PREFEITURA DE SÃO LUÍS SECRETARIA MUNICIPAL DE TURISMO COORDENAÇÃO DE ANÁLISE MERCADOLÓGICA SINOPSE: PESQUISA DE TURISMO RECEPTIVO ALTA ESTAÇÃO /

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PREFEITURA DE SÃO LUÍS SECRETARIA MUNICIPAL DE TURISMO COORDENAÇÃO DE ANÁLISE MERCADOLÓGICA SINOPSE: PESQUISA DE TURISMO RECEPTIVO ALTA ESTAÇÃO /"

Transcrição

1 COORDENAÇÃO DE ANÁLISE MERCADOLÓGICA SINOPSE: PESQUISA DE TURISMO RECEPTIVO ALTA ESTAÇÃO / JANEIRO

2 IDENTIFICAÇÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LUÍS Prefeito: João Castelo Ribeiro Gonçalves Secretário: Liviomar Macatrão Pires Costa Secretário Adjunto: José Henrique Fiquene Couto COORDENAÇÃO DE ANÁLISE MERCADOLÓGICA Coordenadora: Giselle Helluy Aranha Equipe Técnica: Antonio José Duailibe Marão Carlos Augusto Fontenele e Vasconcelos Joquebede Veiga Machado Mendes Lívia Maria Almeida Rocha Myriam Augusta Guterres Baptista Noraney Ferreira Coordenação de Análise Mercadológica Janeiro de

3 SUMÁRIO 1. TURISTA NACIONAL, SEGUNDO O ESTADO DE PROCEDÊNCIA TURISTA ESTRANGEIRO, SEGUNDO O PAÍS DE PROCEDÊNCIA NÚMERO DE TURISTAS ESTRANGEIROS E BRASILEIROS TURISTAS, SEGUNDO SEXO E FAIXA ETÁRIA ESCOLARIDADE, RENDA E OCUPAÇÃO COMO VIAJA O TURISTA QUE VISITA SÃO LUÍS GASTO MÉDIO MEIO DE TRANSPORTE MEIO DE HOSPEDAGEM PRIMEIRA VEZ QUE VISITA SÃO LUÍS PERMANÊNCIA NA CIDADE OUTRAS LOCALIDADES VISITADAS NO ESTADO PREÇO MOTIVO DA VIAGEM FATOR DECISÓRIO E INFLUÊNCIA INTENÇÃO DE RETORNO GRAU DE SATISFAÇÃO 18 Coordenação de Análise Mercadológica Janeiro de

4 INTRODUÇÃO Esta pesquisa foi realizada no município de São Luís (MA) com o objetivo de identificar características da demanda turística (chegada de turistas nacionais ou estrangeiros) na alta estação. Operacionalizada por meio de questionários aplicados no aeroporto; terminais rodoviário, ferroviário e hidroviário; e posto da Polícia Rodoviária Federal na BR 135. A pesquisa buscou levantar as seguintes informações sobre o turista: a) Caracterização do informante (residência permanente, sexo, faixa etária, nível de escolaridade, ocupação e renda); b) Informações sobre a viagem (freqüência da visita e avaliação, tempo de permanência e localidades visitadas, origem e destino, forma de viajar e organização da viagem, meio de transporte, meio de hospedagem, gastos, preços dos bens e serviços, motivação da viagem, influência da visita e intenção de retorno); c) Avaliação do produto visitado (atrativos, equipamentos e serviços turísticos e infra-estrutura urbana). Os questionários foram aplicados no período de 27/01/2010 a 30/01/2010 e atingiram 615 turistas. Para o cálculo do tamanho da amostra proporcional aos cinco portões de embarque/desembarque de São Luís foi usada a fórmula de amostra aleatória simples para universos finitos. n e 2 ( Z / 2 ) 2 ( N 1) ( Z P(1 P) N / 2 ) 2 P(1 P) Onde: N = tamanho da população; e = erro amostral; Foi utilizada uma confiabilidade de 95% e um erro amostral de 5%. Como a variância populacional da proporção é desconhecida, utilizou-se para o cálculo do tamanho da amostra P = 5%. A Sinopse seguinte permite visualizar a realidade turística do município de São Luís (MA). Os dados foram extraídos da tabulação dos questionários aplicados e cruzados em tabelas de forma a avaliar variáveis distintas que servirão como instrumento de políticas de fortalecimento da atividade. Coordenação de Análise Mercadológica Janeiro de

5 ESTADO QUANT (%) 1. TURISTA NACIONAL, SEGUNDO O ESTADO DE PROCEDÊNCIA Amazonas 19 3,14% Ceará 17 2,81% Distrito Federal 27 4,46% Goiás 7 1,16% Maranhão ,02% Minas Gerais 10 1,65% Pará 33 5,46% Pernambuco 6 1% Piauí 21 3,47% Rio de Janeiro 20 3,31% Roraima 10 1,65% São Paulo 50 8,26% Outros 40 6,61% Total % Coordenação de Análise Mercadológica Janeiro de

6 2. TURISTA ESTRANGEIRO, SEGUNDO O PAÍS DE PROCEDÊNCIA PAÍS QUANT. (%) Argentina 4 40,00% Espanha 1 10,00% França 2 20,00% Noruega 1 10,00% Portugal 1 10,00% Venezuela 1 10,00% Total ,00% TURÍSTAS QUANT. (%) Brasileiros ,37% Estrangeiros 10 1,63% Total ,00% 3. NÚMERO DE TURISTAS ESTRANGEIROS E BRASILEIROS Coordenação de Análise Mercadológica Janeiro de

7 4. TURISTAS, SEGUNDO GÊNERO E FAIXA ETÁRIA Dos 615 questionários aplicados, 325 (52,85%) foram respondidos por mulheres e 290 (47,15%) por homens. A faixa etária com maior representatividade está situada no intervalo de 21 a 30 anos (26,50%), seguida dos intervalos de 31 a 40 anos (23,09%) e 41 a 50 anos (20,49%). Coordenação de Análise Mercadológica Janeiro de

8 5. ESCOLARIDADE, RENDA E OCUPAÇÃO ESCOLARIDADE RENDA OCUPAÇÃO Dos turistas que visitaram São Luís no período, (41,63%) possuem nível médio, (32,36%) nível superior e (26,01%) nível fundamental. No que se refere à faixa de renda, a característica predominante é a do turista que ganha entre 1 (um) a 3(três) salários mínimos (45,86% dos entrevistados). Quanto à ocupação principal destaque para autônomos (17,40%), seguido de funcionário público (13,17%), estudantes (13,01%), comerciantes (9,27%) e os professores (6,99%). Coordenação de Análise Mercadológica Janeiro de

9 6. COMO VIAJA O TURISTA QUE VISITA SÃO LUÍS Dos turistas entrevistados apenas 0,16% declararam estar viajando com grupos de excursão. A maioria informou que viajava desacompanhado (49,60%). Outra grande parte estava em companhia da família (40,81%) ou com amigos (9,43%). FORMA DE VIAJAR 7. GASTO MÉDIO Gasto médio = R$ 770,98 Permanência Média = 6 dias O gasto médio diário ficou em torno de R$ 128,49. Coordenação de Análise Mercadológica Janeiro de

10 MEIO DE TRANSPORTE QUANT. (%) Automóvel ,40% Avião ,13% Embarcação 45 7,32% Ônibus de linha ,08% Trem 25 4,07% Total ,00% O meio de transporte mais citado, entre os entrevistados, foi ônibus de linha com 43,08%, em seguida avião com 28,13%, automóvel 17,40% e embarcação 7,32%. 8. MEIO DE TRANSPORTE Coordenação de Análise Mercadológica Janeiro de

11 9. MEIO DE HOSPEDAGEM MEIOS DE HOSPEDAGEM QUANT. (%) Albergue 5 0,81% Casa parentes/amigos ,15% Casa/Apto Aluguel 19 3,09% Flat/Apart 8 1,30% Hotel ,70% Outros 28 4,55% Pousada 27 4,40% Total ,00% A maioria dos turistas, 67,15% dos entrevistados, hospedase em casa de parentes e amigos, enquanto apenas 18,70%, ficam em Hotéis. O restante divide-se em Casa/Apartamento de Aluguel, Flat/ Apart, Pousadas, Albergues, além de outros citados. Coordenação de Análise Mercadológica Janeiro de

12 10. PRIMEIRA VEZ QUE VISITA SÃO LUÍS PRIMEIRA VISITA QUANT. (%) NÃO ,95% SIM ,05% Total ,00% O Percentual de renovação de turistas é de 18,05% 81,95% DOS TURISTAS JÁ CONHECIAM A CIDADE 11. PERMANÊNCIA EM SÃO LUÍS TEMPO DE QUANT. (%) PERMANÊNCIA De 1 a 3 duas ,66% De 4 a 6 dias ,40% De 7 a 9 dias 62 10,08% Mais de 9 dias ,86% Total ,00% A Permanência média encontrada na amostra avaliada foi de 6 dias. Coordenação de Análise Mercadológica Janeiro de

13 12. OUTRAS LOCALIDADES VISITADAS NO ESTADO OUTRAS LOCALIDADES VISITADAS QUANT. (%) Alcântara 14 2,28% Bacabal 8 1,30% Barreirinhas 52 8,46% Morros 10 1,63% Pinheiro 8 1,30% Raposa 19 3,09% Santa Inês 9 1,46% São José de Ribamar 27 4,39% Outros 72 11,71% Não visitou outras localidades ,38% Total ,00% LOCALIDADES MAIS VISITADAS Barreirinhas (8,46%), São José de Ribamar (4,39%), e Raposa (3,09%) foram as localidades mais citadas pelos turistas entrevistados Coordenação de Análise Mercadológica Janeiro de

14 13. PREÇOS PREÇOS QUANT. (%) Baixos 37 6,02% PREÇOS Elevados ,06% Normais ,92% Total ,00% Do total de entrevistados 387 consideraram os preços normais, ou seja, 62,92%. Para 191 turistas (31,06%) os preços foram registrados como elevados, e 37 turistas (6,02%) acharam os preços baixos. Coordenação de Análise Mercadológica Janeiro de

15 14. MOTIVO DA VIAGEM MOTIVO DA VIAGEM QUANT. (%) Esportes 2 0,33% Eventos 7 1,14% Negócio/estudos ,27% Outros 29 4,72% Passeio ,67% Saúde ,76% Visita parente/amigo ,11% Total ,00% MOTIVO DA VIAGEM O principal motivo da viagem apontado pelos turistas entrevistados foi Negócios/estudos com 29,27%%, seguido por saúde com 22,76% e Passeio com 19,67%. Coordenação de Análise Mercadológica Janeiro de

16 15. FATOR DECISÓRIO E INFLUÊNCIA (Quando o motivo é passeio). FATOR DECISÓRIO QUANT. (%) Atrativos Naturais 40 33,61% Manifestações Culturais 12 10,09% Outros 29 24,37% Patrimônio Histórico Cultural 29 24,37% Preço da viagem mais adequado 9 7,56% Total ,00% INFLUÊNCIA DA VIAGEM QUANT (%) Agencia de viagens 3 3,49% Comentário de parentes/amigos 61 70,92% Internet 9 10,47% Outros 4 4,65% Propaganda 9 10,47% Total ,00% Os turistas que vieram a passeio foram motivados em sua maioria pelos Atrativos Naturais (33,61%), seguido do Patrimônio Histórico Cultural (24,37%). A principal influência citada foi por meio de comentários de parentes/amigos (70,92%),seguida de propaganda (10,47%). Coordenação de Análise Mercadológica Janeiro de

17 16. INTENÇÃO DE RETORNO INTENÇÃO DE RETORNO QUANT. (%) NÃO 22 3,58% SIM ,42% Total ,00% Dos 615 turistas entrevistados 96,42%, manifestaram o interesse de retornar a São Luís. Coordenação de Análise Mercadológica Janeiro de

18 17 - GRAU DE SATISFAÇÃO A análise será feita em relação ao nível de satisfação atribuído pelo turista em relação aos fatores abaixo descritos, com aplicação de notas que variam de 01(um) a 5(cinco). Os gráficos a seguir retratam os resultados encontrados. Equipamentos turísticos Meios de hospedagem Bares e restaurantes Barracas de praia Agências de viagem/receptivo Lojas de artesanato Locadoras Equipamentos de lazer Atrativos turísticos Praias / roteiros ecológicos Monumentos históricos Museus/casas de cultura Manifestações culturais Patrimônio histórico Serviços Turísticos Hospitalidade Gastronomia Informações Turísticas Guias de turismo Diversões noturnas Serviços de táxi Infra-estrutura/outros Qualidade ambiental Sinalização urbana e turística Transporte urbano coletivo Limpeza pública Iluminação Segurança Terminal rodoviário, hidroviário, ferroviário e aeroportuário. Coordenação de Análise Mercadológica Janeiro de

19 Os equipamentos que tiveram a melhor avaliação foram os bares/restaurantes e os meios de hospedagem. Destaque para a pouca demanda de agências de viagem receptivo e locadoras. Coordenação de Análise Mercadológica Janeiro de

20 Os serviços turísticos que tiveram a melhor avaliação por parte dos turistas foram: hospitalidade e gastronomia. Houve pouca demanda por guias turísticos. Coordenação de Análise Mercadológica Janeiro de

21 Entre os atrativos, destaque para o item, Praias/roteiros ecológicos seguido dos Monumentos Históricos, Patrimônio Histórico, Manifestações Culturais. Houve pouca demanda para os Museus/Casas de Cultura. Coordenação de Análise Mercadológica Janeiro de

22 A infra-estrutura apresentou destaque para Iluminação Pública seguido de Qualidade Ambiental, Sinalização Urbana e Turística. O Terminal Ferroviário obteve avaliação abaixo do esperado. Coordenação de Análise Mercadológica Janeiro de

Caminho do Ouro ANO DE 2004 Cidade de Goiás Semana Santa

Caminho do Ouro ANO DE 2004 Cidade de Goiás Semana Santa Caminho do Ouro ANO DE 2004 Cidade de Goiás Semana Santa Objetivo Conhecer os visitantes que frequentaram a Cidade de Goiás durante a Semana Santa de 2004, com vistas à identificação do perfil, motivação

Leia mais

Estudo da Demanda Turística Internacional Brasil

Estudo da Demanda Turística Internacional Brasil Estudo da Demanda Turística Internacional Brasil - 2016 Estrutura de Pesquisa e Resultados do Turismo Receptivo Brasília, Julho de 2017 Objetivos Caracterizar e dimensionar os consumidores do Turismo Internacional

Leia mais

Caminho do Ouro ANO DE 2004 PIRENÓPOLIS SEMANA SANTA

Caminho do Ouro ANO DE 2004 PIRENÓPOLIS SEMANA SANTA Caminho do Ouro ANO DE 2004 PIRENÓPOLIS SEMANA SANTA Objetivo Conhecer os visitantes que frequentaram Pirenópolis durante a Semana Santa de 2004, com vistas à identificação do perfil, motivação e percepção.

Leia mais

Relatório de Pesquisa Perfil Sócio econômico do Turista de Eventos Apoiados / Captados pelo Recife Convention & Visitors Bureau

Relatório de Pesquisa Perfil Sócio econômico do Turista de Eventos Apoiados / Captados pelo Recife Convention & Visitors Bureau Relatório de Pesquisa 2010 Perfil Sócio econômico do Turista de Eventos Apoiados / Captados pelo Recife Convention & Visitors Bureau DADOS GERAIS SOBRE A PESQUISA I- Apresentação: este relatório apresenta

Leia mais

Copa das Confederações FIFA Brasil Características do público Geral e da demanda turística internacional

Copa das Confederações FIFA Brasil Características do público Geral e da demanda turística internacional Copa das Confederações FIFA Brasil 213 Características do público Geral e da demanda turística internacional AMOSTRA Pesquisa realizada nas seis cidades sedes da Copa das Confederações Público geral (estádios):

Leia mais

Governo do Estado do Pará Companhia Paraense de Turismo Secretaria de Estado de Turismo. Pesquisa de Demanda de Perfil da Melhor Idade 2012

Governo do Estado do Pará Companhia Paraense de Turismo Secretaria de Estado de Turismo. Pesquisa de Demanda de Perfil da Melhor Idade 2012 Governo do Estado do Pará Companhia Paraense de Turismo Secretaria de Estado de Turismo Pesquisa de Demanda de Perfil da Melhor Idade 2012 Belém-PA 2012 GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ Simão Robison Oliveira

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO TURISMO DA CIDADE DE SÃO PAULO SÃO PAULO TURISMO DAVID GUETTA PESQUISA DE PERFIL DE PÚBLICO

OBSERVATÓRIO DO TURISMO DA CIDADE DE SÃO PAULO SÃO PAULO TURISMO DAVID GUETTA PESQUISA DE PERFIL DE PÚBLICO OBSERVATÓRIO DO TURISMO DA CIDADE DE SÃO PAULO SÃO PAULO TURISMO DAVID GUETTA PESQUISA DE PERFIL DE PÚBLICO INTRODUÇÃO A cidade de São Paulo tem sido um palco iluminado para os maiores megaeventos musicais

Leia mais

Turismo emissivo na cidade de São Paulo: perfil do turista rodoviário

Turismo emissivo na cidade de São Paulo: perfil do turista rodoviário Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo Campus São Paulo Coordenadoria de Turismo e Hospitalidade Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Turismo Turismo emissivo na cidade de

Leia mais

RELATÓRIO DE PESQUISA DO PERFIL SÓCIO-ECONÔMICO DO TURISTA DE EVENTOS NO RECIFE E NA REGIÃO METROPOLITANA

RELATÓRIO DE PESQUISA DO PERFIL SÓCIO-ECONÔMICO DO TURISTA DE EVENTOS NO RECIFE E NA REGIÃO METROPOLITANA RELATÓRIO DE PESQUISA DO PERFIL SÓCIO-ECONÔMICO DO TURISTA DE EVENTOS NO RECIFE E NA REGIÃO METROPOLITANA 2008 OBJETIVO GERAL Identificar o perfil do turista de eventos na Região Metropolitana do Recife.

Leia mais

PESQUISA DO PERFIL E SATISFAÇÃO DO TURISTA

PESQUISA DO PERFIL E SATISFAÇÃO DO TURISTA PESQUISA DO PERFIL E SATISFAÇÃO DO TURISTA Feriado de Nossa Senhora Aparecida 2016 Bonito-MS APRESENTAÇÃO: O Observatório do Turismo e Eventos de Bonito, coordenado pelo Bonito Convention & Visitors Bureau,

Leia mais

3.14 Demanda Turística O PDITS apresenta os principais dados da demanda turística atual baseada em dados disponíveis sobre os fluxos turísticos.

3.14 Demanda Turística O PDITS apresenta os principais dados da demanda turística atual baseada em dados disponíveis sobre os fluxos turísticos. .4 Demanda Turística O PDITS apresenta os principais dados da demanda turística atual baseada em dados disponíveis sobre os fluxos turísticos. Para a análise da situação atual foram considerados: Estudo

Leia mais

PESQUISA DA DEMANDA TURÍSTICA RELATÓRIO

PESQUISA DA DEMANDA TURÍSTICA RELATÓRIO 1 PESQUISA DA DEMANDA TURÍSTICA RELATÓRIO 01 APRESENTAÇÃO O Estado do Rio Grande do Norte vem procurando ao longo dos últimos anos, coletar sistematicamente dados e informações sobre o turismo e suas tendências,

Leia mais

Pesquisa de Férias 2016

Pesquisa de Férias 2016 ASSESSORIA ECONÔMICA Pesquisa de Férias 2016 Pesquisa realizada pela Fecomércio-RS Relatório elaborado pela Assessoria Econômica Fecomércio-RS Sumário Executivo Resumo dos principais resultados da Pesquisa

Leia mais

PROJETO DE DESENVOLVIMENTO TURÍSTICO DO CENTRO DE SÃO PAULO

PROJETO DE DESENVOLVIMENTO TURÍSTICO DO CENTRO DE SÃO PAULO Rua Amaral Gurgel PROJETO DE DESENVOLVIMENTO TURÍSTICO DO CENTRO DE SÃO PAULO PESQUISA DE DEMANDA PERFIL DOS VISITANTES DO CENTRO DA CIDADE DE SÃO PAULO - RESIDENTES E TURISTAS O estudo que ora se apresenta

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE TURISMO DE MINAS GERAIS. O turismo formal em Minas Gerais a 2010

SECRETARIA DE ESTADO DE TURISMO DE MINAS GERAIS. O turismo formal em Minas Gerais a 2010 SECRETARIA DE ESTADO DE TURISMO DE MINAS GERAIS O turismo formal em Minas Gerais - 2006 a 2010 Ficha técnica Realização: Governo do Estado de Minas Gerais Governador Antônio Augusto Junho Anastasia Secretaria

Leia mais

Agregados do Turismo no Ceará via Fortaleza. no Período do Carnaval de Agregados Turísticos. Feriadão do Carnaval movimenta a economia cearense

Agregados do Turismo no Ceará via Fortaleza. no Período do Carnaval de Agregados Turísticos. Feriadão do Carnaval movimenta a economia cearense Cerca de 99 mil turistas visitaram o Ceará - via Fortaleza - no feriado de carnaval, com taxa de ocupação da rede hoteleira estimada em 92,1%. O número de visitantes que entrou no Ceará para o feriadão

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO TURISMO DA CIDADE DE SÃO PAULO SÃO PAULO TURISMO

OBSERVATÓRIO DO TURISMO DA CIDADE DE SÃO PAULO SÃO PAULO TURISMO OBSERVATÓRIO DO TURISMO DA CIDADE DE SÃO PAULO SÃO PAULO TURISMO RELATÓRIO EVENTO Carnaval 2013 APRESENTAÇÃO A São Paulo Turismo (SPTuris), por meio de seu Observatório, realizou pesquisa de perfil do

Leia mais

Pesquisa sobre o Turismo de Verão

Pesquisa sobre o Turismo de Verão Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Pesquisa sobre o Turismo de Verão Um panorama sobre o turista que contribui para a movimentação da economia no período de verão na região da Grande Florianópolis

Leia mais

ESTUDO DA DEMANDA TURÍSTICA INTERNACIONAL 1999

ESTUDO DA DEMANDA TURÍSTICA INTERNACIONAL 1999 ESTUDO DA DEMANDA TURÍSTICA INTERNACIONAL 1999 REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL FERNANDO HENRIQUE CARDOSO Presidente MINISTÉRIO DO ESPORTE E TURISMO RAFAEL GRECA DE MACEDO Ministro INSTITUTO BRASILEIRO DE

Leia mais

"PERFIL DO HÓSPEDE DE FOZ IGUAÇU" JULHO 2015 PERFIL DO HÓSPEDE DE FOZ DO IGUAÇU " JULHO 2013

PERFIL DO HÓSPEDE DE FOZ IGUAÇU JULHO 2015 PERFIL DO HÓSPEDE DE FOZ DO IGUAÇU  JULHO 2013 "PERFIL DO HÓSPEDE DE FOZ IGUAÇU" JULHO 2015 PERFIL DO HÓSPEDE DE FOZ DO IGUAÇU " JULHO 2013 FOZ DO IGUAÇU, SETEMBRO DE 2015 FOZ DO IGUAÇU, SETEMBRO DE 2015 PREFEITURA MUNICIPAL DE FOZ DO IGUAÇU Reni Clóvis

Leia mais

Turismo receptivo na cidade de São Paulo: perfil do turista rodoviário

Turismo receptivo na cidade de São Paulo: perfil do turista rodoviário Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo Campus São Paulo Coordenadoria de Turismo e Hospitalidade Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Turismo Turismo receptivo na cidade

Leia mais

Estatísticas básicas de turismo. Brasil. Brasília, novembro de 2007.

Estatísticas básicas de turismo. Brasil. Brasília, novembro de 2007. Brasil Brasília, novembro de 2007. Índice Páginas I Turismo no mundo 1. Fluxo receptivo internacional 1.1 - Chegadas de turistas no Mundo por Regiões e Sub-regiões - 2002/2006 03 1.2 - Chegada de turistas:

Leia mais

ESTUDO DA DEMANDA TURÍSTICA INTERNACIONAL 1998

ESTUDO DA DEMANDA TURÍSTICA INTERNACIONAL 1998 ESTUDO DA DEMANDA TURÍSTICA INTERNACIONAL 1998 1 INSTITUTO BRASILEIRO DE TURISMO - EMBRATUR Presidente : Caio Luiz de Carvalho Diretor de Marketing : Roston Luiz Nascimento Diretor de Economia e Fomento

Leia mais

Pesquisa Perfil do Visitante dos Estádios de Futebol 2010

Pesquisa Perfil do Visitante dos Estádios de Futebol 2010 Pesquisa Perfil do Visitante dos Estádios de Futebol 2010 Secretaria Municipal de Turismo de Porto Alegre Centro Universitário Metodista do IPA Curso Turismo ênfase Hotelaria Futebol Tur Esta pesquisa

Leia mais

PÓLO COSTA DAS PISCINAS/PARAÍBA PLANO DE DESENVOLVIMENTO INTEGRADO DO TURISMO SUSTENTÁVEL

PÓLO COSTA DAS PISCINAS/PARAÍBA PLANO DE DESENVOLVIMENTO INTEGRADO DO TURISMO SUSTENTÁVEL PÓLO COSTA DAS PISCINAS/PARAÍBA PLANO DE DESENVOLVIMENTO INTEGRADO DO TURISMO SUSTENTÁVEL ANEXO IV PERFIL DO TURISTA TABELAS JOÃO PESSOA-PB, JUNHO 2004 TABELA Nº01 PROCEDÊNCIA DOS TURISTAS JANEIRO/1999

Leia mais

PESQUISA COM IMPRENSA INTERNACIONAL

PESQUISA COM IMPRENSA INTERNACIONAL PESQUISA COM IMPRENSA INTERNACIONAL DURANTE A COPA DO MUNDO DE 2014 Resultados Finais São Paulo, Julho de 2014 METODOLOGIA Objetivos: Investigar a imagem do Brasil junto aos profissionais de imprensa durante

Leia mais

Perfil do Turista Belo-horizontino

Perfil do Turista Belo-horizontino Perfil do Turista Belo-horizontino Opinião do consumidor - 2017 Área de Estudos Econômicos Perfil do Turista Belo-horizontino O estado de Minas Gerais tem um grande potencial turístico no cenário nacional

Leia mais

Estudo do Perfil do Turista de Eventos Ano 2016

Estudo do Perfil do Turista de Eventos Ano 2016 Estudo do Perfil do Turista de Eventos Ano 2016 Agradecimento O Estudo do Perfil do Turista de Eventos de Gramado e Canela é resultado da parceria de diversas instituições públicas que entenderam a importância

Leia mais

AVALIAÇÃO turística. CIDADE REALIZADA: holambra. ano 2013 NUMERO DE Entrevistados: 150 QUANTITATIVA, 150 QUALITATIVA

AVALIAÇÃO turística. CIDADE REALIZADA: holambra. ano 2013 NUMERO DE Entrevistados: 150 QUANTITATIVA, 150 QUALITATIVA AVALIAÇÃO turística O objetivo desta pesquisa é prover informações de qualidade, para contribuir com o processo de estruturação operacional, e a melhora no nível de gerenciamento da alta temporada, CIDADE

Leia mais

Pesquisa Perfil do Visitante dos Estádios de Futebol 2010

Pesquisa Perfil do Visitante dos Estádios de Futebol 2010 Pesquisa Perfil do Visitante dos Estádios de Futebol 2010 Secretaria Municipal de Turismo de Porto Alegre Centro Universitário Metodista do IPA Curso Turismo ênfase Hotelaria Tudo é um ou outro, sem tréguas.

Leia mais

PESQUISA DE DEMANDA TURÍSTICA ATUAL E POTENCIAL

PESQUISA DE DEMANDA TURÍSTICA ATUAL E POTENCIAL PESQUISA DE DEMANDA TURÍSTICA ATUAL E POTENCIAL APRESENTAÇÃO A atividade turística é capaz de gerar benefícios significativos para uma localidade, como geração de empregos; resgate e preservação dos valores

Leia mais

Copa do Mundo 2014 PJ

Copa do Mundo 2014 PJ Copa do Mundo 2014 PJ Março de 2014 Slide 1 OBJETIVOS DO ESTUDO Mensurar as expectativa com a Copa do Mundo Investimento e adequações feitas nos pontos de venda Percepção sobre o perfil e necessidades

Leia mais

PESQUISA DO IMPACTO ECONÔMICO DOS EVENTOS INTERNACIONAIS REALIZADOS NO BRASIL - 2007/2008. Consolidado 2 Eventos - Recife

PESQUISA DO IMPACTO ECONÔMICO DOS EVENTOS INTERNACIONAIS REALIZADOS NO BRASIL - 2007/2008. Consolidado 2 Eventos - Recife PESQUISA DO IMPACTO ECONÔMICO DOS EVENTOS INTERNACIONAIS REALIZADOS NO BRASIL - 2007/2008 JUlHO 2008 Informações do Evento Consolidado 2 Eventos - Recife EVENTO CIDADE PERÍODO 9th Workshop on Signal Processing

Leia mais

QUAIS OS TIPOS DE VISITANTES EM PORTO NACIONAL-TO?

QUAIS OS TIPOS DE VISITANTES EM PORTO NACIONAL-TO? QUAIS OS TIPOS DE VISITANTES EM PORTO NACIONAL-TO? Nome dos autores: Thalyta de Cássia da Silva Feitosa¹; Rosane Balsan² 1 Aluna do Curso de Geografia Bacharelado; Campus de Porto Nacional; e-mail:thalyta.feitosa@hotmail;

Leia mais

CARNAVAL DA ALEGRIA E DIVERSÃO COM A FAMÍLIA

CARNAVAL DA ALEGRIA E DIVERSÃO COM A FAMÍLIA CARNAVAL DA ALEGRIA E DIVERSÃO COM A FAMÍLIA FEVEREIRO 2015 Observatório do Turismo de Paranaguá Destino Indutor do Paraná APRESENTAÇÃO Arquibancadas para 2.600 pessoas 2 cabines de jurados 15 Camarotes

Leia mais

PÓLO COSTA DAS PISCINAS/PARAÍBA PLANO DE DESENVOLVIMENTO INTEGRADO DO TURISMO SUSTENTÁVEL ANEXO V GASTOS TURÍSTICOS TABELAS

PÓLO COSTA DAS PISCINAS/PARAÍBA PLANO DE DESENVOLVIMENTO INTEGRADO DO TURISMO SUSTENTÁVEL ANEXO V GASTOS TURÍSTICOS TABELAS PÓLO COSTA DAS PISCINAS/PARAÍBA PLANO DE DESENVOLVIMENTO INTEGRADO DO TURISMO SUSTENTÁVEL ANEXO V GASTOS TURÍSTICOS TABELAS JOÃO PESSOA-PB, JUNHO 2004 TABELA Nº01 GASTO MÉDIO INDIVIDUAL DIÁRIO em R$ 1.00,

Leia mais

Pesquisa com visitantes domésticos e internacionais dos Jogos Rio 2016 Resultados Preliminares

Pesquisa com visitantes domésticos e internacionais dos Jogos Rio 2016 Resultados Preliminares Pesquisa com visitantes domésticos e internacionais dos Jogos Rio 2016 Resultados Preliminares Metodologia Público-alvo Pesquisa doméstica Turistas domésticos em viagem ao Rio de Janeiro, durante os Jogos

Leia mais

Censo 100 anos do Samba Paulistano

Censo 100 anos do Samba Paulistano A FOLIA EM NÚMEROS Pesquisa do Carnaval de São Paulo 2014 Censo 100 anos do Samba Paulistano Na terceira edição do livro, que coincide com o centenário do samba na cidade de São Paulo, as pessoas que contribuíram

Leia mais

PERFIL DO TURISTA DA LINHA TURISMO DE PORTO ALEGRE. Julho 2008

PERFIL DO TURISTA DA LINHA TURISMO DE PORTO ALEGRE. Julho 2008 PERFIL DO TURISTA DA LINHA TURISMO DE PORTO ALEGRE Julho 2008 Apresentação A partir de Termo de Cooperação firmado entre as Faculdades Rio-Grandenses FARGS e a Secretaria Municipal de Turismo SMTUR, realizou-se

Leia mais

Pesquisa sobre a Securitização da Dívida Ativa dos Municípios

Pesquisa sobre a Securitização da Dívida Ativa dos Municípios Pesquisa sobre a Securitização da Dívida Ativa dos Municípios Objetivos: Diagnosticar a situação atual dos municípios brasileiros em relação à Securitização da Dívida Ativa de acordo com a resolução 33

Leia mais

SEJA BEM-VINDO A PEDRA AZUL

SEJA BEM-VINDO A PEDRA AZUL SEJA BEM-VINDO A PEDRA AZUL Município pertencente ao Circuito Turístico Vale do Jequitinhonha Esse é o nosso Vale. Pura inspiração! ATENDIMENTO AO TURISTA: Sulamita Interlocutora do Município Telefone:

Leia mais

ANUÁRIO ESTATÍSTICO DA TAXA DE OCUPAÇÃO HOTELEIRA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO

ANUÁRIO ESTATÍSTICO DA TAXA DE OCUPAÇÃO HOTELEIRA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO 2013 ABIH-RJ FECOMÉRCIO-RJ ANUÁRIO ESTATÍSTICO DA TAXA DE OCUPAÇÃO HOTELEIRA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO Pesquisa mensal da ABIH-RJ que visa acompanhar a taxa de ocupação nas unidades de hospedagem da

Leia mais

RELATÓRIO DA PESQUISA DE DEMANDA: ALTA TEMPORADA 2015 JANEIRO DE 2015

RELATÓRIO DA PESQUISA DE DEMANDA: ALTA TEMPORADA 2015 JANEIRO DE 2015 RELATÓRIO DA PESQUISA DE DEMANDA: ALTA TEMPORADA 2015 JANEIRO DE 2015 Metodologia Especificações Metodológica Cliente: SECRETARIA DE ESTADO DE TURISMO - ES Projeto: Relatório da Pesquisa de Demanda Turística:

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS SETEMBRO DE 2012 JOB1798-2 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Levantar junto aos eleitores da área em estudo opiniões

Leia mais

2º TRIMESTRE de 2016 abril a junho AEROPORTO SANTOS DUMONT - RIO DE JANEIRO (SBRJ)

2º TRIMESTRE de 2016 abril a junho AEROPORTO SANTOS DUMONT - RIO DE JANEIRO (SBRJ) 2º TRIMESTRE de 2016 abril a junho AEROPORTO SANTOS DUMONT - RIO DE JANEIRO (SBRJ) COORDENAÇÃO DA PESQUISA EXECUÇÃO DAS COLETAS COLABORAÇÃO INTEGRANTES DO COMITÊ DE DESEMPENHO OPERACIONAL AGÊNCIA NACIONAL

Leia mais

Viagens turísticas aumentam no 4º trimestre e no ano de 2015

Viagens turísticas aumentam no 4º trimestre e no ano de 2015 Procura Turística dos Residentes 4º Trimestre de 2015 02 de maio de 2016 Viagens turísticas aumentam no 4º trimestre e no ano de 2015 No 4º trimestre de 2015 a população residente em Portugal realizou

Leia mais

O TURISMO RECEPTIVO DE ILHÉUS (BAHIA) NA ALTA ESTAÇÃO: UMA ANÁLISE COMPARATIVA DOS ANOS 1997 E 2004 RESUMO

O TURISMO RECEPTIVO DE ILHÉUS (BAHIA) NA ALTA ESTAÇÃO: UMA ANÁLISE COMPARATIVA DOS ANOS 1997 E 2004 RESUMO 1 O TURISMO RECEPTIVO DE ILHÉUS (BAHIA) NA ALTA ESTAÇÃO: UMA ANÁLISE COMPARATIVA DOS ANOS E RESUMO Cristiane Aparecida de Cerqueira 1 Carla Regina Ferreira Freire 2 Este estudo teve por objetivo analisar

Leia mais

Pesquisa de Expectativa de Compras dos Consumidores sobre o Dia dos Namorados. Junho de 2014 Rondonópolis/MT

Pesquisa de Expectativa de Compras dos Consumidores sobre o Dia dos Namorados. Junho de 2014 Rondonópolis/MT Pesquisa de Expectativa de Compras dos Consumidores sobre o Dia dos Namorados Junho de 2014 Rondonópolis/MT ASSOCIAÇÃO COMERCIAL, INDUSTRIAL E EMPRESARIAL DE RONDONÓPOLIS ACIR. Presidente - Luis Fernando

Leia mais

INQUÉRITO A PASSAGEIROS DE CRUZEIRO

INQUÉRITO A PASSAGEIROS DE CRUZEIRO INQUÉRITO A PASSAGEIROS DE CRUZEIRO PORTO DE LISBOA 2016 1 INQUÉRITO A PASSAGEIROS DE CRUZEIRO INTRODUÇÃO Na continuidade do estudo que vem sendo realizado pelo, em conjunto com a sobre o perfil do passageiro

Leia mais

O Perfil e o impacto econômico do Visitante da Cidade de Niterói durante a Copa do Mundo 2014

O Perfil e o impacto econômico do Visitante da Cidade de Niterói durante a Copa do Mundo 2014 O Perfil e o impacto econômico do Visitante da Cidade de Niterói durante a Copa do Mundo 2014 Faculdade de Turismo e Hotelaria Coordenadores da Pesquisa: Prof. Dr. Osiris Marques Prof. Dr. João Evangelista

Leia mais

Pesquisa Fecomércio de Turismo - Verão em Santa Catarina 2015

Pesquisa Fecomércio de Turismo - Verão em Santa Catarina 2015 Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Pesquisa Fecomércio de Turismo - Verão em 2015 Turismo de Verão em,, e Núcleo de Pesquisas Fecomércio SC Fevereiro de 2015 Pesquisa Fecomércio de Turismo

Leia mais

2º TRIMESTRE de 2016 abril a junho AEROPORTO INTERNACIONAL DE VIRACOPOS - CAMPINAS (SBKP)

2º TRIMESTRE de 2016 abril a junho AEROPORTO INTERNACIONAL DE VIRACOPOS - CAMPINAS (SBKP) º TRIMESTRE de 16 abril a junho AEROPORTO INTERNACIONAL DE VIRACOPOS - CAMPINAS (SBKP) COORDENAÇÃO DA PESQUISA EXECUÇÃO DAS COLETAS COLABORAÇÃO INTEGRANTES DO COMITÊ DE DESEMPENHO OPERACIONAL AGÊNCIA NACIONAL

Leia mais

2º TRIMESTRE de 2016 abril a junho AEROPORTO INTERNACIONAL DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE - NATAL (SBSG)

2º TRIMESTRE de 2016 abril a junho AEROPORTO INTERNACIONAL DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE - NATAL (SBSG) 2º TRIMESTRE de 21 abril a junho AEROPORTO INTERNACIONAL DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE - NATAL (SBSG) COORDENAÇÃO DA PESQUISA EXECUÇÃO DAS COLETAS COLABORAÇÃO INTEGRANTES DO COMITÊ DE DESEMPENHO OPERACIONAL

Leia mais

2º TRIMESTRE de 2016 abril a junho AEROPORTO INTERNACIONAL LUIZ EDUARDO MAGALHÃES - SALVADOR (SBSV)

2º TRIMESTRE de 2016 abril a junho AEROPORTO INTERNACIONAL LUIZ EDUARDO MAGALHÃES - SALVADOR (SBSV) 2º TRIMESTRE de 216 abril a junho AEROPORTO INTERNACIONAL LUIZ EDUARDO MAGALHÃES - SALVADOR (SBSV) COORDENAÇÃO DA PESQUISA EXECUÇÃO DAS COLETAS COLABORAÇÃO INTEGRANTES DO COMITÊ DE DESEMPENHO OPERACIONAL

Leia mais

Relatório sobre a Pesquisa Intenção de Compra para o Dia dos Namorados 2012 IFEPD/AL

Relatório sobre a Pesquisa Intenção de Compra para o Dia dos Namorados 2012 IFEPD/AL Relatório sobre a Pesquisa Intenção de Compra para o Dia dos Namorados 2012 IFEPD/AL Maceió, 06/06/2012 0 Sumário INTRODUÇÃO 2 ASPECTOS MERCADOLÓGICOS 5 PERFIL DOS ENTREVISTADOS Gráfico 01 Sexo 3 Gráfico

Leia mais

Residentes em Portugal realizaram 15,4 milhões de viagens turísticas em 2010

Residentes em Portugal realizaram 15,4 milhões de viagens turísticas em 2010 PROCURA TURÍSTICA DOS RESIDENTES Janeiro a Dezembro de 2010 30 de Maio de 2011 Residentes em Portugal realizaram 15,4 milhões de viagens turísticas em 2010 Em 2010 foram realizadas cerca de 15,4 milhões

Leia mais

Comparação de perfis: Semana da Canção 2008 X Carnaval de Versão de Trabalho 2.0. Maurício Delamaro. Apoios:

Comparação de perfis: Semana da Canção 2008 X Carnaval de Versão de Trabalho 2.0. Maurício Delamaro. Apoios: Comparação de perfis: 2008 X de 2009 Versão de Trabalho 2.0 Maurício Delamaro Realização: Apoios: Prefeitura Municipal de São Luiz do Paraitinga 1 /33 Advertência inicial Se você ou seu meio de comunicação

Leia mais

ABIH-RJ FECOMÉRCIO-RJ

ABIH-RJ FECOMÉRCIO-RJ 2015 ABIH-RJ FECOMÉRCIO-RJ ANUÁRIO ESTATÍSTICO DA TAXA DE OCUPAÇÃO HOTELEIRA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO Pesquisa mensal da ABIH-RJ que visa acompanhar a taxa de ocupação nas unidades de hospedagem da

Leia mais

DESEMPENHO DO SETOR DE TURISMO EM ALAGOAS PARA ABRIL DE 2016.

DESEMPENHO DO SETOR DE TURISMO EM ALAGOAS PARA ABRIL DE 2016. DESEMPENHO DO SETOR DE TURISMO EM ALAGOAS PARA ABRIL DE 2016. Superintendência de Produção da Informação e do Conhecimento (SINC) Gerência de Estatística e Indicadores A presente nota técnica possui o

Leia mais

RELATÓRIO - PESQUISA DE DEMANDA TURISTICA CARNAVAL DE BRAGANÇA

RELATÓRIO - PESQUISA DE DEMANDA TURISTICA CARNAVAL DE BRAGANÇA RELATÓRIO - PESQUISA DE DEMANDA TURISTICA CARNAVAL DE BRAGANÇA - 2014 COORDENAÇÃO: SECRETARIA MUNICIPAL DE TURISMO DE BRAGANÇA RELATÓRIO: SECRETARIA DE ESTADO DE TURISMO SETUR /PA 1 SECRETARIA DE ESTADO

Leia mais

Emprego no Turismo da Cidade de São Paulo

Emprego no Turismo da Cidade de São Paulo Emprego no Turismo da Cidade de São Paulo Boletim Trimestral Janeiro - Março/2010 Dados: CAGED (MTE) IPEA O objetivo deste Boletim é acompanhar a cada três meses a variação do emprego formal nas atividades

Leia mais

Aplicativo Restaurantes SP do Guia Quatro Rodas é campeão de downloads na Apple...

Aplicativo Restaurantes SP do Guia Quatro Rodas é campeão de downloads na Apple... Page 1 of 7 SITES ABRIL CELULAR ASSINE SHOPPING Notícias Esportes Diversão Saúde Mulher Meu site BUSCA Com o melhor de: Pacotes Por destino» Brasil África Am. Central e Caribe Am. do Norte Am. do Sul Ásia

Leia mais

Acre Previsão por Coeficiente no Estado

Acre Previsão por Coeficiente no Estado Acre 0,6 121.073,55 262.729,59 0,8 161.431,39 350.306,12 1,0 201.789,24 437.882,66 1,2 242.147,09 525.459,19 1,4 - - 1,6 322.862,79 700.612,25 1,8 363.220,64 788.188,78 2,0 - - 2,2 - - 2,4 - - 2,6 524.652,03

Leia mais

Ocupação Hoteleira da cidade do Rio de Janeiro Janeiro de 2012

Ocupação Hoteleira da cidade do Rio de Janeiro Janeiro de 2012 Ocupação Hoteleira da cidade do Rio de Janeiro Janeiro de 2012 Taxa de ocupação chegou a 82,08% Esta foi a maior taxa já apurada para um mês de janeiro Introdução A pesquisa sobre Ocupação Hoteleira da

Leia mais

BOLETIM SEMESTRAL 2012/02

BOLETIM SEMESTRAL 2012/02 BOLETIM SEMESTRAL 2012/02 APRESENTAÇÃO DO BOLETIM 2012/2 Desde o ano de 2009, o Observatório da São Paulo Turismo apresenta um Boletim que reflete o desempenho do turismo, no decorrer do semestre finalizado.

Leia mais

Escola Técnica de Turismo CIETH. Reconhecia pelo Ministério de Turismo (Mtur 092/2002) Conselho Estadual de Educação (032/2003) Projeto INPROTUR

Escola Técnica de Turismo CIETH. Reconhecia pelo Ministério de Turismo (Mtur 092/2002) Conselho Estadual de Educação (032/2003) Projeto INPROTUR Escola Técnica de Turismo CIETH Reconhecia pelo Ministério de Turismo (Mtur 092/2002) Conselho Estadual de Educação (032/2003) Projeto INPROTUR Inclusão Pró Turismo Cursos Introdutórios nas Áreas de Turismo

Leia mais

DESEMPENHO DO SETOR DE TURISMO EM ALAGOAS PARA FEVEREIRO DE 2016.

DESEMPENHO DO SETOR DE TURISMO EM ALAGOAS PARA FEVEREIRO DE 2016. DESEMPENHO DO SETOR DE TURISMO EM ALAGOAS PARA FEVEREIRO DE 2016. Superintendência de Produção da Informação e do Conhecimento (SINC) Gerência de Estatística e Indicadores A presente nota técnica possui

Leia mais

ANUÁRIO ESTATÍSTICO DA TAXA DE OCUPAÇÃO HOTELEIRA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO

ANUÁRIO ESTATÍSTICO DA TAXA DE OCUPAÇÃO HOTELEIRA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO 2012 ABIH-RJ FECOMÉRCIO-RJ ANUÁRIO ESTATÍSTICO DA TAXA DE OCUPAÇÃO HOTELEIRA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO Pesquisa mensal da ABIH-RJ que visa acompanhar a taxa de ocupação nas unidades de hospedagem da

Leia mais

Intenção de Compras para o período de volta às aulas 2015

Intenção de Compras para o período de volta às aulas 2015 Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Intenção de Compras para o período de volta às aulas 2015 O perfil do consumidor e resultado de intenção

Leia mais

Os impactos do consumo de beleza nas finanças. Junho de 2016

Os impactos do consumo de beleza nas finanças. Junho de 2016 Os impactos do consumo de beleza nas finanças Junho de 2016 OBJETIVOS DO ESTUDO Investigar os impactos que o consumo de produtos e serviços de beleza geram nas finanças dos brasileiros. METODOLOGIA Público

Leia mais

SEJA BEM-VINDO A RUBIM

SEJA BEM-VINDO A RUBIM SEJA BEM-VINDO A RUBIM Município pertencente ao Circuito Turístico Vale do Jequitinhonha Esse é o nosso Vale. Pura inspiração! ATENDIMENTO AO TURISTA: Cláudio Ruys Interlocutor do Município Telefone: (33)

Leia mais

USO DE CADEIRINHA NO AUTOMÓVEL. Relatório em Setembro de 2012

USO DE CADEIRINHA NO AUTOMÓVEL. Relatório em Setembro de 2012 1 1 USO DE CADEIRINHA NO AUTOMÓVEL Relatório em Setembro de 2012 Índice 2 2 Objetivo Metodologia Hábito de transportar crianças com até 10 anos em automóvel de passeio Perfil População adulta Transporta

Leia mais

SONDAGEM DO CONSUMIDOR

SONDAGEM DO CONSUMIDOR SONDAGEM DO CONSUMIDOR MINISTÉRIO DO TURISMO FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS SUMÁRIO EXECUTIVO PESQUISA REALIZADA /2016, EM GRANDES CIDADES BRASILEIRAS, REFERENTE À PERSPECTIVA DE INTENÇÃO DE BRASILEIROS DE VIAJAR

Leia mais

Estudo da Demanda Turística Internacional no Brasil

Estudo da Demanda Turística Internacional no Brasil Estudo da Demanda Turística Internacional no Brasil Pesquisa com a Imprensa Internacional durante os Jogos Olímpicos Rio 2016 Brasília, Setembro de 2016 Objetivos Investigar a imagem do Brasil junto aos

Leia mais

Prefeitura Municipal de São Luiz do Paraitinga

Prefeitura Municipal de São Luiz do Paraitinga Prefeitura Municipal de São Luiz do Paraitinga Idade 151 151 134 84 55 0 32 27 30 20 10 7 De 15,0 a 20,0 De 20,0 a 25,0 De 25,0 a 30,0 De 30,0 a 35,0 De 35,0 a 40,0 De 40,0 a 45,0 De 45,0 a 50,0 De

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS SETEMBRO DE 2012 JOB2213 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Levantar junto aos eleitores da área em estudo opiniões

Leia mais

Caderno de Dados. Agosto.2016

Caderno de Dados. Agosto.2016 Agosto 2016 1 Igreja da Boa Viagem - Acervo Belotur Caderno de Dados Agosto.2016 1 MENSAGEM DA BELOTUR 2 2 APRESENTAÇÃO 4 3 METODOLOGIA 5 4 AMBIENTE MACRO 6 5 SONDAGEM DO CONSUMIDOR 8 6 RECEITA CAMBIAL,

Leia mais

Inquérito à Satisfação do Turista Residente na Alemanha que Visita os Açores

Inquérito à Satisfação do Turista Residente na Alemanha que Visita os Açores 1 Inquérito à Satisfação do Turista Residente na Alemanha que Visita os Açores Verão IATA Inverno IATA 2015-2016 Condições de Utilização 2 Este documento é da exclusiva propriedade do Observatório do Turismo

Leia mais

Região Metropolitana da Grande São Luís

Região Metropolitana da Grande São Luís RORAIMA AMAPÁ AMAZONAS PARÁ MARANHÃO CEARÁ RIO GRANDE DO N ORTE PARAÍBA PIAUÍ PERNAMBUCO ACRE TOCANTINS ALA GOAS RONDÔNIA SERGIPE MATO G ROSSO BAHIA GOIÁS DF MINAS GERAIS MATO G ROSSO DO S UL E SPÍRITO

Leia mais

Quantidade de Acessos / Plano de Serviço / Unidade da Federação - Novembro/2007

Quantidade de Acessos / Plano de Serviço / Unidade da Federação - Novembro/2007 Quantidade de Acessos / Plano de Serviço / Unidade da Federação - Novembro/2007 REGIÃO NORTE 5.951.408 87,35 861.892 12,65 6.813.300 RONDÔNIA 760.521 88,11 102.631 11,89 863.152 ACRE 298.081 85,86 49.094

Leia mais

9, R$ , , R$ ,

9, R$ , , R$ , Rondônia 2005 R$ 601.575,17 2005 10.154 2004 1.027.983 2004 108.139 2004 10,52 2006 R$ 609.834,21 2006 10.757 2005 1.025.249 2005 101.539 2005 9,90 2007 R$ 1.229.490,00 2007 9.100 2006 1.047.004 2006 111.068

Leia mais

III Seminário de Inteligência Competitiva México

III Seminário de Inteligência Competitiva México SETEMBRO 2016 III Seminário de Inteligência Competitiva México Diretoria de Inteligência Competitiva e Promoção Turística EBT ANII Alessandra Fernandes Balanço 90.361 mexicanos visitaram o Brasil em 2015

Leia mais

SEJA BEM-VINDO A COMERCINHO

SEJA BEM-VINDO A COMERCINHO SEJA BEM-VINDO A COMERCINHO Município pertencente ao Circuito Turístico Vale do Jequitinhonha Esse é o nosso Vale. Pura inspiração! ATENDIMENTO AO TURISTA: Cassiano Dias Interlocutor do Município Telefone:

Leia mais

MOTIVAÇÕES E DIFICULDADES RELACIONADAS A ESCOLHA DE DESTINOS TURÍSTICOS.

MOTIVAÇÕES E DIFICULDADES RELACIONADAS A ESCOLHA DE DESTINOS TURÍSTICOS. MOTIVAÇÕES E DIFICULDADES RELACIONADAS A ESCOLHA DE DESTINOS TURÍSTICOS. Autores : Giovana BATISTA 1, Michele Catherin AREND 2 Identificação autores: 1 Aluna IFC-Campus Camboriú ; 2 Orientador IFC-Campus

Leia mais

Fernando Ribeiro Mendes

Fernando Ribeiro Mendes Workshop Senior Tourism in the EU : a Growing Market Partnership and Cooperation with South America 8 de outubro de 2014 São Paulo, Brasil * * * * Fernando Ribeiro Mendes FUNDAÇÃO INATEL Fundada em 1935

Leia mais

Usos do Crédito - Empréstimos. Junho de 2016

Usos do Crédito - Empréstimos. Junho de 2016 Usos do Crédito - Empréstimos Junho de 2016 OBJETIVOS DO ESTUDO Investigar o comportamento relacionado ao pedido de empréstimo pessoal ou consignado em bancos ou financeiras. METODOLOGIA Público alvo:

Leia mais

O PERFIL DOS TURISTAS DA COPA DAS CONFEDERAÇÕES FIFA 2013 NO RIO DE JANEIRO

O PERFIL DOS TURISTAS DA COPA DAS CONFEDERAÇÕES FIFA 2013 NO RIO DE JANEIRO O PERFIL DOS TURISTAS DA COPA DAS CONFEDERAÇÕES FIFA 2013 NO RIO DE JANEIRO OBSERVATÓRIO DO TURISMO DO RIO DE JANEIRO DA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE RIO DE JANEIRO, JUNHO DE 2013 O PERFIL DOS TURISTAS

Leia mais

TAXA DE OCUPAÇÃO HOTELEIRA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO

TAXA DE OCUPAÇÃO HOTELEIRA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO TAXA DE OCUPAÇÃO HOTELEIRA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO Levantamento da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis Rio de Janeiro, em parceria com a Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro Junho

Leia mais

ABIH-RJ FECOMÉRCIO- RJ

ABIH-RJ FECOMÉRCIO- RJ 2014 ABIH-RJ FECOMÉRCIO- RJ ANUÁRIO ESTATÍSTICO DA TAXA DE OCUPAÇÃO HOTELEIRA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO Pesquisa mensal da ABIH-RJ que visa acompanhar a taxa de ocupação nas unidades de hospedagem da

Leia mais

Pesquisa de Opinião Pública: Nível de Satisfação da FEJUNAV

Pesquisa de Opinião Pública: Nível de Satisfação da FEJUNAV Pesquisa de Opinião Pública: Nível de Satisfação da FEJUNAV Naviraí, Junho de 2017 1. Introdução A satisfação dos clientes possui um papel fundamental nos estágios iniciais do relacionamento. Se as experiências

Leia mais

TERMINAL MUNICIPAL DE ÔNIBUS DE TURISMO DE CABO FRIO

TERMINAL MUNICIPAL DE ÔNIBUS DE TURISMO DE CABO FRIO PREFEITURA DA CIDADE DE CABO FRIO TERMINAL MUNICIPAL DE ÔNIBUS DE TURISMO DE CABO FRIO R. ANTÔNIO LUÍS DA FONSECA, 596-836 (Antiga Estrada dos Passageiros) FUNCIONA 24h 1 Sumário INFORMAÇÕES PARA VEÍCULOS

Leia mais

2º TRIMESTRE de 2016 abril a junho

2º TRIMESTRE de 2016 abril a junho º TRIMESTRE de 06 abril a junho COORDENAÇÃO DA PESQUISA EXECUÇÃO DAS COLETAS COLABORADORES INTEGRANTES DO COMITÊ DE DESEMPENHO OPERACIONAL AGÊNCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA

Leia mais

Relatório sobre a Pesquisa Intenção de Compra para o Dia das Crianças 2014

Relatório sobre a Pesquisa Intenção de Compra para o Dia das Crianças 2014 Relatório sobre a Pesquisa Intenção de Compra para o Dia das Crianças 2014 IFEPD/AL Maceió, 29/09/2014 Sumário 1 INTRODUÇÃO ---------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Relatório sobre a Pesquisa de Expectativas de Vendas janeiro e carnaval 2016

Relatório sobre a Pesquisa de Expectativas de Vendas janeiro e carnaval 2016 FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DE ALAGOAS INSTITUTO FECOMÉRCIO DE ESTUDOS, PESQUISAS E DESENVOLVIMENTO DE ALAGOAS Relatório sobre a Pesquisa de Expectativas de Vendas janeiro e carnaval 2016 IFEPD/AL Maceió, janeiro

Leia mais

RESUMO EXECUTIVO. Termo de Parceria MTUR/IMB/N /2009

RESUMO EXECUTIVO. Termo de Parceria MTUR/IMB/N /2009 RESUMO EXECUTIVO Termo de Parceria MTUR/IMB/N 703.686/2009 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Forma de Coleta: Quantitativa, com 500 entrevistados em 4 eventos pelo Instituto Marca Brasil entre 19 de novembro de

Leia mais

Objetivo: Estimar o perfil dos usuários das linhas de ônibus com destino ou origem na Rodoviária de Parnaíba.

Objetivo: Estimar o perfil dos usuários das linhas de ônibus com destino ou origem na Rodoviária de Parnaíba. Ficha técnica Objetivo: Estimar o perfil dos usuários das linhas de ônibus com destino ou origem na Rodoviária de Parnaíba. Período de coleta de dados: 29 de maio a 29 de junho de 2014. Local de coleta:

Leia mais

Pesquisa Fecomércio de Turismo 6ª Parada da Diversidade de Florianópolis

Pesquisa Fecomércio de Turismo 6ª Parada da Diversidade de Florianópolis Pesquisa Fecomércio de Turismo 6ª Parada da Diversidade de Florianópolis A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (FECOMÉRCIO), com o intuito de mapear o perfil do turista e o impacto da Parada

Leia mais

CARNAVAL 2015 PESQUISA DE DEMANDA TURÍSTICA ARUANÃ

CARNAVAL 2015 PESQUISA DE DEMANDA TURÍSTICA ARUANÃ PESQUISA CARNAVAL 5 PESQUISA DE DEMANDA TURÍSTICA ARUANÃ ARUANÃ CARNAVAL 5 GOVERNO ESTADUAL Marconi Ferreira Perillo Júnior Governador do Estado de Goiás José Eliton de Figuerêdo Júnior Vice-Governador

Leia mais

INTENÇÃO DE COMEMORAÇÃO PARA O ANO NOVO

INTENÇÃO DE COMEMORAÇÃO PARA O ANO NOVO INTENÇÃO DE COMEMORAÇÃO PARA O ANO NOVO Dezembro de 2015 Slide 1 OBJETIVOS DO ESTUDO Investigar como serão as comemorações para o ano novo e respectivos valores financeiros envolvidos; Avalição do cenário

Leia mais

PESQUISA ANUAL DO DESEMPENHO DO TURISMO NA REGIÃO METROPOLITANA DE JOÃO PESSOA

PESQUISA ANUAL DO DESEMPENHO DO TURISMO NA REGIÃO METROPOLITANA DE JOÃO PESSOA PESQUISA ANUAL DO DESEMPENHO DO TURISMO NA REGIÃO METROPOLITANA DE JOÃO PESSOA PESQUISA REALIZADA JUNTO AOS TURISTAS ANO - 2015 PESQUISA ANUAL DO DESEMPENHO DO TURISMO NA REGIÃO METROPOLITANA DE JOÃO PESSOA

Leia mais