Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul

Save this PDF as:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul"

Transcrição

1 Comportamento do emprego formal na Indústria em Mato Grosso do Sul O emprego formal na Indústria sul-mato-grossense começou 2015 do mesmo modo que terminou 2014, com redução liquida de postos de trabalho. Em janeiro, o conjunto das atividades industriais (Indústria de transformação, Indústria da construção, Indústria extrativa e SIUP), apresentou saldo negativo de 382 vagas. Vale ressaltar que em todo o período de 2005 a 2015 esse foi o primeiro mês de janeiro com saldo negativo nas atividades industriais, sendo que a média para o mês, no intervalo indicado, é de 921 vagas abertas; Apesar do saldo negativo para o conjunto das atividades industriais, vale ressaltar que o quadro de demissões líquidas segue concentrado, basicamente, na Indústria da Construção, que foi responsável pelo fechamento de 805 vagas em janeiro.

2 Emprego formal acumulado em Janeiro - Saldo Segmentos Econômicos Desempenho sobre igual Variação % preíodo anterior Total - M ato Grosso do Sul queda -225,0 Indústria - Total queda -413,1 Indústria Extrativa Mineral 2 8 aumento 300,0 Indústria de Transformação queda -25,9 Serviços Industriais de Utilidade Pública aumento 113,0 Indústria da Construção queda -175,7 Comércio - Total queda -276,5 Comércio varejista queda -157,2 Comércio atacadista queda -14,7 Serviços - Total queda -138,3 Instituições de crédito, seguros e capitalização 5-42 queda -119,0 Com. e administração de imóveis, valores mobiliários, serv. técnico queda -120,7 Transportes e comunicações queda -186,8 Serviços de alojamento, alimentação, reparação, manutenção, redação queda -86,4 Serviços médicos, odontológicos e veterinários queda -20,2 Ensino estável - Administração Pública - Total -6 0 estável - Agropecuária - Total queda -24,0 Fonte: CAGED MTE.Elaboração: SFIEMS DICOR UNIEP Condição semelhante também ocorreu para o conjunto da economia estadual, com a redução liquida de vagas em janeiro de De modo semelhante à indústria, em todo o período de 2005 a 2015 esse foi o primeiro mês de janeiro com saldo negativo para o conjunto das atividades econômicas do estado, sendo que a média para o mês, no intervalo indicado, é de vagas abertas;

3 Total de trabalhadores nas atividades industriais e massa salarial em Posição em Janeiro / 2015 O conjunto das atividades industriais em encerrou janeiro de 2015 com um contingente de trabalhadores formalmente empregados, queda de 0,3% em relação a dezembro de Apesar do desempenho a Indústria segue respondendo pelo segundo maior contingente de trabalhadores formais empregados no estado, com participação de 20,9% sobre o total. Atrás somente do segmento de Serviços que emprega formalmente trabalhadores com participação equivalente a 28,6%.

4 Por fim, considerando o salário nominal médio na indústria estadual em 2015 de R$ 1.964,81 (estimado com base no salário nominal médio de 2013 obtido pela RAIS), a soma de todos os salários pagos aos industriários sul-mato-grossenses ao final do ano, alcançará o equivalente a R$ 3,14 bilhões.

5 Janeiro 2015: Detalhamento do desempenho da indústria estadual Saldo de contratações na indústria Janeiro 2015 Atividades industriais - Segundo a Classificação Nacional de Atividades econômicas (CNAE) Saldo Total -382 Distribuição de Energia Elétrica 127 Manutenção e Reparação de Máquinas e Equipamentos da Indústria Mecânica 96 Fabricação de Artefatos Têxteis para Uso Doméstico 74 Confecção de Peças do Vestuário, Exceto Roupas íntimas 67 Construção de Edifícios 63 Fabricação de Obras de Caldeiraria Pesada 56 Manutenção e Reparação de Tanques, Reservatórios Metálicos e Caldeiras, Exceto para Veículos 51 Fabricação de Máquinas e Equipamentos para as Indústrias de Celulose, Papel e Papelão e Artefatos 46 Montagem de Instalações Industriais e de Estruturas Metálicas 46 Serviços Especializados para Construção não Especificados Anteriormente 42 Coleta de Resíduos Não-Perigosos 41 Fabricação de Calçados de Materiais não Especificados Anteriormente 38 Extração de Pedra, Areia e Argila 37 Curtimento e Outras Preparações de Couro 37 Fabricação de Fogões, Refrigeradores e Máquinas de Lavar e Secar para Uso Doméstico 30 Obras de Acabamento 25 Instalação de Máquinas e Equipamentos Industriais 21 Fabricação de Celulose e Outras Pastas para a Fabricação de Papel 20 Fabricação de Laticínios 18 Instalações Hidráulicas, de Sistemas de Ventilação e Refrigeração 16 Demais atividades com saldo positivo - 84 no total 387 Fabricação de Conservas de Legumes e Outros Vegetais -15 Serviços de Catering, Bufê e Outros Serviços de Comida Preparada -16 Fabricação de Cabines, Carrocerias e Reboques para Veículos Automotores -17 Construção de Redes de Abastecimento de água, Coleta de Esgoto e Construções Correlatas -20 Fabricação de Produtos de Panificação -22 Fabricação de Produtos de Pastas Celulósicas, Papel, Cartolina, Papel-Cartão e Papelão Ondulado não Especificados Anteriormente -22 Extração de Minério de Ferro -23 Confecção de Roupas íntimas -23 Obras para Geração e Distribuição de Energia Elétrica e para Telecomunicações -31 Obras de Terraplenagem -37 Obras de Urbanização - Ruas, Praças e Calçadas -47 Abate de Suínos, Aves e Outros Pequenos Animais -60 Captação, Tratamento e Distribuição de água -61 Fabricação de álcool -128 Fabricação de Açúcar em Bruto -137 Construção de Rodovias e Ferrovias -214 Obras de Engenharia Civil não Especificadas Anteriormente -657 Demais atividades com saldo negativo - 60 no total -190 Fonte: Cadastro Geral de Empregados e Desempregados - CAGED / MTE. Elaboração: SFIEMS DICOR UNIEP

6 Em, dados do CAGED levantados segundo a Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE 2.0), para o mês de janeiro de 2015, apontam que ao todo 104 atividades industriais apresentaram saldo positivo de contratação, proporcionando a abertura de vagas. Entre as atividades industriais com saldo positivo de pelo menos 40 vagas, destacam-se: Distribuição de energia elétrica (+127), Manutenção e Reparação de Máquinas e Equipamentos da Indústria Mecânica (+96), Fabricação de Artefatos Têxteis para Uso Doméstico (+74), Confecção de Peças do Vestuário, Exceto Roupas íntimas (+67), Fabricação de Obras de Caldeiraria Pesada (+56), Manutenção e Reparação de Tanques, Reservatórios Metálicos e Caldeiras, Exceto para Veículos (+51), Fabricação de Máquinas e Equipamentos para as Indústrias de Celulose, Papel e Papelão e Artefatos (+46), Montagem de Instalações Industriais e de Estruturas Metálicas (+46), Serviços Especializados para Construção não Especificados Anteriormente (+42) e Coleta de Resíduos Não-Perigosos (+41). Por outro lado, no mesmo período, 77 atividades industriais apresentaram saldo negativo em Mato Grosso do Sul, proporcionando o fechamento de vagas. Entre as atividades industriais com saldo negativo de pelo menos 40 vagas, destacam-se: Obras de Engenharia Civil não Especificadas Anteriormente (-657), Construção de Rodovias e Ferrovias (-214), Fabricação de Açúcar em Bruto (-137), Fabricação de álcool (-128), Captação, Tratamento e Distribuição de água (-61), Abate de Suínos, Aves e Outros Pequenos Animais (-60) e Obras de Urbanização - Ruas, Praças e Calçadas (-47). Detalhamento por município Em relação aos municípios, constata-se que em 42 deles as atividades industriais registraram saldo positivo de contratação em janeiro de 2015, proporcionando a abertura de 699 vagas. Entre as cidades com saldo positivo de pelo menos 40 vagas, destacam-se: Angélica (+85), Nova Andradina (+80), Aparecida do Taboado (+76), Itaquiraí (+60), Corumbá (+57) e Naviraí (+55). Atividades que mais contribuíram nos municípios selecionados: Fabricação de Açúcar em Bruto, Fabricação de álcool, Manutenção e Reparação de Máquinas e Equipamentos da Indústria Mecânica, Construção de Edifícios, Abate de Suínos, Aves e Outros Pequenos Animais e Abate de Reses, Exceto Suínos. Por outro lado, no mesmo período, em 27 municípios as atividades industriais registraram saldo negativo, proporcionando a fechamento de vagas. Entre as cidades com saldo negativo de pelo menos 40 vagas, destacam-se: Três Lagoas (-483), Dourados (-110), Paranaíba (-68), Maracaju (-60), Bataguassu (-51) e Terenos (-42). Atividades que mais contribuíram nos municípios selecionados: Obras de Engenharia Civil não Especificadas Anteriormente, Construção de Rodovias e Ferrovias, Fabricação de álcool, Abate de Suínos, Aves e Outros Pequenos Animais, Obras de Urbanização - Ruas, Praças e Calçadas, Abate de Reses, Exceto Suínos e Fabricação de Açúcar em Bruto.

7 Saldo de contratações na indústria Janeiro 2015 Municípios e UF Saldo Atividades industriais com maiores saldos no município Angélica 85 Fabricação de Açúcar em Bruto ( +91 ) Nova Andradina 80 Fabricação de álcool ( +29 ); Manutenção e Reparação de Máquinas e Equipamentos da Indústria Mecânica ( +21 ); Abate de Reses, Exceto Suínos ( +16 ) e Curtimento e Outras Preparações de Couro ( +14 ) Aparecida do Taboado 76 Construção de Edifícios ( +44 ); Fabricação de Tênis de Qualquer Material ( +13 ); Construção de Rodovias e Ferrovias ( +13 ) e Fabricação de Brinquedos e Jogos Recreativos ( +10 ) Itaquiraí 60 Abate de Suínos, Aves e Outros Pequenos Animais ( +39 ) e Preparação do Leite ( +10 ) Corumbá 57 Manutenção e Reparação de Máquinas e Equipamentos da Indústria Mecânica ( +42 ) e Produção de Ferro-Gusa ( +12 ) Naviraí 55 Abate de Reses, Exceto Suínos ( +27 ) e Construção de Edifícios ( +12 ) Campo Grande 33 Distribuição de Energia Elétrica ( +74 ); Construção de Edifícios ( +65 ); Curtimento e Outras Preparações de Couro ( +29 ); Serviços Especializados para Construção não Especificados Anteriormente ( +27 ); Coleta de Resíduos Não-Perigosos ( +27 ) e Confecção de Peças do Vestuário, Exceto Roupas íntimas ( +24 ) Mundo Novo 27 Construção de Rodovias e Ferrovias ( +17 ) e Confecção de Peças do Vestuário, Exceto Roupas íntimas ( +13 ) Caarapó 23 Abate de Reses, Exceto Suínos ( +21 ) Bodoquena 21 Instalação de Máquinas e Equipamentos Industriais ( +15 ) e Serviços Especializados para Construção não Especificados Anteriormente ( +5 ) Inocência 18 Fabricação de Laticínios ( +19 ) Aquidauana 15 Fabricação de Produtos de Metal não Especificados Anteriormente ( +11 ) e Distribuição de Energia Elétrica ( +9 ) Coxim 15 Distribuição de Energia Elétrica ( +13 ) Demais municípios com saldo positivo (29 no total) Nova Alvorada do Sul -22 Fabricação de álcool ( -11 ) e Serviços de Catering, Bufê e Outros Serviços de Comida Preparada ( -8 ) Eldorado -25 Fabricação de Açúcar em Bruto ( -27 ) Fátima do Sul -26 Fabricação de álcool ( -28 ) Ponta Porã -26 Fabricação de álcool ( -25 ) Chapadão do Sul -30 Construção de Rodovias e Ferrovias ( -40 ) e Fabricação de álcool ( -14 ) Rio Brilhante -36 Fabricação de Açúcar em Bruto ( -109 ) e Construção de Rodovias e Ferrovias ( -35 ) Sidrolândia -37 Abate de Suínos, Aves e Outros Pequenos Animais ( -25 ) Terenos -42 Abate de Reses, Exceto Suínos ( -44 ) Bataguassu -51 Fabricação de Produtos de Pastas Celulósicas, Papel, Cartolina, Papel-Cartão e Papelão Ondulado não Especificados Anteriormente ( -21 ); Fabricação de Conservas de Legumes e Outros Vegetais ( -15 ) e Abate de Reses, Exceto Suínos ( -14 ) Maracaju -60 Fabricação de Açúcar em Bruto ( -87 ) Paranaíba -68 Obras de Urbanização - Ruas, Praças e Calçadas ( -50 ) e Abate de Reses, Exceto Suínos ( -23 ) Dourados -110 Fabricação de álcool ( -70 ); Abate de Suínos, Aves e Outros Pequenos Animais ( -69 ) e Construção de Rodovias e Ferrovias ( -29 ) Três Lagoas -483 Obras de Engenharia Civil não Especificadas Anteriormente ( -611 ); Construção de Rodovias e Ferrovias ( -61 ) e Construção de Edifícios ( -20 ) Demais municípios com saldo negativo (14 no total) Fonte: Cadastro Geral de Empregados e Desempregados - CAGED / MTE. Elaboração: SFIEMS DICOR UNIEP

8 Dados Complementares: Comparativo com os demais estados

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul Comportamento do emprego formal na Indústria em Mato Grosso do Sul Outubro registrou o oitavo mês consecutivo com redução de postos de trabalho na Indústria sul-matogrossense. No mês, o saldo negativo

Leia mais

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul Comportamento do emprego formal na Indústria em Mato Grosso do Sul O emprego formal na Indústria sul-mato-grossense encerrou mais um mês com redução liquida de postos de trabalho. Em abril, o conjunto

Leia mais

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul Comportamento do emprego formal na Indústria em Mato Grosso do Sul Dezembro 2016 A indústria estadual regularmente apresenta saldos negativos de contratação no último mês do ano. E esse comportamento se

Leia mais

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul Comportamento do emprego formal na Indústria em Mato Grosso do Sul Julho registrou o quinto mês consecutivo com redução de postos de trabalho na Indústria sul-matogrossense. No mês, o saldo negativo para

Leia mais

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul Comportamento do emprego formal na Indústria em Mato Grosso do Sul A indústria voltou a registrar saldo positivo na geração de empregos. Até o momento, em 2016, o saldo das contratações nas atividades

Leia mais

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul Comportamento do emprego formal na Indústria em Mato Grosso do Sul A indústria registrou mais um mês com saldo positivo na geração de empregos. Até o momento, em 2016, o saldo das contratações nas atividades

Leia mais

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul Comportamento do emprego formal na Indústria em Mato Grosso do Sul 2018 1) Abril 2018: Abertura de 223 postos de trabalho na indústria estadual. Resultado de 5.077 contratações e 4.854 demissões; Maiores

Leia mais

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul Comportamento do emprego formal na Indústria em Mato Grosso do Sul 2017 1) Setembro 2017: Fechamento de 185 postos de trabalho na indústria estadual. Resultado de 4.823 contratações e 5.008 demissões;

Leia mais

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul Comportamento do emprego formal na Indústria em Mato Grosso do Sul 2017 1) Julho 2017: Fechamento de 541 postos de trabalho na indústria estadual. Resultado de 4.613 contratações e 5.154 demissões; Maiores

Leia mais

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul Comportamento do emprego formal na Indústria em Mato Grosso do Sul 2018 1) Maio 2018: Fechamento de 140 postos de trabalho na indústria estadual. Resultado de 4.828 contratações e 4.968 demissões; Maiores

Leia mais

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul Comportamento do emprego formal na Indústria em Mato Grosso do Sul 2017 1) Outubro 2017: Fechamento de 584 postos de trabalho na indústria estadual. Resultado de 4.158 contratações e 4.742 demissões; Maiores

Leia mais

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul Comportamento do emprego formal na Indústria em Mato Grosso do Sul 2018 1) Março 2018: Abertura de 5 postos de trabalho na indústria estadual. Resultado de 4.852 contratações e 4.847 demissões; Maiores

Leia mais

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul Comportamento do emprego formal na Indústria em Mato Grosso do Sul O emprego formal na Indústria sul-mato-grossense encerrou mais um mês com redução liquida de postos de trabalho. Em maio, o conjunto das

Leia mais

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul Comportamento do emprego formal na Indústria em Mato Grosso do Sul O emprego formal na Indústria sul-mato-grossense apresentou pequena recuperação em fevereiro de 2015 com a abertura de 350 vagas. No acumulado

Leia mais

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul Comportamento do emprego formal na Indústria em Mato Grosso do Sul O emprego formal na Indústria sul-mato-grossense encerrou mais um mês com redução liquida de postos de trabalho. Em março, o conjunto

Leia mais

Produção Física - Subsetores Industriais Variação % em Relação ao Mesmo Mês do Ano Anterior

Produção Física - Subsetores Industriais Variação % em Relação ao Mesmo Mês do Ano Anterior Abate e fabricação de produtos de carne 4,3-3,7-7,1-3,8 0,5 2,0-0,9 4,9-11,8 2,4 4,5 5,2 Abate de reses, exceto suínos 1,1-9,2-9,2-10,0-7,3-6,0-4,3 4,9-19,6-1,8 5,7 10,0 Abate de suínos, aves e outros

Leia mais

Produção Física - Subsetores Industriais Variação % em Relação ao Mesmo Mês do Ano Anterior

Produção Física - Subsetores Industriais Variação % em Relação ao Mesmo Mês do Ano Anterior Abate e fabricação de produtos de carne -3,7 4,3-3,7-7,1-3,8 0,5 2,0-0,9 4,9-11,8 2,4 5,0 Abate de reses, exceto suínos 0,1 1,1-9,2-9,2-10,0-7,3-6,0-4,3 4,9-19,6-1,8 6,9 Abate de suínos, aves e outros

Leia mais

Produção Física - Subsetores Industriais Variação % em Relação ao Mesmo Mês do Ano Anterior

Produção Física - Subsetores Industriais Variação % em Relação ao Mesmo Mês do Ano Anterior Abate e fabricação de produtos de carne 12,2-19,0-0,9-1,6 0,7-1,3 1,1-1,5-7,8 2,5 7,6-2,5 1,9 Abate de reses, exceto suínos 27,7-10,5 10,3 6,6 10,1 7,2 8,7 4,6-4,7 3,8 10,3-4,7-1,2 Abate de suínos, aves

Leia mais

Produção Física - Subsetores Industriais Variação % em Relação ao Mesmo Mês do Ano Anterior

Produção Física - Subsetores Industriais Variação % em Relação ao Mesmo Mês do Ano Anterior Abate e fabricação de produtos de carne -7,1-3,8 0,5 2,0-0,9 4,9-11,8 2,5 4,7 5,4 1,1 5,7 Abate de reses, exceto suínos -9,2-10,0-7,3-6,0-4,3 5,0-19,7-1,6 6,1 11,3 3,4 6,2 Abate de suínos, aves e outros

Leia mais

Produção Física - Subsetores Industriais Variação % em Relação ao Mesmo Mês do Ano Anterior

Produção Física - Subsetores Industriais Variação % em Relação ao Mesmo Mês do Ano Anterior Abate e fabricação de produtos de carne 4,2 0,0 3,8-3,8-3,4 12,2-19,1 1,3-1,6 0,7-1,3 1,4-0,5 Abate de reses, exceto suínos 10,8 12,7 7,0-4,0 1,0 27,7-10,5 10,2 6,6 10,1 7,2 8,7 6,3 Abate de suínos, aves

Leia mais

EVOLUÇÃO DO EMPREGO NAS CONSTRUTORAS ESPECIALIZADAS EM SISTEMA PREDIAIS. 23 de maio de 2018

EVOLUÇÃO DO EMPREGO NAS CONSTRUTORAS ESPECIALIZADAS EM SISTEMA PREDIAIS. 23 de maio de 2018 EVOLUÇÃO DO EMPREGO NAS CONSTRUTORAS ESPECIALIZADAS EM SISTEMA PREDIAIS 23 de maio de 2018 Emprego nas atividades de Sistemas Prediais Atividades econômicas diretas no setor da construção Montagem de Instalações

Leia mais

Boletim Informativo. Emprego em Guarulhos: Fevereiro de 2015.

Boletim Informativo. Emprego em Guarulhos: Fevereiro de 2015. Boletim Informativo Emprego em Guarulhos: Fevereiro de 2015. Boletim Informativo - Emprego em Fevereiro de 2015 Diretoria Presidente Aarão Ruben de Oliveira Vice-Presidente Jorge Alberto Taiar Secretário

Leia mais

Ano V Nov./2017. Prof. Dr. Sergio Naruhiko Sakurai, Henrique Hott e Ingrid Nossack. Setor da Indústria tem o melhor desempenho na RARP e no Brasil

Ano V Nov./2017. Prof. Dr. Sergio Naruhiko Sakurai, Henrique Hott e Ingrid Nossack. Setor da Indústria tem o melhor desempenho na RARP e no Brasil Setor da Indústria tem o melhor desempenho na RARP e no Brasil Os dados de setembro do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) indicam criação líquida de vagas em âmbito nacional e nos municípios

Leia mais

Agropecuária cria vagas na RARP

Agropecuária cria vagas na RARP Comércio fecha vagas em Março de 2017 Os dados de Março de 2017 do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) indicam dificuldades do mercado de trabalho em nível nacional. Entre os municípios

Leia mais

EVOLUÇÃO DO EMPREGO NAS CONSTRUTORAS ESPECIALIZADAS EM SISTEMA PREDIAIS

EVOLUÇÃO DO EMPREGO NAS CONSTRUTORAS ESPECIALIZADAS EM SISTEMA PREDIAIS EVOLUÇÃO DO EMPREGO NAS CONSTRUTORAS ESPECIALIZADAS EM SISTEMA PREDIAIS 23 de maio de 2018 Emprego nas atividades de Sistemas Prediais Atividades econômicas diretas no setor da construção Montagem de Instalações

Leia mais

Características do Emprego Formal RAIS 2014 Principais Resultados: MATO GROSSO DO SUL

Características do Emprego Formal RAIS 2014 Principais Resultados: MATO GROSSO DO SUL MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO Características do Emprego Formal RAIS 2014 Principais Resultados: MATO GROSSO DO SUL O número de empregos formais no estado alcançou 653,6 mil em dezembro de 2014, representando

Leia mais

Vale do Aço. Fevereiro/2016

Vale do Aço. Fevereiro/2016 Fevereiro/2016 OBJETIVO Estruturar informações econômicas básicas sobre a caracterização da indústria mineira no Estado de Minas Gerais e em suas Regionais. Permitir ainda, uma análise comparativa da evolução

Leia mais

Mercado de Trabalho na Região Metropolitana de Campinas

Mercado de Trabalho na Região Metropolitana de Campinas Informativo Mensal Mercado de Trabalho na Região Metropolitana de Campinas Setembro / 2018 N o 2 Edição 1 /2018 PROFESSOR EXTENSIONISTA (): Profa. Dra. Eliane Navarro Rosandiski Destaques: 1. Em agosto

Leia mais

Características do Emprego Formal RAIS 2014 Principais Resultados: SANTA CATARINA

Características do Emprego Formal RAIS 2014 Principais Resultados: SANTA CATARINA MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO Características do Emprego Formal RAIS 2014 Principais Resultados: SANTA CATARINA O número de empregos formais no estado alcançou 2,274 milhões em dezembro de 2014, representando

Leia mais

B Indústrias extrativas Fabricação de produtos alimentícios

B Indústrias extrativas Fabricação de produtos alimentícios Tabela A.3.4.4. Número de doutores titulados no Brasil no período 1996-2006, empregados em 2008, por seção e divisão da Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) dos estabelecimentos empregadores

Leia mais

CADASTRO GERAL DE EMPREGADOS E DESEMPREGADOS (CAGED) Lei N. º 4.923/65 Sumário Executivo Dezembro de 2018

CADASTRO GERAL DE EMPREGADOS E DESEMPREGADOS (CAGED) Lei N. º 4.923/65 Sumário Executivo Dezembro de 2018 CADASTRO GERAL DE EMPREGADOS E DESEMPREGADOS (CAGED) Lei N. º 4.923/65 Sumário Executivo Dezembro de 2018 De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), o emprego formal no Brasil

Leia mais

GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS - AGOSTO/2018

GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS - AGOSTO/2018 GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS - AGOSTO/218 1. Brasil abre 11 mil vagas de empregos formais em Agosto O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) divulgou os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados

Leia mais

GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS - ABRIL/2015

GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS - ABRIL/2015 Saldo (Admissão - Desligamentos) Saldo (Admissão - Desligamentos) GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS - ABRIL/215 1. Geração de Empregos no Brasil - Mercado de Trabalho volta a Demitir O Ministério do Trabalho

Leia mais

GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS - DEZEMBRO/2017

GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS - DEZEMBRO/2017 Saldo de Emprego (admissão - desligamentos) GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS - DEZEMBRO/217 1. Brasil termina o ano de 217 com fechamento de Postos de Trabalho O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) divulgou

Leia mais

GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS - NOVEMBRO/2017

GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS - NOVEMBRO/2017 1. Brasil segue Gerando novos Empregos GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS - NOVEMBRO/217 O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) divulgou os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) do mês

Leia mais

Setor produtivo G08 - Metalurgia (3). Contém estabelecimentos. DESCRIÇÃO DO CNAE /99 Extração de outros minerais não-metálicos não

Setor produtivo G08 - Metalurgia (3). Contém estabelecimentos. DESCRIÇÃO DO CNAE /99 Extração de outros minerais não-metálicos não Setor produtivo G08 - Metalurgia (3). Contém 1393107 estabelecimentos. CNAE DESCRIÇÃO DO CNAE 0899-1/99 Extração de outros minerais não-metálicos não especificados anteriormente 1091-1/01 Fabricação de

Leia mais

TAIÓ. Relatório do Movimento Econômico. Representatividade Setorial

TAIÓ. Relatório do Movimento Econômico. Representatividade Setorial Representatividade Setorial 1 AGRICULTURA, PECUARIA E SERVICOS RELACIONADOS 2 FABRICACAO DE CELULOSE, PAPEL E PRODUTOS DE PAPEL 3 FABRICACAO DE PRODUTOS ALIMENTICIOS 4 COMERCIO VAREJISTA 5 COMERCIO POR

Leia mais

GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS - OUTUBRO/2017

GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS - OUTUBRO/2017 Saldo de Emprego (admissão - desligamentos) 1. Brasil segue Gerando novos Empregos GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS - OUTUBRO/217 O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) divulgou os dados do Cadastro Geral

Leia mais

Comércio fecha vagas no fim do ano de 2016

Comércio fecha vagas no fim do ano de 2016 Comércio fecha vagas no fim do ano de 2016 Os dados de Dezembro de 2016 do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) demonstram destruição de vagas em todas as regiões analisadas neste boletim.

Leia mais

Características do Emprego Formal RAIS 2014 Principais Resultados: CEARÁ

Características do Emprego Formal RAIS 2014 Principais Resultados: CEARÁ MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO Características do Emprego Formal RAIS 2014 Principais Resultados: CEARÁ O número de empregos formais no estado alcançou 1,552 milhão em dezembro de 2014, representando

Leia mais

A Mulher e a Participação no Mercado de Trabalho de Mato Grosso do Sul

A Mulher e a Participação no Mercado de Trabalho de Mato Grosso do Sul A Mulher e a Participação no Mercado de Trabalho de Mato Grosso do Sul O Sebrae/MS realizou um estudo sobre a Mulher e o Mercado de trabalho no MS, utilizando as seguintes fontes: Ministério do Trabalho

Leia mais

Comércio é o único setor que apresentou saldo positivo em âmbito nacional

Comércio é o único setor que apresentou saldo positivo em âmbito nacional Resultados de dezembro de 2017 confirmam recuperação do mercado de trabalho brasileiro frente a 2016 Os dados de dezembro de 2017 do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) indicam destruição

Leia mais

AGRONÔMICA. Relatório do Movimento Econômico. Representatividade Setorial

AGRONÔMICA. Relatório do Movimento Econômico. Representatividade Setorial Representatividade Setorial 1 AGRICULTURA, PECUARIA E SERVICOS RELACIONADOS 2 COMERCIO VAREJISTA 3 FABRICACAO DE MAQUINAS, APARELHOS E MATERIAIS ELETRICOS 4 TELECOMUNICACOES 5 ATIVIDADES DE SERVICOS FINANCEIROS

Leia mais

Outubro de 2013 IGP-M registra variação de 0,86% em outubro Índice Geral de Preços Mercado (IGP-M) IGP-M IGP-M

Outubro de 2013 IGP-M registra variação de 0,86% em outubro Índice Geral de Preços Mercado (IGP-M) IGP-M IGP-M IGP-M registra variação de 0,86% em outubro O Índice Geral de Preços Mercado (IGP-M) variou 0,86%, em outubro. Em setembro, o índice variou 1,50%. Em outubro de 2012, a variação foi de 0,02%. A variação

Leia mais

NOTAS CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DA TARIFA SOCIAL

NOTAS CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DA TARIFA SOCIAL MUNICÍPIOS: Anaurilândia / Aparecida do Taboado / Corumbá / Dois Irmãos do Buriti / Douradina / Figueirão / Iguatemi / Itaquiraí / Japorã / Ladário / Nova Alvorada do Sul / Novo Horizonte do Sul / Sete

Leia mais

MS Produtos Vida. MS Vida Corporate MS Vida Capital Global MS Vida PME MS Acidentes Pessoais

MS Produtos Vida. MS Vida Corporate MS Vida Capital Global MS Vida PME MS Acidentes Pessoais PRODUTOS VIDA MS Produtos Vida MS Vida Corporate MS Vida Capital Global MS Vida PME MS Acidentes Pessoais MS Vida Corporate Seguro de Vida em Grupo Grupos a partir de 501 vidas Idade para adesão entre

Leia mais

GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS - AGOSTO/ Brasil tem o quinto mês seguido de saldo positivo na criação de Empregos

GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS - AGOSTO/ Brasil tem o quinto mês seguido de saldo positivo na criação de Empregos Salo do Emprego (admissão - desligamentos) GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS - AGOSTO/217 1. Brasil tem o quinto mês seguido de saldo positivo na criação de Empregos O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE)

Leia mais

Emprego na Região Metropolitana de Campinas 1

Emprego na Região Metropolitana de Campinas 1 Emprego na Região Metropolitana de Campinas 1 Período: Março a Abril de PRINCIPAIS DESTAQUES Na RMC foram criados 10.646 novos postos de trabalho. O saldo de emprego acumulado em corresponde a 47% de todo

Leia mais

Emprego na Região Metropolitana de Campinas 1

Emprego na Região Metropolitana de Campinas 1 Emprego na Região Metropolitana de Campinas 1 Período: Julho e Agosto de PRINCIPAIS DESTAQUES Na RMC foram criados 9.563 novos postos de trabalho. O saldo de emprego acumulado atá agosto de já é 25% superior

Leia mais

MAPA DO EMPREGO. O perfil do trabalhador do Setor Terciário Total do Mato Grosso do Sul

MAPA DO EMPREGO. O perfil do trabalhador do Setor Terciário Total do Mato Grosso do Sul MAPA DO EMPREGO O perfil do trabalhador do Setor Terciário Total do Mato Grosso do Sul MAPA DO EMPREGO O principal objetivo do MAPA DO EMPREGO é traçar um perfil básico do trabalhador do setor terciário

Leia mais

O Comércio é o único setor que apresenta saldo positivo em novembro de Indústria apresenta grande volume de demissões

O Comércio é o único setor que apresenta saldo positivo em novembro de Indústria apresenta grande volume de demissões O Comércio é o único setor que apresenta saldo positivo em novembro de 2017 Os dados de novembro de 2017 do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) indicam destruição de vagas em âmbito nacional,

Leia mais

Indústria registra o pior desempenho na criação de emprego dos últimos 11 meses

Indústria registra o pior desempenho na criação de emprego dos últimos 11 meses Brasil acumula quinto saldo mensal positivo consecutivo na criação de empregos com carteira assinada Os dados de novembro de 2018 do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) indicam criação

Leia mais

Distribuição de estabelecimentos industriais

Distribuição de estabelecimentos industriais Indústria Distribuição de estabelecimentos industriais Estabelecimentos por UF Extrativa Transformação Construção Civil SIUP Total Part.% São Paulo 948 84.854 44.163 3.217 133.182 26,0 Minas Gerais 1.756

Leia mais

Comércio é o único setor a registrar novas contratações

Comércio é o único setor a registrar novas contratações Brasil registra demissões no mês de dezembro e fecha o ano de 2018 com criação de empregos formais Os dados de dezembro de 2018 do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) apontam destruição

Leia mais

GERAÇÃO DE VAGAS ATINGIU MAIS DA METADE DOS SUBSETORES NO 1º TRIMESTRE

GERAÇÃO DE VAGAS ATINGIU MAIS DA METADE DOS SUBSETORES NO 1º TRIMESTRE GERAÇÃO DE VAGAS ATINGIU MAIS DA METADE DOS SUBSETORES NO 1º TRIMESTRE Apesar do saldo agregado negativo nos três primeiros meses do ano, 13 dos 25 subsetores de atividade geraram postos formais de trabalho.

Leia mais

Planilha1 MÉDIAS ENEM POR MUNICÍPIO, ALUNOS CONCLUINTES DO ENSINO MÉDIO EM 2008 MATO GROSSO DO SUL

Planilha1 MÉDIAS ENEM POR MUNICÍPIO, ALUNOS CONCLUINTES DO ENSINO MÉDIO EM 2008 MATO GROSSO DO SUL MÉDIAS ENEM POR MUNICÍPIO, ALUNOS CONCLUINTES DO ENSINO MÉDIO EM 2008 MATO GROSSO DO SUL PROVA MÉDIA OBJETIVA MÉDIA ORDEM CIDADE MODALIDADE OBJETIVA GERAL COM GERAL C/ CORREÇÃO CORREÇÃO 1 DOURADOS EMR

Leia mais

Ano VI Abr./2018. Prof. Dr. Sergio Naruhiko Sakurai, Giulia Coelho e Ingrid Nossack

Ano VI Abr./2018. Prof. Dr. Sergio Naruhiko Sakurai, Giulia Coelho e Ingrid Nossack Índice de Confiança da Construção apresenta recuo e sugere menor otimismo no curto prazo Os dados de fevereiro de 2018 do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) indicam criação líquida de

Leia mais

RARP e municípios analisados destroem vagas em Junho de 2017

RARP e municípios analisados destroem vagas em Junho de 2017 Agropecuária é o único setor que contrata no Brasil, estado de São Paulo e RARP Os dados de Junho de 2017 do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) indicam criação líquida de vagas em âmbito

Leia mais

Brasil - Criação de emprego acumulado Jan-Out (CAGED)

Brasil - Criação de emprego acumulado Jan-Out (CAGED) Ano I Nov/ O boletim sse mês staca principalmente o resultado acumulado no ano, ou seja, a criação empregos janeiro a outubro comparando os anos a, com base nos dados do Cadastro Geral Empregados e Desempregados

Leia mais

GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS - MAIO/2017

GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS - MAIO/2017 Saldo (admissão - desligamentos) GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS - MAIO/217 1. Brasil tem o terceiro mês no ano com saldo positivo de Empregos O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) divulgou os dados do

Leia mais

GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS - JULHO/ Brasil tem o quarto mês seguido de saldo positivo na criação de Empregos

GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS - JULHO/ Brasil tem o quarto mês seguido de saldo positivo na criação de Empregos GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS - JULHO/217 1. Brasil tem o quarto mês seguido de saldo positivo na criação de Empregos O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) divulgou os dados do Cadastro Geral de Empregados

Leia mais

Comércio Exterior de Mato Grosso do Sul / Desempenho Industrial Julho 2016

Comércio Exterior de Mato Grosso do Sul / Desempenho Industrial Julho 2016 >> Exportações de produtos industriais Mato Grosso do Sul - Exportação de Produtos Industriais (Receita - US$) Grupos de Produtos Industriais Julho Janeiro a Julho 2015 2016 Var. % 2015 2016 Var. % Celulose

Leia mais

Setor produtivo G03 - Borracha e Plástico. Contém estabelecimentos. DESCRIÇÃO DO CNAE /01 Confecção de roupas profissionais, exceto sob

Setor produtivo G03 - Borracha e Plástico. Contém estabelecimentos. DESCRIÇÃO DO CNAE /01 Confecção de roupas profissionais, exceto sob Setor produtivo G03 - Borracha e Plástico. Contém 1114186 estabelecimentos. CNAE DESCRIÇÃO DO CNAE 1413-4/01 Confecção de roupas profissionais, exceto sob medida 1413-4/02 Confecção, sob medida, de roupas

Leia mais

Emprego na Região Metropolitana de Campinas 1

Emprego na Região Metropolitana de Campinas 1 Emprego na Região Metropolitana de Campinas 1 Período: Janeiro a Fevereiro de 2008 PRINCIPAIS DESTAQUES Na RMC foram criados 11.184 novos postos de trabalho. O saldo de emprego em 2008 é superior em 37%

Leia mais

Triângulo Mineiro. Regional Maio 2010

Triângulo Mineiro. Regional Maio 2010 Triângulo Mineiro O mapa mostra a Divisão do estado de Minas Gerais para fins de planejamento. A região de planejamento Triângulo engloba as Regionais Fiemg Pontal do Triângulo, Vale do Paranaíba e Vale

Leia mais

IGP-DI registra variação de 0,79% em fevereiro

IGP-DI registra variação de 0,79% em fevereiro Segundo Decêndio Março de 2014 Segundo Decêndio Março de 2014 IGP-DI registra variação de 0,79% em fevereiro O Índice Geral de Preços Disponibilidade Interna (IGP-DI) variou 0,79%, em fevereiro. A variação

Leia mais

Comércio Exterior de Mato Grosso do Sul / Desempenho Industrial Dezembro 2016

Comércio Exterior de Mato Grosso do Sul / Desempenho Industrial Dezembro 2016 >> Exportações de produtos industriais Mato Grosso do Sul - Exportação de Produtos Industriais (Receita - US$) Grupos de Produtos Industriais Dezembro Janeiro a Dezembro 2015 2016 Var. % 2015 2016 Var.

Leia mais

POUSO REDONDO. Relatório do Movimento Econômico. Representatividade Setorial

POUSO REDONDO. Relatório do Movimento Econômico. Representatividade Setorial Representatividade Setorial 1 AGRICULTURA, PECUARIA E SERVICOS RELACIONADOS 2 FABRICACAO DE PRODUTOS DE MADEIRA 3 COMERCIO POR ATACADO, EXCETO VEICULOS AUTOMOTORES E MOTOCICLETAS 4 FABRICACAO DE PRODUTOS

Leia mais

IGP-M registra variação de 0,51% em março

IGP-M registra variação de 0,51% em março Segundo Decêndio Março de 2014 IGP-M registra variação de 0,51% em março O Índice Geral de Preços Mercado (IGP-M) variou 0,51%, em março. Em fevereiro, o índice variou 1,29%. Em março de 2015, a variação

Leia mais

3 O Magnetismo à primeira oportunidade. Características Conjunturais do Comércio Varejista de Araraquara:

3 O Magnetismo à primeira oportunidade. Características Conjunturais do Comércio Varejista de Araraquara: Núcleo de Conjuntura e Estudos Econômicos Coordenador: Prof. Dr. Elton Eustáquio Casagrande Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara - UNESP FCL/UNESP/Araraquara Características Conjunturais do Comércio

Leia mais

Índice de Confiança do Comércio recua, refletindo ritmo lento da atividade econômica. Brasil volta a registrar destruição de postos de trabalho

Índice de Confiança do Comércio recua, refletindo ritmo lento da atividade econômica. Brasil volta a registrar destruição de postos de trabalho Índice de Confiança do Comércio recua, refletindo ritmo lento da atividade econômica Os dados de junho de 2018 do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) revelam destruição líquida de vagas

Leia mais

PAINEL DO MERCADO DE TRABALHO

PAINEL DO MERCADO DE TRABALHO PAINEL DO MERCADO DE TRABALHO JANEIRO DE 212 - CAGED Emprego Formal na Economia Emprego no mês de Janeiro 213 - Ocorreu um saldo positivo de 28.9 postos de emprego e no comparativo dos meses de janeiro,

Leia mais

Análise do Emprego Industrial FEVEREIRO/2018 JAN-FEV 2018

Análise do Emprego Industrial FEVEREIRO/2018 JAN-FEV 2018 Análise do Emprego Industrial FEVEREIRO/2018 Santa Catarina encerra o mês de fevereiro com o maior saldo de empregos na Indústria de Transformação, 12.041 novas vagas de trabalho. No ano já são mais de

Leia mais

IGP-M registra variação de 0,33% em abril

IGP-M registra variação de 0,33% em abril Segundo Decêndio Março de 2014 IGP-M registra variação de 0,33% em abril O Índice Geral de Preços Mercado (IGP-M) variou 0,33%, em abril. Em março, o índice variou 0,51%. Em abril de 2015, a variação foi

Leia mais

Diretoria de Pesquisas Coordenação de Indústria PIM-PF BRASIL. Resultados de Maio de 2017

Diretoria de Pesquisas Coordenação de Indústria PIM-PF BRASIL. Resultados de Maio de 2017 Diretoria de Pesquisas Coordenação de Indústria PIM-PF BRASIL Resultados de o de 2017 Data: 04/07/2017 Resumo o/2017 Variação (%) Grandes Categorias Econômicas Acumulado nos o 2017/il 2017* o 2017/o 2016

Leia mais

Ano IV Fev/ é marcado por forte retração do mercado de trabalho

Ano IV Fev/ é marcado por forte retração do mercado de trabalho 2015 é marcado por forte retração do mercado de trabalho O mês de Dezembro de 2015 registrou grande destruição de postos de trabalho, como é comum observar em todos os anos, principalmente em função do

Leia mais

70 a 79 anos. 80 anos e. Município

70 a 79 anos. 80 anos e. Município Óbitos p/residênc por e Faixa Etária Período:1996 70 a 79 80 e mais Total 500070 Anastácio - 1-1 500085 Angélica - - 1 1 500110 Aquidauana - 1-1 500190 Bataguassu 1-1 2 500230 Brasilândia - 1-1 500240

Leia mais

Setor de Serviços continua sendo o destaque, apresentando o melhor desempenho em 2019

Setor de Serviços continua sendo o destaque, apresentando o melhor desempenho em 2019 Brasil gera empregos formais em todos os setores e atinge melhor resultado para o mês de Abril em seis anos Os dados de abril de 2019 do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) revelam criação

Leia mais

Serviços puxam criação de vagas formais e Comércio registra o pior resultado

Serviços puxam criação de vagas formais e Comércio registra o pior resultado Brasil inicia o ano de 2019 com criação de empregos formais Os dados de janeiro de 2019 do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) indicam criação líquida de vagas em âmbito nacional, no Estado

Leia mais

RARP cria vagas em Abril de 2017

RARP cria vagas em Abril de 2017 Incertezas marcam o cenário econômico no primeiro semestre de 2017 Os dados de Abril de 2017 do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) indicam contratações em todas as regiões analisadas,

Leia mais

Indústria e Comércio comprometem o desempenho da RARP em setembro de 2015

Indústria e Comércio comprometem o desempenho da RARP em setembro de 2015 Brasil, RARP e município de Ribeirão Preto fecham vagas em todos os setores Os dados do mês de setembro de 2015 do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) reforçam o cenário de pouco otimismo,

Leia mais

Resultados da Pesquisa de Nível de Emprego do Estado de São Paulo Indicadores regionais e setoriais

Resultados da Pesquisa de Nível de Emprego do Estado de São Paulo Indicadores regionais e setoriais Resultados da Pesquisa de Nível de Emprego do Estado de São Paulo Indicadores regionais e setoriais Destaques do Emprego Consolidado Ano Variação mensal Variação Variação interanual (Abr-17/Mar-17) acumulada

Leia mais

INFORME CONJUNTURAL. Comportamento do Emprego Jan-Jul Brasil. Subseção Dieese Força Sindical. Elaboração: 25/08/16

INFORME CONJUNTURAL. Comportamento do Emprego Jan-Jul Brasil. Subseção Dieese Força Sindical. Elaboração: 25/08/16 INFORME CONJUNTURAL Comportamento do Emprego Jan-Jul 2016 - Brasil Subseção Dieese Força Sindical Elaboração: 25/08/16 Estoque de Empregos RAIS Brasil Estoque de emprego, setor de atividade - Brasil Setores

Leia mais

Relatório Mensal: A Movimentação do Mercado de Trabalho Formal no Município de Diadema Outubro de 2008

Relatório Mensal: A Movimentação do Mercado de Trabalho Formal no Município de Diadema Outubro de 2008 OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE DIADEMA Relatório Mensal: A Movimentação do Mercado de Trabalho Formal no Município de Diadema Outubro de 2008 Termo de Contrato Nº. 226/2007 NOVEMBRO de 2008 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO

Leia mais

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Março Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Março Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS Balança Comercial do Rio Grande do Sul Março 2015 Unidade de Estudos Econômicos O COMÉRCIO EXTERIOR DO RS NO 1º TRIMESTRE Exportações Das 24 categorias da indústria, apenas 4 apresentaram crescimento em

Leia mais

Quantidade de Critérios Verificados da Resolução 592/09,

Quantidade de Critérios Verificados da Resolução 592/09, ANEXO I Quantidade de Critérios Verificados da Resolução 592/09, Unidade da Federação e Subsetor- 2010 até 2016 CEP 70056-900 Brasília-DF, Fone ( 061 ) 2031-6666, 2031-6667, Fax ( 061 ) 2031-8272 Subsetor

Leia mais

Setor de Serviços tem o melhor desempenho na RARP

Setor de Serviços tem o melhor desempenho na RARP Brasil e estado de São Paulo criam vagas pelo quarto mês consecutivo em Julho de 2017 Os dados de Julho de 2017 do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) indicam destruição líquida de vagas

Leia mais

Boletim Informativo - Emprego no Primeiro Bimestre de 2017 EXPEDIENTE

Boletim Informativo - Emprego no Primeiro Bimestre de 2017 EXPEDIENTE Março de 2017 Boletim Informativo - Emprego no Primeiro Bimestre de 2017 DIRETORIA EXPEDIENTE PRESIDENTE Laudirley Dourado VICE-PRESIDENTE Antonio Roberto Marchiori SECRETÁRIA GERAL Loredana Piovesan Glasser

Leia mais

INDICADORES INDUSTRIAIS DE MINAS GERAIS. Ago.2016 REGIÃO CENTRO-OESTE. Regional Centro-Oeste Divinópolis ANÁLISE SETORIAL

INDICADORES INDUSTRIAIS DE MINAS GERAIS. Ago.2016 REGIÃO CENTRO-OESTE. Regional Centro-Oeste Divinópolis ANÁLISE SETORIAL #8 INDICADORES INDUSTRIAIS DE MINAS GERAIS Ago.2016 REGIÃO CENTRO-OESTE Regional Centro-Oeste Divinópolis INDICADORES ANÁLISE SETORIAL TABELAS I N D I CADORES IN DUST RIAIS D A RE GIÃO LESTE FIEMG INDEX.

Leia mais

Emprego com carteira no RN tem primeiro saldo positivo depois de nove meses

Emprego com carteira no RN tem primeiro saldo positivo depois de nove meses Emprego com carteira no RN tem primeiro saldo positivo depois de nove meses Depois de nove meses com saldo negativo, o mercado de trabalho formal do Rio Grande do Norte criou 453 vagas com carteira assinada

Leia mais

ANEXO III COMPOSIÇÃO DOS GRUPAMENTOS DE ATIVIDADE AGRÍCOLA

ANEXO III COMPOSIÇÃO DOS GRUPAMENTOS DE ATIVIDADE AGRÍCOLA ANEXO III COMPOSIÇÃO DOS GRUPAMENTOS DE ATIVIDADE CÓDIGO DENOMINAÇÕES Agricultura, pecuária e serviços relacionados com estas atividades 01101 Cultivo de arroz 01102 Cultivo de milho 01103 Cultivo de outros

Leia mais

Classificação Nacional da Atividade Econômica - CNAE 2.1 (até o 3º nível) Descrição CNAE

Classificação Nacional da Atividade Econômica - CNAE 2.1 (até o 3º nível) Descrição CNAE Classificação Nacional da Atividade Econômica - CNAE 2.1 (até o 3º nível) Legenda 1 2 Divisão 3 420000 Agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aqüicultura 1 A 420001 420000 Agricultura, pecuária

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL Roteiro da Banca Examinadora - Prático - OUTUBRO 2016 ROT01-PRAT-ROTA 1-08/10/2016 Segunda-feira CORUMBA 13:30 B, C, D, E Terça-feira CORUMBA 07:30 B Quarta-feira

Leia mais

Comércio Exterior de Mato Grosso do Sul / Desempenho Industrial Outubro 2017

Comércio Exterior de Mato Grosso do Sul / Desempenho Industrial Outubro 2017 >> Exportações de produtos industriais Grupos de Produtos Industriais Outubro - US$ Janeiro a Outubro - US$ 2016 2017 Var. % 2016 2017 Var. % Celulose E Papel 62.993.126 101.054.202 60% 827.627.555 829.925.137

Leia mais

Estruturar informações econômicas básicas sobre a caracterização da indústria mineira no Estado de Minas Gerais e em suas Regionais.

Estruturar informações econômicas básicas sobre a caracterização da indústria mineira no Estado de Minas Gerais e em suas Regionais. Dezembro/2014 OBJETIVO Estruturar informações econômicas básicas sobre a caracterização da indústria mineira no Estado de Minas Gerais e em suas Regionais. Permitir ainda, uma análise comparativa da evolução

Leia mais

Comércio Exterior de Mato Grosso do Sul / Desempenho Industrial Setembro 2017

Comércio Exterior de Mato Grosso do Sul / Desempenho Industrial Setembro 2017 >> Exportações de produtos industriais Grupos de Produtos Industriais Setembro - US$ Janeiro a Setembro - US$ 2016 2017 Var. % 2016 2017 Var. % Celulose e Papel 88.838.727 89.926.515 1% 764.634.429 728.870.935-5%

Leia mais

Comércio Exterior de Mato Grosso do Sul / Desempenho Industrial Julho 2017

Comércio Exterior de Mato Grosso do Sul / Desempenho Industrial Julho 2017 >> Exportações de produtos industriais Grupos de Produtos Industriais Julho - US$ Janeiro a Julho - US$ 2016 2017 Var. % 2016 2017 Var. % Celulose e Papel 77.368.182 62.322.780-19% 599.758.254 564.285.249-6%

Leia mais

Mercado de trabalho regional continua enfrentando desafios

Mercado de trabalho regional continua enfrentando desafios Comércio cria vagas para as festas de final de ano em Novembro de 2016 Os dados de Novembro de 2016 do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) continuaram exibindo cenário desfavorável em

Leia mais

Triângulo Mineiro. Regional Setembro 2010

Triângulo Mineiro. Regional Setembro 2010 Triângulo Mineiro O mapa mostra a Divisão do estado de Minas Gerais para fins de planejamento. A região de planejamento Triângulo engloba as Regionais Fiemg Pontal do Triângulo, Vale do Paranaíba e Vale

Leia mais

Diretoria de Pesquisas Coordenação de Indústria PIM-PF BRASIL. Resultados de Fevereiro de 2017

Diretoria de Pesquisas Coordenação de Indústria PIM-PF BRASIL. Resultados de Fevereiro de 2017 Diretoria de Pesquisas Coordenação de Indústria PIM-PF BRASIL Resultados de ereiro de 2017 Data: 04/04/2017 Resumo ereiro/2017 Variação (%) Grandes Categorias Econômicas Acumulado nos ereiro 2017/eiro

Leia mais