1. Observe este quadro do pintor René Magritte.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1. Observe este quadro do pintor René Magritte."

Transcrição

1 9 Corel

2 1. Observe este quadro do pintor René Magritte. RENÉ MAGRITTE. O mês da vindima Óleo sobre tela: color.; 130 x 160 cm. Coleção particular, Paris. Grandes pintores do século XX: Magritte. Madrid: VEGAP, p. 44. Discuta com sua professora e colegas a) Que elementos da cena representada acima sugerem o interior de uma casa? b) A janela dessa casa está aberta. O que se vê atrás dessa janela: a parte externa ou interna da casa? Que elemento lhe permite afirmar isso? c) Todos esses homens têm a mesma altura, a mesma expressão no rosto, o mesmo olhar; usam o mesmo chapéu, as mesmas roupas. O que você sente ao ver essa cena? d) Como seria o mundo se todas as pessoas fossem iguais e pensassem da mesma maneira? 10

3 2. Ao pintar todos esses homens iguais, Magritte nos faz pensar de outra maneira, ou seja, representando a igualdade, ele nos faz pensar nas diferenças. Complete o quadro abaixo, pintando, atrás da janela, pessoas bem diferentes umas das outras. Agora, mostre sua pintura para um colega e peça para ele escrever, nas linhas abaixo, como é o mundo quando as pessoas e as idéias são diferentes. 3. O título do texto que você irá ler a seguir é A casa. O que, na sua opinião, o autor vai dizer sobre essa casa? Exponha oralmente sua opinião. 11

4 4. O que é uma casa? O que todas as casas têm? Escreva e desenhe. 5. Compare sua atividade com as de seus colegas. Depois, discuta. a) Todas as respostas escritas foram iguais? b) Os desenhos feitos por vocês são parecidos, iguais ou diferentes? 12

5 c) Fazendo essas comparações, o que você pôde concluir? Agora, você está convidado para entrar nesta CASA que o autor Vinicius de Moraes descreve. Aparentemente, ela é estranha, diferente. Parece até que ela não existe. Mas isso porque, talvez, você nunca tenha pensado sobre ela. A casa Era uma casa Muito engraçada Não tinha teto Não tinha nada Ninguém podia Entrar nela não Porque na casa Não tinha chão Ninguém podia Dormir na rede Porque na casa Não tinha parede Ninguém podia Fazer pipi Porque penico Não tinha ali Mas era feita Com muito esmero Na Rua dos Bobos Número Zero. Ilustração de Marie Louise Nery Vinicius de Moraes A arca de Nóe, Editora José Olympio. 13

6 Analisando o texto Para pensar e trocar idéias A descrição que o autor faz da CASA se parece com alguma casa do mundo real? 2. Você conhece alguma casa que não tenha teto, não tenha chão e não tenha parede? 3. O texto criado por Vinicius causa que tipo de sensação? Surpresa? Admiração? Estranhamento? 4. Você pode afirmar com certeza que essa CASA descrita pelo autor não existe? O poema de Vinicius causa surpresa e incerteza. É uma espécie de jogo cujas regras precisam ser adivinhadas para que se descubra de que CASA, afinal, o autor está falando. Adivinhar as regras do jogo é um desafio que envolve conhecimento, reflexão, habilidade de estabelecer comparações, relações, associações. Exige, portanto, a capacidade de refletir. No entanto, o sabor, o prazer e a alegria de uma descoberta valem qualquer esforço. Em busca da CASA perdida... Desvendando o mistério... Levantando hipóteses... 14

7 Para pensar e trocar idéias Quais os significados de CASA? Onde procurar? 2. Quais os tipos de CASA que existem? Onde procurar? 3. Em algum lugar do mundo existe uma casa como a do poema? Onde? 4. O autor está falando de uma casa muito antiga, construída há muito tempo? Como descobrir? 5. É a casa do futuro? A resposta a essas perguntas pode estar em outros textos que podemos buscar, a todo instante, em livros, revistas, jornais, enciclopédias, na Internet... Relacionando Texto 1 Descobrindo novos significados Para tentar descobrir os significados de CASA, podemos recorrer a um dicionário. Dicionário é um livro que apresenta o conjunto de palavras de uma língua em ordem alfabética e com os respectivos significados, ou seja, explica com outras palavras os possíveis significados de uma palavra. Vamos descobrir o que esse livro tem a nos dizer sobre a palavra em questão. 15

8 casa s.f. 1. Edifício destinado, em geral, à habitação, moradia. 2. Lar, família. 3. Estabelecimento, firma, empresa. 4. Abertura por onde passa o botão; botoadeira. Minidicionário Aurélio da língua portuguesa, Editora Nova Fronteira. 1. Qual dos significados acima é mais parecido com a idéia que você faz de CASA? Resposta pessoal. 2. Em qual dos significados acima você ainda não havia pensado? Resposta pessoal. 3. Algum dos significados acima poderia corresponder à CASA do poema? Qual? Por quê? Sim. A abertura por onde passa o botão; porque ela é chamada de casa, mas não tem teto, não tem parede, nem chão. Para conhecer mais... Você sabia que o Dicionário Aurélio traz 19 significados diferentes para a palavra casa e a explicação do significado de mais de 30 tipos diferentes de casa? 16

Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Geografia

Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Geografia COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Geografia Nome: Ano: 2º Ano 2º Etapa 2014 Colégio Nossa Senhora da Piedade Área do Conhecimento: Ciências Humanas Disciplina:

Leia mais

TEXTO I Embaixo da ponte, sem número

TEXTO I Embaixo da ponte, sem número NOME: TURMA: UNIDADE: NOTA: DATA DE ENTREGA: 18 / 05 / 2016 TEXTO I Embaixo da ponte, sem número O endereço das famílias R. e S. é um buraco que fica embaixo de um viaduto sem nome, ao lado da ponte da

Leia mais

SAPO QUENTÃO LÁ VEM O SAPO, SAPO, SAPO, QUE NADAVA NO RIO, NO RIO, NO RIO, COM SEU TRAJE VERDE, VERDE, VERDE, QUE MORRIA DE FRIO, DE FRIO, DE FRIO.

SAPO QUENTÃO LÁ VEM O SAPO, SAPO, SAPO, QUE NADAVA NO RIO, NO RIO, NO RIO, COM SEU TRAJE VERDE, VERDE, VERDE, QUE MORRIA DE FRIO, DE FRIO, DE FRIO. SAPO QUENTÃO LÁ VEM O SAPO, SAPO, SAPO, QUE NADAVA NO RIO, NO RIO, NO RIO, COM SEU TRAJE VERDE, VERDE, VERDE, QUE MORRIA DE FRIO, DE FRIO, DE FRIO. A DONA SAPA, SAPA, SAPA, LHE EMPRESTOU UM ROUPÃO, ROUPÃO,

Leia mais

PLANEJAMENTO (TRABALHANDO COM O NOME/ IDENTIDADE)

PLANEJAMENTO (TRABALHANDO COM O NOME/ IDENTIDADE) PLANEJAMENTO (TRABALHANDO COM O NOME/ IDENTIDADE) Professor (a): Marines dos Santos Pereira Competências Objetivos Estratégias em Língua Portuguesa (contemplando os 4 eixos: Leitura; Produção de textos;

Leia mais

2º BIM P1 LISTA DE EXERCÍCIOS GRAMÁTICA 6º ANO

2º BIM P1 LISTA DE EXERCÍCIOS GRAMÁTICA 6º ANO 2º BIM P1 HABILIDADES E COMPETÊNCIAS LISTA DE EXERCÍCIOS GRAMÁTICA 6º ANO Aluno (a): Professor: Turma: Turno:... Data: / / Unidade: ( ) Asa Norte ( ) Águas Lindas ( )Ceilândia ( ) Gama ( )Guará ( ) Pistão

Leia mais

O Expressionimo das Formas

O Expressionimo das Formas O Expressionimo das Formas Na sua opinião existem formas diferentes de representar uma mesma idéia ou uma mesma emoção? Como você representaria, por exemplo, a dor e o sofrimento humano? Mas, e o que é

Leia mais

Conteúdo: - Alfabeto - letras k, w, y e vogais - Uso do dicionário FORTALECENDO SABERES CONTEÚDO E HABILIDADES APRENDER A APRENDER I DESAFIO DO DIA

Conteúdo: - Alfabeto - letras k, w, y e vogais - Uso do dicionário FORTALECENDO SABERES CONTEÚDO E HABILIDADES APRENDER A APRENDER I DESAFIO DO DIA CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA A I Conteúdo: - Alfabeto - letras k, w, y e vogais - Uso do dicionário 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA A I Habilidades:

Leia mais

A ALFABETIZAÇÃO DA PESSOA SURDA: DESAFIOS E POSSIBILIDADES. Caderno de Educação Especial

A ALFABETIZAÇÃO DA PESSOA SURDA: DESAFIOS E POSSIBILIDADES. Caderno de Educação Especial A ALFABETIZAÇÃO DA PESSOA SURDA: DESAFIOS E POSSIBILIDADES Caderno de Educação Especial O que devemos considerar no processo de Alfabetização? Criança Ouvinte Criança Surda Faz uso das propriedades fonológicas

Leia mais

PLANO DE CURSO DISCIPLINA:História ÁREA DE ENSINO: Fundamental I SÉRIE/ANO: 2 ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS

PLANO DE CURSO DISCIPLINA:História ÁREA DE ENSINO: Fundamental I SÉRIE/ANO: 2 ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS UNIDADE 1 MUITO PRAZER, EU SOU CRIANÇA. *Conhecer e estabelecer relações entre a própria história e a de outras pessoas,refletindo sobre diferenças e semelhanças. *Respeitar e valorizar a diversidade étnico

Leia mais

1.º C. 1.º A Os livros

1.º C. 1.º A Os livros 1.º A Os livros Os meus olhos veem segredos Que moram dentro dos livros Nas páginas vive a sabedoria, Histórias mágicas E também poemas. Podemos descobrir palavras Com imaginação E letras coloridas Porque

Leia mais

Equipe Escola de Mestres

Equipe Escola de Mestres 1 BOLSÃO ESCOLA DE MESTRES 2016 INSTRUÇÕES Desligue o celular durante a prova. Não utilize corretor. Sua prova deve ser feita à caneta com tinta azul ou preta. Não consulte livros ou cadernos. Não peça

Leia mais

Atividades de ortografia com as letras lh e li

Atividades de ortografia com as letras lh e li Atividades de ortografia com as letras lh e li Atividades de português, Atividades de ortografia com Lh e Li, atividades ensino fundamental, atividades para imprimir, atividades educativas, tarefas de

Leia mais

Gestão de Identidade. I Alfabeto Secreto. Proposta de Jogo Didáctico para Sensibilização sobre Segurança

Gestão de Identidade. I Alfabeto Secreto. Proposta de Jogo Didáctico para Sensibilização sobre Segurança Gestão de Identidade I Alfabeto Secreto Proposta de Jogo Didáctico para Sensibilização sobre Segurança Esta actividade tem como objectivo sensibilizar as crianças (11-12 anos) para alguns aspectos da segurança,

Leia mais

na Rede Rede IDEIAS PARA DESENVOLVIMENTO DE Maestro Assessoria Educacional

na Rede Rede IDEIAS PARA DESENVOLVIMENTO DE Maestro Assessoria Educacional B la Rede na la na Rede na Rede IDEIAS PARA DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS Maestro Assessoria Educacional PROPOSTA 1 Observe a obra de Arte feita por Tarsila Amaral e liste quais pessoas poderiam representar

Leia mais

Questionário de Lapsos de Memória

Questionário de Lapsos de Memória Questionário de Lapsos de Memória É raro o dia em que uma pessoa não tenha uma falha de memória. Numa altura esquecêmo-nos onde deixamos o guarda-chuva, noutra altura esquecêmonos daquele artigo importante

Leia mais

Reference to English Interconnections Lesson Changes at School p. 14 Social Studies Standard(s): Standard 1, Objective 1

Reference to English Interconnections Lesson Changes at School p. 14 Social Studies Standard(s): Standard 1, Objective 1 1ª Série Lição: As mudanças na escola - Igual e diferente Reference to English Interconnections Lesson Changes at School p. 14 Social Studies Standard(s): Standard 1, Objective 1 Objetivo(s) do Conteúdo

Leia mais

A Arca de Noé. COLÉGIO NOSSA SENHORA DE SION Troca do livro. Semana de 2 a 6 de junho quarta-feira segunda-feira quinta-feira

A Arca de Noé. COLÉGIO NOSSA SENHORA DE SION Troca do livro. Semana de 2 a 6 de junho quarta-feira segunda-feira quinta-feira COLÉGIO NOSSA SENHORA DE SION Troca do livro LIÇÕES DE PORTUGUÊS E HISTÓRIA/ 4º ano 4º A 4º B 4º C Semana de 2 a 6 de junho quarta-feira segunda-feira quinta-feira Segunda-feira 2 de junho de 2014. Leia

Leia mais

Análise e comentário dos desenhos do conto A receita de Mandrágora

Análise e comentário dos desenhos do conto A receita de Mandrágora Análise e comentário dos desenhos do conto A receita de Mandrágora Teberosky, A., Ribera, N. Universidade de Barcelona Índice Página 1 do conto Página 3 do conto Página 4 do conto Página 5 do conto Página

Leia mais

Descobrindo suas próprias habilidades

Descobrindo suas próprias habilidades Project Name: Boosting Individual Competences (BIC) Project Number: 2016-1-DE02-KA204-003276 Titulo Descobrindo suas próprias habilidades Idioma(s) Sugestão do nível Objetivos sugeridos Procedimento Inglês

Leia mais

IMPRESSIONISMO: (1860/1886) adyart.wordpress.com

IMPRESSIONISMO: (1860/1886) adyart.wordpress.com IMPRESSIONISMO: (1860/1886) DEFINIÇÃO: O Impressionismo é um movimento artístico surgido na França, no século XIX. Esse fenômeno artístico criou uma nova visão conceitual da natureza, utilizando pinceladas

Leia mais

JUJU E O MISTÉRIO DAS CORES

JUJU E O MISTÉRIO DAS CORES JUJU E O MISTÉRIO DAS CORES Texto e ilustrações de Fabio Quinteiro Projeto: leitura e produção de texto Elaborado por: Clara de Cápua Indicação: Educação Infantil e Fundamental I A obra em poucas palavras

Leia mais

Quem é Mortimer J. Adler?

Quem é Mortimer J. Adler? 1 A Arte de Ler Quem é Mortimer J. Adler? Por que falar disso? Ler é obter significado da página escrita Muitos não conseguem obter nada além de palavras Todos podem ler ficção simples Poucos podem ler

Leia mais

PLANEJAMENTO (Provérbios)

PLANEJAMENTO (Provérbios) PLANEJAMENTO (Provérbios) Professor (a): Márcia dos Santos Opilhar Diferentes portadores de texto: PROVÉRBIOS Competências Oralidade; produção textual; argumentação; criatividade. Objetivo Geral - Perceber

Leia mais

TEM BICHO NO CIRCO. tem bicho no circo. projeto pedagógico. Rua Tito, 479 Lapa São Paulo SP. (11)

TEM BICHO NO CIRCO. tem bicho no circo. projeto pedagógico. Rua Tito, 479 Lapa São Paulo SP. (11) projeto pedagógico tem bicho no circo TEM BICHO NO CIRCO TEXTO EM LETRA BASTÃO Rua Tito, 479 Lapa São Paulo SP CEP 05051-000 divulgação escolar (11) 3874-0884 divulga@melhoramentos.com.br www.editoramelhoramentos.com.br

Leia mais

Descrição de Um Leitor Ativo Leitura do texto: A moringa, a geladeira e a roupa no varal

Descrição de Um Leitor Ativo Leitura do texto: A moringa, a geladeira e a roupa no varal Descrição de Um Leitor Ativo Leitura do texto: A moringa, a geladeira e a roupa no varal Acompanhe o leitor competente em ação. Leio o titulo: A moringa, a geladeira e a roupa no varal. São três coisas

Leia mais

Dicas para fazer esboços da natureza. adriaans.com/on- painting/

Dicas para fazer esboços da natureza.  adriaans.com/on- painting/ Dicas para fazer esboços da natureza. http://www.pieter- adriaans.com/on- painting/ geral Sempre Obrigue- se a trabalhar para e na natureza. Nunca copiar imagens, especialmente desenhos de outros. Estudá-

Leia mais

Nome: Data: / / Autora: Lara Francisco. Este é o livro que vamos ler. Espero que gostes! Observa-o com muita atenção e. completa: Título: Autor:

Nome: Data: / / Autora: Lara Francisco. Este é o livro que vamos ler. Espero que gostes! Observa-o com muita atenção e. completa: Título: Autor: Nome: _ Data: / / Autora: Lara Francisco Este é o livro que vamos ler. Espero que gostes! Observa-o com muita atenção e completa: Título: Autor: Ilustrações: Editora: Edição: Colecção: Ninguém dá prendas

Leia mais

TODOS NÓS, CADA UM DE NÓS

TODOS NÓS, CADA UM DE NÓS Programa: Produção de Material Didático O Sistema Preventivo nos livros didáticos da RSE EXEMPLOS AVULSOS LÍNGUA PORTUGUESA - ENSINO FUNDAMENTAL Alfabetização UNIDADE Reprodução proibida Reproduzir livro

Leia mais

Formação de PROFESSOR

Formação de PROFESSOR Formação de PROFESSOR 1 Especial Formação de Professor Por Beatriz Tavares de Souza* Apresentação O livro faz uma abordagem sobre a vida e o nome em seu momento. Na relação entre a identificação e o tempo,

Leia mais

BEM-VINDO AO ESPAÇO DO PROFESSOR. interação e inter-relação que esperamos potencializar.

BEM-VINDO AO ESPAÇO DO PROFESSOR. interação e inter-relação que esperamos potencializar. BEM-VINDO AO ESPAÇO DO PROFESSOR interação e inter-relação que esperamos potencializar. Tendo como ponto de partida algumas obras expostas na 29ª Bienal, pretendemos tecer uma rede de ideias enquanto refletimos

Leia mais

Ano Letivo: 2014 / 2015 Ano de Escolaridade: 1º

Ano Letivo: 2014 / 2015 Ano de Escolaridade: 1º 1.º CEB Agrupamento de Escolas Ano Letivo: 2014 / 2015 Ano de Escolaridade: 1º Saber escutar para reproduzir pequenas mensagens e Compreensão do oral Leitura Escrita para cumprir ordens e pedidos Prestar

Leia mais

20 Dicas Eficazes Para Dirigir Sem Medo Que Você Pode Aplicar Ainda Hoje.

20 Dicas Eficazes Para Dirigir Sem Medo Que Você Pode Aplicar Ainda Hoje. 20 Dicas Eficazes Para Dirigir Sem Medo Que Você Pode Aplicar Ainda Hoje. Agradecimento Quero agradecer pelo seu interesse no meu ebook. Vamos juntos te levar até o seu objetivo. Uma Excelente Leitura!

Leia mais

Pegada nas Escolas - ÁGUA - PROPOSTAS PARA A ESCOLA: ÁGUA

Pegada nas Escolas - ÁGUA - PROPOSTAS PARA A ESCOLA: ÁGUA Pegada nas Escolas - ÁGUA - 1 PROPOSTAS PARA A ESCOLA: ÁGUA Nessa fase vamos colocar a mão na massa para criar um conjunto de propostas que permitam reduzir a Pegada Ecológica e de Carbono* na Escola,

Leia mais

Abordagem Construtivista da alfabetização. Aula de 02/05/2010

Abordagem Construtivista da alfabetização. Aula de 02/05/2010 Abordagem Construtivista da alfabetização Aula de 02/05/2010 Dicas práticas para o planejamento do trabalho 1. LEIA EM VOZ ALTA TODOS OS DIAS... Textos literários: contos tradicionais, histórias contemporâneas,

Leia mais

Pegada nas Escolas - LIXO - PROPOSTAS PARA A ESCOLA: LIXO

Pegada nas Escolas - LIXO - PROPOSTAS PARA A ESCOLA: LIXO Pegada nas Escolas - LIXO - 1 PROPOSTAS PARA A ESCOLA: LIXO Nessa fase vamos colocar a mão na massa para criar um conjunto de soluções que permitam reduzir a Pegada Ecológica e de Carbono* na Escola. Para

Leia mais

MATEMÁTICA - 3o ciclo Intervalos de números Reais (9 o ano) Propostas de resolução

MATEMÁTICA - 3o ciclo Intervalos de números Reais (9 o ano) Propostas de resolução MATEMÁTICA - 3o ciclo Intervalos de números Reais (9 o ano) Propostas de resolução Exercícios de provas nacionais e testes intermédios 1. Como 2 1, 1414 e 3 1, 7321, representando na reta real o intervalo

Leia mais

Pegada nas Escolas - ENERGIA- PROPOSTAS PARA A ESCOLA: ENERGIA

Pegada nas Escolas - ENERGIA- PROPOSTAS PARA A ESCOLA: ENERGIA Pegada nas Escolas - ENERGIA- 1 PROPOSTAS PARA A ESCOLA: ENERGIA Nessa fase vamos colocar a mão na massa para criar um conjunto de soluções que permitam reduzir a Pegada Ecológica e de Carbono* na Escola,

Leia mais

Evangelismo de Impacto.

Evangelismo de Impacto. www.teatroevangelico.com.br Evangelismo de Impacto. $$UWH7HDWUDO$6HUYLoR'R0HVWUH Script DIA DAS MÃES O PRESENTE Teatro Evangélico A arte teatral a serviço do mestre. www.teatroevangelico.com.br 2 O PRESENTE

Leia mais

PRÁTICA SIGNIFICATIVA DO GÊNERO TEXTUAL AOS JOGOS DE CONSCIÊNCIA SILÁBICA PROFESSORA RAFAELA NATIVIDADE SE MARY CONTÊ CMEI RECANTO INFANTIL

PRÁTICA SIGNIFICATIVA DO GÊNERO TEXTUAL AOS JOGOS DE CONSCIÊNCIA SILÁBICA PROFESSORA RAFAELA NATIVIDADE SE MARY CONTÊ CMEI RECANTO INFANTIL PRÁTICA SIGNIFICATIVA DO GÊNERO TEXTUAL AOS JOGOS DE CONSCIÊNCIA SILÁBICA PROFESSORA RAFAELA NATIVIDADE SE MARY CONTÊ CMEI RECANTO INFANTIL Gêneros Textuais São modelos comunicativos que nos possibilitam

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL OBJETIVOS GERAIS. Linguagem Oral e Escrita. Matemática OBJETIVOS E CONTEÚDOS

EDUCAÇÃO INFANTIL OBJETIVOS GERAIS. Linguagem Oral e Escrita. Matemática OBJETIVOS E CONTEÚDOS EDUCAÇÃO INFANTIL OBJETIVOS GERAIS Conhecimento do Mundo Formação Pessoal e Social Movimento Linguagem Oral e Escrita Identidade e Autonomia Música Natureza e Sociedade Artes Visuais Matemática OBJETIVOS

Leia mais

É mesmo uma festa, Um baú no sótão, Um navio pirata no mar, Um foguete perdido no ar, É amigo e companheiro.

É mesmo uma festa, Um baú no sótão, Um navio pirata no mar, Um foguete perdido no ar, É amigo e companheiro. FICHA DA SEMANA 5º ANO Instruções: 1- Cada atividade terá uma data de realização e deverá ser entregue a professora no dia seguinte; 2- As atividades deverão ser copiadas e respondidas no caderno de acordo

Leia mais

FASVS. Ver, Experimentar. Projeto. Э Recriar. Renato J.C. Santos

FASVS. Ver, Experimentar. Projeto. Э Recriar. Renato J.C. Santos FASVS Renato J.C. Santos Projeto Ver, Experimentar Э Recriar 2 Projeto Pedagógico Museu Arpad Szenes Vieira da Silva Apresentação A Fundação Arpad Szenes Vieira da Silva cumprindo os objectivos a que se

Leia mais

SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO LAGOA DA PRATA / MINAS GERAIS FUNDAMENTAL COMPLETO

SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO LAGOA DA PRATA / MINAS GERAIS FUNDAMENTAL COMPLETO SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO LAGOA DA PRATA / MINAS GERAIS Edital n. 01 /2015 FUNDAMENTAL COMPLETO Códigos: 201, 202, 203, 204, 205, 206 e 207 LEIA COM ATENÇÃO AS SEGUINTES INSTRUÇÕES 1 Este caderno

Leia mais

LER E ESCREVER SÃO COISAS DE CRIANÇAS?

LER E ESCREVER SÃO COISAS DE CRIANÇAS? LER E ESCREVER SÃO COISAS DE CRIANÇAS? II Encontro Orientadores de Estudo PNAIC A criança no ciclo de alfabetização Mônica Correia Baptista monicacb.ufmg@gmail.com Professora Departamento de Administração

Leia mais

UM EXERCÍCIO SIMPLES PARA DESCOBRIR OS SEUS. Pontos Fortes

UM EXERCÍCIO SIMPLES PARA DESCOBRIR OS SEUS. Pontos Fortes UM EXERCÍCIO SIMPLES PARA DESCOBRIR OS SEUS Pontos Fortes UM EXERCÍCIO SIMPLES PARA DESCOBRIR OS SEUS Pontos Fortes Um ponto forte é uma característica pessoal ou talento que te permite ter um desempenho

Leia mais

HIPÓTESES DE ESCRITA Certezas Provisórias. Dúvidas Temporárias

HIPÓTESES DE ESCRITA Certezas Provisórias. Dúvidas Temporárias HIPÓTESES DE ESCRITA Certezas Provisórias Todas as crianças passam por níveis de hipóteses conceituais de escrita até atingirem a alfabetização: Uns alunos são mais rápidos que outros para se alfabetizarem;

Leia mais

A conta-gotas. Ana Carolina Carvalho

A conta-gotas. Ana Carolina Carvalho A conta-gotas Ana Carolina Carvalho Agradeço a Regina Gulla pela leitura atenta e pelas sugestões. Para minha mãe, pela presença. Para Marina, minha afilhada, que quis ler o livro desde o começo. 1 A

Leia mais

Vinícius de Moraes. Fernanda e Emanoel 5º Ano A. Gibi ilustrado por alunos da Educação Infantil e Fundamental I

Vinícius de Moraes. Fernanda e Emanoel 5º Ano A. Gibi ilustrado por alunos da Educação Infantil e Fundamental I Vinícius de Moraes Fernanda e Emanoel 5º Ano A Gibi ilustrado por alunos da Educação Infantil e Fundamental I Escola Magistral 2013 Vinícius de Moraes Ilustrações dos alunos da Educação Infantil e Fundamental

Leia mais

PLANEJAMENTO (LIVRO INFANTIL)

PLANEJAMENTO (LIVRO INFANTIL) PLANEJAMENTO (LIVRO INFANTIL) Professor (a): NOME DO LIVRO: O MUNDINHO DE BOAS ATITUDES AUTOR:INGRID BIESEMEYER BELLINGHAUSEN Competências Perceber a importância do auto respeito. Desenvolver o senso critico.

Leia mais

PLANEJAMENTO: POESIA

PLANEJAMENTO: POESIA PLANEJAMENTO: POESIA Professor (a): Rosa Ilene Martini Garavaglia NOME DA POESIA: O Girassol Vinícius de Moraes TEMA: Primavera Competências Objetivo Geral Objetivos específicos Estratégias em Língua Portuguesa

Leia mais

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS 2º ANO INSTITUTO SOCIAL OBJETIVO Ensino: Infantil Fundamental - Médio

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS 2º ANO INSTITUTO SOCIAL OBJETIVO Ensino: Infantil Fundamental - Médio CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL - 2º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL 2015 PROFESSORA FABIANE DISCIPLINA(S): PORTUGUÊS / GEOGRAFIA / CIÊNCIAS / HISTÓRIA / MATEMÁTICA / RELIGIÃO PORTUGUÊS Bilhete. Bilhete ou carta?

Leia mais

Como se escreve? Expectativas de aprendizagem. Recursos e materiais necessários. Público-alvo: 3º ano. Duração: 4 aulas

Como se escreve? Expectativas de aprendizagem. Recursos e materiais necessários. Público-alvo: 3º ano. Duração: 4 aulas Como se escreve? nós na sala de aula - módulo: língua portuguesa 1º ao 3º ano - unidade 10 Antigamente a ortografia era vista apenas como um monte de regras que deviam ser decoradas, mas os estudos atuais

Leia mais

-Roteiro do professor-

-Roteiro do professor- Frações -Roteiro do professor- Introdução teórica: Os principais objetivos deste kit são: trabalhar com o inteiro formado por partes, construir classes de equivalência através da comparação e introduzir

Leia mais

Saindo de férias com... Educadoras: Milene, Ana Paula e Karla. 2ºs anos

Saindo de férias com... Educadoras: Milene, Ana Paula e Karla. 2ºs anos Saindo de férias com... Educadoras: Milene, Ana Paula e Karla 2ºs anos 1 SERÁ UMA DELÍCIA CURTIR ESSA HISTÓRIA COM VOCÊ! FAÇA TODAS AS ATIVIDADES COM LETRA CURSIVA! Fique atento nestas dicas da sua educadora:

Leia mais

Pegada nas Escolas - TRANSPORTE - PROPOSTAS PARA A ESCOLA: TRANSPORTE

Pegada nas Escolas - TRANSPORTE - PROPOSTAS PARA A ESCOLA: TRANSPORTE Pegada nas Escolas - TRANSPORTE - 1 PROPOSTAS PARA A ESCOLA: TRANSPORTE Nessa fase vamos colocar a mão na massa para criar um conjunto de soluções que permitam reduzir a Pegada Ecológica e de Carbono*

Leia mais

DIÁRIO DE BORDO. Projeto Sustentabilidade, Literatura e Matemática

DIÁRIO DE BORDO. Projeto Sustentabilidade, Literatura e Matemática DIÁRIO DE BORDO Projeto Sustentabilidade, Literatura e Matemática Bruno Lopes Isabelly Cristina Mottin Polyanna Mondadori Santos Objetivos Compreender o conceito de porcentagem, indicando exemplos da sua

Leia mais

Lista de Matemática e Interpretação de Texto 5 o ano de 22 a 26/08/16

Lista de Matemática e Interpretação de Texto 5 o ano de 22 a 26/08/16 Lista de Matemática e Interpretação de Texto 5 o ano de a 6/08/6 Ouça o sábio e cresça em prudência. (Provérbios :5) Segunda-feira /08 Vamos reforçar o que já aprendemos sobre as frações.. Resolva: a)

Leia mais

Questões Objetivas A) B) C)

Questões Objetivas A) B) C) Questões Objetivas 1) Wagner tem 15 moedas, algumas de 25 centavos e outras de 10 centavos, no valor total de 2 reais e 70 centavos. Se x é o número de moedas de 25 centavos que ele tem, qual das equações

Leia mais

SISTEMA DECIMAL. No sistema decimal o símbolo 0 (zero) posicionado à direita implica em multiplicar a grandeza pela base, ou seja, por 10 (dez).

SISTEMA DECIMAL. No sistema decimal o símbolo 0 (zero) posicionado à direita implica em multiplicar a grandeza pela base, ou seja, por 10 (dez). SISTEMA DECIMAL 1. Classificação dos números decimais O sistema decimal é um sistema de numeração de posição que utiliza a base dez. Os dez algarismos indo-arábicos - 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 - servem para

Leia mais

Benefícios da Leitura

Benefícios da Leitura Ler a par Benefícios da Leitura Proporciona à criança informação e conhecimento sobre o mundo. Apresenta à criança situações e ideias novas Estimulando a curiosidade, o pensamento crítico, e ainda a consciência

Leia mais

Números pares e ímpares

Números pares e ímpares Números pares e ímpares 1 O que tem neste Capítulo Todos os números inteiros são divididos em dois grupos pares e ímpares. Eles se seguem um ao outro em ordem ímpar, par, ímpar, par, como os números das

Leia mais

SUGESTÕES PARA ESCREVER MELHOR

SUGESTÕES PARA ESCREVER MELHOR SUGESTÕES PARA ESCREVER MELHOR Trueffelpix / Shutterstock.com A MELHOR MANEIRA DE APRIMORAR A ESCRITA É... ESCREVENDO! Nas telas seguintes você conhecerá algumas estratégias interessantes para desenvolver

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 3.º ANO/EF

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 3.º ANO/EF SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC Minas E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 3.º ANO/EF 2016 Caro(a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados

Leia mais

22/01/2016 Sexta-feira. 2º ano do Ensino Fundamental I

22/01/2016 Sexta-feira. 2º ano do Ensino Fundamental I 2º Ano - C 2º Ano - B 2º Ano - A 1ª, 2ª e 3ª e 22/01/2016 Sexta-feira 2º ano do Ensino Fundamental I 2º ano A - Antes de executar suas tarefas, revise a parte teórica Números naturais do 6 ao 9; Págs.22

Leia mais

19 elementos essenciais para transformar seu texto em um artigo memorável (e mais 2 dicas bônus) VIVER DE BLOG Página 1

19 elementos essenciais para transformar seu texto em um artigo memorável (e mais 2 dicas bônus) VIVER DE BLOG Página 1 19 elementos essenciais para transformar seu texto em um artigo memorável (e mais 2 dicas bônus) VIVER DE BLOG Página 1 INTRODUÇÃO Quer atrair mais tráfego para o seu site ou blog? Então produza um conteúdo

Leia mais

Nada mais interessante do que brincar de ser, bem no mês da criança... Confira os assuntos tratados na revista:

Nada mais interessante do que brincar de ser, bem no mês da criança... Confira os assuntos tratados na revista: Nada mais interessante do que brincar de ser, bem no mês da criança... Confira os assuntos tratados na revista: Profissões: atuais e do futuro Salvador Dalí Super-heróis Zumbis História em quadrinhos Dia

Leia mais

Hibridismo formal: uma questão gráfica ou conceitual?

Hibridismo formal: uma questão gráfica ou conceitual? René Magritte Grafite anônimo Hibridismo formal: uma questão gráfica ou conceitual? Maurício Silva Gino O autor agradece aos componentes do Grupo de Estudos de Metáforas e Analogias na Tecnologia, na Educação

Leia mais

LeYa Leituras Projeto de Leitura

LeYa Leituras Projeto de Leitura LeYa Leituras Projeto de Leitura Nome do livro: O meu primeiro livro Autor: Pedro Reisinho Currículo do autor: Jovem escritor português, editor da Gailivro em Portugal. Editou os best Sellers da saga Twilight,

Leia mais

www.interaulaclube.com.br

www.interaulaclube.com.br A UU L AL A O mar Observe atentamente a figura abaixo. Uma olhada mais despreocupada para o desenho pode dar a impressão de que estamos diante de uma região desértica na superfície da Terra. Mas, prestando

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL OBJETIVOS GERAIS. Linguagem Oral e Escrita. Matemática OBJETIVOS E CONTEÚDOS

EDUCAÇÃO INFANTIL OBJETIVOS GERAIS. Linguagem Oral e Escrita. Matemática OBJETIVOS E CONTEÚDOS EDUCAÇÃO INFANTIL OBJETIVOS GERAIS Conhecimento do Mundo Formação Pessoal e Social Movimento Linguagem Oral e Escrita Identidade e Autonomia Música Natureza e Sociedade Artes Visuais Matemática OBJETIVOS

Leia mais

Caro(a) aluno(a), Coordenadoria de Estudos e Normas Pedagógicas CENP Secretaria da Educação do Estado de São Paulo Equipe Técnica de Matemática

Caro(a) aluno(a), Coordenadoria de Estudos e Normas Pedagógicas CENP Secretaria da Educação do Estado de São Paulo Equipe Técnica de Matemática Caro(a) aluno(a), Você saberia representar a soma dos n primeiros números naturais a partir do 1? Neste Caderno você terá a oportunidade de conhecer esse e outros casos que envolvem sequências e resolvê-los

Leia mais

HIPÓTESES DE ESCRITA: ATIVIDADES QUE DÃO CERTO E POTENCIALIZAM O APRENDIZADO DAS CRIANÇAS NA ALFABETIZAÇÃO.

HIPÓTESES DE ESCRITA: ATIVIDADES QUE DÃO CERTO E POTENCIALIZAM O APRENDIZADO DAS CRIANÇAS NA ALFABETIZAÇÃO. HIPÓTESES DE ESCRITA: ATIVIDADES QUE DÃO CERTO E POTENCIALIZAM O APRENDIZADO DAS CRIANÇAS NA ALFABETIZAÇÃO. RESUMO Magnólia Angelí Santos de Almeida 1 O presente trabalho discorre sobre os resultados de

Leia mais

TRABALHO BIMESTRAL INTERDISCIPLINAR. 3º Bimestre

TRABALHO BIMESTRAL INTERDISCIPLINAR. 3º Bimestre TRABALHO BIMESTRAL INTERDISCIPLINAR Disciplina: Interdisciplinar 3º Bimestre Entrega: 12/09/2017 Professor (a): Michelle/ Angélica Série: 2º ano Turma Aluno (a): Nº NOTA Olá querido aluno do 2º ano; Estamos

Leia mais

PLANO DE ENSINO 3º TRIMESTRE

PLANO DE ENSINO 3º TRIMESTRE Componente Linguagem oral e escrita Professor Alessandra, Juliana e Leticia Curricular: Segmento: Educação Infantil Ano/Série Jardim II Apresentação da disciplina A aprendizagem da linguagem oral e escrita

Leia mais

Projeto Poesia. Atividade 1: Momento 1: Converse com a turma sobre o que é uma poesia, dê exemplos e apresente alguns poetas e poetisas.

Projeto Poesia. Atividade 1: Momento 1: Converse com a turma sobre o que é uma poesia, dê exemplos e apresente alguns poetas e poetisas. Projeto Poesia http://pixabay.com/pt/livros-certificado-cont%c3%aainer-pote-158066/ Público alvo: Educação Infantil / Crianças de 4 anos. Disciplina: Linguagem oral e escrita Duração: 5 semanas Justificativa:

Leia mais

SEMANA 18 DESCENDÊNCIA DE ADÃO, NOÉ E A CONSTRUÇÃO DA ARCA

SEMANA 18 DESCENDÊNCIA DE ADÃO, NOÉ E A CONSTRUÇÃO DA ARCA MEDITAÇÃO SALA AMARELA SEMANA 18 DESCENDÊNCIA DE ADÃO, NOÉ E A CONSTRUÇÃO DA ARCA Nome: Professor: Rebanho 1. Estejam vigilantes, mantenham-se firmes na fé, sejam homens de coragem, sejam fortes. (1 Coríntios

Leia mais

Museu dos Terceiros. Actividades do Serviço Educativo

Museu dos Terceiros. Actividades do Serviço Educativo Actividades do Serviço 2011/2012 1 O é um museu de arte sacra, reaberto ao público em 2008 após obras significativas de restauro. O Serviço e de Comunicação do Museu proporciona diversas actividades destinadas

Leia mais

DESENHO ARQUITETÔNICO

DESENHO ARQUITETÔNICO DESENHO ARQUITETÔNICO ESCALAS REPRESENTAÇÃO DE DESENHO Aula 3 Profs. Arq. Eduardo Francisco Balceiro Arq. Elizabeth Correia Curso arquitetura e urbanismo CEUNSP - SALTO PROJETO ARQUITETÔNICO LINHAS A NBR

Leia mais

ESCOLA MUNICIPAL ANÁPOLIS, PROFESSORA: ALUNO (A): ANO: 1 OBSERVE SUA SALA E SEUS COLEGAS E PINTE OS QUADRADINHOS:

ESCOLA MUNICIPAL ANÁPOLIS, PROFESSORA: ALUNO (A): ANO: 1 OBSERVE SUA SALA E SEUS COLEGAS E PINTE OS QUADRADINHOS: ESCOLA MUNICIPAL ANÁPOLIS, PROFESSORA: ALUNO (A): ANO: 1 OBSERVE SUA SALA E SEUS COLEGAS E PINTE OS QUADRADINHOS: CONTE QUANTAS MENINAS TEM NA SUA SALA DE AULA. PINTE OS QUADRADINHOS. QUANTAS MENINAS SÃO?

Leia mais

MATEMÁTICA - 3o ciclo Intervalos de números Reais (9 o ano) Propostas de resolução

MATEMÁTICA - 3o ciclo Intervalos de números Reais (9 o ano) Propostas de resolução MATEMÁTICA - 3o ciclo Intervalos de números Reais (9 o ano) Propostas de resolução Exercícios de provas nacionais e testes intermédios 1. Como o conjunto A Z tem sete elementos, os sete elemento são três

Leia mais

Atividades de ortografia para imprimir

Atividades de ortografia para imprimir Atividades de ortografia para imprimir Atividades de português com ortografia para imprimir, com as seguintes letras do alfabeto: G e J, P e B, Ch e X, Lh, SS e Sc, entre outros exercícios do tipo: Vamos

Leia mais

Escola Básica do 2º e 3º Ciclos de Pinhal de Frades. Questionário sobre actividades a desenvolver no Estudo Acompanhado

Escola Básica do 2º e 3º Ciclos de Pinhal de Frades. Questionário sobre actividades a desenvolver no Estudo Acompanhado 9. Apêndices 47 Apêndice 1 Escola Básica do 2º e 3º Ciclos de Pinhal de Frades Questionário sobre actividades a desenvolver no Estudo Acompanhado Colega, O Estudo Acompanhado é uma área destinada a apoiar

Leia mais

Estou parado ou em movimento? Aula 1. Desvendando o Movimento relativo. Profs. Fábio Silva e Fábio Carvalho 18/05/2015

Estou parado ou em movimento? Aula 1. Desvendando o Movimento relativo. Profs. Fábio Silva e Fábio Carvalho 18/05/2015 Estou parado ou em movimento? Aula 1. Desvendando o Movimento relativo. Profs. Fábio Silva e Fábio Carvalho 18/05/2015 Experimentando o movimento. Todo mundo já andou de ônibus certo? Bom mas quantos de

Leia mais

Aula10 O USO DO DICIONÁRIO. Izabel Silva Souza D Ambrosio. META Conscientizar os alunos do uso apropriado do dicionário

Aula10 O USO DO DICIONÁRIO. Izabel Silva Souza D Ambrosio. META Conscientizar os alunos do uso apropriado do dicionário Aula10 O USO DO DICIONÁRIO META Conscientizar os alunos do uso apropriado do dicionário OBJETIVOS Ao final desta aula, o aluno deverá: Espero que você saiba quando recorrer ao dicionário e consiga, levando

Leia mais

Declaração Universal dos Direitos Humanos

Declaração Universal dos Direitos Humanos SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: / / 03 UNIDADE: III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 5.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

Pedrinho pintor. Texto: Ruth Rocha Ilustrações: Geraldo Valério. Elaboração Anna Flora

Pedrinho pintor. Texto: Ruth Rocha Ilustrações: Geraldo Valério. Elaboração Anna Flora Pedrinho pintor Texto: Ruth Rocha Ilustrações: Geraldo Valério Elaboração Anna Flora Brincadeira 1: Trava-línguas e redação Material necessário Para o aluno: 1 caixa de giz de cera Releia as p. 5 e 6:

Leia mais

Casa-Museu Abel Salazar. Serviços Educativos 2016

Casa-Museu Abel Salazar. Serviços Educativos 2016 Casa-Museu Abel Salazar Serviços Educativos 2016 O Programa Escola na Casa-Museu, inserido na programação de serviços educativos da Casa-Museu Abel Salazar, converge no sentido de promover maior interação

Leia mais

Brasileirinhos. Projeto de Conclusão de curso. Universidade de Brasília. Supervisão e orientação. Orlene Carvalho. Autora. Júlia Bigonha Alvim

Brasileirinhos. Projeto de Conclusão de curso. Universidade de Brasília. Supervisão e orientação. Orlene Carvalho. Autora. Júlia Bigonha Alvim Brasileirinhos Projeto de Conclusão de curso Universidade de Brasília Supervisão e orientação Orlene Carvalho Autora Júlia Bigonha Alvim Ilustração Lucas Cardoso Índice Unidade 1 Unidade 6 Bem vindo! Esportes

Leia mais

NOME ESCOLA EQUIPE SÉRIE PERÍODO DATA. -Roteiro do aluno-

NOME ESCOLA EQUIPE SÉRIE PERÍODO DATA. -Roteiro do aluno- Frações NOME ESCOLA EQUIPE SÉRIE PERÍODO DATA -Roteiro do aluno- Introdução: A classe deverá, inicialmente, ser dividida em grupos de 3 ou 4 alunos. Importante: O retângulo do estojo representa 1 inteiro.

Leia mais

Envolver Programa do Serviço Educativo 2017 FÉRIAS DA PÁSCOA.

Envolver Programa do Serviço Educativo 2017 FÉRIAS DA PÁSCOA. Envolver Programa do Serviço Educativo 2017 FÉRIAS DA PÁSCOA www.museuberardo.pt/ferias 5 a 7 de março 2 Preço: 65 +5 seguro. Isto não é um ovo! 4-6 anos Já dizia o artista René Magritte e tinha razão!

Leia mais

UFRN PIBID Subprojeto PIBID-Pedagogia SEQUENCIAS DIDÁTICAS

UFRN PIBID Subprojeto PIBID-Pedagogia SEQUENCIAS DIDÁTICAS SEQUENCIAS DIDÁTICAS EXPRESSÃO CORPORAL E ARTÍSTICA Para explorar outras formas de expressão... Produção textual através do texto de imagem por meio da obra: Ritinha Bonitinha - Eva Furnari. Apresentação

Leia mais

Escrita de Sinais I. Importância da escrita de língua de sinais para a Comunidade Surda. Documento realizado por: Marianne Rossi Stumpf

Escrita de Sinais I. Importância da escrita de língua de sinais para a Comunidade Surda. Documento realizado por: Marianne Rossi Stumpf Escrita de Sinais I Importância da escrita de língua de sinais para a Comunidade Surda Documento realizado por: Marianne Rossi Stumpf Minhas Palavras Comecei a pesquisar a ELS em 1996 com o Prof. Dr. Antônio

Leia mais

1 o º ciclo. Índice TUTORIAL

1 o º ciclo. Índice TUTORIAL 1 o º ciclo Índice ABRIR O EXCEL 2 O ambiente de trabalho do Excel.3 O botão do Office 4 OPERAÇÕES COM FOLHAS DE CÁLCULO.. 4 Criar um documento novo 4 Colunas, linhas e células. 5 Inserir Fórmulas 6 TUTORIAL

Leia mais

Imagem 1 disponível em: Imagem 2 disponível em: HTTP.www.folha.uol.com.br. Acesso em 07/02/2014.

Imagem 1 disponível em:  Imagem 2 disponível em: HTTP.www.folha.uol.com.br. Acesso em 07/02/2014. 6º Fabiana Unidade I História Leia a letra da música de Lulu Santos: Como uma onda. Após a leitura dedicada, utilize a letra da música como ponto de reflexão para responder as questões 01 e 02. Pontuação

Leia mais

PENSAMENTOS LEITORES Pensamentos leitores JUNTOS PELA LEITURA. Pensamentos Leitores

PENSAMENTOS LEITORES Pensamentos leitores JUNTOS PELA LEITURA. Pensamentos Leitores Pensamentos leitores JUNTOS PELA LEITURA Pensamentos Leitores 3 Pensamentos leitores EDIÇÃO BRASILEIRA SÃO PAULO, JUNHO DE 2016. AUTORAS Alda Beraldo Lucinha Magalhães Marília Novaes Sandra M. M. Medrano

Leia mais

HOME OFFICE. O passo a passo para deixar sua casa ainda mais linda com a ajuda da Arquitetura do Abraço

HOME OFFICE. O passo a passo para deixar sua casa ainda mais linda com a ajuda da Arquitetura do Abraço HOME OFFICE O passo a passo para deixar sua casa ainda mais linda com a ajuda da Arquitetura do Abraço Home Office Muitas pessoas quando resolvem empreender começam seu trabalho em casa, seja por opção,

Leia mais

senhor texugo e dona raposa a confusão

senhor texugo e dona raposa a confusão projeto pedagógico senhor texugo e dona raposa a confusão Uma História em Quadrinhos Senhor Texugo e Dona Raposa 2. A CONFUSÃO Série Premiada Rua Tito, 479 Lapa São Paulo SP CEP 05051-000 divulgação escolar

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO I ETAPA LETIVA HISTÓRIA 2.º ANO/EF 2017

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO I ETAPA LETIVA HISTÓRIA 2.º ANO/EF 2017 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC Minas E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO I ETAPA LETIVA HISTÓRIA 2.º ANO/EF 2017 Caro(a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA I EMI 1º ANO. Prof. Andriza

LÍNGUA PORTUGUESA I EMI 1º ANO. Prof. Andriza LÍNGUA PORTUGUESA I EMI 1º ANO Prof. Andriza andriza.becker@luzerna.ifc.edu.br Ementa da disciplina: Revisão da gramática aplicada ao texto oral e escrito: Fonética; regras de acentuação, ortografia (Novo

Leia mais

OS TIPOS DE TRABALHOS CIENTÍFICOS

OS TIPOS DE TRABALHOS CIENTÍFICOS OS TIPOS DE TRABALHOS CIENTÍFICOS Peculiaridades e formas de conduzir seus estudos Thaisa Bueno Uma breve diferenciação antes de começarmos Divulgação científica Jornalismo científico Disseminação científica

Leia mais