Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Biologia Bioquímica CARBOIDRATOS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Biologia Bioquímica CARBOIDRATOS"

Transcrição

1 Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Biologia Bioquímica CARBOIDRATOS Prof. Raimundo Jr MSc

2 Carboidratos Características gerais: São os compostos mais abundantes Possuem diferentes funções: - Fonte de energia - Depósitos energético - Estrutura de Membranas - Comunicação/reconhecimento celular - Exoesqueleto

3 Síntese de carboidratos

4 Glicogênio Reconhecimento e adesão celular Peptideoglicano Proteoglicanos Amido Bioquímica Prof. Júnior Celulose

5 Carboidratos Quimicamente são polihidroxialdeídos e polihidroxicetonas C:H:O = 1:2:1 ex: glicose C 6 H 2 O 6 ou C n (H 2 O) n *Alguns carboidratos, entretanto, possuem em sua estrutura nitrogênio, fósforo ou enxofre não se adequando, portanto, a fórmula geral. Duas Famílias: Cetoses e Aldoses Três classes principais: - monossacarídeos - oligossacarídeos - polissacarídeos

6 Classificação e Nomenclatura ALDOSES e CETOSES Monossacarídeos - Trioses (gliceraldeído) - Tetrose (eritrose) - Pentose (ribose) - Hexose (glicose) - Heptose (sedoeptulose) - Nonose (ácido neuramínico) Oligossacarídeos (3-6 monossacarídeos) - Dissacarídeos Polissacarídeos (> 6 monos.)

7 Aldoses e Cetoses

8 Monossacarídeos Açúcares simples, com pequenas cadeias e ligações simples Mais importantes e presentes na alimentação: GLICOSE FRUTOSE GALACTOSE

9 Monossacarídeos - Aldoses

10 Monossacarídeos - Cetoses

11 Monossacarídeos Formação de hemiacetais e hemicetais

12 Monossacarídeos Formação das duas formas cíclicas da D-glicose 1/3 2/3 Aldeído do C-1 com OH do C-5 forma a ligação Hemiacetal e produz dois Estereoisômeros: anômero α e β

13 Monossacarídeos O íon Cu +1 produzido em condições alcalinas forma um precipitado vermelho de óxido cuproso: Reação de Fehling

14 Glicose Amplamente distribuída na natureza: frutas, vegetais, grãos, raízes, mel e no açúcar de mesa Produto final da digestão da maltose, amido, dextrinas, sacarose e lactose É o CHO existente no sangue Utilizada de três formas: Diretamente pelas células como fonte de energia Armazenada como glicogênio Convertida como gordura para estoque de energia

15 Frutose Açúcar do mel e das frutas É o mais doce dos açúcares No final da digestão converte-se em glicose

16 Galactose Não ocorre na forma livre, está sempre combinada com a glicose, formando a lactose, um dissacarídeo É convertida no fígado em glicose Encontrada no leite e seus derivados

17 Dissacarídeos União de duas moléculas de açúcares simples Mais comuns: sacarose, maltose, lactose Sacarose = glicose+frutose (açúcar de cana e beterraba) Maltose = glicose+glicose (hidrólise parcial do amido) Lactose = glicose+galactose (leite e derivados)

18 Dissacarídeos

19 Polissacarídeos Formados pela combinação de uma grande quantidade de moléculas Forma de apresentação da maioria dos CHO naturais Mais comuns: Amido Glicogênio Celulose

20 Polissacarídeos - Reserva Amido: Combinação de 300 ou mais moléculas de CHO, polissacarídeo vegetal presente nos cereais

21 Polissacarídeos - Reserva Amido

22 Polissacarídeos - Reserva Glicogênio: Polímero de cadeia ramificada, que sob hidrólise, resulta em glicose Presente em grande quantidade no músculo e no fígado

23 Polissacarídeos - Estrutural Celulose: Polissacarídeo vegetal Não digerível pelo TGI humano Presente em folhas, caules, raízes, sementes, frutas e cereais Auxiliam no aumento do bolo fecal e no trânsito intestinal - Digestão: - Celulase (β1-4) (Trychonynpha) - α - Amilase (α 1-4)

24 Polissacarídeos - Estrutural

25 Polissacarídeos - Quitina Exoesqueleto duro Unidades de N-acetil-Dglicosamina Não é digerida por vertebrados

26 Polissacarídeos - Fibras Solúveis - Pectina e goma - Polpa das frutas, aveia e leguminosas - Ao contato com água adquirem consistência viscosa - Efeitos metabólicos importantes - Sensação de saciedade - Controle da velocidade de absorção de nutrientes

27 Polissacarídeos - Fibras Insolúveis: - Celulose e hemicelulose - Legumes, folhosos, farelos e cereais integrais - Aumentam o bolo fecal - Reduz pressão intraluminal no cólon - Acelera o trânsito intestinal - Podem interferir na absorção de mironutrientes

28 Polissacarídeos - Fibras

COMPOSIÇÃO QUÍMICA CELULAR COMPOSTOS INORGÂNICOS: ÁGUA- SAIS MINERAIS COMPOSTOS ORGÂNICOS: CARBOIDRATOS

COMPOSIÇÃO QUÍMICA CELULAR COMPOSTOS INORGÂNICOS: ÁGUA- SAIS MINERAIS COMPOSTOS ORGÂNICOS: CARBOIDRATOS COMPOSIÇÃO QUÍMICA CELULAR COMPOSTOS INORGÂNICOS: ÁGUA- SAIS MINERAIS COMPOSTOS ORGÂNICOS: CARBOIDRATOS COMPOSTOS INORGÂNICOS Não apresentam Carbono em sua estrutura DOIS TIPOS: Água e Sais Minerais ÁGUA:

Leia mais

Importante reserva energética; são as gorduras.

Importante reserva energética; são as gorduras. Importante reserva energética; são as gorduras. 1g de lipídio libera 9kcal contra 4kcal por 1g de carboidrato. Podem ser armazenados de forma mais concentrada que os carboidratos. O excesso do consumo

Leia mais

Carboidratos e glicídeos

Carboidratos e glicídeos Aula de Bioquímica I Tema: Carboidratos e glicídeos Prof. Dr. Júlio César Borges Depto. de Química e Física Molecular DQFM Instituto de Química de São Carlos IQSC Universidade de São Paulo USP E-mail:

Leia mais

A base molecular da vida Constituintes da matéria-viva

A base molecular da vida Constituintes da matéria-viva A base molecular da vida Constituintes da matéria-viva Principais elementos químicos dos seres vivos Quando se analisa a matéria-viva que constitui os seres vivos, encontram-se principalmente os seguintes

Leia mais

Guia Didático do Professor

Guia Didático do Professor Guia Didático do Professor Animação Carboidratos Moléculas semelhantes com diferentes funções Alimentos Fonte de substâncias básicas Química 1ª Série Ensino Médio CONTEÚDOS DIGITAIS MULTIMÍDIA Conteúdos

Leia mais

Intestino delgado. Intestino grosso (cólon)

Intestino delgado. Intestino grosso (cólon) As fibras alimentares estão presentes nos alimentos de origem vegetal, englobando um conjunto de compostos que não podem ser digeridos pelas enzimas do nosso sistema gastrointestinal, não sendo por isso

Leia mais

Hidratos de Carbono. Monossacarídeo (Glicose) Polissacarídeo (Glicogénio) Dissacarídeo (Frutose + Glicose = Sacarose)

Hidratos de Carbono. Monossacarídeo (Glicose) Polissacarídeo (Glicogénio) Dissacarídeo (Frutose + Glicose = Sacarose) Hidratos de Carbono Os hidratos de carbono são compostos orgânicos, constituídos por carbono (C), hidrogénio (H) e oxigénio (O). São a principal fonte de energia para o movimento, trabalho e realização

Leia mais

O QUE SÃO SUBSTÂNCIAS INORGÂNICAS? QUAL A FUNÇÃO BIOLÓGICA DE CADA UMA?

O QUE SÃO SUBSTÂNCIAS INORGÂNICAS? QUAL A FUNÇÃO BIOLÓGICA DE CADA UMA? O QUE SÃO SUBSTÂNCIAS ORGÂNICAS? O QUE SÃO SUBSTÂNCIAS INORGÂNICAS? QUAL A FUNÇÃO BIOLÓGICA DE CADA UMA? SUBSTÂNCIAS ORGÂNICAS: CARBONO, HIDROGÊNIO, OXIGÊNIO E NITROGÊNIO FORMAM CADEIAS LONGAS E COMPLEXAS

Leia mais

AULÃO BIOS SOLIDÁRIO. Profª. Mary Ann Saraiva

AULÃO BIOS SOLIDÁRIO. Profª. Mary Ann Saraiva AULÃO BIOS SOLIDÁRIO Profª. Mary Ann Saraiva ENERGIA NOS SERES VIVOS TIPOS DE CARBOIDRATOS MONOSSACARÍDEOS CnH2nOn Pentoses: ribose (RNA) desoxirribose (DNA) Hexoses: glicose frutose galactose DISSACARÍDEOS

Leia mais

08/10/2012. Citologia. Equipe de Biologia. De que são formados os seres vivos? Substâncias inorgânicas. Água Sais minerais. Substâncias orgânicas

08/10/2012. Citologia. Equipe de Biologia. De que são formados os seres vivos? Substâncias inorgânicas. Água Sais minerais. Substâncias orgânicas Citologia Equipe de Biologia De que são formados os seres vivos? Substâncias inorgânicas Água Sais minerais Substâncias orgânicas Carboidratos Lipídios Proteínas Vitaminas Ácidos nucleicos .

Leia mais

NUTRIÇÃO. Prof. Marta E. Malavassi

NUTRIÇÃO. Prof. Marta E. Malavassi Prof. Marta E. Malavassi Conceito: processo orgânico que envolve ingestão, digestão, absorção, transporte e eliminação das substâncias alimentares para a manutenção de funções, a formação e regeneração

Leia mais

Professor Fernando Stuchi M ETABOLISMO DE C ONSTRUÇÃO

Professor Fernando Stuchi M ETABOLISMO DE C ONSTRUÇÃO M ETABOLISMO DE C ONSTRUÇÃO P ROTEÍNAS P ROPRIEDADE BÁSICA São grandes moléculas (macromoléculas) constituídas por aminoácidos, através de ligações peptídicas. É o composto orgânico mais abundante no corpo

Leia mais

Fibras e seus Benefícios! Tipos de Farinhas! Coordenadora e Nutricionista Felícia Bighetti Sarrassini - CRN 10664

Fibras e seus Benefícios! Tipos de Farinhas! Coordenadora e Nutricionista Felícia Bighetti Sarrassini - CRN 10664 Fibras e seus Benefícios! & Tipos de Farinhas! Coordenadora e Nutricionista Felícia Bighetti Sarrassini - CRN 10664 * Fibras: Definição: Fibras referem a parte dos vegetais (frutas, verduras, legumes,

Leia mais

Prof. Admilson Toscano. IFSP_Campus Cubatão e-mail: Prof_toscano@hotmail.com

Prof. Admilson Toscano. IFSP_Campus Cubatão e-mail: Prof_toscano@hotmail.com Prof. Admilson Toscano IFSP_Campus Cubatão e-mail: Prof_toscano@hotmail.com 1ª Parte: Princípios e Bases para a Nutrição Animal Anatomia Geral Monogástricos x Ruminantes Secreções Digestivas Estômagos

Leia mais

95% de água, 3% de substâncias orgânicas e 2% de sais minerais. uma secreção serosa outra secreção mucosa

95% de água, 3% de substâncias orgânicas e 2% de sais minerais. uma secreção serosa outra secreção mucosa SISTEMA DIGESTÓRIO SALIVA A saliva é um líquido claro, viscoso, alcalino (ph entre 6 e 7), que contém em sua composição: 95% de água, 3% de substâncias orgânicas e 2% de sais minerais. Além disso, também

Leia mais

SISTEMA DIGESTÓRIO. Introdução

SISTEMA DIGESTÓRIO. Introdução SISTEMA DIGESTÓRIO Introdução Os animais não encontram no meio, em forma imediatamente utilizável, todos os alimentos ou nutrientes de que necessitam. A absorção direta de nutrientes ocorre, excepcionalmente,

Leia mais

Sistemas do Corpo Humano

Sistemas do Corpo Humano Sistemas do Corpo Humano Sistema Digestório consegue energia e matéria prima. Cada órgão tem uma função específica no processo de transformação dos alimentos O QUE É UM SISTEMA????? Sistema Digestório

Leia mais

Bioenergética. Profa. Kalyne de Menezes Bezerra Cavalcanti

Bioenergética. Profa. Kalyne de Menezes Bezerra Cavalcanti Bioenergética Profa. Kalyne de Menezes Bezerra Cavalcanti Natal/RN Fevereiro de 2011 Substratos para o exercício O corpo utiliza nutrientes carboidratos, gorduras e proteínas consumidos diariamente para

Leia mais

Função orgânica nossa de cada dia. Profa. Kátia Aquino

Função orgânica nossa de cada dia. Profa. Kátia Aquino Função orgânica nossa de cada dia Profa. Kátia Aquino Vamos analisar! Funções Carboidratros (ou Glicídios) Energética: eles são os maiores fornecedores de energia para os seres vivos, principalmente a

Leia mais

Hipertrofia Muscular Uma abordagem didática

Hipertrofia Muscular Uma abordagem didática Hipertrofia Muscular Uma abordagem didática Muitas pessoas, pesquisadores, professores, atletas e treinadores já falaram sobre a hipertrofia muscular. Seu conceito técnico e fisiológico está ligado ao

Leia mais

SISTEMA DIGESTIVO. Ciências Naturais 9º ano

SISTEMA DIGESTIVO. Ciências Naturais 9º ano SISTEMA DIGESTIVO Ciências Naturais 9º ano Digestão e Sistema Digestivo A digestão é o processo através do qual moléculas complexas dos alimentos são desdobradas, em moléculas mais simples que podem ser

Leia mais

Desencolagem / Desengomagem

Desencolagem / Desengomagem Desencolagem / Desengomagem Encolagem - 1-5 1 - Encolagem: Tem por objetivo conferir maior resistência contra abrasão, proteger as fibras e evitar que estas se projetem para fora do fio/tecido. 1.1 - Pastas

Leia mais

34 Por que as vacas mastigam o tempo todo?

34 Por que as vacas mastigam o tempo todo? A U A UL LA Por que as vacas mastigam o tempo todo? Nos sítios e fazendas que têm criação de gado, os bois e vacas se espalham pelo pasto e têm hora certa para ir ao cocho receber o trato. O trato pode

Leia mais

18/02/2011. Introdução. Biologia. Tipos de alimentos. Tipos de alimentos. Colesterol... Tema:

18/02/2011. Introdução. Biologia. Tipos de alimentos. Tipos de alimentos. Colesterol... Tema: Biologia Tema: Nutrição e Sistema Digestório Módulo 01: Anatomia e fisiologia Marcos Vinícius Introdução É um conjunto de órgãos responsáveis pelas transformações mecânicas e químicas dos alimentos, tornando

Leia mais

Bioquímica Carboidratos

Bioquímica Carboidratos Bioquímica Carboidratos Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 (FCC-SP) Considere as seguintes informações: Lactose, C 12H 22O 11: MM = 342 u Frutose,

Leia mais

Podem desempenhar funções como:

Podem desempenhar funções como: Também chamados de hidratos de carbono, glicídios, glucídios, glúcides ou simplesmente açúcares. São formados pelos átomos de C, H e O. Podem exercer função energética ou estrutural. São classificados

Leia mais

FRUTAS E DERIVADOS. Profa. Flávia Meneses

FRUTAS E DERIVADOS. Profa. Flávia Meneses Maturação e metabolismo pós-colheita Fonte de vida: Fotossíntese CO 2 + H 2 O + energia solar Glicose + H 2 O + O 2 Respiração Glicose + O 2 CO 2 + H 2 O + energia Após a colheita: transformações químicas

Leia mais

Trato Digestivo do Suíno

Trato Digestivo do Suíno Trato Digestivo do Suíno Monogástrico onívoro com limitada fermentação pós-gástrica Estômago simples, incapaz de utilizar dietas ricas em forragem Incapaz de digerir algumas substâncias presentes em grãos,

Leia mais

CONCEITOS FUNDAMENTAIS DE QUÍMICA

CONCEITOS FUNDAMENTAIS DE QUÍMICA Aulão: 16/05/2015 Conteúdo: Bioquímica Celular Básica Profº Davi Vergara Profº Roberto Fonseca Os avanços da Química, nos séculos XIX e XX, foram fundamentais para o desenvolvimento atual da Biologia.

Leia mais

REGISTRO: Isento de Registro no M.S. conforme Resolução RDC n 27/10. CÓDIGO DE BARRAS N : 7898171287947(Frutas vermelhas) 7898171287954(Abacaxi)

REGISTRO: Isento de Registro no M.S. conforme Resolução RDC n 27/10. CÓDIGO DE BARRAS N : 7898171287947(Frutas vermelhas) 7898171287954(Abacaxi) Ficha técnica CHÁ VERDE COM CÓLAGENO, VITAMINA C E POLIDEXTROSE Pó para Preparo de Bebida a Base de Chá Verde, com Colágeno hidrolisado, vitamina C e polidextrose Sabor Abacaxi e frutas vermelhas REGISTRO:

Leia mais

Moléculas envolvidas no metabolismo. Carboidratos Lipídeos Proteínas Sais minerais Vitaminas Água

Moléculas envolvidas no metabolismo. Carboidratos Lipídeos Proteínas Sais minerais Vitaminas Água Moléculas envolvidas no metabolismo Carboidratos Lipídeos Proteínas Sais minerais Vitaminas Água Polissacarídeos Aminoácidos Aromáticos Hexoses Catecolaminas Pentoses Purinas Fotossíntese Pirimidinas Biosíntese

Leia mais

Enzimas. Reações baratas e seguras; São altamente eficientes, acelerando a velocidade das reações (10 8 a 10 11 + rápida);

Enzimas. Reações baratas e seguras; São altamente eficientes, acelerando a velocidade das reações (10 8 a 10 11 + rápida); Enzimas Enzimas Enzimas - são proteínas de alta massa molecular (MM > 15000 Da) produzidas por células vivas e que têm a capacidade de aumentar a velocidade das reações biológicas por ativação específica

Leia mais

Sybelle de Araujo Cavalcante Nutricionista

Sybelle de Araujo Cavalcante Nutricionista Secretaria de Estado da Saúde - SESAU Superintendência de Assistência em Saúde SUAS Diretoria de Atenção Básica - DAB Gerência do Núcleo do Programa Saúde e Nutrição Sybelle de Araujo Cavalcante Nutricionista

Leia mais

Aula 4: Sistema digestório

Aula 4: Sistema digestório Aula 4: Sistema digestório Sistema digestório As proteínas, lípideos e a maioria dos carboidratos contidos nos alimentos são formados por moléculas grandes demais para passar pela membrana plasmática e

Leia mais

Universidade Federal do Rio Grande do Sul Instituto de Ciência e Tecnologia de Alimentos Departamento de Tecnologia de Alimentos

Universidade Federal do Rio Grande do Sul Instituto de Ciência e Tecnologia de Alimentos Departamento de Tecnologia de Alimentos Universidade Federal do Rio Grande do Sul Instituto de Ciência e Tecnologia de Alimentos Departamento de Tecnologia de Alimentos Tecnologia de Produtos de Origem Vegetal Cereais & Farinhas Prof. Alex Augusto

Leia mais

Exercícios de Aprofundamento Biologia Digestão Animal e Humana

Exercícios de Aprofundamento Biologia Digestão Animal e Humana 1. (Unifesp 2015) Recomenda-se frequentemente aos vestibulandos que, antes do exame, prefiram alimentos ricos em carboidratos (glicídios) em vez de gorduras (lipídios), pois estas são digeridas mais lentamente.

Leia mais

Para viver, crescer e manter o nosso organismo, precisamos consumir alimentos. Mas o que acontece com os alimentos que ingerimos? Como os nutrientes

Para viver, crescer e manter o nosso organismo, precisamos consumir alimentos. Mas o que acontece com os alimentos que ingerimos? Como os nutrientes PROFESSORA NAIANE Para viver, crescer e manter o nosso organismo, precisamos consumir alimentos. Mas o que acontece com os alimentos que ingerimos? Como os nutrientes dos alimentos, chegam às células do

Leia mais

Oficina CN/EM 2012. Alimentos e nutrientes (web aula) H34 Reconhecer os principais tipos de nutrientes e seu papel no metabolismo humano.

Oficina CN/EM 2012. Alimentos e nutrientes (web aula) H34 Reconhecer os principais tipos de nutrientes e seu papel no metabolismo humano. Oficina CN/EM 2012 Alimentos e nutrientes (web aula) Caro Monitor, Ao final da oficina, o aluno terá desenvolvido as habilidade: H34 Reconhecer os principais tipos de nutrientes e seu papel no metabolismo

Leia mais

TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS DIETAS ENTERAIS

TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS DIETAS ENTERAIS TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS 82026 82025 82021 MEDICAMENTOS NUTRICAO, NUTRICAO ENTERAL, HIPERCALORICA, OLIGOMERICA, COM PROTEINA DE ORIGEM ANIMAL HIDROLISADA. ISENTA DE SACAROSE, LACTOSE E GLUTEN. PRINCIPIO/CONCENTRACAO1:

Leia mais

C.S.F.X - BIOLOGIA- 3ºANO (A,B,C,D e E) PROFª.: JUCIMARA RODRIGUES BIOLOGIA I: SISTEMA DIGESTÓRIO

C.S.F.X - BIOLOGIA- 3ºANO (A,B,C,D e E) PROFª.: JUCIMARA RODRIGUES BIOLOGIA I: SISTEMA DIGESTÓRIO C.S.F.X - BIOLOGIA- 3ºANO (A,B,C,D e E) PROFª.: JUCIMARA RODRIGUES BIOLOGIA I: SISTEMA DIGESTÓRIO Digestão é o processo de transformação de macromoléculas, por hidrólise enzimática, liberando unidades

Leia mais

BIOQUÍMICA. 3 X + glicerol

BIOQUÍMICA. 3 X + glicerol BIQUÍMIA 1- A fermentação da celulose, em condições de anaerobiose do solo, origina ácidos orgânicos alifáticos e monocarboxílicos de cadeia normal com 2, 3 ou 4 átomos de carbono. As etapas das reações

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONCURSO PÚBLICO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONCURSO PÚBLICO UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONCURSO PÚBLICO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ALCIDES CARNEIRO DIA - 20/12/2009 CARGO: NUTRICIONISTA C O N C U R S O P Ú B L I C O - H U A C / 2 0 0 9 Comissão de Processos

Leia mais

VALOR NUTRITIVO DA CARNE

VALOR NUTRITIVO DA CARNE VALOR NUTRITIVO DA CARNE Os alimentos são consumidos não só por saciarem a fome e proporcionarem momentos agradáveis à mesa de refeição mas, sobretudo, por fornecerem os nutrientes necessários à manutenção

Leia mais

CURSINHO PRÉ VESTIBULAR BIOLOGIA PROFº EDUARDO 05/08/2013

CURSINHO PRÉ VESTIBULAR BIOLOGIA PROFº EDUARDO 05/08/2013 CURSINHO PRÉ VESTIBULAR BIOLOGIA PROFº EDUARDO 05/08/2013 FISIOLOGIA HUMANA SISTEMA DIGESTÓRIO A função do sistema digestório é retirar dos alimentos ingeridos os nutriente necessários para o desenvolvimento

Leia mais

NUTRIÇÃO MICROBIANA. Prof. Sharline Florentino de Melo Santos UFPB CT - DEQ

NUTRIÇÃO MICROBIANA. Prof. Sharline Florentino de Melo Santos UFPB CT - DEQ NUTRIÇÃO MICROBIANA Prof. Sharline Florentino de Melo Santos UFPB CT - DEQ Para crescer, todos os organismos necessitam de uma variedade de elementos químicos como nutrientes. Estes elementos são necessários

Leia mais

Glicose. Frutose. Unidade 6 Açúcar e álcool

Glicose. Frutose. Unidade 6 Açúcar e álcool Unidade 6 Açúcar e álcool Açúcares A sacarose é um dos açúcares presentes na canadeaçúcar. Junto com ele também são encontrados os açúcares glicose e frutose. A diferença é que a sacarose está presente

Leia mais

UNIDADE I ALIMENTOS E METABOLISMO

UNIDADE I ALIMENTOS E METABOLISMO UNIDADE I ALIMENTOS E METABOLISMO A L I M E N T O S DEFINIÇÃO É o material nutritivo que recebe um organismo e que satisfaz suas necessidades de manutenção, crescimento, trabalho e restauração dos tecidos.

Leia mais

Profª Marília Oetterer

Profª Marília Oetterer UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA "LUIZ DE QUEIROZ" DEPARTAMENTO DE AGROINDÚSTRIA, ALIMENTOS E NUTRIÇÃO AULA: MONO E DISSACARÍDEOS - PROPRIEDADES DOS AÇUCARES Profª Marília Oetterer

Leia mais

b) Escreva a equação química balanceada que representa a reação de produção do fosfato de cálcio a partir de ácido fosfórico e hidróxido de cálcio.

b) Escreva a equação química balanceada que representa a reação de produção do fosfato de cálcio a partir de ácido fosfórico e hidróxido de cálcio. 1. (Ufal) Os glicídios, também chamados de açúcares ou carboidratos, constituem a principal fonte de energia para os seres vivos e estão presentes em diversos tipos de alimentos. O mel contém o glicídio

Leia mais

DIFUSÃO ATRAVÉS DE UMA MEBRANA POROSA ARTIFICIAL

DIFUSÃO ATRAVÉS DE UMA MEBRANA POROSA ARTIFICIAL Escola Secundária do Padre António Manuel Oliveira de Lagoa Técnicas Laboratoriais de Biologia DIFUSÃO ATRAVÉS DE UMA MEBRANA POROSA ARTIFICIAL Pedro Pinto Nº 20 10ºA 22/05/2003 Introdução Esta actividade

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PARAIBUNA

PREFEITURA MUNICIPAL DE PARAIBUNA PREFEITURA MUNICIPAL DE PARAIBUNA COMO REDUZIR A CELULITE Podemos descrever a celulite basicamente como uma inflamação das células, associadas com alterações na circulação. A obesidade pode, ou não, estar

Leia mais

A RODA DOS ALIMENTOS E OS NOVOS VALORES NUTRICIONAIS Mafra, 14 de Março de 2008. Ana Leonor DataPerdigão Nutricionista

A RODA DOS ALIMENTOS E OS NOVOS VALORES NUTRICIONAIS Mafra, 14 de Março de 2008. Ana Leonor DataPerdigão Nutricionista A RODA DOS ALIMENTOS E OS NOVOS VALORES NUTRICIONAIS Mafra, 14 de Março de 2008 Ana Leonor DataPerdigão Nutricionista A ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL É Completa Fornece energia e todos os nutrientes essenciais

Leia mais

FISIOPATOLOGIA DO DIABETES E SINDROME METABÓLICA. Prof. Dr. Emerson S. Lima Universidade Federal do Amazonas-UFAM Disciplina de Bioquímica Metabólica

FISIOPATOLOGIA DO DIABETES E SINDROME METABÓLICA. Prof. Dr. Emerson S. Lima Universidade Federal do Amazonas-UFAM Disciplina de Bioquímica Metabólica FISIOPATOLOGIA DO DIABETES E SINDROME METABÓLICA Prof. Dr. Emerson S. Lima Universidade Federal do Amazonas-UFAM Disciplina de Bioquímica Metabólica 1 BREVE REVISAO SOBRE CARBOIDRATOS MONOSSACARÍDEOS FUNÇÃO

Leia mais

(04) I - C (08) IV - C

(04) I - C (08) IV - C COLÉGIO CEC CENTRO EDUCACIONAL CIANORTE ED. INFANTIL, ENS. FUNDAMENTAL E MÉDIO - SISTEMA ANGLO DE ENSINO. COMPOSIÇÃO QUÍMICA (INORGÂNICA E ORGÂNICA) TERCEIRÃO 2012 (NANNI) 01) Sobre as substâncias que

Leia mais

Fonte: Disponível em: http://veja.abril.com.br. Acesso em: 25 set. 2014.

Fonte: Disponível em: http://veja.abril.com.br. Acesso em: 25 set. 2014. 1. (Ufsm 2015) O consumo exagerado de sódio está associado a uma serie de doenças crônicas não transmissíveis (DCNT), como as cardiovasculares. Essas moléculas são responsáveis por 72% das mortes no Brasil,

Leia mais

NATUREZA, SAÚDE E SUSTENTABILIDADE

NATUREZA, SAÚDE E SUSTENTABILIDADE ARTIGO NATUREZA, SAÚDE E SUSTENTABILIDADE 67 As autoras ¹Thamires Moraes Brito Macedo Acadêmica do curso de Nutrição da Unisulma (macedo.thamires@hotmail.com). ²Gracilene Schmourlo Bioquímica, professora

Leia mais

1. (MOJI-SP) A membrana plasmática, apesar de invisível ao microscópio óptico, está presente:

1. (MOJI-SP) A membrana plasmática, apesar de invisível ao microscópio óptico, está presente: Exercícios de aprofundamento Biologia Aula 1 1. (MOJI-SP A membrana plasmática, apesar de invisível ao microscópio óptico, está presente: a em todas as células, seja ela procariótica ou eucariótica. b

Leia mais

DURAÇÃO DA PROVA: 03 HORAS

DURAÇÃO DA PROVA: 03 HORAS ISTRUÇÕES: PRESS SELETIV 2012/1 - PS PRVA DISURSIVA DE QUÍMIA URS DE GRADUAÇÃ EM MEDIIA 1. Só abra a prova quando autorizado. 2. Veja se este caderno contém 5 (cinco) questões discursivas. aso contrário

Leia mais

ALIMENTAÇÃO NA ADOLESCÊNCIA

ALIMENTAÇÃO NA ADOLESCÊNCIA ALIMENTAÇÃO NA ADOLESCÊNCIA Maria Sylvia de Souza Vitalle (Texto extraído de Manual de atenção à saúde do adolescente. Secretaria da Saúde. Coordenação de Desenvolvimento de Programas e Políticas de Saúde

Leia mais

TURMA DE REVISÃO - EMESCAM 1º SEMESTRE 2012 - QUÍMICA

TURMA DE REVISÃO - EMESCAM 1º SEMESTRE 2012 - QUÍMICA TURMA DE REVISÃO - EMESCAM 1º SEMESTRE 2012 - QUÍMICA Prof. Borges EXERCÍCIOS DE AMINOÁCIDOS 1. (Fuvest) A hidrólise de um peptídeo rompe a ligação peptídica, originando aminoácidos. Quantos aminoácidos

Leia mais

ALIMENTAÇÃO DE CAVALOS ATLETAS

ALIMENTAÇÃO DE CAVALOS ATLETAS ALIMENTAÇÃO DE CAVALOS ATLETAS Prof. Dr. ALEXANDRE AUGUSTO de OLIVEIRA GOBESSO Departamento de Nutrição e Produção Animal Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia/USP Campus de Pirassununga/SP gobesso.fmvz@usp.br

Leia mais

SUMÁRIO MÓDULO 6 ALIMENTOS E NUTRIENTES ATIVIDADE 1 (PÁGINA 221)

SUMÁRIO MÓDULO 6 ALIMENTOS E NUTRIENTES ATIVIDADE 1 (PÁGINA 221) 1 SUMÁRIO Módulo 6 Alimentos e nutrientes... 1 Atividade 1 (página 221)... 1 Atividade 2 (página 228)... 1 Atividade 3 (página 229)... 2 Em Casa (pagina 231)... 3 Módulo 7 O processo de digestão I... 4

Leia mais

Convivendo bem com a doença renal. Guia de Nutrição e Diabetes Você é capaz, alimente-se bem!

Convivendo bem com a doença renal. Guia de Nutrição e Diabetes Você é capaz, alimente-se bem! Convivendo bem com a doença renal Guia de Nutrição e Diabetes Você é capaz, alimente-se bem! Nutrição e dieta para diabéticos: Introdução Mesmo sendo um paciente diabético em diálise, a sua dieta ainda

Leia mais

SISTEMA DIGESTÓRIO HUMANO. Definição Nutrição Alimentos Anatomia Fisiologia www.infopedia.pt/$sistema-digestivo,2

SISTEMA DIGESTÓRIO HUMANO. Definição Nutrição Alimentos Anatomia Fisiologia www.infopedia.pt/$sistema-digestivo,2 SISTEMA DIGESTÓRIO HUMANO Definição Nutrição Alimentos Anatomia Fisiologia www.infopedia.pt/$sistema-digestivo,2 Digestão É o conjunto de transformações fisioquímicas ou físico-químicas que os alimentos

Leia mais

Sistema Digestório Características Saliva e peristaltismo GLÂNDULAS SALIVARES Saliva ptialina amilase salivar Glândula parótida

Sistema Digestório Características Saliva e peristaltismo GLÂNDULAS SALIVARES Saliva ptialina amilase salivar Glândula parótida Sistema Digestório O tubo digestivo apresenta as seguintes regiões; boca, faringe, esôfago, estômago, intestino delgado, intestino grosso e ânus. A parede do tubo digestivo tem a mesma estrutura da boca

Leia mais

14 Aproveitamos tudo o que comemos?

14 Aproveitamos tudo o que comemos? A U A UL LA Aproveitamos tudo o que comemos? Nas Aulas 1 e 5 vimos a importância de carboidratos, proteínas e gorduras para o bom funcionamento do corpo e o quanto é fundamental uma alimentação saudável,

Leia mais

a) Qual a configuração eletrônica do cátion do alumínio isoeletrônico ao gás nobre neônio?

a) Qual a configuração eletrônica do cátion do alumínio isoeletrônico ao gás nobre neônio? Questão 1: O Brasil é o campeão mundial da reciclagem de alumínio, colaborando com a preservação do meio ambiente. Por outro lado, a obtenção industrial do alumínio sempre foi um processo caro, consumindo

Leia mais

Necessidades Nutricionais Antes, Durante e Depois do Exercício

Necessidades Nutricionais Antes, Durante e Depois do Exercício Nut. Cláudia Dornelles Schneider Prof. Adj. Depto. de Nutrição Necessidades Nutricionais Antes, Durante e Depois do Exercício Porto Alegre, RS, Brasil Janeiro de 2013 Nutrição Esportiva últimas 2 décadas

Leia mais

treinofutebol.net treinofutebol.net

treinofutebol.net treinofutebol.net Alimentação do Desportista A alimentação pode influenciar positiva ou negativamente o rendimento dum atleta, devendo consequentemente ser orientada no sentido de não só melhorar a sua capacidade desportiva,

Leia mais

Ingestão; Secreção; Mistura e propulsão; Digestão; Absorção; Defecação; Ingestão de Alimento. Processo Digestivo. Processo Absortivo.

Ingestão; Secreção; Mistura e propulsão; Digestão; Absorção; Defecação; Ingestão de Alimento. Processo Digestivo. Processo Absortivo. Ingestão; Secreção; Mistura e propulsão; Digestão; Absorção; Defecação; Ingestão de Alimento Processo Digestivo Processo Absortivo Defecação Grandes moléculas Moléculas menores Utilização Resíduos Trato

Leia mais

Centríolos. Ribossomos

Centríolos. Ribossomos Ribossomos Os ribossomos são encontrados em todas as células (tanto eucariontes como procariontes) e não possuem membrana lipoprotéica (assim como os centríolos). São estruturas citoplasmáticas responsáveis

Leia mais

é a quebra física dos alimentos através da mastigação e dos movimentos peristálticos.

é a quebra física dos alimentos através da mastigação e dos movimentos peristálticos. SISTEMA DIGESTIVO Digestão Digestão mecânica: é a quebra física dos alimentos através da mastigação e dos movimentos peristálticos. Digestão química é a transformação das moléculas mais complexas em moléculas

Leia mais

CINZA. É o resíduo inorgânico que permanece após a queima da matéria orgânica, que é transformada em CO 2, H 2 O e NO 2.

CINZA. É o resíduo inorgânico que permanece após a queima da matéria orgânica, que é transformada em CO 2, H 2 O e NO 2. CINZA É o resíduo inorgânico que permanece após a queima da matéria orgânica, que é transformada em CO 2, H 2 O e NO 2. A cinza é constituída principalmente de: Grandes quantidades: K, Na, Ca e Mg; Pequenas

Leia mais

Lipídios. Dra. Aline Marcellini

Lipídios. Dra. Aline Marcellini Lipídios Dra. Aline Marcellini LIPÍDEOS Nutrição = 9 Kcal/g Grande diversidade de moléculas. Palatabilidade e retenção de voláteis. Definição: compostos insolúveis em água e solúveis em solventes orgânicos.

Leia mais

Termos Básicos da Nutrição

Termos Básicos da Nutrição Pós Graduação de Esportes e Atividades de Aventura 2010 Introdução à Nutrição ProfaDra Alessandra Lucca Termos Básicos da Nutrição Alimentos Nutrientes Nutrientes essenciais Dieta NUTRIÇÃO O que é uma

Leia mais

PERFIL PANCREÁTICO. Prof. Dr. Fernando Ananias. MONOSSACARÍDEOS Séries das aldoses

PERFIL PANCREÁTICO. Prof. Dr. Fernando Ananias. MONOSSACARÍDEOS Séries das aldoses PERFIL PANCREÁTICO Prof. Dr. Fernando Ananias MONOSSACARÍDEOS Séries das aldoses 1 DISSACARÍDEO COMPOSIÇÃO FONTE Maltose Glicose + Glicose Cereais Sacarose Glicose + Frutose Cana-de-açúcar Lactose Glicose

Leia mais

NUTRIÇÃO DO CAVALO ATLETA

NUTRIÇÃO DO CAVALO ATLETA NUTRIÇÃO DO CAVALO ATLETA Fernando Queiroz de Almeida Instituto de Veterinária Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro EQUINOS (Equus caballus) Herbívoros não-ruminantes Pastejadores Gramíneas, leguminosas

Leia mais

OFICINA: Fundamentos da Nutrição e Química PROFESSOR: Thais DATA: 28/10/2015

OFICINA: Fundamentos da Nutrição e Química PROFESSOR: Thais DATA: 28/10/2015 OFICINA: Fundamentos da Nutrição e Química PROFESSOR: Thais DATA: 28/10/2015 1) A seguir, temos o Guia Alimentar adaptado para a população brasileira, usado como instrumento de educação alimentar. Ele

Leia mais

Anatomia e Fisiologia Animal Sistema Digestivo - RUMINANTES

Anatomia e Fisiologia Animal Sistema Digestivo - RUMINANTES Anatomia e Fisiologia Animal Sistema Digestivo - RUMINANTES Ruminantes: Animais que mastigam e regurgitam o alimento ingerido Dividido em 2 subordens: 1-) Ruminantia: veado, alce, rena, antílope, girafa,

Leia mais

Lista de exercícios: Carboidratos, Proteína e Ácidos Nucleicos 1ºano/ Prof. Karina-BIO/ CFNP

Lista de exercícios: Carboidratos, Proteína e Ácidos Nucleicos 1ºano/ Prof. Karina-BIO/ CFNP 1. (Fuvest 2014) Observe a figura abaixo, que representa o emparelhamento de duas bases nitrogenadas. 3. (Unesp 2013) Em 2012, assim como em anos anteriores, o Ministério da Saúde promoveu a campanha para

Leia mais

Adição de matéria orgânica ao solo

Adição de matéria orgânica ao solo MATÉRIA ORGÂNICA DO SOLO (MOS) A MOS faz parte do ciclo do carbono Qualidade ambiental Embora em pequenas proporções nos solos minerais, a MOS é importante devido à sua alta reatividade e interação com

Leia mais

Bioquímica. www.sotaodaquimica.com.br Contato: sotaodaquimica@gmail.com

Bioquímica. www.sotaodaquimica.com.br Contato: sotaodaquimica@gmail.com Bioquímica 01. (Uerj) Na presença de certos solventes, as proteínas sofrem alterações tanto em sua estrutura espacial quanto em suas propriedades biológicas. No entanto, com a remoção do solvente, voltam

Leia mais

47 Por que preciso de insulina?

47 Por que preciso de insulina? A U A UL LA Por que preciso de insulina? A Medicina e a Biologia conseguiram decifrar muitos dos processos químicos dos seres vivos. As descobertas que se referem ao corpo humano chamam mais a atenção

Leia mais

Alimentos para limpar as artérias e prevenir a aterosclerose

Alimentos para limpar as artérias e prevenir a aterosclerose Alimentos para limpar as artérias e prevenir a aterosclerose Fonte:http://melhorcomsaude.com/10-alimentos-limpar-as-arterias-prevenir-aterosclerose/ A aterosclerose é uma doença de nome complicado, mas

Leia mais

CARDÁPIOS SUBSTITUTOS. Prof a - Andréa Araújo

CARDÁPIOS SUBSTITUTOS. Prof a - Andréa Araújo CARDÁPIOS SUBSTITUTOS Prof a - Andréa Araújo Por grupos alimentares Por equivalentes nos grupos alimentares Por equivalentes da pirâmide Pelo VET Por Grupos alimentares Grupo de Alimentos: Classificação

Leia mais

REGIME DA FRUTA ESCOLAR

REGIME DA FRUTA ESCOLAR REGIME DA FRUTA ESCOLAR Newsletter n.º 7 Março 2011 Regime de Fruta Escolar (RFE) é uma iniciativa de âmbito europeu coordenado pelos Ministérios da Agricultura (MADRP), da Saúde (MS) e da Educação (ME).

Leia mais

FIBRAS ALIMENTARES NO CONTROLE DA OBESIDADE

FIBRAS ALIMENTARES NO CONTROLE DA OBESIDADE 10 FIBRAS ALIMENTARES NO CONTROLE DA OBESIDADE Daiane Cristina Hurtado¹, Caroline Maria Calliari² RESUMO As fibras alimentares vêm despertando renovado interesse de especialistas das áreas de nutrição

Leia mais

Capacidade de organizar os produtos da digestão usando a energia extraída dos mesmos produtos da digestão (REGULAÇÃO)

Capacidade de organizar os produtos da digestão usando a energia extraída dos mesmos produtos da digestão (REGULAÇÃO) Capacidade de organizar os produtos da digestão usando a energia extraída dos mesmos produtos da digestão (REGULAÇÃO) As proteínas são digeridas até aminoácidos, as gorduras (triglicérides) até glicerol

Leia mais

A ALIMENTAÇÃO E A NUTRIÇÃO

A ALIMENTAÇÃO E A NUTRIÇÃO A ALIMENTAÇÃO E A NUTRIÇÃO Antonio Carlos Pinto Jachinoski A alimentação é uma das maiores preocupações de pais e responsáveis por crianças de todas as faixas etárias. Há uma grande procura por parte dessas

Leia mais

Unidade I Conceitos na área de nutrição. Energia e nutrientes NUTRIÇÃO APLICADA À ENFERMAGEM. Profa Dra Milena Baptista Bueno

Unidade I Conceitos na área de nutrição. Energia e nutrientes NUTRIÇÃO APLICADA À ENFERMAGEM. Profa Dra Milena Baptista Bueno Unidade I Conceitos na área de nutrição. Energia e nutrientes NUTRIÇÃO APLICADA À ENFERMAGEM Profa Dra Milena Baptista Bueno Conceitos Nutrição Estudo dos alimentos e dos mecanismo através dos quais são

Leia mais

SISTEMA DIGESTÓRIO. Boca Glândulas salivares Esófago Fígado Vesícula biliar. Faringe. Estômago Pâncreas Intestino grosso. Intestino delgado.

SISTEMA DIGESTÓRIO. Boca Glândulas salivares Esófago Fígado Vesícula biliar. Faringe. Estômago Pâncreas Intestino grosso. Intestino delgado. SISTEMA DIGESTÓRIO SISTEMA DIGESTÓRIO O sistema digestivo tem a função de realizar a digestão, ou seja, fraccionar os alimentos e transformar as macromoléculas em micromoléculas. SISTEMA DIGESTÓRIO Boca

Leia mais

Conhecendo nosso corpo

Conhecendo nosso corpo Ciências Naturais Conhecendo nosso corpo A menor unidade do corpo humano é a célula. Existem diferentes células que formarão diferentes tecidos. Os tecidos formarão os órgãos. E estes os diferentes sistemas.

Leia mais

Atividade Física e Alimentação Protéica

Atividade Física e Alimentação Protéica Atividade Física e Alimentação Protéica Para obter um bom desempenho o atleta não necessita somente de um bom treinamento, precisa de uma dieta balanceada que contenha quantidades adequadas de proteína,

Leia mais

UNIDADE VI TRANSLOCAÇÃO DE SOLUTOS PELO FLOEMA

UNIDADE VI TRANSLOCAÇÃO DE SOLUTOS PELO FLOEMA UNIDADE VI TRANSLOCAÇÃO DE SOLUTOS PELO FLOEMA TRANSLOCAÇÃO DE SOLUTOS PELO FLOEMA 1 INTRODUÇÃO A evolução das plantas terrestres, a partir de plantas aquáticas, criou inicialmente uma série de novos problemas,

Leia mais

Introdução. Conceitos aplicados a alimentação animal. Produção animal. Marinaldo Divino Ribeiro. Nutrição. Alimento. Alimento. Nutriente.

Introdução. Conceitos aplicados a alimentação animal. Produção animal. Marinaldo Divino Ribeiro. Nutrição. Alimento. Alimento. Nutriente. Conceitos aplicados a alimentação animal Introdução Produção animal Marinaldo Divino Ribeiro EMV Depto de Produção ão Animal - UFBA Genética Sanidade Nutrição Alimento Susbstância que, consumida por um

Leia mais

Moléculas Biológicas

Moléculas Biológicas Moléculas Biológicas Francisco Carrapiço Departamento de Biologia Vegetal Secção de Biologia Celular e Biotecnologia Vegetal (f.carrapico@fc.ul.pt) Apesar da diversidade do mundo biológico, a linguagem

Leia mais

3ªsérie B I O L O G I A

3ªsérie B I O L O G I A 3.1 QUESTÃO 1 Três consumidores, A, B e C, compraram, cada um deles, uma bebida em embalagem longa vida, adequada às suas respectivas dietas. As tabelas abaixo trazem informações nutricionais sobre cada

Leia mais

METABOLISMO DE LIPÍDEOS

METABOLISMO DE LIPÍDEOS METABOLISMO DE LIPÍDEOS 1. Β-oxidação de ácidos graxos - Síntese de acetil-coa - ciclo de Krebs - Cadeia transportadora de elétrons e fosforilação oxidativa 2. Síntese de corpos cetônicos 3. Síntese de

Leia mais