Propriedades da tabela periódica

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Propriedades da tabela periódica"

Transcrição

1 Propriedades da tabela periódica Química Geral Prof. Edson Nossol Uberlândia, 30/09/2016

2 calcogênioos halogênios Metais alcalinos Metais alcalinos terrosos Gases nobres Metais de transição

3 Dimitris Mendeliev (1869) Propriedades características dos átomos mostram variações periódicas regulares com o número atômico Li, Na, K: lábeis (reativos) ns 1 He, Ne, Ar: não-lábeis (inertes) ns 2 np 6

4 Li : fármaco antipsicótico

5 Na Z= 11 1s 2 2s 2 2p 6 3s 1 Na + 1s 2 2s 2 2p 6

6 Cl Z= 17 H 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 5 Cl- 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6

7 Raio atômico 90 % da densidade eletrônica Metade da distância internuclear entre átomos vizinhos

8 Mais camadas eletrônicas (grupo) Raio atômico Carga nuclear efetiva aumenta (período)

9 Raio atômico Peter Agre Roderick MacKinnon Nobel em Química (2003) canais iônicos Canais são seletivos para Na+ (raio iônico menor que K+)

10 Espectroscopia fotoeletrônica E i = EI + E c EI =E i - E c E c EI 2p EI 2s EI 1s E c E c E c E c

11 Exemplo: Um certo elemento estudado por XPS mostra um espectro com 5 linhas distintas ( 5 Ec). Quais os possíveis elementos que podem originar esse espectro? Determinar os orbitais que podem originar o espectro 1s 2s 2p 3s 3p Elementos que possuem elétrons nesses orbitais Al Si P S Cl Ar

12 Energia de ionização Energia mínima necessária para remover um elétron de um átomo em fase gasosa 1ª energia de ionização: remoção elétron menos firmemente ligado 2ª energia de ionização: maior que a primeira B 2+ (1s 2 2s 1 ) B 2+ (1s 2 2s 1 ) B 3+ (1s 2 ) 3ª energia de ionização: maior que a segunda

13 EI diminui Energia de ionização EI aumenta

14 Energia de ionização (desvios) EI B < EI Be Berílio Boro No boro o elétron mais externo ocupa o orbital 2p, ficando menos fortemente ligado

15 Energia de ionização (desvios) EI O < EI N Nitrogênio Oxigênio No oxigênio os elétrons no orbital 2p se repelem fortemente, compensando a maio carga nuclear

16 Afinidade eletrônica (E a ) Habilidade de um átomo (ou íon) em ganhar elétrons X (g) X - (g) Energia é liberada, então o íon é mais estável que o átomo neutro E a = E(átomo A) E(átomo A - ) 349

17 Ea diminui Gases nobres Afinidade eletrônica (E a ) Pode ser positiva ou negativa E a = -7 kj / mol N mais estável que N - Ea aumenta F: 1s 2 2s 2 2p 5 F - : 1s 2 2s 2 2p 6 Ne: 1s 2 2s 2 2p 6 Ne - : 1s 2 2s 2 2p 6 3s 1

18 Eletronegatividade (c) Capacidade de um átomo tem de atrair densidade elétrônica de outro átomo c 1/2 (Ea + EI) Eletronegatividade de Mulliken

19 Eletronegatividade (c) Capacidade de um átomo tem de atrair densidade elétrônica (roubar) de outro átomo

20 Exercício: (a) Qual dos átomos deverá ter uma energia de ionização mais baixa: oxigênio ou enxofre? (b) Qual dos átomos deverá ter a maior segunda energia de ionização: Li ou Be?

21 Ligação iônica e suas propriedades Química Geral Prof. Edson Nossol Uberlândia, 30/09/2016

22 Ligação química: é a força atrativa que mantém dois ou mais átomos unidos. c Cl = 3,0 c Br = 2,8 Ligação covalente: resulta do compartilhamento de elétrons entre dois átomos não metal + não metal: c entre 0,3 e 1,6

23 Ligação química: é a força atrativa que mantém dois ou mais átomos unidos. c Na = 0,9 Ligação metálica: é a força atrativa que mantém metais puros unidos. metal + metal

24 Ligação química: é a força atrativa que mantém dois ou mais átomos unidos. c Na = 0,9 c Cl = 3,0 Ligação iônica: resulta da transferência de elétrons de um metal para um não-metal. metal + não metal: c 2

25 Ligação iônica NiCl 2.6H 2 O K 2 Cr 2 O 4 CoCl 2.6H 2 O transferência eletrônica CuSO 4.5H 2 O NaCl

26 Eletronegatividade (c) Capacidade de um átomo tem de atrair densidade elétrônica de outro átomo c 1/2 (Ea + EI) Eletronegatividade de Mulliken

27 Regra do octeto Todos os gases nobres, com exceção do He, têm uma configuração s 2 p 6 (não lábeis). A regra do octeto: os átomos tendem a ganhar, perder ou compartilhar elétrons até que eles estejam rodeados por 8 elétrons de valência (4 pares de elétrons). Cuidado: existem várias exceções à regra do octeto.

28 Símbolos de Lewis Na Z= 11 1s 2 2s 2 2p 6 3s 1 Cl Z= 17 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 5 elétrons que participam da ligação

29 Símbolos de Lewis Na Z= 11 1s 2 2s 2 2p 6 3s 1 Cl Z= 17 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 5 Metal: número total de pontos é o máximo de e - que ele pode perder Não -metal: número e - desemparelhados é igual n o elétrons ele ganha

30 Ligação iônica Fórmula: LiF O número total de elétrons perdidos pelo metal deve ser o mesmo do número total de elétrons ganhos pelo não metal Exercício: Use os diagramas dos orbitais e símbolos de Lewis para representar a formação da ligação entre os íons Na e O partindo de seus respectivos átomos, e determine a fórmula do composto.

31 Ligação iônica Fórmula: LiF O número total de elétrons perdidos pelo metal deve ser o mesmo do número total de elétrons ganhos pelo não metal Exercício: Use os diagramas dos orbitais e símbolos de Lewis para representar a formação da ligação entre os íons Mg e Cl partindo de seus respectivos átomos, e determine a fórmula do composto.

32 Ligação iônica As configurações eletrônicas podem prever a formação de íon estável: Mg: [Ne]3s 2 Mg + : [Ne]3s 1 Mg 2+ : [Ne] não estável estável Cl: [Ne]3s 2 3p 5 Cl - : [Ne]3s 2 3p 6 = [Ar] estável

33 Ligação iônica NaCl 147 kj mol

34 Constante de Madelung Sólido Número de coordenação (cátion:ânion) Constante de Madelung (A) ZnS 4:4 1,638 NaCl 6:6 1,748 CsCl 8:8 1,763

35 Expoente de Born Configuração do íon Expoente de Born (a) [He] 1s 2 5 [Ne] ou 2s 2 2p 6 7 [Ar] ou 3s 2 3p 6 9 [Kr] ou 4s 2 4p 6 10 [Xe] ou 5s 2 5p 6 12

36 Expoente de Born U = E + Er = ANq+ q e 2 4πεr + NB r n U = energia liberada quando um mol de pares de íons, no estado gasoso, se aproximam De uma distância infinita até uma distância de equilíbrio para formar um sólido iônico Máxima atração Mínima repulsão

37 Expoente de Born U = E + Er = ANq+ q e 2 4πεr + NB r n U = energia liberada quando um mol de pares de íons, no estado gasoso, se aproximam De uma distância infinita até uma distância de equilíbrio para formar um sólido iônico U 0 = ANq+ q e 2 4πεr + ( 1-1 n )

38 Propriedades sólidos iônicos Sólido iônico Retículo de Bravais Ponto de fusão ( C) NaCl KCl MgO cúbico face centrada cúbico face centrada cúbico face centrada Solubilidade em água (mg ml -1 ) 801 0, , , U 0 = ANq+ q e 2 4πεr + ( 1-1 n )

39 Propriedades sólidos iônicos Valores altos de ponto de fusão e ebulição

40 Propriedades sólidos iônicos Dureza força externa Cargas iguais se repelem Cristal quebra

41 Propriedades sólidos iônicos Condutividade sólido sólido fundido solução

Ligação iônica e suas propriedades

Ligação iônica e suas propriedades Ligação iônica e suas propriedades Química Geral Prof. Edson Nossol Uberlândia, 17/03/2016 Ligação química: é a força atrativa que mantém dois ou mais átomos unidos. c Cl = 3,0 c Br = 2,8 Ligação covalente:

Leia mais

PROPRIEDADES ATÔMICAS E TENDÊNCIAS PERIÓDICAS

PROPRIEDADES ATÔMICAS E TENDÊNCIAS PERIÓDICAS PROPRIEDADES ATÔMICAS E TENDÊNCIAS PERIÓDICAS TAMANHO ATÔMICO Pode ser definido como a distância entre os átomos em uma amostra do elemento. Cl Cl (Cl 2 ): 198 pm Raio covalente: 198/2 = 99 pm C-C no diamante

Leia mais

17/3/2014. Carga nuclear efetiva. Z eff = Z - S

17/3/2014. Carga nuclear efetiva. Z eff = Z - S O desenvolvimento da tabela periódica Em 2002, haviam 115 elementos conhecidos. A maior parte dos elementos foi descoberta entre 1735 e 1843. Como organizar 115 elementos diferentes de forma que possamos

Leia mais

Ligação Química Parte 1

Ligação Química Parte 1 Ligação Química Parte 1 Poucos elementos são encontrados no estado atômico na natureza, os outros são encontrados como compostos, ligados a outros átomos. Os únicos elementos encontrados na forma atômica

Leia mais

A Tabela Periódica pode ser um guia para a ordem na qual os orbitais são preenchidos...

A Tabela Periódica pode ser um guia para a ordem na qual os orbitais são preenchidos... Aula 02 - Tabela Periódica TABELA PERIÓDICA e Lothar Meyer A Tabela Periódica pode ser um guia para a ordem na qual os orbitais são preenchidos... Pode-se escrever a distribuição eletrônica de um elemento

Leia mais

Classificação Periódica dos Elementos. Estrutura da Tabela Periódica. Ordem crescente de Número Atômico (Z): Z = n de prótons = n e -

Classificação Periódica dos Elementos. Estrutura da Tabela Periódica. Ordem crescente de Número Atômico (Z): Z = n de prótons = n e - Classificação Periódica dos Elementos Estrutura da Tabela Periódica Ordem crescente de Número Atômico (Z): 13 Al 26,9 Z = n de prótons = n e - A = média ponderada das massas atômicas dos isótopos. Estrutura

Leia mais

Aumento do número de níveis eletrónicos, n, nas orbitais de valência

Aumento do número de níveis eletrónicos, n, nas orbitais de valência Causas da variação das propriedades periódicas dos elementos Aumento do número de níveis eletrónicos, n, nas orbitais de valência Eletrões de valência menos energéticos mais próximos do núcleo n aumenta

Leia mais

LIGAÇÃO COVAL COV AL NT

LIGAÇÃO COVAL COV AL NT LIGAÇÃO COVALENTE INTRODUÇÃO Resulta do compartilhamento de elétrons. Ex: H 2 Os dois átomos de hidrogênio se aproximam devido à força de atração que depois de determinada distância diminuem surgindo as

Leia mais

QUÍMICA A Ciência Central 9ª Edição Capítulo 8 Conceitos básicos de ligação química David P. White

QUÍMICA A Ciência Central 9ª Edição Capítulo 8 Conceitos básicos de ligação química David P. White QUÍMICA A Ciência Central 9ª Edição Capítulo 8 Conceitos básicos de ligação química David P. White Ligações químicas, símbolos de Lewis e a regra do octeto Ligação química: é a força atrativa que mantém

Leia mais

Aula 12-27_05_2013. Continuação: CLASSIFICAÇÃO PERIÓDICA DOS ELEMENTOS QUÍMICOS

Aula 12-27_05_2013. Continuação: CLASSIFICAÇÃO PERIÓDICA DOS ELEMENTOS QUÍMICOS 1 Aula 12-27_05_2013 Continuação: CLASSIFICAÇÃO PERIÓDICA DOS ELEMENTOS QUÍMICOS Prof a. Luciana Assis Terra NOMES ESPECIAIS PARA AS FAMÍLIAS 1A: Família dos metais alcalinos. Li, Na, K, Rb, Cs e Fr. 2A:

Leia mais

Ligações Químicas Por que os átomos formam ligações químicas? Distância de equilíbrio Comprimento da ligação H-H r o = 74 pm distância internuclear Uma ligação química entre dois átomos é formada se

Leia mais

Assunto: Ligações Químicas. 1) O grupo de átomos que é encontrado na forma monoatômica pelo fato de serem estáveis é:

Assunto: Ligações Químicas. 1) O grupo de átomos que é encontrado na forma monoatômica pelo fato de serem estáveis é: Aluno: Série: 1º ano Assunto: Ligações Químicas 1) O grupo de átomos que é encontrado na forma monoatômica pelo fato de serem estáveis é: a) Halogênios b) Calcogênios c) Metais Alcalinos Terrosos d) Metais

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal do Paraná Setor Palotina

Ministério da Educação Universidade Federal do Paraná Setor Palotina Ministério da Educação Universidade Federal do Paraná Setor Palotina Aula 7 Ligação Iônica Prof. Isac G. Rosset Prof. Isac G. Rosset - UFPR - Palotina - Ciências Exatas 13 1 Ligações fortes: Ligações fracas:

Leia mais

LIGAÇÕES QUÍMICAS. Prof. Marcel Piovezan. Curso Superior de Tecnologia em Processos Químicos

LIGAÇÕES QUÍMICAS. Prof. Marcel Piovezan. Curso Superior de Tecnologia em Processos Químicos MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA CAMPUS LAGES LIGAÇÕES QUÍMICAS Prof. Marcel Piovezan marcel.piovezan@ifsc.edu.br

Leia mais

Aulão de Química. Química Geral Professor: Eduardo Ulisses

Aulão de Química. Química Geral Professor: Eduardo Ulisses Aulão de Química Química Geral Professor: Eduardo Ulisses Substâncias e Misturas Substância é qualquer parte da matéria que possui propriedades constantes. As substâncias podem ser classificadas como sendo

Leia mais

Unidade Tabela Periódica

Unidade Tabela Periódica 10.º ano - Física e Química A História da Tabela Periódica De onde veio a Tabela Periódica? A tentativa de organizar os elementos químicos já vem desde o pai da Química, Lavoisier. No entanto, durante

Leia mais

Ligações Químicas - I

Ligações Químicas - I Ligações Químicas - I Orbitais atômicos e números quânticos A tabela periódica; propriedades Ligações químicas A ligação iônica Ligação covalente Orbitais moleculares (LCAO) Hibridização Geometrias moleculares

Leia mais

Ligações Químicas Prof. Jackson Alves

Ligações Químicas Prof. Jackson Alves Ligações Químicas Prof. Jackson Alves www.quimusicando.zz.vc INTRODUÇÃO De que maneira os átomos se combinam para formar moléculas, e por que os átomos formam ligações? Só se formará uma molécula quando

Leia mais

Configurações eletrônicas e a tabela periódica. Os grupos 1 e 2 têm elétrons nos orbitais s. Os grupos 13 ao 18 têm elétrons nos orbitais p

Configurações eletrônicas e a tabela periódica. Os grupos 1 e 2 têm elétrons nos orbitais s. Os grupos 13 ao 18 têm elétrons nos orbitais p TABELA PERIÓDICA 32 18 Configurações eletrônicas e a tabela periódica A tabela periódica pode ser utilizada como um guia para as configurações eletrônicas. O número do período é o valor de n. Os grupos

Leia mais

QUÍMICA GERAL Ligações Químicas. slide- 1 LIGAÇÕES QUÍMICAS. Profª. Camila Amorim

QUÍMICA GERAL Ligações Químicas. slide- 1 LIGAÇÕES QUÍMICAS. Profª. Camila Amorim slide- 1 LIGAÇÕES QUÍMICAS Cap. 8 J.B. Russel 1 LIGAÇÕES QUÍMICAS slide- 2 Definição: forças que unem átomos formando moléculas, agrupamentos de átomos ou sólidos iônicos; Forças de interação mais fortes;

Leia mais

Por muito tempo acreditou-se que a estabilidade dos gases nobres se dava pelo fato de, à exceção do He, todos terem 8 elétrons na sua última camada.

Por muito tempo acreditou-se que a estabilidade dos gases nobres se dava pelo fato de, à exceção do He, todos terem 8 elétrons na sua última camada. Ligação química Atualmente, conhecemos cerca de 115 elementos químicos. Mas ao olharmos ao nosso redor vemos uma grande variedade de compostos (diferindo em sua cor e forma), muitas vezes formados pelo

Leia mais

CONCEITO DE LIGAÇÃO IÔNICA UNIÃO ENTRE ÁTOMOS METÁLICOS E AMETÁLICOS

CONCEITO DE LIGAÇÃO IÔNICA UNIÃO ENTRE ÁTOMOS METÁLICOS E AMETÁLICOS CONCEITO DE LIGAÇÃO IÔNICA UNIÃO ENTRE ÁTOMOS METÁLICOS E AMETÁLICOS ELETRONEGATIVIDADE CARÁTER AMETÁLICO CONFIGURAÇÃO DOS GASES NOBRES ÁTOMOS ESTÁVEIS E ISOLADOS OXIDAÇÃO ESTABILIZAÇÃO DO METAL REDUÇÃO

Leia mais

Tabela Periódica e Propriedades Periódicas dos Elementos. periódico permite fazer previsões gerais sobre seu comportamento químico e físico.

Tabela Periódica e Propriedades Periódicas dos Elementos. periódico permite fazer previsões gerais sobre seu comportamento químico e físico. Tabela Periódica e Propriedades Periódicas dos Elementos Agrupar os elementos num quadro Agrupar os elementos num quadro periódico permite fazer previsões gerais sobre seu comportamento químico e físico.

Leia mais

Disciplina: Química Professor: Rubens Barreto. III Unidade

Disciplina: Química Professor: Rubens Barreto. III Unidade Disciplina: Química Professor: Rubens Barreto III Unidade Ligações Químicas Ligações iônicas Tipos de Ligações Ligações covalentes Ligações metálicas Os gases nobres e a regra do octeto Todas as substâncias

Leia mais

Tabela Periódica Prof. Francisco Sallas

Tabela Periódica Prof. Francisco Sallas Tabela Periódica Prof. Francisco Sallas www.tapetedepedra.weebly.com Histórico 1817 - Tríades Dohereiner 1862 - Parafuso Telúrico de De Chancourtois 1864 - Lei das Oitavas de Newlands 1869 - D. F. Mendeleiev:

Leia mais

TABELA PERIÓDICA. Observamos que ele possui 7 elétrons na última camada, então, se encontra na família 17 ou 7A da classificação periódica.

TABELA PERIÓDICA. Observamos que ele possui 7 elétrons na última camada, então, se encontra na família 17 ou 7A da classificação periódica. TABELA PERIÓDICA 1- Introdução No nosso dia-a-dia o ato de classificar as coisas é algo corriqueiro. Em um faqueiro colocamos em um mesmo espaço as facas, em outro os garfos, etc. Agrupar coisas semelhantes

Leia mais

Apresentar, através da configuração eletrônica, propriedades físicas e químicas dos elementos químicos.

Apresentar, através da configuração eletrônica, propriedades físicas e químicas dos elementos químicos. CLASSIFICAÇÃO PERIÓDICA DOS ELEMENTOS (II) META Apresentar, através da configuração eletrônica, propriedades físicas e químicas dos elementos químicos. OBJETIVOS Ao final desta aula, o aluno deverá: descrever

Leia mais

Reis, Oswaldo Henrique Barolli. R375l Ligações químicas / Oswaldo Henrique Barolli. Varginha, slides : il.

Reis, Oswaldo Henrique Barolli. R375l Ligações químicas / Oswaldo Henrique Barolli. Varginha, slides : il. Reis, Oswaldo Henrique Barolli. R375l Ligações químicas / Oswaldo Henrique Barolli. Varginha, 2015. 28 slides : il. Sistema requerido: Adobe Acrobat Reader Modo de Acesso: World Wide Web 1. Ligações químicas.

Leia mais

ATIVIDADE COMPLEMENTAR DE QUÍMICA - 1 ANO-HERSCHELL-CB2014. periódicas e aperiódicas. AP. propriedade aperiódica. Propriedades periódicas

ATIVIDADE COMPLEMENTAR DE QUÍMICA - 1 ANO-HERSCHELL-CB2014. periódicas e aperiódicas. AP. propriedade aperiódica. Propriedades periódicas ATIVIDADE COMPLEMENTAR DE QUÍMICA - 1 ANO-HERSCHELL-CB014 P. AP. periódicas e aperiódicas A Tabela pode ser utilizada para relacionar as propriedades dos elementos com suas estruturas atômicas, podendo

Leia mais

Estrutura da Tabela Periódica

Estrutura da Tabela Periódica Ministério da Educação Universidade Federal do Paraná Setor Palotina Aula 6 Propriedades Periódicas Prof. Isac G. Rosset Estrutura da Tabela Periódica Ordem crescente de Número Atômico (Z): 13 Al 26,9

Leia mais

CONFIGURAÇÃO DOS GASES NOBRES ÁTOMOS ESTÁVEIS E ISOLADOS

CONFIGURAÇÃO DOS GASES NOBRES ÁTOMOS ESTÁVEIS E ISOLADOS CONFIGURAÇÃO DOS GASES NOBRES ÁTOMOS ESTÁVEIS E ISOLADOS CONCEITO DE LIGAÇÃO IÔNICA UNIÃO ENTRE ÁTOMOS METÁLICOS E AMETÁLICOS OXIDAÇÃO ESTABILIZAÇÃO DO METAL REDUÇÃO ESTABILIZAÇÃO DO AMETAL LIGAÇÃO IÔNICA

Leia mais

2) Um átomo T apresenta menos 2 prótons que um átomo Q. Com base nessa informação, assinale a opção falsa.

2) Um átomo T apresenta menos 2 prótons que um átomo Q. Com base nessa informação, assinale a opção falsa. 1) Um átomo, cujo número atômico é 18, está classificado na Tabela Periódica como: a) metal alcalino b) metal alcalinoterroso c) metal terroso d) ametal e) gás nobre 2) Um átomo T apresenta menos 2 prótons

Leia mais

TABELA PERIÓDICA E PROPRIEDADES PERIÓDICAS. Prof. Cristiano Torres Miranda Disciplina: Química Geral QM83A Turma Q33

TABELA PERIÓDICA E PROPRIEDADES PERIÓDICAS. Prof. Cristiano Torres Miranda Disciplina: Química Geral QM83A Turma Q33 TABELA PERIÓDICA E PROPRIEDADES PERIÓDICAS Prof. Cristiano Torres Miranda Disciplina: Química Geral QM83A Turma Q33 Johann Wolfgang Döbereiner John Alexander Reina Newlands Tríades Döbereiner Lei das Oitavas

Leia mais

Os elementos que têm 5 elétrons de valência, ou seja, pertencem à família VA, são P e As, portanto está correto o item D.

Os elementos que têm 5 elétrons de valência, ou seja, pertencem à família VA, são P e As, portanto está correto o item D. 01 Os elementos que têm 5 elétrons de valência, ou seja, pertencem à família VA, são P e As, portanto está correto o item D. 02 A energia de ionização cresce para direita da tabela periódica, portanto

Leia mais

PROPRIEDADES PERIÓDIOCAS

PROPRIEDADES PERIÓDIOCAS UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE QUÍMICA DEPARTAMENTO DE QUÍMICA INORGÂNICA QUÍMICA INORGÂNICA I PROPRIEDADES PERIÓDIOCAS Prof. Fabio da Silva Miranda e-mail: miranda@vm.uff.br Sala GQI 308,

Leia mais

Ligações Químicas. Iônicas. Metálicas. Covalentes. Átomo: constituinte da menor parte de qualquer matéria;

Ligações Químicas. Iônicas. Metálicas. Covalentes. Átomo: constituinte da menor parte de qualquer matéria; Ligações Químicas Átomo: constituinte da menor parte de qualquer matéria; -capacidade de se combinarem uns com os outros, lhes permite a formação de uma grande variedade de substâncias; Ligações Químicas

Leia mais

CIÊNCIAS DA NATUREZA - QUÍMICA Prof. Adriana Strelow 1º Ano

CIÊNCIAS DA NATUREZA - QUÍMICA Prof. Adriana Strelow 1º Ano CIÊNCIAS DA NATUREZA - QUÍMICA Prof. Adriana Strelow 1º Ano - 2016 TABELA PERIÓDICA ATUAL: Os elementos estão ordenados em ordem crescente de número atômico. O critério utilizado para classificar os elementos

Leia mais

CONCEITOS FUNDAMENTAIS SOBRE LIGAÇÃO QUÍMICA. Prof a. Dr a. Luciana M. Saran

CONCEITOS FUNDAMENTAIS SOBRE LIGAÇÃO QUÍMICA. Prof a. Dr a. Luciana M. Saran CONCEITOS FUNDAMENTAIS SOBRE LIGAÇÃO QUÍMICA Prof a. Dr a. Luciana M. Saran 1 1. INTRODUÇÃO Ligações Químicas Interatômicas - Forças de interação entre os átomos. - São responsáveis pela formação de moléculas,

Leia mais

Ligação Covalente: compartilhamento de elétrons entre os átomos.

Ligação Covalente: compartilhamento de elétrons entre os átomos. Aula 12 28/abr Marcelo Ligação Covalente: compartilhamento de elétrons entre os átomos. Formação de compostos moleculares Ocorre entre átomos de não-metais (baixa diferença de eletronegatividade) http://www.desconversa.com.br/quimica/tag/ligacao-covalente/

Leia mais

Classificação Periódica dos Elementos

Classificação Periódica dos Elementos Classificação Periódica dos Elementos Evolução Histórica Estrutura da Tabela Periódica Classificação Geral dos Elementos Propriedades dos Elementos: Aperiódicas Periódicas Evolução Histórica 1817 Lei das

Leia mais

Ligações Interatômicas: IÔNICA = metal + não-metal COVALENTE = não-metais METÁLICA = metais

Ligações Interatômicas: IÔNICA = metal + não-metal COVALENTE = não-metais METÁLICA = metais Ligações Químicas Ligações Interatômicas: IÔNICA = metal + não-metal COVALENTE = não-metais METÁLICA = metais Ligação iônica Transferência de elétrons de um átomo para outro Íons de cargas opostas Forças

Leia mais

Potencial de Ionização

Potencial de Ionização Potencial de Ionização Kcal/mol H 314 Li 124 Na 119 Be 214 Mg 175 B 191 Al 138 C 260 Si 188 N 335 P 242 O 314 S 239 F 402 Cl 300 K 100 Br 273 I 241 1 Kcal/mol = 4,187 J POTENCIAL DE IONIZAÇÃO VARIAÇÃO

Leia mais

Propriedade periódica dos elementos

Propriedade periódica dos elementos Propriedade periódica dos elementos David P. White QUÍMICA: A Ciência Central O desenvolvimento da tabela periódica Em 2002, haviam 115 elementos conhecidos. A maior parte dos elementos foi descoberta

Leia mais

GOIÂNIA, / / PROFESSORA: Núbia de Andrade. DISCIPLINA:Química SÉRIE: 1º. ALUNO(a):

GOIÂNIA, / / PROFESSORA: Núbia de Andrade. DISCIPLINA:Química SÉRIE: 1º. ALUNO(a): GOIÂNIA, / / 2016 PROFESSORA: Núbia de Andrade DISCIPLINA:Química SÉRIE: 1º ALUNO(a): Lista de Exercícios P2 I Bimestre No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente

Leia mais

Ligações Químicas elementos químicos átomos moléculas

Ligações Químicas elementos químicos átomos moléculas Ligações Químicas Ligações Químicas Os diferentes elementos químicos combinam-se de várias maneiras formando uma grande variedade de substâncias, por meio das ligações químicas. Através das ligações químicas

Leia mais

Universidade Federal do Tocantins

Universidade Federal do Tocantins Universidade Federal do Tocantins Ligações Químicas enicolau@uft.edu.br Blog: profedenilsonniculau.wordpress.com Prof. Dr. Edenilson dos Santos Niculau Sumário 2 Conceitos iniciais sobre ligações químicas

Leia mais

Qui. Semana. Allan Rodrigues Xandão (Gabriel Pereira)

Qui. Semana. Allan Rodrigues Xandão (Gabriel Pereira) Semana 5 Allan Rodrigues Xandão (Gabriel Pereira) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados. CRONOGRAMA

Leia mais

Química Geral I Aula 14 28/04/2016

Química Geral I Aula 14 28/04/2016 Química Geral I Aula 14 28/04/2016 Curso de Química Licenciatura 2016-1 Prof. Udo Eckard Sinks Configurações Eletrônicas dos Átomos e Periodicidade Química Spin Eletrônico Princípio de Pauli Configuração

Leia mais

TABELA PERIÓDICA MÓDULO 1 TRANSFORMAÇÕES QUÍMICAS

TABELA PERIÓDICA MÓDULO 1 TRANSFORMAÇÕES QUÍMICAS TABELA PERIÓDICA MÓDULO 1 TRANSFORMAÇÕES QUÍMICAS TABELA PERIÓDICA EVOLUÇÃO HISTÓRICA 1817 Lei das Tríades / Dobereiner (alemão) 1862 Parafuso Telúrico / Chancourtois (francês) 1864 Lei das Oitavas / Newlands

Leia mais

Informações estruturais de compostos iônicos. Arranjos entre os íons dos compostos iônicos.

Informações estruturais de compostos iônicos. Arranjos entre os íons dos compostos iônicos. Arranjos entre os íons dos compostos iônicos. a Tendências gerais para os raios iônicos na tabela periódica: 1- Os raios iônicos aumentam para baixo em um grupo (coluna) na T.P. 2- Os raios dos íons de

Leia mais

Ligação iônica Ligação covalente Ligação metálica

Ligação iônica Ligação covalente Ligação metálica Principais Tipos de Ligações Químicas Ligação iônica Ligação covalente Ligação metálica Iônicas Covalentes Metálicas Ligações químicas A maioria dos compostos situa-se dentro do triângulo Representações

Leia mais

Tabela Periódica. 2. C Consultando a tabela periódica para a obtenção das massas atômicas dos elementos apresentados, tem-se:

Tabela Periódica. 2. C Consultando a tabela periódica para a obtenção das massas atômicas dos elementos apresentados, tem-se: Segmento: Pré-vestibular Resoluções Coleção: Alfa, Beta e Gama Disciplina: Química Volume: 1 Série: 2 Tabela Periódica 1. C Nas tabelas periódicas atuais os elementos estão dispostos em ordem crescente

Leia mais

Tabela Periódica e Propriedades Associadas

Tabela Periódica e Propriedades Associadas Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri Bacharelado em Ciência e Tecnologia Diamantina - MG Tabela Periódica e Propriedades Associadas Prof a. Dr a. Flaviana Tavares Vieira O Desenvolvimento

Leia mais

Capítulo 7 Propriedade periódica dos elementos

Capítulo 7 Propriedade periódica dos elementos QUÍMICA A Ciência Central 9ª Edição Capítulo 7 Propriedade periódica dos elementos David P. White O desenvolvimento da tabela periódica Em 2002, haviam 115 elementos conhecidos. A maior parte dos elementos

Leia mais

Estrutura atômica e ligação interatômica. Profa. Daniela Becker

Estrutura atômica e ligação interatômica. Profa. Daniela Becker Estrutura atômica e ligação interatômica Profa. Daniela Becker Referências Callister Jr., W. D. Ciência e engenharia de materiais: Uma introdução. LTC, 5ed., cap 2, 2002. Shackelford, J.F. Ciências dos

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO CAMPUS VALENÇA SÉRIE: 1º ANO DISCIPLINA: QUÍMICA PROFESSOR: JOSÉ TIAGO PEREIRA BARBOSA

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO CAMPUS VALENÇA SÉRIE: 1º ANO DISCIPLINA: QUÍMICA PROFESSOR: JOSÉ TIAGO PEREIRA BARBOSA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO CAMPUS VALENÇA SÉRIE: 1º ANO DISCIPLINA: QUÍMICA PROFESSOR: JOSÉ TIAGO PEREIRA BARBOSA Lista de Exercícios Ligações Químicas Teoria do Octeto

Leia mais

DATA: Nº de ordem GRAU: PROVA: TURMA MATRÍCULA: Estudo Independente

DATA: Nº de ordem GRAU: PROVA: TURMA MATRÍCULA: Estudo Independente FOLHA DE QUESTÕES CURSO: ASS.: Engenharia de Produção DISCIPLINA: NOME: Química Geral DATA: Nº de ordem GRAU: PROVA: TURMA MATRÍCULA: Estudo Independente 5PRD31A 01) O grupo de átomos que é encontrado

Leia mais

Histórico Tríades de Dobereiner

Histórico Tríades de Dobereiner Tabela Periódica Histórico Tríades de Dobereiner Ele procurou estabelecer vários grupos de três elementos com propriedades químicas semelhantes. Observou, então, que a massa atômica do elemento central

Leia mais

Aula 5: Propriedades e Ligação Química

Aula 5: Propriedades e Ligação Química Aula 5: Propriedades e Ligação Química Relacionar o tipo de ligação química com as propriedades dos materiais Um entendimento de muitas propriedades físicas dos materiais é previsto através do conhecimento

Leia mais

LIGAÇÕES QUÍMICAS. Ocorre entre elétrons da CAMADA DE VALÊNCIA Portanto não ocorrem mudanças no núcleo dos átomos. Não altera a massa dos átomos.

LIGAÇÕES QUÍMICAS. Ocorre entre elétrons da CAMADA DE VALÊNCIA Portanto não ocorrem mudanças no núcleo dos átomos. Não altera a massa dos átomos. LIGAÇÕES QUÍMICAS 1 Ocorre entre elétrons da CAMADA DE VALÊNCIA Portanto não ocorrem mudanças no núcleo dos átomos. Não altera a massa dos átomos. Os átomos se ligam uns aos outros com a finalidade de

Leia mais

RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS PROPOSTOS AULA 07 TURMA ANUAL

RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS PROPOSTOS AULA 07 TURMA ANUAL RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS PROPOSTOS AULA 07 TURMA ANUAL 01. Item D Os elementos que têm 5 elétrons de valência, ou seja, pertencem à família VA, são P e As, portanto está correto o item D. 02. Item B A energia

Leia mais

Principais Tipos de Ligações Químicas. Iônicas Covalentes Metálicas

Principais Tipos de Ligações Químicas. Iônicas Covalentes Metálicas Principais Tipos de Ligações Químicas Iônicas Covalentes Metálicas Principais Tipos de Ligações Químicas Ligações químicas A maioria dos compostos situa-se dentro do triângulo Representações de Lewis Numa

Leia mais

AULA 03 Tabela Periódica

AULA 03 Tabela Periódica Faculdade de Tecnologia e Ciências FTC Colegiado de Engenharia Civil Química Geral AULA 03 Tabela Periódica PROFESSORA: Shaiala Aquino shaiaquino@hotmail.com Henry Moseley A.B.Chancourtois ( 1820-1886)

Leia mais

LISTA D QUÍMICA- TONI - ATITUDE

LISTA D QUÍMICA- TONI - ATITUDE LISTA D QUÍMICA- TONI - ATITUDE www.sosprofessor.xpg.com.br 1 (FESP) Considere os elementos A, B, C e D. As distribuições eletrônicas dos elementos são respectivamente: 1s² 3s¹, 1s². 3p 4, 1s². 30p 5 e

Leia mais

2.1 Princípios gerais da ligação química. Ligações químicas

2.1 Princípios gerais da ligação química. Ligações químicas 2.1 Princípios gerais da ligação química Ligações químicas A associação de átomos formando moléculas, ou em agregados de maiores dimensões como, por exemplo, nos metais, é possível pelo estabelecimento

Leia mais

A eletrosfea do átomo

A eletrosfea do átomo A eletrosfea do átomo É dividida em nível e subnível. Nível: cada nível comporta uma quantidade máxima de elétrons: x=n. NÍVEL 1 3 4 5 6 7 8 QUANTIDADE MÁXIMA DE e. 1 =. = 8. 3 = 18. 4 = 3. 5 = 50. 6 =

Leia mais

Química. Resolução das atividades complementares. Q39 Propriedades periódicas II

Química. Resolução das atividades complementares. Q39 Propriedades periódicas II Resolução das atividades complementares 3 Química Q39 Propriedades periódicas II p. 43 1 (UFRGS-RS) Em fogos de artifício, as diferentes colorações são obtidas quando se adicionam sais de diferentes metais

Leia mais

[A] Incorreta. O amálgama é uma liga metálica, ou seja, uma mistura homogênea, em que o principal componente é o mercúrio. [Xe] 6s 4f 5d.

[A] Incorreta. O amálgama é uma liga metálica, ou seja, uma mistura homogênea, em que o principal componente é o mercúrio. [Xe] 6s 4f 5d. Gabarito: Resposta da questão 1: A representação do elemento químico do átomo da espécie responsável pela coloração pertence à família dos metais alcalinos-terrosos da tabela periódica, ou seja, família

Leia mais

A (g) + energia A + (g) + e -

A (g) + energia A + (g) + e - Atividade de química Escola: Aluno(a): Série/turma: Nº Nota: Professor: Abedias Disciplina: Química Data: 1(UCDB-MT) Os elementos x A, x+1 B e x+2 C pertencem a um mesmo período da tabela periódica. Se

Leia mais

Estrutura atômica & Classificação periódica

Estrutura atômica & Classificação periódica Estrutura atômica & Classificação periódica Aula de química (20/08) Gabriel e Leonardo Estrutura atômica Modelos Atômicos Modelos Atômicos - Dalton Os átomos são esferas rígidas, indivisíveis e indestrutíveis

Leia mais

9) Um certo elemento tem número atômico igual a 37. Qual a carga mais provável do seu íon? a) 1. c) +1. e) +3. b) 2. d) +2.

9) Um certo elemento tem número atômico igual a 37. Qual a carga mais provável do seu íon? a) 1. c) +1. e) +3. b) 2. d) +2. Atividade de química Escola: Aluno(a): Série/turma: Nº Nota: Professor: Abedias Disciplina: Química Data: Conteúdo: Propriedade da Tabela Periódica e ligações químicas 1(ACAFE) O grupo de átomos que é

Leia mais

Tabela Periódica. Prof.: SALIM KADI. Prof.: NILSON NOVAES.

Tabela Periódica. Prof.: SALIM KADI. Prof.: NILSON NOVAES. Tabela Periódica Prof.: SALIM KADI salimkadiari@hotmail.com Prof.: NILSON NOVAES nilnovaes@hotmail.com Histórico da Tabela Periódica Johann Wolfgang Döbereiner. Alexandre Béguyer de Chancourtois. John

Leia mais

A Ligação Iônica ou Eletrovalente

A Ligação Iônica ou Eletrovalente A Ligação Iônica ou Eletrovalente Formação de pares iônicos As substâncias sólidas podem ser formadas por átomos, moléculas, macromoléculas, ou seja, por partículas eletricamente neutras ou por íons dispostos

Leia mais

Química 4 Módulo 5. Módulo 6 COMENTÁRIOS ATIVIDADES PARA SALA COMENTÁRIOS ATIVIDADES PROPOSTAS CLASSIFICAÇÃO PERIÓDICA CLASSIFICAÇÃO DOS ELEMENTOS

Química 4 Módulo 5. Módulo 6 COMENTÁRIOS ATIVIDADES PARA SALA COMENTÁRIOS ATIVIDADES PROPOSTAS CLASSIFICAÇÃO PERIÓDICA CLASSIFICAÇÃO DOS ELEMENTOS Química 4 Módulo 5 CLSSIFICÇÃO PERIÓDIC Elementos de um mesmo grupo ou família apresentam o mesmo número de elétrons na última camada Em 93, o inglês Henry G J Moseley (884-95 estabeleceu o conceito de

Leia mais

PROPRIEDADES PERIÓDICAS DOS ELEMENTOS

PROPRIEDADES PERIÓDICAS DOS ELEMENTOS PROPRIEDADES PERIÓDICAS DOS ELEMENTOS Os exercícios seguintes estão directamente relacionados com a matéria exposta no capítulo 1 do manual da disciplina de Química Geral. São apresentados vários tipos

Leia mais

Revisão de Química 3º Bimestre 2013

Revisão de Química 3º Bimestre 2013 GDF - SEE - G.R.E. PLANALTINA COORDENAÇÃO REGIONAL DE ENSINO DE PLANALTINA CENTRO DE ENSINO FUNDAMENTAL 02 CIÊNCIAS NATURAIS MÁRIO CÉSAR CASTRO Revisão de Química 3º Bimestre 2013 1. Onde está localizado

Leia mais

QUÍMICA GERAL PROF. PAULO VALIM

QUÍMICA GERAL PROF. PAULO VALIM QUÍMICA GERAL PROF. PAULO VALIM 4 TABELA PERIÓDICA Gás Nobre para catalisar sua reação, vamos disponibilizar alguns exercícios com gabarito ao final de cada capítulo de estudo. Eles não fazem parte dos

Leia mais

Apostila de Química 13 Tabela Periódica

Apostila de Química 13 Tabela Periódica Apostila de Química 13 Tabela Periódica 1.0 Dimitri Svanovich Mendeleev (1834-1907) Organizou os elementos e, função de sua massa atômica e de propriedades periódicas. 2.0 Moseley (1887-1915) As propriedades

Leia mais

Se dois átomos combinarem entre si, dizemos que foi estabelecida entre eles uma LIGAÇÃO QUÍMICA

Se dois átomos combinarem entre si, dizemos que foi estabelecida entre eles uma LIGAÇÃO QUÍMICA ÁGUA AMÔNIA Se dois átomos combinarem entre si, dizemos que foi estabelecida entre eles uma LIGAÇÃO QUÍMICA Os elétrons mais externos do átomo são os responsáveis pela ocorrência da ligação química Para

Leia mais

Elementos do bloco p Características gerais principais Estados de oxidação e tipos de ligações

Elementos do bloco p Características gerais principais Estados de oxidação e tipos de ligações Elementos do bloco p Características gerais principais Estados de oxidação e tipos de ligações Inicialmente, para efeitos didáticos, serão utilizados os elementos do grupo 13 (B, Al, Ga, In Tl), que apresentam

Leia mais

FNC376N: Lista de junho de A energia de dissociação às vezes é expressa em quilocalorias por mol (kcal/mol). No SI se utiliza kj/mol.

FNC376N: Lista de junho de A energia de dissociação às vezes é expressa em quilocalorias por mol (kcal/mol). No SI se utiliza kj/mol. FNC376N: Lista 7 23 de junho de 2004 9-1 Ligação iônica 9-1. A energia de dissociação às vezes é expressa em quilocalorias por mol (kcal/mol). No SI se utiliza kj/mol. a) Determine a relação entre ev/molécula

Leia mais

As reações químicas são uma consequência da perda, ganho compartilhamento e rearranjo dos elétrons de valência entre átomos.

As reações químicas são uma consequência da perda, ganho compartilhamento e rearranjo dos elétrons de valência entre átomos. ESTRUTURA MOLECULAR As reações químicas são uma consequência da perda, ganho compartilhamento e rearranjo dos elétrons de valência entre átomos. Nas reações químicas somente nos interessa saber quantos

Leia mais

Lista de exercícios Aulas 03 e 04. 1) (PUC-SP) A teoria atômica de Dalton só não está claramente expressa em:

Lista de exercícios Aulas 03 e 04. 1) (PUC-SP) A teoria atômica de Dalton só não está claramente expressa em: Lista de exercícios Aulas 03 e 04 Prof. Fernanda Dias 1) (PUC-SP) A teoria atômica de Dalton só não está claramente expressa em: a) a formação dos materiais dá-se através de diferentes associações entre

Leia mais

SÉRIE: 1 Ano. ALUNO (a): NOTA: LISTA DE EXERCÍCIOS P1 (2 BIMESTRE)

SÉRIE: 1 Ano. ALUNO (a): NOTA: LISTA DE EXERCÍCIOS P1 (2 BIMESTRE) GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: Taynara Oliveira DISCIPLINA: Química SÉRIE: 1 Ano ALUNO (a): NOTA: No Anhanguera você é + Enem LISTA DE EXERCÍCIOS P1 (2 BIMESTRE) 1. X é isótopo de 20 41 Ca e isótono de 19

Leia mais

Aula 09 19/mai Marcelo..continuação da aula 08 (12/mai) CONTEÚDO EXTRA SOBRE LIGAÇÃO IÔNICA Escrevendo a fórmula de um composto iônico: http://www.brasilescola.com/quimica/formulas-para-representar-as-ligacoesionicas.htm

Leia mais

01) (UFRGS-RS) Um elemento X que apresenta distribuição eletrônica em níveis de energia K = 2, L = 8, M = 8, N = 2, forma com:

01) (UFRGS-RS) Um elemento X que apresenta distribuição eletrônica em níveis de energia K = 2, L = 8, M = 8, N = 2, forma com: 01) (UFRGS-RS) Um elemento X que apresenta distribuição eletrônica em níveis de energia K = 2, L = 8, M = 8, N = 2, forma com: a) um halogênio Y um composto molecular XY. b) um calcogênio Z um composto

Leia mais

ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS QUESTÕES É OBRIGATÓRIO

ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS QUESTÕES É OBRIGATÓRIO IX Olimpíada Capixaba de Química 2011 Prova do Grupo I 1 a série do ensino médio Fase 02 Aluno: Idade: Instituição de Ensino: Coordenador da Instituição de Ensino: ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS

Leia mais

01) (FMTM-MG) Sobre tabela periódica, um estudante formulou as proposições abaixo.

01) (FMTM-MG) Sobre tabela periódica, um estudante formulou as proposições abaixo. 0) (FMTM-MG) Sobre tabela periódica, um estudante formulou as proposições abaixo. I. Átomos de um mesmo período possuem o mesmo número de camadas ocupadas. II. Átomos de um mesmo período possuem o mesmo

Leia mais

GOIÂNIA, / / ALUNO(a): NOTA:

GOIÂNIA, / / ALUNO(a): NOTA: GOIÂNIA, / / 2016 PROFESSOR: DISCIPLINA: SÉRIE: 1 ano ALUNO(a): Valor: NOTA: No Anhanguera você é + Enem LISTA DE RECUPERAÇÃO 01) Localize na Tabela Periódica o elemento químico de número atômico 20 e

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS. DISCIPLINA: Química Geral. ASSUNTO: Tabela Periódica

CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS. DISCIPLINA: Química Geral. ASSUNTO: Tabela Periódica CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DISCIPLINA: Química Geral ASSUNTO: Tabela Periódica Prof a. Dr a. Luciana M. Saran 1. Introdução Quando os elementos são listados, sequencialmente, em ordem crescente de número

Leia mais

LIGAÇÕES INTERATÔMICAS X LIGAÇÕES INTERMOLECULARES

LIGAÇÕES INTERATÔMICAS X LIGAÇÕES INTERMOLECULARES Prof. Edson Cruz LIGAÇÕES INTERATÔMICAS X LIGAÇÕES INTERMOLECULARES Já estudamos que qualquer tipo de matéria é formado por átomos. Vimos também que cada agrupamento de átomos, combinados em uma determinada

Leia mais

COMPOSTOS IÓNICOS A-B

COMPOSTOS IÓNICOS A-B COMPOSTOS IÓNICOS AB B (baixa E i, logo baixa χ) B B A (alta E i, logo alta χ) 1s 1 Hidrogénio i Metalóides 1s 2 1s 2 Metais alcalinos Não metais 1s 2 2s 1 1s 2 2s 2 Metais alcalino terrosos Gases raros

Leia mais

Ligação Covalente: compartilhamento de elétrons entre os átomos.

Ligação Covalente: compartilhamento de elétrons entre os átomos. Aula 14 10/jun Marcelo Ligação Covalente: compartilhamento de elétrons entre os átomos. Formação de compostos moleculares Ocorre entre átomos de não-metais (baixa diferença de eletronegatividade) Acima,

Leia mais

09) (Vunesp) Os elementos I, II e III têm as seguintes configurações eletrônicas em suas camadas de valência:

09) (Vunesp) Os elementos I, II e III têm as seguintes configurações eletrônicas em suas camadas de valência: 01) Na tabela periódica os elementos estão ordenados em ordem crescente de: a) Número de massa. b) Massa atômica. c) Número atômico. d) Raio atômico. e) Eletroafinidade. 02) Na tabela periódica, estão

Leia mais

GOIÂNIA, / / Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: LISTA DE EXERCÍCIOS P2 (1 BIMESTRE)

GOIÂNIA, / / Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: LISTA DE EXERCÍCIOS P2 (1 BIMESTRE) GOIÂNIA, / / 2016 PROFESSOR: Taynara Oliveira DISCIPLINA: Química Geral SÉRIE: 1 Anos ALUNO(a): No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações:

Leia mais

Química Bio-inorgânica - roteiro de aulas

Química Bio-inorgânica - roteiro de aulas Química Bio-inorgânica - roteiro de aulas 2014 - Prof. André Ferraz Pense: Como esta um metal em um sistema vivo? Para entender a questão dos "metais em sistemas biológicos" precisamos entender: 1. Ligação

Leia mais

Histórico Tríades de Dobereiner

Histórico Tríades de Dobereiner Tabela Periódica Histórico Tríades de Dobereiner Ele procurou estabelecer vários grupos de três elementos com propriedades químicas semelhantes. Observou, então, que a massa atômica do elemento central

Leia mais

Ligações Químicas. No hidrônio, quantos pares de elétrons pertencem, no total, tanto ao hidrogênio quanto ao oxigênio? a) 1 b) 2 c) 3 d) 4 e) 6

Ligações Químicas. No hidrônio, quantos pares de elétrons pertencem, no total, tanto ao hidrogênio quanto ao oxigênio? a) 1 b) 2 c) 3 d) 4 e) 6 Aluno(a): Prof.: Éderson Ligações Químicas Questão 1) Abaixo temos as fórmulas de Lewis para átomos de cinco elementos químicos. Fórmulas eletrônicas de Lewis para alguns elementos Podemos afirmar que

Leia mais

Química Orgânica Ambiental

Química Orgânica Ambiental Química Orgânica Ambiental Aula 2 Formas de representação e interações moleculares Prof. Dr. Leandro Vinícius Alves Gurgel 1. Introdução: Estrutura de Lewis 1) Estruturas de Lewis mostram as conexões entre

Leia mais

Exercícios Ligação Iônica

Exercícios Ligação Iônica Exercícios Ligação Iônica Questão 1 Considere o composto hipotético CaF(s). internuclear de 2,67 x 10-10 m. b) Faça o ciclo de Born-Haber para o CaF indicando todas as etapas. c) Calcule a entalpia padrão

Leia mais