTRAS DESPESAS DE PESSOAL R$ PAGAMENTO DE ESTAGIÁRIOS R$ PAGAMENTO DE RESIDENTES R$ OUTRAS DESPESAS DE PESSOAL R$ - 2 MATERIAL DE CONSUMO R$ , MATERIAL DE ESCRITÓRIO/PAPÉIS EM GERAL/ IMPRESSOS R$ MATERIAL DE ESCRITÓRIO/PAPÉIS EM GERAL/ IMPRESSOS R$ MATERIAL DE INFORMÁTICA R$ 1.055, MATERIAL DE INFORMÁTICA R$ 1.055, PEÇAS e MATERIAIS MANUTENÇÃO R$ PARA MANUTENÇÃO PREDIAL R$ PARA EQUIPAMENTOS EM GERAL R$ PARA EQUIPAMENTOS INFORMÁTICA R$ FERRAMENTAS AVULSAS NÃO ACIONADAS POR FORÇA MOTRIZ R$ COMBUSTÍVEIS E LUBRIFICANTES R$ COMBUSTÍVEIS E LUBRIFICANTES R$ MATERIAL DE LIMPEZA R$ MATERIAL DE LIMPEZA R$ GÊNEROS ALIMENTÍCIOS R$ GÊNEROS ALIMENTÍCIOS R$ - INSTITUTO DOS LAGOS - RIO 15/20

15 02.07 MATERIAL MÉDICO/ ODONTOLÓGICO/LABORATORIAL R$ , MEDICAMENTOS e INSUMOS FARMACÊUTICOS R$ , GASES MEDICINAIS(FORNECIMENTO) R$ Materiais Médicos/Hospitalares Odontológicos R$ , MATERIAL EDUCATIVO/ESPORTIVO/CULTURAL R$ MATERIAL EDUCATIVO/ESPORTIVO/CULTURAL R$ PUBLICAÇÕES EM GERAL R$ PUBLICAÇÕES EM GERAL R$ MATERIAL DE CONSTRUÇÃO R$ MATERIAL DE CONSTRUÇÃO R$ VESTUÁRIO E UNIFORMES R$ VESTUÁRIO E UNIFORMES R$ OUTRAS DESPESAS DE CONSUMO R$ OUTRAS DESPESAS DE CONSUMO R$ - 3 SERVIÇOS DE TERCEIROS R$ , SERVIÇOS-MANUTENÇÃO PREDIAL R$ , REPAROS/ADAPTAÇÕES/CONSERTOS EM GERAL R$ , SERVIÇOS DE DEDETIZAÇÃO/DESRATIZAÇÃO R$ SERVIÇOS-MANUTENÇÃO EQUIPAMENTOS EM GERAL R$ 3.450, SERVIÇOS-MANUTENÇÃO EQUIPAMENTOS EM GERAL R$ 3.450, SERVIÇOS-MANUTENÇÃO EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA R$ SERVIÇOS-MANUTENÇÃO EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA R$ SERVIÇOS-MANUTENÇÃO DE VEÍCULOS R$ SERVIÇOS-MANUTENÇÃO DE VEÍCULOS R$ SERVIÇOS LABORATORIAIS R$ SERVIÇOS LABORATORIAIS R$ LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS/VEÍCULOS/AMBULÂNCIA R$ , LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS EM GERAL R$ , LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA R$ LOCAÇÃO DE VEÍCULOS R$ LOCAÇÃO DE AMBULÂNCIA R$ , LOCAÇÃO PREDIAL R$ LOCAÇÃO PREDIAL R$ LOCAÇÃO CILINDROS GASES MEDICINAIS R$ , LOCAÇÃO CILINDROS GASES MEDICINAIS R$ , LIMPEZA R$ , SERVIÇOS DE LIMPEZA E HIGIENIZAÇÃO R$ , SERVIÇOS DE COLETA DE RESÍDUOS HOSPITALARES R$ 5.312, SEGURANÇA e VIGILÂNCIA R$ , SERVIÇOS DE SEGURANÇA e VIGILÂNCIA R$ , INTERNET R$ 132, INTERNET R$ 132, CURSOS R$ CURSOS R$ SERVIÇOS DE LAVANDERIA R$ 4.322, SERVIÇOS DE LAVANDERIA R$ 4.322, SERVIÇOS ESPECIALIZADOS R$ , SERVIÇOS ESPECIALIDADOS PESSOA JURÍDICA R$ , SERVIÇOS ESPECIALIZADOS PESSOA FÍSICA R$ - INSTITUTO DOS LAGOS - RIO 16/20

16 03.18 SEGUROS R$ 692, SEGUROS R$ 692, CONDOMÍNIO R$ CONDOMÍNIO R$ HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS R$ HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS R$ DESPESAS COM LOCOMOÇÃO E TRANSPORTE R$ REGIME DE QUILOMETRAGEM R$ PEDÁGIO R$ PASSAGENS AÉREAS R$ PASSAGENS RODOVIÁRIAS R$ DESPESAS COM TÁXI R$ OUTRAS DESPESAS COM TRANSPORTE E LOCOMOÇÃO R$ DESPESAS COM HOSPEDAGEM e ALIMENTAÇÃO R$ DESPESAS COM HOSPEDAGEM e ALIMENTAÇÃO R$ DESPESAS COM PROPAGANDA E PUBLICIDADE R$ DESPESAS COM PROPAGANDA E PUBLICIDADE R$ FORNECIMENTO DE ALIMENTAÇÃO R$ , FORNECIMENTO DE ALIMENTAÇÃO R$ , SERVIÇOS ASSISTENCIAIS R$ , SERVIÇOS ASSISTENCIAIS PJ R$ SERVIÇOS ASSISTENCIAIS PF R$ , SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS R$ SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS R$ OUTROS SERVIÇOS DE TERCEIROS R$ OUTROS SERVIÇOS DE TERCEIROS R$ - 4 TAXAS/ IMPOSTOS/ CONTRIBUIÇÕES R$ ISS R$ ISS R$ PIS/COFINS/CSLL R$ PIS/COFINS/CSLL R$ INSS SOBRE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS R$ INSS SOBRE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS R$ IR SOBRE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS R$ IR SOBRE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS R$ IPTU R$ IPTU R$ IPVA R$ IPVA R$ TAXA DE INCÊNDIO R$ TAXA DE INCÊNDIO R$ OUTRAS TAXAS/IMPOSTOS/ CONTRIBUIÇÕES R$ OUTRAS TAXAS/IMPOSTOS/ CONTRIBUIÇÕES R$ - 5 SERVIÇOS PÚBLICOS R$ , ÁGUA R$ 601, ÁGUA R$ 601, ENERGIA ELÉTRICA R$ , ENERGIA ELÉTRICA R$ , GÁS R$ - INSTITUTO DOS LAGOS - RIO 17/20

17 GÁS R$ TELEFONIA FIXA R$ 191, TELEFONIA FIXA R$ 191, TELEFONIA CELULAR R$ 755, TELEFONIA CELULAR R$ 755, TELEFONIA VIA RÁDIO R$ TELEFONIA VIA RÁDIO R$ CORREIO R$ CORREIO R$ - 6 DESPESAS BANCÁRIAS R$ 326, TARIFAS R$ 326, TARIFAS R$ 326, PAGAMENTO DE EMPRÉSTIMOS R$ PAGAMENTO DE EMPRÉSTIMOS R$ OUTRAS DESPESAS BANCÁRIAS R$ OUTRAS DESPESAS BANCÁRIAS R$ - 7 OUTRAS DESPESAS OPERACIONAIS R$ , PREMIAÇÕES CULTURAIS/ ARTÍSTICA/ CIENTÍFICAS/DESPORTIVAS R$ PREMIAÇÕES CULTURAIS/ ARTÍSTICA/ CIENTÍFICAS/DESPORTIVAS R$ MATERIAL PARA DISTRIBUIÇÃO GRATUITA R$ MATERIAL PARA DISTRIBUIÇÃO GRATUITA R$ RATEIO DAS DESPESAS DA SEDE DA CONTRATADA R$ , RATEIO DAS DESPESAS DA SEDE DA CONTRATADA R$ , OUTRAS R$ OUTRAS R$ - 8 INVESTIMENTOS R$ OBRAS E INSTALAÇÕES R$ OBRAS E INSTALAÇÕES R$ EQUIPAMENTOS R$ EQUIPAMENTOS DIVERSOS R$ EQUIPAMENTOS MÉDICO-HOSPITALARES R$ EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA R$ MOBILIÁRIO R$ MOBILIÁRIO R$ VEÍCULOS R$ VEÍCULOS R$ AMBULÂNCIAS R$ OUTROS BENS DURÁVEIS R$ OUTROS BENS DURÁVEIS R$ - TOTAL R$ ,97 INSTITUTO DOS LAGOS - RIO 18/20

18

19 ANEXOS INSTITUTO DOS LAGOS - RIO 20/20

20 ANEXO I UNIDADE GERENCIADA: UPA RICARDO DE ALBUQUERQUE OS RESPONSÁVEL: INSTITUTO DOS LAGOS RIO CRONOGRAMA/ESTIMATIVA DE PRODUÇÃO ATIVIDADES JULHO/2013 AGOSTO/2013 SETEMBRO/2013 OUTUBRO/2013 NOVEMBRO/2013 DEZEMBRO/2013 PREV. REAL. % PREV. REAL. % PREV. REAL. % PREV. REAL. % PREV. REAL. % PREV. REAL. % ACOLHIMENTO % % % % % % ATENDIMENTO DE CLASSIFICAÇÃO DE RISCO % % % % % % ATENDIMENTO MÉDICO ADULTO E CRIANÇAS % % % % % % ATENDIMENTO ODONTOLÓGICO % % % % % % PROCEDIMENTO % % % % % % EXAMES % % % % % % CUIDADO MULTIPROFISSIONAL % % % % % % DISPENSAÇÃO DE MEDICAMENTOS NAS 24 HORAS % % % % % % ATIVIDADES JANEIRO/2014 FEVEREIRO/2014 MARÇO/2014 ABRIL/2014 MAIO/2014 JUNHO/2014 PREV. REAL. % PREV. REAL. % PREV. REAL. % PREV. REAL. % PREV. REAL. % PREV. REAL. % ACOLHIMENTO % % % % % % ATENDIMENTO DE CLASSIFICAÇÃO DE RISCO % % % % % % ATENDIMENTO MÉDICO ADULTO E CRIANÇAS % % % % % % ATENDIMENTO ODONTOLÓGICO % % % 360 0% 360 0% 360 0% PROCEDIMENTO % % % % % % EXAMES % % % % % % CUIDADO MULTIPROFISSIONAL % % % % % DISPENSAÇÃO DE MEDICAMENTOS NAS 24 HORAS % % % % % %

21 ANEXO II UNIDADE GERENCIADA: UPA RICARDO DE ALBUQUERQUE OS RESPONSÁVEL: INSTITUTO DOS LAGOS RIO QUANTATIVO PROCEDIMENTOS E EXAMES março/2014 DESCRIÇÃO EXAMES FREQUÊNCIA SELAMENTO PROVISORIO DE CAVIDADE DENTÁRIA 0 COLETA DE MATERIAL PARA EXAME DE LABORATÓRIO 9635 DOSAGEM DE ÁCIDO ÚRICO 7 DOSAGEM DE AMILASE 146 DOSAGEM DE BILIRRUBINA TOTAL E FRAÇÕES 222 DOSAGEM DE CÁLCIO 175 DOSAGEM DE CLORETO 0 DOSAGEM DE COLESTEROL HDL 8 DOSAGEM DE COLESTEROL LDL 7 DOSAGEM DE COLESTEROL TOTAL 7 DOSAGEM DE CREATININA 779 DOSAGEM DE CREATINOFOSFOQUINASE (CPK) 720 DOSAGEM DE CREATINOFOSFOQUINASE FRAÇÃO MP 732 DOSAGEM DE DESIDROGENASE LATICA 3 DOSAGEM DE FERRITINA 0 DOSAGEM DE FERRO SÉRICO 0 DOSAGEM DE FOSFATASE ALCALINA 1 DOSAGEM DE GAMA-GLUTAMIL-TRANSFERASE (GAMA GT) 1 DOSAGEM DE GLICOSE 579 DOSAGEM DE HEMOGLOBINA GLICOSILADA 3 DOSAGEM DE LIPASE 0 DOSAGEM DE MAGNÉSIO 133 DOSAGEM DE POTÁSSIO 699 DOSAGEM DE PROTEÍNAS TOTAI E FRAÇÕES 87 DOSAGEM DE SÓDIO 706 DOSAGEM DE TRANSAMINASE GLOTAMICO-OXALACETICA TGO 332 DOSAGEM DE TRANSAMINASE GLOTAMICO-PIRUVICA TGP 331 DOSAGEM DE TRIGLICERIDEOS 8 DOSAGEM DE UREIA 788 ELETROFORESE DE PROTEINAS 0 GASOMETRIA (PH PCO2 PO2 BICARBONATO AS2 (EXCETO BASE 8 CONTAGEM DE PLAQUETAS 0 DETERMINAÇÃO DO TEMPO DE TROMBOPLASTINA PARCIAL ATIVADA (TPP ATIVADA) 14 DETERMINAÇÃO DE TEMPO E ATIVIDADE DA PROTROMBINA (TAP) 16 DETERMINAÇÃO DE VELOCIDADE DE HEMOSSEDIMENTAÇÃO (VHS) 42 DOSAGEM DE HEMOGLOBINA 27 HEMATOCRITO 30 HEMOGRAMA COMPLETO 1976 ANÁLISE DE CARACTERES FÍSICOS, ELEMENTOS E SEDIMENTOS NA URINA 841 DETERMINAÇÃO DE FATOR REUMATOIDE 0 DETERMINAÇÃO QUANTITATIVA DE PROTEINA C REATIVA 0 DOSAGEM DE ANTIGENO PROSTATICO ESPECIFICO (PSA) 3 DOSAGEM DE GONADOTROFINA CORIÔNICA HUMANA (HCG, BETA HCG) 52 PESQUISA DE ANTICORPOS ANTI-HIV 1 (WESTERN BLOT) 1 PESQUISA DE ANTICORPOS ANTI-HIV 1 + ANTI-HIV -2(ELISA) 12 PESQUISA DE ANTICORPOS ANTIMICROSSOMAS 0 PESQUISA DE ANTICORPOS ANTITIREOGLOBULINA 0

22 ANEXO II PESQUISA DE ANTICORPOS CONTRA ANTIG. DE SUPERFÍCIE DO VIRUS DA HEPATITE B (ANTI HBS) 1 PESQUISA DE ANTICORPOS CONTRA ANTIG. E DO VIRUS DA HEPATITE B (ANTI HBE) 1 PESQUISA DE ANTICORPOS IGG ANTITOXOPLASMA 0 PESQUISA DE ANTICORPOS IGG CONTRA ARBOVIRUS DENGUE E FEBRE AMARELA 6 PESQUISA DE ANTICORPOS IGG CONTRA O VIRUS DA HEPATITE A (HAV-IGG) 1 PESQUISA DE ANTICORPOS IGG CONTRA O VIRUS HERPES SIMPLES 0 PESQUISA DE ANTICORPOS IGM ANTITOXOPLAMS 0 PESQUISA DE ANTICORPOS IGM CONTRA ANTIGENO CENTRAL DO VIRUS DA HEPATITE B (ANTI-HBC-IGM) 1 PESQUISA DE ANTICORPOS IGM CONTRA O VIRUS DA HEPATITE A (HAV-IGG) 1 PESQUISA DE ANTICORPOS IGM CONTRA O VIRUS HERPES SIMPLES 0 PESQUISA DE ANTIGENO CARCINOEMBRIONARIO (CEA) 0 PESQUISA DE ANTIGENO DE SUPERFICIE DO VIRUS DA HEPATITE B (HBSAG) 1 PESQUISA DE ANTIGENO E DO VIRUS DA HEPATITE B (HBEAG) 1 TESTE DE VDRL P/ DETECÇÃO DE SIFILIS 1 TESTE FTA-ABS IGG P/ DIAGNOSTICO DA SIFILIS 0 PESQUISA DE OVOS E CISTOS DE PARASITAS 0 DOSAGEM DE ESTRADIOL 0 DOSAGEM DE ESTRIOL 0 DOSAGEM DE ESTRONA 0 DOSAGEM DE GONADOTROFINA CORIONICA HUMANA (HCG, BETA HCG) 52 DOSAGEM DE HORMONIO FOLICULO-ESTIMULANTE (FSH) 0 DOSAGEM DE HORMONIO LUTEINIZANTE (LH) 0 DOSAGEM DE PROGESTERONA 0 DOSAGEM DE PROLACTINA 0 DOSAGEM DE TESTOSTERONA 1 DOSAGEM DE TIROXINA T4 2 DOSAGEM DE TIROXINA LIVE (T4 LIVRE) 2 ANTIBIOGRAMA 16 BACILOSCOPIA DIRETA P/ BAAR TUBERCULOSE (DIAGNÓSTICA) 0 CULTURA DE BACTERIAS P/ IDENTIFICACAO 20 CULTURA PARA BAAR 0 HEMOCULTURA 0 DETERMINAÇÃO DIRETA E REVERSA DE GRUPOS ABO 10 PESQUISA DE FATOR RH (INCLUI D FRACO 10 RADIOGRAFIA DE CRANIO (PA + LATERAL + OBLIGUA / BRETTON + HIRTZ) 1 RADIOGRAFIA DE CRANIO (PA + LATERAL) 80 RADIOGRAFIA DE MAXILAR (PA + OBLIQUA) 1 RADIOGRAFIA DE OSSOS DA FACE (MN + LATERAL + HIRTZ) 6 RADIOGRAFIA DE SEIOS DA FACE (FN + MN + LATERAL + HIRTZ) 134 RADIOGRAFIA PANORÂMICA 0 RADIOGRAFIA PERI-APICAL INTRPROXIMAL (BITE WING) 2 RADIOGRAFIA DE COLUNA CERVICAL (PA + LATERAL +TO+ OBLIQUAS) 3 RADIOGRAFIA DE COLUNA CERVICAL (AP + LATERAL +TO/FLEXÃO) 2 RADIOGRAFIA DE COLUNA CERVICAL FUNCIONAL/DINAMICA 0 RADIOGRAFIA DE COLUNA TORACICA (AP + LATERAL) 0 RADIOGRAFIA DE COLUNA TOROCO-LOMBAR 7 RADIOGRAFIA DE COLUNA TOROCO-LOMBAR (DINAMICA) 0 RADIOGRAFIA DE COLUNA SACRO- COCCIGEA 2 RADIOGRAFIA DE COSTELAS POR HEMITORAX 0 RADIOGRAFIA DE ESOFAGO 0 RADIOGRAFIA DE ESTERNO 0

23 ANEXO II RADIOGRAFIA DE TORAX (PA + LATERAL + OBLIQUA) 38 RADIOGRAFIA DE TORAX (PA) 906 RADIOGRAFIA DE ANTEBRAÇO 9 RADIOGRAFIA DE ARTICULAÇÃO ESCAPULO- UMERAL 0 RADIOGRAFIA DE COTOVELO 8 RADIOGRAFIA DE MÃO 43 RADIOGRAFIA DE MÃO E PUNHO P/ DETERMINAÇÃO DE IDADE ÓSSEA 1 RADIOGRAFIA DE ESCAPULA/OMBRO (TRES POSIÇÕES) 0 RADIOGRAFIA DE PUNHO (AP + LATERAL+ OBLIQUA) 18 RADIOGRAFIA DE ABDOMEN AGUDO (MÍNIMO DE 3 INCIDÊNCIAS) 27 RADIOGRAFIA DE ABDOMEN SIMPLES (AP) 33 RADIOGRAFIA DE ARTICULAÇÃO COXO-FEMORAL 0 RADIOGRAFIA DE ARTICULAÇÃO TIBIO-TARSICA 0 RADIOGRAFIA DE BACIA 4 RADIOGRAFIA DE CALCANEO 3 RADIOGRAFIA DE COXA 2 RADIOGRAFIA DE JOELHO (AP + LATERAL) 18 RADIOGRAFIA DE JOELHO OU PATELA (AP + LATERAL + AXIAL) 3 RADIOGRAFIA DE JOELHO OU PATELA (AP + LATERAL +OBLIQUA + 3 AXIAIS 0 RADIOGRAFIA DE PE/ DEDOS DO PE 30 RADIOGRAFIA DE PERNA 5 ELETROCARDIOGRAMA 286 TESTE RÁPIDO PARA DETECCÇÃO DE INFECÇÃO PELO HIV 12 TOTAL DESCRIÇÃO PROCEDIMENTOS FREQUÊNCIA CONSULTA DE PROFISSIONAL DE NIVEL SUPERIOR NA ATENÇÃO BASICA (EXCETO MÉDICO) 0 CONSULTA DE PROFISSIONAL DE NIVEL SUPERIOR NA ATENÇÃO ESPECIALIZADA(EXCETO MÉDICO) 783 ATENDIMENTO DE URGENCIA EM ATENÇÃO ESPECIALIZADA 650 ATENDIMENTO DE URGENCIA EM ATENÇÃO BASICA 0 AFERIÇÃO DE PRESSÃO ARTERIAL 8294 INALAÇÃO/NEBULIZAÇÃO 1030 RETIRADA DE PONTOS DE CIRURGIA BASICA 0 SONDAGEM GÁSTRICA 1 CAPEAMENTO PULPAR 0 RESTAURAÇÃO DE DENTE DECÍDUO 0 RESTAURAÇÃO DE DENTE PERMANENTE ANTERIOR 0 RESTAURAÇÃO DE DENTE PERMANENTE POSTERIOR 1 ACESSO A POLPA DENTAL E MEDICAÇÃO 12 CURATIVO DE DEMORA C/ OU S/ PREPARO BIOMECANICO 103 PULPOTOMIA DENTARIA 0 RASPAGEM ALISAMENTO E POLIMENTO SUBGENGIVAIS (POR SEXTANTE) 15 RASPAGEM ALISAMENTO SUBGENGIVAIS (POR SEXTANTE) 0 REEMBASAMENTO E CONSERTO DE PRÓTESE DENTÁRIA 0 DRENAGEM DE ABSCESSO 1 CURETAGEM PERIAPICAL 11 EXODONTIA DE DENTE DECIDUO 3 EXODONTIA DE DENTE PERMANENTE 27 ODONTOSECÇÃO/RADILECTOMIA/TUNELIZAÇÃO 3 TRATAMENTO DE ALVEOLITE 0 ADMISTRAÇÃO DE MEDICAMENTOS NA ATENÇÃO ESPECIALIZADA OXIGENOTERAPIA 222

24 ANEXO II CATETERISMO VESICAL DE DEMORA 23 CATETERISMO VESICAL DE ALIVIO 16 GLICEMIA CAPILAR 2000 CURATIVO GRAU I C/ OU S/ DEBRIDAMENTO POR PACIENTE 103 EXCISAO E/ OU SUTURA SIMPLES DE PEQUENAS LESÕES /FERIMENTOS DE PELE/ ANEXOS E MUCOSAS 1 TOTAL 26336

25 ANEXO III OS RESPONSÁVEL: INSTITUTO DOS LAGOS RIO Atividades UNIDADE GERENCIADA: UPA RICARDO DE ALBUQUERQUE CRONOGRAMA/IND. DESEMPENHO Qtde % Janeiro Fevereiro Março Meta Mínima Pontos Qtde % Meta Mínima Pontos Qtde % Meta Mínima Pontos 1 Taxa de Satisfação dos Usuários Total de usuários satisfeitos (alternativas - Bom e Ótimo) atendidos na unidade de saúde % 80% % 80% % 80% 10 Total de usuários que foram pesquisados no período em análise Taxa de prontuários médicos corretamente finalizados Total de prontuários finalizados corretamente após atendimento Total de Atendimentos % 0 3 Total de prontuários revisados pela Comissão de Revisão de Óbito Taxa de Revisão de Prontuários pela Comissão pela Comissão de Óbito 8 8 Total de prontuários de usuários que vieram a óbito Taxa de Revisão de Prontuários, pela Comissão de CCIH Taxa de revisão de prontuários das salas amarela e vermelha Total de prontuários de usuários com infecção revisados pela CCIH Total de prontuários de usuários com infecção Total de prontuários revisados das salas amarela e vermelha % 10 90% 10 Total de prontuários das salas amarela e vermelha % Total de usuários classificados quanto ao risco por enfermeiro Taxa de usuários adultos classificados quanto ao risco pelo enfermeiro 90% 70% 10 90% 70% 10 Total de usuários registrados Total dos usuários classificados como Risco Vermelho, atendidos em tempo 5 minutos, Taxa de usuários classificados como risco vermelho com tempo contados desde a chegada até o início do atendimento 9 9 máximo de espera para atendimento < 5 minutos Total de usuários classificados como Risco Vermelho Total de usuários classificados como Risco Amarelo atendidos em tempo 30 minutos, Taxa de usuários classificados como risco amarelo com tempo medido desde o acolhimento ao atendimento médico 67% 90% 0 69% 90% 0 máximo de espera para atendimento 30 minutos Total de usuários classificados como Risco Amarelo Total de usuários classificados como Risco Verde atendidos em tempo 50 minutos, medido Taxa de usuários classificados como risco verde com tempo máximo desde o acolhimento ao atendimento médico 49% 80% 0 45% 80% 0 de espera para atendimento 50 minutos Total de usuários classificados como Risco Verde % 63% 57% 70% 90% 80% Taxa de transferência dos usuários Taxa de profissionais cadastrados no CNES Total de usuários atendidos que foram transferidos ,40% 1% 10 1% 1% 10 Total de usuários atendidos Total de profissionais médicos com cadastro no CNES Total de médicos na Unidade % 1% 10 8 Total 82 Total 82 Total 73 Conceito B Conceito B Conceito B

26 ANEXO III Atividades Qtde % Abril Maio Junho Meta Mínima Pontos Qtde % Meta Mínima Pontos Qtde % Meta Mínima Pontos 1 2 Taxa de Satisfação dos Usuários Taxa de prontuários médicos corretamente finalizados Total de usuários satisfeitos (alternativas - Bom e Ótimo) atendidos na unidade de saúde Total de usuários que foram pesquisados no período em análise Total de prontuários finalizados corretamente após atendimento Total de Atendimentos 80% 80% 80% 3 Total de prontuários revisados pela Comissão de Revisão de Óbito Taxa de Revisão de Prontuários pela Comissão pela Comissão de Óbito Total de prontuários de usuários que vieram a óbito 4 5 Taxa de Revisão de Prontuários, pela Comissão de CCIH Taxa de revisão de prontuários das salas amarela e vermelha Total de prontuários de usuários com infecção revisados pela CCIH Total de prontuários de usuários com infecção Total de prontuários revisados das salas amarela e vermelha Total de prontuários das salas amarela e vermelha 90% 90% 90% Total de usuários classificados quanto ao risco por enfermeiro Taxa de usuários adultos classificados quanto ao risco pelo enfermeiro Total de usuários registrados Total dos usuários classificados como Risco Vermelho, atendidos em tempo 5 minutos, Taxa de usuários classificados como risco vermelho com tempo contados desde a chegada até o início do atendimento máximo de espera para atendimento < 5 minutos Total de usuários classificados como Risco Vermelho Total de usuários classificados como Risco Amarelo atendidos em tempo 30 minutos, Taxa de usuários classificados como risco amarelo com tempo medido desde o acolhimento ao atendimento médico máximo de espera para atendimento 30 minutos Total de usuários classificados como Risco Amarelo Total de usuários classificados como Risco Verde atendidos em tempo 50 minutos, medido Taxa de usuários classificados como risco verde com tempo máximo desde o acolhimento ao atendimento médico de espera para atendimento 50 minutos Total de usuários classificados como Risco Verde 70% 90% 80% 70% 90% 80% 70% 90% 80% Taxa de transferência dos usuários Taxa de profissionais cadastrados no CNES Total de usuários atendidos que foram transferidos Total de usuários atendidos Total de profissionais médicos com cadastro no CNES Total de médicos na Unidade 1% Total 0 1% Total 0 1% Total 0 Conceito C Conceito C Conceito C

27 ANEXO III Julho Agosto Setembro Atividades Meta Qtde % Mínima Pontos Qtde % Meta Mínima Pontos Qtde % Meta Mínima Pontos 1 Taxa de Satisfação dos Usuários Total de usuários satisfeitos (alternativas - Bom e Ótimo) atendidos na unidade de saúde Total de usuários que foram pesquisados no período em análise 80% 80% 80% 2 Taxa de prontuários médicos corretamente finalizados Total de prontuários finalizados corretamente após atendimento Total de Atendimentos 3 Total de prontuários revisados pela Comissão de Revisão de Óbito Taxa de Revisão de Prontuários pela Comissão pela Comissão de Óbito Total de prontuários de usuários que vieram a óbito Taxa de Revisão de Prontuários, pela Comissão de CCIH Total de prontuários de usuários com infecção revisados pela CCIH Total de prontuários de usuários com infecção Taxa de revisão de prontuários das salas amarela e vermelha Total de prontuários revisados das salas amarela e vermelha Total de prontuários das salas amarela e vermelha 90% 90% 10 90% 10 6 Total de usuários classificados quanto ao risco por enfermeiro Taxa de usuários adultos classificados quanto ao risco pelo enfermeiro Total de usuários registrados 70% 70% 70% 7 Total dos usuários classificados como Risco Vermelho, atendidos em tempo 5 minutos, Taxa de usuários classificados como risco vermelho com tempo contados desde a chegada até o início do atendimento máximo de espera para atendimento < 5 minutos Total de usuários classificados como Risco Vermelho 8 Total de usuários classificados como Risco Amarelo atendidos em tempo 30 minutos, Taxa de usuários classificados como risco amarelo com tempo medido desde o acolhimento ao atendimento médico máximo de espera para atendimento 30 minutos Total de usuários classificados como Risco Amarelo 90% 90% 90% 9 Total de usuários classificados como Risco Verde atendidos em tempo 50 minutos, medido Taxa de usuários classificados como risco verde com tempo máximo desde o acolhimento ao atendimento médico de espera para atendimento 50 minutos Total de usuários classificados como Risco Verde 80% 80% 80% 10 Taxa de transferência dos usuários Total de usuários atendidos que foram transferidos Total de usuários atendidos 1% 1% 1% 11 Taxa de profissionais cadastrados no CNES Total de profissionais médicos com cadastro no CNES Total de médicos na Unidade Total 0 Total 26 Total 26 Conceito C Conceito C Conceito C

28 ANEXO III Outubro Novembro Dezembro Atividades Meta Qtde % Mínima Pontos Qtde % Meta Mínima Pontos Qtde % Meta Mínima Pontos 1 Taxa de Satisfação dos Usuários Total de usuários satisfeitos (alternativas - Bom e Ótimo) atendidos na unidade de saúde Total de usuários que foram pesquisados no período em análise 80% 80% 80% 2 Taxa de prontuários médicos corretamente finalizados Total de prontuários finalizados corretamente após atendimento Total de Atendimentos 3 Total de prontuários revisados pela Comissão de Revisão de Óbito Taxa de Revisão de Prontuários pela Comissão pela Comissão de Óbito Total de prontuários de usuários que vieram a óbito 4 Taxa de Revisão de Prontuários, pela Comissão de CCIH Total de prontuários de usuários com infecção revisados pela CCIH Total de prontuários de usuários com infecção 5 Taxa de revisão de prontuários das salas amarela e vermelha Total de prontuários revisados das salas amarela e vermelha Total de prontuários das salas amarela e vermelha 90% 90% 90% 6 Total de usuários classificados quanto ao risco por enfermeiro Taxa de usuários adultos classificados quanto ao risco pelo enfermeiro Total de usuários registrados 70% 70% 70% 7 Total dos usuários classificados como Risco Vermelho, atendidos em tempo 5 minutos, Taxa de usuários classificados como risco vermelho com tempo contados desde a chegada até o início do atendimento máximo de espera para atendimento < 5 minutos Total de usuários classificados como Risco Vermelho 8 Total de usuários classificados como Risco Amarelo atendidos em tempo 30 minutos, Taxa de usuários classificados como risco amarelo com tempo medido desde o acolhimento ao atendimento médico máximo de espera para atendimento 30 minutos Total de usuários classificados como Risco Amarelo 90% 90% 90% 9 Total de usuários classificados como Risco Verde atendidos em tempo 50 minutos, medido Taxa de usuários classificados como risco verde com tempo máximo desde o acolhimento ao atendimento médico de espera para atendimento 50 minutos Total de usuários classificados como Risco Verde 80% 80% 80% 10 Taxa de transferência dos usuários Total de usuários atendidos que foram transferidos Total de usuários atendidos 1% 1% 1% 11 Taxa de profissionais cadastrados no CNES Total de profissionais médicos com cadastro no CNES Total de médicos na Unidade 80% 80% Total 0 Total 0 Total 0 Conceito C Conceito C Conceito C

29 UNIDADE GERENCIADA: Unidade de Pronto Atendimento Ricardo OS RESPONSÁVEL: Instituto dos Lagos Rio março/2014 CUIDADO MULTIPROFISSIONAL DESCRIÇÃO CUIDADO FREQUÊNCIA CONSULTA DE PROFISSIONAL DE NIVEL SUPERIOR NA ATENÇÃO ESPECIALIZADA(EXCETO MÉDICO) 783 ATENDIMENTO DE URGENCIA EM ATENÇÃO ESPECIALIZADA 650 ADMISTRAÇÃO DE MEDICAMENTOS NA ATENÇÃO ESPECIALIZADA TOTAL

30 Þ ²½»» ß² 3 ½± øê ±»»³ λ Ú± æ ððððî ÒÍÌ ÌËÌÑ ÜÑÍ ÔßÙÑÍ ó Î Ñ øðçðí ÝÒÐÖñÝÐÚæ ðéòèïíòéíçñðððçóïç Û²¼òæ ÛÍÌÎßÜß ÓßÎÛÝØßÔ ßÔÛÒÝßÎ ÍñÒfóóÎ ÝßÎÜÑ ÜÛ ßÔÞËÏËÛÎÏËÛ ó ÝÛÐæ îïêîëóïíð Ó«² ½3 ±æ Î Ñ ÜÛ ÖßÒÛ ÎÑ ËÚæ ÎÖ Û³ ¼±»³æ îðñðëñîðïì л 3±¼±æ Ó 9± ¼» îðïì ß½» ± Ì» ½ Ý º ½ ¼± Ò±³» ¼ ݱ² ÝñÝò Í ¼± ² ½ Ó±ªòÜ7¾ ± Ó±ªòÝ 7¼ ± Í ¼± Ú ² ððððï ïðððððððð ßÌ ÊÑ îîòïîíòêêðôéé ïòëïìòìçéôëð ïòììêòïëéôìì îîòïçîòðððôèí ððððî ïïððððððð Ý ÎÝËÔßÒÌÛ îîòïîíòêêðôéé ïòëïìòìçéôëð ïòììêòïëéôìì îîòïçîòðððôèí ððððë ïïðìððððð _ÎÛß ÜÛ ÐÎÑÖÛÌÑÍ ïîòïêìôçç ïòîèèòððêôêè ïòîèîòêïèôçé ïéòëëîôéð ðíððë ïïðìðìððð Ü ÍÐÑÒSÊÛÔ ó Î ÜÛ ßÔÞËÏËÛÎÏËÛ ïîòïêìôçç ïòîèèòððêôêè ïòîèîòêïèôçé ïéòëëîôéð ðíïðë ïïðìðìððï Þ ¼» ½± ¹ îèðç ½ñ½ ïèèèðóè ïîòïêìôçç ïòîèèòððêôêè ïòîèîòêïèôçé ïéòëëîôéð ðððïî ïïîðððððð ßÐÔ ÝßYKÛÍ Ú ÒßÒÝÛ ÎßÍ ìïòëîéôìì íîôçí íèòððêôêè íòëëíôêç ðíððê ïïîððìððð ßÐÔ Ý Ú ÒßÒÝ Î ÜÛ ßÔÞËÏËÛÎÏËÛ ìïòëîéôìì íîôçí íèòððêôêè íòëëíôêç ðíïïð ïïîððìððï Ý ¼ò ¼» б«²9 Î ß ¾« ìïòëîéôìì íîôçí íèòððêôêè íòëëíôêç ðððéè ïïîëððððð ÛÍÌÑÏËÛÍ ïìêòéççôíð îïíòðêïôìç ïïîòíïéôìî îìéòëìíôíé ðíðéç ïïîëðìððð ÛÍÌÑÏËÛ ËÐß Îò ÜÛ ßÔÞËÏËÛÎÏËÛ ïìêòéççôíð îïíòðêïôìç ïïîòíïéôìî îìéòëìíôíé ðííèë ïïîëðìððï Û ò Ó»¼ ½òñ ² ò Ú ³ ½»«½± ïîïòêèêôêë ïîéòéêïôêç êïòìíëôîè ïèèòðïíôðê ðííèê ïïîëðìððî Û òó òø± òó»¼òññ¼±² òñô ¾± îëòïïîôêë èëòîççôèð ëðòèèîôïì ëçòëíðôíï ððêìë ïïîêððððð ÜÛÍÐÛÍßÍ ßÒÌÛÝ ÐßÜßÍ îòçìêôìè ðôðð íëîôêé îòëçíôèï ðíîìð ïïîêðèððð Ü»» ß²»½ ¼ îòçìêôìè ðôðð íëîôêé îòëçíôèï ðíîìî ïïîêðèððî ݱ³»»² ª± Û³» îòçìêôìè ðôðð íëîôêé îòëçíôèï ðððîì ïïíðððððð ßÜ ßÒÌßÓÛÒÌÑÍ ß ÌÛÎÝÛ ÎÑÍ ïêòîçðôéð ïíòíçêôìð ïîòèêïôéð ïêòèîëôìð ðíððè ïïíððëððð ßÜ ßÒÌßÓÛÒÌÑ ó Î ßÔÞËÏËÛÎÏËÛ ïêòîçðôéð ïíòíçêôìð ïîòèêïôéð ïêòèîëôìð ðíïìì ïïíððëððì ß¼ ² ³»² ± Ê» Ì ² ±» ïîòèêïôéð ïíòíçêôìð ïîòèêïôéð ïíòíçêôìð ðíïìð ïïíððëððé ß¼ ² ³»² ± Ú± ²»½»¼± íòìîçôðð ðôðð ðôðð íòìîçôðð ððèðð ïïëðððððð ÍËÞÊÛÒY]Ñ ÐñÝËÍÌÛ Ñ ß ÎÛÝÛÞÛÎ îïòçðíòçíïôèê ðôðð ðôðð îïòçðíòçíïôèê ððèëð ïïëðïëððð ÍËÞÊÛÒY]Ñ Ðñ ÒÊÍÌ ÓÛÒÌ Î ÝßÎÜÑ ðôðð ðôðð ðôðð ðôðð ððèëï ïïëðïëððï Í«¾ªò ñ ²ª» òß Î»½»¾ Î ½ ¼± ìíïòçççôçì ðôðð ðôðð ìíïòçççôçì ððèëî ïïëðïëððî Í«¾ªò ñ ²ª» λ½»¾ ¼ Î ½ ¼± óìíïòçççôçì ðôðð ðôðð óìíïòçççôçì ððèëì ïïëðïêððð ÍËÞÊÛÒY]Ñ ÐñÝËÍÌÛ Ñ Î ÝßÎÜÑ îòèêìòìëêôïê ðôðð ðôðð îòèêìòìëêôïê ððèëê ïïëðïêððî Í«¾ªò ñý ± λ½»¾ Î ½ ¼± óïèòêðéòìéëôíí ðôðð ðôðð óïèòêðéòìéëôíí ððçèí ïïëðïêððí Í«¾ª»²9=± ñ Ý ± λ ¼ îïòìéïòçíïôìç ðôðð ðôðð îïòìéïòçíïôìç ððçéè ïïëðîëððð ÍËÞÊ Ðñ ÝËÍÌÛ Ñ ÎÛßÔÛÒÙÑ ïf Ìß ïçòðíçòìéëôéð ðôðð ðôðð ïçòðíçòìéëôéð ððçêë ïïëðîëððï Í«¾ª ñý ± λ½»¾ Î ½ ¼± ïçòðíçòìéëôéð ðôðð ðôðð ïçòðíçòìéëôéð ðððëî ïîððððððð ÓÑÞ Ô ÆßÜÑ ðôðð ðôðð ðôðð ðôðð ðððêè ïîðìððððð _ÎÛß ÜÛ ÐÎÑÖÛÌÑÍ ïîòêçîôîç ðôðð ðôðð ïîòêçîôîç ðððéí ïîðìðìððð ÓÑÞ Ô ÆßÜÑ ËÐß Îò ßÔÞËÏËÛÎÏËÛ ïîòêçîôîç ðôðð ðôðð ïîòêçîôîç ðíïìè ïîðìðìððï Ó «²» Û «³»² ± ïîòêçîôîç ðôðð ðôðð ïîòêçîôîç ððíìï ïîðëððððð ÍËÞÊòÐñ ÒÊÛÍÌ ÓòÎÛßÔ ÆßÜß óïîòêçîôîç ðôðð ðôðð óïîòêçîôîç ððíìë ïîðëðìððð ÓÑÞ Ô ÆßÜÑ Î ÝßÎÜÑ ßÔÞò óïîòêçîôîç ðôðð ðôðð óïîòêçîôîç

31 Þ ²½»» ß² 3 ½± øê ±»»³ λ Ú± æ ððððí ÒÍÌ ÌËÌÑ ÜÑÍ ÔßÙÑÍ ó Î Ñ øðçðí ÝÒÐÖñÝÐÚæ ðéòèïíòéíçñðððçóïç Û²¼òæ ÛÍÌÎßÜß ÓßÎÛÝØßÔ ßÔÛÒÝßÎ ÍñÒfóóÎ ÝßÎÜÑ ÜÛ ßÔÞËÏËÛÎÏËÛ ó ÝÛÐæ îïêîëóïíð Ó«² ½3 ±æ Î Ñ ÜÛ ÖßÒÛ ÎÑ ËÚæ ÎÖ Û³ ¼±»³æ îðñðëñîðïì л 3±¼±æ Ó 9± ¼» îðïì ß½» ± Ì» ½ Ý º ½ ¼± Ò±³» ¼ ݱ² ÝñÝò Í ¼± ² ½ Ó±ªòÜ7¾ ± Ó±ªòÝ 7¼ ± Í ¼± Ú ² ðððïê îðððððððð ÐßÍÍ ÊÑ îîòïîíòêêðôéé îòçéëòéèíôðë íòðììòïîíôïï îîòïçîòðððôèí ðððïé îïððððððð Ý ÎÝËÔßÒÌÛ îîòïîíòêêðôéé îòçéëòéèíôðë íòðììòïîíôïï îîòïçîòðððôèí ðððîï îïðìððððð _ÎÛß ÜÛ ÐÎÑÖÛÌÑÍ îòìïïòîðíôíê ïòíðïòçíîôêï îòèïçòéìîôìë íòçîçòðïíôîð ðíððç îïðìðìððð ÝÑÒÌßÍ ß ÐßÙßÎ ó Î ßÔÞËÏËÛÎÏËÛ îòìïïòîðíôíê ïòíðïòçíîôêï îòèïçòéìîôìë íòçîçòðïíôîð ðíîîì îïðìðìððï Í ²¼ ½ ± Ð ¹ ðôðð ðôðð ïðòðëêôíï ïðòðëêôíï ðíîîë îïðìðìððì лª ¼»²½ ±½ Ð ¹ îíéòêïèôíì ïçèòëìêôëî ïîéòëðìôìï ïêêòëéêôîí ðíîîê îïðìðìððë ÚÙÌÍ Ð ¹ èêòîëêôêê ìíòîèïôçê ìëòíðïôêð èèòîéêôíð ðíêéî îïðìðìððê Ð Í Ð ¹ çëìôêï ëòëíêôèí ëòëèëôëì ïòððíôíî ðíîïê îïðìðìððé Î Ú±²» Ð ¹ ó ½-¼ ðëêï íèòììîôèê íêòîçêôíî íéòéççôéí íçòçìêôîé ðíîíð îïðìðìððè Ñ ¼»² ¼± Ð ¹ ëìðòéïðôïð ììéòíçíôíï ììðòéèðôïé ëíìòðçêôçê ðíîíï îïðìðìððç» ½ +» Ð ¹ ëéòîêîôëð îèòèïëôðé ìðòçëíôêì êçòìðïôðé ðíîíì îïðìðìðïð ïíf Í ± Ð ¹ ïòðêïôëð ðôðð ðôðð ïòðêïôëð ðíîèê ðððððì îïðìðìðïí ßßÛ Ó»» ììòíêðôðð îîòïèðôðð îîòïèðôðð ììòíêðôðð ðíîèê ðððððî îïðìðìðïí ß¹ Í»½± èòíïèôîð ìòíîîôïî íòéçïôîê éòéèéôíì ðíîèê ððððïè îïðìðìðïí Þ ±ÈÈ íêòðíïôîê ðôðð ïíòíêèôìë ìçòíççôéï ðíîèê ððððïï îïðìðìðïí ÝÍÓ éëòëìðôçï ëðòðêêôðê îìòíééôèë ìçòèëîôéð ðíîèê ðððððë îïðìðìðïí Ý»² º ½ ¾ ïêêòëçíôêç ðôðð ëëòëíïôîí îîîòïîìôçî ðíîèê ððððíé îïðìðìðïí Û Ð±» ïîòðíìôèð ïîòðððôðð êòèîçôðð êòèêíôèð ðíîèê ððððïî îïðìðìðïí Û½± ïïëòðêéôìê çòíèëôðð íèòíëëôèî ïììòðíèôîè ðíîèê ððððïð îïðìðìðïí ØÞÍ çëòçìîôïê ìîòîïìôëê ìéòçéïôðè ïðïòêçèôêè ðíîèê ðððððé îïðìðìðïí ²±ª ïïëòëðêôíê ëîòçíçôíë ëëòëíïôðî ïïèòðçèôðí ðíîèê ðððððè îïðìðìðïí ÖÉÍ ìíòèððôðð îïòçððôðð îïòçððôðð ìíòèððôðð ðíîèê ððððïì îïðìðìðïí Ð ² íçòèìðôðð ðôðð çòçêðôðð ìçòèððôðð ðíîèê ððððïê îïðìðìðïí λº ¹» Î ± íòìëðôðð íòìëðôðð íòìëðôðð íòìëðôðð ðíîèê ððððïë îïðìðìðïí ÍòÌòÌòÎò ïðòïðîôìè ðôðð ðôðð ïðòïðîôìè ðíîèê ððððîî îïðìðìðïí ÌÈ ìòééèôðð ðôðð ìòééèôðð çòëëêôðð ðíîðï ððððíè îïðìðìðïì Ý ³ ² îîíôðð îîíôðð ðôðð ðôðð ðíîðï ðððððê îïðìðìðïì Ý ±» Ý ± îòðîéôëí ðôðð ðôðð îòðîéôëí ðíîðï ððððïé îïðìðìðïì Û»½ º ³ éðòíçéôìí ëðòïðçôëé îïíòðêïôìç îííòíìçôíë ðíîðï ððððíð îïðìðìðïì Ú Ì±²» ïòðëëôðð ïòðëëôðð îòíìéôëð îòíìéôëð ðíîðï ððððëï îïðìðìðïì Ö«² ª ² îòìíìôéí ðôðð ïòîíëôçê íòêéðôêç ðíîðï ððððíç îïðìðìðïì Ò» Ê «îìòðîêôîð ðôðð ïðòèïèôêð íìòèììôèð ðíîðï ðððððç îïðìðìðïì Òª ïëíòíçìôêð èðòïíîôèð èïòííéôêð ïëìòëççôìð ðíîðï ððððëí îïðìðìðïì б ± Í»¹«± îòéêèôîê îòðéêôïè ðôðð êçîôðè ðíîðï ððððïê îïðìðìðïì λº ¹» Î ± ïíòïèëôéï ðôðð ëòîèêôîð ïèòìéïôçï ðíîðï ððððïë îïðìðìðïì ÍòÌòÌòÎò îððôðð ðôðð íîëôðð ëîëôðð ðíîðï ððððêé îïðìðìðïì ÍÇÍÌÛÓ ÝßÎÜ ðôðð ðôðð ììïôðð ììïôðð ðíîïë îïðìðìðïê ÍÍ ¼»» ½» ± Ð ¹ îèòðéèôìë ðôðð ëòêìïôèê ííòéîðôíï ðíîçé îïðìðìðïè л² =± ³»² 3½ Ð ¹ ðôðð îêèôìð îêèôìð ðôðð ðííèí îïðìðìðïç ÎÐß Ð ¹ ïïìòêððôêí ïïìòêððôêí ïêéòçìëôíç ïêéòçìëôíç ðííîî îïðìðìðîï λ ± ¼³ ² ª± Ð ¹ ëêòèìíôíé ëêòèìíôíé ìêòîïïôïï ìêòîïïôïï ðíîíí îïðìðìðîí Ý»¼» Ð ¹ êðïôíð êðïôíð îòéíîôëï îòéíîôëï ðíîíî îïðìðìðîì Û²» ¹ Û» ½ Ð ¹ ïêòêïëôðì ïêòêïëôðì ïëòíçèôðï ïëòíçèôðï ðíîíë îïðìðìðîë Ì»»º±²» Ð ¹ çìéôìë çìéôìë ëëëôîë ëëëôîë ðíîíé îïðìðìðîê ²» ²» Ð ¹ ïíîôéé ïíîôéé ïíïôìê ïíïôìê ðíîíè îïðìðìðîé ËÐß Í]Ñ ÐÛÜÎÑ ïçðòðððôðð ðôðð èððòðððôðð ççðòðððôðð ðíîíç îïðìðìîèð Ë Ý ³ ± ðôðð ðôðð ìëðòðððôðð ìëðòðððôðð ðððèê îïðéððððð ÐÎÑÊ ÍKÛÍ ïòçíïòëîêôðí ìîòéêìôîî îîìòíèðôêê îòïïíòïìîôìé ðððèé îïðéðïððð ÐÎÑÊ Í]Ñ ÜÛ ÚWÎ ßÍ èçðòçîîôîè îìòëéðôëï èðòìëðôëï çìêòèðîôîè ðíìèé îïðéðïððë Ð ±ªò Ú7 Îò ß ¾« èçðòçîîôîè îìòëéðôëï èðòìëðôëï çìêòèðîôîè ðððèè îïðéðîððð ÐÎÑÊ Í]Ñ ïíf ÍßÔ_Î Ñ ïîðòçèïôïè ëòêíðôéç êðòíïïôðí ïéëòêêïôìî ðíìèç îïðéðîððê Ð ±ªò ïífí ò Îò ß ¾« ïîðòçèïôïè ëòêíðôéç êðòíïïôðí ïéëòêêïôìî ðððèç îïðéðíððð ÐÎÑÊ Í]Ñ ÜÛ ÎÛÍÝ Í]Ñ çïçòêîîôëé ïîòëêîôçî èíòêïçôïî ççðòêéèôéé ðíìçð îïðéðíððë Ð ±ªò λ ½ =± Îò ß ¾« çïçòêîîôëé ïîòëêîôçî èíòêïçôïî ççðòêéèôéé

32 Þ ²½»» ß² 3 ½± øê ±»»³ λ Ú± æ ððððì ÒÍÌ ÌËÌÑ ÜÑÍ ÔßÙÑÍ ó Î Ñ øðçðí ÝÒÐÖñÝÐÚæ ðéòèïíòéíçñðððçóïç Û²¼òæ ÛÍÌÎßÜß ÓßÎÛÝØßÔ ßÔÛÒÝßÎ ÍñÒfóóÎ ÝßÎÜÑ ÜÛ ßÔÞËÏËÛÎÏËÛ ó ÝÛÐæ îïêîëóïíð Ó«² ½3 ±æ Î Ñ ÜÛ ÖßÒÛ ÎÑ ËÚæ ÎÖ Û³ ¼±»³æ îðñðëñîðïì л 3±¼±æ Ó 9± ¼» îðïì ß½» ± Ì» ½ Ý º ½ ¼± Ò±³» ¼ ݱ² ÝñÝò Í ¼± ² ½ Ó±ªòÜ7¾ ± Ó±ªòÝ 7¼ ± Í ¼± Ú ² ððèëé îïëðððððð ÍËÞÊ ß ÎÛßÔ ÆßÎ ïéòéèðòçíïôíè ïòêíïòðèêôîî ðôðð ïêòïìçòèìëôïê ððçïî îïëðïëððð ÍËÞÊÛÒY]Ñ Ðñ ÒÊÛÍÌ Î ÝßÎÜÑ ìïçòíðéôêë ðôðð ðôðð ìïçòíðéôêë ððçïê îïëðïëððï Í«¾ò ñ ²ª» ò λ ½ ¼± ìíïòçççôçì ðôðð ðôðð ìíïòçççôçì ððçïé îïëðïëððî Í«¾ò ñ ²ª» òî» ¼ Î ½ ¼± óïîòêçîôîç ðôðð ðôðð óïîòêçîôîç ððçèì îïëðîêððð ÍËÞÊ Ðñ ÝËÍÌÛ Ñ Î ÝßÎÜÑ ïf Ìß ïéòíêïòêîíôéí ïòêíïòðèêôîî ðôðð ïëòéíðòëíéôëï ððçêç îïëðîêððï Í«¾ª»²9=± ñ Ý Î» ïçòðíçòìéëôéð ðôðð ðôðð ïçòðíçòìéëôéð ðíðïì îïëðîêððî Í«¾ò ñý λ ¼ Î ½ ¼± óïòêééòèëïôçé ïòêíïòðèêôîî ðôðð óíòíðèòçíèôïç

33 Þ ²½»» ß² 3 ½± øê ±»»³ λ Ú± æ ððððë ÒÍÌ ÌËÌÑ ÜÑÍ ÔßÙÑÍ ó Î Ñ øðçðí ÝÒÐÖñÝÐÚæ ðéòèïíòéíçñðððçóïç Û²¼òæ ÛÍÌÎßÜß ÓßÎÛÝØßÔ ßÔÛÒÝßÎ ÍñÒfóóÎ ÝßÎÜÑ ÜÛ ßÔÞËÏËÛÎÏËÛ ó ÝÛÐæ îïêîëóïíð Ó«² ½3 ±æ Î Ñ ÜÛ ÖßÒÛ ÎÑ ËÚæ ÎÖ Û³ ¼±»³æ îðñðëñîðïì л 3±¼±æ Ó 9± ¼» îðïì ß½» ± Ì» ½ Ý º ½ ¼± Ò±³» ¼ ݱ² ÝñÝò Í ¼± ² ½ Ó±ªòÜ7¾ ± Ó±ªòÝ 7¼ ± Í ¼± Ú ² ðððîë íðððððððð ÎÛÝÛ ÌßÍ íòììèòïðïôîí ðôðð ïòêíïòïïçôïë ëòðéçòîîðôíè ðððîè íïððððððð ÎÛÝÛ ÌßÍ ÑÐÛÎßÝ ÑÒß Í íòììèòïðïôîí ðôðð ïòêíïòïïçôïë ëòðéçòîîðôíè ðððíí íïðîððððð ÎÛÝÛ ÌßÍ ÝÑÓ ÐÎÑÖÛÌÑÍ íòìïéòðêíôíë ðôðð ïòêíïòðèêôîî ëòðìèòïìçôëé ðíðïð íïðîðéððð ÎÛÝò ½ñÍËÞÊÛÒY]Ñ ÎòßÔÞËÏËÛÎÏËÛ íòìïéòðêíôíë ðôðð ïòêíïòðèêôîî ëòðìèòïìçôëé ðííðï íïðîðéððï λ» λ½ò ½ñÍ«¾ªò Ù±ªóÎÖ íòìïéòðêíôíë ðôðð ïòêíïòðèêôîî ëòðìèòïìçôëé ðððêð íïðíððððð ÎÛÝÛ ÌßÍ Ú ÒßÒÝÛ ÎßÍ ïðòïííôîï ðôðð íîôçí ïðòïêêôïì ðíðïï íïðíðëððð ÎÛÝÛ ÌßÍ Ú ÒßÒÝ Î ßÔÞËÏËÛÎÏËÛ ïðòïííôîï ðôðð íîôçí ïðòïêêôïì ðííðè íïðíðëððï λ²¼ ñý ¼ б«ò Î ß ¾« ïðòððéôîï ðôðð íîôçí ïðòðìðôïì ðííðë íïðíðëððí Ü» ½ò Ѿ ¼± ó Îòß ¾« ïîêôðð ðôðð ðôðð ïîêôðð ðððçï íïðëððððð ÑËÎßÍ ÎÛÝÛ ÌßÍ ÑÐÛÎßÝ ÑÒß Í îðòçðìôêé ðôðð ðôðð îðòçðìôêé ðððçî íïðëðïððð ÎÛÝËÐÛÎßY]Ñ ÜÛ ÜÛÍÐÛÍßÍ îðòçðìôêé ðôðð ðôðð îðòçðìôêé ðííïð íïðëðïððì λ½ 9=± Ü» òîòß ¾« ïçòïðìôêé ðôðð ðôðð ïçòïðìôêé ðííïï íïðëðïððë Ó«ß ìèðñýôì ïòèððôðð ðôðð ðôðð ïòèððôðð

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DA UPA TIPO III - 24 HORAS - REALENGO MAIO DE 2013 CONTRATO DE GESTÃO SES/RJ

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DA UPA TIPO III - 24 HORAS - REALENGO MAIO DE 2013 CONTRATO DE GESTÃO SES/RJ RELATÓRIO DE EXECUÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DA UPA TIPO III - 24 HORAS - REALENGO MAIO DE 2013 CONTRATO DE GESTÃO SES/RJ 1 - CONSIDERAÇÕES INICIAIS Neste mês foram atendidos 9.884 pacientes, sendo 5.889

Leia mais

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DA UPA TIPO III - 24 HORAS - SANTA LUZIA JUNHO DE 2013 CONTRATO DE GESTÃO SES/RJ

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DA UPA TIPO III - 24 HORAS - SANTA LUZIA JUNHO DE 2013 CONTRATO DE GESTÃO SES/RJ RELATÓRIO DE EXECUÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DA UPA TIPO III - 24 HORAS - SANTA LUZIA JUNHO DE 2013 CONTRATO DE GESTÃO SES/RJ 1 - CONSIDERAÇÕES INICIAIS Neste mês foram atendidos 9.913 pacientes, sendo

Leia mais

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DA UPA TIPO III - 24 HORAS COLUBANDÊ MAIO DE 2013 CONTRATO DE GESTÃO SES/RJ

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DA UPA TIPO III - 24 HORAS COLUBANDÊ MAIO DE 2013 CONTRATO DE GESTÃO SES/RJ RELATÓRIO DE EXECUÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DA UPA TIPO III - 24 HORAS COLUBANDÊ MAIO DE 2013 CONTRATO DE GESTÃO SES/RJ 1 - CONSIDERAÇÕES INICIAIS Neste mês foram atendidos 11.588 pacientes, sendo 8.625

Leia mais

ÎÛÔßÌMÎ Ñ ÜÛ ÛÈÛÝËY]Ñ Û ÐÎÛÍÌßY]Ñ ÜÛ ÝÑÒÌßÍ Üß ËÐß Ì ÐÑ ó îì ØÑÎßÍ Š ÞßÒÙË ÓßÎYÑ ÜÛ îðïì ÝÑÒÌÎßÌÑ ÜÛ ÙÛÍÌ]Ñ Š ÍÛÍñÎÖ

ÎÛÔßÌMÎ Ñ ÜÛ ÛÈÛÝËY]Ñ Û ÐÎÛÍÌßY]Ñ ÜÛ ÝÑÒÌßÍ Üß ËÐß Ì ÐÑ ó îì ØÑÎßÍ Š ÞßÒÙË ÓßÎYÑ ÜÛ îðïì ÝÑÒÌÎßÌÑ ÜÛ ÙÛÍÌ]Ñ Š ÍÛÍñÎÖ ÎÛÔßÌMÎ Ñ ÜÛ ÛÈÛÝËY]Ñ Û ÐÎÛÍÌßY]Ñ ÜÛ ÝÑÒÌßÍ Üß ËÐß Ì ÐÑ ó îì ØÑÎßÍ Š ÞßÒÙË ÓßÎYÑ ÜÛ îðïì ÝÑÒÌÎßÌÑ ÜÛ ÙÛÍÌ]Ñ Š ÍÛÍñÎÖ ÑòÍò Š ÑÎÙßÒ ÆßY]Ñ ÍÑÝ ßÔ ÝÒÐÖ Òòf ðéòèïíòéíçñðððïóêï Ϋ¼± Ý ³±ô ðçô ïðf ²¼ ô Ý»² ±

Leia mais

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DA UPA TIPO III - 24 HORAS COLUBANDÊ FEVEREIRO DE 2013 CONTRATO DE GESTÃO SES/RJ

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DA UPA TIPO III - 24 HORAS COLUBANDÊ FEVEREIRO DE 2013 CONTRATO DE GESTÃO SES/RJ RELATÓRIO DE EXECUÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DA UPA TIPO III - 24 HORAS COLUBANDÊ FEVEREIRO DE 2013 CONTRATO DE GESTÃO SES/RJ O.S. ORGANIZAÇÃO SOCIAL CNPJ N.º 07.813.739/0001-61 Rua do Carmo, 09, 10º andar,

Leia mais

CARGO UNIDADE Cod. Bras. Ocupação CATEGORIA PROFISSIONAL (1) QTDE. Forma de contratação (2) Carga Horária Semanal (3) Salário Base (R$) (4) Encargos (R$) (4) Benefícios (R$) (4) SALÁRIO TOTAL DA SALÁRIO

Leia mais

Agência:3033 Conta:43500-7 DEMONSTRATIVO MENSAL - CONTA CORRENTE DATA HISTÓRICO DOCTO CRÉDITO DÉBITO SALDO 27/07/12 SALDO ANTERIOR 0,00 02/01/13 PAGAMENTO GOVERNO RJ 23593 1.744.840,00 UG296100/2012OB023593

Leia mais

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DA UPA TIPO III - 24 HORAS COLUBANDÊ JUNHO DE 2014 CONTRATO DE GESTÃO SES/RJ

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DA UPA TIPO III - 24 HORAS COLUBANDÊ JUNHO DE 2014 CONTRATO DE GESTÃO SES/RJ RELATÓRIO DE EXECUÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DA UPA TIPO III - 24 HORAS COLUBANDÊ JUNHO DE 2014 CONTRATO DE GESTÃO SES/RJ O.S. ORGANIZAÇÃO SOCIAL CNPJ N.º 07.813.739/0001-61 Rua do Carmo, 09, 10º andar,

Leia mais

UNIDADE GERENCIADA: UPA UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO JACAREPAGUÁ Período:Março/2014 Aquisição de Bens Duráveis N o Controle Patrimonial OS Nº Controle Patrimonial Tipo(1) Descrição do bem CNPJ Fornecedor

Leia mais

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DA UPA TIPO III - 24 HORAS - FONSECA MAIO DE 2014 CONTRATO DE GESTÃO SES/RJ

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DA UPA TIPO III - 24 HORAS - FONSECA MAIO DE 2014 CONTRATO DE GESTÃO SES/RJ RELATÓRIO DE EXECUÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DA UPA TIPO III - 24 HORAS - FONSECA MAIO DE 2014 CONTRATO DE GESTÃO SES/RJ O.S. ORGANIZAÇÃO SOCIAL CNPJ N.º 07.813.739/0001-61 Rua do Carmo, 09, 10º andar,

Leia mais

Agência:3033 Conta:45900-3 DEMONSTRATIVO MENSAL - CONTA CORRENTE DATA HISTÓRICO DOCTO CRÉDITO DÉBITO SALDO 26/12/12 SALDO ANTERIOR 0,00 02/01/13 PAGAMENTO GOVERNO RJ 23631 16.815.655,52 UG296100/2012OB023631

Leia mais

Lista de Abreviaturas

Lista de Abreviaturas UPA 24h Engenho Novo Relatório de Execução Competência 07/2015 Contrato de Gestão nº 026/2013 Coordenador Sistemas de Informação: Silvio Maffei Analista de Informação: Roberta Passetto Lista de Abreviaturas

Leia mais

Relatório de Execução

Relatório de Execução 01/2013 Relatório de Execução Contrato de Gestão nº 26/2012 da UPA ENGENHO NOVO o do Relatório Lista de Abreviaturas CTA CAF OSS SACG SES/RJ Comissão Técnica de Apoio Comissão de Acompanhamento e Fiscalização

Leia mais

Relatório de Execução

Relatório de Execução 01/2013 ítulo do Relatório Relatório de Execução Contrato de Gestão nº 27/2012 da UPA ILHA DO GOVERNADOR Lista de Abreviaturas CTA CAF OSS SACG SES/RJ Comissão Técnica de Apoio Comissão de Acompanhamento

Leia mais

Anexo I Relação de exames laboratoriais Pregão presencial nº 20/2015

Anexo I Relação de exames laboratoriais Pregão presencial nº 20/2015 Anexo I Relação de exames laboratoriais Pregão presencial nº 20/2015 ITEM CÓDIGO DESCRIÇÃO DO PROCEDIMENTO VALOR 01 02.02.05.001-7 ANÁLISE DE CARACTERES FÍSICOS, 3,70 ELEMENTOS E SEDIMENTOS NA URINA (EQU)

Leia mais

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DA UPA TIPO III - 24 HORAS SÃO PEDRO DA ALDEIA MAIO DE 2014 CONTRATO DE GESTÃO SES/RJ

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DA UPA TIPO III - 24 HORAS SÃO PEDRO DA ALDEIA MAIO DE 2014 CONTRATO DE GESTÃO SES/RJ RELATÓRIO DE EXECUÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DA UPA TIPO III - 24 HORAS SÃO PEDRO DA ALDEIA MAIO DE 2014 CONTRATO DE GESTÃO SES/RJ O.S. ORGANIZAÇÃO SOCIAL CNPJ N.º 07.813.739/0001-61 Rua do Carmo, 09, 10º

Leia mais

Extrato Mensal / Por Período HOSPITAL E MATERNIDADE THEREZINHA DE JESUS CNPJ: 021.583.042/0007-68 Nome do usuário: THAIS DE OLIVEIRA DE MELLO Data da operação: 04/11/2015-11h46 Agência Conta Total Disponível

Leia mais

RelatóRio de execução

RelatóRio de execução RelatóRio de execução JANEIRO/2015 CONSIDERAÇÕES INICIAIS Início de um novo ano seguindo as diretrizes de qualidade e excelência técnica preconizadas pelo Instituto D or de Gestão de Saúde Pública. O Contrato

Leia mais

Relatório de Execução

Relatório de Execução 05/2014 Relatório de Execução Contrato de Gestão nº 007/2012 da UPA Irajá Título do Relatório Lista de Abreviaturas CTA - Comissão Técnica de Apoio CAF - Comissão de Acompanhamento e Fiscalização CCIH

Leia mais

Relatório de Execução

Relatório de Execução 07/2013 Relatório de Execução Título do Relatório Contrato de Gestão nº 007/2012 da UPA IRAJÁ Lista de Abreviaturas CTA CAF OSS SACG SES/RJ Comissão Técnica de Apoio Comissão de Acompanhamento e Fiscalização

Leia mais

Relatório de Execução

Relatório de Execução 05/2014 Relatório de Execução Contrato de Gestão nº 029/2013 da UPA Penha Título do Relatório Lista de Abreviaturas CTA - Comissão Técnica de Apoio CAF - Comissão de Acompanhamento e Fiscalização CCIH

Leia mais

Relatório de Execução

Relatório de Execução 04/2014 Relatório de Execução Contrato de Gestão nº 026/2012 da UPA Engenho Novo Título do Relatório Lista de Abreviaturas CTA - Comissão Técnica de Apoio CAF - Comissão de Acompanhamento e Fiscalização

Leia mais

Relatório de Execução

Relatório de Execução 03/2014 Relatório de Execução Título do Relatório Contrato de Gestão nº 007/2012 da UPA Irajá 3º Relatório Mensal de Acompanhamento do Contrato de Lista de Abreviaturas CTA - Comissão Técnica de Apoio

Leia mais

RELATÓRIO DE GESTÃO UPA TIPO III - 24 HORAS FONSECA 2013 CONTRATO DE GESTÃO SES/RJ

RELATÓRIO DE GESTÃO UPA TIPO III - 24 HORAS FONSECA 2013 CONTRATO DE GESTÃO SES/RJ RELATÓRIO DE GESTÃO UPA TIPO III - 24 HORAS FONSECA 2013 CONTRATO DE GESTÃO SES/RJ Sumário 1- A instituição 02 2- Indicadores sobre o corpo funcional 05 3- Resultados 2013 06 4- Principais Ações de Gestão

Leia mais

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DA UPA TIPO III - 24 HORAS COLUBANDÊ MAIO DE 2014 CONTRATO DE GESTÃO SES/RJ

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DA UPA TIPO III - 24 HORAS COLUBANDÊ MAIO DE 2014 CONTRATO DE GESTÃO SES/RJ RELATÓRIO DE EXECUÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DA UPA TIPO III - 24 HORAS COLUBANDÊ MAIO DE 2014 CONTRATO DE GESTÃO SES/RJ 1 - CONSIDERAÇÕES INICIAIS Neste mês foram atendidos 8.986 pacientes, sendo 6.728

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 001/2012

PROCESSO SELETIVO Nº 001/2012 PROCESSO SELETIVO Nº 001/2012 O Instituto de Gestão e Humanização IGH, torna público para conhecimento dos interessados, que fará realizar Processo Seletivo objetivando a contratação de serviços laboratoriais

Leia mais

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DA UPA TIPO III - 24 HORAS - REALENGO JUNHO DE 2013 CONTRATO DE GESTÃO SES/RJ

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DA UPA TIPO III - 24 HORAS - REALENGO JUNHO DE 2013 CONTRATO DE GESTÃO SES/RJ RELATÓRIO DE EXECUÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DA UPA TIPO III - 24 HORAS - REALENGO JUNHO DE 2013 CONTRATO DE GESTÃO SES/RJ 1 - CONSIDERAÇÕES INICIAIS Neste mês foram atendidos 9.479 pacientes, sendo 5.756

Leia mais

CRF/PE. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Farmácia de Pernambuco CNPJ: 09.822.982/0001-71. Página:1/6

CRF/PE. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Farmácia de Pernambuco CNPJ: 09.822.982/0001-71. Página:1/6 Conselho Regional de Farmácia de Pernambuco CNPJ: 09.822.982/0001-71 Comparativo da Paga CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 6.366.25 1.102.995,57 2.609.238,49 3.757.011,51 CRÉDITO DISPONÍVEL DESPESAS CORRENTES

Leia mais

Comparativo da Despesa Paga. Gratificação por Tempo de Serviço. Programa de Alimentação ao Trabalhador - Pat

Comparativo da Despesa Paga. Gratificação por Tempo de Serviço. Programa de Alimentação ao Trabalhador - Pat Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Pará CNPJ: 14.974.293/0001-12 Comparativo da Paga CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 922.380,03 665.569,81 CRÉDITO DISPONÍVEL DESPESA CORRENTE 541.961,33 188.309,60

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Instrumento de convênio que entre si fazem, de um lado a CNPJ nº, com sede social na CEP Nº inscrita no CREMEB-BA sob o Nº, Telefone, Endereço eletrônico, doravante denominado

Leia mais

============================================================================================================================

============================================================================================================================ 01/02/2015 a 28/02/2015 Folha:1 1 203 Ativo 27.205.825,51 33.646.052,26 31.176.612,07-29.675.265,70 1.01 204 Circulante 21.524.160,64 32.787.953,60 30.593.987,96-23.718.126,28 1.01.01 205 Caixa e Equivalentes

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Instrumento de convênio que entre si fazem, de um lado a CNPJ nº, com sede social na CEP Nº -inscrita no CREMEB-BA sob o Nº, Telefone ( ), Endereço eletrônico, doravante

Leia mais

CRF/PB. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Farmácia da Paraíba CNPJ: 08.338.774/0001-39. Página:1/6

CRF/PB. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Farmácia da Paraíba CNPJ: 08.338.774/0001-39. Página:1/6 Conselho Regional de Farmácia da Paraíba CNPJ: 08.338.774/0001-39 Comparativo da Paga CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 4.500.00 3.539.976,99 CRÉDITO DISPONÍVEL DESPESAS CORRENTES 3.533.00 955.295,01 955.295,01

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº. 001/2010 VISANDO PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE EXAMES AUXILIARES DE DIAGNÓSTICO

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº. 001/2010 VISANDO PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE EXAMES AUXILIARES DE DIAGNÓSTICO EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº. 001/2010 VISANDO PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE EXAMES AUXILIARES DE DIAGNÓSTICO O Município de IPÊ - RS, através do presente Edital, comunica a todos os interessados o procedimento

Leia mais

CRF/PR. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Farmácia do Paraná CNPJ: 76.693.886/0001-68. Página:1/6. Funções.

CRF/PR. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Farmácia do Paraná CNPJ: 76.693.886/0001-68. Página:1/6. Funções. Conselho Regional de Farmácia do Paraná CNPJ: 76.693.886/0001-68 Comparativo da Paga CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 14.028.00 12.940.689,80 CRÉDITO DISPONÍVEL DESPESAS CORRENTES 13.375.00 1.082.192,20 1.082.192,20

Leia mais

RELAÇÃO DE EXAMES REALIZADOS NO IBEx

RELAÇÃO DE EXAMES REALIZADOS NO IBEx 1 Ácido úrico 2 Albumina 3 Alfa 1 glicoproteína ácida 4 Alfa fetoproteína 5 Amilase 6 Androstenediona 7 Anticorpos Anti-HIV I, Western Blot 8 Anticorpos anti-hiv1 + HIV2 (Determinação Conjunta) ELISA 9

Leia mais

Extrato Mensal / Por Período HOSPITAL E MATERNIDADE THEREZINHA DE JESUS CNPJ: 021.583.042/0005-04 Nome do usuário: RAFAEL GOMES MARTINS Data da operação: 13/07/2015-11h31 Agência Conta Total Disponível

Leia mais

Resumo da Movimentação Financeira. Exercício 2010

Resumo da Movimentação Financeira. Exercício 2010 Resumo da Movimentação Financeira Exercício 2010 Centro de Patologia e Medicina Laboratorial - CPML Exercício Financeiro 2010 Conta Corrente 5838-6 Centro de Patologia e Medicina Laboratorial - CPML Recurso

Leia mais

COREN/BA. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Enfermagem da Bahia CNPJ: 15.679.277/0001-60. Página:1/5

COREN/BA. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Enfermagem da Bahia CNPJ: 15.679.277/0001-60. Página:1/5 Conselho Regional de Enfermagem da Bahia CNPJ: 15.679.277/0001-60 Comparativo da Paga 6.2.2.1.1 - CRÉDITO DISPONÍVEL - DESPESAS CORRENTES 15.929.386,19 14.609.228,50 14.609.228,50 1.320.157,69 6.2.2.1.1.31

Leia mais

Comparativo da Despesa Liquidada. Material de Limpeza e Produtos de Higiene. Material de Áudio, Vídeo e Foto. Materiais Elétricos e de Telefonia

Comparativo da Despesa Liquidada. Material de Limpeza e Produtos de Higiene. Material de Áudio, Vídeo e Foto. Materiais Elétricos e de Telefonia Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado de Sergipe CNPJ: 14.817.219/0001-92 Comparativo da Liquidada CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 1.148.289,97 885.632,24 DESPESA CORRENTE 948.289,97 685.632,24 PESSOAL

Leia mais

Notas Explicativas das Demonstrações Financeiras

Notas Explicativas das Demonstrações Financeiras Notas Explicativas das Demonstrações Financeiras No ano de 2012 o Londrina Country Club atualizou o plano de contas de sua demonstração de resultado. O objetivo é atualizar a nomenclatura das contas permitindo

Leia mais

CENTRAIS DE ABASTECIMENTO DE CAMPINAS S/A - CEASA/CAMPINAS CNPJ: 44.608.776/0001-64

CENTRAIS DE ABASTECIMENTO DE CAMPINAS S/A - CEASA/CAMPINAS CNPJ: 44.608.776/0001-64 1.... ATIVO 152.101.493,67 50.040.951,48 153.182.697,98 1.10... ATIVO CIRCULANTE 12.634.079,13 49.780.167,34 14.042.894,83 1.10.10.. DISPONIBILIDADES 10.621.727,62 40.765.261,82 12.080.213,47 1101001 BENS

Leia mais

Jornal Oficial do Município - Sousa, Edição Especial 28 de Outubro de 2014.

Jornal Oficial do Município - Sousa, Edição Especial 28 de Outubro de 2014. Jornal Oficial do Município - Sousa, Jornal Oficial do Município - Sousa, LICITAÇÕES AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 00072/2014 Torna público que fará realizar através da Pregoeira Oficial e Equipe

Leia mais

CRM/PE. Comparativo da Despesa Liquidada. Conselho Regional de Medicina / PE CNPJ: 09.790.999/0001-94. Página:1/5

CRM/PE. Comparativo da Despesa Liquidada. Conselho Regional de Medicina / PE CNPJ: 09.790.999/0001-94. Página:1/5 Conselho Regional de Medicina / PE CNPJ: 09.790.999/0001-94 Comparativo da Liquidada CRÉDITO DISPONÍVEL - DESPESAS CORRENTES 10.058.608,00 743.489,20 2.545.612,52 7.512.995,48 PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS

Leia mais

CREFITO/RS. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional 5ª Região CNPJ: 90.601.147/0001-20.

CREFITO/RS. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional 5ª Região CNPJ: 90.601.147/0001-20. Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional 5ª Região CNPJ: 90.601.147/0001-20 Comparativo da Paga CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 6.425.208,00 2.742.999,95 2.742.999,95 3.682.208,05 CRÉDITO

Leia mais

CRM/PE. Comparativo da Despesa Liquidada. Conselho Regional de Medicina / PE CNPJ: 09.790.999/0001-94. Página:1/5

CRM/PE. Comparativo da Despesa Liquidada. Conselho Regional de Medicina / PE CNPJ: 09.790.999/0001-94. Página:1/5 Conselho Regional de Medicina / PE CNPJ: 09.790.999/0001-94 Comparativo da Liquidada CRÉDITO DISPONÍVEL - DESPESAS CORRENTES 10.058.608,00 1.802.123,32 1.802.123,32 8.256.484,68 PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS

Leia mais

CRM/SC. Comparativo da Despesa Liquidada CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SANTA CATARINA CNPJ: 79.831.566/0001-15. Página:1/5 OU FUNÇÃO

CRM/SC. Comparativo da Despesa Liquidada CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SANTA CATARINA CNPJ: 79.831.566/0001-15. Página:1/5 OU FUNÇÃO CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE SANTA CATARINA CNPJ: 79.831.566/0001-15 Comparativo da Liquidada CRÉDITO DISPONÍVEL - DESPESAS CORRENTES 15.170.00 1.795.345,62 3.134.978,61 12.035.021,39 PESSOAL

Leia mais

CNPJ: 01.052.752/0001-69 Número livro: Emissão: Hora: DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO EM 31/12/2011

CNPJ: 01.052.752/0001-69 Número livro: Emissão: Hora: DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO EM 31/12/2011 Empresa: ASAS DE SOCORRO Folha: CNPJ: 01.052.752/0001-69 Número livro: CONSOLIDADO Emissão: Hora: 0001 0042 01/11/2012 11:36:58 DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO EM 31/12/2011 Descrição Receita Operacional

Leia mais

Comparativo da Despesa Empenhada

Comparativo da Despesa Empenhada Conselho Federal de Psicologia CNPJ: 00.393.272/0001-07 Comparativo da Empenhada Período: 01/01/2013 a 31/12/2013 6.2.2.1.1 - CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 23.529.630,47 354.627,97 6.2.2.1.1.01 - CRÉDITO

Leia mais

CONTER. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia CNPJ: 03.635.323/0001-40. Página:1/5

CONTER. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia CNPJ: 03.635.323/0001-40. Página:1/5 Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia CNPJ: 03.635.323/0001-40 Comparativo da Paga CRÉDITO DISPONÍVEL - DESPESAS CORRENTES 6.780.80 2.392.725,12 2.392.725,12 4.388.074,88 VENCIMENTOS E VANTAGENS

Leia mais

Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada

Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada CONSELHO REGIONAL DE CORRETORES DE IMOVEIS - 4ª REGIÃO RUA CARIJOS 244 10º ANDAR EDIFICIO WALMAP BELO HORIZONTE-MG Telefone: (31) 3271-6044 Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada Ano do : 2014 : 01/01/2014

Leia mais

Extrato Mensal / Por Período HOSPITAL E MATERNIDADE THEREZINHA DE JESUS CNPJ: 021.583.042/0007-68 Nome do usuário: ALINE CANDIDO OLIVEIRA Data da operação: 22/07/2015-18h06 Agência Conta Total Disponível

Leia mais

PODER EXECUTIVO LUIZ FABRÍCIO DO RÊGO TORQUATO Prefeito Municipal ZÉLIA MARIA LEITE Vice-Prefeito CPL

PODER EXECUTIVO LUIZ FABRÍCIO DO RÊGO TORQUATO Prefeito Municipal ZÉLIA MARIA LEITE Vice-Prefeito CPL DIÁRIO OFICIAL DO MUNICÍPIO Instituído pela Lei Municipal n 901, de 02 de julh o de 2002. ADMINISTRAÇÃO DO EXMO. SR. PREFEITO LUIZ FABRÍCIO DO REGO TORQUATO ANO XI N 1089 PAU DOS FERROS/RN, Sexta-feira,

Leia mais

Relatório de Execução

Relatório de Execução 03/2014 Relatório de Execução Título do Relatório Contrato de Gestão nº 028/2012 da UPA Maré Lista de Abreviaturas CTA - Comissão Técnica de Apoio CAF - Comissão de Acompanhamento e Fiscalização CCIH Comissão

Leia mais

Comparativo da Despesa Empenhada

Comparativo da Despesa Empenhada Conselho Federal de Psicologia CNPJ: 00.393.272/0001-07 Comparativo da Empenhada Período: 01/01/2014 a 31/12/2014 6.2.2.1.1 - CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 22.971.460,84 6.546.770,91 6.2.2.1.1.01 - CRÉDITO

Leia mais

Ministério da Saúde GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 3.193, DE 24 DEZEMBRO DE 2008

Ministério da Saúde GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 3.193, DE 24 DEZEMBRO DE 2008 Ministério da Saúde GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 3.193, DE 24 DEZEMBRO DE 2008 Altera a Tabela de Procedimentos, Medicamentos, Órteses/Próteses e Materiais Especiais do Sistema Único de Saúde - SUS.

Leia mais

Comparativo da Despesa Paga. Gratificação de Natal - 13º Salário. Material de Limpeza e Produtos de Higiene. Material de Áudio, Vídeo e Foto

Comparativo da Despesa Paga. Gratificação de Natal - 13º Salário. Material de Limpeza e Produtos de Higiene. Material de Áudio, Vídeo e Foto Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Rio Grande do Norte CNPJ: 14.829.126/0001-88 Comparativo da Paga CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 1.819.026,06 1.569.128,55 DESPESA CORRENTE 1.082.835,00 832.937,49

Leia mais

Comparativo da Despesa Paga. Gratificação de Natal - 13º Salário. Material de Limpeza e Produtos de Higiene. Material de Áudio, Vídeo e Foto

Comparativo da Despesa Paga. Gratificação de Natal - 13º Salário. Material de Limpeza e Produtos de Higiene. Material de Áudio, Vídeo e Foto Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Rio Grande do Norte CNPJ: 14.829.126/0001-88 Comparativo da Paga CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 1.819.026,06 102.069,64 491.340,38 1.327.685,68 DESPESA CORRENTE

Leia mais

PRESTAÇÃO DE CONTAS DO EXERCÍCIO 2013

PRESTAÇÃO DE CONTAS DO EXERCÍCIO 2013 CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO PARANÁ PRESTAÇÃO DE CONTAS DO EXERCÍCIO 2013 Prestação de Contas do Exercício de 2013 CRM-PR Saldo do exercício de 2012 R$ 5.487.745,60 Arrecadação no exercício de 2013

Leia mais

Comparativo de Despesas Abril/2015

Comparativo de Despesas Abril/2015 Click to edit Master text styles Second level Third level Fourth level» Fifth level Comparativo de s Abril/2015 Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil CNPJ: 14.702.767/0001-77 Comparativo da Liquidada

Leia mais

CFQ. Comparativo da Despesa Paga CONSELHO FEDERAL DE QUÍMICA CNPJ: 33.839.275/0001-72. Página:1/6. Evite imprimir. Colabore com o meio ambiente.

CFQ. Comparativo da Despesa Paga CONSELHO FEDERAL DE QUÍMICA CNPJ: 33.839.275/0001-72. Página:1/6. Evite imprimir. Colabore com o meio ambiente. CONSELHO FEDERAL DE QUÍMICA CNPJ: 33.839.275/0001-72 Comparativo da Paga 6.2.2.1.1 - CRÉDITO DISPONÍVEL - DESPESAS CORRENTES 18.718.78 3.991.255,30 3.991.255,30 14.727.524,70 6.2.2.1.1.31 - PESSOAL E ENCARGOS

Leia mais

PLANO DE CONTAS UNIFICADO DOS CONSELHOS FEDERAL E REGIONAIS DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA.

PLANO DE CONTAS UNIFICADO DOS CONSELHOS FEDERAL E REGIONAIS DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA. PLANO DE CONTAS UNIFICADO DOS CONSELHOS FEDERAL E REGIONAIS DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA. DEMONSTRATIVO ANALÍTICO DA RECEITA EXERCÍCIO BASE 1000.00.00 1200.00.00 1210.00.00 1210.40.00 1210.40.10

Leia mais

4.1.5 RECEITAS PATRIMONIAIS

4.1.5 RECEITAS PATRIMONIAIS 1 ORÇAMENTO DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL EXERCÍCIO FINANCEIRO DE 2012 DEMONSTRATIVO ANALÍTICO DA RECEITA CATEGORIA ECONÔMICA CÓDIGO ESPECIFICAÇÃO DOTAÇÃO 4 RECEITAS 8.859.280,00 4.1 RECEITAS CORRENTES

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO DO RIO DE JANEIRO CRA/RJ

CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO DO RIO DE JANEIRO CRA/RJ RECEITAS 1 - O Orçamento do Conselho Regional de Administração do Rio de Janeiro para o exercício financeiro de 2013, estima a receita em R$ 16.122.900,00 e fixa sua despesa em igual importância. 2 - A

Leia mais

Orçamento da Ordem dos Advogados do Brasil Secção do Ceará. Exercício 2010. Demonstrativo Analítico da Receita

Orçamento da Ordem dos Advogados do Brasil Secção do Ceará. Exercício 2010. Demonstrativo Analítico da Receita CEARA Orçamento da Ordem dos Advogados do Brasil Secção do Ceará Exercício 2010 Demonstrativo Analítico da Receita CATEGORIA ECONÔMICA CÓDIGO ESPECIFICAÇÃO DOTAÇÃO (R$) 4 RECEITAS 8.727.000,00 4.1 RECEITAS

Leia mais

4416 ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E INDÚSTRIAL DE FLORIANÓPOLIS 27/04/2012 18:33 Pág:0001 CNPJ: 83.594.788/0001-39 Período: 01/01/2011 a 31/12/2011

4416 ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E INDÚSTRIAL DE FLORIANÓPOLIS 27/04/2012 18:33 Pág:0001 CNPJ: 83.594.788/0001-39 Período: 01/01/2011 a 31/12/2011 4416 ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E INDÚSTRIAL DE FLORIANÓPOLIS 27/04/2012 18:33 Pág:0001 RECEITA OPERACIONAL 22.561.107,38 RECEITA DE MENSALIDADE DE ASSOCIADOS 1.353.124,41 Mensalidades 1.343.952,41 Anuidade

Leia mais

Extrato Mensal / Por Período HOSPITAL E MATERNIDADE THEREZINHA DE JESUS CNPJ: 021.583.042/0007-68 Nome do usuário: ANDRÉ LUIZ MARTINS PENIDO COELHO Data da operação: 02/02/2015-12h02 Extrato de: Ag: 3033

Leia mais

ENCARGOS SOCIAIS. Grupo A. Subtotal. Grupo B. Subtotal. Grupo C. Subtotal Grupo D. Total de Encargos Sociais

ENCARGOS SOCIAIS. Grupo A. Subtotal. Grupo B. Subtotal. Grupo C. Subtotal Grupo D. Total de Encargos Sociais ENCARGOS SOCIAIS 1 INSS 20,00% 2 SESI ou SESC 1,50% 3 SENAI ou SENAC 1,00% 4 INCRA 0,20% 5 Salário Educação 2,50% 6 FGTS 8,00% 7 Seguro Acidente do Trabalho/SAT/INSS 3,00% 8 SEBRAE 0,60% 9 SECONCI 1,00%

Leia mais

Convênio com a Prefeitura Municipal da Estância Balneária

Convênio com a Prefeitura Municipal da Estância Balneária 205 Convênio com a Prefeitura Municipal da Estância Balneária 205 205 Santa Casa de Misericórdia de Ilhabela Rua Padre Bronislau Chereck, 5 Centro Ilhabela / SP 630-000 Fone(2) 3896-222 email: provedoria@santacasailhabela.org.br

Leia mais

LEI N.º 1.713/06, DE 18 DE AGOSTO DE 2006.

LEI N.º 1.713/06, DE 18 DE AGOSTO DE 2006. LEI N.º 1.713/06, DE 18 DE AGOSTO DE 2006. Autoriza chamamento público para credenciamento de serviços de exames laboratoriais e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE PAVERAMA-RS, no uso das

Leia mais

Diário :18 Folha: 222 Descrição Classificação Conta Exercício Atual

Diário :18 Folha: 222 Descrição Classificação Conta Exercício Atual Diário :18 Folha: 222 R E C E I T A S OUTRAS RECEITAS OPERACIONAIS OUTRAS RECEITAS RECEITAS DE ALUGUEIS RECEITA DE LOCAÇÃO 3-2-09-01-03 9 500,00C =RECEITAS DE ALUGUEIS ********500,00C =OUTRAS RECEITAS

Leia mais

=CAIXA ******6.053,07D *****200.073,85 *****179.146,19 *****26.980,73D

=CAIXA ******6.053,07D *****200.073,85 *****179.146,19 *****26.980,73D Diário:6 Folha: 12 [7]ATIVO [14]ATIVO CIRCULANTE [21]CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA [28]CAIXA [35]CAIXA 6.053,07D 200.073,85 179.146,19 26.980,73D =CAIXA ******6.053,07D *****200.073,85 *****179.146,19

Leia mais

Coombs Indireto Soro Jejum desnecessário Fibrinogênio Plasma Jejum desnecessário Grupo Sangüíneo Sangue total com EDTA e K3 Jejum desnecessário

Coombs Indireto Soro Jejum desnecessário Fibrinogênio Plasma Jejum desnecessário Grupo Sangüíneo Sangue total com EDTA e K3 Jejum desnecessário HEMATOLOGIA: Células LE Sangue sem anticoagulante Jejum desnecessário Coombs Direto Sangue total com EDTA Jejum desnecessário Coombs Indireto Soro Jejum desnecessário Fibrinogênio Plasma Jejum desnecessário

Leia mais

manual Sistema de Gestão Financeira

manual Sistema de Gestão Financeira manual Sistema de Gestão Financeira Conteúdo 1. Menu 5 2. Cadastro 6 2.1. Projetos 6 2.2. Código Contábil 7 2.2.1. Gerenciar Cód. Contábil 9 2.3. Centro de Custo 10 2.4. Cliente / Fornecedor 11 2.5. Contas

Leia mais

EDITAL CONCORRÊNCIA 02/2015 ANEXO IX - ANÁLISE ECONÔMICO-FINANCEIRA DA CONCESSÃO.

EDITAL CONCORRÊNCIA 02/2015 ANEXO IX - ANÁLISE ECONÔMICO-FINANCEIRA DA CONCESSÃO. EDITAL CONCORRÊNCIA 02/2015 ANEXO IX - ANÁLISE ECONÔMICO-FINANCEIRA DA CONCESSÃO. Análise Econômico-financeira da Concessão A licitante deverá apresentar uma análise econômico-financeira da concessão,

Leia mais

Prestação de Contas Novembro a Fevereiro 2013-2014

Prestação de Contas Novembro a Fevereiro 2013-2014 Prestação de Contas Novembro a Fevereiro 2013-2014 RECEITAS RECEITAS NOVEMBRO DEZEMBRO JANEIRO FEVEREIRO TRANSF. MUNICIPIOS 192.899,80 437.833,00 912.447,20 1.168.551,70 VENDA EDITAIS - - - 180,00 RENDIMENTOS

Leia mais

Comparativo da Despesa Paga

Comparativo da Despesa Paga Conselho Regional de Medicina Veterinária de MS CN: 03.981.172/0001-81 Comparativo da Paga Período: 01/01/2014 a 31/12/2014 CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 4.933.457,03 2.276.488,44 DESPESAS CORRENTES 3.390.110,50

Leia mais

SISTEMA DE INFORMAÇÕES AMBULATORIAIS SIA COMPETENCIA 09/2011 SINTÉTICO DE PROCEDIMENTOS POR UNIDADE TUBARÃO - SC

SISTEMA DE INFORMAÇÕES AMBULATORIAIS SIA COMPETENCIA 09/2011 SINTÉTICO DE PROCEDIMENTOS POR UNIDADE TUBARÃO - SC SISTEMA DE INFORMAÇÕES AMBULATORIAIS SIA COMPETENCIA 09/2011 SINTÉTICO DE PROCEDIMENTOS POR UNIDADE TUBARÃO - SC 421870 Unidade Valor Produzido Valor aprovado Qt. Produzida Qt. Aprovada Unidade 2491362

Leia mais

- 1 - CARTILHA PARA COMPREENDIMENTO CONTABIL SINDICATO DOS ESTIVADORES DE PARANAGUÁ E PONTAL DO PR-2009

- 1 - CARTILHA PARA COMPREENDIMENTO CONTABIL SINDICATO DOS ESTIVADORES DE PARANAGUÁ E PONTAL DO PR-2009 - 1 - ATIVO = Nossos bens e Direitos No Ativo do Sindicato temos as seguintes contas: - Caixa: É o que está disponível na Tesouraria para pagamento de pequenas despesas. - Banco Conta Movimento: O Sindicato

Leia mais

ANEXO II: ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROPOSTA TÉCNICA E ECONÔMICA ÁREA DE PLANEJAMENTO 3.1

ANEXO II: ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROPOSTA TÉCNICA E ECONÔMICA ÁREA DE PLANEJAMENTO 3.1 ANEXO II: ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROPOSTA TÉCNICA E ECONÔMICA ÁREA DE PLANEJAMENTO 3.1 1 Introdução Entende-se que a Proposta Técnica e Econômica é a demonstração do conjunto dos elementos necessários

Leia mais

Folha: CNPJ: 01.052.752/0001-69 Número livro: Emissão: Hora: DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO EM 31/12/2010

Folha: CNPJ: 01.052.752/0001-69 Número livro: Emissão: Hora: DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO EM 31/12/2010 Empresa: ASAS DE SOCORRO Folha: CNPJ: 01.052.752/0001-69 Número livro: CONSOLIDADO Emissão: Hora: 0001 0041 01/11/2012 11:40:01 DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO EM 31/12/2010 Descrição Receita Operacional

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DOS ITENS DE VERIFICAÇÃO - UPA

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DOS ITENS DE VERIFICAÇÃO - UPA RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DOS ITENS DE VERIFICAÇÃO - UPA Quando da apresentação de protocolos, manual de normas e rotinas, procedimento operacional padrão (POP) e/ou outros documentos,

Leia mais

Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada

Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada CONSELHO REGIONAL DE CORRETORES DE I DE SANTA CATARINA - 11ª REGIÃO RUA TRAJANO - 279 - ED. TRAJANUS - 1º E 2º ANDARES - FLORIANÓPOLIS -SC Telefone: (48) 3203-9200 Comparativo da Despesa Autorizada/Realizada

Leia mais

*Consolidado de Créditos das Contas do Dept. Saúde Incluídos os Convênios

*Consolidado de Créditos das Contas do Dept. Saúde Incluídos os Convênios São Tiago, 09 de fevereiro de 2011. PRESTAÇÃO DE CONTAS DOS RECURSOS RECEBIDOS *Consolidado de Créditos das Contas do Dept. Saúde Incluídos os Convênios De Onde Vem o Recurso? Período: ANO DE 2010 Saldo

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM SECRETARIA MUNICIPAL DA FAZENDA SUBSECRETARIA CONTÁBIL

PREFEITURA MUNICIPAL DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM SECRETARIA MUNICIPAL DA FAZENDA SUBSECRETARIA CONTÁBIL Fundo: 21/2009 Nome: Objeto: Vigência: PROGRAMA DE ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL - PETI - PVMC O programa de erradicação do Trabalho Infantil - PETI articula um conjunto de ações visando retirar crianças

Leia mais

Exames de análises clínicas Laboratório Central

Exames de análises clínicas Laboratório Central Exames de análises clínicas Laboratório Central Simples o Ácido úrico sérico o Ácido úrico urinário o Albumina o Amilase (LIQUOR) o Amilase (sérica) o Anti estreptolisina (ASLO) o Antibiograma o Baciloscopia

Leia mais

ANEXO ÚNICO Fica a Credenciada Camil - Centro de Assistência Médica Itabapoana - Ltda a prestar os seguintes serviços de saúde aos municípios consorciados ao CIM POLO SUL: 001 - Colonoscopia (coloscopia)

Leia mais

Proposta Orçamentária Exercício 2015

Proposta Orçamentária Exercício 2015 Página : 1 1.0.00.00 - RECEITAS CORRENTES 1.954.000,00 1.1.00.00 - RECEITAS DE CONTRIBUIÇÕES 1.540.663,00 1.1.01.00 - ANUIDADE 1.540.663,00 1.1.01.01 - ANUIDADE DO EXERCICIO 1.035.137,00 1.1.01.01.01 -

Leia mais

Tutorial Módulo Financeiro

Tutorial Módulo Financeiro Tutorial Módulo Financeiro Definição o módulo Financeiro, do Sistema GI, destina-se ao registro das movimentações financeiras que ocorrem na igreja, sejam elas de receitas confirmadas (dízimos, ofertas,

Leia mais

ANEXO I TERMO DE COMPROMISSO DE APOIO À ASSISTÊNCIA HOSPITALAR

ANEXO I TERMO DE COMPROMISSO DE APOIO À ASSISTÊNCIA HOSPITALAR ANEXO I TERMO DE COMPROMISSO DE APOIO À ASSISTÊNCIA HOSPITALAR Pelo presente termo de compromisso, de um lado a Secretaria de Estado da Saúde do Estado do Rio de Janeiro/ Fundo Estadual de Saúde, com endereço

Leia mais

PLANO DE CONTAS. - Plano 000001 FOLHA: 000001 0001 - INSTITUTO DE ELETROTÉCNICA E ENERGIA DA USP DATA: 18/08/2009 PERÍODO: 01/2007

PLANO DE CONTAS. - Plano 000001 FOLHA: 000001 0001 - INSTITUTO DE ELETROTÉCNICA E ENERGIA DA USP DATA: 18/08/2009 PERÍODO: 01/2007 PLANO DE S FOLHA: 000001 1 - ATIVO 1.1 - ATIVO CIRCULANTE 1.1.1 - DISPONÍVEL 1.1.1.01 - BENS NUMERÁRIOS 1.1.1.01.0001 - (0000000001) - CAIXA 1.1.1.02 - DEPÓSITOS BANCÁRIOS 1.1.1.02.0001 - (0000000002)

Leia mais

ATIVO Nota 2012 2011 PASSIVO E PATRIMÔNIO LÍQUIDO Nota 2012 2011 CIRCULANTE CIRCULANTE

ATIVO Nota 2012 2011 PASSIVO E PATRIMÔNIO LÍQUIDO Nota 2012 2011 CIRCULANTE CIRCULANTE QUADRO I BALANÇOS PATRIMONIAIS ATIVO Nota 2012 2011 PASSIVO E PATRIMÔNIO LÍQUIDO Nota 2012 2011 CIRCULANTE CIRCULANTE Caixa e equivalentes de caixa 4 2.630.185 2.070.467 Fornecedores 115.915 76.688 Contas

Leia mais

Balancete. Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Piauí CNPJ: 14.882.936/0001-06. Créditos. Conta. Página:1/24

Balancete. Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Piauí CNPJ: 14.882.936/0001-06. Créditos. Conta. Página:1/24 Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Piauí CNPJ: 14.882.936/0001-06 Balancete Período: 01/05/2015 a 31/05/2015 Conta Anterior Débitos Créditos 1 - ATIVO 660.339,65D 383.449,46 379.045,53 664.743,58D

Leia mais

Prefeitura Municipal de São José da Lapa

Prefeitura Municipal de São José da Lapa Estado de Minas Gerais Demostração das Variações Patrimoniais - Anexo 15 - Lei 4.320/64 ENTIDADE: 000 - CONSOLIDADO lilian@sonner.com.br 30-03-2015 13:44:25 400000000 VARIAÇÃO PATRIMONIAL AUMENTATIVA 300000000

Leia mais

INSTITUTO DE MEDICINA INTEGRAL PROFº FERNANDO FIGUEIRA - IMIP

INSTITUTO DE MEDICINA INTEGRAL PROFº FERNANDO FIGUEIRA - IMIP INSTITUTO DE MEDICINA INTEGRAL PROFº FERNANDO FIGUEIRA - IMIP Complexo Hospitalar - Hospital Filantrópico - Área 69.000 m² - 10 prédios - 1.143 leitos - 101 leitos de UTI NHE (VEH / GRSH / CCIH) COMISSÕES

Leia mais

CRP/RS. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Psicologia 7ª Região - CRPRS CNPJ: 03.230.787/0001-76. Página:1/5

CRP/RS. Comparativo da Despesa Paga. Conselho Regional de Psicologia 7ª Região - CRPRS CNPJ: 03.230.787/0001-76. Página:1/5 Conselho Regional de Psicologia 7ª Região - CRPRS CNPJ: 03.230.787/0001-76 Comparativo da Paga 6.2.2.1.1 - CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 10.218.906,43 571.837,92 3.904.353,83 6.314.552,60 6.2.2.1.1.01

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE EM PERNAMBUCO Sistema de Contabilidade COMPARATIVO DA RECEITA ORÇADA COM A REALIZADA RECEITA - Março - 2013

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE EM PERNAMBUCO Sistema de Contabilidade COMPARATIVO DA RECEITA ORÇADA COM A REALIZADA RECEITA - Março - 2013 COMPARATIVO DA RECEITA ORÇADA COM A REALIZADA RECEITA - Março - 2013 Pág. : 1 6.2.1 RECEITAS CORRENTES 6.075.000,00 385.244,45 3.028.821,45 49,86 3.046.178,55 6.2.1.1 CONTRIBUIÇÕES 4.949.000,00 295.008,08

Leia mais

FUNDACAO EDUCACIONAL DE BRUSQUE - FEBE Folha: 1 Período: 01/05/13 a 31/05/13

FUNDACAO EDUCACIONAL DE BRUSQUE - FEBE Folha: 1 Período: 01/05/13 a 31/05/13 FUNDACAO EDUCACIONAL DE BRUSQUE - FEBE Folha: 1 17 T 1 ATIVO 42.807.744,57D 5.912.830,23 5.858.043,39 42.862.531,41D 23 T 1.1 ATIVO CIRCULANTE 2.202.794,33D 5.390.052,54 5.127.142,48 2.465.704,39D 30 T

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE DE PERNAMBUCO SECRETARIA EXECUTIVA DE ATENÇÃO À SAÚDE UPA ENGENHO VELHO

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE DE PERNAMBUCO SECRETARIA EXECUTIVA DE ATENÇÃO À SAÚDE UPA ENGENHO VELHO GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO UPA ENGENHO VELHO RELATÓRIO DE EXECUÇÃO 2º TRIMESTRE DO 2º ANO DO CONTRATO DE GESTÃO Período de Dezembro de 2012 à Fevereiro de 2013 2 INTRODUÇÃO O presente relatório apresenta

Leia mais

Comparativo da Despesa Liquidada. Gratificação por Tempo de Serviço JUROS E ENCARGOS DE EMPRESTIMOS POR ANTECIPACAO DE RECEITA ORCAMENTARIA

Comparativo da Despesa Liquidada. Gratificação por Tempo de Serviço JUROS E ENCARGOS DE EMPRESTIMOS POR ANTECIPACAO DE RECEITA ORCAMENTARIA Conselho Regional de Psicologia / ES CNPJ: 06.964.242/0001-81 Comparativo da Liquidada CRÉDITO DISPONÍVEL DA DESPESA 1.687.048,66 1.151.487,32 1.151.487,32 535.561,34 CRÉDITO DISPONÍVEL DESPESA CORRENTE

Leia mais