METODOLOGIA CIENTÍFICA PATRÍCIA ALVAREZ RUIZ

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "METODOLOGIA CIENTÍFICA PATRÍCIA ALVAREZ RUIZ"

Transcrição

1 METODOLOGIA CIENTÍFICA PATRÍCIA ALVAREZ RUIZ

2 Leitura crítica de artigos científicos

3 Seria correto se todos os artigos publicados fossem cientificamente saudáveis, mas, infelizmente, o padrão de pesquisa deixa muito a desejar do ponto de vista estatístico. Exemplos de desenhos de pesquisa abaixo da qualidade e análise incorreta podem ser vistos em quase todos os temas de qualquer revista ALTMAN, 1991 Uma das habilidades mais importantes que um médico deveria ter é a capacidade para analisar criticamente as contribuições originais à literatura médica ALBERT, 1981

4 Literatura na área de Saúde Mais de de artigos 4000 revistas/mês 10% a 15% - comprovado valor científico LEITURA CRÍTICA ZIRALDO Cursos brasileiros de graduação e pós-graduação na área da saúde não aborda a leitura crítica PATTUSSI; FREIRE, 2001

5 Vasta gama de textos e artigos científicos, muitos disponíveis eletronicamente Seleção ao acaso Adotar a veracidade da informação sem questionamento ou pensamento consciente se não fosse verdade não seria publicado A aceitação das conclusões de uma pesquisa deve ser baseada na consideração detalhada de inúmeras questões metodológicas PATTUSSI; FREIRE, 2001

6 Leia, não para contradizer ou refutar, nem para acreditar ou aceitar como verdade indiscutível, nem para ter assunto para conversa e discurso, mas para pensar e considerar. ADLER; DOREN, 1990

7 Processo de leitura - Planejamento Classificar as razões para ler o artigo Especificar a necessidade da informação Identificar os artigos mais importantes Análise geral dos artigos Análise crítica dos artigos PATTUSSI; FREIRE, 2001

8 Avaliação geral do artigo 1. Sobre o que trata a pesquisa? 2. Por que a mesma foi feita? 3. Como foi realizada? 4. Os achados são explicados, justificados e relevantes? BULMAN, 1988; PATTUSSI; FREIRE, 2001

9 Avaliação geral do artigo Saber se o estudo está escrito de maneira clara, simples e lógica eu não consigo entender esse artigo, portanto, o autor é mais inteligente do que eu eu não consigo entender esse artigo, portanto, falta ao autor a habilidade para explicar claramente aos outros o que ele fez Prévia aprovação por parte dos conselhos / comitês de ética e consentimento informado BULMAN, 1988; PATTUSSI; FREIRE, 2001

10 - Periódicos Avaliação geral do artigo Periódicos científicos respeitados ISSN Periodicidade Corpo Editorial QUALIS (www.capes.gov.br/webqualis)

11 - Periódicos Razões para rejeição dos artigos Não se tratar de um tema científico importante Existência de estudos similares Hipótese proposta não devidamente testada Tipo de estudo incorreto em relação aos objetivos Dificuldades práticas que comprometam o protocolo original PATTUSSI; FREIRE, 2001

12 - Periódicos Razões para rejeição dos artigos Amostra muito pequena Ausência de controles Análise estatística incorreta ou inapropriada Conclusões não suportadas pelos dados Interesses financeiros Redação ruim PATTUSSI; FREIRE, 2001

13 - Periódicos Publicação de pesquisas mal conduzidas rompe princípios éticos Exposição de pacientes a inconveniências ou riscos injustificáveis Indução de outros cientistas a seguirem falsas linhas de investigação pesquisas desnecessárias perda de tempo, má utilização de recursos Adoção de técnicas errôneas pacientes podem receber tratamentos inferiores atrasos na introdução de tratamentos realmente efetivos PATTUSSI; FREIRE, 2001

14 Leitura crítica de artigos científicos PONTOS ESSENCIAIS A SEREM CHECADOS BULMAN, 1988; PATTUSSI; FREIRE, 2001

15 Deve: TÍTULO Ser descritivo, acurado, curto e informativo Refletir a natureza do estudo, sendo breve e indo diretamente ao ponto Despertar o interesse do leitor Permitir ao leitor reconhecer o conteúdo rapidamente Auxiliar na catalogação BULMAN, 1988; PATTUSSI; FREIRE, 2001

16 - Título ATENÇÃO Não deve incluir metodologia Não deve conter palavras como: estudo, avaliação, contribuição ao estudo, estudo comparativo, etc Se necessário pode haver um subtítulo BULMAN, 1988; PATTUSSI; FREIRE, 2001

17 RESUMO Leitura crítica de artigos científicos Deve refletir os principais pontos do estudo Descrever de forma clara e sintética a natureza do trabalho, o objetivo, o método, os resultados e as conclusões Deve ser inteligível por si mesmo Fornecer elementos para o leitor decidir sobre a consulta do trabalho no todo Evita a perda de tempo na leitura integral de artigos durante a escolha dos mesmos BULMAN, 1988; PATTUSSI; FREIRE, 2001

18 SUMMARY / ABSTRACT Inglês Idéia do resumo, não a tradução literal BULMAN, 1988; PATTUSSI; FREIRE, 2001

19 INTRODUÇÃO Aborda o problema proposto de forma clara? Justifica e destaca a importância e antecedentes do tema abordado? Apresentar definições necessárias para compreensão do tema? BULMAN, 1988; PATTUSSI; FREIRE, 2001

20 É feita descrição sobre a metodologia empregada e resultados obtidos nos artigos citados? São utilizados artigos recentes? Leitura crítica de artigos científicos REVISÃO DA LITERATURA A literatura utilizada é pertinente e representativa do tema? Os artigos referenciados foram publicados por pesquisadores sérios, vinculados a laboratórios de pesquisa idôneos? São artigos que apresentam dados de pesquisa ou observações clínicas? BULMAN, 1988; PATTUSSI; FREIRE, 2001

21 MATERIAL E MÉTODOS Apresenta a descrição detalhada da metodologia utilizada? Materiais: especificações técnicas exatas, quantidade, fonte e forma de preparo Métodos: * maneira como material foi utilizado * técnicas sobre a coleta de dados * formas de processamento dos dados Permite a reprodução do experimento? BULMAN, 1988; PATTUSSI; FREIRE, 2001

22 Material e métodos PONTOS BÁSICOS A SEREM CHECADOS: População Critério de seleção da amostra (aleatoridade, representatividade da população alvo, critérios para inclusão e exclusão) Tamanho da amostra (implicações éticas) Instrumentos da pesquisa (indicadores, índices, variáveis e questionários) Treinamento e calibração dos examinadores (assegurar uniformidade de interpretação) BULMAN, 1988; PATTUSSI; FREIRE, 2001

23 RELATO DO CASO CLÍNICO Apresenta a descrição detalhada do caso clínico que compõe o trabalho? Informações gerais sobre o paciente, a história médica, anamnese, exames semiológicos, exame complementares, diagnóstico, atendimento, andamento do caso (proservação) Ilustra com figuras?

24 RESULTADOS Apresenta os dados obtidos nitidez, clareza e exatidão? Utiliza tabelas, gráficos e figuras para ilustrar os resultados obtidos? As tabelas e os gráficos facilitam a compreensão dos resultados? As figuras são de boas qualidade? ESTRELA; SABINO, 2001

25 DISCUSSÃO Sumariza as evidências encontradas no experimento? Aponta exceções e/ou falta de correlação? Aponta concordâncias e discordâncias com outros trabalhos publicados? Olha criticamente para o método utilizado? Mostra interações entre os fatos observados? PATTUSSI; FREIRE, 2001

26 CONCLUSÕES Estão relacionadas como objetivo do estudo? Levam em consideração a análise estatística? São isentas de opinião pessoal? São diretas e breves? PATTUSSI; FREIRE, 2001

27 REFERÊNCIAS Cada periódico tem sua norma Há padronização? Estão atualizadas? Seguem as normas? PATTUSSI; FREIRE, 2001

28 EXERCÍCIO ANÁLISE DE TÍTULOS DE ARTIGOS CIENTÍFICOS

29 EXERCÍCIO ANÁLISE CRÍTICA DE ARTIGOS CIENTÍFICOS

METODOLOGIA DA PESQUISA PATRÍCIA RUIZ SPYERE

METODOLOGIA DA PESQUISA PATRÍCIA RUIZ SPYERE METODOLOGIA DA PESQUISA Leitura crítica de artigos científicos Artigos científicos Seria correto se todos os artigos publicados fossem cientificamente saudáveis, mas, infelizmente, o padrão de pesquisa

Leia mais

Elaboração e Leitura crítica de artigos científicos

Elaboração e Leitura crítica de artigos científicos Elaboração e Leitura crítica de artigos científicos www.contemporaneo.com.br Patrícia Ruiz Seria correto se todos os artigos publicados fossem cientificamente saudáveis, mas, infelizmente, o padrão de

Leia mais

METODOLOGIA CIENTÍFICA PATRÍCIA ALVAREZ RUIZ

METODOLOGIA CIENTÍFICA PATRÍCIA ALVAREZ RUIZ METODOLOGIA CIENTÍFICA PATRÍCIA ALVAREZ RUIZ Elaboração e Leitura crítica de artigos científicos www.contemporaneo.com.br Artigos científicos Seria correto se todos os artigos publicados fossem cientificamente

Leia mais

DIRETRIZES PARA AUTORES Manual de instruções para submissão de manuscritos

DIRETRIZES PARA AUTORES Manual de instruções para submissão de manuscritos DIRETRIZES PARA AUTORES Manual de instruções para submissão de manuscritos Revista Cogitare Enfermagem ISSN 1414-8536 Atualizada em março/2017 SUMÁRIO 1 FLUXO DE AVALIAÇAÕ DE MANUSCRITOS... 3 2 NORMAS

Leia mais

ESTRUTURA DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

ESTRUTURA DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ESTRUTURA DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO O trabalho científico deverá ser organizado de acordo com a estrutura abaixo, NBR 14724/2006: capa; folha de rosto; verso da folha de rosto (ficha catalográfica)

Leia mais

Corpo da Dissertação ou Tese

Corpo da Dissertação ou Tese PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E ENGENHARIA DOS MATERIAIS PGCEM DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA SEMINÁRIOS Corpo da Dissertação ou Tese 2015/02 Corpo

Leia mais

Curso de Educação Física - Bacharel. Nome do Aluno TÍTULO DO PROJETO

Curso de Educação Física - Bacharel. Nome do Aluno TÍTULO DO PROJETO Curso de Educação Física - Bacharel Nome do Aluno TÍTULO DO PROJETO PORTO ALEGRE, Ano Nome do Aluno TÍTULO DO PROJETO Projeto de pesquisa referente ao trabalho de conclusão de curso apresentado como requisito

Leia mais

OBJETIVOS. Delimita a pretensão do pesquisador; abrange as finalidades ou as metas que o investigador espera alcançar

OBJETIVOS. Delimita a pretensão do pesquisador; abrange as finalidades ou as metas que o investigador espera alcançar OBJETIVOS Delimita a pretensão do pesquisador; abrange as finalidades ou as metas que o investigador espera alcançar verbo no infinitivo descobrir...avaliar...descrever..., analisar,...relacionar... OBJETIVO

Leia mais

REDIGINDO O RELATÓRIO DE PESQUISA

REDIGINDO O RELATÓRIO DE PESQUISA Profª Me. Érica Rios erica.carvalho@ucsal.br REDIGINDO O RELATÓRIO DE PESQUISA SELLTIZ, WRIGHTSMAN & COOK. KIDDER, L.H. (org.). Métodos de Pesquisa nas Relações Sociais, vol. 3 Análise de Resultados. São

Leia mais

Patricia de Campos Couto MS/SCTIE/DECIT/CGPC

Patricia de Campos Couto MS/SCTIE/DECIT/CGPC Patricia de Campos Couto MS/SCTIE/DECIT/CGPC AVALIAÇÃO DOS PROJETOS Diligências/informações INSTITUIÇÕES Projeto SE Credenciamento Distribuição SECRETARIAS Análise Parecer conclusivo SECRETARIAS Acompanhamento

Leia mais

MODELO DE PROJETO DE PESQUISA DISPENSA CEP

MODELO DE PROJETO DE PESQUISA DISPENSA CEP CEP FACULDADE SÃO LEOPOLDO MANDIC MODELO DE PROJETO DE PESQUISA ENVOLVENDO SERES HUMANOS MODELO DE PROJETO DE PESQUISA DISPENSA CEP 2015 NOME Projeto de Pesquisa para Trabalho de Conclusão de Curso/ Dissertação

Leia mais

CURSO BÁSICO [156 HORAS]

CURSO BÁSICO [156 HORAS] FGV/CLEAR ForMA O objetivo do ForMA, Curso Básico de Formação em Monitoramento e Avaliação, é proporcionar ao aluno um contato abrangente com todas as etapas inerentes a processos de avaliação de programas

Leia mais

Fases da Pesquisa. c. Organização da Pesquisa

Fases da Pesquisa. c. Organização da Pesquisa Fases da Pesquisa 1ª Fase Fase exploratória c. determinação do problema Seleção do assunto área de concentração/ problema amplo Definição e formulação do problema recorte do problema a ser analisado c.

Leia mais

COMO ESCREVER ARTIGOS CIENTÍFICOS

COMO ESCREVER ARTIGOS CIENTÍFICOS COMO ESCREVER ARTIGOS CIENTÍFICOS ÉTICA NA ESCRITA CITAÇÕES I. FORMAL, DIRETA OU TRANSCRIÇÃO II. INDIRETA OU PARÁFRASE III.CITAÇÃO DE CITAÇÃO CITAÇÃO FORMAL, DIRETA OU TRANSCRITA É a citação onde você

Leia mais

O Projeto deve conter no máximo 10 laudas a partir da Introdução até Contribuição, Produtos e Benefícios.

O Projeto deve conter no máximo 10 laudas a partir da Introdução até Contribuição, Produtos e Benefícios. CTIC COMISSÃO TÉCNICA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PROCESSO SELETIVO 2016/2017 INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO PROJETO INICIAÇÃO CIENTÍFICA PROTOCOLO PROAC No /2016 O Projeto deve conter no máximo 10 laudas a partir

Leia mais

Página 2 em diante devem estar contemplados os seguintes itens:

Página 2 em diante devem estar contemplados os seguintes itens: 1 TEMPLATE - Projeto de pesquisa FORMATAÇÃO Fonte: Texto: Arial ou Times New Roman, tamanho 12. Títulos: Arial ou Times New Roman, tamanho 14, negrito Espaço: duplo Margens: 2,5 cm em todas as margens

Leia mais

CAPA (elemento obrigatório) Deve conter dados que identifiquem a obra (nome da instituição, autor, título, local, ano).

CAPA (elemento obrigatório) Deve conter dados que identifiquem a obra (nome da instituição, autor, título, local, ano). ESTRUTURA DO PROJETO DE TCC O trabalho científico deverá ser organizado de acordo com a estrutura abaixo, NBR 14724/2006: capa; folha de rosto; verso da folha de rosto (ficha catalográfica) folha de aprovação

Leia mais

AULA 02 PLANEJAMENTO ESTATÍSTICO

AULA 02 PLANEJAMENTO ESTATÍSTICO AULA 02 PLANEJAMENTO ESTATÍSTICO DOCENTE : Cátia Cândida de Almeida DISCIPLINA: Estatística aplicada à Educação CURSO DE PEDAGOGIA UNESP MARÍLIA 2017 1 Índice 1) Introdução: Pesquisa científica 2) Planejamento

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU CURSO DE MESTRADO DISCIPLINAS

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU CURSO DE MESTRADO DISCIPLINAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU CURSO DE MESTRADO DISCIPLINAS BIOESTATÍSTICA Ementa: conceitos básicos; descrição e apresentação de dados; representação gráfica; análise descritiva; introdução

Leia mais

Métodos de pesquisa quantitativa e qualitativa para Ciência da Computação

Métodos de pesquisa quantitativa e qualitativa para Ciência da Computação Métodos de pesquisa quantitativa e qualitativa para Ciência da Computação Jacques Wainer Gabriel de Barros Paranhos da Costa Gabriel Dias Cantareira Metodologia de pesquisa científica em Ciências da Computação

Leia mais

Arapiraca Alagoas, 02 à 06 de outubro de 2017

Arapiraca Alagoas, 02 à 06 de outubro de 2017 TÍTULO DO RESUMO EXPANDIDO [centralizado, letras maiúsculas, fonte Times New Roman, tamanho 12, negrito] (linha sem texto) Nome Completo do (a) Autor (a) 1 Nome Completo do (a) Coautor (a) 2 (caso tenha)

Leia mais

REVISTA BRASILEIRA DE ODONTOLOGIA MILITAR. A Revista científica é um órgão de divulgação da Academia

REVISTA BRASILEIRA DE ODONTOLOGIA MILITAR. A Revista científica é um órgão de divulgação da Academia REVISTA BRASILEIRA DE ODONTOLOGIA MILITAR 1. MISSÃO A Revista científica é um órgão de divulgação da Academia Brasileira de Odontologia Militar (ABOMI). Tendo sua publicação semestral, com trabalhos de

Leia mais

NORMAS PARA REDAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO (TCC) DE ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA.

NORMAS PARA REDAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO (TCC) DE ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA. ANEXO 02 DA RESOLUÇÃO CGESA Nº 001, DE 27 DE MARÇO DE 2013. NORMAS PARA REDAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO (TCC) DE ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA. A estrutura do TCC deverá ser composta por pré-texto,

Leia mais

MATERIAIS E MÉTODOS CASUÍSTICA

MATERIAIS E MÉTODOS CASUÍSTICA Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto Curso de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciências da Saúde Ciclo Fundamental Discurso Científico MATERIAIS E MÉTODOS CASUÍSTICA Luciana S. R. Penhalbel Luis

Leia mais

ANEXO I TABELA DE PONTUAÇÃO DA PROVA ESCRITA Critérios para avaliação da Prova Escrita e respectivas pontuações: Critérios para avaliação Pontuação Máxima 1. Forma 3.0 1.1 Introdução 1.0 1.2 Desenvolvimento

Leia mais

AUTORIA E ÉTICA EM PESQUISA

AUTORIA E ÉTICA EM PESQUISA Centro Universitário Franciscano Pró-Reitoria de Graduação Oficinas de Apoio Técnico AUTORIA E ÉTICA EM PESQUISA Profª Vanessa Ramos Kirsten vanessark@unifra.br PESQUISA ÉTICA DIVULGAÇÃO Autoria Dados

Leia mais

NATUREZA DO CONHECIMENTO

NATUREZA DO CONHECIMENTO NATUREZA DO CONHECIMENTO CONHECER E PENSAR Conhecer e pensar são uma necessidade para o ser humano e indispensável para o progresso. Sabemos que existimos porque pensamos. Se nada soubéssemos sobre o universo

Leia mais

Normas para envio de trabalhos para o I Workshop Internacional de Ergonomia do IEDUV

Normas para envio de trabalhos para o I Workshop Internacional de Ergonomia do IEDUV Normas para envio de trabalhos para o I Workshop Internacional de Ergonomia do IEDUV O IEDUV traz para Vitória do Espirito Santo e em especial para o Brasil, o I Workshop Internacional de Ergonomia, neste

Leia mais

A estrutura básica para a elaboração de um Artigo Científico corresponde aos:

A estrutura básica para a elaboração de um Artigo Científico corresponde aos: O ARTIGO CIENTÍFICO Um artigo científico corresponde ao relato sobre as análises realizadas a respeito de um determinado tema e deve trazer dados e informações atuais. Apresenta-se como resultado de pesquisa,

Leia mais

INFORMAÇÕES SOBRE O PROJETO TERMO DE REFERÊNCIA SUGERIDO PESQUISA DE OBSERVAÇÃO DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS - STALLINGS

INFORMAÇÕES SOBRE O PROJETO TERMO DE REFERÊNCIA SUGERIDO PESQUISA DE OBSERVAÇÃO DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS - STALLINGS INFORMAÇÕES SOBRE O PROJETO TERMO DE REFERÊNCIA SUGERIDO PESQUISA DE OBSERVAÇÃO DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS - STALLINGS Objetivos Gerais do Trabalho Contratação de empresa especializada para realizar a Pesquisa

Leia mais

Delineamento de Estudos em Epidemiologia Nutricional

Delineamento de Estudos em Epidemiologia Nutricional Delineamento de Estudos em Epidemiologia Nutricional Profª. Drª Marly Augusto Cardoso Departamento de Nutrição, Faculdade de Saúde Pública, USP e-maile mail: marlyac@usp usp.br Nutrição Humana Visa o conhecimento

Leia mais

PLANO DE ENSINO - 2º/2015. Carga Horária: 60h/a. Teórica: 40h/a. Prática: 20h/a. Professora: Patrícia Alvarez Ruiz Spyere do Nascimento.

PLANO DE ENSINO - 2º/2015. Carga Horária: 60h/a. Teórica: 40h/a. Prática: 20h/a. Professora: Patrícia Alvarez Ruiz Spyere do Nascimento. ! 1 PLANO DE ENSINO - 2º/2015 1. IDENTIFICAÇÃO: Curso: Odontologia. Disciplina: Bioética e Biossegurança. Carga Horária: 60h/a. Teórica: 40h/a. Prática: 20h/a. Professora: Patrícia Alvarez Ruiz Spyere

Leia mais

POLÍTICA PARA AQUISIÇÃO, ATUALIZAÇÃO E PRESERVAÇÃO DO ACERVO DAS BIBLIOTECAS UNIMES

POLÍTICA PARA AQUISIÇÃO, ATUALIZAÇÃO E PRESERVAÇÃO DO ACERVO DAS BIBLIOTECAS UNIMES POLÍTICA PARA AQUISIÇÃO, ATUALIZAÇÃO E PRESERVAÇÃO DO ACERVO DAS BIBLIOTECAS UNIMES Art. 1 o Ao início de cada semestre letivo, Coordenadores e Professores, ao planejarem suas atividades acadêmicas, encaminham

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Monsenhor Antônio Magliano Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Controle e Processos Industriais Habilitação Profissional: Nível Médio

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIRG CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIRG (FONTE 12) Nome do autor (FONTE 12) TÍTULO DO PROJETO DE PESQUISA (FONTE 12)

FUNDAÇÃO UNIRG CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIRG (FONTE 12) Nome do autor (FONTE 12) TÍTULO DO PROJETO DE PESQUISA (FONTE 12) FUNDAÇÃO UNIRG CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIRG (FONTE 12) Nome do autor (FONTE 12) TÍTULO DO PROJETO DE PESQUISA (FONTE 12) GURUPI TO MÊS, ANO. MODELO DE FOLHA DE ROSTO NOME DO ALUNO (FONTE 12) TÍTULO DO PROJETO

Leia mais

PRINCÍPIOS PIOS E DIRETRIZES DAS

PRINCÍPIOS PIOS E DIRETRIZES DAS PRINCÍPIOS PIOS E DIRETRIZES DAS BOAS PRÁTICAS CLÍNICAS Dra. Márcia M Pahl Roche ÉTICA E PESQUISA CLÍNICA Ética Bioética Grandes Avanços Tecnológicos Dilemas Éticos PRINCÍPIOS ÉTICOS 1. Autonomia 2. Beneficência

Leia mais

Técnicas Experimentais Aplicadas à Zootecnia UNIDADE 1. NOÇÕES DE PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL

Técnicas Experimentais Aplicadas à Zootecnia UNIDADE 1. NOÇÕES DE PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL Técnicas Experimentais Aplicadas à Zootecnia UNIDADE 1. NOÇÕES DE PLANEJAMENTO EXPERIMENTAL Experimentos (testes) são realizados por pesquisadores em todos os campos de investigação, usualmente para descobrir

Leia mais

Etapas de uma Pesquisa

Etapas de uma Pesquisa Etapas de uma Pesquisa Planejamento Execução Divulgação Objetivos Justificativa Revisão Bibliográfica Metodologia Cronograma Projeto Coleta de dados Tabulação Analise Conclusão Relatório Relatório Apresentação

Leia mais

MODELO Nº 01 TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO

MODELO Nº 01 TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO ATENÇÃO PESQUISADORES: Durante o desenvolvimento do trabalho, o TCLE deverá ser feito em duas vias, sendo que uma via será entregue ao sujeito da pesquisa após ser assinado pelos interessados e a outra

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Professor Massuyuki Kawano Código: 136 Município: Tupã Eixo tecnológico: Ambiente e Saúde Habilitação Profissional: Técnico em Enfermagem Qualificação:

Leia mais

NORMAS GERAIS PARA A INSCRIÇÃO DOS TRABALHOS (Banner ou Pôster Cientifico)

NORMAS GERAIS PARA A INSCRIÇÃO DOS TRABALHOS (Banner ou Pôster Cientifico) NORMAS GERAIS PARA A INSCRIÇÃO DOS TRABALHOS (Banner ou Pôster Cientifico) Os organizadores colocarão à disposição os espaços para afixarem os painéis, cabendo aos apresentadores providenciarem o material

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL, PESQUISA E EXTENSÃO - PR.PDEPE CHAMADA PARA PUBLICAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO

PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL, PESQUISA E EXTENSÃO - PR.PDEPE CHAMADA PARA PUBLICAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL, PESQUISA E EXTENSÃO - PR.PDEPE CHAMADA PARA PUBLICAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO Conselho Editorial Coordenadores de Editoração Prof.ª Ms. Ana Paula

Leia mais

ANATOMIA E FISIOLOGIA DA PESQUISA CLÍNICA

ANATOMIA E FISIOLOGIA DA PESQUISA CLÍNICA ANATOMIA E FISIOLOGIA DA PESQUISA CLÍNICA Stephen B. Hulley, Thomas B. Newman e Steven R. Cummings Delineando a Pesquisa Clínica 2015; 4. ed. 02-13 Apresentação: Andressa Giordani Anatomia da pesquisa

Leia mais

EDITAL DE CHAMADA DE TRABALHOS CIENTIFICOS E INSCRIÇÕES I SIMPÓSIO DE SERVIÇO SOCIAL DA FACULDADE DR. LEÃO SAMPAIO

EDITAL DE CHAMADA DE TRABALHOS CIENTIFICOS E INSCRIÇÕES I SIMPÓSIO DE SERVIÇO SOCIAL DA FACULDADE DR. LEÃO SAMPAIO EDITAL DE CHAMADA DE TRABALHOS CIENTIFICOS E INSCRIÇÕES I SIMPÓSIO DE SERVIÇO SOCIAL DA FACULDADE DR. LEÃO SAMPAIO EDITAL Nº 01/2015 O presente edital tem com objetivo orientar os participantes desse evento

Leia mais

Conselho da Justiça Federal

Conselho da Justiça Federal PROVIMENTO N.10, DE 26 DE NOVEMBRO DE 2012. Dispõe sobre a criação da Revista dos Juizados Especiais Federais e seu estatuto e institui o conselho editorial. O CORREGEDOR-GERAL DA JUSTIÇA FEDERAL e PRESIDENTE

Leia mais

I. INSTRUÇÕES PARA APRESENTAÇÃO DE DISSERTAÇÃO OU TESE

I. INSTRUÇÕES PARA APRESENTAÇÃO DE DISSERTAÇÃO OU TESE I. INSTRUÇÕES PARA APRESENTAÇÃO DE DISSERTAÇÃO OU TESE A dissertação ou tese deve ser impressa em papel A4, com margens de 25 a 35mm, impressa em apenas um lado, em espaço duplo, com fonte Arial ou Times

Leia mais

Produção de projeto de pesquisa na Blossom Educação em Terapia Floral

Produção de projeto de pesquisa na Blossom Educação em Terapia Floral Produção de projeto de pesquisa na Blossom Educação em Terapia Floral Dra. Léia Salles Coordenadora de pesquisa leia.salles@blossomedu.com.br As etapas de uma pesquisa são: Planejamento, execução, divulgação

Leia mais

FIP20902 Tópicos em Física Interdisciplinar: Metodologia da Pesquisa Científica. Elaboração de um Artigo Científico

FIP20902 Tópicos em Física Interdisciplinar: Metodologia da Pesquisa Científica. Elaboração de um Artigo Científico FIP20902 Tópicos em Física Interdisciplinar: Metodologia da Pesquisa Científica Elaboração de um Artigo Científico 05/10/2007 Ingredientes Principais Organização Linguagem apropriada É preciso aprender

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2016 Ensino Técnico Plano de Curso nº 294 aprovado pela portaria Cetec nº 774 de 24 / 09 / 2015. ETEC de Tiquatira Código: 208 Município: São Paulo Eixo Tecnológico: Controle

Leia mais

Odontologia baseada em evidências:

Odontologia baseada em evidências: 1 Odontologia baseada em evidências: Conceitos e práticas SIMONE TETU MOYSÉS LÉO KRIGER Nos últimos anos, o desenvolvimento de práticas de saúde, quer seja no campo da atenção clínica individual, quer

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE MESTRADO E DOUTORADO

INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE MESTRADO E DOUTORADO INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE MESTRADO E DOUTORADO O projeto deve conter no máximo 15 laudas (considerando da introdução a resultados esperados), digitadas em fonte Times New Roman 12, espaço

Leia mais

EXPEDIENTE. REALIZAÇÃO E COORDENAÇÃO GERAL Centro Capixaba de Oncologia (Cecon) EQUIPE Lívia Fernandes Probst Coordenadora de Estudos Clínicos

EXPEDIENTE. REALIZAÇÃO E COORDENAÇÃO GERAL Centro Capixaba de Oncologia (Cecon) EQUIPE Lívia Fernandes Probst Coordenadora de Estudos Clínicos Pesquisa Clínica NO TRATAMENTO DO CÂNCER O PRIMEIRO REMÉDIO É A INFORMAÇÃO TIRE SUAS DÚVIDAS EM FONTES SEGURAS E NUNCA DEIXE DE CONSULTAR A SUA EQUIPE TRANSDISCIPLINAR 1 EXPEDIENTE REALIZAÇÃO E COORDENAÇÃO

Leia mais

PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA DE METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA

PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA DE METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA PLANO DE TRABALHO: DISCIPLINA DE METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA PROFESSOR: Alexei Manso Correa Machado 1. EMENTA: A disciplina tem como objetivo apresentar aos alunos os fundamentos da construção do

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE BARRETOS DR. PAULO PRATA

FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE BARRETOS DR. PAULO PRATA FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE BARRETOS DR. PAULO PRATA Avenida Loja Maçônica Renovadora 68, nº 100 - Aeroporto - Barretos - São Paulo Telefone: (17) 3321-3060 www.facisb.edu.br CURSO DE MEDICINA Introdução

Leia mais

Principais Delineamentos de Pesquisa. Lisia von Diemen

Principais Delineamentos de Pesquisa. Lisia von Diemen Principais Delineamentos de Pesquisa Lisia von Diemen Tipos de Estudos Observacionais Descritivos Analíticos Instante Período de Tempo Experimentais Randomizado Não-Randomizado Observacionais Descritivos

Leia mais

SOBRE. Apresentação TRABALHOS. Inscrição de Trabalhos Científicos

SOBRE. Apresentação TRABALHOS. Inscrição de Trabalhos Científicos SOBRE Apresentação A neuropsicologia clínica é uma área da psicologia que vem se destacando na pesquisa clínica e experimental nos últimos anos. Alguns programas de pós-graduação recebem de forma crescente

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE Diagnóstico Clínico. Sinais e Sintomas. Diagnóstico Diferencial.

PALAVRAS-CHAVE Diagnóstico Clínico. Sinais e Sintomas. Diagnóstico Diferencial. 13. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( X ) SAÚDE

Leia mais

Os dilemas do peer review

Os dilemas do peer review Os dilemas do peer review Prof. Doutor António Vaz Carneiro, MD, PhD, FACP Centro de Estudos de Medicina Baseada na Evidência Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa Centro Colaborador Português

Leia mais

Descrição da Pesquisa

Descrição da Pesquisa Projeto de Pesquisa Descrição da Pesquisa Título do Projeto Pesquisador Principal Colaboradores [se houver] Local de Realização Período da Pesquisa 1. Objetivo da Pesquisa [o que se pretende pesquisar]

Leia mais

COLEGIADO DE ENFERMAGEM

COLEGIADO DE ENFERMAGEM INSTITUTO FORMAÇÃO COLEGIADO DE ENFERMAGEM 14 NOME 14 TÍTULO: subtítulo 16 BARRA DA ESTIVA 2015 14 NOME 14 TÍTULO: subtítulo 16 Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Colegiado do Curso Técnico

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO CENTRO DE PESQUISA

REGIMENTO INTERNO DO CENTRO DE PESQUISA Página 1 de 7 1. FINALIDADE Contribuir para a Comunidade Cientifica Mundial, na coordenação de Estudos Clínicos que visam o desenvolvimento de novos tratamentos de potencial beneficio à toda população,

Leia mais

Hospital Privado Capital Fechado com fins lucrativos Geral e de Médio Porte Selado Qualidade Programa CQH desde 2008 Média e alta complexidade 96

Hospital Privado Capital Fechado com fins lucrativos Geral e de Médio Porte Selado Qualidade Programa CQH desde 2008 Média e alta complexidade 96 Hospital Privado Capital Fechado com fins lucrativos Geral e de Médio Porte Selado Qualidade Programa CQH desde 2008 Média e alta complexidade 96 leitos 19 leitos de UTI 5 Salas Cirúrgicas 300 Cirurgias/mês

Leia mais

Metodologia da Pesquisa em Sistemas de Informação. Aula 3. Projeto de Pesquisa. Revisão Sistemática. Profa. Fátima L. S. Nunes

Metodologia da Pesquisa em Sistemas de Informação. Aula 3. Projeto de Pesquisa. Revisão Sistemática. Profa. Fátima L. S. Nunes Metodologia da Pesquisa em Sistemas de Informação Aula 3 Projeto de Pesquisa Revisão Sistemática Profa. Fátima L. S. Nunes Metodologia Pesquisa SI- 1 Como elaborar um projeto? Roteiro 1) Escolha do tema

Leia mais

TÓPICOS DO MANUAL DO CEP/FACISA

TÓPICOS DO MANUAL DO CEP/FACISA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DO TRAIRI COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA CEP /FACISA TÓPICOS DO MANUAL DO CEP/FACISA Orientações Iniciais

Leia mais

Normas de publicação de Revista Brasileira de Estética

Normas de publicação de Revista Brasileira de Estética Normas de publicação de Revista Brasileira de Estética A Revista Brasileira de Estética é uma publicação com periodicidade trimestral e está aberta para a publicação e divulgação de artigos científicos

Leia mais

RELATÓRIO DE QUALIFICAÇÃO

RELATÓRIO DE QUALIFICAÇÃO RELATÓRIO DE QUALIFICAÇÃO Conteúdo resumido Elementos pré-textuais Capa Folha de rosto Resumo da pesquisa com palavras chave Lista de quadros, gráficos, tabelas, abreviaturas e siglas (se houver) Sumário

Leia mais

COMO ESCREVER UM ARTIGO CIENTÍFICO?

COMO ESCREVER UM ARTIGO CIENTÍFICO? COMO ESCREVER UM ARTIGO CIENTÍFICO? Objetivos Apresentar algumas idéias que podem facilitar a elaboração de artigos com qualidade Elaborar artigos com qualidade requer esforço, determinação e aprendizado

Leia mais

Noções Gerais Sobre Pesquisa

Noções Gerais Sobre Pesquisa 23 Noções Gerais Sobre Pesquisa Nossas possibilidades de conhecimento são muito, e até tragicamente, pequenas. Sabemos pouquíssimo, e aquilo que sabemos, sabemo-lo muitas vezes superficialmente, sem grande

Leia mais

Normas de publicação de Revista Brasileira de Estética

Normas de publicação de Revista Brasileira de Estética Normas de publicação de Revista Brasileira de Estética A Revista Brasileira de Estética é uma publicação com periodicidade trimestral e está aberta para a publicação e divulgação de artigos científicos

Leia mais

V Seminário da Rede Brasileira de Monitoramento e Avaliação

V Seminário da Rede Brasileira de Monitoramento e Avaliação V Seminário da Rede Brasileira de Monitoramento e Avaliação Experiências em Monitoramento e Avaliação: retrato da última década 25 a 27 de Setembro de 2013 UNICAMP - Campinas CONVITE E CHAMADA DE TRABALHOS

Leia mais

Sugestões para cada seção

Sugestões para cada seção Escrever um Artigo Científico não das tarefas mais fáceis, mas com um as dicas (a seguir), que preparamos para auxiliar estudantes que precisam desenvolver textos científicos, ficará muito mais fácil.

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) Da Introdução

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) Da Introdução REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) Da Introdução Art.1 - O Trabalho de Conclusão de Curso TCC é uma das atividades que compõem a formação universitária de caráter técnico-científico, sendo

Leia mais

Instrução Normativa nº 03/ PPGEN

Instrução Normativa nº 03/ PPGEN Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Pró- Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências Humanas, Sociais e da Natureza-PPGEN. Campus

Leia mais

Níveis de Pesquisa. Delineamentos das Pesquisas. Métodos de Pesquisa. Ciência da Computação Sistemas de Informação

Níveis de Pesquisa. Delineamentos das Pesquisas. Métodos de Pesquisa. Ciência da Computação Sistemas de Informação Métodos de Pesquisa Ciência da Computação Sistemas de Informação Níveis de Pesquisa Os níveis de pesquisa variam de acordo com os objetivos a que a pesquisa se propõe. Podem ser assim classificados: Exploratória

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM FISIOTERAPIA TRAUMATO- ORTOPÉDICA METODOLOGIA DA

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM FISIOTERAPIA TRAUMATO- ORTOPÉDICA METODOLOGIA DA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM FISIOTERAPIA TRAUMATO- ORTOPÉDICA METODOLOGIA DA INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA Profa. Dra. Paula Silva de Carvalho Chagas Faculdade de Fisioterapia UFJF Doutora em Ciências da Reabilitação

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS REVISTA ERÁRIO

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS REVISTA ERÁRIO EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS REVISTA ERÁRIO A Revista Erário, periódico eletrônico vinculado à Fundação Sintaf de Ensino, Pesquisa, Desenvolvimento Tecnológico e Cultural, convida a comunidade

Leia mais

Boas Práticas em Pesquisa Clínica. Good Clinical Practices GCPs. Dra. ELIANA G. LORDELO

Boas Práticas em Pesquisa Clínica. Good Clinical Practices GCPs. Dra. ELIANA G. LORDELO Boas Práticas em Pesquisa Clínica Good Clinical Practices GCPs Dra. ELIANA G. LORDELO ICH International Conference on Harmonisation (Conferência Internacional da Harmonização) Documento acordado entre

Leia mais

Abordagem "quantitativa" Utilização de grandes amostras Seleção aleatória das unidades de análise Preferência por teorias parcimoniosas e dotadas de alto grau de generalidade Redução da complexidade social

Leia mais

Tema: A Ciência e a Tecnologia a serviço do bem comum

Tema: A Ciência e a Tecnologia a serviço do bem comum EDITAL DA XII JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA JORNIC 2017 E do II Fórum dos Cursos de Pós-Graduação Data da realização: 24 e 25 de outubro de 2017 Tema: A Ciência e a Tecnologia a serviço do bem comum

Leia mais

Metodologia da Pesquisa

Metodologia da Pesquisa Metodologia da Pesquisa Apresentação Nome Área de atuação Tema de interesse para pesquisa O SABER CIENTÍFICO O SER HUMANO TEM UMA NECESSIDADE DE CONSTRUIR SABER POR SI SÓ. O PRINCIPAL OBJETIVO DA PESQUISA

Leia mais

GESTÃO DE INDICADORES HISTÓRICO DE REVISÕES. Elaborado por: Walker Dutra. Próxima revisão: após 1 ano da ultima aprovação

GESTÃO DE INDICADORES HISTÓRICO DE REVISÕES. Elaborado por: Walker Dutra. Próxima revisão: após 1 ano da ultima aprovação GESTÃO DE INDICADORES HISTÓRICO DE REVISÕES Data Revisão Descrição da Revisão 00 Emissão inicial 19/04/2013 01 Alteração do item 3 Inclusão de Termos; inclusão dos itens de 5.2.1 à 5.2.11; Alteração do

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO NORMA DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Esta Norma regulamenta o Trabalho de Conclusão

Leia mais

Agência Nacional de Vigilância Sanitária Anvisa Gerência-Geral de Tecnologia de Produtos para a Saúde - GGTPS

Agência Nacional de Vigilância Sanitária Anvisa Gerência-Geral de Tecnologia de Produtos para a Saúde - GGTPS Agência Nacional de Vigilância Sanitária Anvisa Gerência-Geral de Tecnologia de Produtos para a Saúde - GGTPS NOTA TÉCNICA N 004/2016/GGTPS/DIREG/ANVISA Objeto: Requisitos para determinar a necessidade

Leia mais

NORMAS PARA SUBMISSÃO DE PROPOSTAS

NORMAS PARA SUBMISSÃO DE PROPOSTAS NORMAS PARA SUBMISSÃO DE PROPOSTAS A Educação Matemática em Revista EMR tem como foco o trabalho do professor em sua prática de educador matemático. Em relação ao seu formato, a revista tem periodicidade

Leia mais

Parte I Visão Geral do Processo de Pesquisa 21. Capítulo 1 Introdução à Pesquisa em Atividade Física 23

Parte I Visão Geral do Processo de Pesquisa 21. Capítulo 1 Introdução à Pesquisa em Atividade Física 23 SUMÁRIO Parte I Visão Geral do Processo de Pesquisa 21 Capítulo 1 Introdução à Pesquisa em Atividade Física 23 Natureza da pesquisa 23 Métodos não científicos e científicos de solução de problemas 30 Modelos

Leia mais

Conformidade Psicologia Social 1 1

Conformidade Psicologia Social 1 1 Conformidade Psicologia Social 1 1 Conformidade Conformidade: Uma mudança no comportamento devida à influência real ou imaginada de outros. Faz parte de uma grande área de estudo na Psicologia Social:

Leia mais

POLÍTICA DE CONTROLE DE REGISTROS E CONTABILIDADE

POLÍTICA DE CONTROLE DE REGISTROS E CONTABILIDADE POLÍTICA DE CONTROLE DE REGISTROS E CONTABILIDADE A presente Política de Controle de Registros e Contabilidade compõe a regulamentação pertinente ao Programa de Integridade da Fundação Instituto de Pesquisa

Leia mais

ÉTICA E INFORMÁTICA NA SAÚDE: USUÁRIOS, PADRÕES E RESULTADOS

ÉTICA E INFORMÁTICA NA SAÚDE: USUÁRIOS, PADRÕES E RESULTADOS ÉTICA E INFORMÁTICA NA SAÚDE: USUÁRIOS, PADRÕES E RESULTADOS Franciê Assis M. Faria Nicoli Maria Pereira Tópicos de Pesquisa em Informática QUESTÕES ÉTICAS EM INFORMÁTICA NA SAÚDE A tendência atual é para

Leia mais

REVISTA ELETRÔNICA PERSPECTIVAS DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA - ISSN:

REVISTA ELETRÔNICA PERSPECTIVAS DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA - ISSN: REVISTA ELETRÔNICA PERSPECTIVAS DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA - ISSN: 1984-5693 A Revista eletrônica "Perspectivas da Ciência e Tecnologia" é um periódico técnico-científico do Instituto Federal de Educação,

Leia mais

Métodologia científica e estudos epidemiológicos observacionais. Jorge Barros, semestre 3

Métodologia científica e estudos epidemiológicos observacionais. Jorge Barros, semestre 3 Métodologia científica e estudos epidemiológicos observacionais. Jorge Barros, semestre 3 1. Metodologia científica Da definição do tema à divulgação dos resultados. Introdução à metodologia científica

Leia mais

Testes de Hipótese para uma única Amostra - parte I

Testes de Hipótese para uma única Amostra - parte I Testes de Hipótese para uma única Amostra - parte I 26 de Junho de 2014 Objetivos Ao final deste capítulo você deve ser capaz de: Estruturar problemas de engenharia como testes de hipótese. Entender os

Leia mais

INE 5101 Simulação Discreta. Simulação Discreta de Sistemas - Prof. Paulo Freitas - UFSC/CTC/INE

INE 5101 Simulação Discreta. Simulação Discreta de Sistemas - Prof. Paulo Freitas - UFSC/CTC/INE INE 5101 Simulação Discreta 1 Objetivos do curso Ao final deste curso você deverá saber: O que é modelagem e simulação de sistemas; Como funcionam programas de simulação; Como utilizar corretamente uma

Leia mais

ANEXO II ROTEIRO DE ELABORAÇÃO DO PROJETO

ANEXO II ROTEIRO DE ELABORAÇÃO DO PROJETO 1. TÍTULO DO PROJETO ANEXO II ROTEIRO DE ELABORAÇÃO DO PROJETO Deve identificar a proposta, mostrando de forma clara e muito resumida a finalidade e o conteúdo do mesmo. Sugere-se que o título tenha no

Leia mais

Fluxo de elaboração e aprovação de POP s v.1 - Cód

Fluxo de elaboração e aprovação de POP s v.1 - Cód DETALHAMENTO DO FLUXO Fluxo de elaboração e aprovação de POP s v.1 - Cód. 53610 POP: ATENDIMENTO AO TELEFONE Requisitante: Bibiana Pereira (bibiana) PASSO A PASSO DO FLUXO Cód. Tarefa Início Conclusão

Leia mais

Delineamento de Estudos Epidemiológicos

Delineamento de Estudos Epidemiológicos Universidade de São Paulo Faculdade de Saúde Pública Departamento de Epidemiologia Delineamento de Estudos Epidemiológicos ANA PAULA SAYURI SATO 2016 Conteúdo Classificação de tipo de estudos epidemiológicos

Leia mais

MANUAL DO PARTICIPANTE DE PESQUISA CLÍNICA

MANUAL DO PARTICIPANTE DE PESQUISA CLÍNICA Educação ao Paciente e Família MANUAL DO PARTICIPANTE DE PESQUISA CLÍNICA OBJETIVO Este manual tem como objetivo oferecer ao participante de pesquisas clínicas informações sobre os estudos desenvolvidos,

Leia mais

MODELO DE PRÉ-PROJETO

MODELO DE PRÉ-PROJETO MODELO DE PRÉ-PROJETO O pré-projeto a ser apresentado poderá ser de pesquisa ou um préprojeto voltado para elaboração de um produto educacional. Segue um modelo de formatação a ser seguido. Máximo de 10

Leia mais

SAG SISTEMA DE AVALIAÇÃO DA GESTÃO 2012

SAG SISTEMA DE AVALIAÇÃO DA GESTÃO 2012 INFORMAÇÕES AOS COMITÊS E FRANQUEADOS Este material tem o objetivo de fornecer aos comitês regionais e setoriais do PGQP, e a seus franqueados, informações atualizadas sobre o SAG 2012 e orientações para

Leia mais

É qualquer tipo de estudo que avalie os efeitos clínicos, farmacológicos ou efeitos colaterais de medicamentos em seres humanos.

É qualquer tipo de estudo que avalie os efeitos clínicos, farmacológicos ou efeitos colaterais de medicamentos em seres humanos. REGIMENTO INTERNO DO CENTRO DE PESQUISA, ENSINO E CULTURA 1. FINALIDADE Contribuir para a Comunidade Cientifica Mundial, na coordenação de Estudos Clínicos que visam o desenvolvimento de novos tratamentos

Leia mais

Relatório científico. Abel André C. Recco

Relatório científico. Abel André C. Recco Relatório científico Abel André C. Recco 1. O que é um relatório? Um relatório é uma exposição escrita de um determinado trabalho científico ou experiência realizada no laboratório. Não é apenas uma descrição

Leia mais