UFSC - CCS - CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA 2ª FASE - CRONOGRAMA DEFINIVO 8/03/2013

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UFSC - CCS - CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA 2ª FASE - CRONOGRAMA DEFINIVO 8/03/2013"

Transcrição

1 UFSC - CCS - CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA 2ª FASE - CRONOGRAMA DEFINIVO 8/03/2013 1ª Semana seg, 18/03 ter, 19/03 qua, 20/03 qui, 21/03 sex, 22/03 a a 9:00h Apresentação da Fase Anfiteatro II MOR Anatomia: Introdução ao sistema circulatório e Coração. (4 h/a) - aula teórica - Prof. Carla Anfiteatro II MOR TURMA A ERITROCITO (4 h/a) - Prof.Alexandra Sala CCS 920-8:20 h. Sistema Circulatório. Vasos sanguineos e coração. 4hs. Prof. Ricardo. Lab. II Histologia - MOR. - BQA Metabolismo do músculo cardíaco (4 h/a) - Prof.Alexandra Sala CCS 918 BQA -metabolismo do MÚSCULO CARDÍACO 4H/A TURMA A. Alexandra. Sala a combinar.. Genética. expressão genica. Prof. Boris. Anatomia - Aula Pratica. CORAÇÂO. Tuma A - 13:30 h h Profa. Carla. Lab. Anatomia - MOR. - 13:30 h. Sistema Circulatório. Vasos sanguineos e coração. 4hs. Prof. Ricardo. Lab. II Histologia - MOR. Saúde e Sociedade Conceitos e usos da Epidemiologia, Medidas de Freqüência de Doenças Sala CCS 908 Dra. Eleonora. ESTUDO 2ª Semana seg, 25/03 ter, 26/03 qua, 27/03 qui, 28/03 sex, 29/03 a a 8:20 BQA - TURMa B - ERITRÓCITO (4/A). Alexandra. Sala a combinar. 8:20- GENETICA expressão genica. Prof. Boris. Anatomia: Sistema Circulatório: Generalidades sobre Vasos Sanguíneos e principais Artérias. (4h/a) - aula teórica - Prof.Carla Anfiteatro II MOR BQA- Turmas A+B COMUNICAÇÃO E SINALIZAÇÃO CELULAR. Profa. ARIANE. SALA 920 CCS 7:30 às 9:50h - Turmas A e B - BQA - Metabolismo do eritrócito; espécies reativas de oxigênio (3h/a) - Prof.Alexandra - SALA 908 CCS Feriado : Ciclo e Débito cardíaco (4h/a) Turmas A1 e A2 - Prof.Moacir e Domitilia. CFS 3 e CFS1. Comunitária. Apresentação. Toda a Turma. CCS - Sala a definir. : Ciclo e Débito cardíaco (4h/a) Turmas B1 e B2 - Prof.Moacir e Domitilia. CFS 3 e CFS1. 14:00 - Embriologia. Turmas A+ B. Sistema Cardiovascular. Prof. Paulo - Sala a combinar. Feriado

2 3ª Semana seg, 01/04 ter, 02/04 qua, 03/04 qui, 04/04 sex, 05/04 a a BIOETICA - Pesquisa em seres Humanos. Prof. Ylmar. Sala 914 3h. Anatomia ( 4hs)- Principais Veias e linfa tico. Aula teórica. Prof. Carla. Anfiteatro MOR.. Propriedades elétricas do coração. 1 e B2. CFS 3 e CFS5. Moacir e Domitilia. - Histologia: Sangue e hematopoiese (4h/a) - Prof.Ricardo - - BQA - Coagulação. (4 h/a) - Prof.ARIANE Sala CCS 918. Sala 902 CCS. Propriedades elétricas do coração. 1 e A2. CFS 3 e CFS5. Moacir e Domitilia. comunitaria - Histologia - Sangue e Hemocitopoese. Prof. Ricardo. Lab Histologia. MOR. comunitaria Turma B - BQA. Coagulação. ARIANE. 4hs. Sala 902 4ª Semana seg, 08/04 ter, 09/04 qua, 10/04 qui, 11/04 sex, 12/04 a a 7:30h - CLM: Plano de Ensino. Anatomia orientada à clínica Sist. Circulatório. (2 h/a) - Sala 914 CCS Anatomia Pratica. Arterias e Veias 2h/aulas. - 8:20 10:10. Laborat. Anatomia. Estudo Dirigido 4. pressão arterial e B2 (CFS1, Domitila) - Histo.: Sistema Linfático I. (4 h/a) - Prof.Ricardo Turmas A + B. Bioquimica. Apesentações orais. LABORATORIO DE BIOQUIMICA. Profa. Alexandra. Estudo Dirigido 3. Hemodinâmica. e A2 (CFS1, Domitila) Reunião Coordenador da FASE. Toda Turma. Montagem da AVG. Lab. MOR. - Histo.: Sistema Linfático I. (4 h/a) - Prof.Ricardo Saude e Sociedade. 4hs. Sala 908 CCS.Indicadores de Saúde.Dra. ELEONORA Estudo Dirigido 3. Hemodinâmica. e B2 (CFS1, Domitila)

3 5ª Semana seg, 15/04 ter, 16/04 qua, 17/04 qui, 18/04 sex, 19/04 a a CLM - Eletrocardiograma noções clinicas. 2h/a. Sala 914 Bioética. Pesquisa em animais. Prof. Ylmar. Sala 914 Embrio e Anatomia. Circulação Fetal. 4hs. Carla e Paulo. Anfiteatro MOR.. Estudo Dirigido 4. PA. e B2 (CFS1, Domitila) - Histo.: Sistema Linfático II (4 h/a) - Prof. Ricardo Bioquimica. Primeira Avaliação Pontual. Profa. Alexandra. Sala 909. Exercícios de Fixação. Turmas A1 (CFS3, e A2 (CFS1, Domitila). - Histo.: Sistema Linfático II (4 h/a) - Prof. Ricardo. Exercícios de Fixação. Turmas B1 (CFS3, e B2 (CFS1, Domitila). 6ª semana seg, 22/04 ter, 23/04 qua, 24/04 qui, 25/04 sex, 26/04 a a CLM - Hemograma. Dra. Fabiana. 2hs/aula. Sala 914 Imunologia- O Sistema Imune. Prof. André - Sala 914 Seminario Curso Medicina. Dia não Letivo.. Estudo Dirigido 5. Introdução ao Sistema Respiratório. Turmas A1 (CFS3, e A2 (CFS1, Marta) TURMA B BQA- QUIMICA DA RESPIRAÇÂO. SALA 920 1a. Avaliação pontual Prof. Ricardo. - BQA. Quimica da Respiração. 4Hs. Sala 909 GENETICA. A+B Avaliação Final de Cardiovascular. Seminario Curso Clonagem e PCR. Turmas A1 e A2 Medicina. Dia (CFS3, e não Letivo. Turmas B1 e B2 (CFS1, Domitila) Prof. Boris. 4hs. Sala 903 CCS Saude e Sociedade. Sala 908 4hs. Análise exploratória de dados Tipos de variaveis, medidas de tendencia central e dispersão.. Estudo Dirigido 5. Introdução ao Sistema Respiratório. e B2 (CFS1, Vander)

4 7ª Semana seg, 29/04 ter, 30/04 qua, 01/05 qui, 02/05 sex, 03/05 a a 07:30h - CLM: Introd. clínica à hemostasia, coagulação e trombos. (Prof. Heinisch) (2 h/a) Bioética. Discussão de Casos. Prof. Ylmar. Sala 914 Anatomia Sistema Respiratório I. Teorica. Profa. Carla. Anfiteatro MOR. dia não letivo BQA Ph BQA PH e tamponamento. 4h/a. Sala a definir. - Bases moleculares do e tamponamento. 4h/a. Sala Bases moleculares do câncer. 3hs/a. Sala a câncer. 3hs/a. Sala definir Estudo Dirigido 6. Mecanica Respiratória. e A2 (CFS1, Marta) dia não letivo. Estudo Dirigido 6. Mecanica Respiratória. e B2 (CFS1, Vander) 8ª Semana seg, 06/05 ter, 07/05 qua, 08/05 qui, 09/05 sex, 10/05 a a 7:30-4hs. Imunologia. Imunidade INATA. Sala 914 CCS CLM -2hs./a. Dra. Fabiana. Introdução á homeostasia, coagulação e trombos. hs. Sala 914 Anatomia. Pratica Vias Aéreas. - 8:20-10:10. Laborat. Anatomia. Estudo Dirigido 8. respiração Turmas A1 (CFS3, e A2 (CFS1, Marta) - Genetica Estrut. E função dos Genes e cromossomos. Sala 920 CCS. Histologia - Sistema Respiratorio. Profa. Viviane. Embriologia.. Sistema Respiratorio. 2hs.. Sala a combinar. Embriologia.. Sistema Respiratorio. 2hs.. Sala Genetica Estrutura e Função dos genes e cromossomos. Sala 921 CCS. Estudo Dirigido 7. Trocas gasosas e transporte de gases. e A2 (CFS1, Marta) 15:-10 - Genética 1a. Avaliação pontual. Prof. Boris. Sala a combinar. Turmas A+ B.. Histologia - Sistema Respiratorio. Profa. Viviane Saude e Sociedade. 4hs. Sala 908 Apresentação tabular e gráfica. Dra. Eleonora.. Estudo Dirigido 7. Trocas gasosas e transporte de gases. e B2 (CFS1, Vander)

5 9ª Semana a a seg, 13/05 ter, 14/05 qua, 15/05 qui, 16/05 sex, 17/05 Bioética. Inicio da Vida. Prof. Yolmar. Sala 914 Anatomia Sistema Respiratorio II. Pulmões, pleura e musculos. 2h/a. Pratica 10:10. Turma A 11:10. Estudo Dirigido 8. respiração Turmas B1 (CFS3, e B2 (CFS1, Vander) - BQA, PROCESSOS DIGESTIVOS. 4h/a. Sala a definir. Embriologia. I Avaliação Pontual. Turmas A+ B. Sala a combinar.. Exercícios de Fixação. Turmas A1 (CFS3, e A2 (CFS1, Marta) - BQA PROCESSOS DIGESTIVOS. 4h/a. Sala 903. Exercícios de Fixação. Turmas B1 (CFS3, e B2 (CFS1, Vander) 10ª Semana seg, 20/05 ter, 21/05 qua, 22/05 qui, 23/05 sex, 24/05 a a Imunologia. Prof. /André. Inflamação. 4hs. Sala 914 9:30 hs.anatomia 1a Avaliação pontual. Circulatorio e Respiratorio. Estudo Dirigido 9. Filtração glomerular. Turmas A1 (CFS3, Cristina) e A2 (CFS1, GENETICA. Lesão, mutação e reparo do DNA I. Sala 920 Sistema Urinário. Profa. Viviane. 4hs. Lab... Embriologia. Sist. Urinário. 13:30. Embriologia. Sist. Urinário. 13:30 - Lesão, mutação e reparo do DNA I TURMA A Avaliação Final de Respiratório. Turmas A1 e A2 (CFS3, e Turmas B1 e B2 (CFS1, Vander) REUNIÃO COORDENADOR DA FASE. ANDAMENTO DA FASE. Mor 14:00 HS. Sistema Urinário. Profa. Viviane. 4hs. Lab. Saude e Sociedade. 4hs. Sala 908 Sistemas de Informação em Saúde SIM, SINASC. Estudo Dirigido 9. Filtração glomerular. Cristina) e e B2 (CFS1,

6 11ª Semana seg, 27/05 ter, 28/05 qua, 29/05 qui, 30/05 sex, 31/05 a a 7:30- - Bioética. Final da Vida. Prof. Ylmar. Sala 914 CCS 10:10 - CLM -Bases Fisiopatologicas do Sist. Respiratorio. 2hs/a. 7:30.Anatomia. Sistema Urinario. TEORICA. Anfit. MOR. Anatomia Pratica. Sistema Urinário. - 9;30-10;40. BQA- TURMA A. VITAMINAS. 4h/a. Estudo Dirigido 10. Mecanismos tubulares renais 1. Cristina) e B2 (CFS1, dia não letivo. dia não letivo. Estudo Dirigido 10. Mecanismos tubulares renais 1. Cristina) e A2 (CFS1, VITAMINAS TURMA B 4h/a Alexandra Embriologia. Turmas A + B. 4hs/a. Diferenciação do Intestino Primitivo. Local a combinar. dia não letivo. dia não letivo. 12ª Semana seg, 03/06 ter, 04/06 qua, 05/06 qui, 06/06 sex, 07/06 a a Imunologia. Geração da diversidade e Teorias do reconhecimento. 4hs/a. Sala 914 CCS 7:30. Anatomia. Sist. Digestório I. Teorica Pratica : - 9: :40. Anfiteatro MOR. 8:20 Estudo Dirigido 12. Regulação renal da osmolaridade, PA e ph. Cristina) e A2 (CFS1, 8:20 FOTOCARCINOGEN ESE TURMA B Sistema Digestório I.. Profa. Viviane. Lab. REPARO DO DNA I A TURMA Estudo Dirigido 11. Mecanismos tubulares renais 2. Cristina) e A2 (CFS1, Sistema Digestório I.. Profa. Viviane. Lab. Estudo Dirigido 11. Mecanismos tubulares renais 2. Cristina) e B2 (CFS1,

7 13ª Semana seg, 10/06 ter, 11/06 qua, 12/06 qui, 13/06 sex, 14/06 a a 8:20 - Bioética. Discussão de Casos. Prof. Ylmar. Sala :10 - CLM Anatomia orientada á clinica. Sistema Urinário. 7:30.Anatomia. Sistema Digestório II TEORICA. Pratica: : 9:30 : 10:40. Estudo Dirigido 12. Regulação renal da osmolaridade, PA e ph. Cristina) e B2 (CFS1, Bioquimica. Processos enzimaticos da Digestão 4h/a. Profa. Alexandra. Sala 920 Sistema Digestório II.. Profa. Viviane. Lab. FOTOCARCINOGENES E TURMA A. Sala a combinar. Bioquimica. Processos enzimaticos da Digestão 4h/a. Profa. Alexandra. Sala 921 Aula prática experimental "Função renal em humanos" Turmas A1 e B1 (CFS5, Cristina) Sistema Digestório II.. Profa. Viviane. Lab. SAUDE E SOCIEDADE. 4h/a. SALA 908 Sistemas de Informação em Saúde SIH, SINAN Aula prática Experimental "Função renal em humanos" Turmas A2 e B2 (CFS5, 14ª Semana seg, 17/06 ter, 18/06 qua, 19/06 qui, 20/06 sex, 21/06 a a Imunologia. Prof. André. 4hs. Imunoglobulinas e resposta Imune. Sala 914 Anatomia. Sistema Tegumentar. 2hs. Teorica. Anfit. MOR. Anatomia. Revisão Urinário e Digestório. Pratica. Avaliação Final de Renal. Turmas A1 e B1 (CFS3, Cristina) Turmas A2 e B2 (CFS1, ERROS INATOS DO METABOLISMO I TURMA B 7:30-9;10- Sistema TEGUMENTAR. Teorica. Turmas A+B. Anfiteatro Mor. 2hs/aulas. Ricardo 9:10-11;50- ERROS INATOS DO METABOLISMO I TURMA A Embriologia. II Avaliação Pontual. Sala a combinar. Estudo dirigido 13. Sistemas de Regulação do TGI (4h/a). Turmas A1 (Cristina, CFS3) e A2 (Marta, II Avaliação Pontual de BQA. Turmas A+ B. Sala a combinar. Estudo dirigido 13. Sistemas de Regulação do TGI (4h/a). Turmas B1 (Cristina, CFS3) e B2 (Alex,

8 15ª Semana seg, 24/06 ter, 25/06 qua, 26/06 qui, 27/06 sex, 28/06 7:30-9:10- CLM - Envelhecimento Normal. a a 9:10-Imunologia. Prof. André. Resposta Imune mediada por Linfócitos. 4hs. Sala 914 9:30 - Anatomia. II Avaliação Pontual. Anfiteatro MOR. ERROS INATOS DO METABOLISMO II TURMA B ERROS INATOS DO METABOLISMO II TURMA A Estudo dirigido 14 Funções motoras do TGI. Secreções 1 (4h/a) Turmas A1 (Cristina, CFS3) e A2 (Marta, Saude e Sociedade. Sala 908 AVALIAÇÂO PONTUAL. Estudo dirigido 14 Funções motoras do TGI. Secreções 1. (4h/a) Turmas B1 (Cristina, CFS3) e B2 (Alex, CFS1 16ª Semana seg, 01/07 ter, 02/07 qua, 03/07 qui, 04/07 sex, 05/07 a a Imunologia. Prof. André. Sistema Imune de Mucosas. 4hs/a. Sala 914 Recuperação Anatomia. 2a AVALIAÇÃO TURMAS A e B Estudo dirigido 15 Secreções do TGI. Digestão e Absorção (4 h/a). Turmas A1 (Cristina, CFS3) e A2 (Marta, II Avaliação Pontual Anfiteatro MOR. Estudo dirigido 15 Secreções do TGI. Digestão e Absorção (4 h/a). Turmas B1 (Cristina, CFS3) e B2 (Alex, CFS1

9 17ª Semana seg, 08/07 ter, 09/07 qua, 10/07 qui, 11/07 sex, 12/07 a a Avaliação Pontual CLM. 8:20-9:10-2hs/a. Preparação da AVG : Estudo dirigido 16 ingestão de alimento (4 h/a) Turmas B1 (Cristina, CFS3) e B2 (Alex, REAVALIAÇÃO TURMAS A e B Recuperação Bioquimica. : Estudo dirigido 16 ingestão de alimento (4 h/a) Turmas A1 (Cristina, CFS3) e A2 (Marta, CFS1 Preparação da AVG Recuperação livre Atividades Práticas de Digestório (4 h/a) Turmas A1 e B1 (Cristina, CFS3) 18ª Semana seg, 15/07 ter, 16/07 qua, 17/07 qui, 18/07 sex, 19/07 a a Imunologia. Avaliação Pontual - 8:20-10:10. AVG - Apresentação Final da FASE. Salas do CCS a combinar. 6 turmas a sortear Avaliação Final de Digestório Turmas A1 e B1 (CFS3, Cristina) Turma A2 (CFS1, Marta) e 2 (CFS5, Alex) Ultimo dia para entrega das notas finais a coordenação da fase. Atividades práticas de Digestório (4 h/a) 2 (Marta CFS3) e 2 (Alex, AVG - Apresentação Final da FASE. Salas do CCS a combinar.4 turmas a sortear SAUDE E SOCIEDADE RECUPERAÇÂO.

PERSPECTIVA. ciências. Sugestão de avaliação. Coleção Perspectiva

PERSPECTIVA. ciências. Sugestão de avaliação. Coleção Perspectiva PERSPECTIVA Coleção Perspectiva ciências 8 Sugestão de avaliação Professor, esta sugestão de avaliação corresponde ao segundo bimestre escolar ou às Unidades 3 e 4 do Livro do Aluno. Avaliação Ciências

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Currículo Nacional do Ensino Básico Competências essenciais 2º CICLO CIÊNCIAS NATURAIS

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS - 9.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS - 9.º ANO DE CIÊNCIAS NATURAIS - 9.º ANO Ano Letivo 2014 2015 PERFIL DO ALUNO No domínio Viver melhor na Terra, o aluno deve ser capaz de: Compreender a importância da saúde individual e comunitária na qualidade

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS 9.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS 9.º ANO DE CIÊNCIAS NATURAIS 9.º ANO Ano Letivo 2015 2016 PERFIL DO ALUNO No domínio Viver melhor na Terra, o aluno deve ser capaz de: Compreender a importância da saúde individual e comunitária na qualidade de

Leia mais

O Diretor Geral das Faculdades Integradas de Patos torna público o presente Edital RETIFICANDO/ACRESCENTANDO os itens abaixo.

O Diretor Geral das Faculdades Integradas de Patos torna público o presente Edital RETIFICANDO/ACRESCENTANDO os itens abaixo. FUNDAÇÃO FRANCISCO MASCARENHAS FACULDADES INTEGRADAS DE PATOS EDITAL PARA TRANSFERÊNCIA INTERNA, EXTERNA E PARA PORTADORES DE DIPLOMA - CURSO DE MEDICINA EDITAL Nº 002/2015 RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 001/2015

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DE CIÊNCIAS

PLANEJAMENTO ANUAL DE CIÊNCIAS COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE CIÊNCIAS 8º ANO PROFESSORA: LUCIANA PERES

Leia mais

HORÁRIOS DO CURSO DE FISIOTERAPIA - 2015/2 - ZONA SUL

HORÁRIOS DO CURSO DE FISIOTERAPIA - 2015/2 - ZONA SUL Última atualização: 16/06/2015 Turma PMA - 1º SEMESTRE Currículo 1 Morfologia Processos Biológicos Processos Biológicos Comunicação e Expressão Morfologia Princípios da Processos Biológicos Processos Biológicos

Leia mais

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Licenciatura em Educação Física Disciplina: Fisiologia Humana Professor: Ricardo Marques Nogueira Filho e-mail: ricardonogfilho@ig.com.br Código: Carga Horária:

Leia mais

EXERCÍCIOS ON LINE DE CIÊNCIAS 8 AN0

EXERCÍCIOS ON LINE DE CIÊNCIAS 8 AN0 EXERCÍCIOS ON LINE DE CIÊNCIAS 8 AN0 1- Que órgão do sistema nervoso central controla nosso ritmo respiratório? Bulbo 2- Os alvéolos são formados por uma única camada de células muito finas. Explique como

Leia mais

BIOLOGIA. ( ) ATPs adicionais necessários ao ciclo de Calvin são importados do citosol por translocadores presentes nas membranas tilacoides.

BIOLOGIA. ( ) ATPs adicionais necessários ao ciclo de Calvin são importados do citosol por translocadores presentes nas membranas tilacoides. BIOLOGIA 01. Unidades da vida de eucariotas e procariotas, as células desempenham múltiplas funções, algumas comuns a todas elas, outras diferentes para cada tipo celular. Portam o patrimônio gênico de

Leia mais

PLANIFICAÇÃO A MÉDIO/LONGO PRAZO CIÊNCIAS DA NATUREZA 6º ANO

PLANIFICAÇÃO A MÉDIO/LONGO PRAZO CIÊNCIAS DA NATUREZA 6º ANO PLANIFICAÇÃO A MÉDIO/LONGO PRAZO CIÊNCIAS DA NATUREZA 6º ANO Competências essenciais Conteúdos Materiais N.º de aulas (45 min.) Compreender que a vida dos seres é assegurada pela realização de funções

Leia mais

Turmas 1 e 2 2T Aula introdutória. 13:30 às 15:10 29/02/2012 Prático: Turmas 1 e 2 2P Organização de grupos para seminários

Turmas 1 e 2 2T Aula introdutória. 13:30 às 15:10 29/02/2012 Prático: Turmas 1 e 2 2P Organização de grupos para seminários Estrutura e Função de Tecidos e Órgãos II (CBI 706) Cronograma do módulo Fisiologia do Sistema Cardiovascular Medicina 2012 Prof. Dr. Mauro César Isoldi Primeira semana 2T Aula introdutória 29/02/2012

Leia mais

PLANO DE CURSO 3 PERÍODO 2015/1

PLANO DE CURSO 3 PERÍODO 2015/1 PLANO DE CURSO 3 PERÍODO 2015/1 CURSO: MEDICINA COMPONENE CURRICULAR: FISIOLOGIA II CARGA HORÁRIA:108 h PROFESSOR RESPONSÁVEL: Miguel de Lemos Neto PROFESSORES: Anderson eixeira, Luciano Neves Reis e Enrique

Leia mais

EDITAL Nº 11/2014 EXAME DE SELEÇÃO PARA O CURSO DE MESTRADO E DOUTORADO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FISIOLOGIA TURMA 1ª/2015

EDITAL Nº 11/2014 EXAME DE SELEÇÃO PARA O CURSO DE MESTRADO E DOUTORADO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FISIOLOGIA TURMA 1ª/2015 EDITAL Nº 11/2014 EXAME DE SELEÇÃO PARA O CURSO DE MESTRADO E DOUTORADO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FISIOLOGIA TURMA 1ª/2015 O Colegiado do, no uso de suas atribuições, após deliberações na reunião

Leia mais

Insuficiência respiratória aguda. Prof. Claudia Witzel

Insuficiência respiratória aguda. Prof. Claudia Witzel Insuficiência respiratória aguda O que é!!!!! IR aguda Incapacidade do sistema respiratório de desempenhar suas duas principais funções: - Captação de oxigênio para o sangue arterial - Remoção de gás carbônico

Leia mais

1º PERÍODO (13 de setembro a 18 de dezembro de 2013)

1º PERÍODO (13 de setembro a 18 de dezembro de 2013) ESCOLA BÁSICA 2/3 D. AFONSO III FARO Departamento Curricular de Ciências Experimentais Grupo Disciplinar 520 PLANIFICAÇÃO DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS NATURAIS 9º ANO ANO LECTIVO 2014/2015 DOMÍNIO: Viver

Leia mais

1. O esquema ao lado representa uma seção do tubo digestivo humano com alguns anexos. Observe as indicações e resolva os itens

1. O esquema ao lado representa uma seção do tubo digestivo humano com alguns anexos. Observe as indicações e resolva os itens Biologia - revisão 301 1. O esquema ao lado representa uma seção do tubo digestivo humano com alguns anexos. Observe as indicações e resolva os itens a) Cite o nome do substrato digerido pela principal

Leia mais

PLANO CURRICULAR DISCIPLINAR. Ciências Naturais 9.º Ano

PLANO CURRICULAR DISCIPLINAR. Ciências Naturais 9.º Ano PLANO CURRICULAR DISCIPLINAR Ciências Naturais 9.º Ano UNIDADES DIDÁTICAS CONTEÚDOS METAS DE APRENDIZAGEM 1º Período VIVER MELHOR NA TERRA Saúde individual e comunitária Medidas de ação para a promoção

Leia mais

BATERIA DE EXERCÍCIOS 8º ANO

BATERIA DE EXERCÍCIOS 8º ANO Professor: CRISTINO RÊGO Disciplina: CIÊNCIAS Assunto: SISTEMAS HUMANOS: EXCRETOR E CIRCULATÓRIO Belém /PA BATERIA DE EXERCÍCIOS 8º ANO 1. Coloque C ou E e corrija se necessário: ( ) Os rins recebem sangue

Leia mais

IESA-ESTUDO DIRIGIDO 1º SEMESTRE 8º ANO - MANHÃ E TARDE- DISCIPLINA: CIÊNCIAS PROFESSORAS: CELIDE E IGNÊS. Aluno(a): Turma:

IESA-ESTUDO DIRIGIDO 1º SEMESTRE 8º ANO - MANHÃ E TARDE- DISCIPLINA: CIÊNCIAS PROFESSORAS: CELIDE E IGNÊS. Aluno(a): Turma: IESA-ESTUDO DIRIGIDO 1º SEMESTRE 8º ANO - MANHÃ E TARDE- DISCIPLINA: CIÊNCIAS PROFESSORAS: CELIDE E IGNÊS Aluno(a): Turma: Querido (a) aluno (a), Este estudo dirigido foi realizado para que você revise

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL Planos de Unidade ÁREA CURRICULAR: Ciências da Natureza 6º ANO ANO LETIVO: 2012/2013

PLANIFICAÇÃO ANUAL Planos de Unidade ÁREA CURRICULAR: Ciências da Natureza 6º ANO ANO LETIVO: 2012/2013 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CASTRO DAIRE - 161718 GRUPO DISCIPLINAR 230 MATEMÁTICA/ CIÊNCIAS DA NATUREZA ÁREA CURRICULAR: Ciências da Natureza 6º ANO ANO LETIVO: 2012/2013 TEMA/ CONTEÚDO: Processos Vitais

Leia mais

Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Grupo de Biologia e Geologia. Escola Secundária de Valongo. As Professoras:

Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Grupo de Biologia e Geologia. Escola Secundária de Valongo. As Professoras: Escola Secundária de Valongo Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Grupo de Biologia e Geologia As Professoras: Cláudia Rocha Fátima Garcia Tema Organizador: Viver Melhor na Terra 1º PERÍODO

Leia mais

SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO, CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO, CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO EDITAL 08/2014 O Prof. Cléber José Mazzoni, coordenador da Comissão de Monitoria, no uso de suas atribuições, torna pública a abertura das inscrições para os Programas de Monitoria 2014/15, conforme segue:

Leia mais

DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO

DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO Provas 2º Bimestre 2012 CIÊNCIAS DESCRITORES DESCRITORES DO 2º BIMESTRE DE 2012

Leia mais

FUNDAÇÃO PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS - FUPAC FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE UBERLÂNDIA

FUNDAÇÃO PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS - FUPAC FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE UBERLÂNDIA FUNDAÇÃO PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS - FUPAC FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE UBERLÂNDIA FISIOLOGIA HUMANA Profa. MSc Ana Paula de Sousa Paixão Fisioterapêuta Especialista em ortopedia e esportes Doutoranda

Leia mais

EDITAL Nº 010, DE 2015 MONITORIA

EDITAL Nº 010, DE 2015 MONITORIA Coordenadoria do Curso de Medicina EDITAL Nº 010, DE 2015 MONITORIA O Coordenador do Curso de medicina da Universidade Federal de São João del-rei UFSJ, no uso de suas atribuições e em conformidade com

Leia mais

ANEXO I QUADRO DE VAGAS

ANEXO I QUADRO DE VAGAS III -ANATOMIA HUMANA II -HABILIDADES E ATITUDES I -HISTOLOGIA GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL ANEXO I QUADRO DE VAGAS - Processo Seletivo para a Atividade de Monitoria no Curso de Graduação em Medicina da

Leia mais

6CIF003 BIOFÍSICA E FISIOLOGIA

6CIF003 BIOFÍSICA E FISIOLOGIA 1ª Série 6MOR004 ANATOMIA I Estudo dos sistemas : ósseo, articular, muscular, digestório, respiratório, urinário, genital masculino, genital feminino e circulatório. Noções dos órgãos do sentido. 6MOR005

Leia mais

TERAPIA GÊNICA. Brasília DF, Julho de 2010.

TERAPIA GÊNICA. Brasília DF, Julho de 2010. Apresentação desenvolvida pelas graduandas em Ciências Farmacêuticas: Ana Carolina Macedo Lima, Ariane Mugnano Castelo Branco, Caroline Cardoso Mendes Souza, Clarisse Danielli Silva Albergaria, Jéssica

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS DA PARAÍBA VAGAS DE MONITORIA - EDITAL N. 18 / 2012. CURSO DE MEDICINA - Semestre 2012.2.

FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS DA PARAÍBA VAGAS DE MONITORIA - EDITAL N. 18 / 2012. CURSO DE MEDICINA - Semestre 2012.2. Área do Conhecimento Professor Número de vagas Caracterização Prova Dia Hora Local ANATOMIA Alisson 2 Bolsista 07/08/2012 4 Voluntário 08/08/12 8/8/2012 LAB ANATOMIA HISTOLOGIA Nadábia 2 Bolsista Renato

Leia mais

PRINCÍPIOS GERAIS DA HEMODINÂMICA: FLUXO SANGUÍNEO E SEU CONTROLE

PRINCÍPIOS GERAIS DA HEMODINÂMICA: FLUXO SANGUÍNEO E SEU CONTROLE PRINCÍPIOS GERAIS DA HEMODINÂMICA: FLUXO SANGUÍNEO E SEU CONTROLE Hemodinâmica = princípios que governam o fluxo sanguíneo, no sistema cardiovascular. Fluxo, Pressão, resistência e capacitância*: do fluxo

Leia mais

CURSO de MEDICINA VETERINÁRIA - Gabarito

CURSO de MEDICINA VETERINÁRIA - Gabarito UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE TRANSFERÊNCIA 2 o semestre letivo de 2005 e 1 o semestre letivo de 2006 CURSO de MEDICINA VETERINÁRIA - Gabarito Verifique se este caderno contém: INSTRUÇÕES AO CANDIDATO

Leia mais

ATENDIMENTO AMBULATORIAL AO PACIENTE HIPERTENSO

ATENDIMENTO AMBULATORIAL AO PACIENTE HIPERTENSO Universidade Federal do Maranhão - UFMA Hospital Universitário Presidente Dutra - HUPD Liga Acadêmica de Hipertensão Arterial Sistêmica - LAHAS ATENDIMENTO AMBULATORIAL AO PACIENTE HIPERTENSO São Luís

Leia mais

ANO LETIVO 2013/2014 2º Ciclo 6º Ano CONTEÚDOS ANUAIS

ANO LETIVO 2013/2014 2º Ciclo 6º Ano CONTEÚDOS ANUAIS ANO LETIVO 2013/2014 2º Ciclo 6º Ano CONTEÚDOS ANUAIS CONTEÚDOS CIÊNCIAS DA NATUREZA AULAS PREVISTAS 6.ºA 6.ºB 6.ºC 6.ºD 98 97 97 97 Tema 1 Processos vitais comuns aos seres vivos CONTEÚDOS ESPECÍFICOS

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Código: UR2029 Pré-requisito(s): Histologia

PLANO DE ENSINO. Código: UR2029 Pré-requisito(s): Histologia MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO Dados de Identificação Campus: Uruguaiana Curso: Farmácia Componente Curricular: Fisiologia Geral

Leia mais

2015-1º SEMESTRE (22 créditos) TURMA FMA - MANHA Horário SEGUNDA TERÇA QUARTA QUINTA SEXTA

2015-1º SEMESTRE (22 créditos) TURMA FMA - MANHA Horário SEGUNDA TERÇA QUARTA QUINTA SEXTA 2015-1º SEMESTRE (22 créditos) Animais, Soc. E meio amb. FABIANA ANDRADE CERES FARACO CRISTINA BARROS GABRIEL FREINER Animais, Soc. E meio amb. FABIANA ANDRADE CERES FARACO CRISTINA BARROS GABRIEL FREINER

Leia mais

ODONTOLOGIA ANATOMIA HUMANA GERAL 1º Período / Carga Horária: 90 horas

ODONTOLOGIA ANATOMIA HUMANA GERAL 1º Período / Carga Horária: 90 horas ODONTOLOGIA ANATOMIA HUMANA GERAL 1º Período / Carga Horária: 90 horas 1. PRÉ-REQUISITO: Não há Pré-Requisitos 2. EMENTA: Conceito de Anatomia com as diversas formas de seu estudo. Conceito de normal,

Leia mais

TURMA: 17 B CALENDÁRIO ESCOLAR JUNHO / 2013

TURMA: 17 B CALENDÁRIO ESCOLAR JUNHO / 2013 TURMA: 17 B CALENDÁRIO ESCOLAR JUNHO / 2013 Segunda Terça Quarta Quinta Sexta 3 Semana do Meio Ambiente Fórum de Debates e palestras Salão de Atos 4 Semana do Meio Ambiente Fórum de Debates e palestras

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FISIOTERAPIA RESPIRATÓRIA E FISIOTERAPIA EM TERAPIA INTENSIVA - ASSOBRAFIR

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FISIOTERAPIA RESPIRATÓRIA E FISIOTERAPIA EM TERAPIA INTENSIVA - ASSOBRAFIR ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FISIOTERAPIA RESPIRATÓRIA E FISIOTERAPIA EM TERAPIA INTENSIVA - ASSOBRAFIR RELATÓRIO FINAL DA COMISSÃO DE ENSINO O ENSINO DE FISIOTERAPIA RESPIRATÓRIA E TERAPIA INTENSIVA NO BRASIL

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS 1 EDITAL Nº 055/2015 PORTADOR DE DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR Nos termos do art. 38, inciso IV, do Estatuto da PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS (PUC Minas), faço saber aos interessados, de

Leia mais

DO PACIENTE RENAL Tratamento conservador

DO PACIENTE RENAL Tratamento conservador aminidicionário DO PACIENTE RENAL Tratamento conservador Ao paciente e seus familiares, este pequeno dicionário tem a intenção de ajudar no entendimento da doença que passou a fazer parte das suas vidas.

Leia mais

NUTRIÇÃO. Prof. Marta E. Malavassi

NUTRIÇÃO. Prof. Marta E. Malavassi Prof. Marta E. Malavassi Conceito: processo orgânico que envolve ingestão, digestão, absorção, transporte e eliminação das substâncias alimentares para a manutenção de funções, a formação e regeneração

Leia mais

Rota de Aprendizagem 2015/16 6.º Ano

Rota de Aprendizagem 2015/16 6.º Ano Ciências Naturais Projeto 1 Os alimentos como veículo de nutrientes. Tempo Previsto: 3 quinzenas do 1ºPeríodo 1.ª Fase: Alimentação saudável e segura 2.ª Fase: O Processo digestivo de ser humano 3.ª Fase:

Leia mais

Fisiologia do Sistema Endócrino e o papel da Melatonina

Fisiologia do Sistema Endócrino e o papel da Melatonina Liga Acadêmica de Farmacologia Fisiologia do Sistema Endócrino e o papel da Melatonina Prof. Dr. Luiz Carlos dos Reis Melatonin, human aging, and age-related diseases M Karaseka Experimental Gerontology

Leia mais

CONDUTAS: EDEMA AGUDO DE PULMÃO

CONDUTAS: EDEMA AGUDO DE PULMÃO Universidade Federal do Ceará Faculdade de Medicina Programa de Educação Tutorial PET Medicina CONDUTAS: EDEMA AGUDO DE PULMÃO Paulo Marcelo Pontes Gomes de Matos OBJETIVOS Conhecer o que é Edema Agudo

Leia mais

1º ANO MATRIZ CURRICULAR DE CIÊNCIAS NATURAIS. Eu um ser no ambiente

1º ANO MATRIZ CURRICULAR DE CIÊNCIAS NATURAIS. Eu um ser no ambiente 1º ANO MATRIZ CURRICULAR DE CIÊNCIAS NATURAIS Eu um ser no ambiente Higiene Corporal Os cinco sentidos Corpo humano Perceber a importância do cuidado com o corpo, da vacinação e da prevenção de acidentes.

Leia mais

9-out-15 8º Ano - Ensino Fundamental II Alerta Professor Disciplina Tarefa/Trabalhos/ Provas /Testes Prazo

9-out-15 8º Ano - Ensino Fundamental II Alerta Professor Disciplina Tarefa/Trabalhos/ Provas /Testes Prazo Rede Concepcionista De Ensino Machado- MG Colégio Imaculada Conceição Somando forças na construção de um mundo melhor. Ficha de Acompanhamento de Tarefas On Line 9-out-15 8º Ano - Ensino Fundamental II

Leia mais

6/1/2014 DEFINIÇÃO CHOQUE CARDIOGÊNICO. Perfusão sanguínea

6/1/2014 DEFINIÇÃO CHOQUE CARDIOGÊNICO. Perfusão sanguínea DEFINIÇÃO CHOQUE CARDIOGÊNICO Lilian Caram Petrus, MV, Msc Equipe Pet Cor de Cardiologia Doutoranda FMVZ-USP Vice- Presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia Veterinária Estado de baixa perfusão

Leia mais

Abordagem do Choque. Disciplina de Terapia Intensiva Ricardo Coelho Reis

Abordagem do Choque. Disciplina de Terapia Intensiva Ricardo Coelho Reis Abordagem do Choque Disciplina de Terapia Intensiva Ricardo Coelho Reis CONCEITO Hipóxia tecidual secundária ao desequilíbrio na relação entre oferta e consumo de oxigênio OU a incapacidade celular na

Leia mais

RESOLUÇÃO. Bragança Paulista, 30 de maio de 2005. Prof. Milton Mayer Presidente

RESOLUÇÃO. Bragança Paulista, 30 de maio de 2005. Prof. Milton Mayer Presidente RESOLUÇÃO CONSEAcc-BP 9/2005 ALTERA AS EMENTAS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA. O Presidente do Conselho Acadêmico por Câmpus, do câmpus de Bragança

Leia mais

INTRODUÇÃO Á ANATOMIA HUMANA. Instituto Long Tao

INTRODUÇÃO Á ANATOMIA HUMANA. Instituto Long Tao INTRODUÇÃO Á ANATOMIA HUMANA Instituto Long Tao SISTEMA RESPIRATÓRIO A função do sistema respiratório é facultar ao organismo uma troca de gases com o ar atmosférico, assegurando permanente concentração

Leia mais

Saúde Individual e Comunitária

Saúde Individual e Comunitária CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO CIÊNCIAS NATURAIS 9º ano de escolaridade (Aprovados em Conselho Pedagógico de 27 outubro de 2015) Saúde Individual e Comunitária - Saúde e qualidade de vida -Indicadores

Leia mais

Planificação a longo prazo 2014/2015

Planificação a longo prazo 2014/2015 Planificação a longo prazo 2014/2015 1º Período Tema organizador: Viver melhor na Terra Conteúdos Nº de aulas Apresentação 1 1. Trocas nutricionais entre o organismo e o meio 9 1.1. Os alimentos como veículos

Leia mais

TERAPÊUTICA DA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA

TERAPÊUTICA DA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA Disciplina: Farmacologia Curso: Enfermagem TERAPÊUTICA DA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA Professora: Ms. Fernanda Cristina Ferrari Controle da Pressão Arterial Sistêmica Controle Neural estimulação dos

Leia mais

Padrão de respostas às questões discursivas

Padrão de respostas às questões discursivas Padrão de respostas às questões discursivas A seguir encontram-se as questões das provas discursivas da 2ª ETAPA do Vestibular UFF 2011, acompanhadas das respostas esperadas pelas bancas. GABARITO BIOLOGIA

Leia mais

Nutrientes. Manutenção/funcionamento do organismo. Alimentos. Energia

Nutrientes. Manutenção/funcionamento do organismo. Alimentos. Energia Por que devemos ingerir alimentos? Nossa vida é mantida por um número enorme de reações químicas, cujos reagentes são obtidos por meio da alimentação e respiração. Existe uma integração entre os sistemas

Leia mais

Sistema Circulatório. Prof. JM

Sistema Circulatório. Prof. JM Sistema Circulatório Prof. JM Sistema Circulatório Integrar os sistemas. Transportar nutrientes, gases, excretas, hormônios, calor e anticorpos pelo corpo. Coagulação Sangue (tecido) Uma pessoa de cerca

Leia mais

A Nanotecnologia e os impactos à saúde dos trabalhadores

A Nanotecnologia e os impactos à saúde dos trabalhadores Nesta quarta entrevista da série sobre a utilização da nanotecnologia nos processos produtivos, a Dra. Maria De Fatima Torres F. Viegas nos fala, entre outros temas, sobre a Nanotoxicologia, cuja missão

Leia mais

BIOLOGIA IACI BELO. www.iaci.com.br. 01. Identifique, na figura, as partes indicadas pelos números: 10:

BIOLOGIA IACI BELO. www.iaci.com.br. 01. Identifique, na figura, as partes indicadas pelos números: 10: BIOLOGIA IACI BELO www.iaci.com.br ASSUNTO: FISIOLOGIA Série: 2EM 01. Identifique, na figura, as partes indicadas pelos números: 1: 2: 3: 4 5: 6 7: 8 9: 10: 02. Explique por que o ventrículo esquerdo é

Leia mais

Curso de pós-graduação latu sensu em CIRURGIA ONCOPLÁSTICA DA MAMA. Instituto de Pós-Graduação Médica Carlos Chagas

Curso de pós-graduação latu sensu em CIRURGIA ONCOPLÁSTICA DA MAMA. Instituto de Pós-Graduação Médica Carlos Chagas Curso de pós-graduação latu sensu em CIRURGIA ONCOPLÁSTICA DA MAMA Instituto de Pós-Graduação Médica Carlos Chagas Objetivos Devido a grande e incessante expansão e diversificação dos conhecimentos médicos,

Leia mais

AGRUPAMENTO DE CLARA DE RESENDE COD. 346 779 COD. 152 870

AGRUPAMENTO DE CLARA DE RESENDE COD. 346 779 COD. 152 870 CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO (Aprovados em Conselho Pedagógico, 21 outubro de 2014) CIÊNCIAS NATURAIS 9º ano de escolaridade Saúde Individual e comunitária Indicadores do estado de saúde de uma população

Leia mais

AUTORES: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV

AUTORES: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV Ciências AUTORES: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV Graduada em História e Pedagogia, Doutora em Filosofia e Metodologia de Ensino, Autora da Metodologia ACRESCER. REGINALDO STOIANOV Licenciatura Plena em Biologia,

Leia mais

ESCOLA BÁSICA INTEGRADA FIALHO DE ALMEIDA Disciplina: Ciências Naturais Período Lectivo: 1º Período

ESCOLA BÁSICA INTEGRADA FIALHO DE ALMEIDA Disciplina: Ciências Naturais Período Lectivo: 1º Período ESCOLA BÁSICA INTEGRADA FIALHO DE ALMEIDA Disciplina: Ciências Naturais Período Lectivo: 1º Período CONTEÚDOS COMPETÊNCIAS ACTIVIDADES/ METODOLOGIA CONCEITOS/ TERMOS CALENDÁRIO 4. Viver melhor na Terra

Leia mais

Ano Letivo: 2015/2016. Disciplina de: CIÊNCIAS NATURAIS 6º ANO. Período de Calendarização: 1º, 2º E 3º PERÍODOS. Nº de blocos semanais: 1,5

Ano Letivo: 2015/2016. Disciplina de: CIÊNCIAS NATURAIS 6º ANO. Período de Calendarização: 1º, 2º E 3º PERÍODOS. Nº de blocos semanais: 1,5 Escola EB 2,3 de António Feijó Ponte de Lima Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Subestrutura de Ciências Naturais PROGRAMA CALENDARIZAÇÃO Ano Letivo: 2015/2016 Disciplina de: CIÊNCIAS

Leia mais

Relação de Procedimentos substituidos ou excluidos.

Relação de Procedimentos substituidos ou excluidos. Relação de Procedimentos substituidos ou excluidos. 18041019 ALTERACOES DO EIXO DA COLUNA VERTEBRAL 18011020 ALTERACOES SENSITIVAS 18031013 ASSISTENCIA RESPIRATORIA PRE/POS OPERATORIO COM OU SEM USO 18064027

Leia mais

ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA CLARA DE RESENDE

ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA CLARA DE RESENDE 1. OS ALIMENTOS COMO VEÍCULO DE NUTRIENTES Compreender a importância de uma alimentação equilibrada e segura Nutrientes - o que são Funções dos nutrientes ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA CLARA DE RESENDE Apresentar

Leia mais

Planificação da disciplina de Ciências Naturais

Planificação da disciplina de Ciências Naturais ANO LETIVO 2013/2014 Departamento Curricular: Ciências Experimentais Grupo Disciplinar: Biologia e Geologia 9º Ano Planificação da disciplina de Ciências Naturais 1º Conteúdos / Unidades Didáticas 1.Saúde

Leia mais

UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE FAC CG CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORES

UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE FAC CG CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORES 1 UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE FAC CG CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORES PERÍODO LETIVO 2013.1 A Coordenação do Curso de Graduação

Leia mais

2ª FASE - EXAME DISCURSIVO - 19/12/2004

2ª FASE - EXAME DISCURSIVO - 19/12/2004 2ª FASE - EXAME DISCURSIVO - 19/12/2004 Neste caderno você encontrará um conjunto de 40 (quarenta) páginas numeradas seqüencialmente, contendo 10 (dez) questões de cada uma das seguintes disciplinas: Biologia,

Leia mais

DIABETES MELLITUS. Ricardo Rodrigues Cardoso Educação Física e Ciências do DesportoPUC-RS

DIABETES MELLITUS. Ricardo Rodrigues Cardoso Educação Física e Ciências do DesportoPUC-RS DIABETES MELLITUS Ricardo Rodrigues Cardoso Educação Física e Ciências do DesportoPUC-RS Segundo a Organização Mundial da Saúde, existem atualmente cerca de 171 milhões de indivíduos diabéticos no mundo.

Leia mais

Genética Molecular Padrões de Herança Citoplasmática e Multifatorial

Genética Molecular Padrões de Herança Citoplasmática e Multifatorial Genética Molecular Padrões de Herança Citoplasmática e Multifatorial Padrão de herança citoplasmático A mitocôndria é uma organela da célula que contém um filamento de ácido desoxiribonucléico (DNA) próprio,

Leia mais

EDITAL Nº 01/2015 DE SELEÇÃO PARA MONITORIA VOLUNTÁRIA DO CURSO DE MEDICINA

EDITAL Nº 01/2015 DE SELEÇÃO PARA MONITORIA VOLUNTÁRIA DO CURSO DE MEDICINA EDITAL Nº /25 DE SELEÇÃO PARA MONITORIA VOLUNTÁRIA DO CURSO DE MEDICINA A FAMINAS/BH, por meio da Diretoria Acadêmica, torna público à comunidade acadêmica abertura do processo seletivo para Monitorias

Leia mais

Sistema circulatório. Componentes: - Vasos sanguíneos. - Sangue (elementos figurados e plasma) - Coração

Sistema circulatório. Componentes: - Vasos sanguíneos. - Sangue (elementos figurados e plasma) - Coração Fisiologia Humana Sistema circulatório Componentes: - Sangue (elementos figurados e plasma) - Vasos sanguíneos - Coração Vasos sanguíneos Artérias Vasos com paredes espessas e elásticas por onde circula

Leia mais

DO PACIENTE RENAL Terapia de substituição renal

DO PACIENTE RENAL Terapia de substituição renal aminidicionário DO PACIENTE RENAL Terapia de substituição renal Ao paciente e seus familiares, este pequeno dicionário tem a intenção de ajudar no entendimento da doença que passou a fazer parte das suas

Leia mais

ALTERAÇÕES RENAIS. Texto extraído do Editorial do Endocrinologia&Diabetes clínica e experimental vol. 7 número 3, julho/2007.

ALTERAÇÕES RENAIS. Texto extraído do Editorial do Endocrinologia&Diabetes clínica e experimental vol. 7 número 3, julho/2007. ALTERAÇÕES RENAIS E.D. teve seu diabetes diagnosticado em 1985, nessa época tinha 45 anos e não deu muita importância para os cuidados que seu médico lhe havia recomendado, sua pressão nesta época era

Leia mais

SISTEMA ENDÓCRINO. Jatin Das TIREÓIDE

SISTEMA ENDÓCRINO. Jatin Das TIREÓIDE SISTEMA ENDÓCRINO Jatin Das Os hormônios tireoidianos são fundamentais para o desenvolvimento de vários órgãos no período embrionário, rio, mas também m são responsáveis pelo crescimento, a diferenciação

Leia mais

Projeto Elaboração de Jogos sobre Doação de Órgãos e Tecidos

Projeto Elaboração de Jogos sobre Doação de Órgãos e Tecidos 1 Projeto Elaboração de Jogos sobre Doação de Órgãos e Tecidos Márcia Ferret Renner Graduação: Ciências Biológicas Licenciatura Plena/1996 PUCRS. Especialização: Venenos Animais/1997 Instituto Butantan.

Leia mais

PLANO DE ENSINO. 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Farmácia Professora: Liamara Basso Dala Costa

PLANO DE ENSINO. 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Farmácia Professora: Liamara Basso Dala Costa PLANO DE ENSINO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Farmácia Professora: Liamara Basso Dala Costa Email: liamara@uniarp.edu.br Período/ Fase: 1ª Fase Semestre:

Leia mais

SEMANA PADRÃO Psicologia 2014

SEMANA PADRÃO Psicologia 2014 SEMANA PADRÃO 2014 1º TERMO Ética e tendências atuais em Teoria Freudiana I 8:30 12:30 hs 9 12 hs IS 8:30 12:30 hs Saúde como processo: contexto, concepções e práticas I Indivíduo, cultura e sociedade

Leia mais

BACHARELADO EM FÍSICA CICLO BÁSICO DIURNO

BACHARELADO EM FÍSICA CICLO BÁSICO DIURNO BACHARELADO EM FÍSICA CICLO BÁSICO DIURNO 1 O SEMESTRE - 2015 08:00 10:00 MAT0111 (T.21) MAT0112 (T.21) 4302111 (T.5) 4302111 (T.1) MAT0111 (T.21) 10:00 12:00 4302111 (T.3) 4302111 (T.1) MAT0111 (T.21)

Leia mais

FEVEREIRO. Teórica :Organização estrutural do Sistema cardiovascular (coração e vasos). Vista Prova 14 30 FERIADO MAIO 15 07

FEVEREIRO. Teórica :Organização estrutural do Sistema cardiovascular (coração e vasos). Vista Prova 14 30 FERIADO MAIO 15 07 ATENÇÃO: NESTE ARQUIVO ESTÃO OS CRONOGRAMAS DE TODAS AS TURMAS, FIQUE ATENTO A SUA TURMA (CONFORME O DIA QUE VOCÊ FAZ A DISCIPLINA): CIÊNCIAS MORFOFUNCIONAIS II SEGUNDA-FEIRA SALA 116 BLOCO D Aula 1 06

Leia mais

SISTEMA CIRCULATÓRIO DOS VERTEBRADOS

SISTEMA CIRCULATÓRIO DOS VERTEBRADOS SISTEMA CIRCULATÓRIO DOS VERTEBRADOS Os vertebrados, como são grandes e complexos há a necessidade de um sistema circulatório definido. Nos invertebrados ocorre o desenvolvimento de dois tipos de circulação:

Leia mais

HORÁRIOS DO CURSO DE "BIOMEDICINA" - 2015/2

HORÁRIOS DO CURSO DE BIOMEDICINA - 2015/2 HORÁRIOS DO CURSO DE "BIOMEDICINA" - 2015/2 Última atualização: 03/05/2013 Turma PMA - 1º SEMESTRE Morfologia Humana Práticas em Biomedicina I Morfologia Humana Práticas em Biomedicina I Morfologia Humana

Leia mais

Logística da Captação de Múltiplos Órgãos

Logística da Captação de Múltiplos Órgãos Logística da Captação de Múltiplos Órgãos Introdução O Sistema Nacional de Transplante (SNT) adotado no Brasil tem a concepção de fila única de transplante com o propósito de garantir o acesso universal,

Leia mais

ARQUITETURA E URBANISMO NOTURNO

ARQUITETURA E URBANISMO NOTURNO NOTURNO 1º Período - TURMA A CT 25 1x mês Marchesini: 22/02 22/03 19/04 17/05 21/06 e e e e Hist. da Arte & Arq. I Hist. da Arte & Arq. I 1º Período - TURMA B CT 20 1x mês SábadO & & & & Marchesini: 01/03

Leia mais

DENGUE. Médico. Treinamento Rápido em Serviços de Saúde. Centro de Vigilância Epidemiológica Prof. Alexandre Vranjac

DENGUE. Médico. Treinamento Rápido em Serviços de Saúde. Centro de Vigilância Epidemiológica Prof. Alexandre Vranjac DENGUE Treinamento Rápido em Serviços de Saúde Médico 2015 Centro de Vigilância Epidemiológica Prof. Alexandre Vranjac O Brasil e o estado de São Paulo têm registrado grandes epidemias de dengue nos últimos

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO/2010 1.ª SÉRIE CÓDIGO DISCIPLINAS TEOR PRAT CHA MODALIDADE

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO/2010 1.ª SÉRIE CÓDIGO DISCIPLINAS TEOR PRAT CHA MODALIDADE MATRIZ CURRICULAR Curso: BIOMEDICINA Graduação: BACHARELADO Regime: SERIADO ANUAL - INTEGRAL Duração: 4 (QUATRO) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 04 (QUATRO) ANOS LETIVOS - MÁXIMO

Leia mais

CIÊNCIAS NATURAIS 9º ANO ANO LETIVO 2015/2016 PLANO DE ESTUDOS. O aluno, no final do 9.º ano, deve atingir os objetivos em seguida apresentados:

CIÊNCIAS NATURAIS 9º ANO ANO LETIVO 2015/2016 PLANO DE ESTUDOS. O aluno, no final do 9.º ano, deve atingir os objetivos em seguida apresentados: PLANO DE ESTUDOS O aluno, no final do 9.º ano, deve atingir os objetivos em seguida apresentados: 1.º PERÍODO DOMÍNIO SUBDOMÍNIO / CONTEÚDOS Saúde individual e comunitária 1 -Compreender a importância

Leia mais

Questão 1 Questão 2. Questão 3. Resposta. Resposta

Questão 1 Questão 2. Questão 3. Resposta. Resposta Questão 1 Questão 2 O esquema abaixo representa as principais relações alimentares entre espécies que vivem num lago de uma região equatorial. a) O câncer é uma doença genética, mas na grande maioria dos

Leia mais

Mutações. Escola Secundária Quinta do Marquês. Disciplina: Biologia e Geologia Professor: António Gonçalves Ano letivo: 2013/2014

Mutações. Escola Secundária Quinta do Marquês. Disciplina: Biologia e Geologia Professor: António Gonçalves Ano letivo: 2013/2014 Escola Secundária Quinta do Marquês Mutações Disciplina: Biologia e Geologia Professor: António Gonçalves Ano letivo: 2013/2014 Trabalho realizado por: Bárbara Dória, nº4, 11ºB Definição de mutação As

Leia mais

PREVENÇÃO DE DOENÇAS

PREVENÇÃO DE DOENÇAS Page 1 of 7 PREVENÇÃO DE DOENÇAS (Adaptação baseada nas condutas propostas pela Academia Norte-Americana de Médicos de Família/Clínica Mayo, USA) O que a medicina atual preconiza em termos de prevenção

Leia mais

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 Componente Curricular: INTERPRETAÇÃO DE EXAMES COMPLEMENTARES Código: ENF 313 Pré-requisito: Nenhum

Leia mais

Ciências da Natureza. baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo

Ciências da Natureza. baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo Ciências da Natureza baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo 1 PROPOSTA CURRICULAR DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA Elementary School 2 K5 Meu corpo Meu corpo. Higiene do corpo. Órgãos

Leia mais

CURSO DE GENÔMICA, PROTEÔMICA, LIPIDÔMICA E METABOLÔMICA

CURSO DE GENÔMICA, PROTEÔMICA, LIPIDÔMICA E METABOLÔMICA CURSO DE GENÔMICA, PROTEÔMICA, LIPIDÔMICA E METABOLÔMICA ORGANIZAÇÃO o Docentes responsáveis - modulo Genômica: Dra. Analy Salles de Azevedo Melo e Dra. Ana Carolina Padovan; o Docentes responsáveis -

Leia mais

Metas Curriculares. Ciências Naturais. Ensino Básico. 9.º ano

Metas Curriculares. Ciências Naturais. Ensino Básico. 9.º ano Metas Curriculares Ensino Básico Ciências Naturais 9.º ano Autores Jorge Bonito (Coordenador) Margarida Morgado Marta Silva Dulce Figueira Marta Serrano José Mesquita Hugo Rebelo Consultores Conceição

Leia mais

Colesterol 3. Que tipos de colesterol existem? 3. Que factores afectam os níveis de colesterol? 4. Quando está o colesterol demasiado elevado?

Colesterol 3. Que tipos de colesterol existem? 3. Que factores afectam os níveis de colesterol? 4. Quando está o colesterol demasiado elevado? Colesterol Colesterol 3 Que tipos de colesterol existem? 3 Que factores afectam os níveis de colesterol? 4 Quando está o colesterol demasiado elevado? 4 Como reduzir o colesterol e o risco de doença cardiovascular?

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS PADRE ALBINO. Catálogo 2015 do Curso de Medicina

FACULDADES INTEGRADAS PADRE ALBINO. Catálogo 2015 do Curso de Medicina EMENTÁRIO 1ª Série CÉLULA I Biologia Celular, Bioquímica, Biofísica Biologia Celular: Estrutura e função da célula eucariótica. Interação Célula/Matriz Extracelular Bioquímica: Estrutura química das principais

Leia mais

Reeducação Alimentar na prevenção da Obesidade Professores: Ivo André Polônio; Edi Carlos Iacida; Ângela Cesira Maran Pilquevitch; Silvia Trevisan;

Reeducação Alimentar na prevenção da Obesidade Professores: Ivo André Polônio; Edi Carlos Iacida; Ângela Cesira Maran Pilquevitch; Silvia Trevisan; 1 Reeducação Alimentar na prevenção da Obesidade Professores: Ivo André Polônio; Edi Carlos Iacida; Ângela Cesira Maran Pilquevitch; Silvia Trevisan; Janaina Lopes; Eveline Batista Rodrigues; Cristiane

Leia mais

Edital de Seleção para Monitoria nos Cursos de Graduação da FAMINAS

Edital de Seleção para Monitoria nos Cursos de Graduação da FAMINAS Edital de Seleção para Monitoria nos Cursos de Graduação da FAMINAS As atividades de monitoria nos cursos de graduação da FAMINAS têm a duração de um semestre e os alunos selecionados devem ter como perfil

Leia mais