ENCONTRO INTER-CONCELHIO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ENCONTRO INTER-CONCELHIO"

Transcrição

1 ENCONTRO INTER-CONCELHIO VOUZELA Parque Desportivo Municipal das Chãs 30 de Maio de 2015 Vouzela / São Pedro do Sul / Oliveira de Frades Agrupamento de Escolas de Oliveira de Frades

2 INTRODUÇÃO O Projeto está inserido nos Planos de Desenvolvimento Regional da Federação de Andebol de Portugal e da Associação de Andebol de Viseu e será, implementado em conjunto com as Autarquias, Agrupamento de Escolas e Clubes, no sentido de estimular a prática de Atividades de Andebol, devidamente adequados ao escalão etário dos alunos. Pretende-se que este conjunto de atividades seja enquadrado pelos professores das Atividades de Enriquecimento Curricular e pelos Professores do 1º Ciclo, envolvendo-os e responsabilizando-os pelo enquadramento dos jovens, nas atividades desportivas e sociais do Projeto. Pretendemos pois fomentar o Desporto Jovem em geral e o Andebol em particular, de uma forma atrativa, didática e saudável, onde o maior objetivo é sem dúvida o desenvolvimento global e harmonioso dos JOVENS. Assim, será organizado uma vez por ano, num dos concelhos aderentes a este projeto, uma atividade realizada num dia (sábado?), que terá uma componente competitiva e também uma componente lúdica, cultural e social. Na componente competitiva, será organizado um quadro competitivo com base em 2 equipas de cada concelho, onde jogarão entre si Andebol de 5. A componente lúdica, cultural e social, será organizada pelo município anfitrião, com atividades realizadas habitualmente no concelho, como forma da sua divulgação e promoção, a todos os participantes e suas famílias. NOTA DO PRESIDENTE: Vouzela apoia o Desporto! Vouzela apoia o Encontro Inter-concelhio de Andebol! No dia 30 de maio, Vouzela vai receber o Encontro Inter-concelhio de Andebol integrado no projeto Andebol4kids. Será um dia de verdadeira festa desportiva onde cerca de 170 participantes irão promover a prática da modalidade, aliando a atividade física ao bem-estar e à componente de sociabilidade entre os jovens participantes, que se situam entre os 6 e os 10 anos de idade. O Município de Vouzela associa-se a este evento, dando um sinal do seu empenho na promoção da prática desportiva no concelho, em particular do andebol, uma modalidade com forte tradição em Vouzela e que atualmente é praticada nas Escolas e pelos jovens atletas da Associação Social, Cultural e Desportiva de S. Miguel do Mato. Por isso, a todos os que irão participar na iniciativa, e em especial aos atletas do concelho de Vouzela que orgulhosamente têm defendido as cores e o nome deste concelho, desejo os maiores sucessos desportivos e que este Encontro Inter-concelhio fique nas suas memórias pela experiência positiva e enriquecedora que lhes proporcionou! O Presidente da Câmara de Vouzela Rui Ladeira, Eng.

3 CONCELHOS PARTICIPANTES/RESULTADO DO SORTEIO VOUZELA - 1 SÃO PEDRO DO SUL - 2 OLIVEIRA DE FRADES - 3 EQUIPAS PARTICIPANTES IDADES Cada concelho participaria com 2 equipas (A e B). As equipas só podem ser formadas com alunos do 3º e 4º ano de escolaridade. Cada equipa é composta por 10 atletas (5 Masculinos e 5 Femininos). Podem participar alunos nascidos em 2004, 2005 ou depois. FORMA DE DISPUTA 1ª FASE/MANHA- 2 Grupos de 3 equipas. TxT a 1 Volta FASE FINAL/TARDE conforme abaixo se descrimina Classificação - Vitória 3 Pontos / Empate 1 Ponto / Derrota 0 Pontos 09h00 RECEPÇÃO DAS EQUIPAS 1º FASE MANHÃ GRUPO 1 CAMPO 1 SÁBADO DIA 30 DE MAIO DE 2015 HORA Nº JOGO EQUIPAS RESULT. EQUIPAS 09:30 1 Vouzela A - S. Pedro do Sul A 10:30 2 S. Pedro do Sul A - Oliveira de Frades A 11:30 3 Oliveira de Frades A - Vouzela A GRUPO 2 CAMPO 2 HORA Nº JOGO EQUIPAS RESULT. EQUIPAS 09:30 4 Vouzela B - S. Pedro do Sul B 10:30 5 S. Pedro do Sul B - Oliveira de Frades B 11:30 6 Oliveira de Frades B - Vouzela B 12H30 ALMOÇO Agrupamento de Escolas de Vouzela 13H30 ATIVIDADE CULTURAL - Atividades inseridas na programação do II Festival Gastronómico da Vitela de Lafões e Produtos Regionais.

4 FASE FINAL - TARDE Os 3 os classificados de cada grupo jogam para o 5º e 6º lugar, os 2 os classificados de cada grupo jogam para o 3º e 4º lugar, enquanto, os 1 os classificados de cada grupo jogam a Final 1º e 2º lugar. HORA Nº JOGO CAMPO EQUIPA RESULTADO EQUIPA 15:30 7 CAMPO 1 3º Classificado Grupo 1-3º Classificado Grupo 2 16:00 8 CAMPO 1 2º Classificado Grupo 1-2º Classificado Grupo 2 16:30 9 CAMPO 1 1º Classificado Grupo 1-1º Classificado Grupo 2 TEMPO DE JOGO 20m (5) LOCAL DOS JOGOS Estádio Municipal dos Chãs 17H30 ENTREGA DE PREMIOS 18H00 REGRESSO A CASA

5 ENCONTRO INTER-CONCELHIO VOUZELA PROGRAMA DIA 30 DE MAIO DE 2015 PARQUE DESPORTIVO MUNICIPAL DAS CHÃS 09:00 RECEPÇÃO DAS EQUIPAS 09:30 VOUZELA A vs S. PEDRO SUL A CAMPO Nº1 09:30 VOUZELA B vs S. PEDRO SUL B CAMPO Nº2 10:30 S. PEDRO SUL A vs OLIVEIRA DE FRADES A CAMPO Nº1 10:30 S. PEDRO SUL B vs OLIVEIRA DE FRADES B CAMPO 2 11:30 OLIVEIRA DE FRADES A vs VOUZELA A CAMPO Nº1 11:30 OLIVEIRA DE FRADES B vs VOUZELA B CAMPO Nº2 12:30 ALMOÇO Agrupamento de Escolas de Vouzela 13:30 ACTIVIDADE CULTURAL - Atividades inseridas na programação do II Festival Gastronómico da Vitela de Lafões e Produtos Regionais. 15:30 APURAMENTO 5º/6º LUGAR CAMPO 1 16:00 APURAMENTO 3º/4º LUGAR CAMPO 1 16:30 APURAMENTO 1º/2º LUGAR CAMPO 1 17:30 ENTREGA DE PRÉMIOS 18:00 REGRESSO A CASA

No que se refere ao Associativismo poderemos adiantar que o. Concelho de Rio Maior é, de facto, um Concelho rico em termos de

No que se refere ao Associativismo poderemos adiantar que o. Concelho de Rio Maior é, de facto, um Concelho rico em termos de 6. Associativismo No que se refere ao Associativismo poderemos adiantar que o Concelho de Rio Maior é, de facto, um Concelho rico em termos de movimento associativo e em termos de serviços/acções disponibilizados

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GIL VICENTE ESCOLA GIL VICENTE EDUCAÇÃO FÍSICA PLANO ANUAL DE ATIVIDADES

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GIL VICENTE ESCOLA GIL VICENTE EDUCAÇÃO FÍSICA PLANO ANUAL DE ATIVIDADES AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GIL VICENTE ESCOLA GIL VICENTE EDUCAÇÃO FÍSICA PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Ano Letivo 2011 / 2012 AO LONGO DE TODO O ANO LETIVO Atividades de sensibilização da comunidade r para a

Leia mais

Calendários e Regulamentos das Competições Federativas Nacionais 2015. Pesagens (horário provisório) 07/02 Sábado VIII Supertaça Fernando Gaspar 15:00

Calendários e Regulamentos das Competições Federativas Nacionais 2015. Pesagens (horário provisório) 07/02 Sábado VIII Supertaça Fernando Gaspar 15:00 Calendários e Regulamentos das Competições Federativas Nacionais 2015 1. Calendário Federativo Nacional Data Dia da Semana Evento Pesagens (horário provisório) 07/02 Sábado VIII Supertaça Fernando Gaspar

Leia mais

REGULAMENTO GERAL JOGOS DESPORTIVOS 2011. 1 Introdução

REGULAMENTO GERAL JOGOS DESPORTIVOS 2011. 1 Introdução REGULAMENTO GERAL JOGOS DESPORTIVOS 1 Introdução Fazerem parte de uma equipa, aperceberem-se de que sozinhos e isolados muito pouco conseguirão, entenderem o valor da amizade e do apoio dos companheiros,

Leia mais

O QUE É OBJECTIVOS: VANTAGENS

O QUE É OBJECTIVOS: VANTAGENS O QUE É O Gira Volei é um jogo fácil, divertido e competitivo destinado aos jovens com idade compreendida entre os 8 e os 16 onde apenas se pode utilizar uma técnica: o passe. OBJECTIVOS: Contribuir para

Leia mais

Enquadramento... 1. Objetivos... 1. Alunos... 1. Professores estagiários... 1. Recursos... 1. Humanos... 1. Temporais... 2. Espaciais...

Enquadramento... 1. Objetivos... 1. Alunos... 1. Professores estagiários... 1. Recursos... 1. Humanos... 1. Temporais... 2. Espaciais... i Índice Enquadramento... 1 Objetivos... 1 Alunos... 1 Professores estagiários... 1 Recursos... 1 Humanos... 1 Temporais... 2 Espaciais... 2 Materiais... 2 Procedimentos de planeamento e organização...

Leia mais

Futebol Feminino no Desporto Escolar. Plano Plurianual de desenvolvimento do projeto 2015/2016

Futebol Feminino no Desporto Escolar. Plano Plurianual de desenvolvimento do projeto 2015/2016 Futebol Feminino no Desporto Escolar Plano Plurianual de desenvolvimento do projeto 2015/2016 INTRODUÇÃO O Futebol Feminino é uma atividade que tem crescido nos últimos tempos em Portugal e por isso, sentimos

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE ATLETISMO DE S. MIGUEL

ASSOCIAÇÃO DE ATLETISMO DE S. MIGUEL ASSOCIAÇÃO DE ATLETISMO DE S. MIGUEL Instituição de Utilidade Pública Pessoa Colectiva n.º 512019673 Fundada em 26.03.86 Filiada na Federação Portuguesa Atletismo RUA PINTOR DOMINGOS REBELO N.º 4 TELEFONE

Leia mais

Câmara Municipal de Montemor-o-Velho. Unidade de Desporto XVII TORNEIO DE FUTEBOL JUVENIL 2014 REGULAMENTO

Câmara Municipal de Montemor-o-Velho. Unidade de Desporto XVII TORNEIO DE FUTEBOL JUVENIL 2014 REGULAMENTO Câmara Municipal de Montemor-o-Velho Unidade de Desporto XVII TORNEIO DE FUTEBOL JUVENIL 2014 REGULAMENTO Montemor-o-Velho, Maio de 2014 Índice REGULAMENTO... 3 1. ORGANIZAÇÃO... 3 2. DESTINATÁRIOS/ESCALÕES

Leia mais

2º CAMPEONATO MUNICIPAL DE MATRAQUILHOS. Normas de Funcionamento

2º CAMPEONATO MUNICIPAL DE MATRAQUILHOS. Normas de Funcionamento 2º CAMPEONATO MUNICIPAL DE MATRAQUILHOS Normas de Funcionamento Normas de Funcionamento Considerando a importância que a promoção da dinâmica desportiva assume no concelho, a Câmara Municipal da Lourinhã,

Leia mais

Câmara Municipal de Portalegre

Câmara Municipal de Portalegre 1 O projeto Cidades Amigas dos Estudantes tem como objetivo unir um conjunto de parceiros regionais, para criar condições mais favoráveis para o acolhimento, a integração e o bem-estar dos estudantes do

Leia mais

Continuamos com uma parceria entre a AMB e a Associação de Voleibol do Porto, em que esta ficará responsável por toda a parte competitiva do evento.

Continuamos com uma parceria entre a AMB e a Associação de Voleibol do Porto, em que esta ficará responsável por toda a parte competitiva do evento. BEM VINDOS É com enorme prazer que estamos a trabalhar no V AMB VOLLEYBALL CUP/Espinho 2016. Depois do êxito das quatro edições anteriores desta competição, continuamos a pensar e a desejar sempre o melhor.

Leia mais

REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIO ÀS ENTIDADES DESPORTIVAS

REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIO ÀS ENTIDADES DESPORTIVAS REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIO ÀS ENTIDADES DESPORTIVAS Critérios específicos de apoio para época desportiva 2011/2012 Introdução O Regulamento n.º 635/2010 Regulamento Municipal de Apoio às Entidades

Leia mais

XVmTORNEIOTORNEIOTORNEIOTORNEIO LPK 2013

XVmTORNEIOTORNEIOTORNEIOTORNEIO LPK 2013 XVmTORNEIOTORNEIOTORNEIOTORNEIO LPK 2013 INFORMAÇÕES 1.1 DATA DO TORNEIO 26 DE OUTUBRO DE 2013 1.2 INSTALAÇÕES DESPORTIVAS PARA A REALIZAÇÃO PAVILHÃO GUILHERME PINTO BASTO ( PAVILHÃO DRAMÁTICO DE CASCAIS

Leia mais

Investir na Educação, Construir o Futuro. Filomena Pinheiro Vice-Presidente da Câmara Municipal de Mealhada

Investir na Educação, Construir o Futuro. Filomena Pinheiro Vice-Presidente da Câmara Municipal de Mealhada Investir na Educação, Construir o Futuro Filomena Pinheiro Vice-Presidente da Câmara Municipal de Mealhada Caracterização do Concelho de Mealhada - Área: 111 Km 2 - População: 22 099 habitantes - Território

Leia mais

ANEXO II ATIVIDADES NÃO REGULARES

ANEXO II ATIVIDADES NÃO REGULARES ANEXO II ATIVIDADES NÃO REGULARES Introdução No sentido de fomentar e incentivar a prática desportiva no concelho de Guimarães (privilegiando a igualdade de oportunidades no acesso ao desporto não competitivo,

Leia mais

Programa. Xadrez. Lisboa 14 a 17 de maio

Programa. Xadrez. Lisboa 14 a 17 de maio Programa Xadrez Lisboa 14 a 17 de maio Nota Introdutória Os Campeonatos Nacionais Escolares 2015 realizam se nos dias 14, 15, 16 e 17 de maio, em Lisboa. A Direção Geral da Educação e a Direção Geral dos

Leia mais

Dossier Liga Escolhas 2014/15

Dossier Liga Escolhas 2014/15 A Liga Escolhas é uma atividade desenvolvida no âmbito do Projeto Espaço Jovem de Quinta do Lavrado E5G promovido pela Fundação de Solidariedade Social Aragão Pinto, e financiado pelo Programa Escolhas

Leia mais

A. Disposições Gerais

A. Disposições Gerais FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE ATLETISMO Direcção Técnica Nacional Sector juvenil Versão de 29 de Maio de 2008 REGULAMENTO GERAL DE COMPETIÇÕES NORMAS RELACIONADAS COM OS ESCALÕES DO ATLETISMO JUVENIL A. Disposições

Leia mais

Mais um ano Mais Recordes

Mais um ano Mais Recordes www.portugalrugbyfestival.com Mais um ano Mais Recordes 12 e 13 de Abril de 2014 Estádio Universitário de Lisboa O Rugby Youth Festival Jogos Santa Casa 2014 terminou como a edição que bateu todos os recordes,

Leia mais

III Edição Grande Prémio AIREV

III Edição Grande Prémio AIREV III Edição Grande Prémio AIREV A Associação para Integração e Reabilitação Social de Crianças e Jovens Deficientes de Vizela, pretende organizar, pelo terceiro ano consecutivo, uma Corrida e Caminhada

Leia mais

I DUATLO BTT DE SANTANA 2015 I DUATLO JOVEM BTT DE SANTANA 2015

I DUATLO BTT DE SANTANA 2015 I DUATLO JOVEM BTT DE SANTANA 2015 I DUATLO BTT DE SANTANA 2015 I DUATLO JOVEM BTT DE SANTANA 2015 Sábado, 24 de Outubro de 2015 Distância Sprint: 5kms Corrida / 16 kms BTT / 2.5 kms Corrida Distância S.Sprint: 2.5kms Corrida / 8 kms BTT

Leia mais

AS ESTATÍSTICAS NO EMPREGO

AS ESTATÍSTICAS NO EMPREGO AS ESTATÍSTICAS NO EMPREGO Sumário 1. Breve Apresentação do ONRH 2. O Contributo dos Modelos Estruturais 3. Síntese dos Resultados Agregados do ONRH 4. Inquérito aos Residentes na RAM: Dimensão Emprego

Leia mais

ACESSOS 1/6. . Campo de Regatas 2000 metros. F e d e r a ç ã o P o r t u g u e s a d e C a n o a g e m É p o c a 2 0 1 4

ACESSOS 1/6. . Campo de Regatas 2000 metros. F e d e r a ç ã o P o r t u g u e s a d e C a n o a g e m É p o c a 2 0 1 4 ACESSOS A competição realiza-se na Barragem da Aguieira, nas instalações do Montebelo Aguieira Resort. A melhor forma de chegar ao local é através da A1, cortando para Coimbra (IP3), no sentido contrário

Leia mais

ÍNDICE. I. DISPOSIÇÕES INICIAIS Artigo 1º - Âmbito

ÍNDICE. I. DISPOSIÇÕES INICIAIS Artigo 1º - Âmbito ÍNDICE I. DISPOSIÇÕES INICIAIS Artigo 1º - Âmbito II. ORGANIZAÇÃO DE PROVAS Artigo 2º - Modelo Competitivo Artigo 3º - Sistema Competitivo Artigo 4º - Ordem dos Jogos Artigo 5º - Duração dos Jogos Artigo

Leia mais

QUESTIONÁRIO. Fórum do Desporto Municipal I DADOS PESSOAIS

QUESTIONÁRIO. Fórum do Desporto Municipal I DADOS PESSOAIS QUESTIONÁRIO Fórum do Desporto Municipal O Fórum do Desporto Municipal corresponde a um processo participativo, dinâmico que pretende assegurar a responsabilização e mobilização de todos os cidadãos e

Leia mais

REGULAMENTO ESPECIFICO DE PROVAS OFICIAIS DE POLO-AQUATICO 2015/2016 INDICE... 2 PO1 CAMPEONATO NACIONAL DA 1.ª DIVISÃO MASCULINOS...

REGULAMENTO ESPECIFICO DE PROVAS OFICIAIS DE POLO-AQUATICO 2015/2016 INDICE... 2 PO1 CAMPEONATO NACIONAL DA 1.ª DIVISÃO MASCULINOS... REGULAMENTO ESPECÍFICO DE PROVAS OFICIAIS 2015/2016 INDICE INDICE... 2 PO1 CAMPEONATO NACIONAL DA 1.ª DIVISÃO MASCULINOS... 5 1 PRÉMIOS... 5... 5... 5 PO2 CAMPEONATO NACIONAL DA 2.ª DIVISÃO MASCULINOS...

Leia mais

REGULAMENTO. 1. O Circuito Padel Portugal, é composto por eventos constantes do Calendário Oficial de Provas da Federação Portuguesa de Ténis.

REGULAMENTO. 1. O Circuito Padel Portugal, é composto por eventos constantes do Calendário Oficial de Provas da Federação Portuguesa de Ténis. Regulamento CIRCUITO PADEL PORTUGAL 2014 REGULAMENTO 1. O Circuito Padel Portugal, é composto por eventos constantes do Calendário Oficial de Provas da Federação Portuguesa de Ténis. 2. O Circuito Padel

Leia mais

PLANO EDUCATIVO MUNICIPAL

PLANO EDUCATIVO MUNICIPAL MUNICÍPIO DE VOUZELA PLANO EDUCATIVO MUNICIPAL 2014/2015 Designação da Formação Toxicodependências Programa de Respostas Integradas As Crianças Marcam a Diferença! Natação 1º Ciclo Prolongamento de Horário

Leia mais

CAMPEONATOS NACIONAIS DE EQUIPAS 2014 / 2015. - Este Campeonato será disputado por 10 (dez) equipas incluídas numa Zona Única.

CAMPEONATOS NACIONAIS DE EQUIPAS 2014 / 2015. - Este Campeonato será disputado por 10 (dez) equipas incluídas numa Zona Única. CAMPEONATOS NACIONAIS DE EQUIPAS 2014 / 2015 I DIVISÃO - SENIORES MASCULINOS - Este Campeonato será disputado por 10 (dez) equipas incluídas numa Zona Única. - O Campeonato compreenderá duas fases distintas:

Leia mais

A equipa somos nós. Ano letivo 2015/2016. Ser derrotado normalmente é uma condição temporária. Desistir é o que a faz permanente. Marylin vos Savant

A equipa somos nós. Ano letivo 2015/2016. Ser derrotado normalmente é uma condição temporária. Desistir é o que a faz permanente. Marylin vos Savant A equipa somos nós Ano letivo 2015/2016 Ser derrotado normalmente é uma condição temporária. Desistir é o que a faz permanente. Marylin vos Savant Projeto curricular escola Ano letivo 2015/2016 Entende-se

Leia mais

REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIO AO ASSOCIATIVISMO

REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIO AO ASSOCIATIVISMO REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIO AO ASSOCIATIVISMO Nota Justificativa É função dos Municípios definir, desenvolver e conduzir uma política que promova o aparecimento e a realização de projectos culturais,

Leia mais

MAPA DA ILHA DE SANTIAGO/ CONCELHO DE SÃO LOURENÇO DOS ÓRGAOS

MAPA DA ILHA DE SANTIAGO/ CONCELHO DE SÃO LOURENÇO DOS ÓRGAOS MAPA DA ILHA DE SANTIAGO/ CONCELHO DE SÃO LOURENÇO DOS ÓRGAOS Anexo nº 1 Anexo nº 2 MAPA DO CONCELHO DE SÃO LOURENÇO DOS ÓRGAOS Trabalho do fim de Curso de Bacharelato em Educação Física Este questionário

Leia mais

RUGBY. para TODOS. Escolinhas de Rugby Um projecto de interacção social. Departamento de Desenvolvimento. Henrique Garcia

RUGBY. para TODOS. Escolinhas de Rugby Um projecto de interacção social. Departamento de Desenvolvimento. Henrique Garcia RUGBY para TODOS Escolinhas de Rugby Um projecto de interacção social Departamento de Desenvolvimento Henrique Garcia 1. Introdução A Federação Portuguesa de Rugby tem como missão tornar possível que TODAS

Leia mais

Programa de Apoio ao Associativismo Sesimbrense

Programa de Apoio ao Associativismo Sesimbrense Programa de Apoio ao Associativismo Sesimbrense Aprovado em Reunião de Câmara de 24 de Janeiro de 2001 Índice 1º. Introdução 2º. Objectivos 3º. Áreas de Acção 4º. Tipos de Apoio 5º. Metodologia da Apresentação

Leia mais

NÍVEL I INTRODUÇÃO OBJECTIVOS:

NÍVEL I INTRODUÇÃO OBJECTIVOS: INTRODUÇÃO NÍVEL I O Gira-Volei é um jogo de iniciação à modalidade destinada aos jovens com idades compreendidas entre os 8 e 15 anos, onde através do jogo simplificado (2x2) e utilização do passe faz

Leia mais

REGULAMENTO I Trilhos de Casainhos

REGULAMENTO I Trilhos de Casainhos 1. ORGANIZAÇÃO O Sporting Clube de Casainhos organiza, no próximo dia 15 DE NOVEMBRO DE 2009, com a colaboração da Câmara Municipal de Loures, da Junta de Freguesia de Fanhões e do Atleta Digital (www.atleta-digital.com),

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO DE BASEBOL / SOFTBOL TAÇA JORNAL BASEBOL - DESPORTO ESCOLAR COIMBRA

REGULAMENTO ESPECÍFICO DE BASEBOL / SOFTBOL TAÇA JORNAL BASEBOL - DESPORTO ESCOLAR COIMBRA REGULAMENTO ESPECÍFICO DE BASEBOL / SOFTBOL TAÇA JORNAL BASEBOL - DESPORTO ESCOLAR COIMBRA 2006-2007 DESPORTO ESCOLAR ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...3 2. ESCALÕES ETÁRIOS/ BOLA DE JOGO...4 3. CONSTITUIÇÃO DA EQUIPA...4

Leia mais

CENTRO DE FORMAÇÃO DESPORTIVA DE XADREZ

CENTRO DE FORMAÇÃO DESPORTIVA DE XADREZ CENTRO DE FORMAÇÃO DESPORTIVA DE XADREZ Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia Gaianima, E. M., Equipamentos Municipais Departamento do Desporto Escolar Escola Profissional de Gaia Academia de Xadrez de

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES E ORÇAMENTO

PLANO DE ATIVIDADES E ORÇAMENTO PLANO DE ATIVIDADES E ORÇAMENTO 2012 ÍNDICE Introdução_2 Projetos Inovadores de Desenvolvimento Desportivo Juvenil_2,3,4 Organização do Quadro Competitivo_4,5 Representação em Organismos Internacionais_6

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO PROGRAMA DE FERIAS DESPORTIVAS E CULTURAIS

PROJETO PEDAGÓGICO DO PROGRAMA DE FERIAS DESPORTIVAS E CULTURAIS 1. APRESENTAÇÃO PRINCÍPIOS E VALORES Acreditamos pela força dos factos que o desenvolvimento desportivo de um Concelho ou de uma Freguesia, entendido na sua vertente quantitativa e qualitativa, exige uma

Leia mais

Maratona BTT 5 Cumes realiza-se a 23 de Setembro em Barcelos

Maratona BTT 5 Cumes realiza-se a 23 de Setembro em Barcelos Em 2011 foi a Maratona com maior participação das provas da FPC Maratona BTT 5 Cumes realiza-se a 23 de Setembro em Barcelos A oitava edição da Maratona BTT 5 Cumes foi apresentada na última quinta-feira

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Pinhal de Frades

Agrupamento de Escolas de Pinhal de Frades REGULAMENTO DOS QUADROS DE MÉRITO, DE EXCELÊNCIA E DE VALOR Artigo 1º QUADRO DE MÉRITO 1. O Quadro de Mérito destina-se a reconhecer os alunos ou grupos de alunos que revelem grandes capacidades ou atitudes

Leia mais

CIRCUITO REGIONAL GIRA PRAIA

CIRCUITO REGIONAL GIRA PRAIA Associação de Voleibol do ALENTEJO e ALGARVE 2015 = REGULAMENTO = Artigo 1º Enquadramento da prova e dos atletas participantes 1 O Circuito Regional de Gira Praia é uma competição regional organizada em

Leia mais

PROJETO DO DESPORTO ESCOLAR

PROJETO DO DESPORTO ESCOLAR COORDENADOR: Vanda Teixeira 1. FUNDAMENTAÇÃO/ CONTEXTUALIZAÇÃO/ JUSTIFICAÇÃO a) O Desporto Escolar constitui uma das vertentes de atuação do Ministério da Educação e Ciência com maior transversalidade

Leia mais

Concurso. Regulamento

Concurso. Regulamento Concurso Regulamento Depois do sucesso da 1ª edição, o Concurso SITESTAR.PT está de regresso para lançar um novo desafio. A DECO e a DNS juntam-se para distinguir os jovens que desenvolvam websites originais

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DISTRITAL DE JUDO DE LISBOA PESSOA COLECTIVA DE UTILIDADE PÚBLICA

ASSOCIAÇÃO DISTRITAL DE JUDO DE LISBOA PESSOA COLECTIVA DE UTILIDADE PÚBLICA CIRCULAR nº 76/15/DT Lisboa, 30 de Setembro de 2015 ASSOCIAÇÃO DISTRITAL DE JUDO DE LISBOA PESSOA COLECTIVA DE UTILIDADE PÚBLICA RUA DE PONTA DELGADA Nº 61-1000-241 LISBOA NIF 501653503 TELEFONE 218460286

Leia mais

REGULAMENTO DE MINIVOLEIBOL

REGULAMENTO DE MINIVOLEIBOL REGULAMENTO DE MINIVOLEIBOL ÍNDICE CAPITULO I - O JOGO DE MINIVOLEIBOL - REGRA 1 - Concepção do Jogo - REGRA 2 - A quem se dirige - REGRA 3 - Finalidade do Jogo CAPITULO II - INSTALAÇÕES E MATERIAL - REGRA

Leia mais

REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIO AO MOVIMENTO ASSOCIATIVO

REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIO AO MOVIMENTO ASSOCIATIVO REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIO AO MOVIMENTO ASSOCIATIVO A Câmara Municipal de Serpa no âmbito da sua politica para as áreas sócio-cultural e desportiva, considera o movimento associativo como parceiro

Leia mais

Federação Portuguesa de Canoagem

Federação Portuguesa de Canoagem Federação Portuguesa de Canoagem Plano de Alto Rendimento e Seleções Nacionais I - Introdução V - SurfSki Séniores/Sub 23/Juniores 2015 Este documento pretende enunciar os critérios de selecção da Equipa

Leia mais

INTRODUÇÃO. Projecto Curricular de Turma SALA DO ATL

INTRODUÇÃO. Projecto Curricular de Turma SALA DO ATL INTRODUÇÃO A Educação não formal distingue-se, nas últimas décadas da Educação formal ou ensino tradicional, uma vez que confere outro tipo de reconhecimento, organização, qualificação e estrutura. A Educação

Leia mais

F U N C I O N A M E N T O

F U N C I O N A M E N T O Plano de Ação 2015 ENQUADRAMENTO F U N C I O N A M E N T O» Regulamento Interno da CPCJ de S. P. Sul» Lei de Proteção de Crianças e Jovens em Perigo - Lei nº 147/99 de 1 de Setembro» Lei que altera a Lei

Leia mais

REGULAMENTO DE APOIO AO MOVIMENTO ASSOCIATIVO DESPORTIVO

REGULAMENTO DE APOIO AO MOVIMENTO ASSOCIATIVO DESPORTIVO REGULAMENTO DE APOIO AO MOVIMENTO ASSOCIATIVO DESPORTIVO Capitulo I - Generalidades Artigo 1º Definição O Regulamento de Apoio ao Associativismo Desportivo, define os Programas, Tipos de apoio e critérios,

Leia mais

REGULAMENTO DE PROVA CAMPEONATO NACIONAL DAS ASSOCIAÇOES MATRAQUILHOS E FUTEBOL DE MESA FEDERAÇÃO PORTUGUESA

REGULAMENTO DE PROVA CAMPEONATO NACIONAL DAS ASSOCIAÇOES MATRAQUILHOS E FUTEBOL DE MESA FEDERAÇÃO PORTUGUESA FEDERAÇÃO PORTUGUESA MATRAQUILHOS E FUTEBOL DE MESA FUNDADA EM 0 DE FEVEREIRO DE 200 FILIADA NA ITSF - INTERNATIONAL TABLE SOCCER FEDERATION SEDE OFICIAL AV. ENG.º ARMANDO MAGALHAES, 31 4440-505 VALONGO

Leia mais

TORNEIO REGIONAL INTER ASSOCIAÇÕES SUB

TORNEIO REGIONAL INTER ASSOCIAÇÕES SUB ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE ANGRA DO HEROÍSMO TORNEIO REGIONAL INTER ASSOCIAÇÕES SUB 18 FUTEBOL Angra do Heroísmo 30, 31 de Janeiro e 01 de Fevereiro de 2015 ESTRUTURA ORGÂNICA DIREÇÃO - CARLOS FONTES 969

Leia mais

Índice. I Introdução. II Apresentação do Laser Run. III Formato Outdoor. IV Formato Indoor. V O segmento de Tiro. VI O segmento de Corrida

Índice. I Introdução. II Apresentação do Laser Run. III Formato Outdoor. IV Formato Indoor. V O segmento de Tiro. VI O segmento de Corrida O Projecto Desportivo - Época 2015 Índice I Introdução II Apresentação do Laser Run III Formato Outdoor IV Formato Indoor V O segmento de Tiro VI O segmento de Corrida VII Regras Gerais das Provas de Laser

Leia mais

Histórico Dados da Colectividade Descrição das Actividades Objectivos a atingir Meios Humanos

Histórico Dados da Colectividade Descrição das Actividades Objectivos a atingir Meios Humanos Histórico Dados da Colectividade Descrição das Actividades s a atingir Meios Humanos O Centro Popular de Trabalhadores do Bairro São João Atlético Clube com Estatutos aprovados em 28/02/1990 e publicados

Leia mais

AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE FRAGOSO

AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE FRAGOSO (A PREENCHER PELA COMISSÃO DO PAA) Atividade Nº AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE FRAGOSO Clube de adrez Professor Responsável Carlos Magalhães Ano letivo 2014/2015 Índice 1. Introdução 3 2. Objetivos

Leia mais

NORMAS ESPECÍFICAS. Taça Fundação INATEL

NORMAS ESPECÍFICAS. Taça Fundação INATEL NORMAS ESPECÍFICAS Taça Fundação INATEL FUTEBOL - ÉPOCA 2009-2010 Taça Fundação INATEL NORMAS ESPECÍFICAS As normas específicas são regras estabelecidas pela Direcção Desportiva, em complemento do Código

Leia mais

REGULAMENTO DO CICLISMO DE INICIAÇÃO. Atualizado a 11/12/2013

REGULAMENTO DO CICLISMO DE INICIAÇÃO. Atualizado a 11/12/2013 REGULAMENTO DO CICLISMO DE INICIAÇÃO 2014 Atualizado a 11/12/2013 Com o objetivo de uniformizar a atividade desportiva dos praticantes dos escalões de Benjamins, Iniciados, Infantis e Juvenis, e tendo

Leia mais

REGULAMENTO DESPORTIVO

REGULAMENTO DESPORTIVO TORNEIO DE FUTEBOL INFANTIL JOSÉ TORRES AMADORA 2014 FUTEBOL 7 INFANTIS COMPLEXO DESPORTIVO MUNICIPAL DO MONTE DA GALEGA 4 e 5 de outubro de 2014 REGULAMENTO DESPORTIVO 01 Regras 02 Escalão etário 03 Equipas

Leia mais

O Financiamento das Federações: Estratégias de Inovação

O Financiamento das Federações: Estratégias de Inovação O Financiamento das Federações: Estratégias de Inovação Abel.Correia@fmh.utl.pt Marketing e Gestão do Desporto Faculdade de Motricidade Humana Congresso do Desporto Lisboa, 3 de Fevereiro de 2006 1 Porque

Leia mais

CENTRO DE ALTO RENDIMENTO DO JAMOR

CENTRO DE ALTO RENDIMENTO DO JAMOR CENTRO DE ALTO RENDIMENTO DO JAMOR Documento orientador de integração de Praticantes Critérios de financiamento às Federações Desportivas 2014/2015 O Centro de Alto Rendimento do Jamor (CAR Jamor) é uma

Leia mais

A Liga Escolhas realizar-se-á com equipas mistas com idades compreendidas entre os 10 e os 14 anos e será apadrinhada por um jogador a definir.

A Liga Escolhas realizar-se-á com equipas mistas com idades compreendidas entre os 10 e os 14 anos e será apadrinhada por um jogador a definir. Regulamento Liga Fundação Aragão Pinto Escolhas 2011-2012 PREÂMBULO São diversas as definições de desenvolvimento óptimo juvenil entre os investigadores. Para Hamilton, por exemplo, o desenvolvimento positivo

Leia mais

Feminino 2ª Divisão 2010_11. FASE FINAL APURADOS (1º ao 6º LUGAR) REGULAMENTO DA COMPETIÇÃO

Feminino 2ª Divisão 2010_11. FASE FINAL APURADOS (1º ao 6º LUGAR) REGULAMENTO DA COMPETIÇÃO Campeonato Nacional Feminino 2ª Divisão 2010_11 FASE FINAL APURADOS (1º ao 6º LUGAR) REGULAMENTO DA COMPETIÇÃO A. Clubes Apurados B. Modelo Competitivo C. Marcação de Jogos D. Arbitragem E. Inscrição das

Leia mais

COMUNICADO OFICIAL N.º 1 ÉPOCA 2015/2016 Associação de Andebol do Algarve

COMUNICADO OFICIAL N.º 1 ÉPOCA 2015/2016 Associação de Andebol do Algarve Distribuição: FAP e Clubes Filiados 1. Direcção 1.1 A época desportiva 2014/2015 termina no dia 31/07/2015. A época desportiva 2015/2016 inicia-se no dia 01/08/2015. 1.2 Informamos que o horário de funcionamento

Leia mais

Regulamento. Portugal City Race

Regulamento. Portugal City Race Portugal City Race 2015 Índice 1. Conceito... 3 2. Modelo... 4 3. Escalões... 5 4. Calendário 2015... 6 5. Ranking... 8 6. Prémios... 8 7. Formato de competição e percursos... 9 8. Contactos... 10 2 2015

Leia mais

Bem-vindos ao X Summer Cup. 10 anos a jogar com amigos

Bem-vindos ao X Summer Cup. 10 anos a jogar com amigos Bem-vindos ao X Summer Cup 10 anos a jogar com amigos 1 Presidente do Clube de Voleibol ATT/ Director Técnico do Clube ATT/ Treinador de Infantis M ou F ATT/ Treinador de Iniciados M ou F Assunto: X Summer

Leia mais

Modelo Regional de Apoios ao Desporto

Modelo Regional de Apoios ao Desporto 1 Introdução Esta proposta é um draft para o trabalho que se segue. Daí o seu conteúdo não ser nem pretender ser exaustivo nem definitivo. Poderão ser produzidas várias versões, à medida que se introduzem

Leia mais

REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIO FINANCEIRO AO ASSOCIATIVISMO DESPORTIVO

REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIO FINANCEIRO AO ASSOCIATIVISMO DESPORTIVO REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIO FINANCEIRO AO ASSOCIATIVISMO DESPORTIVO ÍNDICE CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS... 2 Artigo 1.º Lei habilitante... 2 Artigo 2.º Objeto... 2 Artigo 3.º Âmbito... 2 Artigo 4.º

Leia mais

Férias de Natal 2011. Entidade Promotora: Juventude Vidigalense Local: Estádio Municipal de Leiria Responsável: Nataniel Lopes

Férias de Natal 2011. Entidade Promotora: Juventude Vidigalense Local: Estádio Municipal de Leiria Responsável: Nataniel Lopes Férias de Natal 2011 Entidade Promotora: Juventude Vidigalense Local: Estádio Municipal de Leiria Responsável: Nataniel Lopes Programa de Ocupação em Férias Natal 2011 Introdução O Programa de Ocupação

Leia mais

PRÉMIO INFANTE D. HENRIQUE. Membro do international award for young people

PRÉMIO INFANTE D. HENRIQUE. Membro do international award for young people PRÉMIO INFANTE D. HENRIQUE Membro do international award for young people Onde e como? Apoio às quintas feiras das 17h30 às 19h no gabinete de Artes Visuais, piso zero. Só quando sentir necessidade, não

Leia mais

Preâmbulo. 3. Todos os restantes apoios e subsídios serão concedidos sob a forma de protocolo. 1/7

Preâmbulo. 3. Todos os restantes apoios e subsídios serão concedidos sob a forma de protocolo. 1/7 Preâmbulo Recentemente, um estudo efectuado pela União Europeia demonstra de uma forma clara que Portugal, é o país dos "Quinze" que tem uma menor percentagem de população a praticar desporto. Urge criar

Leia mais

ESPINHO 2009 CAMPUS DE ANDEBOL

ESPINHO 2009 CAMPUS DE ANDEBOL CAMPUS DE ANDEBOL ESPINHO 2009 A 1ª Edição do Campus de Andebol Espinho 2009, pretende contribuir para a formação integral dos jovens participantes, no âmbito desportivo, humano e educativo. Aliar o treino

Leia mais

Actividades Organizadas 2005

Actividades Organizadas 2005 Historial O BTT Monchique começou por ser um grupo de amigos e adeptos da bicicleta, que se juntou no início de 2002 para a participação em eventos de ciclismo, mais propriamente BTT (Bicicletas Todo o

Leia mais

O Agrupamento de escolas do concelho

O Agrupamento de escolas do concelho O Agrupamento de escolas do concelho de Campo Maior...... Agrupamento de Escolas de Campo Maior A missão do Agrupamento de Escolas de Campo Maior reside na promoção do sucesso educativo e na valorização

Leia mais

as s FESTIVAL DE ARTES

as s FESTIVAL DE ARTES as s ARTES MÚSICA WORKSHOPS SOLIDÁRIO FESTIVAL DE ARTES Festival ASAS Apresentação: ATB e Município de Penela Conceito Método Objetivos Cronograma/programação Projetos de intervenção social A região de

Leia mais

nos Desportos de Deslize Nauticampo 9 de Fevereiro de 2012

nos Desportos de Deslize Nauticampo 9 de Fevereiro de 2012 Aposta Municipal nos Desportos de Deslize Nauticampo 9 de Fevereiro de 2012 http://www.surfline.com/surf-news/best-bet-february-portugal_66478 As Ondas como recurso endógeno, diferenciador e catalisador

Leia mais

MUNICÍPIO DE AZAMBUJA REGULAMENTO DE APOIO AO ASSOCIATIVISMO NO MUNICÍPIO DE AZAMBUJA

MUNICÍPIO DE AZAMBUJA REGULAMENTO DE APOIO AO ASSOCIATIVISMO NO MUNICÍPIO DE AZAMBUJA MUNICÍPIO DE AZAMBUJA REGULAMENTO DE APOIO AO ASSOCIATIVISMO NO MUNICÍPIO DE AZAMBUJA Aprovado por deliberação da Assembleia Municipal de Azambuja de 15 de Dezembro de 2011. Publicado pelo Edital n.º 5/2012,

Leia mais

Jornadas de Educação Pelo Desporto 1

Jornadas de Educação Pelo Desporto 1 Jornadas de Educação Pelo Desporto 1 Jornadas de Educação Pelo Desporto As Jornadas de Educação Pelo Desporto alinham-se com os objetivos gerais do Diálogo Estruturado na área da juventude, uma vez que

Leia mais

ESTORIL PRAIA. II Torneio Estoril Praia Escolas

ESTORIL PRAIA. II Torneio Estoril Praia Escolas ESTORIL PRAIA ü O Estoril- Praia alcançou o 5º lugar na Liga ZON Sagres 2012/2013, garanendo uma entrada no palco europeu através de um histórico acesso à Liga Europa 2013/2014. ESTORIL PRAIA OBJETIVOS

Leia mais

Projeto Mini Craque. Juventude Vidigalense

Projeto Mini Craque. Juventude Vidigalense Projeto Mini Craque Telefone: 244 833 799 Telemóveis: 912 727 166 ou 961 701 645 E-mail: geral@juventudevidigalense.org Prof. Nataniel Lopes: 913 091 989 E-mail: nataniel-lopes@juventudevidigalense.org

Leia mais

JOGOS MUNICIPAIS 2015 REGULAMENTO

JOGOS MUNICIPAIS 2015 REGULAMENTO JOGOS MUNICIPAIS 2015 REGULAMENTO PARTICIPAÇÃO Podem participar munícipes federados ou não federados, em representação de clubes, grupos informais e a título individual, de acordo com o regulamento específico

Leia mais

ESCOLA DE SURF & ACADEMIA DE BodyBOARD

ESCOLA DE SURF & ACADEMIA DE BodyBOARD ESCOLA DE SURF & ACADEMIA DE BodyBOARD 2013 Sintra & CarcavELOS Academy_ Ericeira Academy Action Waves Surf School & BB Academy Informações Gerais A Action Waves é uma academia credenciada pela Federação

Leia mais

3.4. EDUCAÇÃO. Problemas Sociais Identificados. Problemas Sociais Priorizados. 3.4.1. Educação: Enquadramento: Alunos sem projecto de vida

3.4. EDUCAÇÃO. Problemas Sociais Identificados. Problemas Sociais Priorizados. 3.4.1. Educação: Enquadramento: Alunos sem projecto de vida 3.4. EDUCAÇÃO Problemas Sociais Identificados Insucesso escolar Falta de expectativas socioprofissionais Alunos sem projecto de vida Expectativas inadequadas para famílias Problemas Sociais Priorizados

Leia mais

19 / 20 MARÇO/ 2011 DE ALMODÔVAR

19 / 20 MARÇO/ 2011 DE ALMODÔVAR 4 VOLTA ª 19 / 20 MARÇO/ 2011 AO CONCELHO DE ALMODÔVAR Henrique Revés Empresário - 41 anos Neste período que atravessamos, só com muito trabalho, dedicação e empenho é que conseguimos manter a dinâmica

Leia mais

REGULAMENTO Orçamento Tu decides!

REGULAMENTO Orçamento Tu decides! 1 REGULAMENTO Orçamento Tu decides! PREÂMBULO O diálogo entre os cidadãos e o poder autárquico constitui um eixo fundamental para o desenvolvimento de uma cidade. A participação de todos na escolha e definição

Leia mais

PROJETO NACIONAL ATIVIDADES AQUÁTICAS

PROJETO NACIONAL ATIVIDADES AQUÁTICAS PROJETO NACIONAL ATIVIDADES AQUÁTICAS WWW.AQUASUB.PT Aquasub - Etapas de Intervenção O Aquasub é um projeto nacional da Federação Portuguesa de Actividades Subaquáticas () de iniciação às modalidades aquáticas

Leia mais

Regulamento. Restaurantes Aderentes Concurso Gastronómico. IV Festival da Castanha

Regulamento. Restaurantes Aderentes Concurso Gastronómico. IV Festival da Castanha Regulamento Restaurantes Aderentes Concurso Gastronómico IV Festival da Castanha Preâmbulo A gastronomia como manifestação de cultura representa um importante papel na promoção dos produtos locais, recuperação

Leia mais

XII FESTIVAL OLÍMPICO DA JUVENTUDE EUROPEIA UTRECHT 2013 14 a 19 de julho BOLETIM INFORMATIVO N.º 1

XII FESTIVAL OLÍMPICO DA JUVENTUDE EUROPEIA UTRECHT 2013 14 a 19 de julho BOLETIM INFORMATIVO N.º 1 XII FESTIVAL OLÍMPICO DA JUVENTUDE EUROPEIA UTRECHT 2013 14 a 19 de julho BOLETIM INFORMATIVO N.º 1 ÍNDICE O FESTIVAL OLÍMPICO DA JUVENTUDE EUROPEIA A XII EDIÇÃO AS MODALIDADES A MISSÃO PORTUGUESA LINKS

Leia mais

Campeonato de Portugal Cross Longo. Atletas à procura de qualificação para o Campeonato da Europa

Campeonato de Portugal Cross Longo. Atletas à procura de qualificação para o Campeonato da Europa Campeonato de Portugal Cross Longo Atletas à procura de qualificação para o Campeonato da Europa No próximo dia 10 de Fevereiro, Gouveia vai receber o "Campeonato de Portugal Cross Longo. A prova terá

Leia mais

Fruto do título de campeão nacional conquistado, João Pedro Sanches carimbou o passaporte para estar presente na 1.ª fase do Campeonato do Mundo, que

Fruto do título de campeão nacional conquistado, João Pedro Sanches carimbou o passaporte para estar presente na 1.ª fase do Campeonato do Mundo, que Resistência, coordenação, força e equilíbrio são alguns dos requisitos físicos necessários para a prática do Street Workout. Ainda pouco divulgada no nosso país, é uma modalidade desportiva que atrai cada

Leia mais

PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA MUNICIPAL DE BOTICAS PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO Ano Letivo 2015/2016 BOTICAS MUNICÍPIO EDUCADOR 2015/2016 CALENDÁRIO ESCOLAR 2015/2016 ENSINO PRÉ-ESCOLAR Início Entre 15 e 21 de setembro de 2015

Leia mais

Politicas Municipais de Apoio à Criança

Politicas Municipais de Apoio à Criança Politicas Municipais de Apoio à Criança MUNICIPIO DA MOITA DASC / Divisão de Assuntos Sociais Projectos Dirigidos à Comunidade em Geral Bibliotecas - Biblioteca Fora d Horas - Pé Direito Juventude - Férias

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE APOIO AO ASSOCIATIVISMO

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE APOIO AO ASSOCIATIVISMO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE APOIO AO ASSOCIATIVISMO NOTA JUSTIFICATIVA O associativismo seja de carácter desportivo, cultural ou juvenil, apresenta-se como uma importante dimensão da vida das comunidades

Leia mais

Europass Curriculum Vitae

Europass Curriculum Vitae Europass Curriculum Vitae Informação pessoal Apelido(s) / Nome(s) próprio(s) Morada(s) Endereço(s) de correio electrónico Bombarral (Portugal) Telemóvel 962370640 JanineFerreira@gmail.com Nacionalidade

Leia mais

AVALIAÇÃO EXTERNA DE ESCOLAS Plano de Ações de Melhoria

AVALIAÇÃO EXTERNA DE ESCOLAS Plano de Ações de Melhoria AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ARRONCHES AVALIAÇÃO EXTERNA DE ESCOLAS Plano de Ações de Melhoria JANEIRO 2014 1. INTRODUÇÃO... 1 2. ANÁLISE QUALITATIVA... 1 3.... 5 3.1. Áreas de Melhoria... 5 3.2. Identificação

Leia mais

REGULAMENTO TORNEIO POR EQUIPES CURITIBA TENNIS CLASSIC 2013

REGULAMENTO TORNEIO POR EQUIPES CURITIBA TENNIS CLASSIC 2013 REGULAMENTO TORNEIO POR EQUIPES CURITIBA TENNIS CLASSIC 2013 1. DO CONCEITO O Curitiba TennisClassic é um série de eventos competitivos disputada entre as melhores equipes nas categorias por idade, de

Leia mais

V Prova de Águas Abertas. Barragem dos Minutos Montemor-o-Novo 2 Junho de 2012

V Prova de Águas Abertas. Barragem dos Minutos Montemor-o-Novo 2 Junho de 2012 V Prova de Águas Abertas Barragem dos Minutos Montemor-o-Novo 2 Junho de 2012 1. Organização Município de Montemor-o-Novo. 2. Apoios Associação de Natação do Alentejo Bombeiros Voluntários de Montemor-o-Novo

Leia mais

Desses encontros resultaram um conjunto de propostas que estão organizadas, neste Documento Zero, pelas seguintes áreas:

Desses encontros resultaram um conjunto de propostas que estão organizadas, neste Documento Zero, pelas seguintes áreas: NOTA INTRODUTÓRIA A Câmara Municipal de S. João da Madeira está a desenvolver a elaboração da Carta Desportiva Municipal. O objetivo é traçar metas e definir estratégias no âmbito do desporto e da promoção

Leia mais