Energias Renováveis. Caldeiras Biomassa

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Energias Renováveis. Caldeiras Biomassa"

Transcrição

1 Energias Renováveis Caldeiras Biomassa

2 Caldeiras Biomassa Gama completa biomassa Nara Akita Osaka Doméstica Osaka Industrial Quioto CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS NOVO NOVO Tipo de Equipamento caldeira doméstica caldeira doméstica caldeira doméstica caldeira industrial caldeira industrial Potência () 18 / 28 / 4 29 a 70 5 / 50 / 65 a a 2500 Tipo de Combustível pellets pellets e outros pellets e outros pellets e outros pellets e outros Depósito de Combustível (Lts) 60 / 40 / Acendimento Automático versão plus _ Recolha Automática das Cinza (opcional) (opcional) Auto - Limpeza (opcional) _ Quadro de Controlo digital digital digital digital digital Queimador (incorporado) Corpo da Caldeira chapa de aço chapa de aço chapa de aço chapa de aço chapa de aço As caldeiras de biomassa Zantia cumprem as seguintes marcações CE: Directiva de Máquinas 98/7/CE; Directiva de Baixa Tensão 6/95/CE; Directiva de Compatibilidade ElectroMagnética 89/6/CE. E cumprem os seguintes requisitos: EN0/1, Caldeiras de Aquecimento: Terminologia, especificações gerais, ensaios e marcações. En0/5, Caldeiras de Aquecimento: Requisitos especiais p/caldeiras de combustíveis sólidos.

3 Nara 295 Caldeira Biomassa Nara NOVIDADE POTÊNCIAS: 18, 28 e 4 UTILIZAÇÃO: Serviço de Aquecimento e/ou A.Q.S. COMBUSTÍVEIS: Pellets de Madeira; PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS: Acendimento automático; Corpo em chapa de aço; Baixas emissões de Co2; Função Cronotermostato: possibilidade de p r o g r a m a ç ã o s e m a n a l d e 2 p e r í o d o s d e acendimento e paragem por cada dia da semana; Inclui grupo hidráulico, composto por bomba circuladora,válvula de segurança, vaso de expansão e purgador; Possibilidade de instalação fora de uma zona técnia. Possui sonda de temperatura ambiente; Possibilidade de conexão de um cronotermostato externo; Accionamento do circulador aos 60, com possibilidade de alterar este parâmetro; Captação do ar directamente do exterior através de uma conduta (Ø interno 50; comprimento máx 1,5m) conectada à respectiva entrade de ar instalada na parte traseira da caldeira; Captação do ar directamente do ambiente de instalação com a condição que perto da caldeira seja efectuada uma entrada de ar na parede com cumunicação com o exterior, com superfície mínima 2 de 100cm ; A pressão máxima de funcionamento das caldeiras Nara é de bar. CUMPRE COM OS REQUESITOS DA NORMA: EN0/5, Caldeiras de Aquecimento: Requisitos especiais p/caldeiras de combustíveis sólidos. ESQUEMA DE FUNCIONAMENTO: 1 - Acendimento automático, programável através do display; 2 - Depósito de pellets de grande capacidade; - Semfim de alimentação de pellets; 4 - Ampla chama, para favoreçer a combustão e o rendimento; 5 - Aspirador de fumos; 6 - Caixa de Cinzas; 7 - Porta e revestimento isolados; 8 - Sistema hidráulico equipado com circulador, vaso de expansão, e as válvulas para a controlo do circuito; 9 - Vaso de Expansão; 10 - Caldeira 11 - Comando para a ingição. Modelo Potência /h Potência Água (/h) Consumo (Kg/h) Capacidade do Depósito (kg) Caldeira Doméstica a Pellets Nara ,9 1,1 -, Caldeira Doméstica a Pellets Nara ,0-5, Caldeira Doméstica a Pellets Nara ,5 1,8-7,0 Arranque não incluído. Consultar valores.

4 296 Nara Dados Técnicos: Características Técnicas Potência Útil Nominal Unidade Nara 18 Nara 28 Nara Potência Útil Nominal Água 1, ,5 Classe da Caldeira Rendimento % Temperatura do Gás de Evacuação - Potência Nominal Temperatura do Gás de Evacuação - Potência Reduzida Fluxo dos Gases de Combustão - Potência Nominal g/s 17,5 17,5 17,5 Fluxo dos Gases de Combustão - Potência Reduzida g/s 5,9 5,9 5,9 Tiragem da Chaminé - Potência Nominal Pa Tiragem da Chaminé - Potência Reduzida Pa Alimentação Eléctrica V/Hz 20/50 20/50 20/50 Absorção Eléctrica W Pressão Máxima de Funcionamento (PMS) Bar Pressão Nominal de Funcionamento Bar Altura Manométrica Máxima da Bomba m Conteúdo de Água na Caldeira lts 14 18,4 22 Capacidade do Depósito de Pellets kg Consumo Horário de Pellets (Máx - Min) kg/h,8-1,1 5,0-1,0 7,0-1,8 Autonomia (máxima - mínima potência) Saída de Fumos (Evacuação) Entrada de Ar (Aspiração) Vaso de Expansão Combustível Dimensões Horas lts x 561 x x 626 x x 9 x 126 Dimensões (): NARA 18 NARA 28 NARA , ,6 626,

5 Akita 297 Caldeira Biomassa Akita POTÊNCIAS: 25, 9 e 59 UTILIZAÇÃO: Serviço de Aquecimento e/ou A.Q.S. COMBUSTÍVEIS: Pellets de Madeira; Casca de Amêndoa; Caroço de Azeitona; Bagaço de Azeitona; Carvão. NOVIDADE PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS: Caldeira de funcionamento automático; Painel de controlo electrónico permite controlar todo o sistema; Corpo da caldeira em aço de elevada qualidade; Funcionamento simples e com manutenção simplificada; O desenho interior do corpo assegura grande capacidade de transferência de calor entre os gases de combustão e a água do circuito primário; Elevado rendimento energético; Baixas emissões, com um baixo impacto meio ambiental; As cinzas da combustão depositam-se na parte inferior da caldeira onde são recolhidas numa bandeja de grande capacidade; Bomba circuladora incluída; O termóstato de segurança interrompe a operação do ventilador caso a caldeira atinja os 100 ; Em caso de falha de combustível, impede o funcionamento desnecessário do ventilador; Possibilidade de ajustar a temperatura de arranque da bomba circuladora; Permite a conexão de um cronotermostáto externo; A pressão máxima de funcionamento das caldeiras Akita é de bar. CUMPRE COM OS REQUESITOS DA NORMA: EN0/5, Caldeiras de Aquecimento: Requisitos especiais p/caldeiras de combustíveis sólidos. Modelo Potência Utíl kcal/h Capacidade do Depósito (kg) Caldeira Doméstica a Pellets Akita Caldeira Doméstica a Pellets Akita 40 46, Caldeira Doméstica a Pellets Akita Arranque não incluído. Consultar valores.

6 298 Akita Dados Técnicos: Características Técnicas Potência Útil Potência Nominal Rendimento Volume de Água Pressão de Funcionamento Temperatura Máxima de Trabalho Consumo de Pellets Aproximado Tiragem da Chaminé Capacidade do Depósito de Pellets Peso Bruto Alimentação Eléctrica Saída de Fumos Unidade kcal/h kcal/h % lts bar kg/h mbar kg kg V/Hz Akita 25 Akita 40 Akita ,000 9,,747 74,1 61 7, /50 46,5 40,000 62,8 5,995 74, / , , , /50 Dimensões (): MODELO AKITA 25 AKITA 40 AKITA 60 A () B () C () D () E () K () f () g () h () j () Peso (kg) " 1" 1/2" /4" " 1" 1/2" 1" /4" 1 1/4" 1/2" 1" 456

7 Osaka Doméstica 299 Caldeira Biomassa Osaka Doméstica POTÊNCIAS: 5, 50 e 65 UTILIZAÇÃO: Serviço de Aquecimento e/ou A.Q.S. COMBUSTÍVEIS: Pellets de Madeira; Casca de Amêndoa; Caroço de Azeitona; Bagaço de Azeitona. As caldeiras automáticas da série OSAKA domésticas foram desenhadas para a produção de Água quente mediante a utilização de Pellets de madeira de pinho como combustível. Podem utilizar-se outros combustíveis sólidos como cásca de amêndoa, caroço e bagaço de azeitona, se bem que, as prestações da caldeira variam consoante o combustível utilizado. Para a utilização de outros combustíveis sólidos diferentes contactar o nosso departamento técnico. CARACTERÍSTICAS: Controlo electrónico de fácil utilização para gerir todas as funcionalidades; Corpo em aço com passagens de fumo verticais e sistema de limpeza dos mesmos, de forma manual ou em opção de forma automática; Grande compartimento para a acumulação de cinzas, de fácil extracção e opcional mente pode ser instalada uma extracção automática de cinzas. Possibilidade de instalar o depósito de combustível em ambos os lados segundo as necessidades. De grande capacidade 750 litros( 470kg de pellets) para uma elevada autonomia. O modelo Osaka de acendimento manual dispõe de um modo de repouso automático do queimador, para garantir um funcionamento contínuo durante o aquecimento; O modelo Osaka PLUS dispõe de um Modo Verão, com acendimento automático do queimador segundo as necessidades; A encomenda contem: Caldeira completa, q u e i m a d o r e u m s i l o p a r a c o m b u s t í v e l. Opcionalmente a recolha de cinzas automática e o sistema de limpeza automático. Modelo Potência Utíl Kcal/h Consumo (kg/h) Máximo Mínimo Caldeira Doméstica Osaka ,1 2, Caldeira Doméstica Osaka 5 PLUS ,1 2, Caldeira Doméstica Osaka ,1, Caldeira Doméstica Osaka 50 PLUS ,1, Caldeira Doméstica Osaka , Caldeira Doméstica Osaka 65 PLUS ,2 Verificação de Funcionamento/arranque e activação da garantia incluída: É preciso efectuar uma marcação prévia com o Serviço de Assistência Técnica (SAT) Zantia, condicionada à disponibilidade do SAT. Para o SAT Zantia efectuar a verificação de funcionamento/arranque e activação da garantia é necessário: Ligação de combustível e de evacuação dos gases de exaustão completa e segundo a legislação em vigor; Ligações aos circuitos de A.Q.S e Aquecimento Central efectuadas.

8 00 Osaka Doméstica Elementos da Caldeira: 7 Queimador Osaka (Acendimento Manual) Queimador Osaka Plus (Acendimento Automático) 2 Esquema de funcionamento e componentes: 1. Câmara de Combustão 2. Permutador de tubos verticais. Silo + Semfim de alimentação 4. Queimador com acendimento automático* 5. Depósito de cinzas 6. Extractor de cinzas 7. Sistema de limpeza interligado *versão plus Kit de Limpeza e Recolha Automática de Cinzas Descrição Kit de Limpeza e Recolha Automática de Cinzas para Caldeira Doméstica Osaka Kit de Limpeza e Recolha Automática de Cinzas para Caldeira Doméstica Osaka Kit de Limpeza e Recolha Automática de Cinzas para Caldeira Doméstica Osaka 65

9 Osaka Doméstica 01 Dados Técnicos: Características Técnicas Potência Útil Nominal Potência Útil Mínima Consumo Combustível (PCI 4100 kcal/kg, humidade 10% Rendimento Potência mínima em repouso Consumo combustível em repouso Temperatura de gases Peso Volume de água no corpo Diâmetro saída de fumos Capacidade do depósito de combustível Autonomia com pellets, caroço de azeitona, etc. Unidade kcal/h kcal/h kg/h % kg/h kg litros litros kg h Osaka 5 Osaka 50 Osaka ,9-9,1 87 1,5 0, ,4-1,1 87 1,5 0, , ,5 0, Pressão de trabalho máxima bar Pressão de teste bar Temperatura Mínima de retorno Temperatura Máxima de trabalho Tiragem da chaminé Potência Útil Nominal Caudal de fumos Potência Útil Mínima Impulsão Ligações Retorno Alimentação Eléctrica Potência Nominal Consumida Acendimento Potência Máxima Consumida Acendimento mbar kg/s kg/s W W 0,15-0,25 0,024 0,007 G 1 F G 1 F ~20V, 50Hz + T ,2-0, 0,04 0,009 G 1 1/2 F G 1 1/2 F ~20V, 50Hz + T ,2-0, 0,045 0,012 G 1 1/2 F G 1 1/2 F ~20V, 50Hz + T 0 1 Isolamento dos elementos eléctricos IP65 IP65 IP65 Dimensões (): FRENTE Quadro de Comandos J LATERAL POSTERIOR H DEPÓSITO DE COMBUSTÍVEL Construída em chapa de aço, com tampa superior. 814 C D K Semfim Depósito Porta de Inspeção Cinzas PAREDE POSTERIOR F E L 400 A M Mínimo B MODELO OSAKA 5 OSAKA 50 OSAKA 65 A () B () C () D () E () G () H () K L Ø150 1" 1" Ø /2" 1 1/2" Ø /2" 1 1/2" J: Limpeza; L: Retorno; H: Chaminé; N: Extracção de Cinzas

10 02 Osaka Industrial Caldeira Biomassa Osaka Industrial POTÊNCIAS: a 225 UTILIZAÇÃO: Aquecimento e/ou A.Q.S. COMBUSTÍVEIS: Pellets de Madeira; Casca de Amêndoa; Caroço de Azeitona; Bagaço de Azeitona; Estilha (Queimador Próprio). As caldeiras automáticas da série OSAKA foram desenhadas para a produção de água quente mediante a utilização de pellets de madeira de pinho como combustível. Podem utilizar-se outros combustíveis sólidos como casca de amêndoa, caroço e bagaço de azeitona, se bem que, as prestações da caldeira variam consoante o combustível utilizado. Para a utilização de outros combustíveis sólidos contacte o nosso departamento técnico. CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS: Caldeira com corpo em aço e passagens de fumos; Funcionamento simples e baixo custo de manutenção; Funcionamento automático com quadro de controlo electrónico; Câmara de combustão com a segunda e terceira passagens de fumos verticais, que assegura uma óptima capacidade de permuta entre os gases de combustão e o fluído primário; Limpeza automática da câmara tubular ( ª passagem de fumos); Rendimento médio de 89%; Isolamento do bloco da caldeira com lã mineral revestida a alumínio; Baixas emissões com o mínimo de impacto ambiental; Adaptável a qualquer depósito e sistema de transporte de combustível; Sistema de extracção automática de cinzas para um depósito exterior. CALDEIRA BIOMASSA OSAKA EM CUMPRIMENTO COM: Directiva de Máquinas 98/7/CE; Directiva de Baixa Tensão 6/95/CE; Directiva de Compatibilidade ElectroMagnética 89/6/CE; EN0/5, Caldeiras de Aquecimento: Requisitos especiais p/caldeiras de combustíveis sólidos. nota: para potências superiores a 1160 até 225 consultar departamento técnico. Modelo Caldeira Industrial Osaka Caldeira Industrial Osaka 10 Potência Utíl () Máxima Mínima Consumo (kg/h) Máximo Mínimo 2,0, 7,1 9,8 QUEIMADOR STANDARD (Esquerda)* QUEIMADOR DE ESTILHA (Esquerda ou Direita)** Caldeira Industrial Osaka ,0 1, Caldeira Industrial Osaka ,0 18, Caldeira Industrial Osaka ,5 24, Caldeira Industrial Osaka ,0 4, Caldeira Industrial Osaka ,9 6, Caldeira Industrial Osaka ,6 61, Caldeira Industrial Osaka ,2 79, Caldeira Industrial Osaka ,7 91, Sob Encomenda Especial * Disponível sob consulta queimador à direita. ** Indicar a posição do queimador na altura da encomenda. Verificação de Funcionamento/arranque e activação da garantia incluída: É preciso efectuar uma marcação prévia com o Serviço de Assistência Técnica (SAT) Zantia, condicionada à disponibilidade do SAT. Para o SAT Zantia efectuar a verificação de funcionamento/arranque e activação da garantia é necessário: Ligação de combustível e de evacuação dos gases de exaustão completa e segundo a legislação em vigor; Ligações aos circuitos de A.Q.S e Aquecimento Central efectuadas.

11 Osaka Industrial 0 Vantagens da Caldeira Osaka 1 Sistema de combustão modulante PID (regulação proporcional integral derivada) com um campo de modulação de 25% a 100%. Grelha em ferro fundido amovível com sistema de limpeza por actuador linear. Fornecimento variável de ar primário e secundário através do controlo da sobrepressão da câmara de combustão e da velocidade de rotação do extractor. Permutador de calor com passagens de fumo e câmara de combustão sobredimensionada para minimizar as emissões de NOx. C o m u m a c o n f i g u r a ç ã o e s p e c í f i c a d o permutador de calor (sistema Osaka) a caldeira está preparada para suportar retornos de água a 40, podendo assim trabalhar perfeitamente com sistemas de baixa temperatura. Painel de Controlo e Display Display Touch Sistema de Limpeza Automática Corpo Modular em Aço Segurança na Combustão 2 Limpeza automática do permutador de calor mediante os retentores e um sistema de impacto que faz soltar as cinzas. Extracção de cinzas automática através de motor e sem-fim. 4 Quadro eléctrico equipado com PLC e display digital táctil, controlando todas as funções específicas da caldeira. Controla também o transporte de combustível do silo à caldeira e as bombas do primário e anticondensação. Software de telegestão em opção. Caldeira Osaka c/ Ciclone (opcional) 5 Controlo de combustão por pressostato na câmara de combustão e controlo da velocidade de rotação do extractor de fumos. Ao variar a entrada de combustível, varia o volume de fumos gerados. A entrada de ar adequa-se às necessidades da combustão mediante o controlo da depressão na câmara de combustão. 6 Duplo sistema de segurança mediante termostato antiretorno de chama, e válvula de i n u n d a ç ã o m e cânica q u e g a rante o s e u funcionamento mesmo perante eventuais cortes de energia eléctrica Ciclone de elevada eficiência para evitar a emissão de partículas sólidas (opcional). 8 Acendimento automático com controlo da chama mediante fotocélula para optimizar o f u n c i o n a m e n t o e e v i t a r a c e n d i m e n t o s desnecessários. ESQUEMA DE FUNCIONAMENTO E COMPONENTES: 1. Câmara de combustão. 2. Permutador de tubos verticais.. Silo e Sem-fim de alimantação 4. Conjunto queimador: Ventilador primário + acendimento automático + empurrador de cinzas 5. Depósito de cinzas. 6. Circulação de ar secundário. 7. Extractor de cinzas. 8. Sistema de limpeza. 9. Retentores de fumos. 10. Extractor de fumos.

12 04 Osaka Industrial Dados Técnicos: Características Técnicas Unidade Osaka Osaka 10 Osaka 180 Osaka 250 Osaka 50 Potência Útil Nominal kcal/h Potência Útil Mínima kcal/h Consumo Combustível (PCI 4100 kcal/kg, humidade 10% kg/h 7,1-2,0 9,8 -, 1,4-46,0 18, - 64,0 24,4-89,5 Rendimento % Temperatura de gases Peso kg Volume de água no corpo litros Diâmetro saída de fumos Câmara de combustão Diâmetro Profundidade Pressão de trabalho máxima Temperatura Máxima de trabalho Resistência de gases de combustão Potência útil nominal Caudal de fumos Potência útil mínima bar ca m³/h m³/h Impulsão Ligações Retorno Alimentação eléctrica Potência eléctrica instalada Características Técnicas Potência Útil Nominal Unidade kcal/h x 20V/50Hz,0 Osaka /2 2 1/2 2 x 20V/50Hz,0 Osaka DN65 DN65 2 x 20V/50Hz,5 Osaka DN65 DN65 2 x 20V/50Hz 4 Osaka DN65 DN65 2 x 20V/50Hz 4,5 Osaka Potência Útil Mínima kcal/h Consumo Combustível (PCI 4100 kcal/kg, humidade 10% kg/h 4,1-110,0 6,6-127,9 61,0-204,6 79, - 25,2 91,5-296,7 Rendimento % Temperatura de gases Peso kg Volume de água no corpo litros Diâmetro saída de fumos Câmara de combustão Diâmetro Profundidade Pressão de trabalho máxima Temperatura Máxima de trabalho Resistência de gases de combustão Potência útil nominal Caudal de fumos Potência útil mínima bar ca m³/h m³/h Ligações Impulsão Retorno DN80 DN80 DN80 DN80 DN100 DN100 DN100 DN100 DN125 DN125 Alimentação eléctrica 2 x 20V/50Hz x 400V/50Hz x 400V/50Hz x 400V/50Hz x 400V/50Hz Potência eléctrica instalada 5,0 6,0 6,0 8,5 8,5

13 Osaka Industrial 05 Dimensões (): F E D C B A E D F B C A MODELO A OSAKA OSAKA 10 OSAKA 180 OSAKA 250 OSAKA 50 OSAKA 40 OSAKA 500 OSAKA 800 OSAKA 9 OSAKA B C D E F Espaço necessário para a instalação: B A mín. mín. C CALDEIRA OSAKA A mín. B C mín. D OSAKA OSAKA OSAKA C OSAKA OSAKA OSAKA OSAKA CHAMINÉ ALIMENTADOR BIOMASSA OSAKA OSAKA D OSAKA SALA DA CALDEIRA

14 06 Osaka Industrial Ciclones para Recolha de Partículas Descrição Ciclones para Caldeira Osaka Ciclones para Caldeira Osaka 10 Ciclones para Caldeira Osaka 180 Ciclones para Caldeira Osaka 250 Ciclones para Caldeira Osaka 50 Ciclones para Caldeira Osaka 40 Ciclones para Caldeira Osaka 500 Ciclones para Caldeira Osaka 800 Ciclones para Caldeira Osaka 9 Ciclones para Caldeira Osaka 1160 Sob Encomenda Especial Módulo de Telegestão CARACTERÍSTICAS: Possibilidade de ligação em duas direcções: COMPUTADOR > CALDEIRA ou Vice-versa. Possibilidade de personalização da instalação, circuitos hidráulicos, silos (incluindo controlo de peso e rendimento da caldeira em função do consumo). Trabalho com base de dados. Disponível para todos os sistemas móveis (Iphone, Android, Windows-Phone, Symbian, Blackberry, etc) é possível aceder à caldeira através destes sistemas móveis, podendo alterar as configurações, as horas de funcionamento, o estado e alarmes. Envio de mensagens e s em caso de alarme Descrição Módulo de Telegestão Sob Encomenda Especial Válvula Rotativa para Caroço de Azeitona Osaka a 500Kw NOVIDADE Descrição Válvula Rotativa para Caroço de Azeitona Sob Encomenda Especial

15 Quioto 07 Caldeira Biomassa Industrial POTÊNCIAS: 65 a 2500 UTILIZAÇÃO: Aquecimento e/ou A.Q.S. COMBUSTÍVEIS: Pellets de Madeira; Casca de Amêndoa; Caroço de Azeitona; Bagaço de Azeitona; Estilha (Queimador Próprio). Características principais: Caldeira em aço de alta qualidade com passagens de fumos horizontais, limpeza manual do permutador e recolha manual de cinzas; Funcionamento simples e com baixo custo de manutenção; Funcionamento automático com quadro de controlo electrónico; Caldeira dividida em partes: base da caldeira com queimador, caldeira e injector com tremonha de combustível; Pressão de serviço: bar; Queimador de biomassa e injector com sem-fim duplo para evitar retrocesso da chama por falha na alimentação eléctrica; Incluí sistema de inundação para uma maior segurança; Versão standard com queimador traseiro; Caixa de fumos com saída superior; Regulação com controle de todas a funções da caldeira, incluí programação para/arranca e visualização de todos os parâmetros de funcionamento; A regulação permite 2 modos de funcionamento do queimador: - Em ciclos ON/OFF por tempo; - Costante, regulado por velocidade variável do sem-fim; Amplas portas da câmara de combustão e do permutador, facilitam a sua limpeza e manutenção; Baixas emissões com o mínimo de impacto ambiental; Adaptável a qualquer depósito e sistema de transporte até ao silo instalado no alimentador sem-fim. QUEIMADOR* STANDARD TRASEIRO Queimador Estilha Traseiro QUEIMADOR* ESTILHA TRASEIRO Modelo Potência Utíl kcal/h Ligações Caldeira Industrial Quioto / Caldeira Industrial Quioto / Caldeira Industrial Quioto / Caldeira Industrial Quioto Caldeira Industrial Quioto / Caldeira Industrial Quioto / Caldeira Industrial Quioto / Caldeira Industrial Quioto Caldeira Industrial Quioto Caldeira Industrial Quioto Caldeira Industrial Quioto Caldeira Industrial Quioto Caldeira Industrial Quioto Caldeira Industrial Quioto Caldeira Industrial Quioto Sob Encomenda Especial * Disponível sob consulta queimador à esquerda ou à direita. Verificação de Funcionamento/arranque e activação da garantia incluída: É preciso efectuar uma marcação prévia com o Serviço de Assistência Técnica (SAT) Zantia, condicionada à disponibilidade do SAT. Para o SAT Zantia efectuar a verificação de funcionamento/arranque e activação da garantia é necessário: Ligação de combustível e de evacuação dos gases de exaustão completa e segundo a legislação em vigor; Ligações aos circuitos de A.Q.S e Aquecimento Central efectuadas.

16 08 Quioto Salto de combustível e válvula de inundação, para evitar o retorno da chama. Detalhe do Queimador/Injector Vista frontal Quadro de Controle ESQUEMA DE FUNCIONAMENTO E COMPONENTES : 1 - Câmara de combustão; 2 - Permutador de tubos horizontais; - Silo; 4 - Queimador; 5 - Salto do combustível de anti-retrocesso de chama; 6 - Caixa de Fumos, 7 - Portas amplas para limpeza e manutenção

17 Quioto 09 Dados Técnicos: Características Técnicas Uni. Quioto 65 Quioto 100 Quioto 150 Quioto Quioto 250 Quioto 25 Quioto 400 Quioto 500 Potência Útil Nominal Consumo Combustível* kcal/h kg/h 65,0 16, ,000 24, ,000 7,02 172,000 49, ,000 61, ,500 80, ,000 98, ,000 12,79 Rendimento Temperatura de gases % Peso Volume de água no corpo kg litros Diâmetro saída de fumos Pressão de trabalho máxima bar Temperatura Máxima de trabalho Temperatura Mínima de Retorno Depressão Ligações Alimentação eléctrica Potência eléctrica instalada Impulsão Retorno Sem Acendimento Auto Com Acendimento Auto Pa V/Hz 0 1 1/2" 1 1/2" 20/50 0,54 0, 0 2" 2" 20/50 0,54 0, 0 2" 2" 20/50 0,74 1, /2" 2 1/2" 20/50 0,74 1,10 0 DN 65 DN 65 20/50 0,74 1,10 0 DN 80 DN 80 20/50 0,54 0, 0 DN 80 DN 80 20/50 0,74 1,10 0 DN 80 DN 80 20/50 0,74 1,10 *(PCI 4100 kcal/kg, humidade 10% Características Técnicas Potência Útil Nominal Consumo Combustível* Uni. kcal/h kg/h Quioto , ,06 Quioto , ,41 Quioto , ,76 Quioto , ,1 Quioto ,000 94,8 Quioto ,000 49,50 Quioto , , Rendimento Temperatura de gases % Peso Volume de água no corpo kg litros Diâmetro saída de fumos Pressão de trabalho máxima bar Temperatura Máxima de trabalho Temperatura Mínima de Retorno Depressão Ligações Alimentação eléctrica Potência eléctrica instalada Impulsão Retorno Sem Acendimento Auto Com Acendimento Auto Pa V/Hz 0 DN 100 DN /50 4,9 9,5 0 DN 100 DN /50 4,9 9,5 0 DN 100 DN /50 5,6 10,6 0 DN 125 DN /50 5,6 10,6 0 DN 150 DN /50 6 1,10 0 DN 150 DN /50 6,8 17,80 0 DN DN 20/50 6,8 17,80 *(PCI 4100 kcal/kg, humidade 10%

18 10 Quioto Dimensões (): SE Esquerda SC Central SS Standard SD Direita A caixa de fumos pode levar 4 saídas distintas para facilitar a ligação à chaminé, na hora da encomenda deve mencionar qual a saída desejada. Isto não afecta o preço final. B D Saída de Fumos Standard Saída de Fumos Opcional Queimador Standard Queimador Direito Opcional A Quioto 65 a 500: 100 Quioto 650 a 2500: 1800 C 1400 MODELO A B C D (Chaminé)

19 Quioto 11 Espaço necessário para a instalação: 65 a 500 QUEIMADOR POSTERIOR MODELO A () B () L1 () L2 () L () L4 () L5 () Nota: Sem extracção semi-automática de cinzas L2=L= Espaço necessário para a instalação: 650 a 2500 D A B C QUEIMADOR POSTERIOR E F MODELO A () B () C* () D** () E () F () * Pode-se reduzir a distância a 1 metro realizando-se uma abertura de 0,50 x 0,50 mts, perto do chão, para se poder remover o sem-fim em caso de avaria. ** Caso não leve a recolha de cinza pode-se reduzir a distância a 1 metro.

20 12 Quioto Ciclones para Recolha de Partículas + Extractor (Necessita do Quadro Automático PLC) NOVIDADE Descrição Ciclone + Extractor para Caldeira Quioto 65 Ciclone + Extractor para Caldeira Quioto 100 Ciclone + Extractor para Caldeira Quioto 150 Ciclone + Extractor para Caldeira Quioto Ciclone + Extractor para Caldeira Quioto 250 Ciclone + Extractor para Caldeira Quioto 25 Ciclone + Extractor para Caldeira Quioto 400 Ciclone + Extractor para Caldeira Quioto 500 Ciclone + Extractor para Caldeira Quioto 650 Ciclone + Extractor para Caldeira Quioto 800 Ciclone + Extractor para Caldeira Quioto 1000 Ciclone + Extractor para Caldeira Quioto 1 Ciclone + Extractor para Caldeira Quioto 1600 Quadro Automático PLC Ciclone + Extractor para Caldeira Quioto Ciclone + Extractor para Caldeira Quioto 2500 Sob Encomenda Especial Necessário para a instalação do Ciclone e também para o Módulo de Telegestão. Permite uma combustão modulante (PID) NOVIDADE Descrição Quadro Automático PLC para Caldeira Quioto 65, 100 e 150 Quadro Automático PLC para Caldeira Quioto e 250 Quadro Automático PLC para Caldeira Quioto 25, 400 e 500 Quadro Automático PLC para Caldeira Quioto 650 e 800 Quadro Automático PLC para Caldeira Quioto 1000 e 1 Quadro Automático PLC para Caldeira Quioto 1600 e 0 Display Touch Quadro Automático PLC para Caldeira Quioto 2500 Sob Encomenda Especial

21 Quioto 1 Kit para Recolha de Cinzas NOVIDADE Descrição Kit para Recolha de Cinzas para Caldeira Quioto 65 Kit para Recolha de Cinzas para Caldeira Quioto 100 e 150 Kit para Recolha de Cinzas para Caldeira Quioto e 250 Kit para Recolha de Cinzas para Caldeira Quioto 25, 400 e 500 Kit para Recolha de Cinzas para Caldeira Quioto 650 e 800 Kit para Recolha de Cinzas para Caldeira Quioto 1000 e 1 Kit para Recolha de Cinzas para Caldeira Quioto 1600 Kit para Recolha de Cinzas para Caldeira Quioto 0 e 2500 Sob Encomenda Especial Módulo de Telegestão (Necessita do Quadro Automático PLC) CARACTERÍSTICAS: Possibilidade de ligação em duas direcções: COMPUTADOR > CALDEIRA ou Vice-versa. Possibilidade de personalização da instalação, circuitos hidráulicos, silos (incluindo controlo de peso e rendimento da caldeira em função do consumo). Trabalho com base de dados. Disponível para todos os sistemas móveis (Iphone, Android, Windows-Phone, Symbian, Blackberry, etc) é possível aceder à caldeira através destes sistemas móveis, podendo alterar as configurações, as horas de funcionamento, o estado e alarmes. Envio de mensagens e s em caso de alarme. Descrição Módulo de Telegestão Sob Encomenda Especial

22 14 Silos e Complementos Silos metálicos para exterior chapa galvanizada Silos metálicos fabricados em aço galvanizado ondulado, de elevada qualidade e durabilidade. Capacidades disponíveis de 2,8 a 24 toneladas. Modelo Altura cm Diâmetro cm Capacidade Toneladas m Silo Galvanizado 1800/2 Biomassa ,78 4, Silo Galvanizado 1800/4 Biomassa ,8 6, Silo Galvanizado 1800/5 Biomassa ,59 9, Silo Galvanizado 1800/7 Biomassa ,58 11, Silo Galvanizado 1800/9 Biomassa ,18 14, Silo Galvanizado 2100/4 Biomassa ,00 6, Silo Galvanizado 2100/6 Biomassa ,08 9, Silo Galvanizado 2100/8 Biomassa ,16 12, Silo Galvanizado 2100/10 Biomassa ,2 15, Silo Galvanizado 2100/12 Biomassa ,1 18, Silo Galvanizado /5 Biomassa ,02 7, Silo Galvanizado /7 Biomassa ,70 11, Silo Galvanizado /10 Biomassa ,6 15, Silo Galvanizado /1 Biomassa ,0 20, Silo Galvanizado /15 Biomassa ,70 24, Silo Galvanizado 20/7 Biomassa ,00 10, Silo Galvanizado 20/10 Biomassa ,28 15, Silo Galvanizado 20/1 Biomassa , 20, Silo Galvanizado 20/16 Biomassa ,82 25, Silo Galvanizado 20/20 Biomassa ,09 0, Silo Galvanizado 2800/8 Biomassa ,19 12, Silo Galvanizado 2800/12 Biomassa ,14 16, Silo Galvanizado 2800/16 Biomassa ,09 24, Silo Galvanizado 2800/20 Biomassa ,05 0, Silo Galvanizado 2800/24 Biomassa ,00 6,9 Sob encomenda especial

23 Silos e Complementos 15 Silos flexíveis para interior CARACTERÍSTICAS: Silos flexíveis fabricados em poliéster de alta resistência e durabilidade com cobertura superior filtrante, com boca de enchimento superior e boca de saída central inferior. Tempo aproximado de montagem: 2 horas O seu tecido especial evita as condensações inclusive com grandes variações de temperatura. Não precisa de manutenção. Não é necessário proteger dos raios UV Modelo Silo Flexível 100/15 Biomassa Silo Flexível HP 1600/21 Biomassa Silo Flexível 10/29 Biomassa Silo Flexível 2/6 Biomassa Silo Flexível 2500/44 Biomassa Silo Flexível 20/5 Biomassa Lado x Lado cm Altura cm Capacidade Toneladas 1,50 2,10 2,,60 4,40 5,0 m 1,87 2,62,62 4,50 5,50 6,62 Tamanho superiores sob encomenda especial, consulte o nosso departamento técnico Sob encomenda especial Agitador rotativo para estilha Transporte do silo à caldeira O AGITADOR ROTATIVO É COMPOSTO POR: - Sem-fim com 6 metros de comprimento e 125 de diâmetro, com motoredutor (tubo exterior e interior); - Bandeja de alimentação em aço elástico, ancorada sobre o tambor e accionada pelo motoredutor; - Estrutura de suporte para instalar sobre superfície plana de betão. Silo com agitador rotativo Descrição Transporte de silo de estilhas com agitador Transporte de silo à caldeira, primeiros metros com motoredutor Metro adicional de transporte do silo à caldeira O kit agitador não incluí a superfície de transporte à caldeira Sob encomenda especial

24 16 Silos e Complementos Transporte de Combustível (Silo para a Caldeira) NOVIDADE Este sistema permite um abastecimento automático da caldeira, interligado com o silo, uma solução cómoda e eficiente. NOTA: Comprimento Máximo 15Mts TUBO DE Ø Recomendado para pellet, caroço de azeitona (combustível de alta densidade) OS PRIMEIROS 6 METROS INCLUEM: Descrição Primeiros 6 metros para transporte de biomassa, Ø Módulo metros adicional, Ø Módulo curvo adicional metros x 45º, Ø - Bandeja - Motor 0,7 cv Monofásico - 1 tubo recto de m x Ø - 2 curvas de 1,5 m x Ø / 45º - Acessórios de sucção - Espiral 6 m x 75 Ø TUBO DE Ø125 Recomendado para casca de amêndoa (combustível de baixa densidade) Controlo de Nível (para silos) Primeiros 6 metros para transporte de biomassa, Ø125 Módulo metros adicional, Ø125 Módulo curvo adicional metros x 45º, Ø125 BANDEJA DUPLA Para alimentar 2 caldeiras com 1 silo, ou por segurança para alimentar uma caldeira com 2 senfins, 1 em reserva para o caso de avaria Bandeja Dupla Ø Bandeja Dupla Ø125 Sob encomenda especial ON/OFF - Bandeja - Motor 1,5 cv Trifásico - 1 tubo recto de m x 125 Ø - 2 curvas de 1,5 m x 125 Ø / 45º - Acessórios de sucção - Espiral 6 m x 75 Ø CONTROLO PARA NÍVEL DE CARGA DE SILOS: Quando existem dois silos, o principal e um intermédio, acciona o sistema de transporte do silo principal para o intermédio para manter o nível de enchimento do silo intermédio. Sondas Capacitivas Quadro Control Descrição Caixa de controlo de nível para silos + sondas Incluí: quadro e sondas Sob encomenda especial Controlo de Peso e Consumo (para silos) Controlo de Peso e Consumo (para silos) Principais Características: - Controla a carga de combustível do alimentador de biomassa. - Controla o consumo de combustível e autonomia. - Com o sistema de telegestão, este sistema de controlo de peso, unido a um contador de caudal de impulsos, permite obter o rendimento instantâneo da caldeira, e acompanhar o consumo para repor combustível. NOVIDADE Caixa de Somas Incluí: 4 células de carga e caixa de controlo. Células de Carga Descrição Controlo de peso e consumo para silos Sob encomenda especial

24 25 e 29 25 e 29 25 e 31 25 e 31 25 a 31 25 e 29. sim sim sim. não não sim. atmosférico. atmosférico. mural interior.

24 25 e 29 25 e 29 25 e 31 25 e 31 25 a 31 25 e 29. sim sim sim. não não sim. atmosférico. atmosférico. mural interior. a gás gama completa CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Tipo de Equipamento Potência (kw) Tipo de Combustível Aquecimento (alta temperatura) Aquecimento (baixa temperatura) AQS Instantânea AQS Acumulação Incorporada

Leia mais

Economy Standard Comfort. Perda térmica (W/K) 2,38 2,72 3,27 3,48 3,80 Perda térmica (kwh/24h) (3) 2,28 2,61 3,14 3,34 3,64

Economy Standard Comfort. Perda térmica (W/K) 2,38 2,72 3,27 3,48 3,80 Perda térmica (kwh/24h) (3) 2,28 2,61 3,14 3,34 3,64 4 Informação técnica As seguintes tabelas e desenhos fornecem uma vista geral sobre as dimensões e os valores característicos mais importantes da SolvisMax Gás e da SolvisMax Gás Pur. 4.1 Volumes e perdas

Leia mais

geradores de ar quente soluções à sua medida

geradores de ar quente soluções à sua medida soluções à sua medida O gerador de ar quente é um equipamento que serve para fazer aquecimento de ar. Este ar pode ser impulsionado directamente para a divisão a aquecer ou canalizado por um sistema de

Leia mais

Caldeiras a Gasóleo. beleza e eficiência

Caldeiras a Gasóleo. beleza e eficiência beleza e eficiência Gama completa grupos térmicos Berlin Essen Bremen Bremen SR Bremen Digital CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Tipo de Equipamento grupo térmico grupo térmico grupo térmico grupo térmico grupo

Leia mais

aquecimento ecológico BIOMASSA a natureza em casa www.hiperclima.pt

aquecimento ecológico BIOMASSA a natureza em casa www.hiperclima.pt aquecimento ecológico BIOMASSA a natureza em casa www.hiperclima.pt BIOMASSA PORQUÊ FÉRROLI? REFERENCIA MUNDIAL Somos uma referência a nível mundial no desenvolvimento de soluções de climatização tanto

Leia mais

CALDEIRAS Winter 2015

CALDEIRAS Winter 2015 CALDEIRAS 2015 Winter 2 ÍNDICE 06 08 10 14 30 42 58 Visão Ecológica As Florestas Europeias Compromisso Solzaima Caldeiras Automáticas Pellets Caldeiras Compactas Pellets Caldeiras Lenha Quadro Resumo 3

Leia mais

CATÁLOGO AQUECIMENTO SECÇÃO: AQUECIMENTO A GASÓLEO E SEUS ACESSÓRIOS

CATÁLOGO AQUECIMENTO SECÇÃO: AQUECIMENTO A GASÓLEO E SEUS ACESSÓRIOS CATÁLOGO AQUECIMENTO SECÇÃO: AQUECIMENTO A GASÓLEO E SEUS ACESSÓRIOS Torre de Mundão - Mundão - 3505-576 Viseu - Portugal Tel.: (+351) 232 440 061 - Fax: (+351) 232 440 063 Tlm: (+351) 917 570 415 - (+351)

Leia mais

ESQUENTADORES SENSOR GREEN

ESQUENTADORES SENSOR GREEN ESQUENTADORES SENSOR GREEN SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE Índice A eficiência na produção de água quente em grandes quantidades 03 Aplicações e Utilizações 05 Benefícios para o Instalador 06 Líder em Tecnologia

Leia mais

ALTO RENDIMENTO MODULÇÃO ELECTRONICA LIMPEZA AUTOMÁTICA 3 POTÊNCIAS: 9, 15 E 25 KW

ALTO RENDIMENTO MODULÇÃO ELECTRONICA LIMPEZA AUTOMÁTICA 3 POTÊNCIAS: 9, 15 E 25 KW ALTO RENDIMENTO MODULÇÃO ELECTRONICA LIMPEZA AUTOMÁTICA 3 POTÊNCIAS: 9, 15 E 25 KW Porquê eleger uma Caldeira BioClass? Domusa, líder Espanhol no fabrico de caldeiras de solo que utilizam combustíveis

Leia mais

Nova gama de caldeiras de condensação CERAPUR e CERAPUREXCELLENCE

Nova gama de caldeiras de condensação CERAPUR e CERAPUREXCELLENCE Nova gama de caldeiras de condensação CERAPUR e CERAPUREXCELLENCE Outubro 9 NOVA NOVA O que é a condensação? O conceito de condensação é muito simples; ao contrário das caldeiras convencionais que permitem

Leia mais

Conforto para a vida CERAPURSOLAR

Conforto para a vida CERAPURSOLAR CERAPURSOLAR Sistema integrado de alta eficiência adaptável a painéis solares para produção de água quente sanitária e aquecimento Setembro 200 Conforto para a vida Caldeira mural de condensação + sistema

Leia mais

Série CAD HE MINI NOVIDADE CAD HE MINI. Recuperadores de calor

Série CAD HE MINI NOVIDADE CAD HE MINI. Recuperadores de calor RECUPERADORES DE CALOR DE CONTRA-FLUXO DE ALTO RENDIMENTO Série NOVIDADE com permutador de contra-fluxo de alto rendimento (até 92%), montados em caixa de aço galvanizado plastificado de cor branca, de

Leia mais

CATÁLOGO TARIFA CALDEIRAS

CATÁLOGO TARIFA CALDEIRAS 411428_calderasPT_Dec10_03_Maquetación 1 14/12/2010 12:12 Página 1 EDIÇÃO JANEIRO 2010 CATÁLOGO TARIFA CALDEIRAS 411428_calderasPT_Dec10_03_Maquetación 1 14/12/2010 12:12 Página 2 SOMOS ESCOLHIDOS POR

Leia mais

Recuperadores de Energia RIS H/V...3.2. Recuperadores de Energia RECUP...3.6. Recuperadores de Energia RIS P...3.8

Recuperadores de Energia RIS H/V...3.2. Recuperadores de Energia RECUP...3.6. Recuperadores de Energia RIS P...3.8 Índice Recuperadores de Energia Recuperadores de Energia Recuperadores de Energia RIS H/V...3.2 Recuperadores de Energia RECUP...3.6 Recuperadores de Energia RIS P...3.8 Unidade de Fluxos Cruzados EBF...3.11

Leia mais

Soluções para ventilação e desenfumagem F400-120 (400º/2H) > caixas de ventilação

Soluções para ventilação e desenfumagem F400-120 (400º/2H) > caixas de ventilação Soluções para ventilação e desenfumagem F400-120 ventilação Défumair XTA caixa de desenfumagem à transmissão F400-120 vantagens Desempenhos optimizados. Modularidade: 4 versões possíveis. Construção monobloco.

Leia mais

Sistema solar. Porquê Vaillant? Para aproveitar toda a energia do sol na sua casa. aurostep plus 150, 250 e 350. Porque o futuro é

Sistema solar. Porquê Vaillant? Para aproveitar toda a energia do sol na sua casa. aurostep plus 150, 250 e 350. Porque o futuro é Sistema solar Porquê Vaillant? Para aproveitar toda a energia do sol na sua casa aurostep plus 50, e 350 Porque o futuro é aurostep plus simples e eficaz sistema solar aurostep plus O sistema aurostep

Leia mais

Mezzo Compensação. cozinhas. Hottes > hottes tradicionais grande conforto. descrição técnica. p. 926. hotte de cozinha tradicional Conforto.

Mezzo Compensação. cozinhas. Hottes > hottes tradicionais grande conforto. descrição técnica. p. 926. hotte de cozinha tradicional Conforto. Hottes > hottes tradicionais grande conforto cozinhas Mezzo Compensação hotte de cozinha tradicional Conforto vantagens Compensação integrada. Filtros de choque montados de série. Iluminação encastrada

Leia mais

1.1.2. Gama Platinum PLUS. Componentes opcionais GAMA PLATINUM. Caldeiras murais, de condensação, com painel digital BIOS PLUS (GRANDE POTÊNCIA)

1.1.2. Gama Platinum PLUS. Componentes opcionais GAMA PLATINUM. Caldeiras murais, de condensação, com painel digital BIOS PLUS (GRANDE POTÊNCIA) 1.1. Caldeiras murais a gás de condensação 1.1.2. Gama Platinum PLUS Componentes opcionais GAMA PLATINUM 140040385 Regulador climático programável THINK com cabos 145,00 140040437 Regulador climático programável

Leia mais

Pack Tempérys. Tempérys. Ventilação de conforto com regulação integrada > ventilação. caixas com bateria de aquecimento integrada e auto-regulada

Pack Tempérys. Tempérys. Ventilação de conforto com regulação integrada > ventilação. caixas com bateria de aquecimento integrada e auto-regulada ventilação Tempérys caixa de insuflação com revestimento duplo e bateria de aquecimento eléctrico Pack Tempérys caixa de insuflação + caixa de extracção com revestimento duplo, sistema de comando e de

Leia mais

CALDEIRAS MURAIS A GAS DOMÉSTICAS MODULOS TÉRMICOS CONDENSAÇÃO - ALTA POTÊNCIA

CALDEIRAS MURAIS A GAS DOMÉSTICAS MODULOS TÉRMICOS CONDENSAÇÃO - ALTA POTÊNCIA ÍNDICE CALDEIRAS MURAIS A GAS DOMÉSTICAS A1. CALDEIRAS STANDARD 1.1 TAURA D - Mista...05 1.2 NINFA - Só aquecimento...05 A2. CALDEIRAS SEMI-CONDENSAÇÃO 2.1 NINFA N LOW NOX - Mista...05 A3. CALDEIRAS CONDENSAÇÃO

Leia mais

Albicalor, Lda. Rua Comendador Martins Pereira 3850-089 Albergaria-a-Velha

Albicalor, Lda. Rua Comendador Martins Pereira 3850-089 Albergaria-a-Velha Para produzir a cerâmica Majolica são necessárias duas semanas. O resultado é um produto exclusivo que não desgasta e tem propriedades termo condutoras. As imperfeições minusculas, tais como as micro pepitas,

Leia mais

CALDEIRAS DE CONDENSAÇÃO A GÁS

CALDEIRAS DE CONDENSAÇÃO A GÁS CALDEIRAS DE CONDENSAÇÃO A GÁS EFICIÊNCIA, FIABILIDADE E TRANQUILIDADE Como funciona uma caldeira de condensação? Os gases de exaustão da caldeira passam através de um condensador, para recuperar o calor

Leia mais

a excelência do clima sistemas VRF

a excelência do clima sistemas VRF a excelência do clima VRF UNIDADES INTERIORES 5 MODELOS / 37 VERSÕES UNIDADES EXTERIORES 3 MODELOS / 36 VERSÕES Mural Cassette 4 vias Mini - VRF VRF VRF Plus Parede / Tecto Módulos Básicos Módulos Básicos

Leia mais

Tecnologia solar de alta eficiência para aquecimento de água

Tecnologia solar de alta eficiência para aquecimento de água [ Ar ] [ Água ] [ Terra ] Tecnologia Solar [ Buderus ] Tecnologia solar de alta eficiência para aquecimento de água Coletores Logasol Controladores Logamatic Estação Logasol Vasos de expansão Bomba circuladora

Leia mais

Geradoras de água quente ("caldeiras") Soluções eficientes e sustentáveis para aquecimento de água, geração de vapor e cogeração

Geradoras de água quente (caldeiras) Soluções eficientes e sustentáveis para aquecimento de água, geração de vapor e cogeração Geradoras Logano e controladores Logamatic 1 Geradoras de água quente ("caldeiras") Soluções eficientes e sustentáveis para aquecimento de água, geração de vapor e cogeração 2 Geradoras Logano e controladores

Leia mais

Sistemas de recuperação de águas pluviais

Sistemas de recuperação de águas pluviais Ambietel Tecnologias Ambientais, Lda UPTEC P.MAR Av. Liberdade, s/n 4450-718 Leça da Palmeira Telef: +351 225 096 087 Sistemas de recuperação de águas pluviais A água da chuva é um recurso natural que

Leia mais

VIESMANN VITOSOLIC. Dados técnicos VITOSOLIC 100 VITOSOLIC 200. Controlador para sistemas de energia solar

VIESMANN VITOSOLIC. Dados técnicos VITOSOLIC 100 VITOSOLIC 200. Controlador para sistemas de energia solar VIESMANN VITOSOLIC Controlador para sistemas de energia solar Nº de referência e preços: ver lista de preços VITOSOLIC 100 Controlador electrónico por diferença de temperatura Para sistemas com produção

Leia mais

ecotec plus Vaillant, eficiência energética Caldeiras murais de condensação, mistas, instantâneas com microacumulação, e por acumulação exterior

ecotec plus Vaillant, eficiência energética Caldeiras murais de condensação, mistas, instantâneas com microacumulação, e por acumulação exterior Vaillant, eficiência energética ecotec plus Vaillant Group International GmbH Berghauser Str. 40 Germany 42859 Remscheid Phone: +49 2191 18-0 Fax: +49 2191 18 3090 info@vaillant-export.com www.vaillant-export.com

Leia mais

DE UTILIZAÇÃO PARA CONTABILIZAÇÃO DIRETA 258

DE UTILIZAÇÃO PARA CONTABILIZAÇÃO DIRETA 258 CAPÍTULO 8 CONTABILIZAÇÃO DE ENERGIA E DE CONSUMO HÍDRICO >CONTABILIZAÇÃO > INDIRETA (REPARTIDORES) 48 >MÓDULOS > DE UTILIZAÇÃO PARA CONTABILIZAÇÃO DIRETA 5 >SATÉLITES > DE UTILIZAÇÃO PARA CONTABILIZAÇÃO

Leia mais

ANALISADORES DE GASES

ANALISADORES DE GASES BGM BOMBA DE SUCÇÃO SÉRIE COMPACTA ANALISADORES DE GASES Descrição: Gera uma depressão no processo, succionando a amostra e criando a vazão exata para atender o tempo necessário de condicionamento do gás

Leia mais

INOVAÇÃO LG, O BEM-ESTAR INSTALA-SE EM SUA CASA

INOVAÇÃO LG, O BEM-ESTAR INSTALA-SE EM SUA CASA Re Re INOVAÇÃO LG, O BEM-ESTAR INSTALA-SE EM SUA CASA THERMA V, UMA SOLUÇÃO QUE VAI DE ENCONTRO ÀS EXPECTATIVAS DO PÚBLICO Grande parte dos portugueses possuem habitação própria. Em 2006, 85% do consumo

Leia mais

Sistemas de recuperação de águas pluviais

Sistemas de recuperação de águas pluviais Ambietel Tecnologias Ambientais, Lda UPTEC P.MAR Av. Liberdade, s/n 4450-718 Leça da Palmeira Telef: +351 225 096 087 Sistemas de recuperação de águas pluviais A água da chuva é um recurso natural que

Leia mais

Sistemas solares compactos Solar Easy AQS

Sistemas solares compactos Solar Easy AQS Solar Easy AQS Os sistemas SOLAR EASY AQS integram no mínimo espaço possível grupo hidráulico, vaso de expansão e central de regulação, totalmente ligados e cablados. A gama está composta por 14 sistemas

Leia mais

Índice SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE

Índice SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE TABELA DE PREÇOS SOLAR TÉRMICO OUTUBRO 2014 Índice Serviços de Apoio ao Cliente 03 Soluções Solares Vulcano e Exemplos de Princípios de Funcionamento 04 Sistema Compacto por Termossifão 06 Kits Termossifão

Leia mais

Rua da Indústria, 80-98 Lugar da Ribeira - Valongo 4440-230 Campo PORTUGAL Telefones: 224161040/1/2 Fax: 224152319 www.flucal.pt informa@flucal.

Rua da Indústria, 80-98 Lugar da Ribeira - Valongo 4440-230 Campo PORTUGAL Telefones: 224161040/1/2 Fax: 224152319 www.flucal.pt informa@flucal. Caldeiras Fabricado em Portugal Made in Portugal Permutadores Autoclaves Cogeração Secadores Rua da Indústria, 80-98 Lugar da Ribeira - Valongo 4440-230 Campo PORTUGAL Telefones: 224161040/1/2 Fax: 224152319

Leia mais

conforto com estilo radiadores

conforto com estilo radiadores conforto com estilo CLASSIC Toalheiros planos Os toalheiros Classic caracterizam-se por apresentarem um design moderno e harmonioso, permitindo uma perfeita integração em qualquer ambiente. Construção

Leia mais

Rentabilizar o calor: Máxima potência, com conforto e economia

Rentabilizar o calor: Máxima potência, com conforto e economia Caldeiras de condensação a gás Gama de potências: 320 a 1.240 kw D Rentabilizar o calor: Máxima potência, com conforto e economia O calor é o nosso elemento Aproveitar a energia de forma eficiente: é o

Leia mais

ETAMAX. Unidade de tratamento de ar autónoma de elevada eficiência. versões. principais características. Feio & Comp

ETAMAX. Unidade de tratamento de ar autónoma de elevada eficiência. versões. principais características. Feio & Comp ETAMAX Unidade de tratamento de ar autónoma de elevada eficiência Caudais: 4.000-25.000 m 3 /h alta eficiência ETAMAX, são unidades de tratamento de ar novo de elevada eficiência do tipo compacto com circuito

Leia mais

_ esquentadores solares a gás p.34. gama. solasis

_ esquentadores solares a gás p.34. gama. solasis _ esquentadores solares a gás p.34 gama solasis Esquentadores solares. Conforto com a máxima poupança. A Fagor, na sua constante busca de novas soluções que respeitem o ambiente, desenvolveu quatro modelos

Leia mais

PROMOÇÃO NOVA MÁQUINA DE PRENSAR RP-340 NOV A DE MÁQ UIN A DE PRE NSA R 1169.*- 1269.*- RP-340 C RP-340 B

PROMOÇÃO NOVA MÁQUINA DE PRENSAR RP-340 NOV A DE MÁQ UIN A DE PRE NSA R 1169.*- 1269.*- RP-340 C RP-340 B 2014 Preços válidos de 01/02/2014 até 31/12/2014* PROMOÇÃO NOVA MÁQUINA DE PRENSAR RP-340 0 4-3 RP NOV A DE MÁQ UIN A DE PRE NSA R Capacidade: 10-108mm Cabeça/matriz giratória 270º Pressão de prensagem:

Leia mais

Soluções Biomassa. Recuperadores de calor ventilados a lenha. Recuperadores de calor ventilados a pellets. Recuperadores de calor a água a lenha

Soluções Biomassa. Recuperadores de calor ventilados a lenha. Recuperadores de calor ventilados a pellets. Recuperadores de calor a água a lenha Soluções Biomassa Recuperadores de calor ventilados a lenha Recuperadores de calor ventilados a pellets Recuperadores de calor a água a lenha Recuperadores de calor a água a pellets Salamandras ventiladas

Leia mais

WR 250/325-3 AM..E.. MODELO CATEGORIA 2H3+ TIPO C 12, C 32 W R 325-3 A M 1 E 23 31

WR 250/325-3 AM..E.. MODELO CATEGORIA 2H3+ TIPO C 12, C 32 W R 325-3 A M 1 E 23 31 6 720 605 413 PT 2000.01 Instruções de Instalação e Manuseamento Esquentadores Estanques a Gás WR 250-3 AM..E.. WR 325-3 AM..E.. Com ignição electrónica, câmara de combustão estanque e extracção forçada

Leia mais

ENERGIA SOLAR NÃO É UM CUSTO. É UM BOM INVESTIMENTO.

ENERGIA SOLAR NÃO É UM CUSTO. É UM BOM INVESTIMENTO. AQUECIMENTO 15 ENERGIA SOLAR NÃO É UM CUSTO. É UM BOM INVESTIMENTO. LOJA ONLINE DISPONÍVEL NA PÁGINA WEB WWW.SINUTA4SUN.PT PRODUTOS CHAVE NA MÃO POSSIBILIDADE :VARIEDADE DE DE PRODUTOS: COMPRA COM UMA

Leia mais

CALDEIRAS MURAIS CONVENCIONAIS CONDENSAÇÃO

CALDEIRAS MURAIS CONVENCIONAIS CONDENSAÇÃO CALDEIRAS MURAIS CONVENCIONAIS CONDENSAÇÃO S O L U Ç Õ E S D E Á G U A Q U E N T E Índice CALDEIRAS MURAIS. Soluções integrais inovadoras para A.Q.S. e Aquecimento Soluções integrais inovadoras para A.Q.S.

Leia mais

JUNHO 2012 SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE

JUNHO 2012 SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE TABELA DE PREÇOS SOLAR TÉRMICO JUNHO 2012 SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE Índice Serviços de Apoio ao Cliente 03 Soluções Solares Vulcano e Exemplos de Princípios de Funcionamento 04 Sistema Compacto por Termossifão

Leia mais

Tabela 2014. Porque o futuro é. Aquecimento Água Quente Ar Condicionado Energias Renováveis. Edição Dezembro 2014 Preços sem I.V.A.

Tabela 2014. Porque o futuro é. Aquecimento Água Quente Ar Condicionado Energias Renováveis. Edição Dezembro 2014 Preços sem I.V.A. Tabela 2014 Edição Dezembro 2014 Preços sem I.V.A. Aquecimento Água Quente Ar Condicionado Energias Renováveis Porque o futuro é Índice Índice GUIA RÁPIDO CALDEIRAS A GÁS ALTA POTÊNCIA Caldeiras de condensação

Leia mais

Megabloc Manual Técnico

Megabloc Manual Técnico Bomba Padronizada Monobloco Manual Técnico Ficha técnica Manual Técnico Todos os direitos reservados. Os conteúdos não podem ser divulgados, reproduzidos, editados nem transmitidos a terceiros sem autorização

Leia mais

RECUPERADORES DE CALOR DE FLUXO CRUZADO Série CADB/T-N F7+F7

RECUPERADORES DE CALOR DE FLUXO CRUZADO Série CADB/T-N F7+F7 Recuperadores de calor, com permutador de fluxos cruzados, certificado por EUROVENT, montados em caixas de aço galvanizado plastificado de cor branca, duplo painel com isolamento interior termoacústico

Leia mais

ÁGUA WATER EAU ELECTRICIDADE ELECTRICITY ÉLECTRICITÉ SOLAR SOLAR SOLAIRE GÁS GAZ GAZ. biomass biomasse CATÁLOGO BIOMASSA

ÁGUA WATER EAU ELECTRICIDADE ELECTRICITY ÉLECTRICITÉ SOLAR SOLAR SOLAIRE GÁS GAZ GAZ. biomass biomasse CATÁLOGO BIOMASSA ÁGUA WATER EAU ELECTRICIDADE ELECTRICITY ÉLECTRICITÉ GÁS GAZ GAZ SOLAR SOLAR SOLAIRE biomassa biomass biomasse ÍNDICE CAPÍTULO 01 03 SALAMANDRAS de PELLETS E RECUPERADORES DE CALOR BAXI CAPÍTULO 02 07

Leia mais

Dados de Grupo SERVIÇO PRP STANDBY. GAMA INDUSTRIAL Móvel Powered by HIMOINSA

Dados de Grupo SERVIÇO PRP STANDBY. GAMA INDUSTRIAL Móvel Powered by HIMOINSA D10 ÁGUA GELADA TRIFÁSICO 60 HZ NÃO CUMPRE EPA DIESEL Dados de Grupo SERVIÇO PRP STANDBY Potência kva 87 96 Potência kw 70 77 Regimen de funcionamento r.p.m. 1.800 Tensão standard V 480/277 Tensões disponiveis

Leia mais

O DIA-A-DIA FOI REINVENTADO Catálogo de Equipamentos a Gás da Galp Energia

O DIA-A-DIA FOI REINVENTADO Catálogo de Equipamentos a Gás da Galp Energia O DIA-A-DIA FOI REINVENTADO Catálogo de Equipamentos a Gás da Galp Energia REINVENTÁMOS EQUIPAMENTOS QUE FAZEM PARTE DO DIA-A-DIA A pensar no conforto dos Clientes, a Galp Energia reinventou equipamentos

Leia mais

Série 83400 Regulador eletrônico de pressão diferencial

Série 83400 Regulador eletrônico de pressão diferencial 83400 Regulador eletrônico de pressão diferencial Identifica a pressão diferencial requerida para atuar em filtros com pó Boa interferência de imunidade tal como na Diretiva EMC Usando operação dot matrix

Leia mais

CATEGORIA II 2H3+ TIPO B 11BS

CATEGORIA II 2H3+ TIPO B 11BS Instruções de instalação e manuseamento Caldeiras murais a gás BABYSTAR ZW 20-1 KD ZS 20-1 KD 6 720 605 452 PT 1999.12 Para sua segurança: Se cheirar a gás: - Não accione qualquer interruptor eléctrico.

Leia mais

Armário Outdoor com. Free Cooling ou Ar Condicionado. www.facemate.net

Armário Outdoor com. Free Cooling ou Ar Condicionado. www.facemate.net Armário Outdoor com Free Cooling ou Ar Condicionado NOTAS Os armários outdoor estão desenhados para instalação em ambientes de exterior sujeitos a condições de chuva, vento, calor ou radiação solar. O

Leia mais

Tecnologia dos Esquentadores Termostáticos. Outras soluções para aquecimento de água

Tecnologia dos Esquentadores Termostáticos. Outras soluções para aquecimento de água Tecnologia dos Esquentadores Termostáticos. Outras soluções para aquecimento de água 2 ÍNDICE Grupo Bosch no Mundo Bosch Termotecnologia Tendências Produtos Vulcano 3 2. Bosch Termotecnologia 2.5. Centros

Leia mais

CADERNO TÉCNICO CONTROLO PARA SISTEMAS AVAC CADERNOS TÉCNICOS. Equipamento de

CADERNO TÉCNICO CONTROLO PARA SISTEMAS AVAC CADERNOS TÉCNICOS. Equipamento de CADERNO TÉCNICO Equipamento de CONTROLO PARA SISTEMAS AVAC CADERNOS TÉCNICOS Linha de controlo modular "SYSTEM 450" APENAS MÓDULOS PERMITEM CONTROLAR UTA's de vários tipos Unidades de expansão directa,

Leia mais

Equipamentos de queima em caldeiras

Equipamentos de queima em caldeiras Equipamentos de queima em caldeiras Notas das aulas da disciplina de EQUIPAMENTOS INDUSTRIAIS 1 Objectivo do sistema de queima 1. Transportar o combustível até ao local de queima 2. Proporcionar maior

Leia mais

FreziPUMP Com Sol, tenha Água!

FreziPUMP Com Sol, tenha Água! FreziPUMP Com Sol, tenha Água! A Frezite apresenta uma vasta gama de equipamentos para captação e gestão da água, o que permite escolher a melhor solução para o seu projeto. Apostamos em soluções autónomas

Leia mais

Catálogo Biomassa 2014 / 2015

Catálogo Biomassa 2014 / 2015 Catálogo Biomassa 2014 / 2015 Sanipower A Sanipower S.A., constituiu-se na base de um projecto Viana do Castelo sólido e seguro, que pretende explorar e conquistar a sua quota de mercado no comércio de

Leia mais

ENERGÍA SOLAR TÉRMICA JULHO 2015. Thermowatt soluções inteligentes para pessoas exigentes... www.thermowatt.pt

ENERGÍA SOLAR TÉRMICA JULHO 2015. Thermowatt soluções inteligentes para pessoas exigentes... www.thermowatt.pt www.thermowatt.pt JULHO 2015 Thermowatt soluções inteligentes para pessoas exigentes... 28 / Soluçoes em kit CIRCULAÇÃO FORÇADA INTERACUMULADOR COLECTOR MODELO * SERPENTINA DIMENSÕES ABERTURA CLASSE ErP

Leia mais

Instruções de instalação e de assistência técnica. Central de controlo solar. B-sol 300 6720613720-00.1 SD. 6720613744 (2007/04) pt

Instruções de instalação e de assistência técnica. Central de controlo solar. B-sol 300 6720613720-00.1 SD. 6720613744 (2007/04) pt Instruções de instalação e de assistência técnica Central de controlo solar -sol 300 pt 6720613720-00.1 SD Índice Índice 1 Instruções de segurança e esclarecimentos sobre os símbolos 5 1.1 Indicações gerais

Leia mais

Kits solares para águas quentes sanitárias

Kits solares para águas quentes sanitárias Kit SOLAR A-2.4 e A1-2.4 - AQS 200 lts 1 a 3 pessoas com 1 Permutador apoio com resistência eléctrica 1 x Colector solar selectivo de alto rendimento de 2.4 m 2 1 x Acumulador 200lts de 1 Permutador c/resistência

Leia mais

GT 120 CALDEIRAS EM FERRO FUNDIDO DE CHÃO A GASÓLEO/GÁS EXTREMAMENTE SILENCIOSAS PERFORMANCES ELEVADAS SOLUÇÕES E CONFORTO PERSONALIZADOS

GT 120 CALDEIRAS EM FERRO FUNDIDO DE CHÃO A GASÓLEO/GÁS EXTREMAMENTE SILENCIOSAS PERFORMANCES ELEVADAS SOLUÇÕES E CONFORTO PERSONALIZADOS GT 120 CALDEIRAS EM FERRO FUNDIDO DE CHÃO A GASÓLEO/GÁS EXTREMAMENTE SILENCIOSAS PERFORMANCES ELEVADAS SOLUÇÕES E CONFORTO PERSONALIZADOS FORNECE A QUALIDADE DE UM SISTEMA INTEGRADO PERFEIÇÃO DE TODAS

Leia mais

Gasóleo. Para Profissionais. Catálogo Geral de Aquecimento Central. Gás. maio 2013. Conforto para a vida

Gasóleo. Para Profissionais. Catálogo Geral de Aquecimento Central. Gás. maio 2013. Conforto para a vida Catálogo Geral de Aquecimento Central Gasóleo Gás Para Profissionais maio 0 Conforto para a vida Eficiênciaenergética Condensação Gasóleo Caldeiras murais Gás Caldeiras de chão Porquê Junkers A Junkers

Leia mais

Instruções de instalação e de manutenção

Instruções de instalação e de manutenção Instruções de instalação e de manutenção Caldeira especial de aquecimento a gasóleo/gás 6 70 65 6-00.SL Caldeira de aquecimento em aço Logano SK645 / SK745 Para técnicos especializados Leia atentamente

Leia mais

Equipamentos primários. L. Roriz

Equipamentos primários. L. Roriz Equipamentos primários L. Roriz Unidades de Arrefecimento Unidades de Arrefecimento de Ar Unidades Produtoras de Água Refrigerada Sistemas de compressão de vapor Sistemas de expansão directa Sistemas utilizando

Leia mais

BOMBAS DE CALOR PARA A.Q.S. AQUASMART AQUASMART SPLIT SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE

BOMBAS DE CALOR PARA A.Q.S. AQUASMART AQUASMART SPLIT SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE BOMBAS DE CALOR PARA A.Q.S. AQUASMART AQUASMART SPLIT SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE Índice Bombas de Calor para A.Q.S. Um novo grau de eficiência Sistemas eficientes de aquecimento de águas 03 Serviços de Apoio

Leia mais

Versão: 00 Data: 10/2012 Codigo Manual: 1

Versão: 00 Data: 10/2012 Codigo Manual: 1 1 ÍNDICE ÍNDICE... 2 1. PERMISSAS... 3 1.1 LÍNGUA OFICIAL DO MANUAL... 3 1.2 SIMBOLOGIA UTILIZADA NO MANUAL... 3 1.3 INTRODUÇÃO.... 3 1.4 CONSELHOS ÚTEIS... 3 2. SEGURANÇA... 4 2.1 DESCRIÇÃO DOS SÍMBOLOS

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DE USO E MANUTENÇÃO DO UTILIZADOR

MANUAL DE INSTRUÇÕES DE USO E MANUTENÇÃO DO UTILIZADOR MANUAL DE INSTRUÇÕES DE USO E MANUTENÇÃO DO UTILIZADOR Nota: O presente documento não dispensa a consulta das instruções técnicas do fabricante. Ao autor reserva-se o direito da realização de todas e quaisquer

Leia mais

Sistemas de Aquecimento a Biomassa Lenha Pellets

Sistemas de Aquecimento a Biomassa Lenha Pellets Sistemas de Aquecimento a Biomassa Lenha Pellets 2 06 10 18 28 38 44 Recuperadores de Calor a Pellets Estufas a Pellets de ar quente Estufas a Pellets hidro Caldeiras a Pellets Caldeiras a Lenha Recuperadores

Leia mais

CATÁLOGO DAS MÁQUINAS DE PRESSÃO ÁGUA FRIA E QUENTE

CATÁLOGO DAS MÁQUINAS DE PRESSÃO ÁGUA FRIA E QUENTE CATÁLOGO DAS MÁQUINAS DE PRESSÃO ÁGUA FRIA E QUENTE K2195 / 2175 TS KRANZLE Máquinas profissionais monofásicas de água fria. Com bomba profissional de baixa rotação, lanças de jato regulável e rotativa

Leia mais

Lista de verificações para a manutenção de caldeiras de condensação murais a gás e caldeiras de condensação compactas a gás

Lista de verificações para a manutenção de caldeiras de condensação murais a gás e caldeiras de condensação compactas a gás Lista de verificações para a manutenção de caldeiras de condensação murais a gás e caldeiras de condensação compactas a gás A partir da data de fornecimento, Outubro de 2012, é assegurada uma garantia

Leia mais

Caldeiras Biomassa. Lista de Preços válida em 2014 e 2015. Caldeiras a Lenha Caldeiras a Pellet Caldeiras Mistas EN 303.5. www.enrepo.

Caldeiras Biomassa. Lista de Preços válida em 2014 e 2015. Caldeiras a Lenha Caldeiras a Pellet Caldeiras Mistas EN 303.5. www.enrepo. Caldeiras Biomassa Lista de s válida em 2014 e 2015 DIRECTVA 97/23 MÓDULO B1 Certificação em conformidade: EN 303.5 www.enrepo.com Caldeiras a Lenha Caldeiras a Pellet Caldeiras Mistas CALDEIRA DE COMBUSTÍVEL

Leia mais

Caldeiras. Notas das aulas da disciplina de INSTALAÇÕES E SERVIÇOS INDUSTRIAIS. Instalações e Serviços Industriais 1

Caldeiras. Notas das aulas da disciplina de INSTALAÇÕES E SERVIÇOS INDUSTRIAIS. Instalações e Serviços Industriais 1 Caldeiras Notas das aulas da disciplina de INSTALAÇÕES E SERVIÇOS INDUSTRIAIS Instalações e Serviços Industriais 1 Geradores com câmara de combustão Caldeiras Tipo de combustível sólido, líquido, gasoso,

Leia mais

Equipamentos Bosch para manutenção e reciclagem de sistemas de ar condicionado automotivo

Equipamentos Bosch para manutenção e reciclagem de sistemas de ar condicionado automotivo Equipamentos Bosch para manutenção e reciclagem de sistemas de ar condicionado automotivo Atendimento profissional e econômico para a linha de segurança e conforto. refrigerante, com verificação de vazamento

Leia mais

Peso [kg] Comprimento [mm] 1175 87 2017 8718530941 660 40 Logasol SKN 4.0 W CTE 2017 87 1175 8718530940 705

Peso [kg] Comprimento [mm] 1175 87 2017 8718530941 660 40 Logasol SKN 4.0 W CTE 2017 87 1175 8718530940 705 Painéis solares planos Modernidade, elegância e alto rendimento, renovação da gama baseada numa completa evolução, tanto das matérias primas como da tecnologia, com isso consegue-se reforçar um segmento

Leia mais

Sistemas Solares VELUX. Fevereiro 2009

Sistemas Solares VELUX. Fevereiro 2009 Sistemas Solares VELUX Fevereiro 2009 Racionalidade, benefícios e economia Porquê utilizar a energia solar? Racionalidade O sol produz uma quantidade de energia que nunca seremos capazes de consumir na

Leia mais

Outubro. esquentadores a gás

Outubro. esquentadores a gás 06 Outubro esquentadores a gás _ gama de modelos p.4 _ gama compact plus p.6 _ série imagin p.20 _ gama super compact p.24 _ gama solasis p.30 _ características, dimensões e códigos p.36 _ serviços confort

Leia mais

BrikStar CM. Prensa hidráulica de briquetagem D GB. Sempre uma idéia a frente

BrikStar CM. Prensa hidráulica de briquetagem D GB. Sempre uma idéia a frente BrikStar CM Prensa hidráulica de briquetagem Sempre uma idéia a frente D GB BrikStar Prensa hidráulica de briquetagem BrikStar CM BrikStar CM de 4 até 11 kw As prensas de briquetagem da série BrikStar

Leia mais

COLECTOR DE MÓDULOS PFM

COLECTOR DE MÓDULOS PFM DESCRIÇÃO DO PRODUTO Colector de módulos Plug & Flow (PFM) A montagem poderá ser efectuada tanto na horizontal como na vertical. Pode adquirir os respectivos sistemas de fixação para a elevação de diferentes

Leia mais

Dados de Grupo SERVIÇO PRP STANDBY. GAMA INDUSTRIAL Estático standard Powered by DOOSAN

Dados de Grupo SERVIÇO PRP STANDBY. GAMA INDUSTRIAL Estático standard Powered by DOOSAN K9 ÁGUA GELADA TRIFÁSICO 50 HZ NÃO CUMPRE 97/68/EC DIESEL Dados de Grupo SERVIÇO PRP STANDBY Potência kva 503 564 Potência kw 403 451 Regimen de funcionamento r.p.m. 1.500 Tensão standard V 400/230 Tensões

Leia mais

EFICIÊNCIA EM PROCESSOS DE COMBUSTÃO À GÁS. Apresentação Eng Wagner Branco wagnerbranco@zetecambiental.com.br

EFICIÊNCIA EM PROCESSOS DE COMBUSTÃO À GÁS. Apresentação Eng Wagner Branco wagnerbranco@zetecambiental.com.br EFICIÊNCIA EM PROCESSOS DE COMBUSTÃO À GÁS Apresentação Eng Wagner Branco wagnerbranco@zetecambiental.com.br Principais atividades da Zetec Tecnologia Ambiental Engenharia de Combustão Diagnósticos energéticos.

Leia mais

Gás refrigerante amigável a camada de ozônio HFC134a Chiller Centrífugo Hitachi NOVO. Série GXG-S Série GSG-S

Gás refrigerante amigável a camada de ozônio HFC134a Chiller Centrífugo Hitachi NOVO. Série GXG-S Série GSG-S Gás refrigerante amigável a camada de ozônio HFC134a Chiller Centrífugo Hitachi NOVO Série GXG-S Série GSG-S Chiller Centrífugo Novas Séries GXG-S e GSG-S A nova série de Chiller Centrífugo de Alta Eficiência

Leia mais

Colectores Premium da Schüco Qualidade, potência e design excepcional

Colectores Premium da Schüco Qualidade, potência e design excepcional Colectores Premium da Schüco Qualidade, potência e design excepcional 2 Schüco Colectores Premium Colectores Premium da Schüco a nova geração Desde a sua entrada no mercado, a Schüco tem vindo a impulsionar

Leia mais

CAMPANHA SOLAR 1/2015

CAMPANHA SOLAR 1/2015 CAMPANHA SOLAR 1/2015 TÉRMICO FOTOVOLTAICO Solar 2 Colectores Solares Painel Selectivo CPC ML 1840 Proteu Colector solar selectivo TiNOx Baixo valor de perdas térmicas Dimensões AxLxP [mm] Área útil [m2]

Leia mais

302.7D Mini-escavadora hidráulica

302.7D Mini-escavadora hidráulica 302.7D Mini-escavadora hidráulica Motor Potência líquida 15,2 kw 20,7 hp Potência bruta 17,9 kw 24,3 hp Peso Peso de transporte 2670 kg 5890 lb Dimensões compactas Danos reduzidos Confiança do operador

Leia mais

biomassa florestal calor, aquecimento e água quente www.silvaplus.com

biomassa florestal calor, aquecimento e água quente www.silvaplus.com biomassa florestal calor, aquecimento e água quente www.silvaplus.com A biomassa florestal As florestas portuguesas são constituídas por uma enorme variedade de espécies que apresentam poderes caloríficos

Leia mais

Conjunto gerador de hipoclorito de sódio

Conjunto gerador de hipoclorito de sódio Conjunto gerador de hipoclorito de sódio Modelo Clorotec 150 Manual de Operação e Instalação ISO 9001:2008 FM 601984 (BSI) Caro Cliente, Obrigado por escolher à Difiltro! Neste Manual você encontrará todas

Leia mais

Cli l m i ati t z i ação Soluções Eficientes

Cli l m i ati t z i ação Soluções Eficientes Climatização Soluções Eficientes Indíce 1 Energias Renováveis Aerotermia, Energia Solar 2 Eficiência Energética Tecnologias, Regulamento 3 Bombas de Calor Soluções 4 Ar condicionado Gamas, Sistemas 1 Energias

Leia mais

Pavimento Radiante - Aquecimento. Componentes para Instalação Tipo 2014

Pavimento Radiante - Aquecimento. Componentes para Instalação Tipo 2014 Pavimento Radiante - Aquecimento Componentes para Instalação Tipo 2014 by 1 Componentes para instalação tipo Esquema de instalação de distribuição por pavimento Exemplo com Sistema COVER RDZ e coletor

Leia mais

Instruções de montagem e operação EB 2046 PT. Limitador de Temperatura de Segurança (STL) com Termóstato de Segurança Tipo 2212

Instruções de montagem e operação EB 2046 PT. Limitador de Temperatura de Segurança (STL) com Termóstato de Segurança Tipo 2212 Limitador de Temperatura de Segurança (STL) com Termóstato de Segurança Tipo 2212 Termóstato de Segurança Tipo 2212 Instruções de montagem e operação EB 2046 PT Edição de Março de 2010 Índice Índice 1

Leia mais

R586. Grupo universal para caldeira

R586. Grupo universal para caldeira R586 Grupo universal para caldeira GIACOMINI (Portugal) Sistemas Sanitários e Climatização, Lda Rua de Martinhães, 263 4485-188 Gião VCD Vila do Conde - Portugal Tel.: 229 286 860 Fax : 229 286 863 e-mail:

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MONTA-AUTOS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MONTA-AUTOS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MONTA-AUTOS MODELOS MCH 1/8 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MONTA AUTOS APLICAÇÃO APLICAÇÃO Transporte vertical de veículos acompanhados do condutor, a cabina terá as dimensões adequadas

Leia mais

AR CONDICIONADO. 7 ramificações Ø6.35 ARBL107 Ø12.7. 10 ramificações Ø6.35 Ø9.52 ARBL1010 Ø12.7. 10 ramificações Ø6.35 ARBL2010 P.V.P.

AR CONDICIONADO. 7 ramificações Ø6.35 ARBL107 Ø12.7. 10 ramificações Ø6.35 Ø9.52 ARBL1010 Ø12.7. 10 ramificações Ø6.35 ARBL2010 P.V.P. LG quadriptico Multi V IMP 06/08/10 16:21 Page 1 AR CONDICIONADO 4. Selecção dos Colectores para o Multi V PLUS/SPACE Selecção dos colectores de acordo com os diâmetros de tubagem. Modelos Tubos de Gás

Leia mais

Soluções de água quente Junkers Esquentadores a gás, elétricos e termoacumuladores elétricos

Soluções de água quente Junkers Esquentadores a gás, elétricos e termoacumuladores elétricos Soluções de água quente Junkers Esquentadores a gás, elétricos e termoacumuladores elétricos Água Quente setembro 2013 Conforto para a vida Como selecionar um esquentador A Junkers coloca ao seu dispor

Leia mais

Dados do Grupo Gerador

Dados do Grupo Gerador K4 ÁGUA TRIFÁSICO 60 HZ FATOR DE POTÊNCIA DIESEL Dados do Grupo Gerador Volts Standby KVA Standby KW Prime KVA Prime KW Amp 220/127 70 56 60 48 157,5 380/220 60 48 55 44 83,6 440/254 70 56 60 48 78,7 480/277

Leia mais

VAPZ. Acessórios eléctricos. Acessórios

VAPZ. Acessórios eléctricos. Acessórios Controlo ECOWATT Elementos de controlo para sistemas de modelação dos caudais em instalações de ventilação de edifícios públicos, comerciais ou residenciais, que controla continuamente a velocidade dos

Leia mais

Dados de Grupo SERVIÇO PRP STANDBY. GAMA RENTAL Insonorizada Rental Powered by SCANIA

Dados de Grupo SERVIÇO PRP STANDBY. GAMA RENTAL Insonorizada Rental Powered by SCANIA H1R ÁGUA GELADA TRIFÁSICO 50 HZ STAGE 3A DIESEL Dados de Grupo SERVIÇO PRP STANDBY Potência kva 400 450 Potência kw 320 360 Regimen de funcionamento r.p.m. 1.500 Tensão standard V 400/230 Tensões disponiveis

Leia mais

Página 1 105166 HIDRAFLEX DN - 20 9,16 105010 BOMBA.CIRC.SHARK 6/53 103,61

Página 1 105166 HIDRAFLEX DN - 20 9,16 105010 BOMBA.CIRC.SHARK 6/53 103,61 Página 1 105020 ELECT.V.AGUA.1/2" N/A-220V 63,50 105022 ELECT.V.AGUA.3/4" N/A-220V 57,19 105018 ELECT.V.AGUA.1" N/A-220V 86,66 105021 ELECT.V.AGUA.1/2" N/F-220V 51,56 105023 ELECT.V.AGUA.3/4" N/F-220V

Leia mais