Manual do Usuário - Processo Certificado de Registro Pessoa Física Manual Operacional Certificado de Registro Pessoa Física CRPF

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual do Usuário - Processo Certificado de Registro Pessoa Física Manual Operacional Certificado de Registro Pessoa Física CRPF"

Transcrição

1 Manual Operacional Certificado CRPF Abril Curitiba - PR 1

2 Sumário 1 OBJETIVO 6 2 ACESSO INICIAL PARA TODOS OS USUÁRIOS (CAC S) REALIZANDO O PRIMEIRO CADASTRO CPF TAPE CÓDIGO DE SEGURANÇA BOTÃO SALVAR CONSULTA DE AUTENTICIDADE TENHO CR, MAS NÃO TENHO USUÁRIO RECUPERAR CR CRIAR USUÁRIO E SENHA TAPE CÓDIGO DE SEGURANÇA ESQUECI MINHA SENHA CPF ENVIAR SENHA SENHA E CONFIRMAÇÃO DE SENHA BOTÃO SALVAR LOGIN NO SISTEMA CPF SENHA 14 2

3 3 SOLICITAR CONCESSÃO BOTÃO SOLICITAR CONCESSÃO CÓDIGO DE AUTENTICAÇÃO BANCÁRIA DATA DO PAGAMENTO BOTÃO VALIDAR PAGAMENTO DA GRU MENSAGEM DE ERRO ABA DADOS DO SOLICITANTE ABA DOCUMENTOS (ANEXO) TABELA DE DOCUMENTOS ANEXADOS BOTÃO EXCLUIR DOCUMENTO(S) DECLARAÇÃO DE IDONEIDADE TERMO DE COMPROMISSO DADOS DO(S) PROCURADOR(ES) PARA VISTORIA BOTÃO NOVO PROCURADOR CONSULTAR SOLICITAÇÕES, IMPRIMIR TAPE E IMPRIMIR CR CONSULTAR SOLICITAÇÕES IMPRIMIR TAPE IMPRIMIR CR 25 4 REVALIDAÇÃO DE CR 26 5 APOSTILAMENTO DE CR 27 6 EMISSÃO DE 2ª VIA DE CR 28 7 CANCELAMENTO DE CR 29 8 ACESSANDO O SE SUITE ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO. 8.1 URL ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO. 8.2 DADOS DO USUÁRIO ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO. 8.3 BOTÃO LOGIN ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO. 3

4 9 INICIANDO UM FLUXO DE TRABALHO (PENDÊNCIA) ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO. 9.1 USUÁRIO LOGADO ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO. 9.2 MENU DE PENDÊNCIAS ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO. 9.3 TIPO DE PENDÊNCIAS ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO. 9.4 EXECUÇÃO DE ATIVIDADES ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO. 9.5 ATIVIDADES ATRIBUÍDAS AOS MEUS GRUPOS ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO. 9.6 ASSOCIAR ATIVIDADES AO USUÁRIO ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO. 9.7 AÇÃO SIM (RM) ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO. 9.8 AÇÃO NÃO (OM) ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO. 9.9 ABA DETALHES ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO DOCUMENTOS DA INSTÂNCIA ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO PROCESSO A SER CONSULTADO A DOCUMENTAÇÃO ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO BOTÃO VISUALIZAR ARQUIVO ELETRÔNICO ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO ARQUIVO ELETRÔNICO ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO BOTÃO VISUALIZAR DOCUMENTO ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO. EXECUTANDO A PRÓXIMA ATIVIDADE: VALIDAÇÃO DA LISTA DE DOCUMENTOS. INDICADOR NÃO DEFINIDO. ERRO! 9.15 DOCUMENTAÇÃO APROVADA? ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO MOTIVO DA DOCUMENTAÇÃO NÃO TER SIDO APROVADA: ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO TODAS CERTIDÕES SÃO NEGATIVAS? ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO PROPOSTA PARA PROSSEGUIMENTO DO PROCESSO ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO MOTIVO DO INDEREFIMENTO DO PROCESSO ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO JUSTIFICATIVA ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO. EXECUTANDO A PRÓXIMA ATIVIDADE: ESCOLHA DO RESPONSÁVEL PELA REALIZAÇÃO DA VISTORIA. ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO. 4

5 PRÓXIMA ATIVIDADE: SELECIONAR TIPO DE VISTORIA. DEFINIDO. EXECUTANDO A PRÓXIMA ATIVIDADE: AGENDAR VISTORIA. DEFINIDO. EXECUTANDO A ERRO! INDICADOR NÃO ERRO! INDICADOR NÃO EXECUTANDO A PRÓXIMA ATIVIDADE: ORGANIZAR LOGÍSTICA. ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO. EXECUTANDO A PRÓXIMA ATIVIDADE (ATIVIDADE DO COMANDANTE): AUTORIZAR DATA/PESSOAL ENVOLVIDO. ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO. EXECUTANDO A PRÓXIMA ATIVIDADE: INTERESSADO CONCORDA COM A DATA?. ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO. EXECUTANDO A PRÓXIMA ATIVIDADE: HOUVE IMPREVISTO PARA REALIZAÇÃO DA VISTORIA. ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO DETECTADO ILÍCITO PENAL? ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO VISTORIA REALIZADA COM SUCESSO? ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO MOTIVO DA VISTORIA NÃO ATENDER AOS REQUISITOS: ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO PROPOSTA PARA PROSSEGUIMENTO DO PROCESSO ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO MOTIVO DO INDEFERIMENTO DO PROCESSO ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO JUSTIFICATIVA ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO. EXECUTANDO A PRÓXIMA ATIVIDADE: REGISTRAR O TERMO DE VISTORIA. INDICADOR NÃO DEFINIDO. ERRO! EXECUTANDO A PRÓXIMA ATIVIDADE (ATIVIDADE DO COMANDANTE): VERIFICAR DESFECHO DO PROCESSO. ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO. APÓS TODAS ESTAS AÇÕES DESCRITAS ANTERIORMENTE, O PROCESSO FOI CONCLUÍDO. ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO. 5

6 1 OBJETIVO O presente manual tem a finalidade de repassar ao usuário (CAC s) de forma abrangente o processo de Certificado - CRPF de forma integrada e automatizada através das seguintes atividades: Solicitar novo Certificado de Registro; Solicitar Revalidação de Certificado de Registro; Solicitar Apostilamento de Certificado de Registro; Solicitar Cancelamento de Certificado de Registro; Solicitar Emissão de 2ª via de Certificado de Registro; e Consultar o andamento das solicitações. o Mozilla FireFox. OBS: Preferencialmente, o navegador a ser utilizado deve ser o IE versão 8.0 ou 6

7 2 ACESSO INICIAL PARA TODOS OS USUÁRIOS (CAC S) Para acessar a página do Certificado de Registro Eletrônico digite no seu navegador de internet o seguinte endereço: e surgirá a tela a seguir:

8 2.1 REALIZANDO O PRIMEIRO CADASTRO. Se o interessado ainda não tem CR e deseja obter um, ele deverá clicar na figura que está escrito REALIZAR O PRIMEIRO CADASTRO aparecendo a seguinte tela: CPF Nesta tela, o usuário deverá criar um login de usuário e uma senha para ter acesso às funcionalidades do Certificado de Registro Eletrônico. O usuário será o número do CPF da pessoa que está se cadastrando e a senha para o acesso será composta de no mínimo 8 e no máximo 10 caracteres (podendo ser letras, símbolos e números). Será necessário, também, confirmar a senha digitada TAPE No próximo passo, o cidadão deverá marcar que Leu e concorda com o TERMO DE ADESÃO AO PROCESSO ELETRÔNICO (TAPE). 8

9 2.1.3 CÓDIGO DE SEGURANÇA Neste momento, deverá digitar o código de segurança que aparece na figura BOTÃO SALVAR Após o preenchimento desta tela, o usuário deve clicar no botão SALVAR e confirmar que deseja salvar o que foi preenchido clicando em OK na caixa de diálogo que aparecerá. Depois de salvo, o sistema informará que o novo usuário foi criado com sucesso. Feche a caixa de diálogo que aparece com essa informação e o usuário retornará à página inicial. A partir deste momento o usuário está apto para se logar no sistema. 9

10 2.2 CONSULTA DE AUTENTICIDADE para futuras consultas. Quando o CR é concedido, automaticamente é gerada uma chave de autenticidade Número CR Chave de autenticidade Sempre que o interessado desejar consultar o seu CR, deve informar o número do CR e a chave de autenticidade, conforme indicado abaixo e clicar em pesquisar. Número CR Chave de autenticidade 10

11 2.3 TENHO CR, MAS NÃO TENHO USUÁRIO. Destina-se ao usuário que já tem CR, mas ainda não faz parte do sistema de CR eletrônico, é quase o mesmo para quem realiza o primeiro cadastro, a única diferença é que o usuário: RECUPERAR CR Deverá informar o seu número de CR, o último sobrenome de sua mãe e a data de validade de seu CR, para validação junto ao SIGMA. Lembrando que essas informações serão pesquisadas na base de dados do SIGMA, para veracidade do cadastro; CRIAR USUÁRIO E SENHA Criar um login de usuário e senha para acesso ao CR eletrônico; TAPE Após o preenchimento de todos os campos, ter assinalado que Leu e concorda com o TERMO DE ADESÃO AO PROCESSO ELETRÔNICO (TAPE) ; 11

12 2.3.4 CÓDIGO DE SEGURANÇA Digitar o código de segurança. O usuário será informado que um novo usuário foi criado com sucesso. Feche a caixa de diálogo que aparece com essa informação e o usuário verá que o site retornou para a página inicial. A partir deste instante o usuário estará pronto para se logar no sistema. 2.4 ESQUECI MINHA SENHA Este serviço destina-se ao usuário que possui cadastro e solicitações no sistema CR eletrônico, mas esqueceu a senha CPF Inserir o número do CPF cadastrado no CR eletrônico; 12

13 Inserir o (cadastrado no CR eletrônico) que receberá a senha de acesso ENVIAR SENHA Clicar no botão Enviar senha. A partir desse momento o usuário recebe em seu a senha de acesso cadastrada anteriormente. a seguinte tela: Caso o usuário ainda não possua solicitações no sistema CR eletrônico, aparecerá SENHA E CONFIRMAÇÃO DE SENHA Inserir e confirmar senha; 13

14 2.4.5 BOTÃO SALVAR Clicar no botão SALVAR. 2.5 LOGIN NO SISTEMA Para se logar ao site e poder executar todas as atividades pertinentes ao CR eletrônico, o usuário deverá: CPF Digitar o seu CPF (como dito anteriormente será o login do usuário); SENHA Digitar a senha cadastrada. Após esta etapa, caso seja um usuário novo e sem CR, já poderá solicitar Concessão. Para solicitar a Concessão, seguir o item 3 na próxima página. 14

15 3 SOLICITAR CONCESSÃO BOTÃO SOLICITAR CONCESSÃO Nesta tela, o usuário somente poderá solicitar uma Concessão de CR. Para isso, o usuário deverá clicar em Menu Solicitar Concessão CÓDIGO DE AUTENTICAÇÃO BANCÁRIA Após solicitar Concessão, a próxima etapa será validar o pagamento da GRU. 3.3 DATA DO PAGAMENTO Além de informar o código de autenticidade gerado durante o pagamento da GRU, o usuário deve também informar a data do pagamento da mesma. 15

16 3.4 BOTÃO VALIDAR PAGAMENTO DA GRU Clicar no botão validar pagamento da GRU após preencher os dados acima. Ao clicar no botão Validar Pagamento GRU, a aplicação (CR eletrônico) se conecta ao SIAFI para validar se o código de autenticidade da GRU informado é um código válido MENSAGEM DE ERRO Caso a aplicação (CR eletrônico) verifique que não se trate de um código válido, apresentará uma mensagem de erro. Caso o erro ocorra, o usuário deverá verificar as possíveis causas. Caso a aplicação (CR eletrônico) verifique que se trate de um código válido, aparecerá uma tela para começar o cadastro. O usuário observará que na parte superior de formulário, existem 3 abas. São elas: 3.6 Dados do Solicitante; 3.7 Documentos (ANEXO); e 3.8 Dados do(s) Procuradore(s) para Vistoria. 16

17 3.6 ABA DADOS DO SOLICITANTE 3.6 OBS: Deverá ser dada atenção especial para o preenchimento dos campos obrigatórios (assinalados por asteriscos). A aba DADOS DO SOLICITANTE deve ser preenchida com TODAS as informações do usuário que está solicitando o CR. Deverá ser observado que no preenchimento do DOMICÍLIO, este deve ser O MESMO ENDEREÇO onde estará guardado o acervo/coleção de armas, munições e/ou máquina de recarga. 17

18 3.7 ABA DOCUMENTOS (ANEXO) 3.7 Na aba Documentos (Anexo), o interessado deverá ANEXAR UMA CÓPIA ESCANEADA DOS DOCUMENTOS exigidos para a Concessão de CR (Certidões, comprovante de endereço, identidade, GRU, etc). IMPORTANTE: Os documentos escaneados, NÃO PODE EXCEDER O TAMANHO DE 500 KB; 18

19 Note que à medida que os documentos são incluídos, o ícone à frente do nome de cada documento fica verde, isto indica que o documento foi incluído e já se encontra na tabela de documentos anexados TABELA DE DOCUMENTOS ANEXADOS Aparecerá também uma nova tabela com a relação dos documentos anexados BOTÃO EXCLUIR DOCUMENTO(S) Caso o interessado tenha anexado algum documento que não queira mais enviar, é nesta tabela que o documento será selecionado sendo excluído após clicar no botão Excluir Documento(s). 19

20 Ainda na Aba de Documentos (ANEXO) é necessário assinalar: DECLARAÇÃO DE IDONEIDADE Marcar que leu e concorda com a Declaração de Idoneidade TERMO DE COMPROMISSO Marcar que leu e concorda com o termo de compromisso. 20

21 3.8 DADOS DO(S) PROCURADOR(ES) PARA VISTORIA Esta aba destina-se ao interessado que na data de realização da vistoria não poderá acompanhar os vistoriadores, mas que indicará Procurador(es) para acompanhar a realização da vistoria BOTÃO NOVO PROCURADOR a tela abaixo: Após clicar neste botão, quando for necessário Incluir novo Procurador, aparecerá OBS: Campos obrigatórios indicados por asteriscos. 21

22 Caso o interessado não necessite indicar Procurador(es) para acompanhar o serviço de vistoria, ou mesmo que indique, deve clicar em Enviar Solicitação. Ao clicar, aparecerá a mensagem abaixo, onde é necessário certificar que deseja enviar a solicitação. Neste momento o interessado deve clicar em OK. Após o clique, surgirá uma mensagem informando que a solicitação foi salva com sucesso e também aparecerá o número de protocolo (NUP) gerado pelo sistema, finalizando assim, a Solicitação de CONCESSÃO, além de ser habilitado o botão Imprimir CR. 22

23 3.9 CONSULTAR SOLICITAÇÕES, IMPRIMIR TAPE E IMPRIMIR CR A partir do momento que a solicitação é salva, o interessado pode acompanhar o andamento do processo através do sítio logando com o seu CPF e a senha. Ao consultar o andamento da solicitação, se o STATUS aparecer DEFERIDO, isto indica que já foi gerado automaticamente o CERTIFICADO DE REGISTRO. O mesmo estará disponível para o interessado imprimí-lo na própria página, além de estarem habilitadas as demais Modalidades (Apostilamento, Revalidação, 2ª Via e Cancelamento) CONSULTAR SOLICITAÇÕES 23

24 Preenchendo as três caixas (modalidade do CR, Data da Solicitação ou Número do Processo Protocolo) e clicando no botão Pesquisar, surgirá o STATUS atual do processo. O processo pode ter os seguintes STATUS: EM ANÁLISE: Quando o processo está sendo analisado pelo SFPC responsável pela emissão do CR; DEFERIDO ou INDEFERIDO: Quando o processo já foi analisado pelo SFPC responsável e teve o parecer (deferido ou indeferido) emitido IMPRIMIR TAPE O TAPE Termo de Adesão ao Processo Eletrônico deve ser impresso e entregue ao vistoriador durante a realização da vistoria. O TAPE tem o objeto, durante a solicitação, de alertar ao interessado que o mesmo deverá aceitar a forma eletrônica como canal de acesso a todos os procedimentos relativos à Fiscalização e ao Trato de Produtos Controlados. 24

25 3.9.3 IMPRIMIR CR Ao clicar na opção Imprimir CR aparecerá uma tela onde é exibido o CR com número gerado pelo SIGMA. OBS: Ao clicar em Imprimir CR, o mesmo estará disponível para impressão apenas uma vez, caso o interessado perca o CR ou deixe de imprimir no momento que a tela é aberta, deverá solicitar Emissão de 2ª Via. 25

26 4 REVALIDAÇÃO DE CR A revalidação nada mais é do que uma alteração da data de validade do CR para mais 2 anos. Deferido o requerimento, pelo Comandante da RM, a revalidação será feita através da emissão de novo CR, mantendo-se a numeração anterior e atualizando-se a validade do mesmo, devendo o interessado manter os originais vencidos em seu arquivo, à disposição da fiscalização. Para solicitar uma Revalidação serão necessários os mesmos procedimentos descritos para Concessão. OBS: 1º - Caso não esteja cadastrado ou não se lembra da senha, verifique o ítem 2 deste manual. 2º - A Revalidação de CR só poderá ser solicitada 1 dia antes do vencimento ou 90 dias após. Caso usuário tente fazer antes desse prazo, o sistema exibirá uma mensagem de erro 26

27 5 APOSTILAMENTO DE CR Para solicitar Apostilamento o procedimento é o mesmo para Concessão. O interessado ao logar no sistema deverá antes de qualquer coisa confirmar o pagamento da GRU e somente após isso, será visualizada a tela para o Apostilamento. Neste momento, o único campo a ser preenchido é de caráter obrigatório. Após o seu preenchimento é só clicar no botão Enviar Solicitação. 27

28 6 EMISSÃO DE 2ª VIA DE CR Como feito inicialmente na Solicitação de Concessão e no Apostilamento de CR, o interessado após se logar, deverá digitar a código de autenticação da GRU paga para este fim. Após isso, ele será enviado para a tela de emissão da 2ª via de CR. De maneira análoga à Solicitação de Concessão, o usuário preencherá todos os campos e anexará os documentos exigidos para este fim. Lembrando que cada um dos documentos anexados NÃO poderá ter tamanho superior a 500 Kb. 28

29 7 CANCELAMENTO DE CR Nesta modalidade o usuário preencherá os campos sobre o CR a ser cancelado e assinalar o item ATESTO PARA TODOS OS FINS QUE NÃO TENHO MAIS ACERVO. e anexando, também, na aba DOCUMENTOS (ANEXO) o comprovante de recolhimento da taxa de fiscalização. 29

30 30

Manual da Nota Fiscal Eletrônica

Manual da Nota Fiscal Eletrônica Manual da Nota Fiscal Eletrônica Memory Informática Tabela de Conteúdos Meu Usuário Meu Perfil --------------------------------------------------------- 4 Minha Empresa Configurar Minha Empresa -------------------------------------

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA SISTEMA IMASUL DE REGISTROS E INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DO MEIO AMBIENTE MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA Manual Operacional para uso exclusivo do módulo do Sistema Estadual de

Leia mais

Certidão Online Manual do Usuário

Certidão Online Manual do Usuário JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Certidão Online Manual do Usuário Versão 3.1 Lista de Tópicos - Navegação Rápida CADASTRANDO O USUÁRIO... 3 ACESSANDO O SISTEMA... 5 CERTIDAO SIMPLIFICADA NADA

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: PROPOSTAS VERSÃO 1.1 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 10/11/2011 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 07/01/2013 1.1 Atualização do

Leia mais

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA.

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA MANUAL DO VTWEB CLIENT CADASTROS /PEDIDOS E PROCEDIMENTOS Resumo Esse manual tem como o seu objetivo principal a orientação de uso do

Leia mais

SISTEMA GUIA DE TRÁFEGO ELETRÔNICA WWW.SGTE.EB.MIL.BR

SISTEMA GUIA DE TRÁFEGO ELETRÔNICA WWW.SGTE.EB.MIL.BR Manual do Usuário SISTEMA GUIA DE TRÁFEGO ELETRÔNICA WWW.SGTE.EB.MIL.BR Página 1 SUMÁRIO 1. ACESSANDO O SISTEMA... 4 2. TELA DE SELEÇÃO... 5 3. SOLICITAR EMISSÃO GUIA DE TRÁFEGO... 6 3.1 TELA DE INFORMAÇÃO

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO VIA FÁCIL BOMBEIROS SECRETARIA DO ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO

MANUAL DO USUÁRIO VIA FÁCIL BOMBEIROS SECRETARIA DO ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DO ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO CORPO DE BOMBEIROS Serviço de Segurança contra Incêndio MANUAL DO USUÁRIO versão atualizada em novembro de

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE TRIBUTAÇÃO M A N U A L D A NOTA FISCAL AVULSA ÍNDICE 1. Acesso ao Portal do Sistema...6 2. Requerimento de Acesso para os novos usuários...6 2.1 Tipo

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO SISTEMA DE CADASTRO INTRANET

MANUAL DE UTILIZAÇÃO SISTEMA DE CADASTRO INTRANET MANUAL DE UTILIZAÇÃO SISTEMA DE CADASTRO INTRANET I Sumário 1. Objetivo do Documento... 1 2. Início... 1 3. Cadastro de Pessoa Física... 3 3.1. Preenchimentos Obrigatórios.... 4 3.2. Acesso aos Campos

Leia mais

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar:

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar: SOLICITAÇÃO DE FOMENTO on-line MANUAL DO USUÁRIO 1 CONTATOS... 2 2 ANTES DE COMEÇAR... 2 3 ENTRAR NO SISTEMA INFAPERJ... 3 3.1 ACESSO AO SISTEMA...3 3.2 LOGIN...4 4 APRESENTAÇÃO GERAL DA INTERFACE... 5

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DA RECEITA. Módulo Regime Especial Internet

SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DA RECEITA. Módulo Regime Especial Internet SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DA RECEITA Módulo Regime Especial Internet ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO GERAL... 3 2 INTRODUÇÃO AO MÓDULO REGIME ESPECIAL... 3 2.1 SEGURANÇA... 3 2.2 BOTÕES... 3 2.3 PREENCHIMENTO...

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO RECAM ONLINE

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO RECAM ONLINE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO RECAM ONLINE Tefefone: (16)37119000 email: recam@franca.sp.gov. Sumário 1. Endereço para acessar o sistema... 3 2. Tipos de acesso ao sistema... 3 3. Termo de acesso cadastrado

Leia mais

VIA FÁCIL - BOMBEIROS

VIA FÁCIL - BOMBEIROS SECRETARIA DO ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO CORPO DE BOMBEIROS VIA FÁCIL - BOMBEIROS MANUAL DO USUÁRIO Versão V1.0 1 Índice A INTRODUÇÃO 4 B USUÁRIO NÃO

Leia mais

Sistema de Protocolo. Manual do Usuário

Sistema de Protocolo. Manual do Usuário Sistema de Protocolo Manual do Usuário Atualizado em 05/06/2010 2 Apresentação Módulo Protocolo Está disponível de forma integrada com todos os órgãos para registrar e acompanhar, de modo atualizado e

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE CREDENCIADOS - SGC

SISTEMA DE GESTÃO DE CREDENCIADOS - SGC MANUAL DO CANDIDATO Para realizar a inscrição o candidato deve: 1º - Ler o Edital disponível no site do SEBRAE; Passo a passo: Acesse o site: http://www.sebrae.com.br/ Clique naseção SobreoSEBRAE Nabarraesquerdadapágina,cliquenoitem

Leia mais

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar.

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar. Índice 1) Acesso ao sistema 2) Recepção do paciente 3) Envio do atendimento para faturamento: consulta médica ou procedimentos simples 4) Envio do atendimento para faturamento: procedimentos previamente

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE CREDENCIADOS - SGC MANUAL DO CANDIDATO CREDENCIADOS. 0800 570 0800 / www.sebrae.com.br

SISTEMA DE GESTÃO DE CREDENCIADOS - SGC MANUAL DO CANDIDATO CREDENCIADOS. 0800 570 0800 / www.sebrae.com.br SISTEMA DE GESTÃO DE - SGC MANUAL DO CANDIDATO SISTEMA DE GESTÃO DE - SGC PESSOA JURÍDICA SISTEMA DE GESTÃO DE - SGC Identificação do Edital Para fazer a inscrição, o candidato (Representante Legada da

Leia mais

SUA SENHA É SIGILOSA, PESSOAL E INTRANSFERÍVEL.

SUA SENHA É SIGILOSA, PESSOAL E INTRANSFERÍVEL. DÚVIDAS MAIS FREQUENTES - DO CLIENTE 1. Qual o procedimento para se cadastrar na Guia Eletrônica? - Rolar a página e procure pelo item Novo Cliente? - Escolher o perfil: Próprio Interessado: Pessoa Física

Leia mais

SAC Sistema de Acompanhamento de Concessões Manual do Usuário

SAC Sistema de Acompanhamento de Concessões Manual do Usuário 70040-020 Brasília - DF SAC Manual do Usuário Sumário Assunto PÁGINA 1. Objetivos do Manual 3 2. Perfil do Usuário 3 2.1 Coordenador Institucional 3 3. Acesso ao Sistema SAC 3 3.1 Endereço de acesso 3

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. Conteúdo 1. Descrição geral 2 2. Resumo das funcionalidades 3 3. Efetuar cadastro no sistema 4 4. Acessar o sistema 6 5. Funcionalidades do menu 7 5.1 Dados cadastrais 7 5.2 Grupos de usuários 7 5.3 Funcionários

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE CREDENCIADOS - SGC MANUAL DO CANDIDATO

SISTEMA DE GESTÃO DE CREDENCIADOS - SGC MANUAL DO CANDIDATO MANUAL DO CANDIDATO Para participar do processo de credenciamento, acesse o site do Sebrae/SC em www.sebrae-sc.com.br, clique em Soluções deste Estado e depois clique em Seja consultor e/ou instrutor.

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. 1. Descrição Geral Este manual descreve as operações disponíveis no módulo VTWEB Client, cuja finalidade é gerenciar cadastros de funcionários, realização de pedidos e controle financeiro dos pedidos.

Leia mais

1 Natuur Online Cadastre-se Nome, Login E-mail Cadastrar.

1 Natuur Online Cadastre-se Nome, Login E-mail Cadastrar. 1 Essa é a tela de acesso do Natuur Online, clique aqui para acessar o site e siga o passo-apasso abaixo. Se esse é o seu primeiro acesso, clique em Cadastre-se. 2 - Preencha os dados solicitados com Nome,

Leia mais

MANUAL ITCMD - DOAÇÃO

MANUAL ITCMD - DOAÇÃO MANUAL ITCMD - DOAÇÃO ACESSO AO SISTEMA ITCMD 2 CRIAÇÃO E PREENCHIMENTO DA DECLARAÇÃO 2 1º PASSO: ESCOLHA DO TIPO DE DECLARAÇÃO 2 2º PASSO: AJUDA INICIAL 3 3º PASSO: CADASTRAMENTO DE SENHA 3 4º PASSO:

Leia mais

Manual Administrador - Mídia System

Manual Administrador - Mídia System Manual Administrador - Mídia System Logo após cadastrarmos sua Empresa em nosso sistema, será enviado um e-mail confirmando as informações de acesso do Administrador do sistema. Obs: Caso não tenha recebido

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA DE CARGA HORÁRIA ESPECIAL Professor

MANUAL DO SISTEMA DE CARGA HORÁRIA ESPECIAL Professor MANUAL DO SISTEMA DE CARGA HORÁRIA ESPECIAL Professor SUMÁRIO Introdução... 2 Como acessar o sistema - PROFESSOR... 3 Primeira visita a página... 4 Atualizando o cadastro... 9 Imprimindo o comprovante...

Leia mais

SISAUT/FC Sistema de Controle de Transporte Fretado Contínuo de Passageiros

SISAUT/FC Sistema de Controle de Transporte Fretado Contínuo de Passageiros SISAUT/FC Sistema de Controle de Transporte Fretado Contínuo de Passageiros O que é o SISAUT/FC? MANUAL DO USUÁRIO O SISAUT/FC é o sistema por meio do qual são feitos os requerimentos para as autorizações

Leia mais

WF Processos. Manual de Instruções

WF Processos. Manual de Instruções WF Processos Manual de Instruções O WF Processos é um sistema simples e fácil de ser utilizado, contudo para ajudar os novos usuários a se familiarizarem com o sistema, criamos este manual. Recomendamos

Leia mais

1 Essa é a tela de login do Sistema de Atendimento Online, siga o passo a passo abaixo.

1 Essa é a tela de login do Sistema de Atendimento Online, siga o passo a passo abaixo. 1 Essa é a tela de login do Sistema de Atendimento Online, siga o passo a passo abaixo. 2 - Se esse é o seu primeiro cadastro, clique em Cadastre-se. Em seguida preencha os dados solicitados com Nome,

Leia mais

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios Portal Sindical Manual Operacional Empresas/Escritórios Acesso ao Portal Inicialmente, para conseguir acesso ao Portal Sindical, nos controles administrativos, é necessário acessar a página principal da

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEED

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEED SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEED GUIA PARA INSCRIÇÃO As inscrições serão realizadas no endereço eletrônico www.pss.pr.gov.br, no período que consta em edital. O candidato deve possuir Cadastro no

Leia mais

FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP

FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP 1. Quem pode obter o acesso ao SEI-MP? O SEI-MP está disponível apenas para usuários e colaboradores internos do MP. Usuários externos não estão autorizados

Leia mais

1 Cadastre-se Mozilla Firefox. AQUI Esqueci a senha Login Senha. Esqueci a senha E-mail Login Enviar Solicitação OBS: Nome: Login: E-mail:

1 Cadastre-se Mozilla Firefox. AQUI Esqueci a senha Login Senha. Esqueci a senha E-mail Login Enviar Solicitação OBS: Nome: Login: E-mail: 1 Essa é a tela de login do Sistema de Atendimento, siga o passo a passo abaixo. Se esse é o seu primeiro cadastro, clique em Cadastre-se. O sistema só irá funcionar perfeitamente se for acessado pelo

Leia mais

Módulo Consulta de Contribuinte Internet

Módulo Consulta de Contribuinte Internet SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DA RECEITA Módulo Consulta de Contribuinte Internet ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO GERAL... 3 2 INTRODUÇÃO AO MÓDULO CONSULTA DE CONTRIBUINTE... 3 2.1 SEGURANÇA... 3 2.2 BOTÕES...

Leia mais

Ambiente de Pagamentos

Ambiente de Pagamentos GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA FAZENDA COORDENADORIA DA ADMINISTRAÇÃOTRIBUTÁRIA DIRETORIA DE INFORMAÇÕES Ambiente de Pagamentos Manual do Contribuinte Versão 26/09/2011 Índice Analítico 1.

Leia mais

Sistema integrado de Aquisição de Vale-transporte para Cartões Eletrônicos. SBCTrans

Sistema integrado de Aquisição de Vale-transporte para Cartões Eletrônicos. SBCTrans Sistema integrado de Aquisição de Vale-transporte para Cartões Eletrônicos SBCTrans A tecnologia facilitando a vida do cidadão Índice Cadastro e Primeiro Acesso... 05 Acessando o Sistema... 08 Menu de

Leia mais

Manual Sistema Proac Editais. Dúvidas Frequentes

Manual Sistema Proac Editais. Dúvidas Frequentes Manual Sistema Proac Editais Dúvidas Frequentes Conteúdo 1. Acesso ao sistema... 3 1.1. Como efetuar Login... 3 1.2. Como recuperar a Senha... 3 1.3. Como fazer um Novo Cadastro de Proponente... 4 1.4.

Leia mais

CIUCA Manual de Operação Versão 2.02 (Módulos I Cadastro e II - Credenciamento)

CIUCA Manual de Operação Versão 2.02 (Módulos I Cadastro e II - Credenciamento) Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação Cadastro das Instituições e Comissões de Ética no Uso de Animais CIUCA Versão 2.02 (Módulos I Cadastro e II - Credenciamento) Versão 1.01 (Módulo I Cadastro)

Leia mais

SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras

SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras P á g i n a 1 SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras Manual Operacional Cadastro e Habilitação P á g i n a 2 SUMÁRIO 1 Orientações gerais... 3 1.1 O que são Pessoas Obrigadas?... 4 1.2 O

Leia mais

Material de apoio. Disponível no site: : www.justica.gov.br, no link: Entidades Sociais >> CNES.

Material de apoio. Disponível no site: : www.justica.gov.br, no link: Entidades Sociais >> CNES. Material de apoio Disponível no site: : www.justica.gov.br, no link: Entidades Sociais >> CNES. Material de apoio Disponível no site: : www.justica.gov.br, no link: Entidades Sociais >> CNES. Portaria

Leia mais

Tutorial Módulo Frequência

Tutorial Módulo Frequência Tutorial Módulo Frequência Sumário 1. Módulo Frequência... 2 1.1. Perfis Envolvidos... 2 2. Operações realizadas pelo Servidor... 2 2.1 Solicitar Afastamento... 2 2.2 Consultar Afastamentos... 4 2.3. Enviar

Leia mais

1. Sistema de cadastramento para empresas NÃO cadastradas (cadastro inicial) 1.1. Links de acesso direto na área de cadastro

1. Sistema de cadastramento para empresas NÃO cadastradas (cadastro inicial) 1.1. Links de acesso direto na área de cadastro Atualizado: 22 / 04 / 2013 - FAQ - AI 1. Sistema de cadastramento para empresas NÃO cadastradas (cadastro inicial) 1.1. Links de acesso direto na área de cadastro 1.2. Informações gerais 1.3. Tabela Ação

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania Instrução Operacional nº 27 SENARC/MDS Brasília, 22 janeiro de 2009. Divulga aos municípios orientações sobre a utilização do Sistema de Atendimento e Solicitação de Formulários (Sasf) 1 APRESENTAÇÃO O

Leia mais

ÍNDICE 1. SEJA BEM-VINDO... 2 SOBRE O SISTEMA... 3 2. FUNCIONALIDADES DO SISTEMA... 4

ÍNDICE 1. SEJA BEM-VINDO... 2 SOBRE O SISTEMA... 3 2. FUNCIONALIDADES DO SISTEMA... 4 ÍNDICE 1. SEJA BEM-VINDO... 2 1.1 Seja Bem-Vindo!... 2 SOBRE O SISTEMA... 3 1.2 Sobre o sistema... 3 1.3 Navegação... 3 2. FUNCIONALIDADES DO SISTEMA... 4 2.1 Efetuar Login Internet... 4 2.1.1 Efetuar

Leia mais

Gestão inteligente de documentos eletrônicos

Gestão inteligente de documentos eletrônicos Gestão inteligente de documentos eletrônicos MANUAL DE UTILIZAÇÃO VISÃO DE EMPRESAS VISÃO EMPRESAS - USUÁRIOS (OVERVIEW) No ELDOC, o perfil de EMPRESA refere-se aos usuários com papel operacional. São

Leia mais

Guia Rápido para Acesso, Preenchimento e Envio Formulário de Cadastro da Empresa e Formulário de Projeto

Guia Rápido para Acesso, Preenchimento e Envio Formulário de Cadastro da Empresa e Formulário de Projeto EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA MCTI/AEB/FINEP/FNDCT Subvenção Econômica à Inovação Transferência de Tecnologia do SGDC 01/2015 Transferência de Tecnologia Espacial no Âmbito do Decreto nº 7.769 de 28/06/2012

Leia mais

PRINCIPAIS QUESTÕES DO PROCESSO DO WS SINAL E SINAL 6.0

PRINCIPAIS QUESTÕES DO PROCESSO DO WS SINAL E SINAL 6.0 PRINCIPAIS QUESTÕES DO PROCESSO DO WS SINAL E SINAL 6.0 Observação: FAVOR VERIFICAR A RESOLUÇÃO DA MÁQUINA (RESOLUÇÃO DA TELA DEVERÁ SER 1024 x 768) e liberação das portas 7778 e 7780 no firewall para

Leia mais

1. Tela de Acesso pg. 2. 2. Cadastro pg. 3. 3. Abas de navegação pg. 5. 4. Abas dados cadastrais pg. 5. 5. Aba grupo de usuários pg.

1. Tela de Acesso pg. 2. 2. Cadastro pg. 3. 3. Abas de navegação pg. 5. 4. Abas dados cadastrais pg. 5. 5. Aba grupo de usuários pg. Sumário 1. Tela de Acesso pg. 2 2. Cadastro pg. 3 3. Abas de navegação pg. 5 4. Abas dados cadastrais pg. 5 5. Aba grupo de usuários pg. 6 6. Aba cadastro de funcionários pg. 7 7. Pedidos pg. 12 8. Cartões

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SISTEMA INFORMATIZADO DE REGISTRO PROFISSIONAL - SIRPWEB MANUAL DO USUÁRIO

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SISTEMA INFORMATIZADO DE REGISTRO PROFISSIONAL - SIRPWEB MANUAL DO USUÁRIO MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SISTEMA INFORMATIZADO DE REGISTRO PROFISSIONAL - SIRPWEB MANUAL DO USUÁRIO 1 Sumário 1. Solicitações... 3 1.1 Solicitação do registro profissional... 3 1.2 Prorrogação

Leia mais

MANUAL CADASTRAMENTO SITE IMPORTA FÁCIL

MANUAL CADASTRAMENTO SITE IMPORTA FÁCIL MANUAL CADASTRAMENTO SITE IMPORTA FÁCIL Brasília 2013 CADASTRO SITE IMPORTA FÁCIL Primeiro Acesso ao Cadastro Importa Fácil - Objeto com Processo/ Cliente não recebeu telegrama. 1º) Selecione o tipo de

Leia mais

Sistema Aeródromos. Manual de utilização do Sistema Aeródromos. 1. Cadastro no sistema AERÓDROMOS

Sistema Aeródromos. Manual de utilização do Sistema Aeródromos. 1. Cadastro no sistema AERÓDROMOS Manual de utilização do Sistema Aeródromos Sistema Aeródromos Este Manual tem como objetivo orientar os proprietários de aeródromos e seus eventuais representantes sobre como utilizar o sistema AERÓDROMOS,

Leia mais

e-ouv Passo-a-passo Sistema de Ouvidorias do Poder Executivo Federal Junho, 2015 Controladoria-Geral da União

e-ouv Passo-a-passo Sistema de Ouvidorias do Poder Executivo Federal Junho, 2015 Controladoria-Geral da União e-ouv Passo-a-passo Sistema de Ouvidorias do Poder Executivo Federal Junho, 2015 Sumário 1. Acesso ao sistema... 3 2. Funcionalidades do sistema... 5 3. Como tratar manifestações... 14 3.1 Detalhar...

Leia mais

Portal Online. Manual Operacional. Estudantes

Portal Online. Manual Operacional. Estudantes Portal Online Manual Operacional Estudantes Londrina 2015 Sumário Início... 3 Acesso... 3 Recuperação de senha... 3 Alteração de senha... 4 Tela inicial... 5 Avaliação institucional... 6 Ouvidoria... 7

Leia mais

Sistema de Devolução Web

Sistema de Devolução Web Manual Sistema de Devolução Web Usuário Cliente ÍNDICE Sumário 1. Prazos...3 2. Solicitação de Devolução... 4 3. Autorização de Devolução... 4 4. Coleta de Mercadoria... 4 5. Acompanhamento da Devolução...

Leia mais

MANUAL Credenciados SGMC Sistema de Gestão de Modalidades de Credenciamento

MANUAL Credenciados SGMC Sistema de Gestão de Modalidades de Credenciamento MANUAL Credenciados SGMC Sistema de Gestão de Modalidades de Credenciamento SEBRAE-GO 1 Sumário Introdução... 3 1) Acesso ao Sistema... 4 1.1. LOGIN... 4 1.2. ALTERAR SENHA... 7 1.3. RECUPERAR SENHA...

Leia mais

Aplicativo da Manifestação do Destinatário. Manual

Aplicativo da Manifestação do Destinatário. Manual Aplicativo da Manifestação do Destinatário Manual Novembro de 2012 1 Sumário 1 Aplicativo de Manifestação do Destinatário...4 2 Iniciando o aplicativo...4 3 Menus...5 3.1 Manifestação Destinatário...5

Leia mais

Tutorial RM. academico.unipe.br ALUNO

Tutorial RM. academico.unipe.br ALUNO Tutorial RM academico.unipe.br ALUNO Caro (a) aluno (a), Este tutorial irá ajudá-lo (a) no acesso ao novo sistema educacional do UNIPÊ. Inicialmente, acesse o Portal da Instituição (www.unipe.br) Faça

Leia mais

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo em sua oficina. O sistema foi desenvolvido para ser utilizado

Leia mais

Versão Liberada. www.gerpos.com.br. Gerpos Sistemas Ltda. info@gerpos.com.br. Av. Jones dos Santos Neves, nº 160/174

Versão Liberada. www.gerpos.com.br. Gerpos Sistemas Ltda. info@gerpos.com.br. Av. Jones dos Santos Neves, nº 160/174 Versão Liberada A Gerpos comunica a seus clientes que nova versão do aplicativo Gerpos Retaguarda, contendo as rotinas para emissão da Nota Fiscal Eletrônica, já está disponível. A atualização da versão

Leia mais

1. INTRODUÇÃO... 1 2. OBJETIVO... 1 3. FORMAS DE ACESSO... 1 4. COMO ACESSAR O SISTEMA?... 1 5. ESQUECI MINHA SENHA, O QUE DEVO FAZER?... 2 6.

1. INTRODUÇÃO... 1 2. OBJETIVO... 1 3. FORMAS DE ACESSO... 1 4. COMO ACESSAR O SISTEMA?... 1 5. ESQUECI MINHA SENHA, O QUE DEVO FAZER?... 2 6. 1. INTRODUÇÃO... 1 2. OBJETIVO... 1 3. FORMAS DE ACESSO... 1 4. COMO ACESSAR O SISTEMA?... 1 5. ESQUECI MINHA SENHA, O QUE DEVO FAZER?... 2 6. COMO FAZER UMA SOLICITAÇÃO DE VIAGEM?... 3 7. COMO FAZER A

Leia mais

SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras. Cadastro e Habilitação Declaração de Inocorrência

SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras. Cadastro e Habilitação Declaração de Inocorrência SISCOAF Sistema de Controle de Atividades Financeiras Cadastro e Habilitação Declaração de Inocorrência Sumário ORIENTAÇÕES GERAIS... 3 O que são Pessoas Obrigadas... 4 O que é o SISCOAF... 4 Quem deve

Leia mais

14 - Como para gerar o boleto para pagamento do período das notas lançadas? 16 - Se no mês, o meu cliente não tiver movimento, o que devo fazer?

14 - Como para gerar o boleto para pagamento do período das notas lançadas? 16 - Se no mês, o meu cliente não tiver movimento, o que devo fazer? Manual do Sistema SUMÁRIO 1 O que é o sistema GEFISCO? 2 - Como acessar o sistema GEFISCO? 3 - Como criar um login e uma senha? 4 - Esqueci minha senha, e agora? 5 - Como acessar o Livro Fiscal? 6 - Como

Leia mais

REQUERIMENTO DE CARTEIRA DE IDENTIDADE PROFISSIONAL

REQUERIMENTO DE CARTEIRA DE IDENTIDADE PROFISSIONAL REQUERIMENTO DE CARTEIRA DE IDENTIDADE PROFISSIONAL PEDIDOS WEB MANUAL DO USUÁRIO CONTEÚDO Sobre o site... 2 Segurança -Trocar Senha... 3 Pedidos -Solicitar Cartão... 4 Pedidos - Instrução de preenchimento

Leia mais

PRODAV 05/2014 Passo a passo para inscrição do projeto

PRODAV 05/2014 Passo a passo para inscrição do projeto PASSO A PASSO PARA INSCRIÇÃO NA CHAMADA PÚBLICA BRDE/FSA PRODAV 05/2014 Para se inscrever na CHAMADA PÚBLICA BRDE/FSA PRODAV 05/2014, clique em http://ancine.brde.com.br/ancine/login.asp ou através do

Leia mais

Procedimento Documentado. Sistema de Homologação de Cobrança. Versão 1.0. Departamento de Produtos e Serviços Página 1

Procedimento Documentado. Sistema de Homologação de Cobrança. Versão 1.0. Departamento de Produtos e Serviços Página 1 Procedimento Documentado Sistema de Homologação de Cobrança Versão 1.0 Departamento de Produtos e Serviços Página 1 Histórico Data Versão Descrição Responsável 14/03/2014 1.0 Criação do Procedimento Documentado

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA Apresentação Este sistema faz parte do Portal NFS Digital e tem o intuito de ser utilizado por emissores de Nota Fiscal de Serviços

Leia mais

Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios - SCBA

Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios - SCBA Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios - SCBA Manual de Utilização Perfil Beneficiário 1. 2. Objetivo do Manual... 2 Siglas e Abreviações... 2 3. Perfil do Usuário... 2 4. Descrição Geral do Sistema...

Leia mais

MATRÍCULAS ABERTAS PARA

MATRÍCULAS ABERTAS PARA Olá, você acessou o Manual para Inscrição de Matrículas de Alunos Novos do Colégio Medianeira. Leia atentamente as orientações abaixo. Elas vão facilitar o correto preenchimento de seu Cadastro que é OBRIGATÓRIO

Leia mais

Consumidor.gov.br. Usuário: Consumidor

Consumidor.gov.br. Usuário: Consumidor Consumidor.gov.br Usuário: Consumidor O Consumidor.gov.br permite ao consumidor registrar reclamações direcionadas às empresas cadastradas. Para conhecê-las, clique em Empresas Participantes. Para iniciar

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEB TRIBUTOS SAATRI

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEB TRIBUTOS SAATRI MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEB TRIBUTOS SAATRI 130325 SUMÁRIO SAATRI (Serviço de Auto Atendimento Tributário)... 3 ECONÔMICO... 4 Acesso ao Sistema... 4 Emissão de Certidão Negativa... 5 Verificar Autenticidade

Leia mais

Manual do Usuário. E-DOC Peticionamento Eletrônico TST

Manual do Usuário. E-DOC Peticionamento Eletrônico TST E-DOC Peticionamento APRESENTAÇÃO O sistema E-DOC substituirá o atual sistema existente. Este sistema permitirá o controle de petições que utiliza certificado digital para autenticação de carga de documentos.

Leia mais

Saúde Online. Serviços Médicos / Faturamento

Saúde Online. Serviços Médicos / Faturamento Saúde Online Serviços Médicos / Faturamento Página 1 INDICE 1 Introdução Página 03 2 Acesso Página 03 3 Faturamento Eletrônico Página 03 4 Guia de Consulta Página 05 5 Guia SP/SADT Página 07 6 Guia de

Leia mais

Manual do Sistema de Cadastro de Cultivares Locais, Tradicionais e Crioulas

Manual do Sistema de Cadastro de Cultivares Locais, Tradicionais e Crioulas Ministério do Desenvolvimento Agrário Secretaria da Agricultura Familiar Departamento de Financiamento e Proteção da Produção Seguro da Agricultura Familiar Manual do Sistema de Cadastro de Cultivares

Leia mais

[SISTEMA DE SEGUROS MANUAL DO USUÁRIO]

[SISTEMA DE SEGUROS MANUAL DO USUÁRIO] Câmara de Dirigentes Lojistas [SISTEMA DE SEGUROS MANUAL DO USUÁRIO] Sumário 1. Controle de versão... 3 2. Objetivo... 4 3. Premissas... 4 4. Acesso ao Sistema de Seguros... 4 5. Página principal do sistema...

Leia mais

PORTAL DE GERENCIAMENTO DE INSPEÇÃO VEICULAR

PORTAL DE GERENCIAMENTO DE INSPEÇÃO VEICULAR PORTAL DE GERENCIAMENTO DE INSPEÇÃO VEICULAR ORIENTAÇÕES GERAIS - EMPRESAS DE TRANSPORTE A partir de 1º de outubro de 2013 entrou em vigor a Resolução da METROPLAN nº 083, de 24 de maio de 2013, estabelecendo

Leia mais

Manual para Envio de Petição Inicial

Manual para Envio de Petição Inicial Manual para Envio de Petição Inicial 1. Após abrir a página do PROJUDI, digite seu usuário e senha 1.1. Para advogados o usuário é o cpf.adv (ex: 12345678900.adv) 1.2. Após digitar os dados (login e senha),

Leia mais

1.1. Usuários com e sem vínculos de representação. 1.3. Como consultar os dados do gestor de segurança e saber quem ele é

1.1. Usuários com e sem vínculos de representação. 1.3. Como consultar os dados do gestor de segurança e saber quem ele é Atualizado: 22 / 04 / 2013 - FAQ - AI 1. Gestor de segurança da empresa 1.1. Usuários com e sem vínculos de representação 1.2. O que significa ser gestor de segurança 1.3. Como consultar os dados do gestor

Leia mais

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Acesso para cadastramento da empresa 2 Caso já tenha se

Leia mais

TUTORIAL. Instruções passo a passo do sistema de cursos presenciais

TUTORIAL. Instruções passo a passo do sistema de cursos presenciais Acessos: TUTORIAL Instruções passo a passo do sistema de cursos presenciais Via site do CRCMG: http://www.crcmg.org.br Link direto: http://cadastro.crcmg.org.br/curso_presencial ACESSO AO SISTEMA No primeiro

Leia mais

Alvará comercial na internet.

Alvará comercial na internet. Alvará comercial na internet. Objetivo: Permitir aos Contadores conveniados a emissão de alvará inicial ou outros serviços destinados as empresas e liberados pela internet cujo acesso depende de autorização

Leia mais

Manual Xerox capture EMBRATEL

Manual Xerox capture EMBRATEL Manual Xerox capture EMBRATEL Versão 2 Junho/2011 Tópicos 1) Instalação do Xerox Capture 2) Utilização do Xerox Capture 2.1) Capturar pacotes de imagens pelo scanner 2.2) Importar pacote de imagens a partir

Leia mais

Unidade Gestora de Integração de Sistemas Tributários

Unidade Gestora de Integração de Sistemas Tributários Secretaria De Estado de Fazenda Superintendência de Gestão da Informação Unidade Gestora de Integração de Sistemas Tributários Unidade Gestora de Integração de Sistemas Tributários DECLARAÇÃO DE COMPRA

Leia mais

Programa de Hematologia e Oncologia Pediátricos Diagnóstico Imunomolecular. Manual do sistema (Médico)

Programa de Hematologia e Oncologia Pediátricos Diagnóstico Imunomolecular. Manual do sistema (Médico) Programa de Hematologia e Oncologia Pediátricos Diagnóstico Imunomolecular Manual do sistema (Médico) ÍNDICE 1. O sistema... 1 2. Necessidades técnicas para acesso ao sistema... 1 3. Acessando o sistema...

Leia mais

Sistema de Prestação de Contas Siprec

Sistema de Prestação de Contas Siprec Sistema de Prestação de Contas Siprec Manual de Utilização Perfil Beneficiário Versão 1.3.4 Agosto de 2013 1 SUMÁRIO Manual do Usuário... 3 1. Objetivo do manual... 3 2. Sobre o sistema... 3 3. Quem deve

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO MANUAL DE UTILIZAÇÃO Módulo de operação Ativo Bem vindo à Vorage CRM! Nas próximas paginas apresentaremos o funcionamento da plataforma e ensinaremos como iniciar uma operação básica através do nosso sistema,

Leia mais

Tutorial de Utilização do AMBIENTE DE CREDENCIAMENTO DE SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS. Área de Operações Indiretas - AOI

Tutorial de Utilização do AMBIENTE DE CREDENCIAMENTO DE SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS. Área de Operações Indiretas - AOI Tutorial de Utilização do AMBIENTE DE CREDENCIAMENTO DE SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS Área de Operações Indiretas - AOI SUMÁRIO 1 ENTRADA NO SISTEMA... 1 2 UTILIZAÇÃO DO AUTOSERVIÇO DE TROCA DE SENHAS... 7 3 MODALIDADES

Leia mais

Manual do Programa de Caixa1

Manual do Programa de Caixa1 Manual do Programa de Caixa1 Para abrir o sistema de Caixa basta cliclar no ícone do programa. Que abrirá a tela conforme imagem abaixo: Como se pode notar, no menu superior as únicas opções ativas são

Leia mais

Como funciona? SUMÁRIO

Como funciona? SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Introdução... 2 2. Benefícios e Vantagens... 2 3. Como utilizar?... 2 3.1. Criar Chave / Senha de Usuário... 2 3.2. Recursos da Barra Superior... 2 3.2.1. Opções... 3 3.2.1.1. Mover Para...

Leia mais

SUMÁRIO Acesso ao sistema... 2 Atendente... 3

SUMÁRIO Acesso ao sistema... 2 Atendente... 3 SUMÁRIO Acesso ao sistema... 2 1. Login no sistema... 2 Atendente... 3 1. Abrindo uma nova Solicitação... 3 1. Consultando Solicitações... 5 2. Fazendo uma Consulta Avançada... 6 3. Alterando dados da

Leia mais

Material de apoio. Portaria SNJ nº 252, de 27/ 12/ 12, publicada no D.O.U. de 31/ 12 /12. Manual do usuário. Manual da nova comprovação de vínculo.

Material de apoio. Portaria SNJ nº 252, de 27/ 12/ 12, publicada no D.O.U. de 31/ 12 /12. Manual do usuário. Manual da nova comprovação de vínculo. Material de apoio Material de apoio Portaria SNJ nº 252, de 27/ 12/ 12, publicada no D.O.U. de 31/ 12 /12. Manual do usuário. Manual da nova comprovação de vínculo. Informações Gerais O sistema CNES/MJ

Leia mais

Manual do Usuário DENATRAN

Manual do Usuário DENATRAN Manual do Usuário DENATRAN Confidencial Portal SISCSV - 2007 Página 1 Índice Analítico 1. INTRODUÇÃO 5 2. ACESSANDO O SISCSV 2.0 6 2.1 Configurando o Bloqueador de Pop-Ups 6 3. AUTENTICAÇÃO DO USUÁRIO

Leia mais

Tutorial do Sistema de Requerimentos On-line

Tutorial do Sistema de Requerimentos On-line Tutorial do Sistema de Requerimentos On-line Atenção: Os requerimentos de segunda oportunidade, matrícula em disciplina, rematrícula, matrícula em dependência e trabalhos orientados só poderão ser abertos

Leia mais

PEDIDOS WEB MANUAL DO USUÁRIO CONTEÚDO

PEDIDOS WEB MANUAL DO USUÁRIO CONTEÚDO PEDIDOS WEB MANUAL DO USUÁRIO CONTEÚDO Sobre o site... 2 Segurança -Trocar Senha... 3 Pedidos -Solicitar Cartão... 4 Pedidos - Instrução de preenchimento de formulários... 5 Pedidos -Reimprimir Formulário...

Leia mais

Manual NFSe - Prestadores e Tomadores de Serviço

Manual NFSe - Prestadores e Tomadores de Serviço VALPARAÍSO DE GOIÁS quarta-feira, 28 de outubro de 2014 Manual NFSe - Prestadores e Tomadores de Serviço ÍNDICE Legislação Cadastrando A Senha Eletrônica Acessando O Sistema De Nfs- E Pela Primeira Vez

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Versão 1.0. Visão Transportador

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Versão 1.0. Visão Transportador MANUAL DE INSTRUÇÕES Versão 1.0 Visão Transportador 2 Sumário Introdução... 3 Requisitos mínimos... 3 Acesso... 3 Primeiro acesso... 5 Navegando pelo sistema... 6 Menu Perfil... 7 Dados do Fornecedor...

Leia mais

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado de Roraima. AGIS Gerenciamento Eletrônico de Documentos

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado de Roraima. AGIS Gerenciamento Eletrônico de Documentos AGIS Gerenciamento Eletrônico de Documentos 1 SUMÁRIO 1. Definições 3 1.1 Apresentação 3 1.2 Disposição do Sistema 3 2. Acessando o Sistema 4 2.1 Procedimento para regularizar o primeiro acesso 4 2.2 Procedimento

Leia mais

Portal Gestão de Recebimentos

Portal Gestão de Recebimentos Portal Gestão de Recebimentos Introdução O Portal Gestão de Recebimentos proporciona agilidade e rapidez na interação dos clientes HSBC com seus fornecedores. Permite a você consultar as operações liberadas

Leia mais

PROJUDI TJES Telefone: 3334-2201 e-mail: projudi@tjes.jus.br https://sistemas.tjes.jus.br/projudi. Sumário

PROJUDI TJES Telefone: 3334-2201 e-mail: projudi@tjes.jus.br https://sistemas.tjes.jus.br/projudi. Sumário Sumário 1- Recuperar Senha...1 2- Alterar Senha...2 3- Alteração Dados Pessoais...4 4- Revogar Certificado Digital...6 5- Criar Certificado Digital...7 1- Recuperar Senha Caso tenha perdido ou não lembre

Leia mais

Sistema de Chamados Protega

Sistema de Chamados Protega SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 3 2. REALIZANDO ACESSO AO SISTEMA DE CHAMADOS... 4 2.1 DETALHES DA PÁGINA INICIAL... 5 3. ABERTURA DE CHAMADO... 6 3.1 DESTACANDO CAMPOS DO FORMULÁRIO... 6 3.2 CAMPOS OBRIGATÓRIOS:...

Leia mais