22 de Dezembro de 2009

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "22 de Dezembro de 2009"

Transcrição

1 W. L. GORE & ASSOCIATES, INC. 555 PAPER MILL ROAD P.O. BOX 9329 NEWARK, DE Telefone Fax de Dezembro de 2009 RE: NORMAS DE CONDUTA ÉTICA DOS ASSOCIADOS Caro Associado: O nosso sucesso continuado é um resultado directo dos valores fortes que se encontram nos alicerces da cultura da nossa empresa. A nossa cultura baseia-se na crença profunda do valor de cada Associado e nas contribuições únicas e dedicação para o sucesso da Companhia. Uma vez que a conduta individual pode surtir um impacto profundo na nossa Companhia, é imperativo que cada um de nós se reja pelos valores da nossa cultura e aja responsavelmente, com integridade e em conformidade com as leis e regulamentos aplicáveis em cada um dos países em que a Gore opera. Para apoiar este objetivo, desenvolvemos as Normas de Conduta Ética por escrito, que explicam as políticas e procedimentos para todos os Associados em toda a Companhia, para nos guiar na condução dos nossos negócios com integridade, legalidade e ética. As Normas de Conduta Ética também definem as normas mundiais pelas quais regemos os nossos agentes, consultores, distribuidores e outras partes que representam a nossa Companhia ou os nossos produtos. Dado o potencial impacto na nossa reputação global e sucesso financeiro, cumprir com as questões legais e éticas abordadas nas Normas de Conduta Ética tratase de uma decisão waterline. É essencial que o nosso empenho tenha em atenção estas Normas, que ajamos de uma forma consistente com os seus princípios e consultemos outros Associados experientes, à medida que surgem questões ou problemas. Com os melhores cumprimentos, Terri L. Kelly Presidente e CEO Robert W. Gore Presidente do Conselho de Administração GORE E DESIGN SÃO MARCAS REGISTADAS DA W. L. GORE & ASSOCIATES, INC.

2 NORMAS DE CONDUTA ÉTICA DOS ASSOCIADOS... Página 2 de 12 As Normas: 1. Apreço pelo indivíduo. Na nossa Companhia e na condução dos nossos negócios, tratamos todas as pessoas dentro e fora da Gore com justiça, dignidade e respeito. Não discriminamos com base na raça, cor, religião, sexo, gravidez, orientação sexual, identidade ou expressão de gênero, origem nacional, incapacidade, idade ou qualquer outra característica protegida por lei. Reconhecemos que o assédio de qualquer indivíduo com base em qualquer um destes fatores interfere na condução dos nossos negócios de uma forma segura, produtiva e profissional. É estritamente proibido no local de trabalho e em qualquer relação empresarial. 2. Cumprimento da lei. Conduzimos os nossos negócios e relacionamentos em conformidade com todas as leis, regras e regulamentos aplicáveis e em conformidade com as mais elevadas normas de ética. 3. Práticas concorrenciais. Competimos por oportunidades de negócio vigorosa, justa, ética e legalmente. Cumprimos as leis da concorrência e outras leis que regulam a concorrência e o comércio em cada país ou região em que conduzimos negócios. Não discutimos nem trocamos informações acerca de preços, custos, planos de produção, estratégias empresariais ou quaisquer outras informações privadas ou confidenciais que não seria legal partilhar, com concorrentes atuais ou potenciais. Não propomos nem participamos em acordos com concorrentes ou distribuidores para a fixação de preços ou quantidades de fornecimento ou para ilegalmente distorcer ou restringir a lei. 4. Informação confidencial de terceiros. Respeitamos os segredos empresariais e a propriedade intelectual de terceiros. Os Associados com conhecimento de segredos

3 comerciais de terceiros, incluindo antigos empregadores, não deverão revelar tal informação à Gore. Por exemplo, os Associados não deverão copiar software informático sem o pagamento das respectivas licenças. Não adotaremos quaisquer medidas ilegais ou pouco éticas para obter informação acerca dos nossos concorrentes ou outros e não utilizaremos a informação que tenha sido obtida inadequadamente ou ilegalmente. 5. Informação confidencial da Gore. Durante o seu vínculo laboral na qualidade de Associado, é concedido acesso e a possibilidade de desenvolvimento de informação que constitui um precioso bem empresarial. Esta informação inclui, por exemplo, propriedade intelectual, segredos profissionais, informação técnica, práticas de negócios e listas de clientes desconhecidas por terceiros. Os Associados utilizarão esta informação apenas para fins profissionais da Gore e deverão protegê-la da divulgação a terceiros. A divulgação de informação confidencial fora da Companhia só é permitida após consulta com líderes de negócios da empresa e deve ser protegida por um acordo de divulgação confidencial adequado.

4 NORMAS DE CONDUTA ÉTICA DOS ASSOCIADOS... Página 4 de Suborno. Fornecer algo de valor a um oficial ou funcionário governamental ou a qualquer outra pessoa com o intuito de influenciar inadequadamente uma decisão de negócios é considerado suborno, seja oferecido por um Associado ou através de terceiros, em qualquer parte do mundo. Os Associados não se deverão envolver nestas práticas. Antes de contratar quaisquer agentes ou intermediários de terceiros para a condução de negócios junto de qualquer governo ou oficiais governamentais em nome da Gore, conduziremos uma verificação de antecedentes minuciosa do intermediário. Forneceremos ao intermediário uma cópia das Normas de Conduta Ética e qualquer orientação adicional necessária e obteremos um compromisso legal de cumprimento por parte do intermediário. 7. Presentes e pagamentos a não Associados Fornecemos presentes a não Associados apenas se forem consistentes com as leis, práticas empresariais comuns e políticas do empregador do destinatário. Os presentes oferecidos a não Associados não devem ser de um valor excessivo e devem refletir um bom juízo de valor empresarial. Devemos evitar até a aparência de um pagamento ou presente inadequado. Os presentes na forma de dinheiro ou equivalentes em dinheiro não devem ser oferecidos, independentemente do valor. Só devem ser efetuados pagamentos por serviços legítimos prestados por um indivíduo e em conformidade com as leis aplicáveis. Os pagamentos serão feitos a entidades empresariais que forneçam bens e serviços, mas não a indivíduos ou agentes da entidade empresarial. Determinadas leis restringem os presentes e pagamentos (tais como a prestadores de cuidados de saúde e oficiais do governo) e os Associados são responsáveis por conhecer estas restrições e consultar o Departamento Jurídico da Gore para se certificarem de que um dado presente ou pagamento não viola quaisquer leis.

5 Por exemplo, nos Estados Unidos, é ilegal oferecer ou pagar qualquer remuneração a qualquer pessoal médico ou instituição de saúde para a obtenção de um negócio que será pago total ou parcialmente ao abrigo dos programas de reembolso federais, tais como os programas Medicaid, Medicare e S-CHIP. Fora dos Estados Unidos, o mesmo tipo de actividade pode provocar uma violação da lei norte-americana, conhecida como a Foreign Corrupt Practices Act (Lei de Práticas Corruptas Estrangeiras). Também é ilegal nos Estados Unidos e em muitas outras jurisdições oferecer quaisquer presentes a oficiais e funcionários do governo. Os Associados devem ter conhecimento de que os oficiais do governo podem representar uma grande variedade de pessoal, incluindo, por exemplo, médicos e prestadores de cuidados de saúde empregados em hospitais públicos e executivos em empresas públicas. Antes de contratar pessoas que sejam ou tenham sido funcionários ou oficiais de qualquer agência governamental, os Associados devem procurar ajuda junto ao Departamento Jurídico da Gore de modo a garantir que quaisquer restrições legais relacionadas com o vínculo laboral sejam identificadas e abordadas.

6 NORMAS DE CONDUTA ÉTICA DOS ASSOCIADOS... Página 6 de 12 Os Associados com responsabilidades pelo contato com pessoal governamental e médico são ainda remetidos para a informação adicional fornecida nos links da versão eletrônica deste documento. Esta informação também está disponível através de qualquer membro do Departamento Jurídico da Gore a nível mundial. 8. Recepção de presentes. A recepção de presentes deve igualmente ser consistente com as nossas próprias práticas e bom senso. Para evitar a hipótese de conflitos de interesses, os Associados não deverão aceitar presentes, entretenimento, empréstimos ou favores num valor superior a 50 dólares de terceiros na execução de negócios ou na procura de execução de negócios com a Gore. Os presentes com um valor superior a 50 dólares não poderão ser aceites sem a prévia consulta dos Sponsors, Líderes ou profissionais de Recursos Humanos. Quando houver a recepção de presentes de maior dimensão cuja devolução não seja adequada, tais presentes serão tratados como propriedade da empresa e partilhados com o grupo empresarial de forma adequada. Os presentes na forma de dinheiro ou equivalentes em dinheiro não serão aceites. 9. Conflitos de interesse. Os Associados tomarão decisões e desenvolverão ações que sejam do melhor interesse da Gore e que visem evitar qualquer situação que possa dificultar ou parecer dificultar a sua capacidade de tomar decisões imparciais em nome da Gore. Um conflito pode resultar de relações familiares ou de outras relações de proximidade, bem como da própria situação do Associado. Também podem surgir conflitos quando as oportunidades descobertas através da posição ou conhecimento de informações empresariais do Associado sejam utilizadas para benefício pessoal em detrimento da Gore. Os Associados deverão divulgar pronta e completamente quaisquer potenciais conflitos de interesses aos Sponsors e Líderes para discussão.

7 10. Protecção e utilização adequada dos bens da empresa. Os Associados utilizarão os bens da Gore de forma sensata e apenas no melhor interesse da Companhia, deverão investi-los bem e preservá-los a bem da Companhia. 11. Integridade do produto. Estamos empenhados na integridade do produto. Os nossos produtos fazem o que nós dizemos que fazem. Defendemos os nossos produtos e as afirmações das suas características. No desenvolvimento e fabricação dos nossos produtos, estabelecemos e cumprimos as normas que seguem os requisitos das leis e regulamentos aplicáveis. 12. Representação dos nossos produtos. Representamos os nossos produtos e serviços de forma justa e precisa e cumprimos os requisitos regulamentares e legais que regem o marketing e vendas dos nossos produtos e serviços. Criamos impressões claras e precisas através da nossa publicidade, marketing e materiais e apresentações de vendas. Não fazemos declarações falsas ou que induzam em erro nem afirmações acerca dos nossos concorrentes ou dos seus produtos e serviços.

8 NORMAS DE CONDUTA ÉTICA DOS ASSOCIADOS... Página 8 de Representação da Companhia em Mídias Sociais. Os Associados que utilizem os meios de comunicação social como blogs na Internet, mesmo em termos individuais, devem manter em mente que as suas declarações podem ser vistas como afirmações da nossa Companhia. Tais declarações devem cumprir os requisitos destas Normas de Conduta Ética. Só pelo fato de se identificar como um Associado da Gore, você estará representando a Companhia, online. 14. Representação da nossa Companhia em órgãos políticos e em contribuições políticas. É essencial que os Associados consultem o Departamento Jurídico da Gore e outros Associados já envolvidos em comunicações junto de entidades ou personalidades políticas antes de efetuarem quaisquer declarações ou compromissos ou urgirem a qualquer ação que afete a Companhia ou os seus negócios. Podem aplicar-se requisitos legais, tais como o registo e comunicação de actividades de lobbies. Fazer contribuições em nome da Gore a partidos ou candidatos políticos em qualquer parte do mundo só é possível após consulta do Departamento Jurídico da Gore e outros Associados adequados, uma vez que as contribuições políticas são regidas por leis e regulamentos complexos. Os Associados não devem ser pressionados a contribuir ou a apoiar qualquer candidato ou partido político. 15. Registro e comunicação de informação. Manteremos registros empresariais atualizados periodicamente e precisos que reflitam corretamente a transação ou evento subjacente. Manteremos, protegeremos e eliminaremos os registros de acordo com os requisitos legais e com os nossos procedimentos. 16. Negócios internacionais. Os Associados envolvidos em importações, exportações e outras operações internacionais devem estar familiarizados e seguir as leis que regem os negócios internacionais e as práticas empresariais em todos os países em que trabalham. Os

9 Associados envolvidos em projectos internacionais procurarão aconselhamento jurídico do Departamento Jurídico da Gore antes de negociarem qualquer transação internacional. Quando ocorrem transações internacionais, é necessário abordar uma grande variedade de questões legais, incluindo impostos, taxas alfandegárias, comissões, sanções e controles de importação/exportação. 17. Ambiente de trabalho seguro. Estamos coletivamente empenhados em acolher um ambiente de trabalho seguro e saudável, no qual todos os Associados possam desenvolver os seus talentos, apreciar o seu trabalho e dirigir as suas atividades de forma responsável. Mantemos um ambiente de trabalho seguro e cumprimos as políticas e procedimentos de segurança e saúde. Espera-se que cada Associado conheça os requisitos e diretrizes de segurança, saúde e ambiente aplicáveis ao seu local de trabalho e corrija e reporte quaisquer ameaças à saúde e segurança. Nenhum Associado poderá vender, possuir ou utilizar drogas ilícitas ou criar um risco de segurança através da utilização de drogas ou de um estado de embriaguez durante a permanência na propriedade da Gore ou durante a realização de negócios para a Gore.

10 NORMAS DE CONDUTA ÉTICA DOS ASSOCIADOS... Página 10 de O nosso compromisso como Companhia responsável A Gore é uma Companhia criativa e orientada para a tecnologia, concentrada na descoberta e na inovação de produtos. A Gore tem servido uma grande variedade de mercados globais há mais de 50 anos e tem lutado para fornecer aos seus clientes produtos de alto valor agregado que melhorem a sua qualidade de vida. Os Associados sentem um enorme orgulho por fazerem parte de uma Companhia global forte e pelas grandes contribuições que fazemos para a sociedade. Acreditamos que o sucesso da Gore é um resultado direto dos valores que estão nos alicerces da cultura da nossa empresa. Esta cultura foi construída sobre a crença profunda nos nossos Associados e pela motivação inata de cada pessoa para concretizar todo o seu potencial. Estamos coletivamente empenhados em abrigar um ambiente de trabalho seguro e saudável, no qual todos os Associados possam desenvolver os seus talentos, apreciar o seu trabalho e dirigir as suas atividades de forma responsável. A cultura da Gore exerce uma influência forte e constante em cada um de nós para agirmos de acordo com os mais elevados padrões de integridade e responsabilidade. Estamos empenhados em responder às necessidades dos clientes através de produtos inovadores e confiáveis e melhorar as comunidades nas quais trabalhamos e vivemos. Temos um legado de uma visão de longo prazo e procuramos tomar decisões que sejam consistentes com este compromisso.

11 NORMAS DE CONDUTA ÉTICA DOS ASSOCIADOS... Página 11 de 12 CONFORMIDADE: 1. Responsabilidade empresarial. A liderança da Companhia, incluindo os líderes divisionais, de tecnologia, funcionais e regionais, é responsável por garantir que os Associados conheçam e cumpram as nossas Normas de Conduta Ética e programas de conformidade relacionados, além de criar um ambiente de trabalho no qual a conformidade seja esperada e recompensada. 2. Comunicação de violações. Os Associados reportarão ações ou ausência de ações que não sejam consistentes com estas Normas e com as leis e regulamentos aplicáveis aos nossos negócios com os seus Sponsors, Líderes, membros da equipe de Recursos Humanos ou com o Departamento Jurídico da Gore. Os motivos de preocupação também poderão ser reportados à HotLine das Normas da Conduta Ética ou directamente ao Presidente ou Presidente do Conselho de Administração. Os Associados poderão reportar as suas preocupações anonimamente através da HotLine das Normas de Conduta Ética, embora as investigações possam ser dificultadas por uma falta de informação se o Associado não fornecer informação suficiente na declaração anônima. 3. É proibida qualquer retaliação para com um Associado que realize uma comunicação de uma violação a estas Normas, de boa fé, ou pela participação numa investigação relativa a uma alegada violação destas Normas. Se uma queixa de retaliação for substanciada, será iniciada uma ação disciplinar que pode resultar em demissão. 4. Pronta investigação e acções correctivas. A Gore investigará prontamente qualquer alegada violação a estas Normas. A Gore abordará de forma consistente violações substanciadas e iniciará ações para evitar futuras violações, incluindo demissões, quando adequado.

12 5. Perguntas. As perguntas relacionadas com as Normas da Conduta Ética deverão ser dirigidas a qualquer membro da Equipe de Liderança da Companhia, Liderança Divisional ou ao Departamento Jurídico da Gore. Recebi e concordo em seguir as Normas de Conduta Ética do Associado. Associado Data

Esta é a tradução de um texto em inglês, cuja finalidade é apenas facilitar a sua compreensão. O texto do original em inglês regerá, em todos os

Esta é a tradução de um texto em inglês, cuja finalidade é apenas facilitar a sua compreensão. O texto do original em inglês regerá, em todos os Esta é a tradução de um texto em inglês, cuja finalidade é apenas facilitar a sua compreensão. O texto do original em inglês regerá, em todos os aspectos, os seus direitos e as suas obrigações. O original

Leia mais

DEPUY SYNTHES CÓDIGO DE CONDUTA GLOBAL

DEPUY SYNTHES CÓDIGO DE CONDUTA GLOBAL Uma Paixão pela Integridade Integridade em Acção - Conformidade nos Cuidados de Saúde A Conformidade nos Cuidados de Saúde é uma Responsabilidade de Todos A DePuy Synthes é reconhecida mundialmente pelas

Leia mais

DECLARAÇÃO DE PRINCÍPIOS DE CONDUTA - Illinois Tool Works Inc.

DECLARAÇÃO DE PRINCÍPIOS DE CONDUTA - Illinois Tool Works Inc. DECLARAÇÃO DE PRINCÍPIOS DE CONDUTA - Illinois Tool Works Inc. Estes princípios de conduta aplicam-se a todos os funcionários, diretores, empresas e subsidiárias da ITW ao redor do mundo. Espera-se que

Leia mais

A presente é uma tradução de um documento em língua inglesa, exclusivamente para sua comodidade. O texto do original em inglês regerá, em todos os

A presente é uma tradução de um documento em língua inglesa, exclusivamente para sua comodidade. O texto do original em inglês regerá, em todos os A presente é uma tradução de um documento em língua inglesa, exclusivamente para sua comodidade. O texto do original em inglês regerá, em todos os aspectos, os seus direitos e as suas obrigações. O original

Leia mais

Código de Conduta do Fornecedor. Em vigor a partir de 2 de julho de 2012. Ethics. Matters

Código de Conduta do Fornecedor. Em vigor a partir de 2 de julho de 2012. Ethics. Matters Código de Conduta do Fornecedor Em vigor a partir de 2 de julho de 2012 Ethics Matters Mensagem do CPO [Chief Procurement Officer - Diretor de Compras] A Duke Energy está comprometida com a segurança,

Leia mais

Minerals Technologies Inc. Resumo das políticas de conduta comercial

Minerals Technologies Inc. Resumo das políticas de conduta comercial Minerals Technologies Inc. Resumo das políticas de conduta comercial É sempre exigido um comportamento legal e ético Este Resumo das políticas de conduta comercial (este "Resumo") fornece uma descrição

Leia mais

ELDORADO GOLD CORPORATION SUBSIDIÁRIAS E AFILIADAS CÓDIGO DE CONDUTA COMERCIAL E ÉTICA

ELDORADO GOLD CORPORATION SUBSIDIÁRIAS E AFILIADAS CÓDIGO DE CONDUTA COMERCIAL E ÉTICA ELDORADO GOLD CORPORATION SUBSIDIÁRIAS E AFILIADAS CÓDIGO DE CONDUTA COMERCIAL E ÉTICA A Eldorado Gold Corporation e suas subsidiárias e afiliadas estão comprometidas com os mais elevados padrões de conduta

Leia mais

Código de Conduta. Código de Conduta Schindler 1

Código de Conduta. Código de Conduta Schindler 1 Código de Conduta Código de Conduta Schindler 1 2 Código de Conduta Schindler Código de Conduta da Schindler Os colaboradores do Grupo Schindler no mundo inteiro devem manter o mais alto padrão de conduta

Leia mais

ICTSI CÓDIGO DE CONDUTA NOS NEGÓCIOS

ICTSI CÓDIGO DE CONDUTA NOS NEGÓCIOS ICTSI CÓDIGO DE CONDUTA NOS NEGÓCIOS MENSAGEM DO PRESIDENTE A ICTSI tem crescido de forma sólida ao longo dos anos, tornando-se uma empresa líder na gestão de portos, com um alcance global que se estende

Leia mais

MAGNA INTERNATIONAL INC

MAGNA INTERNATIONAL INC MAGNA INTERNATIONAL INC CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA Este Código de Conduta e Ética apresenta os princípios básicos com os quais estamos comprometidos em relação à nossa forma de lidar com todos os grupos

Leia mais

RGIS POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO

RGIS POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO RGIS POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO I. DECLARAÇÃO DA POLÍTICA A política da RGIS ( Companhia ) é conduzir as operações mundiais de forma ética e conforme as leis aplicáveis, não só nos EUA como em outros países.

Leia mais

Padrões Nidera para Parceiros de Negócio

Padrões Nidera para Parceiros de Negócio Padrões Nidera para Parceiros de Negócio Caro Parceiro de Negócio, A história da nossa empresa inclui um compromisso de longa data em estar de acordo com as leis onde quer que atuemos e realizar nossos

Leia mais

POL 004 Rev. A POP, Código de Conduta

POL 004 Rev. A POP, Código de Conduta Página 1 de 7 A LDR é uma empresa de equipamentos médicos comprometida com o desenvolvimento, marketing, distribuição e venda de implantes vertebrais para implantação em seres humanos no tratamento de

Leia mais

Código de Conduta da Dachser

Código de Conduta da Dachser Código de Conduta da Dachser 1. Introdução A fundação de todas as atividades na Dachser é a nossa adesão a regulamentos juridicamente vinculativos em nível nacional e internacional, assim como a quaisquer

Leia mais

Colgate-Palmolive Company. Código de Conduta do Fornecedor

Colgate-Palmolive Company. Código de Conduta do Fornecedor Colgate-Palmolive Company Código de Conduta do Fornecedor Prezado Fornecedor da Colgate, No decorrer do tempo, a Colgate-Palmolive Company construiu sua reputação como organização que emprega práticas

Leia mais

Código de Conduta. Os nossos cinco princípios fundamentais: O benefício e a segurança do doente estão no centro de tudo o que fazemos

Código de Conduta. Os nossos cinco princípios fundamentais: O benefício e a segurança do doente estão no centro de tudo o que fazemos O nosso compromisso de cuidar e curar Código de Conduta Os nossos cinco princípios fundamentais: Doentes O benefício e a segurança do doente estão no centro de tudo o que fazemos Colaboradores Tratamos

Leia mais

NORMAS DE CONDUTA PARA FORNECEDORES GLOBAIS

NORMAS DE CONDUTA PARA FORNECEDORES GLOBAIS Página 1 de 9 UL NORMAS DE CONDUTA PARA FORNECEDORES GLOBAIS Página 2 de 9 ÍNDICE 1.0 OBJETIVO... 4 2.0 ESCOPO... 4 3.0 DEFINIÇÕES... 4 4.0 PRÁTICAS DE CONTRATAÇÃO... 5 4.1 TRABALHO FORÇADO... 5 4.2 TRABALHO

Leia mais

POLÍTICA EMRPESARIAL DA INT.4

POLÍTICA EMRPESARIAL DA INT.4 POLÍTICA EMRPESARIAL DA INT.4 INTRODUÇÃO Desde que foi fundada em 2001, a ética, a transparência nos processos, a honestidade a imparcialidade e o respeito às pessoas são itens adotados pela interação

Leia mais

Normas de Ética e Conduta Empresarial para Terceiros

Normas de Ética e Conduta Empresarial para Terceiros Todas as actividades empresariais na Bristol-Myers Squibb (BMS) apoiam-se no alicerce do nosso compromisso com a integridade e a conformidade com todas as leis, regulamentos, directivas e códigos industriais

Leia mais

Ecology and Environment, Inc. e Subsidiárias

Ecology and Environment, Inc. e Subsidiárias Ecology and Environment, Inc. e Subsidiárias Código de Conduta de Negócios e Ética ECOLOGY BRASIL 1. Princípios Gerais O propósito deste Código é descrever os nossos padrões de ética de conduta de negócios.

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA. Introdução.

CÓDIGO DE ÉTICA. Introdução. CÓDIGO DE ÉTICA Introdução. Os princípios Éticos que formam a consciência e fundamentam nossa imagem no segmento de recuperação de crédito e Call Center na conduta de nossa imagem sólida e confiável. Este

Leia mais

NORMAS DE CONDUTA. Apresentação

NORMAS DE CONDUTA. Apresentação NORMAS DE CONDUTA Apresentação Adequando-se às melhores práticas de Governança Corporativa, a TITO está definindo e formalizando as suas normas de conduta ( Normas ). Estas estabelecem as relações, comportamentos

Leia mais

HILLENBRAND, INC. E SUBSIDIÁRIAS. Anticorrupção Global Declaração de Política e Manual de Conformidade

HILLENBRAND, INC. E SUBSIDIÁRIAS. Anticorrupção Global Declaração de Política e Manual de Conformidade HILLENBRAND, INC. E SUBSIDIÁRIAS Anticorrupção Global Declaração de Política e Manual de Conformidade A Hillenbrand, Inc., incluindo todas suas subsidiárias (referidas em conjunto como a Empresa ), mantém

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA DO FORNECEDOR SODEXO APRIL 2014

CÓDIGO DE CONDUTA DO FORNECEDOR SODEXO APRIL 2014 CÓDIGO DE CONDUTA DO FORNECEDOR SODEXO APRIL 2014 Índice INTRODUÇÃO INTEGRIDADE NOS NEGÓCIOS DIREITOS HUMANOS E DIREITOS FUNDAMENTAIS NO TRABALHO Eliminação de todas as formas de trabalho forçado ou compulsório

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA DIRETRIZ SOBRE PRESENTES E ENTRETENIMENTO

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA DIRETRIZ SOBRE PRESENTES E ENTRETENIMENTO CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA DIRETRIZ SOBRE PRESENTES E ENTRETENIMENTO MAGNA INTERNATIONAL INC. DIRETRIZ SOBRE PRESENTES E ENTRETENIMENTO Oferecer ou receber presentes e entretenimento é muitas vezes uma

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA Índice Nossos princípios diretivos 03 Proteção do patrimônio e uso dos ativos 04 Informação confidencial 05 Gestão e Tratamento dos Colaboradores 06 Conflitos de interesse 07

Leia mais

POLÍTICA CORPORATIVA Código PC.00.001. PRESIDÊNCIA Revisão 00

POLÍTICA CORPORATIVA Código PC.00.001. PRESIDÊNCIA Revisão 00 Páginas 1/8 1. OBJETIVO O Código de Ética é um conjunto de diretrizes e regras de atuação, que define como os empregados e contratados da AQCES devem agir em diferentes situações no que diz respeito à

Leia mais

Código de conduta de parceiros de negócios da Pearson

Código de conduta de parceiros de negócios da Pearson Código de conduta de parceiros de negócios da Pearson Finalidade e escopo Na Pearson (incluindo suas subsidiárias e empresas com controle acionário), acreditamos fortemente que agir de forma ética e responsável

Leia mais

www.imcdgroup.com CÓDIGO DE CONDUTA. IMCD

www.imcdgroup.com CÓDIGO DE CONDUTA. IMCD www.imcdgroup.com CÓDIGO DE CONDUTA. IMCD O SUCESSO DA IMCD É BASEADO NO ESTABELECIMENTO DE UM AMBIENTE QUE PROMOVE A RESPONSABILIDADE, CONFIANÇA E O RESPEITO. IMCD Código de Conduta 3 1. Introdução O

Leia mais

Código de Conduta do Fornecedor

Código de Conduta do Fornecedor Código de Conduta do Fornecedor Código de Conduta do Fornecedor Desde a sua criação, o Grupo Tata simbolizou o espírito verdadeiro de Ética Empresarial em suas interações com todas as suas partes interessadas

Leia mais

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO DA ALCOA INC.

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO DA ALCOA INC. POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO DA ALCOA INC. a JUSTIFICATIVA: A Alcoa Inc. ( Alcoa ) e sua administração têm o compromisso de conduzir todas as suas operações em todo o mundo com ética e em conformidade com todas

Leia mais

Código de Conduta nos Negócios e Ética A MANEIRA WOODBRIDGE honestidade responsabilidade integridade respeito

Código de Conduta nos Negócios e Ética A MANEIRA WOODBRIDGE  honestidade responsabilidade integridade respeito Código de Conduta nos Negócios e Ética A MANEIRA WOODBRIDGE honestidade responsabilidade integridade respeito reeditado 12 junho de 2015 Page 1 of 7 Código de Conduta nos Negócios e Ética A MANEIRA WOODBRIDGE

Leia mais

Código de Conduta. Data [12-01-2014] Responsável pela política: Departamento de Auditoria Interna Global. Stephan Baars Diretor Financeiro (CFO)

Código de Conduta. Data [12-01-2014] Responsável pela política: Departamento de Auditoria Interna Global. Stephan Baars Diretor Financeiro (CFO) Código de Conduta Data [12-01-2014] Responsável pela política: Departamento de Auditoria Interna Global John Snyder Presidente e Diretor Executivo (CEO) Mike Janssen Diretor de Operações (COO) Stephan

Leia mais

Prezado colaborador, Atenciosamente, Rick Goings Presidente e CEO - 1 -

Prezado colaborador, Atenciosamente, Rick Goings Presidente e CEO - 1 - Prezado colaborador, Há mais de sessenta anos que o nome Tupperware representa os mais altos padrões de qualidade de produto. Levamos a sério a qualidade e a integridade dos nossos produtos e somos uma

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA INTERNATIONAL MEAL COMPANY ALIMENTAÇÃO S.A.

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA INTERNATIONAL MEAL COMPANY ALIMENTAÇÃO S.A. 1 CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA INTERNATIONAL MEAL COMPANY ALIMENTAÇÃO S.A. Este código de ética e conduta foi aprovado pelo Conselho de Administração da INTERNATIONAL MEAL COMPANY ALIMENTAÇÃO S.A. ( Companhia

Leia mais

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO EVEN

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO EVEN POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO EVEN 1 Introdução A EVEN conduz seus negócios de acordo com os altos padrões éticos e morais estabelecidos em seu Código de Conduta, não tolerando qualquer forma de corrupção e suborno.

Leia mais

Código de Conduta de Fornecedor

Código de Conduta de Fornecedor Código de Conduta de Fornecedor www.odfjelldrilling.com A Odfjell Drilling e suas entidades afiliadas mundialmente estão comprometidas em manter os mais altos padrões éticos ao conduzir negócios. Como

Leia mais

XEROX GLOBAL ETHICS HELPLINE

XEROX GLOBAL ETHICS HELPLINE ALCANCE: Xerox Corporation e suas subsidiárias. OBJETIVO: Este documento descreve a conduta ética que deve ser adotada durante as negociações pelos empregagos da Xerox Corporation. Todos os empregados

Leia mais

2015 Guia do Código de Conduta

2015 Guia do Código de Conduta 2015 Guia do Código de Conduta Comitê de Conformidade Corporativa Joe Puishys Jim Porter Pat Beithon Warren Planitzer Nós, da Apogee, conduzimos nossos negócios com o mais alto padrão de honestidade e

Leia mais

Prezado associado, Atenciosamente, Rick Goings Presidente e CEO - 1 -

Prezado associado, Atenciosamente, Rick Goings Presidente e CEO - 1 - Prezado associado, Há mais de sessenta anos, o nome Tupperware representa os mais altos padrões de qualidade de produto. Também levamos a sério a qualidade e a integridade dos nossos produtos e somos uma

Leia mais

Código de Conduta Empresarial da Nestlé. 2008, Nestec Ltd. Conceito e Design: Nestec Ltd., Identidade Corporativa e Design, Vevey (Suiza)

Código de Conduta Empresarial da Nestlé. 2008, Nestec Ltd. Conceito e Design: Nestec Ltd., Identidade Corporativa e Design, Vevey (Suiza) Código de Conduta Empresarial da Nestlé 2008, Nestec Ltd. Conceito e Design: Nestec Ltd., Identidade Corporativa e Design, Vevey (Suiza) Introdução Desde a sua fundação, as práticas comerciais da Nestlé

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA DA MULTIPLAN EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A.

CÓDIGO DE CONDUTA DA MULTIPLAN EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A. CÓDIGO DE CONDUTA DA MULTIPLAN EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A. O presente Código de Conduta da Multiplan Empreendimentos Imobiliários S.A. (a Companhia ), visa cumprir com as disposições do Regulamento

Leia mais

Código de Princípios de Negócios e Ética BTG Pactual

Código de Princípios de Negócios e Ética BTG Pactual Código de Princípios de Negócios e Ética BTG Pactual Nossa Visão e Nossos Valores Compartilhar uma única ambição é a chave para a história de sucesso do BTG Pactual. Ela só poderá ser atingida através

Leia mais

WILLIAM E. CONNOR & ASSOCIATES LIMITED CÓDIGO DE ÉTICA PARA FUNCIONÁRIOS

WILLIAM E. CONNOR & ASSOCIATES LIMITED CÓDIGO DE ÉTICA PARA FUNCIONÁRIOS 1. Code of Ethics WILLIAM E. CONNOR & ASSOCIATES LIMITED CÓDIGO DE ÉTICA PARA FUNCIONÁRIOS Honestidade, integridade e transparência são valores fundamentais da William E. Connor & Associates Limited (a

Leia mais

Código de Conduta. Nossos cinco princípios fundamentais: Pacientes. O benefício e a segurança do paciente estão no centro de tudo o que fazemos

Código de Conduta. Nossos cinco princípios fundamentais: Pacientes. O benefício e a segurança do paciente estão no centro de tudo o que fazemos Nosso compromisso de cuidar e curar Código de Conduta Nossos cinco princípios fundamentais: Pacientes O benefício e a segurança do paciente estão no centro de tudo o que fazemos Associados Tratamos nossos

Leia mais

Fundação Professor Francisco Pulido Valente CÓDIGO DE CONDUTA

Fundação Professor Francisco Pulido Valente CÓDIGO DE CONDUTA Fundação Professor Francisco Pulido Valente CÓDIGO DE CONDUTA Dezembro de 2012 INTRODUÇÃO As fundações são instituições privadas sem fins lucrativos que visam contribuir para o bem comum, para o desenvolvimento

Leia mais

CONDUTA nos Negócios e Ética

CONDUTA nos Negócios e Ética Código de CONDUTA nos Negócios e Ética de 2014 Indice INTRODUÇÃO... 03 MISSÃO - VISÃO - PROPÓSITO... 04 1. VALORES E PRINCIPIOS ORIENTADORES... 04 2. COMPROMETENDO-SE COM O CÓDIGO... 05 3. CUMPRIMENTO

Leia mais

Introdução: Código de Conduta Corporativa

Introdução: Código de Conduta Corporativa Transporte Excelsior Ltda Código de Conduta Corporativa Introdução: A Transporte Excelsior através desse Código Corporativo de Conduta busca alinhar e apoiar o cumprimento de nossa Missão, Visão e Valores,

Leia mais

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO DA CORPORAÇÃO DANAHER

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO DA CORPORAÇÃO DANAHER I. PROPÓSITO POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO DA CORPORAÇÃO DANAHER A corrupção é proibida pelas leis de quase todas as jurisdições do mundo. A Danaher Corporation ( Danaher ) está comprometida em obedecer as leis

Leia mais

Código de Ética e Conduta

Código de Ética e Conduta Código de Ética e Conduta O Código de Ética e Conduta do ESA - Externato Santo Antônio estabelece o comportamento esperado de todos aqueles que trabalham na, para e com a instituição, e tem por objetivo

Leia mais

Código de Conduta de Negócios & Ética. Efetivo a partir de 1º de abril de 2014

Código de Conduta de Negócios & Ética. Efetivo a partir de 1º de abril de 2014 Código de Conduta de Negócios & Ética Efetivo a partir de 1º de abril de 2014 Mensagem do Presidente & CEO A integridade pessoal, os valores compartilhados e a conduta ética dos negócios por todos os funcionários

Leia mais

Código de Ética. SPL Consultoria e Informática Ltda.

Código de Ética. SPL Consultoria e Informática Ltda. Código de Ética SPL Consultoria e Informática Ltda. Introdução Segundo o dicionário Aurélio ética é o estudo dos juízos de apreciação que se referem à conduta humana suscetível de qualificação do ponto

Leia mais

Política relativa a subornos, presentes e hospitalidade Data efetiva 2 de Março de 2011 Função

Política relativa a subornos, presentes e hospitalidade Data efetiva 2 de Março de 2011 Função Título Política relativa a subornos, presentes e hospitalidade Data efetiva 2 de Março de 2011 Função Departamento Jurídico da Holding Documento BGHP_version1_03032011 1. Finalidade A finalidade desta

Leia mais

AMMPL (BME) Código de Conduta

AMMPL (BME) Código de Conduta AMMPL (BME) Código de Conduta 1 Código de Conduta da AMMPL (BME) I Introdução A Association Materials Management, Purchasing and Logistics (Associação de Gestão de Materiais, Compras e Logística, AMMPL

Leia mais

POLÍTICA ANTI-CORRUPÇÃO. Política Anti-corrupção Versão 02 1/9

POLÍTICA ANTI-CORRUPÇÃO. Política Anti-corrupção Versão 02 1/9 POLÍTICA ANTI-CORRUPÇÃO Política Anti-corrupção Versão 02 1/9 RESUMO Resumo dos princípios fundamentais A Securitas acredita num mercado livre para a prestação dos seus serviços, e num ambiente competitivo

Leia mais

de Ética Código de Ética Código de Ética Código de Ética Código de Ética ca Código de Ética Código de Ética Código de Ética Código de Ética Códig

de Ética Código de Ética Código de Ética Código de Ética Código de Ética ca Código de Ética Código de Ética Código de Ética Código de Ética Códig de Ética Código CÓDIGO de Ética Código de Ética Código DE de Ética Código de Ética de Ética Código de Ética Código ÉTICA de Ética Código de Ética Código de Ética Fazendo Negócios com Integridade Realizamos

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA E INTEGRIDADE DE FORNECEDORES

CÓDIGO DE CONDUTA E INTEGRIDADE DE FORNECEDORES SUMÁRIO 1. Introdução... 04 2. Abrangência... 04 3. Objetivo... 04 4. Princípios Éticos... 05 5. Preconceitos e Discriminação... 05 6. Respeito à Legislação e Integridade nos Negócios... 05 7. Documentos,

Leia mais

ÍNDICE GERAL - OBJETIVO 2 - DIANTE DOS CONSUMIDORES. 2.1 Práticas Proibidas. 2.2 Explicação e Demonstração. 2.3 Respostas e Perguntas.

ÍNDICE GERAL - OBJETIVO 2 - DIANTE DOS CONSUMIDORES. 2.1 Práticas Proibidas. 2.2 Explicação e Demonstração. 2.3 Respostas e Perguntas. ÍNDICE GERAL - OBJETIVO 2 - DIANTE DOS CONSUMIDORES 2.1 Práticas Proibidas. 2.2 Explicação e Demonstração. 2.3 Respostas e Perguntas. 2.4 Promessas Verbais. 3 Diante do Plano de Marketing 4 - Conselhos

Leia mais

Ética A GUARDIAN disponibiliza o presente Código de Conduta a todos os colaboradores, Clientes, Fornecedores e Parceiros.

Ética A GUARDIAN disponibiliza o presente Código de Conduta a todos os colaboradores, Clientes, Fornecedores e Parceiros. Âmbito de aplicação O presente Código de Conduta aplica-se a toda a estrutura GUARDIAN Sociedade de Mediação de Seguros, Lda., seguidamente designada por GUARDIAN, sem prejuízo das disposições legais ou

Leia mais

Princípios Gerais de Negócio da Shell

Princípios Gerais de Negócio da Shell Princípios Gerais de Negócio da Shell Royal Dutch Shell plc Introdução Os Princípios Gerais de Negócio da Shell regem a forma como cada uma das empresas que constituem o Grupo Shell* deve conduzir as suas

Leia mais

Código de Conduta e Ética

Código de Conduta e Ética Página 1 de 5 Código de Conduta e Ética 2012 Resumo A SAVEWAY acredita que seu sucesso está pautado na prática diária de elevados valores éticos e morais, bem como respeito às pessoas, em toda sua cadeia

Leia mais

Ivan Drummond Filho C.E.O. International Health Care Offshore CNPJ 07.527.778/0001-00. Sobre o Código

Ivan Drummond Filho C.E.O. International Health Care Offshore CNPJ 07.527.778/0001-00. Sobre o Código Página 1 de 8 International Health Care Offshore CNPJ 07.527.778/0001-00 Sobre o Código As relações interpessoais devem seguir as normas de respeito individual e coletivo sempre considerando o bem estar

Leia mais

Código de Ética Fevereiro de 2015

Código de Ética Fevereiro de 2015 Código de Ética Fevereiro de 2015 Índice 1. Âmbito de aplicação... 3 2. Ética... 3 2.1. Princípios e valores fundamentais... 3 2.2. Proibição de decisão em situação de conflito de interesses... 4 2.3.

Leia mais

POLÍTICA DE DENÚNCIAS

POLÍTICA DE DENÚNCIAS (constituída nas Bermudas com responsabilidade limitada) (Código de negociação em bolsa: 1768) (a Sociedade ) POLÍTICA DE DENÚNCIAS 1. Objetivo Esta Política estabelece os meios que: a) os funcionários

Leia mais

Princípios de Ética no Grupo DB

Princípios de Ética no Grupo DB Princípios de Ética no Grupo DB Código de conduta Objetivo do código de conduta Estipulamos com valor vinculativo os nossos padrões e as expectativas relativas aos nossos negócios diários. Para todos os

Leia mais

Código de Ética e Conduta Empresarial

Código de Ética e Conduta Empresarial Código de Ética e Conduta Empresarial Índice 1. Introdução 2. Guia para o uso do Código de Conduta e Ética - O que é o Código? - Onde se aplica o Código? - Onde se pode ser encontrado o Código? - O Código

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA DEFENDA BUSINESS PROTECTION SERVICES & SOLUTIONS Direitos Autorais Este documento contém informações de propriedade da Defenda Business Protection Services & Solutions. Nenhuma

Leia mais

Engenharia e Consultoria CÓDIGO DE ÉTICA

Engenharia e Consultoria CÓDIGO DE ÉTICA CÓDIGO DE ÉTICA SUMÁRIO APRESENTAÇÃO COLABORADORES Princípios éticos funcionais Emprego e Ambiente de trabalho Conflito de interesses Segredos e informações comerciais SEGURANÇA, SAÚDE E MEIO AMBIENTE

Leia mais

Requisitos do Grupo Volkswagen relativos à sustentabilidade nas relações com os seus parceiros comerciais (Code of Conduct para parceiros comerciais)

Requisitos do Grupo Volkswagen relativos à sustentabilidade nas relações com os seus parceiros comerciais (Code of Conduct para parceiros comerciais) Requisitos do Grupo Volkswagen relativos à sustentabilidade nas relações com os seus parceiros comerciais (Code of Conduct para parceiros comerciais) I. Preâmbulo Os requisitos que se seguem especificam

Leia mais

Código de Ética Nas Relações com as Partes Interessadas Com os Clientes e a Concorrência

Código de Ética Nas Relações com as Partes Interessadas Com os Clientes e a Concorrência Código de Ética Conduzimos nossos negócios dentro de uma estrutura de padrões profissionais, legislações, regulamentações e políticas internas. Entretanto, temos consciência que essas normas não necessariamente

Leia mais

Código de Ética e Conduta Profissional da MRC Consultoria e Sistema de Informática Ltda. - ME

Código de Ética e Conduta Profissional da MRC Consultoria e Sistema de Informática Ltda. - ME 1 - Considerações Éticas Fundamentais Como um colaborador da. - ME eu devo: 1.1- Contribuir para a sociedade e bem-estar do ser humano. O maior valor da computação é o seu potencial de melhorar o bem-estar

Leia mais

Experian plc. Código de Conduta Global. Versão 1.2. Fazendo negócios com integridade

Experian plc. Código de Conduta Global. Versão 1.2. Fazendo negócios com integridade Experian plc Código de Conduta Global Versão 1.2 Fazendo negócios com integridade Adotado em 13 de maio de 2010 Corrigido em 15 de maio de 2011 Código de Conduta Global v 1.2 15 de Maio 2011 Experian Restrito

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA APLICADO AOS ATORES DIRETOS

CÓDIGO DE ÉTICA APLICADO AOS ATORES DIRETOS Arranjo Produtivo Local de Tecnologia da Informação e Comunicação da Região Central do Centro do Rio Grande do Sul CÓDIGO DE ÉTICA APLICADO AOS ATORES DIRETOS Outubro de 2013 MISSÃO Fortalecer, qualificar,

Leia mais

Os 10 Princípios Universais do Pacto Global

Os 10 Princípios Universais do Pacto Global Os 10 Princípios Universais do Pacto Global O Pacto Global advoga dez Princípios universais, derivados da Declaração Universal de Direitos Humanos, da Declaração da Organização Internacional do Trabalho

Leia mais

Padrões de conduta de Negócios

Padrões de conduta de Negócios Padrões de conduta de Negócios A integridade da Dana está em suas mãos A importância destes padrões A Dana Holding Corporation e todas as suas subsidiárias controladas devem conduzir os negócios de forma

Leia mais

Código de Conduta Ética da Hix Investimentos Ltda.

Código de Conduta Ética da Hix Investimentos Ltda. Código de Conduta Ética da Hix Investimentos Ltda. Objetivo O presente Código de Conduta Ética tem por objetivo estabelecer os aspectos e postura exigidos de administradores, colaboradores e funcionários

Leia mais

Código de Ética LLTECH

Código de Ética LLTECH Código de Ética LLTECH Quem somos A LLTECH é uma empresa que oferece soluções inovadoras para automação e otimização de processos industriais, fornecendo toda a parte de serviços e produtos para automação

Leia mais

Conduta nos negócios

Conduta nos negócios Conduta nos negócios Como funcionários, voluntários e representantes da USP, devemos conhecer e cumprir o Código e todas as leis ou POPs relacionados às nossas responsabilidades na USP, conforme aplicável.

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA DA ICF. Parte Um: Definição de Coaching. Seção 1: Definições. Parte Dois: Os Padrões ICF de Conduta Ética

CÓDIGO DE ÉTICA DA ICF. Parte Um: Definição de Coaching. Seção 1: Definições. Parte Dois: Os Padrões ICF de Conduta Ética CÓDIGO DE ÉTICA DA ICF Parte Um: Definição de Coaching Seção 1: Definições Coaching: Coaching é fazer uma parceria com os clientes em um processo estimulante e criativo que os inspira a maximizar o seu

Leia mais

Política de Proteção Infantil

Política de Proteção Infantil Política de Proteção Infantil Diga SIM à Proteção Infantil! Como uma organização internacional de desenvolvimento comunitário centrado na criança e no adolescente, cujo trabalho se fundamenta na Convenção

Leia mais

MANUAL DE CONDUTA I INTRODUÇÃO:

MANUAL DE CONDUTA I INTRODUÇÃO: MANUAL DE CONDUTA I INTRODUÇÃO: A SKOPOS, em razão das atividades desenvolvidas, está sujeita a rigoroso controle de suas operações pela Comissão de Valores Mobiliários e demais órgãos reguladores do mercado

Leia mais

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR Cada um de nós, na vida profissional, divide com a Essilor a sua responsabilidade e a sua reputação. Portanto, devemos conhecer e respeitar os princípios que se aplicam a todos.

Leia mais

Código de Conduta. Diretrizes e Padrões de Integridade e Transparência

Código de Conduta. Diretrizes e Padrões de Integridade e Transparência Código de Conduta Diretrizes e Padrões de Integridade e Transparência Sumário Carta da Presidência 3 1. Introdução 2. Implementação deste Código de Conduta 3. Cumprimento deste Código de Conduta 4. Reporte

Leia mais

Prezado colaborador, Receba estes Princípios Éticos e de Conduta, que resumem o que já somos e pregam o que nunca devemos deixar de ser.

Prezado colaborador, Receba estes Princípios Éticos e de Conduta, que resumem o que já somos e pregam o que nunca devemos deixar de ser. Prezado colaborador, Fazemos parte de empresas que já nasceram comprometidas com os princípios éticos do exercício da verdade, fundamentais para a nossa credibilidade. Uma identidade cristalina, que nos

Leia mais

Código de Conduta dos Fornecedores da Microsoft

Código de Conduta dos Fornecedores da Microsoft Código de Conduta dos Fornecedores da Microsoft A Microsoft pretende ser mais do que uma boa empresa. Pretender ser uma empresa excelente. Com este objetivo em mente, a Microsoft assume a missão de ajudar

Leia mais

I. A empresa de pesquisa de executivos deve lhe fornecer uma avaliação precisa e cândida das suas capacidades para realizar sua pesquisa.

I. A empresa de pesquisa de executivos deve lhe fornecer uma avaliação precisa e cândida das suas capacidades para realizar sua pesquisa. DIREITO DOS CLIENTES O que esperar de sua empresa de Executive Search Uma pesquisa de executivos envolve um processo complexo que requer um investimento substancial do seu tempo e recursos. Quando você

Leia mais

Política Anti-Suborno da ADP Questões Frequentes (FAQs)

Política Anti-Suborno da ADP Questões Frequentes (FAQs) Política Anti-Suborno da ADP Questões Frequentes (FAQs) AS COMUNICAÇÕES ENTRE ADVOGADO E CLIENTE SÃO ESTRITAMENTE CONFIDENCIAIS Este documento destina-se a abordar questões que possam surgir no decurso

Leia mais

Código. de Conduta do Fornecedor

Código. de Conduta do Fornecedor Código de Conduta do Fornecedor 03/2014 Índice 1. Considerações... 03 2. Decisões... 04 3. Diretrizes... 05 3.1. Quanto à Integridade nos Negócios... 05 3.2. Quanto aos Direitos Humanos Universais... 06

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA DOS COLABORADORES DA FUNDAÇÃO CASA DA MÚSICA

CÓDIGO DE CONDUTA DOS COLABORADORES DA FUNDAÇÃO CASA DA MÚSICA CÓDIGO DE CONDUTA DOS COLABORADORES DA FUNDAÇÃO CASA DA MÚSICA Na defesa dos valores de integridade, da transparência, da auto-regulação e da prestação de contas, entre outros, a Fundação Casa da Música,

Leia mais

Apresentar queixa por corrupção à ICAC

Apresentar queixa por corrupção à ICAC Apresentar queixa por corrupção à ICAC A função da ICAC A Comissão Independente Contra a Corrupção foi fundada em 1988 para investigar e reduzir a corrupção no sector público de NSW. Sobre a ICAC A ICAC

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA G UPO

CÓDIGO DE ÉTICA G UPO CÓDIGO DE ÉTICA G UPO 1 Sumário APRESENTAÇÃO... 2 1. APLICABILIDADE... 3 ESCLARECIMENTOS... 3 O COMITÊ DE ÉTICA... 3 ATRIBUIÇÕES DO COMITÊ... 3,4 2. ASSUNTOS INTERNOS... 4 OUVIDORIA... 4 PRECONCEITO...

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA COMERCIAL. Informações confidenciais; Proteção e uso adequado dos ativos da empresa 4

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA COMERCIAL. Informações confidenciais; Proteção e uso adequado dos ativos da empresa 4 CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA COMERCIAL CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA COMERCIAL Introdução e Propósito 2 Padrões gerais de ética 2 Conflito de interesses 3 Informações confidenciais; Proteção e uso adequado dos

Leia mais

Índice. Missão, Visão, Valores e Princípios Objetivo Aplicabilidade Organização Interna Relacionamento Externo

Índice. Missão, Visão, Valores e Princípios Objetivo Aplicabilidade Organização Interna Relacionamento Externo Código de Conduta Índice Missão, Visão, Valores e Princípios Objetivo Aplicabilidade Organização Interna Relacionamento Externo 3 4 5 6 9 Missão, Visão, Valores e Princípios Missão Visão Princípios Valores

Leia mais

Sobre a linha de apoio de compliance do Grupo Generali (EthicsPoint)

Sobre a linha de apoio de compliance do Grupo Generali (EthicsPoint) Sobre a linha de apoio de compliance do Grupo Generali (EthicsPoint) Denúncias - Geral Segurança das denúncias Confidencialidade e proteção de dados Sobre a linha de apoio de compliance do Grupo Generali

Leia mais

DIRETRIZ GLOBAL ANTICORRUPÇÃO

DIRETRIZ GLOBAL ANTICORRUPÇÃO DIRETRIZ GLOBAL ANTICORRUPÇÃO I. Declaração da Diretriz. É a diretriz da Global Crossing Limited ( Global Crossing ou a Empresa ) conduzir todos os seus negócios de uma maneira honesta e ética. Ao fazer

Leia mais

Membros da AESC devem usar seus melhores esforços para proteger as informações confidenciais de seus clientes. Especificamente, um membro deverá:

Membros da AESC devem usar seus melhores esforços para proteger as informações confidenciais de seus clientes. Especificamente, um membro deverá: INTRODUÇÃO A Association of Executive Search Consultants (AESC), como uma associação global de Retained Executive Search e Consultoria em Liderança, esforça-se em elevar o profissionalismo dos seus parceiros.

Leia mais

Padrões de Conduta e Ética em Negócios para Terceiros

Padrões de Conduta e Ética em Negócios para Terceiros Todas as atividades de negócios na Bristol-Myers Squibb (BMS) estruturam-se sobre a base do nosso compromisso com a integridade e o cumprimento de todas as leis, regulamentações, diretrizes e códigos de

Leia mais

Introdução. Observância às leis. Conflitos de interesses. Negociação justa (Fair Dealing) Proteção e utilização adequada dos ativos da Empresa

Introdução. Observância às leis. Conflitos de interesses. Negociação justa (Fair Dealing) Proteção e utilização adequada dos ativos da Empresa Código de Conduta Sumário Introdução 2 Observância às leis 3 Conflitos de interesses 5 Negociação justa (Fair Dealing) 7 Proteção e utilização adequada dos ativos da Empresa 10 Respeito à comunidade ArcelorMittal

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA PROFISSIONAL

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA PROFISSIONAL CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA PROFISSIONAL Índice 3 EVITANDO CONFLITOS DE INTERESSE 17 MENSAGEM DO VICE-PRESIDENTE DO CONSELHO, PRESIDENTE INTERINO E CEO III 3.1 Atividades não relacionadas com a SNC-Lavalin

Leia mais