DISCIPLINA: Direito Processual Penal I SEMESTRE DE ESTUDO: 8º Semestre. CH total: 72h

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DISCIPLINA: Direito Processual Penal I SEMESTRE DE ESTUDO: 8º Semestre. CH total: 72h"

Transcrição

1 DISCIPLINA: Direito Processual Penal I SEMESTRE DE ESTUDO: 8º Semestre TURNO: Matutino / Noturno CH total: 72h CÓDIGO: DIR EMENTA: Princípios. Fontes. Eficácia e interpretação da lei processual. A norma processual penal. Persecução criminal: inquérito policial (sistemas de investigação preliminar). Ação penal. Condições. A justa causa como condição da ação penal. Classificação das ações penais. Jurisdição. Competência. Questões e processos incidentes. Prova. 2. OBJETIVO GERAL Introduzir o aluno no estudo crítico do Processo Penal, analisando princípios, regras de interpretação, sistemas de investigação, bem como a ação penal. 3. OBJETIVOS ESPECÍFICOS Desenvolver no aluno a necessidade de conjugar o estudo e o aprendizado do direito material com o direito processual penal; Dar ao aluno subsídio técnico para que possa compreender e aplicar as regras da persecução penal; Criar no aluno consciência crítica em relação ao processo penal. 4. CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS 1- Princípios A forca normativa dos princípios de processo penal Devido processo legal; Razoabilidade ou proporcionalidade; Homogeneidade; Juiz natural; Identidade física do juiz; Plena defesa; Contraditório; Presunção de inocência; Verdade processual; Obrigatoriedade da ação penal pública; Indisponibilidade da ação penal pública; Duplo grau de jurisdição; Isonomia;

2 Convencimento motivado; Duração do processo no prazo razoável; Princípio da não-auto incriminação; Vedação ao non bis in idem processual. 2. A norma processual penal Interpretação e integração das normas processuais penais; 2.2. Aplicação da norma processual penal no tempo e no espaço. 3- Sistemas processuais Processo Penal acusatório, inquisitivo e misto. 4- A persecução criminal: Inquérito Policial. 4.1.Características Finalidade Atribuições das Polícias; 4.4. Instauração; 4.5. Vícios e irregularidades; 4.6. Arquivamento. 5- A persecução criminal em juízo: Ação Penal Características Elementos Condições Classificação A inicial penal acusatória: denúncia e queixa. 6- Jurisdição e competência Conceito Regras para a fixação de competência. 7- Questões e processos incidentes Questões prejudiciais; 7.2. Exceções; 7.3. Conflitos: de jurisdição, de atribuição e de competência; 7.4. Restituição de coisas apreendidas; 7.6. Incidente de insanidade mental; 7.7. Incidente de falsidade.

3 8- Provas Teoria geral da prova; 8.2. Provas ilícitas e ilegítimas; 8.3. Princípios referentes às provas; 8.4. Sistemas de avaliação da prova e a atuação do juiz criminal; 8.5. Meios de prova; 8.6. Ônus da prova; 8.7. Provas em espécie. 5. PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS A disciplina será ministrada através de aulas expositivas, com a utilização eventual de recursos como datashow, retroprojetor, utilização do acervo bibliográfico da instituição, bem como da apresentação feita pelos próprios alunos e, oportunamente, a exposição feita por algum professor convidado. Visa-se, portanto, ao verdadeiro aprendizado, com a utilização de recursos que tornem a aula dinâmica e que facultem, sempre, a participação dos alunos. Finalmente, é de se registrar que os alunos deverão trabalhar sempre com as variáveis da doutrina e da jurisprudência, de sorte a habilitá-los para o exercício de qualquer atividade profissional. No estudo da parte especial, o conhecimento da jurisprudência é fundamental, de tal sorte que os alunos haverão de se cadastrar em sites dos tribunais superiores para acompanharem a posição dos tribunais. 6. RECURSOS DIDÁTICOS Datashow, retroprojetor, utilização do acervo bibliográfico da instituição. 7. AVALIAÇÃO Os alunos serão avaliados ao longo de todo o curso. Destarte, releva notar que serão cobradas presença, pontualidade, participação e interesse nas aulas. Ademais, quantitativamente, os alunos poderão ser examinados em ao menos duas verificações, variando entre as seguintes modalidades: I - Parte objetiva-subjetiva (questões determinadas no momento da realização da prova, que demandam respostas sucintas e determinado tempo de resposta; II - Parte subjetiva, que pode ser consubstanciada na realização de questões dissertativas mais extensas, uma peça profissional, que poderá ser uma sentença, uma denúncia, uma peça de defesa ou, ainda, um parecer, com o máximo de sessenta linhas e com valor máximo de cinco pontos). Finalmente, deve-se mencionar que, pela necessidade de acompanhamento da leitura dos alunos, possivelmente alguns textos serão fichados, cuja leitura será obrigatória e, consequentemente, exigida.

4 8. BIBLIOGRAFIA BÁSICA NUCCI, Guilherme de Souza. Manual de Processo Penal e Execução Penal. São Paulo: RT. TAVORA, Nestor. Curso de Direito Processual Penal. Salvador: JusPODIVM. LOPES Jr., Aury. Direito Processual Penal. São Paulo: Saraiva. 9. BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR FERNANDES, Antonio Scarance. Processo Penal Constitucional. São Paulo: RT. MACHADO, Antônio Alberto. Curso de Processo Penal. São Paulo: Atlas. OLIVEIRA, Eugênio Pacelli de. Curso de Processo Penal. São Paulo: Atlas POLASTRI LIMA, Marcellus. Curso de Processo Penal. Brasília: Gazeta Jurídica. RANGEL, Paulo. Direito Processual Penal. São Paulo: Atlas 9. BIBLIOGRAFIA ADICIONAL BARANDIER, Antônio Carlos da Gama. Garantias Fundamentais e a Prova. Rio de BINDER, Alberto. O descumprimento das formas processuais. Rio de Janeiro: Lumen Juris.. Introdução ao Direito Processual Penal. Rio de BONATO, Gilson. Devido Processo Legal e Garantias Processuais Penais. Rio de CARVALHO, Luiz Gustavo Grandinetti Castanho de. Processo Penal e Constituição. Princípios Constitucionais do Processo Penal. Rio de CARNELUTTI, Francesco. Lições sobre o processo penal. Campinas: Bookseller. CHOUKR, Fauzi. Código de Processo Penal. Comentários consolidados e Crítica Jurisprudencial. Rio de. Garantias Constitucionais na Investigação Criminal. Rio de Janeiro: Lumen Juris. DUCLERC, Elmir. Curso Básico de Direito Processual Penal. Volumes I e II. Rio de ESPÍNOLA, Eduardo. Código de Processo Penal Brasileiro Anotado. Campinas, Bookseller. FERRAJOLI, Luigi. Direito e Razão. São Paulo: RT.

5 FRANCO, Alberto da Silva e STOCO, Rui (organizadores). Código de Processo Penal e sua Interpretação Jurisprudencial. São Paulo: RT. GOMES, Luiz Flávio. Direito Processual Penal. São Paulo: RT. IBAÑES, Perfecto André. Valoração da Prova e Sentença Penal. Rio de KARAM, Maria Lúcia. Competência no processo penal. São Paulo: RT. LOPES JR., Aury. Introdução Crítica ao Processo Penal. Fundamentos da Instrumentalidade Constitucional. Rio de. Sistemas de Investigação Preliminar. Rio de LOPES JR., Aury e BADARÓ, Gustavo. Direito ao Processo Penal no Prazo Razoável. Rio de PACHECO, Denílson Feitoza. Direito Processual Penal. Niterói: Ímpetus. RAMOS, João Gualberto Garcez. Curso de Processo Penal Norte-Americano. São Paulo: RT. SUANNES, Alberto. Os fundamentos éticos do processo penal. São Paulo: RT. TOURINHO FILHO, Fernando da Costa. Processo Penal. São Paulo: Saraiva - Vols. I, II e III. TUCCI, Rogério Lauria. Direitos e Garantias Fundamentais no Processo Penal Brasileiro. São Paulo: RT.

Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Ciências Penais

Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Ciências Penais Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Ciências Penais Direito Processual Penal (Ritos) Carga Horária: 28 H/A 1 -Ementa A atual

Leia mais

Plano de Ensino. Identificação

Plano de Ensino. Identificação Identificação Plano de Ensino Curso: direito Disciplina: prática penal Ano/semestre: 2012/1º Carga horária: Total: 40h Semanal: 4h Professor: Caroline de Queiroz Costa Vitorino Período/turno: 9º - matutino

Leia mais

2. OBJETIVO GERAL Possibilitar ao aluno contato com toda a teoria do delito, com todos os elementos que integram o crime.

2. OBJETIVO GERAL Possibilitar ao aluno contato com toda a teoria do delito, com todos os elementos que integram o crime. DISCIPLINA: Direito Penal II SEMESTRE DE ESTUDO: 3º Semestre TURNO: Matutino / Noturno CH total: 72h CÓDIGO: DIR118 1. EMENTA: Teoria Geral do Crime. Sujeitos da ação típica. Da Tipicidade. Elementos.

Leia mais

PLANO DE ENSINO. 5. RELAÇÕES INTERDISCIPLINARES Teoria Geral do Processo; Direito Penal I; Direito Penal II; Direito Constitucional II.

PLANO DE ENSINO. 5. RELAÇÕES INTERDISCIPLINARES Teoria Geral do Processo; Direito Penal I; Direito Penal II; Direito Constitucional II. PLANO DE ENSINO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Direito Professora: Ms. Anna Karyne Turbay Palodetto anakaryne@uniarp.edu.br Período/ Fase: 6º Semestre:

Leia mais

C U R S O D E D I R E I T O Autorizado pela Portaria nº 3.355 de 05/12/02 DOU de 06/12/02 Componente Curricular: DIREITO PENAL IV

C U R S O D E D I R E I T O Autorizado pela Portaria nº 3.355 de 05/12/02 DOU de 06/12/02 Componente Curricular: DIREITO PENAL IV C U R S O D E D I R E I T O Autorizado pela Portaria nº 3.355 de 05/12/02 DOU de 06/12/02 Componente Curricular: DIREITO PENAL IV Código: DIR 367 CH Total: 60h Pré-Requisito: Direito Penal III Período

Leia mais

DISCIPLINA: Direito das Obrigações SEMESTRE DE ESTUDO: 4º Semestre

DISCIPLINA: Direito das Obrigações SEMESTRE DE ESTUDO: 4º Semestre DISCIPLINA: Direito das Obrigações SEMESTRE DE ESTUDO: 4º Semestre TURNO: Matutino / Noturno CH total: 72h CÓDIGO: DIR120 1. EMENTA: A relação jurídica-obrigacional. Distinção entre as categorias patrimoniais.

Leia mais

1.2. RECURSO EM SENTIDO ESTRITO (artigos 581 a 592 do CPP)

1.2. RECURSO EM SENTIDO ESTRITO (artigos 581 a 592 do CPP) 1.2. RECURSO EM SENTIDO ESTRITO (artigos 581 a 592 do CPP) 1.2.1. Conceito O Recurso em Sentido Estrito para Espínola Filho se constitui (por ato da parte interessada ou em virtude de determinação legal)

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA I. Curso: DIREITO II. Disciplina: DIREITO INTERNACIONAL (D-57) Área: Ciências Sociais Período: Décimo Turnos: Matutino e Noturno Ano: 2013.1 Carga Horária: 72 h; Créd.: 04 III. Pré-Requisito: DIREITO CONSTITUCIONAL

Leia mais

DISCIPLINA: Direitos Reais SEMESTRE DE ESTUDO: 6º Semestre. CH total: 72h

DISCIPLINA: Direitos Reais SEMESTRE DE ESTUDO: 6º Semestre. CH total: 72h DISCIPLINA: Direitos Reais SEMESTRE DE ESTUDO: 6º Semestre TURNO: Matutino / Noturno CH total: 72h CÓDIGO: DIR140 1. EMENTA: Direitos Reais. Distinção entre Direitos Reais e Obrigacionais. Características.

Leia mais

PARECERES JURÍDICOS. Para ilustrar algumas questões já analisadas, citamos abaixo apenas as ementas de Pareceres encomendados:

PARECERES JURÍDICOS. Para ilustrar algumas questões já analisadas, citamos abaixo apenas as ementas de Pareceres encomendados: PARECERES JURÍDICOS Partindo das diversas obras escritas pelo Prof.Dr. AURY LOPES JR., passamos a oferecer um produto diferenciado para os colegas Advogados de todo o Brasil: a elaboração de Pareceres

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 2011.02 3º PERÍODO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 2011.02 3º PERÍODO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 2011.02 3º PERÍODO DISCIPLINA: HISTÓRIA, CULTURA E INSTITUIÇÃO DO DIREITO História do direito no Brasil Colônia. História do direito no Brasil Império.

Leia mais

DISCIPLINA: Direito Previdenciário CH total: 72h SEMESTRE DE ESTUDO: 9º Semestre

DISCIPLINA: Direito Previdenciário CH total: 72h SEMESTRE DE ESTUDO: 9º Semestre DISCIPLINA: Direito Previdenciário CH total: 72h SEMESTRE DE ESTUDO: 9º Semestre TURNO: Matutino / Noturno CÓDIGO: DIR163 1. EMENTA: Introdução ao Direito da Seguridade Social: evolução histórica, fontes,

Leia mais

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO. Reconhecimento renovado pela portaria MEC nº 608 de 19.11.13, DOU de 20.11.13 PLANO DE CURSO

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO. Reconhecimento renovado pela portaria MEC nº 608 de 19.11.13, DOU de 20.11.13 PLANO DE CURSO COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Reconhecimento renovado pela portaria MEC nº 608 de 19.11.13, DOU de 20.11.13 Componente Curricular: Serviço de Assistência Jurídica Estágio III Código: DIR-580 CH Total:

Leia mais

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria no3.355 de 05/12/02-DOU de 06/12/02 PLANO DE CURSO

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria no3.355 de 05/12/02-DOU de 06/12/02 PLANO DE CURSO COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria no3.355 de 05/12/02-DOU de 06/12/02 Componente Curricular: Direito Processual Civil IV Código:DIR-000 CH Total: 60h Pré-requisito: Direito Processual

Leia mais

AQUISIÇÕES FEVEREIRO E MARÇO 2014 Indicação de professores e alunos no 2º semestre de 2013

AQUISIÇÕES FEVEREIRO E MARÇO 2014 Indicação de professores e alunos no 2º semestre de 2013 AQUISIÇÕES FEVEREIRO E MARÇO 2014 Indicação de professores e alunos no 2º semestre de 2013 GRECO, Rogério. Código penal comentado. 8.ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2014. GRECO, Rogério. Curso de

Leia mais

SIMPÓSIO NOVO CPC DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO DA PUC-SP

SIMPÓSIO NOVO CPC DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO DA PUC-SP SIMPÓSIO NOVO CPC DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO DA PUC-SP PROMOÇÃO NÚCLEO DE DIREITO PROCESSUAL CIVIL DA PUC-SP ASSOCIAÇÃO DE PÓS-GRADUANDOS DA PUC-SP ASSOCIAÇÃO DOS PROFESSORES DA PUC-SP COMISSÃO ORGANIZADORA

Leia mais

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO. Reconhecimento renovado pela portaria MEC nº 608 de 19.11.13, DOU de 20.11.13 PLANO DE CURSO

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO. Reconhecimento renovado pela portaria MEC nº 608 de 19.11.13, DOU de 20.11.13 PLANO DE CURSO COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Reconhecimento renovado pela portaria MEC nº 608 de 19.11.13, DOU de 20.11.13 Componente Curricular: DIREITO PENAL II Código: DIR - 265 CH Total: 60 horas Pré-requisito:Direito

Leia mais

Plano de Ensino. Distribuição da Carga Horária Matutino Meses Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Aulas Regulares 02 10 06 08 08 04 Aulas de

Plano de Ensino. Distribuição da Carga Horária Matutino Meses Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Aulas Regulares 02 10 06 08 08 04 Aulas de Identificação Plano de Ensino Curso: Direito Disciplina: Processo Constitucional Ano/semestre: 2012/1 - Carga horária: Total: 40 Semanal: 2 Professor: Isabelle de Baptista Período/turno: Matutino e Noturno

Leia mais

Direito Processual do Trabalho

Direito Processual do Trabalho Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Direito do Trabalho Direito Processual do Trabalho Carga Horária: 64 h/a 1- Ementa O curso

Leia mais

Revista. Artigo. Conclusão

Revista. Artigo. Conclusão Artigo Revista Apontamentos sobre a necessidade de divulgação da pesquisa de preços no edital do pregão, apesar da jurisprudência do Tribunal de Contas da União em contrário. Gabriela Moreira Castro Elaborado

Leia mais

Capítulo I INQUÉRITO POLICIAL E AÇÃO PENAL Seção I REQUERIMENTO DE INSTAURAÇÃO DE INQUÉRITO POLICIAL (OU NOTITIA CRIMINIS )

Capítulo I INQUÉRITO POLICIAL E AÇÃO PENAL Seção I REQUERIMENTO DE INSTAURAÇÃO DE INQUÉRITO POLICIAL (OU NOTITIA CRIMINIS ) Manual de Prática Penal Sumário Manual de Prática Penal Capítulo I INQUÉRITO POLICIAL E AÇÃO PENAL Seção I REQUERIMENTO DE INSTAURAÇÃO DE INQUÉRITO POLICIAL (OU NOTITIA CRIMINIS ) Fundamento Legal... 33

Leia mais

CURSO DE DIREITO PERÍODO NOTURNO 2015-2 HORÁRIO DO 1º SEMESTRE

CURSO DE DIREITO PERÍODO NOTURNO 2015-2 HORÁRIO DO 1º SEMESTRE 2015-2 HORÁRIO DO 1º SEMESTRE Introdução ao Estudo do Direito Ciência Política e Teoria Geral do Estado Filosofia Redação e Linguagem Jurídica Direito, Pessoa e Sociedade Introdução ao Estudo do Direito

Leia mais

DISCIPLINA: Direito Processual do Trabalho SEMESTRE DE ESTUDO: 9º Semestre. CH total: 108h

DISCIPLINA: Direito Processual do Trabalho SEMESTRE DE ESTUDO: 9º Semestre. CH total: 108h DISCIPLINA: Direito Processual do Trabalho SEMESTRE DE ESTUDO: 9º Semestre TURNO: Matutino / Noturno CH total: 108h CÓDIGO: DIR160 1. EMENTA: Organização da Justiça do Trabalho. Princípios gerais do processo

Leia mais

Excelentíssima Senhora Doutora Juíza de Direito da 19 a Unidade do Juizado Especial Cível e Criminal da Comarca de Fortaleza CE.

Excelentíssima Senhora Doutora Juíza de Direito da 19 a Unidade do Juizado Especial Cível e Criminal da Comarca de Fortaleza CE. Excelentíssima Senhora Doutora Juíza de Direito da 19 a Unidade do Juizado Especial Cível e Criminal da Comarca de Fortaleza CE. AUTOS n.: 2277/10. AUTOS n : 2010.8.06.0012/0. AUTOR: 1 o :CARLOS ALBERTO

Leia mais

SIGNIFICADO DE BUSCA E APREENSÃO

SIGNIFICADO DE BUSCA E APREENSÃO SIGNIFICADO DE BUSCA E APREENSÃO * Nayara Humberto Ferreira ** Vânia Maria Bemfica Guimarães Pinto Coelho 1 Resumo Busca e apreensão é o interesse de reaver a pessoa ou a coisa que encontra-se em poder

Leia mais

ATUALIZAÇÃO LEGISLATIVA - Lei n. 12.961/14

ATUALIZAÇÃO LEGISLATIVA - Lei n. 12.961/14 ATUALIZAÇÃO LEGISLATIVA - Lei n. 12.961/14 Livro: Legislação Criminal Comentada Edição: 2ª Autor: Renato Brasileiro de Lima Editora: Juspodivm Alteração da Lei de Drogas Antiga redação da Lei de Drogas

Leia mais

Perda do Posto e da Patente dos Oficiais e da Graduação das Praças

Perda do Posto e da Patente dos Oficiais e da Graduação das Praças Perda do Posto e da Patente dos Oficiais e da Graduação das Praças PAULO TADEU RODRIGUES ROSA é Juiz de Direito da Justiça Militar do Estado de Minas Gerais respondendo pela titularidade da 2ª AJME, Mestre

Leia mais

Excelentíssima Senhora Presidente da Comissão Permanente de Direito Penal do Instituto dos Advogados Brasileiros, Dra.

Excelentíssima Senhora Presidente da Comissão Permanente de Direito Penal do Instituto dos Advogados Brasileiros, Dra. Excelentíssima Senhora Presidente da Comissão Permanente de Direito Penal do Instituto dos Advogados Brasileiros, Dra. Victória Sulocki, Indicação nº 056/2012, sobre o "Projeto de Lei nº 3901/2012, de

Leia mais

COMUNICADO. Fonte de Consulta. BARROSO, Luís Roberto. Curso de direito constitucional contemporâneo. 2ª edição. São Paulo: Saraiva, 2010.

COMUNICADO. Fonte de Consulta. BARROSO, Luís Roberto. Curso de direito constitucional contemporâneo. 2ª edição. São Paulo: Saraiva, 2010. ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESPÍRITO SANTO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO COMUNICADO A MESA DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Leia mais

PLANO DE CURSO DIREITO PROCESSUAL CIVIL BRASILEIRO: DIREITO PROCESSUAL COLETIVO

PLANO DE CURSO DIREITO PROCESSUAL CIVIL BRASILEIRO: DIREITO PROCESSUAL COLETIVO PLANO DE CURSO DIREITO PROCESSUAL CIVIL BRASILEIRO: DIREITO PROCESSUAL COLETIVO MARCELO ZENKNER Professor da Faculdade de Direito de Vitória, Espírito Santo, Brasil UNIDADES CONTEÚDOS OBJETIVOS TÉCNICA

Leia mais

COMPETÊNCIAS (definidas no Projeto Pedagogico co Curso) a) leitura, compreensão e elaboração de textos, atos e documentos jurídicos ou normativos;

COMPETÊNCIAS (definidas no Projeto Pedagogico co Curso) a) leitura, compreensão e elaboração de textos, atos e documentos jurídicos ou normativos; Disciplina DIREITO PROCESSUAL CIVIL Curso DIREITO Turno/Horário TARDE/NOITE Processo Cautelar e Procedimentos Especiais Professor(a) MILTON DE SOUZA CORREA FILHO Turma: 5 DIV-1 5 DIN-1 Carga Horária Semanal

Leia mais

03/04/2014 PLENÁRIO : MIN. GILMAR MENDES AMAZONAS

03/04/2014 PLENÁRIO : MIN. GILMAR MENDES AMAZONAS Decisão sobre Repercussão Geral Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 15 03/04/2014 PLENÁRIO REPERCUSSÃO GERAL NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 666.334 AMAZONAS RELATOR RECTE.(S) ADV.(A/S) RECDO.(A/S)

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL 2ª Câmara de Coordenação e Revisão

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL 2ª Câmara de Coordenação e Revisão VOTO Nº /2012 MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL 2ª Câmara de Coordenação e Revisão PROCESSO MPF nº 1.00.000.003768/2012-21 (IPL N 0065/2011) ORIGEM: PRM IMPERATRIZ / MA PROCURADOR OFICIANTE: FLAUBERTH MARTINS

Leia mais

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: TEORIA GERAL DO PROCESSO NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: TEORIA GERAL DO PROCESSO NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA 1. IDENTIFICAÇÃO PERÍODO: 3 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: TEORIA GERAL DO PROCESSO NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 Noções introdutórias e históricas.

Leia mais

DISCIPLINA: Teoria dos Contratos e Responsabilidade Civil SEMESTRE DE ESTUDO: 5º Semestre. CH total: 72h

DISCIPLINA: Teoria dos Contratos e Responsabilidade Civil SEMESTRE DE ESTUDO: 5º Semestre. CH total: 72h DISCIPLINA: Teoria dos Contratos e Responsabilidade Civil SEMESTRE DE ESTUDO: 5º Semestre TURNO: Matutino / Noturno CH total: 72h CÓDIGO: DIR167 1. EMENTA: A teoria geral dos contratos. Elementos da teoria

Leia mais

C U R S O D IREITO Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.

C U R S O D IREITO Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág. C U R S O D IREITO Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.145 Componente Curricular: Serviço de Assistência Jurídica Estágio I Código: DIR-480 Pré-requisito:

Leia mais

CH total: 72h SEMESTRE DE ESTUDO: 7º Semestre

CH total: 72h SEMESTRE DE ESTUDO: 7º Semestre DISCIPLINA: Direito Tributário I CH total: 72h SEMESTRE DE ESTUDO: 7º Semestre TURNO: Matutino / Noturno CÓDIGO: DIR133 1. EMENTA: Direito tributário. O tributo. Teoria da norma tributária. Espécies tributárias.

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA UNB FACULDADE DE DIREITO FD GRADUAÇÃO EM DIREITO

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA UNB FACULDADE DE DIREITO FD GRADUAÇÃO EM DIREITO UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA UNB FACULDADE DE DIREITO FD GRADUAÇÃO EM DIREITO A COMPETÊNCIA TERRITORIAL EM UM CONTEXTO DE RELATIVIZAÇÃO CONTRATUAL Alceu Fernandes Da Costa Neto Ana Luisa Ferreira de Avelar

Leia mais

1ª Simulado Pré-vestibular 1º Semestre de 2014

1ª Simulado Pré-vestibular 1º Semestre de 2014 1ª Simulado Pré-vestibular 1º Semestre de 2014 Matrícula Unidade Turno LE Turma 1140268 ASA NORTE - - PREV 1523º 428º 0,00 0% -7,00-11% -1,00-2% 1,00 5% -7,00-4% 1140319 ASA NORTE - - PREV 1516º 426º 0,00

Leia mais

I Noções gerais. 2008. p. 177. 2 Idem. p. 177. Ainda nessa linha, Aury Lopes Júnior leciona que não há como pensar-se um sistema de

I Noções gerais. 2008. p. 177. 2 Idem. p. 177. Ainda nessa linha, Aury Lopes Júnior leciona que não há como pensar-se um sistema de NULIDADES NO PROCESSO PENAL BRASILEIRO. Regras gerais do Código de Processo Penal e do Projeto 156. A necessária leitura do sistema de invalidades à luz das categorias próprias do Processo Penal. Guilherme

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL PENAL DR. WILSON DIAS

DIREITO PROCESSUAL PENAL DR. WILSON DIAS ESMEG ESCOLA SUPERIOR DA MAGISTRATURA DO ESTADO DE GOIÁS Prof. e Des. Romeu Pires de Campos Barros DIREITO PROCESSUAL PENAL DR. WILSON DIAS PONTO V - PROCESSO PENAL, SISTEMAS PROCESSUAIS PENAIS E PRINCÍPIOS

Leia mais

DFMS1401 CRITÉRIOS E GRADE DE CORREÇÃO QUESTÃO 1 DFMS1401 CRITÉRIOS E GRADE DE CORREÇÃO QUESTÃO 2

DFMS1401 CRITÉRIOS E GRADE DE CORREÇÃO QUESTÃO 1 DFMS1401 CRITÉRIOS E GRADE DE CORREÇÃO QUESTÃO 2 DFMS1401 CRITÉRIOS E GRADE DE CORREÇÃO QUESTÃO 1 O candidato deverá discorrer sobre os conceitos dos elementos do tipo penal (objetivos, normativos e subjetivos), dando os exemplos constantes no Código

Leia mais

REABERTURA DO PROCESSO SELETIVO PARA MONITORIA- ANO 2011 EDITAL Nº. 03/2011

REABERTURA DO PROCESSO SELETIVO PARA MONITORIA- ANO 2011 EDITAL Nº. 03/2011 FACULDADE INTEGRADA BRASIL AMAZONIA INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO FIBRA REABERTURA DO PROCESSO SELETIVO PARA MONITORIA- ANO 2011 EDITAL Nº. 03/2011 A Direção das FACULDADES INTEGRADAS BRASIL AMAZÔNIA

Leia mais

AMAZÔNIA: PATRIMÔNIO DOS BRASILEIROS. RETIFICAÇÃO AO EDITAL Nº. 003/2015

AMAZÔNIA: PATRIMÔNIO DOS BRASILEIROS. RETIFICAÇÃO AO EDITAL Nº. 003/2015 RETIFICAÇÃO AO EDITAL Nº. 003/2015 No Edital nº. 003/2015, publicado no Diário Oficial do Estado nº. 2459 de 05/02/15, em Anexo IV Temas para prova didática, à fls. 11-13: 1. No anexo IV Temas para prova

Leia mais

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria nº 378 de 27/05/15-DOU de 28/05/15 Componente Curricular: Direito Administrativo II

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria nº 378 de 27/05/15-DOU de 28/05/15 Componente Curricular: Direito Administrativo II COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria nº 378 de 27/05/15-DOU de 28/05/15 Componente Curricular: Direito Administrativo II Código: DIR-369-b Pré-requisito: Direito Administrativo I Período

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO Registro: 2013.0000505961 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos destes autos do Apelação nº 0201240-56.2008.8.26.0100, da Comarca São Paulo,

Leia mais

Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro. Provas invasivas e não invasivas no processo penal brasileiro. Érica Ferreira

Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro. Provas invasivas e não invasivas no processo penal brasileiro. Érica Ferreira Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro Provas invasivas e não invasivas no processo penal brasileiro. Érica Ferreira Rio de Janeiro 2009 Érica Ferreira Provas Invasivas e Não Invasivas no Processo

Leia mais

1 TEMA... 2 2 JUSTIFICATIVA... 2 3 PROBLEMA DA PESQUISA... 3 4 OBJETIVOS: GERAL E ESPECÍFICOS...

1 TEMA... 2 2 JUSTIFICATIVA... 2 3 PROBLEMA DA PESQUISA... 3 4 OBJETIVOS: GERAL E ESPECÍFICOS... SUMÁRIO 1 TEMA... 2 2 JUSTIFICATIVA... 2 3 PROBLEMA DA PESQUISA... 3 4 OBJETIVOS: GERAL E ESPECÍFICOS... 3 4.1 OBJETIVO GERAL... 3 4.2 OBJETIVO ESPECÍFICO... 3 5 REFERENCIAL TEÓRICO... 4 6 METODOLOGIA

Leia mais

PRISÃO TEMPORÁRIA E PRISÃO PREVENTIVA

PRISÃO TEMPORÁRIA E PRISÃO PREVENTIVA 1 PRISÃO TEMPORÁRIA E PRISÃO PREVENTIVA Marcelo Tavares Gumy Silva 1 RESUMO A análise da prisão temporária e principalmente da prisão preventiva são os objetivos deste artigo, verificando na doutrina,

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE CAMPOS Reconhecida pelo Decreto Federal Nº 55.754, de 12 de fevereiro de 1965

FACULDADE DE DIREITO DE CAMPOS Reconhecida pelo Decreto Federal Nº 55.754, de 12 de fevereiro de 1965 DISCIPLINA: Direito Internacional dos Direitos Humanos PROFESSOR: Dr. Antonio Celso Alves Pereira EMENTA: Formação, autonomia e consolidação do Direito Internacional dos Direitos Humanos. A Carta Internacional

Leia mais

Ementas das disciplinas do 3º período

Ementas das disciplinas do 3º período 1 Disciplina: Direito Empresarial I (Teoria Geral) C/H: 080 H/A Teoria Geral. O Direito Comercial. Evolução Histórica. Fontes. Atividade empresarial. Regime Jurídico da livre iniciativa. Registro de empresa.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE DIREITO PROF. JACY DE ASSIS DIRETORIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE DIREITO PROF. JACY DE ASSIS DIRETORIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE DIREITO PROF. JACY DE ASSIS DIRETORIA CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS DE PROFESSOR DA CARREIRA DE MAGISTÉRIO SUPERIOR INTEGRANTE

Leia mais

Direito Fundamental à Defesa Criminal: Um Olhar Sobre a Defensoria Pública Enquanto Instrumento de Acesso à Justiça Penal

Direito Fundamental à Defesa Criminal: Um Olhar Sobre a Defensoria Pública Enquanto Instrumento de Acesso à Justiça Penal 176 IV Mostra de Pesquisa da Pós- Graduação PUCRS Direito Fundamental à Defesa Criminal: Um Olhar Sobre a Defensoria Pública Enquanto Instrumento de Acesso à Justiça Penal Fábio Luís Mariani de Souza,

Leia mais

A OBJETIVAÇÃO DO RECURSO EXTRAORDINÁRIO Cristiane Druve Tavares Fagundes*

A OBJETIVAÇÃO DO RECURSO EXTRAORDINÁRIO Cristiane Druve Tavares Fagundes* A OBJETIVAÇÃO DO RECURSO EXTRAORDINÁRIO Cristiane Druve Tavares Fagundes* *Doutoranda, Mestra e Pós-graduada em Direito Processual Civil pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo; pós-graduada

Leia mais

DISCIPLINA: Falência e Recuperação Empresarial CH total: 36h SEMESTRE DE ESTUDO: 10º Semestre

DISCIPLINA: Falência e Recuperação Empresarial CH total: 36h SEMESTRE DE ESTUDO: 10º Semestre DISCIPLINA: Falência e Recuperação Empresarial CH total: 36h SEMESTRE DE ESTUDO: 10º Semestre TURNO: Matutino / Noturno CÓDIGO: DIR165 1. EMENTA: Teoria geral do direito falimentar. Processo falimentar.

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.Br

BuscaLegis.ccj.ufsc.Br BuscaLegis.ccj.ufsc.Br As Medidas de Segurança (Inconstitucionais?) e o dever de amparar do Estado Eduardo Baqueiro Rios* Antes mais nada são necessárias breves considerações acerca de pena e das medidas

Leia mais

O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO E O JULGAMENTO POR E-MAIL

O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO E O JULGAMENTO POR E-MAIL O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO E O JULGAMENTO POR E-MAIL Ana Victoria de Paula Souza Souza, Ana Victoria de Paula. O tribunal de justiça do Estado de São Paulo e o julgamento por e-mail.

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Disciplina: DIREITO EMPRESARIAL B Código: DV 450

PLANO DE ENSINO. Disciplina: DIREITO EMPRESARIAL B Código: DV 450 PLANO DE ENSINO Disciplina: DIREITO EMPRESARIAL B Código: DV 450 Pré-requisito: Direito Civil A, B. Carga horária: 90 (noventa) horas aula Créditos: 6 (seis) Natureza: anual Docente: EMENTA Sociedades

Leia mais

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Reconhecimento renovado pela portaria MEC nº 608 de 19.11.13, DOU de 20.11.13 PLANO DE CURSO

COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Reconhecimento renovado pela portaria MEC nº 608 de 19.11.13, DOU de 20.11.13 PLANO DE CURSO COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Reconhecimento renovado pela portaria MEC nº 608 de 19.11.13, DOU de 20.11.13 Componente Curricular: Direito Tributário I Código: DIR -569 Pré-requisito: ------ Período Letivo:

Leia mais

Regime Financeiro do Processo Civil

Regime Financeiro do Processo Civil Regime Financeiro do Processo Civil III Mostra de Pesquisa da Pós-Graduação PUCRS Nome do Aluno da Pós: Alexandre Schmitt da Silva Mello, Nome do Orientador: José Maria Rosa Tesheiner Programa de Pós-Graduação

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO fls. 5 ACÓRDÃO Registro: 2014.0000429851 Vistos, relatados e discutidos estes autos do Mandado de Segurança nº 0226204-83.2012.8.26.0000, da Comarca de São Paulo, em que é impetrante EDEMAR CID FERREIRA,

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

MINISTERIO DO TRABALHO CBO CODIGO BRASILEIRO DE OCUPACÕES. 3518 :: Agentes de investigação e identificação 3518-05 -

MINISTERIO DO TRABALHO CBO CODIGO BRASILEIRO DE OCUPACÕES. 3518 :: Agentes de investigação e identificação 3518-05 - MINISTERIO DO TRABALHO CBO CODIGO BRASILEIRO DE OCUPACÕES 3518 :: Agentes de investigação e identificação 3518-05 - Detetive profissional - Agente de investigação privada, Detetive particular, Investigador

Leia mais

Uma vez mais: da garantia da ordem pública como fundamento de decretação da prisão preventiva

Uma vez mais: da garantia da ordem pública como fundamento de decretação da prisão preventiva Uma vez mais: da garantia da ordem pública como fundamento de decretação da prisão preventiva Elaborado em 06.2005. Bruno César Gonçalves da Silva Mestre em Direito Processual pela PUC-Minas, professor

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO I. NOÇÕES PRELIMINARES

DIREITO ADMINISTRATIVO I. NOÇÕES PRELIMINARES DIREITO ADMINISTRATIVO I. NOÇÕES PRELIMINARES 1. DIREITO: é o conjunto de normas de conduta coativa impostas pelo Estado, se traduz em princípios de conduta social, tendentes a realizar Justiça, assegurando

Leia mais

TJ/RJ. Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro ANALISTA JUDICIÁRIO

TJ/RJ. Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro ANALISTA JUDICIÁRIO Edição 1ª 7 8 9 8 4 8 1 9 2 4 2 9 7 Inclui questões gabaritadas! TJ/RJ Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro ANALISTA JUDICIÁRIO Data de fechamento desta edição: 08/08/2011 O conteúdo desta apostila é

Leia mais

SUSPENSÃO CONDICIONAL DO PROCESSO PODE O JUIZ OFERECÊ-LA DE OFÍCIO?

SUSPENSÃO CONDICIONAL DO PROCESSO PODE O JUIZ OFERECÊ-LA DE OFÍCIO? SUSPENSÃO CONDICIONAL DO PROCESSO PODE O JUIZ OFERECÊ-LA DE OFÍCIO? ALFREDO JOSÉ MARINHO NETO Juiz de Direito da 2ª Vara Criminal da Comarca de Belford Roxo, do Juizado Especial Criminal e da Violência

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico MMO tecnologia para a saúde Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec: ETEC PAULINO BOTELHO - Extensão E.E. Arlindo Bittencourt Código: 092-2 Município: São Carlos/SP Eixo Tecnológico: Gestão

Leia mais

SUMÁRIO. Questões comentadas dos exames da OAB - 2ª edição

SUMÁRIO. Questões comentadas dos exames da OAB - 2ª edição SUMÁRIO Questões comentadas dos exames da OAB - 2ª edição Apresentação - Marco Antonio Araujo Junior Sobre os autores 1.1 Introdução princípios e poderes 1.2 Ato administrativo 1.3 Organização da Administração

Leia mais

Os objetivos do Programa de Mestrado e Doutorado em Direito Penal e Criminologia são:

Os objetivos do Programa de Mestrado e Doutorado em Direito Penal e Criminologia são: CURSO de MESTRADO E DOUTORADO EM DIREITO PENAL E CRIMINOLOGIA A Universidad Autónoma Del Sur - UNASUR em parceria com a MASTER Assessoria Educacional lança o CURSO de Mestrado e Doutorado em Direito Penal

Leia mais

Palavras-chaves: Impeachment, Presidente da Republica, Infrações Político- administrativas.

Palavras-chaves: Impeachment, Presidente da Republica, Infrações Político- administrativas. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA IMPEACHMENT Fernando França Caron Especialista em Direito Constitucional pela Faculdade Damásio de Jesus Docente do Curso de Direito da UNILAGO RESUMO A Constituição Federal de

Leia mais

EDITAL Nº 014 /2013 CURSO DE CAPACITAÇÃO EM PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS E DISCIPLINARES

EDITAL Nº 014 /2013 CURSO DE CAPACITAÇÃO EM PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS E DISCIPLINARES EDITAL Nº 014 /2013 CURSO DE CAPACITAÇÃO EM PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS E DISCIPLINARES PÚBLICO ALVO: SERVIDORES DO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE ALAGOAS. O Presidente do Egrégio Tribunal de Justiça

Leia mais

UNIVERSIDADE METODISTA DE ANGOLA HORÁRIOS - 2009 LICENCIATURA SEGUNDO SEMESTRE (2º ANO) SEGUNDO ANO

UNIVERSIDADE METODISTA DE ANGOLA HORÁRIOS - 2009 LICENCIATURA SEGUNDO SEMESTRE (2º ANO) SEGUNDO ANO CURSO: GESTÃO A. EMPRESAS - TURNO: MANHÃ A Sala 9 Piso IV Edifício UMA 7:30/9:00 9:15/10:45 11:00/12:30 1 CURSO GESTÃO A. EMPRESAS - TURNO TARDE - A Sala 9 Piso IV Edifício UMA 13:00/14:30 14:45/16:15

Leia mais

SUMÁRIO. UNIDADE 10 Prescrição ou ministração culposa de drogas; UNIDADE 11 Condução de embarcação ou aeronave sob o efeito de drogas;

SUMÁRIO. UNIDADE 10 Prescrição ou ministração culposa de drogas; UNIDADE 11 Condução de embarcação ou aeronave sob o efeito de drogas; SUMÁRIO LEI Nº 11.343/06 NOVA LEI DE DROGAS; UNIDADE 1 UNIDADE 2 UNIDADE 3 UNIDADE 4 Antinomia aparente de normas penais; Delito de posse de drogas ilícitas para consumo pessoal; Vedação da prisão em flagrante;

Leia mais

PROCESSO PENAL RESUMO DE PROCESSO PENAL 3 Rosivaldo Russo 1) AÇÃO PENAL: 2. INÍCIO DA AÇÃO PENAL

PROCESSO PENAL RESUMO DE PROCESSO PENAL 3 Rosivaldo Russo 1) AÇÃO PENAL: 2. INÍCIO DA AÇÃO PENAL PROCESSO PENAL RESUMO DE PROCESSO PENAL 3 Rosivaldo Russo 1) AÇÃO PENAL: 2. INÍCIO DA AÇÃO PENAL AÇÃO PENAL PÚBLICA tem início através de uma peça que se chama denúncia. Essa é a petição inicial dos crimes

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE DIREITO (2014)

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE DIREITO (2014) 1º SEMESTRE 1 História e Institutos Jurídicos 4 80 2 Informática Aplicada ao Direito 4 80 3 Linguagem Jurídica 4 80 4 Ciência Política e TGE 4 80 5 Teoria Geral do Direito 4 80 6 Iniciação à Pesquisa Científica

Leia mais

Audit Medel Portugal. Questionário. Magistratura Judicial: 1- Os juízes são independentes?

Audit Medel Portugal. Questionário. Magistratura Judicial: 1- Os juízes são independentes? Audit Medel Portugal Tendo em vista adoptar procedimentos de trabalho que viabilizem a obtenção, no tempo disponível e necessariamente limitado em que vai decorrer a visita dos auditores internacionais,

Leia mais

Os processos criminais em segunda instância são submetidos à análise da Douta Procuradoria de Justiça para a elaboração de parecer.

Os processos criminais em segunda instância são submetidos à análise da Douta Procuradoria de Justiça para a elaboração de parecer. SÚMULA ABERTURA DE VISTA DOS AUTOS, EM SEGUNDA INSTÂNCIA, PARA A DEFENSORIA PÚBLICA APÓS A APRESENTAÇÃO DO PARECER PELO MINISTÉRIO PÚBLICO PARIDADE DE ARMAS - HOMENAGEM AO CONTRADITÓRIO E À AMPLA DEFESA

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO FACULDADE DE DIREITO

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO FACULDADE DE DIREITO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO FACULDADE DE DIREITO DISCIPLINA: NPJ I NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA I Jurisdição Comum Civil de 1ª Instância PERÍODO: SEMESTRE Noturno/Matutino DEPARTAMENTO:

Leia mais

AGENDA DE EVENTOS 2014/2015

AGENDA DE EVENTOS 2014/2015 ÁREA GERENCIIAL LIIDERANÇA TRANSFORMADORA Carga Horária: 20 horas Objetivo: Oferecer instrumentos para a construção da liderança e comprometimento da equipe com os objetivos da instituição. Público alvo:

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA I. Curso: DIREITO II. Disciplina: TEORIA GERAL DO DIREITO PENAL (D-11) Área: Ciências Sociais Período: Segundo Turno: matutino/noturno Ano: 2013-1 Carga Horária: 72 H; Créd.: 04

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO 1) Identificação Disciplina Direito Penal II - NOTURNO Carga horária

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

UNIDADE: FACULDADE DE DIREITO DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS

UNIDADE: FACULDADE DE DIREITO DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS Í N D I C E Código Disciplina Página DIR 06-00231 Teoria Geral do Processo I 2 DIR 06-00404 Teoria Geral do Processo II 3 DIR 06-00896 Direito Processual Civil I 4 DIR 06-01080

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO PENAL E PROCESSUAL PENAL

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO PENAL E PROCESSUAL PENAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO PENAL E PROCESSUAL PENAL ÁREA DO CONHECIMENTO Direito. NOME DO CURSO Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em DIREITO PENAL E PROCESSUAL PENAL. AMPARO LEGAL

Leia mais

MBA EM DIREITO CIVIL E PROCESSUAL CIVIL

MBA EM DIREITO CIVIL E PROCESSUAL CIVIL CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA EM DIREITO CIVIL E PROCESSUAL CIVIL Coordenação Acadêmica: Escola de Direito da FGV DIREITO RIO Código: ZMBADCPC3_03 Currículo: ZMBADCPC3_03- Programa

Leia mais

Nesse sentido: Machado. Fábio Guedes de Paula. Prescrição penal: prescrição funcionalista. São Paulo: RT, 2000, p. 75.

Nesse sentido: Machado. Fábio Guedes de Paula. Prescrição penal: prescrição funcionalista. São Paulo: RT, 2000, p. 75. Página 1de 7 LEI 12.234/2010: ALTERAÇÕES AO 1º, E REVOGAÇÃO DO 2º, DO ART. 110, DO CÓDIGO PENAL - SUBSISTÊNCIA DA PRESCRIÇÃO RETROATIVA NO DIREITO PENAL BRASILEIRO. EDEMILSON MENDES DA SILVA é advogado

Leia mais

3º SIMULADO DE DIREITO ADMINISTRATIVO (CESPE) PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

3º SIMULADO DE DIREITO ADMINISTRATIVO (CESPE) PROFESSOR: ANDERSON LUIZ Quadro de Avisos: Informo o lançamento dos seguintes cursos aqui no Ponto dos Concursos: Lei nº 8.112/90 em Exercícios (CESPE); Lei nº 8.429/92 em Exercícios (CESPE); Lei nº 8.666/93 em Exercícios (CESPE);

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL 2ª Câmara de Coordenação e Revisão

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL 2ª Câmara de Coordenação e Revisão MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL 2ª Câmara de Coordenação e Revisão VOTO Nº 5076/2012 PROCEDIMENTO MPF nº 1.00.000.002444/2012-76 ORIGEM: PRM TUBARÃO / SC PROCURADOR OFICIANTE: MICHAEL VON MÜHLEN DE BARROS GONÇALVES

Leia mais

Endereço eletrônico - www.mp.ce.gov.br/esmp (Por ordem de inscrição)

Endereço eletrônico - www.mp.ce.gov.br/esmp (Por ordem de inscrição) nsino a istância E D CURSO PRÁTICO DE EXECUÇÃO PENAL CURSO VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER Duração: 10 semanas (50 horas) Cronograma de Atividades: Inscrições gratuitas: 19 a 28 de agosto de 2013 Endereço eletrônico

Leia mais

Faculdades IESGO Direção Acadêmica Coordenação do Curso de Direito

Faculdades IESGO Direção Acadêmica Coordenação do Curso de Direito Instituto de Ensino Superior de Goiás Faculdades IESGO Direção Acadêmica Coordenação do Curso de Direito PLANO DE ENSINO 1. IDENTIFICAÇÃO: CURSO: Direito TURMA: 1º Semestre DISCIPLINA: Antropologia e Sociologia

Leia mais

Denunciação da Lide. Genésio Luís de Menezes Cibillo

Denunciação da Lide. Genésio Luís de Menezes Cibillo 1 Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro Denunciação da Lide Genésio Luís de Menezes Cibillo Rio de Janeiro 2013 2 GENÉSIO LUIS DE MENEZES CIBILLO Denunciação da Lide Projeto de pesquisa apresentado

Leia mais

(IN) CONSTITUCIONALIDADE DO INTERROGATÓRIO POR VIDEOCONFERÊNCIA NO ÂMBITO DA LEI 11.900/2009

(IN) CONSTITUCIONALIDADE DO INTERROGATÓRIO POR VIDEOCONFERÊNCIA NO ÂMBITO DA LEI 11.900/2009 (IN) CONSTITUCIONALIDADE DO INTERROGATÓRIO POR VIDEOCONFERÊNCIA NO ÂMBITO DA LEI 11.900/2009 Caroline Gilmara Bordin 1 Débora Cristina Freytag Scheinkmann 2 SUMÁRIO Introdução. 1 O interrogatório como

Leia mais

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 03 CRÉDITO: 03

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 03 CRÉDITO: 03 1. IDENTIFICAÇÃO PERÍODO: 3 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 03 CRÉDITO: 03 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 45 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO PENAL I (1ª PARTE- TEORIA DO CRIME) NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA Ciências Penais,

Leia mais

Gabinete do Desembargador Federal Vladimir Souza Carvalho

Gabinete do Desembargador Federal Vladimir Souza Carvalho INQ 2965/CE (0002572-59.2014.4.05.0000) AUTOR : MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL INDIC/INVDO : SEM INDICIADO INVDO : MARCONDES HERBSTER FERRAZ ADV/PROC : MARCOS ANTONIO SAMPAIO DE SOUSA e outros ORIGEM : Ministério

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA I. Curso: DIREITO II. Disciplina: DIREITO AMBIENTAL (D-39) Área: Direito Período: Sétimo Turno: Noturno Ano: 2013.1 Carga Horária: 36 H; Créd.: 02 III. Pré-Requisito: DIREITO CONSTITUCIONAL II (D- 24 )

Leia mais

É devido o IPI na importação?

É devido o IPI na importação? É devido o IPI na importação? Kiyoshi Harada* Sumário: 1 Introdução. 2 O exame do fato gerador do IPI. 3 Interpretação do fato gerador do IPI a partir da matriz constitucional do imposto 1 Introdução Grassa

Leia mais

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação.

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2014/1 DISCIPLINA: DIREITO CONSTITUCIONAL II PROFESSOR: SERGIO ROBERTO LEAL DOS SANTOS TURMA: 4º

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR TURNO DIURNO 1º SEMESTRE

ESTRUTURA CURRICULAR TURNO DIURNO 1º SEMESTRE ESTRUTURA CURRICULAR TURNO DIURNO 1º SEMESTRE Antropologia Social e Jurídica 30 02 Filosofia Geral e Jurídica 60 04 História do Direito 30 02 Introdução ao Estudo do Direito I 30 02 Linguagem e Argumentação

Leia mais

A (IN)COMPATIBILIDADE DA TENTATIVA NO DOLO EVENTUAL RESUMO

A (IN)COMPATIBILIDADE DA TENTATIVA NO DOLO EVENTUAL RESUMO 331 A (IN)COMPATIBILIDADE DA TENTATIVA NO DOLO EVENTUAL Cícero Oliveira Leczinieski 1 Ricardo Cesar Cidade 2 Alberto Wunderlich 3 RESUMO Este artigo visa traçar breves comentários acerca da compatibilidade

Leia mais