Gerência de Políticas Públicas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Gerência de Políticas Públicas"

Transcrição

1 Gerência de Políticas Públicas Principais projetos para 2015 Educação Empreendedora Consultoria Gestão Inovação Resultados /

2 AMBIENTE DE NEGÓCIOS DESFAVORÁVEL Concorrência Elevada Informalidade Predatória Obstáculos Baixa Competitividade Empreendorismo por Necessidade Alto Custo de Formalização Alta Mortalidade Precoce

3 Objetivo Contribuir na articulação, formulação e mobilização para que o Sistema SEBRAE se posicione institucionalmente no campo das Políticas Públicas, promovendo o desenvolvimento, fortalecendo a representação e contribuindo na construção de um ambiente legal favorável às micro e pequenas empresas.

4 ESTRATÉGIA DE ATUAÇÃO EM PP

5 PRINCIPAIS MEDIDAS LEGAIS HISTÓRICO Criação do Centro Brasileiro de Assistência Gerencial à Pequena Empresa - CEBRAE Lei 7.256/1984: 1º Estatuto Nacional da Microempresa 1988 Constituição prevê o tratamento diferenciado para a MPE Decreto nº /1990: Transformação do antigo Cebrae em Sebrae Lei 9317/1996: Simples Federal PEC 42/2003: Lei Complementar para o tratamento diferenciado da MPE Lei Complementar Federal 123/2006: Estatuto da MPE; Supersimples Lei Complementar 127/2007: Inclusão de novas categorias no Supersimples Lei Complementar 128/2008: Microempreendedor Individual e Agente de Desenvolvimento Lei Complementar Federal 129/2009: Inclusão do setor cultural no Supersimples Lei Complementar Federal 139/2011: Correção dos tetos do Supersimples; parcelamento de débitos e estímulo às exportações PLP 221/2012: alterações em vários capítulos da Lei Geral Aprovação do PLC 60 no Plenário do Senado enviado para sanção presidencial (07 de agosto).

6 MOTE DA LEI GERAL DAS MPEs Tornar as ME e EPP, na formalidade, competitivas na relação com as grandes empresas e perante a economia informal, por meio de: Desafio Desoneração Fazer da formalidade um bom negócio Redução das barreiras Estímulos

7 Programa de compras que visa incentivar as administrações municipais a adquirir bens e serviços de micro e pequenas empresas. O foco deste projeto é o fortalecimento dos pequenos negócios, através da ampliação de fornecedores nos 30 maiores municípios do RS. Este projeto já atendeu mais de MPEs, investiu mais de R$ 100 milhões e economizou para o governo entorno de R$ 49 milhões (cerca de 24%). Compras Governamentais Duração: 3 anos (até 2016) Gestora: Marcia Ferran

8 Meta mobilizadora nacional que tem por objetivo aplicar os dispositivos contidos na Lei Geral da Micro e Pequena Empresa nos municípios do Estado. A metodologia envolve a aplicação de diagnósticos e planos de ação através de consultorias. Em três anos de projeto, o Estado já conta com 172 municípios com a Lei implementada. Implementação da Lei Geral Duração: 4 anos (até 2015) Gestor: Felipe Fischer

9 O Agente de Desenvolvimento está regulamentado pela Lei Federal 128/2008 e é o responsável por aplicar, fiscalizar e mensurar a aplicação da Lei Geral no seu município. O SEBRAE trabalha no incentivo à nomeação formal, capacitação, e interação dos ADs. Agente de Desenvolvimento Hoje há cerca de 180 ADs nomeados e trabalhando pelos pequenos negócios nos municípios do Estado. Duração: 3 anos (até 2018) Gestor: Felipe Fischer

10 Projeto de desburocratização de âmbito nacional, que visa unificar e informatizar processos para acelerar o tempo médio de abertura e encerramento de empresas. São parceiros deste projeto: a Junta Comercial do Estado do RS e os Municípios do RS. REDESIM 16 municípios aderiram no 1º ano do projeto, sendo que Guaíba já começou a operar a consulta prévia. Duração: 2 anos (até 2016) Gestora: Janaína Zago

11 O Projeto de Desenvolvimento Econômico e Territorial (DET) corresponde a um conjunto de ações amplas e encadeadas, que envolvem atendimento coletivo e individual, através de cursos, palestras e consultorias. É aplicado em um conjunto de municípios com características parecidas. Paralelamente, ocorrem ações de melhoria do ambiente legal, como a implementação da Lei Geral e Agente de Desenvolvimento. DET Existem dois territórios que receberão a metodologia em 2015: Noroeste e Sul do Estado. Duração: 3 anos (até 2017) Gestora: Tangriane

12 O Projeto Líder tem o objetivo de desenvolver as lideranças de determinada região, de acordo com uma metodogia robusta e com consultores especializados. Em 2015 será realizado nos municípios da Campanha e Fronteira Oeste e região Sul do Estado. Líder Duração: 2 anos (até 2016) Gestora: Tangriane

13 O Prêmio SEBRAE Prefeito Empreendedor visa reconhecer as melhores iniciativas da gestão pública municipal em prol dos pequenos negócios. Em 2013/14 foram recebidos 80 projetos, divididos em seis categorias temáticas e uma geral (melhor projeto), sendo que 30 deles foram reconhecidos na cerimônia de premiação. O município de Gramado venceu a etapa estadual e nacional na categoria melhor projeto. Prêmio SEBRAE Prefeito Empreendedor Duração: ininterrupto Gestora: Tangriane Forest

14 O Fórum Permanente das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do RS foi criado no decreto Estadual /2011 e aborda 6 eixos temáticos: Rede de Disseminação, Informação e Capacitação, Investimento e Financiamento, Tecnologia e Inovação, Comércio Exterior, Compras Governamentais, e Desoneração e Desburocratização. FOPEMEPE Duração: 3 anos (Até 2017) Gestora: Claudia Cittolin

15 Este projeto é responsável pela elaboração de pareces, notas técnicas e apoio a Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa. A assessoria legislativa também tem como objetivo auxiliar vereadores, deputados e senadores na confecção de Leis que beneficiem os empresários de pequenos negócios, bem como os gestores do poder executivo na elaboração de decretos e correta interpretação dos instrumentos jurídicos. Assessoria Legislativa Duração: 3 anos (Até 2017) Gestora: Claudia Cittolin

16 Especialistas em pequenos negócios Sebrae RS (Oficial) Alessandro Vasconcelos Machado Gerente de Políticas Públicas (51)

A Importância para o Desenvolvimento Nacional da Participação das PYMES nas Compras Públicas. Santo Domingo República Dominicana 27 de Abril de 2015

A Importância para o Desenvolvimento Nacional da Participação das PYMES nas Compras Públicas. Santo Domingo República Dominicana 27 de Abril de 2015 A Importância para o Desenvolvimento Nacional da Participação das PYMES nas Compras Públicas Santo Domingo República Dominicana 27 de Abril de 2015 SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

Leia mais

Controle Social, Transparência e Políticas Públicas

Controle Social, Transparência e Políticas Públicas Controle Social, Transparência e Políticas Públicas Pequenos Negócios 99% das empresas 3,6 milhões MEI 52% dos empregos 83% novas vagas na década 25% PIB Expansão contínua! Lei Geral da MPE 123/2006 Uma

Leia mais

A Lei Geral e o Desenvolvimento do Tocantins

A Lei Geral e o Desenvolvimento do Tocantins A Lei Geral e o Desenvolvimento do Tocantins Hélcio F. Moreira Março/2014 Desafio Aprovar a Lei Implementar a lei Objetivos com a Lei Geral Para as Empresas Tornar as ME e EPP competitivas na formalidade

Leia mais

Forma de Atuação SEBRAE/RS. Educação Empreendedora Consultoria Gestão Inovação Resultados /

Forma de Atuação SEBRAE/RS. Educação Empreendedora Consultoria Gestão Inovação Resultados / Forma de Atuação SEBRAE/RS Educação Empreendedora Consultoria Gestão Inovação Resultados 0800 570 0800 / www.sebrae-rs.com.br Importância dos Pequenos Negócios no RS Microempresas e Empresas de Pequeno

Leia mais

A LEI GERAL DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS O PAPEL DOS TRIBUNAIS DE CONTAS FRENTE ÀS DEMANDAS SOCIAIS

A LEI GERAL DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS O PAPEL DOS TRIBUNAIS DE CONTAS FRENTE ÀS DEMANDAS SOCIAIS A LEI GERAL DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS O PAPEL DOS TRIBUNAIS DE CONTAS FRENTE ÀS DEMANDAS SOCIAIS 05 de agosto de 2014 Força das Pequenas Empresas 9 Milhões optantes no Simples 4,2 milhões MEI 52% das

Leia mais

TEMA : SIMPLIFICAÇÃO E DESBUROCRATIZAÇÃO. REGIONAL OESTE Ação: SALA DO EMPRESÁRIO EM CASCAVEL PR. 1.Breve caracterização municipal

TEMA : SIMPLIFICAÇÃO E DESBUROCRATIZAÇÃO. REGIONAL OESTE Ação: SALA DO EMPRESÁRIO EM CASCAVEL PR. 1.Breve caracterização municipal TEMA : SIMPLIFICAÇÃO E DESBUROCRATIZAÇÃO REGIONAL OESTE Ação: SALA DO EMPRESÁRIO EM CASCAVEL PR 1.Breve caracterização municipal Cascavel é considerado a capital do Oeste do Estado do Paraná devido a sua

Leia mais

CONTRIBUINDO PARA A COMPETITIVIDADE SUSTENTÁVEL

CONTRIBUINDO PARA A COMPETITIVIDADE SUSTENTÁVEL CONTRIBUINDO PARA A COMPETITIVIDADE SUSTENTÁVEL Uma organização autossustentável e não Governamental, que atua através de um sistema de Rede de Comitês, utilizando trabalho voluntário. Agentes Multiplicadores

Leia mais

A LEI GERAL DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO CONGRESSO NACIONAL. Unidade de Políticas Públicas - UPP

A LEI GERAL DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO CONGRESSO NACIONAL. Unidade de Políticas Públicas - UPP A LEI GERAL DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO CONGRESSO NACIONAL Unidade de Políticas Públicas - UPP Elaboração: Assessoria Legislativa Afonso Marcondes Nicole Albuquerque Dino Brasília, 31 de julho de

Leia mais

PPA Sebrae RN

PPA Sebrae RN PPA 2017-2018 Sebrae RN Cenário de Atuação Estratégia de Atuação Metas Recursos Medidas de Gestão Os pequenos negócios e sua importância para o desenvolvimento do RN Número de optantes pelo simples nacional

Leia mais

13/02/14 Inicio das atividades da nova agente de desenvolvimento

13/02/14 Inicio das atividades da nova agente de desenvolvimento Relatório 1. Objetivo; 2. Total de Atendimentos; 3. Motivo da Procura; 4. Descrição das Atividades; 5. Tipos de empreendedores e atendimentos; 6. Ações futuras. 1 - Objetivo: O presente relatório tem a

Leia mais

Encontro de Alinhamento 2014 SEBRAE em Sintonia

Encontro de Alinhamento 2014 SEBRAE em Sintonia Encontro de Alinhamento 2014 SEBRAE em Sintonia GERÊNCIA DE CREDENCIADOS SEBRAE/RS Educação Empreendedora Consultoria Gestão Inovação Resultados 0800 570 0800 / www.sebrae-rs.com.br AGENDA Contratualização

Leia mais

Papel das micro e pequenas empresas no Desenvolvimento do Nordeste

Papel das micro e pequenas empresas no Desenvolvimento do Nordeste ESPECIALISTAS EM PEQUENOS NEGÓCIOS Papel das micro e pequenas empresas no Desenvolvimento do Nordeste As micro e pequenas empresas na economia A IMPORTÂNCIA ECONÔMICA DOS PEQUENOS NEGÓCIOS Fonte: Elaboração

Leia mais

Impactos da transferência de tecnologia como resultado da atuação dos NIT SEBRAE NACIONAL/UAITS. Adriana Dantas Gonçalves Maio de 2017

Impactos da transferência de tecnologia como resultado da atuação dos NIT SEBRAE NACIONAL/UAITS. Adriana Dantas Gonçalves Maio de 2017 Impactos da transferência de tecnologia como resultado da atuação dos NIT SEBRAE NACIONAL/UAITS Adriana Dantas Gonçalves Maio de 2017 Desafios e eixos de atuação Transversalidade no atendimento Intervenção

Leia mais

Pesquisa Expectativa dos Pequenos Negócios Gaúchos

Pesquisa Expectativa dos Pequenos Negócios Gaúchos Pesquisa Expectativa dos Pequenos Negócios Gaúchos Planejamento e Orçamento 3º trimestre/2013 Outubro 2013 Educação Empreendedora Consultoria Gestão Inovação Resultados 0800 570 0800 / www.sebrae-rs.com.br

Leia mais

SEBRAE SEBRAE DA LEI GERAL DAS. Quem são os Pequenos Negócios?

SEBRAE SEBRAE DA LEI GERAL DAS. Quem são os Pequenos Negócios? A IMPLEMENTAÇÃO DA LEI GERAL DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS EM MATO GROSSO Quem são os Pequenos Negócios? PRODUTOR RURAL Pessoa física ou jurídica que explora a terra, com fins econômicos ou de subsistência

Leia mais

Banco do Nordeste: Soluções Inovadoras para Pequenas e Médias Empresas

Banco do Nordeste: Soluções Inovadoras para Pequenas e Médias Empresas Banco do Nordeste: Soluções Inovadoras para Pequenas e Médias Empresas Ativos Banco: R$ 50,6 bilhões R$ 71,1 bilhões Ativos Banco: R$ 46,3 bilhões Ativos FNE: R$ 67,4 bilhões Patrimônio Líquido BNB: R$

Leia mais

Para o turista chegar e querer voltar, o empresário tem que querer melhorar. MEDE - Turismo: inovação e competitividade com foco em resultados.

Para o turista chegar e querer voltar, o empresário tem que querer melhorar. MEDE - Turismo: inovação e competitividade com foco em resultados. Para o turista chegar e querer voltar, o empresário tem que querer melhorar. MEDE - Turismo: inovação e competitividade com foco em resultados. O MEDE é um plano de atendimento especializado do SEBRAE

Leia mais

Agenda. Contexto. O Nordeste Territorial. Fórum de Governança da Atividade Econômica. Formas de Financiamento

Agenda. Contexto. O Nordeste Territorial. Fórum de Governança da Atividade Econômica. Formas de Financiamento Agenda Contexto O Nordeste Territorial Fórum de Governança da Atividade Econômica Formas de Financiamento Área de atuação do BNB Nordeste: 1.554,4 mil Km 2 Semi-árido: 974,4 mil Km 2 (62,7% do território

Leia mais

SEBRAE INDICADOR DE IMPLEMENTAÇÃO DA LEI GERAL DA MICRO E PEQUENA EMPRESA NOS MUNICIPIOS /

SEBRAE INDICADOR DE IMPLEMENTAÇÃO DA LEI GERAL DA MICRO E PEQUENA EMPRESA NOS MUNICIPIOS / INDICADOR DE IMPLEMENTAÇÃO DA LEI GERAL DA MICRO E PEQUENA EMPRESA NOS MUNICIPIOS Histórico de estratégia para efetivação da LC 123/06 Regulamentação Envidar esforços para que os pontos pendentes de regulamentação

Leia mais

Simpósio Educação Empreendedora

Simpósio Educação Empreendedora Simpósio Educação Empreendedora O Sebrae-SP QUEM SOMOS O SEBRAE-SP é uma entidade privada e de interesse público, que apoia a abertura e expansão dos pequenos negócios e transforma a vida de milhões de

Leia mais

A Lei Geral da MPE. SEBRAE Rio de Janeiro 05 de outubro de 2004

A Lei Geral da MPE. SEBRAE Rio de Janeiro 05 de outubro de 2004 A Lei Geral da MPE A Lei Geral da MPE SEBRAE Rio de Janeiro 05 de outubro de 2004 Ricardo Tortorella: Economista, Mestrado em Finanças Públicas, Consultor do Fundo Monetário Internacional, do Banco Mundial

Leia mais

Regulamento 05/08/2015

Regulamento 05/08/2015 Regulamento Revisão Revisão nº nº 09 09 05/08/2015 Do prêmio Art. 1º O Prêmio LÍDERES & VENCEDORES é promovido pela Assembleia Legislativa do Estado e a FEDERASUL- Federação das Associações Comerciais

Leia mais

O 2º Encontro das Micro e Pequenas Empresas do Paraná é uma iniciativa conjunto do FOPEME, FIEP e SEBRAE.

O 2º Encontro das Micro e Pequenas Empresas do Paraná é uma iniciativa conjunto do FOPEME, FIEP e SEBRAE. 2º Encontro das Micro e Pequenas Empresas do Paraná O 2º Encontro das Micro e Pequenas Empresas do Paraná é uma iniciativa conjunto do FOPEME, FIEP e SEBRAE. Uma oportunidade para reunir comitês, compartilhar

Leia mais

Agenda Eventos Eventos Institucionais. Gerência de Comunicação 01/03/2016

Agenda Eventos Eventos Institucionais. Gerência de Comunicação 01/03/2016 Agenda Eventos 2016 Eventos Institucionais Gerência de Comunicação 01/03/2016 Educação Empreendedora Gestão Inovação Acesso a mercados Orientação ao crédito 0800 570 0800 / www.sebrae-rs.com.br NOVO FORMATO

Leia mais

Programa de Desenvolvimento de Lideranças do Sistema Sebrae. Pio Cortizo Unidade de Gestão Estratégica Sebrae Nacional Milão, 15 de julho de 2013

Programa de Desenvolvimento de Lideranças do Sistema Sebrae. Pio Cortizo Unidade de Gestão Estratégica Sebrae Nacional Milão, 15 de julho de 2013 Programa de Desenvolvimento de Lideranças do Sistema Sebrae SEBRAE 2022 Pio Cortizo Unidade de Gestão Estratégica Sebrae Nacional Milão, 15 de julho de 2013 Programa de Desenvolvimento de Lideranças do

Leia mais

Relatório. Abril

Relatório. Abril Relatório Abril - 2014 1. Objetivo; 2. Total de Atendimentos; 3. Motivo da Procura; 4. Descrição das Atividades; 5. Tipos de empreendedores e atendimentos. 1 - Objetivo: O presente relatório tem a finalidade

Leia mais

PORTFÓLIO. Alimentos

PORTFÓLIO. Alimentos Alimentos QUEM SOMOS? Entidade privada que promove a competitividade e o desenvolvimento sustentável dos empreendimentos de micro e pequeno porte aqueles com faturamento bruto anual de até R$ 3,6 milhões.

Leia mais

Sustentabilidade nos negócios. Fernando Carvalho Departamento de Planejamento, Orçamento e Controle

Sustentabilidade nos negócios. Fernando Carvalho Departamento de Planejamento, Orçamento e Controle Sustentabilidade nos negócios Fernando Carvalho Departamento de Planejamento, Orçamento e Controle Sustentabilidade nos Negócios Agenda Um pouco do do Bradesco Sustentabilidade e o Bradesco Planejamento

Leia mais

PRECISA MELHORAR O SEU NEGÓCIO?

PRECISA MELHORAR O SEU NEGÓCIO? PRECISA MELHORAR O SEU NEGÓCIO? PROGRAMAÇÃO 1º Trimestre - e Região PARA MICROEMPREENDEDORES INDIVIDUAIS, MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE Importante! As vagas para cada evento são limitadas A

Leia mais

Pequenas e Médias Empresas no Brasil Pequenos Negócios Conceito e Principais instituições de Apoio aos Pequenos Negócios

Pequenas e Médias Empresas no Brasil Pequenos Negócios Conceito e Principais instituições de Apoio aos Pequenos Negócios Pequenas e Médias Empresas no Brasil Pequenos Negócios Conceito e Principais instituições de Apoio aos Pequenos Negócios Atualmente, no Brasil, há pelo menos três definições utilizadas para limitar o que

Leia mais

A importância da Inovaçã. ção o para as Micro, Secretaria de Comércio e Serviços Departamento de Micro, Pequenas e Médias M

A importância da Inovaçã. ção o para as Micro, Secretaria de Comércio e Serviços Departamento de Micro, Pequenas e Médias M Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Secretaria de Comércio e Serviços Departamento de Micro, Pequenas e Médias M Empresas A importância da Inovaçã ção o para as Micro, Pequenas

Leia mais

AS AÇÕES DO SEBRAE PARA A CADEIA DA CONSTRUÇÃO EM GOIÁS. COMAT- Comissão de Materiais, Tecnologia, Qualidade e Produtividade

AS AÇÕES DO SEBRAE PARA A CADEIA DA CONSTRUÇÃO EM GOIÁS. COMAT- Comissão de Materiais, Tecnologia, Qualidade e Produtividade AS AÇÕES DO SEBRAE PARA A CADEIA DA CONSTRUÇÃO EM GOIÁS COMAT- Comissão de Materiais, Tecnologia, Qualidade e Produtividade Goiânia 23/maio/2014 PROJETO DESENVOLVIMENTO DA CONSTRUÇÃO CIVIL PÚBLICO ALVO

Leia mais

Aqui você escolhe o curso que deseja fazer de acordo com o seu momento empreendedor e as necessidades de sua empresa.

Aqui você escolhe o curso que deseja fazer de acordo com o seu momento empreendedor e as necessidades de sua empresa. Aqui você escolhe o curso que deseja fazer de acordo com o seu momento empreendedor e as necessidades de sua empresa. Aprender a Empreender Objetivo: Desenvolver conhecimentos, habilidades e atitudes sobre

Leia mais

SALVADOR/BA RECEBE O MÓDULO GESTÃO EMPRESARIAL DO PROJETO OBJETIVA EMPREENDEDORISMO EM FOCO

SALVADOR/BA RECEBE O MÓDULO GESTÃO EMPRESARIAL DO PROJETO OBJETIVA EMPREENDEDORISMO EM FOCO SALVADOR/BA RECEBE O MÓDULO GESTÃO EMPRESARIAL DO PROJETO OBJETIVA EMPREENDEDORISMO EM FOCO Organizados pela APRO e pelo SEBRAE-Bahia, módulos têm por objeto proporcionar ao setor audiovisual a possibilidade

Leia mais

Sistema OCB. Você participa. Todos crescem.

Sistema OCB. Você participa. Todos crescem. Sistema OCB. Você participa. Todos crescem. COOPERATIVISMO NO MUNDO COOPERATIVISMO NO MUNDO HOJE 1 a cada 7 PESSOAS no mundo são associadas a COOPERATIVAS Se as 300 maiores cooperativas do mundo fossem

Leia mais

Projeto de Implantação da REDESIMPLES no Estado do Rio Grande do Sul

Projeto de Implantação da REDESIMPLES no Estado do Rio Grande do Sul Projeto de Implantação da REDESIMPLES no Estado do Rio Grande do Sul Educação Empreendedora Consultoria Gestão Inovação Resultados 0800 570 0800 / www.sebrae-rs.com.br Cenário Atual Força das Pequenas

Leia mais

Lei nº 5.663, 2016 DODF de TABELA DE REMUNERAÇÃO DOS CARGOS EFETIVOS DA CLDF Vigência: agosto de 2017

Lei nº 5.663, 2016 DODF de TABELA DE REMUNERAÇÃO DOS CARGOS EFETIVOS DA CLDF Vigência: agosto de 2017 Lei nº 5.663, 2016 DODF de 04.07.2016 TABELA DE REMUNERAÇÃO DOS CARGOS EFETIVOS DA CLDF Vigência: agosto de 2017 AUXILIAR LEGISLATIVO 01 4.651,22 139,54 4.790,76 02 4.767,50 143,03 4.910,53 A 03 4.886,69

Leia mais

Referencial Teórico. Redes de cooperação produtivas:

Referencial Teórico. Redes de cooperação produtivas: Referencial Teórico Redes de cooperação produtivas: Formas de cooperação a partir de alianças estratégicas: Complexos industriais / organizações virtuais / parques tecnológicos / incubadoras de empresas

Leia mais

Encontro - Gestores Públicos Municipais Cuiabá novembro 2008

Encontro - Gestores Públicos Municipais Cuiabá novembro 2008 Encontro - Gestores Públicos Municipais Cuiabá novembro 2008 Conceituação Desenvolvimento Expansão quantitativa e qualitativa (econômica, social e ambiental) Local Cenário físico da atividade social, econômica,

Leia mais

Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais FIEMG

Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais FIEMG Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais FIEMG Vídeo: A Força de quem FAZ O SISTEMA FIEMG A Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais representa as indústrias do Estado e atua na defesa

Leia mais

ZOOTEC 2016 PROGRAMAS SEBRAE NA ÁREA DA PRODUÇÃO ANIMAL

ZOOTEC 2016 PROGRAMAS SEBRAE NA ÁREA DA PRODUÇÃO ANIMAL ZOOTEC 2016 PROGRAMAS SEBRAE NA ÁREA DA PRODUÇÃO ANIMAL DR. PAULO MARCELO TAVARES RIBEIRO ZOOTECNIA FZEA/USP MESTRE EM ZOOTECNIA FZEA/USP DOUTOR EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO DEP/UFSCAR PEQUENOS negócios no

Leia mais

Sebrae, parceiro dos pequenos negócios

Sebrae, parceiro dos pequenos negócios Sebrae, parceiro dos pequenos negócios O Sebrae existe para apoiar os pequenos negócios no Paraná e no Brasil Cenário das micro e pequenas empresas no Brasil Representam 95% dos estabelecimentos formais

Leia mais

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO O SEBRAE-SP O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) - em SP, tem a missão de promover a competitividade e o desenvolvimento sustentável dos empreendimentos

Leia mais

SEMINÁRIO SIMPLES NACIONAL PARA O SETOR VITIVINÍCOLA CRESCER SEM MEDO. Bento Gonçalves / RS 19 de outubro de 2017

SEMINÁRIO SIMPLES NACIONAL PARA O SETOR VITIVINÍCOLA CRESCER SEM MEDO. Bento Gonçalves / RS 19 de outubro de 2017 SEMINÁRIO SIMPLES NACIONAL PARA O SETOR VITIVINÍCOLA CRESCER SEM MEDO Bento Gonçalves / RS 19 de outubro de 2017 Limitações Burocracia e Crédito Motivos alegados pelos empreendedores para que a empresa

Leia mais

NÃO BASTA CRESCER, TEM QUE AVANÇAR. CONHEÇA SOLUÇÕES SOBRE MEDIDA PARA SUA EMPRESA SEGUIR EM FRENTE.

NÃO BASTA CRESCER, TEM QUE AVANÇAR. CONHEÇA SOLUÇÕES SOBRE MEDIDA PARA SUA EMPRESA SEGUIR EM FRENTE. NÃO BASTA CRESCER, TEM QUE AVANÇAR. CONHEÇA SOLUÇÕES SOBRE MEDIDA PARA SUA EMPRESA SEGUIR EM FRENTE. PROGRAMAÇÃO 2011 [CURSOS E PALESTRAS] SUA EMPRESA CRESCEU E SE ESTRUTUROU NO MERCADO? AGORA O DESAFIO

Leia mais

Contexto dos Pequenos Negócios Empresariais no Brasil

Contexto dos Pequenos Negócios Empresariais no Brasil Contexto dos Pequenos Negócios Empresariais no Brasil 2010 2011 2012 2013 2014 4,6milhões 5,6 milhões 6,8 milhões 7,9 milhões 9,5 milhões Fonte: DataSebrae, a partir de dados da Receita Federal do Brasil.

Leia mais

Alvinópolis 21/11/2016 Segunda-Feira

Alvinópolis 21/11/2016 Segunda-Feira Alvinópolis 21/11/2016 Segunda-Feira 14h00 às 18h00 21h00 ACIA Auditório da Copral A oficina tem como objetivo apresentar aos participantes aspectos que os ajudarão a analisar fatores Trabalhando o Preço

Leia mais

PLANO DE AÇÃO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE PALHOÇA

PLANO DE AÇÃO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE PALHOÇA 2012 PLANO DE AÇÃO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE PALHOÇA POLÍTICAS DE PROTEÇÃO POLÍTICA PÚBLICA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL/ PROTEÇÃO ESPECIAL META: COMBATE AO TRABALHO INFANTIL

Leia mais

SEBRAE/RS. Regional Centro

SEBRAE/RS. Regional Centro SEBRAE/RS Regional Centro Missão do SEBRAE Promover a competitividade e o desenvolvimento sustentável das micro e pequenas empresas e fomentar o empreendedorismo. Público Alvo do SEBRAE Produtores Rurais:

Leia mais

NOVO PROGRAMA. Programa Petrobras SOCIOAMBIENTAL

NOVO PROGRAMA. Programa Petrobras SOCIOAMBIENTAL NOVO PROGRAMA Programa Petrobras SOCIOAMBIENTAL 2014-2018 1 PETROBRAS Fundada em 1953, a partir de uma campanha popular O petróleo é nosso. Empresa integrada de energia Sociedade anônima de capital aberto

Leia mais

Pesquisa Expectativa dos Pequenos Negócios Gaúchos

Pesquisa Expectativa dos Pequenos Negócios Gaúchos Pesquisa Expectativa dos Pequenos Negócios Gaúchos Planejamento e Orçamento 2º trimestre/2014 Abril de 2014 Educação Empreendedora Consultoria Gestão Inovação Resultados 0800 570 0800 / www.sebrae-rs.com.br

Leia mais

ESPECIALISTAS EM PEQUENOS NEGÓCIOS

ESPECIALISTAS EM PEQUENOS NEGÓCIOS ESPECIALISTAS EM PEQUENOS NEGÓCIOS 98,5% do total de empresas no País MICRO E PEQUENAS NA ECONOMIA BRASILEIRA O QUE É CONSIDERADO PEQUENO NEGÓCIO NO BRASIL MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL (MEI) Receita bruta

Leia mais

O que o Sebrae pode fazer pelo seu negócio: desenvolvimento sustentável das MPE e fomentar o empreendedorismo.

O que o Sebrae pode fazer pelo seu negócio: desenvolvimento sustentável das MPE e fomentar o empreendedorismo. O que o Sebrae pode fazer pelo seu negócio: Promover a competitividade e o desenvolvimento sustentável das MPE e fomentar o empreendedorismo. Palestra: Oportunidade de Negócios para as MPE nas Compras

Leia mais

COMPRAS GOVERNAMENTAIS. Estratégia adotada no MS para o Desenvolvimento e Fortalecimento dos pequenos negócios!

COMPRAS GOVERNAMENTAIS. Estratégia adotada no MS para o Desenvolvimento e Fortalecimento dos pequenos negócios! COMPRAS GOVERNAMENTAIS Estratégia adotada no MS para o Desenvolvimento e Fortalecimento dos pequenos negócios! Desenvolver Micro e Pequenas Empresas no Brasil é um assunto desafiador. Sabemos que grande

Leia mais

ESPECIALISTAS EM PEQUENOS NEGÓCIOS

ESPECIALISTAS EM PEQUENOS NEGÓCIOS ESPECIALISTAS EM PEQUENOS NEGÓCIOS 98,5% do total de empresas no País MICRO E PEQUENAS NA ECONOMIA BRASILEIRA O QUE É CONSIDERADO PEQUENO NEGÓCIO NO BRASIL MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL (MEI) Receita bruta

Leia mais

ESTATUTO DA FRENTE PARLAMENTAR EM DEFESA DO SISTEMA NACIONAL DE AUDITORIA DO SUS- SNA

ESTATUTO DA FRENTE PARLAMENTAR EM DEFESA DO SISTEMA NACIONAL DE AUDITORIA DO SUS- SNA ESTATUTO DA FRENTE PARLAMENTAR EM DEFESA DO SISTEMA NACIONAL DE AUDITORIA DO SUS- SNA Art.1 - A FRENTE PARLAMENTAR EM DEFESA DO SISTEMA NACIONAL DE AUDITORIA DO SUS- SNA, constituída de acordo com o Ato

Leia mais

Redes de Cooperação. A força da união

Redes de Cooperação. A força da união Redes de Cooperação A força da união POR QUE FORMAR E PARTICIPAR DE REDES? TROCA DE INFORMAÇÕES E APRENDIZAGEM À medida que o processo de integração entre as empresas evolui, as barreiras de comunicação

Leia mais

Perfil do Município IDHM. População. Renda per capita em R$ 0, hab. 593,90. Fonte: PNUD, Ipea e FJP

Perfil do Município IDHM. População. Renda per capita em R$ 0, hab. 593,90. Fonte: PNUD, Ipea e FJP IDHM 0,717 População Perfil do Município 700.000 hab. Renda per capita em R$ 593,90 Fonte: PNUD, Ipea e FJP Regionalização da Gestão Mapa dos Quatro Eixos Igualdade Competitividade Habitabilidade Modernidade

Leia mais

Diagnóstico Territorial Noroeste Colonial

Diagnóstico Territorial Noroeste Colonial Diagnóstico Territorial Noroeste Colonial Educação Empreendedora Consultoria Gestão Inovação Resultados 0800 570 0800 / www.sebrae-rs.com.br Desenvolvimento Econômico Melhoria da Qualidade de Vida da População

Leia mais

O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO

O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO Competitividade Perenidade Sobrevivência Evolução Orienta na implantação e no desenvolvimento de seu negócio de forma estratégica e inovadora. O que são

Leia mais

POLÍTICAS PÚBLICAS PARA ARRANJO PRODUTIVO LOCAL: O CASO DO APL DE TÊXTEIS E CONFEÇÕES DE CUIABÁ E VÁRZEA GRANDE/MT

POLÍTICAS PÚBLICAS PARA ARRANJO PRODUTIVO LOCAL: O CASO DO APL DE TÊXTEIS E CONFEÇÕES DE CUIABÁ E VÁRZEA GRANDE/MT Conferência Internacional LALICS 2013 Sistemas Nacionais de Inovação e Políticas de CTI para um Desenvolvimento Inclusivo e Sustentável 11 e 12 de Novembro, 2013 - Rio de Janeiro, Brasil POLÍTICAS PÚBLICAS

Leia mais

GERENCIA DE APOIO À ECONOMIA SOLIDÁRIA, CRIATIVA E APLS

GERENCIA DE APOIO À ECONOMIA SOLIDÁRIA, CRIATIVA E APLS GERENCIA DE APOIO À ECONOMIA SOLIDÁRIA, CRIATIVA E APLS 1 Organograma da SEMPTQ Secretaria da Micro e Pequena Empresa Trabalho e Qualificação SECRETARIO DA SEMPETQ Carolina Soares SECRETARIA EXECUTIVA

Leia mais

Projeto ALI Convênio SEBRAE/PR e FUNDAÇÃO ARAUCÁRIA

Projeto ALI Convênio SEBRAE/PR e FUNDAÇÃO ARAUCÁRIA Projeto ALI Convênio SEBRAE/PR e FUNDAÇÃO ARAUCÁRIA Osvaldo César Brotto SEBRAE/PR SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO PARANÁ Microempresas Pequenas empresas Médias empresas Grandes empresas

Leia mais

Ações do SEBRAE Agreste de Pernambuco

Ações do SEBRAE Agreste de Pernambuco Ações do SEBRAE Agreste de Pernambuco Comissão de Desenvolvimento Regional - Turismo do Senado Federal - CDR Caruaru PE/ACIC Aloísio Ferraz Diretor técnico SEBRAE/PE aloisioferraz@pe.sebrae.com.br Aumento

Leia mais

Desconto de 10% para pagamento à vista

Desconto de 10% para pagamento à vista PALESTRA: Quem sabe do assunto merece ser escutado, certo? Em uma PALESTRA, especialistas de áreas variadas dividem suas experiências e conhecimentos com o público ouvinte. Ou seja, palestra se trata de

Leia mais

Plano de Licitações, Aquisições e Contratação de Consultoria

Plano de Licitações, Aquisições e Contratação de Consultoria Public Disclosure Authorized Public Disclosure Authorized Public Disclosure Authorized Public Disclosure Authorized Plano de Licitações, Aquisições e Contratação de Consultoria I. Considerações Gerais

Leia mais

Promover a competitividade e o desenvolvimento sustentável dos pequenos negócios e fomentar o empreendedorismo para fortalecer a economia nacional.

Promover a competitividade e o desenvolvimento sustentável dos pequenos negócios e fomentar o empreendedorismo para fortalecer a economia nacional. QUEM SOMOS O SEBRAE-SP é uma entidade privada e de interesse público, que apoia a abertura e expansão dos pequenos negócios e transforma a vida de milhões de pessoas por meio do empreendedorismo. Estas

Leia mais

O Banco que Acredita nas Pessoas Guia de Consórcios Públicos

O Banco que Acredita nas Pessoas  Guia de Consórcios Públicos O Banco que Acredita nas Pessoas www.caixa.gov.br Guia de Consórcios Públicos Com a promulgação da Lei 11.107/05, regulamentada pelo Decreto 6.017/07, os Municípios passaram a ter um instrumento importante

Leia mais

COMUNICADO. 1. Ambiente de Negócios 1.2 Contexto dos Pequenos Negócios no Brasil 1.3 Políticas públicas de apoio aos Pequenos Negócios

COMUNICADO. 1. Ambiente de Negócios 1.2 Contexto dos Pequenos Negócios no Brasil 1.3 Políticas públicas de apoio aos Pequenos Negócios COMUNICADO O SEBRAE NACIONAL Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, por meio da Universidade Corporativa SEBRAE, comunica que, na prova, serão avaliados conhecimentos conforme as áreas descritas

Leia mais

IX Edição do Prêmio Prefeito Empreendedor Projeto nº: /2015

IX Edição do Prêmio Prefeito Empreendedor Projeto nº: /2015 IX Edição do Prêmio Prefeito Empreendedor Projeto nº: 1. 431790/2015 Município: Santo Cristo UF: RS Prefeito: JOSÉ LUIS SEGER Orçamento total da Prefeitura: 49.736.545,08 Qtd. Emp. Form. ME, EPP: 805 Qtd.

Leia mais

Feira do Empreendedor

Feira do Empreendedor Feira do Empreendedor 2018 O Sebrae O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) é uma entidade privada que promove a competitividade e o desenvolvimento sustentável dos empreendimentos

Leia mais

Cenário Político e Cooperativismo. Dr. Eudes de Freitas Aquino Presidente da Unimed do Brasil

Cenário Político e Cooperativismo. Dr. Eudes de Freitas Aquino Presidente da Unimed do Brasil Cenário Político e Cooperativismo Dr. Eudes de Freitas Aquino Presidente da Unimed do Brasil Fórum Político Nacional Unimed Brasília/DF 24. Fev. 2015 IDENTIDADE Uma cooperativa é uma associação autónoma

Leia mais

PROJETO: PROMOVER O DESENVOLVIMENTO DO MUNICÌPIO DE BOM JESUS DO ITABAPOANA PROGREDIR BOM JESUS

PROJETO: PROMOVER O DESENVOLVIMENTO DO MUNICÌPIO DE BOM JESUS DO ITABAPOANA PROGREDIR BOM JESUS PROJETO: PROMOVER O DESENVOLVIMENTO DO MUNICÌPIO DE BOM JESUS DO ITABAPOANA PROGREDIR BOM JESUS PROGRAMA DE REVITALIZAÇÃO EMPRESARIAL E DESENVOLVIMENTO INTEGRADO RURAL PROJETO: PROMOVER O DESENVOLVIMENTO

Leia mais

ABDE-BNDES-BID. Seminário e oficina Técnica ABDE-BNDES-BID: Políticas Ambientais como fonte de negócio para IFDs.

ABDE-BNDES-BID. Seminário e oficina Técnica ABDE-BNDES-BID: Políticas Ambientais como fonte de negócio para IFDs. ABDE-BNDES-BID Seminário e oficina Técnica ABDE-BNDES-BID: Políticas Ambientais como fonte de negócio para IFDs. Sessão V: Ampliando a atuação de IFDs no financiamento climático. Painel: O potencial na

Leia mais

Projeto Na Medida MICROEMPRESA. Palestra de sensibilização Na Medida PARA MICROEMPRESÁRIOS. Competências Gerais. Modalidade. Formato.

Projeto Na Medida MICROEMPRESA. Palestra de sensibilização Na Medida PARA MICROEMPRESÁRIOS. Competências Gerais. Modalidade. Formato. Projeto Na Medida PARA MICROEMPRESÁRIOS Palestra de sensibilização Na Medida Compreender a relevância do papel dos micro e pequenos empresários na economia brasileira e a necessidade da adoção das melhores

Leia mais

UNICEF BRASIL Edital de Seleção de Consultor: RH/2014/018

UNICEF BRASIL Edital de Seleção de Consultor: RH/2014/018 UNICEF BRASIL Edital de Seleção de Consultor: RH/2014/018 O UNICEF, Fundo das Nações Unidas para a Infância, a Organização mundial pioneira na defesa dos direitos das crianças e adolescentes, convida profissionais

Leia mais

Capacitação empresarial para o Setor de Cerâmica Vermelha

Capacitação empresarial para o Setor de Cerâmica Vermelha Chamada: 1ª Chamada Edição: 2016-2019 Estado: Rio Grande do Setor: Cerâmica Capacitação empresarial para o Setor de Cerâmica Vermelha Início: 01/01/2017 Termino: 31/12/2018 Número do Projeto: 50 T erritório:

Leia mais

Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas - SEBRAE Bahia EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA CAPTAÇÃO DE PATROCÍNIO

Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas - SEBRAE Bahia EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA CAPTAÇÃO DE PATROCÍNIO PROGRAMA NEGÓCIO A NEGÓCIO ANEXO I CADERNO - PROGRAMA NEGÓCIO A NEGÓCIO O Programa Negócio a Negócio (NAN) é um programa de âmbito nacional que tem por objetivo auxiliar microempreendedores individuais

Leia mais

tributária Harmonização ria e tratamento das MPE SuperSimples XIX Seminário Regional de Política Fiscal CEPAL

tributária Harmonização ria e tratamento das MPE SuperSimples XIX Seminário Regional de Política Fiscal CEPAL Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas Harmonização tributária ria e tratamento das MPE SuperSimples XIX Seminário Regional de Política Fiscal CEPAL Santiago, Chile - 30 de janeiro de 2007 Representatividade

Leia mais

DIREÇÃO DE APOIO AO INVESTIMENTO

DIREÇÃO DE APOIO AO INVESTIMENTO DIREÇÃO DE APOIO AO INVESTIMENTO Turismo em Portugal Importância na economia portuguesa. Um setor competitivo e com relevância crescente na economia de Portugal. 11,4Mm Receitas Turísticas (2015, BdP)

Leia mais

Eliana Sá 10/04/2014

Eliana Sá 10/04/2014 Eliana Sá 10/04/2014 Sistema Indústria Federal CNI SESI DN Estadual Federações de Indústrias SESI DR SENAI DN SENAI DR IEL NC IEL NR Desenvolvimento Empresarial Fonte imagem: http://miyashita.com.br/?id=119&m=387.

Leia mais

Substituição Tributária e a LC 147/2014. Novo Regramento e Limitações para a Substituição Tributária de Micro e Pequenas Empresas

Substituição Tributária e a LC 147/2014. Novo Regramento e Limitações para a Substituição Tributária de Micro e Pequenas Empresas Substituição Tributária e a LC 147/2014 Novo Regramento e Limitações para a Substituição Tributária de Micro e Pequenas Empresas EVOLUÇÃO DOS OPTANTES PELO SIMPLES Fonte: Receita Federal FORÇA DOS PEQUENOS

Leia mais

PLANO DE AÇÃO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE PALHOÇA

PLANO DE AÇÃO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE PALHOÇA 2013 PLANO DE AÇÃO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DE PALHOÇA 1- POLÍTICAS DE PROTEÇÃO POLÍTICA PÚBLICA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL/ PROTEÇÃO ESPECIAL 1.1- META: COMBATE AO TRABALHO

Leia mais

Plano Brasil Maior 2011/2014. Inovar para competir. Competir para crescer.

Plano Brasil Maior 2011/2014. Inovar para competir. Competir para crescer. Plano Brasil Maior 2011/2014 Inovar para competir. Competir para crescer. Foco e Prioridades Contexto Dimensões do Plano Brasil Maior Estrutura de Governança Principais Medidas Objetivos Estratégicos e

Leia mais

BNDES - Apresentação Institucional. Oportunidades para Investimentos na Indústria Química Brasileira Sinproquim 23 de abril de 2014

BNDES - Apresentação Institucional. Oportunidades para Investimentos na Indústria Química Brasileira Sinproquim 23 de abril de 2014 BNDES - Apresentação Institucional Oportunidades para Investimentos na Indústria Química Brasileira Sinproquim 23 de abril de 2014 Quem somos Fundado em 20 de Junho de 1952 Empresa pública de propriedade

Leia mais

PORTFÓLIO DE SERVIÇOS PARA ESCOLAS

PORTFÓLIO DE SERVIÇOS PARA ESCOLAS PORTFÓLIO DE SERVIÇOS PARA ESCOLAS PORTFÓLIO DE SERVIÇOS Ana Paula Lima Coaching, Consultoria e Palestras é uma empresa especializada em Gestão de Pessoas, que visa identificar o potencial humano e desenvolvê-lo

Leia mais

Desdobrando o Mapa Estratégico da Justiça Federal do Rio Grande do Sul

Desdobrando o Mapa Estratégico da Justiça Federal do Rio Grande do Sul Desdobrando o Mapa Estratégico da Justiça Federal do Rio Grande do Sul Marcelo De Nardi Porto Alegre, 04 de julho de 2011. CONTEXTUALIZAÇÃO Poder Judiciário no Contexto da Gestão Pública Nacional Processos

Leia mais

SETEMBRO/2013 RELATÓRIO DE ATIVIDADES

SETEMBRO/2013 RELATÓRIO DE ATIVIDADES SETEMBRO/213 RELATÓRIO DE ATIVIDADES ADESITA Agência de Desenvolvimento Econômico e Social de Itabirito NEGÓCIO: Desenvolvimento Econômico, Social e Cultural Sustentável MISSÃO: Promover e fortalecer o

Leia mais

Aciência e a tecnologia são pré-requisitos necessários ao processo de

Aciência e a tecnologia são pré-requisitos necessários ao processo de INSTITUTO EUVALDO LODI - IEL/MG MENSAGEM INSTITUCIONAL Maria Celeste Reis Lobo de Vasconcelos* Aciência e a tecnologia são pré-requisitos necessários ao processo de desenvolvimento econômico e social de

Leia mais

Projetos para os municípios Motivação

Projetos para os municípios Motivação PROJETOS Projetos para os municípios Motivação A FNP é referência na interlocução com os municípios, envolvendo diretamente os prefeitos e prefeitas na coordenação política dos projetos. Por isso, é constantemente

Leia mais

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO E RELAÇÕES INSTITUCIONAIS

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO E RELAÇÕES INSTITUCIONAIS ANEXO II A LEI Nº 1.954, DE 1º DE ABRIL DE 2013 Quantitativos dos Cargos Comissionados e Funções Gratificadas da Administração Direta e Indireta do Poder Executivo QTD CARGO SÍMBOLO 16 Secretário Municipal

Leia mais

Missão do Sebrae/PR. Promover a competitividade e o desenvolvimento sustentável dos pequenos negócios e fomentar o empreendedorismo

Missão do Sebrae/PR. Promover a competitividade e o desenvolvimento sustentável dos pequenos negócios e fomentar o empreendedorismo Missão do Sebrae/PR Promover a competitividade e o desenvolvimento sustentável dos pequenos negócios e fomentar o empreendedorismo COMPETITIVIDADE e DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL Para sobreviver no mercado,

Leia mais

CONEXÕES CRIATIVAS - BETIM Projetos inseridos na Lei Rouanet de Incentivo à Cultura

CONEXÕES CRIATIVAS - BETIM Projetos inseridos na Lei Rouanet de Incentivo à Cultura CONEXÕES CRIATIVAS - BETIM Projetos inseridos na Lei Rouanet de Incentivo à Cultura. Conexões para transformar www.planetacultura.com.br Introdução O que é o Conexões Criativas - Betim? Conhecendo o PTB

Leia mais

Setor Gráfico. Rio de Janeiro 3 de dezembro de 2013

Setor Gráfico. Rio de Janeiro 3 de dezembro de 2013 Setor Gráfico Rio de Janeiro 3 de dezembro de 2013 1. OBJETIVOS, PREMISSAS, ESTRUTURA E PARTICIPANTES DA REUNIÃO 2. BOA PRÁTICA DO SIGRAF/RJ CERTIFICAÇÃO DA CADEIA DE CUSTÓDIA FSC (FOREST STEWARDSHIP COUNCIL)

Leia mais

Categoria: Agente Local de Inovação

Categoria: Agente Local de Inovação Prêmio Nacional de Inovação Edição 2014/2015 Anexo II Categoria: Agente Local de Inovação Prêmio Nacional de Inovação - Ciclo 2014/2015 Questões para a Autoavaliação na categoria Agente Local de Inovação

Leia mais

LEI GERAL DA MICRO E PEQUENA EMPRESA. Marco legal e institucional para Pequenos Negócios

LEI GERAL DA MICRO E PEQUENA EMPRESA. Marco legal e institucional para Pequenos Negócios LEI GERAL DA MICRO E PEQUENA EMPRESA Marco legal e institucional para Pequenos Negócios A SOBREVIVÊNCIA E O SUCESSO DOS NEGÓCIOS DEPENDE DE SUA COMPETITIVIDADE Os pequenos negócios (em sua maioria) têm

Leia mais

PROPOSTA DE PALESTRA

PROPOSTA DE PALESTRA PROPOSTA DE PALESTRA PALESTRANTE: Claudio Forner É Administrador de Empresas e especialista em comercialização internacional pela Fundação Getúlio Vargas, em convênio com a Organização dos Estados Americanos

Leia mais

Senado aprova ampliação do Supersimples. Por Renato Carbonari Ibelli

Senado aprova ampliação do Supersimples. Por Renato Carbonari Ibelli Senado aprova ampliação do Supersimples Por Renato Carbonari Ibelli A proposta passou por alterações e agora precisa voltar para a Câmara dos Deputados. O texto amplia os limites para enquadramento no

Leia mais

LEI GERAL DA MICRO E PEQUENA EMPRESA AÇÃO PARLAMENTAR PARA O DESENVOLVIMENTO

LEI GERAL DA MICRO E PEQUENA EMPRESA AÇÃO PARLAMENTAR PARA O DESENVOLVIMENTO LEI GERAL DA MICRO E PEQUENA EMPRESA AÇÃO PARLAMENTAR PARA O DESENVOLVIMENTO Mais empresas, mais empregos, mais renda. Lei Geral e parlamentares. Uma parceria pelo fortalecimento da micro e pequena empresa

Leia mais

CAMINHOS DA INOVAÇÃO NA INDÚSTRIA GAÚCHA PRONEX PROGRAMA DE APOIO A NÚCLEOS DE EXCELÊNCIA

CAMINHOS DA INOVAÇÃO NA INDÚSTRIA GAÚCHA PRONEX PROGRAMA DE APOIO A NÚCLEOS DE EXCELÊNCIA Dado que as atividades de inovação podem estar tanto reunidas como espalhadas pelas mais diversas áreas da empresa, concentramos nossa atenção em quatro áreas: (1) Desenvolvimento, (2) Operações, (3) Administração,

Leia mais