Lição 13. HEBREUS, TIAGO e 1 PEDRO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Lição 13. HEBREUS, TIAGO e 1 PEDRO"

Transcrição

1 Lição 13 HEBREUS, TIAGO e 1 PEDRO Introdução Até aqui, já vimos os Evangelhos, o Livro de Atos e as Cartas Paulinas. Aproximamosnos do final do Novo Testamento, onde ainda veremos as Cartas Gerais, a partir dessa lição e Apocalipse A Profecia do Final dos Tempos. Com exceção de Hebreus, as demais epístolas gerais adquirem os nomes dos seus autores e não dos seus destinatários, como foi com as cartas paulinas. As Cartas Gerais são compostas por: Aos Hebreus; Tiago; 1 e 2 Predro; 1, 2, 3 João; e Judas; totalizando 8 cartas. Elas são chamadas assim, por causa de não definirem os seus destinatários de maneira tão específica como as cartas paulinas. Se os Evangelhos e Atos se constituem como o fundamento da igreja; as Cartas Paulinas, as paredes doutrinárias; as Cartas Gerais são como um cercado ao redor do edifício da igreja. Essa cerca se constitui, especialmente por duas barras sustentadoras: Defesa contra ataques externos (sofrimento e perseguições); e Defesa contra ataques internos (heresias e falsos mestres). As cartas aos Hebreus, Tiago e 1 Pedro geralmente trabalham mais a primeira defesa; enquanto que as cartas de 2 Pedro, 1, 2, 3 João e Judas reforçam a segunda defesa. 1. Hebreus A carta aos Hebreus é uma das que mais trazem discussões a respeito da autoria. Alguns defendem que seja Barnabé, o companheiro de Paulo; outros, que é o próprio Paulo; outros, ainda, que seja Lucas, Clemente, Silvano, ou Apolo. O certo é que a autoria dessa carta não possui uma convergência dentro do cristianismo ortodoxo. Se o autor não é conhecido, ao menos se sabe que os destinatários são judeus que se converteram ao judaísmo e que, por causa das lutas, das perseguições na era primitiva do cristianismo, começavam a retornar ao judaísmo. Esses cristãos hebreus ainda se mostravam imaturos na fé (5.11), o que motivou o autor dessa carta a escrever, por volta de 65 a 69 a.c., para ressaltar a gravidade da conduta deles ao desejarem retornar ao judaísmo.

2 Portanto, o motivo maior da carta aos Hebreus é confortar os cristãos hebreus em meio às tribulações da sua época e lembrá-los que o abandono da fé era um erro grave, pois desconsiderava a supremacia de Cristo diante dos sistemas religiosos, como o judaísmo. Por isso, o tema dessa carta pode ser assim definido: Cristo supremo ao judaísmo e à velha aliança. As principais contribuições dessa carta na revelação de Deus são: Encorajar a fé dos crentes em Cristo; Alertar sobre os perigos de se afastar de Cristo; Revelar o relacionamento do AT com o NT; e Exaltar a pessoa e obra de Cristo. Dentre os aspectos importantes da carta, podemos ressaltar alguns, como: É o volume que mais possui menções ao Antigo Testamento no Novo Testamento, juntamente com Apocalipse. Possui o maio volume de advertências de todo o Novo Testamento (2.1-4; ; ; ; ). É denominado o Quinto Evangelho, pelo seu caráter cristocêntrico (doutrina de Cristo) e soteriológico (doutrina a salvação). Cristo é apresentado como superior aos profetas (1.1-3); aos anjos ( ); a Moisés; a Josué; a Arão; e à Lei. 3. Tiago Como o próprio título indica, a carta tem como autor Tiago, o meio-irmão de Jesus (Mc 6.3; Jd 1; Gl 1.19; Mt 13.55; At 12.17; 21.18), filho de Maria e José, após o nascimento do Filho de Deus. E foi escrita, por volta de 45 d.c. (sendo considerada o primeiro escrito do NT), para os judeus convertidos a Cristo, espalhados pelo mundo (1.1,2; 2.1). O principal propósito da carta é encorajar aplicação a do cristianismo na vida diária, como prova de uma fé genuína. Por Tiago, percebe-se que sua firma-se teologia na dependência de Deus, que conduz o homem a uma vida prática de piedade, seja, pela postura correta ao lidar com as dificuldades; pelo uso das suas palavras; pela compaixão com o semelhante; e pela santidade. Ao contrário do que alguns possam supor a fé prática defendida por Tiago não contradiz a salvação pela graça, exposta por Paulo, mas completa a ideia de que a graça produz no salvo uma vida prática. Sobre isso, Kaiser Jr. comenta: a relação entre fé e obras consiste no fato de que a verdadeira fé é complementada por sinais que confirmam sua realidade e também pela forma como ela se manifesta nos hábitos do coração e no estilo de vida da pessoa. [...] O crente está naturalmente obrigado a obedecer tanto à lei moral quanto às leis de santidade (não, porém, para sua salvação), pois é dessa forma que ele demonstra a genuinidade de sua fé. [...] Não há oposição, portanto, entre o evangelho encontrado no plano da

3 promessa de Deus e em sua lei moral (2011, p. 269, 271). Como isso, uma relevância dessa carta que merece destaque é que ela descarta a ideia de que a fé verdadeira existe sem transformação de vida. Além disso, é considerada uma das mais práticas de todo o Novo Testamento, tratando da tentação, do uso da língua, da prática de amor, da acepção de pessoas, da falta de dependência de Deus, da riqueza, da oração, da humildade e das contendas. Por causa do seu caráter prático, tem forte semelhança com o Sermão do Monte (Mt 5-7) Pedro O autor dessa carta é o apóstolo Pedro, que depois da ascensão de Cristo, tornou-se um importante líder da igreja. Os destinatários do apóstolo eram as igrejas da Ásia Menor (região das sete igrejas do Apocalipse), judeus convertidos a Cristo e gentios. Semelhante a carta de Tiago, a carta 1Pedro é uma carta de consolo e encorajamento aos santos que sofriam por causa de Cristo. Sobre a carta, vale a menção de um trecho que retrata bem essa disposição do apóstolo: Pedro retorna ao tema da necessidade de suportar a perseguição em 1Pedro Certamente o Senhor sabia que havia sido seu zelo pela justiça que trouxera tanto sofrimento, mas com isso eles simplesmente seguiam as pegadas de Jesus, que era inocente e também sofreu por nós (4.1). Portanto, sempre que os seus inimigos os desafiavam com falsas acusações e os perseguiam por causa de sua fé em Cristo, eles não devia se surpreender ( ). Desse modo, participavam dos sofrimentos de Cristo (4.13). Além disso, não tinham do que se envergonhar (4.16) (KAISER JR., 2011, p. 356). A santidade prática, também, é um chamamento dessa carta, o que evidencia que um cristianismo autêntico não se distancia de uma vida piedosa, isto é, coerente à vontade de Deus. Aprendizados Práticos Dentre os ensinos das cartas estudadas nessa lição, alguns merecem reflexão para mudança de conduta pessoal, como: - Já parei para pensar como seria a minha vida cristã se algum sofrimento me alcançasse? Qual seria minha reação, de alegria ou amargura? O sofrimento revela bem o meu coração e meu relacionamento com Deus. - Como lido com a submissão à autoridade? Sempre desejo ter a última palavra ou me adequo às autoridades sobre a minha vida, inclusive dentro da igreja. - Minha fé tem produzido frutos de santidade? Ou meu cristianismo não passa de uma declaração sem vida? A verdadeira fé produz frutos práticos. - Quais são as prioridades da minha vida? Essas prioridades são relacionadas ao reino de Deus ou às minhas vontades? - Tenho reconhecido, na prática, quem é Jesus Cristo ou meu cristianismo é tão superficial que não sei os motivos pelos quais Cristo realmente é superior? Exercícios propostos 1. Quais são os três ofícios que Jesus Cristo demonstrou a sua superioridade na carta aos Hebreus? 2. Comente o que significa apostasia baseado na carta aos Hebreus? E quais as consequências dessa atitude? 3. Em que Hebreus ajuda a compreender a relação entre o Novo e o Antigo Testamentos?

4 4. Paulo e Tiago entraram em contradição no que refere-se à fé cristã? 5. O que significa o termo ungir em Tiago 5.14? Qual é o contexto desse versículo? Qual é o sentido do termo doente? 6. Relacione a carta de Tiago com a de Pedro. Quais as semelhanças?

5 FONTES DE CONSULTA Bíblia de estudo MacArthur. Barueri, SP. Sociedade Bíblica do Brasil, Bíblia de estudo NVI. São Paulo: Editora Vida, Apostila de Síntese do Novo Testamento, SBPV, KAISER JR., Walter C. O plano da promessa de Deus: teologia bíblica do Antigo e Novo Testamentos. São Paulo: Vida Nova, PINTO, C. O. C. Foco e desenvolvimento no Novo Testamento. São Paulo: Hagnos, RYRIE, C. C. A Bíblia anotada: edição expandida. ed. rev. e expandida. São Paulo: Mundo Cristão; Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 2007.

Lição 5 ATOS 1. Atos destinado a Teófilo período 63 d.c apóstolo Pedro apóstolo Paulo Atos do Espírito Santo que Jesus operou por meio da igreja

Lição 5 ATOS 1. Atos destinado a Teófilo período 63 d.c apóstolo Pedro apóstolo Paulo Atos do Espírito Santo que Jesus operou por meio da igreja Lição 5 ATOS 1. Atos O livro de Atos foi o segundo escrito por Lucas, também destinado a Teófilo. Acredita-se que originalmente não tivesse título, sendo inserido Atos ou Atos dos Apóstolos nos manuscritos

Leia mais

APÓCRIFOS LIVROS APÓCRIFOS. Aula 1 Introdução. Guilherme A. Wood. Guilherme Wood

APÓCRIFOS LIVROS APÓCRIFOS. Aula 1 Introdução. Guilherme A. Wood. Guilherme Wood LIVROS APÓCRIFOS Aula 1 Introdução Guilherme A. Wood Perguntas: Por que a Bíblia contém estes livros? Por que a Bíblia Católica contém alguns livros a mais? Por que alguns outros livros despertam o interesse

Leia mais

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI)

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) Teologia Bíblica da Missão de Deus RELEMBRAR A MISSÃO NOS EVANGELHOS 1. Jesus Cristo homem é o exemplo padrão para o exercício da Missão de Deus (intimidade

Leia mais

NOVO TESTAMENTO! Nome: Mateus! O livro de Mateus mostra como Jesus é o santo Rei-Messias através das profecias cumpridas.!

NOVO TESTAMENTO! Nome: Mateus! O livro de Mateus mostra como Jesus é o santo Rei-Messias através das profecias cumpridas.! NOVO TESTAMENTO Nome: Mateus Autor: Mateus, cobrador de impostos antes de ser discípulo Audiência: Judeus O livro de Mateus mostra como Jesus é o santo Rei-Messias através das profecias cumpridas. Esboço:

Leia mais

Evangelhos e atos. Observações

Evangelhos e atos. Observações NOVO TESTAMENTO Muitas vezes e de diversos modos outrora falou Deus aos nossos pais pelos profetas. Ultimamente nos falou por seu Filho (Hebreus 1,1-2) EVANGELHOS E ATOS Evangelhos e atos Os melhores recursos

Leia mais

OS LIVROS POÉTICOS PROVÉRBIOS E ECLESIASTES

OS LIVROS POÉTICOS PROVÉRBIOS E ECLESIASTES Lição 11 OS LIVROS POÉTICOS PROVÉRBIOS E ECLESIASTES Introdução Tanto Provérbios como Eclesiastes são livros de sabedoria, pois desertam os jovens e as demais pessoas a viverem segundo a sabedoria de Deus

Leia mais

LIÇÃO 1 Por que liderança masculina? Atos 14.23; Tito 1.5-9

LIÇÃO 1 Por que liderança masculina? Atos 14.23; Tito 1.5-9 LIÇÃO 1 Por que liderança masculina? Atos 14.23; Tito 1.5-9 1. Considerando as grandes mudanças ocorridas na sociedade, como a igreja deve responder a elas à luz do ensino do NT? A resposta é se adequar

Leia mais

evangelho de Jesus Cristo revelado na carta aos Romanos

evangelho de Jesus Cristo revelado na carta aos Romanos O Tema do trimestre: Maravilhosa graça O evangelho de Jesus Cristo revelado na carta aos Romanos O Estudo da epístola de Paulo aos Romanos, um dos livros mais analisados na história da Igreja (Agostinho,

Leia mais

LIÇÃO 3 A SEGUNDA VINDA DE CRISTO O ARREBATAMENTO DA IGREJA. Prof. Lucas Neto

LIÇÃO 3 A SEGUNDA VINDA DE CRISTO O ARREBATAMENTO DA IGREJA. Prof. Lucas Neto LIÇÃO 3 A SEGUNDA VINDA DE CRISTO O ARREBATAMENTO DA IGREJA Prof. Lucas Neto A GLÓRIA É DE DEUS INTRODUÇÃO O ARREBATAMENTO DA IGREJA O arrebatamento da igreja do Senhor Jesus, será o mais extraordinário

Leia mais

APÓCRIFOS LIVROS APÓCRIFOS. Aula 4 Canônicos e Apócrifos do Novo Testamento. Guilherme A. Wood. Guilherme Wood

APÓCRIFOS LIVROS APÓCRIFOS. Aula 4 Canônicos e Apócrifos do Novo Testamento. Guilherme A. Wood. Guilherme Wood LIVROS APÓCRIFOS Aula 4 Canônicos e Apócrifos do Novo Testamento Guilherme A. Wood Perguntas: Por que a Bíblia contém 27 livros no NT? Por que alguns outros livros despertam o interesse de sites na internet

Leia mais

Devocional. Céus Abertos Pastor Carlito Paes

Devocional. Céus Abertos Pastor Carlito Paes BÍBLIA Devocional Céus Abertos Pastor Carlito Paes 2 ROTEIRO BÍBLIA: ENTENDENDO A PALAVRA DE DEUS O que devo conhecer sobre a bíblia? Diversidade dos Autores Condições de alguns autores quando foram inspirados

Leia mais

CARTAS GERAIS MÓDULO 1 REVISÃO GERAL E INTRODUÇÃO

CARTAS GERAIS MÓDULO 1 REVISÃO GERAL E INTRODUÇÃO NOVO TESTAMENTO IV CARTAS GERAIS MÓDULO 1 REVISÃO GERAL E INTRODUÇÃO BÍBLIA 66 LIVROS (39 AT e 27 NT) ESCRITOS EM ± 1600 ANOS POR ± 40 PESSOAS ÉPOCAS, NÍVEIS SOCIAIS, CULTURAS, LOCAIS E PROFISSÕES DIFERENTES

Leia mais

OS LIVROS PROFÉTICOS JOEL, OBADIAS E MIQUÉIAS

OS LIVROS PROFÉTICOS JOEL, OBADIAS E MIQUÉIAS Lição 17 OS LIVROS PROFÉTICOS JOEL, OBADIAS E MIQUÉIAS Introdução Joel, Obadias e Miquéias, foram entre os profetas menores, assim como Oséias, Amós e Jonas, aqueles que exerceram os seus ministérios antes

Leia mais

LIÇÃO 3 - O DIA DO SENHOR. Prof. Lucas Neto

LIÇÃO 3 - O DIA DO SENHOR. Prof. Lucas Neto LIÇÃO 3 - O DIA DO SENHOR Prof. Lucas Neto A GLÓRIA É DE DEUS INTRODUÇÃO O DIA DO SENHOR EM TODAS AS ÉPOCAS O dia do Senhor representou para Judá e Israel um severo julgamento devido a altivez humana que

Leia mais

OS LIVROS POÉTICOS CÂNTICO DOS CÂNTICOS

OS LIVROS POÉTICOS CÂNTICO DOS CÂNTICOS Lição 12 OS LIVROS POÉTICOS CÂNTICO DOS CÂNTICOS Introdução Se existe um livro da Bíblia que mais retrata, de maneira direta, o amor entre um homem e uma mulher, com certeza esse livro é Cântico dos Cânticos.

Leia mais

Aula 7 : 22/Mar/2015. Te m a d a A u l a O Evangelho de João Proclamando Fé em Jesus como única fonte de salvação

Aula 7 : 22/Mar/2015. Te m a d a A u l a O Evangelho de João Proclamando Fé em Jesus como única fonte de salvação Te m a G e r a l A h i s t ó r i a d e J e s u s V i d a e M i n i s t é r i o Aula 7 : 22/Mar/2015 Te m a d a A u l a Escola Bíblica Dominical COXIPÓ lorikrama@hotmail.com Visão Geral Título Autoria Datação

Leia mais

LIÇÃO 1 A LEI E A ALIANÇA Êxodo 19

LIÇÃO 1 A LEI E A ALIANÇA Êxodo 19 LIÇÃO 1 A LEI E A ALIANÇA Êxodo 19 1. Antes de entregar a lei, Deus já havia feito uma aliança com o povo. Em Êxodo 19.1-4, Deus lembra o povo do seu pacto, confirmado demonstrado em um fato. Qual é o

Leia mais

A 2 3:18 PNEUMATOLOGIA

A 2 3:18 PNEUMATOLOGIA VASOS DE OURO Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém. 2 Pe. 3:18 PNEUMATOLOGIA OS DONS DO

Leia mais

CALENDÁRIO ACADÊMICO Janeiro 2016 Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb 1 2. Fevereiro 2016

CALENDÁRIO ACADÊMICO Janeiro 2016 Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb 1 2. Fevereiro 2016 Janeiro 2016 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 31 Início das Aulas com a disciplina PALAVRA VIVA Fevereiro 2016 1 2 3 4 5 6 7 8 9 l 10 11 12 13 14 15 16

Leia mais

O Apocalipse de João foi feito para incitar a esperança, e não o pavor.

O Apocalipse de João foi feito para incitar a esperança, e não o pavor. LIÇÃO 01 O PONTO DE PARTIDA Texto Bíblico: Apocalipse 1.1-3 Objetivos: Desenvolver interesse em estudar o livro de Apocalipse. Entender que o objetivo do livro do Apocalipse não é trazer medo, mas esperança

Leia mais

INTRODUÇÃO AO NOVO TESTAMENTO

INTRODUÇÃO AO NOVO TESTAMENTO Lição 1 INTRODUÇÃO AO NOVO TESTAMENTO Por que Novo Testamento? O termo Novo Testamento vem da ideia da nova aliança de Deus com a humanidade por meio de Jesus Cristo. As alianças, testamentos, contratos

Leia mais

Módulo III O que anuncia a Catequese?

Módulo III O que anuncia a Catequese? Módulo III O que anuncia a Catequese? Diocese de Aveiro Objectivos Tomar consciência da realidade complexa do ser humano a quem levamos, hoje, uma Boa Nova. Compreender a importância da Sagrada Escritura

Leia mais

E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É me dado todo o poder no céu e na terra.

E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É me dado todo o poder no céu e na terra. Casas Abertas Estudos Diversos Batismo O batismo cristão é uma de duas ordenanças que Jesus instituiu para a igreja: E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É me dado todo o poder no céu e na terra.

Leia mais

Janeiro 2016 Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb. Fevereiro 2016 Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb

Janeiro 2016 Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb. Fevereiro 2016 Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro 2016 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 31 Início das Aulas com a disciplina PALAVRA VIVA. Fevereiro 2016 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16

Leia mais

As epístolas de João e de Judas

As epístolas de João e de Judas FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro I Cristianismo e Espiritismo Módulo II O Cristianismo As epístolas de João e de Judas Roteiro 18 Objetivo Analisar, à luz do

Leia mais

A CONFIABILIDADE E A AUTORIDADE DAS ESCRITURAS. Augustus Nicodemus Lopes

A CONFIABILIDADE E A AUTORIDADE DAS ESCRITURAS. Augustus Nicodemus Lopes A CONFIABILIDADE E A AUTORIDADE DAS ESCRITURAS Augustus Nicodemus Lopes O ATAQUE LIBERAL Ataques feitos à Bíblia em nossos dias. O ataque do liberalismo teológico. Johan Solomo Semler (séc. XVIII) distinção

Leia mais

Janeiro Fevereiro 2017

Janeiro Fevereiro 2017 Janeiro 2017 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 23/01 Início das Aulas com a disciplina PALAVRA VIVA 23/01 a 28/01 - Histórico da Bíblia / Bíblia, a Palavra

Leia mais

1. DUAS SEMANAS SOBRE A VIDA E OS ENSINOS DE JESUS

1. DUAS SEMANAS SOBRE A VIDA E OS ENSINOS DE JESUS PLANO DE LEITURA DA BÍBLIA PRIMEIRA SEQUÊNCIA: INTRODUÇÃO À BÍBLIA TEMPO NECESSÁRIO: Duas semanas OBJETIVO: Obter um conhecimento geral dos fundamentos bíblicos A Primeira Sequência é para quem está começando

Leia mais

O AUTOR ROMANOS. Contextos e Particularidades AULA 1 INTRODUÇÃO. Objetivos do Curso PAULO. O Apóstolo Paulo. Fortalecimento da Fé (2Pe 1:1-10)

O AUTOR ROMANOS. Contextos e Particularidades AULA 1 INTRODUÇÃO. Objetivos do Curso PAULO. O Apóstolo Paulo. Fortalecimento da Fé (2Pe 1:1-10) ROMANOS AULA 1 A REVELAÇÃO E A APLICAÇÃO DA JUSTIÇA DE DEUS Professor: Vlademir Hernandes vlademir@ibcu.org.br 1 2 Objetivos do Curso Fortalecimento da Fé (2Pe 1:1-10) Conhecimento frutífero Capacitação

Leia mais

TEXTO DO DIA. "Portanto, irmãos, procurai, com zelo, profetizar e não proibais falar línguas." (1 Co 14.39)

TEXTO DO DIA. Portanto, irmãos, procurai, com zelo, profetizar e não proibais falar línguas. (1 Co 14.39) TEXTO DO DIA "Portanto, irmãos, procurai, com zelo, profetizar e não proibais falar línguas." (1 Co 14.39) SÍNTESE Os dons espirituais são presentes dados por Deus à sua Igreja para edificação do Corpo

Leia mais

No contexto da fé cristã, a teologia não é o estudo de Deus como algo abstrato, mas é o estudo do Deus pessoal revelado na Escritura.

No contexto da fé cristã, a teologia não é o estudo de Deus como algo abstrato, mas é o estudo do Deus pessoal revelado na Escritura. Franklin Ferreira No contexto da fé cristã, a teologia não é o estudo de Deus como algo abstrato, mas é o estudo do Deus pessoal revelado na Escritura. Necessariamente isso inclui tudo o que é revelado

Leia mais

O Reino de Deus. Estudo Bíblico e Sistemático

O Reino de Deus. Estudo Bíblico e Sistemático O Reino de Deus Estudo Bíblico e Sistemático Antigo Testamento Sl 103.19 Deus é visto como o rei da criação, tendo domínio sobre todos os aspectos da criação (inanimados, animados e humanos). Ao criar

Leia mais

Filtro dos sonhos com salmos: inspire-se!

Filtro dos sonhos com salmos: inspire-se! Filtro dos sonhos com salmos: inspire-se! Receita exclusiva de filtro dos sonhos com salmos! A receita é simples: AFASTE OS PESADELOS E ATRAIA BONS PENSAMENTOS! Essa receita é exclusiva e usa a força de

Leia mais

A Segunda Epístola a Timóteo

A Segunda Epístola a Timóteo A Segunda Epístola a Timóteo Um Guia de Estudo com Comentários Introdutórios, Resumos, Esboços e Perguntas de Revisão Estudo Preparado por Mark A. Copeland Distribuição Gratuita Venda Proibida A Segunda

Leia mais

Lição n.º 6 - A UNIDADE DA BÍBLIA

Lição n.º 6 - A UNIDADE DA BÍBLIA Lição n.º 6 - A UNIDADE DA BÍBLIA Lição n.º 6 (Início) Objeto de estudo: Reconhecer o fato de que a unidade da Bíblia é uma das provas de sua autenticidade! 1 Versículo-chave: Cl 1.26-27 O ministério que

Leia mais

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI)

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) Teologia Bíblica da Missão de Deus Paulo Adolfo O problema do mal O problema do mal Precisamos, minimamente, pincelar sobre o Problema do Mal (ou pelo menos

Leia mais

LISTAGEM DAS COLEÇÕES DE AUDIOS

LISTAGEM DAS COLEÇÕES DE AUDIOS R LISTAGEM DAS COLEÇÕES DE AUDIOS C001 Conferências de Set 2001 A Vida no Reino Delcio Meireles 8 C002 Conferências de Nov 2001 A Restauração Delcio Meireles 5 C003 Conferências de Mar 2002 Apocalipse

Leia mais

JÁ COMEÇOU! Livra-me das redes. Salmo 141:9 NTLH

JÁ COMEÇOU! Livra-me das redes. Salmo 141:9 NTLH JÁ COMEÇOU! Livra-me das redes Salmo 141:9 NTLH DESLIGUE AS REDES SOCIAIS! Coloque no modo avião, ou no modo NÃO PERTURBE Separe esta hora para ouvir somente a Deus! SÉRIE FÉ, MATURIDADE E SABEDORIA NO

Leia mais

As epístolas de Paulo (1)

As epístolas de Paulo (1) FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro I Cristianismo e Espiritismo Módulo II O Cristianismo Roteiro 14 As epístolas de Paulo (1) Objetivos Assinalar características

Leia mais

A História do Culto Cristão

A História do Culto Cristão A História do Culto Cristão Uma Breve análise da adoração cristã à luz do seu desenvolvimento litúrgico no decorrer dos séculos Rev. Mauro Renato Rio, 25 de Julho de 2008 Igreja Presbiteriana de Vila Califórnia

Leia mais

PARA NÃO ESQUECER. Blog IEBU:

PARA NÃO ESQUECER. Blog IEBU: Duas tarefas realizadas na aula anterior: 1ª) memorizar o versículo-chave; 2ª) Aprender a classificar os livros do Antigo Testamento, enumerandoos sequencialmente. Parabéns à classe! Blog IEBU: www.iebu.wordpress.com

Leia mais

Orando novamente: Fortalecimento e conhecimento de Deus. Ef 3: Presb. Cícero Nogueira Martins

Orando novamente: Fortalecimento e conhecimento de Deus. Ef 3: Presb. Cícero Nogueira Martins Orando novamente: Fortalecimento e conhecimento de Deus Ef 3: 14-21 Presb. Cícero Nogueira Martins 1 Efésios - Esboço Louvor pela redenção 1.1-14 Oração por revelação 1.15-23 Posição do cristão 2.1-3.13

Leia mais

Cristo e a Sua Gloriosa Igreja. Uma Exposição da Carta aos Efésios. (10ª Mensagem) Ef

Cristo e a Sua Gloriosa Igreja. Uma Exposição da Carta aos Efésios. (10ª Mensagem) Ef Cristo e a Sua Gloriosa Igreja Uma Exposição da Carta aos Efésios (10ª Mensagem) Ef 3.1-13 No Cap.2.11-22 vimos que Deus por meio do sacrifício de Jesus constituiu para Si mesmo a Sua Igreja composta de

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE

CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE AULA 6: SOTERIOLOGIA Baseado em Jeremias 9: 24, a Igreja Pentecostal Deus é Amor oferece a você, obreiro, a oportunidade aprofundar seu conhecimento na palavra de Deus

Leia mais

Introdução ao Novo Testamento

Introdução ao Novo Testamento Introdução ao Novo Testamento Prof. Roney Ricardo roneycozzer@hotmail.com Site Teologia & Discernimento A Autoridade do Novo Testamento Em Jesus, os primeiros cristãos tinham descoberto a realidade para

Leia mais

Pr. Jaziel Rodrigues,

Pr. Jaziel Rodrigues, www.ierueti.ch Pr. Jaziel Rodrigues, 13.03.2016 Introdução 1: A palavra «Apocalipse» quer dizer Revelação. Por isso este livro é conhecido também como: «A Revelação de Deus ao apóstolo João» (1.1) Foi

Leia mais

Olá amigo estamos iniciando mais um programa da série Através da Bíblia e nos sentimos

Olá amigo estamos iniciando mais um programa da série Através da Bíblia e nos sentimos Olá amigo estamos iniciando mais um programa da série Através da Bíblia e nos sentimos muito contentes por que você está nos dando o privilégio da sua audiência. Hoje 1 especialmente nos alegramos, pois

Leia mais

PARÓQUIA SANTA RITA DE CÁSSIA DIOCESE DE JUNDIAÍ

PARÓQUIA SANTA RITA DE CÁSSIA DIOCESE DE JUNDIAÍ PARÓQUIA SANTA RITA DE CÁSSIA DIOCESE DE JUNDIAÍ Material Estudo Bíblico Parte I Apresentação Pe Antônio 24/08 A BÍBLIA SAGRADA Palavra de Deus. Deus fala ao seu povo Deus se revela, se manifesta, intervém

Leia mais

As epístolas de Paulo (3)

As epístolas de Paulo (3) As epístolas de Paulo (3) Roteiro 16 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro I Cristianismo e Espiritismo Módulo II O Cristianismo Objetivo Analisar os principais ensinos

Leia mais

APOCALIPSE APOCALIPSE, UMA MENSAGEM URGENTE PARA A IGREJA

APOCALIPSE APOCALIPSE, UMA MENSAGEM URGENTE PARA A IGREJA APOCALIPSE 1.1-8 APOCALIPSE, UMA MENSAGEM URGENTE PARA A IGREJA INTRODUÇÃO Dois fatores contribuem para que muitos crentes evitem o livro de Apocalipse: a) A idéia de que ele é um livro selado, que trata

Leia mais

IDENTIDADE. Jovem, Igreja e Sociedade Paulo Alves

IDENTIDADE. Jovem, Igreja e Sociedade Paulo Alves IDENTIDADE Jovem, Igreja e Sociedade Paulo Alves EFÉSIOS 4.17-24 Jovem, Igreja e Sociedade Paulo Alves 17 Assim, eu lhes digo, e no Senhor insisto, que não vivam mais como os gentios, que vivem na futilidade

Leia mais

EVANGELHOS DE MATEUS E MARCOS

EVANGELHOS DE MATEUS E MARCOS Lição 3 EVANGELHOS DE MATEUS E MARCOS 1. Mateus O Evangelho de Mateus recebe o nome do seu autor, que significa presente do Senhor. Mateus foi um judeu, coletor de impostos para o governo romano, ou seja,

Leia mais

O Rev. Ronaldo Lidório comentou esse texto e trabalhou a MISSÃO.

O Rev. Ronaldo Lidório comentou esse texto e trabalhou a MISSÃO. 1 O LIVRO E O CORDEIRO O Rev. Ronaldo Lidório comentou esse texto e trabalhou a MISSÃO. 1) A Missão do Pai é Reinar 2) A Missão do Filho é Pagar o Preço; 3) A Missão da Igreja é servir ao Cordeiro Jesus.

Leia mais

A leitura da Bíblia. questões centrais

A leitura da Bíblia. questões centrais questões centrais O que é a Bíblia? Quem é o autor e como escreveu? O que é o tema central? Por quê devo lê-la? Quando devo lê-la? Como? Requisitos? Como? Ajuda? Um novo propósito! o que é a Bíblia (1)

Leia mais

BIBLIOLOGIA IV Epístolas e Apocalipse. Prof. Eloi Pereira dos Santos Faesp Extensão Mairiporã

BIBLIOLOGIA IV Epístolas e Apocalipse. Prof. Eloi Pereira dos Santos Faesp Extensão Mairiporã BIBLIOLOGIA IV Epístolas e Apocalipse Prof. Eloi Pereira dos Santos Faesp Extensão Mairiporã Objetivos da Disciplina Facilitar o estudo, compreensão e o uso adequado da Bíblia. Familiarizar o aluno com

Leia mais

IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA. MÓDULO I - O NOVO TESTAMENTO Aula XV AS CARTAS DE TIAGO E GÁLATAS

IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA. MÓDULO I - O NOVO TESTAMENTO Aula XV AS CARTAS DE TIAGO E GÁLATAS IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA MÓDULO I - O NOVO TESTAMENTO Aula XV AS CARTAS DE TIAGO E GÁLATAS A LITERATURA DE PROTESTO A controvérsia a respeito da circuncisão obrigatória

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA A PASTORAL DO DÍZIMO

ORIENTAÇÕES PARA A PASTORAL DO DÍZIMO ORIENTAÇÕES PARA A PASTORAL DO DÍZIMO Sumário Introdução 1. A compreensão do dízimo 1.1 Os fundamentos do dízimo 1.2 O que é o dízimo? 1.3 As dimensões do dízimo 1.4 As finalidades do dízimo 2. Orientações

Leia mais

3. Introdução do Livro Depois de ter estudado agora leia a introdução ao livro de Filemom que está no final da lição.

3. Introdução do Livro Depois de ter estudado agora leia a introdução ao livro de Filemom que está no final da lição. Estudando Filemon 1. Competência a ser construída: Criar o hábito de estudar a Bíblia. A prática constrói o hábito! Encontro 05 2. Ouvindo os alunos A maior riqueza desse encontro é ver e ouvir o que os

Leia mais

BÊNÇÃOS DECORRENTES DO MINISTÉRIO PASTORAL

BÊNÇÃOS DECORRENTES DO MINISTÉRIO PASTORAL Lição nº 11 BÊNÇÃOS DECORRENTES DO MINISTÉRIO PASTORAL Pr. Roberto Monteiro Castro 14 DE JUNHO 2015 Texto Áureo Obedecei a vossos pastores, e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossas almas, como aqueles

Leia mais

PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA CRISTOLOGIA BÍBLICA

PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA CRISTOLOGIA BÍBLICA Lição 8 PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA CRISTOLOGIA BÍBLICA Pr. Marcel Mendes Filho Texto Áureo A eles quis Deus dar a conhecer entre os gentios a gloriosa riqueza deste mistério, que é Cristo em vocês, a esperança

Leia mais

Se Jesus ressuscitou, onde estão as testemunhas?

Se Jesus ressuscitou, onde estão as testemunhas? Se Jesus ressuscitou, onde estão as testemunhas? 1 Coríntios 15.1-11 1. Irmãos, quero lembrar-lhes o evangelho que lhes preguei, o qual vocês receberam e no qual estão firmes. 2. Por meio deste evangelho

Leia mais

Pensamento básico a) Origem no Antigo Testamento

Pensamento básico a) Origem no Antigo Testamento IGREJA Origem Pensamento básico a) Origem no Antigo Testamento - O Tabernáculo prefigura a Igreja; - O sistema sacrificial dá base para as relações e culto da Igreja; - O sacerdócio origina o ministério.

Leia mais

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL ESTUDO 7 satanás como acusador O mundo, a carne e o diabo Palavra Viva O mundo, a carne e o diabo SANTIFICAÇÃO Nossos três grandes inimigos: O M U N D O A C A R N E O D I A B O

Leia mais

LINHA DO TEMPO DE EVENTOS BÍBLICOS IMPORTANTES. Esta breve linha do tempo representa os eventos-chave cobertos pela Bíblia:

LINHA DO TEMPO DE EVENTOS BÍBLICOS IMPORTANTES. Esta breve linha do tempo representa os eventos-chave cobertos pela Bíblia: Você se sentirá mais confiante sobre seus estudos bíblicos quando vir a linha do tempo dos eventos importantes narrados na Bíblia, tiver uma compreensão dos livros que a compõem e como eles são organizados,

Leia mais

domingo, 10 de novembro de 13

domingo, 10 de novembro de 13 A n é s i o R o d r i g u e s João 14:26,27 Livres da religião do medo e das maldições João 14:26,27 Mas o Conselheiro, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, lhes ensinará todas as coisas João

Leia mais

Importância da Ressurreição de Cristo

Importância da Ressurreição de Cristo Introdução à 22/08/2011 A doutrina de Cristo segundo as escrituras Importância da Ressurreição de Cristo O que as escrituras afirmam sobre a ressurreição de Cristo? 1. Doutrina fundamental do Cristianismo:

Leia mais

Lição nº 3 VERDADE SOBRE A UNÇÃO ESPIRITUAL. 18 jan Pr. Adriano Diniz

Lição nº 3 VERDADE SOBRE A UNÇÃO ESPIRITUAL. 18 jan Pr. Adriano Diniz Lição nº 3 VERDADE SOBRE A UNÇÃO ESPIRITUAL Pr. Adriano Diniz 18 jan 2015 TEXTO ÁUREO O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele me ungiu para pregar boas novas aos pobres. Ele me enviou para proclamar

Leia mais

PANORAMA GERAL DA BÍBLIA

PANORAMA GERAL DA BÍBLIA PANORAMA GERAL DA BÍBLIA ETERNIDADE FINAL DO NT CRIAÇÃO GÊNESIS 1-2 REDENÇÃO GÊNESIS 3 ATÉ APOCALIPSE 22 VT = O SALVADOR VIRÁ NT = O SALVADOR JÁ VEIO E VOLTARÁ DEUS REVELOU SEU PLANO E SUA VERDADE AO LONGO

Leia mais

LIÇÃO 1 ESCATOLOGIA, O ESTUDO DAS ÚLTIMAS COISAS. Prof. Lucas Neto

LIÇÃO 1 ESCATOLOGIA, O ESTUDO DAS ÚLTIMAS COISAS. Prof. Lucas Neto LIÇÃO 1 ESCATOLOGIA, O ESTUDO DAS ÚLTIMAS COISAS Prof. Lucas Neto INTRODUÇÃO O FIM DA HUMANIDADE O fim da humanidade na terra será marcada pela gloriosa volta de Jesus e nos desdobramentos dos acontecimentos,

Leia mais

Título: AS CARTAS AS SETE IGREJAS Autor: J.H.SMITH. Literaturas em formato digital:

Título: AS CARTAS AS SETE IGREJAS Autor: J.H.SMITH. Literaturas em formato digital: Título: AS CARTAS AS SETE IGREJAS Autor: J.H.SMITH. Literaturas em formato digital: www.acervodigitalcristao.com.br Literaturas em formato Impresso: www.verdadesvivas.com.br Evangelho em 03 Minutos: www.3minutos.net

Leia mais

RELEMBRANDO : a restauração do indivíduo 2.10: fomos criados em Cristo Jesus para a prática de boas obras

RELEMBRANDO : a restauração do indivíduo 2.10: fomos criados em Cristo Jesus para a prática de boas obras RELEMBRANDO... 2.1-10: a restauração do indivíduo 2.10: fomos criados em Cristo Jesus para a prática de boas obras O ARGUMENTO SEGUINTE... 2.11-22: A humanidade como um todo. Judeus e gentios unidos em

Leia mais

REGULAMENTO OFICIAL. Alfabeto Bíblico

REGULAMENTO OFICIAL. Alfabeto Bíblico REGULAMENTO OFICIAL Alfabeto Bíblico Tem como objetivo levar o competidor a encontrar na Bíblia versículos que comecem com cada letra do alfabeto da língua portuguesa e contenham em seu texto, uma palavra-chave,

Leia mais

OS TRÊS OFÍCIOS DE CRISTO

OS TRÊS OFÍCIOS DE CRISTO VASOS DE OURO Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém. 2 Pe. 3:18 CRISTOLOGIA OS TRÊS OFÍCIOS

Leia mais

Metas/Objetivos Descritores de Desempenho/Conteúdos Estratégias/Metodologias Avaliação

Metas/Objetivos Descritores de Desempenho/Conteúdos Estratégias/Metodologias Avaliação Domínio Religião e experiência religiosa Cultura cristã e visão cristã da vida Ética e moral cristã DEPARTAMENTO DE PASTORAL DISCIPLINA: EDUCAÇÃO MORAL E RELIGIOSA CATÓLICA PLANIFICAÇÃO DE 5º ANO Calendarização:

Leia mais

O Vocacionado e seu preparo. Guilherme de Amorim Ávilla Gimenez

O Vocacionado e seu preparo. Guilherme de Amorim Ávilla Gimenez O Vocacionado e seu preparo Guilherme de Amorim Ávilla Gimenez Minhas paixões... Visite: www.prgimenez.net Você tem consciência de seu chamado? Então é hora de preparar-se... Procura apresentar-te diante

Leia mais

Revelação de Jesus Cristo: As coisas que estavam acontecendo e que irão acontecer.

Revelação de Jesus Cristo: As coisas que estavam acontecendo e que irão acontecer. APOCALIPSE - AS SETE IGREJAS - HELIO APOCALIPSE DE JOÃO (96 D.C.) Revelação de Jesus Cristo: As coisas que estavam acontecendo e que irão acontecer. As sete igrejas Sete candeeiros as igrejas; Sete estrelas

Leia mais

Lição 15 APOCALIPSE Introdução O livro revelação revelação de Jesus Cristo em glória e da obra de consumação da sua obra no mundo

Lição 15 APOCALIPSE Introdução O livro revelação revelação de Jesus Cristo em glória e da obra de consumação da sua obra no mundo Lição 15 APOCALIPSE Introdução O livro de Apocalipse conclui o Cânon do Novo Testamento, ou seja, é o livro que Deus escolheu para fechar a sua revelação escrita; aquele conteúdo que os seres humanos precisam

Leia mais

OS LIVROS PROFÉTICOS OSÉIAS, AMÓS E JONAS

OS LIVROS PROFÉTICOS OSÉIAS, AMÓS E JONAS Lição 16 OS LIVROS PROFÉTICOS OSÉIAS, AMÓS E JONAS Oséias Oséias foi filho de Beeri (1.1), um homem que não se conhece a história, e um profeta que atuou nos dias dos reis de Judá, Uzias, Jotão, Acaz e

Leia mais

Textos bíblicos e observações Jörg Garbers - Ms. de Teologia. A volta de Cristo

Textos bíblicos e observações Jörg Garbers - Ms. de Teologia. A volta de Cristo Textos bíblicos e observações Jörg Garbers - Ms. de Teologia A volta de Cristo Introdução A palavra segunda vinda ou volta não ocorre no NT. Parusia: Estar presente / Presença Visita oficial de um príncipe

Leia mais

É Maria quem nos convida a refletir e guardar no coração a

É Maria quem nos convida a refletir e guardar no coração a É Maria quem nos convida a refletir e guardar no coração a vida e projeto de seu FILHO. A missão dela era nos dar Jesus e fez isso de maneira ímpar. Vamos refletir nos fatos na vida de Jesus onde ELA está

Leia mais

Treinamento de Instrutores Bíblicos. Como Ensinar Doutrinas Básicas Adventistas

Treinamento de Instrutores Bíblicos. Como Ensinar Doutrinas Básicas Adventistas North A meric an Divisio n Portuguese Mi nistry Treinamento de Instrutores Bíblicos Como Ensinar Doutrinas Básicas Adventistas Como Ensinar Doutrinas Básicas Adventistas Objetivo Uma compreensão clara

Leia mais

II TRI LIÇÃO 1. evange ho LUCAS A PRIMEIRA VINDA DE JESUS

II TRI LIÇÃO 1. evange ho LUCAS A PRIMEIRA VINDA DE JESUS evange ho DE LUCAS II TRI 2015 LIÇÃO 1 A PRIMEIRA VINDA DE JESUS INTRODUÇÃO VERSO PARA MEMORIZAR: Para Deus não haverá impossíveis (Lc 1:37). INTRODUÇÃO VERSO PARA MEMORIZAR: Para Deus não haverá impossíveis

Leia mais

OS LIVROS HISTÓRICOS 1 e 2 SAMUEL

OS LIVROS HISTÓRICOS 1 e 2 SAMUEL Lição 7 OS LIVROS HISTÓRICOS 1 e 2 SAMUEL Introdução Nos manuscritos hebraicos mais antigos, 1 e 2 Samuel eram considerados um só livro, sendo divididos apenas pelos tradutores da versão grega (Septuaginta,

Leia mais

Sumário. Revisão 7. Apêndices 271 Provas das lições 281 Manual do culto 321

Sumário. Revisão 7. Apêndices 271 Provas das lições 281 Manual do culto 321 Sumário Revisão 7 51. Análise do ano de popularidade Mateus (4) 9 52. Expansão Mateus 5, 6 e 7 19 53. Estatutos (1) Mateus 5, 6 e 7 29 54. Estatutos (2) Mateus 5, 6 e 7 39 55. Estatutos (3) Mateus 5, 6

Leia mais

Academia Bíblica Brasileira - ABBA. Matérias e Conteúdos

Academia Bíblica Brasileira - ABBA. Matérias e Conteúdos Matérias e Conteúdos 1 - BIBLIOLOGIA I A matéria trata de forma introdutória sobre o Estudo da Bíblia propriamente dita, sobre sua formação, veracidade e divisões. - Bibliologia - O Canon das Escrituras

Leia mais

A atualidade da lei.... a Lei é santa, e o mandamento, santo, justo e bom. (Rm 7:12)

A atualidade da lei.... a Lei é santa, e o mandamento, santo, justo e bom. (Rm 7:12) A atualidade da lei... a Lei é santa, e o mandamento, santo, justo e bom. (Rm 7:12) OBJETIVO Mostrar ao estudante da Escritura que a lei de Deus é atual, pois é baseada em Deus, e, portanto, é eterna e

Leia mais

Interpretando o Apocalipse Por Pastor Luiz Antonio.

Interpretando o Apocalipse Por Pastor Luiz Antonio. Interpretando o Apocalipse Por Pastor Luiz Antonio. VERSÍCULOS DE 12 A 16. 12. E virei-me para ver quem falava comigo. E virando-me, vi sete castiçais de ouro. 13. E no meio dos sete castiçais um semelhante

Leia mais

A profecia das 70 SEMANAS DE DANIEL

A profecia das 70 SEMANAS DE DANIEL A profecia das 70 SEMANAS DE DANIEL AS SETENTA SEMANAS DE DANIEL Profetizadas há 2600 anos (v. 1) Daniel sabia que o fim do cativeiro estava próximo (v.2 cf. Jr 25.11, 12; 29.10) Daniel entenderia que

Leia mais

Ciclo de Seminários Não Técnicos 2010

Ciclo de Seminários Não Técnicos 2010 Ciclo de Seminários Não Técnicos 2010 Introdução à Bíblia Segundo a Igreja Católica Márcio Saraiva (marcio@dsc.ufcg.edu.br) 1 AVISO!!! Deixe o celular com o bluetooth ligado! 2 Agenda Motivação Introdução

Leia mais

O livro continua a avaliação do sentido e da função da autoridade.

O livro continua a avaliação do sentido e da função da autoridade. O 2º Livro de Samuel continua a narração do primeiro. O núcleo do livro é a figura de DAVI, cuja história começa no 1º livro de Samuel capítulo 16. O livro traz também as lutas dos pretendentes para suceder

Leia mais

IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA

IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA MÓDULO I - O NOVO TESTAMENTO Aula XXII A PRIMEIRA CARTA DE PEDRO E REFLEXÕES SOBRE O SOFRIMENTO Até aqui o Novo Testamento tem dito pouco sobre

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Segunda-feira da 12ª Semana do Tempo Comum 1) Oração Senhor,

Leia mais

ESTUDO 1: VOCÊ PODE TER CERTEZA DA SUA SALVAÇÃO

ESTUDO 1: VOCÊ PODE TER CERTEZA DA SUA SALVAÇÃO VIDA FRUTÍFERA ESTUDO 1: VOCÊ PODE TER CERTEZA DA SUA SALVAÇÃO O homem sabe que algo está errado com a humanidade. Criado à imagem de Deus, parece incapaz de comportar-se como filho Dele e sua tendência

Leia mais

A unção com óleo OBJETIVO

A unção com óleo OBJETIVO A unção com óleo Está alguém entre vós doente? Chame os presbíteros da igreja, e orem sobre ele, ungindo-o com azeite em nome do Senhor; e a oração da fé salvará o doente, e o Senhor o levantará; e, se

Leia mais

É TEMPO DE RESTAURAR. Efésios Pra. Deisy Costa

É TEMPO DE RESTAURAR. Efésios Pra. Deisy Costa É TEMPO DE RESTAURAR Efésios 5.1-16 Pra. Deisy Costa v.1 Portanto, sede imitadores de Deus, como filhos amados... Qual era a missão de Jesus na terra? I Timóteo 2:4 que, deseja que todos os homens sejam

Leia mais

TEMA: O NOVO NASCIMENTO E A CONVERSÃO.

TEMA: O NOVO NASCIMENTO E A CONVERSÃO. TEMA: O NOVO NASCIMENTO E A CONVERSÃO. Texto: E dar-lhes-ei coração para que me conheçam, porque eu sou o SENHOR; e ser-me-ão por povo, e eu lhes serei por Deus, porque se converterão a mim de todo o seu

Leia mais

Cristo e a Verdadeira Doutrina. Exposição de 2ªJoão. (1ª Mensagem) Cristo é a Verdade Eterna. 2Jo v.1-3

Cristo e a Verdadeira Doutrina. Exposição de 2ªJoão. (1ª Mensagem) Cristo é a Verdade Eterna. 2Jo v.1-3 Cristo e a Verdadeira Doutrina Exposição de 2ªJoão (1ª Mensagem) Cristo é a Verdade Eterna 2Jo v.1-3 Continuando nossa exposição dos escritos joaninos, vejamos a partir de hoje a 2ª Carta de João e na

Leia mais

Recordando e refletindo

Recordando e refletindo MARCOS - O EVANGELHO DO SERVIÇO Recordando e refletindo ESTUDO 39 Lição 1 Chegam ao mundo as Boas Novas 1. Por que Gn 3.15 recebeu o nome de primeiro evangelho? 2. Identifique as qualidades de João Batista:

Leia mais

QUARTA OS JUDEUS REJEITAM A JUSTIÇA DE DEUS - RM AGO-16 PALAVRA DA CÉLULA RMR. 2-Qual a diferença dos dois caminhos de justiça?

QUARTA OS JUDEUS REJEITAM A JUSTIÇA DE DEUS - RM AGO-16 PALAVRA DA CÉLULA RMR. 2-Qual a diferença dos dois caminhos de justiça? QUARTA O Capitulo 10 é uma continuação do capitulo 9, no original não existe essa divisão de capitulo é um livro só aos romanos. Este capítulo nos mostra o trágico erro de Israel e proclama o grande perigo

Leia mais

Lição 3 O testemunho apostólico

Lição 3 O testemunho apostólico Lição 3 O testemunho apostólico Texto bíblico: Gálatas 1.11-24 Texto áureo: 2Timóteo 1.8 Neste estudo, abordaremos um depoimento pessoal de Paulo, o apóstolo dos gentios (Ef 3.8; 1Tm 2.7). Interessa-nos,

Leia mais