Barulho Empreendedor Escola Estadual João XXIII Sala 8 - Sessão 2

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Barulho Empreendedor Escola Estadual João XXIII Sala 8 - Sessão 2"

Transcrição

1 Barulho Empreendedor Escola Estadual João XXIII Sala 8 - Sessão 2 Professor(es) Apresentador(es): Kátia Valéria C.T.Peressinotto Marilda Suzani Gonçalves Realização:

2 Foco Desenvolver competências e habilidades relacionadas à criação e execução de um projeto de vida, técnico, científico, empresarial, estimulando uma nova estrutura de pensamento e criatividade por meio de estudo dos conceitos empreendedores, instigando os alunos a criarem seus próprios negócios, protagonismo juvenil. O projeto foi elaborado pelas disciplinas de Matemática e Português, para contribuir para a melhoria da aprendizagem dos alunos de Ensino Médio Integral, visando à Excelência Acadêmica.

3 Contexto de Aplicação A escola se localiza na área central da cidade de Americana e recebemos alunos de todos os bairros, pois os pais a procuram pelo fato de ser uma escola tradicional e de excelência em ensino. Nosso público alvo foram os alunos do 1º, 2º e 3º anos, no primeiro semestre de 2014.

4 Justificativa A disseminação da cultura empreendedora na sociedade está despertando o espírito empreendedor, por meio do estímulo ao protagonismo juvenil, o qual engloba a cooperação, a sustentabilidade ambiental, a cidadania e a ética. É função da Escola instigar o aluno a pensar em sua vida produtiva e programar ações para o futuro profissional, projeto de vida. Muitas das habilidades que os estudantes desenvolvem ao longo da escolaridade são exigidas de um empreendedor ou de um profissional competente. Eles precisam saber superar obstáculos, ter iniciativa, assumir desafios, exigir qualidade, planejar e estabelecer metas. Alunos que têm noções de empreendedorismo, aprendem conceitos e conhecimentos que norteiam o currículo do Programa Integral, baseados nos quatro pilares e que mais tarde vão ajudá-los a entrar no mercado de trabalho com autonomia de escolhas.

5 Objetivo Disseminar uma visão empreendedora nos educandos, utilizando conceitos matemáticos e de linguagens, valorizando a formação autônoma, solidária e competente, identificando os talentos empreendedores e motivando-os a serem empreendedores de suas próprias vidas, sabendo desenvolver competências de tomada de decisão, traçar planos, superar obstáculos, ter iniciativa, assumir desafios, exigir qualidade, planejar e estabelecer metas, para identificarem em termos pessoais áreas fortes e fracas para se desenvolverem no mercado de trabalho.

6 Desenvolvimento/ Metodologia Durante o primeiro semestre foram desenvolvidas atividades relacionadas ao mundo empreendedor, vendas de produtos confeccionados pelos alunos durante a feira de ciências e culminância. Os alunos criaram agências, que ficaram responsáveis por um evento, sendo programados em parceria entre educandos, professores e colaboradores. Vale destacar que as ações foram desenvolvidas em quatro momentos distintos, mas interligados, que culminaram com um trabalho dinâmico, criativo e inovador.

7 PRIMEIRO MOMENTO: 1ª unidade letiva: Reconhecimento do grupo para separação em áreas de interesse. Aulas expositivas dos conceitos básicos de empreendedorismo, montagem de negócios e matemática financeira e estatística. Os alunos dividem-se em grupos de cinco integrantes, os quais deverão criar um negócio empreendedor, destinado a alunos e comunidade, contendo os seguintes subitens: o nome da empresa, presidente, vice-presidente, diretor, gerente, funcionários. Isso para que fique determinado a função de cada indivíduo dentro do negócio;

8 SEGUNDO MOMENTO: 2ª Unidade letiva Com base no negócio elaborado no momento anterior, os alunos desenvolverão seus produtos sob a orientação das professoras de Português e Matemática. Em seguida será feita uma socialização para a turma, dos negócios. TERCEIRO MOMENTO: 3ª Unidade letiva Nesta etapa as empresas apresentarão e testarão os produtos e negócios para identificarem possíveis falências, realizando ajustes ou reformulação. QUARTO MOMENTO: 4ª Unidade letiva Nesta etapa, as empresas apresentarão o produto ou negócio final para serem avaliados.

9 Recursos Utilizados Papel, cartolina, materiais recicláveis, apostila, laboratório de informática, régua, canetas coloridas, lápis, cola, tesoura, máquina fotográfica, cartucho para impressão.

10 Registros

11 Projetos enviados à FEBRACE

12 Colaboradores

13 Palestras com Empreendedores

14 Resultados Os resultados foram positivos, pois os alunos conseguiram incorporar a ideia de Empreendedorismo, buscando de seus Projetos de Vida, empreender em inovações. Criaram pequenas empresas, que ao final do semestre comprovaram serem rentosas e ao mesmo tempo oportunizou três projetos a participarem da seleção para a Feira Brasileira de Ciências e Engenharia e um ser contemplado para apresentação em São Paulo no mês de março de 2015.

15 Conclusões Por intermédio dos resultados das agências criadas, pesquisas, projetos desenvolvidos e a oportunidade de participação em uma feira de abrangência nacional, concluímos que os alunos assimilaram o conceito de empreender, principalmente, o seu Projeto de Vida, com determinação, apropriando-se dos conteúdos didáticos e paradidáticos que perpassam pelo tema.

16

TECNOLOGIA GESTÃO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL 1º SEMESTRE/ 2014 DIURNO

TECNOLOGIA GESTÃO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL 1º SEMESTRE/ 2014 DIURNO TECNOLOGIA GESTÃO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL 1º SEMESTRE/ 2014 DIURNO Turma: - TGPM121A + TGPM122A CENTRO Processos Custos Processos Custos Tecnologia Industrial 1º SEMESTRE/ 2014 NOTURNO Turma: - TGP121B

Leia mais

Consultorias Associadas

Consultorias Associadas BEM VINDOS! 2013 Coordenação Geral : Coordenação Acadêmica: Somando Talentos : Consultorias Associadas CONSIDERAÇÕES GERAIS : A implantação da Escola de Líderes pelo Clube de RH vem de atender a uma necessidade

Leia mais

HORÁRIOS DO CURSO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS - 2014/2

HORÁRIOS DO CURSO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS - 2014/2 Última atualização: 24/04/2014 HORÁRIOS DO CURSO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS - 2014/2 1º SEMESTRE + 50 VAGAS (padrão para todas as disciplinas) Turma PNA Currículo 3 2º SEMESTRE + 50 VAGAS (padrão para

Leia mais

ESCRITÓRIO MODELO DA FACULDADE DO GUARUJÁ.

ESCRITÓRIO MODELO DA FACULDADE DO GUARUJÁ. ESCRITÓRIO MODELO DA FACULDADE DO GUARUJÁ. Prof. Marat Guedes Barreiros Agosto/2013 Introdução É notória nos dias de hoje a dificuldade dos alunos egressos das Faculdades em obter emprego nas empresas

Leia mais

ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR ANO LETIVO 2012/2013 TIC@CIDADANIA. Proposta de planos anuais. 1.º Ciclo do Ensino Básico IM-DE-057.

ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR ANO LETIVO 2012/2013 TIC@CIDADANIA. Proposta de planos anuais. 1.º Ciclo do Ensino Básico IM-DE-057. ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR ANO LETIVO 2012/2013 TIC@CIDADANIA Proposta de planos anuais 1.º Ciclo do Ensino Básico AEC TIC@CIDADANA Proposta de Plano Anual 2012/2013 1. Introdução A Divisão

Leia mais

ESCOLA ALTERNATIVA LTDA

ESCOLA ALTERNATIVA LTDA ESCOLA ALTERNATIVA LTDA Rua Rio das Mortes, 44 - Gameleira Telefax: 3334-3349/3372-6000 1 JUSTIFICATIVA PROJETO INTERDISCIPLINAR EMPREENDEDORISMO NA ESCOLA ENSINO FUNDAMENTAL II ENSINO MÉDIO 2.ª ETAPA

Leia mais

ESCOLAS EMPREENDEDORAS DA CIM VISEU DÃO LAFÕES

ESCOLAS EMPREENDEDORAS DA CIM VISEU DÃO LAFÕES ESCOLAS EMPREENDEDORAS DA 2013/2014 Tondela, 23 de Outubro de 2013 Objetivos do projeto Criar uma cultura empreendedora; Promover o espírito de iniciativa, de cooperação e criatividade; Partilhar experiências

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Reconhecimento Renovado pela Portaria MEC nº 264 de 14.07.11, DOU de 19.07.11 PLANO DE CURSO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Reconhecimento Renovado pela Portaria MEC nº 264 de 14.07.11, DOU de 19.07.11 PLANO DE CURSO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Reconhecimento Renovado pela Portaria MEC nº 264 de 14.07.11, DOU de 19.07.11 Componente Curricular: EMPREENDEDORISMO Código: ADM-353 Pré-requisito: --- Período Letivo: 2015.1 Professor:

Leia mais

ACTIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR ANO LECTIVO 2011 / 2012 TIC@CIDADANIA. Proposta de planos anuais. 1.º Ciclo do Ensino Básico

ACTIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR ANO LECTIVO 2011 / 2012 TIC@CIDADANIA. Proposta de planos anuais. 1.º Ciclo do Ensino Básico ACTIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR ANO LECTIVO 2011 / 2012 TIC@CIDADANIA Proposta de planos anuais 1.º Ciclo do Ensino Básico Introdução O objetivo principal deste projeto é promover e estimular

Leia mais

O que os olhos não veem, a lente registra

O que os olhos não veem, a lente registra O que os olhos não veem, a lente registra E.E. Profº Adelaide Maria de Barros Sala 5 sessão 2 Professor(es) Apresentador(es): Maria Aparecida Oliveira Brito Aline Loures Realização: Foco A Eletiva de Fotografia

Leia mais

Gestão de Tecnologia da Informação e Comunicação

Gestão de Tecnologia da Informação e Comunicação Gestão de Tecnologia da Informação e Comunicação Curso autorizado pela Resolução nº 247-06/12/2010. Publicado:09/12/2010 SETEC/MEC Nota obtida na autorização: 4 Objetivos O Curso Superior de Tecnologia

Leia mais

CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE COMÉRCIO Planificação anual da disciplina de Organizar e Gerir a Empresa 10º Ano Ano Letivo: 2012-2013

CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE COMÉRCIO Planificação anual da disciplina de Organizar e Gerir a Empresa 10º Ano Ano Letivo: 2012-2013 CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE COMÉRCIO Planificação anual da disciplina de Organizar e Gerir a Empresa 10º Ano Ano Letivo: 2012-2013 Turma: L Professor: JOÃO CARLOS CAVACO BRITO. 1 - Estrutura e Finalidades

Leia mais

Escritório Modelo da Faculdade de Diadema

Escritório Modelo da Faculdade de Diadema Escritório Modelo da Faculdade de Diadema Profª. Vânia Amaro Gomes Coordenação de Curso DIADEMA, 2015 Introdução Atualmente há uma grande dificuldade dos alunos egressos das Faculdades em obter emprego

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2014 Etec: ETEC PROF.MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 2014

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 2014 1 FACULDADE DE ESTUDOS SOCIAIS DO ESPÍRITO SANTO PIO XII CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO EM COMÉRCIO EXTERIOR I INTRODUÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 2014 O currículo

Leia mais

GUIA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA

GUIA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA GUIA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA 2013 ATIVIDADES COMPLEMENTARES O que são? São práticas acadêmicas de múltiplos formatos, obrigatórias, que podem ser realizadas dentro ou fora

Leia mais

RESOLUÇÃO N 10/CEPE, DE 08 DE OUTUBRO DE 2010.

RESOLUÇÃO N 10/CEPE, DE 08 DE OUTUBRO DE 2010. Reformula matriz curricular do curso de graduação tecnológico em Marketing. O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO da Faculdade de Administração e Negócios de Sergipe FANESE, no uso de suas atribuições

Leia mais

Curso de Educação Profissional Técnica de Nível Médio Subseqüente ao Ensino Médio, na modalidade a distância, para:

Curso de Educação Profissional Técnica de Nível Médio Subseqüente ao Ensino Médio, na modalidade a distância, para: Curso de Educação Profissional Técnica de Nível Médio Subseqüente ao Ensino Médio, na modalidade a distância, para: Técnico em Informática na Formação de Instrutores Carga Horária: 1000 horas Estágio Curricular:

Leia mais

ENSINO SECUNDÁRIO CURSO PROFISSIONAL DE GESTÃO

ENSINO SECUNDÁRIO CURSO PROFISSIONAL DE GESTÃO DISCIPLINA: GESTÃO (Módulo 12A controlo de tesouraria) ANO 2013/2014 1. Controlo de tesouraria 1.1 objetivos 1.2 natureza do controlo 1.3 processos de controlo 2. sistema de controlo 2.1 características

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO PROJETO e-jovem

APRESENTAÇÃO DO PROJETO e-jovem APRESENTAÇÃO DO PROJETO e-jovem O Projeto e-jovem é uma iniciativa do Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria da Educação SEDUC, cuja proposta visa oferecer formação em Tecnologia da Informação

Leia mais

Calendário 2015 do Curso de Vendas a Distância (MÓDULOS II e III) para turma 2014.1

Calendário 2015 do Curso de Vendas a Distância (MÓDULOS II e III) para turma 2014.1 Calendário 2015 do Curso de Vendas a Distância (MÓDULOS II e III) para turma 2014.1 LEGENDA: Início de Módulo/Disciplinas Feriados Estaduais Feriados Nacionais Avaliação e Início de Disciplinas 2ª Chamada

Leia mais

FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS FMU GUIA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES. Departamento de Ciências Exatas e Gerenciais

FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS FMU GUIA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES. Departamento de Ciências Exatas e Gerenciais FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS FMU GUIA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES Departamento de Ciências Exatas e Gerenciais CURSOS : ADMINISTRAÇÃO CIÊNCIAS ATUARIAIS CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO CIÊNCIAS CONTÁBEIS CIÊNCIAS

Leia mais

2. FEIRAS E EXPOSIÇÕES

2. FEIRAS E EXPOSIÇÕES 2. FEIRAS E EXPOSIÇÕES ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO D. MANUEL I- BEJA ATIVIDADES (memória descritiva sucinta) ARTICULAÇÃO ENTRE AS DISCIPLINAS E/OU ÁREAS CURRICULARES NÃO DISCIPLINARES RESPONSÁVEIS /

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 2015. Ensino Técnico. Habilitação Profissional: Técnico em Logística Integrado ao Ensino Médio. Professor: Isabel Santos

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 2015. Ensino Técnico. Habilitação Profissional: Técnico em Logística Integrado ao Ensino Médio. Professor: Isabel Santos PLANO DE TRABALHO DOCENTE 2015 Código: 0262 Ensino Técnico ETEC ANHANGUERA Município: Santana de Parnaíba Componente Curricular: Gestão de Pessoas Eixo Tecnológico: Gestão e negócios Módulo: 1º Série C.

Leia mais

Perfil do País NESsT: Brasil

Perfil do País NESsT: Brasil Párcêiros Estrátê gicos Portfólio de Negócios NESsT A NESsT já conduziu trê s compêtiço ês dê nêgo cios sociáis no Brásil dêsdê o sêu lánçámênto êm 2007. Máis dê 55 orgánizáço ês brásilêirás cándidátárám-sê

Leia mais

CURSO DE FARMÁCIA Autorizado pela Portaria nº 991 de 01/12/08 DOU Nº 235 de 03/12/08 Seção 1. Pág. 35 PLANO DE CURSO

CURSO DE FARMÁCIA Autorizado pela Portaria nº 991 de 01/12/08 DOU Nº 235 de 03/12/08 Seção 1. Pág. 35 PLANO DE CURSO CURSO DE FARMÁCIA Autorizado pela Portaria nº 991 de 01/12/08 DOU Nº 235 de 03/12/08 Seção 1. Pág. 35 Componente Curricular: Gestão Farmacêutica Código: FAR - 104 Pré-requisito: ----- Período Letivo: 2013.2

Leia mais

GRADUAÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING DENOMINAÇÃO: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING / ÁREA PROFISSIONAL: GESTÃO E NEGÓCIOS.

GRADUAÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING DENOMINAÇÃO: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING / ÁREA PROFISSIONAL: GESTÃO E NEGÓCIOS. GRADUAÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING CARACTERIZAÇÃO DO CURSO DENOMINAÇÃO: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING / ÁREA PROFISSIONAL: GESTÃO E NEGÓCIOS. DIPLOMA CONFERIDO: TECNÓLOGO DE

Leia mais

GUIA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES. Departamento de Ciências Exatas e Gerenciais

GUIA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES. Departamento de Ciências Exatas e Gerenciais DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS E GERENCIAIS 2012 GUIA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES Departamento de Ciências Exatas e Gerenciais CURSOS ADMINISTRAÇÃO CIÊNCIAS ATUARIAIS CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO CIÊNCIAS

Leia mais

Legitimação dos conceitos face as práticas organizacionais; Oportunizar reflexão sobre as competências em desenvolvimento;

Legitimação dos conceitos face as práticas organizacionais; Oportunizar reflexão sobre as competências em desenvolvimento; 1 MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS INTEGRADORES CURSO SUPERIORES DE GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA (GESTÃO AMBIENTAL) SÃO PAULO 2009 2 Introdução A prática pedagógica dos Cursos Superiores de Graduação

Leia mais

EMPREENDER NA ESCOLA

EMPREENDER NA ESCOLA PROGRAMA para o APRESENTAÇÃO O O programa Empreender na Escola Metodologia Programa Didático - Manuais Implementação do projeto Cronograma de atividades Formação e Acompanhamento Prémios 2 O PROJETO A

Leia mais

Parte 1 Código / Área Temática. Educação Especial

Parte 1 Código / Área Temática. Educação Especial NOME DO CURSO: O Ensino de Língua Portuguesa como segunda língua para estudantes surdos e/ou com deficiência auditiva Nível: Especialização Modalidade: Presencial Parte 1 Código / Área Temática Código

Leia mais

CAI - Agente Administrativo Dual SENAI/SABESP - Turma 2012/2014 Calendário - 1º Semestre - VERSÃO 3

CAI - Agente Administrativo Dual SENAI/SABESP - Turma 2012/2014 Calendário - 1º Semestre - VERSÃO 3 CAI - Agente Administrativo Dual / - Turma 2012/2014 Calendário - 1º Semestre - VERSÃO 3 Práticas Profissionais: 180 horas Ambiente Corporativo - 60 horas Informática Básica - 40 horas Introdução ao Telemarketing

Leia mais

(s15h PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000065 - LETRAS Nivel: Superior

(s15h PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000065 - LETRAS Nivel: Superior (s15h PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000065 - LETRAS Nivel: Superior Area Profissional: 0004 - BIBLIOTECA Area de Atuacao: 0042 - ACERVO/BIBLIOTECA Analisar e processar

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: EMPREENDEDORISMO

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: EMPREENDEDORISMO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: EMPREENDEDORISMO Código: CTB - 251 Pré-requisito: -------- Período Letivo: 2013.1 Professor:

Leia mais

HORÁRIOS DE AULAS DO CURSO DE TECNOLOGIA DE GESTAÕ EM RECURSOS HUMANOS 1º PERÍODO. Rotinas Trabalhistas e. previdenciáris. Rotinas Trabalhistas e

HORÁRIOS DE AULAS DO CURSO DE TECNOLOGIA DE GESTAÕ EM RECURSOS HUMANOS 1º PERÍODO. Rotinas Trabalhistas e. previdenciáris. Rotinas Trabalhistas e REFERÊNCIA : SEMESTRE: 1º ANO LETIVO : 2014 HORÁRIOS DE AULAS DO CURSO DE TECNOLOGIA DE GESTAÕ EM RECURSOS HUMANOS 19:00 /19:50 Teoria da Administração Teoria da Liderança Administração 19:50 / 20:40 Liderança

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR E DIMENSIONAMENTO DA CARGA HORÁRIA POR PERÍODO LETIVO (A CARGA HORÁRIA APRESENTADA NAS TABELAS REFEREM-SE À HORA AULA DE 50 MINUTOS)

MATRIZ CURRICULAR E DIMENSIONAMENTO DA CARGA HORÁRIA POR PERÍODO LETIVO (A CARGA HORÁRIA APRESENTADA NAS TABELAS REFEREM-SE À HORA AULA DE 50 MINUTOS) MATRIZ CURRICULAR E DIMENSIONAMENTO DA POR PERÍODO LETIVO (A APRESENTADA NAS TABELAS REFEREM-SE À HORA AULA DE 50 MINUTOS) PRIMEIRO SEMESTRE / 1 O ANO Leitura e Interpretação de Textos 2-40 Matemática

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SAO JOSE DOS CAMPOS

PREFEITURA MUNICIPAL DE SAO JOSE DOS CAMPOS ANEXO II - PLANO PLURIANUAL - PPA - a DESCRIÇÃO DOS PROGRAMAS GOVERNAMENTAIS / / CUSTOS Exercício PROGRAMA : ADMINISTRAÇÃO CÓDIGO : 2 UNIDADE RESPONSÁVEL : SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E DA

Leia mais

Legitimação dos conceitos face às práticas organizacionais; Oportunizar reflexão sobre as competências em desenvolvimento;

Legitimação dos conceitos face às práticas organizacionais; Oportunizar reflexão sobre as competências em desenvolvimento; 1 MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS INTEGRADORES CURSO SUPERIORES DE GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA (GESTÃO FINANCEIRA) SÃO PAULO 2009 2 Introdução A prática pedagógica dos Cursos Superiores de

Leia mais

UMA PARCERIA DE SUCESSO!

UMA PARCERIA DE SUCESSO! RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013 Parceria Santa Dorotéia e Junior Achievement de Minas Gerais: UMA PARCERIA DE SUCESSO! 1 SUMÁRIO 1. Resultados Conquistados... 3 2. Resultados 2013... 4 3. Resultados Pesquisas...

Leia mais

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC PRONATEC de AUXILIAR ADMINISTRATIVO. Parte 1 (solicitante)

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC PRONATEC de AUXILIAR ADMINISTRATIVO. Parte 1 (solicitante) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO

Leia mais

PROJETO PÓS ZARCO ESCOLA SECUNDÁRIA JOÃO GONÇALVES ZARCO-MATOSINHOS. "Uma Escola de Oportunidades"

PROJETO PÓS ZARCO ESCOLA SECUNDÁRIA JOÃO GONÇALVES ZARCO-MATOSINHOS. Uma Escola de Oportunidades ESCOLA SECUNDÁRIA JOÃO GONÇALVES ZARCO-MATOSINHOS "Uma Escola de Oportunidades" Dossiê de Apresentação do Projeto Pós...Zarco I. O PROJETO PÓS ZARCO No ano letivo de 2005/2006, a Escola Secundária João

Leia mais

Visão. Missão. Valores. Escola Profissional de Tecnologia Psicossocial do Porto

Visão. Missão. Valores. Escola Profissional de Tecnologia Psicossocial do Porto Missão A Escola Profissional de Tecnologia tem como missão prestar serviços educativos de excelência aos seus alunos, qualificando-os para o exercício profissional e para o prosseguimento de estudos, no

Leia mais

Ingresso Março 2015 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba

Ingresso Março 2015 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba Ingresso Março 2015 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba MBA em Gestão Estratégica de Negócios O Curso tem por objetivo capacitar os participantes na utilização de ferramentas de Gestão Empresarial

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO-LETRAS HABILITAÇÃO PORTUGUÊS/INGLÊS

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO-LETRAS HABILITAÇÃO PORTUGUÊS/INGLÊS TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO-LETRAS HABILITAÇÃO PORTUGUÊS/INGLÊS O presente termo de Compromisso é firmado entre a Coordenação do Curso de Letras das FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS, a UNIDADE CONCEDENTE

Leia mais

Nome: Nº: Ano/Série: 9º A e B. Trabalho Bimestral Bimestre: 2º Data:

Nome: Nº: Ano/Série: 9º A e B. Trabalho Bimestral Bimestre: 2º Data: Nome: Nº: Ano/Série: 9º A e B Disciplina: História Professora: Thiago Trabalho Bimestral Bimestre: 2º Data: A História é uma ciência que estuda a vida do homem através do tempo. Ela investiga o que os

Leia mais

- Período Diversificado (1º e 5º ano): 10h30 Local: Salão Santa Paulina

- Período Diversificado (1º e 5º ano): 10h30 Local: Salão Santa Paulina BOLETIM INFORMATIVO 2016 Objetivo: Esclarecer dúvidas correlacionadas ao processo de matrícula nas escolas da Rede Santa Paulina. I. PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO PASTORAL Concepção de Educação Promover

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO - BACHARELADO DATAS DOS EXAMES * 1º SEMESTRE CURRICULAR - NOTURNO

CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO - BACHARELADO DATAS DOS EXAMES * 1º SEMESTRE CURRICULAR - NOTURNO 1º SEMESTRE CURRICULAR - NOTURNO SALA 301 Contabilidade I Matemática Geral Fundamentos da Administração Estatística Leitura e Produção de Textos Contabilidade I Matemática Geral Fundamentos da Administração

Leia mais

Luz câmera, ação! Você é o artista com a máquina na mão!

Luz câmera, ação! Você é o artista com a máquina na mão! Luz câmera, ação! Você é o artista com a máquina na mão! E. E. Revendo Augusto Paes de Ávila Sala 2 / Sessão 2 Professora Apresentadora: Vanessa Castelão dos Santos Realização: Foco Desenvolver, por meio

Leia mais

TORNEIO FUTSAL INTERESCOLAS. 13 a 18 de Abril. Sub15 e Sub 18. Escolas - Caldas da Rainha e Óbidos

TORNEIO FUTSAL INTERESCOLAS. 13 a 18 de Abril. Sub15 e Sub 18. Escolas - Caldas da Rainha e Óbidos TORNEIO FUTSAL INTERESCOLAS 13 a 18 de Abril Sub15 e Sub 18 Escolas - Caldas da Rainha e Óbidos CONCURSO FOTOGRAFIA 11 a 18 de Abril Jovens Caldas da Rainha / Óbidos / Bombarral Tema: Semana da Juventude

Leia mais

Critérios de Avaliação

Critérios de Avaliação Critérios de Avaliação Ano letivo 2013/2014 Critérios de Avaliação 2013/2014 Introdução As principais orientações normativas relativas à avaliação na educação pré-escolar estão consagradas no Despacho

Leia mais

FACULDADE RATIO CURSO DE SERVIÇO SOCIAL TURMA: 301-6

FACULDADE RATIO CURSO DE SERVIÇO SOCIAL TURMA: 301-6 HORÁRIO DE PROVA DE PF SEMESTRE LETIVO 2013.2 SECRETARIA ACADÊMICA TURMA: 301-6 Sociologia da Família Trabalho II Estágio II Movimentos Sociais Nordeste: Perspectivas, Tragetórias e Dilemas secacademica@ratio.edu.br

Leia mais

Contribuir para que a formação do futuro egresso seja generalista, humanista,

Contribuir para que a formação do futuro egresso seja generalista, humanista, MANUAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA As Atividades Complementares são componentes curriculares obrigatórios constantes dos Projetos Pedagógicos dos Cursos Superiores

Leia mais

MATERIAL ESCOLAR - ENSINO MÉDIO 1º ANO CONVENCIONAL

MATERIAL ESCOLAR - ENSINO MÉDIO 1º ANO CONVENCIONAL 1º ANO CONVENCIONAL Português Matemática I Filosofia Produção de Texto Matemática II Sociologia Redação Química II Literatura Geografia Biologia I Inglês História Biologia II Química I Física O estojo

Leia mais

EMPREENDEDORISMO E ORGANIZAÇÃO DA EMPRESA

EMPREENDEDORISMO E ORGANIZAÇÃO DA EMPRESA Formação Presencial, homologada pela Direção Regional do Emprego e Qualificação Profissional CARGA HORÁRIA TOTAL: 120 HORAS Organização e Formadores MÓDULOS EMPREENDEDORISMO E ORGANIZAÇÃO DA EMPRESA 120

Leia mais

Índice 1 ATA E LISTA ATA DE PROVA... 2

Índice 1 ATA E LISTA ATA DE PROVA... 2 Índice 1 ATA E LISTA ATA DE PROVA... 2 Data: 21/10/2011 Revisão:1 1 1 ATA E LISTA ATA DE PROVA GUIA CONFIGURAÇÃO Formulário Escolher o tipo de formulário a ser utilizado. Branco Gera Serial: Imprime a

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2013-14 1 / 112!

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2013-14 1 / 112! PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2013-14 1 / 112 I. I NTRODUÇÃO EPADRV2013, 2014 O Plano Anual de Atividades constitui-se como o documento orientador da atividade escolar ao longo de um ano letivo. Sendo obrigação

Leia mais

RELAÇÃO DE HORÁRIOS POR TURMA. Segunda Terça Quarta Quinta Sexta ECONOMIA I FORMAÇÃO PROFISSIONAL I MATEMÁTICA ECONOMIA I INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO

RELAÇÃO DE HORÁRIOS POR TURMA. Segunda Terça Quarta Quinta Sexta ECONOMIA I FORMAÇÃO PROFISSIONAL I MATEMÁTICA ECONOMIA I INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO Turma: ADM11N - 20152 ECONOMIA I FORMAÇÃO PROFISSIONAL I MATEMÁTICA ECONOMIA I INTRODUÇÃO À ECONOMIA I FORMAÇÃO PROFISSIONAL I MATEMÁTICA ECONOMIA I INTRODUÇÃO À INTRODUÇÃO À INTRODUÇÃO ÀS CIÊNCIAS SOCIAIS

Leia mais

5 201 O LI Ó RTF PO 1

5 201 O LI Ó RTF PO 1 1 PORTFÓLIO 2015 Um pouco da trajetória do Colégio Ação1 QUANDO TUDO COMEÇOU 1993 Experientes profissionais fundaram, no bairro do Méier, a primeira unidade da rede Ação1. O foco do trabalho era a preparação

Leia mais

Manual de Orientação para o PROJETO INTEGRADOR DE PESQUISA - (PIP)

Manual de Orientação para o PROJETO INTEGRADOR DE PESQUISA - (PIP) Manual de Orientação para o PROJETO INTEGRADOR DE PESQUISA - (PIP) Manual de Orientação para o PROJETO INTEGRADOR DE PESQUISA (PIP) Itu/SP 2013 Sumário 1 Introdução... 1 1.1 Etapa 1 Proposta... 2 1.2 Etapa

Leia mais

CIEM2011 CASCAIS 27 E 28 DE OUTUBRO 1ª CONFERÊNCIA IBÉRICA DE EMPREENDEDORISMO

CIEM2011 CASCAIS 27 E 28 DE OUTUBRO 1ª CONFERÊNCIA IBÉRICA DE EMPREENDEDORISMO CIEM2011 CASCAIS 27 E 28 DE OUTUBRO 1ª CONFERÊNCIA IBÉRICA DE EMPREENDEDORISMO Reflexões sobre o Empreendedorismo na Escola Manuela Malheiro Ferreira manuelamalheirof@gmail.com Universidade Aberta CEMRI

Leia mais

AEC ALE LIGAÇÃO DA ESCOLA COM O MEIO. Orientações Pedagógicas. 1.º Ciclo do Ensino Básico

AEC ALE LIGAÇÃO DA ESCOLA COM O MEIO. Orientações Pedagógicas. 1.º Ciclo do Ensino Básico ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR ANO LETIVO 2014/2015 AEC ALE LIGAÇÃO DA ESCOLA COM O MEIO Orientações Pedagógicas 1.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução A atividade de enriquecimento curricular,

Leia mais

MBA EM MARKETING E COMUNICAÇÃO MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Agosto 2013 ESPM-SUL. Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS.

MBA EM MARKETING E COMUNICAÇÃO MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Agosto 2013 ESPM-SUL. Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. MBA EM MARKETING E COMUNICAÇÃO MANUAL DO CANDIDATO Ingresso Agosto 2013 ESPM-SUL Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. Informações: Central de Candidatos: (51) 3218-1400 Segunda a sexta-feira

Leia mais

SEMANA DA GESTÃO 2013 Programação Completa: classificada por ordem alfabética de cursos e turmas

SEMANA DA GESTÃO 2013 Programação Completa: classificada por ordem alfabética de cursos e turmas SEMANA DA GESTÃO 2013 Programação Completa: classificada por ordem alfabética de cursos e turmas ADMINISTRAÇÃO TURMA SALA DE AULA LOCAL DA PALESTRA DATA HORA TEMA PALESTRANTE ADM1AN-VMA B12-101 AUDITÓRIO

Leia mais

AEC ALE LIGAÇÃO DA ESCOLA COM O MEIO. Orientações Pedagógicas. 1.º Ciclo do Ensino Básico

AEC ALE LIGAÇÃO DA ESCOLA COM O MEIO. Orientações Pedagógicas. 1.º Ciclo do Ensino Básico ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR ANO LETIVO 2015/2016 AEC ALE LIGAÇÃO DA ESCOLA COM O MEIO Orientações Pedagógicas 1.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução A atividade de enriquecimento curricular,

Leia mais

Ano letivo 2015/16 Lista de material escolar - 1º ano

Ano letivo 2015/16 Lista de material escolar - 1º ano 2 estojos 5 lápis de carvão HB nº2 1 caixa de lápis de cor (mínimo 12) 1 caixa de canetas de feltro (mínimo 12) 4 colas baton grandes UHU 1 régua que caiba no estojo (de 15 cm a 20 cm) 2 capas de elásticos

Leia mais

Instrução Normativa nº 13 I DA CARACTERIZAÇÃO

Instrução Normativa nº 13 I DA CARACTERIZAÇÃO Instrução Normativa nº 13 O Diretor Geral, no uso das atribuições regimentais, ouvido o Conselho Acadêmico, RESOLVE: regulamentar os procedimentos para as visitas e palestras I DA CARACTERIZAÇÃO Art. 1º.

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 293/2014

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 293/2014 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 293/2014 Dispõe sobre o Currículo do Curso de Relações Públicas, regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº COS- 144/2012, aprovou e

Leia mais

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 CURSO DE ENFERMAGEM Recnhecid pela Prtaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seçã 1. Pág. 20 Cmpnente Curricular: ENFERMAGEM NO CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR Códig: ENF-219 Pré-requisit: Nenhum

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

ATIVIDADES COMPLEMENTARES ATIVIDADES COMPLEMENTARES 2011 ATIVIDADES COMPLEMENTARES 1. APRESENTAÇÃO Este documento apresenta um conjunto geral de normas e orientações sobre as Atividades Complementares dos Cursos da FAECE (Faculdade

Leia mais

DE INOVAÇÃO E TECNOLOGIA 52, 102, CEP

DE INOVAÇÃO E TECNOLOGIA 52, 102, CEP DADOS JURÍDICOS O Instituto SAVIESA DE INOVAÇÃO E TECNOLOGIA é uma associação, pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, com sede no município de Vitória, Estado do Espírito Santo, à Rua

Leia mais

AEC PROJETOS LÚDICO EXPRESSIVOS. Proposta de Planificação. 1.º Ciclo do Ensino Básico

AEC PROJETOS LÚDICO EXPRESSIVOS. Proposta de Planificação. 1.º Ciclo do Ensino Básico ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR ANO LETIVO 2013/2014 AEC PROJETOS LÚDICO EXPRESSIVOS Proposta de Planificação 1.º Ciclo do Ensino Básico PLE Proposta de Plano Anual 2013/2014 1. Introdução A atividade

Leia mais

Pesquisa Oficial de Demanda Imobiliária SINDUSCON Grande Florianópolis. NÃO ASSOCIADOS Apresentação

Pesquisa Oficial de Demanda Imobiliária SINDUSCON Grande Florianópolis. NÃO ASSOCIADOS Apresentação Pesquisa Oficial de Demanda Imbiliária SINDUSCON Grande Flrianóplis. NÃO ASSOCIADOS Apresentaçã O presente trabalh tem cm principais bjetivs identificar perfil d frequentadr d Salã d Imóvel, suas demandas

Leia mais

Calendário 2015 do Curso de Vendas a Distância (MÓDULO I e II) para novas turmas (2015.1)

Calendário 2015 do Curso de Vendas a Distância (MÓDULO I e II) para novas turmas (2015.1) Calendário 2015 do Curso de Vendas a Distância (MÓDULO I e II) para novas turmas (2015.1) LEGENDA: Início de Módulo/Disciplinas Feriados Estaduais Feriados Nacionais Avaliação e Início de Disciplinas 2ª

Leia mais

PROJETO AGENTE VERDE PAV sustentabilidade em ação

PROJETO AGENTE VERDE PAV sustentabilidade em ação PROJETO AGENTE VERDE PAV sustentabilidade em ação Discrição do PAV Apartir da década de 1980 a produção de embalagens e produtos descartáveis aumentou significativamente nos países desenvolvidos e em desenvolvimento

Leia mais

CONSIDERAÇÕES DA CAPGEMINI

CONSIDERAÇÕES DA CAPGEMINI CONSIDERAÇÕES DA CAPGEMINI 6.1 Requisits de Capacidade e Experiência d Prestadr A ANEEL deveria exigir um puc mais quant a estes requisits, de frma a garantir uma melhr qualificaçã da empresa a ser cntratada.

Leia mais

PROCESSO N 719/10 PROTOCOLO N.º 10.084.281-5 PARECER CEE/CEB N.º 1209/10 APROVADO EM 15/12/10 COLÉGIO TOP GUN ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO E PROFISSIONAL

PROCESSO N 719/10 PROTOCOLO N.º 10.084.281-5 PARECER CEE/CEB N.º 1209/10 APROVADO EM 15/12/10 COLÉGIO TOP GUN ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO E PROFISSIONAL PROTOCOLO N.º 10.084.281-5 PARECER CEE/CEB N.º 1209/10 APROVADO EM 15/12/10 CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA INTERESSADO: COLÉGIO TOP GUN ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO E PROFISSIONAL MUNICÍPIO: SÃO JOSÉ DOS PINHAIS

Leia mais

2- PÚBLICO ALVO. Página 1 de 8 CURSO PRÁTICO FORMAÇÃO DE CONSULTORES EMPRESARIAIS. SESI Serviço Social da Indústria. IEL Instituto Euvaldo Lodi

2- PÚBLICO ALVO. Página 1 de 8 CURSO PRÁTICO FORMAÇÃO DE CONSULTORES EMPRESARIAIS. SESI Serviço Social da Indústria. IEL Instituto Euvaldo Lodi 1- Objetivo Geral Capacitar profissionais para o exercício da consultoria empresarial com qualidade, possibilitando assim um melhor atendimento as demandas das empresas paraenses por estes serviços. Disseminar

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ATIVIDADES COMPLEMENTARES

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ATIVIDADES COMPLEMENTARES 1 CURSO DE ADMINISTRAÇÃO MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES As Atividades Complementares são componentes curriculares obrigatórios no Curso de Administração

Leia mais

Pós-Graduação em Liderança Estratégica de Negócios e Pessoas

Pós-Graduação em Liderança Estratégica de Negócios e Pessoas Pós-Graduação em Liderança Estratégica de Negócios e Pessoas Turma em Santa Catarina Ingresso 2015 Modalidade Consórcio de Empresas Informações: IDAL- Instituto de Desenvolvimento Aprendizagem e Liderança

Leia mais

WEBSITE LOJAS JOMÓVEIS

WEBSITE LOJAS JOMÓVEIS WEBSITE LOJAS JOMÓVEIS Manual d Usuári Elabrad pela W3 Autmaçã e Sistemas Infrmaçã de Prpriedade d Grup Jmóveis Este dcument, cm tdas as infrmações nele cntidas, é cnfidencial e de prpriedade d Grup Jmóveis,

Leia mais

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC PRONATEC de RECEPCIONISTA. Parte 1 (solicitante)

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC PRONATEC de RECEPCIONISTA. Parte 1 (solicitante) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO

Leia mais

EDITAL Nº 010/2012 VESTIBULAR DE VERÃO 2013/1- UCEFF FACULDADES

EDITAL Nº 010/2012 VESTIBULAR DE VERÃO 2013/1- UCEFF FACULDADES EDITAL Nº 010/2012 VESTIBULAR DE VERÃO 2013/1- UCEFF FACULDADES 1. ABERTURA A Faculdade de Empresarial de Chapecó mantida pela Unidade Central de Educação FAEM Faculdade Ldta UCEFF Faculdades, de acordo

Leia mais

graduação administração linha de formação específica análise de sistemas

graduação administração linha de formação específica análise de sistemas graduação administração linha de formação específica análise de sistemas Características gerais O curso de Análise de Sistemas é o ramo da Administração que qualifica o profissional a gerir as organizações,

Leia mais

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. FLÁVIO GONÇALVES PÓVOA DE VARZIM Critérios Específicos de Avaliação DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS ANO LETIVO 2014/15 Rua José Régio 4490-648 Póvoa de Varzim CRITÉRIOS

Leia mais

SAIBA MAIS SOBRE O CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GASTRONOMIA

SAIBA MAIS SOBRE O CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GASTRONOMIA SAIBA MAIS SOBRE O CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GASTRONOMIA Coordenação do Curso Superior de Tecnologia em Gastronomia Universidade de Santa Cruz do Sul. Localização: Avenida Independência, nº2293,

Leia mais

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC Pronatec de Artesão de Pintura em Tecido. Parte 1 (solicitante)

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC Pronatec de Artesão de Pintura em Tecido. Parte 1 (solicitante) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO

Leia mais

BALCÃO + CULTURA BALCÃO +CULTURA + B +

BALCÃO + CULTURA BALCÃO +CULTURA + B + BALCÃO + CULTURA B BALCÃO + +CULTURA 1. CONTEXTUALIZAÇÃO A crescente relevância das Indústrias Culturais e Criativas, enquanto atividades que com base na criatividade, no talento, nos ativos culturais

Leia mais

INSTITUTO DE EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO DE SAÚDE IEES. Excelência na Formação através da Experiência e Aplicação MARKETING FARMACÊUTICO PRÁTICO

INSTITUTO DE EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO DE SAÚDE IEES. Excelência na Formação através da Experiência e Aplicação MARKETING FARMACÊUTICO PRÁTICO E IEES I EDUCAÇÃO DE SAÚDE INSTITUTO DE EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO DE SAÚDE IEES Excelência na Frmaçã através da Experiência e Aplicaçã MARKETING FARMACÊUTICO PRÁTICO 1.CARGA HORÁRIA 32 Hras 2.DATA E LOCAL

Leia mais

AEC ALE EXPRESSÃO MUSICAL. Orientações Pedagógicas. 1.º Ciclo do Ensino Básico

AEC ALE EXPRESSÃO MUSICAL. Orientações Pedagógicas. 1.º Ciclo do Ensino Básico ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR ANO LETIVO AEC ALE EXPRESSÃO MUSICAL Orientações Pedagógicas 1.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução A atividade de enriquecimento curricular, ALE (atividades lúdico-expressivas)

Leia mais

Professora: Renato de Castro Vivas Titulação: Engenheiro de Produção, Mestre em Meio Ambiente. PLANO DE CURSO

Professora: Renato de Castro Vivas Titulação: Engenheiro de Produção, Mestre em Meio Ambiente. PLANO DE CURSO C U R S O D E E N G E N H A R I A D E P R O D U Ç Ã O Autorizado pela Portaria nº 1.150 de 25/08/10 DOU Nº 165 de 27/08/10 Componente Curricular: Logística Empresarial Código: ENGP- 179 Pré-requisito:

Leia mais

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC de Gestão Financeira. Parte 1 (solicitante)

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC de Gestão Financeira. Parte 1 (solicitante) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO

Leia mais

IEL INSTITUTO EUVALDO LODI

IEL INSTITUTO EUVALDO LODI INSTITUTO EUVALDO LODI IEL Integra o Sistema Indústria juntamente com CNI, SESI, SENAI e Federações Possui mais de 44 anos de atuação em todo o território Brasileiro Tem o compromisso com o aumento da

Leia mais

OLHAR INTERDISCIPLINAR: PRINCÍPIOS DE EDUCAÇÃO INTEGRAL NA FORMAÇÃO CIDADÃ

OLHAR INTERDISCIPLINAR: PRINCÍPIOS DE EDUCAÇÃO INTEGRAL NA FORMAÇÃO CIDADÃ OLHAR INTERDISCIPLINAR: PRINCÍPIOS DE EDUCAÇÃO INTEGRAL NA FORMAÇÃO CIDADÃ Rosangela Almeida Valerio Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Brasil Resumo: Este artigo visa tecer considerações de

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO - Pós-Graduação em Gestão de Vendas

MANUAL DO CANDIDATO - Pós-Graduação em Gestão de Vendas CONHEÇA A FACCENTRO Educação de excelência de mãos dadas com o mercado de trabalho. Esse é o compromisso da rede de ensino FACCENTRO, que possui mais de 15 anos de tradição e reconhecimento em ensino técnico.

Leia mais

Atualmente há duas áreas de concentração em nosso mestrado:

Atualmente há duas áreas de concentração em nosso mestrado: O Mestrado profissional em Conservação da Biodiversidade e Desenvolvimento Sustentável é um curso de pós-graduação stricto-sensu, com objetivo de formar profissionais capacitados para tomar as melhores

Leia mais

Faculdades Ibmec-MG. Regulamento de Atividades Complementares do Curso de Graduação em Relações Internacionais

Faculdades Ibmec-MG. Regulamento de Atividades Complementares do Curso de Graduação em Relações Internacionais Faculdades Ibmec-MG Regulamento de Atividades Complementares do Curso de Graduação em Relações Internacionais I. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES: Art.1. O presente regulamento tem por finalidade estatuir

Leia mais

ABERTURA DE EDITAL DE EXECUÇÃO DE PROJETO DE DOCENTE 2015/1

ABERTURA DE EDITAL DE EXECUÇÃO DE PROJETO DE DOCENTE 2015/1 ABERTURA DE EDITAL DE EXECUÇÃO DE PROJETO DE DOCENTE 2015/1 A Coordenação do Curso de Marketing, por intermédio do Escritório Experimental de Marketing e no uso de suas atribuições regimentais e regulamentares

Leia mais

LISTA DE MATERIAL INDIVIDUAL 2012 1º ANO DO ENSINO MÉDIO TÉCNICO

LISTA DE MATERIAL INDIVIDUAL 2012 1º ANO DO ENSINO MÉDIO TÉCNICO LISTA DE MATERIAL INDIVIDUAL 2012 1º ANO DO ENSINO MÉDIO TÉCNICO Material que deverá permanecer com o Aluno; 1 agenda ano 2012 1 lápis preto no 2 ou lapiseira com grafite HB 0,5 mm 1 caneta esferográfica

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE TREINAMENTO PROFISSIONAL Nº 004/2015

EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE TREINAMENTO PROFISSIONAL Nº 004/2015 PCD 125.62 UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA / UFJF PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO - PROGRAD COORDENAÇÃO DE GRADUAÇÃO EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE TREINAMENTO PROFISSIONAL Nº 004/2015 Projetos: Escritório

Leia mais

Ingresso Agosto 2015

Ingresso Agosto 2015 Ingresso Agosto 2015 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba MBA em Marketing Estratégico Consolidar conhecimentos de marketing estratégico dentro de uma visão contemporânea. Desenvolver profissionais

Leia mais