INSTITUTO POLITÉCNICO DE VIANA DO CASTELO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Gestão de Sistemas de Informação

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INSTITUTO POLITÉCNICO DE VIANA DO CASTELO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Gestão de Sistemas de Informação"

Transcrição

1 INSTITUTO POLITÉCNICO DE VIANA DO CASTELO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO Gestão de Sistemas de Informação Setembro 2016

2 UNIDADES CURRICULARES DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GSI Os objetivos e os conteúdos a cobrir pelas unidades curriculares do curso de Pós- Graduação são os seguintes: 1º Semestre Função Sistemas de Informação Esta unidade curricular tem por objetivo dotar os alunos de conceitos sobre sistemas de informação, tecnologia de informação e software aplicacional, assim como da forma como a informação é utilizada nas organizações e como as tecnologias de informação permitem melhorar a qualidade e vantagem competitiva. Serão também clarificados os vários perfis e competências dos intervenientes na gestão de sistemas de informação. Sistemas de Informação: Referencial de Conceitos em Sistemas de Informação. Sistemas de Informação Organizacionais; A Informação nas Organizações; Sistemas de Informação Empresariais; Tecnologias de Informação. Função Sistemas de Informação; Planeamento de Sistemas de Informação; Desenvolvimento de Sistemas de Informação; Exploração de Sistemas de Informação; Gestão de Sistemas de Informação; Recursos da Função de Sistemas de Informação; Fatores da Função de Sistemas de Informação. Sistemas de Gestão de Bases de Dados Esta unidade curricular tem por objetivo dotar os alunos de conhecimentos sobre questões relacionadas com a gestão de bases de dados do ponto de vista de um recurso essencial nas empresas. Serão desenvolvidos conhecimentos sobre componentes de 2

3 arquitetura de dados, configurações de armazenamento de dados e métodos de obtenção de informação. Diversidade e complexidade dos sistemas de gestão de dados atuais e evolução da tecnologia nesta área; Técnicas de gestão do desenho, desenvolvimento e manutenção de sistemas de bases de dados e datawarehouses; integridade relacional; modelo relacional e outras soluções como bases de dados orientadas por objetos e multidimensionais; multimédia; componentes da arquitetura de dados empresariais; papel e responsabilidades do administrador da base de dados; manutenção da base de dados, privacidade e segurança, recuperação de falhas e tuning; recuperar informação utilizando SQL e outros métodos; modelação de bases de dados. Tecnologias da Informação Esta unidade curricular tem por objetivo dotar os alunos de conhecimentos tecnológicos em sistemas e redes de suporte à atividade empresarial. Serão também estudados serviços orientados para a dinâmica de negócio de uma organização, como as redes de conteúdos, plataformas na cloud e ferramentas e plataformas colaborativas. Sistemas: Conceitos fundamentais em hardware e software; Arquiteturas de hardware e Sistemas operativos: características e desempenho; Administração de Sistemas. Redes de Comunicação: Conceitos fundamentais sobre redes de comunicação; Stacks e protocolos principais. Coexistência IPv4 e IPv6; Interligação básica e avançada: switching, routing, sistemas autónomos; Planeamento e gestão de redes de comunicação. Serviços e Plataformas de Negócio: Redes Virtuais. VPN; Plataformas Cloud. Content Data Networks; Plataformas e Ferramentas colaborativas: Google, Amazon, Slack, Skype, entre outras; Interação entre serviços e plataformas: front-end, back-end, bases de dados; Conceitos de segurança aplicada às redes, sistemas e informação. 3

4 Gestão de Processos de Negócio A unidade curricular visa desenvolver conhecimentos e competências relacionadas com a gestão de processos de negócios e com o seu papel na gestão de sistemas de informação. Trata de uma introdução e visão geral do BPM. São introduzidos os conceitos, fundamentos, métodos e estratégias necessárias para a gestão de processos de negócio end-to-end holísticas. Centra-se na aplicação de métodos e ferramentas de software para projetar, analisar, transformar, monitorizar e controlar os processos de negócios e melhorar o seu desempenho utilizando as tecnologias da informação nas organizações do setor público e privado. Introdução ao BPM. Modelação de Processos - Ferramentas de modelação de processos, Linguagens de modelação de processos (EPC, BPMN). Análise de Processos - Dimensões de análise de processos, - Regras de negócio, - Técnicas de análise de processos: What; Where; When, Who, Worth. Desenho de Processos - Métodos de melhoria de processos, - Desenvolvimento de cenários de processos e análise de opções (Should-Be, Could-Be e To-Be) - Simulação de processos para a tomada de decisão, - Definição de prioridades de implementação de melhorias. Implementação de Processos - Redesenho das funções e objetivos dos participantes dos processos e da estrutura organizacional, - Necessidade de formação nos processos implementados e avaliação.- Atualização dos indicadores de medição de desempenho dos processos. Monitorização e Controlo de Processos - Definição dos objetivos e indicadores estratégicos, - Como combinar metodologias BPM e Balanced Score Card (BSC), - BAM (Business Activity Monitoring) na monitorização de processos.). Ferramentas de BPMS Gestão de Projetos de Sistemas de Informação Esta unidade curricular tem por objetivo dotar os alunos com capacidades de desenvolver planos, programações e orçamentos de projetos, estimar os recursos necessários, coordenar e atribuir recursos e fazer a interface com a administração. Serão introduzidas ferramentas e técnicas de planeamento e gestão de projetos, incluindo a utilização de software de gestão de projetos. 4

5 Ciclo de vida de um projeto; stakeholders de um projeto; capacidades de gestão de projetos (liderança, comunicação, negociação e apresentação): controlo da mudança (âmbito, programação, custo, qualidade, risco, equipa de projeto e gestão sénior); planeamento de projeto (definição, âmbito, programação, custos, qualidade, recursos e riscos); relatórios e controlo de projetos; o papel das TI na mudança organizacional; o papel dos profissionais SI como agentes de mudança; processo de mudança; lidar com questões de resistência, de motivação, relações interpessoais, dinâmicas de grupo e liderança no processo de mudança; gerir políticas organizacionais; influências organizacionais no sucesso de um projeto (cultura, estrutura organizacional, recompensas e medidas); atividades adicionais requeridas para garantir o sucesso de projetos TI (treino, comunicação, etc.); utilização prática de um software de gestão de projetos (ex: Microsoft Project). 2º Semestre Gestão de Serviços de Tecnologias de Informação Esta unidade curricular pretende capacitar os alunos com conhecimentos e aptidões para analisarem e implementarem as melhores orientações e normas associadas à gestão de serviços TI, como as diferentes etapas do ciclo de vida do serviço (Service Strategy, Design, Transition, Operation, Melhoria Continua de Serviço), de forma a garantir a sua adaptabilidade face ao mercado e ao contexto empresarial, assim como o seu relacionamento e integração entre si e outras normas, de forma a garantir a continuidade dos serviços e gestão de serviços essenciais para o desenvolvimento da empresarial. Normas e Frameworks orientadas para a Gestão de Serviços em TI; A Governança Digital e os modelos de Gestão e Governação; Normas e Frameworks orientadas para a Governança Digital: CobiT, ITIL, COSO, CMMI, ISO 27001, entre outras; Análise e 5

6 Estudo de Casos Práticos. O ITIL - Information Technology Infrastructure Library; Introdução e Principais Benefícios; Evolução do ITIL e a sua Estrutura. Implementação/processos do ITIL; Estratégia de Serviço; Desenho de Serviço; Transição de Serviço; Operação de Serviço; Melhoria Contínua de Serviço. Gestão da Mudança e Modelos de Maturidade. Os Processos de Certificação ITIL. Sistemas de Informação Empresariais Esta unidade curricular tem por objetivo dotar os alunos com conhecimentos sobre as funcionalidades dos sistemas de Enterprise Resource Planning (ERP), Gestão de Relacionamento com o Cliente (CRM), Gestão da Cadeia de Negócio (SCM), assim como da estratégia de implementação dos mesmos numa organização. Pretende-se ainda focar um conjunto de ferramentas de tecnologia da informação que proporcionam suporte à decisão estratégica, táctica e operacional (Sistemas de suporte à decisão). Integração e flexibilidade organizacional suportadas por uma aplicação de planeamento de recursos empresarias (ERP); Funções e aplicações de um ERP. Riscos e oportunidades decorrentes da adoção de um ERP; Estratégias de implementação; Principais fornecedores e soluções disponibilizadas; Análise e utilização de um sistema ERP. CRM: objetivos, vantagens, evolução. Fases de implementação e tecnologias. SCM: funcionalidades, capacidades e implementação. Benefícios da sua utilização. Soluções e casos de sucesso. Sistemas de suporte à Decisão (SSD): Evolução histórica; Benefícios para a organização; Tipos de SSD; Arquitetura genérica de um SSD; Fatores e riscos a considerar na implementação de um SSD. Desenvolvimento de Arquiteturas Empresariais Esta unidade curricular tem por objetivo dotar os alunos com um conjunto de competências relacionadas com as atividades envolvidas no desenvolvimento de uma arquitetura de empresa. 6

7 A Organização e a Arquitetura de Empresa. Planeamento da Arquitetura da Empresa - Desenho Organizacional e Gestão da Mudança, - Maturidade da Arquitetura da Empresa, - Início do Programa de AE, - Processo e Abordagens TOGAF, - A linguagem de AE Archimate, - Governance da AE. Construção e Manutenção da Arquitetura de Empresa, - Construção da AE, - Utilização da AE, Manutenção da AE. Valor e Análise de Riscos da Arquitetura de Empresa, - Análise de Riscos, - Medida do Valor para AE. Comércio Eletrónico Esta unidade curricular pretende capacitar os alunos para a discussão crítica das principais noções e conceitos relacionados com o Comércio Eletrónico e Marketing. Visão geral do comércio eletrónico: Definição de comércio eletrónico (CE) e descrição das suas categorias; principais tipos de transações de CE; Modelos de negócio CE. E-marketplaces: visão geral dos mecanismos de comércio eletrónico: Descrever as principais atividades de CE e os processos e os mecanismos que lhes dão suporte; Definir e-marketplaces e as suas componentes; Descrever os principais tipos de mercados eletrónicos e suas características; Descrever catálogos eletrónicos, motores de busca, e shopping carts; Descrever os principais tipos de leilões e as suas características. Retalho no comércio eletrónico: produtos e serviços: Descrever retalho eletrónico (etailing) e as suas características; Definir e descrever os principais modelos de negócios de e-tailing (turismo, imobiliário cyberbanking). O comportamento do consumidor, marketing na internet e publicidade: Descrever os fatores que influenciam o comportamento do consumidor on-line; Compreender o processo de tomada de decisão do consumidor em compra on-line; Descrever a segmentação e como as empresas construem o relacionamento one-to-one com clientes. 7

8 Web Analytics e Social Media Intelligence Esta unidade curricular tem por objetivos dotar os alunos com um conjunto de competências para explorar conhecimento na Web e nas redes sociais para serem utilizados em processos de tomada à decisão empresarial. Isto será conseguido através da aplicação de metodologias quantitativas para os dados gerados por websites assim como a sua integração com outras fontes de dados. Esta unidade curricular aborda conceitos, ferramentas, tutoriais e casos de estudo práticos que suportam a extração e análise de dados de sites e das redes sociais. Conteúdo Web Analytics; Introdução à Web Analytics; O mundo maravilhoso da análise de cliques analíticos: métricas. Evolução dos modelos de preços e conversão de funil. Web Analytics Framework. Google Analytics.. Social Media Intelligence; Introdução aos media sociais. Análise de dados de media sociais. Análise textual e análise de sentimentos. Análise de redes sociais. Análise espacial de dados de media sociais. Gestão de risco de media sociais. Privacidade e considerações éticas. Estrutura Metodológica A natureza das atividades a realizar está diretamente associada à metodologia global estabelecida para o curso, principalmente orientada pelas estratégias de trabalho projeto. Nestes termos a par das atividades letivas a realizar em contexto clássico, numa base presencial, em sala e laboratórios; serão também desenvolvidas atividades de ensino a distância. A ação formativa assumirá duas dimensões complementares: - por um lado, será uma formação orientada para a introdução e desenvolvimento de temas relacionados com áreas científicas centrais; - por outro, numa lógica de metodologia de projeto, serão lançados projetos-piloto com o objetivo de melhorar a qualidade dos sistemas de informação do tecido empresarial do Alto- Minho. 8

9 Unidades Curriculares e Equipa Formativa 1º Semestre Unidades Curriculares Docentes Função Sistemas de Informação Doutor Rui Gomes Sistemas de Gestão de Base de Dados Doutora Maria Estrela Cruz Gestão de Projetos de Sistemas de Doutor António Miguel Cruz Informação Tecnologias de Informação Doutor Pedro Pinto Gestão de Processos de Negócio Doutor Rui Gomes 2 º Semestre Unidades Curriculares Comércio Eletrónico Gestão de Serviços Tecnologias de Informação Sistemas de Informação Empresariais Desenvolvimento de Arquiteturas Empresariais Web Analytics e Social Media Intelligence Docentes Doutora Teresa Bernardino Mestre Pedro Carneiro Doutor Jorge Ribeiro Doutor Jorge Ribeiro Doutor António Miguel Cruz Doutor Rui Gomes Doutor Jorge Ribeiro 9

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Apresentação do Plano de Ensino. Luiz Leão

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Apresentação do Plano de Ensino. Luiz Leão Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Quem sou eu? Site: http://www.luizleao.com Introdução Para aprender a Gerir, Conceber, Desenvolver, Testar, avaliar a qualidade, avaliar a segurança,

Leia mais

3) Qual é o foco da Governança de TI?

3) Qual é o foco da Governança de TI? 1) O que é Governança em TI? Governança de TI é um conjunto de práticas, padrões e relacionamentos estruturados, assumidos por executivos, gestores, técnicos e usuários de TI de uma organização, com a

Leia mais

Pós-Graduação. Gestão Estratégica de Processos de Negócios

Pós-Graduação. Gestão Estratégica de Processos de Negócios Pós-Graduação Gestão Estratégica de Processos de Negócios - 2017 Disciplinas: 1) Introdução a BPM, Contexto Organizacional e Profissional 2) Estratégia e Modelagem do Negócio Aplicada com Foco em BPM 3)

Leia mais

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EVER SANTORO

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EVER SANTORO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EVER SANTORO EVER SANTORO DBA Oracle e desenvolvedor Java Processamento de dados MBA em Gestão Empresarial Mestre em Engenharia da Produção DBA Oracle desde 2001 Sun Certified

Leia mais

PLANO DE CURSO. Formação para Profissionais. PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL

PLANO DE CURSO. Formação para Profissionais.  PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL PLANO DE CURSO PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL Formação para Profissionais + 2.000 Cursos Disponíveis A Melhor e Maior Oferta de Formação em Portugal + 1.300 Cursos na

Leia mais

Marcelo Henrique dos Santos

Marcelo Henrique dos Santos Marcelo Henrique dos Santos Mestrado em Educação (em andamento) MBA em Marketing e Vendas (em andamento) Especialista em games Bacharel em Sistema de Informação Email: marcelosantos@outlook.com TECNOLOGIA

Leia mais

MBA em Tecnologia da Informação Empresarial (MTIE)

MBA em Tecnologia da Informação Empresarial (MTIE) MBA em Tecnologia da Informação Empresarial (MTIE) CATEGORIA: Curso de Pós-Graduação Latu-Senso - MBA ÁREA BÁSICA: Tecnologia da Informação ÁREAS DE CONHECIMENTO: Empresarial DEPARTAMENTO: Departamento

Leia mais

Tecnologias de Performance Empresarial

Tecnologias de Performance Empresarial www.quidgest.com quidgest@quidgest.com Tecnologias de Performance Empresarial Alexandre Leiria alexandre.leiria@quidgest.com Objectivos Dotar os participantes de um enquadramento que lhes permita identificar

Leia mais

ANEXO 01 (Conteúdo do EXIN Administração Graduação Executiva- Campus Mossoró) 6ª SÉRIE

ANEXO 01 (Conteúdo do EXIN Administração Graduação Executiva- Campus Mossoró) 6ª SÉRIE DISCIPLINAS DA SÉRIE DISCIPLINAS DAS SÉRIES ANTERIORES ANEXO 01 (Conteúdo do EXIN 2016.2 Administração Graduação Executiva- Campus Mossoró) 6ª SÉRIE GESTÃO ESTRATEGICA GESTÃO FINANCEIRA AVANÇADA LOGISTICA

Leia mais

TECNÓLOGO EM AGROINDÚSTRIA ITINERÁRIO FORMATIVO

TECNÓLOGO EM AGROINDÚSTRIA ITINERÁRIO FORMATIVO TECNÓLOGO EM AGROINDÚSTRIA Módulo Básico I 3 Módulo Específico II 365 h Beneficiamento e Industrialização de Grãos Toxicologia dos Alimentos Sistemas Agroindustriais Alimentares Sistemas de Armazenamento

Leia mais

Instituto Superior de Ciências Empresariais e do Turismo

Instituto Superior de Ciências Empresariais e do Turismo Instituto Superior de Ciências Empresariais e do Turismo DESDE 1990 O ISCET Instituto Superior de Ciências Empresariais e do Turismo é um estabelecimento de ensino superior politécnico, criado em 25 de

Leia mais

Parte I Dimensões do Uso de Tecnologia de Informação, 5

Parte I Dimensões do Uso de Tecnologia de Informação, 5 Sumário Introdução, 1 Parte I Dimensões do Uso de Tecnologia de Informação, 5 1 Direcionadores do Uso de Tecnologia de Informação, 7 1.1 Direcionadores de mercado, 8 1.2 Direcionadores organizacionais,

Leia mais

VÍDEO AULA 1 APRESENTAÇÃO DO CURSO 100% ON LINE

VÍDEO AULA 1 APRESENTAÇÃO DO CURSO 100% ON LINE Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas VÍDEO AULA 1 APRESENTAÇÃO DO CURSO 100% ON LINE Coordenador Prof. Dorival Magro Junior Mestre em Ciência da Computação EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação. Prof Wellington

Administração de Sistemas de Informação. Prof Wellington Administração de Sistemas de Informação Prof Wellington 1 Metodologia Participação em Sala de aula 0,5 SEMINÁRIO SIG-RH 1,5 DESAFIOS e AVALIAÇÃO CONTINUADA www.maestrocarreira.com.br 2 PROVA OFICIAL 6

Leia mais

QUADRO DE DISCIPLINAS

QUADRO DE DISCIPLINAS QUADRO DE DISCIPLINAS Disciplinas 1 Horas- Aula 2 1. Fundamentos do Gerenciamento de Projetos 24 2. Gerenciamento do Escopo em Projetos 24 3. Gerenciamento da Qualidade em Projetos 12 4. Gerenciamento

Leia mais

Introdução aos Sistemas de Informação nas Empresas

Introdução aos Sistemas de Informação nas Empresas Introdução aos Sistemas de Informação nas Empresas Esse capitulo estuda o referencial do conhecimento de SI necessário aos usuários finais das empresas e abordagem revista sobre desdobramentos-chaves no

Leia mais

ANEXO 01 (Conteúdo do EXIN Administração - Campus Mossoró) 3ª SÉRIE

ANEXO 01 (Conteúdo do EXIN Administração - Campus Mossoró) 3ª SÉRIE ANEXO 01 (Conteúdo do EXIN 2016.2 Administração - Campus Mossoró) 3ª SÉRIE DISCIPLINAS DA SÉRIE GESTÃO DA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIA GESTÃO DE PESSOAS DIREITO EMPRESARIAL E TRABALHISTA CONTABILIDADE Os recursos

Leia mais

PLANO DE CURSO. Formação para Profissionais. PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL

PLANO DE CURSO. Formação para Profissionais.  PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL PLANO DE CURSO PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL Formação para Profissionais + 2.000 Cursos Disponíveis A Melhor e Maior Oferta de Formação em Portugal + 1.300 Cursos na

Leia mais

PLANO DE CURSO. Formação para Profissionais. PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL

PLANO DE CURSO. Formação para Profissionais.  PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL PLANO DE CURSO PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL Formação para Profissionais + 2.000 Cursos Disponíveis A Melhor e Maior Oferta de Formação em Portugal + 1.300 Cursos na

Leia mais

Factores-chave para a Gestão da Inovação

Factores-chave para a Gestão da Inovação Factores-chave para a Gestão da Inovação Uma proposta João M. Alves da Cunha CCDR Alg, Maio de 009 Introdução O Innovation Scoring enquanto instrumento de apoio à gestão da Inovação SG IDI Sistema de Gestão

Leia mais

PROGRAMAÇÃO. Data: 26/10/2016, Quarta-feira Evento de Abertura

PROGRAMAÇÃO. Data: 26/10/2016, Quarta-feira Evento de Abertura PROGRAMAÇÃO Data: 26/10/2016, Quarta-feira Evento de Abertura 19h00-19h30 Salão do Júri Palavra da Direção Palavra da Coordenação da Ciência da Computação / Eng. Computação Palavra da Coordenação da Pós

Leia mais

Especialização em Marketing Digital

Especialização em Marketing Digital Especialização em Marketing Digital EDIÇÕES 2017 RIO TINTO Especialização em Marketing Digital ESPECIALIZAÇÃO Marketing Digital - 100 horas (NOTA: com base no Catálogo Nacional de Qualificações) Coordenação

Leia mais

Esta formação tem como objectivo dotar os profissionais de conhecimentos teóricos e práticos que lhes permitam:

Esta formação tem como objectivo dotar os profissionais de conhecimentos teóricos e práticos que lhes permitam: Pós Graduação Business Process Management Gestão - Pós-Graduações Com certificação Nível: Duração: 180h Sobre o curso O Business Process Management tem vindo a ganhar um posicionamento distintivo nas organizações.

Leia mais

Instituto Superior de Ciências Empresariais e do Turismo

Instituto Superior de Ciências Empresariais e do Turismo Instituto Superior de Ciências Empresariais e do Turismo DESDE 1990 O ISCET Instituto Superior de Ciências Empresariais e do Turismo é um estabelecimento de ensino superior politécnico, criado em 25 de

Leia mais

ISO Sistema de gestão para a sustentabilidade de eventos

ISO Sistema de gestão para a sustentabilidade de eventos ISO 20121 Sistema de gestão para a sustentabilidade de eventos ISO 20121 Objetivo ISO 20121 - Sistemas de gestão de sustentabilidade de eventos. Requisitos e linhas de orientação A ISO 20121 tem como finalidade

Leia mais

DESENHO DE CARGOS E TAREFAS

DESENHO DE CARGOS E TAREFAS Faculdade de Tecnologia SENAC GO Gestão de Pessoas Professor: Itair Pereira da Silva Grupo: Luís Miguel Nogueira de Resende, Valdivino de Carvalho, Rodrigo Neres Magalhães e Venicyus Venceslencio da Paz.

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE TOMAR ESCOLA SUPERIOR DE GESTÃO SIMULAÇÃO EMPRESARIAL

INSTITUTO POLITÉCNICO DE TOMAR ESCOLA SUPERIOR DE GESTÃO SIMULAÇÃO EMPRESARIAL INSTITUTO POLITÉCNICO DE TOMAR ESCOLA SUPERIOR DE GESTÃO SIMULAÇÃO EMPRESARIAL APRESENTAÇÃO A unidade curricular de Simulação Empresarial ministrada no Instituto Politécnico de Tomar Escola Superior de

Leia mais

PLANO DE ENSINO - MAT

PLANO DE ENSINO - MAT FACULDADE MUNICIPAL DE PALHOÇA Ano Letivo: 2015-2 Curso: Fase: 3ª Unidade Curricular EMENTA: PLANO DE ENSINO - MAT Administração Tecnologia e Gerenciamento da Informação Uso estratégico da tecnologia da

Leia mais

SSC0120- Sistemas de Informação. Apresentação da Disciplina

SSC0120- Sistemas de Informação. Apresentação da Disciplina SSC0120- Sistemas de Informação Apresentação da Disciplina Simone S. Souza ICMC/USP 2017 Responsáveis pela disciplina Profa. Simone R. S. Souza srocio@icmc.usp.br Atendimento: sextas (10:00 12:00hs) sala:

Leia mais

Gestão Operacional de Redes Hoteleiras: Conceitos e Boas Práticas Objetivos Gerais Este curso pretende dotar os participantes de conhecimentos e competências das boas práticas na área do turismo e hotelaria.

Leia mais

Formação: Obter sucesso empresarial e profissional na internet e redes sociais (SIM Social Information Management)

Formação: Obter sucesso empresarial e profissional na internet e redes sociais (SIM Social Information Management) Formação: Obter sucesso empresarial e profissional na e redes sociais (SIM Social Information Management) PROGRAMA COMPETÊNCIAS/ MÓDULOS As redes sociais 4.0 - SIM - (0) Direito Digital (1) CONTEÚDOS A

Leia mais

GRC e Continuidade de Negócios. Claudio Basso

GRC e Continuidade de Negócios. Claudio Basso GRC e Continuidade de Negócios Claudio Basso claudio.basso@sionpc.com.br Governança um atributo de administração dos negócios que procura criar um nível adequado de transparência através da definição clara

Leia mais

Pós-Graduação Lato-Sensu em Marketing Autor & Coordenador da Nova Proposta Prof. Dr. Edson Coutinho da Silva Departamento de Administração

Pós-Graduação Lato-Sensu em Marketing Autor & Coordenador da Nova Proposta Prof. Dr. Edson Coutinho da Silva Departamento de Administração Pós-Graduação Lato-Sensu em Marketing Autor & Coordenador da Nova Proposta Prof. Dr. Edson Coutinho da Silva Departamento de Administração 1 O Curso O curso de pós-graduação lato-sensu em Marketing está

Leia mais

Gerenciamento de Processos de Negócio - BPM Marcos Sganderlla Henrique Brodbeck

Gerenciamento de Processos de Negócio - BPM Marcos Sganderlla Henrique Brodbeck Gerenciamento de Processos de Negócio - BPM Marcos Sganderlla Henrique Brodbeck Agosto, 2013 Modelos de negócio Processos de negócio Modelos de processos de negócio 2 Modelo de negócio Descrição formal

Leia mais

A GESTÃO DA INOVAÇÃO APCER

A GESTÃO DA INOVAÇÃO APCER A GESTÃO DA INOVAÇÃO APCER A Gestão da Inovação Proposta de Utilização do Guia de Boas Práticas de IDI e das ferramentas desenvolvidas no âmbito da iniciativa DSIE da COTEC para o desenvolvimento do sistema

Leia mais

Virtualization & Datacenter Efficiency Forum

Virtualization & Datacenter Efficiency Forum Virtualization & Datacenter Efficiency Forum O contributo das boas práticas para o ciclo de vida do Datacenter Paulo Neves itsmf Portugal (www.itsmf.pt) 28 de Fevereiro de 2013 Apresentação da itsmf Portugal

Leia mais

Curso do Superior de Tecnologia em Marketing

Curso do Superior de Tecnologia em Marketing Curso do Superior de Tecnologia em Objetivos do curso 1.5.1 Objetivo Geral O Curso Superior de Tecnologia em na modalidade EaD da universidade Unigranrio, tem por objetivos gerais capacitar o profissional

Leia mais

Gestão Por Processos. Prof. Me. Silvio Mota Fone:

Gestão Por Processos. Prof. Me. Silvio Mota Fone: Gestão Por Processos Prof. Me. Silvio Mota Fone: 55 11 3285 6539 contato@daryus.com.br Biografia Mestre em Administração de Empresas, Pós Graduado em Análise de Sistemas, atua no mercado prestando consultoria

Leia mais

Gestão Estratégica da Informação Prof. Esp. André Luís Belini

Gestão Estratégica da Informação Prof. Esp. André Luís Belini Gestão Estratégica da Informação Prof. Esp. André Luís Belini Apresentação do Professor Formação Acadêmica: Bacharel em Sistemas de Informação Pós graduado em Didática e Metodologia para o Ensino Superior

Leia mais

MBA GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO MANUAL DO CURSO. Rua Tamandaré, 688 Liberdade São Paulo SP. Informações

MBA GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO MANUAL DO CURSO. Rua Tamandaré, 688 Liberdade São Paulo SP. Informações MBA GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO FEI MANUAL DO CURSO FEI Rua Tamandaré, 688 Liberdade São Paulo SP Informações Central de Relacionamento: (11) 3274-5200 ramais 5212, 5245 e 5210 Segunda a sexta 9h00

Leia mais

Introdução a Sistemas de Informação

Introdução a Sistemas de Informação Introdução a Sistemas de Informação Orivaldo Santana Jr A partir de slides elaborados por Ivan G. Costa Filho, Fernando Fonseca & Ana Carolina Salgado Graduação 1 Introdução Sistema de Informação (SI)

Leia mais

SOLUÇÕES DE FORMAÇÃO PARA ENTIDADES EMPREGADORAS FORMAR PARA DESENVOLVER

SOLUÇÕES DE FORMAÇÃO PARA ENTIDADES EMPREGADORAS FORMAR PARA DESENVOLVER SOLUÇÕES DE FORMAÇÃO PARA ENTIDADES EMPREGADORAS FORMAR PARA DESENVOLVER A CONSULTUA - ENSINO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL coloca ao dispor das empresas/entidades empregadoras, um produto profissional de formação

Leia mais

Sumário resumido. As origens da competição e do pensamento estratégico. Aplicação dos fundamentos da estratégia. Gestão competitiva do conhecimento

Sumário resumido. As origens da competição e do pensamento estratégico. Aplicação dos fundamentos da estratégia. Gestão competitiva do conhecimento Sumário resumido Fundamentos da Estratégia e da Competição CAPÍTULO 1 EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ESTRATÉGICO As origens da competição e do pensamento estratégico PROCESSO DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Aplicação

Leia mais

O que é o programa Liderança Para a Mudança (LPM)?

O que é o programa Liderança Para a Mudança (LPM)? O que é o programa Liderança Para a Mudança (LPM)? O Liderança para a Mudança é um programa de aprendizagem activa para o desenvolvimento dos enfermeiros como líderes e gestores efectivos num ambiente

Leia mais

ISEG. Call for Solutions Universities 7th Call

ISEG. Call for Solutions Universities 7th Call ISEG Call for Solutions Universities 7th Call Call for Solutions Universities A tua A tua vontade O teu talento O teu conhecimento curiosidade pelo mundo para trabalhar em novos empresarial desafios O

Leia mais

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO NA ÁREA DE INFORMÁTICA: HABILITAÇÃO TÉCNICO EM INFORMÁTICA NA MODALIDADE A DISTÂNCIA /1

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO NA ÁREA DE INFORMÁTICA: HABILITAÇÃO TÉCNICO EM INFORMÁTICA NA MODALIDADE A DISTÂNCIA /1 ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO NA ÁREA DE INFORMÁTICA: HABILITAÇÃO TÉCNICO EM INFORMÁTICA NA MODALIDADE A DISTÂNCIA - 2008/1 DC 9481 03/10/07 Rev. 00 1. Dados Legais Autorizado pelo Parecer 278 do Conselho

Leia mais

GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE TI BASEADO EM ITIL *

GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE TI BASEADO EM ITIL * GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE TI BASEADO EM ITIL * Alex SILVA 1 ; Marcelo Stehling de CASTRO 2 1 Dicente do curso de pós-graduação lato sensu EMC/UFG alexf16@hotmail.com; 2 Docente do curso de Especialização

Leia mais

Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Departamento de Contabilidade e Atuária EAC FEA - USP

Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Departamento de Contabilidade e Atuária EAC FEA - USP Universidade de São Paulo Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Departamento de Contabilidade e Atuária EAC FEA - USP AULA 09 Customer Relationship Management (CRM) Prof. Dr. Joshua Onome

Leia mais

Ementas. Certificate in Business Administration CBA

Ementas. Certificate in Business Administration CBA Ementas Certificate in Business Administration CBA Agosto 2012 Módulo Fundamental Administração Financeira EMENTA: Disciplina desenvolve a capacidade de contribuição para as decisões gerenciais aplicando

Leia mais

REGULAMENTO ACADÉMICO. XIII. Ponderações e Cálculo da Média Final REG-001/V00

REGULAMENTO ACADÉMICO. XIII. Ponderações e Cálculo da Média Final REG-001/V00 XIII. Ponderações e Cálculo da Média Final I - LICENCIATURAS GESTÃO DA SEGURANÇA E PROTECÇÃO CIVIL Ciência do Fogo - Metodologia das Ciências Sociais Ciência dos Materiais - Optativas Direito da Protecção

Leia mais

UMA PROPOSTA DE POSICIONAMENTO DA ARQUITETURA DA INFORMAÇÃO NO GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE TI RESUMO

UMA PROPOSTA DE POSICIONAMENTO DA ARQUITETURA DA INFORMAÇÃO NO GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE TI RESUMO UMA PROPOSTA DE POSICIONAMENTO DA ARQUITETURA DA INFORMAÇÃO NO GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE TI Maurício Rocha Lyra Centro Universitário de Brasília (UniCEUB) Cláudio Gottschalg Duque RESUMO A Information

Leia mais

Enterprise Application Integration (EAI)

Enterprise Application Integration (EAI) Enterprise Application Integration (EAI) Histórico Sistemas de Informação (SI) muito caros As empresas passaram a contar com mais de um SI July Any Rizzo Oswaldo Filho Informações perdidas por falta de

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Lista de Exercícios 02. Luiz Leão

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Lista de Exercícios 02. Luiz Leão Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Exercício 01 Conceitue e-business e quais o seu principal objetivo? Exercício 01 Resposta Conceitue e-business e quais o seu principal objetivo? É todo

Leia mais

MBA EM GESTÃO E ESTRATÉGIA EMPRESARIAL

MBA EM GESTÃO E ESTRATÉGIA EMPRESARIAL PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA EM GESTÃO E ESTRATÉGIA EMPRESARIAL Objetivos do Curso O curso tem por objetivo capacitar os participantes no desenvolvimento de competências relacionadas com a utilização dos

Leia mais

PROGRAMAÇÃO METODOLÓGICA DO DO CURSO

PROGRAMAÇÃO METODOLÓGICA DO DO CURSO PROGRAMAÇÃO METODOLÓGICA DO DO CURSO DESIGNAÇÃO DO CURSO FORMAÇÃO PEDAGÓGICA INICIAL DE FORMADORES À DISTÂNCIA DURAÇÃO DO CURSO 90 HORAS LOCAL E DATAS DE REALIZAÇÃO DA AÇÃO DE FORMAÇÃO 1. TRAINING CENTER,

Leia mais

Processo Seletivo Professor nº 02/2011

Processo Seletivo Professor nº 02/2011 l CRONOGRAMAS E TEMAS DAS Verifique o dia, o horário e o local das aulas práticas no quadro-resumo e nas tabelas seguintes de acordo com o seu número de inscrição e o seu cargo. QUADRO-RESUMO CARGO DESCRIÇÃO

Leia mais

MBA Gestão da Tecnologia de Informação

MBA Gestão da Tecnologia de Informação MBA Gestão da Tecnologia de Informação Informações: Dias e horários das aulas: Segundas e Terças-feiras das 18h00 às 22h00 aulas semanais; Sábados das 08h00 às 12h00 aulas quinzenais. Carga horária: 600

Leia mais

Disciplinas Fundamentais Curso de Especialização em Administração Industrial (CEAI)

Disciplinas Fundamentais Curso de Especialização em Administração Industrial (CEAI) Disciplinas Fundamentais - 2007 Curso de Especialização em Administração Industrial (CEAI) Administração da Produtividade Produção X Produtividade Indicadores de produtividade: globais e parciais Balanced

Leia mais

Gestão de Departamentos Jurídicos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Gestão de Departamentos Jurídicos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

O Kit da Produtividade componente de valorização da oferta nacional prevista no projecto promovido pela AEP designado Compro o que é Nosso"

O Kit da Produtividade componente de valorização da oferta nacional prevista no projecto promovido pela AEP designado Compro o que é Nosso A elaboração do Kit da Produtividade é uma iniciativa da AEP, em co-produção com o IAPMEI, visando o desenvolvimento de uma campanha de melhoria da competitividade das empresas portuguesas O Kit da Produtividade

Leia mais

Componentes de SIs. Pessoas Organiz. Tecnologia

Componentes de SIs. Pessoas Organiz. Tecnologia Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Administração Tecnologia e Sistemas de Informação - 03 Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti

Leia mais

Nome do Curso Gestão de equipes. Carga horária: 72h Quantidade de aulas: 20 Docentes responsáveis pelo curso: Osvaldo Gastaldon

Nome do Curso Gestão de equipes. Carga horária: 72h Quantidade de aulas: 20 Docentes responsáveis pelo curso: Osvaldo Gastaldon Nome do Curso Gestão de equipes Carga horária: 72h Quantidade de aulas: 20 Docentes responsáveis pelo curso: Osvaldo Gastaldon Objetivo: Fornecer ao aluno o conhecimento holístico de Gestão de Equipes,

Leia mais

Certificação ISO no

Certificação ISO no Certificação ISO 27001 no Instituto t de Informática, I.P. (MTSS) 30-11-2010 1 Agenda O Instituto t de Informática, I.P.; Sistema de Gestão Integrado (ISO 9001, 27001, 20000) Manutenção da Certificação

Leia mais

Aula 01. Administração de Sistemas de Informação. Sistemas de Informação

Aula 01. Administração de Sistemas de Informação. Sistemas de Informação Administração de Aula 01 Decisões eficazes são baseadas na análise de dados e informações. (NBR ISO 9000 29/01/2001). Sistema de Informações pode ser considerado como centro de inteligência ou o cérebro

Leia mais

Estratégias para a Saúde

Estratégias para a Saúde Estratégias para a Saúde V.1) Cadernos do PNS Acções e Recomendações Promoção da Cidadania em Saúde (Versão Discussão) ESTRATÉGIAS PARA A SAÚDE V.1) CADERNOS DO PNS - ACÇÕES E RECOMENDAÇÕES PROMOÇÃO DA

Leia mais

Graduação: Administração e Ciências Econômicas. Quadro de disciplinas e carga horária

Graduação: Administração e Ciências Econômicas. Quadro de disciplinas e carga horária Graduação: Administração e Ciências Econômicas Quadro de disciplinas e carga horária 2016 ÍNDICE 1. QUADRO DE DISCIPLINAS E CARGA HORÁRIA DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO... 3 2. QUADRO DE DISCIPLINAS E CARGA

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular PERÍODO: 1º CINF0012- FUNDAMENTOS DA GESTÃO DA INFORMAÇÃO OBRIG 60 0 60 4.0 CONCEITOS FUNDAMENTAIS EM GESTÃO DA INFORMAÇÃO. CINF0013- INTRODUÇÃO À ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO OBRIG 60 0 60 4.0 FUNDAMENTOS

Leia mais

Título da Apresentação

Título da Apresentação Título da Apresentação Processo Demoiselle para Modelagem de Negócio Palestrantes: Alisson Wilker alisson-wilker.silva@serpro.gov.br http://www.frameworkdemoiselle.gov.br/projetos/process 00/00/0000 Agenda

Leia mais

ANEXO VII Perfil para futuros concursos de TI da UNIFESP

ANEXO VII Perfil para futuros concursos de TI da UNIFESP ANEXO VII Perfil para futuros concursos de TI da UNIFESP Proposição de perfil para futuros concursos de TI da UNIFESP (ainda não foi utilizado) 174 Perfil para futuros concursos de TI da UNIFESP 1º. Cargo:

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO - BACHARELADO MATRIZ 2012 Vigência a partir de

ADMINISTRAÇÃO - BACHARELADO MATRIZ 2012 Vigência a partir de FACULDADE FIA DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS Mantida pela Fundação Instituto de Administração ADMINISTRAÇÃO - BACHARELADO MATRIZ 2012 Vigência a partir de 2012-01 1 Informática Básica 2 38 2 32 1 Pesquisa

Leia mais

ALINHAMENTO ESTRATÉGICO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

ALINHAMENTO ESTRATÉGICO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ALINHAMENTO ESTRATÉGICO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Referência Tecnologia da Informação para Gestão : Transformando os negócios na Economia Digital. Bookman, sexta edição, 2010. Conhecimento em TI: O que

Leia mais

MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS

MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS Objetivos do Curso O curso tem como objetivo geral capacitar profissionais na área de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas com capacidade de

Leia mais

Roadmap para Implementação e Certificação ISO Mário Rui Costa

Roadmap para Implementação e Certificação ISO Mário Rui Costa 1 1 Roadmap para Implementação e Certificação ISO 20000-1 Mário Rui Costa TÓPICOS O que é a ISO 20000-1? Porquê implementar? Custos Ponto de partida Papéis e Responsabilidades Implementação Preparação

Leia mais

Curso Google Adwords e Marketing Digital. Carga horária: 16h

Curso Google Adwords e Marketing Digital. Carga horária: 16h Curso Google Adwords e Marketing Digital Carga horária: 16h Quem Somos A Internet Innovation é a primeira empresa a oferecer uma grade completa de cursos especializados em Comércio Eletrônico e Marketing

Leia mais

Sumário. PARTE 1 Gestão logística da cadeia de suprimentos. Capítulo 2. Capítulo 1

Sumário. PARTE 1 Gestão logística da cadeia de suprimentos. Capítulo 2. Capítulo 1 Sumário PARTE 1 Gestão logística da cadeia de suprimentos Capítulo 1 Cadeias de suprimentos no século xxi... 2 A revolução da cadeia de suprimentos... 4 Integração gera valor... 6 Modelo geral de cadeia

Leia mais

Objetivo do curso: Público Alvo: Critérios de admissão para o curso:

Objetivo do curso: Público Alvo: Critérios de admissão para o curso: A Faculdade AIEC, mantida pela Associação Internacional de Educação Continuada AIEC, iniciou, em 2002, o curso de Bacharelado em Administração, na metodologia semipresencial. Foi pioneira e até hoje é

Leia mais

MEEC. Mestrado em Eng. Electrotécnica e de Computadores. Índice. MEEC Edição 2008/09 Instituto Superior de Engenharia do Porto

MEEC. Mestrado em Eng. Electrotécnica e de Computadores. Índice. MEEC Edição 2008/09 Instituto Superior de Engenharia do Porto Mestrado em Eng. Electrotécnica e de Computadores O Mestrado em Engenharia Electrotécnica e de Computadores destina-se a complementar a formação de profissionais habilitados com o grau de Licenciado, fornecendo

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO I D E N T I F I C A Ç Ã O Departamento: Sistemas de Informação Disciplina: Sistemas de Informações Gerenciais (SIG) Pré-Requisitos: - CH: 7 Curso: Bacharelado em Sistemas de Informação Semestre: 2011/2

Leia mais

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Prof. Gildo de Almeida Leonel Profª Lillian Cherrine

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Prof. Gildo de Almeida Leonel Profª Lillian Cherrine TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Prof. Gildo de Almeida Leonel Profª Lillian Cherrine EMENTA 2 3 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 3 hs/aula semanais. CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60hs/aula Esta disciplina trata da questão do

Leia mais

Gestão por competências e aprendizagem na Autoridade Tributária e Aduaneira Damasceno Dias

Gestão por competências e aprendizagem na Autoridade Tributária e Aduaneira Damasceno Dias Gestão por competências e aprendizagem na Autoridade Tributária e Aduaneira Damasceno Dias Subdiretor-Geral dos Recursos Humanos e Formação da AT Agenda Como surge o (CFW Competency Framework for the Customs

Leia mais

CURSO: ADMINISTRAÇÃO

CURSO: ADMINISTRAÇÃO CURSO: ADMINISTRAÇÃO EMENTAS - 2016.1 1º PERÍODO DISCIPLINA: MATEMÁTICA APLICADA A ADMINISTRAÇÃO Equações do primeiro e segundo graus com problemas. Problemas aplicando sistemas; sistemas com três incógnitas

Leia mais

7.1 Contribuições para a teoria de administração de empresas

7.1 Contribuições para a teoria de administração de empresas 7 Conclusões Esta tese teve por objetivo propor e testar um modelo analítico que identificasse como os mecanismos de controle e as dimensões da confiança em relacionamentos interorganizacionais influenciam

Leia mais

Concurso da Prefeitura São Paulo. Curso Gestão de Processos, Projetos e Tecnologia da Informação

Concurso da Prefeitura São Paulo. Curso Gestão de Processos, Projetos e Tecnologia da Informação Contatos: E-mail: profanadeinformatica@yahoo.com.br Blog: http://profanadeinformatica.blogspot.com.br/ Facebook: https://www.facebook.com/anapinf Concurso da Prefeitura São Paulo Curso Gestão de Processos,

Leia mais

Portfolio de Atividades. Prof. João Carlos Boyadjian,PMP,MBA,MSc

Portfolio de Atividades. Prof. João Carlos Boyadjian,PMP,MBA,MSc Portfolio de Atividades Prof. João Carlos Boyadjian,PMP,MBA,MSc A JCB MANAGEMENT. é uma empresa voltada para o segmento de Gerenciamento de Projetos, Planejamento, Controle de Projetos e Produção para

Leia mais

Negociação Comercial

Negociação Comercial Negociação Comercial Aula 5-16/02/09 1 Negociação Comercial CONCEITOS INTELIGENCIA COMPETITIVA 2 INTELIGENCIA COMPETITIVA 1. Conceitos 2. Inteligência Competitiva no ambiente dos negócios 3. O Sistema

Leia mais

50 horas letivas Formação Online

50 horas letivas Formação Online Curso de Especialista em Gestão 50 horas letivas Formação Online A Academia de formação AHRESP tem como objetivo profissionalizar o setor da restauração e hotelaria ao nível gastronómico e empresarial.

Leia mais

e-commerce Comércio Eletrônico

e-commerce Comércio Eletrônico e-commerce Comércio Eletrônico Parte 01 Prof. Fulvio Cristofoli fulviocristofoli@uol.com.br www.fulviocristofoli.com.br Conceito Conceitos Comércio eletrônico (CE) é o processo de comprar, vender ou trocar

Leia mais

EMENTAS PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA EM GESTÃO DE NEGÓCIOS INTERNACIONAIS E COMÉRCIO EXTERIOR

EMENTAS PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA EM GESTÃO DE NEGÓCIOS INTERNACIONAIS E COMÉRCIO EXTERIOR EMENTAS PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA EM GESTÃO DE NEGÓCIOS INTERNACIONAIS E COMÉRCIO EXTERIOR Disciplina: METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA Introdução a metodologia científica, aspectos do conhecimento

Leia mais

GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS COM GLPI

GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS COM GLPI GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS COM GLPI UM POUCO SOBRE ITIL O QUE É? ITIL é um acrônimo de Information Technology Infrastructure Library; Traz as melhores praticas para o gerenciamento de serviços de TI; Foi

Leia mais

PLANO DE CURSO. Formação para Profissionais. PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL

PLANO DE CURSO. Formação para Profissionais.  PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL PLANO DE CURSO PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL Formação para Profissionais + 2.000 Cursos Disponíveis A Melhor e Maior Oferta de Formação em Portugal + 1.300 Cursos na

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 90-CEPE/UNICENTRO, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009. ESTA RESOLUÇÃO ESTÁ REVOGADA PELA RESOLUÇÃO Nº 71/2011- CEPE/UNICENTRO. Aprova o Curso de Especialização em Controladoria e Finanças, modalidade

Leia mais

Calendário exames Finalistas 2015/2016 (versão ) Design de Jogos Digitais

Calendário exames Finalistas 2015/2016 (versão ) Design de Jogos Digitais Design de Jogos Digitais Desenho Matemática para Jogos /09 09:0 Narrativa Não-Linear Programação I 9/09 09:0 Semiótica Animação D Design D 4/09 09:0 Imagem Programação II /09 09:0 Teoria dos Jogos 0/09

Leia mais

Curso de Mediaçã o de Conflitos

Curso de Mediaçã o de Conflitos Curso de Mediaçã o de Conflitos Objetivos Gerais/Competências visadas: Dotar os formandos de um conjunto de competências que permitam problematizar, analisar e refletir sobre situações práticas de gestão

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 2-CEPE/UNICENTRO, DE 30 DE JANEIRO DE 2014. Aprova o Curso de Especialização em MBA em Gestão de Negócios, modalidade regular, a ser ministrado no Campus Avançado da UNICENTRO, no Município

Leia mais

Do i-government ao c-government. O Papel do Governo na Promoção da Inovação Tecnológica e nas Redes de Cooperação. 21 de Fevereiro de 2008

Do i-government ao c-government. O Papel do Governo na Promoção da Inovação Tecnológica e nas Redes de Cooperação. 21 de Fevereiro de 2008 Do i-government ao c-government O Papel do Governo na Promoção da Inovação Tecnológica e nas Redes de Cooperação 21 de Fevereiro de 2008 Resumo da Apresentação Caso Prático: Projecto CERDIGSEG Huelva,

Leia mais

Índice CONCEITOS E FUNDAMENTOS. Parte I. Capítulo 1 A natureza do problema estratégico 21

Índice CONCEITOS E FUNDAMENTOS. Parte I. Capítulo 1 A natureza do problema estratégico 21 Índice Introdução 15 Parte I CONCEITOS E FUNDAMENTOS Capítulo 1 A natureza do problema estratégico 21 1. Introdução 21 2. A estratégia deve assegurar a satisfação equilibrada das diversas legitimidades

Leia mais

LISTA DE FIGURAS, GRÁFICOS, QUADROS E TABELAS

LISTA DE FIGURAS, GRÁFICOS, QUADROS E TABELAS iii LISTA DE FIGURAS, GRÁFICOS, QUADROS E TABELAS Capítulo I Tabela nº 1 Composição da amostragem: professores e alunos em relação às quantidades de questionários enviados/recebidos na pesquisa.. 6 Tabela

Leia mais

Universidade Regional de Blumenau

Universidade Regional de Blumenau Universidade Regional de Blumenau Curso de Bacharel em Ciências da Computação Protótipo de um Sistema de Informações Estratégicas para Consultórios Médicos utilizando Genexus Protótipo desenvolvido como

Leia mais

CES-30 Técnicas de Banco de Dados - BD e CE-240 Projeto de Sistema de BD. Introdução e Orientações Gerais

CES-30 Técnicas de Banco de Dados - BD e CE-240 Projeto de Sistema de BD. Introdução e Orientações Gerais CURSO DE GRADUAÇÃO e DE PÓS-GRADUAÇÃO DO ITA 1º SEMESTRE 2002 CES-30 Técnicas de Banco de Dados - BD e CE-240 Projeto de Sistema de BD Prof. Dr. Adilson Marques da Cunha Introdução e Orientações Gerais

Leia mais

PROCESSO SELETIVO EXTERNO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

PROCESSO SELETIVO EXTERNO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANEXO II EDITAL N 01/2016, DE 19 DE MAIO DE 2016 PROCESSO SELETIVO EXTERNO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO A-01 - ASSESSOR TECNICO III COORDENADOR/SUPERVISOR PEDAGOGICO SAÚDE UNIDADE TERESINA; B-01 - ASSESSOR TECNICO

Leia mais