Registro Aberto da Cultura (R.A.C)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Registro Aberto da Cultura (R.A.C)"

Transcrição

1 Registro Aberto da Cultura (R.A.C) Manual do Usuário (versão 1.0) Ministério da Cultura Secretaria de Políticas Culturais Diretoria de Políticas Culturais Coordenação-Geral de Monitoramento de Informações Culturais Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC) Página 1

2 SUMÁRIO Registro Aberto da Cultura R.A.C Acesso ao RAC/SNIIC Como Acessar o Sistema? Clicando no submenu Registro Registrando um Agente Cultural Inserindo ou editando um Agente Cultural Inserindo um Agente Cultural (Pessoa Física) Inserindo um Agente Cultural (Pessoa Jurídica) Inserindo outro Agente Cultural Registrando um Objeto Cultural Editando um registro de um Agente Cultural Visualizando o Agente Cultural Incluindo, visualizando, editando e excluindo um Objeto Cultural Consultando a base de dados estando conectado ao sistema. (com usuário e senha) Consultando a Base de Dados não estando conectado ao sistema. (sem usuário e senha) Consulta Livre Consulta por um campo específico Consulta utilizando mais de um campo Requisitando a responsabilidade por determinado Objeto Cultural Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC) Página 2

3 1.0 - Registro Aberto da Cultura R.A.C. O Registro Aberto da Cultura (RAC) é um dos módulos do Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC), tem o intuito de coletar, armazenar, e difundir os dados e informações sobre agentes e objetos culturais em âmbito nacional. Essa é a primeira experiência governamental de mapeamento cultural colaborativo promovida em âmbito nacional no Brasil. O RAC/SNIIC está baseado em três conceitos centrais: usuário-informante, agente cultural e objeto cultural. O usuário informante é qualquer cidadão que se disponha a prestar informações sobre a cultura brasileira. O agente cultural é qualquer profissional ou instituição que mantenha relação com o mundo da cultura (Ex: fundações, institutos, empresas, artistas). O objeto cultural é toda e qualquer externalidade física mantida por um agente cultural cadastrado (Ex.: um teatro, um cinema, um grupo folclórico). O princípio básico do SNIIC, portanto, é que cada objeto cultural tem um agente cultural vinculado e um usuário-informante. Assim, fica estabelecida uma cadeia lógica dos três conceitos que une órgãos e instituições, gestores ou mantenedores de objetos culturais e qualquer cidadão brasileiro que cadastre as informações que lhes são pertinentes. Para garantir a identificação única e a rastreabilidade de um agente cultural ou de um objeto cultural, é gerado no sistema e associado a eles um número (Nº SNIIC). O RAC/SNIIC utiliza uma árvore de tipos que contempla a diversidade cultural brasileira. Com os elementos culturais classificados definidos na tipologia é possível padronizar por exemplo as profissões e atividades bem como, os equipamentos culturais, podendo inclusive ser utilizados por outros sistemas. O SNIIC como sistema possibilitará a seus usuários uma interface dinâmica e viva, que contribuirá para a produção, gestão e difusão da produção e da diversidade cultural e artística brasileira, sua proposta é ser uma plataforma de governança colaborativa, cujo conceito orienta para a direta e importante participação do cidadão brasileiro através de interfaces típicas das redes sociais. Trata-se de qualificar o uso dos dados públicos pelo cidadão interessado, e implementar ambientes e padrões que incentivem o desenvolvimento distribuído de aplicações e serviços, criados a partir de demandas locais. Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC) Página 3

4 2.0 - Acesso ao RAC/SNIIC 2.1. Como Acessar o Sistema? Para acessar o sistema é necessário que um browser (Internet Explorer ou Google Chrome ou Mozilla Fire Fox) esteja instalado no computador. Para ter acesso a este browser (navegador), clique no menu Iniciar, Programas, Internet Explorer ou Google Chrome ou Mozilla Fire Fox. No campo endereço digite: sniic.cultura.gov.br. Em seguida tecle enter. Observação: O sistema RAC/SNIIC é um sistema responsivo, ou seja, adapta sua visualização e usabilidade para os diversos dispositivos móveis existentes no mercado. Figura 1 Clique na opção desejada (submenus) constantes no menu da figura 1. Submenus: Registro: Nesta opção, o usuário poderá se cadastrar para interagir com o sistema, cadastrar agentes culturais, cadastrar objetos culturais, requisitar responsabilidade sobre um objeto cultural. Consultar: Nesta opção, o usuário poderá realizar consultas especificando critérios de filtragem para localização de registros de interesse. Extração: Nesta opção, o usuário terá uma estrutura de dados abertos com o conteúdo das bases de dados do sniic, pré-formatada ou no maior detalhamento possível. O usuário poderá baixar os dados requeridos para seu computador (download). (Módulo em construção) Fale Conosco: Nesta opção, o usuário poderá enviar suas dúvidas, críticas e sugestões para melhorar ainda mais os serviços que oferecido pelo sistema. Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC) Página 4

5 2.2 - Clicando no submenu Registro. Ao clicar na opção Registro, a tela abaixo será apresentada, Figura 2. Figura Caso o usuário já possui acesso ao sistema, preencha os campos solicitados e clique Entrar Caso o usuário ainda não possui acesso ao sistema, mas possui acesso ao Sistema de Apoio às Leis de Incentivo à Cultura (SALIC), ao preencher o e a senha, a tela abaixo será apresentada. Figura 3 Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC) Página 5

6 Clique em Aceito. Criar Conta ou Cancelar desista de cria conta. O usuário receberá um de ativação Figura 4, devendo clicar no endereço proposto para ativar a conta SNIIC. Figura 4 DECLARO para todos os fins de direito que: Texto da Declaração de Responsabilidade DECLARAÇÃO DE RESPONSABILIDADE TENHO AUTORIZAÇÃO para inserção de dados sobre os equipamentos e objetos constantes no preenchimento deste formulário, bem como no caso de edição dos dados já cadastrados; ESTOU DE ACORDO como o uso não-comercial das informações aqui constantes, em respeito à Lei /11, lei de acesso à informação. Aceito receber mensagens SMS sobre as atualizações do SNIIC. Assim, COMPROMETO-ME a: ACOMPANHAR e SANAR tempestivamente qualquer solicitação das áreas técnicas do Ministério da Cultura; Caso o usuário não possui acesso ao SNIIC e não possui acesso ao SALIC, clique em Novo Cadastro Figura 2 Ao clicar na opção Novo Cadastro a tela abaixo será apresentada. Figura 5: Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC) Página 6

7 Figura 5 O usuário deve preencher os campos solicitados, aceitar o Termo de Serviço e clicar na opção Cadastrar. Após este procedimento, um de ativação da conta será enviado para o endereço eletrônico informado na tela acima Figura 5. O usuário deverá clicar no endereço proposto para ativar a conta SNIIC, Figura 4. Atenção: O Termo de Uso é claro a respeito do caráter aberto dos dados, não coloque dado que não deseja tornar público Para desistência da criação da conta SNIIC desconsidere o procedimento anterior, item 2.2.3, clicando em Cancelar Caso o usuário tenha esquecido a senha, clique em Esqueceu a Senha, a tela abaixo será apresentada, Figura 6. Nota: A obrigatoriedade de informar o CPF/CNPJ se justifica pela necessidade de garantir a unicidade tanto do informante como também do Agente Cultural e Objeto Cultural. Desta forma é possível fazer cruzamentos com bases de dados distintas com objetivos de agregar valores às informações prestadas pelo o SNIIC. Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC) Página 7

8 Figura 6 Informe o no campo digite seu e clique em Enviar uma Nova Senha por para que o sistema envie uma nova senha. 3.0 Registrando um Agente Cultural Após o preenchimento dos campos contidos na tela da Figura 2, Usuário e Senha, a tela da Figura 7, será apresentada. Caso não tenha nenhum agente cultural ou objeto cultural tenha sido registrado, a seguinte informação aparecerá no painel de controle: Meus Agentes Culturais (Registros: 0) Nenhum registro encontrado. Meus Objetos Culturais (Registros: 0) Nenhum registro encontrado. Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC) Página 8

9 Figura Inserindo ou editando um Agente Cultural Para registrar ou editar um agente cultural, clique na opção Registrar Agente Cultural, que se encontra no menu lateral. Após o Clique, a tela a seguir será apresentada, Figura 8. Figura 8 Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC) Página 9

10 Importante: - Um Agente Cultural (Pessoa Física) pode, ou não, ter Objetos Culturais sob sua responsabilidade. - Um Agente Cultural (Pessoa Jurídica), obrigatoriamente, deve ter Objetos Culturais sob a sua responsabilidade. 3.2 Inserindo um Agente Cultural (Pessoa Física) Na tela acima, Figura 8, digite o CPF do agente cultural. Após o Informar o CPF e teclar Pesquisar. A tela seguinte será mostrada. Figura 9. Figura 9 Para que se possa realizar consultas mais precisas tanto no módulo consulta quanto no Google, preencha os campos de forma que o cadastro do agente fique o mais completo possível. Atenção: Todos os campos marcados com asterisco são campos obrigatórios No campo Área de Atuação Cultural, você poderá escolher uma ou mais opções. O preenchimento fiel deste campo é importante para a construção dos universos setoriais, auxiliando, por exemplo, os colegiados setoriais de cultura na formulação de diretrizes do Plano Nacional de Cultura e a formação de redes colaborativas de uma mesma área No campo Ocupação o agente deverá informar sua principal atividade ocupacional de acordo com a Classificação Brasileira de Ocupações (CBO), mesmo que esta não seja uma ocupação cultural. Por exemplo: Se o agente é um engenheiro e trabalha em uma empresa de engenharia, mas também é músico e toca profissionalmente, ele deverá escolher a primeira atividade porque é a sua ocupação principal, mas no campo currículo o Agente poderá detalhar as atividades de músico. Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC) Página 10

11 Apenas uma atividade poderá ser informada. Para o agente informar a ocupação basta digitar uma atividade no campo ocupação e escolher uma das atividades mostrada na lista, conforme mostra a tela abaixo, Figura 10. Figura 10 Outra maneira de informar a ocupação é clicando na caixa de combinação, que é a caixa de listagem que mostra uma lista de opções. Ao escolher uma opção, outra caixa de texto é apresentada contendo o desdobramento da opção anterior. Clique até o subnível que define sua ocupação. Exemplo Figura 11. Figura 11 Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC) Página 11

12 3.2.3 No campo CEP digitar corretamente o CEP correspondente ao endereço residencial ou comercial do agente cultural. Atenção: Não utilize CEP gerais se há CEP especifico para sua localidade. É por este campo que é feito o georreferenciamento. É importante a verificação e a certeza do CEP informado. Ao digitar o CEP, uma caixa contendo a localização do CEP informado no mapa é mostrada. Importante: Certifique que a localização do ponto georreferenciado no mapa está na correta. Caso não esteja, clique com o botão direito do Mouse no PIN (marcador de um local georreferenciado) e arraste até a posição correta. Figura 12. Figura 12 Atenção: Após a digitação e a conferência dos campos, clique em Salvar. 3.3 Inserindo um Agente Cultural (Pessoa Jurídica) Na tela apresentada na Figura 8, digite o CNPJ do agente cultural. Após o Informar o CNPJ e teclar Pesquisar. A tela seguinte será mostrada. Figura 13. Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC) Página 12

13 Figura 13 Preencha os campos de forma que o cadastro agente fique o mais completo possível. Todos os campos marcados com asterisco são campos obrigatórios No campo Natureza Jurídica, escolha a opção que discrimina o tipo de organização contábil referente ao CNPJ informado. Exemplo Figura 14. Figura No campo Área de Atuação Cultural, você poderá escolher uma ou mais opções No campo CEP digitar corretamente o CEP correspondente ao endereço comercial do agente cultural. Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC) Página 13

14 É por este campo que é feito o georreferenciamento. É importante a verificação e a certeza do CEP informado. Ao digitar o CEP, uma caixa contendo a localização do CEP informado no mapa é mostrada. Importante: Certifique que a localização do ponto georreferenciado no mapa está na correta. Caso não esteja, clique com o botão direito do mouse no PIN (marcador de um local georreferenciado) e arraste até a posição correta. Figura 12. Figura 12 Atenção: Após a digitação e a conferência dos campos, clique em Salvar. 3.4 Inserindo outro Agente Cultural O usuário-informante poderá registrar tantos Agentes Culturais quantos achar necessário, ficando estes registros sob sua responsabilidade. Vide Figura 13. Atenção: É importante que cada Agente Cultural e Objeto Cultural tenha um Usuário Informante o mais próximo possível. Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC) Página 14

15 Figura Para registrar um novo agente cultural, clique em Novo Agente Cultural, localizado abaixo da lista de agentes culturais do quadro MEUS AGENTES CULTURAIS no Painel de Controle. Figura Registrando um Objeto Cultural Para registrar o um objeto cultural, clique em Incluir Objeto Cultural, localizado na linha referente ao Agente Cultural ao qual será atribuído o Objeto Cultural, na coluna Ação do quadro MEUS OBJETOS CULTURAIS no Painel de Controle. Figura 13. (vide item 3.8) Lembre-se: -Um Agente Cultural (Pessoa Física) pode, ou não, ter Objetos Culturais sob sua responsabilidade. - Um Agente Cultural (Pessoa Jurídica), obrigatoriamente, terá Objetos Culturais sob a sua responsabilidade. Cada Objeto Cultural incluído será atribuído ao Agente Cultural correspondente ao CPF ou CNPJ a que pertence. 3.6 Editando um registro de um Agente Cultural. Para editar um registro de um Agente Cultural, clique em Visualizar, localizado no final da linha referente ao Agente Cultural o qual deseja alterar.. Figura 13. Lembre-se: O Usuário Informante só poderá editar Agentes ou Objetos Culturais por ele criado. Após clicar em visualizar, a tela abaixo é mostrada. Figura 14. Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC) Página 15

16 Figura 14 Clique na opção Alterar, faça a alteração desejada. Lembre-se: Após a alteração do registro, confira e salve. 3.7 Visualizando o Agente Cultural Na tela acima, Figura 14, você poderá visualizar os atributos do Agente Cultural navegando nas abas: Resumo, Detalhes, Localização e Imagens Note que na tela anterior, Figura 14, não existem Objetos Culturais atribuídos ao o Agente Cultural mostrado. Para Incluir um Objeto Cultural Clique em Incluir um Objeto Cultural Incluindo, visualizando, editando e excluindo um Objeto Cultural. Existindo pelo menos um Objeto Cultural atribuído a um Agente Cultural, este objeto será mostrado no quadro do Painel de controle, conforme tela abaixo, Figura 15. Observação: Caso houvesse outros Objetos Culturais, todos seriam mostrados no Painel de Controle. Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC) Página 16

17 Figura 15 No caso acima, o Agente Cultural, Nº SNIIC 5316, tem apenas um Objeto Cultural atribuído a ele (SNIIC Nº 2886). Poderia haver outros, tantos quantos estivessem cadastrados Para registrar um novo Objeto Cultural, clique em Incluir Objeto Cultural, localizado na linha referente ao CPF ou CNPJ a que ele pertence. Coluna Ação do quadro MEUS OBJETOS CULTURAIS no Painel de Controle. Figura 13. (vide item 3.8) Para editar um Objeto Cultural, clique em Visualizar, localizado no final da linha referente ao Agente Cultural, no quadro MEUS AGENTES CULTURAIS, Figura 15. Após clicar em visualizar, a tela contida na Figura 16 é mostrada. Atenção: Note que na linha correspondente ao Objeto Cultural, campo Ações, as opções Visualizar, Alterar e Excluir, só aparecem se o Usuário-Informante for detentor desse dado. Clique Visualizar para visualizar o Objeto Cultura. Clique Alterar para fazer as modificações desejadas. Não esquecer de conferir e salvar. Clique Excluir para excluir um objeto. Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC) Página 17

18 Figura Consultando a base de dados estando conectado ao sistema. (com usuário e senha) Em todas as telas do sistema é possível fazer uma consulta, basta digitar uma palavra de interesse no campo de busca, localizado na parte superior esquerda da tela. Ao digitar uma palavra de interesse para pesquisar e teclar Enter, a tela abaixo é mostrada. Figura 17. Figura 17 Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC) Página 18

19 Continuação da Figura 17 No exemplo acima, Música foi a palavra de interesse (argumento de pesquisa). Como resultado da consulta, 154 agentes culturais e 78 objetos culturais. Para visualizar uma das ocorrências, clique em Visualizar na linha correspondente de interesse. 5.0 Consultando a Base de Dados não estando conectado ao sistema. (sem usuário e senha) Na primeira tela do sistema, Figura 1, clique em Consulta. Após o clique, a tela abaixo contendo parâmetros de consulta, aparecerá. Figura 18. Figura 18 Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC) Página 19

20 5.1 - Consulta Livre. Ao digitar uma palavra no primeiro campo (Digite uma Palavra Chave) e clicar em Consultar, o sistema vai buscar a ocorrência desta palavra em todos os campos de todos os registros da base do SNIIC. Ou seja, não é feito nenhuma combinação de argumento de pesquisa. 5.2 Consulta por um campo específico. Campos disponíveis para consulta: Nº do SNIIC do Agente Cultural, Nº do SNIIC do Objeto Cultural, Tipologia, Ocupação, Profissão, Estado e Cidade Para realizar uma consulta pelo Nº do SNIIC do Agente Cultural, digite o número do SNIIC, no campo Digite N SNIIC do Agente Cultural e tecle Consultar Para realizar uma consulta pelo Nº do SNIIC do Objeto Cultural, digite o número do SNIIC, no campo Digite N SNIIC do Objeto Cultural e tecle Consultar Para consultar todas as ocorrências de uma Tipologia específica, selecione um item na caixa de combinação Selecione a Tipologia e tecle Consultar Para consultar todas as ocorrências de uma Ocupação específica, digite uma Ocupação no campo Pesquise uma Ocupação e tecle Consultar Para consultar todas as ocorrências de uma Profissão específica, selecione um item na caixa de combinação Selecione a Profissão e tecle Consultar Para consultar todas as ocorrências de um determinado Estado, selecione um item na caixa de combinação Selecione o Estado e tecle Consultar Para consultar todas as ocorrências de uma determinada Cidade, primeiro selecione o Estado na caixa de combinação Selecione o Estado e depois selecione uma das Cidades na caixa de combinação Selecione a Cidade e tecle Consultar. 5.3 Consulta utilizando mais de um campo. Para consultar a combinação de mais de um campo, basta digitar ou relacionar nos campos a serem cruzados. Exemplo Figura 19. Na tela abaixo, a consulta será realizada, combinando os campos Tipologia, Estado e Cidade. Tipologia escolhida: Músico intérprete instrumentista Estado: Distrito Federal Cidade: Brasília No exemplo, haverá uma concatenação de Tipologia = Músico intérprete instrumentista e Estado = Distrito Federal e Cidade = Brasília. Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC) Página 20

21 Figura 19 Resultado da Pesquisa, Figura Músicos intérpretes instrumentistas no Distrito Federal em Brasília estão cadastrados no SNIIC. Figura 20 Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC) Página 21

22 6.0 Requisitando a responsabilidade por determinado Objeto Cultural 6.1 O Usuário Informante é a o responsável pelas informações registradas por cada Agente e Objeto Cultural no RAC/SNIIC. Um Usuário Informante pode registrar dados sobre um ou mais Agentes Culturais e sobre um ou mais Objetos Culturais. É atribuído ao Usuário Informante a atualização e manutenção dos dados registrados por ele. É possível, entretanto, requerer a responsabilidade sobre as informações de um determinado Agente Cultural e/ou sobre um determinado Objeto Cultural. 6.2 Para solicitar a responsabilidade sobre as informações de um determinado Agente Cultural e/ou sobre um determinado Objeto Cultural, é necessário estar conectado ao sistema com usuário e senha. Como fazer: Para ilustrar melhor a funcionalidade, vamos supor que o Usuário Informante Marlene deseja requerer o Objeto Cultural banda um, sob a responsabilidade do Usuário Informante Francisco Encontre o Agente Cultural ou o Objeto Cultural o qual deseja requisitar a responsabilidade sobre as informações através do campo de busca Palavra Chave localizado na parte superior esquerda da tela. Digite a palavra de interesse e tecle Enter. Figura 21. No exemplo, o Usuário Informante Marlene, localizará o Objeto Cultural banda um Figura Encontrado o Agente Cultural ou o Objeto Cultural o qual deseja requisitar a responsabilidade, clique em Visualizar. Figura 22. Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC) Página 22

23 Figura O registro referente ao Objeto Cultural é mostrado com a opção Requisitar Objeto Cultural. Figura 23. Obs.: Todo o registro é mostrado, na Figura 23, foi apresentada apenas a parte debaixo da tela. Figura Clicando na opção Requisitar Objeto Cultural, a tela abaixo é mostrada. Figura24. Figura 24 Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC) Página 23

24 Preencha os campos CPF ou CNPJ do Novo Mantenedor e Justificativa, em seguida tecle Solicitar Transferência. Figura 25. Figura Realizado este procedimento, o sistema encaminha para o mantenedor vigente a solicitação de transferência, inserindo uma marcação no quadro SOLICITAÇÕES DE TRANSFERÊNCIA, contendo a Data Solicitação, Responsável Origem, Responsável Destino, Objeto Cultural e Ação. Tela Painel de Controle. Figura 26. Figura Para confirmação da transferência, o mantenedor vigente, deverá clicar em Visualizar, campo Ação do quadro SOLICITAÇÕES DE TRANSFERÊNCIA. Tela Painel de Controle. Figura 26. Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC) Página 24

25 Após o procedimento anterior, a tela abaixo será mostrada ao proprietário do dado que deve, se concordar, clicar em Aprovar Solicitação. Desta forma a responsabilidade sobre as informações do Objeto Cultural será atribuído ao novo Mantenedor Solicitante. Figura 27. Figura 27 Contato da Equipe SNIIC telefone : (061) Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC) Página 25

Manual do usuário. Acesso ao GEFAU

Manual do usuário. Acesso ao GEFAU Manual do usuário Acesso ao GEFAU Fev/2015 GEFAU PORTAL DO EMPREENDEDOR Conteúdo Introdução... 2 1. Acesso ao GEFAU... 3 2. Cadastro de empreendimentos... 5 2.1. Consulta aos empreendimentos do usuário...

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: ADMINISTRATIVO VERSÃO 1.0 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 08/01/2013 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 3 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO...

Leia mais

1 Essa é a tela de login do Sistema de Atendimento Online, siga o passo a passo abaixo.

1 Essa é a tela de login do Sistema de Atendimento Online, siga o passo a passo abaixo. 1 Essa é a tela de login do Sistema de Atendimento Online, siga o passo a passo abaixo. 2 - Se esse é o seu primeiro cadastro, clique em Cadastre-se. Em seguida preencha os dados solicitados com Nome,

Leia mais

SUMÁRIO ACESSANDO O SISTEMA... 3 ACESSANDO O MENU DE CONSULTAS...6. Exemplos Práticos:...7. 1. Consulta SPC MIX...7

SUMÁRIO ACESSANDO O SISTEMA... 3 ACESSANDO O MENU DE CONSULTAS...6. Exemplos Práticos:...7. 1. Consulta SPC MIX...7 1 SUMÁRIO ACESSANDO O SISTEMA... 3 ACESSANDO O MENU DE CONSULTAS......6 Exemplos Práticos:...7 1. Consulta SPC MIX...7 2. Consulta SPC Master Jurídico...10 3. Consulta SPC Múltipla... 133 INCLUSÃO / EXCLUSÃO

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: PROPOSTAS VERSÃO 1.1 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 10/11/2011 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 07/01/2013 1.1 Atualização do

Leia mais

1 Cadastre-se Mozilla Firefox. AQUI Esqueci a senha Login Senha. Esqueci a senha E-mail Login Enviar Solicitação OBS: Nome: Login: E-mail:

1 Cadastre-se Mozilla Firefox. AQUI Esqueci a senha Login Senha. Esqueci a senha E-mail Login Enviar Solicitação OBS: Nome: Login: E-mail: 1 Essa é a tela de login do Sistema de Atendimento, siga o passo a passo abaixo. Se esse é o seu primeiro cadastro, clique em Cadastre-se. O sistema só irá funcionar perfeitamente se for acessado pelo

Leia mais

Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão

Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão NOVOSIS 3ª Versão Conteúdo Introdução... 3 Principais recursos:... 4 Para o cidadão:... 4 Para os órgãos públicos:... 4 Como Utilizar o SIC...

Leia mais

TUTORIAL PARA O GESTOR MUNICIPAL

TUTORIAL PARA O GESTOR MUNICIPAL PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O GESTOR MUNICIPAL 2º CICLO DA AVALIAÇÃO PELO GESTOR MUNICIPAL PROVAB 2015 Brasília/DF, 1 de setembro de 2015. 1 APRESENTAÇÃO AVALIAÇÃO

Leia mais

RECOMENDAR PUBLICAÇÃO DE PROJETO DE INTERVENÇÃO

RECOMENDAR PUBLICAÇÃO DE PROJETO DE INTERVENÇÃO PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O SUPERVISOR RECOMENDAR PUBLICAÇÃO DE PROJETO DE INTERVENÇÃO PROVAB 2014 Brasília/DF, 12 de novembro de 2014. 1 APRESENTAÇÃO Senhor

Leia mais

CRIANDO O SEU CURRÍCULO LATTES

CRIANDO O SEU CURRÍCULO LATTES CRIANDO O SEU CURRÍCULO LATTES Aprenda a cadastrar e construir seu currículo Lattes Abra o navegador de internet Mozilla Firefox. Para isso, clique no Menu Iniciar/Programas/Mozilla Firefox e clique no

Leia mais

Centro de Agricultura Alternativa CAA Manual do Usuário do Portal Ypadê Balaio Digital Tecnologia em Gestão Ltda ME. Manual do Usuário Portal Ypadê

Centro de Agricultura Alternativa CAA Manual do Usuário do Portal Ypadê Balaio Digital Tecnologia em Gestão Ltda ME. Manual do Usuário Portal Ypadê Centro de Agricultura Alternativa CAA Manual do Usuário Portal Ypadê Montes Claros, 16 de Julho de 2011 Revisão 3 Sumário 1. Apresentação do portal e escopo deste documento... 2 2. Acessando o Portal Ypadê...

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Criação de Formulários no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Criação de Formulários no Google Drive Introdução...

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO SISTEMA DE CADASTRO INTRANET

MANUAL DE UTILIZAÇÃO SISTEMA DE CADASTRO INTRANET MANUAL DE UTILIZAÇÃO SISTEMA DE CADASTRO INTRANET I Sumário 1. Objetivo do Documento... 1 2. Início... 1 3. Cadastro de Pessoa Física... 3 3.1. Preenchimentos Obrigatórios.... 4 3.2. Acesso aos Campos

Leia mais

TUTORIAL PARA O MÉDICO PROJETO DE INTERVENÇÃO PROVAB 2014

TUTORIAL PARA O MÉDICO PROJETO DE INTERVENÇÃO PROVAB 2014 PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O MÉDICO PROJETO DE INTERVENÇÃO PROVAB 2014 Brasília/DF, 17 de setembro de 2014. 1 APRESENTAÇÃO Senhor (a) Médico (a) participante

Leia mais

Sumário. Manual Multi Portal

Sumário. Manual Multi Portal Sumário Apresentação...2 Home...2 Definição do Idioma...3 Cadastros gerais...3 Empresas...4 Pessoas...9 Dispositivos...15 Veículos...18 Login...22 Criação de Usuário...22 Tipos de usuário...24 Busca por

Leia mais

NFE Nota Fiscal eletrônica. Versão 2.0 (07/2012)

NFE Nota Fiscal eletrônica. Versão 2.0 (07/2012) NFE Nota Fiscal eletrônica Versão 2.0 (07/2012) Sumário INTRODUÇÃO... 2 COMO OBTER AUTORIZAÇÃO PARA EMISSÃO DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA... 3 2º VIA DE SOLICITAÇÃO/AUTORIZAÇÃO DE IMPRESSÃO DE DOCUMENTOS FISCAIS...

Leia mais

Como funciona? SUMÁRIO

Como funciona? SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Introdução... 2 2. Benefícios e Vantagens... 2 3. Como utilizar?... 2 3.1. Criar Chave / Senha de Usuário... 2 3.2. Recursos da Barra Superior... 2 3.2.1. Opções... 3 3.2.1.1. Mover Para...

Leia mais

CADASTRAMENTO DO CURRICULUM LATTES

CADASTRAMENTO DO CURRICULUM LATTES CNPq- PROGRAMA DE ESTUDANTES-CONVÊNIO DE PÓS-GRADUAÇÃO PEC/PG PROCESSO DE INSCRIÇÃO 2011 COMO CADASTRAR O SEU CURRICULUM LATTES E SUBMETER SEU FORMULÁRIO ELETRÔNICO DE INSCRIÇÃO CADASTRAMENTO DO CURRICULUM

Leia mais

Manual para Envio de Petição Inicial

Manual para Envio de Petição Inicial Manual para Envio de Petição Inicial 1. Após abrir a página do PROJUDI, digite seu usuário e senha 1.1. Para advogados o usuário é o cpf.adv (ex: 12345678900.adv) 1.2. Após digitar os dados (login e senha),

Leia mais

INTEGRAÇÃO SISREG - CADSUS WEB DOCUMENTO ORIENTADOR

INTEGRAÇÃO SISREG - CADSUS WEB DOCUMENTO ORIENTADOR INTEGRAÇÃO SISREG - CADSUS WEB DOCUMENTO ORIENTADOR SUMÁRIO 1 - IDENTIFICANDO O PACIENTE... 3 2 - PESQUISANDO PACIENTE NO CADSUSWEB... 5 3 ALTERANDO DADOS OU CADASTRANDO UM NOVO USUÁRIO... 7 O objetivo

Leia mais

Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos. Instituto Ambiental do Paraná. Funções do Módulo Requerimento de Mudas Nativas

Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos. Instituto Ambiental do Paraná. Funções do Módulo Requerimento de Mudas Nativas Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos Instituto Ambiental do Paraná SGA Sistema de Gestão Ambiental Manual do Usuário Funções do Módulo Requerimento de Mudas Nativas Outubro 2014 Equipe: CELEPAR

Leia mais

SUMÁRIO INTRODUÇÃO. 3 1. ACESSO AO SISTEMA. 5 2. ACESSO AO MÓDULO DE MONITORAMENTO.6 3. PREENCHIMENTO DO MÓDULO DE MONITORAMENTO. 8 4.

SUMÁRIO INTRODUÇÃO. 3 1. ACESSO AO SISTEMA. 5 2. ACESSO AO MÓDULO DE MONITORAMENTO.6 3. PREENCHIMENTO DO MÓDULO DE MONITORAMENTO. 8 4. MANUAL TÉCNICO-OPERACIONAL DO MÓDULO DE MONITORAMENTO DO PLANO DE AÇÕES ARTICULADAS - PAR Brasília/DF, 23 julho de 2009 1 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 1. ACESSO AO SISTEMA... 5 2. ACESSO AO MÓDULO DE MONITORAMENTO...6

Leia mais

Guia Rápido para Acesso, Preenchimento e Envio Formulário de Cadastro da Empresa e Formulário de Projeto

Guia Rápido para Acesso, Preenchimento e Envio Formulário de Cadastro da Empresa e Formulário de Projeto EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA MCTI/AEB/FINEP/FNDCT Subvenção Econômica à Inovação Transferência de Tecnologia do SGDC 01/2015 Transferência de Tecnologia Espacial no Âmbito do Decreto nº 7.769 de 28/06/2012

Leia mais

PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O SUPERVISOR

PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O SUPERVISOR PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O SUPERVISOR 3º CICLO DA AVALIAÇÃO PELO SUPERVISOR PROVAB 2014 Brasília/DF, 30 de dezembro de 2014. 1 Prezado(a) Supervisor(a) do

Leia mais

Manual do Usuário Plataforma Online

Manual do Usuário Plataforma Online correção online psico.vetoreditora.com.br Manual do Usuário Plataforma Online Utilização da Plataforma Online de correção de testes APRESENTAÇÃO GERAL INTRODUÇÃO A Plataforma Online de testes da Vetor

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DE DOCUMENTOS PARA CERTAMES SIGEDCERT - MODO USUÁRIO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DE DOCUMENTOS PARA CERTAMES SIGEDCERT - MODO USUÁRIO MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DE DOCUMENTOS PARA CERTAMES SIGEDCERT - MODO USUÁRIO 1. Acesse através do navegador (preferencialmente Mozilla Firefox ou Google Chrome) o endereço web do sistema:

Leia mais

Relatórios... 23 Documentos... 24 Simulador... 25 Quadrante 1... 28 Quadrante 2... 28 Quadrante 3... 28 Quadrante 4... 28 Alterar Senha...

Relatórios... 23 Documentos... 24 Simulador... 25 Quadrante 1... 28 Quadrante 2... 28 Quadrante 3... 28 Quadrante 4... 28 Alterar Senha... Sumário Objetivo... 3 Primeiro acesso (Cadastro de senha)... 4 Recuperação de senha... 5 Acessando a Área Restrita... 7 Sessão... 8 Painel do Participante... 8 Menu... 8 Atualizações... 9 Navegação e usabilidade...

Leia mais

MANUAL DE REFERÊNCIA DO CLIENTE S

MANUAL DE REFERÊNCIA DO CLIENTE S MANUAL DE REFERÊNCIA DO CLIENTE S SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 CADASTRANDO-SE NO SISTEMA... 4 CADASTRANDO UM FAMILIAR... 7 ACESSANDO O SISTEMA já sou cadastrado... 8 COMO AGENDAR UMA CONSULTA pesquisar horários...

Leia mais

MAPEAMENTO MANUAL DO USUÁRIO

MAPEAMENTO MANUAL DO USUÁRIO 2013 MAPEAMENTO MANUAL DO USUÁRIO Consultoria SI 20/8/2013 Sumário Apresentação...3 Requisitos para Utilização do Sistema...3 Campos Obrigatórios para Cadastro de Equipamentos/ Espaço Físico...3 Processo

Leia mais

Preenchendo o Currículo Perfil do Professor

Preenchendo o Currículo Perfil do Professor 02 Roteiro Preenchendo o Currículo Perfil do Professor Ministério da Educação Preechendo o Curriculo - Perfil do Professor Para acessar o Currículo do Professor é necessário se logar no sistema. Acesse

Leia mais

NOVO SISTEMA SPC BRASIL MANUAL DE INSTRUÇÕES

NOVO SISTEMA SPC BRASIL MANUAL DE INSTRUÇÕES NOVO SISTEMA SPC BRASIL MANUAL DE INSTRUÇÕES 1 SUMÁRIO ACESSO GERAL ACESSANDO O SISTEMA... 3 ACESSANDO O MENU DE CONSULTAS... 5 Exemplos Práticos:... 7 1. Consulta SPC MIX... 7 2. Consulta SPC Master Jurídico...

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA SISTEMA IMASUL DE REGISTROS E INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DO MEIO AMBIENTE MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA Manual Operacional para uso exclusivo do módulo do Sistema Estadual de

Leia mais

Smart Laudos 1.9. A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos. Manual do Usuário

Smart Laudos 1.9. A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos. Manual do Usuário Smart Laudos 1.9 A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos Manual do Usuário Conteúdo 1. O que é o Smart Laudos?... 3 2. Características... 3 3. Instalação... 3 4. Menu do Sistema... 4 5. Configurando

Leia mais

Manual de configuração do sistema

Manual de configuração do sistema Manual de configuração do sistema (v.1.5.x Beta) Rua México, 119 Sala 2004 Centro Rio de Janeiro, RJ www.doctors-solution.com.br www.simdoctor.com.br contato@simdoctor.com.br Sumário 1. Fazendo seu primeiro

Leia mais

Cadastro de Corretores Manual do Usuário

Cadastro de Corretores Manual do Usuário susep 2012 Cadastro de Corretores SUSEP - CGETI - COSIM Fevereiro/2012 Conteúdo Apresentação...3 Mapa do Sistema de Cadastro de Corretores...4 Padrões...5 Acesso ao Sistema...6 Menu Principal...6 Informações

Leia mais

Manual de Utilização do Sistema

Manual de Utilização do Sistema Manual de Utilização do Sistema 2013 Nota Control Nota Cuiabana Índice Parte I Informações Iniciais 1 Sobre o documento Parte II Apresentação 1 Menu Home 2 Menu Cadastro 3 Menu Já sou cadastrado 4 Menu

Leia mais

MEDIADOR. Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho. Manual do Usuário

MEDIADOR. Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho. Manual do Usuário MEDIADOR Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho Manual do Usuário Ministério do Trabalho e Emprego Secretaria de Relações do Trabalho Coordenação-Geral de Informática MEDIADOR Sistema de Negociações

Leia mais

Manual para Utilização Site DVA Express. Versão 2.0 para Parceiros.

Manual para Utilização Site DVA Express. Versão 2.0 para Parceiros. Manual para Utilização Site DVA Express Versão 2.0 para Parceiros. Introdução O presente manual tem por finalidade instruir os parceiros e representantes na utilização do site para consultas, rastreabilidade

Leia mais

Certificação das Entidades Beneficentes de Assistência Social na Área de Educação

Certificação das Entidades Beneficentes de Assistência Social na Área de Educação Manual do Usuário Introdução Com a publicação da Lei n 12.101, de 27 de novembro de 2009, os requerimentos de certificação originária e de renovação do Certificado de Entidade Beneficente de Assistência

Leia mais

1 Natuur Online Cadastre-se Nome, Login E-mail Cadastrar.

1 Natuur Online Cadastre-se Nome, Login E-mail Cadastrar. 1 Essa é a tela de acesso do Natuur Online, clique aqui para acessar o site e siga o passo-apasso abaixo. Se esse é o seu primeiro acesso, clique em Cadastre-se. 2 - Preencha os dados solicitados com Nome,

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Certificação de Entidades Beneficentes de Assistência Social - CEBAS - 1 -

MANUAL DO USUÁRIO. Certificação de Entidades Beneficentes de Assistência Social - CEBAS - 1 - Certificação de Entidades Beneficentes de Assistência Social - CEBAS - 1 - Ministério da Educação Secretaria Executiva Secretaria de Educação Básica - SEB Diretoria de Tecnologia da Informação - DTI Secretaria

Leia mais

Manual de Orientações Abertura de Empresas Pessoa Física

Manual de Orientações Abertura de Empresas Pessoa Física Manual de Orientações Abertura de Empresas Pessoa Física PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ITATIBA SECRETARIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO SUMÁRIO 1 ACESSO... 4 1.1 ABERTURA ON-LINE... 5 1.2 DADOS DO CONTRIBUINTE...

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões URI Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação PROPEPG Manual de Utilização Sistema de Projetos URI Módulo Projetos Versão 1 - Revisão

Leia mais

Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE

Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE Sumário PRESTAÇÃO DE CONTAS DE ETIQUETAS DE REPARO...3 Figura 1.0...3 Figura 2.0...4 Figura 3.0...5 Figura 4.0...5 1. Proprietário

Leia mais

MANUAL PARA INSCRIÇÃO online EM EDITAIS. Versão 1.0

MANUAL PARA INSCRIÇÃO online EM EDITAIS. Versão 1.0 MANUAL PARA INSCRIÇÃO online EM EDITAIS Versão 1.0 1 >> 1º Passo: Para acessar o SalicWeb Para inscrever a sua iniciativa cultural nos editais do Ministério da Cultura acesse o Sistema SalicWeb no endereço

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar:

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar: SOLICITAÇÃO DE FOMENTO on-line MANUAL DO USUÁRIO 1 CONTATOS... 2 2 ANTES DE COMEÇAR... 2 3 ENTRAR NO SISTEMA INFAPERJ... 3 3.1 ACESSO AO SISTEMA...3 3.2 LOGIN...4 4 APRESENTAÇÃO GERAL DA INTERFACE... 5

Leia mais

Manual da DEVEC. Declaração do Valor de Aquisição da Energia Elétrica em Ambiente de Contratação Livre

Manual da DEVEC. Declaração do Valor de Aquisição da Energia Elétrica em Ambiente de Contratação Livre Manual da DEVEC Declaração do Valor de Aquisição da Energia Elétrica em Ambiente de Contratação Livre Versão 11/01/2010 ÍNDICE 1. Avisos importantes...03 2. Objetivo do Sistema...03 3. Usuários do Sistema...04

Leia mais

4. Na tela de Atualização de Cadastro, altere a senha, atualize os dados e clique em Atualizar Cadastro (Figura 3);

4. Na tela de Atualização de Cadastro, altere a senha, atualize os dados e clique em Atualizar Cadastro (Figura 3); 1. Digite em seu navegador de Internet (Google Chrome, Mozilla Firefox, Internet Explorer, etc) o endereço eletrônico s2id.integracao.gov.br; 2. Clique em Registro e Reconhecimento (Figura 1); Figura 1

Leia mais

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova.

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova. 3.5 Páginas: Ao clicar em Páginas, são exibidas todas as páginas criadas para o Blog. No nosso exemplo já existirá uma página com o Título Página de Exemplo, criada quando o WorPress foi instalado. Ao

Leia mais

Sistema da Comissão Nacional de Residência Médica

Sistema da Comissão Nacional de Residência Médica Sistema da Comissão Nacional de Residência Médica APRESENTAÇÃO: Este Manual apresenta as telas que são utilizadas para a navegação no Sistema de Comissão Nacional de Residência Médica. Neste manual estão

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA GUIA DE NAVEGAÇÃO MÓDULO DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS APLICATIVO UPLOAD /DOWNLOAD VERSÃO 1.1 BRASÍLIA DF Agosto/2015 2011 Ministério do Desenvolvimento Social

Leia mais

14 - Como para gerar o boleto para pagamento do período das notas lançadas? 16 - Se no mês, o meu cliente não tiver movimento, o que devo fazer?

14 - Como para gerar o boleto para pagamento do período das notas lançadas? 16 - Se no mês, o meu cliente não tiver movimento, o que devo fazer? Manual do Sistema SUMÁRIO 1 O que é o sistema GEFISCO? 2 - Como acessar o sistema GEFISCO? 3 - Como criar um login e uma senha? 4 - Esqueci minha senha, e agora? 5 - Como acessar o Livro Fiscal? 6 - Como

Leia mais

FAQ Perguntas Frequentes

FAQ Perguntas Frequentes FAQ Perguntas Frequentes 1. COMO ACESSO A PLATAFORMA DE ENSINO?... 2 2. NÃO CONSIGO REALIZAR O MEU CADASTRO NO AMBIENTE VIRTUAL DO MMA.... 4 3. FIZ MEU CADASTRO NO SITE E NÃO RECEBI O E-MAIL DE CONFIRMAÇÃO

Leia mais

VALIDADOR DE ARQUIVOS SICREDI (VAS) Cobrança e Convênios

VALIDADOR DE ARQUIVOS SICREDI (VAS) Cobrança e Convênios VALIDADOR DE ARQUIVOS SICREDI (VAS) Cobrança e Convênios Atrelada ao processo: Validação de layout dos arquivos de convênios/cobrança de um novo convênio/cedente Classificação da informação: uso interno

Leia mais

Manual do Usuário. Manual do Usuário - Versão 1.0. 1

Manual do Usuário. Manual do Usuário - Versão 1.0. 1 Manual do Usuário Manual do Usuário - Versão 1.0. 1 Índice 1. Visão Geral... 3 2. Acessar o sistema... 3 3. Módulo Inicial... 6 3.1. Cabeçalho do sistema... 6 3.2. Fale Conosco... 6 3.3. Meu Cadastro...

Leia mais

Sistema de Gerenciamento Missionário SENAMI. Secretaria Nacional de Missões

Sistema de Gerenciamento Missionário SENAMI. Secretaria Nacional de Missões Sistema de Gerenciamento Missionário SENAMI Secretaria Nacional de Missões Manual do Usuário Apresentamos a seguir um guia básico contendo informações gerais para utilização do Sistema de Gerenciamento

Leia mais

TUTORIAL DO USUÁRIO CRM SOLUTION EM 05/02/2011

TUTORIAL DO USUÁRIO CRM SOLUTION EM 05/02/2011 TUTORIAL DO USUÁRIO CRM SOLUTION EM 05/02/2011 Manual de operação revisão 20110205 Pagina 1/18 Login no Sistema Para poder utilizar o sistema. 1 - Receba com o gestor do sistema o endereço na WEB no qual

Leia mais

P á g i n a 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL UNIR

P á g i n a 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL UNIR P á g i n a 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL UNIR P á g i n a 2 Sumário 1. Efetuar login... 3 2. Gerenciar Notícias... 5 2.1 Cadastrar Notícias... 6 2.2 Editar Notícia... 7 2.3 Excluir Notícia... 8 3.

Leia mais

TUTORIAL COLEGIADOS EM REDE

TUTORIAL COLEGIADOS EM REDE TUTORIAL COLEGIADOS EM REDE Brasília/DF Agosto/2015 Sumário Introdução... 2 1 Sistema de Gestão Estratégica... 3 2 Colegiados Em Rede... 5 2.1 Menu Cadastro... 6 2.1.1 Dados do Colegiado... 7 2.1.2 Composição

Leia mais

Manual. V e r s ã o i P a d

Manual. V e r s ã o i P a d Manual V e r s ã o i P a d índice I. Introdução II. Procedimentos básicos III. A agenda IV. Clientes V. Prontuário VI. Configurações VII. Medicamentos VIII. Tags IX. Receitas X. Contato I Introdução O

Leia mais

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas 2014 V.1.0 SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Contas Médicas SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Módulos CONTAS MÉDICAS Capa

Leia mais

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa)

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 Vendas... 3 1.1

Leia mais

CSPUWEB - Cadastro de Sistemas. e Permissões de Usuários

CSPUWEB - Cadastro de Sistemas. e Permissões de Usuários CSPUWEB - Cadastro de Sistemas e Permissões de Usuários - Manual do Usuário - Novembro/2009 Versão 2.0 21 de novembro de 2009 [CSPUWEB MANUAL DO USUÁRIO] SUMÁRIO Capitulo 1 Cadastro de Sistemas e Permissões

Leia mais

Manual do Painel Administrativo

Manual do Painel Administrativo Manual do Painel Administrativo versão 1.0 Autores César A Miggiolaro Marcos J Lazarin Índice Índice... 2 Figuras... 3 Inicio... 5 Funcionalidades... 7 Analytics... 9 Cidades... 9 Conteúdo... 10 Referência...

Leia mais

MANUAL PARA EMISSÃO DO CERTIFICADO FITOSSANITÁRIO DE ORIGEM CONSOLIDADO (CFOC) ELETRÔNICO

MANUAL PARA EMISSÃO DO CERTIFICADO FITOSSANITÁRIO DE ORIGEM CONSOLIDADO (CFOC) ELETRÔNICO MANUAL PARA EMISSÃO DO CERTIFICADO FITOSSANITÁRIO DE ORIGEM CONSOLIDADO (CFOC) ELETRÔNICO 1 INTRODUÇÃO Desde 2013 a ADAPAR tem realizado testes para a disponibilização da emissão do Certificado Fitossanitário

Leia mais

Esse tutorial visa apresentar as principais funcionalidades do Editor de Roteiro de Aprendizagem do Portal Clickideia.

Esse tutorial visa apresentar as principais funcionalidades do Editor de Roteiro de Aprendizagem do Portal Clickideia. 1 Introdução Esse tutorial mostrará as funções básicas e metodologia do Editor de Roteiro de Aprendizagem do Portal Educacional Clickideia. Ele foi elaborado para auxiliar professores e alunos nas atividades

Leia mais

Unidade Gestora de Integração de Sistemas Tributários

Unidade Gestora de Integração de Sistemas Tributários Secretaria De Estado de Fazenda Superintendência de Gestão da Informação Unidade Gestora de Integração de Sistemas Tributários Unidade Gestora de Integração de Sistemas Tributários DECLARAÇÃO DE COMPRA

Leia mais

Manual para cadastro de associado na Central de Atendimento ao Associado

Manual para cadastro de associado na Central de Atendimento ao Associado Manual para cadastro de associado na Central de Atendimento ao Associado Cadastro de associado e emissão de boletos na Central de Atendimento On-line Objetivo Orientar o associado sobre o cadastro inicial

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. 1. Descrição Geral Este manual descreve as operações disponíveis no módulo VTWEB Client, cuja finalidade é gerenciar cadastros de funcionários, realização de pedidos e controle financeiro dos pedidos.

Leia mais

CERTIDÕES UNIFICADAS

CERTIDÕES UNIFICADAS CERTIDÕES UNIFICADAS Manual de operação Perfil Cartório CERTUNI Versão 1.0.0 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Departamento de Inovação Tecnológica Divisão de Tecnologia da Informação Sumário LISTA DE FIGURAS... 2

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA EMISSÃO DE GUIAS AVULSAS

INSTRUÇÕES PARA EMISSÃO DE GUIAS AVULSAS INSTRUÇÕES PARA EMISSÃO DE GUIAS AVULSAS O sistema de emissão de guias avulsas é destinado aos departamentos de pessoal ou recursos humanos dos empregadores rurais, muitas vezes escritórios de contabilidade.

Leia mais

Manual Operacional de Adesão ao FIES Técnico Procedimentos da Mantenedora

Manual Operacional de Adesão ao FIES Técnico Procedimentos da Mantenedora Manual Operacional de Adesão ao FIES Técnico Procedimentos da Mantenedora Brasília, março de 2012 Versão 1.0 SUMÁRIO 1. CONFIGURAÇÕES RECOMENDADAS... 3 2. ACESSO AO SISTEMA... 4 3. ADESÃO AO FIES... 5

Leia mais

Como acessar o novo webmail da Educação? Manual do Usuário. 15/9/2009 Gerencia de Suporte, Redes e Novas Tecnologias Claudia M.S.

Como acessar o novo webmail da Educação? Manual do Usuário. 15/9/2009 Gerencia de Suporte, Redes e Novas Tecnologias Claudia M.S. Como acessar o novo webmail da Educação? Manual do Usuário 15/9/2009 Gerencia de Suporte, Redes e Novas Tecnologias Claudia M.S. Tomaz IT.002 02 2/14 Como acessar o Webmail da Secretaria de Educação? Para

Leia mais

SIAP - Sistema de Apoio ao Professor

SIAP - Sistema de Apoio ao Professor Introdução O SIAP, Sistema de Apoio ao Professor, é um programa que vai contribuir, de forma decisiva, com o cotidiano escolar de alunos, professores, gestores e funcionários administrativos. Com a implantação

Leia mais

Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb

Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb Dezembro/2012 2 Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb Sumário de Informações do Documento Título do Documento: Resumo:

Leia mais

Manual de PRODUÇÃO ONLINE. Autorização e Faturamento

Manual de PRODUÇÃO ONLINE. Autorização e Faturamento Manual de PRODUÇÃO ONLINE 2 APRESENTAÇÃO A Unimed-Rio desenvolveu seu sistema de Produção Online, criado para facilitar a rotina de atendimento de seus médicos cooperados. Este sistema é composto por dois

Leia mais

Manual de Orientações. Abertura de Empresas MEI

Manual de Orientações. Abertura de Empresas MEI Manual de Orientações Abertura de Empresas MEI PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ITATIBA SECRETARIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO SUMÁRIO 1 ACESSO... 4 1.1 ABERTURA ON-LINE... 5 1.2 DADOS DO CONTRIBUINTE...

Leia mais

MANUAL PARA INSCRIÇÃO online EM EDITAIS. Versão 2.0

MANUAL PARA INSCRIÇÃO online EM EDITAIS. Versão 2.0 MANUAL PARA INSCRIÇÃO online EM EDITAIS Versão 2.0 1 Atenção Siga cuidadosamente todas as orientações deste Manual durante o processo de inscrição online >> 1º Passo: Acessar o SalicWeb Para inscrever

Leia mais

JURÍDICO. Gestão de Escritório de Advocacia Manual do Usuário. versão 1

JURÍDICO. Gestão de Escritório de Advocacia Manual do Usuário. versão 1 JURÍDICO Gestão de Escritório de Advocacia Manual do Usuário versão 1 Sumário Introdução 1 Operação básica do aplicativo 2 Formulários 2 Filtros de busca 2 Telas simples, consultas e relatórios 3 Parametrização

Leia mais

manual Sistema de Gestão de Contribuições

manual Sistema de Gestão de Contribuições manual Sistema de Gestão de Contribuições Conteúdo 1. Login 4 2. Home 5 3. Informações básicas 3.1. Menus 6 3.2. Números e status 7 3.3. Ações 8 4. Ambientes da ferramenta 4.1. Sindicato 13 4.2. Empresas

Leia mais

Ferramenta: Spider-CL. Manual do Usuário. Versão da Ferramenta: 1.1. www.ufpa.br/spider

Ferramenta: Spider-CL. Manual do Usuário. Versão da Ferramenta: 1.1. www.ufpa.br/spider Ferramenta: Spider-CL Manual do Usuário Versão da Ferramenta: 1.1 www.ufpa.br/spider Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 14/07/2009 1.0 15/07/2009 1.1 16/07/2009 1.2 20/05/2010 1.3 Preenchimento

Leia mais

Funções. Recebimento, registro, distribuição e movimentação de documentos em curso. Usuários. Servidores públicos.

Funções. Recebimento, registro, distribuição e movimentação de documentos em curso. Usuários. Servidores públicos. Manual Versão 1.1 Armazena e fornece informações sobre a tramitação dos documentos oficiais que envolvem o registro de atos e fatos de natureza administrativa/jurídica de interesse da administração direta

Leia mais

OBJETIVO 1 ACESSANDO O SISTEMA 2 - TELA PRINCIPAL 3 MÓDULO ETIQUETAS 4 - CADASTRAR DOCUMENTOS 5 ANEXAR DOCUMENTOS 6 MENU TRÂMITE 6.

OBJETIVO 1 ACESSANDO O SISTEMA 2 - TELA PRINCIPAL 3 MÓDULO ETIQUETAS 4 - CADASTRAR DOCUMENTOS 5 ANEXAR DOCUMENTOS 6 MENU TRÂMITE 6. Sumário OBJETIVO... 2 1 ACESSANDO O SISTEMA... 3 2 - TELA PRINCIPAL (Painel de Controle)... 4 3 MÓDULO ETIQUETAS... 4 4 - CADASTRAR DOCUMENTOS... 7 5 ANEXAR DOCUMENTOS... 15 6 MENU TRÂMITE... 18 6.1 RECEBER

Leia mais

Acessando a Plataforma de Rastreamento

Acessando a Plataforma de Rastreamento Acessando a Plataforma de Rastreamento Para acessar a plataforma digite no seu navegador preferido o endereço: xxxxxxxx.mloc.com.br onde xxxxxxxx é o nome da sua empresa de rastreamento. Ex: rastreadora.mloc.com.br

Leia mais

MANUAL PORTAL ACADÊMICO

MANUAL PORTAL ACADÊMICO MANUAL PORTAL ACADÊMICO Sumário Sumário... 2 1. Apresentação... 3 2. Navegação no site da Escola do Legislativo... 4 3. Ministrante... 6 3.1.Cadastro de ministrante... 6 3.2. Preencher os campos... 7 3.3

Leia mais

CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3

CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3 CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3 Este tutorial não tem como finalidade esgotar todas as funcionalidades do Ambiente, ele aborda de forma prática

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO

MANUAL DE ORIENTAÇÃO MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania QUESTIONÁRIO SOBRE A ATUAÇÃO DAS INSTÂNCIAS DE CONTROLE SOCIAL DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA - ICS MANUAL DE

Leia mais

SUA SENHA É SIGILOSA, PESSOAL E INTRANSFERÍVEL.

SUA SENHA É SIGILOSA, PESSOAL E INTRANSFERÍVEL. DÚVIDAS MAIS FREQUENTES - DO CLIENTE 1. Qual o procedimento para se cadastrar na Guia Eletrônica? - Rolar a página e procure pelo item Novo Cliente? - Escolher o perfil: Próprio Interessado: Pessoa Física

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Manual de Utilização Google Grupos Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução... 3 Página

Leia mais

Manual do Sistema. SMARSA WEB Atendimento de Processos

Manual do Sistema. SMARSA WEB Atendimento de Processos Manual do Sistema SMARSA WEB Atendimento de Processos Módulo Atendimento ÍNDICE INTRODUÇÃO...1 OBJETIVOS...1 BEM VINDO AO SISTEMA SMARSA WEB MÓDULO ATENDIMENTO...2 TELA DE LOGIN...2 COMO UTILIZAR?... 2

Leia mais

E.E.E.B. Professor José Fernandes de Oliveira. Manual de Uso. Sistema Interno (Professores)

E.E.E.B. Professor José Fernandes de Oliveira. Manual de Uso. Sistema Interno (Professores) E.E.E.B. Professor José Fernandes de Oliveira Manual de Uso Sistema Interno (Professores) Desenvolvido por Six Interfaces www.6i.com.br Telefone: (54) 3232.8486 Suporte: contato@6i.com.br Sumário Acessar

Leia mais

Manual de Utilização. Obter Acesso aos Sistemas Educação. Projeto: Obter Acesso Versão Doc.: <1.0> Data de criação: 15/10/2010

Manual de Utilização. Obter Acesso aos Sistemas Educação. <Versão: 1.0> Projeto: Obter Acesso Versão Doc.: <1.0> Data de criação: 15/10/2010 Obter Acesso aos Sistemas Educação Manual de Utilização Página 1/9 Conteúdo 1. Introdução... 3 1.1 Objetivo... 3 1.2 Escopo... 3 1.3 Acesso... 3 1.4 Requisitos básicos... 3 2. Interface de

Leia mais

Curso Básico Sistema EMBI

Curso Básico Sistema EMBI Curso Básico Sistema EMBI Módulo Atendentes e Administradores Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste trabalho pode ser reproduzida em qualquer forma por qualquer meio gráfico, eletrônico ou

Leia mais

MANUAL PARA CADASTRO DE UNIDADES DE CONSERVAÇÃO

MANUAL PARA CADASTRO DE UNIDADES DE CONSERVAÇÃO MANUAL PARA CADASTRO DE UNIDADES DE CONSERVAÇÃO Índice 1. Cadastro de Pessoa Jurídica 2. Cadastro de Pessoa Física 3. Cadastro/Alteração de Unidade de Conservação 4. Unidade de Conservação Pendente de

Leia mais

Esse tutorial visa apresentar as principais funcionalidades do Editor de Roteiro de Aprendizagem do Portal Clickideia.

Esse tutorial visa apresentar as principais funcionalidades do Editor de Roteiro de Aprendizagem do Portal Clickideia. Sumário Introdução... 1 Objetivos... 1 Instruções para utilização do Tutorial... 1 Metodologia... 2 Apresentação do Editor de Roteiro de Aprendizagem... 2 Inserir Roteiro de Aprendizagem... 3 Meus Roteiros...

Leia mais

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE ❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE a) Checagem de Estoque - Verifique o estoque dos produtos desejados. b) Listar produtos com a quantia de estoque mínimo atingido: ESTOQUE / RELATÓRIO / ALERTA DE COMPRA

Leia mais

Manual do Usuário Network

Manual do Usuário Network Manual do Usuário Network Aluno Apresentação Apresentamos o manual de uso do site FGV Management Network. Espaço virtual criado com o objetivo de promover a integração, cooperação e convivência entre alunos,

Leia mais