Portal Web de Apoio às Filiadas

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Portal Web de Apoio às Filiadas"

Transcrição

1 Portal Web de Apoio às Filiadas Manual de Utilizador Externo Titularidade: FCMP Data: Versão: 1 1

2 1. Introdução 3 2. Descrição das Funcionalidades Entrada no sistema e credenciação de utilizadores Listagem de titulares e licenças da entidade filiada Introdução do pedido de uma nova licença Criação de Pedido de Transferência de Clube Consulta e manutenção da ficha de titular e licença Renovação da Licença Emissão de pedido de 2ª via de cartão Emissão de pedido de Licença de Campismo Internacional Impressão de ficha de titular e licença Consulta e validação de Pedidos de Transferência para outros clubes Consulta e descarregamento dos extractos mensais de facturação 24 2

3 1. Introdução O portal Web de suporte às organizações que estão filiadas na Federação Portuguesa de Campismo e Montanhismo de Portugal (doravante identificada pela sua sigla; FCMP ), é um novo serviço que a Federação passará a oferecer aquelas filiadas a partir do ano de Com este portal é disponibilizada uma ferramenta às entidades filiadas que lhes permitirá gerir directamente e de uma forma muito fácil e acessível a informação dos seus associados, bem como obter diversos serviços à Federação. Os serviços disponibilizados nesta fase pelo portal são os seguintes: Consulta geral de informação relativa às licenças pertencentes aos Associados do Clube em causa; Consulta de detalhe da ficha de cada titular do clube, com possibilidade de atualização directa de dados que lhe dizem respeito, tais como morada, contactos, etc.; Possibilidade de solicitar a renovação imediata da licença de cada titular; Possibilidade de gerar pedidos de emissão de 2ªs. vias dos cartões de licenças desportivas; Possibilidade de gerar pedidos de emissão de licenças de campismo internacional; Possibilidade de gerar pedidos de emissão de novas licenças desportivas ou solicitar a transferência de titulares de outras entidades para o Clube; Consulta e validação de eventuais pedidos pendentes de transferência de titulares do Clube para outras entidades filiadas, com possibilidade de aprovação ou rejeição de cada pedido; Listagem geral dos extractos de facturação detalhada mensal que passarão a ser emitidos pela Federação para cada Clube no fim de cada mês; Consulta em detalhe de cada extracto, com possibilidade de efectuar o respectivo download. Outros serviços poderão ser disponibilizados no futuro á medida que novas versões deste portal web venham a ser disponibilizadas. Nos pontos seguintes são detalhados em pormenor cada uma destas funcionalidades. 3

4 2. Descrição das Funcionalidades 2.1. Entrada no sistema e credenciação de utilizadores Para aceder ao novo portal web disponibilizado pela FCMP aos Clubes e Associações filiadas bastará usar um computador com um browser actualizado instalado. Deve-se abrir uma sessão nesse browser para aceder ao seguinte URL: Para tirar o melhor partido das funcionalidades disponibilizadas por este portal recomenda-se a utilização das versões mais modernas dos browsers (Firefox versão 26.0 ou superior, Chrome, versão 31.0 ou superior, Internet Explorer versão 11.0 ou superior). O URL mencionado acima mostra a página inicial de entrada no sistema, onde o utilizador deverá introduzir as suas credenciais (nome de utilizador e senha), para poder ter acesso ás funcionalidades implementadas. Fig. 2.1 Interface web para acesso ao sistema Depois de se introduzir aqueles dados nos respectivos campos deve-se pressionar o botão Log In para que o sistema proceda então á autenticação do utilizador. De referir que no âmbito da implementação deste portal web a FCMP distribuiu pelas suas entidades filiadas os dados necessários para que estas possam aceder a este sistema. Assim a cada clube ou associação filiada foi disponibilizado um utilizador e a respectiva senha. Cada entidade filiada tem uma identificação única no sistema e acesso exclusivo e único aos dados dos seus associados que estão registados junto da Federação. 4

5 2.2. Listagem de titulares e licenças da entidade filiada Depois do processo de autenticação ter sido concluído com sucesso é mostrada uma página onde são listados todos os titulares da entidade filiada em causa. Esta é a página principal (vulgarmente designada por Home ) que aparece sempre por defeito, quando se acede ao sistema. Para efeitos deste manual irá ser usado na descrição das funcionalidades o Clube de Campismo de Lisboa, por ser o filiado nº. 1, mas o que aqui for indicado aplica-se a qualquer outra entidade. Na listagem dos titulares são mostrados os seguintes dados: - Nº da Licença, Nome do respectivo titular, Tipo de Licença (Desportiva ou Juvenil), data de nascimento do titular (quando registada no sistema), estado da licença e fim de validade da mesma. Fig. 2.2 Página principal onde são listados os titulares do clube 5

6 Nesta página salientam-se os seguintes objectos e funcionalidades: - Definição da quantidade máxima de linhas a mostrar na paginação: Esta ListBox situada no lado direito do interface, por cima da listagem, permite definir o número máximo de linhas de detalhe a mostrar por cada página. Quatro (4) valores são possíveis de escolher: 10, 25, 50 e 100 linhas de detalhe - Caixa de Pesquisa: Este campo, situado do lado esquerdo e imediatamente por cima da listagem, permite efectuar pesquisas e selecções nos dados mostrados. Qualquer valor ou expressão lá introduzida será automaticamente usado para pesquisar correspondências. Todos os registos que possuam em algum dos campos listados uma correspondência com o valor ou a expressão introduzida naquele campo serão seleccionados. Caso não seja encontrada nenhuma correspondência a listagem ficará vazia. Para repor a listagem inicial que contem todos os registos bastará apagar os valores introduzidos na caixa de pesquisa. - Consulta de detalhe / manutenção de ficha de titular e licença: O simbolo do olho, presente na coluna Ação de cada linha da listagem permite abrir uma nova página onde é mostrada informação detalhada relativa ao titular da linha selecionada (ver 2.3. Consulta e manutenção da ficha de titular e licença ). - Criação de pedido de emissão de nova licença desportiva: O botão Pedido de Nova Licença existente no lado esquerdo do interface, imediatamente por cima da caixa de pesquisa, permite abrir quando pressionado - uma nova página onde é mostrada uma ficha de titular e licença com os respectivos campos vazios. Através do preenchimento daqueles campos será possível gerar então um pedido de emissão de uma nova licença desportiva, a tratar posteriormente pelos serviços de BackOffice da Federação (ver Introdução do pedido de uma nova licença). - Links para navegação na listagem: Os links existentes por baixo da listagem, no canto direito, possibilitam a navegação entre as várias páginas que constituem a listagem. 6

7 Introdução do pedido de uma nova licença Premindo o botão Pedido de Nova Licença na página web inicial do sistema é mostrada um novo interface onde é possível formalizar um pedido de emissão de uma nova licença, o qual será posteriormente validado e tratado pelos serviços de BackOffice da Federação. Para isso devem ser preenchidos os vários campos presentes no formulário mostrado e que identificam o candidato e o tipo de licença pretendido. Fig. 2.3 Página de criação de pedido de nova licença - Introdução de dados: Neste formulário os campos Tipo de Licença, Nome do Titular, Género, Morada, Localidade, Código Postal, Distrito, Concelho, Nº BI e Data de Nascimento são de preenchimento obrigatório. O campo que identifica a profissão é igualmente de preenchimento obrigatório mas neste caso é possível escolher a opção Profissão Desconhecida quando a actividade profissional do candidato não é conhecida. Os campos NIF e são de preenchimento facultativo. 7

8 O campo do Telefone e do telemóvel são também ambos de preenchimento facultativo mas um deles, preferencialmente o telemóvel deverá conter obrigatoriamente informação, isto para permitir informação na sms. - Inserção de foto do candidato: É possível inserir uma foto do candidato no formulário. Para isso deve ser pressionado o botão Adicionar Imagem, o qual abrirá uma janela que permitirá navegar pelos ficheiros locais existentes no computador onde o formulário está aberto. Usando este mecanismo deve ser seleccionada um ficheiro de imagem que contenha a foto pretendida. De referir que o ficheiro escolhido não pode ultrapassar 1 Mb de tamanho, o que é mais do que suficiente para uma pequena foto tipo Passe ou Cartão do Cidadão (como referência; uma foto digitalizada com as dimensões de 200 x 150 pixéis ocupa sensivelmente 10 a 20 Kb). - Associação de documento de identificação: Qualquer pedido de emissão de uma nova licença deverá ser acompanhado por uma imagem de um documento de identificação do respectivo candidato (Bilhete de Identidade ou Cartão do Cidadão), para que os serviços da federação possam validar convenientemente o pedido. A imagem desse documento pode ser carregada e associada ao formulário do pedido usando para isso o botão Selecionar Ficheiro existente no canto inferior esquerdo. Pressionando-o, abre-se uma janela que permitirá navegar pelos ficheiros locais existentes no computador onde o formulário está aberto, de forma a ser possível seleccionar um ficheiro que contenha a imagem do documento pretendido. Tal como no caso da foto do titular, o ficheiro seleccionado deverá ter um tamanho limitado. Aconselha-se assim o uso de digitalizações com o tamanho de 650 x 480 pixéis que, para o objectivo pretendido, é mais do que suficiente. Estas imagens não ultrapassam os 150 Kb de tamanho. - Gravação do pedido: Para salvar o trabalho gerando um novo pedido de emissão de uma licença no sistema o utilizador deverá, no final do preenchimento da informação necessária, premir o botão Gravar existente no canto inferior direito do formulário. Se existir entretanto alguma incorrecção a nível do preenchimento de um ou mais campos o sistema assinalará então as anomalias detectadas. Estas deverão ser corrigidas antes de se tentar nova gravação dos dados. Caso se pretenda em alternativa desistir da criação do pedido bastará então seleccionar um dos links mostrados no cabeçalho da página. 8

9 Criação de Pedido de Transferência de Clube Quando se está a tentar criar um pedido de emissão de uma nova licença e se pressiona o botão Gravar no respectivo interface (ver 2.2.1), o sistema realiza previamente diversas validações sobre os dados introduzidos antes de gerar esse pedido. Uma dessas validações é a verificação de que a informação introduzida não corresponda eventualmente á de um titular já existente. O controlo é efectuado pelo Numero do BI / Cartão do Cidadão e eventualmente se estiver preenchido pelo NIF. Caso seja encontrado um titular que já possua aquele(s) número(s), o sistema emite uma mensagem de aviso a notificar o utilizador dessa situação. Fig. 2.4 Janela de aviso de titular já existente, mostrada aquando da criação de um pedido de nova licença Como neste caso não será possível emitir uma nova licença para o candidato em causa, o sistema oferece em alternativa a possibilidade de o titular mudar de clube. Para isso acontecer terá que ser gerado um pedido de transferência de clube para notificar a entidade filiada onde o candidato já possui uma licença. Se o utilizador desejar criar efectivamente esse pedido então deverá pressionar o botão OK na respectiva janela de aviso. Nesse caso será apresentado um novo formulário com dados necessários á criação desse pedido de transferência (ver fig. 2.5). Para desistir da criação de um pedido de transferência bastará pressionar em alternativa o botão Cancel. 9

10 Fig. 2.5 Formulário para criação de um novo pedido de transferência de clube Se o utilizador pretender efectivamente criar um pedido de transferência de clube então é apresentado um novo formulário onde é mostrado o nome e o Número de BI do candidato, bem como o número da licença que ele já possui. É também indicada a actual entidade filiada que detêm aquela licença bem como a nova entidade para a qual o candidato se pretende mudar. Para formalizar o pedido terá que ser escolhida uma das opções possíveis, entre aquelas que são apresentadas, para justificar a mudança de clube. Também poderão ser acrescentadas as observações que se entender pertinentes no respectivo campo. Finalmente deverá pressionar-se o botão Gravar para gerar o pedido no sistema. Caso se pretenda desistir da emissão do pedido bastará pressionar em alternativa o botão Cancelar. Se o pedido for efectivamente criado então a entidade filiada actual será notificada da sua existência ao consultar a opção Pedidos de Transferências para Outros Clubes existente no cabeçalho da página do portal (fig 2.6). 10

11 Fig. 2.6 Consulta de pedidos pendentes de transferência de titulares para outros clubes A autorização de transferência do titular e da respectiva licença para uma nova entidade filiada estará sempre dependente do Clube ou Associação que detêm actualmente a licença. Será esta que, através desta opção de consulta, poderá autorizar ou não essa mudança (ver 2.4. Consulta e validação de Pedidos de Transferência para outros clubes). 11

12 2.3. Consulta e manutenção da ficha de titular e licença A página web inicial do sistema apresenta uma listagem de todos os titulares da entidade filiada em causa. Para consultar os dados de um determinado titular e respectiva licença bastará naquela listagem posicionar o ponteiro do rato sobre o simbolo do Olho que está posicionado á esquerda da linha referente ao titular pretendido e clicar de seguida com o botão esquerdo do rato. Será apresentado então um novo formulário mostrando todos os dados relativos ao titular e á respectiva licença em causa (fig. 2.7). Fig. 2.7 Página Web de consulta e manutenção de ficha de titular - Alteração de dados na ficha do titular e licença - Alguns dos dados mostrados neste formulário são passíveis de ser modificados. É o caso do Tipo de Seguro, Nome, Morada, Localidade, Código Postal, Distrito e Concelho, Morada no Estrangeiro, País no Estrangeiro, Numero do BI/CC, NIF, Telefone, Telemóvel, , Profissão e Data de Nascimento. Para a modificação de algum destes campos aplicam-se as mesmas regras de validação que as existentes aquando da inserção de um novo titular e licença. 12

13 Os campos que identificam o Número da Licença, o Tipo, Estado e Validade da mesma não são susceptíveis de ser modificados. Caso se pretenda gravar as eventuais alterações realizadas deve-se pressionar o botão Gravar existente na parte de baixo do formulário. Se existir alguma incorrecção a nível do preenchimento de um ou mais campos o sistema assinalará então as anomalias detectadas. Estas deverão ser corrigidas antes de se tentar nova gravação dos dados. Quando toda a informação estiver correcta as alterações serão finalmente registadas na ficha do titular e da licença e uma mensagem de notificação será apresentada ao utilizador (fig. 2.8). Fig. 2.8 Mensagem de notificação de gravação com sucesso dos dados Renovação da Licença As licenças que não estão activas poderão ser revalidadas. Assim, quando se consulta a ficha de um titular e de uma licença que esteja no estado de Aguardar Revalidação, o botão Renovar existente na parte de baixo do formulário estará activo (fig. 2.9). 13

14 Fig. 2.9 Ficha de titular e licença a aguardar revalidação Ao pressionar o referido botão será apresentada uma janela mostrando uma mensagem onde se pede para confirmar o acto de renovação da licença (fig 2.10). Fig Janela com mensagem a solicitar confirmação da renovação da licença 14

15 Caso o utilizador deseje efectivamente renovar essa licença deverá pressionar então o botão Sim como resposta aquela mensagem. A referida licença será revalidada automaticamente por mais um período anual (fig. 2.11). Fig Janela com mensagem a indicar sucesso na renovação da licença Ter em atenção que essa renovação abrange apenas o ano corrente, pelo que a licença se manterá valida entre a data em que ocorreu essa renovação e o ultimo dia de Dezembro do ano em curso. Se o utilizador quiser desistir da renovação bastará pressionar o botão Não como resposta á mensagem inicial. 15

16 Emissão de pedido de 2ª via de cartão A partir da página web que permite a consulta e manutenção da ficha de titular e licença é possível gerar um pedido para emissão de uma 2ª via do respectivo cartão da licença. Para isso acontecer deve ser pressionado o botão 2ª Via do Cartão existente na parte de baixo do formulário (fig. 2.12). Fig Ficha de titular e licença Ter em atenção que este botão só estará activo se a licença desportiva for válida (ser for uma nova licença ou estiver renovada). Ao pressionar aquele botão será apresentada uma janela mostrando uma mensagem onde se pede para confirmar o acto de criação do referido pedido (fig 2.13). Fig Janela com mensagem a solicitar confirmação do pedido de emissão de 2ª via 16

17 Caso o utilizador deseje efectivamente gerar o pedido deverá então pressionar o botão Sim como resposta aquela mensagem. Será então criado no sistema um pedido de emissão de uma 2ª via do cartão daquela licença, o qual será tratado posteriormente pelo BackOffice da Federação (fig. 2.14). Fig Janela com mensagem a indicar sucesso na criação do pedido de emissão de 2ª Via Se o utilizador quiser desistir do pedido bastará pressionar o botão Não como resposta á mensagem inicial Emissão de pedido de Licença de Campismo Internacional A partir da página web que permite a consulta e manutenção da ficha de titular e licença é possível gerar igualmente um pedido para emissão de uma licença de campismo internacional. Para isso acontecer deve ser pressionado o botão Campismo Internacional existente na parte de baixo do formulário (fig. 2.15). 17

18 Fig Ficha de titular e licença Ter em atenção que este botão só estará activo se a licença desportiva for válida (ser for uma nova licença ou estiver renovada) e se o respectivo titular não possuir já uma licença de Campismo Internacional. Ao pressionar aquele botão será apresentada uma janela mostrando uma mensagem onde se pede para confirmar o acto de criação do referido pedido (fig 2.16). Fig Janela com mensagem a solicitar confirmação do pedido de criação de licença LCI Caso o utilizador deseje efectivamente gerar o pedido deverá então pressionar o botão Sim como resposta aquela mensagem. Será então criado no sistema um pedido de emissão de uma 18

19 licença de campismo internacional (LCI), o qual será tratado posteriormente pelo BackOffice da Federação (fig. 2.17). Fig Janela com mensagem a indicar sucesso na criação do pedido de emissão de licença LCI Se o utilizador quiser desistir do pedido bastará pressionar o botão Não como resposta á mensagem inicial Impressão de ficha de titular e licença A partir da página web que permite a consulta e manutenção da ficha de titular e respectiva licença é possível também proceder á impressão daqueles dados. Para isso acontecer deve ser pressionado o botão Imprimir existente na parte de baixo do formulário (fig. 2.18). 19

20 Fig Ficha de titular e licença Ao pressionar aquele botão será apresentada uma nova janela mostrando um formulário preparado para impressão e que conterá os dados principais da ficha de titular da licença em causa (fig 2.19). Fig Janela com formulário de impressão dos dados da ficha de titular de licença desportiva Caso o utilizador deseje efectivamente imprimir aqueles dados deverá pressionar então o botão IMPRIMIR no formulário. Será então mostrada uma nova janela onde o utilizador poderá indicar diversos parâmetros a usar na impressão; definição da impressora e respectivas propriedades, páginas ou áreas a imprimir, etc (fig. 2.20). 20

21 Fig Definição de parâmetros a usar na impressão da ficha de titular e licença Depois de definidos todos os parâmetros necessários para a impressão deverá ser pressionado o botão OK nesta segunda janela para que a impressão se possa iniciar. Se o utilizador não quiser avançar com a impressão bastará pressionar em alternativa o botão Cancelar. 21

22 2.4. Consulta e validação de Pedidos de Transferência para outros clubes Esta funcionalidade permite a qualquer entidade filiada consultar os eventuais pedidos de mudança de clube que alguns dos seus titulares tenham solicitado junto de outras filiadas e proceder às respectivas autorizações ou rejeições. Para aceder a esta funcionalidade bastará clicar com o rato sobre link Pedidos de Transferência para outros Clubes existente no cabeçalho da pagina Web. Será então mostrada uma nova página contendo uma listagem dos eventuais pedidos existentes e aguardar aprovação (fig.2.21). Fig Página de listagem dos pedidos a aguardar aprovação para mudança de clube - Autorizar ou Rejeitar um pedido de Transferência de Clube - Para autorizar ou rejeitar um determinado pedido bastará seleccionar a linha pretendida na listagem e com o rato clicar o botão Sim ou Não na respectiva coluna Transferência?, consoante se pretenda autorizar ou não a mudança de clube. Seguidamente deverá pressionar-se o botão Gravar para confirmar a resposta ao pedido. Será mostrada então uma janela com uma mensagem a indicar o estado do pedido após a confirmação (fig.2.22). 22

23 Fig Janela com mensagem de confirmação de pedido de transferência tratado Os pedidos já tratados (confirmados ou rejeitados) desaparecerão da listagem inicial de pedidos pendentes (fig. 2.23). Fig Página de listagem actualizada dos pedidos a aguardar aprovação para mudança de clube 23

24 2.5. Consulta e descarregamento dos extractos mensais de facturação Esta funcionalidade permite a qualquer entidade filiada consultar os extractos que mensalmente a federação emitirá para as entidades filiadas. Cada filiada terá acesso único e exclusivo aos seus extractos (e apenas aos seus). Cada extracto será emitido em formato PDF e conterá o detalhe de toda a movimentação contabilística realizada com o clube ou a associação em causa durante o mês a que o extracto se refere. O seu objectivo é complementar e detalhar a informação presente na fatura que mensalmente a Federação passará a enviar por correio para cada entidade filiada. Só serão emitidos extractos (e correspondentes faturas) para as entidades que tenham tido movimentação no mês em causa pelo que, no máximo, uma entidade filiada só terá doze (12) extractos emitidos em cada ano. Para aceder a esta funcionalidade bastará clicar com o rato sobre o link Extractos de Faturação existente no cabeçalho da pagina Web. Será então mostrada uma nova página contendo uma listagem de todos os extractos emitidos até ao momento - no ano em curso - para a filiada em causa (fig.2.24). Fig Página de listagem de extractos mensais emitidos para o clube ou associação Á medida que os meses vão passando esta listagem irá crescendo com a emissão de mais extractos. 24

25 - Consulta e download de Extractos Para consultar um determinado extracto deve-se posicionar o rato sobre o respectivo número na listagem (coluna Nº Extracto), clicando em seguida com o botão esquerdo. Será então aberta uma nova janela mostrando o conteúdo daquele documento (fig. 2.25). Fig Página Web mostrando extracto mensal detalhado de facturação de filiada Ter em atenção que para se conseguir visualizar directamente o conteúdo de um extracto é necessário ter instalado no computador de onde se está a realizar esta consulta um software de leitura de ficheiros em formato PDF (Adobe PDF Reader, Foxit PDF Reader, Sumatra PDF Reader, etc), e com os respectivos plugins instalados no browser que está a ser usado na consulta. Caso não se pretenda abrir directamente no browser um extracto de facturação mas em alternativa guarda-lo no computador, deve-se clicar com o botão esquerdo do rato sobre o simbolo de download que está posicionado na coluna com o mesmo nome e na linha relativa ao extracto pretendido. Será então mostrada uma nova janela onde se poderá optar por abrir o ficheiro em causa com um software de leitura apropriado já existente no sistema ou então grava-lo numa localização à escolha (fig. 2.26). 25

26 Fig Janela para abertura ou gravação de extracto no sistema Escolhendo a 2ª opção será possível gravar o documento de extracto numa localização a definir no momento. 26

Plataforma de Benefícios Públicos Acesso externo

Plataforma de Benefícios Públicos Acesso externo Índice 1. Acesso à Plataforma... 2 2. Consulta dos Programas de Beneficios Públicos em Curso... 3 3. Entrar na Plataforma... 4 4. Consultar/Entregar Documentos... 5 5. Consultar... 7 6. Entregar Comprovativos

Leia mais

POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA

POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DIRECÇÃO NACIONAL Plataforma eletrónica Versão 1.0 Departamento de Segurança Privada Abril de 2012 Manual do Utilizador dos Serviços Online do SIGESP Versão 1.0 (30 de abril

Leia mais

MANUAL DE SUBMISSÃO DE PEDIDOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE UM MEDICAMENTO MODELO OMS E DECLARAÇÕES DE MEDICAMENTOS

MANUAL DE SUBMISSÃO DE PEDIDOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE UM MEDICAMENTO MODELO OMS E DECLARAÇÕES DE MEDICAMENTOS MANUAL DE SUBMISSÃO DE PEDIDOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE UM MEDICAMENTO MODELO OMS E DECLARAÇÕES DE MEDICAMENTOS GLOSSÁRIO... 2 INTRODUÇÃO... 3 Objectivo... 3 DEFINIÇÕES... 3 Certificado de um medicamento

Leia mais

CGA Directa. Manual do Utilizador. Acesso, Adesão e Lista de Subscritores

CGA Directa. Manual do Utilizador. Acesso, Adesão e Lista de Subscritores CGA Directa Manual do Utilizador Acesso, Adesão e Lista de Subscritores Versão 1.00 de 10 de Março de 2008 Índice Pág. Introdução 3 Capítulo 1 Capítulo 2 Capítulo 3 Acesso Acesso 4 Adesão Adesão 5 2.1

Leia mais

Guia de Acesso/Apresentação de Pedidos de Apoio Sistema de Informação RURAL

Guia de Acesso/Apresentação de Pedidos de Apoio Sistema de Informação RURAL Guia de Acesso/Apresentação de Pedidos de Apoio Sistema de Informação RURAL Índice 1. Introdução...3 2. Home Page...3 3. Pedido de Senha...4 3.1 Proponente...5 3.2 Técnico Qualificado...5 3.3 Proponente/Técnico

Leia mais

ADSE DIRETA MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARA PRESTADORES DA REDE DA ADSE

ADSE DIRETA MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARA PRESTADORES DA REDE DA ADSE ADSE DIRETA MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARA PRESTADORES DA REDE DA ADSE 2 ÍNDICE ADSE Direta... 4 Serviços Disponíveis... 6 Atividade Convencionada... 7 Atualizar/Propor Locais de Prestação... 9 Propor Novo

Leia mais

WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET

WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET MANUAL DO UTILIZADOR WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET 1. 2. PÁGINA INICIAL... 3 CARACTERÍSTICAS... 3 2.1. 2.2. APRESENTAÇÃO E ESPECIFICAÇÕES... 3 TUTORIAIS... 4 3. DOWNLOADS... 5 3.1. 3.2. ENCOMENDAS (NOVOS

Leia mais

POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA

POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DIRECÇÃO NACIONAL Plataforma eletrónica Versão 2 Departamento de Segurança Privada Março de 2014 Manual do Utilizador dos Serviços Online do SIGESP Versão 2. (Março de 2014)

Leia mais

Pretende-se com o presente documento apresentar de forma detalhada todas as funcionalidades disponíveis através da Aplicação de Inscrições On-Line.

Pretende-se com o presente documento apresentar de forma detalhada todas as funcionalidades disponíveis através da Aplicação de Inscrições On-Line. Índice 1 Introdução... 3 1.1 O que é a Aplicação de Inscrições On-Line... 4 1.2 Acesso à Aplicação de Inscrições On-Line... 5 1.3 Requisitos... 5 1.4 Segurança... 5 2 Funcionalidades da Aplicação... 7

Leia mais

Guia do Candidato. http://www.dges.mec.pt/wwwbeon/

Guia do Candidato. http://www.dges.mec.pt/wwwbeon/ http://www.dges.mec.pt/wwwbeon/ Recomendações Gerais para Preenchimento do Formulário de Candidatura Para o correto preenchimento do formulário de candidatura deverá ter consigo os seguintes documentos,

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA SISTEMA IMASUL DE REGISTROS E INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DO MEIO AMBIENTE MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA Manual Operacional para uso exclusivo do módulo do Sistema Estadual de

Leia mais

Manual do Utilizador do Registo Prévio (Entidades Coletivas e Singulares)

Manual do Utilizador do Registo Prévio (Entidades Coletivas e Singulares) POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DIRECÇÃO NACIONAL Plataforma eletrónica SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO DE SEGURANÇA PRIVADA (SIGESP) Manual do Utilizador do Registo Prévio (Entidades Coletivas e Singulares)

Leia mais

GeoMafra SIG Municipal

GeoMafra SIG Municipal GeoMafra SIG Municipal Nova versão do site GeoMafra Toda a informação municipal... à distância de um clique! O projecto GeoMafra constitui uma ferramenta de trabalho que visa melhorar e homogeneizar a

Leia mais

MATRÍCULA ELECTRÓNICA. Manual do Utilizador ESCOLAS / DRE

MATRÍCULA ELECTRÓNICA. Manual do Utilizador ESCOLAS / DRE MATRÍCULA ELECTRÓNICA Manual do Utilizador ESCOLAS / DRE ÍNDICE 1 PREÂMBULO... 2 2 UTILIZAÇÃO PELOS SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS DOS ESTABELECIMENTOS DE ENSINO... 3 2.1 Matrícula Electrónica - Acesso através

Leia mais

SIBA SISTEMA DE INFORMAÇÃO DE BOLETINS DE ALOJAMENTO MANUAL DE UTILIZADOR

SIBA SISTEMA DE INFORMAÇÃO DE BOLETINS DE ALOJAMENTO MANUAL DE UTILIZADOR SIBA SISTEMA DE INFORMAÇÃO DE BOLETINS DE ALOJAMENTO MANUAL DE UTILIZADOR VERSÃO DATA DESCRIÇÃO AUTOR 1.0 24-10-2008 VERSÃO INICAL LÍDIA AGOSTINHO 1.1 20-11-2008 ACTUALIZAÇÃO DE ECRANS LÍDIA AGOSTINHO

Leia mais

Guia do Candidato. http://www.dges.mec.pt/wwwbeon/

Guia do Candidato. http://www.dges.mec.pt/wwwbeon/ http://www.dges.mec.pt/wwwbeon/ Recomendações Gerais para Preenchimento do Formulário de Candidatura: Reunir informação: Para o correcto preenchimento do formulário de candidatura deverá ter consigo os

Leia mais

Manual de utilização da aplicação web Gestão de Delegados de Informação Médica

Manual de utilização da aplicação web Gestão de Delegados de Informação Médica Manual de utilização da aplicação web Gestão de Delegados de Informação Médica 1.1 Pedido de Login de Novas Entidades. Este ecrã irá proporcionar à entidade a realização do pedido de login. Para proceder

Leia mais

ÍNDICE. Acesso para agências...3. Organização por pastas...4. Download das facturas a partir do site...5. Pesquisa de facturas...8

ÍNDICE. Acesso para agências...3. Organização por pastas...4. Download das facturas a partir do site...5. Pesquisa de facturas...8 2 ÍNDICE Acesso para agências...3 Organização por pastas...4 Download das facturas a partir do site...5 Pesquisa de facturas...8 Configurar notificações por email...11 3 Bem-vindo ao manual de uso do novo

Leia mais

Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária)

Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária) Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária) http://curriculum.degois.pt Março de 2012 Versão 1.5 1 Introdução O objectivo deste guia é auxiliar o utilizador

Leia mais

Instruções de acesso à Base Hermes

Instruções de acesso à Base Hermes Instruções de acesso à Base Hermes Inscreva nas caixinhas respectivas as credenciais de acesso à Base Hermes que lhe foram enviadas por email aquando da activação da sua subscrição e clique em Entrar.

Leia mais

Versão 1.0. [08.02.2012] 2012, Portugal - Efacec Sistemas de Gestão S.A. Todos os direitos reservados. 1

Versão 1.0. [08.02.2012] 2012, Portugal - Efacec Sistemas de Gestão S.A. Todos os direitos reservados. 1 Copyright 2012 Efacec Todos os direitos reservados. Não é permitida qualquer cópia, reprodução, transmissão ou utilização deste documento sem a prévia autorização escrita da Efacec Sistemas de Gestão S.A.

Leia mais

Software-Global 1/11

Software-Global 1/11 Não esquecer que a senha do Administrador é ADMIN Botões do programa: Acesso ao Programa: O Acesso ao programa deve ser feito através do utilizador ADMINISTRADOR, que tem todas as permissões para gerir

Leia mais

ZSRest/ZSPos. Manual de Stocks. BackOffice

ZSRest/ZSPos. Manual de Stocks. BackOffice BackOffice 1 1. Índice 2. Introdução... 3 3. Iniciar o ZSRest/ZSPos FrontOffice... 4 4. Produto... 5 Activar gestão de stocks... 5 5. Armazém... 7 a) Adicionar Armazém... 8 b) Modificar Armazém... 8 c)

Leia mais

Extracto on Line Aplicação Local Guia do Utilizador

Extracto on Line Aplicação Local Guia do Utilizador Extracto on Line Aplicação Local Guia do Utilizador Índice 1. Sobre o Guia... 4 1.1 Objectivo... 4 1.2 Utilização do Guia... 4 1.3 Acrónimos e Abreviações... 4 2. Introdução ao Extracto on Line Aplicação

Leia mais

Manual do Fénix. Portal Secretaria da Escola Portal Conselho Científico Portal Direcção de Curso. Candidatura Online para o 2.

Manual do Fénix. Portal Secretaria da Escola Portal Conselho Científico Portal Direcção de Curso. Candidatura Online para o 2. Manual do Fénix Portal Secretaria da Escola Portal Conselho Científico Portal Direcção de Curso Candidatura Online para o 2. º Ciclo SI (Versão 1.0) Maio 2011 Este manual tem como objectivo auxiliar na

Leia mais

CADERNOS DE SOCIOMUSEOLOGIA Nº 14 1999 27

CADERNOS DE SOCIOMUSEOLOGIA Nº 14 1999 27 CADERNOS DE SOCIOMUSEOLOGIA Nº 14 1999 27 3 - MANUAL DO UTILIZADOR Diogo Mateus 3.1. REQUISITOS MÍNIMOS * Computador Pessoal com os seguintes Programas * Microsoft Windows 95 * Microsoft Access 97 A InfoMusa

Leia mais

Manual Técnico de Utilização

Manual Técnico de Utilização Manual Técnico de Utilização Inscrição nos Internatos Médicos Capítulo 1 1. Estrutura do Manual 1.1 Introdução O presente manual descreve o modo de utilização das inscrições dos candidatos ao concurso

Leia mais

Instruções de acesso à Base Atneia

Instruções de acesso à Base Atneia Instruções de acesso à Base Atneia Inscreva nas caixinhas respectivas as credenciais de acesso à Base Atneia que lhe foram enviadas por email aquando da activação da sua subscrição e clique em Entrar.

Leia mais

Manual de Configuração

Manual de Configuração Manual de Configuração Índice Criar conta de Administrador... 3 Criar Negócio... 5 Back office... 7 Criar Locais... 11 Criar Menu... 13 Itens complexos... 18 One Click... 19 Painel de Pedidos... 20 QR

Leia mais

MATRÍCULA ELECTRÓNICA. Manual do Utilizador

MATRÍCULA ELECTRÓNICA. Manual do Utilizador MATRÍCULA ELECTRÓNICA Manual do Utilizador ÍNDICE 1 PREÂMBULO... 2 2 UTILIZAÇÃO PELOS ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO... 3 2.1 Matrícula Electrónica - Acesso através do Portal das Escolas... 3 2.2 Registo de

Leia mais

Instruções de utilização do portal Web da Visteon

Instruções de utilização do portal Web da Visteon FORD MOTOR COMPANY LIMITED Issued by European Warranty Operations Ford Customer Service Division Instruções de utilização do portal Web da Visteon 1. Entrar Na janela de endereço no seu browser da internet,

Leia mais

SERVIÇ OS DO PEDIDO ONLINE DA PROPRIEDADE INTELECTUAL

SERVIÇ OS DO PEDIDO ONLINE DA PROPRIEDADE INTELECTUAL SERVIÇ OS DO PEDIDO ONLINE DA PROPRIEDADE INTELECTUAL Manual de Utilização Direcção dos Serviços de Economia do Governo da RAEM Novembro de 2014 SERVIÇ OS DO PEDIDO ONLINE DA PROPRIEDADE INTELECTUAL Manual

Leia mais

GeoMafra Portal Geográfico

GeoMafra Portal Geográfico GeoMafra Portal Geográfico Nova versão do site GeoMafra Toda a informação municipal... à distância de um clique! O projecto GeoMafra constitui uma ferramenta de trabalho que visa melhorar e homogeneizar

Leia mais

Objectivos Gerais da Aplicação 5 Requisitos Mínimos e Recomendados 5 Processo de Instalação 6

Objectivos Gerais da Aplicação 5 Requisitos Mínimos e Recomendados 5 Processo de Instalação 6 MANUAL DO UTILIZADOR A informação contida neste manual, pode ser alterada sem qualquer aviso prévio. A Estratega Software, apesar dos esforços constantes de actualização deste manual e do produto de software,

Leia mais

CSSNET CANDIDATURAS ONLINE

CSSNET CANDIDATURAS ONLINE CSSNET CANDIDATURAS ONLINE f d. c a n d i d a t u r a s. u l i s b o a. p t Para efetuar o processo de candidatura deverá aceder ao site abaixo indicado. Link: https://fd.candidaturas.ulisboa.pt (Portal

Leia mais

O que é a iniciativa de marcação de consultas pela Internet eagenda? Simplificar e melhorar o acesso a cuidados de saúde. O que é o eagenda?

O que é a iniciativa de marcação de consultas pela Internet eagenda? Simplificar e melhorar o acesso a cuidados de saúde. O que é o eagenda? O que é a iniciativa de marcação de consultas pela Internet Simplificar e melhorar o acesso a cuidados de saúde Pedir Receitas A de pela Internet, no âmbito do Programa Simplex, surge no seguimento do

Leia mais

CERTIDÕES UNIFICADAS

CERTIDÕES UNIFICADAS CERTIDÕES UNIFICADAS Manual de operação Perfil Cartório CERTUNI Versão 1.0.0 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Departamento de Inovação Tecnológica Divisão de Tecnologia da Informação Sumário LISTA DE FIGURAS... 2

Leia mais

GUIA DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO. (Módulo da Entidade Parceira Exclusivamente Financiadora)

GUIA DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO. (Módulo da Entidade Parceira Exclusivamente Financiadora) ACÇÃO 4.2.2 REDES TEMÁTICAS DE INFORMAÇÃO E DIVULGAÇÃO GUIA DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO (Módulo da Entidade Parceira Exclusivamente Financiadora) União Europeia FEADER PRODER 1 INSTRUÇÕES PARA UMA CORRECTA

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR

MANUAL DO UTILIZADOR MANUAL DO UTILIZADOR SISTEMA DE INFORMAÇÃO FORMAÇÃO CONTÍNUA (Art.21.º do Decreto-Lei n.º22/2014, de 11 de fevereiro) 6 de julho de 2015 Índice 1. ENQUADRAMENTO... 5 1.1 Objetivo... 5 1.2 Contactos Úteis...

Leia mais

Sistema de Gestão de Ciclo de Vida de Farmácias AVP003. Manual de Utilizador Externo - Entregas ao Domicílio e Vendas via Internet

Sistema de Gestão de Ciclo de Vida de Farmácias AVP003. Manual de Utilizador Externo - Entregas ao Domicílio e Vendas via Internet Sistema de Gestão de Ciclo de Vida de Farmácias AVP003 Manual de Utilizador Externo - Entregas ao Domicílio e Vendas via de Índice 1 Introdução... 4 1.1 Objetivo...4 1.2 Funcionalidades...5 1.3 Autenticação...5

Leia mais

TUTORIAL. Como criar um blogue/página pessoal no WordPress

TUTORIAL. Como criar um blogue/página pessoal no WordPress TUTORIAL Como criar um blogue/página pessoal no WordPress Índice Criar o blogue... 3 Alterar as definições gerais... 4 Alterar tema... 6 Criar Páginas... 7 Colocar Posts (citações)... 9 Upload de ficheiros...

Leia mais

actualização gratuita *para clientes Gnotarium com contrato de manutenção activo.

actualização gratuita *para clientes Gnotarium com contrato de manutenção activo. novidades da versão 4.0 Registo automóvel o Pedido de certidão automóvel o Pedidos de registo automóvel o Estado dos pedidos Registo predial o Pedido de certidão predial o Pedido de depósito o Pedido de

Leia mais

FAQ s para os Administradores do Sistema

FAQ s para os Administradores do Sistema FAQ s para os Administradores do Sistema Este documento disponibiliza FAQ s sobre vários temas. Clique sobre o tema que lhe interessa para aceder às respetivas FAQ s. FAQ s sobre a credenciação do Administrador

Leia mais

Manual de Autenticação na Plataforma

Manual de Autenticação na Plataforma Manual de Autenticação na Plataforma Índice 1. Autenticação na Plataforma... 3 1.1 Autenticação Via Certificado... 3 1.2 Autenticação Via Cartão de Cidadão... 3 2. Autenticação Via Certificado... 4 2.1

Leia mais

SISTEMA COOL 2.0V. (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO

SISTEMA COOL 2.0V. (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA COOL 2.0V (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO ÍNDICE Pré-requisitos para utilização do sistema....2 Parte I Navegador...2 Parte II Instalação do Interpretador de PDF...2 Parte III

Leia mais

Documento de actualização funcional. Refª JURI-DEV-20121221-v1

Documento de actualização funcional. Refª JURI-DEV-20121221-v1 Documento de actualização funcional Refª JURI-DEV-20121221-v1 21 de Dezembro de 2012 Índice 1 Certificação com envio de ficheiro SAFT-PT para AT... 3 1.1 Sobre a Certificação... 3 1.2 Novas regras para

Leia mais

Internet Update de PaintManager TM. Manual de registo do utilizador

Internet Update de PaintManager TM. Manual de registo do utilizador Internet Update de PaintManager TM Manual de registo do utilizador ÍNDICE O que é o registo CTS? 3 Como é realizado o pedido de registo? 3 Opção 1: Se o número de registo CTS for conhecido 3 Passo 1: 3

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO PEDIDO DE USO DE ECF MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO PEDIDO DE USO DE ECF MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO PEDIDO DE USO DE ECF MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0 Belém Agosto - 2013 1 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 2. Identificação Acesso ao Sistema... 4 3. Painel

Leia mais

MANUAL ARTSOFT Mobile Pre Sales

MANUAL ARTSOFT Mobile Pre Sales MANUAL ARTSOFT Mobile Pre Sales INDÍCE O que é?... 3 Como se configura?... 3 ARTSOFT... 3 ANDROID... 3 Login... 4 Home... 5 Funcionalidades... 6 Sincronização... 6 Contas... 7 Consultas... 7 Resumos...

Leia mais

Procedimentos para a divulgação de eventos no site da ECUM

Procedimentos para a divulgação de eventos no site da ECUM Procedimentos para a divulgação de eventos no site da ECUM Pressupostos introdutórios 3 Descrição da tarefa 4 Autenticação/Login 4 Página de entrada 4 Criar um novo evento 5 Colocar um evento em destaque

Leia mais

Objectivos Gerais da Aplicação 5 Requisitos Mínimos e Recomendados 5 Processo de Instalação 6

Objectivos Gerais da Aplicação 5 Requisitos Mínimos e Recomendados 5 Processo de Instalação 6 MANUAL DO UTILIZADOR A informação contida neste manual, pode ser alterada sem qualquer aviso prévio. A Estratega Software, apesar dos esforços constantes de actualização deste manual e do produto de software,

Leia mais

MANUAL VERSÃO 4.14 0

MANUAL VERSÃO 4.14 0 0 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 2 1. O QUE É O EOL?... 2 2. ACESSANDO O EOL... 2 3. TELA INICIAL... 3 4. EXAMES ADMISSIONAIS... 4 5. MUDANÇA DE FUNÇÃO... 7 6. EXAMES DEMISSIONAL E RETORNO AO TRABALHO... 8 7. EXAMES

Leia mais

Manual de Utilizador Aplicação Cliente Web Versão 1.0.00

Manual de Utilizador Aplicação Cliente Web Versão 1.0.00 Manual de Utilizador Aplicação Cliente Web Versão 1.0.00 Edição 1 Agosto 2011 Elaborado por: GSI Revisto e Aprovado por: COM/ MKT Este manual é propriedade exclusiva da empresa pelo que é proibida a sua

Leia mais

Versão Data Autor(es) Revisor(es) Alterações Aprovação 1.0 2013 11 20 M.B. Elisa Decq. Regina Bento Mota 1.01 2013 12 09 M.B.

Versão Data Autor(es) Revisor(es) Alterações Aprovação 1.0 2013 11 20 M.B. Elisa Decq. Regina Bento Mota 1.01 2013 12 09 M.B. Manual PASEP Controlo do documento Versão Data Autor(es) Revisor(es) Alterações Aprovação 1.0 2013 11 20 M.B. Elisa Decq Regina Bento Mota 1.01 2013 12 09 M.B. Elisa Decq Mota Regina Bento PASEP v.1.01

Leia mais

PAINEL DE ADMINISTRADOR

PAINEL DE ADMINISTRADOR PAINEL DE ADMINISTRADOR IMPORTANTE: O Painel de administrador APENAS deverá ser utilizado pelo responsável do sistema. são: Nesta aplicação, poderá configurar todo o sistema de facturação. As opções do

Leia mais

PRIMAVERA EXPRESS: Funcionalidades do Produto

PRIMAVERA EXPRESS: Funcionalidades do Produto PRIMAVERA EXPRESS: Funcionalidades do Produto Como efetuo a mudança de ano do Ponto de Venda? No Programa Express aceda a Tabelas Pontos de Venda Postos de Venda abrir o separador Movimentos Caixa e: -

Leia mais

1.1 Candidaturas on-line

1.1 Candidaturas on-line 1.1 Candidaturas on-line Para efectuar o processo de candidatura o candidato deverá aceder ao portal do ICS e clicar na informação com a

Leia mais

EAmb V.1 ESPOSENDE AMBIENTE. GestProcessos Online. Manual do Utilizador

EAmb V.1 ESPOSENDE AMBIENTE. GestProcessos Online. Manual do Utilizador EAmb V.1 ESPOSENDE AMBIENTE GestProcessos Online Manual do Utilizador GestProcessos Online GABINETE DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO EAmb Esposende Ambiente, EEM Rua da Ribeira 4740-245 - Esposende

Leia mais

Guia de Ambientação Março/2011

Guia de Ambientação Março/2011 Guia de Ambientação Março/2011 APRESENTAÇÃO Caro cursista, Bem vindo ao Guia de Ambientação. Este documento é dirigido a você, participante. Com ele, você conhecerá como está estruturada a interface de

Leia mais

SRCT Sistema de Gestão de Receitas e Cobrança de Taxas

SRCT Sistema de Gestão de Receitas e Cobrança de Taxas 01-01-2006 SRCT Sistema de Gestão de Receitas e Cobrança de Taxas Rev 1.0 1 INDICE 1 Indice... 2 2 Introdução... 3 2.1 Acesso ao sistema... 3 3 Login... 4 3.1 Primeiro Login... 4 4 Gestão de Declarações...

Leia mais

Certidão Online Manual do Usuário

Certidão Online Manual do Usuário JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Certidão Online Manual do Usuário Versão 3.1 Lista de Tópicos - Navegação Rápida CADASTRANDO O USUÁRIO... 3 ACESSANDO O SISTEMA... 5 CERTIDAO SIMPLIFICADA NADA

Leia mais

APOIO AO BENEFICIÁRIO - FEDER - - MAIS CENTRO - GUIA DE SUBMISSÃO ELECTRÓNICA DOS PEDIDOS DE PAGAMENTO

APOIO AO BENEFICIÁRIO - FEDER - - MAIS CENTRO - GUIA DE SUBMISSÃO ELECTRÓNICA DOS PEDIDOS DE PAGAMENTO APOIO AO BENEFICIÁRIO - FEDER - - MAIS CENTRO - GUIA DE SUBMISSÃO ELECTRÓNICA DOS PEDIDOS DE PAGAMENTO GUIA DE PREENCHIMENTO: - SUBMISSÃO ELECTRÓNICA DOS PEDIDOS DE PAGAMENTO - SUBMISSÃO DE CHECK-LIST

Leia mais

Manual Do Usuário ClinicaBR

Manual Do Usuário ClinicaBR Manual Do Usuário ClinicaBR SUMÁRIO 1 Introdução... 01 2 ClinicaBR... 01 3 Como se cadastrar... 01 4 Versão experimental... 02 5 Requisitos mínimos p/ utilização... 03 6 Perfis de acesso... 03 6.1 Usuário

Leia mais

M a n u a l d o C a n d i d a t o

M a n u a l d o C a n d i d a t o Para efetuar o processo de candidatura deve aceder ao link: http://ff.academicos.ul.pt/cssnetff Tenha sempre em atenção que durante o seu processo de candidatura todos os campos assinalados com * são de

Leia mais

BALCÃO DIGITAL. Manual de Utilização

BALCÃO DIGITAL. Manual de Utilização BALCÃO DIGITAL Manual de Utilização BALCÃO DIGITAL 2 ÍNDICE COMO ADERIR ADESÃO À CARTEIRA DE SERVIÇOS DO BALCÃO DIGITAL ACTIVAÇÃO DA CARTEIRA DE SERVIÇOS DO BALCÃO DIGITAL Contratos Comunicar Leitura Adesão

Leia mais

Aprovação da Ficha de Tratamento Beneficiários Correios.

Aprovação da Ficha de Tratamento Beneficiários Correios. Aprovação da Ficha de Tratamento Beneficiários Correios. Requisitos Para acessar o sistema de aprovação de Ficha de Tratamento Eletrônica Correios é preciso ter instalado no computador um (Navegadores

Leia mais

- Instruções para Aplicação de Geração do Ficheiro Prestação -

- Instruções para Aplicação de Geração do Ficheiro Prestação - ACSS Administração Central do Sistema de Saúde, I.P. - Instruções para Aplicação de Geração do Ficheiro Prestação - Meios Complementares de Diagnóstico e Terapêutica Novembro de 2013 1/24 ÍNDICE ÍNDICE...

Leia mais

Manual de Procedimentos. Câmaras Municipais

Manual de Procedimentos. Câmaras Municipais Manual de Procedimentos Câmaras Municipais índice PÁGINA INICIAL... 4 1. Acesso à área reservada... 4 2. Recuperar senha de acesso... 4 3. Lembrar palavra-passe... 5 4. Consulta de legislação relacionada

Leia mais

Acordo de licenciamento do EMPRESÁRIO

Acordo de licenciamento do EMPRESÁRIO Acordo de licenciamento do EMPRESÁRIO Ao abrir a caixa do CD que contém o programa EMPRESÁRIO, o utilizador aceita os termos do contracto de licenciamento deste acordo. Licença Garantias A T&T outorga-lhe

Leia mais

Guia de Depósito Teses

Guia de Depósito Teses Guia de Depósito Teses Descreva o documento que está a depositar Página 1 Se seleccionar todas as opções nesta página, visualizará um formulário diferente, modificado com o intuito de capturar informações

Leia mais

Manual do Nero ControlCenter

Manual do Nero ControlCenter Manual do Nero ControlCenter Nero AG Informações sobre direitos de autor e marcas O manual do Nero ControlCenter e todo o seu conteúdo estão protegidos pelos direitos de autor e são propriedade da Nero

Leia mais

Google Sites. A g r u p a m e n t o C a m p o A b e r t o 2 0 1 0 / 2 0 1 1

Google Sites. A g r u p a m e n t o C a m p o A b e r t o 2 0 1 0 / 2 0 1 1 Google Sites A g r u p a m e n t o C a m p o A b e r t o 2 0 1 0 / 2 0 1 1 1. Google Sites A Google veio anunciar que, para melhorar as funcionalidades centrais do Grupos Google, como listas de discussão

Leia mais

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas 2014 V.1.0 SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Contas Médicas SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Módulos CONTAS MÉDICAS Capa

Leia mais

Manual de Administração Intranet BNI

Manual de Administração Intranet BNI Manual de Administração Intranet BNI Fevereiro - 2010 Índice 1. Apresentação... 3 2. Conceitos... 5 3. Funcionamento base da intranet... 7 3.1. Autenticação...8 3.2. Entrada na intranet...8 3.3. O ecrã

Leia mais

O Akropole em três tempos...

O Akropole em três tempos... Akropole O Akropole em três tempos... O Akropole foi desenvolvido de forma que o utilizador não necessite de qualquer formação específica, pelo que também não existe a necessidade de um formal Manual do

Leia mais

Índice. Como aceder ao serviço de Certificação PME? Como efectuar uma operação de renovação da certificação?

Índice. Como aceder ao serviço de Certificação PME? Como efectuar uma operação de renovação da certificação? Índice Como aceder ao serviço de Certificação PME? Como efectuar uma operação de renovação da certificação? Como efectuar uma operação de confirmação de estimativas? Como aceder ao Serviço de Certificação

Leia mais

Ministério das Finanças Instituto de Informática. Departamento de Sistemas de Informação

Ministério das Finanças Instituto de Informática. Departamento de Sistemas de Informação Ministério das Finanças Instituto de Informática Departamento de Sistemas de Informação Assiduidade para Calendários Específicos Junho 2010 Versão 6.0-2010 SUMÁRIO 1 OBJECTIVO 4 2 ECRÃ ELIMINADO 4 3 NOVOS

Leia mais

Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária)

Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária) Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária) /curriculum Julho de 2008 Versão 1.1 1 Introdução O objectivo deste guia é auxiliar o utilizador da Plataforma

Leia mais

Como produzir e publicar uma apresentação online dinâmica (Prezi)

Como produzir e publicar uma apresentação online dinâmica (Prezi) Como produzir e publicar uma apresentação online dinâmica (Prezi) Este módulo irá ensinar-lhe como produzir e publicar uma apresentação online dinâmica usando o programa Prezi. A produção de uma apresentação

Leia mais

Manual de Transição TWT Sítio de Disciplina para Moodle 2.6

Manual de Transição TWT Sítio de Disciplina para Moodle 2.6 Universidade Católica Portuguesa Direcção de Sistemas de Informação Manual de Transição TWT Sítio de Disciplina para Moodle 2.6 Manual de utilização - Docentes DSI Outubro 2014 V2.6 ÍNDICE 1 OBJETIVO DESTE

Leia mais

Perguntas Frequentes Assinatura Digital

Perguntas Frequentes Assinatura Digital Perguntas Frequentes Assinatura Digital Conteúdo Onde posso obter a minha assinatura digital qualificada... 1 O que preciso para assinar um documento com o cartão de cidadão... 1 Como assinar um documento

Leia mais

MINISTÉRIO DO AMBIENTE E DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO. Manual de Utilizador. Portal TRH

MINISTÉRIO DO AMBIENTE E DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO. Manual de Utilizador. Portal TRH MINISTÉRIO DO AMBIENTE E DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO Manual de Utilizador Portal TRH Novembro de 2009 ÍNDICE 1. Introdução...2 2. Registo...4 3. Visualização e criação de operadores...8 4. Introdução

Leia mais

Guia do Signatário SAP DocuSign

Guia do Signatário SAP DocuSign Guia do Signatário SAP DocuSign Índice 1. Guia do Signatário SAP DocuSign... 2 2. Receber uma notificação por e-mail... 2 3. Assinar o documento... 3 4. Outras opções... 4 4.1 Terminar mais tarde... 4

Leia mais

Manual do Sistema de Cadastro de Cultivares Locais, Tradicionais e Crioulas

Manual do Sistema de Cadastro de Cultivares Locais, Tradicionais e Crioulas Ministério do Desenvolvimento Agrário Secretaria da Agricultura Familiar Departamento de Financiamento e Proteção da Produção Seguro da Agricultura Familiar Manual do Sistema de Cadastro de Cultivares

Leia mais

Entrega de Folhas de Férias

Entrega de Folhas de Férias Entrega de Folhas de Férias Guia do Utilizador Versão 4.0 Agosto/ 2014 Índice 1. Introdução 2. Criar/ Validar Folhas de Férias 3. Acesso à funcionalidade 4. Inserir/ Consultar Folhas de Férias 5. Comprovativo

Leia mais

Guia de Utilização. Acesso Universal

Guia de Utilização. Acesso Universal Guia de Utilização Índice PREÂMBULO...3 ACESSO À PLATAFORMA...3 ÁREA DE TRABALHO...4 APRESENTAR PROPOSTAS...9 RECEPÇÃO DE ADJUDICAÇÃO...18 PARAMETRIZAÇÃO DA EMPRESA...19 Acesso universal Proibida a reprodução.

Leia mais

Comunicação de Dados de Autenticação e Credenciais de Acesso para Resposta ao Inquérito

Comunicação de Dados de Autenticação e Credenciais de Acesso para Resposta ao Inquérito Mais informação Acesso ao Sistema de Transferência Electrónica de dados de Inquéritos (STEDI). Onde se acede ao sistema de entrega de Inquéritos? Deverá aceder ao sistema através do site do GEP www.gep.mtss.gov.pt

Leia mais

Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb

Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb Dezembro/2012 2 Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb Sumário de Informações do Documento Título do Documento: Resumo:

Leia mais

Manual de candidatura por via electrónica

Manual de candidatura por via electrónica 2 Concursos de Pessoal Docente regulados pelo Decreto Legislativo Regional n.º /2009/M de de Junho. Ano Escolar 2009/2010 Manual de candidatura por via electrónica É essencial que leia este manual antes

Leia mais

ZS Rest. Manual Avançado. Gestão de Stocks Local. v2011

ZS Rest. Manual Avançado. Gestão de Stocks Local. v2011 Manual Avançado Gestão de Stocks Local v2011 1 1. Índice 2. Introdução... 3 3. Iniciar o ZSRest FrontOffice... 4 4. Produto... 5 b) Activar gestão de stocks... 5 i. Opção: Faz gestão de stocks... 5 ii.

Leia mais

Manual de Serviços WEB

Manual de Serviços WEB Manual de Serviços WEB Guias www.expresso24.pt Env_R1.1 Pag. 1 de 6 I Guias inserção de nova guia A opção de Guias permite fazer a gestão de guias do dia: Gravação Consulta Eliminação Logo que entra na

Leia mais

Manual de Utilização Autorizador Web V2

Manual de Utilização Autorizador Web V2 Manual de Utilização Autorizador Web V2 OBJETIVO Esse manual tem como objetivo o auxílio no uso do Autorizador de Guias Web V2 do Padre Albino Saúde. Ele serve para base de consulta de como efetuar todos

Leia mais

M a n u a l d o C a n d i d a t o

M a n u a l d o C a n d i d a t o Para efectuar o processo de candidatura deverá aceder ao site abaixo indicado. Link: http://ff.academicos.ul.pt/cssnetff Para iniciar o processo é necessário clicar no tipo de curso que se pretende candidatar,

Leia mais

Índice. Manual do programa Manage and Repair

Índice. Manual do programa Manage and Repair Manual do programa Manage and Repair Índice 1 Menu Ficheiro... 3 1.1 Entrar como... 3 1.2 Opções do utilizador... 3 2 Administração... 5 2.1 Opções do Programa... 5 2.1.1 Gerais (1)... 5 2.1.2 Gerais (2)...

Leia mais

1.1 Candidaturas on-line

1.1 Candidaturas on-line 1.1 Candidaturas on-line Este manual é um documento de passo a passo de como efetuar a sua candidatura. As imagens apresentadas são exemplos do processo de candidaturas. De acordo com o regime de candidatura

Leia mais

Software de Apoio a Gabinetes na Elaboração de Projetos

Software de Apoio a Gabinetes na Elaboração de Projetos SAGEP Software de Apoio a Gabinetes na Elaboração de Projetos www.sofware-global.info SAGEP geral@software-global.info Página 1 de 30 Destina-se a Gabinetes de Engenharia, Arquitectura ou idênticos, onde

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO Versão 1.0 Julho/2012 ÍNDICE 1 REQUISITOS MÍNIMOS PARA INSTALAÇÃO... 4 1.1 Equipamento e Sistemas Operacionais 4 1.1.1

Leia mais

Office 365 Manual Outlook 365 Web Application

Office 365 Manual Outlook 365 Web Application Office 365 Manual Outlook 365 Web Application Requisitos para usar o Office 365: Ter instalado pelo menos a versão 7 do Internet Explorer, Mozilla Firefox 15, Google Chrome 21 ou Safari no Mac. O que é

Leia mais