Sistemas Distribuídos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sistemas Distribuídos"

Transcrição

1 Sistemas Distribuídos Marcelo Lobosco DCC/UFJF

2 Comunicação em Sistemas Distribuídos Aula 06

3 Agenda Modelo Cliente-Servidor (cont.) Invocação Remota de Método (Remote Method Invocation RMI) Visão Geral Criando aplicações distribuídas com RMI Escrevendo código do servidor Escrevendo código do cliente Compilando e executando o exemplo

4 Visão Geral RMI provê suporte para comunicação remota entre programas escritos na linguagem de programação Java Java RMI permite que um objeto executando em uma Máquina Virtual Java (MVJ) invoque métodos de um objeto executando em uma segunda MVJ Aplicações RMI geralmente consistem de dois programas separados Cliente e servidor

5 Visão Geral Típico programa servidor cria algum(ns) objeto(s) remoto(s), torna a(s) referência(s) a este(s) objeto(s) acessível(ies) e aguarda o(s) cliente(s) invocarem métodos neste(s) objeto(s) Típico programa cliente obtêm uma referência remota para um ou mais objetos remotos em um servidor e então invoca métodos neste(s) RMI provê o mecanismo pelo qual clientes e servidores se comunicam e passa informações de um lado para o outro

6 Visão Geral Tais aplicações algumas vezes chamadas sistemas de objetos distribuídos (OD). Ações necessárias em um sistema de OD: Localizar os objetos remotos Comunicar com objetos remotos Ler definições de classes para objetos que são passados como parâmetro / retorno

7 Visão Geral Localizar objetos remotos Vários mecanismos podem ser utilizados para obter referência de objetos remotos Aplicação pode registrar seus objetos remotos em um serviço especial de registro de nomes, RMI registry Referências remotas podem ser passadas / retornadas como parte de invocações remotas Comunicar com objetos remotos Detalhes da comunicação com objetos remotos são tratados por RMI Para programador, comunicação remota similar a invocação tradicional de métodos

8 Visão Geral Ler definições de classes para objetos que são passados como parâmetro / retorno RMI permite que objetos sejam passados como parâmetro / retorno RMI provê mecanismos para ler definição da classe de um objeto Java é uma linguagem dinâmica RMI provê mecanismos para transmitir estado de um objeto

9 Visão Geral

10 Visão Geral Figura ilustra aplicação RMI distribuída que usa registro para obter referência para objeto remoto Servidor chama registro para associar (ou ligar bind) um nome a um objeto remoto Cliente procura por objeto remoto pelo seu nome no registro do servidor e então invoca um método neste objeto Webserver pode ser usado por sistema RMI para ler definição de classes para objetos necessários Tanto do lado do cliente quanto do servidor

11 Visão Geral Interfaces, objetos e métodos remotos Como qualquer aplicação Java, aplicação distribuída composta de classes e interfaces Interfaces declaram métodos Classes implementam métodos declarados na interface, podendo declarar métodos adicionais Em uma aplicação distribuída, implementações podem residir em máquinas virtuais distintas Objetos com métodos que podem ser invocados por diferentes MVJ são chamados de objetos remotos

12 Visão Geral Objeto torna-se remoto quando implementa um interface remota, que possui as seguintes características: Uma interface remota estende a interface java.rmi.remote Cada método da interface declara java.rmi.remoteexception em sua cláusula throws, em adição a qualquer exceção específica da aplicação

13 Visão Geral RMI trata objetos remotos de forma distinta dos objetos locais quando o objeto é passado de uma MVJ para outra Ao invés de copiar na MVJ o objeto de implementação invocado, RMI passa um stub remoto para um objeto remoto Stub age como representante local (proxy) do objeto remoto Basicamente stub é, para o cliente, a referência remota Cliente invoca método no stub local, que é responsável por repassar a chamada para o objeto remoto

14 Visão Geral Stub para um objeto remoto implementa o mesmo conjunto de interfaces remotas que o objeto remoto implementa Somente métodos definidos na interface remota podem ser chamadas pela MVJ onde clientes executam cliente stub servid or Máquina do cliente Máquina do servidor

15 Criando Aplicações Distribuídas com RMI Passos gerais para desenvolver aplicação distribuída com RMI: Projetar e implementar os componentes de sua aplicação distribuída Compilar os fontes Tornar as classes acessíveis via rede Iniciar a aplicação

16 Criando Aplicações Distribuídas com RMI Projetar e implementar os componentes de sua aplicação distribuída Inicialmente, determine a arquitetura de sua aplicação, definindo componentes locais e componentes acessíveis remotamente: Defina as interfaces remotas: especifica métodos que podem ser invocados remotamente por um cliente Defina tipos dos parâmetros e retorno dos métodos Implemente os objetos remotos: objetos remotos devem implementar uma ou mais interfaces Podem incluir implementações de interfaces e métodos disponíveis apenas localmente

17 Criando Aplicações Distribuídas com RMI Projetar e implementar os componentes de sua aplicação distribuída (cont) Implemente o(s) clientes Compile os fontes Como qualquer programa java, use javac para compilar os programas fonte Declarações de interfaces remotas, suas implementações, outras classes de serviço, clientes Versões anteriores a JSE 5.0 necessitam do rmic

18 Criando Aplicações Distribuídas com RMI Tornar as classes acessíveis via rede Neste passo, torne certas definições de classes acessíveis via rede Como definições para interfaces remotas e seus tipos associados, e definições de classes que precisam ser acessadas por clientes e servidores Geralmente tornam-se acessíveis através de um servidor web Iniciar a aplicação Inclui, além do cliente e do servidor, o serviço de registro de nomes, rmiregistry

19 Criando Aplicações Distribuídas com RMI Passagem de parâmetros Qualquer tipo primitivo, objeto remoto ou objeto local, pode ser passado como parâmetro em chamadas RMI No caso de objeto local, além de acessível via rede, deve ser também serializável Para objeto ser considerado serializável, sua classe deve implementar a interface java.io.serializable

20 Exemplo de Aplicação: Calculadora Distribuída Servidor oferece serviços de uma calculadora Funcionalidade simples: soma, subtração, multiplicação e divisão com dois inteiros Cliente faz uso dos serviços Faz invocação, passando parâmetros e imprimindo resultado Objetivo: ilustrar o funcionamento de RMI Naturalmente que overhead proibitivo para aplicação real Serviço muito simples

21 Interface Primeiro passo: projetar interface remota Que serviços serão oferecidos? Quais os parâmetros necessários? Quais os tipos dos valores retornados? Quais exceções podem ocorrer?

22 Interface package exemplo; import java.rmi.remote; import java.rmi.remoteexception; import exemplo.divisaoporzero; public interface Calculadora extends Remote { float som (float a, float b) throws java.rmi.remoteexception; float sub (float a, float b) throws java.rmi.remoteexception; float mul (float a, float b) throws java.rmi.remoteexception; float div (float a, float b) throws DivisaoPorZero, java.rmi.remoteexception; }

23 Interface Ao estender a interface java.rmi.remote, a interface Calculadora identifica-se como uma interface que pode receber requisições de outras MVJ Qualquer classe que implemente esta interface pode produzir objetos remotos Métodos da interface Calculadora podem ser executados remotamente Logo devem ser capazes de sinalizar exceção java.rmi.remoteexception Sinaliza ocorrência de falha de comunicação ou erro de protocolo

24 Implementação da Interface De modo geral, classe que implementa interface remota deve seguir, no mínimo, os seguintes passos: Declarar as interfaces remotas sendo implementadas Definir o construtor para cada objeto remoto Prover uma implementação para cada método remoto declarado nas interfaces remotas

25 Implementação da Interface Programa servidor RMI deve: Criar os objetos remotos e Exportá-los para o sistema runtime do RMI Sistema runtime torna-os aptos a receber invocações remotas Este processo de configuração pode ser: Encapsulado em um método da implementação da interface remota ou Incluído completamente em outra classe Roteiro do processo de configuração: Criar e instalar um gerente de segurança Criar e exportar um ou mais objetos remotos Registrar ao menos um objeto remoto no registro de nomes do RMI (ou outro serviço de nomes)

26 Implementação da Interface package exemplo; import java.rmi.remoteexception; import java.rmi.registry.locateregistry; import java.rmi.registry.registry; import java.rmi.server.unicastremoteobject; import exemplo.calculadora; import exemplo.divisaoporzero; public class CalculadoraImpl implements Calculadora{ public CalculadoraImpl() { super(); }

27 Implementação da Interface public float som (float a, float b) { return a+b; } public float sub (float a, float b) { return a-b; } public float mul (float a, float b) { return a*b; } public float div (float a, float b) throws divisaoporzero { if (b == 0) throw new divisaoporzero(); return a/b; }

28 Implementação da Interface public static void main(string[] args) { if (System.getSecurityManager() == null) { System.setSecurityManager(new SecurityManager()); } try { String name = "Calculadora"; Calculadora calc = new CalculadoraImpl(); Calculadora stub = (Calculadora)UnicastRemoteObject.exportObject(calc,0); Registry registry = LocateRegistry.getRegistry(); registry.rebind(name, stub); System.out.println("Calculadora registrada!"); } catch (Exception e) { System.err.println("Ocorreu excecao: "); e.printstacktrace(); } } }

29 Implementação da Interface Declarando a interface remota sendo implementada: public class CalculadoraImpl implements Calculadora Podemos criar objetos remotos da classe CalculadoraImpl Alguns dos seus métodos, entretanto, só podem ser invocados localmente Construtor e método main

30 Implementação da Interface Definindo o construtor para o objeto remoto public CalculadoraImpl() { super(); } Em nosso caso, apenas invoca construtor da classe ancestral Apesar de não ser necessário, foi adicionado por questões de clareza de código

31 Implementação da Interface Provendo implementações para cada método remoto Classe provê implementações para todos os métodos declarados na interface som, sub, mul, div Passagem de parâmetros em Java segue as seguintes regras Objetos remotos passados por referência Objetos locais passados por cópia Todos os campos, exceto declarados estáticos ou transientes Desde que serializáveis e classes acessíveis (por exemplo, via servidor web)

32 Implementação da Interface Implementação do método main Primeira tarefa: instalar o gerente de segurança Protege o acesso aos recursos do sistema Determina, por exemplo, se código pode ter acesso ao sistema local de arquivos ou realizar qualquer outra ação privilegiada Receita de bolo: if (System.getSecurityManager() == null) { System.setSecurityManager(new SecurityManager()); }

33 Implementação da Interface Implementação do método main Segunda tarefa: tornar os objetos remotos disponíveis para o cliente Instanciar objeto Exportar objeto, com UnicastRemoteObject.exportObject, de forma que ele possa receber chamadas remotas: Calculadora stub = (Calculadora)UnicastRemoteObject.exportObject(calc,0); Segundo parâmetro indica número da porta TCP a ser ouvida Zero indica porta anônima Porta real escolhida por SO ou RMI

34 Implementação da Interface Implementação do método main Método exportobject retorna stub para objeto remoto exportado Observe que tipo do stub deve ser da interface, e não da implementação Antes do cliente invocar um objeto em um objeto remoto, deve primeiro obter referência para objeto remoto Registro faz esse papel Serviço de nomes, que fornece uma referência para objeto remoto, dado um nome

35 Implementação da Interface Servidor registra nome no serviço de nomes String name = "Calculadora"; Registry registry = LocateRegistry.getRegistry(); registry.rebind(name, stub); Rebind faz chamada remota para registro localizado na máquina do servidor Como qualquer chamada remota, pode retornar exceção, que deve ser tratada Bloco try/catch faz tratamento

36 Implementando o Cliente package exemplo; import java.rmi.registry.locateregistry; import java.rmi.registry.registry; public class CalculadoraClnt { public static void main(string args[]) { if (System.getSecurityManager() == null) { System.setSecurityManager(new SecurityManager()); }

37 Implementando o Cliente } } try { String name = "Calculadora"; Registry registry = LocateRegistry.getRegistry(args[0]); Calculadora calc = (Calculadora) registry.lookup(name); System.out.println("2 + 2 = " + calc.som(2,2)); } catch (Exception e) { System.err.println("Calculadora exception:"); e.printstacktrace(); }

38 Implementando o Cliente Assim como servidor, começamos declarando gerente de segurança Necessário se cliente fizer download de código do servidor a partir do servidor web if (System.getSecurityManager() == null) { System.setSecurityManager(new SecurityManager()); } Próximo passo: localizar referência para objeto remoto String name = "Calculadora"; Registry registry = LocateRegistry.getRegistry(args[0]); Calculadora calc = (Calculadora) registry.lookup(name);

39 Implementando o Cliente Passo final: usar as funcionalidades do objeto remoto, através de seus métodos, da mesma forma que usaríamos as funcionalidades de um objeto local System.out.println("2 + 2 = " + calc.som(2,2));

40 Compilação e Execução Para compilar: Compilar com javac *.java Criar arquivo jar com classes relacionadas ao servidor: jar cvf server.jar Calculadora.class CalculadoraImpl.class divisaoporzero.class Caso código do servidor seja acessado através de servidor web, disponibilizar arquivo jar em pasta acessível via rede Caso alguma classe do cliente seja acessada pelo servidor, deve-se criar jar e disponibilizálo através da rede

41 Compilação e Execução Antes de executar: Criar arquivo contendo políticas de segurança Neste exemplo, daremos todas as permissões de acesso: grant { permission java.security.allpermission; };

42 Compilação e Execução Para executar: Iniciar rmiregistry (rmiregistry&) Iniciar servidor: java -Djava.security.policy=f:\ calc\exemplo\secpolicy -Djava.rmi.server.codebase=file:\f:calc\exempl o\server.jar CalculadoraImpl Iniciar cliente: java -Djava.security.policy=f:\calc\exemplo\secpoli cy CalculadoraClnt localhost Resultado: = 4.0

43 Próxima Aula... Remote Procedure Call (cont.) Questões de Implementação Problemas

Tutorial RMI (Remote Method Invocation) por Alabê Duarte

Tutorial RMI (Remote Method Invocation) por Alabê Duarte Tutorial RMI (Remote Method Invocation) por Alabê Duarte Este tutorial explica basicamente como se implementa a API chamada RMI (Remote Method Invocation). O RMI nada mais é que a Invocação de Métodos

Leia mais

SISTEMAS DISTRIBUÍDOS

SISTEMAS DISTRIBUÍDOS SISTEMAS DISTRIBUÍDOS CUP Disk Memoey CUP Memoey Disk Network CUP Memoey Disk Remote Method Invocation (RMI) Introdução Solução JAVA para Objetos Distribuídos Um objeto existe em uma máquina É possível

Leia mais

UFG - Instituto de Informática

UFG - Instituto de Informática UFG - Instituto de Informática Especialização em Desenvolvimento de Aplicações Web com Interfaces Ricas EJB 3.0 Prof.: Fabrízzio A A M N Soares professor.fabrizzio@gmail.com Aula 3 Invocação de Objetos

Leia mais

Invocação de Métodos Remotos

Invocação de Métodos Remotos Invocação de Métodos Remotos Java RMI (Remote Method Invocation) Tópicos Tecnologia RMI Introdução Modelo de camadas do RMI Arquitetura Fluxo de operação do RMI Passos para implementação Estudo de caso

Leia mais

Java 2 Standard Edition. Fundamentos de. Objetos Remotos. Helder da Rocha www.argonavis.com.br

Java 2 Standard Edition. Fundamentos de. Objetos Remotos. Helder da Rocha www.argonavis.com.br Java 2 Standard Edition Fundamentos de Objetos Remotos Helder da Rocha www.argonavis.com.br 1 Sobre este módulo Este módulo tem como objetivo dar uma visão geral, porém prática, da criação e uso de objetos

Leia mais

Chamadas Remotas de Procedimentos (RPC) O Conceito de Procedimentos. RPC: Programa Distribuído. RPC: Modelo de Execução

Chamadas Remotas de Procedimentos (RPC) O Conceito de Procedimentos. RPC: Programa Distribuído. RPC: Modelo de Execução Chamadas Remotas de Chamada Remota de Procedimento (RPC) ou Chamada de Função ou Chamada de Subrotina Método de transferência de controle de parte de um processo para outra parte Procedimentos => permite

Leia mais

Sistemas Paralelos e Distribuídos - 2003/2004 Curso: Matemática /Informática Sistemas Distribuídos - 2003/2004 Curso: Ensino da Informática

Sistemas Paralelos e Distribuídos - 2003/2004 Curso: Matemática /Informática Sistemas Distribuídos - 2003/2004 Curso: Ensino da Informática Java RMI - Remote Method Invocation Folha 5-1 No modelo de programação orientada a objectos, vimos que um programa consiste numa colecção de objectos que comunicam entre si através da invocação dos seus

Leia mais

MIDDLEWARE Aplicativos RMI, RPC e eventos Camadas Protocolo Requesição-Respostal Middleware Representação Externa dos Dados Sistemas Operacionais

MIDDLEWARE Aplicativos RMI, RPC e eventos Camadas Protocolo Requesição-Respostal Middleware Representação Externa dos Dados Sistemas Operacionais RMI JAVA MIDDLEWARE Aplicativos RMI, RPC e eventos Protocolo Requesição-Respostal Camadas Middleware Representação Externa dos Dados Sistemas Operacionais RMI REMOTE METHOD INVOCATION Invocação remota

Leia mais

A ) O cliente terá que implementar uma interface remota. . Definir a interface remota com os métodos que poderão ser acedidos remotamente

A ) O cliente terá que implementar uma interface remota. . Definir a interface remota com os métodos que poderão ser acedidos remotamente Java RMI - Remote Method Invocation Callbacks Folha 9-1 Vimos, na folha prática anterior, um exemplo muito simples de uma aplicação cliente/ servidor em que o cliente acede à referência remota de um objecto

Leia mais

Num sistema de objectos distribuídos, dois conceitos são fundamentais.

Num sistema de objectos distribuídos, dois conceitos são fundamentais. Folha 10-1 Java RMI - Remote Method Invocation No modelo de programação orientada a objectos, vimos que um programa consiste numa colecção de objectos que comunicam entre si através da invocação dos seus

Leia mais

Sistemas Distribuídos Métodos de Invocação Remota II. Prof. MSc. Hugo Souza

Sistemas Distribuídos Métodos de Invocação Remota II. Prof. MSc. Hugo Souza Sistemas Distribuídos Métodos de Invocação Remota II Prof. MSc. Hugo Souza Nesta aula, complementando os conceitos que vimos nas aulas anteriores [aula 15], vamos praticar a programação de laboratório

Leia mais

Adriano Reine Bueno Rafael Barros Silva

Adriano Reine Bueno Rafael Barros Silva Adriano Reine Bueno Rafael Barros Silva Introdução RMI Tecnologias Semelhantes Arquitetura RMI Funcionamento Serialização dos dados Criando Aplicações Distribuídas com RMI Segurança Exemplo prático Referências

Leia mais

Invocação de Métodos Remotos RMI (Remote Method Invocation)

Invocação de Métodos Remotos RMI (Remote Method Invocation) Invocação de Métodos Remotos RMI (Remote Method Invocation) Programação com Objetos Distribuídos Um sistema de objetos distribuídos permite a operação com objetos remotos A partir de uma aplicação cliente

Leia mais

Sistemas Distribuídos Métodos de Invocação Remota IV. Prof. MSc. Hugo Souza

Sistemas Distribuídos Métodos de Invocação Remota IV. Prof. MSc. Hugo Souza Sistemas Distribuídos Métodos de Invocação Remota IV Prof. MSc. Hugo Souza Nesta aula, complementando os conceitos que vimos nas aulas anteriores [aula 15, aula 16 e aula 17], vamos praticar a segunda

Leia mais

Java RMI - Remote Method Invocation. Programação com Objetos Distribuídos (C. Geyer) Java-RMI 1

Java RMI - Remote Method Invocation. Programação com Objetos Distribuídos (C. Geyer) Java-RMI 1 Java RMI - Remote Method Invocation Programação com Objetos Distribuídos (C. Geyer) Java-RMI 1 Autores Autoria Cláudio Geyer Marcelo Castiglia Pereira Local Instituto de Informática UFRGS disciplinas:

Leia mais

Capítulo V Sistemas de Objectos Distribuídos

Capítulo V Sistemas de Objectos Distribuídos From: Coulouris, Dollimore and Kindberg Distributed Systems: Concepts and Design Edition 3, Addison-Wesley 2001 From: Wolfgang Emmerich Engineering Distributed Objects John Wiley & Sons, Ltd 2000 1 O modelo

Leia mais

COMUNICAÇÃO INTER-PROCESSOS JAVA RMI e RPC. Prof. Cesar Augusto Tacla http://www.dainf.ct.utfpr.edu.br/~tacla

COMUNICAÇÃO INTER-PROCESSOS JAVA RMI e RPC. Prof. Cesar Augusto Tacla http://www.dainf.ct.utfpr.edu.br/~tacla PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ COMUNICAÇÃO INTER-PROCESSOS JAVA RMI e RPC Prof. Cesar Augusto Tacla http://www.dainf.ct.utfpr.edu.br/~tacla 1 1. Conceitos Básicos a. Invocação remota (RPC/RMI)

Leia mais

Objetos Distribuídos - Programação Distribuída Orientado a Objetos. Luiz Affonso Guedes

Objetos Distribuídos - Programação Distribuída Orientado a Objetos. Luiz Affonso Guedes Objetos Distribuídos - Programação Distribuída Orientado a Objetos Luiz Affonso Guedes Introdução Conceitos básicos programação distribuída + programação orientada a objetos = Objetos distribuídos Motivação

Leia mais

1 a. Sumário. 1. Conceitos Básicos a. Invocação remota (RPC/RMI) b. Semântica de invocação remota c. Invocação remota de métodos (RMI)

1 a. Sumário. 1. Conceitos Básicos a. Invocação remota (RPC/RMI) b. Semântica de invocação remota c. Invocação remota de métodos (RMI) PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ COMUNICAÇÃO INTER-PROCESSOS JAVA RMI e RPC Prof. Cesar Augusto Tacla http://www.dainf.ct.utfpr.edu.br/~tacla 1. Conceitos Básicos a. Invocação remota (RPC/RMI)

Leia mais

INF01018 Aula Prática 2 RMI Remote Method Invocation

INF01018 Aula Prática 2 RMI Remote Method Invocation 1 / 18 INF01018 Aula Prática 2 RMI Remote Method Invocation Lucas Mello Schnorr, Alexandre Silva Caríssimi {lmschnorr,asc}@inf.ufrgs.br http://www.inf.ufrgs.br/ lmschnorr/ad/ INF01018 Sistemas Operacionais

Leia mais

Sistemas Distribuídos

Sistemas Distribuídos Sistemas Distribuídos LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO Prof. Adriano Avelar Site: www.adrianoavelar.com Email: eam.avelar@gmail.com Relembrando... Mecanismos de Comunicação Middleware Cenário em uma rede Local

Leia mais

Java RMI. RMI Remote Method Invocation. Chamadas Remotas de Procedimentos (RPC) RPC - Implementação

Java RMI. RMI Remote Method Invocation. Chamadas Remotas de Procedimentos (RPC) RPC - Implementação Java Remote Method Invocation Java Remote Method Invocation () é um protocolo Java para comunicação entre processos Permite objetos Java invocar transparentemente métodos de outros objetos (que podem estar

Leia mais

Programação de Computadores - I. Profª Beatriz Profº Israel

Programação de Computadores - I. Profª Beatriz Profº Israel Programação de Computadores - I Profª Beatriz Profº Israel As 52 Palavras Reservadas O que são palavras reservadas São palavras que já existem na linguagem Java, e tem sua função já definida. NÃO podem

Leia mais

Uma Introdução à Arquitetura CORBA. O Object Request Broker (ORB)

Uma Introdução à Arquitetura CORBA. O Object Request Broker (ORB) Uma Introdução à Arquitetura Francisco C. R. Reverbel 1 Copyright 1998-2006 Francisco Reverbel O Object Request Broker (ORB) Via de comunicação entre objetos (object bus), na arquitetura do OMG Definido

Leia mais

Java RMI. Alcides Calsavara

Java RMI. Alcides Calsavara Java RMI Alcides Calsavara Objetivos Permitir que um método de uma classe Java em execução em uma máquina virtual JVM chame um método de um objeto (instância de uma classe Java) situado em outra máquina

Leia mais

APÊNDICE A EXEMPLO DE APLICAÇÃO

APÊNDICE A EXEMPLO DE APLICAÇÃO APÊNDICE A EXEMPLO DE APLICAÇÃO Para ilustrar os três métodos de distribuição de objetos apresentados nesta dissertação iremos, a seguir, mostrar um exemplo de implementação de uma aplicação. São apresentadas

Leia mais

insfcanceof new public switch transient while byte continue extends for int null

insfcanceof new public switch transient while byte continue extends for int null Palavras -chave de JAV A abstract catch do final implements long private static throw void boolean char double finally import native protected super throws volatile break class float insfcanceof new public

Leia mais

Sistemas Distribuídos: Conceitos e Projeto Java RMI

Sistemas Distribuídos: Conceitos e Projeto Java RMI Sistemas Distribuídos: Conceitos e Projeto Java RMI Francisco José da Silva e Silva Laboratório de Sistemas Distribuídos (LSD) Departamento de Informática / UFMA http://www.lsd.deinf.ufma.br 19 de agosto

Leia mais

RMI/JNDI - Fundamentos

RMI/JNDI - Fundamentos c o l u n a Professor J RMI/JNDI - Fundamentos Um exemplo prático do que são e de como funcionam RMI e JNDI Roberto Vezzoni (roberto.vezzoni@gmail.com): SCJP, faz Ciência da Computação na Faesa e atua

Leia mais

Aula 09 Introdução à Java. Disciplina: Fundamentos de Lógica e Algoritmos Prof. Bruno Gomes http://www.profbrunogomes.com.br/

Aula 09 Introdução à Java. Disciplina: Fundamentos de Lógica e Algoritmos Prof. Bruno Gomes http://www.profbrunogomes.com.br/ Aula 09 Introdução à Java Disciplina: Fundamentos de Lógica e Algoritmos Prof. Bruno Gomes http://www.profbrunogomes.com.br/ Agenda da Aula Java: Sintaxe; Tipos de Dados; Variáveis; Impressão de Dados.

Leia mais

Invocação Remota MC704

Invocação Remota MC704 Invocação Remota MC704 Aplicações distribuídas Aplicação distribuída: conjunto de processos que cooperam entre si para prover um serviço ou realizar uma computação normalmente processos precisam invocar

Leia mais

Aula 2. Objetivos. Encapsulamento na linguagem Java; Utilizando a referência this.

Aula 2. Objetivos. Encapsulamento na linguagem Java; Utilizando a referência this. Aula 2 Objetivos Encapsulamento na linguagem Java; Utilizando a referência this. Encapsulamento, data hiding é um conceito bastante importante em orientação a objetos. É utilizado para restringir o acesso

Leia mais

Sistemas Distribuídos

Sistemas Distribuídos Sistemas Distribuídos Comunicação Remota Gustavo Reis gustavo.reis@ifsudestemg.edu.br 1 Comunicação entre processos está no coração de todo sistema distribuído. Não tem sentido estudar sistemas distribuídos

Leia mais

Invocação de Métodos em Objectos Remotos

Invocação de Métodos em Objectos Remotos Invocação de Métodos em Objectos Remotos Invocações de métodos remotas e locais A remote invocation B local C invocation local E invocation local invocation D remote invocation F Page 1 1 Invocação de

Leia mais

PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS -TRATAMENTO DE EXCEÇÕES. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. frozza@ifc-camboriu.edu.br

PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS -TRATAMENTO DE EXCEÇÕES. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. frozza@ifc-camboriu.edu.br PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS -TRATAMENTO DE EXCEÇÕES Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. frozza@ifc-camboriu.edu.br ROTEIRO 5. Tratamento de Exceções Introdução e conceitos Capturando exceção usando

Leia mais

Sistemas Distribuídos RPC Remote Procedure Call

Sistemas Distribuídos RPC Remote Procedure Call Sistemas Distribuídos RPC Remote Procedure Call Universidade Federal do ABC Turma: Ciência da Computação Prof. Dr. Francisco Isidro Massetto Cliente/Servidor Quais os problemas? Baseado em E/S Erro propagado

Leia mais

Objetos Distribuídos. Nazareno Andrade

Objetos Distribuídos. Nazareno Andrade Objetos Distribuídos Nazareno Andrade O Problema Orientação a objetos é um paradigma poderoso Modularidade, extensibilidade, manutenibilidade Porque distribuir os objetos: Localidade dos objetos Tolerância

Leia mais

Curso Adonai QUESTÕES Disciplina Linguagem JAVA

Curso Adonai QUESTÕES Disciplina Linguagem JAVA 1) Qual será o valor da string c, caso o programa rode com a seguinte linha de comando? > java Teste um dois tres public class Teste { public static void main(string[] args) { String a = args[0]; String

Leia mais

Java Básico. Classes Abstratas, Exceções e Interfaces Prof. Fernando Vanini Ic-Unicamp

Java Básico. Classes Abstratas, Exceções e Interfaces Prof. Fernando Vanini Ic-Unicamp Java Básico Classes Abstratas, Exceções e Interfaces Prof. Fernando Vanini Ic-Unicamp Classes Abstratas construção de uma classe abstrata construção de classes derivadas Classes e Herança Uma classe define

Leia mais

Linguagem de Programação JAVA. Técnico em Informática Professora Michelle Nery

Linguagem de Programação JAVA. Técnico em Informática Professora Michelle Nery Linguagem de Programação JAVA Técnico em Informática Professora Michelle Nery Agenda Regras paravariáveis Identificadores Válidos Convenção de Nomenclatura Palavras-chaves em Java Tipos de Variáveis em

Leia mais

Aplicações, durante a execução, podem incorrer em muitas espécies de erros de vários graus de severidade Quando métodos são invocados sobre um objeto:

Aplicações, durante a execução, podem incorrer em muitas espécies de erros de vários graus de severidade Quando métodos são invocados sobre um objeto: Tratamento de Exceções Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br Programação Orientada a Objetos Exceções Aplicações, durante a execução, podem incorrer em muitas espécies de erros de vários graus de severidade

Leia mais

Grupo I [6v] Considere o seguinte extracto de um programa de definição de uma calculadora apenas com a função soma de dois valores reais

Grupo I [6v] Considere o seguinte extracto de um programa de definição de uma calculadora apenas com a função soma de dois valores reais Número: Nome: Página 1 de 5 LEIC/LERC 2012/13, Repescagem do 1º Teste de Sistemas Distribuídos, 25 de Junho de 2013 Responda no enunciado, apenas no espaço fornecido. Identifique todas as folhas. Duração:

Leia mais

Sistemas Distribuídos

Sistemas Distribuídos Faculdades SENAC Análise e Desenvolvimento de Sistemas 28 de abril de 2010 Principais suportes de Java RMI (Remote Method Invocation), da Sun Microsystems DCOM (Distributed Component Object Model), da

Leia mais

Descrição. Implementação. Departamento de Informática e Estatística Universidade Federal de Santa Catarina LAB 4 Transferência de Arquivos

Descrição. Implementação. Departamento de Informática e Estatística Universidade Federal de Santa Catarina LAB 4 Transferência de Arquivos Departamento de Informática e Estatística Universidade Federal de Santa Catarina LAB 4 Transferência de Arquivos Descrição Implemente nesta atividade de laboratório um programa em Java utilizando threads

Leia mais

Laboratório de Computação VI JAVA IDL. Fabricio Aparecido Breve - 981648-9

Laboratório de Computação VI JAVA IDL. Fabricio Aparecido Breve - 981648-9 Laboratório de Computação VI JAVA IDL Fabricio Aparecido Breve - 981648-9 O que é Java IDL? Java IDL é uma tecnologia para objetos distribuídos, ou seja, objetos em diferentes plataformas interagindo através

Leia mais

Especialização em desenvolvimento para web com interfaces ricas. Tratamento de exceções em Java Prof. Fabrízzio A. A. M. N. Soares

Especialização em desenvolvimento para web com interfaces ricas. Tratamento de exceções em Java Prof. Fabrízzio A. A. M. N. Soares Especialização em desenvolvimento para web com interfaces ricas Tratamento de exceções em Java Prof. Fabrízzio A. A. M. N. Soares Objetivos Conceito de exceções Tratar exceções pelo uso de try, catch e

Leia mais

Sintaxe Geral Tipos de Dados. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc.

Sintaxe Geral Tipos de Dados. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. Sintaxe Geral Tipos de Dados Comentários Comentários: De linha: // comentário 1 // comentário 2 De bloco: /* linha 1 linha 2 linha n */ De documentação: /** linha1 * linha2 */ Programa Exemplo: ExemploComentario.java

Leia mais

UNIVERSIDADE. Sistemas Distribuídos

UNIVERSIDADE. Sistemas Distribuídos UNIVERSIDADE Sistemas Distribuídos Ciência da Computação Prof. Jesus José de Oliveira neto Aula 17-18: Middleware: Implementação de RMI (cont.), RPC, Modelo de Eventos, Exemplo com Java RMI Chamadas dinâmicas

Leia mais

Objetos distribuídos. Roteiro. Java IDL

Objetos distribuídos. Roteiro. Java IDL Objetos distribuídos Java IDL Roteiro Java IDL Definindo a interface IDL Compilando a interface IDL Criando o servidor Criando o cliente Rodando a aplicação Rodando a aplicação em duas máquinas Java IDL

Leia mais

Programação Orientada a Objetos em java. Polimorfismo

Programação Orientada a Objetos em java. Polimorfismo Programação Orientada a Objetos em java Polimorfismo Polimorfismo Uma característica muito importante em sistemas orientados a objetos Termo proveniente do grego, e significa muitas formas Em POO, significa

Leia mais

Sistemas Distribuídos RPC x RMI. Edeyson Andrade Gomes www.edeyson.com.br

Sistemas Distribuídos RPC x RMI. Edeyson Andrade Gomes www.edeyson.com.br Sistemas Distribuídos RPC x RMI Edeyson Andrade Gomes www.edeyson.com.br Roteiro da Aula Chamada Remota a Procedimento Definição Passagem de Parâmetros STUBS Semântica de Falhas 2 RPC Chamada Remota a

Leia mais

Licenciatura em Engenharia Informática PROVA DE TESTE PRÁTICO Sistemas Distribuídos I 2º Semestre, 2005/2006

Licenciatura em Engenharia Informática PROVA DE TESTE PRÁTICO Sistemas Distribuídos I 2º Semestre, 2005/2006 Departamento de Informática Faculdade de Ciências e Tecnologia UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA Licenciatura em Engenharia Informática PROVA DE TESTE PRÁTICO Sistemas Distribuídos I 2º Semestre, 2005/2006 NOTAS:

Leia mais

Desenvolvimento de Aplicações Java/CORBA

Desenvolvimento de Aplicações Java/CORBA Tutorial Desenvolvimento de Aplicações Java/CORBA Emerson Ribeiro de Mello, Fábio Favarim e Joni da Silva Fraga {emerson, fabio, fraga@das.ufsc.br Este tutorial ensina como criar uma aplicação distribuída

Leia mais

Middleware de Aplicações Paralelas/Distribuídas

Middleware de Aplicações Paralelas/Distribuídas Computação Paralela Middleware de Aplicações Paralelas/Distribuídas João Luís Ferreira Sobral Departamento do Informática Universidade do Minho Outubro 2005 Principais aspectos a gerir pelo Middleware

Leia mais

Bacharelado em Ciência e Tecnologia BC-0505 - Processamento da Informação Teoria Arquivos Prof. Edson Pinheiro Pimentel edson.pimentel@ufabc.edu.

Bacharelado em Ciência e Tecnologia BC-0505 - Processamento da Informação Teoria Arquivos Prof. Edson Pinheiro Pimentel edson.pimentel@ufabc.edu. Bacharelado em Ciência e Tecnologia BC-0505 - Processamento da Informação Teoria Arquivos Prof. Edson Pinheiro Pimentel edson.pimentel@ufabc.edu.br Conceitos Arquivos permitem armazenar dados de maneira

Leia mais

UNIVERSIDADE. Sistemas Distribuídos

UNIVERSIDADE. Sistemas Distribuídos UNIVERSIDADE Sistemas Distribuídos Ciência da Computação Prof. Jesus José de Oliveira Neto Web Services (continuação) WSDL - Web Service Definition Language WSDL permite descrever o serviço que será oferecido

Leia mais

Acesso a Banco. Conexão em Java. Conexão em Java. Programação Orientada a Objetos Profa. Cristiane e Prof. Daniel

Acesso a Banco. Conexão em Java. Conexão em Java. Programação Orientada a Objetos Profa. Cristiane e Prof. Daniel Acesso a Banco Programação Orientada a Objetos Profa. Cristiane e Prof. Daniel As conexões em Java são feitas através de uma ponte que implementa todas as funcionalidades que um banco de dados padrão deve

Leia mais

Exemplos práticos do uso de RMI em sistemas distribuídos

Exemplos práticos do uso de RMI em sistemas distribuídos Exemplos práticos do uso de RMI em sistemas distribuídos Elder de Macedo Rodrigues, Guilherme Montez Guindani, Leonardo Albernaz Amaral 1 Fábio Delamare 2 Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande

Leia mais

Enterprise Java Beans

Enterprise Java Beans Enterprise Java Beans Prof. Pasteur Ottoni de Miranda Junior DCC PUC Minas Disponível em www.pasteurjr.blogspot.com 1-O que é um Enterprise Java Bean? O Entertprise Java Bean (EJB) é um componente server-side

Leia mais

Um pouco do Java. Prof. Eduardo

Um pouco do Java. Prof. Eduardo Um pouco do Java Prof. Eduardo Introdução A tecnologia JAVA é composta pela linguagem de programação JAVA e pela plataforma de desenvolvimento JAVA. Os programas são escritos em arquivos-texto com a extensão.java.

Leia mais

Programação Concorrente em Java. Profa Andréa Schwertner Charão DLSC/CT/UFSM

Programação Concorrente em Java. Profa Andréa Schwertner Charão DLSC/CT/UFSM Programação Concorrente em Java Profa Andréa Schwertner Charão DLSC/CT/UFSM O que é programação concorrente? Um programa, múltiplos fluxos de execução Quando usar programação concorrente? Desempenho Ex.:

Leia mais

Programação Na Web. Linguagem Java Parte II. break com o nome do bloco. Sintaxe. Nome do bloco. Termina o bloco. António Gonçalves ...

Programação Na Web. Linguagem Java Parte II. break com o nome do bloco. Sintaxe. Nome do bloco. Termina o bloco. António Gonçalves ... Programação Na Web Linguagem Java Parte II Sintaxe António Gonçalves break com o nome do bloco Nome do bloco Termina o bloco class class Matrix Matrix { private private int[][] int[][] mat; mat; public

Leia mais

Exercícios de Revisão Java Básico

Exercícios de Revisão Java Básico Exercícios de Revisão Java Básico (i) Programação básica (estruturada) 1) Faça um programa para calcular o valor das seguintes expressões: S 1 = 1 1 3 2 5 3 7 99... 4 50 S 2 = 21 50 22 49 23 48...250 1

Leia mais

Objetos Distribuídos em Java

Objetos Distribuídos em Java J530 - Enterprise JavaBeans Objetos Distribuídos em Java Helder da Rocha (helder@acm.org) argonavis.com.br 1 Objetivo O objetivo deste módulo é fornecer os pré-requisitos de computação distribuída necessários

Leia mais

Informática UFRGS. Programação com Objetos Distribuídos (C. Geyer) C# Remote V0 1

Informática UFRGS. Programação com Objetos Distribuídos (C. Geyer) C# Remote V0 1 .NET Remoting Programação com Objetos Distribuídos (C. Geyer) C# Remote V0 1 Autoria Autores 1a versão Fabio Augusto Dal Castel colaboração revisão Eduardo F. Seganfredo Rodrigo Gatto C. Geyer Programação

Leia mais

Comandos de repetição For (inicialização; condição de execução; incremento/decremento) { //Código }

Comandos de repetição For (inicialização; condição de execução; incremento/decremento) { //Código } Este documento tem o objetivo de demonstrar os comandos e sintaxes básicas da linguagem Java. 1. Alguns passos para criar programas em Java As primeiras coisas que devem ser abordadas para começar a desenvolver

Leia mais

Java. Marcio de Carvalho Victorino www.dominandoti.eng.br

Java. Marcio de Carvalho Victorino www.dominandoti.eng.br Java Marcio de Carvalho Victorino www.dominandoti.eng.br 3. Considere as instruções Java abaixo: int cont1 = 3; int cont2 = 2; int cont3 = 1; cont1 += cont3++; cont1 -= --cont2; cont3 = cont2++; Após a

Leia mais

A Linguagem Java. Alberto Costa Neto DComp - UFS

A Linguagem Java. Alberto Costa Neto DComp - UFS A Linguagem Java Alberto Costa Neto DComp - UFS 1 Roteiro Comentários Variáveis Tipos Primitivos de Dados Casting Comandos de Entrada e Saída Operadores Constantes 2 Comentários /** Classe para impressão

Leia mais

Guia de Fatores de Qualidade de OO e Java

Guia de Fatores de Qualidade de OO e Java Qualiti Software Processes Guia de Fatores de Qualidade de OO e Java Versã o 1.0 Este documento só pode ser utilizado para fins educacionais, no Centro de Informática da Universidade Federal de Pernambuco.

Leia mais

OBJETOS DISTRIBUÍDOS E INVOCAÇÃO REMOTA

OBJETOS DISTRIBUÍDOS E INVOCAÇÃO REMOTA OBJETOS DISTRIBUÍDOS E INVOCAÇÃO REMOTA SUMÁRIO Introdução Comunicação entre objetos distribuídos Eventos e Notificações 1.INTRODUÇÃO Middleware oferece: Transparência de localização Independência de protocolos

Leia mais

Prova de Java. 1) Copie o programa abaixo no eclipse e complete-o, utilizando os conceitos aprendidos durante o curso. (4 pontos)

Prova de Java. 1) Copie o programa abaixo no eclipse e complete-o, utilizando os conceitos aprendidos durante o curso. (4 pontos) Prova de Java 1) Copie o programa abaixo no eclipse e complete-o, utilizando os conceitos aprendidos durante o curso. (4 pontos) O programa consiste em uma aplicação que simula o comportamento de dois

Leia mais

Exercício programa para MAC5796

Exercício programa para MAC5796 Exercício programa para MAC5796 Walter Mascarenhas e Helton Rosa 9 de setembro de 2008 Resumo Esse documento explica dois aspectos do exercício programa para MAC5796: o processo de invocação remota de

Leia mais

CONCEITOS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO CARACTERÍSTICAS. João Gabriel Ganem Barbosa

CONCEITOS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO CARACTERÍSTICAS. João Gabriel Ganem Barbosa CONCEITOS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO CARACTERÍSTICAS João Gabriel Ganem Barbosa Sumário Motivação História Linha do Tempo Divisão Conceitos Paradigmas Geração Tipos de Dados Operadores Estruturada vs

Leia mais

Java 2 Standard Edition Como criar classes e objetos

Java 2 Standard Edition Como criar classes e objetos Java 2 Standard Edition Como criar classes e objetos Helder da Rocha www.argonavis.com.br 1 Assuntos abordados Este módulo explora detalhes da construção de classes e objetos Construtores Implicações da

Leia mais

Alocação Dinâmica e Transparente de Computadores Ociosos em Java

Alocação Dinâmica e Transparente de Computadores Ociosos em Java Alocação Dinâmica e Transparente de Computadores Ociosos em Java Márcia Cristina Cera, Rodrigo Righi e Marcelo Pasin {cera, rodrigor, pasin}@inf.ufsm.br Universidade Federal de Santa Maria - UFSM Laboratório

Leia mais

Algoritmos I Aula 13 Java: Tipos básicos, variáveis, atribuições e expressões

Algoritmos I Aula 13 Java: Tipos básicos, variáveis, atribuições e expressões Algoritmos I Aula 13 Java: Tipos básicos, variáveis, atribuições e expressões Professor: Max Pereira http://paginas.unisul.br/max.pereira Ciência da Computação Primeiro Programa em Java public class OlaPessoal

Leia mais

1.6. Tratamento de Exceções

1.6. Tratamento de Exceções Paradigmas de Linguagens I 1 1.6. Tratamento de Exceções Uma exceção denota um comportamento anormal, indesejado, que ocorre raramente e requer alguma ação imediata em uma parte do programa [GHE 97, DER

Leia mais

Reuso com Herança a e Composiçã

Reuso com Herança a e Composiçã Java 2 Standard Edition Reuso com Herança a e Composiçã ção Helder da Rocha www.argonavis.com.br 1 Como aumentar as chances de reuso Separar as partes que podem mudar das partes que não mudam. Exemplo:

Leia mais

Construção de novas Classes em Java. Classes Atributos Métodos Herança...

Construção de novas Classes em Java. Classes Atributos Métodos Herança... Construção de novas Classes em Java Classes Atributos Métodos Herança... 1 Exemplo Representação em UML Java (Unified Modeling Language) Stack items : Vector Stack( ) push( ) pop( ) isempty( ) finalize(

Leia mais

RMI: Uma Visão Conceitual

RMI: Uma Visão Conceitual RMI: Uma Visão Conceitual Márcio Castro, Mateus Raeder e Thiago Nunes 11 de abril de 2007 Resumo Invocação de Método Remoto (Remote Method Invocation - RMI) trata-se de uma abordagem Java para disponibilizar

Leia mais

Módulo 02 Programação Orientada a Objetos. Última atualização: 07/06/2010

Módulo 02 Programação Orientada a Objetos. Última atualização: 07/06/2010 Módulo 02 Programação Orientada a Objetos Última atualização: 07/06/2010 1 Objetivos Definir conceitos de orientação a objetos: o abstração, encapsulamento, pacotes. Discutir reutilização de código em

Leia mais

Escola Superior de Gestão e Tecnologia. Tratamento de Exceções

Escola Superior de Gestão e Tecnologia. Tratamento de Exceções Escola Superior de Gestão e Tecnologia Tratamento de Exceções Objetivos Compreender como o tratamento de exceção e de erro funciona. Como u4lizar try, throw e catch para detectar, indicar e tratar exceções,

Leia mais

FBV - Linguagem de Programação II. Um pouco sobre Java

FBV - Linguagem de Programação II. Um pouco sobre Java FBV - Linguagem de Programação II Um pouco sobre Java História 1992: um grupo de engenheiros da Sun Microsystems desenvolve uma linguagem para pequenos dispositivos, batizada de Oak Desenvolvida com base

Leia mais

ELTER GIROTTO DA CRUZ IMPLEMENTAÇÃO DE UMA BIBLIOTECA DE COMUNICAÇÃO PARA AMBIENTES VIRTUAIS DISTRIBUÍDOS

ELTER GIROTTO DA CRUZ IMPLEMENTAÇÃO DE UMA BIBLIOTECA DE COMUNICAÇÃO PARA AMBIENTES VIRTUAIS DISTRIBUÍDOS FUNDAÇÃO DE ENSINO EURÍPIDES SOARES DA ROCHA CENTRO UNIVERSITÁRIO EURÍPIDES DE MARÍLIA UNIVEM BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO ELTER GIROTTO DA CRUZ IMPLEMENTAÇÃO DE UMA BIBLIOTECA DE COMUNICAÇÃO PARA

Leia mais

Orientação a Objetos com Java

Orientação a Objetos com Java Orientação a Objetos com Java Julio Cesar Nardi julionardi@yahoo.com.br 2011/2 Apresentação 3: Orientação Objetos: Conceitos Básicos Objetivos: Compreender os Conceitos Básicos da Orientação a Objetos;

Leia mais

Exercício 1 : As classes abaixo serão utilizadas neste exercício: public class Ponto { int x; int y; public Ponto(int x, int y){ this.

Exercício 1 : As classes abaixo serão utilizadas neste exercício: public class Ponto { int x; int y; public Ponto(int x, int y){ this. Exercício 1 : As classes abaixo serão utilizadas neste exercício: public class Ponto { int x; int y; public Ponto(int x, int y){ this.x = x; this.y = y; public String tostring(){ return "(" + x + "," +

Leia mais

Como criar um EJB. Criando um projeto EJB com um cliente WEB no Eclipse

Como criar um EJB. Criando um projeto EJB com um cliente WEB no Eclipse Como criar um EJB Criando um projeto EJB com um cliente WEB no Eclipse Gabriel Novais Amorim Abril/2014 Este tutorial apresenta o passo a passo para se criar um projeto EJB no Eclipse com um cliente web

Leia mais

JavaScript 2.0X 1.0 3.0X 1.1 4.0 4.05 1.2 4.06 4.61 1.3 5.0 1.4 6.0 1.5

JavaScript 2.0X 1.0 3.0X 1.1 4.0 4.05 1.2 4.06 4.61 1.3 5.0 1.4 6.0 1.5 JavaScript Diego R. Frank, Leonardo Seibt FIT Faculdades de Informática de Taquara Fundação Educacional Encosta Inferior do Nordeste Av. Oscar Martins Rangel, 4500 Taquara RS Brasil difrank@terra.com.br,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CURSO: Ciência da Computação DATA: / / 2013 PERÍODO: 4 o. PROFESSOR: Andrey DISCIPLINA: Técnicas Alternativas de Programação AULA: 02 APRESENTAÇÃO: Apresentação; conceitos básicos da linguagem java; estrutura

Leia mais

Padrões de Projeto. Singleton

Padrões de Projeto. Singleton Padrões de Projeto Padrões de Criação Singleton Singleton Assegura que uma classe tenha apenas uma instância e provê um ponto de acesso global a ela 2 Livro Texto: Design Pattern - Elements 1 Motivação

Leia mais

Programação Orientada a Objetos com Java. Prof. Júlio Machado julio.machado@pucrs.br

Programação Orientada a Objetos com Java. Prof. Júlio Machado julio.machado@pucrs.br Programação Orientada a Objetos com Java Prof. Júlio Machado julio.machado@pucrs.br TRATAMENTO DE EXCEÇÕES Tratamento de Exceções O tratamento de exceções de Java envolve vários conceitos importantes:

Leia mais

8 Classes Internas. Desenvolvimento OO com Java. Vítor E. Silva Souza (vitorsouza@inf.ufes.br) http://www.inf.ufes.

8 Classes Internas. Desenvolvimento OO com Java. Vítor E. Silva Souza (vitorsouza@inf.ufes.br) http://www.inf.ufes. Desenvolvimento OO com Java 8 Classes Internas Vítor E. Silva Souza (vitorsouza@inf.ufes.br) http://www.inf.ufes.br/ ~ vitorsouza Departamento de Informática Centro Tecnológico Universidade Federal do

Leia mais

JLANSCHOOL - APLICAÇÃO DA TECNOLOGIA JAVA RMI NO DESENVOLVIMENTO DE UM SOFTWARE DE GERÊNCIA DE LABORATÓRIO DE COMPUTADORES

JLANSCHOOL - APLICAÇÃO DA TECNOLOGIA JAVA RMI NO DESENVOLVIMENTO DE UM SOFTWARE DE GERÊNCIA DE LABORATÓRIO DE COMPUTADORES JLANSCHOOL - APLICAÇÃO DA TECNOLOGIA JAVA RMI NO DESENVOLVIMENTO DE UM SOFTWARE DE GERÊNCIA DE LABORATÓRIO DE COMPUTADORES Everton Sant Ana de Araujo 1 Resumo. O presente trabalho apresenta o desenvolvimento

Leia mais

Sobre o Professor Dr. Sylvio Barbon Junior

Sobre o Professor Dr. Sylvio Barbon Junior 5COP088 Laboratório de Programação Aula 1 Java Prof. Dr. Sylvio Barbon Junior Sylvio Barbon Jr barbon@uel.br 1 Sobre o Professor Dr. Sylvio Barbon Junior Formação: Ciência e Engenharia da Computação (2005

Leia mais

Computação Paralela. Uma framework para aplicações concorrentes João Luís Ferreira Sobral Departamento do Informática Universidade do Minho

Computação Paralela. Uma framework para aplicações concorrentes João Luís Ferreira Sobral Departamento do Informática Universidade do Minho Computação Paralela Uma framework para aplicações concorrentes João Luís Ferreira Sobral Departamento do Informática Universidade do Minho Dezembro 2005 Fases de desenvolvimento de aplicações paralelas

Leia mais

Para desenvolver a atividade a atividade desta aula utilizaremos o ambiente de desenvolvimento integrado NetBeans.

Para desenvolver a atividade a atividade desta aula utilizaremos o ambiente de desenvolvimento integrado NetBeans. 1 - Criando uma classe em Java Para desenvolver a atividade a atividade desta aula utilizaremos o ambiente de desenvolvimento integrado NetBeans. Antes de criarmos a(s) classe(s) é necessário criar o projeto

Leia mais

Modificador static e Pacotes. Alberto Costa Neto DComp - UFS

Modificador static e Pacotes. Alberto Costa Neto DComp - UFS Modificador static e Pacotes Alberto Costa Neto DComp - UFS 1 Roteiro Modificador static Pacotes 2 Modificador static Instanciando a classe Funcionário matricula nome cpf salario salario-min getmatricula()

Leia mais