Programa FIC+Feliz. Maio/2016 Belo Horizonte - MG. Maria Lúcia Rezende Milhorato

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Programa FIC+Feliz. Maio/2016 Belo Horizonte - MG. Maria Lúcia Rezende Milhorato"

Transcrição

1 Programa FIC+Feliz Maio/2016 Belo Horizonte - MG Maria Lúcia Rezende Milhorato

2 CONTEXTO A Credicom foi piloto no projeto do Índice de Felicidade Interna do Cooperativismo FIC, promovido pelo SESCOOP Nacional e Estadual O tema está inserido no eixo Qualidade de Vida da Diretriz Nacional da Promoção Social do SESCOOP Visa contribuir para a melhoria do ambiente de trabalho, tornando-o mais sustentável, seguro, saudável, feliz e produtivo.

3 PERFIL SICOOB CREDICOM Maior cooperativa de crédito da área de saúde do Brasil e a maior do Estado de Minas de todos os segmentos. São 24 anos de atividades, mais de 40 mil cooperados e 33 agências em Minas Gerais, sendo 20 em Belo Horizonte e 13 em cidades do interior.

4 PERFIL SICOOB CREDICOM Faixa Etária Atualmente a Credicom conta com 303 funcionários em seu quadro, sendo: 36 12% 40 13% 18 a 25 anos 68 23% 26 a 35 anos 36 a 45 anos Funcionários por Sexo % % Acima de 45 anos % Escolaridade Feminino Masculino A Credicom conta ainda com 9 Jovens aprendizes com idade entre 17 e 19 anos, sendo 7 do sexo feminino e 2 do sexo masculino. 17 6% 56 19% 1 0% % 12 4% 68 22% Ensino Médio Superior incompleto Superior completo Pós graduação incompleto Pós graduação completo Mestrado

5 IMPLANTAÇÃO Palestras de sensibilização sobre o tema, com a participação de 121 funcionários e dirigentes Saúde Os participantes responderam um questionário, englobando as seguintes dimensões: Padrão de vida Meio ambiente Governança Uso do tempo Vitalidade Comunitária Cultura Educação Bem estar psicológico

6 120 RESULTADOS RELEVANTES PERGUNTAS RELACIONADAS AO PADRÃO DE VIDA PERGUNTAS RELACIONADAS A SAÚDE Considero a minha renda financeira familiar suficiente para o padrão de vida que desejo. PERGUNTAS 120 RELACIONADAS AO BEM-ESTAR PSICOLÓGICO No meu dia a dia não me sinto estressado Pratico atividades físicas regularmente. 9. A cooperativa promove e incentiva programas de atividade física. 10.A cooperativa promove e incentiva ações para gerenciamento do stress. 28 6

7 RESULTADOS RELEVANTES PERGUNTAS RELACIONADAS À GOVERNANÇA 120 PERGUNTAS RELACIONADAS AO USO DO TEMPO A cooperativa promove iniciativas voltadas para a formação de novas lideranças. 8. A política de remuneração da cooperativa é competitiva em relação ao mercado e justa em relação aos empregados. 9. Eu sou convidado e participo dos processos de elaboração estratégica da cooperativa. 6. Estou satisfeito com o tempo que dedico para mim (relaxamento, esportes, hobby, estudos e autoconhecimento). 7. Estou satisfeito com o tempo que dedico ao convívio com a minha família, incluindo os que estão mais distantes. 9. Estou satisfeito com o tempo que dedico ao convívio com os amigos. 13.Não sinto que tenho perdido um tempo excessivo no trânsito.

8 OUTROS RESULTADOS: PERGUNTAS RELACIONADAS À EDUCAÇÃO O estímulo à inovação e à criatividade propostos pela cooperativa são satisfatórios PERGUNTAS RELACIONADAS AO MEIO AMBIENTE Procuro levar para fora da cooperativa, exemplos de práticas sustentáveis que podem ser adotadas na comunidade.

9 OUTROS RESULTADOS: PERGUNTAS RELACIONADAS À VITALIDADE COMUNITÁRIA 120 PERGUNTAS RELACIONADAS À CULTURA A integração com a comunidade é uma prática estimulada pela cooperativa. 7. Realizo e/ou participo de atividades voluntárias. 8. Estou integrado à minha comunidade e participo das atividades promovidas (culturais, sociais, esportivas, etc)

10 IMPLANTAÇÃO Evento de lançamento oficial do Programa

11 IMPLANTAÇÃO Evento de lançamento oficial do Programa

12 IMPLANTAÇÃO Evento de lançamento oficial do Programa

13 PRINCIPAIS AÇÕES JÁ PRATICADAS DIMENSÕES Bem-estar Psicológico Cultura INICIATIVAS Treinamento de integração institucional; Entrevistas de acompanhamento; Coral Sicoob Credicom; Aula de Culinária; Festa de Natal; Ações em datas comemorativas (dia da mulher, dia do homem, páscoa, dia das crianças, dos pais, das mães, do meio ambiente, etc.)

14 PRINCIPAIS AÇÕES JÁ PRATICADAS

15 PRINCIPAIS AÇÕES JÁ PRATICADAS DIMENSÕES Educação INICIATIVAS Benefício de Bolsa de estudos; Descontos em instituições de ensino conveniadas; Desenvolvimento de equipes gerenciais e setoriais; Capacitação comercial de gerentes de relacionamento; Participação em outros cursos OCEMG, CECREMGE, internos e externos; Programa de coleta seletiva; Programa Aprendiz Cooperativo;

16 PRINCIPAIS AÇÕES JÁ PRATICADAS DIMENSÕES Governança INICIATIVAS Encontro Estratégico; Café com o Presidente; Cadastro de talentos de funcionários; Programa Gestão de Carreira e Desempenho; Reunião da Diretoria e dos Conselhos de Administração e Fiscal Reunião deliberativa da Diretoria com Superintendentes; Acompanhamento de Metas Estratégicas; Encontro de Negócios com Cooperados Encontros com os Delegados e com Representantes Locais;

17 PRINCIPAIS AÇÕES JÁ PRATICADAS DIMENSÕES Meio Ambiente Uso do Tempo INICIATIVAS Programa de coleta seletiva; Campanhas internas de conscientização para economia de energia, água e recursos materiais. Lotação preferencial dos funcionários em postos de trabalho mais próximos de sua residência ou escola; Vitalidade Comunitária Dia C; Coleta de donativos dos participantes do Coral Sicoob Credicom;

18 NOVIDADES

19 NOVIDADES DIMENSÕES INICIATIVA Bem-estar psicológico e Saúde Programas de incentivo a atividade física

20 NOVIDADES Dimensões Bem-estar psicológico e Saúde Iniciativa Ações de gerenciamento do stress GINÁSTICA LABORAL P R O F I T Q U A L I D A D E D E V I D A N O T R A B A L H O

21 Agência Belcoop NOVIDADES P R O F I T Q U A L I D A D E D E V I D A N O T R A B A L H O Agência São João Del Rei Agência Madre Teresa

22 NOVIDADES DIMENSÃO Padrão de Vida INICIATIVA Planejamento do padrão de vida de acordo com a renda familiar. Sensibilização da importância da gestão financeira Capacitação para adoção de boas práticas Aplicação pessoal e no ambiente familiar Curso virtual Gestão de Finanças Pessoais O objetivo do curso é a aquisição de conhecimentos para gerir as finanças, buscando utilizar o dinheiro de modo consciente e otimizar os gastos.

23 NOVIDADES Festival Internacional de Corais

24 NOVIDADES PROGRAMA GESTÃO DE CARREIRA E DESEMPENHO Um passo definitivo na direção da maior profissionalização e da construção de bases sólidas para o crescimento sustentável da cooperativa.

25 PROGRAMA GESTÃO DE CARREIRA E DESEMPENHO

26 NOVIDADES Evento de lançamento PROGRAMA GESTÃO DE CARREIRA E DESEMPENHO

27 OBRIGADA! Telefone - (31)

F 5 2 90 0 300 62.480.769 2.411.730 NACIONAL F 3 2 90 0 300 2.411.730 TOTAL - FISCAL 64.892.499 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 64.892.

F 5 2 90 0 300 62.480.769 2.411.730 NACIONAL F 3 2 90 0 300 2.411.730 TOTAL - FISCAL 64.892.499 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 64.892. ORGAO : 47000 - MINISTERIO DO PLANEJAMENTO, ORCAMENTO E GESTAO UNIDADE : 47101 - MINISTERIO DO PLANEJAMENTO, ORCAMENTO E GESTAO ANEXO I PROGRAMA DE TRABALHO (SUPLEMENTACAO) RECURSOS DE TODAS AS FONTES

Leia mais

SI S C I O C O O B O B M E M T E R T O R P O O P L O I L T I A T N A O N 20 2 1 0 4 1

SI S C I O C O O B O B M E M T E R T O R P O O P L O I L T I A T N A O N 20 2 1 0 4 1 SICOOB METROPOLITANO 2014 Sicoob O Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob) é um sistema financeiro cooperativo com mais de 2,8 milhões de associados, 2,2 mil pontos de atendimento, distribuídos

Leia mais

O QUE É O AMBIENTAÇÃO?

O QUE É O AMBIENTAÇÃO? PROJETO PILOTO O QUE É O AMBIENTAÇÃO? É o projeto que pretende inserir os valores sócio- ambientais na administração pública do Estado, por meio de iniciativas que possibilitem a mudança de comportamento

Leia mais

Programa de Desenvolvimento Gerencial. Brasília, Maio de 2014

Programa de Desenvolvimento Gerencial. Brasília, Maio de 2014 Programa de Desenvolvimento Gerencial Brasília, Maio de 2014 A Embrapa Missão Viabilizar soluções de pesquisa, desenvolvimento e inovação para a sustentabilidade da agricultura em benefício da sociedade

Leia mais

Comissão Europa de Educação Espirita Infantojuvenil. Conselho Espirita Internacional Coordenadoria Europa

Comissão Europa de Educação Espirita Infantojuvenil. Conselho Espirita Internacional Coordenadoria Europa Comissão Europa de Educação Espirita Infantojuvenil Conselho Espirita Internacional Coordenadoria Europa Atividades realizadas 2012/2013: Criação Banco de Dados para armazenamento material em diversos

Leia mais

FACULDADES ALVES FARIA - ALFA

FACULDADES ALVES FARIA - ALFA FACULDADES ALVES FARIA - ALFA CENTRO DE PESQUISAS ECONÔMICAS ALFA/CDL PESQUISA INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DAS CRIANÇAS 2013 GOIÂNIA 2013 1. INTRODUÇÃO. Este trabalho apresenta os resultados da pesquisa social

Leia mais

DIRETRIZ NACIONAL DE EDUCAÇÃO, PROMOCÃO SOCIAL E DESENVOLVIMENTO COOPERATIVISTA

DIRETRIZ NACIONAL DE EDUCAÇÃO, PROMOCÃO SOCIAL E DESENVOLVIMENTO COOPERATIVISTA DIRETRIZ NACIONAL DE EDUCAÇÃO, PROMOCÃO SOCIAL E DESENVOLVIMENTO COOPERATIVISTA Área de Atuação 1. Formação Profissional Cooperativista São ações voltadas à formação, qualificação e capacitação dos associados,

Leia mais

crítica na resolução de questões, a rejeitar simplificações e buscar efetivamente informações novas por meio da pesquisa, desde o primeiro período do

crítica na resolução de questões, a rejeitar simplificações e buscar efetivamente informações novas por meio da pesquisa, desde o primeiro período do Dimensão 2 As políticas para o ensino, a pesquisa, a pós-graduação, a extensão e as respectivas normas de operacionalização, incluídos os procedimentos para estímulo à produção acadêmica, as bolsas de

Leia mais

Estado: ESPIRITO SANTO RESPONSABILIDADES GERAIS DA GESTAO DO SUS

Estado: ESPIRITO SANTO RESPONSABILIDADES GERAIS DA GESTAO DO SUS PLANILHA DE PACTUAÇÃO DAS - TCG Data da Validação: 31/03/2010 Data da Homologação: 12/04/2010 Revisão Nº:001 Pedido de Revisão: 30/03/2010 Portaria: 2.846 Data da Publicação: 25/11/2008 Estado: ESPIRITO

Leia mais

COMO SE TORNAR UM VOLUNTÁRIO?

COMO SE TORNAR UM VOLUNTÁRIO? COMO SE TORNAR UM VOLUNTÁRIO? Apresentação Ir para a escola, passar um tempo com a família e amigos, acompanhar as últimas novidades do mundo virtual, fazer um curso de inglês e praticar um esporte são

Leia mais

PASSOS E JACUÍ GANHAM NOVAS AGÊNCIAS

PASSOS E JACUÍ GANHAM NOVAS AGÊNCIAS ANO I ED. 07 AGOSTO 2015 Impresso Especial 9912317902/2013/DR/MG SICOOB Nossocrédito CORREIOS Impresso Especial 9912317902/2013/DR/MG SICOOB Nossocrédito CORREIOS DEVOLUÇÃO GARANTIDA CORREIOS D C de cara

Leia mais

Caroline Rodrigues Gerente de Atendimento

Caroline Rodrigues Gerente de Atendimento Caroline Rodrigues Gerente de Atendimento NOSSA VISÃO SER A MELHOR EMPRESA DE LOGÍSTICA DA AMÉRICA LATINA NOSSOS VALORES FOCO NO CLIENTE GENTE FAZ A DIFERENÇA E VALE PELO QUE FAZ INTEGRIDADE E TRANSPARÊNCIA

Leia mais

TOTAL - FISCAL 1.300.000 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 1.300.000

TOTAL - FISCAL 1.300.000 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 1.300.000 ORGAO : 22000 - MINISTERIO DA AGRICULTURA, PECUARIA E ABASTECIMENTO UNIDADE : 22202 - EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUARIA - EMBRAPA 1161 PESQUISA E DESENVOLVIMENTO AGROPECUARIO E AGROINDUSTRIAL

Leia mais

Ass. de Comunicação www.ptexto.com.br. Veículo: Jornal de Brasília Data: 22/08/2009 Seção: Sociedade Pág.: 49 Assunto: Great Place to Work

Ass. de Comunicação www.ptexto.com.br. Veículo: Jornal de Brasília Data: 22/08/2009 Seção: Sociedade Pág.: 49 Assunto: Great Place to Work Veículo: Jornal de Brasília Data: 22/08/2009 Seção: Sociedade Pág.: 49 Assunto: Great Place to Work Veículo: Site Revista Making Of Data: 20/08/2009 Seção: Marketing Pág.: www.revistamakingof.com.br Assunto:

Leia mais

NÍVEL COMUNITÁRIO 1 - ATIVIDADES ESPORTIVAS E CULTURAIS Linhas de Ação:

NÍVEL COMUNITÁRIO 1 - ATIVIDADES ESPORTIVAS E CULTURAIS Linhas de Ação: NÍVEL COMUNITÁRIO 1 - ATIVIDADES ESPORTIVAS E CULTURAIS Linhas de Ação: A- que se promovam atividades esportivas e culturais, envolvendo pais, alunos, professores e demais membros da Comunidade para vivenciar

Leia mais

IMPACTO DO SISTEMA DE GESTÃO NA SUSTENTABILIDADE DAS EMPRESAS

IMPACTO DO SISTEMA DE GESTÃO NA SUSTENTABILIDADE DAS EMPRESAS IMPACTO DO SISTEMA DE GESTÃO NA SUSTENTABILIDADE DAS EMPRESAS Sandra Regina Gerente do Sistema Integrado de Gestão IDEOLOGIA MISSÃO Oferecer serviços de excelência em medicina laboratorial. VISÃO Ser referência

Leia mais

TOTAL - FISCAL 899.545 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 899.545

TOTAL - FISCAL 899.545 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 899.545 ORGAO : 32000 - MINISTERIO DE MINAS E ENERGIA UNIDADE : 32314 - EMPRESA DE PESQUISA ENERGETICA - EPE ANEXO I PROGRAMA DE TRABALHO (SUPLEMENTACAO) RECURSOS DE TODAS AS FONTES - R$ 1, 00 0750 APOIO ADMINISTRATIVO

Leia mais

MODELO DE QUESTIONÁRIO PROPOSTO PARA A PESQUISA DE CLIMA PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL-FHA. Apresentação

MODELO DE QUESTIONÁRIO PROPOSTO PARA A PESQUISA DE CLIMA PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL-FHA. Apresentação Av. São Paulo 3996 Vila Rosário Ibirité MG CEP:32400-000 Telefone: (31) 3521-9540- Fax: (31) 3521-9534 www.fundacaohantipoff.mg.gov.br MODELO DE QUESTIONÁRIO PROPOSTO PARA A PESQUISA DE CLIMA PESQUISA

Leia mais

ABMES - 10 ANOS DA CAMPANHA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL AVANÇOS E PERSPECTIVAS Brasília, 7 de julho de 2015

ABMES - 10 ANOS DA CAMPANHA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL AVANÇOS E PERSPECTIVAS Brasília, 7 de julho de 2015 ABMES - 10 ANOS DA CAMPANHA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL AVANÇOS E PERSPECTIVAS Brasília, 7 de julho de 2015 A ESTÁCIO HÁ 45 ANOS NOSSA VIDA É TRANSFORMAR A SUA. Somos uma empresa que tem na Educação o motivo

Leia mais

Programa Nacional de Apoio a Fundos Solidários

Programa Nacional de Apoio a Fundos Solidários Programa Nacional de Apoio a Fundos Solidários Elementos de uma Proposta REDE? SISTEMA? Beneficiários do Bolsa Família não conseguem financiamento para iniciar atividades produtivas Os Fundos Solidários

Leia mais

6.2.2 RISCO SOCIOAMBIENTAL NA CONCESSÃO DE CRÉDITO 6.3 RELACIONAMENTO COM FUNCIONÁRIOS E COLABORADORES

6.2.2 RISCO SOCIOAMBIENTAL NA CONCESSÃO DE CRÉDITO 6.3 RELACIONAMENTO COM FUNCIONÁRIOS E COLABORADORES Índice 1. INTRODUÇÃO 2. PARTES INTERESSADAS. NORMATIVOS. ESTRUTURA DE GOVERNANÇA. PRINCÍPIOS 6. DIRETRIZES 6.1 NORMATIZAÇÃO 6.2 GERENCIAMENTO DO RISCO SOCIOAMBIENTAL 6.2.1 RISCO SOCIOAMBIENTAL DA INSTITUIÇÃO

Leia mais

ÇÃO COOPERATIVA: Os programas de ensino e pesquisa da UNESP/FFC

ÇÃO COOPERATIVA: Os programas de ensino e pesquisa da UNESP/FFC INTEGRAÇÃ ÇÃO COMUNITÁRIA ATRAVÉS DA EDUCAÇÃ ÇÃO COOPERATIVA: Os programas de ensino e pesquisa da UNESP/FFC Rosângela Formentini Caldas Larissa de Souza Machado rcaldas@marilia.unesp.br Gestao em processos

Leia mais

b) supervisionar o cumprimento desta política pelas entidades integrantes do Sistema Sicoob;

b) supervisionar o cumprimento desta política pelas entidades integrantes do Sistema Sicoob; 1. Esta Política institucional de gestão de pessoas: Política institucional de gestão de pessoas a) é elaborada por proposta da área de Gestão de Pessoas da Confederação Nacional das Cooperativas do Sicoob

Leia mais

TOTAL - FISCAL 48.333.886 TOTAL - SEGURIDADE 21.890.000 TOTAL - GERAL 70.223.886

TOTAL - FISCAL 48.333.886 TOTAL - SEGURIDADE 21.890.000 TOTAL - GERAL 70.223.886 UNIDADE : 26101 - MINISTERIO DA EDUCACAO 0910 OPERACOES ESPECIAIS: GESTAO DA PARTICIPACAO EM ORGANISMOS INTERNACIONAIS 500.000 OPERACOES ESPECIAIS 12 212 0910 00B9 CONTRIBUICAO A ORGANIZACAO DAS NACOES

Leia mais

PRS - Programa de Responsabilidade Social do Crea-RS

PRS - Programa de Responsabilidade Social do Crea-RS PRS - Programa de Responsabilidade Social do Crea-RS Gestão de Administração e Finanças Gerência de Desenvolvimento Humano e Responsabilidade Social Junho/2014 Desenvolvimento Sustentável Social Econômico

Leia mais

Cultura do não Foco do RH no Departamento Pessoal Não alinhamento das estratégias de Gestão de Pessoas com as estratégias do MTur Pouco envolvimento

Cultura do não Foco do RH no Departamento Pessoal Não alinhamento das estratégias de Gestão de Pessoas com as estratégias do MTur Pouco envolvimento Cultura do não Foco do RH no Departamento Pessoal Não alinhamento das estratégias de Gestão de Pessoas com as estratégias do MTur Pouco envolvimento da alta direção nos eventos Desinteresse dos servidores

Leia mais

Investimento para Mulheres

Investimento para Mulheres Investimento para Mulheres Sophia Mind A Sophia Mind Pesquisa e Inteligência de Mercado é a empresa do grupo de comunicação feminina Bolsa de Mulher voltada para pesquisa e inteligência de mercado. Cem

Leia mais

RELATÓRIO DE DESEMPENHO DO SISTEMA DE GESTÃO DA RESPONSABILIDADE SOCIAL SA 8000

RELATÓRIO DE DESEMPENHO DO SISTEMA DE GESTÃO DA RESPONSABILIDADE SOCIAL SA 8000 Óleo & Gás S/A RELATÓRIO DE DESEMPENHO DO SISTEMA DE GESTÃO DA RESPONSABILIDADE SOCIAL SA 8000 20 de agosto de 2013 Como parte da Política da Responsabilidade Social adotada pela IESA Óleo & Gás, publicamos

Leia mais

PESQUISA O COMÉRCIO NO DIA DOS PAIS. Realização: Fecomércio/Ac Coordenação: IFEPAC Período: 15 a 25 de julho de 2011 Local: Rio Branco/Ac.

PESQUISA O COMÉRCIO NO DIA DOS PAIS. Realização: Fecomércio/Ac Coordenação: IFEPAC Período: 15 a 25 de julho de 2011 Local: Rio Branco/Ac. PESQUISA O COMÉRCIO NO DIA DOS PAIS Realização: Fecomércio/Ac Coordenação: IFEPAC Período: 15 a 25 de julho de 2011 Local: Rio Branco/Ac. 1 APRESENTAÇÃO Com a aproximação do Dia dos Pais, a Fecomércio/Ac,

Leia mais

EFICIÊNCIA DA GESTÃO DA INOVAÇÃO

EFICIÊNCIA DA GESTÃO DA INOVAÇÃO 1 DESMISTIFICANDO A INOVAÇÃO Transformar a inovação em competência gerenciável é o paradigma contemporâneo para empresas, governo e organizações sociais. Nesse contexto, o Congresso Internacional de Inovação

Leia mais

DIRETRIZES APROVADAS PELA SESSÃO PLENÁRIA DO CONGRESSO

DIRETRIZES APROVADAS PELA SESSÃO PLENÁRIA DO CONGRESSO DIRETRIZES APROVADAS PELA SESSÃO PLENÁRIA DO CONGRESSO Brasília, 11 de setembro de 2010 TEMA 1 DIRETRIZES E HORIZONTES DA RELAÇÃO POLÍTICA E INSTITUCIONAL DO SISTEMA COOPERATIVISTA 1.1 - FORTALECER A REPRESENTAÇÃO

Leia mais

CADASTRE SEU CURRICULO GRATUITAMENTE EM NOSSO SITE WWW.MDRH.COM.BR E PARTICIPE DOS PROCESSOS DE SELEÇÃO!! TELEFONE: (49) 3323 5804

CADASTRE SEU CURRICULO GRATUITAMENTE EM NOSSO SITE WWW.MDRH.COM.BR E PARTICIPE DOS PROCESSOS DE SELEÇÃO!! TELEFONE: (49) 3323 5804 Comprador - Chapecó/SC Remuneração: R$ 2500,00 até 3000,00 Plano de Saúde Descrição: Profissional para atuar na área de compras. - Formação superior em ADM ou área afins - CNH AB - Preferencialmente com

Leia mais

F 3 2 90 0 100 2.036.890 F 4 2 40 0 100 15.000.000 F 4 2 40 0 100 15.000.000 TOTAL - FISCAL 35.430.589 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 35.430.

F 3 2 90 0 100 2.036.890 F 4 2 40 0 100 15.000.000 F 4 2 40 0 100 15.000.000 TOTAL - FISCAL 35.430.589 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 35.430. ORGAO : 22000 - MINISTERIO DA AGRICULTURA, PECUARIA E ABASTECIMENTO UNIDADE : 22101 - MINISTERIO DA AGRICULTURA, PECUARIA E ABASTECIMENTO 0362 DESENVOLVIMENTO SUSTENTAVEL DAS REGIOES PRODUTORAS DE CACAU

Leia mais

Vendedor Externo - Chapecó/SC Tipo de contrato: Remuneração: Benefícios: Descrição: Turno: Requisitos: Ref.:

Vendedor Externo - Chapecó/SC Tipo de contrato: Remuneração: Benefícios: Descrição: Turno: Requisitos: Ref.: Vendedor Externo - Chapecó/SC Fixo de 900,00, ajuda de custo, comissão de 8% sobre as vendas, diária de 70,00. Descrição: Vendedor externo. Fará viagens para o interior de São Paulo e interior de Minas

Leia mais

PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL 2012 DGC/SPRH/DVRH

PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL 2012 DGC/SPRH/DVRH Pesquisa de Clima Organizacional PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL 2012 DGC/SPRH/DVRH Pesquisa de Clima Organizacional Objetivo da Pesquisa de Clima Organizacional: Conhecer de forma sistematizada o clima

Leia mais

ORGAO : 25000 - MINISTERIO DA FAZENDA UNIDADE : 25208 - SUPERINTENDENCIA DE SEGUROS PRIVADOS PROGRAMA/ACAO/SUBTIT ULO/PRODUTO

ORGAO : 25000 - MINISTERIO DA FAZENDA UNIDADE : 25208 - SUPERINTENDENCIA DE SEGUROS PRIVADOS PROGRAMA/ACAO/SUBTIT ULO/PRODUTO ORGAO : 250 - MINISTERIO DA FAZENDA UNIDADE : 25208 - SUPERINTENDENCIA DE SEGUROS PRIVADOS ANEXO I (SUPLEMENTACAO) PROGRAMATIC A PROGRAMA/ACAO/SUBTIT 0681 GESTAO DA PARTICIPACAO EM ORGANISMOS INTERNACIONAIS

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PRELIMINAR FORTALECIMENTO E EXPANSÃO DA DOUTRINA E DA PRÁTICA UMBANDISTA

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PRELIMINAR FORTALECIMENTO E EXPANSÃO DA DOUTRINA E DA PRÁTICA UMBANDISTA PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PRELIMINAR FORTALECIMENTO E EXPANSÃO DA DOUTRINA E DA PRÁTICA UMBANDISTA MARÇO/2013 1-APRESENTAÇÃO 2-OBJETIVO 3-JUSTIFICATIVA 4-PLANEJAMENTO PRELIMINAR 4.1-VERTENTE DO CONHECIMENTO

Leia mais

APÊNDICE 1 QUESTIONÁRIO PARA O/A PROFESSOR/A DE GEOGRAFIA ENSINO MÉDIO

APÊNDICE 1 QUESTIONÁRIO PARA O/A PROFESSOR/A DE GEOGRAFIA ENSINO MÉDIO APÊNDICE 1 QUESTIONÁRIO PARA O/A PROFESSOR/A DE GEOGRAFIA MÉDIO Código: E P 1ª PARTE SEXO: ( ) FEMININO ( ) MASCULINO FAIXA ETÁRIA: ( ) menos de 25 anos de idade ( ) entre 26 e 35 anos de idade ( ) entre

Leia mais

Competitividade e Resultados: conseqüência do alinhamento de estratégia, cultura e competências.

Competitividade e Resultados: conseqüência do alinhamento de estratégia, cultura e competências. 1 Programa Liderar O Grupo Solvi é um conglomerado de 30 empresas que atua nas áreas de saneamento, valorização energética e resíduos. Como alicerce primordial de seu crescimento encontrase o desenvolvimento

Leia mais

de junho de 2007, destinados a profissionais com graduação ou bacharelado.

de junho de 2007, destinados a profissionais com graduação ou bacharelado. PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU posgraduacao@poliseducacional.com.br O QUE É PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU? A pós graduação lato sensu são cursos promovidos pelas faculdades do grupo POLIS EDUCACIONAL com mais de

Leia mais

ASSISTÊNCIA. AUFLA foi uma das instituições mapeadas ESTUDANTIL

ASSISTÊNCIA. AUFLA foi uma das instituições mapeadas ESTUDANTIL ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL AUFLA foi uma das instituições mapeadas por uma pesquisa realizada em 2010 pela Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), que resultou

Leia mais

F 4 2 90 0 100 500.000 F 4 2 99 0 100 300.000 TOTAL - FISCAL 800.000 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 800.000

F 4 2 90 0 100 500.000 F 4 2 99 0 100 300.000 TOTAL - FISCAL 800.000 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 800.000 ORGAO : 32000 - MINISTERIO DE MINAS E ENERGIA UNIDADE : 32101 - MINISTERIO DE MINAS E ENERGIA ANEXO I PROGRAMA DE TRABALHO (SUPLEMENTACAO) RECURSOS DE TODAS AS FONTES - R$ 1, 00 0273 LUZ PARA TODOS 800.000

Leia mais

Boas Práticas - 2012

Boas Práticas - 2012 EXPRESSO GUANABARA S/A - CNPJ: 41.550.112/0001-01 END. ROD BR 116 KM 04 N 700 MESSEJANA FORTALEZA/CE CATEGORIA: ADESÃO DOS COLABORADORES Boas Práticas - 2012 PROJETO 1 QUALIFICAÇÃO PERMANENTE PROJETO 2

Leia mais

POLÍTICA DE AJUDA DE CUSTO PARA ESTUDO GRUPO AUTOMAR/MARAUTO Departamento de Recursos Humanos

POLÍTICA DE AJUDA DE CUSTO PARA ESTUDO GRUPO AUTOMAR/MARAUTO Departamento de Recursos Humanos POLÍTICA DE AJUDA DE CUSTO PARA ESTUDO GRUPO AUTOMAR/MARAUTO Departamento de Recursos Humanos Justificativa: A concessão de benefícios tem sido apontada como um dos fatores que atrai e retém talentos nas

Leia mais

Experiência Gestão do conhecimento e alocação de recursos humanos no setor público. A experiência do Banco Central do Brasil.

Experiência Gestão do conhecimento e alocação de recursos humanos no setor público. A experiência do Banco Central do Brasil. Experiência Gestão do conhecimento e alocação de recursos humanos no setor público. A experiência do Banco Central do Brasil. Responsável/Equipe: Gercy Brasil Cardoso Lima (Responsável) - gercy@bcb.gov.br

Leia mais

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 2014

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 2014 RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 2014 SENHORES ACIONISTAS: De acordo com as determinações legais e estatutárias, apresentamos para apreciação de V.Sas. as demonstrações financeiras da Cemig Telecomunicações

Leia mais

INSTITUTO DE EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO DE SAÚDE IEES. Excelência na Formação através da Experiência e Aplicação MARKETING FARMACÊUTICO PRÁTICO

INSTITUTO DE EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO DE SAÚDE IEES. Excelência na Formação através da Experiência e Aplicação MARKETING FARMACÊUTICO PRÁTICO E IEES I EDUCAÇÃO DE SAÚDE INSTITUTO DE EXCELÊNCIA EM EDUCAÇÃO DE SAÚDE IEES Excelência na Frmaçã através da Experiência e Aplicaçã MARKETING FARMACÊUTICO PRÁTICO 1.CARGA HORÁRIA 32 Hras 2.DATA E LOCAL

Leia mais

RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS NATAL 2012 CONVÊNIO UCDB-ACICG-PMCG

RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS NATAL 2012 CONVÊNIO UCDB-ACICG-PMCG RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS NATAL 2012 CONVÊNIO UCDB-ACICG-PMCG 15/12/2012 RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS NATAL 2012 CONVÊNIO UCDB-ACICG-PMCG Professores Responsáveis:

Leia mais

C M D C A CONSELHO MUNICIPAL DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

C M D C A CONSELHO MUNICIPAL DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE C M D C A CONSELHO MUNICIPAL DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE RUA CONSELHEIRO ZACARIAS N 58 CENTRO TELEFONE 075 3641-8630 PROJETO ESCOLINHA DE FUTEBOL E KARATÈ ESPORTE CIDADÃO JUVENIL IDENTIFICAÇÃO: DENOMINAÇÃO

Leia mais

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO FACULDADE UNIÃO

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO FACULDADE UNIÃO COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO FACULDADE UNIÃO A avaliação institucional tem sido objeto de discussões na Faculdade Educacional de Ponta Grossa - Faculdade União e sempre foi reconhecida como um instrumento

Leia mais

Os programas de Responsabilidade Social voltados para o publico interno de uma empresa de grande porte. Ruam Melro 1. Ediene do Amaral Ferreira 2

Os programas de Responsabilidade Social voltados para o publico interno de uma empresa de grande porte. Ruam Melro 1. Ediene do Amaral Ferreira 2 Os programas de Responsabilidade Social voltados para o publico interno de uma empresa de grande porte. Ruam Melro 1 Ediene do Amaral Ferreira 2 Resumo A responsabilidade social é um assunto com muito

Leia mais

Chegamos a um momento do longo percurso histórico da Banricoop, de absoluta alegria em divulgar, de forma ampla e transparente, os resultados que

Chegamos a um momento do longo percurso histórico da Banricoop, de absoluta alegria em divulgar, de forma ampla e transparente, os resultados que BalançoSocial2010 Chegamos a um momento do longo percurso histórico da Banricoop, de absoluta alegria em divulgar, de forma ampla e transparente, os resultados que obtivemos para nossos associados e dos

Leia mais

0 21 anos: Fase do amadurecimento biológico 21 42 anos: Fase do amadurecimento psicológico mais de 42 anos: Fase do amadurecimento espiritual

0 21 anos: Fase do amadurecimento biológico 21 42 anos: Fase do amadurecimento psicológico mais de 42 anos: Fase do amadurecimento espiritual Por: Rosana Rodrigues Quando comecei a escrever esse artigo, inevitavelmente fiz uma viagem ao meu passado. Lembrei-me do meu processo de escolha de carreira e me dei conta de que minha trajetória foi

Leia mais

Gerência de Comunicacão

Gerência de Comunicacão Gerência de Comunicacão Quem somos? Representação política e institucional Representação sindical Educação cooperativista, promoção social e monitoramento Gecom Marketing Publicidade e propaganda Assessoria

Leia mais

Pesquisa de Opinião Pública Nacional. Associação dos Magistrados Brasileiros AMB Voto, Eleições e Corrupção Eleitoral

Pesquisa de Opinião Pública Nacional. Associação dos Magistrados Brasileiros AMB Voto, Eleições e Corrupção Eleitoral Pesquisa de Opinião Pública Nacional Associação dos Magistrados Brasileiros AMB Voto, Eleições e Corrupção Eleitoral Julho de 2008 Roteiro I. Metodologia II. III. IV. Eleições e Política Corrupção eleitoral

Leia mais

1 - ATIVIDADES ESPORTIVAS E CULTURAIS Linhas de Ação:

1 - ATIVIDADES ESPORTIVAS E CULTURAIS Linhas de Ação: NÍVEL COMUNITÁRIO 1 - ATIVIDADES ESPORTIVAS E CULTURAIS A - que se promovam atividades esportivas e culturais, envolvendo pais, alunos, professores e demais membros da Comunidade para vivenciar valores,

Leia mais

PROGRAMA DE ACOMPANHAMENTO DE EGRESSOS

PROGRAMA DE ACOMPANHAMENTO DE EGRESSOS PROGRAMA DE ACOMPANHAMENTO DE EGRESSOS Aprovado na Reunião do CONASU em 21/01/2015. As Faculdades Integradas Ipitanga FACIIP consciente da importância do acompanhamento de seus egressos, possui um canal

Leia mais

PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL. PERSPECTIVA Consultores Associados Ltda. NOME DA EMPRESA

PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL. PERSPECTIVA Consultores Associados Ltda. NOME DA EMPRESA PERSPECTIVA Consultores Associados Ltda. PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL NOME DA EMPRESA A pesquisa foi desenvolvida e aplicada pela PERSPECTIVA Consultores Associados. Coordenador Interno: Ricardo Lezana

Leia mais

Como implantar uma área de Planejamento Controladoria e Finanças

Como implantar uma área de Planejamento Controladoria e Finanças Guia prático com os passos necessários para estruturação e implantação de uma área de Planejamento, Controladoria e Finanças em uma empresa de pequeno ou médio porte. Como implantar uma área de Planejamento

Leia mais

Secretaria de Gestão

Secretaria de Gestão Secretaria de Gestão A Prefeitura Municipal de Salvador enfrentou alguns desafios no início da gestão Foram identificados muitos problemas relacionados aos principais aspectos para uma gestão profissional

Leia mais

PESQUISA DO 1º FORUM INTERNACIONAL DE SAUDE AAPSA

PESQUISA DO 1º FORUM INTERNACIONAL DE SAUDE AAPSA PESQUISA DO 1º FORUM INTERNACIONAL DE SAUDE AAPSA Introdução Introdução A ASSOCIAÇÃO PAULISTA DE RECURSOS HUMANOS E GESTORES DE PESSOAS - AAPSA, instituição empreendedora, referência em debates de atualidades,

Leia mais

Cooperativa realiza AGO

Cooperativa realiza AGO Sicoob Cofal recebe certificado de DESTAQUE no PDGC Página 7 Mala Direta Postal Básica. Fechamento Autorizado. Pode ser aberto pela ECT. Ano XVII l nº 93 l Junho de 2015 Cooperativa realiza AGO A Assembleia

Leia mais

Educação para a Sustentabilidade Projeto ESPM Social São Paulo

Educação para a Sustentabilidade Projeto ESPM Social São Paulo Educação para a Sustentabilidade Projeto ESPM Social São Paulo (Escola Superior de Propaganda e Marketing) Apresentação: Prof. Ismael Rocha Prof. Carlos Frederico Lucio São Paulo, julho de 2011 Indicadores

Leia mais

Francisco Cardoso SCBC08

Francisco Cardoso SCBC08 Formando profissionais para a sustentabilidade Prof. Francisco CARDOSO Escola Politécnica da USP Francisco Cardoso SCBC08 1 Estrutura da apresentação Objetivo Metodologia Resultados investigação Conclusão:

Leia mais

MANUAL DO VOLUNTÁRIO. Ajudar uma criança é tornar o mundo melhor.

MANUAL DO VOLUNTÁRIO. Ajudar uma criança é tornar o mundo melhor. MANUAL DO VOLUNTÁRIO Ajudar uma criança é tornar o mundo melhor. Apresentação No decorrer do ano de 2010, muitas mudanças estruturais ocorreram na Casa do Bom Menino. Podemos colher alguns frutos positivos

Leia mais

Edital Impact Hub BH

Edital Impact Hub BH Edital Impact Hub BH Chamada Pública de Empreendedores de Impacto Objetivo Dar suporte ao desenvolvimento de negócios de impacto através do que oferecemos no Impact Hub: espaço compartilhado de trabalho,

Leia mais

Uma nova proposta para a Agenda Ambiental Portuária

Uma nova proposta para a Agenda Ambiental Portuária Uma nva prpsta para a Agenda Ambiental Prtuária Marcs Maia Prt Gerente de Mei Ambiente O grande desafi a tratar cm as questões ambientais prtuárias é bter um resultad equilibrad que harmnize s cnflits

Leia mais

Política de Sustentabilidade

Política de Sustentabilidade Política de Sustentabilidade Sul Mineira 1 Índice Política de Sustentabilidade Unimed Sul Mineira Mas o que é Responsabilidade Social? Premissas Básicas Objetivos da Unimed Sul Mineira Para a Saúde Ambiental

Leia mais

COOPERAR E POUPAR TAMBÉM É COISA DE CRIANÇA

COOPERAR E POUPAR TAMBÉM É COISA DE CRIANÇA COOPERAR E POUPAR TAMBÉM É COISA DE CRIANÇA SEU DINHEIROSUA ESCOLHA TM SUA COOPERATIVA DE CRÉDITO Coopera Educação Cooperativista e Financeira Infantil $ COOPERAR E POUPAR TAMBÉM É COISA DE CRIANÇA Atrelado

Leia mais

visitas às instituições sociais. Os colaboradores voluntários também foram consultados, por meio da aplicação de um questionário.

visitas às instituições sociais. Os colaboradores voluntários também foram consultados, por meio da aplicação de um questionário. 1. Apresentação O Voluntariado Empresarial é um dos canais de relacionamento de uma empresa com a comunidade que, por meio da atitude solidária e proativa de empresários e colaboradores, gera benefícios

Leia mais

MINUTA DO EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORES VOLUNTÁRIOS OU REMUNERADOS

MINUTA DO EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORES VOLUNTÁRIOS OU REMUNERADOS MINUTA DO EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORES VOLUNTÁRIOS OU REMUNERADOS O IESUR/FAAr torna público o presente Edital de Seleção de Monitores Voluntários ou Remunerados para o anos de, em conformidade com o

Leia mais

Mongeral Aegon. Princípio para Sustentabilidade em Seguros. Relatório 2013 2014

Mongeral Aegon. Princípio para Sustentabilidade em Seguros. Relatório 2013 2014 Mongeral Aegon Princípio para Sustentabilidade em Seguros Relatório 2013 2014 Durante os anos de 2013 e 2014, a Mongeral Aegon realizou uma significativa reestruturação, com impacto em toda sua estrutura

Leia mais

Pesquisa de Opinião Pública do Comércio Varejista de Corumbá e Ladário

Pesquisa de Opinião Pública do Comércio Varejista de Corumbá e Ladário Pesquisa de Opinião Pública do Comércio Varejista de Corumbá e Ladário Uso do 13º. Salário e Compras de Natal de 2014 Novembro de 2014 Pesquisa de Opinião Pública Natalde 2014 Catalogação Bibliográfica

Leia mais

PROFISSIONAIS DE RECURSOS HUMANOS: EXPECTATIVAS E PERCEPÇÕES SOBRE A INCLUSÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA NO MERCADO DE TRABALHO

PROFISSIONAIS DE RECURSOS HUMANOS: EXPECTATIVAS E PERCEPÇÕES SOBRE A INCLUSÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA NO MERCADO DE TRABALHO PROFISSIONAIS DE RECURSOS HUMANOS: EXPECTATIVAS E PERCEPÇÕES SOBRE A INCLUSÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA NO MERCADO DE TRABALHO 2014 APRESENTAÇÃO Já faz tempo que as empresas estão trabalhando com o desafio

Leia mais

ESCOLA DE GESTÃO Formação de sucessores. Ivone Santos ivone.santos@tse.jus.br

ESCOLA DE GESTÃO Formação de sucessores. Ivone Santos ivone.santos@tse.jus.br ESCOLA DE GESTÃO Formação de sucessores Ivone Santos ivone.santos@tse.jus.br 1995 2006 2007 2009 2011 Primeiro concurso público realizado 1995 2006 2007 2009 2011 504 servidores Realização do 2º concurso

Leia mais

Identificação da Experiência: Gestão do Clima Organizacional Processo A Palavra é Sua.

Identificação da Experiência: Gestão do Clima Organizacional Processo A Palavra é Sua. Identificação da empresa: Viação Santa Cruz S/A Identificação da Experiência: Gestão do Clima Organizacional Processo A Palavra é Sua. Data: Implantação em 2009 aos dias atuais Categoria: Adesão dos Colaboradores

Leia mais

José Hipólito. Consultoria e implantação de projetos de Gestão Estratégica de Pessoas

José Hipólito. Consultoria e implantação de projetos de Gestão Estratégica de Pessoas José Hipólito Consultoria e implantação de projetos de Gestão Estratégica de Pessoas perfil José Hipólito é referência na consultoria e implantação de projetos de Gestão Estratégica de Pessoas. É apontado

Leia mais

INSTITUTO LOJAS RENNER

INSTITUTO LOJAS RENNER 2011 RELATÓRIO DE ATIVIDADES INSTITUTO LOJAS RENNER Instituto Lojas Renner Inserção de mulheres no mercado de trabalho, formação de jovens e desenvolvimento da comunidade fazem parte da essência do Instituto.

Leia mais

DADOS CONSOLIDADOS SICOOB SÃO PAULO SETEMBRO/2014

DADOS CONSOLIDADOS SICOOB SÃO PAULO SETEMBRO/2014 DADOS CONSOLIDADOS SICOOB SÃO PAULO SETEMBRO/2014 MISSÃO E VISÃO DO SICOOB SP MISSÃO ATENDER AS NECESSIDADES E EXPECTATIVAS DAS ASSOCIADAS VISÃO SER REFERÊNCIA NO COOPERATIVISMO DE CRÉDITO BRASILEIRO Histórico

Leia mais

EDITAL DE RECRUTAMENTO DE VOLUNTÁRIOS PARA O PROGRAMA EMBAIXADORES UNIVERSITÁRIOS DA FRANÇA

EDITAL DE RECRUTAMENTO DE VOLUNTÁRIOS PARA O PROGRAMA EMBAIXADORES UNIVERSITÁRIOS DA FRANÇA EDITAL DE RECRUTAMENTO DE VOLUNTÁRIOS PARA O PROGRAMA EMBAIXADORES UNIVERSITÁRIOS DA FRANÇA A Universidade Federal de São João del-rei UFSJ, juntamente com o Serviço de cooperação e ação cultural da Embaixada

Leia mais

3 Metodologia. 3.1. Tipo de pesquisa

3 Metodologia. 3.1. Tipo de pesquisa 3 Metodologia Neste capítulo apresenta-se a pesquisa realizada, abrangendo o tipo de pesquisa, os critérios para a seleção de sujeitos, o processo de coleta de dados e o tratamento de dados. 3.1. Tipo

Leia mais

EDITAL 05/2015 PROPESP/FADESP PROGRAMA DE APOIO À COOPERAÇÃO INTERINSTITUCIONAL PACI SUBPROGRAMA COOPERAÇÃO INTERNACIONAL

EDITAL 05/2015 PROPESP/FADESP PROGRAMA DE APOIO À COOPERAÇÃO INTERINSTITUCIONAL PACI SUBPROGRAMA COOPERAÇÃO INTERNACIONAL EDITAL 05/2015 PROPESP/FADESP PROGRAMA DE APOIO À COOPERAÇÃO INTERINSTITUCIONAL PACI SUBPROGRAMA COOPERAÇÃO INTERNACIONAL A Pró- Reitoria de Pesquisa e Pós- Graduação (PROPESP) e a Fundação de Amparo e

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA Conselho Superior da Universidade Federal de Juiz de Fora RESOLUÇÃO Nº 40/2010

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA Conselho Superior da Universidade Federal de Juiz de Fora RESOLUÇÃO Nº 40/2010 RESOLUÇÃO Nº 40/2010 Institui o Programa de Apoio à Qualificação Graduação e Pós- Graduação Stricto Sensu mediante de Bolsas para Servidores Técnico- Administrativos em Educação e Docentes efetivos da

Leia mais

FESURV- UNIVERSIDADE DE RIO VERDE

FESURV- UNIVERSIDADE DE RIO VERDE FESURV- UNIVERSIDADE DE RIO VERDE PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Campus Universitário Fazenda Fontes do Saber, Bloco I, Cx.p 104, 75.901-970, Rio Verde Goiás, (64)3620-2306,pesquisa@fesurv.br

Leia mais

13 a 15/05. liderando resultados múltiplos. Centro de Eventos da PUCRS

13 a 15/05. liderando resultados múltiplos. Centro de Eventos da PUCRS Competitividade: 13 a 15/05 liderando resultados múltiplos Centro de Eventos da PUCRS Competitividade: liderando resultados múltiplos O Congregarh 2015 vai tratar de um tema que tem preocupado muito as

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE LORENA

PREFEITURA MUNICIPAL DE LORENA PREFEITURA MUNICIPAL DE LORENA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROJETO JUDÔ NA ESCOLA: A SALA DE AULA E O TATAME Projeto: Domingos Sávio Aquino Fortes Professor da Rede Municipal de Lorena Semeie um pensamento,

Leia mais

A ESCOLA. A Escola oferece atendimento na área de Assistência Social, Saúde e Educação;

A ESCOLA. A Escola oferece atendimento na área de Assistência Social, Saúde e Educação; A ESCOLA A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Pinhalzinho completou 29 anos, foi fundada por Dioneiva Moraes da Cruz, professora e mãe de uma criança com síndrome de Down. Atendemos na escola

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO AUTÔNOMO DO BRASIL CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PROFESSOR ME. ORLEI JOSÉ POMBEIRO REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES

CENTRO UNIVERSITÁRIO AUTÔNOMO DO BRASIL CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PROFESSOR ME. ORLEI JOSÉ POMBEIRO REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES CENTRO UNIVERSITÁRIO AUTÔNOMO DO BRASIL CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PROFESSOR ME. ORLEI JOSÉ POMBEIRO REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURITIBA 2015 1 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

Leia mais

Curso Resolução 456 Capacitação dos Taxistas. 31 de AGOSTO. Curso CPA -10. 30 de AGOSTO. Cooperados da Cooperar participam de formação.

Curso Resolução 456 Capacitação dos Taxistas. 31 de AGOSTO. Curso CPA -10. 30 de AGOSTO. Cooperados da Cooperar participam de formação. Curso Resolução 456 Capacitação dos Taxistas 31 de AGOSTO O setor de Formação Profissional do Sescoop-RJ iniciou o curso Resolução 456 Capacitação dos Taxistas a 62 cooperados da Coopernortetaxi no Rio

Leia mais

PAPG-IFES Programa de Apoio a Pós-P Graduaçã. ção o das IFES

PAPG-IFES Programa de Apoio a Pós-P Graduaçã. ção o das IFES PAPG-IFES Programa de Apoio a Pós-P Graduaçã ção o das IFES (Açõ ções propostas em discussão) o) Objetivo Geral Consolidar e expandir os programas de formaçã ção o pós-graduada p de pessoas pelas Instituiçõ

Leia mais

MUNICIPAL DE FIRMINO ALVES

MUNICIPAL DE FIRMINO ALVES ESTADO DA SERVIÇO PÚBLICO MUNICIPAL PREFEITURA MUNICIPAL DE FIRMINO ALVES DECRETO Nº 001/2014de 10 de Janeiro de 2014 APROVA O QUADRO DE DETALHAMENTO DA DESPESA QDD para exercício financeiro de 2014 e

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2014

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2014 RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2014 APRESENTAÇÃO Ao longo dos seus 12 anos, o Instituto Brasileiro de Gestão Social - FUNDACIM, cresceu, diversificou o seu trabalho, e ao mesmo tempo, desenvolveu um forte compromisso

Leia mais

Cursos: Engenharia Elétrica e. Engenharia de Automação e Controle

Cursos: Engenharia Elétrica e. Engenharia de Automação e Controle Regulamento das Atividades Complementares dos Cursos de Graduação em Engenharia Elétrica e Engenharia de Automação e Controle do Centro Universitário Salesiano de São Paulo Unidade Universitária de Americana

Leia mais

Thierry Jeantet Retirado do livro La Economia Social Europea

Thierry Jeantet Retirado do livro La Economia Social Europea 1 ...os consórcios, as cooperativas e as associações - quer dizer, a Economia social, mostram que existe uma maneira mais solidária de criar riqueza, tanto no âmbito do mercado como no próprio mercado.

Leia mais

1. Funções gerais 377.419,00 377.419,00 377.419,00. 1.1. Serviços gerais de 230.507,00 230.507,00 230.507,00 administração pública

1. Funções gerais 377.419,00 377.419,00 377.419,00. 1.1. Serviços gerais de 230.507,00 230.507,00 230.507,00 administração pública PÁGINA : 1 1. Funções gerais 377.419,00 377.419,00 377.419,00 1.1. Serviços gerais de 230.507,00 230.507,00 230.507,00 administração pública 1.1.1. Administracao geral 230.507,00 230.507,00 230.507,00

Leia mais

Acompanhamento de egressos e criação de oportunidades de formação

Acompanhamento de egressos e criação de oportunidades de formação Acompanhamento de egressos e criação de oportunidades de formação A Universidade de Mogi das Cruzes UMC possui uma política de acompanhamento de egressos que se iniciou em 1998 ao constituir um banco de

Leia mais

Programa de Desenvolvimento Associativo AÇÃO ASSOCIATIVA

Programa de Desenvolvimento Associativo AÇÃO ASSOCIATIVA Programa de Desenvolvimento Associativo AÇÃO ASSOCIATIVA Objetivos 1 2 Atuação Integrada das Entidades Ampliar a Representatividade dos Sindicatos 3 Aumentar a Sustentabilidade do Sindicato 4 Estimular

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS DA FACULDADE SÃO VICENTE CAPITULO I DO PROGRAMA

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS DA FACULDADE SÃO VICENTE CAPITULO I DO PROGRAMA FACULDADE SÃO VICENTE Mantenedora: Sociedade Educacional e Assistencial da Paróquia de Pão de Açúcar-Al TEL; FAX 82-3624-1862 E - mail: fasvipa@hotmail.com Portaria Nº 1.766/ 01 /11/2006 REGULAMENTO DO

Leia mais

CLIMA ORGANIZACIONAL COMO FATOR DE MOTIVAÇÃO EM UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR

CLIMA ORGANIZACIONAL COMO FATOR DE MOTIVAÇÃO EM UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR XIV COLÓQUIO INTERNACIONAL DE GESTÃO UNIVERSITÁRIA CIGU A Gestão do Conhecimento e os Novos Modelos de Universidade Florianópolis Santa Catarina Brasil 3, 4 e 5 de dezembro de 2014. ISBN: 978-85-68618-00-4

Leia mais