MATEMÁTICA 5º ANO COLEÇÃO INTERAGIR E CRESCER

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MATEMÁTICA 5º ANO COLEÇÃO INTERAGIR E CRESCER"

Transcrição

1 CONTEÚDOS MATEMÁTICA 5º ANO COLEÇÃO INTERAGIR E CRESCER UNIDADE 1 1. Números, problemas e soluções Sistema de numeração - Uso e função dos números grandes; - Os milhões e os bilhões; - Classes e ordens; - Leitura e escrita. Adição, subtração e multiplicação com números grandes - Procedimentos, propriedades e situações do - Estimativas, aproximação e arredondamentos; - algoritmo; 2. Divisão Procedimentos,propriedades e situações do - Estimativas, aproximação e arredondamentos; - Uso da calculadora; - Expressões numéricas. 3. Ponto, Ângulos e retas - Ponto, linhas curvas, linhas retas, contornos - Notar que os códigos e números do sistema de numeração decimal são limitados diante da Grandeza e infinitude de Deus; - Diferenciar o significado e função dos números grandes (quantificação, identificação e ordenação); - Identificar os milhões e bilhões no dia a dia; - Demonstrar o significado do número em cada posição classe e ordem; - Ler e escrever os números naturais evidenciando a compreensão de classes e ordens; - Resolver situações que envolvam mais de uma operação matemática, utilizando o algoritmo usual; - Registrar os cálculos obtidos das operações utilizando técnicas convencionais ou não convencionais; - Aproximar o resultado, quando necessário, de acordo com a situação envolvida; - Usar a calculadora para confirmar e justificara obtenção de resultados; - Perceber as relações entre procedimentos de cálculo mental e o algoritmo usual; - Observar as possíveis maneiras de adicionar e subtrair elementos de uma coleção e organizá-las usando estratégias pessoais. - Respeitar o pensamento do outro, valorizar o trabalho cooperativo e o intercâmbio de ideais, como fonte de aprendizagem; - Resolver a divisão com números naturais, utilizando situações matemáticas cotidianas, com registro formal ou não para obtenção do resultado; - Estimar o resultado da divisão, quando necessário, de acordo com o contexto; - Solucionar as divisões com números naturais, aplicando técnicas operatórias convencionais (algoritmo); - Criar formas de operar a divisão mentalmente; - Verificar a utilidade da calculadora como mais um caminho possível na busca de um resultado; - Solucionar expressões numéricas através de jogos matemáticos utilizando corretamente suas regras: os números, operações básicas e símbolos (parêntesis, colchete e chave). - Apreciar a evolução histórica da geometria e de seus registros; - Lembrar os conceitos de ponto, linhas, retas e planos;

2 e plano; - A reta; - Direção e sentido; - Segmento de reta; - Semirretas; - Retas coplanares; - Ideia de ângulo; - Agudo, reto e obtuso; - Retas paralelas e perpendiculares; - Uso da régua e transferidor; - O polígono e o tangram. - Perceber as posições das retas utilizando o próprio corpo (horizontal, vertical e inclinada); - Observar os tipos de retas em mapas, labirintos e ruas; - Construir a ideia de ângulo; - Relacionar ângulos com frações de volta; - Visualizar retas e ângulos em um plano qualquer; - Reconhecer diferentes ângulos nos cantos dos objetos; - Utilizar a régua e o transferidor conforme suas especificidades; - Averiguar as semelhanças e diferenças entre polígonos, considerando seu número de lados e de ângulos; - Construir polígonos utilizando as peças do tangram; - Perceber o segmento de reta como lado dos polígonos; - Ler e apresentar dados apresentados em diagramas e gráficos. UNIDADE 2 4. Medidas e comparações Medidas de Comprimento - Km,m,cm e mm; Medidas de massa - Kg e grama; Medidas de capacidade - Litro e mililitro; Medida de temperatura - Demonstrar a medida de capacidade, resolvendo situações cotidianas a partir de recursos com formato tridimensional; - Comparar a quantidade de líquidos que cada objeto suporta; - Relacionar medidas de comprimento entre si; - Relacionar medidas de massa entre si; - Relacionar medidas de capacidade entre si; - Relacionar as unidades de tempo (hora, minuto e segundo) com a medida de temperatura em situações cotidianas; - Analisar relações entre as unidades de tempo utilizando o relógio; - Apreender noções básicas de escala; - Comparar plantas baixas e mapas com espaços reais; - Explorar a relação entre massa e quantidade em situações cotidianas (elevadores); Medida de tempo - Horas/ minutos/segundos 5. Imagens e formas Perímetro e área de polígonos - Triângulos, quadriláteros e círculo. Sólidos geométricos - Os sólidos no - Poliedros e corpos - Evidenciar sensibilidade pela observação das formas geométricas presentes na natureza e nos espaços construídos pelo ser humano; - Verificar o uso de perímetro e áreas em situações do - Concluir que o perímetro tem função de quantificar o espaço que falta ser percorrido (triângulos, quadriláteros e círculo); - Estabelecer relações entre áreas de figuras planas (triângulo, quadriláteros e círculo); - Ampliar e reduzir figuras planas, utilizando malha quadriculada; - Calcular perímetro e área de polígonos; - Calcular o número de vértices, faces e arestas de cada poliedro

3 redondos; - Volume. 6. Números naturais - A ideia de divisores e múltiplos de um número; - Critérios de divisibilidade; - Números primos e decomposição em números primos; - Mdc e mmc (paralelepípedo, pirâmide e cubo); - Identificar a quantidade de vértices, faces e arestas de um poliedro; - Caracterizar poliedros e corpos redondos; - Diferenciar poliedros de corpos redondos em objetos presentes no - Relacionar o sólido geométrico com seu volume, dando ênfase nas dimensões; - Construir poliedros e corpos redondos utilizando uma folha de papel; - Planificar alguns poliedros e corpos redondos para verificar que figuras planas compõe o mesmo; - Observar os sólidos geométricos a partir de diferentes posições, avaliando e registrando sua imagem a cada instante (projeções); - Relacionar formas de objetos com o seu volume; - Coletar e organizar informações em tabela, de sólidos geométricos com a mesma forma. - Demonstrar confiança na própria capacidade para elaborar estratégias pessoais diante das situações colocadas em sala; - Calcular e registrar quantos grupos de mesma quantidade podem ser formados sem sobrar nenhum elemento do total; - Interpretar e formular situações matemáticas envolvendo a ideia de divisores e múltiplos; - Construir as regras de divisibilidade a partir de experimentos aritméticos; - Construir o significado do número primo; - Verificar relação de decomposição entre números primos; - Notar a diversidade de formas em que o número natural pode ser apresentado a partir de sua decomposição em fatores primos; - Utilizar o procedimento de cálculo para mmc e mdc; - Aperceber-se de que o cálculo de mmc ou mdc é uma ferramenta para solução rápida de problemas do - Constatar regularidades no cálculo de mmc e mdc. UNIDADE 3 7. Números racionais - Representação de uma fração; - Leitura de uma fração; - Tipos de frações; - Frações equivalentes; - Simplificação de fração; - Redução ao mesmo denominador; - Comparação de - Evidenciar disposição para ouvir e cooperar em sala de aula; - Identificar números fracionários em situações do - Constatar que o inteiro pode ser dividido em partes iguais e que o processo inverso da união das partes iguais compõe o inteiro; - Utilizar a nomenclatura específica para os termos de uma fração; - Reconhecer e fazer a leitura de uma fração no - Formalizar o conceito de fração própria, imprópria e aparente a partir das características comuns; - Perceber a necessidade de números fracionários em medições do

4 frações; - Número misto. 8. Mais números racionais - Fração decimal; - Transformações de fração decimal em número decimal; - Inteiros, décimos, centésimos e milésimos; - Comparação de decimais; - Adição e subtração com decimais. 9. Problemas e soluções Adição e subtração de racionais - Procedimentos, propriedades e situações do - Estimativas, aproximação e - Determinar as frações equivalentes de uma fração; - Identificar frações equivalentes, pela observação de representações gráficas ou numéricas de uma fração; - Aperceber-se que frações equivalentes apresentam características peculiares, tornando possível simplificá-las até sua forma irredutível, quando necessário; -Explorar a possibilidade de tornar as frações com os mesmos denominadores, através da equivalência de frações; - Comparar o inteiro e suas partes e as partes entre si, utilizando o quadro de equivalência de frações; - Compreender o valor das frações em relação ao número natural; - Localizar as frações na reta numérica; - Compreender o sentido e o valor de número misto. - Demonstrar interesse em conhecer e utilizar diferentes estratégias e procedimentos para o cálculo que permitam generalizações e precisão; - Identificar números decimais em situações do - Resolver situações envolvendo simultaneamente frações e números decimais; - Perceber e mensurar as relações estabelecidas entre inteiros, décimos, centésimos e milésimos; - Demonstrar o efeito do deslocamento da vírgula em um número; - Representar o mesmo número de formas diferentes (fração ou decimais); - Compreender o valor do número decimal em relação ao número natural; - Ordenar números fracionários na forma decimal; - Perceber a necessidade de números decimais em medições do - Representar e localizar os decimais na reta numérica; - Utilizar classes e ordens para estabelecer comparações de valor entre os números decimais; - Exercitar o raciocínio lógico em situações matemáticas que envolvem ideias de adição e subtração com números decimais utilizando técnicas convencionais e não convencionais; - Construir o conceito de fração decimal; - Transformar números fracionários em números decimais e viceversa. - Respeitar o pensamento do outro, valorizar o trabalho cooperativo e o intercâmbio de ideais, como fonte de aprendizagem; - Exercitar o raciocínio lógico e resolver situações matemáticas com os diferentes significados da adição e subtração; - Transformar números fracionários em números decimais; - Realizar operações com números fracionários e decimais; - Constatar a existência de propriedades em operações de adição e subtração de decimais;

5 arredondamentos; Multiplicação e divisão de racionais - Procedimentos, propriedades e situações práticas no - Estimativas, aproximação e arredondamentos; - Utilizar procedimentos e propriedades da adição e subtração de números racionais na resolução de situações do - Adicionar e subtrair frações com mesmos denominadores e diferentes denominadores, utilizando frações equivalentes e mmc, quando necessário; - Executar a adição e subtração de números fracionários na forma decimal, por meio de estratégias pessoais e de técnicas convencionais; - Utilizar o cálculo mental e a estimativa como procedimentos para efetuar a adição e subtração de frações e decimais; - Exercitar o raciocínio lógico e resolver situações matemáticas com os diferentes significados da multiplicação e divisão; - Multiplicar e dividir frações com mesmos denominadores e diferentes denominadores, utilizando frações equivalentes e mmc, quando necessário; - Constatar a existência de propriedades em operações de multiplicação e divisão de decimais; - Utilizar procedimentos e propriedades da multiplicação e divisão de números racionais na resolução de situações do - Executar a multiplicação e divisão de números fracionários na forma decimal, por meio de estratégias pessoais e de técnicas convencionais; - Utilizar o cálculo mental e a estimativa como procedimentos para efetuar a multiplicação e divisão de frações e decimais; - Verificar formas diferentes de obter resultado, utilizando a calculadora; UNIDADE Probabilidade - Ideias sobre agrupamentos; - Possibilidades; - Experiências com raciocínio combinatório e probabilidade. 11. Multiplicação e divisão com os decimais - Multiplicação e divisão por 10, 100 e 1.000; -Procedimentos, propriedades e - Identificar as possíveis maneiras de combinar elementos de um grupo e de contabilizá-los usando estratégias pessoais ou técnicas convencionais; - Explorar a ideia de possibilidades em situações familiares ou frequentes; - Solucionar problemas que envolvam a noção de probabilidade simples; - Respeitar as diferentes estratégias de combinação do outro ao relacionar os mesmos resultados; - Exercitar o raciocínio combinatório; - Utilizar-se de informações dadas para avaliar probabilidades. - Acreditar na própria capacidade para reelaborar estratégias diante de novas situações, envolvendo multiplicação e divisão de decimais; - Concluir que o deslocamento da vírgula em um número decimal implica sua multiplicação ou divisão por 10, 100 e 1000; - Constatar a existência de propriedades em operações de

6 situações do - Estimativas, aproximação e arredondamentos dos resultados; 12. Porcentagem - Procedimentos e situações do - Uso da calculadora; - Fração centesimal, números decimais e suas relações com o sistema monetário brasileiro. multiplicação e divisão de decimais; - Encontrar o resultado da multiplicação e divisão dos números decimais, por meio de estratégias pessoais e de técnicas operatórias convencionais; - Utilizar o cálculo mental e a estimativa para ter noção aproximada do resultado solicitado pelas situações matemáticas; - Calcular as partes proporcionais de um número decimal ao multiplicar ou dividir por 10,100 ou 1000, reconhecendo sua utilidade na vida cotidiana; -Verificar formas diferentes de obter resultado, utilizando a calculadora. - Dar-se conta da importância de ser econômico nas situações cotidianas; - Valorizar a economia como um princípio necessário ao bemestar em coletividade; - Apreender o significado e o símbolo de porcentagem; - Calcular porcentagem em situações do - Explorar procedimentos de cálculo da porcentagem no contexto monetário; - Transformar número decimal em fração centesimal em situações monetárias; - Transformar a fração centesimal em taxa percentual envolvendo situações monetárias; - Relacionar as transformações envolvendo número decimal, fração centesimal e taxa percentual; - Utilizar o cálculo mental e a estimativa em porcentagem; - Realizar diferentes procedimentos na obtenção de um valor percentual utilizando a calculadora.

Disciplina: Matemática. Período: I. Professor (a): Liliane Cristina de Oliveira Vieira e Maria Aparecida Holanda Veloso

Disciplina: Matemática. Período: I. Professor (a): Liliane Cristina de Oliveira Vieira e Maria Aparecida Holanda Veloso COLÉGIO LA SALLE BRASILIA Associação Brasileira de Educadores Lassalistas ABEL SGAS Q. 906 Conj. E C.P. 320 Fone: (061) 3443-7878 CEP: 70390-060 - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL Disciplina: Matemática Período:

Leia mais

Disciplina: Matemática. Período: I. Professor (a): Liliane Cristina de Oliveira Vieira e Maria Aparecida Holanda Veloso

Disciplina: Matemática. Período: I. Professor (a): Liliane Cristina de Oliveira Vieira e Maria Aparecida Holanda Veloso COLÉGIO LA SALLE BRASILIA Associação Brasileira de Educadores Lassalistas ABEL SGAS Q. 906 Conj. E C.P. 320 Fone: (061) 3443-7878 CEP: 70390-060 - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL Disciplina: Matemática Período:

Leia mais

1. Localizar pessoas ou objetos no espaço, com base em diferentes pontos de referência algumas indicações de posição;

1. Localizar pessoas ou objetos no espaço, com base em diferentes pontos de referência algumas indicações de posição; PREFEITURA MUNICIPAL DE BETIM SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SEMED DIVISÃO PEDAGÓGICA DE ENSINO 2010 MATRIZ BÁSICA DO REFERENCIAL CURRICULAR DE BETIM 1 CICLO MATEMÁTICA 06 ANOS 07 ANOS 08 ANOS COMPETÊNCIAS

Leia mais

CONTEÚDOS DA DISCIPLINA DE MATEMÁTICA

CONTEÚDOS DA DISCIPLINA DE MATEMÁTICA CONTEÚDOS DA DISCIPLINA DE MATEMÁTICA 6ºANO CONTEÚDOS-1º TRIMESTRE Números naturais; Diferença entre número e algarismos; Posição relativa do algarismo dentro do número; Leitura do número; Sucessor e antecessor;

Leia mais

CONTRIBUIÇÃO DAS ESCOLAS ESTADUAIS PARA O TEXTO DAS DIRETRIZES CURRICULARES PARA A EDUCAÇÃO BÁSICA DO ESTADO DO AMAPÁ MATEMÁTICA

CONTRIBUIÇÃO DAS ESCOLAS ESTADUAIS PARA O TEXTO DAS DIRETRIZES CURRICULARES PARA A EDUCAÇÃO BÁSICA DO ESTADO DO AMAPÁ MATEMÁTICA CONTRIBUIÇÃO DAS ESCOLAS ESTADUAIS PARA O TEXTO DAS DIRETRIZES CURRICULARES PARA A EDUCAÇÃO BÁSICA DO ESTADO DO AMAPÁ MATEMÁTICA 1. IDENTIDADE DO COMPONENTE CURRICULAR O domínio básico do significado simbólico

Leia mais

EIXO/TEMA IV - TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO Descritor 27 Ler informações e dados apresentados em tabelas.

EIXO/TEMA IV - TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO Descritor 27 Ler informações e dados apresentados em tabelas. SUGESTÕES DE ATIVIDADES PARA O TRABALHO COM AS HABILIDADES E OS CONTEÚDOS DOS DESCRITORES DA MATRIZ SAEB E DAS EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM DA MATRIZ CURRICULAR DO ESTADO DE GOIÁS CADERNO 5 Matemática

Leia mais

Plano Curricular de Matemática 3.º Ano - Ano Letivo 2015/2016

Plano Curricular de Matemática 3.º Ano - Ano Letivo 2015/2016 Plano Curricular de Matemática 3.º Ano - Ano Letivo 2015/2016 1.º Período Conteúdos Programados Previstas Dadas Números e Operações Utilizar corretamente os numerais ordinais até vigésimo. Ler e representar

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DE MATEMÁTICA

PLANEJAMENTO ANUAL DE MATEMÁTICA COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE MATEMÁTICA 6º ANO "... A minha contribuição

Leia mais

COLÉGIO MILITAR DE CURITIBA - Projeto Pré-Requisitos 7º ano

COLÉGIO MILITAR DE CURITIBA - Projeto Pré-Requisitos 7º ano Caro aluno Este Caderno de Apoio à Aprendizagem em Matemática foi produzido com o objetivo de colaborar em sua aprendizagem. Ele apresenta uma série de atividades a serem resolvidas por você. Estas atividades

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS MATEMÁTICA 5.º ANO PLANIFICAÇÃO GLOBAL ANO LETIVO 2012/2013 Planificação Global 5º Ano 2012-2013 1/7 NÚMEROS

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DO NOVO PROGRAMA DE MATEMÁTICA

PLANIFICAÇÃO ANUAL DO NOVO PROGRAMA DE MATEMÁTICA PLANIFICAÇÃO ANUAL DO NOVO PROGRAMA DE MATEMÁTICA 5º ano 2012/2013 UNIDADE: Números e Operações 1 - NÚMEROS NATURAIS OBJECTIVOS GERAIS: - Compreender e ser capaz de usar propriedades dos números inteiros

Leia mais

PLANO DE ENSINO DE MATEMÁTICA 5ª. SÉRIE, 6º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 1º BIMESTRE DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO CAIEIRAS

PLANO DE ENSINO DE MATEMÁTICA 5ª. SÉRIE, 6º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 1º BIMESTRE DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO CAIEIRAS PLANO DE ENSINO DE MATEMÁTICA 5ª. SÉRIE, 6º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 1º BIMESTRE 1-Estrutura do ensino de numeração decimal; agrupamento e contagens; valor posicional; operações básicas; operações inversas;

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO PROPOSTA DE PLANEJAMENTO DO REFERENCIAL CURRICULAR POR ETAPA - 8º ANO - ETAPA 1

SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO PROPOSTA DE PLANEJAMENTO DO REFERENCIAL CURRICULAR POR ETAPA - 8º ANO - ETAPA 1 ESCOLA MUNICIPAL PROFESSOR(A): Números inteiros: operações e problemas. Operações com números racionais na forma Operar com números racionais (fracionários fracionária e decimal; e/ou decimais) em situações

Leia mais

Programas Referenciais do 1º ciclo do Ensino Recorrente. Programa Referencial de MATEMÁTICA INTRODUÇÃO

Programas Referenciais do 1º ciclo do Ensino Recorrente. Programa Referencial de MATEMÁTICA INTRODUÇÃO Programa Referencial de MATEMÁTICA INTRODUÇÃO 1. Finalidades A Matemática intervém, em quase todas as actividades humanas do quotidiano, quer como instrumento para resolução de situações problemáticas,

Leia mais

Matriz Curricular de Matemática 6º ao 9º ano 6º ano 6º Ano Conteúdo Sistemas de Numeração Sistema de numeração Egípcio Sistema de numeração Romano Sistema de numeração Indo-arábico 1º Trimestre Conjunto

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO PREFEITO WILLIAMS DE SOUZA ARRUDA PROFESSOR: PEDRO ROMÃO BATISTA COMPONENTE CURRICULAR: MATEMÁTICA

ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO PREFEITO WILLIAMS DE SOUZA ARRUDA PROFESSOR: PEDRO ROMÃO BATISTA COMPONENTE CURRICULAR: MATEMÁTICA ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO PREFEITO WILLIAMS DE SOUZA ARRUDA PROFESSOR: PEDRO ROMÃO BATISTA COMPONENTE CURRICULAR: MATEMÁTICA PLANOS DE CURSO PARA 6º E 7º ANOS Campina Grande, 2011 -

Leia mais

ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA CLARA DE RESENDE

ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA CLARA DE RESENDE 1. NÚMEROS NATURAIS ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA CLARA DE RESENDE CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO ESPECÍFICOS (Aprovados em Conselho Pedagógico a 21 de Outubro de 2014) No caso específico da disciplina de Matemática,

Leia mais

Planificação de Matemática -6ºAno

Planificação de Matemática -6ºAno DGEstE - Direção-Geral de Estabelecimentos Escolares Direção de Serviços Região Alentejo Agrupamento de Escolas de Moura código n.º 135471 Escola Básica nº 1 de Moura (EB23) código n.º 342294 Planificação

Leia mais

Metas Curriculares Ensino Básico Matemática António Bivar, Carlos Grosso, Filipe Oliveira, Maria Clementina Timóteo

Metas Curriculares Ensino Básico Matemática António Bivar, Carlos Grosso, Filipe Oliveira, Maria Clementina Timóteo Metas Curriculares Ensino Básico Matemática António Bivar, Carlos Grosso, Filipe Oliveira, Maria Clementina Timóteo Autores António Bivar Universidade Lusíada de Lisboa Carlos Grosso Escola Secundária

Leia mais

Padrões de Desempenho Estudantil

Padrões de Desempenho Estudantil Matemática - 4ª série/5º ano do Ensino Fundamental PAEBES 2013 Padrões de Desempenho Estudantil Abaixo do Básico Básico Proficiente Avançado Os Padrões de Desempenho são categorias definidas a partir de

Leia mais

Resoluções Prova Anglo

Resoluções Prova Anglo Resoluções Prova Anglo F- TIPO D-6 Matemática (P-2) Ensino Fundamental 6º ano DESCRITORES, RESOLUÇÕES E COMENTÁRIOS A Prova Anglo é um dos instrumentos para avali ar o desempenho dos alunos do 6 o ano

Leia mais

CONTEÚDOS METAS / DESCRITORES RECURSOS

CONTEÚDOS METAS / DESCRITORES RECURSOS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Planificação Anual de Matemática 6º Ano Ano Letivo 2015/2016

Leia mais

Sumário. Apresentação da Coleção... 23

Sumário. Apresentação da Coleção... 23 Sumário Apresentação da Coleção... 23 INTRODUÇÃO... 25 O que é lógica?... 25 Divisão da Filosofia... 29 Lógica de Aristóteles... 30 Lógica Moderna... 30 Raciocínio lógico matemático... 32 Objeto da lógica...

Leia mais

Metas Curriculares. Ensino Básico. Matemática. António Bivar, Carlos Grosso, Filipe Oliveira, Maria Clementina Timóteo

Metas Curriculares. Ensino Básico. Matemática. António Bivar, Carlos Grosso, Filipe Oliveira, Maria Clementina Timóteo Metas Curriculares Ensino Básico Matemática António Bivar, Carlos Grosso, Filipe Oliveira, Maria Clementina Timóteo METAS CURRICULARES DO ENSINO BÁSICO - MATEMÁTICA O presente documento descreve o conjunto

Leia mais

EDITAL 2015 Testes de Português e Matemática - Material: com foto PORTUGUÊS Indicação bibliográfica: Na ponta da língua MATEMÁTICA

EDITAL 2015 Testes de Português e Matemática - Material: com foto PORTUGUÊS Indicação bibliográfica: Na ponta da língua MATEMÁTICA EDITAL 2015 2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL Testes de Português e Matemática - Material: o candidato deverá trazer: lápis apontados, apontador, borracha e o Compreensão e interpretação de textos; exploração

Leia mais

PROGRAMA DE INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA - PIP MATRIZ CURRICULAR - MATEMÁTICA CICLO COMPLEMENTAR 4º E 5º ANOS DO ENSINO FUNDAMENTAL

PROGRAMA DE INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA - PIP MATRIZ CURRICULAR - MATEMÁTICA CICLO COMPLEMENTAR 4º E 5º ANOS DO ENSINO FUNDAMENTAL SEEAA DE ESADO DE EDUAÇÃO DE MNAS GEAS SUBSEEAA DE DESENVOLVMENO DA EDUAÇÃO BÁSA SUPENENDÊNA DE EDUAÇÃO NFANL E FUNDAMENAL DEOA DE ENSNO FUNDAMENAL POGAMA DE NEVENÇÃO PEDAGÓGA - PP MAZ UULA - MAEMÁA LO

Leia mais

2º ANO CONTEÚDO ROCESSO SELETIVO 2016. O aluno deverá demonstrar habilidades de:

2º ANO CONTEÚDO ROCESSO SELETIVO 2016. O aluno deverá demonstrar habilidades de: 2º ANO de: reconhecer letras; reconhecer sílabas; estabelecer relação entre unidades sonoras e suas representações gráficas; ler palavras; ler frases; localizar informação explícita em textos; reconhecer

Leia mais

Num cilindro as bases são círculos. O perímetro do círculo é igual ao comprimento da circunferência que limita o círculo.

Num cilindro as bases são círculos. O perímetro do círculo é igual ao comprimento da circunferência que limita o círculo. 1. Círculos e cilindros 1.1. Planificação da superfície de um cilindro Num cilindro as bases são círculos. O perímetro do círculo é igual ao comprimento da circunferência que limita o círculo. A planificação

Leia mais

ISSN 1948-5456 SAERJ. revista pedagógica Matemática 3ª série do Ensino Médio

ISSN 1948-5456 SAERJ. revista pedagógica Matemática 3ª série do Ensino Médio ISSN 1948-5456 SAERJ revista pedagógica Matemática 3ª série do Ensino Médio 2011 ISSN 1948-5456 saerj2011 Sistema de Avaliação da Educação do estado do RIO DE JANEIRO revista pedagógica Matemática 3ª

Leia mais

MINISTERIO DA DEFESA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXERCITO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO PREPARATORIA E ASSISTENCIAL

MINISTERIO DA DEFESA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXERCITO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO PREPARATORIA E ASSISTENCIAL MINISTERIO DA DEFESA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXERCITO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO PREPARATORIA E ASSISTENCIAL PLANO DE SEQUÊNCIAS DIDÁTICAS 6º ano / Ensino Fundamental Área: Ciências da Natureza,

Leia mais

Escola E.B. 2,3 General Serpa Pinto Cinfães Matemática 5 Ano Letivo 2012/2013 FICHA FORMATIVA: SÓLIDOS GEOMÉTRICOS E FIGURAS NO PLANO

Escola E.B. 2,3 General Serpa Pinto Cinfães Matemática 5 Ano Letivo 2012/2013 FICHA FORMATIVA: SÓLIDOS GEOMÉTRICOS E FIGURAS NO PLANO 151865 - AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CINFÃES Escola E.B. 2,3 General Serpa Pinto Cinfães Matemática 5 FICHA FORMATIVA: SÓLIDOS GEOMÉTRICOS E FIGURAS NO PLANO 1. A figura ao lado representa o polígono da

Leia mais

Resoluções Prova Anglo

Resoluções Prova Anglo Resoluções Prova Anglo F- TIPO D-7 Matemática (P-2) Ensino Fundamental 7º ano DESCRITORES, RESOLUÇÕES E COMENTÁRIOS A Prova Anglo é um dos instrumentos para avaliar o desempenho dos alunos do 7 o ano das

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Você que se inscreveu no Bolsão do Colégio Futuro Vip para cursar o 6º ano do Ensino Fundamental está recebendo o programa das provas. BOLSÃO 6º ANO Fonética Fonema distinção entre FONEMA e LETRA Sílaba

Leia mais

Resoluções Prova Anglo

Resoluções Prova Anglo Resoluções Prova Anglo TIPO F P- tipo D-8 Matemática (P-) Ensino Fundamental 8º ano DESCRITORES, RESOLUÇÕES E COMENTÁRIOS A Prova Anglo é um dos instrumentos para avaliar o desempenho dos alunos do 8 o

Leia mais

Processo Seletivo 2016 Conteúdo Programático - 1º ano do Ensino Fundamental

Processo Seletivo 2016 Conteúdo Programático - 1º ano do Ensino Fundamental Conteúdo Programático - 1º ano do Ensino Fundamental Avaliação do Desenvolvimento e Desempenho da Criança nos aspectos cognitivo, afetivo, socialização e psicomotor, através de atividades compatíveis com

Leia mais

Currículo da Disciplina de Matemática - 7º ano. Funções, Sequências e Sucessões (FSS) Organização e Tratamento de Dados (OTD)

Currículo da Disciplina de Matemática - 7º ano. Funções, Sequências e Sucessões (FSS) Organização e Tratamento de Dados (OTD) Domínios de conteúdos: Números e Operações (NO) Geometria e Medida (GM) Funções, Sequências e Sucessões (FSS) Álgebra (ALG) Organização e Tratamento de Dados (OTD) Domínio NO7 9 GM7 33 Números racionais

Leia mais

MATEMÁTICA - 5º ANO. 1 www.japassei.pt

MATEMÁTICA - 5º ANO. 1 www.japassei.pt 1 www.japassei.pt Este e-book é parte integrante da plataforma de educação Já Passei e propriedade da DEVIT - Desenvolvimento de Tecnologias de Informação, Unipessoal Lda. Disciplina: Matemática Ano de

Leia mais

ISSN 2317-2118. Revista Pedagógica Matemática 5º e 6º anos do Ensino Fundamental. Sistema de Avaliação Educacional de Rondônia

ISSN 2317-2118. Revista Pedagógica Matemática 5º e 6º anos do Ensino Fundamental. Sistema de Avaliação Educacional de Rondônia ISSN 2317-2118 Revista Pedagógica Matemática 5º e 6º anos do Ensino Fundamental Sistema de Avaliação Educacional de Rondônia 1943 1981 RONDÔNIA ESTADO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO CONFÚCIO

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DE. MATEMÁTICA 7º ano

PLANEJAMENTO ANUAL DE. MATEMÁTICA 7º ano COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE MATEMÁTICA 7º ano PROFESSORAS: SANDRA MARA

Leia mais

Departamento de Matemática e Ciências Experimentais PLANO DE ESTUDO MATEMÁTICA 2014/2015-3ºCICLO. AVALIAÇÃO DO ALUNO MATEMÁTICA 2º/3º ciclos AVALIAÇÃO

Departamento de Matemática e Ciências Experimentais PLANO DE ESTUDO MATEMÁTICA 2014/2015-3ºCICLO. AVALIAÇÃO DO ALUNO MATEMÁTICA 2º/3º ciclos AVALIAÇÃO Uma Escola de Cidadania Uma Escola de Qualidade Agrupamento de Escolas Dr. Francisco Sanches Departamento de Matemática e Ciências Experimentais PLANO DE ESTUDO MATEMÁTICA 201/2015-3ºCICLO OBJETO A AVALIAR

Leia mais

PLANEJAMENTO 3º TRIMESTRE/2014. Professor(a): Karine Petes Disciplina: Artes Turma: 4ºano

PLANEJAMENTO 3º TRIMESTRE/2014. Professor(a): Karine Petes Disciplina: Artes Turma: 4ºano Professor(a): Karine Petes Disciplina: Artes Turma: 4ºano *Construir discursos com música, representação e imagens, expressando o que vê, pensa e sente sobre os temas abordados; *Refletir sobre a importância

Leia mais

CURRÍCULO DE MATEMÁTICA PARA O ENSINO MÉDIO COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO

CURRÍCULO DE MATEMÁTICA PARA O ENSINO MÉDIO COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO CURRÍCULO DE MATEMÁTICA PARA O ENSINO MÉDIO COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO GOVERNADOR DE PERNAMBUCO Eduardo Campos VICE-GOVERNADOR João Lyra Neto SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO Ricardo

Leia mais

Sumário. Volta às aulas. Vamos recordar?... 7 1. Grandezas e medidas: tempo e dinheiro... 59. Números... 10. Regiões planas e seus contornos...

Sumário. Volta às aulas. Vamos recordar?... 7 1. Grandezas e medidas: tempo e dinheiro... 59. Números... 10. Regiões planas e seus contornos... Sumário Volta às aulas. Vamos recordar?... Números... 0 Um pouco da história dos números... Como os números são usados?... 2 Números e estatística... 4 Números e possibilidades... 5 Números e probabilidade...

Leia mais

PROVA BRASIL: DESCRITORES DE MATEMÁTICA 8ª SÉRIE/9º ANO

PROVA BRASIL: DESCRITORES DE MATEMÁTICA 8ª SÉRIE/9º ANO PROVA BRASIL: DESCRITORES DE MATEMÁTICA 8ª SÉRIE/9º ANO CÉSAR CLEMENTE Professor Especialista em Matemática Aplicada, Diretor de Escola e Mestrando em Educação Temas e seus descritores: 8 ª série ou 9º

Leia mais

Matriz de Matemática de 4ª série - Ensino Fundamental Comentários sobre os Temas e Descritores Exemplos de itens

Matriz de Matemática de 4ª série - Ensino Fundamental Comentários sobre os Temas e Descritores Exemplos de itens Matriz de Matemática de 4ª série - Ensino Fundamental Comentários sobre os Temas e Descritores Exemplos de itens TEMA I ESPAÇO E FORMA A compreensão do espaço com suas dimensões e formas de constituição

Leia mais

ISSN 2238-0264 REVISTA PEDAGÓGICA MATEMÁTICA - ANOS FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL - EJA

ISSN 2238-0264 REVISTA PEDAGÓGICA MATEMÁTICA - ANOS FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL - EJA ISSN 2238-0264 REVISTA PEDAGÓGICA MATEMÁTICA - ANOS FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL - EJA 2011 ISSN 2238-0264 sadeam revista PEDAGÓGICA Matemática - Anos Finais do Ensino Fundamental EJA Sistema de Avaliação

Leia mais

ESCOLA BÁSICA VASCO DA GAMA - SINES

ESCOLA BÁSICA VASCO DA GAMA - SINES ESCOLA BÁSICA VASCO DA GAMA - SINES ANO LECTIVO 2009/2010 FICHA DE TRABALHO MATEMÁTICA - 6º ANO Nome: N.º Turma: Data: 1. Observa o ângulo que se segue. Assinala a resposta correcta em cada caso. 2. Assinala

Leia mais

Explorando Poliedros

Explorando Poliedros Reforço escolar M ate mática Explorando Poliedros Dinâmica 6 2ª Série 1º Bimestre Matemática Ensino Médio 2ª Geométrico Introdução à geometria espacial Aluno PRIMEIRA ETAPA COMPARTILHAR IDEIAS ATIVIDADE

Leia mais

Modelo para Projeto Interdisciplinar

Modelo para Projeto Interdisciplinar Modelo para Projeto Interdisciplinar Identificação da Unidade Escolar : (fictício) Nome do professor: (nome do aluno) Ano: 6º ao 9º ano para Ensino Fundamental ou 1º ao 3º ano para Ensino Médio (explicite

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS EUGÉNIO DOS SANTOS. Conteúdos Curriculares 4ºano. 1º Período. Português Matemática Estudo do Meio

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS EUGÉNIO DOS SANTOS. Conteúdos Curriculares 4ºano. 1º Período. Português Matemática Estudo do Meio AGRUPAMENTO DE ESCOLAS EUGÉNIO DOS SANTOS Conteúdos Curriculares 4ºano 1º Período Português Matemática Estudo do Meio COMPREENSÃO ORAL E ESCRITA Comunicar progressivamente e com correção; Ler e interpretar

Leia mais

PROGRAMAS PARA OS CANDIDATOS A VAGAS 2016 3 o Ano Ensino Fundamental

PROGRAMAS PARA OS CANDIDATOS A VAGAS 2016 3 o Ano Ensino Fundamental 3 o Ano Textos Ler, entender e interpretar contos infantis e textos informativos. Gramática Será dada ênfase à aplicação, pois ela é entendida como instrumento para que o aluno se expresse de maneira adequada

Leia mais

APOSTILA DE MATEMÁTICA BÁSICA PARA E.J.A.

APOSTILA DE MATEMÁTICA BÁSICA PARA E.J.A. CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DE CURITIBA C.E.E.P CURITIBA APOSTILA DE MATEMÁTICA BÁSICA PARA E.J.A. Modalidades: Integrado Subseqüente Proeja Autor: Ronald Wykrota (wykrota@uol.com.br) Curitiba

Leia mais

Matriz de Referência de Matemática da 8ª série do Ensino Fundamental. Comentários sobre os Temas e seus Descritores Exemplos de Itens

Matriz de Referência de Matemática da 8ª série do Ensino Fundamental. Comentários sobre os Temas e seus Descritores Exemplos de Itens Matriz de Referência de Matemática da 8ª série do Ensino Fundamental TEMA I ESPAÇO E FORMA Comentários sobre os Temas e seus Descritores Exemplos de Itens Os conceitos geométricos constituem parte importante

Leia mais

Cronograma da Disciplina Matemática Básica 2012/1

Cronograma da Disciplina Matemática Básica 2012/1 Cronograma da Disciplina Matemática Básica 2012/1 Período letivo do 1º semestre de 2012 para Matemática Básica De 30 de janeiro de 2012 a 01 de julho de 2012 1ª semana 30/01 a 05/02 Assunto: Números Naturais

Leia mais

Padrões de Desempenho Estudantil

Padrões de Desempenho Estudantil Matemática - 3ª série do Ensino Médio PAEBES 2013 Padrões de Desempenho Estudantil Abaixo do Básico Básico Proficiente Avançado Os Padrões de Desempenho são categorias definidas a partir de cortes numéricos

Leia mais

Preparação para a Prova Final de Matemática 2.º Ciclo do Ensino Básico Olá, Matemática! 6.º Ano

Preparação para a Prova Final de Matemática 2.º Ciclo do Ensino Básico Olá, Matemática! 6.º Ano Geometria Sólidos geométricos e volumes Prisma, pirâmide, cilindro, cone e esfera Planificação e construção de modelos de sólidos geométricos Volume do cubo, do paralelepípedo e do cilindro Unidades de

Leia mais

Boletim de Resultados da Escola SEAPE. Volume III. Matemática. 4ª série / 5 ano do Ensino Fundamental

Boletim de Resultados da Escola SEAPE. Volume III. Matemática. 4ª série / 5 ano do Ensino Fundamental Boletim de Resultados da Escola SEAPE Volume III Matemática 4ª série / 5 ano do Ensino Fundamental Governador do Estado do Acre Arnóbio Marques de Almeida Junior Vice - Governador do Estado do Acre Carlos

Leia mais

Mariângela Assumpção de Castro Chang Kuo Rodrigues

Mariângela Assumpção de Castro Chang Kuo Rodrigues Mariângela Assumpção de Castro Chang Kuo Rodrigues 1 APRESENTAÇÃO A ideia deste caderno de atividades surgiu de um trabalho de pesquisa realizado para dissertação do Mestrado Profissional em Educação Matemática,

Leia mais

Registo de Disciplinas

Registo de Disciplinas 16-09-2009 1 1 Apresentação. Preenchimento das fichas individuais dos alunos. 12:27 16-09-2009 2 2 Informação sobre o material necesario para o decorrer das aulas. Normas e regras. Ficha de criptografia.

Leia mais

ANEXO I CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

ANEXO I CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CONCURSO PÚBLICO Nº 01/2011 ANEXO I CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CARGO: AGENTE DE APOIO BÁSICO Leitura, compreensão e interpretação de texto; conhecimento gramatical de acordo com o padrão culto da língua; estrutura

Leia mais

GOVERNADOR JAQUES WAGNER SECRETÁRIO DA EDUCAÇÃO OSVALDO BARRETO FILHO SUBSECRETÁRIO ADERBAL CASTRO MEIRA FILHO CHEFE DE GABINETE PAULO PONTES DA SILVA

GOVERNADOR JAQUES WAGNER SECRETÁRIO DA EDUCAÇÃO OSVALDO BARRETO FILHO SUBSECRETÁRIO ADERBAL CASTRO MEIRA FILHO CHEFE DE GABINETE PAULO PONTES DA SILVA ISSN 2238-3077 GOVERNADOR JAQUES WAGNER SECRETÁRIO DA EDUCAÇÃO OSVALDO BARRETO FILHO SUBSECRETÁRIO ADERBAL CASTRO MEIRA FILHO CHEFE DE GABINETE PAULO PONTES DA SILVA SUPERINTENDÊNCIA DE ACOMPANHAMENTO

Leia mais

M A T E M Á T I C A DIRETRIZES GERAIS

M A T E M Á T I C A DIRETRIZES GERAIS M A T E M Á T I C A DIRETRIZES GERAIS O conteúdo programático de Matemática dos processos seletivos da UFU tem como objetivo identificar a habilidade do estudante em resolver problemas, fazer conexões

Leia mais

ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA COLETÂNEA DE PROVAS DE MATEMÁTICA DO EXAME DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO DE SARGENTOS.

ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA COLETÂNEA DE PROVAS DE MATEMÁTICA DO EXAME DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO DE SARGENTOS. ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA COLETÂNEA DE PROVAS DE MATEMÁTICA DO EXAME DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO DE SARGENTOS ÁLGEBRA I: 003 a 013 Funções: definição de função; funções definidas por

Leia mais

Questão 1. Questão 3. Questão 2. alternativa E. alternativa B. alternativa E. A figura exibe um mapa representando 13 países.

Questão 1. Questão 3. Questão 2. alternativa E. alternativa B. alternativa E. A figura exibe um mapa representando 13 países. Questão A figura eibe um mapa representando países. alternativa E Inicialmente, no recipiente encontram-se 40% ( 000) = 400 m de diesel e 60% ( 000) = = 600 m de álcool. Sendo, em mililitros, a quantidade

Leia mais

APROVO Em conformidade com as Port. 38-DECEx, 12ABR11, e Port 137- Cmdo Ex, 28FEV12

APROVO Em conformidade com as Port. 38-DECEx, 12ABR11, e Port 137- Cmdo Ex, 28FEV12 APROVO Em conformidade com as Port. 38-DECEx, 12ABR11, e Port 137- Cmdo Ex, 28FEV12 MINISTERIO DA DEFESA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXERCITO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO PREPARATORIA E ASSISTENCIAL

Leia mais

Índice. Nota introdutória...3. Tabuada com dados...5. Divisores em linha...8. Avançando com o resto...11. Jogo da fronteira...14. É esticá-lo...

Índice. Nota introdutória...3. Tabuada com dados...5. Divisores em linha...8. Avançando com o resto...11. Jogo da fronteira...14. É esticá-lo... Workshop Jogos 40 41 Índice Nota introdutória...3 Tabuada com dados...5 Divisores em linha...8 Avançando com o resto...11 Jogo da fronteira...14 É esticá-lo...21 Ge-ó-pá...26 Saída do porto...33 Jogo do

Leia mais

PIBID Programa Institucional de Bolsas de Iniciação a Docência Subprojeto: Matemática Ensino Fundamental. Desenvolvimento de atividades

PIBID Programa Institucional de Bolsas de Iniciação a Docência Subprojeto: Matemática Ensino Fundamental. Desenvolvimento de atividades PIBID Programa Institucional de Bolsas de Iniciação a Docência Subprojeto: Matemática Ensino Fundamental 1. Atividade: Aula de reforço Desenvolvimento de atividades 2. Objetivo da atividade: Identificar

Leia mais

Comentários e Exemplos sobre os Temas e seus Descritores da Matriz de Matemática de 4ª Série Fundamental

Comentários e Exemplos sobre os Temas e seus Descritores da Matriz de Matemática de 4ª Série Fundamental Comentários e Exemplos sobre os Temas e seus Descritores da Matriz de Matemática de 4ª Série Fundamental TEMA II GRANDEZAS E MEDIDAS A comparação de grandezas de mesma natureza que dá origem à idéia de

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DO 1º PERÍODO/2015 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DO 1º PERÍODO/2015 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DO 1º PERÍODO/2015 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL LÍNGUA PORTUGUESA (Unidade 1) Gêneros Poema Crônica Descrição História em quadrinhos Conto de fadas Conto maravilhoso Fábula Leitura

Leia mais

Tema/Tópico Propósito principal de ensino Objetivos gerais Números e operações Números naturais Números racionais não negativos Números inteiros

Tema/Tópico Propósito principal de ensino Objetivos gerais Números e operações Números naturais Números racionais não negativos Números inteiros Secretaria Regional da Educação e Formação Direção Regional da Educação e Formação Escola Básica 2 Gaspar Frutuoso Departamento de Matemática e Ciências Naturais Planificação a médio prazo da Área Curricular

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE MATEMÁTICA 8.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE MATEMÁTICA 8.º ANO DE MATEMÁTICA 8.º ANO Ano Letivo 2015 2016 PERFIL DO ALUNO No domínio dos Números e Operações, o aluno deve ser capaz de relacionar números racionais e dízimas, completar a reta numérica e ordenar números

Leia mais

ANÁLISE COMPARATIVA DOS PROCESSOS DE AVALIAÇÃO EDUCACIONAL EM LARGA ESCALA

ANÁLISE COMPARATIVA DOS PROCESSOS DE AVALIAÇÃO EDUCACIONAL EM LARGA ESCALA ANÁLISE COMPARATIVA DOS PROCESSOS DE AVALIAÇÃO EDUCACIONAL EM LARGA ESCALA Mauro Luiz Rabelo 1 1 Departamento de Matemática, Universidade de Brasília, Brasil, e-mail: rabelo@unb.br Índice Introdução 1

Leia mais

ENSINO FUNDAMENTAL MAPA DE CONTEÚDOS E OBJETIVOS 1º BIMESTRE 4º ANO. Cruzeiro 3213-3838 Octogonal 3213-3737. Língua Portuguesa

ENSINO FUNDAMENTAL MAPA DE CONTEÚDOS E OBJETIVOS 1º BIMESTRE 4º ANO. Cruzeiro 3213-3838 Octogonal 3213-3737. Língua Portuguesa ENSINO FUNDAMENTAL Cruzeiro 3213-3838 Octogonal 3213-3737 www.ciman.com.br MAPA DE CONTEÚDOS E OBJETIVOS 1º BIMESTRE 4º ANO CPG Língua Portuguesa Leitura e interpretação de textos (características e função

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO VESTIBULAR

MANUAL DO CANDIDATO VESTIBULAR MANUAL DO CANDIDATO VESTIBULAR 1º Semestre de 2016 Cursos Técnicos Modalidades Subsequente e Integrado ao Ensino Médio Cursos Técnicos Subsequente Técnico em Administração Técnico em Mecânica Vagas Ampla

Leia mais

PRISMAS Prisma é um poliedro com duas bases paralelas formadas por polígonos iguais e faces laterais que são paralelogramos.

PRISMAS Prisma é um poliedro com duas bases paralelas formadas por polígonos iguais e faces laterais que são paralelogramos. GEOMETRIA ESPACIAL Geometria Espacial é o estudo da geometria no espaço tridimensional (as 3 dimensões são: largura, comprimento e profundidade). Essas figuras recebem o nome de sólidos geométricos ou

Leia mais

Avalie BA 2012. Oficina de elaboração de itens Matemática 2º ano do ensino fundamental

Avalie BA 2012. Oficina de elaboração de itens Matemática 2º ano do ensino fundamental Avalie BA 2012 Oficina de elaboração de itens setembro/2012 Eixos Espaço e forma Grandezas e medidas Números e operações Tratamento da informação Eixos Descritores Espaço e forma 3 Grandezas e medidas

Leia mais

RECUPERAÇÃO PARALELA UNIDADE II LISTA DE EXERCÍCIOS

RECUPERAÇÃO PARALELA UNIDADE II LISTA DE EXERCÍCIOS Aluno(a) Turma N o Série 5 a Ensino Fundamental Data / / 06 Matéria Matemática Professora Ynez RECUPERAÇÃO PARALELA UNIDADE II LISTA DE EXERCÍCIOS 01. Observe o quadro ao lado e responda: 75 67 83 105

Leia mais

PLANOS DE AULA PARA TRABALHAR AS CAPACIDADES MATEMÁTICA 5º ANO

PLANOS DE AULA PARA TRABALHAR AS CAPACIDADES MATEMÁTICA 5º ANO PLANOS DE AULA PARA TRABALHAR AS CAPACIDADES MATEMÁTICA 5º ANO DATA: Eixo CAPACIDADE ESPAÇO E - Identificar a movimentação de uma pessoa ou objeto no espaço. FORMA - Identificar pontos de referência para

Leia mais

ESCOLA E.B. 2,3 D. AFONSO III. Planificação da disciplina de Matemática - CEF - 2º Ano Ano letivo de 2014/2015

ESCOLA E.B. 2,3 D. AFONSO III. Planificação da disciplina de Matemática - CEF - 2º Ano Ano letivo de 2014/2015 CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS Planificação da disciplina de Matemática - CEF - 2º Ano Ano letivo de 2014/2015 COMPETÊNCIAS OBJECTIVOS CONCEITOS METEDOLOGIAS /SITUAÇÕES DE APREDIZAGEM AULAS PREVISTAS Módulo 11

Leia mais

3ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 01, DE 08 DE NOVEMBRO DE 2013

3ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 01, DE 08 DE NOVEMBRO DE 2013 3ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 01, DE 08 DE NOVEMBRO DE 2013 A Prefeitura Municipal de João Pessoa - PB, no uso de suas atribuições legais, nos termos estabelecidos no subitem 13.36, torna pública a seguinte

Leia mais

Caderno de Apoio 2.º Ciclo

Caderno de Apoio 2.º Ciclo METAS CURRICULARES DO ENSINO BÁSICO MATEMÁTICA Caderno de Apoio 2.º Ciclo António Bivar, Carlos Grosso, Filipe Oliveira, Maria Clementina Timóteo INTRODUÇÃO Este Caderno de Apoio, organizado por ciclos

Leia mais

META FINAL 2014-2015 Teste de Preparação Prova Final do 1.º Ciclo do Ensino Básico Soluções de Matemática

META FINAL 2014-2015 Teste de Preparação Prova Final do 1.º Ciclo do Ensino Básico Soluções de Matemática TESTE META FINAL 0-05 Teste de Preparação Prova Final do.º Ciclo do Ensino Básico Soluções de Matemática novo Item. Pinta as figuras: Apresenta uma explicação adequada: Um triângulo é um polígono com três

Leia mais

Caderno de Respostas

Caderno de Respostas Caderno de Respostas DESENHO TÉCNICO BÁSICO Prof. Dr.Roberto Alcarria do Nascimento Ms. Luís Renato do Nascimento CAPÍTULO 1: ELEMENTOS BÁSICOS DO DESENHO TÉCNICO 1. A figura ilustra um cubo ao lado de

Leia mais

RESOLUÇÃO DA AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA 6 o ANO (ENSINO FUNDAMENTAL) DATA: 12/07/2012

RESOLUÇÃO DA AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA 6 o ANO (ENSINO FUNDAMENTAL) DATA: 12/07/2012 RSLUÇÃ DA AVALIAÇÃ D MAMÁICA 6 o AN (NSIN FUNDAMNAL) DAA: 12/07/2012 PRFSSRA: INA QUSÃ 01 (1,0/ ) Ajude Wenlock, um dos mascotes das limpíadas 2012, a desenhar a figura geométrica correspondente em cada

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO EXEMPLOS DE ITENS NOS PONTOS DA ESCALA DE PROFICIÊNCIA MATEMÁTICA SARESP 2007

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO EXEMPLOS DE ITENS NOS PONTOS DA ESCALA DE PROFICIÊNCIA MATEMÁTICA SARESP 2007 Nível 125-4ª EF O barco na figura ao lado está localizado na posição X. Que posição é esta? (A) D4 (B) D5 (C) E4 (D) E5 Descritor/Habilidade: Identificar a localização / movimentação de objetos em mapas,

Leia mais

QUESTÕES PARA O 9º ANO ENSINO FUNDAMENTAL MATEMÁTICA 2º BIMESTE SUGESTÕES DE RESOLUÇÕES

QUESTÕES PARA O 9º ANO ENSINO FUNDAMENTAL MATEMÁTICA 2º BIMESTE SUGESTÕES DE RESOLUÇÕES QUESTÕES PARA O 9º ANO ENSINO FUNDAMENTAL MATEMÁTICA 2º BIMESTE SUGESTÕES DE RESOLUÇÕES QUESTÃO 01 1 Identificar a localização/movimentação de objeto, em mapas, croquis e outras representações gráficas.

Leia mais

31/10/2013. - De superfícies planas. - De superfícies curvas. A forma dos telhados está relacionada com o número de águas que o mesmo possui...

31/10/2013. - De superfícies planas. - De superfícies curvas. A forma dos telhados está relacionada com o número de águas que o mesmo possui... 1 2 COBERTURAS A cobertura é a parte superior da construção que serve de proteção contra o sol, a chuva, os ventos etc. São classificadas segundo os sistemas construtivos e materiais utilizados. TELHADO.

Leia mais

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA Professor, nós, da Editora Moderna, temos como propósito uma educação de qualidade, que respeita as particularidades de todo o país. Desta maneira, o apoio ao

Leia mais

ISSN 2238-0264 REVISTA PEDAGÓGICA MATEMÁTICA - ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL - EJA

ISSN 2238-0264 REVISTA PEDAGÓGICA MATEMÁTICA - ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL - EJA ISSN 2238-0264 REVISTA PEDAGÓGICA MATEMÁTICA - ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL - EJA 2011 ISSN 2238-0264 sadeam revista PEDAGÓGICA Matemática - Anos Iniciais do Ensino Fundamental EJA Sistema de Avaliação

Leia mais

MATEMÁTICA PARA CONCURSOS

MATEMÁTICA PARA CONCURSOS MATEMÁTICA PARA CONCURSOS Sumário Números Naturais ------------------------------------------- 03 Conjuntos numéricos: racionais e reais ------------------- 05 Divisibilidade -------------------------------------------------

Leia mais

Projeto Pré-Requisitos 6º Ano

Projeto Pré-Requisitos 6º Ano Caro aluno Colégio Militar de Curitiba Este Caderno de Apoio à Aprendizagem em Matemática foi produzido para você com o objetivo de colaborar com seus estudos. Ele apresenta uma série de atividades a serem

Leia mais

Este é um manual retirado do site do labee MANUAL EXPLICATIVO PARA USO DO PROGRAMA SOL-AR

Este é um manual retirado do site do labee MANUAL EXPLICATIVO PARA USO DO PROGRAMA SOL-AR Este é um manual retirado do site do labee MANUAL EXPLICATIVO PARA USO DO PROGRAMA SOL-AR Considere um observador sobre a terra, onde há um plano imaginário onde o sol se projeta. A localização do sol

Leia mais

Colégio Universitas06 Data: 7 Mai 2013. Professor(a): Adriana Santos. Exercícios extras

Colégio Universitas06 Data: 7 Mai 2013. Professor(a): Adriana Santos. Exercícios extras Colégio Universitas06 Data: 7 Mai 2013 Professor(a): Adriana Santos Aluno(a): Nota: nº: Exercícios extras 1 Escreva se cada objeto desenhado dá ideia de sólido geométrico, região plana ou contorno. Em

Leia mais

Módulo de Recuperação 2 (5º Ano) - Matemática

Módulo de Recuperação 2 (5º Ano) - Matemática Módulo de Recuperação 2 (5º Ano) - Matemática 01. Determine os algarismos representados pelas letras a e b no número 7a5b, de modo que ele seja divisível por 2, 3, 5, 6, 9 e 10. 02. Costumo Fazer caminhadas

Leia mais

Complemento para. Cód.: 0735-3ª Edição. Apostila do Metrô/SP

Complemento para. Cód.: 0735-3ª Edição. Apostila do Metrô/SP Complemento - 1 Complemento para Apostila do Metrô/SP Cód.: 0735-3ª Edição Matemática 1. Equações e Sistemas de Duas Equações com Duas Incógnitas do Primeiro Grau...03 2. Unidades de Medidas...10 3. Perímetros

Leia mais

O nosso trabalho apresenta a seguinte organização:

O nosso trabalho apresenta a seguinte organização: GLOSSÁRIO DA TERMINOLOGIA MATEMÁTICA integrada nas Metas Curriculares de Matemática do 1. o Ciclo Este documento tem como objetivo apoiar os Professores na implementação das Metas Curriculares de Matemática

Leia mais

É possível que cada pacote tenha: ( ) 2 ( ) 3 ( ) 4 ( ) 5 ( ) 6 ( ) 7 ( ) 9 ( ) 10. 02- Circule as frações equivalentes: 03- Escreva:

É possível que cada pacote tenha: ( ) 2 ( ) 3 ( ) 4 ( ) 5 ( ) 6 ( ) 7 ( ) 9 ( ) 10. 02- Circule as frações equivalentes: 03- Escreva: PROFESSOR: EQUIPE DE MATEMÁTICA BANCO DE QUESTÕES - MATEMÁTICA - 5º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== 0- Leia e resolva: a) No início do

Leia mais

VERSÃO DE TRABALHO. Prova Final de Matemática. 2.º Ciclo do Ensino Básico. Prova 62/2.ª Fase. Critérios de Classificação.

VERSÃO DE TRABALHO. Prova Final de Matemática. 2.º Ciclo do Ensino Básico. Prova 62/2.ª Fase. Critérios de Classificação. Prova Final de Matemática 2.º Ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova 62/2.ª Fase Critérios de Classificação 9 Páginas 2015 Prova 62/2.ª F. CC Página 1/ 9 CRITÉRIOS GERAIS

Leia mais

ANEXO II CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS PARA A PROVA ESCRITA

ANEXO II CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS PARA A PROVA ESCRITA ANEXO II CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS PARA A PROVA ESCRITA PARA OS CARGOS DE SERVENTE E MOTORISTA Compreensão de textos. Confronto de frases corretas e incorretas. Emprego de maiúsculas. Separação silábica.

Leia mais

Coordenadoria de Educação II CADERNO DE APOIO PEDAGÓGICO. Matemática professor 6ºANO

Coordenadoria de Educação II CADERNO DE APOIO PEDAGÓGICO. Matemática professor 6ºANO II CADERNO DE APOIO PEDAGÓGICO Matemática professor 6ºANO Caderno 2 Atividade 3 Eduardo Paes Prefeito da Cidade do Rio de Janeiro Profª Claudia Costin Secretária Municipal de Educação Profª Regina Helena

Leia mais