TEMPO PARA A FAMÍLIA E PARA A COMUNIDADE. Jörg Garbers Ms. de Teologia

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TEMPO PARA A FAMÍLIA E PARA A COMUNIDADE. Jörg Garbers Ms. de Teologia"

Transcrição

1 TEMPO PARA A FAMÍLIA E PARA A COMUNIDADE Jörg Garbers Ms. de Teologia

2 Introdução A família hoje talvez é o elo mais fraco na distribuição de tempo. Entre trabalho, lazer próprio, amigos, comunidade e sono sobra pouca coisa para a família. A era industrial, a economia o ritmo do trabalho não ajudam: Turnos diferentes Trabalhar mais para não perder o emprego ou para poder sustentar a família e realizar desejos. Formação contínua Mobilidade

3 Introdução Nem sempre os ensinos cristãs ajudam: Trabalho no Reino de Deus significa trabalhar e estar presente na comunidade Primeiro o Reino de Deus, depois a família Sacrifícios pelo SENHOR Tempo sem tarefa é tempo perdido Sem você almas são perdidas... Mente vazia, cozinha do diabo... Etc.

4 Introdução A palestra quer valorizar momentos e aspectos da família que exigem tempo e dedicação. Para esses pontos precisa se arrumar espaço na agenda. É possível que amigos e a comunidade nem sempre tem compreensão para isso. É até possível repensar a jornada de trabalho e avaliar um outro tipo de trabalho.

5 Tempo para falar Escolher a hora certa Escolher o lugar certo Escolher temas Se identificar com os outros Falar a verdade Expressar sentimentos Ajudar com perguntas que abrem Palavras amorosas

6 Tempo para ouvir O que passa na cabeça do outro? Prestar atenção Fazendo sinais Deixar falar Colocar-se no lugar do outro

7 Tempo para rituais O ritual é aquilo que fica igual e se repete. Rituais providenciam segurança e preparam para um dia de novidades e imprevistos. Rituais anuais: Festas religiosas Festas particulares Rituais mensais ou semanais Saídas Encontros Rituais diários

8 Tempo no início do dia Preparar e tomar um café em família ou pelo menos como casal. É um momento de comunicação e planejamento. Um momento de oração e devoção. O começo do dia não deve ser sobrecarregado pelos afazeres e problemas do dia.

9 Tempo na mesa A comunhão na mesa é importante Tempo de gratidão Curte a pausa e o repouso É nosso pão diário e não o meu Tempo de compartilhar Tempo de aconselhar Tempo de conhecer

10 Tempo antes de dormir Tempo de relaxar Tempo de reflexão Tempo de diversão Tempo de encontros Tempo de desligar

11 Tempo em dois A constatação Não é bom... O outro é: Idôneo Socorro Parceiro Amigo Apoio Planejar e executar Tempo para carinho e sexo Tempo para amigos Tempo para lazer Tempo para férias Tempo para...

12 Tempo em dois Muitos cônjuges vivem na mesma casa, mas vivem vidas paralelas É importante passar tempo em conjunto para se conhecer sempre de novo Pessoas mudam durante os anos Precisamos ver o cônjuge sempre de novo para não perder ele de vista Muitos casados se queixam que o seu cônjuge não os vê mais A rotina deixa o outro pálido, a mulher mais linda vira só a esposa e o homem mais esperto só o marido

13 Pausa

14 Introdução Tempo para Deus é tempo para si e tempo para a família e tempo para a comunidade. Trabalho no Reino de Deus é ter tempo para si, para a família e para a comunidade. IGREJA Corpo de Cristo Igreja Instituição religiosa igreja os prédios Os três são conceitos bem diferentes e não podem ser confundidos. Igreja não é igual a IGREJA por exemplo.

15 Introdução IGREJA existe onde dois ou três estão reunidos em nome de Cristo. Igreja existe para facilitar ou ajudar a propagação do evangelho, promover comunhão e crescimento na fé. Se a Igreja existe para fins próprios (manter o patrimônio, acumular membros, defender e propagar a denominação, etc.) ela não cumpre a sua tarefa. A igreja pode oferecer lugar e espaço de encontro e assim facilitar a reunião de pessoas cristãs para diversas atividades.

16 Introdução A Igreja não salva. A Igreja não é constitutivo para uma vida cristã. A Igreja pode ser a chance de somar forças. A Igreja pode ser a possibilidade de alcançar pessoas com o evangelho. A Igreja pode ajudar, apoiar e motivar na vida cristã. A Igreja precisa da colaboração dos seus membros, que dedicam tempo, dons e dinheiro a ela. Essa parte da palestra trata da questão do tempo para integrar os seus dons e talentos na Igreja.

17 Chamado para ter tempo para a Igreja Deus nos chama para: Crer Ser santo Servir Testemunhar Louvar Consequências: Todas as pessoas são chamadas! Todos cristãos são chamados para o serviço! Depois do primeiro não existe um segundo chamado. Cada situação deve corresponder ao primeiro chamado Precisamos conhecer a vontade de Deus para nossa vida e tomar as decisões diante dele. A liberdade da resposta e decisão: A teologia luterana diferencia entre as coisas superiores e inferiores. Profissão e decisão são normalmente atos pessoais.

18 Tempo para que tarefa? Pergunte! Pede orientação e sabedoria em oração. Lê a bíblica. O que curtas fazer, o que detestas? O que sabes fazer, em que tens dificuldade? Tente fazer experiências: Convívio Colaborar

19 Tempo para que tarefa? Administrativa Presbitério Zelador Limpeza etc. Finanças Organização Comunicação Marketing Cozinha Artesanal Construção Manutenção Comunitária Visitas Crianças Adolescentes Jovens Adultos Casais OASE Idosos Coral Música Oração Teológica Pregações Estudos bíblicos Aconselhamento Liturgia Leitura bíblica Palestras Devoções Ensino Orientação Discernimento Sacramentos

20 Tempo para testemunhar... O plano de Deus não nós transforma em marionetes nem em seguidores de um GPS. Tomar decisões diante de Deus Mandamento duplo do amor Testemunho do seu amor em palavras e ações Regra de ouro Uma vida em responsabilidade consigo mesmo e com o outro Gratidão pelas coisas boas e ruins Uma vida relacionada com Deus Tomar decisões diante de Deus

21 TEMPO PARA A FAMÍLIA E PARA A COMUNIDADE Jörg Garbers Ms. de Teologia

A vida cristã na comunidade Como, quando e onde posso ajudar? Jörg Garbers, Mestre de Teologia

A vida cristã na comunidade Como, quando e onde posso ajudar? Jörg Garbers, Mestre de Teologia A vida cristã na comunidade Como, quando e onde posso ajudar? Jörg Garbers, Mestre de Teologia Comunidade cristã não é clube cristã Uma comunhão (com união) Um só Senhor Uma só fé Um só batismo Um só Deus

Leia mais

Jörg Garbers, Mestre de Teologia

Jörg Garbers, Mestre de Teologia Jörg Garbers, Mestre de Teologia Introdução Pregação e prática Durante essa pregação uns vão pensar: Eu fiz e faço muitas coisas de maneira errada. Isso é normal. Cada um de nos falha e ficamos tristes.

Leia mais

COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ PASTORAL EDUCATIVA REUNIÃO DE PAIS E CATEQUISTAS 09 DE FEVEREIRO DE 2010

COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ PASTORAL EDUCATIVA REUNIÃO DE PAIS E CATEQUISTAS 09 DE FEVEREIRO DE 2010 COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ PASTORAL EDUCATIVA REUNIÃO DE PAIS E CATEQUISTAS 09 DE FEVEREIRO DE 2010 ORAÇÃO DE ABERTURA CANTO (REPOUSAR EM TI) Música de Tânia Pelegrino baseada na obra Confissões, de

Leia mais

Lição Oito. O Culto a Deus. Que É Culto? adoração da parte da pessoa que pensa acerca de Deus. O culto é a reação humana à glória,

Lição Oito. O Culto a Deus. Que É Culto? adoração da parte da pessoa que pensa acerca de Deus. O culto é a reação humana à glória, Livro 1 página 57 Lição Oito O Culto a Deus Que É Culto? O culto é o ato de reconhecer a Deus por quem Ele é. Inclui uma atitude de reverência, devoção e adoração da parte da pessoa que pensa acerca de

Leia mais

Sumário. Prefácio...3. 1. As evidências da ressurreição de Cristo...5. 2. Se Jesus está vivo, onde posso encontrá-lo?...15

Sumário. Prefácio...3. 1. As evidências da ressurreição de Cristo...5. 2. Se Jesus está vivo, onde posso encontrá-lo?...15 1 Sumário Prefácio...3 1. As evidências da ressurreição de Cristo...5 2. Se Jesus está vivo, onde posso encontrá-lo?...15 Comunidade Presbiteriana Chácara Primavera Ministério de Grupos Pequenos Março

Leia mais

A transmissão da fé na Família. Reunião de Pais. Família

A transmissão da fé na Família. Reunião de Pais. Família A transmissão da fé na Família Reunião de Pais Família Plano Pastoral Arquidiocesano Um triénio dedicado à Família Passar de uma pastoral sobre a Família para uma pastoral para a Família e com a Família

Leia mais

CRIANÇAS AJUDAM E EVANGELIZAM CRIANÇAS

CRIANÇAS AJUDAM E EVANGELIZAM CRIANÇAS CRIANÇAS AJUDAM E EVANGELIZAM CRIANÇAS Infância/Adolescencia MISSÃO MISSÃO. Palavra muito usada entre nós É encargo, incumbência Missão é todo apostolado da Igreja. Tudo o que a Igreja faz e qualquer campo.

Leia mais

Os Sacramentos estão presentes em cada fase da vida do Cristão

Os Sacramentos estão presentes em cada fase da vida do Cristão Os Sacramentos estão presentes em cada fase da vida do Cristão A vida litúrgica começa muito cedo. Os Sacramentos são conhecidos como encontros pessoais com Cristo. Também são vistos como sinais da salvação.

Leia mais

para Pessoas, que procuram Trabalho e Ajuda!

para Pessoas, que procuram Trabalho e Ajuda! ASPEC apresenta ProCura para Pessoas, que procuram Trabalho e Ajuda! A partir de Maio 2008 subiram os números do desemprego dramaticamente! CONSEGUIREMOS NÓS IGNORAR A SITUAÇÃO E DESVIAR O OLHAR? SERÁ

Leia mais

ESTUDOS PARA AS CÉLULAS AS SETE VERDADES ESSÊNCIAIS DO EVANGELHO

ESTUDOS PARA AS CÉLULAS AS SETE VERDADES ESSÊNCIAIS DO EVANGELHO 1 ESTUDOS PARA AS CÉLULAS AS SETE VERDADES ESSÊNCIAIS DO EVANGELHO LIÇÃO Nº 01 DIA 16/06/2014 INTRODUÇÃO: Vamos começar uma nova série de estudos em nossas células. Esta será uma série muito interessante

Leia mais

Curso de Discipulado

Curso de Discipulado cidadevoadora.com INTRODUÇÃO 2 Este curso é formado por duas partes sendo as quatro primeiras baseadas no evangelho de João e as quatro últimas em toda a bíblia, com assuntos específicos e muito relevantes

Leia mais

ESTUDOS NO EVANGELHO DE JOÃO

ESTUDOS NO EVANGELHO DE JOÃO ESTUDOS NO EVANGELHO DE JOÃO ESTUDO 1 NOVA VIDA O presente curso ajudará você a descobrir fatos da Palavra de Deus, fatos os quais você precisa para viver a vida em toda a sua plenitude. Por este estudo

Leia mais

CATEQUESE COMO INICIAÇÃO À EUCARISTIA

CATEQUESE COMO INICIAÇÃO À EUCARISTIA CATEQUESE COMO INICIAÇÃO À EUCARISTIA PE. GREGÓRIO LUTZ Certamente o título deste artigo não causa estranheza à grande maioria dos leitores da Revista de Liturgia. Mas mesmo assim me parece conveniente

Leia mais

Curso Bíblico. Lição 7 FAZEI DISCÍPULOS

Curso Bíblico. Lição 7 FAZEI DISCÍPULOS Curso Bíblico Lição 7 Lembre-se que é da vontade de Deus que todos os homens se salvem: Isto é bom e aceitável diante de Deus, nosso Salvador, o qual deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao

Leia mais

Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família - CEPVF/CNBB

Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família - CEPVF/CNBB Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família Comissão Nacional da Pastoral Familiar Brasília - 2014 snv14_2.indd 1 28/05/2014 12:11:27 Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família - CEPVF/CNBB

Leia mais

Plano Estratégico IEIA Sra domonte

Plano Estratégico IEIA Sra domonte Plano Estratégico IEIA Sra domonte 2015/2016 SUMARIO Pressupostos Visão e missão Objectivos gerais Objectivos por unidade estratégica Estratégia Cronograma de atividades Orçamento (Budget) Planta da igreja

Leia mais

Índice Introdução... 13 Abreviaturas... 17 1. Natureza da liturgia cristã... 21 1.1. O termo liturgia... 21 1.1.1. No helenismo... 22 1.1.2. No Antigo Testamento... 22 1.1.3. No Novo Testamento... 23 1.1.4.

Leia mais

Os Mandamentos da Igreja

Os Mandamentos da Igreja Os Mandamentos da Igreja Por Marcelo Rodolfo da Costa Os mandamentos da Igreja situam-se na linha de uma vida moral ligada à vida litúrgica e que dela se alimenta CIC 2041 Os Mandamentos da Igreja tem

Leia mais

CELEBRAÇÃO PARA O DIA DO CATEQUISTA 2014

CELEBRAÇÃO PARA O DIA DO CATEQUISTA 2014 CELEBRAÇÃO PARA O DIA DO CATEQUISTA 2014 NO CAMINHO DO DISCIPULADO MISSIONÁRIO, A EXPERIÊNCIA DO ENCONCONTRO: TU ÉS O MESSIAS, O FILHO DO DEUS VIVO INTRODUÇÃO Queridos/as Catequistas! Com nossos cumprimentos

Leia mais

Saiamos pois, a Ele, fora do arraial... Ademir Ifanger

Saiamos pois, a Ele, fora do arraial... Ademir Ifanger Saiamos pois, a Ele, fora do arraial... Introdução Almejamos uma nova compreensão da espiritualidade, que nos impulsione a realizar o projeto integral de Deus, expressando assim genuína adoração (Jo 4.23-24).

Leia mais

Igreja Amiga da criança. Para pastores

Igreja Amiga da criança. Para pastores Igreja Amiga da criança Para pastores Teste "Igreja Amiga da Criança" O povo também estava trazendo criancinhas para que Jesus tocasse nelas. Ao verem isso, os discípulos repreendiam aqueles que as tinham

Leia mais

ATRAINDO E MANTENDO A MULTIDÃO

ATRAINDO E MANTENDO A MULTIDÃO ATRAINDO E MANTENDO A MULTIDÃO ANOTAÇÕES Como Planejar Um Culto Sensível Aos Não-crentes INTRODUÇÃO Uma das características do ministério de Jesus é que ele atraía muitas pessoas A Bíblia diz que "Numerosas

Leia mais

Igreja "em saída" missionária

Igreja em saída missionária Mês das Missões O mês de outubro é, para a Igreja, o período no qual são intensificadas as iniciativas de animação e cooperação em prol das Missões em todo o mundo. O objetivo é sensibilizar, despertar

Leia mais

Consolidação para o Discipulado - 1

Consolidação para o Discipulado - 1 Consolidação para o Discipulado - 1 Fortalecendo o novo convertido na Palavra de Deus Rev. Edson Cortasio Sardinha Consolidador/a: Vida consolidada: 1ª Lição: O Amor de Deus O amor de Deus está presente

Leia mais

CONHECENDO O ESPÍRITO SANTO. APOSTILA DA CLASSE DE NOVOS MEMBROS Volume 06 de 07

CONHECENDO O ESPÍRITO SANTO. APOSTILA DA CLASSE DE NOVOS MEMBROS Volume 06 de 07 CONHECENDO O ESPÍRITO SANTO APOSTILA DA CLASSE DE NOVOS MEMBROS Volume 06 de 07 A trindade sempre existiu, mas se apresenta com maior clareza com vinda de Cristo e a redação do Novo Testamento. Por exemplo,

Leia mais

Apresentamos as partilhas que enriqueceram o nosso Seminário Nacional de Iniciação Cristã.

Apresentamos as partilhas que enriqueceram o nosso Seminário Nacional de Iniciação Cristã. Apresentamos as partilhas que enriqueceram o nosso Seminário Nacional de Iniciação Cristã. Na sexta-feira, pela manhã, foi a vez do Nordeste 3 - Aracaju - com sua experiência de iniciação à vida cristã

Leia mais

Tema 8: Vocação - um novo relacionamento Deus se revela através dos outros

Tema 8: Vocação - um novo relacionamento Deus se revela através dos outros Tema 8: Vocação - um novo relacionamento Deus se revela através dos outros DEUS SE REVELA ATRAVÉS DOS OUTROS Ser Marista com os outros: Experimentar caminhos de vida marista comunitariamente INTRODUÇÃO

Leia mais

BATISMO COM ESPÍRITO SANTO

BATISMO COM ESPÍRITO SANTO 1 BATISMO COM ESPÍRITO SANTO 1 Cantai de júbilo a Deus, força nossa; celebrai o Deus de Jacó.2 Salmodiai e fazei soar o tamboril, a suave harpa com o saltério.3 Tocai a trombeta na Festa da Lua Nova, na

Leia mais

BIÊNIO 2012-2013. Tema Geral da Igreja Metodista "IGREJA: COMUNIDADE MISSIONÁRIA A SERVIÇO DO POVO ESPALHANDO A SANTIDADE BÍBLICA. Tema para o Biênio

BIÊNIO 2012-2013. Tema Geral da Igreja Metodista IGREJA: COMUNIDADE MISSIONÁRIA A SERVIÇO DO POVO ESPALHANDO A SANTIDADE BÍBLICA. Tema para o Biênio 1 IGREJA METODISTA PASTORAL IMED PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E PLANO DE AÇÃO BIÊNIO 2012-2013 Tema Geral da Igreja Metodista "IGREJA: COMUNIDADE MISSIONÁRIA A SERVIÇO DO POVO ESPALHANDO A SANTIDADE BÍBLICA

Leia mais

A Bíblia é para nós, cristãos, o ponto de referência de nossa fé, uma luz na caminhada de nossa vida.

A Bíblia é para nós, cristãos, o ponto de referência de nossa fé, uma luz na caminhada de nossa vida. LITURGIA DA PALAVRA A Palavra de Deus proclamada e celebrada - na Missa - nas Celebrações dos Sacramentos (Batismo, Crisma, Matrimônio...) A Bíblia é para nós, cristãos, o ponto de referência de nossa

Leia mais

QUARESMA TEMPO DE REFLEXÃO E AÇÃO

QUARESMA TEMPO DE REFLEXÃO E AÇÃO QUARESMA TEMPO DE REFLEXÃO E AÇÃO Disponível em: www.seminariomaiordebrasilia.com.br Acesso em 13/03/2014 A palavra Quaresma surge no século IV e tem um significado profundo e simbólico para os cristãos

Leia mais

Lembrança da Primeira Comunhão

Lembrança da Primeira Comunhão Lembrança da Primeira Comunhão Jesus, dai-nos sempre deste pão Meu nome:... Catequista:... Recebi a Primeira Comunhão em:... de... de... Local:... Pelas mãos do padre... 1 Lembrança da Primeira Comunhão

Leia mais

Teste dos Dons Espirituais 1

Teste dos Dons Espirituais 1 1 Teste dos Dons Espirituais 1 Este teste é usado no contexto do seminário do MAPI Introdução a Dons Espirituais e Equipes de Ministério. Para mais informações veja o site do MAPI no link de ferramentas

Leia mais

A iniciação cristã como pedagogia de vida comunitária

A iniciação cristã como pedagogia de vida comunitária A iniciação cristã como pedagogia de vida comunitária A evangelização nos dá a alegria do encontro com a Boa Nova da Ressurreição de Cristo. A maioria das pessoas procura angustiada a razão de sua vida

Leia mais

DIRECTÓRIO GERAL DA CATEQUESE - SDCIA/ISCRA -2 Oração inicial Cântico - O Espírito do Senhor está sobre mim; Ele me enviou para anunciar aos pobres o Evangelho do Reino! Textos - Mc.16,15; Mt.28,19-20;

Leia mais

EQUIPAS DE JOVENS DE NOSSA SENHORA O PAPEL DO CASAL ASSISTENTE

EQUIPAS DE JOVENS DE NOSSA SENHORA O PAPEL DO CASAL ASSISTENTE EQUIPAS DE JOVENS DE NOSSA SENHORA O PAPEL DO CASAL ASSISTENTE A experiência de um casal cristão que acompanha a equipa traz aos seus membros uma riqueza complementar à que caracteriza a presença do padre.

Leia mais

Diz respeito ao que vamos realizar em Cristo, pelo poder do Espírito Santo para cumprir a nossa missão:

Diz respeito ao que vamos realizar em Cristo, pelo poder do Espírito Santo para cumprir a nossa missão: II) NOSSA VISÃO Diz respeito ao que vamos realizar em Cristo, pelo poder do Espírito Santo para cumprir a nossa missão: A) Adorar a Deus em espírito e verdade Queremos viver o propósito para o qual Deus

Leia mais

Lição 8 Trabalhar com Líderes

Lição 8 Trabalhar com Líderes Lição 8 Trabalhar com Líderes Já havia mais de um ano que o António se tornara membro da sua igreja. Ele tinha aprendido tanto! Começou a pensar nos líderes da igreja que o tinham ajudado. Pensava naqueles

Leia mais

O RITUAL DE INICIAÇÃO CRISTÃ DE ADULTOS: UM INSTRUMENTO PARA A TRANSMISSÃO DA FÉ

O RITUAL DE INICIAÇÃO CRISTÃ DE ADULTOS: UM INSTRUMENTO PARA A TRANSMISSÃO DA FÉ O RITUAL DE INICIAÇÃO CRISTÃ DE ADULTOS: UM INSTRUMENTO PARA A TRANSMISSÃO DA FÉ Pe. Thiago Henrique Monteiro Muito adultos convertem-se a Cristo e à Igreja Católica. Por exemplo, neste ano, nas dioceses

Leia mais

O S F U N D A M E N T O S Educação Teológica. Salmo 11.3 Quando os fundamentos estão sendo destruídos, que pode fazer o justo?

O S F U N D A M E N T O S Educação Teológica. Salmo 11.3 Quando os fundamentos estão sendo destruídos, que pode fazer o justo? OS FUNDAMENTOS Salmo 11.3 Quando os fundamentos estão sendo destruídos, que pode fazer o justo? O justo é chamado a perseverar com fé, esperança e amor. Não importa quais sejam as crises, o justo não pode

Leia mais

2ª Semana VOCÊ FOI PLANEJADO PARA AGRADAR A DEUS

2ª Semana VOCÊ FOI PLANEJADO PARA AGRADAR A DEUS 2ª Semana VOCÊ FOI PLANEJADO PARA AGRADAR A DEUS Bem-vindo ao nosso estudo de Uma Vida Com Propósitos. Em nossa última aula começamos esta série fazendo uma pergunta: Afinal de contas, por que motivo estou

Leia mais

APRESENTAÇÃO MBN. Fone: 011-98291-7300 Skype: albertoaconti E-mail: info@buenasnuevasbrasil.org http://buenasnuevasbrasil.org/

APRESENTAÇÃO MBN. Fone: 011-98291-7300 Skype: albertoaconti E-mail: info@buenasnuevasbrasil.org http://buenasnuevasbrasil.org/ APRESENTAÇÃO MBN Fone: 011-98291-7300 Skype: albertoaconti QUEM SOMOS? Somos um Ministério que tem a visão de equipar e treinar novos líderes, incentivar o surgimento do empreendedorismo e de profissionais

Leia mais

Local& Escola&de&Pós&Graduação& &Uninter& Domingo&às&19h& Rua&Candelária,&1744&

Local& Escola&de&Pós&Graduação& &Uninter& Domingo&às&19h& Rua&Candelária,&1744& Local& Escola&de&Pós&Graduação& &Uninter& Domingo&às&19h& Rua&Candelária,&1744& Colossenses& 15 Ele é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação, 16 pois nele foram criadas todas as

Leia mais

A Fé que nos gloriamos de professar (continuação)

A Fé que nos gloriamos de professar (continuação) A Fé que nos gloriamos de professar (continuação) Fé cristã: Costume ou Decisão Pessoal É uma decisão livre, da consciência de cada um! As raízes da fé cristã A fé cristã não começou connosco. A fé que

Leia mais

www.projetocasteloforte.com.br

www.projetocasteloforte.com.br Igreja Uma Comunidade Missionária Sermão pregado no Domingo, 23 de Junho de 2013 Por Josep Rossello Bispo Diocesano da Igreja Anglicana Reformada do Brasil, Na Igreja Anglicana do Vale do Paraíba Em São

Leia mais

TIPOS DE BATISMO. Existem historicamente três formas de Batismo: por imersão, por afusão (derramamento) e por aspersão.

TIPOS DE BATISMO. Existem historicamente três formas de Batismo: por imersão, por afusão (derramamento) e por aspersão. TIPOS DE BATISMO Existem historicamente três formas de Batismo: por imersão, por afusão (derramamento) e por aspersão. A forma praticada no Novo Testamento era por imersão, conforme vemos: A palavra grega

Leia mais

Jesus pode mudar a sua vida João 4.46-47 e 49-53. Ao longo da vida passamos por muitas mudanças.

Jesus pode mudar a sua vida João 4.46-47 e 49-53. Ao longo da vida passamos por muitas mudanças. Jesus pode mudar a sua vida João 4.46-47 e 49-53 Ao longo da vida passamos por muitas mudanças. Pr. Fernando Fernandes Penápolis, 20/10/2012 3º Cristo na Praça Dia Municipal do Evangélico 1 Mudanças sociais,

Leia mais

Semana Acadêmica na Faculdade Batista Pioneira 09 a 13 de março de 2015 Prof. Me Rui Osvaldo Teske rui@teske.com.br

Semana Acadêmica na Faculdade Batista Pioneira 09 a 13 de março de 2015 Prof. Me Rui Osvaldo Teske rui@teske.com.br Semana Acadêmica na Faculdade Batista Pioneira 09 a 13 de março de 2015 Prof. Me Rui Osvaldo Teske rui@teske.com.br O planejamento não diz respeito a decisões futuras, mas às implicações futuras de decisões

Leia mais

SÉRIE 1: VIVENDO COM PROPÓSITO

SÉRIE 1: VIVENDO COM PROPÓSITO ek Two Semana 2: Conectando-se Com os Outros Incluído: 1. Preparação do líder 2. Guia da lição 1. PREPARAÇÃO DO LÍDER VISÃO GERAL DA LIÇÃO Logo após haver alimentado mais de 5.000 pessoas, Jesus afastou

Leia mais

DECLARAÇÃO DE MISSÃO Proclamar o Cristo Vivo e ajudar as pessoas que nele crêem a se tornarem seus discípulos

DECLARAÇÃO DE MISSÃO Proclamar o Cristo Vivo e ajudar as pessoas que nele crêem a se tornarem seus discípulos PIBRJ DECLARAÇÃO DE MISSÃO Proclamar o Cristo Vivo e ajudar as pessoas que nele crêem a se tornarem seus discípulos DECLARAÇÃO DE VISÃO Ser uma família de fé, que recebe as pessoas como são e se esforça

Leia mais

REQUERIMENTO. Ao Excelentíssimo e Reverendíssimo Senhor Dom OSVINO JOSÉ BOTH Arcebispo Militar do Brasil

REQUERIMENTO. Ao Excelentíssimo e Reverendíssimo Senhor Dom OSVINO JOSÉ BOTH Arcebispo Militar do Brasil REQUERIMENTO Ao Excelentíssimo e Reverendíssimo Senhor Dom OSVINO JOSÉ BOTH Arcebispo Militar do Brasil Documento elaborado de próprio punho. Eu, inscrito no CPF sob o nº e no RG nº aluno da Escola Diaconal

Leia mais

A reunião de oração junto ao enfermo

A reunião de oração junto ao enfermo 23-25). O Evangelho nos fala como Jesus se compadecia, da comoção interior que sentia diante da dor humana. Jesus se fez famoso pela atenção aos enfermos. Feita a travessia, chegaram a Genesaré e atracaram.

Leia mais

PROJETO FRANÇA PROJETO DE REVITALIZAÇÃO E PLANTAÇÃO DE IGREJA NO SUL DA FRANÇA

PROJETO FRANÇA PROJETO DE REVITALIZAÇÃO E PLANTAÇÃO DE IGREJA NO SUL DA FRANÇA .1 PROJETO DE REVITALIZAÇÃO E PLANTAÇÃO DE IGREJA NO SUL DA AMBIENTAÇÃO Cumprir a grande missão de Deus dada à sua Igreja e a cada um de seus servos é uma atitude de obediência, amor a Ele na pessoa de

Leia mais

AS CONEXÕES. QUEBRA GELO: Cite o nome de uma pessoa que mais te influenciou na vida. Comente como essa pessoa é, e explique como te influenciou.

AS CONEXÕES. QUEBRA GELO: Cite o nome de uma pessoa que mais te influenciou na vida. Comente como essa pessoa é, e explique como te influenciou. Lição 4 AS CONEXÕES QUEBRA GELO: Cite o nome de uma pessoa que mais te influenciou na vida. Comente como essa pessoa é, e explique como te influenciou. VERSO DA SEMANA: Sim, qualquer que seja o tipo de

Leia mais

A Igreja nas Casas. Revolução ou Reforma? Jamê Nobre

A Igreja nas Casas. Revolução ou Reforma? Jamê Nobre A Igreja nas Casas Revolução ou Reforma? Jamê Nobre I g r e j a s n a s C a s a s P á g i n a 2 A IGREJA NAS CASAS REVOLUÇÃO OU REFORMA? (Jamê Nobre) As revoluções têm como característica mudar algumas

Leia mais

Explicação da Missa MISSA

Explicação da Missa MISSA Explicação da Missa Reunidos todos os catequizandos na Igreja, num primeiro momento mostram-se os objetos da missa, ensinam-se os gestos e explicam-se os ritos. Em seguida celebra-se a missa sem interrupção.

Leia mais

CANTOS PARA MISSAS E CULTOS

CANTOS PARA MISSAS E CULTOS CANTOS PARA MISSAS E CULTOS Todas as peças deste livreto, e outras, são encontradas no website oficial e podem ser baixadas gratuitamente. 2 ÍNDICE Canto de Entrada (1) Bendito... pág. 3 Canto de Entrada

Leia mais

Igreja Batista Itacuruçá ESTAÇÃ ÇÃO DO EVANGELISMO

Igreja Batista Itacuruçá ESTAÇÃ ÇÃO DO EVANGELISMO Igreja Batista Itacuruçá ESTAÇÃ ÇÃO DO EVANGELISMO ORIENTAÇÕES GERAIS Bem-vindos à nova estação dos GFs: a estação do evangelismo! Nesta estação queremos enfatizar pontos sobre nosso testemunho de vida

Leia mais

Catálogo do Produtos do AMO Materiais Disponíveis em Português

Catálogo do Produtos do AMO Materiais Disponíveis em Português Catálogo do Produtos do AMO Materiais Disponíveis em Português I - Guias de Literatura Heidi - Guia do professor AMO - Estudo do livro Heidi de Johanna Spyri: com componente de literatura impresso + Cd

Leia mais

www.comunidadepedraviva.com.br TRILHO PEDRA VIVA

www.comunidadepedraviva.com.br TRILHO PEDRA VIVA TRILHO PEDRA VIVA ROTEIRO PARA PLANTAÇÃO DE VIDAS Um provérbio chinês nos lembra : se sua visão é para um ano, plante trigo; se sua visão é para uma década, plante árvores; se sua visão é para toda a vida,

Leia mais

IGREJA DE CRISTO VIDA NOVA Agenda de Fevereiro à Julho de 2012

IGREJA DE CRISTO VIDA NOVA Agenda de Fevereiro à Julho de 2012 IGREJA DE CRISTO VIDA NOVA Agenda de Fevereiro à Julho de 2012 Fevereiro / 2012 01-02- Culto de 03- Escola de 04-05- Dia da beleza Dep. Jovens 06-07- Culto de 08-09- Culto de 10- Escola de 11-12- Culto

Leia mais

#61. 10.14 O batismo do Espírito Santo

#61. 10.14 O batismo do Espírito Santo 10.14 O batismo do Espírito Santo #61 Estudamos o novo nascimento e vimos como o Espírito Santo realiza essa obra juntamente com a Palavra de Deus. Tínhamos que entender o novo nascimento e como alguém

Leia mais

Informativo da Congregação Pobres Servos da Divina Providência Delegação Nossa Senhora Aparecida. Permanece conosco

Informativo da Congregação Pobres Servos da Divina Providência Delegação Nossa Senhora Aparecida. Permanece conosco Notícias de Família Informativo da Congregação Pobres Servos da Divina Providência Delegação Nossa Senhora Aparecida 06 JUNHO 2014 Permanece conosco Vivemos dias de graça, verdadeiro Kairós com a Celebração

Leia mais

SE SOUBERMOS PERDOAR Ó CARA IRMÃ CLARA, SE SOUBERMOS PERDOAR

SE SOUBERMOS PERDOAR Ó CARA IRMÃ CLARA, SE SOUBERMOS PERDOAR CANTO 1 - LOUVOR DA CRIAÇÃO D Bm G Em A7 D Bm G Em A7 Aleluia! Aleluia! Aleluia! Aleluia! D F#m G Em A7 1. Javé o nosso Deus é poderoso, seu nome é grande em todas as nações D F#m G Em A7 Na boca das crianças

Leia mais

Data Dia Horário Atividade Ministério

Data Dia Horário Atividade Ministério ATIVIDADES MENSAIS REGULARES Horário Atividade Ministério 19h00 Celebração da Ceia do Senhor Pastoral 19h00 Reunião Junta Diaconal Pastoral 19h00 Reunião Conselho Gestor Dir.Estatutária 10h00 Assembléia

Leia mais

Sacramento do Matrimônio

Sacramento do Matrimônio Sacramento do Matrimônio 1. A PREPARAÇÃO: Além do expediente documental aos cuidados da secretaria paroquial, a celebração do matrimônio cristão deve ser precedida de uma digna preparação do casal nubente,

Leia mais

rial, antes de mostrar várias formas práticas para realizar um retiro ou um acampamento, irá encaminhar o leitor a montar um planejamento com

rial, antes de mostrar várias formas práticas para realizar um retiro ou um acampamento, irá encaminhar o leitor a montar um planejamento com INTRODUÇÃO Até pouco tempo atrás, os acampamentos e retiros eram vistos, por alguns grupos, como eventos para crianças, adolescentes e jovens, que aconteciam somente no carnaval, como uma estratégia para

Leia mais

Instituição e Renovação de Ministérios Extraordinários na Diocese

Instituição e Renovação de Ministérios Extraordinários na Diocese Instituição e Renovação de Ministérios Extraordinários na Diocese 1. RITO DE INSTITUIÇÃO DOS MINISTROS(AS) DA COMUNHÃO Diácono: Queiram levantar-se os que receberão o mandato de Ministros Extraordinários

Leia mais

Lição 01 O propósito eterno de Deus

Lição 01 O propósito eterno de Deus Lição 01 O propósito eterno de Deus LEITURA BÍBLICA Romanos 8:28,29 Gênesis 1:27,28 Efésios 1:4,5 e 11 VERDADE CENTRAL Deus tem um propósito original e eterno para minha vida! OBJETIVO DA LIÇÃO Que eu

Leia mais

Ata da reunião da Comunidade Central Março (03/03/15)

Ata da reunião da Comunidade Central Março (03/03/15) 1 Ata da reunião da Comunidade Central Março (03/03/15) No dia 03 de março, às 19h30min, foi realizada na Catedral a primeira reunião da Comunidade Central do ano de 2015. Esta reunião contou com a presença

Leia mais

PRESENCIAL DIAS DE AULAS TURNO HORÁRIO

PRESENCIAL DIAS DE AULAS TURNO HORÁRIO PRESENCIAL DIAS DE AULAS TURNO HORÁRIO SEGUNDA, QUARTA E SEXTA-FEIRA MANHÃ NOITE 08:15h as 11:30h 19:15h as 22:30h SÁBADO MANHÃ e TARDE 08:15h as 18:15h ENSINO A DISTÂNCIA EAD SEMIPRESENCIAL : TERÇA-FEIRA

Leia mais

9 MARCAS DE UMA. Mark Dever. Estudos de Quarta - IBRVN

9 MARCAS DE UMA. Mark Dever. Estudos de Quarta - IBRVN 9 MARCAS DE UMA IGREJA SAUDÁVEL Mark Dever Estudos de Quarta - IBRVN 9 Marcas 1. Pregação Expositiva 2. Teologia Bíblica 3. Evangelho 4. Conversão 5. Evangelização 6. Membresia 7. Disciplina 8. Discipulado

Leia mais

Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética

Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética 2 0 1 2-2 0 1 5 DIOCESE DE FREDERICO WESTPHALEN - RS Queridos irmãos e irmãs, Com imensa alegria, apresento-lhes o PLANO DIOCESANO DE ANIMAÇÃO BÍBLICO -

Leia mais

O sexo e o casamento. Por isso o homem deixará pai e mãe e se unirá a sua mulher, e os dois serão uma só carne Gen.2:24 e Efes.

O sexo e o casamento. Por isso o homem deixará pai e mãe e se unirá a sua mulher, e os dois serão uma só carne Gen.2:24 e Efes. Por isso o homem deixará pai e mãe e se unirá a sua mulher, e os dois serão uma só carne Gen.2:24 e Efes.5:31 Se o sexo é tão bom por que Deus limita a atividade sexual exclusivamente ao Casamento? 1.

Leia mais

Sistema de líderes WEB

Sistema de líderes WEB Para acessar o sistema de cadastro via WEB : Sistema de líderes WEB Clique aqui Se você não estiver cadastrado clique em cadastro: Clique aqui Aparecerá esta tela, por favor preencher os campos conforme

Leia mais

A cruz e a ressurreição de Jesus: perdão na família

A cruz e a ressurreição de Jesus: perdão na família Lição 1 A cruz e a ressurreição de Jesus: perdão na família Princípio de construção A base de transformação e de restauração da família é o perdão da cruz e o poder da ressurreição de Cristo. Objetivos

Leia mais

Glória! Glória! Glória! Glória ao Senhor! Glória pelos séculos sem fim!

Glória! Glória! Glória! Glória ao Senhor! Glória pelos séculos sem fim! Page 1 of 6 GUIÃO DA CELEBRAÇÃO DA 1ª COMUNHÃO 2006 Ambientação Irmãos: Neste Domingo, vamos celebrar e viver a Eucaristia com mais Fé e Amor e também de uma maneira mais festiva, já que é o dia da Primeira

Leia mais

Dízimo e ofertas Gratidão filial a Deus e partilha fraterna De Pai para filhos De filhos para Pai

Dízimo e ofertas Gratidão filial a Deus e partilha fraterna De Pai para filhos De filhos para Pai Dízimo e ofertas Gratidão filial a Deus e partilha fraterna De Pai para filhos Deus nos ama com amor de Pai. Deu-nos a vida e nos dá tudo o que é necessário para desenvolvê-la. A Abraão, pai dos crentes,

Leia mais

Importante. Deus te abençoe! Isac Sartori Gomes Liderança Geral de Jovens e Adolescentes (19) 8178 2114 (19) 3473 1844 isac@unirej.com.

Importante. Deus te abençoe! Isac Sartori Gomes Liderança Geral de Jovens e Adolescentes (19) 8178 2114 (19) 3473 1844 isac@unirej.com. Prezado Líder de Jovens e Adolescentes, Que a paz de Deus esteja com você e seus liderados! Nós da Liderança Geral de Jovens e Adolescentes, gostaríamos de colaborar com o desenvolvimento espiritual e

Leia mais

-ASSEMBLEIA PAROQUIAL- ENCONTRO DE CONFIGURAÇÃO E PROGRAMAÇÃO PASTORAL 2013-2014

-ASSEMBLEIA PAROQUIAL- ENCONTRO DE CONFIGURAÇÃO E PROGRAMAÇÃO PASTORAL 2013-2014 JOÃO PAULO II [Catedral de Lisboa, 12 de Maio de 1982], aos LEIGOS COMPROMETIDOS NA IGREJA E NO MUNDO, disse: A vossa missão de leigos, portanto, fundamentalmente é a santificação do mundo, pela vossa

Leia mais

COMUNICA IPN MINISTÉRIO DE COMUNICAÇÃO IGREJA PRESBITERIANA NACIONAL. Manual de Trabalho 2014

COMUNICA IPN MINISTÉRIO DE COMUNICAÇÃO IGREJA PRESBITERIANA NACIONAL. Manual de Trabalho 2014 COMUNICA IPN MINISTÉRIO DE COMUNICAÇÃO IGREJA PRESBITERIANA NACIONAL Manual de Trabalho 2014 Índice Clique nos itens abaixo para ir até a página do conteúdo correspondente: Abertura Apresentação Diretrizes

Leia mais

PLANO DE CAMINHADA. Modelo De Vida. Formar o caráter de cristo na vida de cada discípulo, pela manifestação do fruto do Espírito.

PLANO DE CAMINHADA. Modelo De Vida. Formar o caráter de cristo na vida de cada discípulo, pela manifestação do fruto do Espírito. PLANO DE CAMINHADA Este documento é uma visão geral da caminhada do Projeto Adoradores como Igreja local, uma Comunidade cristã de relacionamento e frutos entre irmãos que caminham debaixo do senhorio

Leia mais

NOVENA DOS PAIS QUE ORAM PELOS FILHOS

NOVENA DOS PAIS QUE ORAM PELOS FILHOS Pe. Nilton César Boni, cmf NOVENA DOS PAIS QUE ORAM PELOS FILHOS EDITORA AVE-MARIA Apresentação Aos membros da família cristã podem aplicar-se de modo particular as palavras com que Cristo promete a sua

Leia mais

NO ABRIR DA MINHA BOCA (EFÉSIOS 6:19) USO DO POWERPOINT

NO ABRIR DA MINHA BOCA (EFÉSIOS 6:19) USO DO POWERPOINT NO ABRIR DA MINHA BOCA (EFÉSIOS 6:19) USO DO POWERPOINT ACRESCENTANDO IMAGENS A APRESENTAÇÃO Algumas igrejas preferem o uso do multimídia para suas apresentações. Oferecendo a esses pastores uma apresentação

Leia mais

Geração compaixão A Revolução do Amor!

Geração compaixão A Revolução do Amor! 1 Geração compaixão A Revolução do Amor! A velocidade com que o tempo passa, nos mostra claramente a fugacidade da vida. Já estamos em 2016! E este será um ano diferente para a juventude adventista no

Leia mais

Comunidade D Descobrir (Discípulos) (Novembro/Dezembro) I Integrar (Comunidade) (Janeiro/Fevereiro/Março) P Proclamar (Evangelho) (Abril/Maio/Junho)

Comunidade D Descobrir (Discípulos) (Novembro/Dezembro) I Integrar (Comunidade) (Janeiro/Fevereiro/Março) P Proclamar (Evangelho) (Abril/Maio/Junho) Secretariado Diocesano da Pastoral Juvenil Diocese de Coimbra Ano Pastoral 2013-2014 Vós sois o corpo de Cristo e cada um, pela sua parte, é um membro (1 Cor 12,27) Enquadramento - Comunidade DIP É chegado

Leia mais

Tema 5: Vocação - um novo relacionamento Você também é Marista?

Tema 5: Vocação - um novo relacionamento Você também é Marista? Tema 5: Vocação - um novo relacionamento Você também é Marista? VOCÊ TAMBÉM É MARISTA? Um novo jeito de ser Marista: Na emergência de um novo tempo para o carisma Marista INTRODUÇÃO O relacionamento entre

Leia mais

No dia seguinte, viu João a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!

No dia seguinte, viu João a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo! SÉRIE: QUEM É JESUS? Jesus é o Cordeiro de Deus Data: / 09 / 2010 - Semana 4. No dia seguinte, viu João a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo! 1 / 7 1)

Leia mais

PROGRAMA PAROQUIAL DE PASTORAL 2009/2010

PROGRAMA PAROQUIAL DE PASTORAL 2009/2010 PROGRAMA PAROQUIAL DE PASTORAL 2009/2010 Ao iniciar o novo ano de pastoral paroquial, aceitamos o desafio que nos é feito de continuarmos a nossa caminhada de cristãos atentos aos desafios de Deus e do

Leia mais

NOVENA COM AS CRIANÇAS NOSSA SENHORA APARECIDA 2015

NOVENA COM AS CRIANÇAS NOSSA SENHORA APARECIDA 2015 1 2 COM MARIA, EM JESUS, CHEGAMOS À GLÓRIA! 5º Dia (Dia 07/10 Quarta-feira) CRIANÇA: BELEZA DA TERNURA DIVINA! Na festa de Maria, unidos neste Santuário, damos graças a Deus, por meio de Maria, pela vida

Leia mais

www.sede.umnovotempo.org.br/estudos JEJUM DO AVIVAMENTO

www.sede.umnovotempo.org.br/estudos JEJUM DO AVIVAMENTO JEJUM DO AVIVAMENTO 1 Dia do Jejum do Avivamento Leitura: Romanos 13:10 à 14 Introdução: Avivamento ou avivar é tornar mais vivo, mais desperto e renovado. O avivamento está ligado a disposição de reformar,

Leia mais

constatação, uma certeza: Só Deus para nos ajudar! Ele é o único bálsamo capaz de trazer alívio para a nossa mais profunda dor. O

constatação, uma certeza: Só Deus para nos ajudar! Ele é o único bálsamo capaz de trazer alívio para a nossa mais profunda dor. O BOLETIM Informativo da Primeira Igreja Batista de João Pessoa - Pb Nº 04 - Domingo, 03 de Maio 2015 PARA ALÉM DA DOR Todos nós, algum dia, já nos deparamos com situações diante das quais nos sentimos absolutamente

Leia mais

Encuentro sobre Mision Continental y Conversão Pastoral Buenos Aires Argentina 26 a 30 de outubro de 2009

Encuentro sobre Mision Continental y Conversão Pastoral Buenos Aires Argentina 26 a 30 de outubro de 2009 Encuentro sobre Mision Continental y Conversão Pastoral Buenos Aires Argentina 26 a 30 de outubro de 2009 Conversão Pastoral e Missão continental O Departamento Mission e espiritualidade do Celam na busca

Leia mais

Ao me sentir incomodada sobre este tema, em 2003, comecei a estudar e ensinar a Igreja sobre os princípios bíblicos relacionados à nossa capacidade

Ao me sentir incomodada sobre este tema, em 2003, comecei a estudar e ensinar a Igreja sobre os princípios bíblicos relacionados à nossa capacidade INTRODUÇÂO Ao longo da minha vida ministerial sempre me senti incomodada com o fato de que a maioria dos cristãos vive uma vida bem abaixo do que é ensinado na Bíblia e nos púlpitos, e muito diferente

Leia mais

IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS

IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS I. Nas celebrações do Tempo Advento Deus omnipotente e misericordioso, que vos dá a graça de comemorar na fé a primeira vinda do seu Filho Unigénito e de esperar

Leia mais

O primeiro texto em II Rs 6:1 7 (versão RA), onde um servo perdeu um machado e o profeta Eliseu faz um ato profético e o machado flutua.

O primeiro texto em II Rs 6:1 7 (versão RA), onde um servo perdeu um machado e o profeta Eliseu faz um ato profético e o machado flutua. Vigie com os Valores e Ferramentas espirituais. Veremos dois textos que falam sobre perda, e tiraremos a lição para nossas vidas, para Não perdermos o que Deus já nos deu, e para que isso não aconteça,

Leia mais

ESCOLA DE PASTORAL CATEQUÉTICA ESPAC

ESCOLA DE PASTORAL CATEQUÉTICA ESPAC ESCOLA DE PASTORAL CATEQUÉTICA ESPAC 1. ESPAC O QUE É? A ESPAC é uma Instituição da Arquidiocese de Fortaleza, criada em 1970, que oferece uma formação sistemática aos Agentes de Pastoral Catequética e

Leia mais

Repasse da 76a. Assembléia da CNBB Sul I Aparecida de 10 a 12/06/2013

Repasse da 76a. Assembléia da CNBB Sul I Aparecida de 10 a 12/06/2013 Repasse da 76a. Assembléia da CNBB Sul I Aparecida de 10 a 12/06/2013 1. Finalidade do Ano da Fé; 2. O que é a Fé; 3. A transmissão da Fé enquanto professada, celebrada, vivida e rezada; 4. O conteúdo

Leia mais

Secretaria de Espiritualidade. Colaborar com a Presidente no planejamento da atividade de toda parte devocional da Sociedade.

Secretaria de Espiritualidade. Colaborar com a Presidente no planejamento da atividade de toda parte devocional da Sociedade. Secretaria de Espiritualidade Colaborar com a Presidente no planejamento da atividade de toda parte devocional da Sociedade. O que é liturgia? Roteiro do Culto; Ordem do Culto; Levar as pessoas a disposição

Leia mais