O Sistema de Exame de Acesso é electrónico (feito no computador) de múltiplas escolhas, igualmente designado por Sistema Americano;

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O Sistema de Exame de Acesso é electrónico (feito no computador) de múltiplas escolhas, igualmente designado por Sistema Americano;"

Transcrição

1 INSTITUTO SUPERIOR POLITÉCNICO TOCOÍSTA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS Curso de Sociologia O Sistema de Exame de Acesso é electrónico (feito no computador) de múltiplas escolhas, igualmente designado por Sistema Americano; Os Exames de Acesso do Instituto Superior Politécnico Tocoísta têm um carácter presencial e são realizados em prova única de acordo com o curso pretendido;

2 ACESSO AO CURSO DE SOCIOLOGIA PROVAS A EFECTUAR SOCIOLOGIA LÍNGUA PORTUGUESA CULTURA GERAL

3 SOCIOLOGIA 1.1. O que é a sociologia. Ciências Sociais e Sociologia. Sociologia e conhecimento da realidade social. Génese, noções e objecto da sociologia. Objectivos e funções da sociologia. Complexidade das ciências sociais. Unidade e pluralidade do social. Complementaridade e interdependência nas Ciências sociais. A Interdisciplinaridade como atitude metodológica. Fenómenos sociais totais. Factos sociais. O social e o sociológico. A sociologia e os sociólogos. Os primeiros sociólogos: Auguste Comte, Herbert Spencer, Karl Marx, Max Weber, Émile Durkheim. O Sociólogo face à realidade social. Os três tipos de sociólogos, segundo Touraine. A sociologia como ciência social. A articulação entre a sociologia e outras ciências sociais e humanas (Sociologia, história, filosofia,

4 psicologia e pedagogia). Métodos e técnicas de pesquisa em ciências sociais. Modos de produção da informação em sociologia Elementos primários da vida social. Sociedade e vida social. Os elementos primários da vida social. Os factos sociais. O sociólogo perante os factos e fenómenos sociais. Processo de interacção social. Formas de sociabilidade e processos de relação. Tipos de agrupamentos sociais. Colectividades estruturadas e não estruturadas Normas, Valores, Comportamentos e Padrões de cultura. Valores, normas e comportamento. Valores e aspirações. Controlo social, comportamentos desviantes e anomia. Padrões de cultura. Conceito sociológico de cultura e cultura como referencial

5 sociológico. Elementos de Cultura. Padrões de cultura e etnocentrismo cultural. O homem como produto/produtor da cultura. Cultura e contra cultura. Cultura e subculturas. Ordem social e controlo social. A sociologia da cultura na obra de Mário Pinto de Andrade. Cultura e identidade nacional. 1.4 Espaços socioculturais e comunidades Etnolinguísticas em Angola. Significado histórico-sociológico das Sociedades pré-coloniais de Angola e para a compreensão das fronteiras étnicas e dos actuais espaços socioculturais. Espaço sociocultural bantu. Espaços socioculturais vatwa Espaço sociocultural koisan. Principais comunidades etnolinguísticas em Angola. Sociedades étnicas e espaços socioculturais em Angola Espaços socioculturais e

6 comunidades etnolinguísticas transacionais. Identidades Culturais e etnicidade. Identidades étnicas, angolanidade e identidade nacional Socialização. Noção de Socialização. Processo de socialização. Agentes da socialização. A socialização como processo de transmissão cultural. A socialização como processo de reprodução social. Socialização, papel social e estatuto social Classes Sociais e Estratificação Social. Estratificação e hierarquia social Critérios de estratificação social Classe social Estratificação social, desigualdades sociais e exclusão social Estrutura social e Classe social na sociedade Angola colonial.

7 1.7. Instituições Sociais e Reprodução Social. O que são instituições. Elementos das instituições. As instituições como elemento de produção e reprodução social. Os aparelhos ideológicos do Estado. Estado, Nação e Pátria. O papel da instituição familiar e da instituição escolar na reprodução social e cultural. Os meios de comunicação de massa e a reprodução social. O papel dos meios de comunicação social em Angola. As contra instituições. As igrejas em Angola Sociologia da Educação. Objectivos da sociologia da Educação. Noção de educação. A função de escola no processo de socialização. A importância ideológica de escola na selecção e reprodução social.

8 1.9. Mudança social. Noção de mudança social. Factores de mudança. Mudanças sociais evolutivas e mudanças sociais impostas. Resistência à mudança. O fenómeno da globalização. Consumo e estilos de vida na era da globalização. BIBLIOGRAFIA BAUMAN, Zygmunt (2015), Para que serve a sociologia? Diálogos com Michel Hviid Jacobsen e Keith Tester. Editora ZAHAR, 132 p. BRAVO, Orlando (1998), Sociologia. Cursos complementares do ensino secundário, 10 ou 11º ano de escolaridade. Porto Editor, 343 p.

9 OLIVEIRA, Maria da luz e ali (2006), Sociologia. 12º Ano. Novo Programa. Lisboa. Texto Editores, 287 p. OLIVEIRA, Maria da Luz, PAIS, Maria João, CABRITO Belmiro Gil (1999). Sociologia. 12º Ano. Lisboa. Texto Editor, 384p. PITÉ, Jorge (1997), Sociologia. 12º Ano, Lisboa. Editorial Presença, 294 p. PITÉ, Jorge (1997), Dicionário Breve de Sociologia. Lisboa, Editorial Presença, 162 p. SILVESTRE Manuela, MOINHOS, Maria José (2004), Sociologia. 12º Ano, Ensino Secundário, Lisboa: Lisboa Editora, 336 p. CALEY, Cornélio (2006), contribuição para o pensamento histórico e sociológico de angolano. Editora Nzila, Luanda. 284 p.

10 CARVALHO, Paulo de (2003), «Angola, Estrutura social da sociedade colonial». Kulonga Revista de Ciências da Educação e Estudos Multidisciplinares, nº 2, pp COSTA António Firmino (1992), O que é a Sociologia. Lisboa, Difusão Cultural, 120 p. FERNANDO, Manuel (2014), Quem são os excluídos. Uma perspectiva sociológica do caso Angolano, Kulonga nº 9, Luanda, Revista de Ciências da Educação e estudos Multidisciplinares do Instituto Superior de Ciências da Educação (ISCED), Universidade Agostinho Neto (UAN), pp KAJIBANGA, Victor (2004), «Etnias, Dinâmicas Socioculturais e Direito Costumeiro». Revista de Ciências da Educação e Estudos Multidisciplinares, nº 3, pp

11 KAJIBANGA, Victor (2000), A Alma sociológica na ensaística de Mário Pinto de Andrade. Uma introdução ao estudo da vida e obra do primeiro sociólogo angolano. Luanda, INIC, p , REDINHA, José (1975), Distribuição Étnica de Angola. 9ª Edição, Fundo de Turismo e Publicidade. 35 p. 1. Morfologia Língua Portuguesa Adjectivos. Flexão de número. Plural do substantivo com valor de adjectivo. Plural dos adjectivos compostos. Adjectivos sem marca de número. Flexão de gênero. Adjectivos uniformes. Adjetivos biformes. Adjectivos compostos. Flexão de grau. Grau comparativo. Formação do comparativo. Comparativo de

12 superioridade anômalo. Grau superlativo. Formação do superlativo relativo. Formação do superlativo absoluto. Superlativos anômalos. Adjectivos pátrios e gentílicos. Adjectivos pátrios compostos. Locução adjectiva. Adjectivos eruditos. Numeral. Escrita. Emprego e concordância. Cardinais. Ordinais. Multiplicativos. Verbo. Elementos mórficos constitutivos do verbo. Conjugação. 1ª, 2ª e 3ª. Modos verbais. Indicativo. Subjuntivo. Imperativo. Formas nominais do verbo. Tempos verbais e seu uso. Flexão. Regular. Irregular. Anômalo. Defectivo. Abundante. Em relação ao sujeito. Pessoal. Impessoal. Função. Auxiliar. Principal. Voz Ativa. Passiva. Reflexiva. Formação da voz passiva. Passagem da voz ativa para a passiva. Voz reflexiva e verbo pronominal. Acento tônico. Modos

13 verbais.indicativo. Subjuntivo. Imperativo. Formas nominais do verbo. Tempos verbais e seu uso. Como distinguir locução verbal de sujeito oracional e de tempo composto. Pronúncia correta de alguns verbos. 2. Semântica/Estilística Sinonímia. Antonímia. Paronímia e homonímia. Paralelismo de construção. Paralelismo semântico. Emprego dos conectivos. BIBLIOGRAFIA BECHARA, Evanildo (2009).Moderna gramática portuguesa. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. LOPES, Maria do Céu Vieira ; PINTO, José Manuel Castro ; Manuela NEVES, Castro (2007). Gramática do Português Moderno. Para o Ensino Básico e Secundário. Porto: Plátano Editora. Outras Gramáticas da Língua Portuguesa

Instituto Superior de Ciências da Educação. - Complementaridade e interdependência nas Ciências Sociais

Instituto Superior de Ciências da Educação. - Complementaridade e interdependência nas Ciências Sociais Instituto Superior de Ciências da Educação DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS CURSO DE LICENCIATURA EM ENSINO DE SOCIOLOGIA Tópicos de matérias para a prova de exame de admissão 1- As Ciências Sociais no

Leia mais

GRAMÁTICA MODERNA DA LÍNGUA PORTUGUESA

GRAMÁTICA MODERNA DA LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA MODERNA DA LÍNGUA PORTUGUESA Sumário Capítulo 1 O ESTUDO DAS PALAVRAS Lição 1 Fonética 1.1. Fonema e letra 1.2. Divisão dos fonemas 1.3. Classificação dos fonemas 1.4. Encontro vocálico 1.5.

Leia mais

CAPÍTULO 1 O ESTUDO DAS PALAVRAS

CAPÍTULO 1 O ESTUDO DAS PALAVRAS Índice CAPÍTULO 1 O ESTUDO DAS PALAVRAS LIÇÃO 1 FONÉTICA...3 1.1. Fonema e letra... 3 1.2. Divisão dos fonemas... 3 1.3. Classificação dos fonemas... 4 1.4. Encontro vocálico... 5 1.5. Encontro consonantal...

Leia mais

O ESTUDO DO VOCABULÁRIO

O ESTUDO DO VOCABULÁRIO Sumário Capítulo 1 O ESTUDO DO VOCABULÁRIO Lição 1 Fonética...3 1.1. Fonema e Letra... 3 1.2. Divisão dos Fonemas... 3 1.3. Classificação dos fonemas... 5 1.4. Encontro Vocálico... 7 1.5. Encontro Consonantal...

Leia mais

O ESTUDO DAS PALAVRAS

O ESTUDO DAS PALAVRAS Sumário Capítulo 1 O ESTUDO DAS PALAVRAS Lição 1 Fonética...3 1.1. Fonema e letra... 3 1.2. Divisão dos fonemas... 3 1.3. Classificação dos fonemas... 5 1.4. Encontro vocálico... 6 1.5. Encontro consonantal...

Leia mais

ELEMENTAR da LÍNGUA PORTUGUESA

ELEMENTAR da LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA ELEMENTAR da LÍNGUA PORTUGUESA A. Gomes Ferreira J. Nunes de Figueiredo 2. CICLO Oo Introdução I. ONDE SE FALA A LÍNGUA PORTUGUESA II. A PALAVRA. A FRASE. SINTAXE E MORFOLOGIA MATÉRIA DAS UNIDADES

Leia mais

índice geral Prefácio, X/77

índice geral Prefácio, X/77 índice geral Prefácio, X/77 Capítulo I CONCEITOS GERAIS, / Linguagem, língua, discurso, estilo / Língua e sociedade: variação e conservação linguística, 2 Diversidade geográfica da língua: dialecto e falar,

Leia mais

Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS APRESENTAÇÃO PARTE I FONÉTICA

Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS APRESENTAÇÃO PARTE I FONÉTICA Súmario Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS... 15 APRESENTAÇÃO... 17 PARTE I FONÉTICA CAPÍTULO 1 ORTOGRAFIA... 21 1. Introdução... 21 2. O alfabeto...21 3. Emprego das letras

Leia mais

CAPÍTULO 01 - INTERPRETAÇÃO DE TEXTO TIPOS DE TEXTO GÊNERO DE TEXTO TIPOS DE DISCURSO... 21

CAPÍTULO 01 - INTERPRETAÇÃO DE TEXTO TIPOS DE TEXTO GÊNERO DE TEXTO TIPOS DE DISCURSO... 21 sumário CAPÍTULO 01 - INTERPRETAÇÃO DE TEXTO...14 1.1.TIPOS DE TEXTO... 15 1.2.GÊNERO DE TEXTO... 20 1.3.TIPOS DE DISCURSO... 21 1.3.1. DISCURSO DIRETO... 22 1.3.2. DISCURSO INDIRETO... 22 1.3.3. DISCURSO

Leia mais

Sumário. Capítulo 1 Comunicação 1

Sumário. Capítulo 1 Comunicação 1 Sumário Capítulo 1 Comunicação 1 1.1 Elementos da comunicação 1 1.2 Linguagem, língua e fala 1 1.3 Significante e significado 2 1.4 Língua escrita e falada 2 1.5 Modalidades da língua 2 1.6 Funções da

Leia mais

2014/2015 PLANIFICAÇÃO ANUAL

2014/2015 PLANIFICAÇÃO ANUAL GRUPO DE ECONOMIA E CONTABILIDADE Cursos Científico-Humanísticos Ano Letivo 2014/2015 PLANIFICAÇÃO ANUAL SOCIOLOGIA (12º ano) Página 1 de 6 Competências Gerais Desenvolver a consciência dos direitos e

Leia mais

Sumário. Capítulo 1 Comunicação 1

Sumário. Capítulo 1 Comunicação 1 Sumário Capítulo 1 Comunicação 1 1.1 Elementos da comunicação 1 1.2 Linguagem, língua e fala 1 1.3 Significante e significado 2 1.4 Língua escrita e falada 2 1.5 Variedades linguísticas 2 1.6 Funções da

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Flávia de Mattos Motta

PLANO DE ENSINO. Flávia de Mattos Motta Universidade do Estado de Santa Catarina UDESCCentro de Ciências Humanas e da Educação FAED PLANO DE ENSINO DEPARTAMENTO: Departamento de Ciências Humanas ANO/SEMESTRE 2013.2 CURSO: Pedagogia FASE: 2ª

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VIZELA VIZELA Escola sede: ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS DE VIZELA INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE SOCIOLOGIA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VIZELA VIZELA Escola sede: ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS DE VIZELA INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE SOCIOLOGIA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VIZELA VIZELA Escola sede: ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS DE VIZELA INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE SOCIOLOGIA Prova: 344 / 2015 12.º Ano de Escolaridade Formação

Leia mais

1. Prova Teórica de Avaliação de História Contemporânea. 2. Prova Teórica de Avaliação de História das Artes Visuais

1. Prova Teórica de Avaliação de História Contemporânea. 2. Prova Teórica de Avaliação de História das Artes Visuais Índice 1. Prova Teórica de Avaliação de História Contemporânea 2. Prova Teórica de Avaliação de História das Artes Visuais 3. Prova Teórica de Avaliação de Língua Portuguesa 4. Prova Teórica de Avaliação

Leia mais

Academia Diplomática y Consular Carlos Antonio López

Academia Diplomática y Consular Carlos Antonio López FUNDAMENTACIÓN: PROGRAMA DE IDIOMA PORTUGUÊS CONTENIDO TEMÁTICO Llevando en consideración las directrices del Marco Europeo Común de Referencia, el examen será encuadrado en un nivel Intermedio Superior.

Leia mais

INFORMAÇÃO- PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA

INFORMAÇÃO- PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA PROVA 344 INFORMAÇÃO- PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA 12º Ano de Escolaridade CURSOS CIENTÍFICO-HUMANÍSTICOS SOCIOLOGIA ANO LECTIVO 2011/2012 Tipo de prova: Escrita Duração (em minutos): 90 TEMAS CONTEÚDOS

Leia mais

CURSO: : TÉCNICO EM MANUTENÇÃO E SUPORTE EM INFORMÁTICA MODALIDADE INTEGRADO AO ENSINO MÉDIO

CURSO: : TÉCNICO EM MANUTENÇÃO E SUPORTE EM INFORMÁTICA MODALIDADE INTEGRADO AO ENSINO MÉDIO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO CURSO: : TÉCNICO EM MANUTENÇÃO E SUPORTE EM INFORMÁTICA MODALIDADE INTEGRADO AO ENSINO MÉDIO FORMA/GRAU:( +)integrado ( )subsequente

Leia mais

Capítulo 2 - Acentuação gráfica Regras gerais...10 Casos especiais...10 Prosódia...12 Exercícios...14

Capítulo 2 - Acentuação gráfica Regras gerais...10 Casos especiais...10 Prosódia...12 Exercícios...14 Sumário Capítulo 1 - Noções de fonética... 2 Fonemas...2 Letra...2 Sílaba...2 Número de sílabas...3 Tonicidade...3 Posição da sílaba tônica...3 Dígrafos...3 Encontros consonantais...3 Encontros vocálicos...4

Leia mais

JOSÉ ALMIR FONTELLA DORNELLES

JOSÉ ALMIR FONTELLA DORNELLES JOSÉ ALMIR FONTELLA DORNELLES Edição comemorativa de 20 anos. Revista, ampliada, novos exercícios e questões. 20ª edição Brasília 2014 2014 Vestcon Editora Ltda. Todos os direitos autorais desta obra são

Leia mais

Curriculum vitae sintético do Prof. Doutor Victor Kajibanga

Curriculum vitae sintético do Prof. Doutor Victor Kajibanga Curriculum vitae sintético do Prof. Doutor Victor Kajibanga (Universidade Agostinho Neto Angola) Nome: Víctor Mário Chicua Kajibanga (assina: Víctor Kajibanga) Idade: 42 anos Profissão: Sociólogo, Professor

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE ESPANHOL FORMAÇÃO ESPECIFICA

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE ESPANHOL FORMAÇÃO ESPECIFICA Manual adoptado: Es-pa-ñol 3 pasos 10º - Identificar informações - Educação para a cidadania - Alfabeto; - Manual; globais e específicas em 1º Período mensagens orais, sobre temas - Aspectos sociais e

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE SAMPAIO Ano Lectivo 2008/ Planificação a Longo Prazo ESPANHOL L/E (Iniciação nível I) 10ºAno Formação Específica

ESCOLA SECUNDÁRIA DE SAMPAIO Ano Lectivo 2008/ Planificação a Longo Prazo ESPANHOL L/E (Iniciação nível I) 10ºAno Formação Específica ESCOLA SECUNDÁRIA DE SAMPAIO Ano Lectivo 2008/ 2009 Planificação a Longo Prazo ESPANHOL L/E (Iniciação nível I) 10ºAno Formação Específica Objectivos de aprendizagem Competências comunicativas Conteúdos

Leia mais

Prefácio Nota sobre o livro. Capítulo 1 Fundamentos da Comunicação 1. 1 Componentes 1

Prefácio Nota sobre o livro. Capítulo 1 Fundamentos da Comunicação 1. 1 Componentes 1 Nota sobre o livro Esta gramática passou por uma gestação de mais de trinta anos. Ainda quando eu estava na graduação, na UFRJ, no início dos anos 80, comecei a escrevê-la, antes de tudo para eu mesmo

Leia mais

Escola Básica da Madalena Grelha de Conteúdos Português 4 º ano Ano letivo

Escola Básica da Madalena Grelha de Conteúdos Português 4 º ano Ano letivo Escola Básica da Madalena Grelha de Conteúdos Português 4 º ano Ano letivo 2015 2016 1º PERIODO CONTEÚDOS COMPREENSÃO DO ORAL Vocabulário (sinónimos, antónimos, famílias de palavras, instruções, indicações)

Leia mais

Tópicos para o exame de acesso unificado 2013

Tópicos para o exame de acesso unificado 2013 Universidade Agostinho Neto Faculdade de Ciências Sociais, Faculdade de Direito, Faculdade de Economia, Faculdade de Letras Tópicos para o exame de acesso unificado 2013 I LÍNGUA PORTUGUESA Faculdade de

Leia mais

SUMÁRIO DETALHADO 1 A PERSPECTIVA SOCIOLÓGICA...1

SUMÁRIO DETALHADO 1 A PERSPECTIVA SOCIOLÓGICA...1 SUMÁRIO DETALHADO 1 A PERSPECTIVA SOCIOLÓGICA...1 O que é sociologia?...2 A imaginação sociológica...2 A sociologia e as ciências sociais...3 Sociologia e senso comum...5 O que é teoria sociológica?...6

Leia mais

INTRODUÇÃO À SOCIOLOGIA Turma I - 3as e 5as feiras, às 8 h

INTRODUÇÃO À SOCIOLOGIA Turma I - 3as e 5as feiras, às 8 h UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS DEPARTAMENTO DE SOCIOLOGIA Disciplina: INTRODUÇÃO À SOCIOLOGIA Turma I - 3as e 5as feiras, às 8 h Professor: Prof. Dr. Sergio B. F. Tavolaro sergiotavolaro@unb.br

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENADORIA DE REGISTROS ACADÊMICOS PLANO DE ENSINO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENADORIA DE REGISTROS ACADÊMICOS PLANO DE ENSINO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENADORIA DE REGISTROS ACADÊMICOS PLANO DE ENSINO Dados de Identificação Componente Curricular: SB0055-SOCIOLOGIA

Leia mais

SUMÁRIO. Capítulo 1. INTERPRETAÇÃO DE TEXTO, 21

SUMÁRIO. Capítulo 1. INTERPRETAÇÃO DE TEXTO, 21 SUMÁRIO Capítulo 1. INTERPRETAÇÃO DE TEXTO, 21 1.1. Tipos de texto, 22 1.2. Gênero de texto, 26 1.3. Tipos de discurso, 27 1.3.1. Discurso direto, 27 1.3.2. Discurso indireto, 28 1.3.3. Discurso indireto

Leia mais

Programa de Português 4º Ano

Programa de Português 4º Ano Programa de Português 4º Ano Introdução Reconhece-se a Língua Materna como o elemento mediador que permite a nossa identificação, a comunicação com os outros e a descoberta e compreensão do mundo que nos

Leia mais

EMENTA OBJETIVOS DE ENSINO

EMENTA OBJETIVOS DE ENSINO Sociologia I PLANO DE DISCIPLINA COMPONENTE CURRICULAR: Sociologia I CURSO: Técnico em Segurança do Trabalho (Integrado) SÉRIE: 1ª CARGA HORÁRIA: 67 h (80 aulas) DOCENTE: EMENTA A introdução ao pensamento

Leia mais

Planificação Longo Prazo

Planificação Longo Prazo DEPARTAMENTO LÍNGUAS ANO LETIVO 2016 / 2017 DISCIPLINA Português ANO 7.ºANO Planificação Longo Prazo CONTEÚDOS TEXTOS DOS MEDIA E DO QUOTIDIANO 1.º período Notícia Frio arrasta centenas de corvos marinhos

Leia mais

DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA

DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS HUMANAS E FILOSOFIA CÓDIGO: CHF217 DISCIPLINA: INTRODUÇÃO À SOCIOLOGIA I CARGA HORÁRIA: 60H EMENTA:

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DANIEL SAMPAIO. Departamento de 1º Ciclo. Ano letivo 2016/2017 PLANIFICAÇÃO A LONGO PRAZO. 4º ANO DISCIPLINA: Português

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DANIEL SAMPAIO. Departamento de 1º Ciclo. Ano letivo 2016/2017 PLANIFICAÇÃO A LONGO PRAZO. 4º ANO DISCIPLINA: Português AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DANIEL SAMPAIO Departamento de 1º Ciclo Ano letivo 2016/2017 PLANIFICAÇÃO A LONGO PRAZO 4º ANO DISCIPLINA: Português PERÍODO 1º *Oralidade Interação discursiva >Princípio de cortesia;

Leia mais

Apresentação 11 Lista de abreviações 13. Parte I: NATUREZA, ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO DA LINGUAGEM

Apresentação 11 Lista de abreviações 13. Parte I: NATUREZA, ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO DA LINGUAGEM Sumário Apresentação 11 Lista de abreviações 13 Parte I: NATUREZA, ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO DA LINGUAGEM O homem, a linguagem e o conhecimento ( 1-6) O processo da comunicação humana ( 7-11) Funções da

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CACHOEIRA PAULISTA Página 1

PREFEITURA MUNICIPAL DE CACHOEIRA PAULISTA Página 1 ANEXO I - RETIFICADO PREFEITURA MUNICIPAL DE CACHOEIRA PAULISTA PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO 2017 O PREFEITO MUNICIPAL DE CACHOEIRA PAULISTA tendo em vista a Lei Municipal nº 2.183 de 27 de janeiro de

Leia mais

P R O G R A M A. IV Unidade Prática de textos: Textos de autores portugueses e brasileiros dos séculos XIX e XX

P R O G R A M A. IV Unidade Prática de textos: Textos de autores portugueses e brasileiros dos séculos XIX e XX PERÍODO: 76.1 / 77.2 I Unidade Estrutura e formação dos vocábulos 1.1 Estruturas mórficas 1.2 - Formação do léxico português 1.3 - Processos de formação de palavras II Unidade Funções sintáticas dos termos

Leia mais

Conteúdos para as Avaliações da P2 2º TRIMESTRE/2013. Conteúdos para P2 Avaliações para Agosto/2012

Conteúdos para as Avaliações da P2 2º TRIMESTRE/2013. Conteúdos para P2 Avaliações para Agosto/2012 Conteúdos para as Avaliações da P2 2º TRIMESTRE/2013 Classe: Conteúdos para P2 Avaliações para Agosto/2012 Ciências Naturais: Rochas (pp. 53 62); Recursos Naturais (pp. 64 73); Caderno. História: Capítulo

Leia mais

Capítulo1. Capítulo2. Índice A LÍNGUA E A LINGUAGEM O PORTUGUÊS: uma língua, muitas variedades... 15

Capítulo1. Capítulo2. Índice A LÍNGUA E A LINGUAGEM O PORTUGUÊS: uma língua, muitas variedades... 15 Capítulo1 Capítulo2 A LÍNGUA E A LINGUAGEM............................................. 9 Linguagem: aptidão inata.............................................. 10 Funções.............................................................

Leia mais

Português. Índice de aulas. Tipologias textuais

Português. Índice de aulas. Tipologias textuais Índice de aulas Tipologias textuais Texto narrativo Ação e personagens Espaço e tempo Narrador e modalidades do discurso Narrativas de tradição popular Chocolate à Chuva: as férias de Mariana Chocolate

Leia mais

Português. Índice de aulas. Tipologias textuais

Português. Índice de aulas. Tipologias textuais Índice de aulas Tipologias textuais Texto narrativo Ação Personagens Narrador Espaço Tempo Modalidades do discurso Narrativas de tradição popular O caldo de pedra Mestre Finezas: o passado glorioso Mestre

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular Teorias Sociológicas Ano Lectivo 2010/2011

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular Teorias Sociológicas Ano Lectivo 2010/2011 Programa da Unidade Curricular Teorias Sociológicas Ano Lectivo 2010/2011 1. Unidade Orgânica Serviço Social (1º Ciclo) 2. Curso Serviço Social 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular Teorias Sociológicas

Leia mais

MÓDULO I/ GREGO KOINÉ I

MÓDULO I/ GREGO KOINÉ I MÓDULO I/ GREGO KOINÉ I O Curso será bem aprofundado e exigirá do aluno muito interesse e dedicação para obter bons frutos e uma sólida formação a fim de dar continuidade aos estudos dos módulos subsequentes

Leia mais

ÍNDICE. COMUNICAÇÃO 19 Etimologia do termo 19 Diversos conceitos 20

ÍNDICE. COMUNICAÇÃO 19 Etimologia do termo 19 Diversos conceitos 20 INTRODUÇÃO 7 ÍNDICE PREFÁCIO 15 INTRODUÇÃO 17 COMUNICAÇÃO 19 Etimologia do termo 19 Diversos conceitos 20 CAPÍTULO 1 SIGNO E COMUNICAÇÃO 1. O HOMEM E OS SÍMBOLOS 27 Dois mundos 27 Semiologia 29 Semiótica

Leia mais

PARADIGMAS SOCIOLÓGICOS DECORREM DA FORMA DE VER A RELAÇÃO ENTRE O INDIVÍDUO E A SOCIEDADE.

PARADIGMAS SOCIOLÓGICOS DECORREM DA FORMA DE VER A RELAÇÃO ENTRE O INDIVÍDUO E A SOCIEDADE. PARADIGMAS SOCIOLÓGICOS DECORREM DA FORMA DE VER A RELAÇÃO ENTRE O INDIVÍDUO E A SOCIEDADE. 1. Teorias que consideram que a sociedade é uma instância que se impõe aos indivíduos sendo estes produto dessa

Leia mais

REDAÇÃO PARA CONCURSOS

REDAÇÃO PARA CONCURSOS REDAÇÃO PARA CONCURSOS Sumário Primeira Parte Primeira Lição Poesia matemática Gramática acentuação gráfica Tipos de palavras Regras gerais Dupla prosódia Pronúncia duvidosa Orientação Ortográfica emprego

Leia mais

ENSINO MÉDIO 2016 CONTEÚDOS DOS EXAMES 1º ANO

ENSINO MÉDIO 2016 CONTEÚDOS DOS EXAMES 1º ANO ENSINO MÉDIO - EXAME FINAL 2016 (1º e 2º Anos) SEGUNDA-FEIRA (19/12) HORÁRIO: 07H PROVAS: FÍSICA, QUÍMICA, INGLÊS, GEOGRAFIA, LÍNGUA PORTUGUESA TERÇA-FEIRA (20/12) HORÁRIO: 07H PROVAS: MATEMÁTICA, BIOLOGIA,

Leia mais

I N F O R M A Ç Ã O PROVA DE E Q U I V A L Ê N C I A À F R E Q U Ê N C I A

I N F O R M A Ç Ã O PROVA DE E Q U I V A L Ê N C I A À F R E Q U Ê N C I A Ministério da Educação e Ciência Agrupamento de Escolas de Anadia Ano letivo de 2015-2016 I N F O R M A Ç Ã O PROVA DE E Q U I V A L Ê N C I A À F R E Q U Ê N C I A CICLO CÓDIGO - DISCIPLINA ANO DE ESCOLARIDADE

Leia mais

Síntese da Planificação da Disciplina de Português-5.º Ano Ano letivo Período

Síntese da Planificação da Disciplina de Português-5.º Ano Ano letivo Período Síntese da Planificação da Disciplina de Português-5.º Ano Ano letivo-2016-2017 Período Dias de aulas previstos 2.ª 3.ª 4.ª 5.ª 6.ª 1.º período 13 12 12 12 14 2.º período 12 13 12 13 13 3.º período 7 7

Leia mais

PLANO DE CURSO DISCIPLINA: SOCIOLOGIA ANO: 2016 PROFESSORA: LILIANE CRISTINA FERREIRA COSTA

PLANO DE CURSO DISCIPLINA: SOCIOLOGIA ANO: 2016 PROFESSORA: LILIANE CRISTINA FERREIRA COSTA Escola Estadual Virgínio Perillo Avenida José Bernardes Maciel, 471 Marília, Lagoa da Prata-MG Fone: (37) 3261-3222 E-mail: escolavirginioperillo@gmail.com PLANO DE CURSO DISCIPLINA: SOCIOLOGIA ANO: 2016

Leia mais

P L A N O DE C U R S O DISCIPLINA SOCIOLOGIA I. CARGA HORÁRIA TU: 50 horas TC: 30 horas Total: 80 horas. Professora Doutora Márcia Maria de Oliveira

P L A N O DE C U R S O DISCIPLINA SOCIOLOGIA I. CARGA HORÁRIA TU: 50 horas TC: 30 horas Total: 80 horas. Professora Doutora Márcia Maria de Oliveira Curso: LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO DO CAMPO CÓDIGO DRP30156 P L A N O DE C U R S O DISCIPLINA SOCIOLOGIA I HABILITAÇÃO: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS PERÍODO 3 CRÉDITOS 06 CARGA HORÁRIA TU: 50 horas TC: 30 horas

Leia mais

ATIVIDADES ESTRATÉGIAS

ATIVIDADES ESTRATÉGIAS ENSINO BÁSICO Agrupamento de Escolas Nº 1 de Abrantes ESCOLAS do 1.ºCICLO: N.º1 de Abrantes, Alvega, Alvega/Concavada, Bemposta, Carvalhal, Mouriscas, Maria Lucília Moita, Pego e Rossio ao Sul do Tejo

Leia mais

Agrupamento de Escolas João da Silva Correia Plano Anual 3.º Ano Ano Letivo 2016/2017

Agrupamento de Escolas João da Silva Correia Plano Anual 3.º Ano Ano Letivo 2016/2017 Agrupamento de Escolas João da Silva Correia Plano Anual 3.º Ano Ano Letivo 2016/2017 Área Período Conteúdos Português 1.º Período ORALIDADE Articulação e entoação Planificação do discurso Literatura oral

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular OPÇÃO I - SOCIOLOGIA Ano Lectivo 2012/2013

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular OPÇÃO I - SOCIOLOGIA Ano Lectivo 2012/2013 Programa da Unidade Curricular OPÇÃO I SOCIOLOGIA Ano Lectivo 2012/2013 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Comunicação e Multimédia 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

CONTEÚDOS PARA EXAME FINAL 1ºANO E.M.

CONTEÚDOS PARA EXAME FINAL 1ºANO E.M. CONTEÚDOS PARA EXAME FINAL 1ºANO E.M. BIOLOGIA PROFª. GISLANE PRIMEIRO BIMESTRE: EMBRIOLOGIA; CITOLOGIA: CÉLULAS PROCARIONTES E EUCARIONTES (ANIMAL E VEGETAL). SEGUNDO BIMESTRE: ARTRÓPODES; MEMBRANA PLASMÁTICA:

Leia mais

Sumarizando: o que é uma língua. Métodos para seu estudo...44

Sumarizando: o que é uma língua. Métodos para seu estudo...44 sumário APRESENTAÇÃO...13 1. O que se entende por língua Estudando a língua portuguesa...17 1.1 O Vocabulário: nascimento e morte das palavras. Consultando um dicionário...20 1.2 A Semântica: o sentido

Leia mais

Curso: 3.º Ciclo do Ensino Básico Disciplina: Português Ano: 7º, 8.º e 9.º

Curso: 3.º Ciclo do Ensino Básico Disciplina: Português Ano: 7º, 8.º e 9.º DOMÍNIOS A AVALIAR INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO Tipo 1 Leitura, Educação Literária, Gramática e Escrita. Testes de avaliação (leitura, educação literária, gramática e escrita) DOMÍNIO COGNITIVO (COMPETÊNCIAS

Leia mais

Semanário de Língua Portuguesa Professor Cláudio Ferreira. 6 ano A 3º BIMESTRE

Semanário de Língua Portuguesa Professor Cláudio Ferreira. 6 ano A 3º BIMESTRE Semanário de Língua Portuguesa Professor Cláudio Ferreira 6 ano A 3º BIMESTRE Período: 03 a 07/08 Atividade de boas-vindas; Revisão acentuação gráfica (vem, vêm, tem, têm); Pronomes Relativos pp 146-148.

Leia mais

BERÇARISTA. CURSO 180h: CURSO 260h:

BERÇARISTA. CURSO 180h: CURSO 260h: ARTES ENSINO FUNDAMENTAL Histórico do ensino da arte no brasil. Educação por meio da arte. Histórico do ensino da arte no brasil. Educação por meio da arte. Artes e educação, concepções teóricas. Histórico

Leia mais

Universidade Técnica de Angola

Universidade Técnica de Angola Universidade Técnica de Angola CURSO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS TÓPICOS PARA O EXAME DE PORTUGUÊS ANO ACADÉMICO 2012 I. MORFOLOGIA o Classes de palavras: Determinantes, conjunções e pronominalização. o

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO. PLANO DE ENSINO Ano Semestre letivo º. 1. Identificação Código

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO. PLANO DE ENSINO Ano Semestre letivo º. 1. Identificação Código MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO Ano Semestre letivo 2016 1º 1. Identificação Código 1.1. Disciplina: FUNDAMENTOS DE SOCIOLOGIA 0560076 1.2.

Leia mais

UNIVERSIDAD MILITAR NUEVA GRANADA DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS PROGRAMA PORTUGUÊS CONTEÚDO E CALENDÁRIO NÍVEL 5- SEGUNDO SEMESTRE DE 2014

UNIVERSIDAD MILITAR NUEVA GRANADA DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS PROGRAMA PORTUGUÊS CONTEÚDO E CALENDÁRIO NÍVEL 5- SEGUNDO SEMESTRE DE 2014 UNIVERSIDAD MILITAR NUEVA GRANADA DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS PROGRAMA PORTUGUÊS CONTEÚDO E CALENDÁRIO NÍVEL 5- SEGUNDO SEMESTRE DE 2014 Nivel 5 No português 5, continuará a realizar o trabalho iniciado no

Leia mais

SOCIOLOGIA TEORIAS SOCIOLÓGICAS II - 2º ANO ANO LECTIVO DOCENTE: Jean-Martin Rabot

SOCIOLOGIA TEORIAS SOCIOLÓGICAS II - 2º ANO ANO LECTIVO DOCENTE: Jean-Martin Rabot SOCIOLOGIA TEORIAS SOCIOLÓGICAS II - 2º ANO ANO LECTIVO 2006-2007 DOCENTE: Jean-Martin Rabot DESCRIÇÃO SUMÁRIA DA DISCIPLINA E DEFINIÇAO DOS OBJECTIVOS 1. Descrição da disciplina Nesta disciplina, Teorias

Leia mais

DISCIPLINA 01 EXPRESSÃO ESCRITA TOTAL 20

DISCIPLINA 01 EXPRESSÃO ESCRITA TOTAL 20 DISCIPLINA 01 EXPRESSÃO ESCRITA - 2014 UNIDADES DIDÁTICAS HORAS PÁGINA I. A SELEÇÃO VOCABULAR: CRITÉRIOS E APLICAÇÕES II. GRAMÁTICA DE TEXTO AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM 10 10-03 05 06 TOTAL 20 Plano de Disciplinas

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE SAMPAIO Ano Lectivo 2008/ Planificação a Longo Prazo ESPANHOL L/E (Iniciação-nível II) 11º Ano Formação Específica

ESCOLA SECUNDÁRIA DE SAMPAIO Ano Lectivo 2008/ Planificação a Longo Prazo ESPANHOL L/E (Iniciação-nível II) 11º Ano Formação Específica ESCOLA SECUNDÁRIA DE SAMPAIO Ano Lectivo 2008/ 2009 Planificação a Longo Prazo ESPANHOL L/E (Iniciação-nível II) 11º Ano Formação Específica Objectivos de aprendizagem Competências comunicativas Conteúdos

Leia mais

Escrita (expressiva e lúdica) Texto narrativo Texto poético Texto descritivo Texto instrucional

Escrita (expressiva e lúdica) Texto narrativo Texto poético Texto descritivo Texto instrucional Escola Básica da Madalena Grelha de Conteúdos Língua Portuguesa 6º ano Ano letivo 2012 2013 1º PERIODO CONTEÚDOS Expressão Oral Exposição oral Texto oral Leitura expressiva Leitura coral Dramatização de

Leia mais

6º ANO A 6º ANO B. São Paulo, 01 de abril de São Paulo, 01 de abril de COMUNICADO Nº 033/2016. COMUNICADO Nº 033/2016.

6º ANO A 6º ANO B. São Paulo, 01 de abril de São Paulo, 01 de abril de COMUNICADO Nº 033/2016. COMUNICADO Nº 033/2016. COMUNICADO Nº 033/2016. 6º ANO A DG 7/4 LIVRO TEXTO: PÁG. 12 À 14 ; 17 À 22 / LIVRO DE ATIVIDADES: PÁG. 7 À 12 / CADERNO DE DG PORTUGUÊS 8/4 FOCO NARRATIVO, ARTIGOS E ADJETIVOS. REDAÇÃO 8/4 NARRATIVA FICCIONAL

Leia mais

HORÁRIO DE RECUPERAÇÃO 7 o ANO. Componente Curricular DATA. 1 a SEMANA DESENHO GEOMÉTRICO / ARTES VISUAIS. História CIÊNCIAS MATEMÁTICA 1

HORÁRIO DE RECUPERAÇÃO 7 o ANO. Componente Curricular DATA. 1 a SEMANA DESENHO GEOMÉTRICO / ARTES VISUAIS. História CIÊNCIAS MATEMÁTICA 1 12 COLÉGIO AGOSTINIANO MENDEL HORÁRIO DE RECUPERAÇÃO 7 o ANO DATA 03/12 (sábado) 05/12 (2 a feira) 06/12 (3 a feira) 07/12 (4 a feira) 08/12 (5 a feira) 09/12 (6 a feira) 10/12 (sábado) Componente Curricular

Leia mais

Prefácio Abreviaturas, Símbolos e Siglas 15

Prefácio Abreviaturas, Símbolos e Siglas 15 Prefácio... 13 Abreviaturas, Símbolos e Siglas 15 1. Abreviaturas de uso corrente :... 15 2. Abreviaturas Médico-Farmacêuticas 18 3. Comércio Internacional... 18 4. Grandezas e Unidades Físicas 20 4.1.

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO PLANO DE CURSO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO PLANO DE CURSO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Componente Curricular: Sociologia Código: ADM 110 Pré-requisito: --- Período Letivo: 2013.1 Professor: Josselito dos santos Titulação: Doutor CH Total: 60 horas Turma: 1º Semestre

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: SOCIOLOGIA GERAL E JURÍDICA Código da Disciplina: Curso: DIREITO Semestre de oferta da disciplina: 2º Faculdade responsável: DIREITO Programa em vigência a partir de:

Leia mais

PLURAL DOS COMPOSTOS. I) FAZEM O PLURAL COMO OS SUBSTANTIVOS SIMPLES QUANDO. Girassóis, pontapés, mandachuvas.

PLURAL DOS COMPOSTOS. I) FAZEM O PLURAL COMO OS SUBSTANTIVOS SIMPLES QUANDO. Girassóis, pontapés, mandachuvas. PLURAL DOS COMPOSTOS. I) FAZEM O PLURAL COMO OS SUBSTANTIVOS SIMPLES QUANDO NÃO LIGADOS POR HÍFEN. Girassóis, pontapés, mandachuvas. II) FLEXIONAM-SE OS DOIS ELEMENTOS NO CASO DE: substantivo + substantivo

Leia mais

Modernidade e Modernidades. O fim da modernidade ou uma outra modernidade? Modernidade: uma ou várias?

Modernidade e Modernidades. O fim da modernidade ou uma outra modernidade? Modernidade: uma ou várias? Modernidade e Modernidades O fim da modernidade ou uma outra modernidade? Modernidade: uma ou várias? A crítica da Pós-modernidade Capitalismo tardio e a crítica de pós-modernidade A. GIDDENS: alta modernidade

Leia mais

Concordância. 1

Concordância.  1 Sumário Concordância Visão Geral... 4 Concordância verbal - Visão Geral... 5 Verbo fazer haver e ser visão geral... 6 Visc - HFs - Haver e fazer indicando tempo... 7 Visc - Hfs - Verbo haver - existência

Leia mais

Adjetivos PROFESSORA CAMILLA

Adjetivos PROFESSORA CAMILLA Adjetivos PROFESSORA CAMILLA Conceituando Os adjetivos são palavras que atribuem características (qualidades, estados, aparência) aos seres. Nas frases, funcionam como especificadores do substantivo (do

Leia mais

Curso FIC Espanhol Básico I, II, III e IV

Curso FIC Espanhol Básico I, II, III e IV Curso FIC Espanhol Básico I, II, III e IV Descrição do Curso O Curso tem como objetivo o desenvolvimento de habilidades básicas de compreensão, conversação, leitura e escrita da língua espanhola, com o

Leia mais

Bateria de Sociologia I trimestre

Bateria de Sociologia I trimestre Colégio: Nome: Nº Professor (a): Série: 1º ano Data: / /2014 Bateria de Sociologia I trimestre Turma: 01. Qual é o papel da reforma protestante na ideia do individuo. 02. Qual é o papel da língua para

Leia mais

Índice. Fonética e Fonologia 10 Fonética e fonologia 10 Vogais sua classificação 11 Ditongos sua classificação 12 Consoantes sua classificação

Índice. Fonética e Fonologia 10 Fonética e fonologia 10 Vogais sua classificação 11 Ditongos sua classificação 12 Consoantes sua classificação Índice Fonética e Fonologia 10 Fonética e fonologia 10 Vogais sua classificação 11 Ditongos sua classificação 12 Consoantes sua classificação Ortografia e Pontuação 16 Estrutura fonográfica das palavras

Leia mais

CONTEÚDOS PARA AS PROVAS FINAIS - 2º ANO EM

CONTEÚDOS PARA AS PROVAS FINAIS - 2º ANO EM CONTEÚDOS PARA AS PROVAS FINAIS - 2º ANO EM - 2016 PORTUGUÊS FÍSICA Interpretação textual/ Análise de produção textual Diferença entre análise morfológica, sintática e semântica Verbos definição, exemplos,

Leia mais

Programa de Português 3º Ano

Programa de Português 3º Ano Programa de Português 3º Ano Introdução Reconhece-se a Língua Materna como o elemento mediador que permite a nossa identificação, a comunicação com os outros e a descoberta e compreensão do mundo que nos

Leia mais

DOMÍNIOS DE REFERÊNCIA/CONTEÚDOS

DOMÍNIOS DE REFERÊNCIA/CONTEÚDOS Escola Básica da Madalena Grelha de Conteúdos de Português 6º ano Ano letivo 2015 2016 1º PERIODO DOMÍNIOS DE REFERÊNCIA/CONTEÚDOS Apresentação oral (de livros, provérbios, episódios do quotidiano, personagens

Leia mais

2013/2014 CONTEÚDOS TEMÁTICOS CONTEÚDOS GRAMATICAIS CALENDARIZAÇÃO

2013/2014 CONTEÚDOS TEMÁTICOS CONTEÚDOS GRAMATICAIS CALENDARIZAÇÃO Escolas João de Araújo Correia EB 2.3PESO DA RÉGUA Disciplina de Português 5º Ano Ano Letivo 2013/2014 CONTEÚDOS TEMÁTICOS CONTEÚDOS GRAMATICAIS CALENDARIZAÇÃO UNIDADE 0 UM, DOIS, TRÊS COMEÇAR! UNIDADE

Leia mais

Currículo e Aulas Previstas

Currículo e Aulas Previstas Rua Dr. Francisco Sá Carneiro, N.º 8 Telef. 231 920 454/5 Fax: 231 920 300 Sítio web http://www.aemrt.pt E-mail aemortagua@aemrt.pt Ano Letivo 2013/2014 Português Currículo e Aulas Previstas 3 º Ano TEMAS

Leia mais

PERFIL DE APRENDIZAGENS ESPECÍFICAS. Disciplina Português Ano de Escolaridade - 6º Ano - Letivo 2016/17

PERFIL DE APRENDIZAGENS ESPECÍFICAS. Disciplina Português Ano de Escolaridade - 6º Ano - Letivo 2016/17 PERFIL DE APRENDIZAGENS ESPECÍFICAS Disciplina Português Ano de Escolaridade - 6º Ano - Letivo 2016/17 1º Período Conteúdos Instrumentos Peso SEQUÊNCIA A Histórias de afetos Leitura e análise de textos

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular Estruturas e Interacção Social Ano Lectivo 2011/2012

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular Estruturas e Interacção Social Ano Lectivo 2011/2012 Programa da Unidade Curricular Estruturas e Interacção Social Ano Lectivo 2011/2012 1. Unidade Orgânica Serviço Social (1º Ciclo) 2. Curso Serviço Social 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular Estruturas

Leia mais

1 ANEXO I - QUADRO GERAL DE VAGAS, REQUISITOS E CONTEÚDO PROGRAMÁTICO/TEMAS POR FACULDADE E ÁREAS, onde se lê:

1 ANEXO I - QUADRO GERAL DE VAGAS, REQUISITOS E CONTEÚDO PROGRAMÁTICO/TEMAS POR FACULDADE E ÁREAS, onde se lê: RETIFICAÇÃO DE Nº 01 DE 20 DE ABRIL DE 2016. EDITAL DE Nº 01 DE 31 DE MARÇO DE 2016. O Reitor da UniRV UNIVERSIDADE DE RIO VERDE, no uso de suas atribuições legais, torna pública a presente Retificação

Leia mais

2013 Ensino Médio Prova Substitutiva 1 Etapa. Disciplina Data Conteúdo. 1º ano - Filosofia. 2º ano - 3º ano - Sociologia.

2013 Ensino Médio Prova Substitutiva 1 Etapa. Disciplina Data Conteúdo. 1º ano - Filosofia. 2º ano - 3º ano - Sociologia. 2013 Ensino Médio ------ Prova Substitutiva 1 Etapa Disciplina Data Conteúdo Filosofia Sociologia Física - - - - - - - - - Slides da aula 1- Dogmatismo, Relativismo, Pensamento e Ciência. Capítulo 1 do

Leia mais

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIOECONÓMICAS- Grupo 430. Planificação Anual /Critérios de avaliação. Disciplina: SOCIOLOGIA 12.

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIOECONÓMICAS- Grupo 430. Planificação Anual /Critérios de avaliação. Disciplina: SOCIOLOGIA 12. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANSELMO DE ANDRADE DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIOECONÓMICAS- Grupo 430 Planificação Anual /Critérios de avaliação Disciplina: SOCIOLOGIA 12.º ano 2016/2017 Domínio (Unidade/tema)

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE TOMAR

INSTITUTO POLITÉCNICO DE TOMAR INSTITUTO POLITÉCNICO DE TOMAR Áreas de conhecimento sobre as quais incidem as provas destinadas a avaliar a capacidade dos maiores de 23 anos, para frequência dos cursos ministrados na Escola Superior

Leia mais

EM- RECUPERAÇÃO ANUAL E FINAL

EM- RECUPERAÇÃO ANUAL E FINAL EM- E FINAL 1 SÉRIES ASSUNTOS DE GEOGRAFIA 1 SÉRIE E Urbanização mundial e do Brasil. Questões ambientais. Migrações. Domínios Morfoclimáticos. ASSUNTOS DE MATEMÁTICA 1 SÉRIES Conjuntos; Função do 1º grau

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO TURMA: 20 H

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO TURMA: 20 H Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Turismo, Hospitalidade e Lazer CURSO: Técnico em Hospedagem Proeja FORMA/GRAU:( X )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura

Leia mais

PLANIFICAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA _ 8.º ANO

PLANIFICAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA _ 8.º ANO ESCOLA BÁSICA DOS 2º E 3º CICLOS DE CADAVAL PLANIFICAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA _ 8.º ANO Manual adoptado: Plural Língua Portuguesa Lisboa Editora Ano lectivo 2009/2010 1.º Período (aproximadamente 50 aulas)

Leia mais

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Bacharelado em Psicologia Disciplina: Fundamentos Sócio-Antroplógicos da Psicologia Professor: Salomão David Vergne e-mail: vergne07@gmail.com Cardoso Código:

Leia mais

DISCIPLINA DE LÍNGUA PORTUGUESA

DISCIPLINA DE LÍNGUA PORTUGUESA DISCIPLINA DE LÍNGUA PORTUGUESA OBJETIVOS: 6º ano Usar a Língua Portuguesa como língua materna, para integrar e organizar o mundo e a própria identidade com visão empreendedora e como pensador capaz de

Leia mais

DADOS PESSOAIS. Nome: Elisabete da Conceição de Fátima de Ceita Vera Cruz. Naturalidade: Luanda. Nacionalidade Angolana.

DADOS PESSOAIS. Nome: Elisabete da Conceição de Fátima de Ceita Vera Cruz. Naturalidade: Luanda. Nacionalidade Angolana. CURRICULUM VITAE 1 DADOS PESSOAIS Nome: Elisabete da Conceição de Fátima de Ceita Vera Cruz Naturalidade: Luanda Nacionalidade Angolana e-mail: ecveracruz@gmail.com Telemóvel # 00244-927 20 24 87 HABILITAÇÕES

Leia mais

CONTEÚDOS PARA AS PROVAS DE 3º BIMESTRE. 6º ano

CONTEÚDOS PARA AS PROVAS DE 3º BIMESTRE. 6º ano 6º ano 6C/6D/6E: Matéria do caderno Matéria do livro: unidade 4 - tema 2, tema 3, tema 4 e tema 5; unidade 5 - tema 1, tema 2 e tema 3 6F: Unidade 4 Unidade 5 - temas: 1, 2, 3 6C/6E: Verbos irregulares

Leia mais

Utilização do Dicionário de Grego Bíblico

Utilização do Dicionário de Grego Bíblico Utilização do Dicionário de Grego Bíblico Edson de Faria Francisco. São Bernardo do Campo, março de 2014. Este texto é dedicado à utilização do dicionário de grego bíblico, explicando cada componente de

Leia mais

DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS PORTUGUÊS 2º CICLO Gestão curricular 5ºano

DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS PORTUGUÊS 2º CICLO Gestão curricular 5ºano DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS PORTUGUÊS 2º CICLO Gestão curricular 5ºano 1º PERÍODO UNIDADES /TEXTOS UNIDADE 0 Um, dois, três Começar! UNIDADE 1 Histórias deste mundo UNIDADE 2 Histórias do maravilhoso A Fada

Leia mais

Jovens de hoje e de antigamente: cidadania e sociabilidades

Jovens de hoje e de antigamente: cidadania e sociabilidades Ocupação científica dos Jovens nas férias Ciência Viva 2012 Jovens de hoje e de antigamente: cidadania e sociabilidades Beatriz Gomes, Cláudia Espadinha, Cláudia Domingues, Raquel Gomes, Rita Campos, Vera

Leia mais