1 D: Compra de Mercadorias ,00 D: ICMS a recuperar 6.300,00 C: Banco S/A ,00. 2 D: Salários a pagar 9.000,00 C: Caixa 9.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1 D: Compra de Mercadorias ,00 D: ICMS a recuperar 6.300,00 C: Banco S/A ,00. 2 D: Salários a pagar 9.000,00 C: Caixa 9."

Transcrição

1 Curso de Ciências Contábeis Disciplina: Contabilidade Comercial I 3ª Fase Professora: Lyss Paula de Oliveira ESTADO DE MATO GROSSO Resolução de Atividades Extra: Lançamentos no Diário: 1 D: Compra de Mercadorias ,00 D: ICMS a recuperar 6.300,00 C: Banco S/A ,00 2 D: Salários a pagar 9.000,00 C: Caixa 9.000,00 3 D: FGTS a recolher 800,00 C: Caixa 800,00 4 D: ICMS a recolher ,00 C: Caixa ,00 5 D: Banco S/A ,00 C: Clientes ,00 6 D: Caixa ,00 C: Venda de Mercadorias ,00 7 D: ICMS s/compras ,00 C: ICMS a recolher ,00 8 D: Banco S/A ,00 C: Caixa ,00 9 D: Correios e telégrafos 30,00 C: Caixa 30,00 10 D: Clientes ,00 C: Venda de Mercadorias ,00 11 D: ICMS s/compras ,00 C: ICMS a recolher ,00 12 D: Fornecedores ,00 C: Banco S/A ,00 13 D: Material de Escritório 450,00 C: Caixa 450,00 14 D: INSS a recolher 3.800,00 C: Caixa 3.800,00

2 15 D: Material de limpeza (V) 350,00 D: Material de limpeza (Adm) 150,00 D: Copa e cozinha (V) 336,00 D: Copa e cozinha (Adm) 144,00 C: Caixa 980,00 16 D: PIS a recolher 1.100,00 D: COFINS a recolher 5.100,00 C: Caixa 6.200,00 17 D: Honorários Contábil 4.000,00 C: Banco S/A 4.000,00 18 D: Água, luz e telefone (V) 3.150,00 D: Água, luz e telefone (Adm) 1.350,00 C: Caixa 4.500,00 19 D: Alugueis passivos ,00 C: Banco S/A ,00 20 D: Salários ,81 C: Salários a pagar ,81 21 D: INSS 2.978,73 C: INSS a recolher 2.978,73 22 D: FGTS 827,42 C: FGTS a recolher 827,42 23 D: Salários a pagar 1.143,45 C: INSS a recolher 1.006,85 C: IRRF a recolher 136,60 Compensação de ICMS: 24 D: ICMS a recolher 6.300,00 C: ICMS a recuperar 6.300,00 Cálculo de PIS e COFINS: 25 D: PIS s/faturamento 1.365,00 C: PIS a recolher 1.365,00 26 D: COFINS s/faturamento 6.300,00 C: COFINS a recolher 6.300,00

3 Apuração do Resultado do Exercício: 27 D: CMV ,00 C: Estoque ,00 C: Compras de Mercadorias ,00 28 D: Estoque ,00 C: CMV ,00 29 D: Vendas ,00 C: RCM ,00 30 D: RCM ,00 C: CMV ,00 31 D: RCM ,00 C: ARE ,00 32 D: ARE ,96 C: ICMS s/vendas ,00 C: Correios e Telégrafos 30,00 C: Material de Escritório 450,00 C: Material de Limpeza (V) 350,00 C: Material de Limpeza (Adm) 150,00 C: Copa e Cozinha (V) 336,00 C: Copa e Cozinha (Adm) 144,00 C: Honorário Contábil 4.000,00 C: Alugueis Passivos ,00 C: Água, luz e telefone (V) 3.150,00 C: Água, luz e telefone (Adm) 1.350,00 C: Salários ,81 C: INSS 2.978,73 C: FGTS 827,42 C: PIS s/faturamento 1.365,00 C: COFINS s/faturamento 6.300,00 33 D: ARE ,04 C: Lucros Acumulados ,04 34 D: Lucros Acumulados 4.278,25 C: Provisão para IPRJ a pagar 2.673,91 C: Provisão para CSLL a pagar 1.604,34

4 Razonetes: ESTADO DE MATO GROSSO Caixa Banco S/A Clientes Estoques Móveis Utensílios Capital Subscrito Veículos Fornecedores Computadores Perif. ICMS a recolher Salários a pagar INSS a recolher FGTS a recolher , , ,73 827, , , ,85 800, , , , ,58 827, ,58 PIS a recolher COFINS a recolher Compra Mercadoria ICMS a recuperar Venda Mercadorias ICMS s/vendas Correios e Telégrafos Material Escritório Material Limp. (V) Material Limp. Ad Copa e Cozinha (V) Copa e Cozinha Ad. Honorário Contábil Alugueis Passivos

5 Água, luz e telef. (V) Água, luz e telef. Ad. Salários INSS , , , ,73 FGTS IRRF a recolher PIS s/faturamento COFINS s/fatur. 827,42 827,42 136, CMV RCM ARE Lucros Acumulados , , , , , , Provisão IRPJ pag. Provisão CSLL pag , ,34 Balanço Patrimonial Ativo Passivo Ativo Circulante ,00 Passivo Circulante ,21 Disponível ,00 Contas a pagar ,00 Caixa ,00 Fornecedores ,00 Banco S/A ,00 Obrigações Trabalhistas ,96 Valores a Receber ,00 Salários a pagar 9.199,36 Clientes ,00 INSS a recolher 3.985,58 Estoques ,00 FGTS a recolher 827,42 Estoque de Mercadorias ,00 IRRF a recolher 136,60 Ativo Não Circulante ,00 Obrigações Tributárias ,25 Imobilizado ,00 ICMS a recolher ,00 Móveis e Utensílios ,00 PIS a recolher 1.365,00 Veículos ,00 COFINS a recolher 6.300,00 Compitadores e Periféricos ,00 IRPJ a recolher 2.673,91 CSLL a recolher 1.604,34 Patrimônio Líquido ,79 Capital Subscrito ,00 Lucros Acumulados ,79 Total do Ativo ,00 Total do Passivo ,00

6 Demonstração do Resultado do Exercício Receita Bruta de Vendas ,00 (-) Deduções ,00 (-) ICMS s/vendas ,00 (-) PIS s/faturamento ,00 (-) COFINS s/faturamento ,00 = Receita Líquida ,00 (-) CMV ,00 = Lucro Bruto ,00 (-) Despesas Operacionais ,96 (-) Despesas Administrativas ,00 (-) Correios e Telégrafos -30,00 (-) Material de Escritório -450,00 (-) Material de Limpeza -150,00 (-) Copa e Cozinha -144,00 (-) Honorário Contábil ,00 (-) Alugueis Passivos ,00 (-) Água, luz e telefone ,00 (-) Despesas com Vendas ,96 (-) Material de Limpeza -350,00 (-) Copa e Cozinha -336,00 (-) Água, luz e telefone ,00 (-) Salários ,81 (-) INSS ,73 (-) FGTS -827,42 = Lucro antes do IR e CSLL ,04 (-) Provisão para IRPJ ,91 (-) Provisão para CSLL ,34 = Lucro Líquido do Exercício ,79

Exercício I Calcule a depreciação anual em cada situação abaixo.

Exercício I Calcule a depreciação anual em cada situação abaixo. Exercício I Calcule a depreciação anual em cada situação abaixo. a. Máquina adquirida por $18.000, com vida útil estimada de 15 anos e valor residual $3.000. b. Veículo adquirido por $30.000, com vida

Leia mais

Modelo de Plano de Contas Detalhado

Modelo de Plano de Contas Detalhado Modelo de Plano de Contas Detalhado Código da Conta Descrição da Conta 1. A T I V O 1.1 ATIVO CIRCULANTE 1.1.01 DISPONÍVEL 1.1.01.01 Caixa 1.1.01.02 Bancos c/ Movimento 1.1 01.03 Aplicações Financeiras

Leia mais

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2011 E 2010 (Valores expressos em reais)

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2011 E 2010 (Valores expressos em reais) BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2011 E 2010 ATIVO Explicativa n o 31/12/2011 31/12/2010 PASSIVO E PATRIMÔNIO LÍQUIDO Explicativa n o 31/12/2011 31/12/2010 CIRCULANTE CIRCULANTE Disponibilidades

Leia mais

/ Emissão: 26/08/2015 Filial : 3, Depto: 01 Conta Redu Descrição Anterior Débitos Créditos Saldo Atual

/ Emissão: 26/08/2015 Filial : 3, Depto: 01 Conta Redu Descrição Anterior Débitos Créditos Saldo Atual 01/07/2015 a 31/07/2015 Folha:1 1 203 Ativo 1.01 204 Circulante 1.01.01 205 Caixa e Equivalentes de Caixa 1.01.01.01 206 Caixa 1.01.01.01.001 207 Caixa Geral 4.406,00 0,00 0,00 4.406,00 TOTAL Caixa --->

Leia mais

Faculdades Integradas de Taquara

Faculdades Integradas de Taquara IX DESAFIO CULTURAL DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS- 2016 Questões de Planejamento Tributário Prof. Oscar Scherer Questão nº 01 A constituição de Fundos de Investimentos Mobiliário é uma alternativa interessante

Leia mais

FÓMULAS DE LANÇAMENTOS

FÓMULAS DE LANÇAMENTOS LANÇAMENTO CONTÁBIL Denominação que se dá ao registro de um fato contábil. Para o lançamento utilizaremos o método das partidas dobradas. O princípio fundamental desse método é o de que não há devedor

Leia mais

4. Apure o valor da depreciação acumulada em 31/12/20015, sendo dados:

4. Apure o valor da depreciação acumulada em 31/12/20015, sendo dados: 1. Classifique os itens abaixo em: bens, direitos ou obrigações item bens direito obrigação Empréstimos a receber Dinheiro em caixa Dinheiro depositado no banco veículos biblioteca Salários a pagar estoques

Leia mais

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 28 DE FEVEREIRO DE 2011 (Em R$ Mil)

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 28 DE FEVEREIRO DE 2011 (Em R$ Mil) CNPJ 47.902.648/0001-17 CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 28 DE FEVEREIRO DE 2011 ATIVO PASSIVO ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE Caixa e Bancos 46 Fornecedores 41.785 Aplicações Financeiras 5.541 Provisão

Leia mais

Código da Conta Descrição Saldo Anterior Débitos Créditos Saldo Atual

Código da Conta Descrição Saldo Anterior Débitos Créditos Saldo Atual ISG - Instituto Socrates B A L A N C E T E D E V E R I F I C A Ç Ã O EM BRL Folha : 1 1 - A T I V O 29.031.312,06 19.432.382,85 18.277.805,85-30.185.889,06 11 - ATIVO CIRCULANTE 17.463.277,42 17.841.176,56

Leia mais

/ Emissão: 25/08/2015 Filial : 4, Depto: 01 Conta Redu Descrição Anterior Débitos Créditos Saldo Atual

/ Emissão: 25/08/2015 Filial : 4, Depto: 01 Conta Redu Descrição Anterior Débitos Créditos Saldo Atual 01/07/2015 a 31/07/2015 Folha:1 1 203 Ativo 1.01 204 Circulante 1.01.01 205 Caixa e Equivalentes de Caixa 1.01.01.03 217 Bancos C/Movimento Recurso com Restr 1.01.01.03.005 222 Banco Bradesco - 3946/192-9

Leia mais

Código da Conta Descrição Saldo Anterior Débitos Créditos Saldo Atual

Código da Conta Descrição Saldo Anterior Débitos Créditos Saldo Atual ISG - Instituto Socrates B A L A N C E T E D E V E R I F I C A Ç Ã O EM BRL Folha : 1 1 - A T I V O 33.116.209,56 12.143.097,36 11.212.070,16-34.047.236,76 11 - ATIVO CIRCULANTE 21.518.018,92 11.760.886,15

Leia mais

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012 (Valores expressos em reais)

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012 (Valores expressos em reais) BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012 ATIVO NE 31/12/2013 31/12/2012 PASSIVO E PATRIMÔNIO LÍQUIDO NE 31/12/2013 31/12/2012 CIRCULANTE CIRCULANTE Disponibilidades 4 85.142.911 86.881.544

Leia mais

Quarta-feira, 13 de março de nº Ano XVI - Caderno B esta edição tem 22 páginas. BALANÇO PATRIMONIAL (em reais)

Quarta-feira, 13 de março de nº Ano XVI - Caderno B esta edição tem 22 páginas. BALANÇO PATRIMONIAL (em reais) Imprensa Oficial da Estância de Atibaia esta edição tem 22 páginas BALANÇO PATRIMONIAL (em reais) ASSOCIAÇÃO MISSIONÁRIA DE AJUDA CRISTÃ - AMAC Ativo 2012 2011 Passivo 2012 2011 Ativo Circulante Passivo

Leia mais

Balancete Analítico (Valores em Reais)

Balancete Analítico (Valores em Reais) 00004 00001 10000000000 ATIVO 1.305.485,56 319.545,48 335.972,52 1.289.058,52 00011 10100000000 CIRCULANTE 637.308,60 315.296,84 330.007,47 622.597,97 00111 10101000000 DISPONIVEL 338.344,67 254.982,34

Leia mais

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2015 E 2014 (Valores expressos em reais)

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2015 E 2014 (Valores expressos em reais) BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2015 E 2014 ATIVO NE 31/12/2015 31/12/2014 PASSIVO E PATRIMÔNIO LÍQUIDO NE 31/12/2015 31/12/2014 CIRCULANTE CIRCULANTE Disponibilidades 4 90.705.601 82.095.096

Leia mais

CDD: 657 AC:

CDD: 657 AC: Fonseca, Alan Sales da. F676c Contabilidade : revisão balanço patrimonial e DRE / Alan Sales da Fonseca. Varginha, 2015. 17 slides; il. Sistema requerido: Adobe Acrobat Reader Modo de Acesso: World Wide

Leia mais

Balancete Analítico (Valores em Reais)

Balancete Analítico (Valores em Reais) 00001 00001 10000000000 ATIVO 1.560.150,90 D 496.239,44 443.966,22 1.612.424,12 D 00011 10100000000 CIRCULANTE 867.646,03 D 496.239,44 438.028,42 925.857,05 D 00111 10101000000 DISPONIVEL 216.324,97 D

Leia mais

RESOLUÇÃO CFC Nº /07

RESOLUÇÃO CFC Nº /07 RESOLUÇÃO CFC Nº. 1.115/07 Aprova a NBC T 19.13 Escrituração Contábil Simplificada para Microempresa e Empresa de Pequeno Porte. O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais

Leia mais

PRINCIPAIS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS

PRINCIPAIS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS PRINCIPAIS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS Prof. Flávio Smania Ferreira 5 termo ADMINISTRAÇÃO GERAL e-mail: flavioferreira@live.estacio.br blog: http://flaviosferreira.wordpress.com Demonstrações Contábeis: Representa

Leia mais

Balancete Analítico (Valores em Reais)

Balancete Analítico (Valores em Reais) 00001 00001 10000000000 ATIVO 1.401.400,92 D 427.555,46 347.984,60 1.480.971,78 D 00011 10100000000 CIRCULANTE 697.020,41 D 427.555,46 342.046,76 782.529,11 D 00111 10101000000 DISPONIVEL 164.070,24 D

Leia mais

Nivelamento de Conceitos Contábeis

Nivelamento de Conceitos Contábeis Nivelamento de Conceitos Contábeis Demonstrações Contábeis Balanço Patrimonial - BP Demonstração de Resultado do Exercício - DRE Demonstração dos Fluxos de Caixa DFC Substituiu a Demonstração das Origens

Leia mais

*** BALANÇO PATRIMONIAL ***

*** BALANÇO PATRIMONIAL *** 0153 0001 ASSOCIACAO DO PESSOAL DA CAIXA ECONOMICA FEDERAL MT Folha: 00002 *** BALANÇO PATRIMONIAL *** A T I V O A T I V O ATIVO CIRCULANTE 86.822,10 DISPONIBILIDADES 49.729,77 CAIXA, FUNDO FIXO, TRANSAÇÕES

Leia mais

*** BALANÇO PATRIMONIAL ***

*** BALANÇO PATRIMONIAL *** ASSOCIACAO DO PESSOAL DA CAIXA ECONOMICA FEDERAL MT Folha: 00002 *** BALANÇO PATRIMONIAL *** A T I V O A T I V O ATIVO CIRCULANTE 85.430,83 DISPONIBILIDADES 34.180,25 CAIXA, FUNDO FIXO, TRANSAÇÕES 2.759,73

Leia mais

Balancete Analítico (Valores em Reais)

Balancete Analítico (Valores em Reais) 00001 00001 10000000000 ATIVO 1.418.310,08 D 429.357,77 347.984,60 1.499.683,25 D 00011 10100000000 CIRCULANTE 713.929,57 D 429.357,77 342.046,76 801.240,58 D 00111 10101000000 DISPONIVEL 166.348,24 D

Leia mais

COOPERATIVA DE CAFEICULTORES DA ZONA DE SÃO MANUEL - CAFENOEL Balanço Patrimonial Encerrado em 31 de Dezembro de 2008 (Em Reais)

COOPERATIVA DE CAFEICULTORES DA ZONA DE SÃO MANUEL - CAFENOEL Balanço Patrimonial Encerrado em 31 de Dezembro de 2008 (Em Reais) Balanço Patrimonial Encerrado em 31 de Dezembro de 2008 ATIVO CIRCULANTE Contas 10.1.01 CAIXA 29.733,12 - Caixa... 29.733,12 10.1.02 BANCOS - CONTA CORRENTE 264,20 Bancos... 264,20 10.1.05 CONSÓRCIOS A

Leia mais

EXERCICIOS SOBRE DFC. As demonstrações contábeis da Empresa Cosmos, sociedade anônima de capital aberto, em X2, eram os seguintes:

EXERCICIOS SOBRE DFC. As demonstrações contábeis da Empresa Cosmos, sociedade anônima de capital aberto, em X2, eram os seguintes: EXERCICIOS SOBRE DFC As demonstrações contábeis da Empresa Cosmos, sociedade anônima de capital aberto, em 31.12.X2, eram os seguintes: ATIVO X1 X2 PASSIVO X1 X2 Disponível 3.000 1.500 Fornecedores 54.000

Leia mais

Dersa Desenvolvimento Rodoviário S.A. Balanços patrimoniais

Dersa Desenvolvimento Rodoviário S.A. Balanços patrimoniais Balanços patrimoniais em 31 de dezembro de 2014 e 2013 Ativo Nota 2014 2013 Passivo Nota 2014 2013 (Ajustado) (Ajustado) Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 5 48.650 835 Fornecedores 10

Leia mais

Balancete Analítico (Valores em Reais)

Balancete Analítico (Valores em Reais) 00001 10000 1000000000 ATIVO 309.270,05 1.240.064,27 1.224.455,51 324.878,81 11000 1100000000 ATIVO CIRCULANTE 298.615,65 1.239.684,27 1.224.455,51 313.844,41 11100 1101000000 NUMERARIOS 46.696,24 80.260,63

Leia mais

Sumário. Capítulo 2. Conceitos Básicos...1. Patrimônio Contabilidade_Geral_Resumida_cap_00.indd 9 14/10/ :44:34

Sumário. Capítulo 2. Conceitos Básicos...1. Patrimônio Contabilidade_Geral_Resumida_cap_00.indd 9 14/10/ :44:34 Sumário Capítulo 1 Conceitos Básicos...1 1. Contabilidade: Conceitos, Objeto, Objetivo, Finalidade e Campo de Aplicação...1 2. Usuários da Informação Contábil...2 3. Principais Tipos de Sociedades Existentes

Leia mais

1 BALANÇO PATRIMONIAL BP Atividades Práticas

1 BALANÇO PATRIMONIAL BP Atividades Práticas 1 BALANÇO PATRIMONIAL BP Atividades Práticas 1. Questões: 1 - Comente os principais grupos de contas do Balanço, com exemplos. 2 - Explique o que são curto e longo prazo para a contabilidade. 3 - Quais

Leia mais

Plano de Contas Código Descrição Natureza

Plano de Contas Código Descrição Natureza 1 ATIVO 11 ATIVO CIRCULANTE 111 ATIVO DISPONIVEL 111001 NUMERARIOS 1.1.1.001.0001-0 CAIXA PEQUENO 111002 BANCOS CONTA MOVIMENTO 1.1.1.002.0001-5 BANCO BRADESCO SA 1.1.1.002.0002-3 BANCO DO BRASIL 1.1.1.002.0003-1

Leia mais

Balancete Analítico (Valores em Reais)

Balancete Analítico (Valores em Reais) 00001 00001 10000000000 ATIVO 1.499.683,25 D 454.842,30 394.374,65 1.560.150,90 D 00011 10100000000 CIRCULANTE 801.240,58 D 454.842,30 388.436,85 867.646,03 D 00111 10101000000 DISPONIVEL 182.117,25 D

Leia mais

CONTABILIDADE INTRODUTÓRIA Profª Dilci Oliveira

CONTABILIDADE INTRODUTÓRIA Profª Dilci Oliveira CONTABILIDADE INTRODUTÓRIA Profª Dilci Oliveira Contabilidade é a ciência que estuda, registra, controla e interpreta os fatos ocorridos no patrimônio das entidades com fins lucrativos ou não. Objetivos

Leia mais

Sumário. Nota Preliminar, xvii. Introdução, 1

Sumário. Nota Preliminar, xvii. Introdução, 1 Nota Preliminar, xvii Introdução, 1 1 Comentários gerais, 3 1.1 Finalidade, 3 1.2 Do patrimônio, 4 1.3 Dos fatos, 5 1.3.1 Do fato administrativo permutativo, 5 1.3.2 Do fato administrativo modificativo,

Leia mais

2

2 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 Controladora Consolidado ATIVO Jun 2009 Set 2009 Jun 2009 Set 2009 Circulante Disponibilidades 23,0 37,4 56,1 92,1 Contas a receber de clientes 62,8 72,8 114,2 125,9 Estoques

Leia mais

Contabilidade Avançada Prof. João Domiraci Paccez Exercício Nº 17

Contabilidade Avançada Prof. João Domiraci Paccez Exercício Nº 17 Exercício Nº 17 1 Elaboração do Balanço Patrimonial de em moeda de ATIVO Valores Históricos Valores ajustados Quant. de Valores na moeda de Ativo circulante 350.000 105.132,3249 416.324 Caixa 80.000 80.000

Leia mais

Balancete Analítico (Valores em Reais)

Balancete Analítico (Valores em Reais) 00002 10000 1000000000 ATIVO 2.369.425,61 251.959,03 229.277,60 2.392.107,04 11000 1100000000 ATIVO CIRCULANTE 175.752,65 238.299,80 228.541,58 185.510,87 11100 1101000000 DISPONIVEL 4.205,95 13.038,51

Leia mais

Contabilidade Avançada Prof. João Domiraci Paccez Exercício Nº 13

Contabilidade Avançada Prof. João Domiraci Paccez Exercício Nº 13 Exercício Nº 13 1 Exercício Nº 13 - Contabilidade em nível geral de preços Elaboração do Balanço Patrimonial de em ATIVO na Ativo circulante 150.000 78.341,9444 164.518 Caixa 20.000 20.000 10.000,0000

Leia mais

Classificador Acesso Terc. N o m e n c l a t u r a C/Custo Saldo Final ATIVO ,15

Classificador Acesso Terc. N o m e n c l a t u r a C/Custo Saldo Final ATIVO ,15 Grupo ATIVO Levantado em 31 de Dezembro de 2012 Folha: 00001 100000000000000 00001 ATIVO 177.144,15 101000000000000 00011 CIRCULANTE 114.035,29 101010000000000 00111 DISPONIVEL 78.740,08 101010100000000

Leia mais

BALANÇO PATRIMONIAL. Saldos em 31/12/2013

BALANÇO PATRIMONIAL. Saldos em 31/12/2013 PARTIDO: BALANÇO PATRIMONIAL ORGÃO DO PARTIDO UF EXERCÍCIO CÓDIGO CONTA Saldos em 31/12/2014 Saldos em 31/12/2013 CÓDIGO 1.1. ATIVO CIRCULANTE 2.1. PASSIVO CIRCULANTE 1.1.1. ATIVO CIRCULANTE - FUNDO PARTIDÁRIO

Leia mais

SCAL SERVIÇOS DE CONTABILIDADE LTDA CNPJ : / Balanço Patrimonial de 01/01/2015 até 31/12/2015 Diário: 18

SCAL SERVIÇOS DE CONTABILIDADE LTDA CNPJ : / Balanço Patrimonial de 01/01/2015 até 31/12/2015 Diário: 18 ESPAÇO CIDADANIA E O PO RTUNIDADES SO CIAIS(01092) CNPJ : 02.539.959/0001-25 Balanço Patrimonial de 01/01/2015 até 31/12/2015 Diário: 18 Folha: 274 Descrição Nota Classificação Exercício Anterior Exercício

Leia mais

FAPAN Faculdade de Agronegócio de Paraíso do Norte DRE DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO

FAPAN Faculdade de Agronegócio de Paraíso do Norte DRE DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO DRE DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO A DRE é a apresentação, em forma resumida, das operações realizadas pela empresa, durante o exercício social, demonstradas de forma a destacar o resultado líquido

Leia mais

Balanço Patrimonial - Exercicios Resolvidos

Balanço Patrimonial - Exercicios Resolvidos Balanço Patrimonial - Exercicios Resolvidos ::: Fonte Do Saber - Mania de Conhecimento ::: adsense1 AS RESPOSTAS ESTÃO DE VERMELHO. O BALANÇO PATRIMONIAL - EXERCÍCIOS 1) Aponte a alternativa em que não

Leia mais

0007 ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES DO IPESC 20/11/ :08 Pág:0001 CNPJ: / Período: 01/07/2014 a 31/07/2014 Balancete Societário

0007 ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES DO IPESC 20/11/ :08 Pág:0001 CNPJ: / Período: 01/07/2014 a 31/07/2014 Balancete Societário 0007 ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES DO IPESC 20/11/2014 15:08 Pág:0001 1 S 1 ATIVO 938.218,79 47.302,43 30.140,53 955.380,69 2 S 1.1 CIRCULANTE 71.826,90 47.302,43 30.140,53 88.988,80 3 S 1.1.01 DISPONÍVEL

Leia mais

Gas Brasiliano Distribuidora S.A.

Gas Brasiliano Distribuidora S.A. Balanço patrimonial em 31 de março (não auditado) Ativo 2016 2015 Passivo e patrimônio líquido 2016 2015 Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 78.050 132.536 Fornecedores 23.096 19.064 Contas

Leia mais

1.01.x1: Formação do Capital, com $ 400 em dinheiro e uma perua no valor de $ 200

1.01.x1: Formação do Capital, com $ 400 em dinheiro e uma perua no valor de $ 200 CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Disciplina Estrutura e Análise das Demonstrações Contábeis ALUNO(A): Exercício : a. preencha os balancetes: TURMA 6º CCN AULA 04 e 05 Turno/Horário

Leia mais

Balancete Analítico (Valores em Reais)

Balancete Analítico (Valores em Reais) 00001 00001 10000000000 ATIVO 1.106.769,67 D 245.898,04 215.335,97 1.137.331,74 D 00011 10100000000 CIRCULANTE 392.022,31 D 245.898,04 209.507,10 428.413,25 D 00111 10101000000 DISPONIVEL 42.883,44 D 183.143,16

Leia mais

Balancete Valores expressos Reais (R$) Conta S Classificação Saldo Ant. Débito Crédito Saldo

Balancete Valores expressos Reais (R$) Conta S Classificação Saldo Ant. Débito Crédito Saldo 0082 Associação Servidores Fundação Universidade Estado SC 22/07/2016 14:19 Pág:0001 Societário 1 S 1 ATIVO 2.853.252,61 1.642.142,01 1.586.233,48 2.909.161,14 2 S 1.1 ATIVO CIRCULANTE 1.925.762,04 1.641.814,65

Leia mais

Balancete Valores expressos Reais (R$) Conta S Classificação Saldo Ant. Débito Crédito Saldo

Balancete Valores expressos Reais (R$) Conta S Classificação Saldo Ant. Débito Crédito Saldo 0082 Associação Servidores Fundação Universidade Estado SC 22/07/2016 14:19 Pág:0001 Societário 1 S 1 ATIVO 2.909.161,14 1.990.326,79 1.928.793,68 2.970.694,25 2 S 1.1 ATIVO CIRCULANTE 1.981.446,00 1.990.002,02

Leia mais

Balancete Analítico (Valores em Reais)

Balancete Analítico (Valores em Reais) 00002 10000 1000000000 ATIVO 2.392.107,04 311.179,26 262.106,16 2.441.180,14 11000 1100000000 ATIVO CIRCULANTE 185.510,87 309.080,26 261.370,14 233.220,99 11100 1101000000 DISPONIVEL 3.019,71 15.000,00

Leia mais

Contabilidade ESTRUTURA PATRIMONIAL SITUAÇÃO LÍQUIDA (PATRIMÔNIO LÍQUIDO) FLUXO DE RECURSOS. Fluxo dos recursos SÍNTESE DO FUNCIONAMENTO DAS CONTAS

Contabilidade ESTRUTURA PATRIMONIAL SITUAÇÃO LÍQUIDA (PATRIMÔNIO LÍQUIDO) FLUXO DE RECURSOS. Fluxo dos recursos SÍNTESE DO FUNCIONAMENTO DAS CONTAS ESTRUTURA PATRIMONIAL Patrimônio = Bens + Direitos ( ) Obrigações SITUAÇÃO LÍQUIDA (PATRIMÔNIO LÍQUIDO) Ativo ( ) Passivo = Situação Líquida (Patrimônio Líquido) FLUXO DE RECURSOS ATIVO Aplicação dos Recursos

Leia mais

BALANCETE ANALÍTICO - MAIO/2015

BALANCETE ANALÍTICO - MAIO/2015 : 1 Saldo Anterior Débito no Mês Crédito no Mês Saldo Atual 1 ATIVO 6.600.996,71D 1.428.409,73 1.333.082,55 6.696.323,89D 1.1 ATIVO CIRCULANTE 4.439.661,86D 1.363.308,43 1.313.426,98 4.489.543,31D 1.1.1

Leia mais

Profa. Ma. Divane A. Silva. Unidade III CONTABILIDADE

Profa. Ma. Divane A. Silva. Unidade III CONTABILIDADE Profa. Ma. Divane A. Silva Unidade III CONTABILIDADE Contabilidade A disciplina está dividida em quatro unidades: Unidade I 1. Contabilidade Unidade II 2. Balanços sucessivos com operações que envolvem

Leia mais

Código Classificação Descrição Saldo Anterior Débitos Créditos Saldo Atual 17 1 ATIVO , , , ,08

Código Classificação Descrição Saldo Anterior Débitos Créditos Saldo Atual 17 1 ATIVO , , , ,08 Folha: 1 17 1 ATIVO 863.573,71 547.285,08 533.724,71 877.134,08 23 1.1 ATIVO CIRCULANTE 603.762,30 512.060,74 533.724,71 582.098,33 30 1.1.1 DISPONIBILIDADE 472.036,78 255.694,79 264.887,26 462.844,31

Leia mais

Prof. Jean Cavaleiro. Unidade III CONTABILIDADE

Prof. Jean Cavaleiro. Unidade III CONTABILIDADE Prof. Jean Cavaleiro Unidade III CONTABILIDADE Objetivos Praticar os conceitos até aqui discutidos. Enxergar a aplicação da legislação vigente na prática. Exercício completo Vimos em unidades anteriores

Leia mais

1 BALANÇO PATRIMONIAL BP Atividades Práticas

1 BALANÇO PATRIMONIAL BP Atividades Práticas 1 BALANÇO PATRIMONIAL BP Atividades Práticas 1. Questões: 1 - Comente os principais grupos de contas do Balanço, com exemplos. 2 - Explique o que são curto e longo prazo para a contabilidade. 3 - Quais

Leia mais

MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. janeiro/2014 30/4/2014 2:53 PM - Pg.

MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. janeiro/2014 30/4/2014 2:53 PM - Pg. MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. janeiro/2014 30/4/2014 2:53 PM - Pg.: 1 1 1 ATIVO 5.942.395,03 657.809,46 620.924,68 5.979.279,81 1.1 2158 ATIVO

Leia mais

MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. novembro/2015 27/1/2016 10:52 AM - Pg.

MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. novembro/2015 27/1/2016 10:52 AM - Pg. MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. novembro/2015 27/1/2016 10:52 AM - Pg.: 1 1 1 ATIVO 12.597.503,62 1.600.827,05 1.576.202,70 12.622.127,97 1.1

Leia mais

9~rk-~~ TOTAL GERAL 10, TOTAL GERAL 10, EM 31 DE DEZEMBRO DE EXERCíCIO DE SITUAÇÃO ESTÁTICA PATRIMONIAL FISCAL ANO BASE

9~rk-~~ TOTAL GERAL 10, TOTAL GERAL 10, EM 31 DE DEZEMBRO DE EXERCíCIO DE SITUAÇÃO ESTÁTICA PATRIMONIAL FISCAL ANO BASE BALANÇO PATRIMONIAL ARMA: Sindicato dos Fannacêuticos do Amazonas SEDE: Rua Monsenhor Coutinho, no862, Sala 6 - Centro, Manaus-AM, CEP69.010-110. CNPJ: 04.627.493/0001-45 ExercícioComercial: 2012 ExercícioFiscal:

Leia mais

CNPJ : / Balancete Analítico de 01/03/2010 até 31/03/2010 Folha :1

CNPJ : / Balancete Analítico de 01/03/2010 até 31/03/2010 Folha :1 Balancete Analítico de 01/03/2010 até 31/03/2010 Folha :1 [7]ATIVO [14]CIRCULANTE [21]DISPONIVEL [28]CAIXA GERAL [35]CAIXA =CAIXA GERAL 4.314,22D 4.314,22D [42]BANCOS C/ MOVIMENTO [49]CAIXA ECONOMICA FEDERAL-1430-5

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE SERGIPE - DESO CNPJ / BALANÇO PATRIMONIAL - EM R$. 1,00

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE SERGIPE - DESO CNPJ / BALANÇO PATRIMONIAL - EM R$. 1,00 COMPANHIA DE SANEAMENTO DE SERGIPE DESO CNPJ. 13.018.171/000190 BALANÇO PATRIMONIAL EM R$. 1,00 A T I V O 31.12.2007 31.12.2006 ATIVO CIRCULANTE 138.417.550 134.143.301 Caixa e Bancos 1.286.238 3.838.555

Leia mais

Balancete Analítico (Valores em Reais)

Balancete Analítico (Valores em Reais) 00091 10000 100000000000000 ATIVO 61.699,81 3.136.676,97 3.110.334,63 88.042,15 11000 110000000000000 ATIVO CIRCULANTE 13.747,73 3.132.551,23 3.110.334,63 35.964,33 11100 110100000000000 DISPONIVEL 258,00

Leia mais

Página 1 de 4. RECEITAS FINANCEIRAS ,44 Receitas Financeiras ,44

Página 1 de 4. RECEITAS FINANCEIRAS ,44 Receitas Financeiras ,44 Página 1 de 4 RECEITA BRUTA 12.320.298,76 RECEITA COM ASSOCIADOS 2.994.573,38 Anuidade Sequeiro 2.626.754,05 Anuidade Pastagem 29.981,23 Anuidade Sócio Diferenciado 113.824,32 Anuidade de Irrigante 224.013,78

Leia mais

BALANCETE ANALÍTICO - ABRIL/2015

BALANCETE ANALÍTICO - ABRIL/2015 Folha : 1 1 ATIVO 4.009.419,95 D 1.629.902,67 2.246.254,36 3.393.068,26 D 1.1 ATIVO CIRCULANTE 955.155,70 D 1.629.902,67 2.246.254,36 338.804,01 D 1.1.1 DISPONIBILIDADES 583.101,30 D 1.627.251,30 2.195.109,54

Leia mais

13/06/14. Introdução. Profº Me. Hugo David Santana.

13/06/14. Introdução. Profº Me. Hugo David Santana. CONTABILIDADE TRIBUTÁRIA Curso de Ciências Contábeis Profº Me. Hugo David Santana. Introdução Nesta aula será apresentado o tratamento contábil dos principais itens relacionados à folha de pagamento, por

Leia mais

MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. janeiro/2016 3/5/ :22 PM - Pg.

MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. janeiro/2016 3/5/ :22 PM - Pg. MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. janeiro/2016 3/5/2016 12:22 PM - Pg.: 1 1 1 ATIVO 282.983,76 48.219,58 74.883,08 256.320,26 1.1 2158 ATIVO CIRCULANTE

Leia mais

CURSO de CIÊNCIAS CONTÁBEIS VOLTA REDONDA - Gabarito

CURSO de CIÊNCIAS CONTÁBEIS VOLTA REDONDA - Gabarito . UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE TRANSFERÊNCIA 2 o semestre letivo de 2010 e 1 o semestre letivo de 2011 CURSO de CIÊNCIAS CONTÁBEIS VOLTA REDONDA - Gabarito INSTRUÇÕES AO CANDIDATO Verifique se este

Leia mais

Etapas da análise das demonstrações

Etapas da análise das demonstrações Etapas da Análise das Demonstrações Financeiras Etapas da análise das demonstrações Coleta de dados Conferência dos dados coletados Preparação dos dados para análise Processamento dos dados Análise dos

Leia mais

Dicas 01. Contabilidade Geral. Professores: Gustavo Jubé e Vicente Chagas. Profs. Gustavo e Vicente 1

Dicas 01. Contabilidade Geral. Professores: Gustavo Jubé e Vicente Chagas.  Profs. Gustavo e Vicente 1 bilidade Geral Professores: Gustavo Jubé e Vicente Chagas www.pontodosconcursos.com.br Profs. Gustavo e Vicente 1 O essencial para diferenciar ativo de passivo Você que está começando a estudar contabilidade

Leia mais

Prestação de Contas. Exercício 2015 FUNDAÇÃO PRÓ-TOCANTINS

Prestação de Contas. Exercício 2015 FUNDAÇÃO PRÓ-TOCANTINS Prestação de Contas Exercício 2015 FUNDAÇÃO PRÓ-TOCANTINS QUARTEL DA 4ª CIPM - ARAGUATINS R$ 191.124,20 13º SALÁRIO - 4ª CIPM R$ 1.394,91 AUXÍLIO CRECHE - 4ª CIPM R$ 1.024,40 COMBUSTIVEIS E LUBRIFICANTES

Leia mais

MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. maio/ /8/2016 3:25 PM - Pg.: 1

MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. maio/ /8/2016 3:25 PM - Pg.: 1 MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. maio/2016 10/8/2016 3:25 PM - Pg.: 1 1 1 ATIVO 20.466.723,40 1.291.045,74 1.107.310,23 20.650.458,91 1.1 2158

Leia mais

FORMAÇÃO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS PADRÃO DE RESPOSTA (2 a FASE)

FORMAÇÃO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS PADRÃO DE RESPOSTA (2 a FASE) Questão n o 1 a) Pontos de equilíbrio contábil, econômico e financeiro: PEC = CDF 8.000.000 = 400.000 U MCU 20 PEE = CDF + LD 8.000.000 + 200.000 410.000 U MCU 20 PEF = CDF DND 8.000.000 800.000 = 360.000

Leia mais

Balancete Valores expressos Reais (R$) Conta S Classificação Saldo Ant. Débito Crédito Saldo

Balancete Valores expressos Reais (R$) Conta S Classificação Saldo Ant. Débito Crédito Saldo 0082 Associação Servidores Fundação Universidade Estado SC 31/10/2016 15:09 Pág:0001 Societário 1 S 1 ATIVO 3.199.452,30 1.844.650,99 1.786.987,46 3.257.115,83 2 S 1.1 ATIVO CIRCULANTE 2.274.624,58 1.844.650,99

Leia mais

Balancete de Verificação De 01/12/2014 até 31/12/2014

Balancete de Verificação De 01/12/2014 até 31/12/2014 Folha 1 ATIVO CAIXA 1.1.1.01.001 Caixa 285,18D 5.519,24 5.694,36 110,06 D Total do Grupo 285,18D 5.519,24 5.694,36 110,06 D BANCOS CONTA MOVIMENTO 1.1.1.02.005 CEF - AG. 0542 C/C 00775859-8 2.629,29D 87.096,59

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ GUARARAPES CONFECÇÕES SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ GUARARAPES CONFECÇÕES SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. junho/2016 9/9/2016 2:47 PM - Pg.: 1

MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. junho/2016 9/9/2016 2:47 PM - Pg.: 1 MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. junho/2016 9/9/2016 2:47 PM - Pg.: 1 1 1 ATIVO 1.328.263,95 186.202,25 186.069,32 1.328.396,88 1.1 2158 ATIVO

Leia mais

BALANÇO PATRIMONIAL

BALANÇO PATRIMONIAL 1 de 6 31/01/2015 14:44 BALANÇO PATRIMONIAL Balanço Patrimonial é a demonstração contábil destinada a evidenciar, qualitativa e quantitativamente, numa determinada data, a posição patrimonial e financeira

Leia mais

Capítulo Planejamento Orçamentário DESENVOLVIMENTO DE UM MODELO DE ORÇAMENTO. Aspectos preliminares importantes. Planejamento orçamentário

Capítulo Planejamento Orçamentário DESENVOLVIMENTO DE UM MODELO DE ORÇAMENTO. Aspectos preliminares importantes. Planejamento orçamentário Capítulo 16 DESENVOLVIMENTO DE UM MODELO DE ORÇAMENTO 16.1 Planejamento Orçamentário 16.1 Planejamento orçamentário 16.2 Elaboração de quadros orçamentários 16.3 Projeções de resultados Administração Financeira:

Leia mais

Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais - APAE CNPJ-MF n / DEMONSTRAÇÃO CONTÁBIL LEVANTADA EM BALANÇO PATRIMONIAL

Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais - APAE CNPJ-MF n / DEMONSTRAÇÃO CONTÁBIL LEVANTADA EM BALANÇO PATRIMONIAL Fls: 266 Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais APAE CNPJMF n 36.046.068/000159 DEMONSTRAÇÃO CONTÁBIL LEVANTADA EM 31.12.2008 BALANÇO PATRIMONIAL ATIVO CONTAS 31/12/2007 31/12/2008 PASSIVO CONTAS

Leia mais

Balanço Patrimonial. Circulante Compreende obrigações exigíveis que serão liquidadas até o final do próximo exercício social.

Balanço Patrimonial. Circulante Compreende obrigações exigíveis que serão liquidadas até o final do próximo exercício social. Demonstrações Financeiras Demonstrações Financeiras Professor: Roberto César Balanço Patrimonial ATIVO Circulante Compreende contas que estão constantemente em giro - em movimento, sua conversão em dinheiro

Leia mais

MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. maio/ /8/2016 3:19 PM - Pg.: 1

MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. maio/ /8/2016 3:19 PM - Pg.: 1 MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. maio/2016 10/8/2016 3:19 PM - Pg.: 1 1 1 ATIVO 1.275.668,64 188.954,16 136.358,85 1.328.263,95 1.1 2158 ATIVO

Leia mais

EXERCÍCIOS TEORIA DA CONTABILIDADE Prof. Valbertone Fonte CFC. RESPONDA AS QUESTÕES ABAIXO: 1 - Podemos considerar como fato permutativo a transação:

EXERCÍCIOS TEORIA DA CONTABILIDADE Prof. Valbertone Fonte CFC. RESPONDA AS QUESTÕES ABAIXO: 1 - Podemos considerar como fato permutativo a transação: RESPONDA AS QUESTÕES ABAIXO: 1 - Podemos considerar como fato permutativo a transação: a) compra de galpão para a fábrica. b) venda de mercadoria a prazo. c) pagamento de salários administrativos. d) pagamento

Leia mais

8.000 ATIVO CIRCULANTE

8.000 ATIVO CIRCULANTE BALANÇO PATRIMONIAL DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO Ativo X0 X1 Receita de Vendas 8.000 ATIVO CIRCULANTE 500 2.150 (-) CPV -5.000 Caixa 100 1.000 Lucro Bruto 3.000 Bancos 200 100 (-) Despesas financeiras -1.500

Leia mais

Pede-se: Efetuar os lançamentos no livro diário e no livro razão, encerrando as contas de resultado.

Pede-se: Efetuar os lançamentos no livro diário e no livro razão, encerrando as contas de resultado. CONTABILIDADE BÁSICA I 2ª LISTA DE EXERCÍCIOS UNIDADE IV VARIAÇÕES DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO 1) A seguir estão mencionadas as transações da Empresa Petrópolis Ltda., organizada em 1º de dezembro de 2015: 01

Leia mais

Índice. Introdução...7. Capítulo Introdução a Contabilidade A Importância da Contabilidade O Patrimônio...

Índice. Introdução...7. Capítulo Introdução a Contabilidade A Importância da Contabilidade O Patrimônio... Contábil - MÓDULO 1 Índice Introdução...7 Capítulo 1...9 1.1 Introdução a Contabilidade...10 1.1.1 A Importância da Contabilidade...11 1.1.2 O Patrimônio...12 1.1.3 Aspecto qualitativo e quantitativo do

Leia mais

BALANÇO PATRIMONIAL - ANEXO 14

BALANÇO PATRIMONIAL - ANEXO 14 ATIVO Exercício Atual PASSIVO Exercício Atual ATIVO CIRCULANTE 652.201,35 PASSIVO CIRCULANTE 236.288,68 Caixa e Equivalentes de Caixa 652.201,35 Obrigações Trabalhistas, Previdenciárias e Assistenciais

Leia mais

3.3. Balancete Seleção: Período de 01/09/2013 à 30/09/2013 Moeda: REAL

3.3. Balancete Seleção: Período de 01/09/2013 à 30/09/2013 Moeda: REAL Folha: 1 1.0.0.00.0000-1 ATIVO 59.778.372,50 D 8.382.907,80 10.142.389,88 1.759.482,08 C 58.018.890,42 D 1.1.0.00.0000-2 ATIVO CIRCULANTE 28.316.139,25 D 8.286.629,04 10.074.249,49 1.787.620,45 C 26.528.518,80

Leia mais

RESPOSTAS CTB03MA - 1 NPC

RESPOSTAS CTB03MA - 1 NPC Questões solicitadas na avaliação 1ª NPC - 11 de abril de 2016 QUESTÃO 1: (1,0 ponto) RA = Rentabilidade do Ativo RPL = Rentabilidade do Patrimônio Líquido Qual a RA e a RPL da Cia. Excursão, sabendo-se

Leia mais

SIMULADOS elaborados pelo Prof: Humberto Lucena

SIMULADOS elaborados pelo Prof: Humberto Lucena SIMULADOS elaborados pelo Prof: Humberto Lucena Em cada questão, marque o item correto: 1. O princípio contábil que atribui às entidades personalidade própria, distinta da dos sócios, é o princípio da:

Leia mais

ANEXO I BALANCETE ANALÍTICO (MODELO)

ANEXO I BALANCETE ANALÍTICO (MODELO) ANEXO I A) - DADOS CONTÁBEIS E FINANCEIROS I. Balancete Contábil BALANCETE ANALÍTICO (MODELO) Período: 01/xx/20xx a 31/xx/20xx CONTA 1 - ATIVO 1.1 - CIRCULANTE 1.1.01 - DISPONIBILIDADES 1.1.01.01 - FUNDO

Leia mais

Balancete Analítico (Valores em Reais)

Balancete Analítico (Valores em Reais) 00001 10000 1000000000 ATIVO 2.421.141,51 298.113,00 285.607,24 2.433.647,27 11000 1100000000 ATIVO CIRCULANTE 275.680,92 238.489,62 285.236,53 228.934,01 11100 1101000000 DISPONIVEL 5.584,28 5.078,86

Leia mais

Comentarei as questões 56 a 63 da prova de Contabilidade de Auditor Fiscal da Fazenda do Ceará 2007.

Comentarei as questões 56 a 63 da prova de Contabilidade de Auditor Fiscal da Fazenda do Ceará 2007. Comentarei as questões 56 a 63 da prova de Contabilidade de Auditor Fiscal da Fazenda do Ceará 2007. CONTABILIDADE GERAL 56 Na empresa Nutricional S/A, o resultado do exercício havia sido apurado acusando

Leia mais

Características. P A S S I V O Origem dos recursos aplicados no Ativo

Características. P A S S I V O Origem dos recursos aplicados no Ativo Balanço Patrimonial conteúdo - características aplicação de recursos - Ativo origem de recursos - Passivo estrutura geral estrutura do Ativo estrutura do Passivo Características Principal demonstrativo

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA CADERNO DE PROVAS

PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA CADERNO DE PROVAS PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA 20/10/2013 INSTRUÇÕES CADERNO DE PROVAS 1. Confira, abaixo, seu nome e número de inscrição. Confira, também, o curso e a série correspondentes à sua inscrição.

Leia mais

ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EAD MÓDULO VI DEMONSTRATIVOS CONTÁBEIS

ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EAD MÓDULO VI DEMONSTRATIVOS CONTÁBEIS ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EAD MÓDULO VI DEMONSTRATIVOS CONTÁBEIS Nesse módulo abordaremos as duas demonstrações contábeis Balanço Patrimonial BP e Demonstração do Resultado do Exercício DRE,

Leia mais

CNPJ : / Balancete por Centro de Custo de 01/02/2015 até 28/02/2015. Folha: 1 MP INFORMATICA LTDA CLUBE DOS MARIMBÁS(00347)

CNPJ : / Balancete por Centro de Custo de 01/02/2015 até 28/02/2015. Folha: 1 MP INFORMATICA LTDA CLUBE DOS MARIMBÁS(00347) Folha: 1 Descrição Saldo Anterior Débito Crédito Saldo Atual Centro de custo - (00101) DIRETORIA SEDE / RESTAURANTE [409]RECEITAS [410]RECEITA BRUTA [421]RECEITA DE VENDAS [422]RECEITA DE VENDAS RESTAURANTE

Leia mais

Sistemas de Informações Contábeis

Sistemas de Informações Contábeis Estudo de caso Sistemas de Informações Contábeis O Material anexo representa partes das Demonstrações Contábeis da Empresa Katikero, encerradas em 31.12.x6, elaboradas de acordo com as normas e Princípios

Leia mais

É com uma grande satisfação que apresentamos para vocês um Plano de Contas Atualizado para Provas de Contabilidade Geral (Contas Patrimoniais).

É com uma grande satisfação que apresentamos para vocês um Plano de Contas Atualizado para Provas de Contabilidade Geral (Contas Patrimoniais). Olá, meus amigos! Tudo bem? É com uma grande satisfação que apresentamos para vocês um Plano de Contas Atualizado para Provas de Contabilidade Geral (Contas Patrimoniais). O plano foi elaborado pelo nosso

Leia mais

Sumário. Introdução. Patrimônio

Sumário. Introdução. Patrimônio Sumário Sumário Introdução 2 Objeto 3 Finalidade ou objetivo 4 Pessoas interessadas nas informações contábeis 5 Funções 6 Identificação dos aspectos patrimoniais 7 Campo de aplicação 8 Áreas ou ramos 9

Leia mais

Associação dos Apoiadores do Comitê de Aquisições e Fusões - ACAF Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2014 e relatório dos auditores

Associação dos Apoiadores do Comitê de Aquisições e Fusões - ACAF Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2014 e relatório dos auditores Associação dos Apoiadores do Comitê de Aquisições e Fusões - ACAF Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2014 e relatório dos auditores independentes Relatório dos auditores independentes sobre

Leia mais