11º DOMINGO DO TEMPO COMUM (ANO C)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "11º DOMINGO DO TEMPO COMUM (ANO C)"

Transcrição

1 Lectio Divina 11º DOMINGO DO TEMPO COMUM (ANO C) 12 de Junho de 2016 Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas (Lc 7, 36-8, 3) 36 Naquele tempo um fariseu convidou Jesus para comer consigo. Jesus entrou em casa do fariseu, e pôs-se à mesa. 37 Ora certa mulher, conhecida naquela cidade como pecadora, ao saber que Ele estava à mesa em casa do fariseu, trouxe um frasco de alabastro com perfume. 38 Colocando-se por detrás dele e chorando, começou a banhar-lhe os pés com lágrimas; enxugava-os com os cabelos e beijava-os, ungindo-os com perfume. 39 Vendo isto, o fariseu que o convidara disse para consigo: «Se este homem fosse profeta, saberia quem é e de que espécie é a mulher que lhe está a tocar, porque é uma pecadora!» 40 Então, Jesus disselhe: «Simão, tenho uma coisa para te dizer.» «Fala, Mestre» - respondeu ele. 41 «Um prestamista tinha dois devedores: um devia-lhe quinhentos denários e o outro cinquenta. 42 Não tendo eles com que pagar, perdoou aos dois. Qual deles o amará mais?» 43 Simão respondeu: «Aquele a quem perdoou mais, creio eu.» Jesus disse-lhe: «Julgaste bem.» 44 E, voltando-se para a mulher, disse a Simão: «Vês esta mulher? Entrei em tua casa e não me deste água para os pés; ela, porém, banhou-me os pés com as suas lágrimas e enxugou-os com os seus cabelos. 45 Não me deste um ósculo; mas ela, desde que entrou, não deixou de beijar-me os pés. 46 Não me ungiste a cabeça com óleo, e ela ungiu-me os pés com perfume. 47 Por isso, digo-te que lhe são perdoados os seus muitos pecados, porque muito amou; mas àquele a quem pouco se perdoa pouco ama.» 48 Depois, disse à mulher: «Os teus pecados estão perdoados.» 49 Começaram, então, os convivas a dizer entre si: «Quem é este que até perdoa os pecados?» 50 E Jesus disse à mulher: «A tua fé te salvou. Vai em paz.» 8,1 Em seguida, Jesus ia de cidade em cidade, de aldeia em aldeia, proclamando e anunciando a Boa-Nova do Reino de Deus. Acompanhavam-no os Doze 2 e algumas mulheres, que tinham sido curadas de espíritos malignos e de enfermidades: Maria, chamada Madalena, da qual

2 tinham saído sete demónios; 3 Joana, mulher de Cuza, administrador de Herodes; Susana e muitas outras, que os serviam com os seus bens. Chave de leitura O texto do Evangelho deste Domingo apresenta-nos dois episódios unidos entre si. O primeiro é um episódio cheio de emoção. Uma mulher, considerada na cidade como pecadora, tem a coragem de entrar em casa de Simão, um fariseu, durante o almoço, para chegar-se a Jesus, lavar-lhe os pés e beijá-los e perfumá-los. O segundo é a descrição da comunidade de Jesus, da qual fazem parte discípulos e discípulas. Quando lês o texto imagina-te na casa do fariseu, durante o almoço, e observa com muita atenção os comportamentos, os gestos e as palavras das pessoas: da mulher, de Jesus e dos fariseus. Lê várias vezes e com atenção a breve informação dada por Lucas sobre a comunidade que se formou em torno de Jesus e procura examinar bem as palavras para indicar a participação tanto dos homens como das mulheres que seguem Jesus. Contexto literário e histórico do texto No capítulo 7 do seu Evangelho, Lucas descreve as coisas novas e surpreendentes que aparecem entre o povo a partir do anúncio que Jesus faz do Reino de Deus. Em Cafarnaúm elogia a fé do estrangeiro: Eu vos digo que nem sequer em Israel encontrei uma fé tão grande! (Lc 7, 1-10). Em Naim ressuscita o filho da viúva (Lc 7, 11-17). A maneira como Jesus anuncia o Reino surpreende os judeus, que até o próprio João Baptista fica surpreendido e manda perguntar: És tu o que tem de vir ou devemos esperar outro? (Lc 7, 18-30). Jesus critica a incoerência do seu anfitrião: São semelhantes a meninos que não sabem o que querem! (Lc 7, 31-35). E agora no final do capítulo, aqui no nosso texto (Lc 7, 36-8, 3), outra novidade da Boa Nova começa a despontar e a surpreender: o comportamento de Jesus em relação às mulheres. Nos tempos do Novo Testamento, na Palestina, a mulher vivia marginalizada. Não participava da sinagoga, na vida público não podia fazer de testemunha. Desde o tempo de Esdras (IV a.c.), a oposição aumentava, como vemos na história de Judite, Ester, Rute, Noemi, Susana, a Sulamita e outras mulheres. A resistência das mulheres encontrou eco e acolhimento em Jesus. No episódio da mulher do perfume (Lc 7, 36-50) aparecem tanto o inconformismo e a resistência das mulheres, como o acolhimento dado por Jesus a elas. Na descrição da comunidade que cresce à volta de Jesus (Lc 8, 1-3), vemos homens e mulheres reunidos à sua volta, em igualdade de condições, como discípulos e discípulas. Comentário do texto Lucas 7, 36-38: Uma mulher lava os pés de Jesus em casa de um fariseu.três pessoas totalmente diferentes encontram-se: Jesus, um fariseu e uma mulher, de quem se dizia que era pecadora. Jesus encontra-se em casa de Simão, um fariseu que o convidou para comer na sua casa. Uma mulher entra, ajoelha-se aos pés de Jesus, começa a chorar, banha com as

3 suas lágrimas os pés de Jesus, despenteia os cabelos para secar os pés de Jesus, beija-os e unge-os com perfume. Soltar os cabelos em público era um acto de independência. Esta é a situação que se cria e que causa a discussão que se segue. Lucas 7, 39-40: A resposta do fariseu e a resposta de Jesus.Jesus não se afasta, nem grita à mulher, mas antes acolhe o seu gesto. Acolhe uma pessoa que, segundo os judeus observantes de então, não podia ser acolhida. O fariseu, observando a cena, critica Jesus e condena a mulher: Se este homem fosse um profeta, saberia que tipo de mulher é esta, uma pecadora!. Jesus recorre a uma parábola para responder à provocação do fariseu. Uma parábola que ajudará o fariseu e a todos a perceberem o chamamento invisível de Deus que se revela no episódio. Lucas 7, 41-43: A parábola dos dois devedores e a resposta do fariseu. A história da parábola é como se segue. Um prestamista tinha dois devedores. Um devia-lhe 500 denários e o outro 50. Um denário era o salário de uma jornada. O salário de 500 dias! Nenhum dos dois tinha com que pagar. Os dois foram perdoados. Qual dos dois o amará mais? Resposta do fariseu: Aquele a quem perdoou mais, creio eu. A parábola pressupõe que os dois, tanto a mulher como o fariseu, receberam algum favor da parte de Jesus. E agora no comportamento que assumem diante de Jesus, os dois demonstram como apreciam o favor recebido. O fariseu demonstra o seu amor, a sua gratidão, convidando Jesus para comer em sua casa. A mulher demonstra o seu amor, a sua gratidão com lágrimas, beijos e com o perfume. Qual dos dois gestos revela maior amor: comer ou os beijos e o perfume? A medida do amor depende por acaso da medida do presente? Lucas 7, 44-47: Jesus aplica a parábola e defende a mulher. Depois de receber a resposta do fariseu, Jesus aplica-a à situação criada com a entrada da mulher ao meio do almoço. Ele defende a mulher pecadora contra a crítica do judeu praticante. O que Jesus repete aos fariseus de todos os tempos é isto: A quem foi perdoado pouco, demonstra pouco amor!. A segurança pessoal que eu, fariseu, crio para mim através da observância das leis de Deus e da Igreja, muitas vezes, impedem-me de experimentar a gratuidade do amor de Deus que perdoa. O que importa não é a observância da lei em si mesma, mas o amor com que observo a lei. Usando os símbolos do amor da mulher pecadora, Jesus responde ao fariseu que se considerava justo. Vês esta mulher? Entrei em tua casa e não me deste água para os pés; ela, porém, banhou-me os pés com as suas lágrimas e enxugou-os com os seus cabelos. Não me deste um ósculo; mas ela, desde que entrou, não deixou de beijar-me os pés. Não me ungiste a cabeça com óleo, e ela ungiu-me os pés com perfume. Por isso, digo-te que lhe são perdoados os seus muitos pecados, porque muito amou; mas àquele a quem pouco se perdoa pouco ama. É como se dissesse: Simão, apesar de todo o banquete que me ofereces, tu tens pouco amor!. Porquê? O profeta Jeremias já tinha dito que no futuro, na nova aliança, Ninguém ensinará mais o seu próximo ou o seu irmão, dizendo: 'Aprende a conhecer o Senhor!'. Pois todos me conhecerão, desde o maior ao mais pequeno, porque a todos perdoarei as suas faltas, e não mais lembrarei os seus pecados (Jer 31, 34). É o reconhecimento de que se está perdoado gratuitamente que faz com que se experimente o amor de Deus. O fariseu, ao chamar pecadora à mulher, considera-se um homem justo,

4 observante e praticante. Como o fariseu de outra parábola que dizia: Ó Deus, dou-te graças porque não sou como os outros homens, que são ladrões, injustos, adúlteros, e nem sequer como este publicano! (Lc 18, 11). Simão deveria ter pensado: Ó Deus, dou-te graças porque não sou como esta mulher pecadora!. Mas o que voltou a casa justificado não foi o fariseu mas o publicano que disse: Tem piedade de mim porque sou pecador! (Lc 18, 14). Os fariseus de todos os tempos consideram-se sem pecado, porque observam em tudo a lei de Deus, vão à missa, rezam, dão esmolas e pagam os tributos. Colocam toda a sua segurança no que fazem por Deus e não no amor e no perdão de Deus por eles. Por isso, Simão, o fariseu, não pode experimentar a gratuidade do amor de Deus. Lucas 7, 48-50: O amor faz nascer o perdão e o perdão faz crescer o amor.jesus declara à mulher: Os teus pecados estão perdoados. Os convidados começam a pensar: Quem é este para perdoar os pecados?. Mas Jesus diz à mulher: A tua fé te salvou. Vai e não peques mais!. Aqui aparece a novidade do comportamento de Jesus. Ele não condena mas acolhe. E é a fé que permite que a mulher se conheça e se aceite a si mesma e a Deus. No trato com Jesus irrompe nela uma nova força que a faz renascer. Ocorre-nos uma pergunta: a mulher pecadora teria feito o que fez se não tivesse a certeza absoluta de ser acolhida por Jesus? Isto significa que para os pobres da Galileia daquela época Jesus era uma pessoas merecedora de absoluta confiança. Podemos ter confiança n'ele porque nos acolhe. Hoje podemos dizer que os marginalizados podem ter a mesma certeza a respeito de nós? Lucas 8, 1-3: Os discípulos e as discípulas da comunidade de Jesus.Jesus percorria as aldeia e cidades da Galileia, anunciando a Boa Nova do Reino de Deus e os doze estavam com Ele. A expressão seguir Jesus indica a condição do discípulo que segue o Mestre procurando imitar o seu exemplo e participar do seu destino. É surpreendente que juntamente com os homens se encontrem também mulheres que seguem Jesus. Lucas coloca os discípulos e as discípulas no mesmo plano. Acerca das mulheres diz que serviam Jesus com os seus bens. Lucas conserva o nome de algumas destas discípulas: Maria Madalena, nascida na cidade de Magdala. Tinha sido liberta de sete demónios. Joana, mulher de Cuza, procurador de Herodes Antipas, governador da Galileia, Susana e muitas outras. Ampliando conhecimentos O Evangelho de Lucas foi considerado sempre o Evangelho das mulheres. Na verdade, Lucas é quem refere o maior número de episódios nos quais se demonstra o trato de Jesus com as mulheres. Mas a novidade, a Boa Nova de Deus para as mulheres, não se encontra nas abundantes citações da sua presença junto de Jesus, mas na conduta de Jesus em relação a elas. Jesus toca-as e deixa-se tocar por elas sem medo de ser contaminado (Lc 7, 39; 8, ); diferentemente dos mestres da época, Jesus aceita as mulheres como seguidoras e discípulas (Lc 8, 2-3; 10, 39). A força libertadora de Deus, que opera através de Jesus, faz com que a mulher se levante e assuma a sua dignidade (Lc 13, 13). Jesus é sensível ao sofrimento da viúva e solidariza-se com a sua dor (Lc 7, 13). O trabalho da mulher que prepara o alimento é visto por Jesus como sinal do Reino (Lc 13, 20-21). A viúva perseverante que luta pelos seus direitos converte-se em modelo de oração (Lc 18, 1-8) e a viúva pobre que partilha os poucos

5 bens que tem com os outros é modelo de entrega e de dedicação (Lc 21, 1.4). Numa época em que o testemunho da mulher não era considerado válido, Jesus escolhe as mulheres como testemunhas da sua morte (Lc 23, 49), da sua sepultura (Lc 23, 55-56) e da sua ressurreição (Lc 24, ). Nos Evangelhos conservam-se diversas listas com os nomes dos doze discípulos que seguiam Jesus. Nem sempre são os mesmos nomes mas sempre são doze, evocando deste modo as doze tribos do povo de Deus. Havia também mulheres que seguiam Jesus, da Galileia até Jerusalém. O Evangelho define o seu comportamento com três palavras, três verbos: seguir, servir, subir até Jerusalém (Mc 15, 41). Os evangelistas não conseguem elaborar uma lista das discípulas que seguiam Jesus, mas os seus nomes, até hoje, estão espalhados nas páginas do Evangelho, sobretudo em Lucas, e são estes: Maria Madalena (Lc 8, 3; 24, 10); Joana, mulher de Cuza (Lc 8, 3); Susana (Lc 8, 3); Salomé (Lc 15, 45); Maria, mãe de Tiago (Lc 24, 10); Maria, mulher de Clopas (Jo 19, 25); Maria, Mãe de Jesus (Jo 19, 25). Palavra para o caminho O fariseu que recebe Jesus à mesa pára o seu olhar sobre o que se vê: uma pecadora introduziu-se na sua casa; para ele, ela não é senão uma pecadora. Quanto a Jesus, lança o seu olhar sobre a mulher procurando ver, através do seu comportamento, tudo o que se passa no seu coração: se ela chora, é porque é infeliz e lamenta o seu passado; se ela molha com as suas lágrimas e limpa com os seus cabelos os pés de Jesus, se ela os beija e sobre eles derrama perfume precioso, é para manifestar o seu grande amor. Não é preciso mais nada para Jesus: Ele perdoa, não porque ela pecou muito, mas porque amou muito, mesmo se ela amou mal; sobretudo, é a sua fé que a salva. Ela faz a experiência do Amor louco de Deus que perdoa, experiência que o fariseu ainda não fez. Porque o fariseu e os convidados se ficam pelas aparências, encerram a mulher no passado. Porque Jesus olha para além das aparências, abrese à mulher um futuro diferente, e ela parte em paz. OCARM

308 TEMPO COMUM DOMINGO XI. LEITURA I 2 Sam 12,

308 TEMPO COMUM DOMINGO XI. LEITURA I 2 Sam 12, 308 TEMPO COMUM DOMINGO XI LEITURA I 2 Sam 12, 7-10.13 Leitura do Segundo Livro de Samuel Naqueles dias, disse Natã a David: «Assim fala o Senhor, Deus de Israel: Ungi-te como rei de Israel e livrei-te

Leia mais

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas (Lc 7, 36-8, 3)

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas (Lc 7, 36-8, 3) 11º DOMINGO DO TEMPO COMUM (ANO C) 16 de Junho de 2013 Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas (Lc 7, 36-8, 3) 36 Um fariseu convidou-o para comer consigo. Jesus entrou em casa do fariseu,

Leia mais

DOMINGO XI. «O Senhor perdoou o teu pecado: Não morrerás»

DOMINGO XI. «O Senhor perdoou o teu pecado: Não morrerás» 308 TEMPO COMUM DOMINGO XI LEITURA I 2 Sam 12, 7-10.13 «O Senhor perdoou o teu pecado: Não morrerás» Leitura do Segundo Livro de Samuel Naqueles dias, disse Natã a David: «Assim fala o Senhor, Deus de

Leia mais

XI Domingo do Tempo Comum

XI Domingo do Tempo Comum XI Domingo do Tempo Comum Perdão Senhor «O Senhor perdoou o teu pecado: Não morrerás» Leitura do Segundo Livro de Samuel 2 Sam 12, 7-10.13 Naqueles dias, disse Natã a David: «Assim fala o Senhor, Deus

Leia mais

A Narração da História.

A Narração da História. 1 Amor e Perdão Lc 7.36-50 Jesus estava em Betânia, na casa de Simão, o leproso que fora curado por Ele; fora convidado por Simão para um jantar. A gratidão e o reconhecimento de Jesus como o Messias fez

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Sábado da 3ª Semana da Quaresma Ó Deus, alegrando

Leia mais

ENCONTRO TERAPÊUTICO DE JESUS COM MARIA DE MAGDALA.

ENCONTRO TERAPÊUTICO DE JESUS COM MARIA DE MAGDALA. ENCONTRO TERAPÊUTICO DE JESUS COM MARIA DE No encontro terapêutico de Jesus com Maria de Magdala, estudaremos o arquétipo da autoperdão, virtude fundamental para que o Espírito imortal possa se libertar

Leia mais

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Marcos (Mc 5, 21-43)

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Marcos (Mc 5, 21-43) 13º DOMINGO DO TEMPO COMUM (ANO B) 28 de Junho de 2015 Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Marcos (Mc 5, 21-43) 21 Depois de Jesus ter atravessado, no barco, para a outra margem, reuniu-se

Leia mais

domingo, 26 de dezembro de 2010 A n é s i o R o d r i g u e s

domingo, 26 de dezembro de 2010 A n é s i o R o d r i g u e s A n é s i o R o d r i g u e s O Reino de Deus Mateus 3:1,2 Naqueles dias surgiu João Batista, pregando no deserto da Judéia. Ele dizia: Arrependam-se, pois o Reino dos céus está próximo. Mateus 4:17 Daí

Leia mais

CURSO A PRÁTICA DA FRATERNIDADE NOS CENTROS ESPÍRITAS A RECEPÇÃO FRATERNA Conceito: segundo o Livro Orientação ao Centro Espírita FEB/CFN a atividade de Recepção Consiste em receber os que chegam ao Centro

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Quarta-feira da 3ª Semana do Advento 1) Oração O Evangelho

Leia mais

O QUE E A IGREJA ESQUECEU

O QUE E A IGREJA ESQUECEU 51. Aproximando-se o tempo em que seria elevado aos céus, Jesus partiu resolutamente em direção a Jerusalém. 52. E enviou mensageiros à sua frente. Indo estes, entraram num povoado samaritano para lhe

Leia mais

Lucas 9.51-50. Aproximando-se o tempo em que seria elevado aos céus, Jesus partiu resolutamente em direção a Jerusalém.

Lucas 9.51-50. Aproximando-se o tempo em que seria elevado aos céus, Jesus partiu resolutamente em direção a Jerusalém. Lucas 9.51-50 51 Aproximando-se o tempo em que seria elevado aos céus, Jesus partiu resolutamente em direção a Jerusalém. 52 E enviou mensageiros à sua frente. Indo estes, entraram num povoado samaritano

Leia mais

Lucas 7,36 8,3. O amor cura qualquer pecado!

Lucas 7,36 8,3. O amor cura qualquer pecado! Lucas 7,36 8,3 O amor cura qualquer pecado! Certo fariseu convidou Jesus para uma refeição em casa. Jesus entrou na casa do fariseu, e se pôs à mesa. Apareceu então certa mulher, conhecida na cidade como

Leia mais

IMPELIDOS PELO ESPÍRITO PARA A MISSÃO

IMPELIDOS PELO ESPÍRITO PARA A MISSÃO IMPELIDOS PELO ESPÍRITO PARA A MISSÃO IGREJA EM SAÍDA CULTURA DO ENCONTRO comunidade eclesial a V O C A Ç Ã O NASCE, CRESCE na IGREJA; é SUSTENTADA pela IGREJA. Todos os cristãos são constituídos missionários

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS, O.CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Quinta-feira da 1ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Ó Deus,

Leia mais

$CPCH; 1. TENHO AINDA MUITAS COISAS PARA VOS DIZER (JO 16,12-15)

$CPCH; 1. TENHO AINDA MUITAS COISAS PARA VOS DIZER (JO 16,12-15) Lectio $CPCH; 1. TENHO AINDA MUITAS COISAS PARA VOS DIZER (JO 16,12-15) 1º quadro 36 Um fariseu convidou-o para comer consigo. Entrou em casa do fariseu, e pôs-se à mesa. 37 Ora certa mulher, conhecida

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Sábado da 7ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Concedei, ó

Leia mais

O fariseu e o publicano Lc18,9-14

O fariseu e o publicano Lc18,9-14 O fariseu e o publicano Lc18,9-14 Jesus caminhava e multidões o acompanhavam. Pessoas com personalidades, objetivos e ideais diferentes. Conhecendo o coração de cada um, Jesus lhes propunha parábolas sobre

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Quarta-feira da 5ª Semana da Quaresma Ó Deus de

Leia mais

REZANDO COM O EVANGELHO DO DIA (LECTIO DIVINA) Reflexões de Frei Carlos Mesters, O.Carm Reflexões e Ilustração de Pe. Lucas de Paula Almeida, CM

REZANDO COM O EVANGELHO DO DIA (LECTIO DIVINA) Reflexões de Frei Carlos Mesters, O.Carm Reflexões e Ilustração de Pe. Lucas de Paula Almeida, CM REZANDO COM O EVANGELHO DO DIA (LECTIO DIVINA) Reflexões de Frei Carlos Mesters, O.Carm Reflexões e Ilustração de Pe. Lucas de Paula Almeida, CM Quarta-feira da 6ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Ó Deus,

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 20 DE DEZEMBRO TERÇA-FEIRA 1) Oração Senhor Deus, ao anúncio

Leia mais

O Religioso e a Prostituta

O Religioso e a Prostituta O Religioso e a Prostituta LUCAS 7:36-50 Convidado por um dos fariseus para jantar, Jesus foi à casa dele e reclinou-se à mesa. Ao saber que Jesus estava comendo na casa do fariseu, LUCAS 7:36-50 certa

Leia mais

O Equívoco sobre Magdalena

O Equívoco sobre Magdalena Uma nova visão sobre Maria Magdalena aqui claramente demonstrada com base única na verdade histórica contida nos Santos Evangelhos, segundo Mateus, Marcos, Lucas e João. O Equívoco sobre Magdalena Desde

Leia mais

Orações Semanais para a Quaresma

Orações Semanais para a Quaresma Orações Semanais para a Quaresma Nesta Quaresma iremos realizar uma pequena oração no inicio ou no fim de cada reunião, pretendendo assim criar o hábito de oração em grupo, mas relembrando sempre que somos

Leia mais

REZANDO COM O EVANGELHO DO DIA (LECTIO DIVINA) Reflexões de Frei Carlos Mesters, O.Carm Reflexões de Pe. Lucas de Paula Almeida, CM

REZANDO COM O EVANGELHO DO DIA (LECTIO DIVINA) Reflexões de Frei Carlos Mesters, O.Carm Reflexões de Pe. Lucas de Paula Almeida, CM REZANDO COM O EVANGELHO DO DIA (LECTIO DIVINA) Reflexões de Frei Carlos Mesters, O.Carm Reflexões de Pe. Lucas de Paula Almeida, CM Quarta-feira da 4ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Concedei-nos, Senhor

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Segunda-feira da 12ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Senhor,

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 24 de Agosto - São Bartolomeu - Apóstolo 1) Oração Ó Deus,

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Segunda-feira da 8ª Semana do Tempo Comum Ó Deus,

Leia mais

Venha, e veja... o desafio entre o que se fala e o que se faz

Venha, e veja... o desafio entre o que se fala e o que se faz Venha, e veja... o desafio entre o que se fala e o que se faz ... estava João (Batista) outra vez na companhia de dois dos seus discípulos e, vendo Jesus passar, disse: Eis o Cordeiro de Deus! Os dois

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração 05 de Janeiro Deus eterno e todo-poderoso,pela

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Segunda-feira da 9ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Ó Deus,

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Quarta-feira da Semana Santa 1) Oração Ó Deus, que fizestes

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 19 DE DEZEMBRO SEGUNDA FEIRA 1) Oração Ó Deus, que revelastes

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 25 de Abril - São Marcos Evangelista 1) Oração Ó Deus, que

Leia mais

As trê Marias e Santa Maria Madalena

As trê Marias e Santa Maria Madalena Quem ouve o nome Maria Madalena, na maioria das vezes, lembrase da mulher pecadora e de má vida do Evangelho. Poucos se recordam que dela foram tirados sete demônios (Luc. 8,2) e que ela foi perdoada de

Leia mais

Síntese do Novo Testamento (Curso de Formação Ministerial, 2014) Prof. Marco Aurélio Correa

Síntese do Novo Testamento (Curso de Formação Ministerial, 2014) Prof. Marco Aurélio Correa 1 Evangelho de João Este evangelho tem 21 capítulos. Evangelho do Filho de Deus / Divino. 1 - Autor: João, o apóstolo, ele foi o último dos apóstolos a morrer. 2 - Data: Alguns escritores acreditam que

Leia mais

Importância da Ressurreição de Cristo

Importância da Ressurreição de Cristo Introdução à 22/08/2011 A doutrina de Cristo segundo as escrituras Importância da Ressurreição de Cristo O que as escrituras afirmam sobre a ressurreição de Cristo? 1. Doutrina fundamental do Cristianismo:

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Terça-feira da 4ª Semana da Páscoa Concedei, ó

Leia mais

Nº 18 C - Domingo de Páscoa

Nº 18 C - Domingo de Páscoa Nº 18 C - Domingo de Páscoa-27.3.2016 Vida para Todos Aleluia! Aleluia! Cristo ressuscitou! Aleluia! Hoje é um dia de grande alegria, porque Jesus tinha sido morto e ressuscitou. Estivemos toda a Quaresma

Leia mais

VIGÍLIA DE ORAÇÃO POR QUEM NOS MORREU

VIGÍLIA DE ORAÇÃO POR QUEM NOS MORREU VIGÍLIA DE ORAÇÃO POR QUEM NOS MORREU PARÓQUIA DE NOSSA SENHORA DA HORA 2010-2011 P = Presidente: Aquele que preside à oração. Qualquer pessoa o pode fazer, desde que tenha gosto e capacidade para tal.

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Quinta-feira da 19ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Deus

Leia mais

CRESCENDO DIANTE DO AMOR DO PAI

CRESCENDO DIANTE DO AMOR DO PAI CRESCENDO DIANTE DO AMOR DO PAI CRESCENDO DIANTE DO PAI, ASSIM COMO JESUS? Jesus ia crescendo em sabedoria, estatura e graça diante de Deus e dos homens. COMO CRESCER DIANTE DO PAI, ASSIM COMO JESUS? EM

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Quarta-feira da 4ª Semana da Páscoa 1) Oração Ó Deus, vida

Leia mais

DOMINGO V 215 DOMINGO V DA PÁSCOA. LEITURA I Actos 6,1-7. «Escolheram sete homens cheios do Espírito Santo...»

DOMINGO V 215 DOMINGO V DA PÁSCOA. LEITURA I Actos 6,1-7. «Escolheram sete homens cheios do Espírito Santo...» DOMINGO V 215 DOMINGO V DA PÁSCOA LEITURA I Actos 6,1-7 «Escolheram sete homens cheios do Espírito Santo...» Leitura dos Actos dos Apóstolos Naqueles dias, aumentando o número dos discípulos, os helenistas

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS, O.CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Terça-feira da 3ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Ó Deus, sempre

Leia mais

LIÇÃO evange ho 6 II TRI LUCAS AS MULHERES NO MINISTÉRIO DE JESUS

LIÇÃO evange ho 6 II TRI LUCAS AS MULHERES NO MINISTÉRIO DE JESUS II TRI 2015 DE LUCAS LIÇÃO evange ho 6 AS MULHERES NO MINISTÉRIO DE JESUS VERSO PARA MEMORIZAR: Pois todos vós sois filhos de Deus mediante a fé em Cristo Jesus; [ ] não pode haver judeu nem grego; nem

Leia mais

1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35

1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35 1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35 Senhor Jesus, Tu tens palavras de vida eterna e Tu revelas-te a nós como Pão da vida

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Terça-feira da 19ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Deus eterno

Leia mais

Nº 10 A Domingo III do Tempo Comum

Nº 10 A Domingo III do Tempo Comum Nº 10 A Domingo III do Tempo Comum-26.1.2014 Vinde comigo! - Quem irá anunciar a toda a gente a Boa Nova da ternura de Deus? - Quem irá falar de Jesus Cristo vivo a quem busca razões para viver? - Quem

Leia mais

Cânticos para Missa Advento/2016

Cânticos para Missa Advento/2016 Santuário das Almas/Icaraí Cânticos para Missa Advento/2016 Data 17/12 www.oficinademusica.org Procissão de Entrada: Vamos Celebrar Todos reunidos na casa de Deus Com cantos de alegria e grande louvor

Leia mais

Nº19A Domingo IV da Quaresma

Nº19A Domingo IV da Quaresma Nº19A Domingo IV da Quaresma-30.3.2014 Viver na luz! Abri os olhos! Imagina alguém a viver sempre numa casa de janelas fechadas: sem ar, sem luz, sem ver ninguém, fechado em si próprio, impermeável a tudo.

Leia mais

Nº 14 B - Domingo VII do Tempo Comum Levanta-te e anda

Nº 14 B - Domingo VII do Tempo Comum Levanta-te e anda Nº 14 B - Domingo VII do Tempo Comum -19.2.2012 Levanta-te e anda No Evangelho de hoje ouvimos como os amigos de um paralítico tiveram que esforçar-se muito para pedir a Jesus que curasse o seu amigo,

Leia mais

Missa no Dia de Páscoa

Missa no Dia de Páscoa Missa no Dia de Páscoa LEITURA I Actos 10, 34a.37-43 «Comemos e bebemos com Ele, depois de ter ressuscitado dos mortos» Leitura dos Actos dos Apóstolos Naqueles dias, Pedro tomou a palavra e disse: «Vós

Leia mais

Nº 23 C 6º Domingo da Páscoa

Nº 23 C 6º Domingo da Páscoa Nº 23 C 6º Domingo da Páscoa - 1.5.2016 A paz de Cristo A paz de Cristo Deixo-vos a paz, dou-vos a minha paz. Tu nos dás a tua paz, Senhor Jesus, mas também nos convidas ao esforço de fazer a paz. Para

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Quinta-feira da 5ª Semana da Páscoa Ó Deus, vossa

Leia mais

Nº 32 B-Domingo XXVII Tempo Comum

Nº 32 B-Domingo XXVII Tempo Comum Nº 32 B-Domingo XXVII Tempo Comum-7.10.2012 Deixai vir a mim as criancinhas Cá estamos nós, de volta depois das férias!!! A escola já começou, e agora recomeça a Missa das crianças em conjunto com a Missa

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS, O.CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM SABADO da 1ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Ó Deus, atendei

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS, O.CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Sábado da 3ª Semana do Tempo Comum Deus eterno e

Leia mais

Igreja é lugar de recolhimento, de oração. Jesus ia ao Templo com seus pais e apóstolos.

Igreja é lugar de recolhimento, de oração. Jesus ia ao Templo com seus pais e apóstolos. POR QUE IR À IGREJA? Certo dia, Jesus contou a seguinte parábola a alguns que se consideravam justos e desprezavam os outros."dois homens foram ao Templo para orar. Um era fariseu e o outro, publicano.

Leia mais

REZANDO COM O EVANGELHO DO DIA (LECTIO DIVINA) Reflexões de Frei Carlos Mesters, O.Carm Reflexões de Pe. Lucas de Paula Almeida, CM

REZANDO COM O EVANGELHO DO DIA (LECTIO DIVINA) Reflexões de Frei Carlos Mesters, O.Carm Reflexões de Pe. Lucas de Paula Almeida, CM REZANDO COM O EVANGELHO DO DIA (LECTIO DIVINA) Reflexões de Frei Carlos Mesters, O.Carm Reflexões de Pe. Lucas de Paula Almeida, CM Sábado da 6ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Ó Deus, que prometestes

Leia mais

Nº 9 C 3º Domingo do Tempo Comum O Espírito de Deus está sobre mim

Nº 9 C 3º Domingo do Tempo Comum O Espírito de Deus está sobre mim Nº 9 C 3º Domingo do Tempo Comum-24.1.2016 O Espírito de Deus está sobre mim Quando me levanto para um novo dia e dou graças ao Senhor pelo dom maravilhoso da vida, o Espírito de Deus está sobre mim. Quando

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração 30 DE DEZEMBRO Deus eterno e todo-poderoso, que

Leia mais

Nº 38B- 32º Domingo do Tempo Comum

Nº 38B- 32º Domingo do Tempo Comum Nº 38B- 32º Domingo do Tempo Comum-8.11.2015 Vimos hoje como Jesus deu um grande elogio a uma pessoa pobre, a quem ninguém dava importância: a viúva que pôs na caixa das esmolas duas pequenas moedas. Como

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS, O.CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Quarta-feira da 1ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Ó Deus,

Leia mais

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João (Jo 1,29-34)

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João (Jo 1,29-34) 2º DOMINGO DO TEMPO COMUM - ANO A 15 de Janeiro de 2017 Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João (Jo 1,29-34) 1 / 6 Naquele tempo, João Baptista viu Jesus, que vinha ao seu encontro, e exclamou:

Leia mais

Nº 28 A Ascensão do Senhor

Nº 28 A Ascensão do Senhor Nº 28 A Ascensão do Senhor - 1.6.2014 Ide por todo o mundo! Estarei sempre convosco! I de Ide Ide e anunciai a Boa Nova. Quando partilhais o que tendes com os outros, quando dais atenção a quem está sozinho

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Sexta-feira da 22ª Semana do Tempo Comum Deus do

Leia mais

BOM DIA DIÁRIO. Guia: Em nome do Pai

BOM DIA DIÁRIO. Guia: Em nome do Pai BOM DIA DIÁRIO Segunda-feira (09.03.2015) Nenhum profeta é bem recebido Guia: 2.º Ciclo: Professor José Martins 3.º Ciclo: Padre Aníbal Afonso Re+ Deixa Deus entrar na tua própria casa. Re+ Deixa-te tocar

Leia mais

O REINO. Deus, escolheu o conceito de reino para nos comunicar seu propósito, sua vontade e seu plano para a humanidade. Pra Ivonne Muniz 2

O REINO. Deus, escolheu o conceito de reino para nos comunicar seu propósito, sua vontade e seu plano para a humanidade. Pra Ivonne Muniz 2 REINO DE DEUS O REINO Deus, escolheu o conceito de reino para nos comunicar seu propósito, sua vontade e seu plano para a humanidade. Pra Ivonne Muniz 2 O que é reino? Governo ou domínio Um reino é a influencia

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Sexta-feira da 4ª Semana da Quaresma Ó Deus, que

Leia mais

Festa dos Mandamentos

Festa dos Mandamentos Festa dos Mandamentos VI Domingo do Tempo Comum 12 de Fevereiro de 2017 Paróquia da Sé Cântico Cristo Jesus, tu me chamaste. Eu te respondo, estou aqui. Tu me chamaste, pelo meu nome. Eu te respondo,

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Quinta-feira da 3ª Semana do Advento A consciência

Leia mais

Maria e seu FIAT COTIDIANO

Maria e seu FIAT COTIDIANO Maria e seu FIAT COTIDIANO Angelo Alberto Diniz Ricordi Maria e seu fiat cotidiano 1 REFLETINDO O fiat cotidiano de Maria se insere como o fruto mais genuíno da oração. Rezamos a Deus não para que a nossa

Leia mais

OS TRÊS OFÍCIOS DE CRISTO

OS TRÊS OFÍCIOS DE CRISTO VASOS DE OURO Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém. 2 Pe. 3:18 CRISTOLOGIA OS TRÊS OFÍCIOS

Leia mais

O amor O faz diferente!

O amor O faz diferente! O amor O faz diferente! Quem eu deveria ser? Que as escrituras apresentam o homem como criatura de Deus Criado diretamente por Deus Colocado em posição exaltada Que o homem foi feito a imagem e semelhança

Leia mais

Invocai o nome de Deus, nosso libertador

Invocai o nome de Deus, nosso libertador Invocai o nome de Deus, nosso libertador www.facebook.com/mensageiro sdeanguera Paz e Fogo, amados irmãos! Chegamos ao capítulo 12 do livro de Isaías, vemos aqui que o profeta louva a Deus pela libertação.

Leia mais

Mariologia Prof. Thiago Onofre

Mariologia Prof. Thiago Onofre Mariologia Prof. Thiago Onofre Quando Deus formou o mundo Olhou a Virgem Maria Que, por mistério profundo, Antes de criá-la a via... Nela pôs a formosura Da mais bela criatura Que por desígnio plasmou,

Leia mais

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI)

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) Teologia Bíblica da Missão de Deus RELEMBRAR A MISSÃO NOS EVANGELHOS 1. Jesus Cristo homem é o exemplo padrão para o exercício da Missão de Deus (intimidade

Leia mais

A REVELAÇÃO DO REINO DE DEUS TEM O PODER PARA MUDAR A VIDA DOS SERES HUMANOS!

A REVELAÇÃO DO REINO DE DEUS TEM O PODER PARA MUDAR A VIDA DOS SERES HUMANOS! VENHA O TEU REINO! E ele lhes disse: Quando orardes, dizei: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome; venha o teu reino; seja feita a tua vontade, assim na terra, como no céu. Lucas 11:

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS, O.CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Terça-feira depois da Epifania Ó Deus, cujo Filho

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE

CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE AULA 6: SOTERIOLOGIA Baseado em Jeremias 9: 24, a Igreja Pentecostal Deus é Amor oferece a você, obreiro, a oportunidade aprofundar seu conhecimento na palavra de Deus

Leia mais

Índice. Apresentação... 3

Índice. Apresentação... 3 Índice Apresentação... 3 Tempo do Advento 1. O Ano Litúrgico... 9 2. Origem do Ano Litúrgico... 10 3. O que quer dizer Advento?... 11 4. O que fazer no Advento?... 12 Primeiro Domingo do Advento... 14

Leia mais

Conhecer Deus Pessoalmente

Conhecer Deus Pessoalmente 1 2 Conhecer Deus Pessoalmente Introdução Conhecer Jesus.. p. 4 Lição 1 Conhecer a Salvação p. 12 Lição 2 Conhecer a Comunhão.. p. 17 Lição 3 Conhecer o Espírito Santo. p. 22 Lição 4 Conhecer o Crescimento.

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Sábado da 27ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Ó Deus eterno

Leia mais

Nº 10 C 4º Domingo do Tempo Comum

Nº 10 C 4º Domingo do Tempo Comum Nº 10 C 4º Domingo do Tempo Comum-29.1.2016 O Evangelho de hoje, é a continuação do da semana passada. Na semana passada São Lucas tinha contado como Jesus, depois de ter andado pela Galileia, a ensinar

Leia mais

JESUS CRISTO, A MISERICÓRDIA EM AÇÃO

JESUS CRISTO, A MISERICÓRDIA EM AÇÃO MISERICÓRDIA DE CORAÇÃO A CORAÇÃO CONGRESSO NACIONAL DO APOSTOLADO DA ORAÇÃO JESUS CRISTO, A MISERICÓRDIA EM AÇÃO Padre Eliomar Ribeiro, SJ Olhar com os olhos da fé e da imaginação, o agir compassivo e

Leia mais

Nº 20 C 3º Domingo da Páscoa

Nº 20 C 3º Domingo da Páscoa Nº 20 C 3º Domingo da Páscoa - 10.4.2016 És o novo Sol que não tem ocaso. És a luz que não se apaga. És vencedor da morte para sempre. És o homem primeiro do mundo novo. És o começo da nova criação. És

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Sábado da 25ª Semana do Tempo Comum Ó Pai, que

Leia mais

Nº35 B-Domingo XXX do Tempo Comum O Evangelho de hoje mostra-nos que devemos ter Fé, uma Fé muito forte, tal como aquele cego que pediu a

Nº35 B-Domingo XXX do Tempo Comum O Evangelho de hoje mostra-nos que devemos ter Fé, uma Fé muito forte, tal como aquele cego que pediu a Nº35 B-Domingo XXX do Tempo Comum-28.10.2012 O Evangelho de hoje mostra-nos que devemos ter Fé, uma Fé muito forte, tal como aquele cego que pediu a Jesus que o curasse. O cego acreditava que Jesus o podia

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Semente: pequena e misteriosa Lc 13,18-21 Estamos encontrando de novo, na liturgia da Palavra da missa

Leia mais

Gr.Bíblico. Evangelho de. Nossa Senhora Conceição

Gr.Bíblico. Evangelho de. Nossa Senhora Conceição Evangelho de São Lucas Ano litúrgico C O Terceiro Envangelho O TEMPO DE JESUS E O TEMPO DA IGREJA Este evangelho põe em relevo as etapas da obra de Deus na História. Mais do que Mateus e Marcos, ao falar

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM arta-feira da 3ª Semana da Páscoa Qu 1) Oração Permanecei,

Leia mais

O povo que escutava Jesus se identificava com os personagens e problemas das famílias, porém o que o filho desta estória pede é imperdoável.

O povo que escutava Jesus se identificava com os personagens e problemas das famílias, porém o que o filho desta estória pede é imperdoável. (lc 15,11-32) Jesus conhecia bem os conflitos vividos pelas famílias da Galileia: discussões, desejos de independência, rivalidade entre os irmãos... que acontecem, hoje também, em nossas famílias. O povo

Leia mais

Desafios de Deus em meio as decepções

Desafios de Deus em meio as decepções Desafios de Deus em meio as decepções Evangelho de João Capítulo 21 Em algum momento entre 2006 e 2007 1 Depois disso Jesus apareceu novamente aos seus discípulos, à margem do mar de Tiberíades. Foi assim:

Leia mais

VOCÊ ME AMA? Diego Fernandes

VOCÊ ME AMA? Diego Fernandes VOCÊ ME AMA? Diego Fernandes João 1:42 Jesus olhou para ele e disse: Você é Simão, filho de João. Será chamado Cefas (que traduzido é Pedro ). Mateus 14 27 Mas Jesus imediatamente lhes disse: Coragem!

Leia mais

Nº 36 C Domingo XXXI do Tempo Comum

Nº 36 C Domingo XXXI do Tempo Comum Nº 36 C Domingo XXXI do Tempo Comum-3.11.13 Como Zaqueu, quero acolher-te e mudar, Senhor Escuta-me, Senhor. Como Zaqueu, quero procurar-te, nem que seja preciso deixar coisas que me enchem a casa e a

Leia mais

DOMINGO V DA QUARESMA

DOMINGO V DA QUARESMA 129 DOMINGO V DA QUARESMA LEITURA I Ez 37, 12-14 «Infundirei em vós o meu espírito e revivereis» Leitura da Profecia de Ezequiel Assim fala o Senhor Deus: «Vou abrir os vossos túmulos e deles vos farei

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA Pe. Lucas - O discípulo não é mais que o mestre - Mt 10, 24-33 EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Sábado da 14ª Semana do Tempo

Leia mais

«Jesus, lembra-te de mim quando entrares no Teu reino». Ele respondeu-lhe : «Em verdade te digo : Hoje estarás comigo no Paraíso».(Lc.23,42-43).

«Jesus, lembra-te de mim quando entrares no Teu reino». Ele respondeu-lhe : «Em verdade te digo : Hoje estarás comigo no Paraíso».(Lc.23,42-43). «Jesus, lembra-te de mim quando entrares no Teu reino». Ele respondeu-lhe : «Em verdade te digo : Hoje estarás comigo no Paraíso».(Lc.23,42-43). ********************** Como definição simples, a Graça é

Leia mais