MUDANÇA DE ESTADO ROMPIMENTO DE FORÇAS INTERMOLECULARES

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MUDANÇA DE ESTADO ROMPIMENTO DE FORÇAS INTERMOLECULARES"

Transcrição

1 MUDANÇA DE ESTADO ROMPIMENTO DE FORÇAS INTERMOLECULARES

2 DEFORMAÇÃO DA NUVEM ELETRÔNICA EFEITO COLISÃO = CHOQUE ///// EFEITO INDUÇÃO = VARIAÇÃO ELÉTRICA

3 DIPOLO INDUZIDO FORÇAS DE LONDON ///// DIPOLO INSTANTÂNEO

4 MOLÉCULAS APOLARES DIPOLO INSTANTÂNEO ///// DIPOLO INDUZIDO ///// FORÇAS DE LONDON

5 DIPOLO PERMANENTE DIPOLO-DIPOLO ///// DIPOLAR

6 FUNÇÕES ORGÂNICAS POLARES GRUPOS FUNCIONAIS COM DIPOLO PERMANENTE

7 PONTE DE HIDROGÊNIO LIGAÇÃO DE HIDROGÊNIO COM ELEMENTO FORTEMENTE ELETRONEGATIVO

8 EXEMPLO DE PONTE DE HIDROGÊNIO ÁGUA LÍQUIDA

9 EXEMPLO DE PONTE DE HIDROGÊNIO AMÔNIA LIQUEFEITA

10 EXEMPLO DE PONTE DE HIDROGÊNIO ÁCIDO FLUORÍDRICO LIQUEFEITO

11 COMPOSTOS ORGÂNICOS PONTE DE HIDROGÊNIO EM ÁLCOOIS

12 COMPOSTOS ORGÂNICOS PONTE DE HIDROGÊNIO EM ÁCIDOS CARBOXÍLICOS

13 COMPOSTOS ORGÂNICOS PONTE DE HIDROGÊNIO EM AMINAS PRIMÁRIAS

14 INTENSIDADE DAS FORÇAS RELAÇÃO ENTRE O TIPO DE FORÇA INTERMOLECULAR E O PONTO DE EBULIÇÃO

15 EXEMPLO COMPARATIVO ETANO ( 30g/mol ) ///// ETANAL ( 44g/mol ) ///// ETANOL ( 46g/mol )

16 TAMANHO DAS MOLÉCULAS RELAÇÃO ENTRE A EXTENSÃO MOLECULAR E O PONTO DE EBULIÇÃO

17 EXEMPLO COMPARATIVO METANOL ( 32g/mol ) ///// ETANOL ( 46g/mol ) ///// PROPANOL ( 60g/mol )

18 HIDRETOS DA FAMÍLIA 4A GEOMETRIA TETRAÉDRICA ///// MOLÉCULAS APOLARES ///// DIPOLO INDUZIDO

19 HIDRETOS DA FAMÍLIA 6A GEOMETRIA ANGULAR ///// MOLÉCULAS POLARES ///// DIPOLAR E PONTE

20 POLARIDADE E SOLUBILIDADE DISSOLUÇÃO É FUNÇÃO DAS INTERAÇÕES MOLECULARES

21 POLARIDADE E SOLUBILIDADE SEMELHANTE DISSOLVE SEMELHANTE

22 CURIOSIDADE ETANOL HIDRATADO ///// GASOLINA AUTOMOTIVA

23 SOLUBILIDADE DE ÁLCOOIS EM ÁGUA AUMENTO DA PARTE APOLAR DIMINUI A SOLUBILIDADE

24 SABÕES E DETERGENTES REPRESENTAÇÃO GENÉRICA

25 TETRAVALÊNCIA DO CARBONO CADEIA FECHADA

26 MUSIQUINHA ESSA TAL SOLUBILIDADE Agora vou estudar um capítulo a parte Vou me dedicar apenas a solução Quanto ao estado físico é muito fácil O estado do solvente é classificação Eu não estou errado, presto atenção Então o solvente é o dispersante E o soluto está disperso numa solução Não esqueça semelhante dissolve semelhante Quero aprovar, vou gabaritar Tô estudando noite e dia Quero aprender pra não esquecer A química que eu queria

27 QUESTÃO EXTRA FORÇAS INTERMOLECULARES ( Unesp-2012 ) O magma que sai dos vulcões durante as erupções é constituído por rochas fundidas e vários tipos de gases e vapores, tais como CO, CO 2, SO 2, SO 3, HCl e H 2 O. A respeito dessas substâncias, são feitas as seguintes afirmações: I. Quando dissolvidos em água, os gases CO 2, SO 2, SO 3 e HCl geram soluções eletrolíticas cujo ph é menor que 7. II. As moléculas de CO 2, SO 2 e H 2 O apresentam geometria linear. III. No estado sólido, as moléculas de CO 2 encontram-se atraídas entre si por ligações de hidrogênio muito intensas. É correto o que se afirma em: a) I, apenas. b) II, apenas. c) I e II, apenas. d) II e III, apenas. e) I, II e III. RESPOSTA [A]

28 QUESTÃO EXTRA FORÇAS INTERMOLECULARES ( Ita-2012 ) Considere as seguintes afirmações a respeito dos haletos de hidrogênio HF, HCl, HBr e HI. Julgue verdadeiro ou falso. ( ) À temperatura de ebulição do HI é maior do que a dos demais. ( ) À exceção do HF, os haletos de hidrogênio dissociam-se completamente em água. RESPOSTA [FV]

29 QUESTÃO EXTRA FORÇAS INTERMOLECULARES ( Fuvest-2012 ) Considere os seguintes compostos isoméricos: CH 3 CH 2 CH 2 CH 2 ---OH CH 3 CH 2 ---O---CH 2 CH 3 butanol éter dietílico Certas propriedades de cada uma dessas substâncias dependem das interações entre as moléculas que a compõem. Assim, pode-se concluir que: a) a uma mesma pressão, o éter dietílico sólido funde a uma temperatura mais alta do que o butanol sólido. b) a uma mesma temperatura, a viscosidade do éter dietílico líquido é maior do que a do butanol líquido. c) a uma mesma pressão, o butanol líquido entra em ebulição a uma temperatura mais alta do que o éter dietílico líquido. d) a uma mesma pressão, massas iguais de butanol e éter dietílico liberam, na combustão, a mesma quantidade de calor. e) nas mesmas condições, o processo de evaporação do butanol líquido é mais rápido do que o do éter dietílico líquido. RESPOSTA [C]

30 QUESTÃO EXTRA FORÇAS INTERMOLECULARES ( Fuvest ) Uma das propriedades que determina maior ou menor concentração de uma vitamina na urina é a sua solubilidade em água. a) Qual dessas vitaminas é mais facilmente eliminada na urina? Justifique. b) Dê uma justificativa para o ponto de fusão da vitamina C ser superior ao da vitamina A. a) A vitamina C, maior quantidade de grupos ( OH ). b) Maior quantidade de pontes de hidrogênio.

31 QUESTÃO EXTRA FORÇAS INTERMOLECULARES ( Ufes ) A trimetilamina e a propilamina possuem exatamente a mesma massa molecular e, no entanto, pontos de ebulição ( PE ) diferentes. O tipo de força intermolecular que explica esse fato é: a) ligação covalente apolar. b) ligação covalente polar. c) ligação iônica. d) ligação de hidrogênio. e) força de Van der Waals. RESPOSTA [D]

32 QUESTÃO EXTRA FORÇAS INTERMOLECULARES ( Ufg ) Quando uma pessoa inala benzeno, seu organismo dispara um mecanismo de defesa que o transforma no catecol, uma substância hidrossolúvel, como representado, a seguir. a) Por que o catecol é mais solúvel em água que o benzeno? b) Explique por que a temperatura ambiente e a 1 atm, o oxigênio é gás, o benzeno é líquido e o catecol é sólido. a) Devido a presença dos grupos OH, o catecol é uma molécula polar e, portanto, solúvel em H 2 O que também é polar. b) Catecol têm pontes de hidrogênio. Gás oxigênio e benzeno têm dipolo induzido. M ( catecol ) > M ( benzeno ) > M ( O 2 ). O estado de agregação de um sistema depende, principalmente, do tipo de ligação intermolecular e da massa molar. Quanto mais forte a ligação intermolecular e quanto maior a massa molar maior a agregação entre as moléculas. Então: PE ( catecol ) > PE ( benzeno ) > PE ( O 2 ).

Disciplina: Química A

Disciplina: Química A Disciplina: Química A EXTENSIVO E TERCEIRÃO PÁGINA: 6 EXERCÍCIO: 28.01 O álcool apresenta interações por ligações de hidrogênio, enquanto o hidrocarboneto interage por forças de dipolo induzido, dessa

Leia mais

FCAV/UNESP. ASSUNTO: Forças Intermoleculares e Propriedades Físicas de Compostos Orgânicos. Prof a. Dr a. Luciana Maria Saran

FCAV/UNESP. ASSUNTO: Forças Intermoleculares e Propriedades Físicas de Compostos Orgânicos. Prof a. Dr a. Luciana Maria Saran FCAV/UNESP ASSUNTO: Forças Intermoleculares e Propriedades Físicas de Compostos Orgânicos Prof a. Dr a. Luciana Maria Saran 1 FORÇAS INTERMOLECULARES Fonte: BARBOSA, 2004. 2 FORÇAS INTERMOLECULARES 1.

Leia mais

FCAV/UNESP. ASSUNTO: Forças Intermoleculares. Prof a. Dr a. Luciana Maria Saran

FCAV/UNESP. ASSUNTO: Forças Intermoleculares. Prof a. Dr a. Luciana Maria Saran FCAV/UNESP ASSUNTO: Forças Intermoleculares Prof a. Dr a. Luciana Maria Saran 1 2 FLUXOGRAMA PARA RECONHECER OS PRINCIPAIS TIPOS DE FORÇAS INTERMOLECULARES 3 ENERGIA TÍPICA REQUERIDA PARA O ROMPIMENTO

Leia mais

Propriedades Físicas de Compostos Orgânicos

Propriedades Físicas de Compostos Orgânicos Os principais fatores que influenciam nas propriedades físicas dos compostos orgânicos são: O tamanho das moléculas; Os tipos de interação intermolecular. Temperatura de Ebulição e Fusão Quanto mais fortes

Leia mais

Ligações Interatômicas: IÔNICA = metal + não-metal COVALENTE = não-metais METÁLICA = metais

Ligações Interatômicas: IÔNICA = metal + não-metal COVALENTE = não-metais METÁLICA = metais Ligações Químicas Ligações Interatômicas: IÔNICA = metal + não-metal COVALENTE = não-metais METÁLICA = metais Ligação iônica Transferência de elétrons de um átomo para outro Íons de cargas opostas Forças

Leia mais

RESOLUÇÃO DA LISTA COMPLEMENTAR INTERAÇÕES INTERMOLECULARES E SUA ASSOCIAÇÃO COM PROPRIEDADES FÍSICAS DAS SUBSTÂNCIAS

RESOLUÇÃO DA LISTA COMPLEMENTAR INTERAÇÕES INTERMOLECULARES E SUA ASSOCIAÇÃO COM PROPRIEDADES FÍSICAS DAS SUBSTÂNCIAS RESOLUÇÃO DA LISTA COMPLEMENTAR INTERAÇÕES INTERMOLECULARES E SUA ASSOCIAÇÃO COM PROPRIEDADES FÍSICAS DAS SUBSTÂNCIAS 1 E Molécula A: apesar de essa molécula apresentar somente ligações polares (entre

Leia mais

- TEMPERATURA DE EBULIÇÃO - SOLUBILIDADE

- TEMPERATURA DE EBULIÇÃO - SOLUBILIDADE PROPRIEDADES FÍSICAS DOS COMPOSTOS ORGÂNICOS - TEMPERATURA DE EBULIÇÃO - SOLUBILIDADE TEMPERATURA DE EBULIÇÃO Depende do tipo de -LIGAÇÃO INTERMOLECULAR e do - TAMANHO DAS MOLÉCULAS LIGAÇÕES INTERMOLECULARES

Leia mais

CIÊNCIAS DA NATUREZA - QUÍMICA Prof. Adriana Strelow 1º Ano

CIÊNCIAS DA NATUREZA - QUÍMICA Prof. Adriana Strelow 1º Ano CIÊNCIAS DA NATUREZA - QUÍMICA Prof. Adriana Strelow 1º Ano - 2016 Geometria molecular : Forma como os átomos estão espacialmente dispostos em uma molécula. A geometria de uma molécula depende do número

Leia mais

PROPRIEDADES FÍSICAS DOS COMPOSTOS ORGÂNICOS

PROPRIEDADES FÍSICAS DOS COMPOSTOS ORGÂNICOS PROPRIEDADES FÍSICAS DOS COMPOSTOS ORGÂNICOS As propriedades físicas dos compostos orgânicos podem ser interpretadas, e muitas vezes até previstas, a partir do conhecimento das ligações químicas que unem

Leia mais

Química 2º Ano. Professora Cristina Lorenski Ferreira

Química 2º Ano. Professora Cristina Lorenski Ferreira Química 2º Ano Professora Cristina Lorenski Ferreira 2016 1 GEOMETRIA MOLECULAR POLARIDADE DAS MOLÉCULAS INTERAÇÕES INTERMOLECULARES PROFESSORA CRISTINA LORENSKI FERREIRA 2 ALGUNS QUESTIONAMENTOS Como

Leia mais

LIGAÇÕES QUÍMICAS INTERMOLECULARES

LIGAÇÕES QUÍMICAS INTERMOLECULARES LIGAÇÕES QUÍMICAS INTERMOLECULARES Ligações Químicas INTRAmoleculares INTERmoleculares Tipo de Ligação Química INTERMOLECULAR INTRAMOLECULAR Magnitude Comparativamente FRACA FORTE Polaridade em Ligações

Leia mais

LIGAÇÕES INTERMOLECULARES

LIGAÇÕES INTERMOLECULARES Chama-se ligações intermoleculares, ou forças intermoleculares, a forças atrativas entre moléculas ou átomos sem que haja partilha significativa de eletrões. As ligações intermoleculares devem-se a forças

Leia mais

Ligações químicas. Forças de ligações secundárias

Ligações químicas. Forças de ligações secundárias Ligações químicas Forças de ligações secundárias 1 Introdução Forças intermoleculares. Genericamente - são responsáveis pela possibilidade de liquefação e solidificação das moléculas. São de fraca intensidade

Leia mais

Estrutura Molecular, Ligações Químicas e Propriedades dos Compostos Orgânicos

Estrutura Molecular, Ligações Químicas e Propriedades dos Compostos Orgânicos Universidade Federal de Campina Grande Centro de Ciências e Tecnologia Agroalimentar Profa. Roberlucia A. Candeia Disciplina: Química Orgânica Estrutura Molecular, Ligações Químicas e Propriedades dos

Leia mais

FORÇAS INTERMOLECULARES

FORÇAS INTERMOLECULARES FORÇAS INTERMOLECULARES São as forças que mantêm os sólidos e líquidos unidos. A ligação covalente que mantém uma molécula unida é uma força intramolecular. A atração entre moléculas é uma força intermolecular.

Leia mais

LISTA LIGAÇÕES INTERMOLECULARES 3ª UL PROFª CLECIANE

LISTA LIGAÇÕES INTERMOLECULARES 3ª UL PROFª CLECIANE Ensino Médio LISTA LIGAÇÕES INTERMOLECULARES 3ª UL PROFª CLECIANE 1. (Cesgranrio 1990) Analise o tipo de ligação química existentes nas diferentes substâncias: Cl 2, HI, H 2 O e NaCl, e assinale a alternativa

Leia mais

FORÇAS INTERMOLECULARES

FORÇAS INTERMOLECULARES FORÇAS INTERMOLECULARES FORÇAS INTERMOLECULARES A intensidade das forças intermoleculares em diferentes substâncias varia em uma grande faixa, mas elas são muito mais fracas que ligações iônicas covalentes.

Leia mais

Química Fascículo 02 Elisabeth Pontes Araújo Elizabeth Loureiro Zink José Ricardo Lemes de Almeida

Química Fascículo 02 Elisabeth Pontes Araújo Elizabeth Loureiro Zink José Ricardo Lemes de Almeida Química Fascículo 02 Elisabeth Pontes Araújo Elizabeth Loureiro Zink José Ricardo Lemes de Almeida Índice Ligação Covalente...1 Ligação Iônica...3 Teoria de Lewis...5 Ligações Intermoleculares...6 Exercícios...7

Leia mais

Princípios fisico-químicos laboratoriais. Aula 08 Profº Ricardo Dalla Zanna

Princípios fisico-químicos laboratoriais. Aula 08 Profº Ricardo Dalla Zanna Princípios fisico-químicos laboratoriais Aula 08 Profº Ricardo Dalla Zanna Conteúdo Programático Unidade 3 Química orgânica o Seção 3.1 Ligação e estrutura molecular o Seção 3.2 Funções orgânicas - Hidrocarbonetos

Leia mais

Capítulo 6 - LIGAÇÕES QUÍMICAS-resoluções

Capítulo 6 - LIGAÇÕES QUÍMICAS-resoluções Capítulo 6 - LIGAÇÕES QUÍMICAS-resoluções 1-C X e T devem ter a mesma carga com sinais contrários: +1 e -1, +2 e -2 ou +3 e -3. 2-B A) Fe 2 S 3 B) CsCl C) CaI 2 D) Al 2 3 E) Ba 3 N 2 Quanto maior a diagonal

Leia mais

O que veremos hoje? Voltados para a Orgânica! Revisão de: Polaridade Forças intermoleculares: Dipolo-dipolo Dipolo induzido-dipolo induzido

O que veremos hoje? Voltados para a Orgânica! Revisão de: Polaridade Forças intermoleculares: Dipolo-dipolo Dipolo induzido-dipolo induzido O que veremos hoje? Revisão de: Polaridade Forças intermoleculares: Dipolo-dipolo Dipolo induzido-dipolo induzido Dipolo-dipolo induzido Ligação de Hidrogênio Voltados para a Orgânica! Intensidade das

Leia mais

29/2/2008. Interações intermoleculares

29/2/2008. Interações intermoleculares Química 2 ano Forças Intermoleculares Décio Helena Fev/08 O tipo de interação existente entre as moléculas e/ou íons definem algumas propriedades importantes das substâncias, como o estado físico, temperaturas

Leia mais

Qui. Semana. Allan Rodrigues Gabriel Pereira (Renan Micha)

Qui. Semana. Allan Rodrigues Gabriel Pereira (Renan Micha) Semana 4 Allan Rodrigues Gabriel Pereira (Renan Micha) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados.

Leia mais

Interações intermoleculares e sua influência nas propriedades das substâncias

Interações intermoleculares e sua influência nas propriedades das substâncias Interações intermoleculares e sua influência nas propriedades das substâncias Forças intermoleculares Forças intermoleculares são forças de coesão entre as moléculas São muito mais fracas do que as ligações

Leia mais

Ligações Químicas Interações Intermoleculares

Ligações Químicas Interações Intermoleculares Ligações Químicas Interações Intermoleculares WWW.QUIMUSICANDO.ZZ.VC Prof. Jackson Alves Ligações intermoleculares O que mantém as moléculas unidas nos estados líquido e sólido? Que força faz a água, contrariando

Leia mais

QUÍMICA FRENTE II FICHA 9 POLARIDADE MOLECULAR

QUÍMICA FRENTE II FICHA 9 POLARIDADE MOLECULAR Polaridade de Ligações Como já discutido, os átomos possuem eletronegatividade diferente e a diferença de eletronegatividade entre eles é fundamental para entender as ligações químicas e polaridade das

Leia mais

Forças Intermoleculares

Forças Intermoleculares Forças Intermoleculares Você já se perguntou por que a água forma gotas ou como os insetos conseguem caminhar sobre a água? Gota d'água caindo sobre a superfície da água. Inseto pousado sobre a superfície

Leia mais

Interações intermoleculares

Interações intermoleculares Comparações entre ligações e interações químicas Ligação covalente : Interação intramolecular Ligação de hidrogênio: Interação intermolecular Forças íon-dipolo Existem entre um íon e a carga parcial em

Leia mais

LUAULA. Professor: Eduardo Ulisses

LUAULA. Professor: Eduardo Ulisses LUAULA Professor: Eduardo Ulisses Sobre as ligações químicas, analise as afirmativas. I. Nas estruturas de Lewis, a ligação covalente resulta do compartilhamento de um par de elétrons entre dois átomos.

Leia mais

Ajuda a descrever o compartilhamento dos elétrons entre os átomos

Ajuda a descrever o compartilhamento dos elétrons entre os átomos Polaridade, Geometria Molecular e Forças Intermoleculares Polaridade das Ligações Ajuda a descrever o compartilhamento dos elétrons entre os átomos Ligações covalentes Apolares: elétrons são compartilhados

Leia mais

Aula 10 26/mai Marcelo Ligação iônica versus ligação covalente Veja as ligações esquematizadas abaixo, cada qual acompanhada do respectivo valor de diferença (Δ, delta) entre as eletronegatividades de

Leia mais

H 2 C OCH 3 H 2 C OH EXERCÍCIOS DE CLASSE

H 2 C OCH 3 H 2 C OH EXERCÍCIOS DE CLASSE EXERCÍCIOS DE CLASSE 1- De um modo geral, o ponto de ebulição dos compostos orgânicos cresce com o aumento do peso molecular, o que não acontece com os compostos do quadro abaixo: COMPOSTO PESO MOLECULAR

Leia mais

FORÇAS INTERMOLECULARES QUÍMICA GERAL

FORÇAS INTERMOLECULARES QUÍMICA GERAL FORÇAS INTERMOLECULARES QUÍMICA GERAL FORÇAS INTERMOLECULARES As forças intermoleculares, forças que existem entre as moléculas, contribuem em grande parte com as propriedades físicas apresentadas pelos

Leia mais

Aula 15 15/mai Rafael

Aula 15 15/mai Rafael Aula 15 15/mai Rafael Em condições ambientes, compostos iônicos são sólidos devido à forte atração entre seus cátions e ânions. Metais são quase todos sólidos devido à ligação metálica. Já os compostos

Leia mais

Química Orgânica I. Formas de representação de moléculas orgânicas e interações intermoleculares Aula 3

Química Orgânica I. Formas de representação de moléculas orgânicas e interações intermoleculares Aula 3 Química rgânica I Formas de representação de moléculas orgânicas e interações intermoleculares Aula 3 Profa. Alceni Augusta Werle ProfaTânia Márcia Sacramento Melo 2- Formas de representação de moléculas

Leia mais

06) Considere a aparelhagem desenhada a seguir, empregada para testes de condutividade elétrica. O teste deu positivo com qual dos líquidos?

06) Considere a aparelhagem desenhada a seguir, empregada para testes de condutividade elétrica. O teste deu positivo com qual dos líquidos? TEORIA DE ARRHENIUS 01) (Puc-SP) Dados os compostos A: CH 3 COONa (Sal: acetato de sódio) B: CH 3 COOH (ácido acético) C: CH 3 CH 2 OH (álcool etílico) D: C 6 H 12 O 6 (glicose) Pede-se: a) Quais os que

Leia mais

Revisão de Ligações Químicas

Revisão de Ligações Químicas Revisão de Ligações s 1. Explique o que é Eletronegatividade. Material de Apoio para Monitoria 2. Explique a Teoria do Octeto. 3. Como funcionam as ligações iônicas? 4. O que são compostos iônicos? Cite

Leia mais

Apostila de Química 04 Compostos Orgânicos

Apostila de Química 04 Compostos Orgânicos 1.0 Introdução Apostila de Química 04 Compostos Orgânicos Composto orgânico Todo elemento que possui carbono na sua composição. Existem exceções grafite, monóxido de carbono, carboidratos... Química orgânica

Leia mais

ÁGUA, SOLUBILIDADE E PH

ÁGUA, SOLUBILIDADE E PH Universidade Federal do Rio de Janeiro Centro de Ciências da Saúde Instituto de Bioquímica Médica Curso: Enfermagem e Obstetrícia ÁGUA, SOLUBILIDADE E PH ÁGUA: UM COMPONENTE E SOLVENTE UNIVERSAL A ÁGUA

Leia mais

4- Lista de exercícios

4- Lista de exercícios 4- Lista de exercícios 1) Qual o princípio químico por trás da expressão semelhante dissolve semelhante? Um bom solvente consegue interagir com o soluto e vencer as interações entre soluto-soluto. Podemos

Leia mais

Critérios de Classificação Específicos da Ficha de Avaliação Sumativa

Critérios de Classificação Específicos da Ficha de Avaliação Sumativa Critérios de Classificação Específicos da Ficha de Avaliação Sumativa Curso Profissional de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos DISCIPLINA: Física e Química Módulo: Q 05/0 0 ºAno de

Leia mais

QUÍMICA. Forças Intermoleculares

QUÍMICA. Forças Intermoleculares Aluno (a): Série: 3ª Turma: TUTORIAL 4R Ensino Médio Equipe de Química Data: QUÍMICA Forças Intermoleculares DEFINIÇÃO: As forças intermoleculares são forças de atração que ocorrem entre as moléculas,

Leia mais

EXPERIÊNCIA 5 SOLUBILIDADE

EXPERIÊNCIA 5 SOLUBILIDADE EXPERIÊNCIA 5 SOLUBILIDADE 1. OBJETIVOS No final desta experiência, espera-se que o aluno seja capaz de: Identificar algumas variáveis que afetam a solubilidade. Utilizar técnicas simples de extração,

Leia mais

Figura 1: Disponível em :

Figura 1: Disponível em : TÍTULO: Explosão de cores MOTIVAÇÃO 1: Figura 1: Disponível em : http://hebertsato.files.wordpress.com/2007/11/ leite2.jpg?w=450 acesso em 22/09/2013 ás 19h:00h MOTIVAÇÃO 2: Ligações químicas - Música

Leia mais

Ressonância, Formas de respresentação de moléculas orgânicas, Forças intermoleculares. Aula 3

Ressonância, Formas de respresentação de moléculas orgânicas, Forças intermoleculares. Aula 3 Universidade Federal de uro Preto Ressonância, Formas de respresentação de moléculas orgânicas, Forças intermoleculares Aula 3 Flaviane Francisco ilário 1 1 Ressonância ESTRUTURA DE LEWIS Explica de maneira

Leia mais

O ALUNO DEVERÁ VIR PARA A AULA DE RECUPERAÇÃO COM A LISTA PRONTA PARA TIRAR DÚVIDAS.

O ALUNO DEVERÁ VIR PARA A AULA DE RECUPERAÇÃO COM A LISTA PRONTA PARA TIRAR DÚVIDAS. Lista de exercícios para a prova de recuperação final 1º ano EM Conteúdo. O ALUNO DEVERÁ VIR PARA A AULA DE RECUPERAÇÃO COM A LISTA PRONTA PARA TIRAR DÚVIDAS. - Misturas e substâncias - Tabela e propriedades

Leia mais

APOSTILA DE QUÍMICA ORGÂNICA 1º BIMESTRE

APOSTILA DE QUÍMICA ORGÂNICA 1º BIMESTRE Nome: nº: Bimestre: 1º Ano/série: 3ª série Ensino: Médio Componente Curricular: Química Professor: Ricardo Honda Data: / / APOSTILA DE QUÍMICA ORGÂNICA 1º BIMESTRE TEORIA 16 ISOMERIA GEOMÉTRICA (CIS-TRANS)

Leia mais

IEE ASSIS BRASIL- QUÍMICA 3º ANO ENSINO MÉDIO POLITÉCNICO

IEE ASSIS BRASIL- QUÍMICA 3º ANO ENSINO MÉDIO POLITÉCNICO IEE ASSIS BRASIL- QUÍMICA 3º ANO ENSINO MÉDIO POLITÉCNICO - 2015 Química Orgânica estudo dos compostos do carbono com propriedades específicas. 1 O átomo de carbono é considerado especial pela sua capacidade

Leia mais

PLANO DE ESTUDO TRIMESTRE: 3º

PLANO DE ESTUDO TRIMESTRE: 3º C O L É G I O K E N N E D Y / R E D E P I T Á G O R A S PLANO DE ESTUDO TRIMESTRE: 3º PLANO DE ESTUDO Nº 08 PROFESSORA: Rose Barbosa DATA DA AVALIAÇÃO: 07/10/2016 CONTEÚDO(S) A SER(EM) COBRADO(S) NA AVALIAÇÃO:

Leia mais

Química Orgânica I Profa. Dra. Alceni Augusta Werle Profa. Dra. Tania Márcia do Sacramento Melo

Química Orgânica I Profa. Dra. Alceni Augusta Werle Profa. Dra. Tania Márcia do Sacramento Melo Química Orgânica I Profa. Dra. Alceni Augusta Werle Profa. Dra. Tania Márcia do Sacramento Melo Formas de representação e interações intermoleculares Aula 3 1- Fórmula química Maneira que os químicos possuem

Leia mais

TEORIA DA REPULSÃO DOS PARES DE ELÉTRONS DA CAMADA DE VALÊNCIA (TEORIA RPECV)

TEORIA DA REPULSÃO DOS PARES DE ELÉTRONS DA CAMADA DE VALÊNCIA (TEORIA RPECV) GEOMETRIA MOLECULAR TEORIA DA REPULSÃO DOS PARES DE ELÉTRONS DA CAMADA DE VALÊNCIA (TEORIA RPECV) A teoria da repulsão dos pares de elétrons da camada de valência afirma que o arranjo geométrico dos átomos

Leia mais

Resolução de Questões de Provas Específicas de Química (Aula 7)

Resolução de Questões de Provas Específicas de Química (Aula 7) Resolução de Questões de Provas Específicas de Química (Aula 7) Resolução de Questões de Provas Específicas (Aula 7) 1. (UECE) A tabela periódica já era objeto das preocupações dos antigos químicos a partir

Leia mais

SIMULADO EXTENSIVO QUÍMICA

SIMULADO EXTENSIVO QUÍMICA P R É - V E S T I B U L A R 04.09 QUÍMICA QUESTÃ 49 jornal Folha de São Paulo publicou, em 19/06/07, matéria sobre empresas norte-americanas que estavam falsificando suco de laranja. produto, vendido como

Leia mais

Química E Extensivo V. 6

Química E Extensivo V. 6 Química E Extensivo V. 6 Exercícios 01) C Para analisar a densidade eletrônica no carbono é necessário verificar os elementos ligados ao átomo em questão. Caso ligante seja eletronegativo, tende a atrair

Leia mais

2º Trimestre Sala de Estudo Data: 19/06/17 Ensino Médio 1º ano classe: A_B_C Profª Danusa Nome: nº

2º Trimestre Sala de Estudo Data: 19/06/17 Ensino Médio 1º ano classe: A_B_C Profª Danusa Nome: nº 2º Trimestre Sala de Estudo Data: 19/06/17 Ensino Médio 1º ano classe: A_B_C Profª Danusa ome: nº Conteúdo: Polaridade das moléculas, Solubilidade e Forças Intermoleculares TEXT: 1 - Comum à questão: 1

Leia mais

Gabarito Química Volume 1

Gabarito Química Volume 1 Gabarito Química Volume 1 Química 1 Capítulo 1 01. D 05. A 06. C 07. A 08. C 09. E 10. C 11. E 12. D 13. D 14. C 15. D 16. A 17. A 19. A 21. B 23. C 24. D 25. B 26. D 27. A 28. C 29. D 30. E 31. C 33.

Leia mais

DIAGRAMA DE FASES. 4) (ITA) Considere as seguintes afirmações relativas aos sistemas descritos a seguir, sob

DIAGRAMA DE FASES. 4) (ITA) Considere as seguintes afirmações relativas aos sistemas descritos a seguir, sob DIAGRAMA DE FASES 1) O gráfico abaixo apresenta a variação das pressões de vapor do sulfeto de carbono, metanol, etanol e água em função da temperatura. De acordo com o gráfico, assinale a afirmativa INCORRETA.

Leia mais

Química D Extensivo V. 8

Química D Extensivo V. 8 Química D Extensivo V. 8 Exercícios 01) B 02) D 1 mol ALCENO 4 mol CO 2 (4 carbonos) Conclui-se que o alceno possui 4 carbonos. 03) E Combustão: C 4 H 8 + 6O 2 4CO 2 + 4H 2 O Forma-se cetona quando o carbono

Leia mais

A Ciência Central. David P. White

A Ciência Central. David P. White QUÍMICA A Ciência Central 9ª Edição Capítulo 11 Forças intermoleculares, líquidos e sólidos David P. White Uma comparação entre líquidos e sólidos As propriedades físicas das substâncias entendidas em

Leia mais

TEORIA DAS ORBITAIS MOLECULARES

TEORIA DAS ORBITAIS MOLECULARES TORIA DAS ORBITAIS MOLCULARS Na teoria das orbitais moleculares (TOM), os eletrões ocupam precisamente orbitais definidas, chamadas orbitais moleculares (OM), que se estendem por toda a molécula. Na TOM,

Leia mais

PROVA ESPECÍFICA DE AUXILIAR DE QUÍMICA. Na vidraria apresentada abaixo, você reconhece da esquerda para a direita:

PROVA ESPECÍFICA DE AUXILIAR DE QUÍMICA. Na vidraria apresentada abaixo, você reconhece da esquerda para a direita: 12 PROVA ESPECÍFICA DE AUXILIAR DE QUÍMICA QUESTÃO 41: Na vidraria apresentada abaixo, você reconhece da esquerda para a direita: a) pipeta graduada, funil de decantação, erlenmeyer, bureta e balão volumétrico.

Leia mais

Ligações intermoleculares

Ligações intermoleculares Comparações entre ligações e interações químicas Ligação covalente : Interação intramolecular Ligação de hidrogênio: Interação intermolecular Forças íon-dipolo Existem entre um íon e a carga parcial em

Leia mais

Gabarito das Questões

Gabarito das Questões II OLIMPÍADA BAIANA DE QUÍMICA 19 DE MAIO DE 2007 Gabarito das Questões Para cada questão de 1 a 5, marque com um X a alternativa correta e justifique porque as outras duas estão erradas. QUESTÃO 1 a)

Leia mais

PRÉ VESTIBULAR UFU Prof.Lourival/COLÉGIO INTEGRAÇÃO/ ANGLO

PRÉ VESTIBULAR UFU Prof.Lourival/COLÉGIO INTEGRAÇÃO/ ANGLO PRÉ VESTIBULAR UFU 2015 Prof.Lourival/COLÉGIO INTEGRAÇÃO/ ANGLO 1. QUÍMICA DOS COMPOSTOS DE CARBONO DEFINIÇÃO: 2 HIDROCARBONETOS - OBTENÇÃO (DESTILAÇÃO FRACIONADA DO PETRÓLEO) - ESTRUTURA - NOMENCLATURA

Leia mais

RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS PROPOSTOS AULA 02 TURMA FMJ

RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS PROPOSTOS AULA 02 TURMA FMJ RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS PROPOSTOS AULA 02 TURMA FMJ 03. Item C O equador da figura mostrada pode ser representado como abaixo. 01. Item B I Correto. A energia para quebrar a ligação H F (568 kj/mol) é

Leia mais

Com relação a estas substâncias citadas, são feitas as afirmativas abaixo.

Com relação a estas substâncias citadas, são feitas as afirmativas abaixo. Aula 1 Prova de Química - omentada 1. [EsPEx-2014] A Aspirina foi um dos primeiros medicamentos sintéticos desenvolvido e ainda é um dos fármacos mais consumidos no mundo. ontém como princípio ativo o

Leia mais

Geometria Molecular e polaridade de ligações

Geometria Molecular e polaridade de ligações Geometria Molecular e polaridade de ligações Prof. Éderson Química Geometria Molecular Geometria molecular O arranjo tri-dimensional dos átomos em uma molécula, ou seja, é a orientação espacial das moléculas,

Leia mais

Propriedades das soluções

Propriedades das soluções Propriedades das soluções O processo de dissolução O soluto e o solvente são componentes da solução. Uma solução é uma mistura homogênea de soluto (presente em menor quantidade) e solvente (presente em

Leia mais

Substâncias TF / C TE / C Mercúrio Amônia ,5 Benzeno 5,5 80 Naftaleno

Substâncias TF / C TE / C Mercúrio Amônia ,5 Benzeno 5,5 80 Naftaleno Aluno(a): nº: Turma: Nota Ano: 1º Ano EM Data: / /2016 Trabalho Recuperação Professor(a): Willian Novato Matéria: Química Valor: 30,0 PARA TDAS AS QUESTÕES, AS RESPSTAS DEVERÃ NSTAR DE RAIÍNI NA PRPRIA

Leia mais

PROVA DE QUÍMICA TABELA PERIÓDICA DOS ELEMENTOS

PROVA DE QUÍMICA TABELA PERIÓDICA DOS ELEMENTOS PROVA DE QUÍMICA TABELA PERIÓDICA DOS ELEMENTOS FONTE: Tabela Periódica da IUPAC/versão 2005(adaptada). Acesso: http://www.iupac.org/reports/periodic_table/ 25 QUESTÃO 3 Analise este quadro, em que se

Leia mais

Assunto: Propriedades Físico-Químicas dos compostos orgânicos Folha 12.2 Prof.: João Roberto Mazzei

Assunto: Propriedades Físico-Químicas dos compostos orgânicos Folha 12.2 Prof.: João Roberto Mazzei 01- (UNIFESP-2003) Ácidos carboxílicos e fenóis originam soluções ácidas quando dissolvidos em água. Dadas as fórmulas moleculares de 5 substâncias I. C H O II. C H O III. CH O IV. C H O V. C H O as duas

Leia mais

Ligações Químicas Folha 01 Prof.: João Roberto Mazzei

Ligações Químicas Folha 01 Prof.: João Roberto Mazzei www.professormazzei.com Ligações Químicas Folha 01 Prof.: João Roberto Mazzei 01. (UFRJ 2009) a) O elemento X, que aparece no balão II, está localizado no 2º período, grupo 14. Um de seus isótopos apresenta

Leia mais

Se dois átomos combinarem entre si, dizemos que foi estabelecida entre eles uma LIGAÇÃO QUÍMICA

Se dois átomos combinarem entre si, dizemos que foi estabelecida entre eles uma LIGAÇÃO QUÍMICA ÁGUA AMÔNIA Se dois átomos combinarem entre si, dizemos que foi estabelecida entre eles uma LIGAÇÃO QUÍMICA Os elétrons mais externos do átomo são os responsáveis pela ocorrência da ligação química Para

Leia mais

Geometria Molecular e Ligações Químicas Intermoleculares

Geometria Molecular e Ligações Químicas Intermoleculares Geometria Molecular e Ligações Químicas Intermoleculares Gabarito Parte I: Resposta da questão 1: 01 + 08 + 16 = 25. Análise de Biologia: Durante o processo de combustão biológica, a energia dos alimentos

Leia mais

Aula: 03 Temática: Componentes Inorgânicos das Células Parte I

Aula: 03 Temática: Componentes Inorgânicos das Células Parte I Aula: 03 Temática: Componentes Inorgânicos das Células Parte I As substâncias inorgânicas existem na natureza, independentemente dos seres vivos, mas algumas delas podem ser encontradas nas células. Acompanhe!

Leia mais

Qui. Semana. Allan Rodrigues Xandão (Gabriel Pereira)

Qui. Semana. Allan Rodrigues Xandão (Gabriel Pereira) Semana 6 Allan Rodrigues Xandão (Gabriel Pereira) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados. CRONOGRAMA

Leia mais

FORMULÁRIO DE DIVULGAÇÃO DO CONTEÚDO DA PROVA FINAL E RECUPERAÇÃO FINAL

FORMULÁRIO DE DIVULGAÇÃO DO CONTEÚDO DA PROVA FINAL E RECUPERAÇÃO FINAL FORMULÁRIO DE DIVULGAÇÃO DO CONTEÚDO DA PROVA FINAL E RECUPERAÇÃO FINAL A) SÉRIE/ANO: 2º Ano Médio B) DISCIPLINA: Química - Enio C) CONTEÚDO A SER EXIGIDO/ORIENTAÇÃO PARA O ESTUDO: SOLUÇÕES: Coeficiente

Leia mais

5ª LISTA - EXERCÍCIOS DE PROVAS Lei de Raoult

5ª LISTA - EXERCÍCIOS DE PROVAS Lei de Raoult Pg. 1/6 1 a Questão Metanol, CH 4 O, e etanol, C 2 H 6 O, são dois álcoois voláteis a 25 C. Ambos podem ser usados como solvente ou combustível e muitas vezes a mistura dos dois é empregada em processos

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE IFRN CAMPUS MOSSORÓ PROFESSOR: ALBINO DISCIPLINA: QUÍMICA EXPERIMENTAL

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE IFRN CAMPUS MOSSORÓ PROFESSOR: ALBINO DISCIPLINA: QUÍMICA EXPERIMENTAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE IFRN CAMPUS MOSSORÓ PROFESSOR: ALBINO DISCIPLINA: QUÍMICA EXPERIMENTAL ESTRUTURA DA MATÉRIA O termo matéria refere-se a todos os

Leia mais

Qui. Semana. Allan Rodrigues Gabriel Pereira (Renan Micha)

Qui. Semana. Allan Rodrigues Gabriel Pereira (Renan Micha) Semana 4 Allan Rodrigues Gabriel Pereira (Renan Micha) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados.

Leia mais

QUÍMICA PRIMEIRA ETAPA

QUÍMICA PRIMEIRA ETAPA QUÍMICA PRIMEIRA ETAPA - 1998 QUESTÃO 01 Uma mistura de hidrogênio, H 2 (g), e oxigênio, O 2 (g), reage, num recipiente hermeticamente fechado, em alta temperatura e em presença de um catalisador, produzindo

Leia mais

Vestibular UFRGS Resolução da Prova de Química

Vestibular UFRGS Resolução da Prova de Química Vestibular UFRGS 2016 Resolução da Prova de Química 26. Alternativa (B) O método de separação utilizadoem 1 é a dissolução fracionada, a cafeína é dissolvida pelo acetato de etila e os outros componentes,

Leia mais

Prof.: Guilherme Turma: TR. Tema da aula: Aulas 13 Geometria molecular e polaridade. Geometria molecular

Prof.: Guilherme Turma: TR. Tema da aula: Aulas 13 Geometria molecular e polaridade. Geometria molecular Disciplina: Química Prof.: Guilherme Turma: TR 19/ 05/2016 Tema da aula: Aulas 13 Geometria molecular e polaridade Geometria molecular - Nas aulas sobre ligações químicas, vimos que as moléculas são formadas

Leia mais

Equilíbrio Físico. Equilíbrio físico estado no qual duas ou mais fases de uma substância coexistem sem uma tendência a mudança.

Equilíbrio Físico. Equilíbrio físico estado no qual duas ou mais fases de uma substância coexistem sem uma tendência a mudança. Equilíbrio Físico Equilíbrio físico estado no qual duas ou mais fases de uma substância coexistem sem uma tendência a mudança. FASES E TRANSIÇÕES DE FASES SOLUBILIDADE PROPRIEDADES COLIGATIVAS MISTURAS

Leia mais

Daniella e Jéssica. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade

Daniella e Jéssica. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade Química 3ª Daniella e Jéssica 1ª SÉRIE E.M. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade C1. Dominar a leitura, interpretação e C6. Correlacionar conhecimentos sobre sistemas materiais, fenômenos, fatos

Leia mais

Funções oxigenadas. Vamos aprender

Funções oxigenadas. Vamos aprender Funções oxigenadas São funções orgânicas em que o grupo funcional apresenta o átomo oxigênio álcool Aldeído cetona Ácido carboxílico éter Vamos aprender 1) Identificar o grupo funcional 2) Nomear a função

Leia mais

INTERAÇÕES INTERMOLECULARES

INTERAÇÕES INTERMOLECULARES INTERAÇÕES INTERMOLECULARES Serão abordados: as forças íon-dipolo, dipolo-dipolo, dispersão de London e ligação de hidrogênio e a relação entre propriedade física e interação intermolecular. As partículas

Leia mais

Aluno(a): COMENTADA. Série: 2 a Ensino Médio Turma: A / B / C / D / E Data: 17/08/2016

Aluno(a): COMENTADA. Série: 2 a Ensino Médio Turma: A / B / C / D / E Data: 17/08/2016 QUÍMICA AVALIAÇÃO CLAUDI / SARA III UNIDADE Aluno(a): COMENTADA Série: 2 a Ensino Médio Turma: A / B / C / D / E Data: 17/08/2016 1. A prova é composta de 07 questões abertas e 03 questões objetivas. 2.

Leia mais

6. Propriedades Físicas. 1) Organic Chemistry Structure and Function, K. P. C. Vollhardt e N. E. Schore,

6. Propriedades Físicas. 1) Organic Chemistry Structure and Function, K. P. C. Vollhardt e N. E. Schore, Leitura Recomendada: 1) Organic Chemistry Structure and Function, K. P. C. Vollhardt e N. E. Schore, 3 a ed., Freeman, New York, 2000, cap. 2, p. 61-64, 213-214, 285-288, 343-347, 446-447, 732-733, 828-830,

Leia mais

O processo de dissolução

O processo de dissolução SOLUBILIDADE Sabemos que um soluto altera as propriedades do solvente. Solução sólida: silício dopado com fósforo eletrônica. indústria Sal sobre o gelo abaixa o ponto e congelamento se a temperatura é

Leia mais

RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS PROPOSTOS AULA 10 TURMA ANUAL

RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS PROPOSTOS AULA 10 TURMA ANUAL RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS PROPOSTOS AULA 10 TURMA ANUAL 01. Item B I Correto. A energia para quebrar a ligação H F (568 kj/mol) é a maior da tabela. Isto torna mais difícil a sua quebra, portanto ionizando

Leia mais

Ligações Químicas Interatômicas

Ligações Químicas Interatômicas Ligações Químicas Interatômicas Gabarito Parte I: Resposta da questão 1: [Resposta do ponto de vista da disciplina de Biologia] O tomate é um fruto do tipo baga. O vinagre apresenta caráter ácido. O azeite

Leia mais

O gráfico abaixo representa a pressão de vapor, em atm, em função da temperatura, em ºC, de três amostras, I, II e III.

O gráfico abaixo representa a pressão de vapor, em atm, em função da temperatura, em ºC, de três amostras, I, II e III. Educador: Cristina Disciplina:Química Data: _/ /2011 Estudante: 3ª Série Questão 1 O gráfico abaixo representa a pressão de vapor, em atm, em função da temperatura, em ºC, de três amostras, I, II e III.

Leia mais

UFSC. Química (Amarela) , temos 10 mol de Mg, ou seja, 243 g de Mg. Resposta: = 98. Comentário

UFSC. Química (Amarela) , temos 10 mol de Mg, ou seja, 243 g de Mg. Resposta: = 98. Comentário Resposta: 02 + 32 + 64 = 98 01. Incorreta. carbonato de magnésio é um sal insolúvel em H 2, logo não dissocia-se em Mg 2+ e (aq) C2. 3(aq) 02. Correta. 12 Mg 2+ = 1s 2 2s 2 2p 6 K L 04. Incorreta. É um

Leia mais

Curso Preparatório para o Ingresso no Ensino Superior (Pré-Vestibular)

Curso Preparatório para o Ingresso no Ensino Superior (Pré-Vestibular) Curso Preparatório para o Ingresso no Ensino Superior (Pré-Vestibular) Os conteúdos conceituais de Química estão distribuídos em 5 frentes. Química Extensivo A)Meio ambiente; estrutura atômica; Classificação

Leia mais

Forças intermoleculares

Forças intermoleculares PARTE II Unidade F Capítulo 18 Forças intermoleculares Seções: 181 Interações dipolo permanente-dipolo permanente 182 Ligações de 183 Interações dipolo instantâneo-dipolo induzido 184 Forças intermoleculares

Leia mais

QUÍMICA A Ciência Central 9ª Edição Capítulo 11 Forças intermoleculares, líquidos e sólidos David P. White

QUÍMICA A Ciência Central 9ª Edição Capítulo 11 Forças intermoleculares, líquidos e sólidos David P. White QUÍMICA A Ciência Central 9ª Edição Capítulo 11 Forças intermoleculares, líquidos e sólidos David P. White Uma comparação entre líquidos e sólidos As propriedades físicas das substâncias entendidas em

Leia mais

Exercícios de Propriedades Físicas dos Compostos Orgânicos

Exercícios de Propriedades Físicas dos Compostos Orgânicos Exercícios de Propriedades Físicas dos Compostos Orgânicos Material de apoio do Extensivo 1. Assinale a opção que apresenta o ácido mais forte, considerando que todos se encontram nas mesmas condições

Leia mais

44. Com relação aos compostos representados abaixo, é INCORRETO afirmar que: N(CH 2 CH 3 ) 3 CH 3 CO 2 H ClCH 2 CO 2 H I II III

44. Com relação aos compostos representados abaixo, é INCORRETO afirmar que: N(CH 2 CH 3 ) 3 CH 3 CO 2 H ClCH 2 CO 2 H I II III 22 GABARITO 1 1º DIA 2º Processo Seletivo/2004 44. Com relação aos compostos representados abaixo, é INCORRETO afirmar que: N(CH 2 CH 3 ) 3 CH 3 CO 2 H ClCH 2 CO 2 H I II III a) o composto III é um ácido

Leia mais

3ª Ficha de Avaliação de Conhecimentos Turma: 12ºA. Química - 12ºAno

3ª Ficha de Avaliação de Conhecimentos Turma: 12ºA. Química - 12ºAno 3ª Ficha de Avaliação de Conhecimentos Turma: 12ºA Química - 12ºAno Data: 6 fevereiro 2017 Ano Letivo: 2016/2017 Professora Paula Melo Silva 90 min + 15 min 1. A partir do petróleo também se obtêm, além

Leia mais