ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM"

Transcrição

1 ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM 1. Curso: Missão do Colégio: Promover o desenvolvimento do cidadão e, na sua ação educativa, oportunizar alternativas para o sistema educacional. Visão: Ser referencial na Educação Básica, promovendo o desenvolvimento das relações humanas, comprometido com o conhecimento e a atualização de recursos científicos e tecnológicos para o pleno exercício da cidadania. 2. Dados de Identificação: Período letivo: 2012 Disciplina: Matemática Professor: Cleberson de Lima Mendes Carga horária: 5 horas semanais Ano/Série: 8ª série Ensino Fundamental 3. Eixo Norteador: Na Educação Infantil as atividades são desenvolvidas de acordo com os Referenciais Curriculares Nacionais RCN. No Ensino Fundamental e Médio as disciplinas têm como diretriz curricular os Parâmetros Curriculares Nacionais PCN. 4. Importância da disciplina na formação do aluno: (Justificativa) De acordo com os PCN (BRASIL,1997) a Matemática desempenha um papel muito importante na vida escolar, pois permite que o aluno resolva problemas da vida do cotidiano, tem várias aplicações no mundo do trabalho e serve como um instrumento para aquisição de conhecimento em outras áreas curriculares. Apesar de seu caráter abstrato, seus conceito e resultados têm origem no mundo real e encontram muitas aplicações em outras ciências e em inúmeros aspectos práticos da vida diária: na indústria, comércio e na área tecnológica. Dessa maneira, podemos considerar que a matemática ocupa um papel importante na formação do aluno, buscando não apenas efetivar um saber a mais, mas uma contribuição para formação de cidadãos críticos e conscientes de seus direitos e deveres em uma sociedade democrática, ampliando sua visão de mundo. 5. Objetivo geral (prever a contribuição da disciplina em termos de conhecimento, habilidades e atitudes para a formação do aluno) Ampliar o conceito de número real, respectivas operações e propriedades, assim como os conhecimentos algébricos e geométricos, com ênfase no estudo de funções, razões métricas e trigonométricas e noções de estatística.

2 6. Objetivos específicos (prever o desdobramento das ações/procedimentos para alcançar o objetivo geral) - Calcular potências de base real e expoente inteiro; - Reconhecer e aplicar propriedades das potências de base real e expoente inteiro; - Resolver situações-problema que envolvam a necessidade da utilização da potência de base 10 para a notação cientifica; - Resolver expressões numéricas com radicais; - Reconhecer que não existe em R raiz de índice par e expoente negativo; - Saber transformar radical em potência; - Efetuar simplificação de radicais; - Reconhecer e aplicar a propriedade da raiz de um produto; - Efetuar operações com radicais; - Calcular expressões algébricas que envolvem radicais, aplicando produtos notáveis já conhecidos; - Aplicar as propriedades dos radicais para racionalizar denominadores; - Resolver equações do 2º grau incompletas sem aplicação de fórmula; - Aplicar a fórmula de Bháskara na resolução de equações do 2º grau completas; - Obter a solução geral de uma equação literal; - Identificar o discriminante de uma equação do 2º grau; - Resolver situações-problema que envolva as equações estudadas. - Determinar a razão de dois segmentos dados; - Verificar experimentalmente o Teorema fundamental das proporções para compreender o Teorema de Tales; - Aplicar e demonstrar o Teorema de Tales: um feixe de paralelas determina sobre duas transversais e segmentos proporcionais; - Constatar a propriedade de semelhança de triângulos, por meio de experiências práticas, tais como: a construção de triângulos e a observação das regularidades presentes; - Determinar a razão de semelhança entre dois triângulos; - Utilizar os resultados de cálculos de perímetro e de área na percepção das regularidades existentes na ampliação ou na redução de formas geométricas planas. - Reconhecer e aplicar os casos de semelhança de triângulos - Reconhecer e aplicar as relações métricas no triangulo retângulo; - Identificar e demonstrar o Teorema de Pitágoras;

3 - Resolver problemas que envolvem o cálculo da diagonal do quadrado e o cálculo da altura de um triângulo eqüilátero; - Reconhecer o seno, o cosseno e a tangente como razões trigonométricas de um ângulo; - Aplicar os conceitos de seno, cosseno e tangente dos ângulos notáveis na resolução de problemas; - Resolver situações-problema que envolva o cálculo do seno, cosseno ou tangente; - Reconhecer quando uma correspondência entre duas grandezas caracteriza uma função; - Reconhecer funções representadas por tabelas, por fórmulas e por gráficos; - Efetuar cálculos e interpretar resultados usando a notação f(x); - Reconhecer funções representadas por tabelas, por fórmulas e por gráficos; - Reconhecer uma função constante; - Reconhecer o significado dos coeficientes da função y = ax + b. 7. Descrever proposta(s) de integração curricular (Propor, pelo menos, uma atividade pedagógica que envolva outras disciplinas). Poderão ser desenvolvidas ao longo do ano, atividades curriculares entre as disciplinas: - Matemática e Cências: Práticas de laboratório envolvendo cálculos de medidas de capacidade e transformação de unidades de medida. Além disso, está previsto uma aula de campo no CEPA Rugendas em São Bento do Sul. 8. Unidades e Tópicos Número de Unidade I Aulas Teorema de Tales Previstas 1 10 Tópico 1: Segmentos proporcionais. Tópico 2: Feixe de retas paralelas intersectadas por uma transversal.. Procedimentos de ensino / aprendizagem da Unidade Atividades de Avaliação - Trabalho individual; 11 Unidade II Semelhança Tópico 1: Figuras semelhantes. Tópico 2: Polígonos Semelhantes - Leitura de textos; 1 Dimensionar o número de aulas previstas de acordo com o Calendário Letivo da UNIVILLE.

4 08 Unidade III Pontos Notáveis de um triângulo 11 Unidade IV Radicais 08 Unidade V Transformações Geométricas Tópico 3: Razão de Semelhança. Tópico 4: Semelhança nos triângulos. Tópico 1: Mediana, altura, bissetriz, mediatriz. Tópico 2: Boaricentro, ortocentro, incentro, circuncentro. Tópico 1: Definição de raiz. Tópico 2: Propriedades dos radicais. Tópico 3: Transformação de radical em potência. Tópico 4: simplificação de radicais. Tópico 5: Operações com radicais. Tópico 6: Racionalização de denominadores. Tópico 1: Reflexão. Tópico 2: Rotação. Tópico 3: Translação - Observação de imagens e fotos; - Aula prática para determinação de medidas inacessíveis. - Construções geométricas; desafio, - Experimentos. - Utilização de jogos; desafio, apostila e no - Utilização do Geoplano; - Construções geométricas; - Utilização de vídeos. - Avaliação: Unidade I e II. - Uso dos materiais solicitados em sala. - Avaliação: Unidade III e IV. - Trabalho em grupo. 14 Unidade VI Equação do 2º grau 10 Unidade VII Relações Métricas Tópico 1: Equação do 2º grau. Tópico 2: Resolução de uma equação do 2º grau. Tópico 3: Equações biquadradas. Tópico 4: Equações irracionais. Tópico 1: Relações Métricas no triângulo retângulo; - Utilização de jogos; - Aulas expositivas e dialogadas. - Experimento; - Trabalho de pesquisa; - Avaliação.

5 12 Unidade VIII Relações Trigonométricas no Triângulo Retângulo 12 Unidade IX Funções Tópico 2: Teorema de Pitágoras. Tópico 3: Relações Métricas em um triângulo quaisquer. Tópico 1: Razões especiais Tópico 2: Determinação de seno, cosseno e tangente dos ângulos agudos Tópico 3: Determinação de seno, cosseno e tangente dos ângulos notáveis de 30º, 45º e 60º Tópico 4: Relações trigonométricas em um triângulo qualquer. Tópico 1: Definição de função Tópico 2: Lei de formação Tópico 3: Construção de gráficos Tópico 4: Função afim - Aulas expositivas e dialogadas - Aulas expositivas; - Aula prática: construção do Teodolito. - Aulas expositivas; - Construções geométricas utilizando softwares específicos; apostila e no - Avaliação Individual Unidade VII e VIII. - Avaliação individual. 11 Unidade X Polígonos 14 Unidade XI Função Quadrática Tópico 1: Polígonos inscritos em uma circunferência. Tópico 2: Polígonos circunscritos a uma circunferência. Tópico 3: Polígonos regulares Tópico 4: Área de um polígono regular. Tópico 1:O conceito de função. - Aulas expositivas; Tópico 2: Lei de formação. Tópico 3: Gráfico da função quadrática. Tópico 4: Função Quadrática. - Construções geométricas; apostila e no - Aulas expositivas. - Trabalho de Pesquisa. - Construções geométricas utilizando softwares específicos; apostila e no - Avaliação individual.

6 08 Unidade XII Matemática Financeira 07 Unidade XIII Analisando Dados Tópico 1: Razão, proporção e grandezas diretamente e inversamente. Tópico 2: Porcentagem. Tópico 3: Juros Simples. Tópico 1: Medidas de Tendência Central. Tópico 2: Medida aritmética e ponderada. Tópico 3: Corpos redondo. Tópico 4: Mediana e moda. Tópico 2: Razões especiais. Tópico 3: Grandezas diretamente proporcionais. Tópico 4: Grandezas inversamente proporcionais. Tópico 5: Grandezas nãoproporcionais. Tópico 6: Regra de três. - Trabalho de pesquisa; apostila e no - Aulas expositivas. - Leitura de Textos; - Aulas expositivas. - Trabalho em dupla. SAAB, Maria Aparecida Cirino. Matemática 9º ano, 8ª Série. Curitiba: Positivo, ANDRINI, Álvaro. VASCONCELOS, Maria José. Novo Praticando Matemática, 8ª série. São Paulo: Editora do Brasil, GIOVANNI JR., José Ruy; CASTRUCCI, Benedito. A CONQUISTA DA MATEMÁTICA. Edição renovada. São Paulo: Ed. FTD, SOUZA, Joamir; PATARO, Patrícia Moreno. Vontade de saber Matemática. São Paulo: Ed. FTD, Observações: - O planejamento da sala poderá ser adaptado às necessidades da turma, podendo sofrer alterações.

PLANEJAMENTO ANUAL DE MATEMÁTICA

PLANEJAMENTO ANUAL DE MATEMÁTICA COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE MATEMÁTICA Série: 9º ano do Ensino Fundamental

Leia mais

CONTEÚDOS DA DISCIPLINA DE MATEMÁTICA

CONTEÚDOS DA DISCIPLINA DE MATEMÁTICA CONTEÚDOS DA DISCIPLINA DE MATEMÁTICA 6ºANO CONTEÚDOS-1º TRIMESTRE Números naturais; Diferença entre número e algarismos; Posição relativa do algarismo dentro do número; Leitura do número; Sucessor e antecessor;

Leia mais

(A) 30 (B) 6 (C) 200 (D) 80 (E) 20 (A) 6 (B) 10 (C) 15 (D) 8 (E) 2 (A) 15 (B) 2 (C) 6 (D) 27 (E) 4 (A) 3 (B) 2 (C) 6 (D) 27 (E) 4

(A) 30 (B) 6 (C) 200 (D) 80 (E) 20 (A) 6 (B) 10 (C) 15 (D) 8 (E) 2 (A) 15 (B) 2 (C) 6 (D) 27 (E) 4 (A) 3 (B) 2 (C) 6 (D) 27 (E) 4 TEOREMA DE TALES. Na figura abaixo as retas r, s e t são (A) 0 (B) 6 (C) 00 (D) 80 (E) 0. Três retas paralelas são cortadas por duas Se AB = cm; BC = 6 cm e XY = 0 cm a medida, em cm, de XZ é: (A) 0 (B)

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE MATEMÁTICA 8.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE MATEMÁTICA 8.º ANO DE MATEMÁTICA 8.º ANO Ano Letivo 2015 2016 PERFIL DO ALUNO No domínio dos Números e Operações, o aluno deve ser capaz de relacionar números racionais e dízimas, completar a reta numérica e ordenar números

Leia mais

PLANO DE ENSINO DE MATEMÁTICA 5ª. SÉRIE, 6º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 1º BIMESTRE DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO CAIEIRAS

PLANO DE ENSINO DE MATEMÁTICA 5ª. SÉRIE, 6º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 1º BIMESTRE DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO CAIEIRAS PLANO DE ENSINO DE MATEMÁTICA 5ª. SÉRIE, 6º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 1º BIMESTRE 1-Estrutura do ensino de numeração decimal; agrupamento e contagens; valor posicional; operações básicas; operações inversas;

Leia mais

TAREFA UMA QUESTÃO DE EMERGÊNCIA

TAREFA UMA QUESTÃO DE EMERGÊNCIA TAREFA UMA QUESTÃO DE EMERGÊNCIA De modo a facilitar o transporte de doentes para os Hospital de S. Teotónio (Viseu), construiram-se dois heliportes, um em Gumirães e outro em Vil de Moinhos. Do Hospital

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DE. MATEMÁTICA 7º ano

PLANEJAMENTO ANUAL DE. MATEMÁTICA 7º ano COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE MATEMÁTICA 7º ano PROFESSORAS: SANDRA MARA

Leia mais

Matriz Curricular de Matemática 6º ao 9º ano 6º ano 6º Ano Conteúdo Sistemas de Numeração Sistema de numeração Egípcio Sistema de numeração Romano Sistema de numeração Indo-arábico 1º Trimestre Conjunto

Leia mais

1 TEOREMA DE TALES 2 APLICAÇÃO PARA TRIÂNGULOS 3 TEOREMA DA BISSETRIZ INTERNA. Matemática 2 Pedro Paulo

1 TEOREMA DE TALES 2 APLICAÇÃO PARA TRIÂNGULOS 3 TEOREMA DA BISSETRIZ INTERNA. Matemática 2 Pedro Paulo Matemática 2 Pedro Paulo GEOMETRIA PLANA XI 1 TEOREMA DE TALES No Nivelamento, um dos assuntos abordados foi Razão e Proporção. A proporção aparece em várias situações no dia-a-dia: por exemplo, na leitura

Leia mais

ITA - 2005 3º DIA MATEMÁTICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR

ITA - 2005 3º DIA MATEMÁTICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR ITA - 2005 3º DIA MATEMÁTICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR Matemática Questão 01 Considere os conjuntos S = {0,2,4,6}, T = {1,3,5} e U = {0,1} e as afirmações: I. {0} S e S U. II. {2} S\U e S T U={0,1}.

Leia mais

CURRÍCULO DE MATEMÁTICA PARA O ENSINO MÉDIO COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO

CURRÍCULO DE MATEMÁTICA PARA O ENSINO MÉDIO COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO CURRÍCULO DE MATEMÁTICA PARA O ENSINO MÉDIO COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO GOVERNADOR DE PERNAMBUCO Eduardo Campos VICE-GOVERNADOR João Lyra Neto SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO Ricardo

Leia mais

1. Localizar pessoas ou objetos no espaço, com base em diferentes pontos de referência algumas indicações de posição;

1. Localizar pessoas ou objetos no espaço, com base em diferentes pontos de referência algumas indicações de posição; PREFEITURA MUNICIPAL DE BETIM SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SEMED DIVISÃO PEDAGÓGICA DE ENSINO 2010 MATRIZ BÁSICA DO REFERENCIAL CURRICULAR DE BETIM 1 CICLO MATEMÁTICA 06 ANOS 07 ANOS 08 ANOS COMPETÊNCIAS

Leia mais

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA Professor, nós, da Editora Moderna, temos como propósito uma educação de qualidade, que respeita as particularidades de todo o país. Desta maneira, o apoio ao

Leia mais

EDITAL 2015 Testes de Português e Matemática - Material: com foto PORTUGUÊS Indicação bibliográfica: Na ponta da língua MATEMÁTICA

EDITAL 2015 Testes de Português e Matemática - Material: com foto PORTUGUÊS Indicação bibliográfica: Na ponta da língua MATEMÁTICA EDITAL 2015 2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL Testes de Português e Matemática - Material: o candidato deverá trazer: lápis apontados, apontador, borracha e o Compreensão e interpretação de textos; exploração

Leia mais

5 LG 1 - CIRCUNFERÊNCIA

5 LG 1 - CIRCUNFERÊNCIA 40 5 LG 1 - CIRCUNFERÊNCIA Propriedade: O lugar geométrico dos pontos do plano situados a uma distância constante r de um ponto fixo O é a circunferência de centro O e raio r. Notação: Circunf(O,r). Sempre

Leia mais

Atividade 01 Ponto, reta e segmento 01

Atividade 01 Ponto, reta e segmento 01 Atividade 01 Ponto, reta e segmento 01 1. Crie dois pontos livres. Movimente-os. 2. Construa uma reta passando por estes dois pontos. 3. Construa mais dois pontos livres em qualquer lugar da tela, e o

Leia mais

CONTEÚDOS METAS / DESCRITORES RECURSOS

CONTEÚDOS METAS / DESCRITORES RECURSOS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Planificação Anual de Matemática 6º Ano Ano Letivo 2015/2016

Leia mais

Matriz de Referência de Matemática da 8ª série do Ensino Fundamental. Comentários sobre os Temas e seus Descritores Exemplos de Itens

Matriz de Referência de Matemática da 8ª série do Ensino Fundamental. Comentários sobre os Temas e seus Descritores Exemplos de Itens Matriz de Referência de Matemática da 8ª série do Ensino Fundamental TEMA I ESPAÇO E FORMA Comentários sobre os Temas e seus Descritores Exemplos de Itens Os conceitos geométricos constituem parte importante

Leia mais

GUSTAVO HENRIQUE NOGUEIRA REZENDE PAIVA. Manual de atividades no Geogebra para a Educação Básica.

GUSTAVO HENRIQUE NOGUEIRA REZENDE PAIVA. Manual de atividades no Geogebra para a Educação Básica. GUSTAVO HENRIQUE NOGUEIRA REZENDE PAIVA Manual de atividades no Geogebra para a Educação Básica. Taguatinga, DF 2012 Novas tecnologias estão chegando às salas de aula e levando a muitas mudanças na relação

Leia mais

Plano Curricular de Matemática 9º ano - 2014 /2015-3º Ciclo

Plano Curricular de Matemática 9º ano - 2014 /2015-3º Ciclo Plano Curricular de Matemática 9º ano - 2014 /2015-3º Ciclo Tema/Subtema Conteúdos Metas Nº de Aulas Previstas Org.Trat.Dados / Planeamento Estatístico Especificação do problema Recolha de dados População

Leia mais

ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA CLARA DE RESENDE

ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA CLARA DE RESENDE 1. NÚMEROS NATURAIS ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA CLARA DE RESENDE CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO ESPECÍFICOS (Aprovados em Conselho Pedagógico a 21 de Outubro de 2014) No caso específico da disciplina de Matemática,

Leia mais

Gráfico de Funções: Seno, Cosseno e Tangente

Gráfico de Funções: Seno, Cosseno e Tangente Reforço escolar M ate mática Gráfico de Funções: Seno, Cosseno e Tangente Dinâmica 6 1ª Série 4º Bimestre Professor DISCIPLINA Série CAMPO CONCEITO Matemática 1a do Ensino Médio Geométrico Trigonometria

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Você que se inscreveu no Bolsão do Colégio Futuro Vip para cursar o 6º ano do Ensino Fundamental está recebendo o programa das provas. BOLSÃO 6º ANO Fonética Fonema distinção entre FONEMA e LETRA Sílaba

Leia mais

Planificação de Matemática -6ºAno

Planificação de Matemática -6ºAno DGEstE - Direção-Geral de Estabelecimentos Escolares Direção de Serviços Região Alentejo Agrupamento de Escolas de Moura código n.º 135471 Escola Básica nº 1 de Moura (EB23) código n.º 342294 Planificação

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS Curso Vocacional Equi+ Projeto Técnico-Pedagógico 2014-2016

PLANO DE ESTUDOS Curso Vocacional Equi+ Projeto Técnico-Pedagógico 2014-2016 PLANO DE ESTUDOS Curso Vocacional Equi+ Projeto Técnico-Pedagógico 2014-2016 Escola Profissional de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Vagos (EPADRV) 1. PLANO DE ESTUDOS Os cursos vocacionais do ensino

Leia mais

M A T E M Á T I C A DIRETRIZES GERAIS

M A T E M Á T I C A DIRETRIZES GERAIS M A T E M Á T I C A DIRETRIZES GERAIS O conteúdo programático de Matemática dos processos seletivos da UFU tem como objetivo identificar a habilidade do estudante em resolver problemas, fazer conexões

Leia mais

Geometria Plana 03 Prof. Valdir

Geometria Plana 03 Prof. Valdir Geometria lana 03 rof. Valdir TS TÁVEIS E U TRIÂGUL 1. RIETR É o ponto de equilíbrio ou centro de gravidade do triângulo. baricentro coincide com o ponto de intersecção das medianas do triângulo (na figura

Leia mais

ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA COLETÂNEA DE PROVAS DE MATEMÁTICA DO EXAME DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO DE SARGENTOS.

ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA COLETÂNEA DE PROVAS DE MATEMÁTICA DO EXAME DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO DE SARGENTOS. ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA COLETÂNEA DE PROVAS DE MATEMÁTICA DO EXAME DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO DE SARGENTOS ÁLGEBRA I: 003 a 013 Funções: definição de função; funções definidas por

Leia mais

Sumário. Apresentação da Coleção... 23

Sumário. Apresentação da Coleção... 23 Sumário Apresentação da Coleção... 23 INTRODUÇÃO... 25 O que é lógica?... 25 Divisão da Filosofia... 29 Lógica de Aristóteles... 30 Lógica Moderna... 30 Raciocínio lógico matemático... 32 Objeto da lógica...

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO PROPOSTA DE PLANEJAMENTO DO REFERENCIAL CURRICULAR POR ETAPA - 8º ANO - ETAPA 1

SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO PROPOSTA DE PLANEJAMENTO DO REFERENCIAL CURRICULAR POR ETAPA - 8º ANO - ETAPA 1 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSOR(A): Números inteiros: operações e problemas. Operações com números racionais na forma Operar com números racionais (fracionários fracionária e decimal; e/ou decimais) em situações

Leia mais

RELATÓRIOS PEDAGÓGICOS DO SARESP: DESEMPENHO DOS ALUNOS DE 9º ANO EM MATEMÁTICA

RELATÓRIOS PEDAGÓGICOS DO SARESP: DESEMPENHO DOS ALUNOS DE 9º ANO EM MATEMÁTICA RELATÓRIOS PEDAGÓGICOS DO SARESP: DESEMPENHO DOS ALUNOS DE 9º ANO EM MATEMÁTICA Giselle Barreto Santos¹, Amanda Cristina Teagno Lopes Marques², Graziela Marchi Tiago³ ¹ Instituto Federal de Educação, Ciência

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DE MATEMÁTICA

PLANEJAMENTO ANUAL DE MATEMÁTICA COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE MATEMÁTICA 6º ANO "... A minha contribuição

Leia mais

MINISTERIO DA DEFESA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXERCITO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO PREPARATORIA E ASSISTENCIAL

MINISTERIO DA DEFESA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXERCITO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO PREPARATORIA E ASSISTENCIAL MINISTERIO DA DEFESA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXERCITO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO PREPARATORIA E ASSISTENCIAL PLANO DE SEQUÊNCIAS DIDÁTICAS 6º ano / Ensino Fundamental Área: Ciências da Natureza,

Leia mais

Departamento de Matemática e Ciências Experimentais PLANO DE ESTUDO MATEMÁTICA 2014/2015-3ºCICLO. AVALIAÇÃO DO ALUNO MATEMÁTICA 2º/3º ciclos AVALIAÇÃO

Departamento de Matemática e Ciências Experimentais PLANO DE ESTUDO MATEMÁTICA 2014/2015-3ºCICLO. AVALIAÇÃO DO ALUNO MATEMÁTICA 2º/3º ciclos AVALIAÇÃO Uma Escola de Cidadania Uma Escola de Qualidade Agrupamento de Escolas Dr. Francisco Sanches Departamento de Matemática e Ciências Experimentais PLANO DE ESTUDO MATEMÁTICA 201/2015-3ºCICLO OBJETO A AVALIAR

Leia mais

Uma Introdução às Construções Geométricas

Uma Introdução às Construções Geométricas page 1 Uma Introdução às Construções Geométricas Eduardo Wagner page 2 Texto já revisado pela nova ortografia. page 3 Eισαγωγή στ ις Γεωµετ ρική κατ ασκευές Eduardo Wagner page 4 page i Apresentação Oι

Leia mais

Escola: ( ) Atividade ( ) Avaliação Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota:

Escola: ( ) Atividade ( ) Avaliação Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota: Escola: ( ) Atividade ( ) Avaliação Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota: Questão 1 (OBMEP RJ) Num triângulo retângulo, definimos o cosseno de seus ângulos agudos O triângulo retângulo da figura

Leia mais

TABELA DE FERRAMENTAS GEOGEBRA 4

TABELA DE FERRAMENTAS GEOGEBRA 4 TABELA DE FERRAMENTAS GEOGEBRA 4 JANELA 1 JANELA 2 JANELA 3 JANELA 4 JANELA 5 JANELA 6 JANELA 7 JANELA 8 JANELA 9 JANELA 10 JANELA 11 JANELA 12 Mover Novo Ponto Reta definida Reta Polígono Círculo Elipse

Leia mais

PROVA DE MATEMÁTICA VESTIBULAR 2013 - FGV CURSO DE ECONOMIA RESOLUÇÃO: Profa. Maria Antônia C. Gouveia

PROVA DE MATEMÁTICA VESTIBULAR 2013 - FGV CURSO DE ECONOMIA RESOLUÇÃO: Profa. Maria Antônia C. Gouveia PROVA DE MATEMÁTICA VESTIBULAR 0 - FGV CURSO DE ECONOMIA Profa. Maria Antônia C. Gouveia QUESTÃO 0 Laura caminha pelo menos km por dia. Rita também caminha todos os dias, e a soma das distâncias diárias

Leia mais

Assinale as proposições verdadeiras, some os valores obtidos e marque os resultados na Folha de Respostas.

Assinale as proposições verdadeiras, some os valores obtidos e marque os resultados na Folha de Respostas. PROVA APLICADA ÀS TURMAS DO O ANO DO ENSINO MÉDIO DO COLÉGIO ANCHIETA EM MARÇO DE 009. ELABORAÇÃO: PROFESSORES OCTAMAR MARQUES E ADRIANO CARIBÉ. PROFESSORA MARIA ANTÔNIA C. GOUVEIA QUESTÕES DE 0 A 08.

Leia mais

XXIX Olimpíada de Matemática da Unicamp Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica Universidade Estadual de Campinas

XXIX Olimpíada de Matemática da Unicamp Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica Universidade Estadual de Campinas Gabarito da Prova da Primeira Fase Nível Alfa 1 Questão 1 Sabemos que a água do mar contém 3, 5% do seu peso em sal, isto é, um quilograma de água do mar contém 35 gramas de sal (a) Determine quantos litros

Leia mais

Projeto CONDIGITAL Portas da Matemática Guia do Professor

Projeto CONDIGITAL Portas da Matemática Guia do Professor Projeto CONDIGITAL Portas da Matemática Guia do Professor Página 1 de 7 Caro(a) professor(a) Guia do Professor A utilização de simulações digitais como objetos de aprendizagem tem sido difundida atualmente

Leia mais

PROGRAMA DE MATEMÁTICA

PROGRAMA DE MATEMÁTICA PROGRAMA DE MATEMÁTICA 7ª, 8ª e 9ª classes 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO Ficha Técnica Título Programa de Matemática - 7ª, 8ª e 9ª classes Editora Editora Moderna, S.A. Pré-impressão, Impressão e Acabamento

Leia mais

Seguem orientações quanto às atividades a serem executadas no 4º bimestre.

Seguem orientações quanto às atividades a serem executadas no 4º bimestre. COLÉGIO NOVO ATENEU 19/10/2012 Srs. Pais ou Responsáveis Seguem orientações quanto às atividades a serem executadas no 4º bimestre. 1. Atividades diferenciadas 1 a 28/10 Período de atividades avaliativas

Leia mais

ENSINAR E APRENDER COM A GEOMETRIA DAS DOBRADURAS. Palavras-chave: Origami; Ensino-Aprendizagem; Geometria Plana.

ENSINAR E APRENDER COM A GEOMETRIA DAS DOBRADURAS. Palavras-chave: Origami; Ensino-Aprendizagem; Geometria Plana. ENSINAR E APRENDER COM A GEOMETRIA DAS DOBRADURAS Luana Lazzari 1 Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Câmpus Bento Gonçalves luana.lazzari@bento.ifrs.edu.br Marcos

Leia mais

A Matemática no Vestibular do ITA. Material Complementar: Prova 2014. c 2014, Sergio Lima Netto sergioln@smt.ufrj.br

A Matemática no Vestibular do ITA. Material Complementar: Prova 2014. c 2014, Sergio Lima Netto sergioln@smt.ufrj.br A Matemática no Vestibular do ITA Material Complementar: Prova 01 c 01, Sergio Lima Netto sergioln@smtufrjbr 11 Vestibular 01 Questão 01: Das afirmações: I Se x, y R Q, com y x, então x + y R Q; II Se

Leia mais

DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO ALENTEJO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE FRONTEIRA PLANIFICAÇÃO ANUAL

DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO ALENTEJO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE FRONTEIRA PLANIFICAÇÃO ANUAL DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO ALENTEJO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE FRONTEIRA PLANIFICAÇÃO ANUAL Professor: Pedro Miguel Bezerra Disciplina: Matemática Ano: 6 Turma: A Ano lectivo: 2011/2012 Objectivos

Leia mais

Aula 10 Triângulo Retângulo

Aula 10 Triângulo Retângulo Aula 10 Triângulo Retângulo Projeção ortogonal Em um plano, consideremos um ponto e uma reta. Chama-se projeção ortogonal desse ponto sobre essa reta o pé da perpendicular traçada do ponto à reta. Na figura,

Leia mais

2) Se z = (2 + i).(1 + i).i, então a) 3 i b) 1 3i c) 3 i d) 3 + i e) 3 + i. ,será dado por: quando x = i é:

2) Se z = (2 + i).(1 + i).i, então a) 3 i b) 1 3i c) 3 i d) 3 + i e) 3 + i. ,será dado por: quando x = i é: Aluno(a) Nº. Ano: º do Ensino Médio Exercícios para a Recuperação de MATEMÁTICA - Professores: Escossi e Luciano NÚMEROS COMPLEXOS 1) Calculando-se corretamente as raízes da função f(x) = x + 4x + 5, encontram-se

Leia mais

Currículo da Disciplina de Matemática - 7º ano. Funções, Sequências e Sucessões (FSS) Organização e Tratamento de Dados (OTD)

Currículo da Disciplina de Matemática - 7º ano. Funções, Sequências e Sucessões (FSS) Organização e Tratamento de Dados (OTD) Domínios de conteúdos: Números e Operações (NO) Geometria e Medida (GM) Funções, Sequências e Sucessões (FSS) Álgebra (ALG) Organização e Tratamento de Dados (OTD) Domínio NO7 9 GM7 33 Números racionais

Leia mais

DESENHO GEOMÉTRICO. Clarissa Ferreira Albrecht Luiza Baptista de Oliveira. Coordenadoria de Educação Aberta e a Distância

DESENHO GEOMÉTRICO. Clarissa Ferreira Albrecht Luiza Baptista de Oliveira. Coordenadoria de Educação Aberta e a Distância Departamento de Arquitetura e Urbanismo Clarissa Ferreira Albrecht Luiza Baptista de Oliveira 20 Coordenadoria de Educação Aberta e a Distância Desenho Geométrico Universidade Federal de Viçosa Reitora

Leia mais

Geometria Plana Noções Primitivas

Geometria Plana Noções Primitivas Geometria Plana Noções Primitivas Questão 1 (CESGRANRIO-85) Numa carpintaria, empilham-se 50 tábuas, umas de 2 cm e outras de 5 cm de espessura. A altura da pilha é de 154 cm. A diferença entre o número

Leia mais

Projeto CONDIGITAL Altos e Baixos da Função Guia do Professor

Projeto CONDIGITAL Altos e Baixos da Função Guia do Professor Projeto CONDIGITAL Altos e Baixos da Função Guia do Professor Página 1 de 7 Guia do Professor Caro(a) professor(a) A utilização de simulações digitais como objetos de aprendizagem tem sido difundida atualmente

Leia mais

ESCOLA E.B. 2,3 D. AFONSO III. Planificação da disciplina de Matemática - CEF - 2º Ano Ano letivo de 2014/2015

ESCOLA E.B. 2,3 D. AFONSO III. Planificação da disciplina de Matemática - CEF - 2º Ano Ano letivo de 2014/2015 CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS Planificação da disciplina de Matemática - CEF - 2º Ano Ano letivo de 2014/2015 COMPETÊNCIAS OBJECTIVOS CONCEITOS METEDOLOGIAS /SITUAÇÕES DE APREDIZAGEM AULAS PREVISTAS Módulo 11

Leia mais

PROVAS DE MATEMÁTICA DO VESTIBULARES-2011 DA MACKENZIE RESOLUÇÃO: Profa. Maria Antônia Gouveia. 13 / 12 / 2010

PROVAS DE MATEMÁTICA DO VESTIBULARES-2011 DA MACKENZIE RESOLUÇÃO: Profa. Maria Antônia Gouveia. 13 / 12 / 2010 PROVAS DE MATEMÁTICA DO VESTIBULARES-0 DA MACKENZIE Profa. Maria Antônia Gouveia. / / 00 QUESTÃO N o 9 Dadas as funções reais definidas por f(x) x x e g(x) x x, considere I, II, III e IV abaixo. I) Ambas

Leia mais

5o Encontro da RPM 3 a 4 de junho de 2011 Salvador - BA Minicurso. Computador na sala de aula: atividades com Geometria Dinâmica

5o Encontro da RPM 3 a 4 de junho de 2011 Salvador - BA Minicurso. Computador na sala de aula: atividades com Geometria Dinâmica 1 5o Encontro da RPM 3 a 4 de junho de 2011 Salvador - BA Minicurso Computador na sala de aula: atividades com Geometria Dinâmica Cristina Cerri IME USP Cada vez mais estamos incorporando o computador

Leia mais

Nome: Professora: Cristina Alves

Nome: Professora: Cristina Alves Escola Básica e Secundária de Vila Cova Ano letivo: 2012/2013 Outubro 2012 Ficha de Avaliação Formativa Matemática 8º Ano Isometrias Com trabalho e perseverança, tudo se alcança Nome: Nº: Turma: Professora:

Leia mais

EXAME DE ACESSO PROFMAT - 2015 - SOLUÇÕES (B) 7 (E) 12

EXAME DE ACESSO PROFMAT - 2015 - SOLUÇÕES (B) 7 (E) 12 EXAME DE ACESSO PROFMAT - 015 - SOLUÇÕES 1. Se x é um número real tal que x + 1 x = 3, então x + 1 é igual a: x (A) 6 (D) 9 Resposta: B) (B) 7 (E) 1 (C) 8 Elevando ambos os membros da equação x + 1 = 3

Leia mais

Vetores Lidando com grandezas vetoriais

Vetores Lidando com grandezas vetoriais Vetores Lidando com grandezas vetoriais matéria de vetores é de extrema importância para o ensino médio basta levar em consideração que a maioria das matérias de física envolve mecânica (movimento, dinâmica,

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DA SERRA DOS ÓRGÃOS. Curso de Matemática

CENTRO UNIVERSITÁRIO DA SERRA DOS ÓRGÃOS. Curso de Matemática Introdução ao GeoGebra software livre 0 CENTRO UNIVERSITÁRIO DA SERRA DOS ÓRGÃOS Curso de Matemática Primeiros Passos Com o Software Livre GeoGebra Março de 2010 Prof. Ilydio Pereira de Sá Introdução ao

Leia mais

C Curso destinado à preparação para Concursos Públicos e Aprimoramento Profissional via INTERNET www.concursosecursos.com.br RACIOCÍNIO LÓGICO AULA 9

C Curso destinado à preparação para Concursos Públicos e Aprimoramento Profissional via INTERNET www.concursosecursos.com.br RACIOCÍNIO LÓGICO AULA 9 RACIOCÍNIO LÓGICO AULA 9 TRIGONOMETRIA TRIÂNGULO RETÂNGULO Considere um triângulo ABC, retângulo em  ( = 90 ), onde a é a medida da hipotenusa, b e c, são as medidas dos catetos e a, β são os ângulos

Leia mais

Escola Secundária de Lousada. Matemática do 8º ano FT nº15 Data: / / 2013 Assunto: Preparação para o 1º teste de avaliação Lição nº e

Escola Secundária de Lousada. Matemática do 8º ano FT nº15 Data: / / 2013 Assunto: Preparação para o 1º teste de avaliação Lição nº e Escola Secundária de Lousada Matemática do 8º ano FT nº15 Data: / / 013 Assunto: Preparação para o 1º teste de avaliação Lição nº e Apresentação dos Conteúdos e Objetivos para o 3º Teste de Avaliação de

Leia mais

Construções Elementares com Régua e Compasso

Construções Elementares com Régua e Compasso TERCEIRLISTDEEXERCÍCIOS Fundamentos da Matemática II MTEMÁTIC DCET UESC Humberto José ortolossi Construções Elementares com Régua e Compasso (Entregar todos os exercícios até o dia 20/04/2004) 1 Construindo

Leia mais

UMA NOVA PROPOSTA PARA GEOMETRIA ANALÍTICA NO ENSINO MÉDIO

UMA NOVA PROPOSTA PARA GEOMETRIA ANALÍTICA NO ENSINO MÉDIO UMA NOVA PROPOSTA PARA GEOMETRIA ANALÍTICA NO ENSINO MÉDIO DANIELLA ASSEMANY DA GUIA CAp- UFRJ danyprof@bol.com.br 1.1. RESUMO Esta comunicação científica tem como objetivo tratar e apresentar a Geometria

Leia mais

O TEOREMA DE PITÁGORAS UMA EXPERIENCIA UTILIZANDO O SOFTWARE GEOGEBRA COM ALUNOS DO PROGRAMA VIVA ESCOLA

O TEOREMA DE PITÁGORAS UMA EXPERIENCIA UTILIZANDO O SOFTWARE GEOGEBRA COM ALUNOS DO PROGRAMA VIVA ESCOLA O TEOREMA DE PITÁGORAS UMA EXPERIENCIA UTILIZANDO O SOFTWARE GEOGEBRA COM ALUNOS DO PROGRAMA VIVA ESCOLA Loreni Aparecida Ferreira Baldini 1 Colégio Est. Pe. José de Anchieta - loreni@ibest.com.br RESUMO

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO PREFEITO WILLIAMS DE SOUZA ARRUDA PROFESSOR: PEDRO ROMÃO BATISTA COMPONENTE CURRICULAR: MATEMÁTICA

ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO PREFEITO WILLIAMS DE SOUZA ARRUDA PROFESSOR: PEDRO ROMÃO BATISTA COMPONENTE CURRICULAR: MATEMÁTICA ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO PREFEITO WILLIAMS DE SOUZA ARRUDA PROFESSOR: PEDRO ROMÃO BATISTA COMPONENTE CURRICULAR: MATEMÁTICA PLANOS DE CURSO PARA 6º E 7º ANOS Campina Grande, 2011 -

Leia mais

19 de Outubro de 2012

19 de Outubro de 2012 Escola Básica Integrada com JI de Santa Catarina Ficha de Avaliação de Matemática 19 de Outubro de 2012 A PREENCHER PELO ALUNO 8ºano Nome: nº Turma A PREENCHER PELO PROFESSOR Classificação: Nível: ( )

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO VESTIBULAR

MANUAL DO CANDIDATO VESTIBULAR MANUAL DO CANDIDATO VESTIBULAR 1º Semestre de 2016 Cursos Técnicos Modalidades Subsequente e Integrado ao Ensino Médio Cursos Técnicos Subsequente Técnico em Administração Técnico em Mecânica Vagas Ampla

Leia mais

PROVA DE MATEMÁTICA DA UFBA VESTIBULAR 2010 1 a Fase. RESOLUÇÃO: Profa. Maria Antônia Gouveia.

PROVA DE MATEMÁTICA DA UFBA VESTIBULAR 2010 1 a Fase. RESOLUÇÃO: Profa. Maria Antônia Gouveia. PROVA DE MATEMÁTICA DA UFBA VESTIBULAR 010 1 a Fase Profa Maria Antônia Gouveia QUESTÃO 01 Sobre números reais, é correto afirmar: (01) Se m é um número inteiro divisível por e n é um número inteiro divisível

Leia mais

COORDENAÇÃO DE ENSINO EQUIPE TÉCNICO-PEDAGÓGICA PLANO DE ENSINO

COORDENAÇÃO DE ENSINO EQUIPE TÉCNICO-PEDAGÓGICA PLANO DE ENSINO COORDENAÇÃO DE ENSINO EQUIPE TÉCNICO-PEDAGÓGICA 1 - IDENTIFICAÇÃO PLANO DE ENSINO CURSO: Técnico Subsequente em Agricultura DISCIPLINA/ COMPONENTE CURRICULAR: Matemática Aplicada a Agricultura ANO/ CARGA

Leia mais

Capítulo 3. Cálculo Vetorial. 3.1 Segmentos Orientados

Capítulo 3. Cálculo Vetorial. 3.1 Segmentos Orientados Capítulo 3 Cálculo Vetorial O objetivo deste capítulo é o estudo de vetores de um ponto de vista geométrico e analítico. De acordo com a necessidade, a abordagem do assunto será formal ou informal. O estudo

Leia mais

Desenho geométrico. Ponto: Elemento geométrico considerado sem dimensão, apenas com posição. Reta:

Desenho geométrico. Ponto: Elemento geométrico considerado sem dimensão, apenas com posição. Reta: Desenho geométrico Ponto: Elemento geométrico considerado sem dimensão, apenas com posição. Reta: Linha que estabelece a menor distância entre 2 pontos. Por 1 ponto podem passar infinitas retas. Por 2

Leia mais

Universidade Estadual de Londrina (Reconhecida pelo Decreto Federal n. 69.324 de 07/10/71)

Universidade Estadual de Londrina (Reconhecida pelo Decreto Federal n. 69.324 de 07/10/71) DELIBERAÇÃO Câmara de Pós-Graduação Nº 06/2013 Reestrutura o Programa de Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional (PROFMAT). CONSIDERANDO a solicitação da Comissão Coordenadora do Programa,

Leia mais

ELIPSES INSCRITAS NUM TRIÂNGULO

ELIPSES INSCRITAS NUM TRIÂNGULO ELIPSES INSCRITAS NUM TRIÂNGULO SERGIO ALVES IME-USP Freqüentemente apresentada como um exemplo notável de sistema dedutivo, a Geometria tem, em geral, seus aspectos indutivos relegados a um segundo plano.

Leia mais

Conteúdos de Recuperação 2º Bimestre 5ª série

Conteúdos de Recuperação 2º Bimestre 5ª série Conteúdos de Recuperação 2º Bimestre 5ª série capítulos 17, 19, 20, 22, 23, 24 Acentuação gráfica e conjugação verbal no caderno. Objetos escolares (p.35 e 36) Números: 0 100 (p. 44) Comida (p.53) There

Leia mais

Equipe de Matemática MATEMÁTICA

Equipe de Matemática MATEMÁTICA Aluno (a): Série: 3ª Turma: TUTORIAL 10B Ensino Médio Equipe de Matemática Data: MATEMÁTICA Função Afim Um vendedor recebe, mensalmente, um salário que é composto por uma parte fixa de R$ 3.000,00 e uma

Leia mais

6º ANO VP1 REDAÇÃO E INGLÊS (11/04) VP2 LÍNGUA PORTUGUESA (25/04)

6º ANO VP1 REDAÇÃO E INGLÊS (11/04) VP2 LÍNGUA PORTUGUESA (25/04) 6º ANO REDAÇÃO - Conto INGLÊS - Pronouns (Demonstrative Subject Possessive Adjective) Verb to Be (Affirmative/Interrogative/Negative) LEITURA E INTERPRETAÇÃO DE TEXTO Leitura e compreensão de textos narrativos

Leia mais

EDITAL CED/RTR N.º 003/2008, 05 de março de 2008. PROCESSO SELETIVO ESPECIAL Retificação do Edital n 002/2008 de 25 de fevereiro de 2008

EDITAL CED/RTR N.º 003/2008, 05 de março de 2008. PROCESSO SELETIVO ESPECIAL Retificação do Edital n 002/2008 de 25 de fevereiro de 2008 EDITAL CED/RTR N.º 003/2008, 05 de março de 2008. OCESSO SELETIVO ESPECIAL Retificação do Edital n 002/2008 de 25 de fevereiro de 2008 A Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, no uso de suas atribuições,

Leia mais

3.1. O número de vagas ofertadas por este Centro de Ensino Médio de Tempo Integral encontrase descrito no Anexo I, deste documento;

3.1. O número de vagas ofertadas por este Centro de Ensino Médio de Tempo Integral encontrase descrito no Anexo I, deste documento; O Centro de Ensino Médio de Tempo Integral João Henrique de Almeida Sousa torna público aos interessados a abertura das inscrições do Exame Classificatório para preenchimento de vagas referentes à 1ª e

Leia mais

(c) 30% (d) 25% aprovados. é a quantidade de: Em uma indústria é fabricado um produto ao custo de

(c) 30% (d) 25% aprovados. é a quantidade de: Em uma indústria é fabricado um produto ao custo de QUESTÃO - EFOMM 0 QUESTÃO - EFOMM 0 Se tgx sec x, o valor de senx cos x vale: ( 7 ( ( ( ( O lucro obtido pela venda de cada peça de roupa é de, sendo o preço da venda e 0 o preço do custo quantidade vendida

Leia mais

3º Trimestre TRABALHO DE MATEMÁTICA - 2012 Ensino Fundamental 9º ano classe: A-B-C Profs. Marcelo/Fernando Nome:, nº Data de entrega: 09/ 11/12

3º Trimestre TRABALHO DE MATEMÁTICA - 2012 Ensino Fundamental 9º ano classe: A-B-C Profs. Marcelo/Fernando Nome:, nº Data de entrega: 09/ 11/12 3º Trimestre TRABALHO DE MATEMÁTICA - 2012 Ensino Fundamental 9º ano classe: A-B-C Profs. Marcelo/Fernando Nome:, nº Data de entrega: 09/ 11/12 NOTA:. Nota: Toda resolução deve ser feita no seu devido

Leia mais

CONSTRUINDO CONCEITOS TRIGONOMÉTRICOS ATRAVÉS DA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS. Fabiano dos Santos Souza. Isabela Cristina da Silveira e Silva

CONSTRUINDO CONCEITOS TRIGONOMÉTRICOS ATRAVÉS DA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS. Fabiano dos Santos Souza. Isabela Cristina da Silveira e Silva CONSTRUINDO CONCEITOS TRIGONOMÉTRICOS ATRAVÉS DA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS Fabiano dos Santos Souza Mestre em Matemática Universidade Federal Fluminense fabianosouza@vm.uff.br Isabela Cristina da Silveira

Leia mais

Geometria Analítica. Katia Frensel - Jorge Delgado. NEAD - Núcleo de Educação a Distância. Curso de Licenciatura em Matemática UFMA

Geometria Analítica. Katia Frensel - Jorge Delgado. NEAD - Núcleo de Educação a Distância. Curso de Licenciatura em Matemática UFMA Geometria Analítica NEAD - Núcleo de Educação a Distância Curso de Licenciatura em Matemática UFMA Katia Frensel - Jorge Delgado Março, 011 ii Geometria Analítica Conteúdo Prefácio ix 1 Coordenadas na

Leia mais

Tema/Tópico Propósito principal de ensino Objetivos gerais Números e operações Números naturais Números racionais não negativos Números inteiros

Tema/Tópico Propósito principal de ensino Objetivos gerais Números e operações Números naturais Números racionais não negativos Números inteiros Secretaria Regional da Educação e Formação Direção Regional da Educação e Formação Escola Básica 2 Gaspar Frutuoso Departamento de Matemática e Ciências Naturais Planificação a médio prazo da Área Curricular

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DO NOVO PROGRAMA DE MATEMÁTICA

PLANIFICAÇÃO ANUAL DO NOVO PROGRAMA DE MATEMÁTICA PLANIFICAÇÃO ANUAL DO NOVO PROGRAMA DE MATEMÁTICA 5º ano 2012/2013 UNIDADE: Números e Operações 1 - NÚMEROS NATURAIS OBJECTIVOS GERAIS: - Compreender e ser capaz de usar propriedades dos números inteiros

Leia mais

Unidade: Vetores e Forças. Unidade I:

Unidade: Vetores e Forças. Unidade I: Unidade I: 0 Unidade: Vetores e Forças 2.VETORES 2.1 Introdução Os vetores são definidos como entes matemáticos que dão noção de intensidade, direção e sentido. De forma prática, o conceito de vetor pode

Leia mais

Edital nº 001/CEPM Tiradentes de 01 de setembro de 2015.

Edital nº 001/CEPM Tiradentes de 01 de setembro de 2015. Edital nº 001/CEPM Tiradentes de 01 de setembro de 2015. A Diretora/Comandante do Colégio Estadual da Polícia Militar Tiradentes, no uso de suas atribuições legais, torna público a realização do Teste

Leia mais

x se x = n se x e n< x< n+ 1, n que associa a cada número real x o maior inteiro não superior a x.

x se x = n se x e n< x< n+ 1, n que associa a cada número real x o maior inteiro não superior a x. RELATÓRIO VESTIBULAR UFS/03 MATEMÁTIA (Prova AMARELA). INTRODUÇÃO As questões foram elaboradas visando incluir todos os tópicos do programa, com ênfase nos conceitos e suas conexões entre os diversos campos

Leia mais

NOTAÇÕES. +... + a n. , sendo n inteiro não negativo k =1. Observação: Os sistemas de coordenadas considerados são cartesianos retangulares.

NOTAÇÕES. +... + a n. , sendo n inteiro não negativo k =1. Observação: Os sistemas de coordenadas considerados são cartesianos retangulares. MATEMÁTICA NOTAÇÕES : conjunto dos números reais : conjunto dos números complexos i: unidade imaginária, i = z: módulo do número z Re(z): parte real do número z Im(z): parte imaginária do número z det

Leia mais

Registo de Disciplinas

Registo de Disciplinas 16-09-2009 1 1 Apresentação. Preenchimento das fichas individuais dos alunos. 12:27 16-09-2009 2 2 Informação sobre o material necesario para o decorrer das aulas. Normas e regras. Ficha de criptografia.

Leia mais

APROVO Em conformidade com as Port. 38-DECEx, 12ABR11, e Port 137- Cmdo Ex, 28FEV12

APROVO Em conformidade com as Port. 38-DECEx, 12ABR11, e Port 137- Cmdo Ex, 28FEV12 APROVO Em conformidade com as Port. 38-DECEx, 12ABR11, e Port 137- Cmdo Ex, 28FEV12 MINISTERIO DA DEFESA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXERCITO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO PREPARATORIA E ASSISTENCIAL

Leia mais

36ª OLIMPÍADA BRASILEIRA DE MATEMÁTICA Primeira Fase Nível 3 Ensino Médio

36ª OLIMPÍADA BRASILEIRA DE MATEMÁTICA Primeira Fase Nível 3 Ensino Médio 36ª OLIMPÍADA BRASILEIRA DE MATEMÁTICA Primeira Fase Nível 3 Ensino Médio Esta prova também corresponde à prova da Primeira Fase da Olimpíada Regional nos Estados de: AL BA ES MG PA RS RN SC Terça-feira,

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO. Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho. Departamento de Ciências Experimentais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO. Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho. Departamento de Ciências Experimentais AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho Departamento de Ciências Experimentais Planificação Anual de Matemática A 10º ano Ano Letivo 2015/2016 TEMA

Leia mais

Matemática. Resolução das atividades complementares. M20 Geometria Analítica: Circunferência

Matemática. Resolução das atividades complementares. M20 Geometria Analítica: Circunferência Resolução das atividades complementares Matemática M Geometria Analítica: ircunferência p. (Uneb-A) A condição para que a equação 6 m 9 represente uma circunferência é: a), m, ou, m, c) < m < e), m, ou,

Leia mais

Seguem orientações quanto às atividades a serem executadas no 4º bimestre. 1 a 28/10 Período de atividades avaliativas diferenciadas do 4º bimestre.

Seguem orientações quanto às atividades a serem executadas no 4º bimestre. 1 a 28/10 Período de atividades avaliativas diferenciadas do 4º bimestre. COLÉGIO NOVO ATENEU 19/10/2012 Srs. Pais ou Responsáveis Seguem orientações quanto às atividades a serem executadas no 4º bimestre. 1. Atividades diferenciadas 1 a 28/10 Período de atividades avaliativas

Leia mais

Num cilindro as bases são círculos. O perímetro do círculo é igual ao comprimento da circunferência que limita o círculo.

Num cilindro as bases são círculos. O perímetro do círculo é igual ao comprimento da circunferência que limita o círculo. 1. Círculos e cilindros 1.1. Planificação da superfície de um cilindro Num cilindro as bases são círculos. O perímetro do círculo é igual ao comprimento da circunferência que limita o círculo. A planificação

Leia mais

FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS CURSO DE DIREITO VESTIBULAR 2007 PROVA DE RACIOCÍNIO LÓGICO-MATEMÁTICO. 1 a. fase

FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS CURSO DE DIREITO VESTIBULAR 2007 PROVA DE RACIOCÍNIO LÓGICO-MATEMÁTICO. 1 a. fase FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS CURSO DE DIREITO VESTIBULAR 007 PROVA DE RACIOCÍNIO LÓGICO-MATEMÁTICO 1 a. fase Maria Raquel Miotto Morelatti Monica Fürkotter Novembro 006 1 Sumário 1.. Introdução 0 A natureza

Leia mais

QUESTÃO 17 Cada um dos cartões abaixo tem de um lado um número e do outro uma letra.

QUESTÃO 17 Cada um dos cartões abaixo tem de um lado um número e do outro uma letra. Nome: N.º: endereço: data: telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA A ạ SÉRIE DO ENSINO MÉDIO EM 0 Disciplina: matemática Prova: desafio nota: QUESTÃO 6 A piscina da casa de Roberto vai ser decorada com

Leia mais

Polo Itanhandu MANUAL DO CANDIDATO VESTIBULAR

Polo Itanhandu MANUAL DO CANDIDATO VESTIBULAR Câmpus Avançado de Carmo de Minas Polo Itanhandu MANUAL DO CANDIDATO VESTIBULAR 1º Semestre de 2015 Cursos Técnicos Modalidade Subsequente COMISSÃO RESPONSÁVEL PELO PROCESSO SELETIVO Alianne de Almeida

Leia mais

3ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 01, DE 08 DE NOVEMBRO DE 2013

3ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 01, DE 08 DE NOVEMBRO DE 2013 3ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 01, DE 08 DE NOVEMBRO DE 2013 A Prefeitura Municipal de João Pessoa - PB, no uso de suas atribuições legais, nos termos estabelecidos no subitem 13.36, torna pública a seguinte

Leia mais

MATEMÁTICA ANGULOS ENTRE RETAS E TRIÂNGULOS. 3. A medida do complemento: a) do ângulo de 27º 31 é: b) do ângulo de 16º 15 28 é:

MATEMÁTICA ANGULOS ENTRE RETAS E TRIÂNGULOS. 3. A medida do complemento: a) do ângulo de 27º 31 é: b) do ângulo de 16º 15 28 é: MATEMÁTICA Prof. Adilson ANGULOS ENTRE RETAS E TRIÂNGULOS 1. Calcule o valor de x e y observando as figuras abaixo: a) b) 2. Calcule a medida de x nas seguintes figuras: 3. A medida do complemento: a)

Leia mais