ANEXO A. Cidade: SERTÃO - RS Data: 11/03/2014. Encaminhamos a V. S.ª, para ANÁLISE, o Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndio (PPCI).

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ANEXO A. Cidade: SERTÃO - RS Data: 11/03/2014. Encaminhamos a V. S.ª, para ANÁLISE, o Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndio (PPCI)."

Transcrição

1 ANEXO A Ao Ilmo Sr. Comandante do Corpo de Bombeiros Militar Cidade: SERTÃO - RS Data: 11/03/2014 Encaminhamos a V. S.ª, para ANÁLISE, o Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndio (PPCI). Nome: INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RS CAMPUS SERTÃO Endereço: Rodovia RS 135, Km 25 Ocupação: E-1 Classe de Risco: PEQUENO A Área Total Construída: 1.129,79 m² Altura: 13,85 m (L Edificação Baixa) Proprietário: INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RS CAMPUS SERTÃO CNPJ/CPF: / Responsável Técnico: Eng. RONALDO FERRI CREA: Eng. SANDRO BIAZUS CORTINA CREA: Solicitamos a devolução de uma via, após a aprovação. Atenciosamente, _

2 ANEXO C MEMORIAL DESCRITIVO DO PRÉDIO 1. DADOS DO IMÓVEL: Razão Social: INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RS Nome Fantasia: CAMPUS SERTÃO Endereço: Rodovia RS 135, Km 25 n.º: Km 25 Complemento: Bairro: Rodovia CEP: Ponto de Referência: Município: Sertão CNPJ: / Matrícula do Imóvel: 2. DADOS DO /RESPONSÁVEL: Nome: LENIR ANTONIO HANNECKER Endereço: Av. Fernando Ferrari n.º: 1107 Município: Sertão - RS Bairro: Centro CEP: RESPONSÁVEL PELO PPCI: Nome: Ronaldo Ferri e Sandro Biazus Cortina Nº CREA: e Endereço: Rua Dos Cedros n.º: 223 Município: Concórdia - SC Bairro: Floresta CEP: Telefone (fixo): Celular: CARACTERÍSTICAS DO IMÓVEL: Edificação: (x) À construir ( ) Existente ( ) Existente com aumento de área ( ) Outros: Área Edificada (m²): 1.129,79 Área do maior pavimento (m²): 552,25 Altura (m): 13,85 Área Subsolo (m²): 123,48 Ocupação: E Descrição da Ocupação: E-1 / Biblioteca e Administrativo População: 180 pessoas Classe de Risco: Baixo N.º de Pavimentos: 03 Características Construtivas (NBR tipo): Z Elevadores Quantidade): 01 social Escadas (Quantidade): 01 Escada Comum: 01 Escada Enclausurada: 00 Possui edificação c/ pavimentos recuados em relação aos pavimentos inferiores com altura maior que 12 m: ( ) Sim (x) Não Distância máxima da via de acesso para carros de combate a incêndio (m): Na via Possui caldeiras, vasos de pressão e congêneres: ( ) Sim (x) Não Depósito de GLP ou outros gases: ( ) Sim (x) Não 5. MEDIDAS DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO: Extintores de Incêndio: (x) Sim ( ) Não Sistema Automat.: ( ) Sim (x) Não Controle de Fumaça: ( ) Sim (x) Não Saídas de Emerg.: (x) Sim ( ) Não Alarme de Incêndio: (x) Sim ( ) Não Cont. Mat. Acabam.: (x) Sim ( ) Não Detecção: (x) Sim () Não Hidráulica: (x) Sim ( ) Não Plano de Emergência:(x) Sim ( ) Não Iluminação Emerg.: (x) Sim ( ) Não Sinalizações: (x) Sim ( ) Não Sist. de Esp. e Resf.: ( ) Sim (x) Não Segurança Estrutural: (x) Sim ( ) Não SPDA: (x) Sim ( ) Não Compartimentação: ( ) Vert (x) Horiz Central Predial de GLP:( ) Sim (x) Não Brigada de Incêndio:(x) Sim ( ) Não Outros: 6. OUTRAS INFORMAÇÕES: Fontes de energia existentes: Energia Elétrica, Solar e Luminosa Fontes de risco existentes: Não _

3 ANEXO D MEMORIAL DESCRITIVO DOS EXTINTORES DE INCÊNDIO 1 PPCI Nº: 2 EXTINTORES: N. ORDEN TIPO CAPACIDADE LOCAL N. RECEPIENTE N. INMETRO VALIDADE DO SELO DATA CARGA DATA INSPEÇÃO DATA RETESTE VISTORIADOR OBS. 01 ABC ABC 6 Kg 02 ABC (ABC 6 Kg 03 ABC ABC 6 Kg 04 ABC ABC 6 Kg 05 ABC ABC 6 Kg 06 ABC ABC 6 Kg 07 ABC ABC 6 Kg Subsolo 2 Subsolo 2 Biblioteca Subsolo 1 Recepção Subsolo 1 Circulação Térreo Circulação Térreo Auditório 1 UNIDADES EXTINTORAS EXIGIDAS: 07 ABC 6 kg (3A:20 BC) 2 UNIDADES EXISTENTES: 07 ABC 6 kg (3A:20 BC) 3 Nº/ANO DA NORMA UTILIZADA: Lei Complementar /2013 _

4 ANEXO E MEMORIAL DESCRITIVO DA INSTALAÇÃO HIDRÁULICA DE HIDRANTES E MANGOTINHOS 1. PPCI Nº 2. CANALIZAÇÃO OU REDE PREVENTIVA: 2.1 Diâmetro da Canalização (polegadas): 3 (Sucção) e 2 ½ (Recalque) 2.2 Material da Canalização: Ferro Galvanizado, pesado 3. HIDRANTES: 3.1 Nº de Hidrantes: 03 (Mangotinho) 3.2 Saída: (x) Simples ( ) Dupla 3.3 Tipo de engate e diâmetro (polegadas): descrever 4. MANGUEIRAS: 4.1 Mangueiras: Tipo: Tipo Mangotinho 4.2 Quantidade: Diâmetro: 25mm 4.4 Comprimento do lance: 30 m 5. ESGUICHO: 5.1 Tipo de Esguicho: (x) Especial ( ) Tronco cônico 6. RESERVA TÉCNICA DE INCÊNDIO: 6.1 Reserva Técnica de Incêndio: (x) Superior ( ) Inferior 6.2 Capacidade: litros 7. MOTOBOMBA: 7.1 Vazão: 12 m³/h 7.2 Potência (CV): 10 CV (podendo variar de acordo com a bomba selecionado observando a vazão e pressão pré definidas). 7.3 Alimentação: (x) Elétrica (x) À combustão interna 8. PRESSÃO/VAZÃO: 8.1 Saída de incêndio mais favorável (pressão e vazão): 45,0 mca 12 m³/h (H1) 8.2 Saída de incêndio menos favorável (pressão e vazão): 50,0 mca 12 m³/h (H3) 9. OBSERVAÇÕES: A bomba e tubulação do sistema de hidrante será instalada com sucção positiva. O acionamento será automático através da bomba jockey. 10. Nº/ANO DA NORMA UTILIZADA: NBR :2000, Lei Complementar /2013.

5 ANEXO G MEMORIAL DESCRITIVO DA ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA 1 PPCI Nº 2 DADOS DO SISTEMA: 2.1 Localização da central: 2.2 Capacidade/alimentação: a. Das Baterias: (A/H)... b. Nº de baterias:... c. Do gerador: (KVA)... d. Tensão de saída:... e. Carga máxima admissível: (W)... f. Duração de funcionamento:... g. Localização: Luminárias: a. tipo e potência: (W): Bloco Autônomo compactos (2x8W) b. Quantidade: 55 c. Potência total: (W): 880 W 2.4 Sinalização de Saídas: a. tipo e potência: (W): Bloco Autônomo compactos (2x8W) b. Quantidade: 25 c. Potência total: (W): 400 W 3 OBSERVAÇÕES: A Sinalização de Saídas serão feitas por placas fotoluminocentes junto com os blocos autônomos compactos. 4 Nº/ANO DA NORMA UTILIZADA: NBR , Lei Complementar /2013.

6 1. DADOS DO PRÉDIO: ANEXO I MEMORIAL DESCRITIVO DO ALARME DE INCÊNDIO Proprietário: INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RS Endereço: Rua Maurício Cardoso, n.º: Bairro: Centro Responsável técnico: SANDRO BIAZUS CORTINA 2. DADOS DO SISTEMA: Localização da central: PAVIMENTO TÉRREO Capacidade/alimentação: a. Das Baterias (A/H): 2,2 A/H b. N.º de baterias: 2 Baterias c. Do gerador (KVA): d. Tensão de saída: 21 a 27 Vcc e. Carga máxima admissível (W) : 100 W f. Duração de funcionamento: 2 Horas g. Localização: Corredor do Pavimento Térreo Acionadores e avisador: a. Altura: (1,20 a 1,50 m acionadores) e (2,60m Avisadores) do piso acabado. b. Distância: 15 metros c. Tipo de som: - Bi-tonal: SIM ( x ) NÃO ( ) - Intermitente: SIM ( x ) NÃO ( ) d. Outro tipo de avisador: Detectores de Fumaça e Localização: Corredores Obs.: Simbologia e convenções, observar o constante na tabela 1 da NBR OBSERVAÇÕES: Deverá ser instalados Detectores de Fumaça na Biblioteca e Auditório.

7 ANEXO J MEMORIAL DESCRITIVO DAS SAÍDAS DE EMERGÊNCIA 1 PPCI Nº 2 PORTA: 2.1 Tipo de porta: Dimensões (alt./larg.): 200x220 cm 2.3 Tempo de resistência: 2 horas 2.4 Sentido de abertura: para fora 3 ACESSO/DESCARGA: 3.1 Tipo (comum/enclausurado): Dimensões do(s) acesso(s): Dimensões da(s) descarga(s): ESCADA: 4.1 Quantidade: Tipo de escada: Escada Externa 4.3 Material da parede: Concreto 4.4 Espessura da parede: Tempo de resistência ao fogo: Tipo e resistência das portas da escada: Sistema de fechamento da porta: Diferença entre porta/soleira (mm): Dimensões da escada (largura/pé direito): 2,00m/3,99m 4.10 Quantidade de lances (entre pavimentos): Altura do lance: 2,21m 4.12 Quantidade de degraus por lance: Dimensões do patamar(l x C): 1,50m x 2,00m 4.14 Largura e altura do degrau: 30 x 17cm 4.15 Tipo de material do piso: Antiderrapante 4.16 Material do corrimão: Metálico 4.17 Corrimão em ambos os lados da escada: (x) Sim ( ) Não 4.18 Tipo de material antiderrapante do piso: Cerâmico lixado e fita adesiva antiderrapante 4.19 Tipo e dimensão das janelas: Dimensões do alçapão de entrada de ar da escada: Dimensões do alçapão de saída de ar da escada: ANTECÂMARA: 5.1 Material da parede: Espessura da parede: Tempo de resistência ao fogo: Dimensões da antecâmara: Tipo e resistência da porta da antecâmara: Sistema de fechamento da porta: Diferença entre porta/soleira(mm): Tipo de material do piso: Dimensões do duto de ar da antecâmara: OBSERVAÇÕES: 7 Nº/ANO DA NORMA UTILIZADA: Lei Complementar /2013.

8 ANEXO L MEMORIAL DESCRITIVO DO SISTEMA DE PROTEÇÃO CONTRA DESCARGAS ATMOSFÉRICAS (SPDA) 1 PPCI Nº 2 DADOS DO SISTEMA: 2.1 Tipo de sistema/método: Gaiola de Faraday 2.2 Captor: Altura da haste: Gaiola Faraday superior Ângulo de cobertura: Distância entre as malhas: Quadriculos 20 x 9 metros Raio da esfera rolante: Captor natural (material/dimensões): Material do cabo: cobre nu Seção: 35,0 mm² 2.3 Condutor de descida: Material do cabo: cobre nu Seção: 35,0 mm² Quantidade de descidas: 06 descidas 2.4 Aterramento: Quantidade: 110 m linear Seção: 50,0 mm² Tipo e dimensões do eletrodo de aterramento: Haste tipo copperweld com diâmetro de 5/8 e comprimento de 2,40 m 3 OBSERVAÇÕES:... 4 Nº/ANO DA NORMA UTILIZADA: NBR 5419/2001, Lei Complementar /2013.

9 DADOS PARA O DIMENSIONAMENTO DAS SAÍDAS 1 PPCI Nº 2 CÁLCULO DA POPULAÇÃO: Partindo-se do projeto dos itens de segurança pelo maior risco e neste caso pela maior concentração de pessoas temos o auditório que representa a maior aglomeração de pessoas com capacidade para 120 pessoas, que servirá de parâmetro para o dimensionamento das saídas. PAVIMENTO TERREO: Total de Pessoas = 120 pessoas SAÍDAS DO PAVIMENTO SUPERIOR N = 120 / 60 = 2UP Desta forma a largura mínima prevista com referência de 1 UP = 0,55 é de no mínimo 1,10m, largura referencial mínima de 1,20 m sendo que o projeto prevê largura bem maior do que esta. PAVIMENTO SUBSOLO 1: Lotação máxima estabelecida de = 120 pessoas SAÍDAS DO PAVIMENTO SUPERIOR N = 120 / 100 = 1,2 UP Desta forma a largura mínima prevista com referência de 1 UP = 0,55 é de no mínimo 0,60m, referencial mínimo de 1,20 m sendo que o projeto prevê largura bem maior do que esta. PAVIMENTO SUBSOLO 2: Área de 123,48 m² no total 123,48 / 1,50 = 80 pessoas Total de Pessoas = 80 pessoas SAÍDAS DO PAVIMENTO SUPERIOR N = 80 / 100 = 1UP Desta forma a largura mínima prevista com referência de 1 UP = 0,55 é de no mínimo 0,60m, referencial mínimo de 1,20 m sendo que o projeto prevê largura bem maior do que esta. 3 OBSERVAÇÕES: 4 Nº/ANO DA NORMA UTILIZADA: NBR 9077/93, Lei Complementar /2013. Sertão 10 de março de 2014

ANEXO C MEMORIAL DESCRITIVO DO PRÉDIO

ANEXO C MEMORIAL DESCRITIVO DO PRÉDIO ANEXO A Ao Ilmo Sr. Comandante do Corpo de Bombeiros Militar Cidade: SERTÃO - RS Data: 10/03/2014 Encaminhamos a V. S.ª, para ANÁLISE, o Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndio (PPCI). Nome: INSTITUTO

Leia mais

Resolução Técnica CBMRS n.º 05, Parte 03/2016. Errata No item da Resolução Técnica CBMRS n.º 05, Parte 03/2016, substituir por:

Resolução Técnica CBMRS n.º 05, Parte 03/2016. Errata No item da Resolução Técnica CBMRS n.º 05, Parte 03/2016, substituir por: Resolução Técnica CBMRS n.º 05, Parte 03/2016 Errata 01 1. No item 6.2.2 da Resolução Técnica CBMRS n.º 05, Parte 03/2016, substituir por: 6.2.2 O recurso de 1ª instância deverá ser encaminhado à AAT ou

Leia mais

STF ASSESSORIA & CONSULTORIA S/C LTDA

STF ASSESSORIA & CONSULTORIA S/C LTDA São Paulo, 03 de julho de 2014. À SKR Empreendimento: JURUCÊ. A/C Carolina Barbosa C/C aos demais projetistas. Ref. 1º Relatório de análise dos sistemas passivos e ativos de prevenção e combate a incêndio

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DE CONSTRUÇÃO

MEMORIAL DESCRITIVO DE CONSTRUÇÃO MEMORIAL DESCRITIVO DE CONSTRUÇÃO 1.0 - ENDEREÇO DA OBRA - Avenida: Av. Alfredo Lisboa - Bairro: Bairro do Recife - Nº: s/n 2.0 - PROPRIETÁRIO - Nome: Ministério da Cultura - Governo Federal Secretario

Leia mais

Carla Moraes Técnica em Edificações CTU - Colégio Técnico Universitário

Carla Moraes Técnica em Edificações CTU - Colégio Técnico Universitário Carla Moraes Técnica em Edificações CTU - Colégio Técnico Universitário PREVENÇÃO SAÍDAS DE EMERGÊNCIA Visam o abandono seguro da população, em caso de incêndio ou pânico, e permitir o acesso de bombeiros

Leia mais

(atualizada em 11/2006) NBR 5667-1:06 Hidrantes urbanos de incêndio de ferro fundido dúctil - Parte 1 - Hidrantes de Coluna NBR 5667-2:06 Hidrantes urbanos de incêndio de ferro dúctil - Parte 2 - Hidrantes

Leia mais

FORMULÁRIO DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO PROJETO TÉCNICO

FORMULÁRIO DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO PROJETO TÉCNICO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA E DA DEFESA SOCIAL CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DIRETORIA DE ATIVIDADES TÉCNICAS DAT/1 SEÇÃO DE ANÁLISE DE PROJETOS FORMULÁRIO DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO

Leia mais

MEMÓRIA DE CÁLCULO - PREVENTIVO

MEMÓRIA DE CÁLCULO - PREVENTIVO MEMÓRIA DE CÁLCULO - PREVENTIVO INSTALAÇÕES PREVENTIVO CONTRA 1 INCÊNDIO 1.1 Escavação e Reaterro 1.1.1 79517/001 Escavação manual até 1,50 m m³ 35,50 35,50 1.1.3 73964/006 Reaterro compactado manualmente

Leia mais

NORMAS DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIOS INSTRUÇÃO NORMATIVA (IN 013/DAT/CBMSC) SINALIZAÇÃO PARA ABANDONO DE LOCAL

NORMAS DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIOS INSTRUÇÃO NORMATIVA (IN 013/DAT/CBMSC) SINALIZAÇÃO PARA ABANDONO DE LOCAL ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DIRETORIA DE ATIVIDADES TÉCNICAS - DAT NORMAS DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIOS INSTRUÇÃO NORMATIVA (IN 013/DAT/CBMSC)

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO

MEMORIAL DESCRITIVO DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO MEMORIAL DESCRITIVO DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE ESTADO DA DEFESA SOCIAL CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DIRETORIA DE SERVIÇOS TÉCNICOS 1. DA EDIFICAÇÂO E ÁREAS DE RISCO:

Leia mais

Arqt. Marcos Vargas Valentin Mestre FAUUSP

Arqt. Marcos Vargas Valentin Mestre FAUUSP Arqt. Marcos Vargas Valentin Mestre FAUUSP Dá para começar a fazer um projeto? Quantas escadas serão necessárias? Mas, existem vários tipos de escadas: a) Escada comum (não enclausurada) b) Escada enclausurada

Leia mais

PRAÇA DOS ESPORTES E DA CULTURA MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

PRAÇA DOS ESPORTES E DA CULTURA MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PRAÇA DOS ESPORTES E DA CULTURA MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PROJETO: INCÊNDIO Modelo: 3.000 m2 MAIO 2011 SUMÁRIO 1. Apresentação... 03 2. Extintores... 04 3. Iluminação de Emergência...

Leia mais

Hidrante Consultoria e Projetos (62) Projetando Instalações Prediais de Combate a Incêndio CONCEITOS E APLICAÇÃO

Hidrante Consultoria e Projetos  (62) Projetando Instalações Prediais de Combate a Incêndio CONCEITOS E APLICAÇÃO Hidrante Consultoria e Projetos www.hidrante.com.br (62) 3251-0220 Projetando Instalações Prediais de Combate a Incêndio CONCEITOS E APLICAÇÃO Apresentação Flávio Eduardo Rios Engenheiro Civil desde 1979

Leia mais

SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO LTDA.

SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO LTDA. RELATÓRIO ACOMPANHAMENTO MENSAL SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO LTDA. Objetivo. Este relatório tem por objetivo avaliar e mitigar os riscos equivalentes desta edificação. Foram realizadas diversas vistorias

Leia mais

Proprietário Página 1 de 6

Proprietário Página 1 de 6 MEMORIAL DESCRITIVO DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO ACOPIARA PREFEITURA MUNICIPAL DE ACOPIARA(CE) DATA 10/11/2011 MEMORIAL DESCRITIVO E JUSTIFICATIVO DE CÁLCULO DO PROJETO DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO SPDA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA APARECIDA DE GOIÂNIA- GO

MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO SPDA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA APARECIDA DE GOIÂNIA- GO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA APARECIDA DE GOIÂNIA MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO SPDA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA APARECIDA DE GOIÂNIA- GO 1 - MEMORIAL DESCRITIVO

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ELÉTRICO EM BAIXA TENSÃO OBRA: ANEXO 01. Eng. Eletrecista Sandro Waltrich. Av. Osmar Cunha, Ceisa Center, Sala 210 A

MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ELÉTRICO EM BAIXA TENSÃO OBRA: ANEXO 01. Eng. Eletrecista Sandro Waltrich. Av. Osmar Cunha, Ceisa Center, Sala 210 A MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ELÉTRICO EM BAIXA TENSÃO OBRA: ANEXO 01 Proprietário: CREA SC - CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA DE SANTA CATARINA Responsável Projeto: Eng. Eletrecista

Leia mais

SISTEMAS / MEDIDAS DE SEGURANÇA

SISTEMAS / MEDIDAS DE SEGURANÇA LAUDO TÉCNICO DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO Renovação de AVCB (conforme item 6.2.1.5 da IT 01) Impossibilidade técnica (conforme art. 29 do Dec. 44.746/08) 1. IDENTIFICAÇÃO DA EDIFICAÇÃO E/OU ÁREA

Leia mais

NORMA TÉCNICA 41/2014

NORMA TÉCNICA 41/2014 É ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR NORMA TÉCNICA 41/2014 Edificações Existentes Adaptação às Normas de Segurança Contra Incêndio e Pânico SUMÁRIO 1 Objetivo 2

Leia mais

Planilha Orçamentária Início, apoio e administração da obra 7.547,90 1,02%

Planilha Orçamentária Início, apoio e administração da obra 7.547,90 1,02% 020000 Início, apoio e administração da obra 7.547,90 1,02% 020200 Container 020202 CPOS Container alojamento - mínimo 9,20 m² unxmês 2,00 253,33 2,24 511,14 0,069% 020204 CPOS Container sanitário - mínimo

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA DAS BARREIRAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA DAS BARREIRAS PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA DAS BARREIRAS PROJETO DE CONSTRUÇÃO DE GINÁSIO POLIESPORTIVO LOCAL: SEDE DO MUNICÍPIO MEMORIAL DESCRITIVO SANTA MARIA DAS BARREIRAS 2015 1 MEMORIAL DESCRITIVO 1- APRESENTAÇÃO

Leia mais

REF: PROPOSTA PARA EXECUÇÃO DE OBRAS DE SEGURANÇA.

REF: PROPOSTA PARA EXECUÇÃO DE OBRAS DE SEGURANÇA. P431/15 São Paulo, 17 de setembro de 2015. À Associação Atlética Acadêmica Pereira Barreto AC.: Arq. Wagner Fraga REF: PROPOSTA PARA EXECUÇÃO DE OBRAS DE SEGURANÇA. Prezado Senhor, Em atendimento à solicitação,

Leia mais

PRIDE IPIRANGA RELATÓRIO DE ANDAMENTO DAS OBRAS PERÍODO MARÇO A MAIO DE 2017

PRIDE IPIRANGA RELATÓRIO DE ANDAMENTO DAS OBRAS PERÍODO MARÇO A MAIO DE 2017 PERÍODO MARÇO A MAIO DE 2017 Andamento das Obras Serviços concluídos até 31/05/2017 Fachadas Instalações hidráulicas, elétricas, interfones, alarme de incêndio, sistema de monitoramento e controle de acesso;

Leia mais

NORMA TÉCNICA 04/2014

NORMA TÉCNICA 04/2014 É ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR NORMA TÉCNICA 04/2014 Símbolos Gráficos SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Aplicação 3 Definições 4 Referências normativas e bibliográficas

Leia mais

Segurança Contra Incêndio

Segurança Contra Incêndio Segurança Contra Incêndio Negrisolo, Walter. (Negrí). Oficial da Reserva do Corpo de Bombeiros SP. Doutor FAUSP. Segurança Contra Incêndio Área da Ciência com desenvolvimento recente Principais eventos

Leia mais

Projeto de prevenção e proteção contra incêndio e pânico: principais parâmetros Parte I

Projeto de prevenção e proteção contra incêndio e pânico: principais parâmetros Parte I Projeto de prevenção e proteção contra incêndio e pânico: principais parâmetros Parte I Prof: Paulo Gustavo von Krüger Mestre e Doutor em Estruturas Metálicas SUMÁRIO 1. Introdução 1.1. Dinâmica do fogo

Leia mais

MEMORIAL DE ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA

MEMORIAL DE ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA MEMORIAL DE ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA O presente memorial visa descrever e caracterizar o sistema de iluminação de emergência a ser adotado para a presente edificação baseada na NBR-10.898. 2. Descrição

Leia mais

PLANO DE INTERVENÇÃO DE INCÊNDIO NT-16

PLANO DE INTERVENÇÃO DE INCÊNDIO NT-16 Sumário 1 Objetivo 2 Aplicação 3 Definições 4 Referências normativas 5 Procedimentos ANEXOS A Planilha de levantamento de dados B Fluxograma do Plano de Intervenção de Incêndio 1 Objetivo Esta Norma Técnica

Leia mais

SEQUÊNCIA BÁSICA PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO PARA O CORPO DE BOMBEIROS DE SÃO PAULO. Decreto 56818/11 e ITs

SEQUÊNCIA BÁSICA PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO PARA O CORPO DE BOMBEIROS DE SÃO PAULO. Decreto 56818/11 e ITs SEQUÊNCIA BÁSICA PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO PARA O CORPO DE BOMBEIROS DE SÃO PAULO Decreto 56818/11 e ITs CLASSIFIQUE A ALTURA Decreto, artigo 3º nº I ; I Altura da Edificação: a. para fins de exigências

Leia mais

RESOLUÇÃO TÉCNICA Nº 005/CCB/BM/2003.

RESOLUÇÃO TÉCNICA Nº 005/CCB/BM/2003. Eng. Gerson Medeiros Fabrício CREA 89.100 1/6 RESOLUÇÃO TÉCNICA Nº 005/CCB/BM/2003. Baixa instruções suplementares ao Decreto Estadual nº 37.380/97, alterado pelo Decreto Estadual nº 38.273/98, referente

Leia mais

ECOM EMPRESA DE CONSTRUÇÕES, CONSULTORIA E MEIO AMBIENTE LTDA.

ECOM EMPRESA DE CONSTRUÇÕES, CONSULTORIA E MEIO AMBIENTE LTDA. PROJETO DE INSTALAÇÕES ELETRICAS DE BAIXA TENSÃO MERCADO DO SÃO JOAQUIM BAIRRO SÃO JOAQUIM, TERESINA - PI TERESINA PI AGOSTO/2014 MEMORIAL DESCRITIVO INST. ELÉTRICAS DE BAIXA TENSÃO 1.0 IDENTIFICAÇÃO Obra:

Leia mais

Questionamento Item da planilha: "Cabo Unipolar (cobre)"favor informar a bitola do cabo. Resposta O CABO UNIPOLAR DE COBRE DEVE SER 35mm²

Questionamento Item da planilha: Cabo Unipolar (cobre)favor informar a bitola do cabo. Resposta O CABO UNIPOLAR DE COBRE DEVE SER 35mm² da empresa Concorrência 007/2009 Item 4.2.37 da planilha: "Luminária tipo calha, de sobrepor, com reator partida rápida e lâmpada fluorescente 4x40w, completa, fornecimento e instalação".esclarecer se

Leia mais

COMPREENSÃO DE PROJETOS (PARTE IV - Teoria)

COMPREENSÃO DE PROJETOS (PARTE IV - Teoria) UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE CONSTRUÇÃO CIVIL COMPREENSÃO DE PROJETOS (PARTE IV - Teoria) Projeto Prevenção de Incêndio TC_042 - CONSTRUÇÃO CIVIL IV PROFESSORA: ELAINE SOUZA MARINHO CONCEITOS

Leia mais

INSPEÇÃO DO SISTEMA DE INCÊNDIO E PÂNICO - SCIP

INSPEÇÃO DO SISTEMA DE INCÊNDIO E PÂNICO - SCIP INSPEÇÃO DO SISTEMA DE COMBATE E PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO - SCIP A IMPORTANCIA DASNORMAS TÉCNICAS COMISSIONAMENTO E MANUTENÇÃO DO SCIP NORMAS TÉCNICAS 1. NBR 10897:2007 - Sistemas de proteção

Leia mais

RELATÓRIO DE ESTÁGIO ANÁLISE DE SOLUÇÕES EM PROJETOS PREVENTIVOS DE INCÊNDIO DE EDIFICAÇÕES

RELATÓRIO DE ESTÁGIO ANÁLISE DE SOLUÇÕES EM PROJETOS PREVENTIVOS DE INCÊNDIO DE EDIFICAÇÕES 0 UNIVERSIDADE DO PLANALTO CATARINENSE UNIPLAC GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL MURILO AUGUSTO ZART RELATÓRIO DE ESTÁGIO ANÁLISE DE SOLUÇÕES EM PROJETOS PREVENTIVOS DE INCÊNDIO DE EDIFICAÇÕES LAGES, SC 2016

Leia mais

in-placas sinalização fotoluminescente

in-placas sinalização fotoluminescente Rua Silveira Martins, 160-4º andar - sala 08 Sé - São Paulo - SP - CEP 01019-000 e-mail: in.placas@gmail.com tel.: (11) 5082-3705 in-placas sinalização fotoluminescente Personalizadas e Linha 40 cód.

Leia mais

Fabricado pelo CNPJ: /60

Fabricado pelo CNPJ: /60 Fabricado pelo CNPJ: 04.426.465.0001/60 Índice Características do Produto Exemplos de instalação de sinalização Exemplos de utilização de sinalização Sinalização Orientação e Salvamento Sinalização Equipamento

Leia mais

GF Engenharia IT 21 - SISTEMAS DE PROTEÇÃO POR EXTINTORES DE INCÊNDIO - Estado de São Paulo (em revisão)

GF Engenharia IT 21 - SISTEMAS DE PROTEÇÃO POR EXTINTORES DE INCÊNDIO - Estado de São Paulo (em revisão) IT 21 IT 21 - SISTEMAS DE PROTEÇÃO POR EXTINTORES DE INCÊNDIO - Estado de São Paulo (em revisão) SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Aplicação CORPO DE BOMBEIROS DO ESTADO DE SÃO PAULO 3 Referências normativas 4 Definições

Leia mais

Instrução Normativa 001/2014

Instrução Normativa 001/2014 1 ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Porto Alegre, RS SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA Em 12 de Fev de 2014 BM COMANDO DO CORPO DE BOMBEIROS DIVISÃO TÉCNICA DE PREVENÇÃO DE INCÊNDIO Instrução Normativa 001/2014

Leia mais

MEMORIAL DESCRIVO SPDA SISTEMA DE PROTEÇÃO CONTRA DESCARGAS ATMOSÉRICAS. Cobertura da quadra esportiva na Comunidade de Barão Velho

MEMORIAL DESCRIVO SPDA SISTEMA DE PROTEÇÃO CONTRA DESCARGAS ATMOSÉRICAS. Cobertura da quadra esportiva na Comunidade de Barão Velho MEMORIAL DESCRIVO SPDA SISTEMA DE PROTEÇÃO CONTRA DESCARGAS ATMOSÉRICAS Cobertura da quadra esportiva na Comunidade de Barão Velho SUMÁRIO 1. OBJETIVO... 3 2. COMPOSIÇÃO DO PROJETO... 3 3. NORMAS APLICÁVEIS...

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA DAS BARREIRAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA DAS BARREIRAS PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA DAS BARREIRAS PROJETO DE CONSTRUÇÃO DE FEIRA COBERTA LOCAL: VILA CASA DE TÁBUA MEMORIAL DESCRITIVO SANTA MARIA DAS BARREIRAS 2015 1 MEMORIAL DESCRITIVO 1- APRESENTAÇÃO

Leia mais

1. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL DA BAHIA PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E ADMINISTRAÇÃO Diretoria de Infraestrutura

1. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL DA BAHIA PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E ADMINISTRAÇÃO Diretoria de Infraestrutura 1. FINALIDADE MEMORIAL DESCRITIVO Fornecimento de energia elétrica a três edifícios da Universidade Federal do Sul da Bahia, com a sede sendo a Reitoria localizada na Rua Itabuna, s/n, Rod. Ilhéus Vitória

Leia mais

Análise do sistema de sinalização e saídas de emergência de uma biblioteca SAEPRO 2015

Análise do sistema de sinalização e saídas de emergência de uma biblioteca SAEPRO 2015 Análise do sistema de sinalização e saídas de emergência de uma biblioteca SAEPRO 2015 MARIANA BARROS TEIXEIRA (Universidade Federal de Viçosa) maribteixeira@yahoo.com.br LUCIANO JOSÉ MINETTE (Universidade

Leia mais

PARTE I - SINALIZAÇÃO DE ORIENTAÇÃO E SALVAMENTO

PARTE I - SINALIZAÇÃO DE ORIENTAÇÃO E SALVAMENTO PARTE I - SINALIZAÇÃO DE ORIENTAÇÃO E SALVAMENTO Produto Utilização Ref. Cm. Indica o sentido da saída nos locais planos e sem escadas, onde a orientação seja PV10231 seguir à direita a partir do ponto

Leia mais

PLANO DE EMERGÊNCIA CONTRA INCÊNDIO

PLANO DE EMERGÊNCIA CONTRA INCÊNDIO PLANO DE EMERGÊNCIA CONTRA INCÊNDIO PPCI nº: 1 DESCRIÇÃO DA PLANTA 1.1 Planta: Prefeitura Municipal de Rio Pardo Centro Vocacional Tecnológico 1.2 Localização: Urbana. - Endereço: BR 471, km 143 Bairro

Leia mais

CAPÍTULO 05 SISTEMA PREVENTIVO ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA ALARME DE INCÊNDIOS

CAPÍTULO 05 SISTEMA PREVENTIVO ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA ALARME DE INCÊNDIOS CAPÍTULO 05 SISTEMA PREVENTIVO ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA ALARME DE INCÊNDIOS 05.01 Iluminação de emergência: Segundo a NBR-10898/2013 A intensidade da iluminação deve ser adequada para evitar acidentes

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO REFORMAS / MELHORIAS INTERNAS DA EDIFICAÇÃO DO GINÁSIO

MEMORIAL DESCRITIVO REFORMAS / MELHORIAS INTERNAS DA EDIFICAÇÃO DO GINÁSIO MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO: PROPRIETÁRIO: MODERNIZAÇÃO DO GINÁSIO MUNICIPAL VALDOMIRO CASTRO E ÁREA EXTERNA DE LAZER E PRÁTICA ESPORTIVA PREFEITURA MUNICIPAL DE SERAFINA CORRÊA-RS 1.) IDENTIFICAÇÃO O

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO Procuradoria Geral Departamento de Administração Coordenação de Arquitetura e Engenharia

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO Procuradoria Geral Departamento de Administração Coordenação de Arquitetura e Engenharia ANEXO VIII ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO EXECUTIVO DE INSTALAÇÕES HIDROSSANITÁRIAS 1. Os projetos de instalações hidrossanitárias deverão atender às recomendações e especificações

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO. Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº 29/2011

SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO. Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº 29/2011 Instrução Técnica nº 29/2011 - Comercialização, distribuição e utilização de gás natural 689 SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO Corpo de Bombeiros

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO SUBCATEGORIA: LUMINÁRIAS PARA USO CONJUNTO A CENTRAL DE ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA Luminária de Balizamento Acrílico - Com Iluminação a LED Para Uso Conjunto a Centrais de Iluminação de Emergência em 24

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DO SISTEMA DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO

MEMORIAL DESCRITIVO DO SISTEMA DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO MEMORIAL DESCRITIVO DO SISTEMA DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO I - IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO 1.1. OBRA: Regularização e Ampliação de um Complexo Esportivo. 1.2. ENDEREÇO: Conjunto Manuel Julião, Rio

Leia mais

Aplicação. Onde pode ser aplicado? Edifícios Residenciais

Aplicação. Onde pode ser aplicado? Edifícios Residenciais Obras de Grande Porte 1 Aplicação Onde pode ser aplicado? Edifícios Residenciais 2 Onde pode ser aplicado? Hotéis Aplicação 3 Onde pode ser aplicado? Motéis Aplicação 4 Onde pode ser aplicado? Hospitais

Leia mais

SISTEMAS PREDIAIS DE COMBATE A INCÊNDIO

SISTEMAS PREDIAIS DE COMBATE A INCÊNDIO SISTEMAS PREDIAIS DE COMBATE A INCÊNDIO PROFESSOR: ELIETE DE PINHO ARAUJO PLANO DE AULA Ementa: Aplicação dos conhecimentos teóricos adquiridos durante o curso, por meio da realização de projetos individuais

Leia mais

SPDA - SISTEMAS DE PROTEÇÃO CONTRA DESCARGAS ATMOSFERICAS ( PARA-RAIOS ) Principais mudanças da norma NBR5419-Parte 3

SPDA - SISTEMAS DE PROTEÇÃO CONTRA DESCARGAS ATMOSFERICAS ( PARA-RAIOS ) Principais mudanças da norma NBR5419-Parte 3 SPDA - SISTEMAS DE PROTEÇÃO CONTRA DESCARGAS ATMOSFERICAS ( PARA-RAIOS ) Principais mudanças da norma NBR5419-Parte 3 A nova norma NBR5419 teve com o diretriz a IEC 62305 e se divide em 4 partes bem distintas,

Leia mais

Foram projetados poços de aterramento com hastes de cobre e interligações feitas com solda exotérmicas e ligações mecânicas.

Foram projetados poços de aterramento com hastes de cobre e interligações feitas com solda exotérmicas e ligações mecânicas. SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO... 2 2. MEMORIAL DESCRITIVO... 4 2.1 SISTEMA DE ATERRAMENTO - CONCEPÇÃO... 5 2.2 SISTEMA DE ATERRAMENTO - MEDIÇÃO... 6 2.3 SISTEMA DE CAPTAÇÃO... 6 3. MATERIAIS APLICADOS... 7 3.1

Leia mais

Prevenção e Combate a Incêndios e Primeiros Socorros. Palestrante: Capitão BM Renato Grigorovski

Prevenção e Combate a Incêndios e Primeiros Socorros. Palestrante: Capitão BM Renato Grigorovski Prevenção e Combate a Incêndios e Primeiros Socorros Palestrante: Capitão BM Renato Grigorovski PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIOS E PRIMEIROS SOCORROS Ao término da palestra, o participante será capaz de:

Leia mais

Aula 9 Desenho de instalações hidrossanitárias: normas, simbologias e convenções

Aula 9 Desenho de instalações hidrossanitárias: normas, simbologias e convenções Aula 9 Desenho de instalações hidrossanitárias: normas, simbologias e convenções 1. INTRODUÇÃO - Relativo ao planejamento regional e urbano - Infra-estrutura: água, saneamento e energia - Representação

Leia mais

INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS PREDIAIS

INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS PREDIAIS INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS PREDIAIS AULA 02 Prof. Guilherme Nanni prof.guilherme@feitep.edu.br 7º Semestre Engenharia civil CONTEÚDO AULA RESERVATÓRIOS SUPERIOR INFERIOR RESERVAÇÃO DE ÁGUA FRIA CONSUMO DE

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO ELÉTRICO. COREN Subseção de Floriano

MEMORIAL DESCRITIVO ELÉTRICO. COREN Subseção de Floriano MEMORIAL DESCRITIVO ELÉTRICO COREN Subseção de Floriano ÍNDICE 1. OBJETIVO 2. NORMAS TÉCNICAS 3. DESCRIÇÃO DOS SITEMAS 3.1. Entradas de energia e telefone 3.2. Quadros de distribuição local 3.3. Dispositivos

Leia mais

Serviços & Treinamentos Técnicos Rua 2, n 233 Conforto Volta Redonda RJ Telefax: (24)

Serviços & Treinamentos Técnicos Rua 2, n 233 Conforto Volta Redonda RJ Telefax: (24) AULA 05/25 DE COMANDOS ELÉTRICOS ASSUNTO: AULA 01/03 DE INSTALAÇÕES PREDIAIS 1 INSTALAÇÕES PREDIAIS Interruptor de três seções 1.1 SIMBOLOGIA Ponto de luz no teto Interruptor bipolar Luminária Fluorescente

Leia mais

ESTUDO PRELIMINAR SISTEMAS ELÉTRICOS

ESTUDO PRELIMINAR SISTEMAS ELÉTRICOS ESTUDO PRELIMINAR SISTEMAS ELÉTRICOS OBRA : ECO INDEPENDÊNCIA LOCAL : Rua Souza Coutinho CONSTRUÇÃO : Fortenge Construções Empreendimentos Ltda REVISÃO : ØØ 06/10/2005 EMISSÃO INCIAL Eco Independência

Leia mais

Faculdade de Engenharia da UERJ Instalações Elétricas

Faculdade de Engenharia da UERJ Instalações Elétricas Faculdade de Engenharia da UERJ Instalações Elétricas ATERRAMENTO DE INSTALAÇÕES EM BAIXA TENSÃO NORMAS BRASILEIRAS NBR-5410/2004 - Instalações Elétricas de Baixa Tensão NBR-5419/2005 - Proteção de Estruturas

Leia mais

Sistemas de Pressurização Série TAP - Tanques de Pressão

Sistemas de Pressurização Série TAP - Tanques de Pressão Sistemas de Pressurização Série TAP - Tanques de Pressão Menor consumoo de energia TAP-20 C TAP-35 C TAP-20 A TAP-35 A Sistema com tanque de pressão, ideal para residências de até 2 banheiros. Aplicações

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Luminária de Balizamento Acrílico - Iluminação a LED e Suporte Especial de Embutir Uso Conjunto a Centrais de Iluminação de Emergência em 12 volts. Código AFLPA33X15E-12 A Luminária de Balizamento é constituída

Leia mais

PROPOSTA DE PADRONIZAÇÃO PARA SPDA

PROPOSTA DE PADRONIZAÇÃO PARA SPDA GGO GRUPO GESTOR DE OBRAS CPO COORDENADORIA DE PROJETOS DE OBRAS Rua Bernardo Sayão, 38 - Térreo - Cidade Universitária Zeferino Vaz - Campinas/SP PROPOSTA DE PADRONIZAÇÃO PARA SPDA Cidade Universitária,

Leia mais

MEMORIAL REFERENTE AO PROJETO AO SISTEMA DE TRATAMENTO DE ESGOTO SANITÁRIO NA PROMOTORIA DO ESTADO - MT EM PRIMAVERA DO LESTE.

MEMORIAL REFERENTE AO PROJETO AO SISTEMA DE TRATAMENTO DE ESGOTO SANITÁRIO NA PROMOTORIA DO ESTADO - MT EM PRIMAVERA DO LESTE. MEMORIAL REFERENTE AO PROJETO AO SISTEMA DE TRATAMENTO DE ESGOTO SANITÁRIO NA PROMOTORIA DO ESTADO - MT EM PRIMAVERA DO LESTE. PRIMAVERA DO LESTE-MT ABRIL DE 2014. 1 SUMÁRIO 1. IDENTIFICAÇÃO DO EMPREENDIMENTO...

Leia mais

FICHA DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO

FICHA DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO A ANEXAR AOS PROJECTOS DE ARQUITECTURA DE EDIFÍCIOS DE OCUPAÇÃO EXCLUSIVA OU MISTA COM UTILIZAÇÕES TIPO DA 1ª E 2ª CATEGORIAS DE RISCO Ficha a ser apreciada pela Câmara Municipal (1ª Categoria) ou pelos

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BRASÍLIA MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO SPDA BRASÍLIA - DF

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BRASÍLIA MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO SPDA BRASÍLIA - DF INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BRASÍLIA MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO SPDA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BRASÍLIA - DF 1 - MEMORIAL DESCRITIVO 2 MEMORIAL DESCRITIVO

Leia mais

PROJETO DE PROTEÇÃO E COMBATE A INCÊNDIO E PÂNICO

PROJETO DE PROTEÇÃO E COMBATE A INCÊNDIO E PÂNICO PROJETO DE PROTEÇÃO E COMBATE A INCÊNDIO E PÂNICO CAMARA MUNICIPAL DE JUARA - MT CNPJ.: 03.476.682/0001-00 LOTES: 09, 10, 11, 12, 13-A E 14-A DA QUADRA 98 CENTRO JUARA MT JOAQUIM TOLOVI JR CREA 1202740502

Leia mais

Rua Cruzeiro dos Peixotos, 499 Sala 1008 Bairro Aparecida UBERLÂNDIA-MG TELEFONES: (034) 3231-4235 & 9102-7015

Rua Cruzeiro dos Peixotos, 499 Sala 1008 Bairro Aparecida UBERLÂNDIA-MG TELEFONES: (034) 3231-4235 & 9102-7015 Biblioteca Educa Campus Educa Materiais Projetos Hidro-sanitário e Prevenção e Combate a Incêndio Lista de materiais do Térreo Esgoto - Caixas de Passagem Caixa de areia pluvial com grelha CAG- 60x60cm

Leia mais

PROJETO DAS INSTALAÇÕES DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO

PROJETO DAS INSTALAÇÕES DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO PROJETO DAS INSTALAÇÕES DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ CAMPUS DE OEIRAS OEIRAS - PIAUÍ EMISSÃO 00: 15-02-2016 TERESINA - PI FEVEREIRO / 2016 1/25 INSTALAÇÕES DO SISTEMA

Leia mais

CANTEIRO DE OBRA 1. ESPECIFICAÇOES TECNICAS DOS SERVIÇOS

CANTEIRO DE OBRA 1. ESPECIFICAÇOES TECNICAS DOS SERVIÇOS CANTEIRO DE OBRA 1. ESPECIFICAÇOES TECNICAS DOS SERVIÇOS 1.1- FUNDAÇÕES Blocos em concreto simples 0.45mx0,40mx0,24m 1.4- COBERTURA Em telhas recicladas de tetra pack e alumínio. Uma cobertura ecologicamente

Leia mais

Sistemas de Pressurização Série TAP CPW- Tanques de Pressão

Sistemas de Pressurização Série TAP CPW- Tanques de Pressão Sistemas de Pressurização Série TAP - Menor consumo de energia TAP-08 C TAP-20 C TAP-20 A Sistema com tanque de pressão, ideal para residências de até 2 banheiros. Aplicações Gerais Pressurização de rede

Leia mais

ABNT NBR / Editada 11/08/2008 Valida 11/09/2008. CENTRAL DE Gás LP

ABNT NBR / Editada 11/08/2008 Valida 11/09/2008. CENTRAL DE Gás LP ABNT NBR 13523 / 2008 Editada 11/08/2008 Valida 11/09/2008 CENTRAL DE Gás LP CENTRAL DE GÁS LP O QUE É? ÁREA DESTINADA A CONTER OS RECIPIENTES DE ARMAZENAMENTO DO GLP PARA USO DA INSTALAÇÃO e os demais

Leia mais

Número da ART do projeto: Classificação da edificação: E1 Escolas em geral

Número da ART do projeto: Classificação da edificação: E1 Escolas em geral MEMORIAL DESCRITIVO DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE ESTADO DA DEFESA SOCIAL CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DIRETORIA DE SERVIÇOS TÉCNICOS 1. DA EDIFICAÇÂO E ÁREAS DE RISCO:

Leia mais

DESCRIÇÃO TÉCNICA DOS MATERIAIS EMPREGADOS Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014

DESCRIÇÃO TÉCNICA DOS MATERIAIS EMPREGADOS Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 MATERIAL ABRIGO DE GÁS DESCRIÇÃO TÉCNICA DOS MATERIAIS EMPREGADOS Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 CÓDIGO ABR GLP Descrição de Equivalência Técnica Exigida Toda a instalação que utiliza o gás GLP em botijão

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DO PROJETO SPDA. Índice

MEMORIAL DESCRITIVO DO PROJETO SPDA. Índice MEMORIAL DESCRITIVO DO PROJETO SPDA Índice 1 Introdução 2 Local da Obra 3 Normas 4 Malha de Aterramento 5 Equipamento e Materiais 6 Sistema de Proteção Contra Descargas Atmosféricas 7 Cálculo dos Elementos

Leia mais

SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO LTDA.

SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO LTDA. RELATÓRIO ACOMPANHAMENTO MENSAL SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO LTDA. Objetivo. Este relatório tem por objetivo avaliar e mitigar os riscos equivalentes desta edificação. Foram realizadas diversas vistorias

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR NORMA TÉCNICA N 37. Subestação elétrica

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR NORMA TÉCNICA N 37. Subestação elétrica ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR NORMA TÉCNICA N 37 Subestação elétrica SUMÁRIO ANEXO 1 Objetivo 2 Aplicação 3 Referências normativas

Leia mais

Prevenção de Incêndios (Novo CSCIP) Mód 4 Sistemas Móvel e Fixo

Prevenção de Incêndios (Novo CSCIP) Mód 4 Sistemas Móvel e Fixo Comando do Corpo de Bombeiros Prevenção de Incêndios (Novo CSCIP) Mód 4 Sistemas Móvel e Fixo Asp.Of. BM Weber Sistemas Móvel e Fixo OBJETIVO Ambientar os bombeiros com o novo Plano de Segurança Contra

Leia mais

Memorial de Projeto. Agência Sobradinho II Novas Instalações. Prevenção e Combate à Incêndio. Código do Projeto: Nº da OES: 150/2012

Memorial de Projeto. Agência Sobradinho II Novas Instalações. Prevenção e Combate à Incêndio. Código do Projeto: Nº da OES: 150/2012 Pág. 1 Memorial de Projeto Prevenção e Combate à Incêndio Cliente: Unidade: Assunto: BRB Agência Sobradinho II Novas Instalações Código do Projeto: 5163-12 Nº da OES: 150/2012 Pág. 2 Índice A. Memorial

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DAS MEDIDAS DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO

MEMORIAL DESCRITIVO DAS MEDIDAS DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO MEMORIAL DESCRITIVO DAS MEDIDAS DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO SORRISO 1. APRESENTAÇÃO O presente memorial tem por finalidade descrever as medidas de segurança contra incêndio e pânico previsto

Leia mais

Lideres - IBJO 07/09/2014

Lideres - IBJO 07/09/2014 IGREJA BATISTA JARDIM DAS OLIVEIRAS PLANO DE AÇÃO PLANEJAMENTO 2014/2020 Lideres - IBJO 07/09/2014 PLANO DE AÇÃO (PA) Objetivo: Alvará de Funcionamento Definitivo e Aprovação do Projeto Construtivo do

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ELÉTRICO Quadra Poliesportiva Padrão 1A - 19m x 32,90m

MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ELÉTRICO Quadra Poliesportiva Padrão 1A - 19m x 32,90m MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO ELÉTRICO Quadra Poliesportiva Padrão 1A - 19m x 32,90m Proprietário: Secretaria de Estado de Goiás Autora: LUCIANA DUTRA MARTINS - Engenheira Eletricista - CREA_8646/D Sumário:

Leia mais

Instalações Elétricas Prediais A ENG04482

Instalações Elétricas Prediais A ENG04482 Instalações Elétricas Prediais A ENG04482 Prof. Luiz Fernando Gonçalves AULA 17 - Projetos de Instalações Telefônicas Porto Alegre - 2012 Tópicos Projetos de instalações telefônicas Simbologia Caixas de

Leia mais

Segurança contra Incêndio em Edificações. Medidas de Proteção Ativa

Segurança contra Incêndio em Edificações. Medidas de Proteção Ativa Segurança contra Incêndio em Edificações Medidas de Proteção Ativa Arq. Marcos Vargas Valentin 1 Medidas de Proteção Ativa Instalações Elétricas Prediais : Iluminação de emergência Alarme manual (acionadores

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Bloco Autônomo de Iluminação de Emergência À Prova de Tempo (IP 65) - Com 01 Lâmpada Fluorescente de 8 W. Código AFMAC8IP O Bloco Autônomo com uma lâmpada fluorescente de 8 Watts é um equipamento de iluminação

Leia mais

GRUPO NOVO BRASIL LINHA DE PRODUTOS 01/2002-REV.00

GRUPO NOVO BRASIL LINHA DE PRODUTOS 01/2002-REV.00 UNID ABRIGOS PARA HIDRANTES E MANGUEIRAS DE INCENDIO Medidas Padrão: Caixa de embutir com moldura removível: 50 x 70 x 25 (cm); Predial / Industrial 75 x 45 x 17 (cm);. Predial / Industrial Caixa externa

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE: Projeto, segurança, incêndio, bombeiro, Decreto Estadual nº56.819/2011.

PALAVRAS-CHAVE: Projeto, segurança, incêndio, bombeiro, Decreto Estadual nº56.819/2011. IMPLEMENTAÇÃO DE PROJETO DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO EM UM EDIFÍCIO RESIDENCIAL Flávio dos Santos Zerbatto 1 ; Alexei Barban do Patrocínio 2 1 Aluno do curso de especialização em engenharia de segurança

Leia mais

Núcleo de Pós-Graduação Pitágoras Escola Satélite. Curso de Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho

Núcleo de Pós-Graduação Pitágoras Escola Satélite. Curso de Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho Núcleo de Pós-Graduação Pitágoras Escola Satélite Curso de Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho DISCIPLINA PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIO E EXPLOSÕES II ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE PREVENÇÃO,

Leia mais

DICAS. Instalações elétricas prediais/industriais. 2ª Edição

DICAS. Instalações elétricas prediais/industriais. 2ª Edição DICAS Instalações elétricas prediais/industriais 2ª Edição DICAS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS PRE Flexibilidade Os cabos flexíveis estão substituindo, com vantagens, os cabos rígidos tradicionais. Veja porque:

Leia mais

Hidráulica Geral (ESA024A)

Hidráulica Geral (ESA024A) Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental Hidráulica Geral (ESA024A) 2º semestre 2011 Terças de 10 às 12 h Quintas de 08 às 10h Problema IV.1 Conhecendo-se as características da bomba descrita a

Leia mais

ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO ATERRAMENTO EM REDES DE DISTRIBUIÇÃO

ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO ATERRAMENTO EM REDES DE DISTRIBUIÇÃO 1/8 1. Objetivo Estabelecer critérios básicos para a instalação de sistemas de aterramento das instalações e equipamentos utilizados em redes aéreas de distribuição. 2. Aplicação Distribuição. 3. Documentos

Leia mais

RESOLUÇÃO TÉCNICA CBMRS Nº 05 - PARTE 01 PROCESSO DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO APRESENTAÇÃO DE PPCI EM GERAL

RESOLUÇÃO TÉCNICA CBMRS Nº 05 - PARTE 01 PROCESSO DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO APRESENTAÇÃO DE PPCI EM GERAL ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA COMANDO DO CORPO DE BOMBEIROS DIVISÃO TÉCNICA DE PREVENÇÃO DE INCÊNDIO E INVESTIGAÇÃO RESOLUÇÃO TÉCNICA CBMRS Nº 05 - PARTE 01 PROCESSO DE SEGURANÇA

Leia mais

1

1 1 12.07.11 Seguradoras, Corretores e resseguradores. 12.08.11 Reunião técnica 1: Levantamento dos problemas e sugestões. 16.09.11 Reunião técnica 2. Desenvolvimento das sugestões. 17.10.11 Reunião técnica

Leia mais

BIG ENGENHARIA MONTAGEM INDUSTRIAL PORQUE O SENHOR É DEUS GRANDE, E REI GRANDE ACIMA DE TODOS OS DEUSES. SL. 95:3

BIG ENGENHARIA MONTAGEM INDUSTRIAL PORQUE O SENHOR É DEUS GRANDE, E REI GRANDE ACIMA DE TODOS OS DEUSES. SL. 95:3 BIG ENGENHARIA MONTAGEM INDUSTRIAL PORQUE O SENHOR É DEUS GRANDE, E REI GRANDE ACIMA DE TODOS OS DEUSES. SL. 95:3 INTRODUÇÃO Parceria é oferecer serviços de qualidade, inteligência, suporte, prazo e ainda

Leia mais

CUIDADO! ELETRICIDADE CUIDADO! ELETRICIDADE CUIDADO! ELETRICIDADE CUIDADO! ELETRICIDADE PLANTA BAIXA MEDIDAS EM: cm BEP 1 x Ø4" VISTA FRONTAL MEDIDAS EM: cm VISTA CORTE LATERAL: A-A" MEDIDAS EM: cm Av.

Leia mais

OBRA CAIXA ECÔNOMICA GOLDEN RESIDENCE

OBRA CAIXA ECÔNOMICA GOLDEN RESIDENCE MEMORIAL DESCRITIVO 1 DADOS INICIAIS: 1.1 ENDEREÇO: Rua Raul Cardoso nº. 110/122 Bairro Fazendinha Campos dos Goytacazes RJ. 1.2 PRÉDIO MULTIFAMILIAR COMPOSTO DE: 1.2.1 TÉRREO Portaria, (01) um elevador,

Leia mais

LUMINÁRIA DE EMERGÊNCIA. Atende à norma NBR 10898:2013. alumbra.com.br

LUMINÁRIA DE EMERGÊNCIA. Atende à norma NBR 10898:2013. alumbra.com.br LUMINÁRIA DE EMERGÊNCIA Atende à norma NBR 10898:2013 alumbra.com.br SEGURANÇA E PROTEÇÃO PARA DESLOCAMENTO NO ESCURO As luminárias de emergência LED Alumbra, tem um design compacto e são ideiais para

Leia mais

PPCI (PLANO DE PROTEÇÃO DE COMBATE A INCÊNDIO) PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO SEBASTIÃO DO CAÍ

PPCI (PLANO DE PROTEÇÃO DE COMBATE A INCÊNDIO) PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO SEBASTIÃO DO CAÍ PPCI (PLANO DE PROTEÇÃO DE COMBATE A INCÊNDIO) PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO SEBASTIÃO DO CAÍ End.: Rua Mal. Floriano Peixoto, 426 Bairro: Centro São Sebastião do Caí RS Ocupação: Ginásio Poliu Esportivo

Leia mais