Preçário. REALTRANSFER Instituição de Pagamento, S.A. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 02-mar-2016

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Preçário. REALTRANSFER Instituição de Pagamento, S.A. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 02-mar-2016"

Transcrição

1 Preçário REALTRANSFER Instituição de Pagamento, S.A. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de O Preçário completo da REALTRANSFER, Instituição de Pagamento, S.A., contém o Folheto de Comissões e Despesas (que incorpora os valores máximos de todas as comissões bem como o valor indicativo das principais despesas). O Preçário pode ser consultado nos balcões e locais de atendimento ao público da REALTRANSFER, Instituição de Pagamentos, S.A., e em O Folheto de Comissões e Despesas pode ainda ser consultado no Portal do Cliente Bancário, em Preçário elaborado em cumprimento do disposto no Aviso n.º 8/2009 de 12 de Outubro.

2 FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS INFORMAÇÃO GERAL Reclamações INFORMAÇÃO COMPLEMENTAR Datas - Valor Clientes Particulares Outros clientes 5 TRANSFERÊNCIAS 13 TRANSFERÊNCIAS 5.1. Ordens de transferência em euros Ordens de transferência em euros 7 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS 15 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS 7.1. Compra e venda de notas estrangeiras Compra e venda de notas estrangeiras

3 INFORMAÇÃO GERAL (ÍNDICE) Reclamações Para a recepção e resolução de reclamações, contacte: (Serviço de reclamação e apoio ao cliente) SERVIÇO DE RECLAMAÇÕES Praça D. Pedro IV, 74, 3ºA Lisboa Telefone Serviço de Reclamação - Serviço de Apoio ao Cliente - Qualquer reclamação pode ainda ser dirigida ao Departamento de Supervisão Bancária do Banco de Portugal: Banco de Portugal Banco de Portugal Apartado LISBOA

4 INFORMAÇÃO COMPLEMENTAR Datas - Valor (ÍNDICE) Operações Bancárias Data-valor Data de Disponibilização Observações Transferências Interbancárias nacionais - Levantamento ao D Imediata (1) - Crédito em Conta Bancária D + 1 Dia útil seguinte Transfronteiras: - Países SEPA: Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Estónia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Irlanda, Islândia, Itália, Letónia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Mónaco, Noruega, Polónia, Reino Unido, Rep. Checa, Roménia, Suécia, Suiça. D + 1 Dia útil seguinte - Brasil D + 1 Dia útil seguinte - Grã-Bretanha D + 2 2º Dia útil seguinte - Estados Unidos da América D + 2 2º Dia útil seguinte - Angola D Imediata (2) (2) (1) - Namíbia D Imediata (1) - Cuba - Carregamento em Cartão D + 1 Dia útil seguinte (3) - Cuba - Levantamento no Banco D + 3 3º Dia útil seguinte - Marrocos - Levantamento ao D Imediata (1) - Crédito em Conta D + 2 2º Dia útil seguinte Legenda: D: Dia da realização da operação, incluíndo fins de semana e feriados. D + 1: Dia útil seguinte D + 2: 2º dia útil seguinte D + 3: 3º dia útil seguinte NOTA (1) 60 minutos após a realização da operação (2) Quando a operação é efectuada até as 11h. Após as 11h00, a data-valor é D + 3 e a data de disponibilização é a do 3º Dia útil seguinte. (3) Solicite no balcão mais informações sobre o levantamento do cartão. SEPA: A SEPA (Single Euro Payments Area) ou Área Única de Pagamentos em Euros, abrange: os 28 países da União Europeia(Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Estónia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Irlanda, Itália, Letónia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Países Baixos, Polónia, Portugal, Reino Unido, República Checa, Roménia, Suécia) bem como a Islândia, o Liechtenstein, a Noruega, a Suíça, o Mónaco e S. Marino. Dever de Informação [Ao abrigo do Decreto -Lei n.º 18/2007, do Aviso 3/2007 e do Decreto-Lei n.º317/2009 do Banco de Portugal, informa-se: Data valor: a data a partir da qual a transferência ou depósito se tornam efectivos, passíveis de serem movimentados pelo beneficiário e se inicia a eventual contagem de juros decorrentes dos saldos credores ou devedores das contas de depósito. Data de disponibilização: o momento a partir do qual o titular pode livremente proceder à movimentação dos fundos depositados na sua conta de depósitos, sem estar sujeito ao pagamento de juros pela mobilização desses fundos. Dia útil: o período do dia em que a instituição se encontra aberta ao público, de segunda a sexta, em horário normal de funcionamento (entre as 8h00 e as 17h)]

5 5. TRANSFERÊNCIAS (PARTICULARES) (ÍNDICE) 5.1. Ordens de transferência em euros Canal de recepção da ordem de Transferência Telefone C/ operador 1. Transferências Internas / Nacionais 17,00 / 100,00 2,88 2,88 100,01 / 200,00 5,77 5,77 200,01 / 300,00 8,65 8,65 300,01 / 400,00 11,54 11,54 400,01 / 500,00 14,42 14,42 500,01 / 600,00 17,31 17,31 600,01 / 700,00 20,19 20,19 700,01 / 800,00 23,08 23,08 800,01 / 900,00 25,96 25,96 900,01 / 1000,00 28,85 28, ,01 / 2000,00 38,46 38, ,01 / 3000,00 57,69 57, ,01 / 4000,00 76,92 76, ,01 / 5000,00 96,15 96, ,01 / 6000,00 105,77 105, ,01 / 7000,00 115,38 115, ,01 / 8000,00 125,00 125, ,01 / 9000,00 134,62 134, ,01 / 10000,00 153,85 153,85 Valor = ou > 10000,01 173,08 173,08 Para Crédito em Conta é necessário IBAN e BIC Legenda NIB - Número de Identificação Bancária / BIC - Código de Identificação Bancária da BIC [Bank Identification Code] IBAN - Número de Identificação Bancária Internacional [International Bank Account Number] REALTRANSFER Transferências / Particulares - Pág. 5 /24

6 5. TRANSFERÊNCIAS (PARTICULARES) (ÍNDICE) 5.1. Ordens de transferência em euros (cont.) Canal de recepção da ordem de Transferência Telefone C/ operador 2. Transferências Transfronteiras / Internacionais Países SEPA 17,00 / 100,00 2,88 2,88 100,01 / 200,00 5,77 5,77 200,01 / 300,00 8,65 8,65 300,01 / 400,00 11,54 11,54 400,01 / 500,00 14,42 14,42 500,01 / 600,00 17,31 17,31 600,01 / 700,00 20,19 20,19 700,01 / 800,00 23,08 23,08 800,01 / 900,00 25,96 25,96 900,01 / 1000,00 28,85 28, ,01 / 2000,00 38,46 38, ,01 / 3000,00 57,69 57, ,01 / 4000,00 76,92 76, ,01 / 5000,00 96,15 96, ,01 / 6000,00 105,77 105, ,01 / 7000,00 115,38 115, ,01 / 8000,00 125,00 125, ,01 / 9000,00 134,62 134, ,01 / 10000,00 153,85 153,85 Valor = ou > 10000,01 173,08 173,08 Estas operações utilizam o IBAN e o BIC do Cliente destinatário. Legenda A SEPA (Single Euro Payments Area) ou Área Única de Pagamentos em Euros, abrange 34 países: os 28 países da União Europeia(Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Estónia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Irlanda, Itália, Letónia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Países Baixos, Polónia, Portugal, Reino Unido, República Checa, Roménia, Suécia) bem como a Islândia, o Liechtenstein, a Noruega, a Suíça, o Mónaco e S. Marino. NIB - Número de Identificação Bancária / BIC - Código de Identificação Bancária da BIC [Bank Identification Code] IBAN - Número de Identificação Bancária Internacional [International Bank Account Number] REALTRANSFER Transferências / Particulares - Pág. 6 /24

7 5. TRANSFERÊNCIAS (PARTICULARES) (ÍNDICE) 5.1. Ordens de transferência em euros (cont.) Canal de recepção da ordem de Transferência Telefone C/ operador 2. Transferências Transfronteiras / Internacionais Países Não SEPA Namíbia 17,00 / 100,00 2,88 2,88 100,01 / 200,00 5,77 5,77 200,01 / 300,00 8,65 8,65 300,01 / 400,00 11,54 11,54 400,01 / 500,00 14,42 14,42 500,01 / 600,00 17,31 17,31 600,01 / 700,00 20,19 20,19 700,01 / 800,00 23,08 23,08 800,01 / 900,00 25,96 25,96 900,01 / 1000,00 28,85 28, ,01 / 2000,00 38,46 38, ,01 / 3000,00 57,69 57, ,01 / 4000,00 76,92 76, ,01 / 5000,00 96,15 96, ,01 / 6000,00 105,77 105, ,01 / 7000,00 115,38 115, ,01 / 8000,00 125,00 125, ,01 / 9000,00 134,62 134, ,01 / 10000,00 153,85 153,85 Valor = ou > 10000,01 173,08 173,08 Estas operações não utilizam IBAN ou BIC do Cliente destinatário. Angola Valor = ou > 20,00 0,00 0,00 EUA - Estado Unidos da América Valor = ou > 25,00 24,04 24,04 Estas operações utilizam Nome do Banco, BIC, Nº da Conta, ABA. Grã - Bretanha Valor = ou > 25,00 24,04 24,04 Estas operações utilizam o IBAN e o BIC do Cliente destinatário. Brasil Valor = ou > 20,00 0,00 0,00 Estas operações utilizam o CPF/CNPJ, Nome do Banco, Agência, Nº da Conta. Legenda NIB - Número de Identificação Bancária; BIC - Código de Identificação Bancária da BIC [Bank Identification Code]; IBAN - Número de Identificação Bancária Internacional [International Bank Account Number]; CPF - Cadastro de Pessoas Físicas; CNPJ - Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica; ABA - Sistema Numérico da Associação Americana de Banqueiros [American Bankers Association National Numeric System]. REALTRANSFER Transferências / Particulares - Pág. 7 /24

8 5. TRANSFERÊNCIAS (PARTICULARES) (ÍNDICE) 5.1. Ordens de transferência em euros (cont.) Canal de recepção da ordem de Transferência Telefone C/ operador 2. Transferências Transfronteiras / Internacionais Países Não SEPA - Cuba - Carregamento em Cartão (montante a transferir em Euros) 20,00 / 100,00 5,29 5,29 100,01 / 200,00 5,77 5,77 200,01 / 300,00 6,73 6,73 300,01 / 400,00 7,69 7,69 400,01 / 500,00 8,65 8,65 500,01 / 750,00 11,06 11,06 750,01 / 1000,00 14,9 14,9 1000,01 / 1500,00 21,63 21, ,01 / 2000,00 29,33 29, ,01 / 2500,00 36,54 36, ,01 / 3000,00 39,42 39, ,01 / 3500,00 48,56 48, ,01 / 4000,00 54,81 54, ,01 / 4500,00 58,65 58, ,01 / 5000,00 64,9 64,9 5000,01 / 5500,00 70,19 70, ,01 / 6000,00 75,48 75, ,01 / 6500,00 80,77 80, ,01 / 7000,00 86,06 86, ,01 / 7500,00 91,35 91, ,01 / 8000,00 95,67 95, ,01 / 8500, ,01 / 9000,00 104,33 104, ,01 / 9500,00 105,29 105, ,01 / 10000,00 106,25 106,25 REALTRANSFER Transferências / Particulares - Pág. 8 /24

9 5. TRANSFERÊNCIAS (PARTICULARES) (ÍNDICE) 5.1. Ordens de transferência em euros (cont.) Canal de recepção da ordem de Transferência Telefone C/ operador 2. Transferências Transfronteiras / Internacionais Países Não SEPA - Cuba - Levantamento no Banco (montante a 20,00 / 100,00 7,21 7,21 transferir em Euros) 100,01 / 200,00 8,17 8,17 200,01 / 300,00 9,13 9,13 300,01 / 400,00 11,06 11,06 400,01 / 500,00 12,98 12,98 500,01 / 750,00 14,42 14,42 750,01 / 1000,00 16,83 16, ,01 / 1500, ,01 / 2000,00 30,29 30, ,01 / 2500,00 39,42 39, ,01 / 3000,00 42,79 42, ,01 / 3500,00 51,44 51, ,01 / 4000,00 58,17 58, ,01 / 4500,00 62,88 62, ,01 / 5000,00 70,67 70, ,01 / 5500,00 76,44 76, ,01 / 6000,00 84,13 84, ,01 / 6500,00 90,38 90, ,01 / 7000,00 97,6 97,6 7000,01 / 7500,00 103,37 103, ,01 / 8000,00 109,62 109, ,01 / 8500,00 116,83 116, ,01 / 9000,00 124,52 124, ,01 / 9500,00 131,73 131, ,01 / 10000,00 138,94 138,94 Estas operações utilizam o Nome do Banco, Província e (Cidade). REALTRANSFER Transferências / Particulares - Pág. 9 /24

10 5. TRANSFERÊNCIAS (PARTICULARES) (ÍNDICE) 5.1. Ordens de transferência em euros (cont.) Canal de recepção da ordem de Transferência Telefone C/ operador 2. Transferências Transfronteiras / Internacionais Países Não SEPA - Marrocos (montante a transferir em Euros) 20,00 / 100,00 3,85 3,85 100,01 / 200,00 6,73 6,73 200,01 / 350,00 9,62 9,62 350,01 / 500,00 14,42 14,42 500,01 / 850,00 18,27 18,27 850,01 / 1200,00 23,08 23, ,01 / 1600,00 28,85 28, ,01 / 2000,00 43,27 43, ,01 / 3000,00 67,31 67, ,01 / 4000,00 91,35 91, ,01 / 5000,00 115,38 115, ,01 / 6000,00 139,42 139, ,01 / 7000,00 163,46 163, ,01 / 8000,00 187,50 187, ,01 / 9000,00 211,54 211, ,01 / 10000,00 235,58 235,58 > 10000,01 350,96 350,96 REALTRANSFER Transferências / Particulares - Pág. 10 /24

11 5. TRANSFERÊNCIAS (PARTICULARES) (ÍNDICE) 5.1. Ordens de transferência em euros (cont.) Comissões Euros Em % 3. Transferências Transfronteiras / Internacionais - Sigue 3.1. Corredor Senegal/CFA (montante a transferir em Euros) 20,00 / 100,00 6,63 n.a. 100,01 / 200,00 8,65 n.a. 200,01 / 350,00 12,40 n.a. 350,01 / 600,00 16,35 n.a. 600,01 / 800,00 21,15 n.a. 800,01 / 1000,00 24,04 n.a. 1000,01 / 1500,00 29,81 n.a. 1500,01 / 4500,00 35,58 n.a. 3.2 Corredor Senegal, Guiné Bissau/CFA, Camarões/CFA, Togo, Filipinas (montante a transferir em Euros) 20,00 / 100,00 6,73 n.a. 100,01 / 200,00 10,58 n.a. 200,01 / 350,00 12,50 n.a. 350,01 / 600,00 17,31 n.a. 500,01 / 850,00 24,04 n.a. 850,01 / 1200,00 28,85 n.a. 1200,01 / 1600,00 43,27 n.a. 1600,01 / 2000,00 57,69 n.a. 2000,01 / 2500,00 72,12 n.a. 2500,01 / 3000,00 86,54 n.a. 3000,01 / 3500,00 93,27 n.a. 3500,01 / 4000,00 100,96 n.a. 4000,01 / 4500,00 115,38 n.a. 3.3 Corredor Moldávia (montante a transferir em Euros) 20,00 / 100,00 5,77 n.a. 100,01 / 200,00 7,69 n.a. 200,01 / 350,00 9,62 n.a. 350,01 / 600,00 13,46 n.a. 600,01 / 800,00 19,23 n.a. 800,01 / 1000,00 23,08 n.a. 1000,01 / 1500,00 30,77 n.a. 1500,01 / 4500,00 37,50 n.a. Legenda CFA : Communauté Financière Africaine (Comunidade Financeira Africana); é a moeda corrente usada em Camarões, Costa do Marfim, Burkina Faso, Gabão, Benim, Congo, Mali, República Centro-Africana, Togo, Níger, Chade, Senegal, Guiné-Bissau e Guiné Equatorial REALTRANSFER Transferências / Particulares - Pág. 11 /24

12 5. TRANSFERÊNCIAS (PARTICULARES) (ÍNDICE) 5.1. Ordens de transferência em euros (cont.) Comissões Euros Em % 3. Transferências Transfronteiras / Internacionais - Sigue (cont.) 3.4 Corredor Roménia (montante a transferir em Euros) 20,00 / 100,00 5,77 n.a. 100,01 / 200,00 7,69 n.a. 200,01 / 350,00 10,58 n.a. 350,01 / 600,00 15,38 n.a. 600,01 / 800,00 20,19 n.a. 800,01 / 1000,00 26,92 n.a. 1000,01 / 1500,00 31,73 n.a. 1500,01 / 4500,00 39,42 n.a. 3.5 Corredor Ucrânia (montante a transferir em Euros) 20,00 / 100,00 2,88 n.a. 100,01 / 200,00 4,81 n.a. 200,01 / 350,00 5,77 n.a. 350,01 / 600,00 7,69 n.a. 600,01 / 800,00 11,54 n.a. 800,01 / 1000,00 14,42 n.a. 1000,01 / 1500,00 19,23 n.a. 1500,01 / 4500,00 24,04 n.a. 3.6 Corredor Indonésia, Colômbia, México/MXN, República Democrática do Congo, Guiné/GNF, Equador, Peru, Chile, Egipto, Paraguai/PYG, Bolívia, República Checa (montante a transferir em Euros) 20,00 / 100,00 4,81 n.a. 100,01 / 200,00 7,69 n.a. 200,01 / 350,00 10,58 n.a. 350,01 / 600,00 15,38 n.a. 500,01 / 850,00 19,23 n.a. 850,01 / 1200,00 25,00 n.a. 1200,01 / 1600,00 30,77 n.a. 1600,01 / 4500,00 n.a. 2,40% 3.7 Corredor Nepal (montante a transferir em Euros) 20,00 / 500,00 4,33 n.a. 500,01 / 1000,00 6,25 n.a. 1000,01 / 1500,00 9,13 n.a. 1500,01 / 4500,00 21,15 n.a. Legenda MXN : Peso Mexicano GNF : Franco Guineense PYG : Guarani Paraguaio REALTRANSFER Transferências / Particulares - Pág. 12 /24

13 5. TRANSFERÊNCIAS (PARTICULARES) (ÍNDICE) 5.1. Ordens de transferência em euros (cont.) Comissões Euros Em % 3. Transferências Transfronteiras / Internacionais - Sigue (cont.) 3.8 Corredor Honduras (montante a transferir em Euros) 20,00 / 200,00 7,69 n.a. 200,01 / 600,00 8,17 n.a. 600,01 / 1000,00 9,13 n.a. 1000,01 / 1500,00 10,58 n.a. 1500,01 / 4500,00 n.a. 1,44% 3.9 Corredor Bangladesh (montante a transferir em Euros) 20,00 / 500,00 4,33 n.a. 500,01 / 1000,00 6,25 n.a. 1000,01 / 1500,00 9,13 n.a. 1500,01 / 2000,00 11,06 n.a. 2000,01 / 2500,00 13,94 n.a. 2500,01 / 3000,00 15,87 n.a. 3000,01 / 4500,00 21,15 n.a Corredor Gâmbia, Nigéria (montante a transferir em Euros) 20,00 / 100,00 4,81 n.a. 100,01 / 200,00 7,69 n.a. 200,01 / 350,00 11,54 n.a. 350,01 / 600,00 16,35 n.a. 600,01 / 800,00 21,15 n.a. 800,01 / 1000,00 25,00 n.a. 1000,01 / 1500,00 31,73 n.a Corredor Rússia, Geórgia, Azerbeijão, Arménia (montante a transferir em Euros) 20,00 / 100,00 8,65 n.a. 100,01 / 200,00 11,54 n.a. 200,01 / 350,00 13,46 n.a. 350,01 / 450,00 17,31 n.a. 450,01 / 600,00 24,04 n.a. 600,01 / 800,00 28,85 n.a. 800,01 / 1000,00 33,65 n.a. 1000,01 / 1500,00 38,46 n.a. 1500,01 / 4500,00 n.a. 2,88% 3.12 Corredor China (montante a transferir em Euros) 20,00 / 500,00 17,31 n.a. 500,01 / 1000,00 19,23 n.a. 1000,01 / 1500,00 28,85 n.a. 1500,01 / 4500,00 38,46 n.a Corredor India (montante a transferir em Euros) 20,00 / 500,00 4,33 n.a. 500,01 / 1000,00 6,25 n.a. 1000,01 / 1500,00 9,13 n.a. Legenda n.a. : Não Aplicável REALTRANSFER Transferências / Particulares - Pág. 13 /24

14 7. PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS (PARTICULARES) (ÍNDICE) 7.1. Compra e venda de notas estrangeiras [Compra de notas estrangeiras] 1. Meio: Caixa [Venda de notas estrangeiras] Comissões Euros Em % (Min/Máx) 0% 0,00 1. Meio: Caixa 0% 0,00 Acresce Imposto Outras condições REALTRANSFER Outros serviços / Particulares - Pág. 14 /24

15 13. TRANSFERÊNCIAS (PARTICULARES) (ÍNDICE) Ordens de transferência em euros Canal de recepção da ordem de Transferência Telefone C/ operador 1. Transferências Internas / Nacionais 17,00 / 100,00 2,88 2,88 100,01 / 200,00 5,77 5,77 200,01 / 300,00 8,65 8,65 300,01 / 400,00 11,54 11,54 400,01 / 500,00 14,42 14,42 500,01 / 600,00 17,31 17,31 600,01 / 700,00 20,19 20,19 700,01 / 800,00 23,08 23,08 800,01 / 900,00 25,96 25,96 900,01 / 1000,00 28,85 28, ,01 / 2000,00 38,46 38, ,01 / 3000,00 57,69 57, ,01 / 4000,00 76,92 76, ,01 / 5000,00 96,15 96, ,01 / 6000,00 105,77 105, ,01 / 7000,00 115,38 115, ,01 / 8000,00 125,00 125, ,01 / 9000,00 134,62 134, ,01 / 10000,00 153,85 153,85 Valor = ou > 10000,01 173,08 173,08 Para Crédito em Conta é necessário IBAN e BIC Legenda NIB - Número de Identificação Bancária / BIC - Código de Identificação Bancária da BIC [Bank Identification Code] IBAN - Número de Identificação Bancária Internacional [International Bank Account Number] REALTRANSFER Transferências / Particulares - Pág. 15 /24

16 13. TRANSFERÊNCIAS (PARTICULARES) (ÍNDICE) Ordens de transferência em euros (cont.) Canal de recepção da ordem de Transferência Telefone C/ operador 2. Transferências Transfronteiras / Internacionais Países SEPA 17,00 / 100,00 2,88 2,88 100,01 / 200,00 5,77 5,77 200,01 / 300,00 8,65 8,65 300,01 / 400,00 11,54 11,54 400,01 / 500,00 14,42 14,42 500,01 / 600,00 17,31 17,31 600,01 / 700,00 20,19 20,19 700,01 / 800,00 23,08 23,08 800,01 / 900,00 25,96 25,96 900,01 / 1000,00 28,85 28, ,01 / 2000,00 38,46 38, ,01 / 3000,00 57,69 57, ,01 / 4000,00 76,92 76, ,01 / 5000,00 96,15 96, ,01 / 6000,00 105,77 105, ,01 / 7000,00 115,38 115, ,01 / 8000,00 125,00 125, ,01 / 9000,00 134,62 134, ,01 / 10000,00 153,85 153,85 Valor = ou > 10000,01 173,08 173,08 Estas operações utilizam o IBAN e o BIC do Cliente destinatário. Legenda A SEPA (Single Euro Payments Area) ou Área Única de Pagamentos em Euros, abrange 34 países: os 28 países da União Europeia(Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Estónia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Irlanda, Itália, Letónia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Países Baixos, Polónia, Portugal, Reino Unido, República Checa, Roménia, Suécia) bem como a Islândia, o Liechtenstein, a Noruega, a Suíça, o Mónaco e S. Marino. NIB - Número de Identificação Bancária / BIC - Código de Identificação Bancária da BIC [Bank Identification Code] IBAN - Número de Identificação Bancária Internacional [International Bank Account Number] REALTRANSFER Transferências / Particulares - Pág. 16 /24

17 13. TRANSFERÊNCIAS (PARTICULARES) (ÍNDICE) Ordens de transferência em euros (cont.) Canal de recepção da ordem de Transferência Telefone C/ operador 2. Transferências Transfronteiras / Internacionais Países Não SEPA Namíbia 17,00 / 100,00 2,88 2,88 100,01 / 200,00 5,77 5,77 200,01 / 300,00 8,65 8,65 300,01 / 400,00 11,54 11,54 400,01 / 500,00 14,42 14,42 500,01 / 600,00 17,31 17,31 600,01 / 700,00 20,19 20,19 700,01 / 800,00 23,08 23,08 800,01 / 900,00 25,96 25,96 900,01 / 1000,00 28,85 28, ,01 / 2000,00 38,46 38, ,01 / 3000,00 57,69 57, ,01 / 4000,00 76,92 76, ,01 / 5000,00 96,15 96, ,01 / 6000,00 105,77 105, ,01 / 7000,00 115,38 115, ,01 / 8000,00 125,00 125, ,01 / 9000,00 134,62 134, ,01 / 10000,00 153,85 153,85 Valor = ou > 10000,01 173,08 173,08 Estas operações não utilizam IBAN ou BIC do Cliente destinatário. Angola Valor = ou > 20,00 0,00 0,00 EUA - Estado Unidos da América Valor = ou > 25,00 24,04 24,04 Estas operações utilizam Nome do Banco, BIC, Nº da Conta, ABA. Grã - Bretanha Valor = ou > 25,00 24,04 24,04 Estas operações utilizam o IBAN e o BIC do Cliente destinatário. Brasil Valor = ou > 20,00 0,00 0,00 Estas operações utilizam o CPF/CNPJ, Nome do Banco, Agência, Nº da Conta. Legenda NIB - Número de Identificação Bancária; BIC - Código de Identificação Bancária da BIC [Bank Identification Code]; IBAN - Número de Identificação Bancária Internacional [International Bank Account Number]; CPF - Cadastro de Pessoas Físicas; CNPJ - Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica; ABA - Sistema Numérico da Associação Americana de Banqueiros [American Bankers Association National Numeric System]. REALTRANSFER Transferências / Particulares - Pág. 17 /24

18 13. TRANSFERÊNCIAS (PARTICULARES) (ÍNDICE) Ordens de transferência em euros (cont.) Canal de recepção da ordem de Transferência Telefone C/ operador 2. Transferências Transfronteiras / Internacionais Países Não SEPA - Cuba - Carregamento em Cartão (montante a transferir em Euros) 20,00 / 100,00 5,29 5,29 100,01 / 200,00 5,77 5,77 200,01 / 300,00 6,73 6,73 300,01 / 400,00 7,69 7,69 400,01 / 500,00 8,65 8,65 500,01 / 750,00 11,06 11,06 750,01 / 1000,00 14,9 14,9 1000,01 / 1500,00 21,63 21, ,01 / 2000,00 29,33 29, ,01 / 2500,00 36,54 36, ,01 / 3000,00 39,42 39, ,01 / 3500,00 48,56 48, ,01 / 4000,00 54,81 54, ,01 / 4500,00 58,65 58, ,01 / 5000,00 64,9 64,9 5000,01 / 5500,00 70,19 70, ,01 / 6000,00 75,48 75, ,01 / 6500,00 80,77 80, ,01 / 7000,00 86,06 86, ,01 / 7500,00 91,35 91, ,01 / 8000,00 95,67 95, ,01 / 8500, ,01 / 9000,00 104,33 104, ,01 / 9500,00 105,29 105, ,01 / 10000,00 106,25 106,25 REALTRANSFER Transferências / Particulares - Pág. 18 /24

19 13. TRANSFERÊNCIAS (PARTICULARES) (ÍNDICE) Ordens de transferência em euros (cont.) Canal de recepção da ordem de Transferência Telefone C/ operador 2. Transferências Transfronteiras / Internacionais Países Não SEPA - Cuba - Levantamento no Banco (montante a 20,00 / 100,00 7,21 7,21 transferir em Euros) 100,01 / 200,00 8,17 8,17 200,01 / 300,00 9,13 9,13 300,01 / 400,00 11,06 11,06 400,01 / 500,00 12,98 12,98 500,01 / 750,00 14,42 14,42 750,01 / 1000,00 16,83 16, ,01 / 1500, ,01 / 2000,00 30,29 30, ,01 / 2500,00 39,42 39, ,01 / 3000,00 42,79 42, ,01 / 3500,00 51,44 51, ,01 / 4000,00 58,17 58, ,01 / 4500,00 62,88 62, ,01 / 5000,00 70,67 70, ,01 / 5500,00 76,44 76, ,01 / 6000,00 84,13 84, ,01 / 6500,00 90,38 90, ,01 / 7000,00 97,6 97,6 7000,01 / 7500,00 103,37 103, ,01 / 8000,00 109,62 109, ,01 / 8500,00 116,83 116, ,01 / 9000,00 124,52 124, ,01 / 9500,00 131,73 131, ,01 / 10000,00 138,94 138,94 Estas operações utilizam o Nome do Banco, Província e (Cidade). REALTRANSFER Transferências / Particulares - Pág. 19 /24

20 13. TRANSFERÊNCIAS (PARTICULARES) (ÍNDICE) Ordens de transferência em euros (cont.) Canal de recepção da ordem de Transferência Telefone C/ operador 2. Transferências Transfronteiras / Internacionais Países Não SEPA - Marrocos (montante a transferir em Euros) 20,00 / 100,00 3,85 3,85 100,01 / 200,00 6,73 6,73 200,01 / 350,00 9,62 9,62 350,01 / 500,00 14,42 14,42 500,01 / 850,00 18,27 18,27 850,01 / 1200,00 23,08 23, ,01 / 1600,00 28,85 28, ,01 / 2000,00 43,27 43, ,01 / 3000,00 67,31 67, ,01 / 4000,00 91,35 91, ,01 / 5000,00 115,38 115, ,01 / 6000,00 139,42 139, ,01 / 7000,00 163,46 163, ,01 / 8000,00 187,50 187, ,01 / 9000,00 211,54 211, ,01 / 10000,00 235,58 235,58 > 10000,01 350,96 350,96 REALTRANSFER Transferências / Particulares - Pág. 20 /24

21 13. TRANSFERÊNCIAS (PARTICULARES) (ÍNDICE) Ordens de transferência em euros (cont.) Comissões Euros Em % 3. Transferências Transfronteiras / Internacionais - Sigue 3.1. Corredor Senegal/CFA (montante a transferir em Euros) 20,00 / 100,00 6,63 n.a. 100,01 / 200,00 8,65 n.a. 200,01 / 350,00 12,40 n.a. 350,01 / 600,00 16,35 n.a. 600,01 / 800,00 21,15 n.a. 800,01 / 1000,00 24,04 n.a. 1000,01 / 1500,00 29,81 n.a. 1500,01 / 4500,00 35,58 n.a. 3.2 Corredor Senegal, Guiné Bissau/CFA, Camarões/CFA, Togo, Filipinas (montante a transferir em Euros) 20,00 / 100,00 6,73 n.a. 100,01 / 200,00 10,58 n.a. 200,01 / 350,00 12,50 n.a. 350,01 / 600,00 17,31 n.a. 500,01 / 850,00 24,04 n.a. 850,01 / 1200,00 28,85 n.a. 1200,01 / 1600,00 43,27 n.a. 1600,01 / 2000,00 57,69 n.a. 2000,01 / 2500,00 72,12 n.a. 2500,01 / 3000,00 86,54 n.a. 3000,01 / 3500,00 93,27 n.a. 3500,01 / 4000,00 100,96 n.a. 4000,01 / 4500,00 115,38 n.a. 3.3 Corredor Moldávia (montante a transferir em Euros) 20,00 / 100,00 5,77 n.a. 100,01 / 200,00 7,69 n.a. 200,01 / 350,00 9,62 n.a. 350,01 / 600,00 13,46 n.a. 600,01 / 800,00 19,23 n.a. 800,01 / 1000,00 23,08 n.a. 1000,01 / 1500,00 30,77 n.a. 1500,01 / 4500,00 37,50 n.a. Legenda CFA : Communauté Financière Africaine (Comunidade Financeira Africana); é a moeda corrente usada em Camarões, Costa do Marfim, Burkina Faso, Gabão, Benim, Congo, Mali, República Centro-Africana, Togo, Níger, Chade, Senegal, Guiné-Bissau e Guiné Equatorial REALTRANSFER Transferências / Particulares - Pág. 21 /24

22 13. TRANSFERÊNCIAS (PARTICULARES) (ÍNDICE) Ordens de transferência em euros (cont.) Comissões Euros Em % 3. Transferências Transfronteiras / Internacionais - Sigue (cont.) 3.4 Corredor Roménia (montante a transferir em Euros) 20,00 / 100,00 5,77 n.a. 100,01 / 200,00 7,69 n.a. 200,01 / 350,00 10,58 n.a. 350,01 / 600,00 15,38 n.a. 600,01 / 800,00 20,19 n.a. 800,01 / 1000,00 26,92 n.a. 1000,01 / 1500,00 31,73 n.a. 1500,01 / 4500,00 39,42 n.a. 3.5 Corredor Ucrânia (montante a transferir em Euros) 20,00 / 100,00 2,88 n.a. 100,01 / 200,00 4,81 n.a. 200,01 / 350,00 5,77 n.a. 350,01 / 600,00 7,69 n.a. 600,01 / 800,00 11,54 n.a. 800,01 / 1000,00 14,42 n.a. 1000,01 / 1500,00 19,23 n.a. 1500,01 / 4500,00 24,04 n.a. 3.6 Corredor Indonésia, Colômbia, México/MXN, República Democrática do Congo, Guiné/GNF, Equador, Peru, Chile, Egipto, Paraguai/PYG, Bolívia, República Checa (montante a transferir em Euros) 20,00 / 100,00 4,81 n.a. 100,01 / 200,00 7,69 n.a. 200,01 / 350,00 10,58 n.a. 350,01 / 600,00 15,38 n.a. 500,01 / 850,00 19,23 n.a. 850,01 / 1200,00 25,00 n.a. 1200,01 / 1600,00 30,77 n.a. 1600,01 / 4500,00 n.a. 2,40% 3.7 Corredor Nepal (montante a transferir em Euros) 20,00 / 500,00 4,33 n.a. 500,01 / 1000,00 6,25 n.a. 1000,01 / 1500,00 9,13 n.a. 1500,01 / 4500,00 21,15 n.a. Legenda MXN : Peso Mexicano GNF : Franco Guineense PYG : Guarani Paraguaio REALTRANSFER Transferências / Particulares - Pág. 22 /24

23 13. TRANSFERÊNCIAS (PARTICULARES) (ÍNDICE) Ordens de transferência em euros (cont.) Comissões Euros Em % 3. Transferências Transfronteiras / Internacionais - Sigue (cont.) 3.8 Corredor Honduras (montante a transferir em Euros) 20,00 / 200,00 7,69 n.a. 200,01 / 600,00 8,17 n.a. 600,01 / 1000,00 9,13 n.a. 1000,01 / 1500,00 10,58 n.a. 1500,01 / 4500,00 n.a. 1,44% 3.9 Corredor Bangladesh (montante a transferir em Euros) 20,00 / 500,00 4,33 n.a. 500,01 / 1000,00 6,25 n.a. 1000,01 / 1500,00 9,13 n.a. 1500,01 / 2000,00 11,06 n.a. 2000,01 / 2500,00 13,94 n.a. 2500,01 / 3000,00 15,87 n.a. 3000,01 / 4500,00 21,15 n.a Corredor Gâmbia, Nigéria (montante a transferir em Euros) 20,00 / 100,00 4,81 n.a. 100,01 / 200,00 7,69 n.a. 200,01 / 350,00 11,54 n.a. 350,01 / 600,00 16,35 n.a. 600,01 / 800,00 21,15 n.a. 800,01 / 1000,00 25,00 n.a. 1000,01 / 1500,00 31,73 n.a Corredor Rússia, Geórgia, Azerbeijão, Arménia (montante a transferir em Euros) 20,00 / 100,00 8,65 n.a. 100,01 / 200,00 11,54 n.a. 200,01 / 350,00 13,46 n.a. 350,01 / 450,00 17,31 n.a. 450,01 / 600,00 24,04 n.a. 600,01 / 800,00 28,85 n.a. 800,01 / 1000,00 33,65 n.a. 1000,01 / 1500,00 38,46 n.a. 1500,01 / 4500,00 n.a. 2,88% 3.12 Corredor China (montante a transferir em Euros) 20,00 / 500,00 17,31 n.a. 500,01 / 1000,00 19,23 n.a. 1000,01 / 1500,00 28,85 n.a. 1500,01 / 4500,00 38,46 n.a Corredor India (montante a transferir em Euros) 20,00 / 500,00 4,33 n.a. 500,01 / 1000,00 6,25 n.a. 1000,01 / 1500,00 9,13 n.a. Legenda n.a. : Não Aplicável REALTRANSFER Transferências / Particulares - Pág. 23 /24

24 15. PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE) Compra e venda de notas estrangeiras [Compra de notas estrangeiras] Comissões Euros Em % (Min/Máx) 1. Meio: Caixa 0% 0,00 [Venda de notas estrangeiras] 1. Meio: Caixa 0% 0,00 Acresce Imposto Outras condições REALTRANSFER Outros serviços / Outros Clientes - Pág. 24 /24

Preçário. REALTRANSFER Instituição de Pagamento, S.A. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 13-dez-2016

Preçário. REALTRANSFER Instituição de Pagamento, S.A. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 13-dez-2016 Preçário REALTRANSFER Instituição de Pagamento, S.A. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de O Preçário completo da REALTRANSFER, Instituição de Pagamento, S.A., contém o Folheto de Comissões

Leia mais

Preçário MUNDITRANSFERS - INSTITUIÇÃO DE PAGAMENTOS E CAMBIOS, LDA. INSTITUIÇÃO DE PAGAMENTOS

Preçário MUNDITRANSFERS - INSTITUIÇÃO DE PAGAMENTOS E CAMBIOS, LDA. INSTITUIÇÃO DE PAGAMENTOS Preçário MUNDITRANSFERS - INSTITUIÇÃO DE PAGAMENTOS E CAMBIOS, LDA. INSTITUIÇÃO DE PAGAMENTOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo

Leia mais

Preçário MAXPAY, INSTITUIÇÃO DE PAGAMENTOS, LDA INSTITUIÇÕES PAGAMENTOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS

Preçário MAXPAY, INSTITUIÇÃO DE PAGAMENTOS, LDA INSTITUIÇÕES PAGAMENTOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Preçário MAXPAY, INSTITUIÇÃO DE PAGAMENTOS, LDA INSTITUIÇÕES PAGAMENTOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de O Preçário completo da MAXPAY-Instituição de Pagamento, Lda, contém o Folheto

Leia mais

Preçário NOVACAMBIOS - INSTITUIÇÃO DE PAGAMENTO, SA

Preçário NOVACAMBIOS - INSTITUIÇÃO DE PAGAMENTO, SA Preçário NOVACAMBIOS - INSTITUIÇÃO DE PAGAMENTO, SA INSTI Sociedade financeira com sede em território nacional, de acordo com o previsto no Regime Geral das Instituições de Crédito e Sociedades Financeiras

Leia mais

Preçário RAIZE SERVIÇOS DE GESTÃO, S. A. INSTITUIÇÕES PAGAMENTOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 01-dez-2016

Preçário RAIZE SERVIÇOS DE GESTÃO, S. A. INSTITUIÇÕES PAGAMENTOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 01-dez-2016 Preçário RAIZE SERVIÇOS DE GESTÃO, S. A. INSTITUIÇÕES PAGAMENTOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de O Preçário completo da RAIZE SERVIÇOS DE GESTÃO, S. A., contém o Folheto de Comissões

Leia mais

Preçário BANCO RURAL EUROPA, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO RURAL EUROPA, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO RURAL EUROPA, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo do Banco Rural Europa S.A., contém o Folheto de Comissões

Leia mais

Preçário. Haitong Bank, S.A. Instituição de Crédito. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário. Haitong Bank, S.A. Instituição de Crédito. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário Haitong Bank, S.A. Instituição de Crédito Consulte o FOLHETO E COMISSÕES E ESPESAS Consulte o FOLHETO E TAXAS E JURO ata de Entrada em vigor: 7-ezembro-2012 O Preçário completo do Haitong Bank,

Leia mais

Preçário SONAE FINANCIAL SERVICES, SA INSTITUIÇÕES DE MOEDA ELECTRÓNICA

Preçário SONAE FINANCIAL SERVICES, SA INSTITUIÇÕES DE MOEDA ELECTRÓNICA Preçário INSTITUIÇÕES DE MOEDA ELECTRÓNICA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo da Sonae Financial Services, SA, contém o Folheto de

Leia mais

Preçário SONAE FINANCIAL SERVICES, SA INSTITUIÇÕES DE MOEDA ELECTRÓNICA

Preçário SONAE FINANCIAL SERVICES, SA INSTITUIÇÕES DE MOEDA ELECTRÓNICA Preçário SONAE FINANCIAL SERVICES, SA INSTITUIÇÕES DE MOEDA ELECTRÓNICA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo da Sonae Financial Services,

Leia mais

Preçário SONAE FINANCIAL SERVICES, SA INSTITUIÇÕES DE MOEDA ELECTRÓNICA

Preçário SONAE FINANCIAL SERVICES, SA INSTITUIÇÕES DE MOEDA ELECTRÓNICA Preçário SONAE FINANCIAL SERVICES, SA INSTITUIÇÕES DE MOEDA ELECTRÓNICA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo da Sonae Financial Services,

Leia mais

, , , ,

, , , , 13. TRANSFERÊNCIAS (OUTROS CLIENTES) - FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Entrada em vigor: 01-julho-2016 13.1. Ordens de Transferência 1. Transferências Internas / Nacionais Emitidas 1.1. Entre Contas Bankinter

Leia mais

13. TRANSFERÊNCIAS (OUTROS CLIENTES) Ordens de transferência

13. TRANSFERÊNCIAS (OUTROS CLIENTES) Ordens de transferência 13. TRANSFERÊNCIAS (OUTROS CLIENTES) 13.1. Ordens de transferência Transferências Internas/Nacionais 1. Para conta domiciliada na própria Instituição de Crédito (internas) Com o mesmo ordenante e beneficiário

Leia mais

5. TRANSFERÊNCIAS (PARTICULARES)

5. TRANSFERÊNCIAS (PARTICULARES) 5.1. Ordens de transferência Transferências Internas/Nacionais C/ operador 1. Para conta domiciliada na própria Instituição de Crédito Com o mesmo ordenante e beneficiário - Pontual e Isento Isento Permamente

Leia mais

7. PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS (PARTICULARES)

7. PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS (PARTICULARES) 7.1. Compra e venda de notas estrangeiras Compra e venda de notas estrangeiras Por caixa -- 10,00 -- Por movimentação de conta -- 4,00 -- Máquina automática 2,00% (por operação) 1,25/2,50 Isento Requisição

Leia mais

Preçário GINGATRANSFER - AGÊNCIA DE PAGAMENTOS DE ANGOLA, LDA SOCIEDADE PRESTADORA DE SERVIÇOS DE PAGAMENTO. ANEXO I - Tabela de Comissões e Despesas

Preçário GINGATRANSFER - AGÊNCIA DE PAGAMENTOS DE ANGOLA, LDA SOCIEDADE PRESTADORA DE SERVIÇOS DE PAGAMENTO. ANEXO I - Tabela de Comissões e Despesas Preçário GINGATRANSFER - AGÊNCIA DE PAGAMENTOS DE ANGOLA, LDA SOCIEDADE PRESTADORA DE SERVIÇOS DE PAGAMENTO ANEXO I - Tabela de Comissões e Despesas TABELA DE COMISSÕES E DESPESAS Data de O Preçário pode

Leia mais

Preçário BANIF - BANCO DE INVESTIMENTO, S.A. BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANIF - BANCO DE INVESTIMENTO, S.A. BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANIF BANCO DE INVESTIMENTO, S.A. BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 14Jan2016 O Preçário completo do Banif Banco de

Leia mais

Telefone. operador. 1,70 1,70 Grátis Grátis Grátis Grátis Qualquer montante Permanentes

Telefone. operador. 1,70 1,70 Grátis Grátis Grátis Grátis Qualquer montante Permanentes Entrada em vigor: 01out2016 5.1. Ordens de transferência C/ operador Telefone S/ Internet e Mobile ATM Maq. Rede Interna 1. Transferências Internas / Nacionais Emitidas em euros 1.1 Para conta domiciliada

Leia mais

7. PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS (PARTICULARES)

7. PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS (PARTICULARES) 7.1. Compra e venda de notas estrangeiras Compra e venda de notas estrangeiras Por caixa (por operacção) -- 10,00 Por movimentação de conta (por operação) -- 4,00 Máquina automática (por operação) 2,00%

Leia mais

Balcão. operador S/ 1,70 1,70 Grátis Grátis Grátis Grátis Qualquer montante Permanentes

Balcão. operador S/ 1,70 1,70 Grátis Grátis Grátis Grátis Qualquer montante Permanentes Entrada em vigor: 15fev2017 13.1. Ordens de transferência C/ operador S/ Operador 1. Transferências Internas / Nacionais Emitidas em euros 1.1 Para conta domiciliada na própria Instituição de Crédito com

Leia mais

Membros da MIGA. Agência Multilateral de Garantia de Investimentos. Data de afiliação

Membros da MIGA. Agência Multilateral de Garantia de Investimentos. Data de afiliação Membros da MIGA Agência Multilateral de Garantia de Investimentos Membro Data de afiliação África do Sul 10 de março de 1994 Albânia 15 de outubro de 1991 Alemanha 12 de abril de 1988 Angola 19 de setembro

Leia mais

5. TRANSFERÊNCIAS (PARTICULARES)

5. TRANSFERÊNCIAS (PARTICULARES) 5.1. Ordens de transferência Escalões Canal de receção da ordem de transferência NB Direto NBnet Particulares* 1. Ordens de Transferência 1.1 - Para conta domiciliada na própria instituição de crédito

Leia mais

13. TRANSFERÊNCIAS (OUTROS CLIENTES)

13. TRANSFERÊNCIAS (OUTROS CLIENTES) 13.1. Ordens de transferência 1. Ordens de Transferência 1.1 - Para conta domiciliada na própria instituição de crédito (ordens emitidas) - 1.1.1 - Pontuais - Mesmo ordenante e beneficiário - Ordenante

Leia mais

Dados Estatísticos sobre as Comunidades Portuguesas

Dados Estatísticos sobre as Comunidades Portuguesas Dados Estatísticos sobre as Comunidades Portuguesas População portuguesa e de origem portuguesa residente no estrangeiro (estimativa do Ministério dos Negócios Estrangeiros, Direcção Geral dos Assuntos

Leia mais

VISTOS CONSULARES. Afeganistão Sim Sim. África do Sul Não Não. Albânia Sim Sim. Alemanha Não Não. Andorra Não Sim. Angola Sim Sim

VISTOS CONSULARES. Afeganistão Sim Sim. África do Sul Não Não. Albânia Sim Sim. Alemanha Não Não. Andorra Não Sim. Angola Sim Sim VISTOS CONSULARES - Você vai para o exterior? Uma das primeiras providências a ser tomada é procurar saber se o país de seu destino exige visto no passaporte junto à embaixada ou ao consulado para permitir

Leia mais

Preçário BANK OF CHINA (LUXEMBOURG) S.A. LISBON BRANCH - SUCURSAL EM PORTUGAL SUCURSAL

Preçário BANK OF CHINA (LUXEMBOURG) S.A. LISBON BRANCH - SUCURSAL EM PORTUGAL SUCURSAL Preçário BANK OF CHINA (LUXEMBOURG) S.A. LISBON SUCURSAL Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em Vigor : 28-Jul-2016

Leia mais

5. Transferências (PARTICULARES)

5. Transferências (PARTICULARES) 5.1. Ordens de transferência Escalões Canal de receção da ordem de transferência NBdireto NBnet Particulares* e NBapp ** Outras condições 1. Ordens de Transferência 1.1 - Para conta domiciliada na própria

Leia mais

Preçário MAXPAY - SERVIÇOS DE PAGAMENTO, LDA SOCIEDADE PRESTADORA DE SERVIÇOS DE PAGAMENTO. ANEXO I - Tabela de Comissões e Despesas

Preçário MAXPAY - SERVIÇOS DE PAGAMENTO, LDA SOCIEDADE PRESTADORA DE SERVIÇOS DE PAGAMENTO. ANEXO I - Tabela de Comissões e Despesas Preçário MAXPAY - SERVIÇOS DE PAGAMENTO, LDA SOCIEDADE PRESTADORA DE SERVIÇOS DE PAGAMENTO ANEXO I - Tabela de Comissões e Despesas TABELA DE COMISSÕES E DESPESAS Data de O Preçário pode ser consultado

Leia mais

Madeira: Soluções Globais para Investimentos de Sucesso

Madeira: Soluções Globais para Investimentos de Sucesso Madeira: Soluções Globais para Investimentos de Sucesso Tratados de Dupla Tributação Documento disponível em: www.ibc-madeira.com Convenções Celebradas por Portugal para Evitar a Dupla Tributação Europa

Leia mais

REDUÇÃO DE TAXAS PAÍSES DIPLOMA LEGAL TROCA DOS

REDUÇÃO DE TAXAS PAÍSES DIPLOMA LEGAL TROCA DOS ÁFRICA DO SUL n.º 53/08 22 Setembro n.º 222/2008 publicado em 20-11-2008 EM VIGOR DESDE 22-10-2008 ALEMANHA ANDORRA Lei 12/82 03 Junho n.º 20/2017 14 fevereiro publicado em 14-10-1982 EM VIGOR DESDE 08-10-1982

Leia mais

NOMES DE PAÌSES EM PORTUGUÊS. Lista da ONU

NOMES DE PAÌSES EM PORTUGUÊS. Lista da ONU NOMES DE PAÌSES EM PORTUGUÊS Lista da ONU Países-membros das Nações Unidas Segue-se a lista dos 192 países-membros das Nações Unidas, de acordo com a ordem alfabética de seus nomes em português, com as

Leia mais

Relatório Mundial de Saúde 2006

Relatório Mundial de Saúde 2006 170 Relatório Mundial de Saúde 2006 Anexo Tabela 1 Indicadores básicos para todos os Estados-Membros Números computados pela OMS para assegurar comparabilidade a ; não são necessariamente estatísticas

Leia mais

Tabela prática das convenções para evitar a dupla tributação celebradas por Portugal. Troca dos instrumentos de ratificação / entrada em vigor

Tabela prática das convenções para evitar a dupla tributação celebradas por Portugal. Troca dos instrumentos de ratificação / entrada em vigor Países (ordem alfabética) Diploma legal Troca dos instrumentos de ratificação / entrada em vigor Redução de taxas Dividendos Juros Royalties Art. º Taxa Art. º Taxa Art. º Taxa ÁFRICA DO SUL n.º 53/08

Leia mais

Preçário. BANCO SANTANDER TOTTA, SA (Aplicável a Clientes Originários da Rede BANIF) BANCOS

Preçário. BANCO SANTANDER TOTTA, SA (Aplicável a Clientes Originários da Rede BANIF) BANCOS Preçário BANCO SANTANDER TOTTA, SA (Aplicável a Clientes Originários da Rede BANIF) BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO O Preçário completo do Banco Santander

Leia mais

Preçário COFIDIS SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA

Preçário COFIDIS SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA Preçário COFIDIS SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada do Folheto de Comissões e Despesas

Leia mais

3. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (PARTICULARES) (ÍNDICE)

3. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) 3.1. Cartões de crédito Redes onde o é Cartão BPI Prémio Cartão BPI e Multibanco Cartão BPI Gold e Multibanco Cartão BPI Campeões Cartão Visa FC Porto Cartão BPI Zoom Cartão ACPMaster Cartão BPI Premier

Leia mais

Ação Cultural Externa Relatório Anual 2014 Indicadores. 2. Número de iniciativas apoiadas por áreas geográficas

Ação Cultural Externa Relatório Anual 2014 Indicadores. 2. Número de iniciativas apoiadas por áreas geográficas Ação Cultural Externa Relatório Anual 2014 Indicadores 1. Iniciativas apoiadas pelo Camões, IP a) número (total): 1071 2. Número de iniciativas apoiadas por áreas geográficas Áreas Geográficas Nº Iniciativas

Leia mais

Preçário. Banco Português de Gestão, S.A. Instituição Bancária FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 15-abr-2016

Preçário. Banco Português de Gestão, S.A. Instituição Bancária FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 15-abr-2016 Preçário Banco Português de Gestão, S.A. Instituição Bancária FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 15abr2016 O Preçário pode ser consultado nos balcões e locais de atendimento ao público

Leia mais

Preçário UNICAMBIO - AGENCIA DE CAMBIOS, SA AGÊNCIAS DE CÂMBIOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 05-set-2016

Preçário UNICAMBIO - AGENCIA DE CAMBIOS, SA AGÊNCIAS DE CÂMBIOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 05-set-2016 Preçário UNICAMBIO AGENCIA DE CAMBIOS, SA AGÊNCIAS DE CÂMBIOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 05set2016 O Preçário completo [Unicâmbio Agência de Câmbios. S.A], contém

Leia mais

Preçário AGENCIA DE CAMBIOS CENTRAL, LDA AGÊNCIAS DE CÂMBIOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 27-Abr-2015

Preçário AGENCIA DE CAMBIOS CENTRAL, LDA AGÊNCIAS DE CÂMBIOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 27-Abr-2015 Preçário AGENCIA DE CAMBIOS CENTRAL, LDA AGÊNCIAS DE CÂMBIOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS O Preçário completo da Agência de Câmbios Central, Lda., contém o Folheto de e Despesas (que incorpora

Leia mais

Preçário. Unicâmbio - Instituição de Pagamento, S.A INSTITUIÇÕES PAGAMENTOS

Preçário. Unicâmbio - Instituição de Pagamento, S.A INSTITUIÇÕES PAGAMENTOS Preçário Unicâmbio Instituição de Pagamento, S.A INSTITUIÇÕES PAGAMENTOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 04set2017 O Preçário completo

Leia mais

11. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (OUTROS CLIENTES)

11. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (OUTROS CLIENTES) 11.1. Cartões de crédito Comissões (Euros) Designação do Redes onde o é aceite 1. Anuidades Outros 1.º Titular titulares 2. Emissão de 3. Substituição de 4. Inibição do 5. Pagamento devolvido 6. Comissão

Leia mais

Preçário BANIF - BANCO DE INVESTIMENTO, S.A. BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANIF - BANCO DE INVESTIMENTO, S.A. BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANIF BANCO DE INVESTIMENTO, S.A. BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 01Janeiro2017 O Preçário completo do Banif Banco

Leia mais

Preçário. Banco BAI Europa, S.A. Instituição de Crédito com sede em Portugal

Preçário. Banco BAI Europa, S.A. Instituição de Crédito com sede em Portugal Preçário Banco BAI Europa, S.A. Instituição de Crédito com sede em Portugal Consulte o FOLHETO E COMISSÕES E ESPESAS Consulte o FOLHETO E TAXAS E JURO ata de Entrada em vigor: 01-fev-2017 O Preçário completo

Leia mais

COMPORTAMENTO DO RISCO BRASILEIRO

COMPORTAMENTO DO RISCO BRASILEIRO COMPORTAMENTO DO RISCO BRASILEIRO 11/09/12 11/10/12 11/11/12 11/12/12 11/01/13 11/02/13 11/03/13 11/04/13 11/05/13 11/06/13 11/07/13 11/08/13 11/09/13 11/10/13 11/11/13 11/12/13 11/01/14 11/02/14 11/03/14

Leia mais

META DA TAXA SELIC 14,5% 13,75% 14,25% 13,75% 13,5% 13,25% 12,75% 13,00% 12,75% 12,50% 12,00% 12,25% 11,75% 12,5% 11,25% 11,00% 10,50% 11,25% 11,25%

META DA TAXA SELIC 14,5% 13,75% 14,25% 13,75% 13,5% 13,25% 12,75% 13,00% 12,75% 12,50% 12,00% 12,25% 11,75% 12,5% 11,25% 11,00% 10,50% 11,25% 11,25% mar-08 jul-08 nov-08 mar-09 jul-09 nov-09 mar-10 jul-10 nov-10 mar-11 jul-11 nov-11 mar-12 jul-12 nov-12 mar-13 jul-13 nov-13 mar-14 jul-14 nov-14 mar-15 jul-15 nov-15 META DA TAXA SELIC Cenário básico

Leia mais

META DA TAXA SELIC 14,5% 13,75% 14,25% 13,75% 13,5% 13,25% 12,75% 13,00% 12,75% 12,50% 12,00% 12,25% 11,75% 12,5% 11,25% 11,00% 10,50% 11,25% 11,5%

META DA TAXA SELIC 14,5% 13,75% 14,25% 13,75% 13,5% 13,25% 12,75% 13,00% 12,75% 12,50% 12,00% 12,25% 11,75% 12,5% 11,25% 11,00% 10,50% 11,25% 11,5% abr-08 ago-08 dez-08 abr-09 ago-09 dez-09 abr-10 ago-10 dez-10 abr-11 ago-11 dez-11 abr-12 ago-12 dez-12 abr-13 ago-13 dez-13 abr-14 ago-14 dez-14 abr-15 ago-15 dez-15 META DA TAXA SELIC Cenário básico

Leia mais

META DA TAXA SELIC 14,5% 14,25% 13,75% 13,75% 13,5% 13,00% 13,25% 12,75% 12,25% 11,75% 12,75% 12,25% 12,75% 12,50% 12,5% 12,00%

META DA TAXA SELIC 14,5% 14,25% 13,75% 13,75% 13,5% 13,00% 13,25% 12,75% 12,25% 11,75% 12,75% 12,25% 12,75% 12,50% 12,5% 12,00% abr-08 ago-08 dez-08 abr-09 ago-09 dez-09 abr-10 ago-10 dez-10 abr-11 ago-11 dez-11 abr-12 ago-12 dez-12 abr-13 ago-13 dez-13 abr-14 ago-14 dez-14 abr-15 ago-15 dez-15 abr-16 ago-16 dez-16 META DA TAXA

Leia mais

JUROS E RISCO BRASIL

JUROS E RISCO BRASIL JUROS E RISCO BRASIL META DA TAXA SELIC FONTE: BANCO CENTRAL 13.75% 12.75% 11.25% 10.25% 8.75% 9.50% 10.25% 10.75% 11.25% 12.50% 11.00% 10.50% 9.75% 9.00% 8.50% 8.00% 7.25% 8.50% 9.00% 10.00% 10.50% 11.00%

Leia mais

JUROS E RISCO BRASIL

JUROS E RISCO BRASIL JUROS E RISCO BRASIL META DA TAXA SELIC FONTE: BANCO CENTRAL 11.75% 13.00% 13.75% 12.75% 11.25% 10.25% 8.75% 9.50% 10.25% 10.75% 11.25% 12.50% 11.00% 10.50% 9.75% 9.00% 8.50% 8.00% 7.25% 8.00% 8.50% 9.00%

Leia mais

EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES

EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES 2016 SUMÁRIO Pág. 1 - ANÁLISE 3 2 - CAPÍTULO 41 COMPLETO 4 3 - DESTINOS 5 4 - COURO BOVINO POR TIPO 6 5 - DISTRIBUIÇÃO POR ESTADO 7 1 ANÁLISE DAS EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS

Leia mais

Voltagens e Configurações de Tomadas

Voltagens e Configurações de Tomadas Afeganistão C, D, F 240 V África Central C, E 220 V África do Sul C, M, 230 V Albânia C, F, L 230 V Alemanha C, F 230 V American Samoa A, B, F, I 120 V Andorra C, F 230 V Angola C 220 V Anguilla A, B 110

Leia mais

Calendarização, por países, da obrigatoriedade da formação contínua para obtenção do CAM/CQM (prazos limite para frequência do primeiro curso)

Calendarização, por países, da obrigatoriedade da formação contínua para obtenção do CAM/CQM (prazos limite para frequência do primeiro curso) Calendarização, por países, da obrigatoriedade da formação contínua para obtenção do CAM/CQM (prazos limite para frequência do primeiro curso) Áustria Bélgica Carta de condução da categoria D: 2015 Carta

Leia mais

2. Emissão de. Outros Titulares. seguintes. 1.º ano. Anos. cartão. Grátis 30, ,00 30,00. Grátis 30, ,00 30,00

2. Emissão de. Outros Titulares. seguintes. 1.º ano. Anos. cartão. Grátis 30, ,00 30,00. Grátis 30, ,00 30,00 11.1. Cartões de crédito Designação do Redes onde o é aceite 1.º Titular Outros Titulares de (5) (1) 5. Recuperação de valores em divida (6) Millennium bcp Business Silver Grátis 30,00 20,00 30,00 Millennium

Leia mais

Preçário CAIXA ECONÓMICA DO PORTO

Preçário CAIXA ECONÓMICA DO PORTO Preçário CAIXA ECONÓMICA DO PORTO CAIXAS ECONÓMICAS Consulte o COMISSÕES E SPESAS Consulte o TAXAS JURO Data de O Preçário completo contém o Folheto de Comissões e Despesas (que incorpora os valores máximos

Leia mais

DUPLA TRIBUTAÇÃO INTERNACIONAL EM PORTUGAL

DUPLA TRIBUTAÇÃO INTERNACIONAL EM PORTUGAL SOCIEDA ADVOGADOS, RL ROGÉRIO FERNANS FERREIRA & ASSOCIADOS DUPLA TRIBUTAÇÃO INTERNACIONAL EM PORTUGAL CONFIANÇA EFICIÊNCIA COMPETÊNCIA Foram recentemente aprovados e ratificados, respectivamente, pela

Leia mais

Níveis de Desenvolvimento Global (Extremos da Distribuição dos Países - 10/10)

Níveis de Desenvolvimento Global (Extremos da Distribuição dos Países - 10/10) Níveis de Desenvolvimento Global (Extremos da Distribuição dos Países - 10/10) IDH País Pontuação Esperança de vida (anos) Média de anos de Anos de esperados RNBpc PPC em USD 2008 Posição no RNBpc menos

Leia mais

Relatório sobre o Desenvolvimento Humano 2002

Relatório sobre o Desenvolvimento Humano 2002 a Página da Educação www.apagina.pt Relatório sobre o Desenvolvimento Humano 2002 O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) acaba de publicar o seu Relatório sobre o Desenvolvimento Humano

Leia mais

Preçário GARVAL - SOCIEDADE DE GARANTIA MUTUA, SA SOCIEDADES DE GARANTIA MÚTUA. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS

Preçário GARVAL - SOCIEDADE DE GARANTIA MUTUA, SA SOCIEDADES DE GARANTIA MÚTUA. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Preçário GARVAL - SOCIEDADE DE GARANTIA MUTUA, SA SOCIEDADES DE GARANTIA MÚTUA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de O Preçário completo da Garval - Sociedade de Garantia Mútua, contém o Folheto

Leia mais

A D U P L A T R I B U T A Ç Ã O I N T E R N A C I O N A L E M P O R T U G A L - A C T U A L I Z A Ç Ã O ( J A N E I R O D E )

A D U P L A T R I B U T A Ç Ã O I N T E R N A C I O N A L E M P O R T U G A L - A C T U A L I Z A Ç Ã O ( J A N E I R O D E ) i N º 7 / 1 5 A D U P L A T R I B U T A Ç Ã O I N T E R N A C I O N A L E M P O R T U G A L - A C T U A L I Z A Ç Ã O ( J A N E I R O D E 2 0 1 5 ) Em 12 de Janeiro de 2015 foi publicado o Decreto do Presidente

Leia mais

Quadro Geral de Regime de Vistos para a Entrada de Estrangeiros no Brasil (Atualizado em 07/12/2016) Legenda

Quadro Geral de Regime de Vistos para a Entrada de Estrangeiros no Brasil (Atualizado em 07/12/2016) Legenda Ministério das Relações Exteriores Subsecretaria-Geral das Comunidades Brasileiras no Exterior Departamento de Imigração e Assuntos Jurídicos Divisão de Imigração Quadro Geral de Regime de Vistos para

Leia mais

Ciclo do Projeto MDL Validação

Ciclo do Projeto MDL Validação Brasil e o MDL MDL Baseado na proposta brasileira de 1997 de estabelecimento de um Fundo de Desenvolvimento Limpo, adotada pelo G77 e China e, modificada como mecanismo, adotada em Quioto Brasil foi o

Leia mais

Preçário ONEY BANK - SUCURSAL EM PORTUGAL. Sucursal de Instituição de Crédito com sede na União Europeia

Preçário ONEY BANK - SUCURSAL EM PORTUGAL. Sucursal de Instituição de Crédito com sede na União Europeia Preçário ONEY BANK - SUCURSAL EM PORTUGAL Sucursal de Instituição de Crédito com sede na União Europeia Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO FOLHETO DE COMISSÕES

Leia mais

PREÇOS SERVIÇO TELEFÓNICO 2016

PREÇOS SERVIÇO TELEFÓNICO 2016 I. COMUNICAÇÕES REALIZADAS EM TELEFONE PÚBLICO... 2 I.1. Comunicações Fixo-Fixo (de telefone público) 2 I.2. Comunicações Fixo PT-Prestador de serviço de voz através da internet [PT-VoIP] (de telefone

Leia mais

Carta IEDI nº 809 Indústria Mundial: O Brasil na contramão dos emergentes

Carta IEDI nº 809 Indústria Mundial: O Brasil na contramão dos emergentes Carta IEDI nº 809 Indústria Mundial: O Brasil na contramão dos emergentes ANEXO ESTATÍSTICO Crescimento anual do VTI e VTI per capita, 2005-2015, (em %, em U$ constante 2010). VTI total VTI per capita

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MJC - POLÍCIA FEDERAL SERVIÇO DE INFORMAÇÃO AO CIDADÃO Brasília

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MJC - POLÍCIA FEDERAL SERVIÇO DE INFORMAÇÃO AO CIDADÃO Brasília SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MJC - POLÍCIA FEDERAL SERVIÇO DE INFORMAÇÃO AO CIDADÃO Brasília Mensagem eletrônica n. º 206/2016-SIC/DIREX/PF Prezada Senhora, 1. Trata-se de requerimento de informação protocolado

Leia mais

D u p l a T r i b u t a ç ã o I n t e r n a c i o n a l e m P o r t u g a l - A c t u a l i z a ç ã o

D u p l a T r i b u t a ç ã o I n t e r n a c i o n a l e m P o r t u g a l - A c t u a l i z a ç ã o i N º 2 / 1 4 D u p l a T r i b u t a ç ã o I n t e r n a c i o n a l e m P o r t u g a l - A c t u a l i z a ç ã o Em 15 de Janeiro de 2014 o Ministério dos Negócios Estrangeiros fez publicar os Avisos

Leia mais

Organização Regional da qual faz parte Estados Membros

Organização Regional da qual faz parte Estados Membros Sistema AFRICANO INTERAMERICANO EUROPEU Organização Regional da qual faz parte Estados Membros Organização da Unidade Africana (OUA) (54) África do Sul, Angola, Argélia, Benim, Botswana, Burkina Faso,

Leia mais

2015 ÍNDICE DE PROGRESSO SOCIAL

2015 ÍNDICE DE PROGRESSO SOCIAL 2015 ÍNDICE DE PROGRESSO SOCIAL O QUE É O ÍNDICE DE PROGRESSO SOCIAL? Substituir pela versão em português 2 POR QUE USAR O ÍNDICE DE PROGRESSO SOCIAL? Substituir pela versão em português 3 DEFINIÇÃO DE

Leia mais

Preçário ONEY - INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO, S.A. Instituição Financeira de Crédito

Preçário ONEY - INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO, S.A. Instituição Financeira de Crédito Preçário ONEY - INSTITUIÇÃO FINCEIRA DE CRÉDITO, S.A. Instituição Financeira de Crédito Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data

Leia mais

EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES

EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES FEVEREIRO / 215 SUMÁRIO PÁG. 1 - ANÁLISE DAS EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES 3 2 - EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE COUROS E PELES - CAPÍTULO 41 COMPLETO 4

Leia mais

Preçário BANCO CTT BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO CTT BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO CTT BANCOS Consulte o FOLHETO E COMISSÕES E ESPESAS Consulte o FOLHETO E TAXAS E JURO ata de Entrada em vigor do Folheto de Comissões e espesas 27-nov-2015 ata de Entrada em vigor do Folheto

Leia mais

Preçário ONEY BANK - SUCURSAL EM PORTUGAL. Sucursal de Instituição de Crédito com sede na União Europeia

Preçário ONEY BANK - SUCURSAL EM PORTUGAL. Sucursal de Instituição de Crédito com sede na União Europeia Preçário ONEY BANK - SUCURSAL EM PORTUGAL Sucursal de Instituição de Crédito com sede na União Europeia Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO FOLHETO DE COMISSÕES

Leia mais

3. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (PARTICULARES)

3. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (PARTICULARES) 3.1. Cartões de crédito Comissões (Euros) Designação do Redes onde o é aceite NB Verde NB Verde Dual + MB, American Express NB Gold NB Gold Dual + MB, American Express 1.º ano 1. Anuidades 1.º Titular

Leia mais

OEm Observatório da Emigração

OEm Observatório da Emigração OEm Observatório da Emigração Ficha 2014.01 Emigração Portuguesa na União Europeia Os Dados dos Censos de 2011 Mais de um milhão de portugueses estavam emigrados nos países da União Europeia e da EFTA

Leia mais

Quadro Geral de Regime de Vistos para a Entrada de Estrangeiros no Brasil (Atualizado em 08/04/2016) Legenda

Quadro Geral de Regime de Vistos para a Entrada de Estrangeiros no Brasil (Atualizado em 08/04/2016) Legenda Ministério das Relações Exteriores Subsecretaria-Geral das Comunidades Brasileiras no Exterior Departamento de Imigração e Assuntos Jurídicos Divisão de Imigração Quadro Geral de Regime de Vistos para

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA. O CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA, no uso das

CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA. O CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA, no uso das Resolução nº 1.818, de 19 de setembro de 2009. Altera o valor das diárias definidos pela Resolução nº 1.745, de 26 de janeiro de 2005, e dispõe sobre demais assuntos. O CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA, no

Leia mais

Preçário BANCO INVEST, SA BANCOS. FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 12-Mai-2016

Preçário BANCO INVEST, SA BANCOS. FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 12-Mai-2016 Preçário BANCO INVEST, SA BANCOS FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo do Banco Invest, contém o Folheto de e Despesas (que incorpora os valores

Leia mais

BANCO SANTANDER TOTTA, SA 3. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (PARTICULARES) 3.1. Cartões de crédito

BANCO SANTANDER TOTTA, SA 3. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (PARTICULARES) 3.1. Cartões de crédito 3. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (PARTICULARES) 3.1. Cartões de crédito Comissões (Euros) (ÍNDICE) Designação do Redes onde o é aceite Platinum Gold MasterCard Gold Visa Gold Exclusive 1.º Titular [Outros

Leia mais

REFORMA DA PREVIDÊNCIA: POR QUE FAZER? EFEITOS DA DEMOGRAFIA EXIGEM AJUSTE DE REGRAS

REFORMA DA PREVIDÊNCIA: POR QUE FAZER? EFEITOS DA DEMOGRAFIA EXIGEM AJUSTE DE REGRAS REFORMA DA PREVIDÊNCIA: POR QUE FAZER? EFEITOS DA DEMOGRAFIA EXIGEM AJUSTE DE REGRAS 29 de março 217 198 9+ 8 8 7 7 6 6 4 4 3 3 2 2 2.. 1.. 1.... 1.. 1.. 2.. + 6 anos Fonte: IBGE (Projeção da População,

Leia mais

Reclamações Fundo de Garantia de Depósitos. Datas - Valor. 9 CONTAS DE DEPÓSITO 1.1. Depósitos à ordem 9.1. Depósitos à ordem

Reclamações Fundo de Garantia de Depósitos. Datas - Valor. 9 CONTAS DE DEPÓSITO 1.1. Depósitos à ordem 9.1. Depósitos à ordem Entrada em vigor: 7-ez-2012 FOLHETO E COMISSÕES E ESPESAS INFORMAÇÃO GERAL INFORMAÇÃO COMPLEMENTAR Reclamações Fundo de Garantia de epósitos atas - Valor Clientes Particulares Outros Clientes 1 CONTAS

Leia mais

Não aplicável (conta não remunerada). Não aplicável (conta não remunerada).

Não aplicável (conta não remunerada). Não aplicável (conta não remunerada). Referência: 400016_GBP_20170607_001 DEPÓSITOS À ORDEM MOEDA ESTRANGEIRA Designação Depósitos à Ordem Moeda Estrangeira Condições de acesso Modalidade Clientes pessoas singulares Clientes pessoas coletivas

Leia mais

NORMAS PARA SOLICITAÇÃO DE AUXÍLIO EM EVENTOS CIENTÍFICOS

NORMAS PARA SOLICITAÇÃO DE AUXÍLIO EM EVENTOS CIENTÍFICOS NORMAS PARA SOLICITAÇÃO DE AUXÍLIO EM EVENTOS CIENTÍFICOS Prezado Professor, Bem-vindo ao Programa de Fomento à Pesquisa da FMP/FASE. Ele foi desenvolvido para estimular os docentes que desenvolvem investigação

Leia mais

MANUAL DE CONCESSÃO DE AUXÍLIO FINANCEIRO A ESTUDANTES DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO

MANUAL DE CONCESSÃO DE AUXÍLIO FINANCEIRO A ESTUDANTES DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO MANUAL DE CONCESSÃO DE AUXÍLIO FINANCEIRO A ESTUDANTES DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO Em atendimento às Portarias CAPES n 156 de 28 de novembro de 2014 e n 132 de 18 de agosto de 2016, que aprova o regulamento

Leia mais

MANUAL DE CONCESSÃO DE AUXÍLIO FINANCEIRO A ESTUDANTES DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU

MANUAL DE CONCESSÃO DE AUXÍLIO FINANCEIRO A ESTUDANTES DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU MANUAL DE CONCESSÃO DE AUXÍLIO FINANCEIRO A ESTUDANTES DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU Em atendimento às Portarias CAPES n 156 de 28 de novembro de 2014 e n 132 de 18 de agosto de 2016, que

Leia mais

Preçário SONAE FINANCIAL SERVICES, SA INSTITUIÇÕES DE MOEDA ELECTRÓNICA

Preçário SONAE FINANCIAL SERVICES, SA INSTITUIÇÕES DE MOEDA ELECTRÓNICA Preçário SONAE FINANCIAL SERVICES, SA INSTITUIÇÕES DE MOEDA ELECTRÓNICA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo da Sonae Financial Services,

Leia mais

Preçário COFIDIS SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA

Preçário COFIDIS SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA Preçário COFIDIS SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo da Cofidis, contém

Leia mais

AMNISTIA INTERNACIONAL. LISTA DOS PAÍSES ABOLICIONISTAS E RETENCIONISTAS (31 de Dezembro de 2008) Embargado para 24 de Março de 2009

AMNISTIA INTERNACIONAL. LISTA DOS PAÍSES ABOLICIONISTAS E RETENCIONISTAS (31 de Dezembro de 2008) Embargado para 24 de Março de 2009 Embargado para 24 de Março de 2009 Público AMNISTIA INTERNACIONAL LISTA DOS PAÍSES ABOLICIONISTAS E RETENCIONISTAS (31 de Dezembro de 2008) 24 de Março de 2009 ACT 50/002/2009 SECRETARIADO INTERNACIONAL,

Leia mais

Agência Nº Conta de Depósitos à Ordem Nº Cliente. Nome Completo B.I./ Cartão Cidadão Nº Contribuinte Código Repartição Finanças Morada de residência

Agência Nº Conta de Depósitos à Ordem Nº Cliente. Nome Completo B.I./ Cartão Cidadão Nº Contribuinte Código Repartição Finanças Morada de residência Proposta de Adesão Particulares Cartão de Crédito Sporting Classic Agência Nº Conta de Depósitos à Ordem Nº Cliente _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ Identificação do titular Nome Completo

Leia mais

POLIONU LISTA DE PAÍSES

POLIONU LISTA DE PAÍSES AGH Bolívia 2 Brasil 2 Chile 2 China 2 Colômbia 2 Cuba 2 Equador 2 Espanha 2 Estados Unidos da América 2 França 2 Honduras 2 Israel 2 Itália 2 México 2 Nigéria 2 Panamá 2 Peru 2 Reino Unido 2 Senegal 2

Leia mais

Indicadores socioeconómicos dos Países de Língua Portuguesa 2013

Indicadores socioeconómicos dos Países de Língua Portuguesa 2013 Indicadores socioeconómicos dos Países de Língua Portuguesa 2013 O #Lusofonia (Cardinal Lusofonia) é uma publicação que se enquadra na promoção do conhecimento público sobre as economias dos Países de

Leia mais

Embaixadas do Brasil no Mundo - Alemanha

Embaixadas do Brasil no Mundo - Alemanha 1. edestinos.com.br 2. Dicas de viagem Última atualização: 30.09.2016 Passagens aéreas Bagagem Check-in e serviço de bordo Como reservar passagens aéreas Saúde durante a viagem FAQ Passageiras grávidas

Leia mais

Portas Automáticas. Resistentes ao Fogo

Portas Automáticas. Resistentes ao Fogo Portas Automáticas Resistentes ao Fogo 1 Criada em 1966, a Manusa é uma empresa líder no mercado das portas automáticas graças ao desenvolvimento de uma tecnologia própria e a uma equipa de profissionais

Leia mais

Brasil e o MDL. Situação Atual do MDL no Brasil e no Mundo. Britcham. São Paulo 30 de setembro de 2008

Brasil e o MDL. Situação Atual do MDL no Brasil e no Mundo. Britcham. São Paulo 30 de setembro de 2008 Brasil e o MDL Situação Atual do MDL no Brasil e no Mundo Britcham São Paulo 30 de setembro de 2008 Gustavo Mozzer Ministério da Ciência e Tecnologia Assessor Técnico da Secretária Executiva da Comissão

Leia mais

A FORMAÇÃO DOS BLOCOS ECONÔMICOS

A FORMAÇÃO DOS BLOCOS ECONÔMICOS A FORMAÇÃO DOS BLOCOS ECONÔMICOS PROF. DE GEOGRAFIA: BIANCA 1º TRIM - GEOGRAFIA 2016 INTRODUÇÃO Para a formação dos blocos econômicos, os países firmam acordos comerciais, estabelecendo medidas que visam

Leia mais

Modernização na Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas

Modernização na Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas Administração Pública e Saúde Modernização na Secretaria de Estado das Comunidades Ministério dos Negócios Estrangeiros Os casos de estudo Consulado Virtual e Sistema de Localização de Portugueses como

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO 1. Identificação da instituição de crédito 1.1. Denominação Banco BIC

Leia mais

Alterações ao preçário 2017 Folheto de Comissões e Despesas - Particulares

Alterações ao preçário 2017 Folheto de Comissões e Despesas - Particulares Folheto de e Despesas - Particulares 1. CONTAS DE DEPÓSITO - em vigor a partir de 01-05-2017 1.1. Depósitos à Ordem Euros (Mín/Máx) Impostos 4. Fornecimento de elementos/buscas sobre depósitos Pedidos

Leia mais

IX-5 Lista de Consulado Geral e Embaixadas em Kansai

IX-5 Lista de Consulado Geral e Embaixadas em Kansai IX-5 Lista de Consulado Geral e s em Kansai 1. Consulado Geral, e consulado em Kansai Consulado Geral Endereço Telefone Australia Ed. Twin 21 MID Tower 16º andar, 06-6941-9271 Consulado Geral da Austrália

Leia mais

1. O presente é um relatório sobre a participação no Acordo Internacional do Café (AIC) de 2007.

1. O presente é um relatório sobre a participação no Acordo Internacional do Café (AIC) de 2007. ICC 119-3 6 março 2017 Original: inglês P Conselho Internacional do Café 119. a sessão 13 17 março 2017 Londres, Reino Unido Acordo Internacional do Café de 2007 Participação aos 3 de março de 2017 Antecedentes

Leia mais