Faculdade Anglo-Americano Curso de Ciência da Computação Linguagem de Programação. Lista de Exercícios 1

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Faculdade Anglo-Americano Curso de Ciência da Computação Linguagem de Programação. Lista de Exercícios 1"

Transcrição

1 Faculdade Anglo-Americano Curso de Ciência da Computação Linguagem de Programação Lista de Exercícios 1 1. O programa seguinte tem vários erros em tempo de compilação. Encontre-os. Main() int a=1; b=2, c=3; printf( Os números são: %d %d %d \n, a, b, c) 2. Qual será a saída do programa abaixo: Main() printf( %s \n%s \n%s, um, dois, tres ); 3. Qual será a impressão obtida por cada uma destas instruções? Assuma que fazem parte de um programa completo. a) printf( Bom dia! Shirley. ); printf( Você já tomou café? \n ); b) printf( A solução não existe! \n Não insista ); c) printf( Duas linhas de saída \n ou uma? ); 4. Identifique o tipo das seguintes constantes: a) \r b) 2130 c) 123 d) e) 0x42 f) 0101 g) 2.0e30 h) \xdc i) \ j) \\ k) F l) 0 m) \0 5. O que é uma variável em C? 6. Quais os 5 tipos básicos de variáveis em C? 7. Quais dos seguintes nomes são válidos para variáveis em C?

2 a) 3ab b) _sim c) n_a_o d) 00FIM e) int f) A123 g) X**x h) _A i) y-2 j) OOFIM k) \meu l) *y2 8. Quais as seguintes instruções são corretas? a) int a; b) float b; c) double float c; d) unsigned char d; e) long float e; 9. O tipo float ocupa o mesmo espaço que variáveis do tipo char. 10. Verdadeiro ou falso: tipos de variáveis long podem conceber números não maiores que o dobro da maior variável do tipo int. 11. Escreva um programa que contenha uma única instrução e imprima na tela: Esta e a linha um. Esta e a linha dois. 12. Escreva um programa que imprima na tela: um dois tres 13. Escreva um programa que declare 3 variáveis inteiras e atribua os valores 1, 2 e 3 a elas; 3 variáveis caracteres e atribua a elas as letras a, b e c; finalmente imprima na tela: As variaveis inteiras contem os numeros 1, 2 e 3. As variaveis caracteres contem os valores a, b e c. 14. Reescreva o programa box.c para que desenhe uma moldura similar, mas que tenha 4 caracteres de largura e 4 caracteres de altura. Use o caracter, de código BA hexa, para complementar a moldura.

3 Faculdade Anglo-Americano Curso de Ciência da Computação Linguagem de Programação Lista de Exercícios 2 1. Qual é o erro deste programa? Main() int i; scanf( %3d, &i); printf( %3d,i); 2. Este programa tem um erro de lógica. Qual e? Main() int a, b, c; printf( Digite 3 numeros: \n ); scanf( %d %d %d, a, b, c); printf( \n%d %d %d, a, b, c); 3. A função scanf() retorna o número de leituras feitas com sucesso. Considere o seguinte programa: Main() int i, j, k; printf( %d \n, scanf( %d %d %d, &i, &j, &k)); Execute-o digitando os seguintes valores: a) b) 1 2 a c) a 3 4 d) e) ^z 5 1 f) 1 2 ^z g) Verifique os possíveis inteiros retornados por scanf(). Observe que o caractere ^z é obtido pressionando-se, ao mesmo tempo, as teclas Ctrl e Z. 4. O programa seguinte tem um erro de execução. Verifique. Main()

4 int a, b=0; a=5/b; 5. Quais dos seguintes operadores são aritméticos? a) + b) & c) % d) < 6. Assuma que todas as variáveis são do tipo int. Encontre o valor de cada uma delas e escreva um programa que as imprima para verificar os resultados: a) x=(2+1)*6 b) y=(5+1)/2*3 c) i=j=(2+3)/4; d) a=3+2*(b=7/2); e) c=5+10%4/2 7. Reescreva a seguinte instrução usando operador de incremento: Número = número + 1; 8. Como será interpretada a expressão x+ + +y? a) x++ + y b) x + ++y Escreva um pequeno programa e verifique a interpretação dada em seu compilador. 9. Reescreva a seguinte instrução usando operador aritmético de atribuição: Laranja = laranja + x; 10. Considere o código: int x=1, y=2, z=3; x+ =y + =z + =7; Quais serão os valores das variáveis x, y e z? Escreva um programa para checar a sua resposta. 11. Operadores relacionais são usados para: a) combinar valores; b) comparar valores; c) distinguir diferentes tipos de variáveis; d) trocar variáveis por valores lógicos. 12. Verdadeiro ou falso: a) 1 > 2 b) a < b

5 c) 3= =2 d) 1 = = 1 e) 3 >= 2 f) j!= j 13. Qual será o valor de k? j = 3; k = j = = 3; 14. A precedência dos operadores determina qual é o operador: a) mais importante; b) usado primeiro; c) mais adequado; d) que opera em números maiores. 15. O comentário seguinte é correto? /* Este é um comentário /* que se estende em /* várias linhas */ 16. Modifique o programa idade.c para que imprima a idade em minutos ao invés de em dias. 17. Escreva um programa que solicite 3 números em ponto flutuante e imprima a média aritmética.

6 Faculdade Anglo-Americano Curso de Ciência da Computação Linguagem de Programação Lista de Exercícios 3 1- Substituir for por while: (a) for (i=0; i <= 20; i++) x = j/3; printf("%d", x); (b) for (abc=2, semente= 0; semente <= 100; semente+=2) sem1 = semente *2; sem2 = semente * abc; media = (sem1 + sem2) /2; printf("%f", media); 2- Reescreva os trechos de código abaixo, utilizando os comandos indicados: (a) for do printf( "%d", x ); x--; while( x > 3 );

7 (b) if e for k = 0; while ( k <10) printf( " Digite i: "); scanf("%d", &i); switch( i ) case 1: x = i; case 2: x = j; break; case 0: x = i + j; default: x = i * j; printf( "%d \n", x); k+=2; (c ) do-while while( i < n ) i += 2; n--; 3- Troque os comandos while por for. Faça teste de mesa para os trechos nas duas versões. (a) a = 0; while ( a!= 3) a = a + 1;

8 printf("%d", a); (b) z = 10; while( z > 0) z = z - 3; printf("%d", z); (c ) k = 5; while( k < 10) k = k + 1.5; printf("%d", k); 4- Transforme do-while em while e em for. Faça teste de mesa para o do-while. (a) a = 9; do a = a + 1; while (a <= 10) (b ) gh = 5; a = 8 do a+= gh;

9 printf("%d", a); while (gh!= 5); (c ) t = 0; do t = t + 1; printf("%d", t*2); while (t<8); 5- O que será impresso pelos programas a seguir? (a) main() int a, b, c, cont; cont = a = b = 1; printf("\n%d\n%d",a,b); while (cont <= 8) c = a + b; printf("\n%d", c); a = b; b = c; cont++;

10 (b) main() int x = 8531, s = 0; while (x > 0) s = s*10 + x % 10; x = x / 10; printf("\n%d", s); (c ) main() int cont = x = 1; while (cont <= 8) printf("\n%d",x); x += cont; cont++; (d) void main()

11 int x = 0, y = 1; for( ; y < 100; y += 2 ) x = x + y; printf( "\ny = %d\nx = %d\n", y, x ); (e) void main() int x = 9, y = 0; do y = (x % 2) + 10 * y; x = x / 2; printf( "x = %d, y = %d\n", x, y ); while( x ); while( y ) x = y % 100; y = y / 10; printf( "x = %d, y = %d\n", x, y ); ; (f) for (i = 4 ; i+4<10 ; i++) printf ("\n%d",i); (g)

12 void main() int i, j, n; n = 4; for (i = 1; i <= n; i++) for (j = 1; j <= i; j++) printf("\n"); printf("%5d", j * i); 6- Escrever um programa que lê uma seqüência de n valores, um de cada vez, e imprime a quantidade de valores negativos. 7- Escrever um programa que lê um conjunto de valores, imprimindo, para cada valor: seu quadrado, seu cubo e sua raiz quadrada. O conjunto é finalizado com o valor zero. 8- Escreva um programa que leia um número inteiro e mostre a tabuada da multiplicação conforme o formato abaixo. Por exemplo, se n = 2, deverá ser impresso: 2 x 0 = 0 2 x 1 = 2 2 x 2 = 4 2 x 3 = x 10 = Escreva um programa para ler um número n (número de termos de uma progressão aritmética), a1 ( o primeiro termo da progressão) e r (a razão da progressão). Calcular e imprimir os n termos desta progressão, bem como a soma dos elementos. 10- Escrever um programa que leia 20 valores para uma variável n e, para cada um deles, calcule a tabuada de 1 até n. Mostre a tabuada na forma: 1 x n = n 2 x n = 2n 3 x n = 3n... n x n = n2

13 11- Escreva um programa que leia um número inteiro positivo N. Calcule e mostre o maior quadrado menor ou igual a N. Por exemplo, se N for igual a 38, o menor quadrado é 36 (quadrado de 6). 12- Escreva um programa que leia um número inteiro positivo e mostre o seu fatorial. 13- Escrever um programa que leia um número n que indica quantos valores devem ser lidos a seguir. Para cada número lido, mostre uma tabela contendo o valor lido e o fatorial deste valor. 14- Escreva um programa que leia um número inteiro e indique se o mesmo é primo ou não. 15- Escreva um programa que mostre os 20 primeiros números primos. 16- Escrever um programa que calcula e escreve o produto dos números primos entre 92 e Faça um programa que imprime todos os números primos entre 1 e um certo valor m 18- Faça um programa que leia 2 valores: x( real ) e y (inteiro). O programa deve calcular e escrever o valor de x elevado a y. 19- Imprimir os números entre 1 e 2000 que divididos por 11 dão resto igual a Escrever um programa que leia uma seqüência de números, calcule e imprima a média aritmética. A seqüência termina quando for digitado o valor zero. 21- Dada uma seqüência com dois ou mais inteiros, contar quantas duplas de números adjacentes são iguais. Exemplo: A seqüência ( 0 indica fim) tem 3 pares. 22) Escreva um programa C que leia um número inteiro de 4 dígitos, calcule e mostre a sua decomposição em unidade, dezena, centena e milhar. Exemplo: 8531 unidade = 1 dezena = 3 centena = 5 milhar = 8 23) O cardápio de uma casa de hamburger é dado abaixo. Preparar um programa em C para ler a quantidade de cada item comprado e calcular a conta ao final. Mona s Burgers Preço: Hamburger (R$ 2,50) Cheeseburger (R$ 3,30) Batata Frita (R$ 1,50)

14 Refrigerante (R$ 0,60) Milkshake (R$ 1,70) O programa deve ter uma variável para cada item para ler a quantidade e multiplicar pelo preço do respectivo item, somando tudo ao final, incluindo, também, os 10% dos serviços.

Exercícios Repetição. 8.3 Exercícios

Exercícios Repetição. 8.3 Exercícios Curso de Graduação em Ciência da Computação Disciplina: Algoritmos Professor: Marcelo Cendron Exercícios Repetição 8.3 Exercícios 1. Faça um programa utilizando o comando while, que fica lendo números

Leia mais

Linguagem C. Prof.ª Márcia Jani Cícero

Linguagem C. Prof.ª Márcia Jani Cícero Linguagem C Prof.ª Márcia Jani Cícero A estrutura Básica de um Programa em C Consiste em uma ou várias funções ou programas. main( ) // primeira função a ser executada // inicia a função // termina a função

Leia mais

Exercícios Repetição

Exercícios Repetição Curso de Engenharia de Controle e Automação Disciplina: Informática para a Automação Professor: Marcelo Cendron Exercícios Repetição 1.1 8.3 Exercícios 1. Faça um programa utilizando o comando while, que

Leia mais

Linguagem C (repetição)

Linguagem C (repetição) Linguagem C (repetição) André Tavares da Silva andre.silva@udesc.br Exercício Escrever um programa que conte (mostre na tela) os números de 1 a 100. Comandos aprendidos até o momento: printf, scanf, getchar,

Leia mais

Introdução à Linguagem C

Introdução à Linguagem C Engenharia de CONTROLE e AUTOMAÇÃO Introdução à Linguagem C Aula 02 DPEE 1038 Estrutura de Dados para Automação Curso de Engenharia de Controle e Automação Universidade Federal de Santa Maria beltrame@mail.ufsm.br

Leia mais

Linguagem C: Introdução

Linguagem C: Introdução Linguagem C: Introdução Linguagem C É uma Linguagem de programação genérica que é utilizada para a criação de programas diversos como: Processadores de texto Planilhas eletrônicas Sistemas operacionais

Leia mais

Faculdade de Computação

Faculdade de Computação Faculdade de Computação Programação Procedimental 1 o Laboratório de Programação C Prof. Cláudio C. Rodrigues 1. Introdução O objetivo desta aula prática é exercitar o uso de variáveis de vários tipos

Leia mais

Computação para Informática - Prof. Adriano Joaquim de Oliveira Cruz Segunda Aula Prática - 29 de agosto de 2008

Computação para Informática - Prof. Adriano Joaquim de Oliveira Cruz Segunda Aula Prática - 29 de agosto de 2008 Computação para Informática - Prof. Adriano Joaquim de Oliveira Cruz Segunda Aula Prática - 29 de agosto de 2008 Introdução O objetivo desta aula prática é exercitar comandos de entrada e saída simples

Leia mais

ponteiros INF Programação I Prof. Roberto Azevedo

ponteiros INF Programação I Prof. Roberto Azevedo ponteiros INF1005 -- Programação I -- 2016.1 Prof. Roberto Azevedo razevedo@inf.puc-rio.br ponteiros tópicos o que são ponteiros operadores usados com ponteiros passagem de ponteiros para funções referência

Leia mais

Linguagem C (estruturas condicionais)

Linguagem C (estruturas condicionais) Linguagem C (estruturas condicionais) André Tavares da Silva atavares@joinville.udesc.br Comandos de Controle de Fluxo Todos os comandos devem ser terminados com um ;. { e são usados para delimitar um

Leia mais

1ª Lista de Exercícios

1ª Lista de Exercícios Universidade Federal do Rio de Janeiro Data: 26/04/05 Disciplina: Computação I 1ª Lista de Exercícios 1) Faça um programa, em pseudo-código, que peça ao usuário que informe n números reais e então calcule

Leia mais

1) Operadores de auto incremento ++ e auto decremento --

1) Operadores de auto incremento ++ e auto decremento -- Aula 09 - Operadores de auto incremento e auto decremento, atribuição múltipla, atribuição na declaração, atribuição resumida e algumas regras de boa programação. 1) Operadores de auto incremento ++ e

Leia mais

Hello World. Linguagem C. Tipos de Dados. Palavras Reservadas. Operadores Aritméticos. Pré e pós incremento e pré e pós decremento

Hello World. Linguagem C. Tipos de Dados. Palavras Reservadas. Operadores Aritméticos. Pré e pós incremento e pré e pós decremento Hello World Linguagem C printf("hello world!\n"); main é a função principal, a execução do programa começa por ela printf é uma função usada para enviar dados para o vídeo Palavras Reservadas auto double

Leia mais

Aula 4 ESTRUTURAS DE REPETIÇÃO (FOR)

Aula 4 ESTRUTURAS DE REPETIÇÃO (FOR) Aula 4 ESTRUTURAS DE REPETIÇÃO (FOR) Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 1o semestre/2017 Estruturas de Controle l ESTRUTURA SEQUENCIAL l ESTRUTURAS CONDICIONAIS l l l Estrutura Condicional Simples Estrutura

Leia mais

Programação: Vetores

Programação: Vetores Programação de Computadores I Aula 09 Programação: Vetores José Romildo Malaquias Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto 2011-1 1/62 Motivação Problema Faça um programa que leia

Leia mais

Programação Básica. Estrutura de um algoritmo

Programação Básica. Estrutura de um algoritmo Programação Básica Estrutura de um algoritmo Código-fonte Como vimos na aula anterior um algoritmo pode ser representado usando um fluxograma Um algoritmo pode também ser representado usando texto Esse

Leia mais

Lógica e Linguagem de Programação Convertendo um algoritmo em pseudocódigo para a linguagem C Professor: Danilo Giacobo

Lógica e Linguagem de Programação Convertendo um algoritmo em pseudocódigo para a linguagem C Professor: Danilo Giacobo Lógica e Linguagem de Programação Convertendo um algoritmo em pseudocódigo para a linguagem C Professor: Danilo Giacobo Este documento explica como transformar um algoritmo escrito na forma pseudocódigo

Leia mais

MC102 Algoritmos e Programação de Computadores

MC102 Algoritmos e Programação de Computadores MC102 Algoritmos e Programação de Computadores Instituto de Computação UNICAMP Primeiro Semestre de 2014 Roteiro 1 Maior número 2 Soma de n números 3 Fatorial 4 Máximo Divisor Comum (MDC) 5 Números primos

Leia mais

Estruturas de Repetição. for() while() do-while() break; continue;

Estruturas de Repetição. for() while() do-while() break; continue; Estruturas de Repetição for() while() do-while() break; continue; 1 Auto-Ajuda (!) Como ajudar a solucionar erros básicos do meu programa? Verificar os ; Verificar se não há comandos em maiúsculas; Verificar

Leia mais

Aula 12- Variáveis e valores reais

Aula 12- Variáveis e valores reais Aula 12- Variáveis e valores reais Até agora todos os nossos problemas continham apenas valores inteiros e portanto variáveis do tipo int. Para resolver problemas que usam valores com parte fracionária,

Leia mais

Linguagens de Programação I

Linguagens de Programação I Linguagens de Programação I Tema # 4 Operadores em C Susana M Iglesias FUNÇÕES ENTRADA-SAÍDA I/O printf(), utilizada para enviar dados ao dispositivo de saída padrão (stdout), scanf(), utilizada para ler

Leia mais

Métodos Computacionais. Operadores, Expressões Aritméticas e Entrada/Saída de Dados

Métodos Computacionais. Operadores, Expressões Aritméticas e Entrada/Saída de Dados Métodos Computacionais Operadores, Expressões Aritméticas e Entrada/Saída de Dados Tópicos da Aula Hoje aprenderemos a escrever um programa em C que pode realizar cálculos Conceito de expressão Tipos de

Leia mais

Revisão C++ - Parte 1

Revisão C++ - Parte 1 Revisão C++ - Parte 1 Prof. Gustavo Leitão Campus Natal Central Disciplina Programação para Ambiente de Redes 5/3/2010 Objetivo da Aula 5/3/2010 5/3/2010 OBJETIVO DA AULA Revisar os principais comandos

Leia mais

ESTRUTURAS CONDICIONAIS. Baseado nos slides de autoria de Rosely Sanches e Simone Senger de Souza

ESTRUTURAS CONDICIONAIS. Baseado nos slides de autoria de Rosely Sanches e Simone Senger de Souza ESTRUTURAS CONDICIONAIS Baseado nos slides de autoria de Rosely Sanches e Simone Senger de Souza Estruturas de Controle ESTRUTURA SEQUENCIAL ESTRUTURA CONDICIONAL ESTRUTURA DE REPETIÇÃO 2 Estruturas Condicionais

Leia mais

Computação para Informática - Prof. Adriano Joaquim de Oliveira Cruz Segunda Aula Prática - 3 de setembro de 2010

Computação para Informática - Prof. Adriano Joaquim de Oliveira Cruz Segunda Aula Prática - 3 de setembro de 2010 Computação para Informática - Prof. Adriano Joaquim de Oliveira Cruz Segunda Aula Prática - 3 de setembro de 2010 1 Introdução O objetivo desta aula prática é exercitar o uso de variáveis de vários tipos

Leia mais

Introdução à Ciência da Computação

Introdução à Ciência da Computação Introdução à Ciência da Computação Introdução à Linguagem C: Parte II Prof. Ricardo J. G. B. Campello Sumário Seleção Simples Seleção Composta Seleção Encadeada Seleção de Múltipla Escolha Repetição com

Leia mais

Lógica de Programação Atividade Avaliativa 1 RESPOSTAS

Lógica de Programação Atividade Avaliativa 1 RESPOSTAS Lógica de Programação Atividade Avaliativa 1 RESPOSTAS Avaliação individual. A interpretação das questões faz parte da avaliação. Não é permitida conversa bem como troca de materiais entre os alunos; 1)

Leia mais

Vetores. e o programa deverá ler os valores separadamente:

Vetores. e o programa deverá ler os valores separadamente: Vetores Vetor é um tipo de dado usado para representar uma certa quantidade de variáveis de valores homogêneos (do mesmo tipo). Imagine o seguinte problema: calcular a média das notas da prova de 5 alunos.

Leia mais

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO. PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO. PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO Primeiro programa em C #include int main() { int num1, num2, result; scanf("%d",&num1); scanf("%d",&num2); result = num1 + num2; printf("%d",

Leia mais

Estruturas da linguagem C. 1. Identificadores, tipos primitivos, variáveis e constantes, operadores e expressões.

Estruturas da linguagem C. 1. Identificadores, tipos primitivos, variáveis e constantes, operadores e expressões. 1 Estruturas da linguagem C 1. Identificadores, tipos primitivos, variáveis e constantes, operadores e expressões. Identificadores Os identificadores seguem a duas regras: 1. Devem ser começados por letras

Leia mais

Linguagem C Controle do Fluxo de Execução. Lógica de Programação

Linguagem C Controle do Fluxo de Execução. Lógica de Programação Linguagem C Controle do Fluxo de Execução Lógica de Programação Caro(a) aluno(a), Aqui começaremos a escrever os nossos primeiros programas em uma Linguagem de Programação. Divirta-se!!! Estrutura Seqüencial

Leia mais

ALGORITMOS E TÉCNICAS DE PROGRAMAÇÃO

ALGORITMOS E TÉCNICAS DE PROGRAMAÇÃO ALGORITMOS E TÉCNICAS DE PROGRAMAÇÃO PROF. FABIANO TAGUCHI http://fabianotaguchi.wordpress.com (66) 9953-7642 AULA 02 Revisão de conteúdos da aula passada Exercícios de revisão da aula 01 Estruturas condicionais

Leia mais

ITENS FUNDAMENTAIS Programando em C++

ITENS FUNDAMENTAIS Programando em C++ INFORMÁTICA E COMPUTAÇÃO - CMP 1060 AULA 3 ITENS FUNDAMENTAIS Programando em C++ 1. Constantes São valores que são mantidos fixos pelo compilador. Tipo de Dado Exemplos de Constantes char b \n \0 int 2

Leia mais

system("pause"); //Envia comando para o sistema operacional solicitando parada de execução do programa } //limitador do corpo do programa

system(pause); //Envia comando para o sistema operacional solicitando parada de execução do programa } //limitador do corpo do programa Atividade Prática no Ambiente Dev C++ Para as nossas atividades práticas vamos utilizar o ambiente de desenvolvimento da Linguagem C, Dev C++, ele é bastante fácil de utilizar e com muitos recursos. Segue

Leia mais

INF1007: Programação 2. 0 Revisão. 06/08/2015 (c) Dept. de Informática - PUC-Rio 1

INF1007: Programação 2. 0 Revisão. 06/08/2015 (c) Dept. de Informática - PUC-Rio 1 INF1007: Programação 2 0 Revisão 06/08/2015 (c) Dept. de Informática - PUC-Rio 1 Tópicos Principais Variáveis e Constantes Operadores e Expressões Entrada e Saída Tomada de Decisão Construção com laços

Leia mais

Linguagem de Programação C

Linguagem de Programação C Linguagem de Programação C Aula 08 Diogo Pinheiro Fernandes Pedrosa Universidade Federal Rural do Semiárido Departamento de Ciências Exatas e Naturais 13 de novembro de 2009 Introdução O que é uma linguagem

Leia mais

Aula 15 Variáveis Indexadas (vetores)

Aula 15 Variáveis Indexadas (vetores) Aula 15 Variáveis Indexadas (vetores) Além das variáveis normais já conhecidas, podemos ter também variáveis indexadas. Tais variáveis são referenciadas por um nome e um índice. Especialmente úteis para

Leia mais

Comandos de entrada. e saída. Comandos de entrada. Comandos de entrada. Comandos de entrada. Comandos de entrada. Comandos de entrada.

Comandos de entrada. e saída. Comandos de entrada. Comandos de entrada. Comandos de entrada. Comandos de entrada. Comandos de entrada. e saída Biblioteca stdio.h Comandos Função scanf() Função gets() Função getchar() Material cedido pelo prof. Daniel Callegari scanf() Rotina de entrada que lê todos os tipos de dados. Protótipo: int scanf(const

Leia mais

Estruturas de Repetição

Estruturas de Repetição Estruturas de Repetição Introdução As estruturas de repetição, permitem executar mais de uma vez um mesmo trecho de código. Trata-se de uma forma de executar blocos de comandos somente sob determinadas

Leia mais

Linguagem C. André Tavares da Silva.

Linguagem C. André Tavares da Silva. Linguagem C André Tavares da Silva dcc2ats@joinville.udesc.br Lógica de Programação O objetivo da lógica de programação é exercitar os métodos de raciocínio e elaborar soluções coerentes para determinados

Leia mais

Estrutura de Seleção Múltipla Switch

Estrutura de Seleção Múltipla Switch Estrutura de Seleção Múltipla Switch Disciplina: Algoritmos e Programação Luciano Moraes Da Luz Brum Universidade Federal do Pampa Unipampa Campus Bagé Email: lucianobrum18@gmail.com Horários de atendimento:

Leia mais

Working 03 : Conceitos Básicos II

Working 03 : Conceitos Básicos II Universidade Federal do Espirito Santo Centro Tecnologico Working 03 : Conceitos Básicos II Objetivos: Dominar a construção de estruturas de seleção em C; Aperfeiçoarse na resolução de problemas, da primeira

Leia mais

Resolução de Algoritmos

Resolução de Algoritmos Resolução de Algoritmos Disciplina: Algoritmos e Programação Luciano Moraes Da Luz Brum Universidade Federal do Pampa Unipampa Campus Bagé Email: lucianobrum18@gmail.com Tópicos Resolução dos exercícios

Leia mais

Slides trabalhados durante a quinta aula

Slides trabalhados durante a quinta aula Slides trabalhados durante a quinta aula prática Estruturas de Controle de Fluxo 3. Laços de repetição (continuação) Exercício: Construa um algoritmo, representando-o através de um pseudocódigo e de um

Leia mais

5 Comando de Seleção Simples e Composta

5 Comando de Seleção Simples e Composta 5 Comando de Seleção Simples e Composta Ronaldo F. Hashimoto e Carlos H. Morimoto Essa aula introduz o comando de seleção, que permite ao seu programa tomar decisões sobre o fluxo do processamento, ou

Leia mais

Exercícios - Questões Objetivas

Exercícios - Questões Objetivas Exercícios - Questões Objetivas Apresentação 02 - Tipos de Dados 1. O nome de uma variável é criado por um programador devendo seguir algumas regras, são listas de nomes válidos, EXCETO: a) Nota1, Nota2,

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação. Estruturas de repetição

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação. Estruturas de repetição Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação Estruturas de repetição Prof. Renato Pimentel 1 Estruturas de repetição Utilização: Trecho de um algoritmo precisa ser executado mais de uma vez:

Leia mais

Introdução a Programação de Jogos

Introdução a Programação de Jogos Introdução a Programação de Jogos Aula 03 Introdução a Linguagem C Edirlei Soares de Lima Estrutura de um Programa C Inclusão de bibliotecas auxiliares: #include Definição

Leia mais

Resumo da matéria: - Sintaxe da definição duma função C: - Diagramas sintácticos do if e dos mecanismos de ciclos em C:

Resumo da matéria: - Sintaxe da definição duma função C: - Diagramas sintácticos do if e dos mecanismos de ciclos em C: Aula de PGI 15.4.2014 Exercícios que envolvem ciclos e funções Resumo da matéria: - Sintaxe da definição duma função C: tipovalorretorno nomedafuncao( tipo nomevar, tipo nomevar1 ){ int v; // Aqui consta

Leia mais

Aula 5 Oficina de Programação Introdução ao C. Profa. Elaine Faria UFU

Aula 5 Oficina de Programação Introdução ao C. Profa. Elaine Faria UFU Aula 5 Oficina de Programação Introdução ao C Profa. Elaine Faria UFU - 2017 Linguagem de Programação Para que o computador consiga ler um programa e entender o que fazer, este programa deve ser escrito

Leia mais

Algoritmos RESUMO - LINGUAGEM C

Algoritmos RESUMO - LINGUAGEM C Algoritmos RESUMO - LINGUAGEM C 1 Sintaxe da linguagem C Componentes reconhecidos pela linguagem C (sintaxe da linguagem): tipos propriedades dos dados; declarações partes do programa, podendo dar significado

Leia mais

Introdução a Linguagem C

Introdução a Linguagem C Introdução a Linguagem C Rafael Silva Guimarães Instituto Federal do Espírito Santo rafaelg@ifes.edu.br http://rafaelguimaraes.net 22 de Dezembro de 2014 Rafael Silva Guimarães Introdução a Linguagem C

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS BAGÉ ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO. Estruturas de condição. Prof. Alex Camargo

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS BAGÉ ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO. Estruturas de condição. Prof. Alex Camargo UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS BAGÉ ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO Estruturas de condição Prof. Alex Camargo alexcamargoweb@gmail.com Estruturas de condição Estrutura condicional simples: Utilização da

Leia mais

Aula 4. Comandos de Repetição. Prof. Filipe Mutz.

Aula 4. Comandos de Repetição. Prof. Filipe Mutz. Aula 4 Comandos de Repetição Prof. Filipe Mutz. Instrução Instrução Instrução... Instrução Instrução Condicional (seleção) Repetitivo (loops) Comandos de repetição permitem que um conjunto de instruções

Leia mais

Técnicas de Programação: Comandos de Controle de DEE UFPB

Técnicas de Programação: Comandos de Controle de DEE UFPB Técnicas de Programação: Comandos de Controle de Programa Prof. Protásio DEE UFPB 1 Comandos de Controle de Programa Comandos que direcionam o fluxo de execução de programa. Em C, tem se 3 categorias:

Leia mais

Variáveis primitivas e Controle de fluxo

Variáveis primitivas e Controle de fluxo Variáveis primitivas e Controle de fluxo Material baseado na apostila FJ-11: Java e Orientação a Objetos do curso Caelum, Ensino e Inovação, disponível para download em http://www.caelum.com.br/apostilas/

Leia mais

Linguagem C: Elementos fundamentais

Linguagem C: Elementos fundamentais Instituto de C Linguagem C: Elementos fundamentais Luis Martí Instituto de Computação Universidade Federal Fluminense lmarti@ic.uff.br - http://lmarti.com Tópicos Principais Variáveis e Constantes Operadores

Leia mais

1 Exercícios com ponteiros

1 Exercícios com ponteiros Computação para Informática Funções e Ponteiros1 EXERCÍCIOS COM PONTEIROS Computação para Informática - Prof. Adriano Joaquim de Oliveira Cruz Aula Prática - Funções e ponteiros O objetivo desta aula prática

Leia mais

Programação de Computadores I Funções de Repetição da Linguagem C PROFESSORA CINTIA CAETANO

Programação de Computadores I Funções de Repetição da Linguagem C PROFESSORA CINTIA CAETANO Programação de Computadores I Funções de Repetição da Linguagem C PROFESSORA CINTIA CAETANO Comando WHILE O comando while executa um bloco de comandos enquanto a condição testada for verdadeira (diferente

Leia mais

Linguagens de programação. Introdução ao C (continuação)

Linguagens de programação. Introdução ao C (continuação) Linguagens de programação Introdução ao C (continuação) M@nso 2003 Sumário Introdução à programação Linguagem C Repetição de instruções Ciclos com controlo inicial ciclo While ciclo For Ciclos com controlo

Leia mais

Linguagem de Programação C. Prof. Fabrício Olivetti de França

Linguagem de Programação C. Prof. Fabrício Olivetti de França Linguagem de Programação C Prof. Fabrício Olivetti de França Linguagem C 2 Linguagem C Imperativo e estruturado Pequeno conjunto de palavras-chaves, operadores, etc. Tipagem estática, porém fraca Permite

Leia mais

Capítulo 2 Operadores. A função scanf()

Capítulo 2 Operadores. A função scanf() Capítulo 2 Operadores A função scanf() A função scanf() é outra das funções de E/S implementadas em todos os compiladores e nos permite ler dados formatados da entrada padrão (teclado). Sintaxe: scanf(

Leia mais

Linguagem de Programação. Thiago Leite Francisco Barretto

Linguagem de Programação. Thiago Leite Francisco Barretto Linguagem de Programação Thiago Leite Francisco Barretto SCHILDT, H. C Completo e Total. 3ª Edição. São Paulo: Makron, 1997. Bibliografia Ementa

Leia mais

Estrutura do programa

Estrutura do programa Linguagem C Estrutura do programa Exemplo: #include #include main() { printf( Ola, mundo! ); system( pause ); }

Leia mais

Linguagem C. Compiladores e Interpretadores

Linguagem C. Compiladores e Interpretadores Linguagem C Criada por Dennis M. Ritchie e Ken Thompson no Laboratório Bell em 1972. A Linguagem C foi baseada na Linguagem B criada por Thompson. C é uma linguagem utilizada para programação de qualquer

Leia mais

Algoritmos e Estruturas de Dados I (DCC/003) 2013/1. Estruturas Básicas. Aula Tópico 4

Algoritmos e Estruturas de Dados I (DCC/003) 2013/1. Estruturas Básicas. Aula Tópico 4 Algoritmos e Estruturas de Dados I (DCC/003) 2013/1 Estruturas Básicas Aula Tópico 4 1 Problema 3 Exibir o maior número inteiro que pode ser representado no computador. 2 Qual o maior número inteiro? Para

Leia mais

Exercícios: Vetores e Matrizes

Exercícios: Vetores e Matrizes Universidade Federal de Uberlândia - UFU Faculdade de Computação - FACOM Lista de exercícios de programação em linguagem C Exercícios: Vetores e Matrizes 1 Vetores 1. Faça um programa que possua um vetor

Leia mais

C Operadores e Expressões

C Operadores e Expressões C Operadores e Expressões Adriano Cruz adriano@nce.ufrj.br Instituto de Matemática Departamento de Ciência da Computação UFRJ 15 de agosto de 2013 Adriano Cruz adriano@nce.ufrj.br (IM-DCC-UFRJ)C Operadores

Leia mais

Fábio da Fontoura Beltrão Felipe Augusto Chies Lucas Fialho Zawacki Marcos Vinicius Cavinato Matheus de Carvalho Proença

Fábio da Fontoura Beltrão Felipe Augusto Chies Lucas Fialho Zawacki Marcos Vinicius Cavinato Matheus de Carvalho Proença C++ Fábio da Fontoura Beltrão Felipe Augusto Chies Lucas Fialho Zawacki Marcos Vinicius Cavinato Matheus de Carvalho Proença Primeiro Programa //Primeiro Programa C++ #include int main() { std::cout

Leia mais

Características da Linguagem C

Características da Linguagem C Características da Linguagem C Na aula passada, foi implementado o exemplo utilizado do reajuste salarial O resultado impresso pode ser visualizado da seguinte forma: Características da Linguagem C Introdução

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação. Linguagem C: Operadores relacionais e lógicos estruturas condicionais If...

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação. Linguagem C: Operadores relacionais e lógicos estruturas condicionais If... Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação Linguagem C: Operadores relacionais e lógicos estruturas condicionais If... Else Switch Prof. Renato Pimentel 1 Operações relacionais Operações

Leia mais

Controle de Fluxo. Laços e Desvios incondicionais

Controle de Fluxo. Laços e Desvios incondicionais Controle de Fluxo Laços e Desvios incondicionais Laços Em C, há três comandos de ITERAÇÃO ou LAÇOS: for while do... while Estes permitem que um conjunto de instruções seja executado até que ocorra uma

Leia mais

EXERCÍCIO DE SONDAGEM TURMA 01 SEMESTRE DATA: 01/11/2016. Matrícula Nome Nota

EXERCÍCIO DE SONDAGEM TURMA 01 SEMESTRE DATA: 01/11/2016. Matrícula Nome Nota Universidade Federal de Campina Grande Centro de Engenharia Elétrica e Informática Departamento de Sistemas e Computação Disciplina: Técnicas de Programação Prof.: José Eustáquio Rangel de Queiroz EXERCÍCIO

Leia mais

Introdução a Linguagem C (Parte I) UFPA Sistemas de Informação. Roberto Araujo 2013

Introdução a Linguagem C (Parte I) UFPA Sistemas de Informação. Roberto Araujo 2013 Introdução a Linguagem C (Parte I) UFPA Sistemas de Informação Roberto Araujo 2013 Meu primeiro programa em C #include main() { printf( Primeiro Programa \n ); Biblioteca padrão Função principal

Leia mais

COMANDOS DE DECISÕES. O COMANDO if. O comando if instrui o computador a tomar uma decisão simples. Forma Geral: if (expressão de teste) instrução;

COMANDOS DE DECISÕES. O COMANDO if. O comando if instrui o computador a tomar uma decisão simples. Forma Geral: if (expressão de teste) instrução; COMANDOS DE DECISÕES O COMANDO if O comando if instrui o computador a tomar uma decisão simples. Forma Geral: if (expressão de teste) instrução; Por exemplo: /* testif.c*/ /* mostra o uso do comando if*/

Leia mais

Linguagem C: funções e ponteiros. Prof. Críston Algoritmos e Programação

Linguagem C: funções e ponteiros. Prof. Críston Algoritmos e Programação Linguagem C: funções e ponteiros Prof. Críston Algoritmos e Programação Funções Recurso das linguagens de programação que permite dar um nome para um conjunto de instruções Facilita a reutilização de algoritmos

Leia mais

Computação 2. Diego Addan Aula 3. Funções

Computação 2. Diego Addan Aula 3. Funções Computação 2 Aula 3 Funções Diego Addan diegoaddan@gmail.com Funções Função é um subprograma que auxilia o programa principal através da realização de uma determinada subtarefa. As funções são chamados

Leia mais

Tipos de Dados, Variáveis e Entrada e Saída em C. DCC 120 Laboratório de Programação

Tipos de Dados, Variáveis e Entrada e Saída em C. DCC 120 Laboratório de Programação Tipos de Dados, Variáveis e Entrada e Saída em C DCC 120 Laboratório de Programação Variáveis Uma variável representa um espaço na memória do computador para armazenar um determinado tipo de dado. Em C,

Leia mais

1 Resumo: Matrizes. 2.1 Como declarar uma matriz IME/USP. Departamento de Ciência da Computação

1 Resumo: Matrizes. 2.1 Como declarar uma matriz IME/USP. Departamento de Ciência da Computação Departamento de Ciência da Computação MAC2166 Introdução a Computação IME/USP Matrizes 1 Resumo: Matrizes são estruturas bi-dimensionais utilizadas para armazenar dados de um mesmo tipo. Para declarar

Leia mais

Algoritmos e Estruturas de Dados I (DCC/003) Estruturas Condicionais e de Repetição

Algoritmos e Estruturas de Dados I (DCC/003) Estruturas Condicionais e de Repetição Algoritmos e Estruturas de Dados I (DCC/003) Estruturas Condicionais e de Repetição 1 Comando while Deseja-se calcular o valor de: 1 + 2 + 3 +... + N. Observação: não sabemos, a priori, quantos termos

Leia mais

Primeira Lista de Exercícios

Primeira Lista de Exercícios Primeira Lista de Exercícios SCC0121 - Introdução à Programação Prof. Alneu de Andrade Lopes Estagiário PAE: Nils Ever Murrugarra Llerena 22 de março de 2010 1 Algoritmos e Estruturas Seqüenciais 1. Elabore

Leia mais

LINGUAGEM C: VARIÁVEIS E EXPRESSÕES

LINGUAGEM C: VARIÁVEIS E EXPRESSÕES LINGUAGEM C: VARIÁVEIS E EXPRESSÕES Prof. André Backes LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO Linguagem de Máquina Computador entende apenas pulsos elétricos Presença ou não de pulso 1 ou 0 Tudo no computador deve

Leia mais

LINGUAGEM C: VARIÁVEIS E EXPRESSÕES

LINGUAGEM C: VARIÁVEIS E EXPRESSÕES LINGUAGEM C: VARIÁVEIS E EXPRESSÕES Prof. André Backes LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO Linguagem de Máquina Computador entende apenas pulsos elétricos Presença ou não de pulso 1 ou 0 Tudo no computador deve

Leia mais

Solucionário de. Programação

Solucionário de. Programação Solucionário de Programação Questão 0 Crie um programa em que o usuário possa entrar com o valor de uma peça, com o número de peças compradas e dar um desconto de 12% ao comprador. O dado de saída é o

Leia mais

Introdução a Programação na Linguagem C.

Introdução a Programação na Linguagem C. Introdução a Programação na Linguagem C. Prof. Gemilson George E-mail: gemilson@geo.com.br Skype: gemilson_geo MSN: gemilsongeorge@gmail.com Facebook: facebook.com/gemilson Fone: (83)8880-2046 Blog: informaticageo.wordpress.com

Leia mais

Introdução à Linguagem C

Introdução à Linguagem C Introdução à Linguagem C 1 Histórico da Linguagem C Criada por Denis Ritchie, na década de 1970, para uso em um computador DEC PDP-11 em Unix C++ é uma extensão da linguagem C O sistema Unix é escrito

Leia mais

controle de fluxo - condicionais

controle de fluxo - condicionais controle de fluxo - condicionais controle de fluxo - condicionais tópicos if if else if else if else expressões booleanas switch referências Capítulo 4 da apostila Capítulo 3 do livro condicionais (tomada

Leia mais

MAC 2166 Introdução à Computação para Engenharia

MAC 2166 Introdução à Computação para Engenharia MAC 2166 Introdução à Computação para Engenharia PROVA 2 QUESTÃO 1. Simule a execução do programa abaixo, destacando a sua saída. A saída do programa consiste de tudo que resulta dos comandos printf. int

Leia mais

Curso de C. Declaração de Variáveis 18/3/ :48 1

Curso de C. Declaração de Variáveis 18/3/ :48 1 Curso de C Declaração de Variáveis 18/3/2008 15:48 1 Declaração de Variáveis Objetivos: Aprender como: Criar variáveis Atribuir um valor inicial à variável Escolher um nome para a variável 18/3/2008 15:48

Leia mais

LINGUAGEM C: ARRAY: VETORES E MATRIZES

LINGUAGEM C: ARRAY: VETORES E MATRIZES LINGUAGEM C: ARRAY: VETORES E MATRIZES Prof. André Backes POR QUE USAR ARRAY? As variáveis declaradas até agora são capazes de armazenar um único valor por vez. Sempre que tentamos armazenar um novo valor

Leia mais

Disciplina: Algoritmos e Programação Professor: Paulo César Fernandes de Oliveira, BSc, PhD

Disciplina: Algoritmos e Programação Professor: Paulo César Fernandes de Oliveira, BSc, PhD 1. Atribua valores para as variáveis usadas e determine o resultado da execução dos algoritmos abaixo: algoritmo Intervalo de Numeros var numero : inteiro inicio escreva ( Digite um numero: ) leia (numero)

Leia mais

TÉCNICO DE INFORMÁTICA - SISTEMAS

TÉCNICO DE INFORMÁTICA - SISTEMAS 782 - Programação em C/C++ - estrutura básica e conceitos fundamentais Linguagens de programação Linguagem de programação são conjuntos de palavras formais, utilizadas na escrita de programas, para enunciar

Leia mais

PROGRAMAÇÃO I E N T R A DA E S A Í DA D E DA D O S

PROGRAMAÇÃO I E N T R A DA E S A Í DA D E DA D O S PROGRAMAÇÃO I VA R I Á V E I S, C O N S TA N T E S, O P E R A D O R E S E N T R A DA E S A Í DA D E DA D O S Variáveis 2 Variáveis são locais onde são armazenados os valores na memória. Toda variável é

Leia mais

Exercícios: Comandos de Repetição

Exercícios: Comandos de Repetição Universidade Federal de Uberlândia - UFU Faculdade de Computação - FACOM Lista de exercícios de programação em linguagem C Exercícios: Comandos de Repetição 1. Faça um programa que determine o mostre os

Leia mais

Introdução à Ciência da Computação SCC0120 Prof. Zhao Liang. Aula de Laboratório 1: Operadores, comandos básicos e comando IF 27/03/2012

Introdução à Ciência da Computação SCC0120 Prof. Zhao Liang. Aula de Laboratório 1: Operadores, comandos básicos e comando IF 27/03/2012 Introdução à Ciência da Computação SCC0120 Prof. Zhao Liang Aula de Laboratório 1: Operadores, comandos básicos e comando IF 27/03/2012 PARTE 1: OPERADORES E COMANDOS BÁSICOS EXEMPLO 1.1: Programa que

Leia mais

#include Void main() { printf( Cheguei!\n"); } INTRODUÇÃO A LINGUAGEM C

#include <stdio.h> Void main() { printf( Cheguei!\n); } INTRODUÇÃO A LINGUAGEM C #include Void main() { printf( Cheguei!\n"); } INTRODUÇÃO A LINGUAGEM C ANTES DO C ERA A LINGUAGEM B B foi essencialmente uma simplificação da linguagem BCPL. B só tinha um tipo de dado, que

Leia mais

Estruturas de repetição. Objetivos: - Compreender diversos tipos de comandos de repetições disponíveis na linguagem C.

Estruturas de repetição. Objetivos: - Compreender diversos tipos de comandos de repetições disponíveis na linguagem C. capa Estruturas de repetição Objetivos: - Compreender diversos tipos de comandos de repetições disponíveis na linguagem C. - Aprender a implementar algoritmos em C com laços de repetições. Estruturas de

Leia mais

Algoritmos e Estruturas de Dados I. Universidade Federal de São João del-rei Pedro Mitsuo Shiroma Sala 119 Bloco 3

Algoritmos e Estruturas de Dados I. Universidade Federal de São João del-rei Pedro Mitsuo Shiroma Sala 119 Bloco 3 Algoritmos e Estruturas de Dados I Universidade Federal de São João del-rei Pedro Mitsuo Shiroma Sala 119 Bloco 3 Laboratório de AEDS 1 Aula 01 Linguagens de Programação Cada linguagem de programação obedece

Leia mais

Comando Switch. Embora a escada if else-if possa executar testes de várias maneiras, ela não é de maneira nenhuma elegante.

Comando Switch. Embora a escada if else-if possa executar testes de várias maneiras, ela não é de maneira nenhuma elegante. Comando Switch Embora a escada if else-if possa executar testes de várias maneiras, ela não é de maneira nenhuma elegante. O código pode ficar difícil de ser seguido e confundir até mesmo o seu autor no

Leia mais

Estruturas de Decisão. Adaptado de Deise Saccol

Estruturas de Decisão. Adaptado de Deise Saccol Estruturas de Decisão Adaptado de Deise Saccol 1 ESTRUTURAS DE DECISÃO Comandos de decisão ou desvio fazem parte das técnicas de programação, para construir estruturas de algoritmos que não são totalmente

Leia mais