Ficha de Unidade Curricular

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Ficha de Unidade Curricular"

Transcrição

1 Ficha de Unidade Curricular Unidade Curricular Designação Forma e Design (prática laboratorial) Área Científica: Design de Produto Ciclo de Estudos: Licenciatura Carácter: Obrigatória Semestre: 1º ECTS: 9 Tempo de Trabalho: Horas de Contacto: 120 Ensino: Prática Laboratório (PL) Horas de Trabalho Autónomo: 122 Total: 242 Pré-Requisitos: Não tem Objectivos de Aprendizagem: Gerais: Conhecer as qualidades expressivas e estruturais dos materiais. Compreender as superfícies bidimensionais e as formas volumétricas. Descobrir a complementaridade de formas. Explorar as qualidades plásticas e expressivas das estruturas. Comunicar expressivamente Conhecer e compreender o posicionamento da metodologia do design relativamente às outras áreas de projecto, nomeadamente da arquitectura e engenharia Específicos: O aluno deverá ter a capacidade de analisar e explorar as qualidades expressivas dos materiais com os quais opera. O aluno deverá ter a capacidade de planificar e entender as diferentes formas. O aluno deverá ter a capacidade de analisar e compreender o espaço nos seus aspectos estático e dinâmico. O aluno deverá ter a capacidade de desenvolver modelos de simulação e verificação, relacionados com a estrutura e a construção de objectos.

2 O aluno deverá ter a capacidade de articular materiais, linguagens e tecnologias, no desenvolvimento de projectos. O aluno deverá ter a capacidade de comunicar expressivamente ideias através do desenho tridimensional O aluno deverá ter a capacidade de trabalhar e desenvolver tarefas que congreguem o desempenho individual no trabalho de grupo. Transversais: Praticar a interdisciplinaridade exercendo o cruzamento de informações e competências adquiridos noutras disciplinas, nomeadamente: Desenho I e Estruturas e Superfícies. Conteúdo Programático: 1 Estruturas. Deformação de planos em superfícies animadas. Construção de estruturas sobre eixos distribuídos em rede Estruturas estáticas e dinâmicas. 2 - Divisão estrutural de Sólidos Geométricos. Formas geométricas. Desenho tridimensional Complementaridade de formas Articulação de volumes. 3 - Módulos e Padrões. Noção de rede, módulo (variável e invariável) e padrão. Exploração do espaço bidimensional. Dinâmica de padrão. Operações de sobreposição e simetria. 4 - Design de Pesquisa. Exploração formal da combinação de superfícies geométricas. Associação comulativa, intersecção e truncagem. Metodologia de Aprendizagem: Presencial: Metodologia centrada no aluno, valorizando processos de pesquisa pessoal e de experimentação com vista ao desenvolvimento da sensibilidade estética e estrutural. 1. Metodologia Expositiva Compreenderá exposições e apresentação de terminologias, conceitos, problemas e sugestões de trabalhos práticos e projecto de desenho.

3 2. Orientação de Trabalhos Orientação de projectos no âmbito da unidade curricular. Os trabalhos práticos serão compostos por desenhos, modelos e maquetas. 3. Análise em Grupo Análise e discussão crítica colectiva dos trabalhos serão realizadas durante as aulas. Autónoma: Desenvolvimento dos projectos propostos nas aulas: Compreende: Pesquisa, Desenhos, Modelos e Maquetas. Avaliação de Competências: Avaliação baseada em projectos Envolve: Desempenho dos alunos ao longo dos projectos. Relatórios finais de cada projecto Discussão final de cada projecto. Ponderação: Avaliação de Projectos 30 % - Coerência das soluções encontradas que correspondam ao brief. 25 % - Qualidade estética das propostas. 25 % - Domínio técnico. 20 % - Qualidade do texto escrito e sentido crítico. Exame O exame será constituído por um exercício teórico/prático e avaliação do portefólio, sendo: Nota final =(40 x Nota Exercício + 60 x Nota do Portefólio) / 100 Avaliação do Exercício Teórico/Prático (exame)

4 30 % - Coerência das soluções encontradas que correspondam ao brief. 25 % - Qualidade estética das propostas. 25 % - Domínio técnico. 20 % - Qualidade do texto escrito e sentido crítico. Avaliação do Portefólio (exame) 30 % - Coerência das soluções encontradas que correspondam ao brief. 25 % - Qualidade estética das propostas. 25 % - Domínio técnico. 20 % - Organização e Comunicação Visual do Portefólio. Notas: N1 A classificação será expressa na escala de 0-20 valores, considerando que estarão dispensados do Exame os alunos que tenham obtido 10 (dez) ou mais valores de média. N2 O regime de frequência é presencial. Será solicitada ao aluno a presença mínima de dois terços das aulas (2/3). N3 Tempo requerido de trabalho extra aula: 8 horas semanais. N4 Trabalhadores - Estudantes: a) Os trabalhadores-estudantes têm que se apresentar ao professor durante as duas primeiras semanas de aulas. Nesse encontro será apresentado o programa e discutido um plano de trabalho ou projecto individual. Este plano deverá ser aprovado e acompanhado pelos docentes ao longo do seu desenvolvimento, em datas a definir com o aluno (mínimo 8 encontros semestrais). b) Entende-se que o não cumprimento da informação apresentada na alínea anterior, implica que o aluno inscrito na disciplina terá que realizar a sua avaliação através de exame.

5 Bibliografia Recomendada: Wong; Wucius Princípios de Forma e Desenho, Martins Fontes, S. Paulo 2001 Bonsiepe;Gui Teoria e Prática do Design Industrial, Centro Português de Design, Lisboa 1992 Quinn; Anthony The Ceramics Design Course; Thames & Hudson; Londres 2007 Bibliografia Complementar: Burdek; Bernhard E. Diseño. História, teoria e práctica del diseñho industrial; Editorial Gustavo Gili, SA; Barcelona 2002 Rocha, Carlos Sousa Plasticidade do Papel e Design; Plátano Editora; Lisboa 2000 Rocha; Carlos Sousa Para uma Didáctica Introdutória às Artes Plásticas; Escola Superior de Belas Artes de Lisboa; Lisboa S/D Rocha; Carlos Sousa Teoria do Design; Plátano Editora; Lisboa 1995 Gomes Filho, J. Design do Objeto - Bases Conceituais; Escrituras; São Paulo 2006 Recursos Físicos: Sala com estiradores. Oficina de Cerâmica. Distribuição de horas totais de trabalho em 20 semanas por conteúdos programáticos e por métodos pedagógicos (este campo está em preparação)

6

COORDENADOR Prof. Doutor Armando Vilas-Boas

COORDENADOR Prof. Doutor Armando Vilas-Boas COORDENADOR Prof. Doutor Armando Vilas-Boas CANDIDATURAS 1ª Fase: A partir de 1 de Abril a 1 de Agosto 2ª Fase: De 2 de Agosto a 31 de Outubro REQUISITOS/ ACESSOS Ser titular do grau de licenciado ou equivalente

Leia mais

O Social pela Governança. Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais

O Social pela Governança. Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais O Social pela Governança Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais ÍNDICE CONTABILIDADE, FISCALIDADE E FINANÇAS EMPRESARIAIS... 3 OBJECTIVOS...

Leia mais

Programa de Unidade Curricular

Programa de Unidade Curricular Programa de Unidade Curricular Faculdade Arquitectura e Artes Licenciatura Design Unidade Curricular Desenho de Observação Semestre: 2 Nº ECTS: Regente Prof. Doutora Joana Pimentel Assistente Carga Horária

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular

Ficha de Unidade Curricular Ficha de Unidade Curricular Unidade Curricular Designação Projecto de Design de Comunicação II Área Científica Design de Comunicação Ciclo de Estudos 1.º ciclo Carácter: Obrigatória Semestre 2.º semestre

Leia mais

MANUAL DE CONSTRUÇÃO DE CRÉDITOS ECTS

MANUAL DE CONSTRUÇÃO DE CRÉDITOS ECTS MANUAL DE CONSTRUÇÃO DE CRÉDITOS ECTS PROCEDIMENTOS E REGRAS A ADOPTAR PARA A FIXAÇÃO DOS CRÉDITOS A OBTER EM CADA ÁREA CIENTÍFICA E A ATRIBUIR POR CADA UNIDADE CURRICULAR (de acordo com Dec.- Lei nº 42/2005)

Leia mais

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso 2010 - Arquitetura e Urbanismo. Ênfase. Disciplina 0003706A - Desenho de Observação

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso 2010 - Arquitetura e Urbanismo. Ênfase. Disciplina 0003706A - Desenho de Observação Curso 2010 - Arquitetura e Urbanismo Ênfase Identificação Disciplina 0003706A - Desenho de Observação Docente(s) Alexandre Suarez de Oliveira Unidade Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação Departamento

Leia mais

FICHA TÉCNICA DO CURSO ARCHICAD 15 EDIÇÃO Nº 01/2013

FICHA TÉCNICA DO CURSO ARCHICAD 15 EDIÇÃO Nº 01/2013 FICHA TÉCNICA DO CURSO ARCHICAD 15 EDIÇÃO Nº 01/2013 1. DESIGNAÇÃO DO CURSO Archicad 15. 2. COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER No final da formação o formando deverá ser capaz de criar a simulação de um edifício

Leia mais

O Social pela Governança. Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Segurança e Higiene no trabalho

O Social pela Governança. Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Segurança e Higiene no trabalho O Social pela Governança Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Segurança e Higiene no trabalho ÍNDICE HIGIENE E SEGURANÇA NO TRABALHO... 3 OBJECTIVOS... 3 DESTINATÁRIOS... 3 INSCRIÇÕES E NÚMERO

Leia mais

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR 11. Plano de estudos: «1º Ano / 1º semestre» QUADRO N.º 2 Arquitecturas e Sistemas de Computadores CE Semestral 160 TP: 40 PL: 40 6 Algoritmos e Estruturas de Dados CE Semestral 186 TP: 46 PL: 46 7 Análise

Leia mais

47720 Diário da República, 2.ª série N.º 233 6 de Dezembro de 2011

47720 Diário da República, 2.ª série N.º 233 6 de Dezembro de 2011 47720 Diário da República, 2.ª série N.º 233 6 de Dezembro de 2011 UNIVERSIDADE DA MADEIRA Aviso (extracto) n.º 23548/2011 Nos termos do disposto no n.º 6 do artigo 12.º da Lei n.º 12 -A/2008, de 27 de

Leia mais

PEDIDO DE ACREDITAÇÃO PRÉVIA DE NOVO CICLO DE ESTUDOS (PAPNCE) (Ensino Universitário e Politécnico) Guião de apresentação

PEDIDO DE ACREDITAÇÃO PRÉVIA DE NOVO CICLO DE ESTUDOS (PAPNCE) (Ensino Universitário e Politécnico) Guião de apresentação PEDIDO DE ACREDITAÇÃO PRÉVIA DE NOVO CICLO DE ESTUDOS (PAPNCE) (Ensino Universitário e Politécnico) Guião de apresentação Versão de Setembro de 2013 APRESENTAÇÃO DO PEDIDO A1. Instituição de ensino superior

Leia mais

REGULAMENTO DE APLICAÇÃO DO SISTEMA DE CRÉDITOS CURRICULARES (ECTS)

REGULAMENTO DE APLICAÇÃO DO SISTEMA DE CRÉDITOS CURRICULARES (ECTS) REGULAMENTO DE APLICAÇÃO DO SISTEMA DE CRÉDITOS CURRICULARES (ECTS) (Ratificado pelo Conselho Científico em 20 de Abril de 2006) CAPÍTULO I Objecto, âmbito e conceitos Artigo 1.º Objecto Em conformidade

Leia mais

Guia de Curso. Arte e Educação. Mestrado em. Universidade Aberta Departamento de Educação e Ensino a Distância

Guia de Curso. Arte e Educação. Mestrado em. Universidade Aberta Departamento de Educação e Ensino a Distância Universidade Aberta Sede R. da Escola Politécnica, 147 1269-001 Lisboa Coordenador e Vice Coordenador do Curso Amílcar Martins E-mail: Amilcar.Martins@uab.pt Guia de Curso Daniela Melaré Vieira Barros

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 001616 - TECNOLOGIA EM FOTOGRAFIA E IMAGEM Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 001616 - TECNOLOGIA EM FOTOGRAFIA E IMAGEM Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 001616 - TECNOLOGIA EM FOTOGRAFIA E IMAGEM Nivel: Superior Area Profissional: 0006 - COMUNICACAO Area de Atuacao: 0110 - EDITORACAO/COMUNICACAO

Leia mais

Pós-graduação em Design de Joalharia. Coordenação Dr.ª Ana Cardim e Prof.ª Doutora Ana Margarida Ferreira.

Pós-graduação em Design de Joalharia. Coordenação Dr.ª Ana Cardim e Prof.ª Doutora Ana Margarida Ferreira. Pós-graduação em Design de Joalharia Coordenação Dr.ª Ana Cardim e Prof.ª Doutora Ana Margarida Ferreira. Porquê fazer esta Pós-graduação? Estes cursos surgem como resposta à crescente necessidade de formação

Leia mais

AVALIAÇÃO DO CURSO DE COMUNICAÇÃO E DESIGN MULTIMÉDIA

AVALIAÇÃO DO CURSO DE COMUNICAÇÃO E DESIGN MULTIMÉDIA AVALIAÇÃO DO CURSO DE COMUNICAÇÃO E DESIGN MULTIMÉDIA Outubro 2009 ÍNDICE 1. Introdução 3 2. População e Amostra 3 3. Apresentação de Resultados 4 3.1. Opinião dos alunos de Comunicação e Design Multimédia

Leia mais

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao.

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao. PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000053 - ENGENHARIA DA COMPUTACAO Nivel: Superior Area Profissional: INFORMATICA Area de Atuacao: BANCO DE DADOS/INFORMATICA Planejar, administrar,

Leia mais

(s15h PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000065 - LETRAS Nivel: Superior

(s15h PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000065 - LETRAS Nivel: Superior (s15h PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000065 - LETRAS Nivel: Superior Area Profissional: 0004 - BIBLIOTECA Area de Atuacao: 0042 - ACERVO/BIBLIOTECA Analisar e processar

Leia mais

PEDIDO DE ACREDITAÇÃO PRÉVIA DE NOVO CICLO DE ESTUDOS (PAPNCE) (Ensino Universitário e Politécnico) Guião de apresentação

PEDIDO DE ACREDITAÇÃO PRÉVIA DE NOVO CICLO DE ESTUDOS (PAPNCE) (Ensino Universitário e Politécnico) Guião de apresentação PEDIDO DE ACREDITAÇÃO PRÉVIA DE NOVO CICLO DE ESTUDOS (PAPNCE) (Ensino Universitário e Politécnico) Guião de apresentação Versão de Abril de 2014 APRESENTAÇÃO DO PEDIDO A1. Instituição de ensino superior

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular

Ficha de Unidade Curricular Ficha de Unidade Curricular Unidade Curricular Designação Práticas de Gravação I Área Científica Som Som e Imagem Ciclo de Estudos 1º Ciclo - Licenciatura Carácter: Semestre 3º ECTS 6 Tempo de Trabalho:

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PROGRAMAÇÃO Ano Lectivo 2013/2014

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PROGRAMAÇÃO Ano Lectivo 2013/2014 Programa da Unidade Curricular PROGRAMAÇÃO Ano Lectivo 2013/2014 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Engenharia Electrotécnica e de Computadores 3. Ciclo de Estudos

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. FÍSICA APLICADA Ficha da Unidade Curricular Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010 / 2011 Horas

Leia mais

Curso Pós-graduado de Aperfeiçoamento B-LEARNING EM ENDODONTIA

Curso Pós-graduado de Aperfeiçoamento B-LEARNING EM ENDODONTIA UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE MEDICINA DENTÁRIA Curso Pós-graduado de Aperfeiçoamento B-LEARNING EM ENDODONTIA (2013-2015) 1. FINALIDADE O Curso Pós-graduado de Aperfeiçoamento B-LEARNING EM ENDODONTIA

Leia mais

Curso(s): Licenciaturas em Engenharia Total de horas Aulas Teórico-Práticas 60 h

Curso(s): Licenciaturas em Engenharia Total de horas Aulas Teórico-Práticas 60 h UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA F A C U L D A D E D E E NGE N H ARIA Disciplina de DESENHO Contexto da Disciplina Horas de Trabalho do Aluno Curso(s): Licenciaturas em Engenharia Total de horas Aulas

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000571 - TECNOL.GESTAO FINANCEIRA Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000571 - TECNOL.GESTAO FINANCEIRA Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000571 - TECNOL.GESTAO FINANCEIRA Nivel: Superior Area Profissional: ECONOMIA Area de Atuacao: GESTAO FINANCEIRA/ECONOMIA Administrar os

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular. Ensino Teórico-Prático (TP) ; sessões de 4h p/ semana x 11 = 44h

Ficha de Unidade Curricular. Ensino Teórico-Prático (TP) ; sessões de 4h p/ semana x 11 = 44h Ficha de Unidade Curricular Unidade Curricular Designação Meios de Impressão Área Científica Design Cerâmica e Vidro Ciclo de Estudos Licenciatura de Design Cerâmica e Vidro Carácter: Obrigatória Semestre

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular (UC)

Ficha da Unidade Curricular (UC) Impressão em: 03-01-2013 16:10:47 Ficha da Unidade Curricular (UC) 1. Identificação Unidade Orgânica : Escola Superior de Tecnologia e Gestão Curso : [IS] Informática para a Saúde Tipo de Curso : UC/Módulo

Leia mais

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao.

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao. PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000184 - SISTEMAS DE INFORMACAO Nivel: Superior Area Profissional: 0018 - INFORMATICA Area de Atuacao: 0018 - BANCO DE DADOS/INFORMATICA

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Informática 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTUDOS CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA

REGULAMENTO DE ESTUDOS CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA NORMAS REGULAMENTARES De acordo com o estipulado pelos artigos 14.º e 26.º do Decreto-Lei n.º 107/2008, de 25 de Junho REGULAMENTO DE ESTUDOS CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA Regulamento n.º 487/2010,

Leia mais

ES C O L A S U PERI O R A G RÁ RI A

ES C O L A S U PERI O R A G RÁ RI A Licenciatura em Ecoturismo Ref.ª : 1822006 Ano lectivo: 2012-13 DESCRITOR DA UNIDADE CURRICULAR HISTÓRIA E PATRIMÓNIO CULTURAL HISTORY AND CULTURAL HERITAGE 1. Unidade Curricular: 1.1 Área científica:

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular 2009/2010

Ficha de Unidade Curricular 2009/2010 Ficha de Unidade Curricular 2009/2010 Unidade Curricular Designação Tecnologias Vídeo Área Científica Design Multimédia Ciclo de Estudos 1º Ciclo - Licenciatura Carácter: Semestre 2º ECTS Obrigatório Docente

Leia mais

ES C O L A S U PERI O R A G RÁ RI A

ES C O L A S U PERI O R A G RÁ RI A Licenciatura em Ecoturismo Ref.ª : 1832001 Ano lectivo: 2012-13 DESCRITOR DA UNIDADE CURRICULAR GESTÃO TURÍSTICA TOURISM MANAGEMENT 1. Unidade Curricular: 1.1 Área científica: 4 - Ciências Empresariais

Leia mais

Casa do Futuro. Domótica. Eduardo Santos e Otelo Magalhães. Expressão e Comunicação, 2011-12

Casa do Futuro. Domótica. Eduardo Santos e Otelo Magalhães. Expressão e Comunicação, 2011-12 Casa do Futuro Domótica Departamento de Informática LEI - Licenciatura em Engenharia Informática Faculdade de Ciências e Tecnologiada Universidade Nova de Lisboa Expressão e Comunicação, 2011-12 INTRODUÇÃO

Leia mais

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR 11. Plano de estudos: 1º semestre curricular (1º ano/1º semestre) QUADRO N.º 2 CRÉD ITOS Álgebra Linear A CB semestral 140 T:30, TP: 30 5 Cálculo I CB semestral 140 T:30, TP:30 5 Tópicos de Matemática

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE DESPORTO DE RIO MAIOR

ESCOLA SUPERIOR DE DESPORTO DE RIO MAIOR INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM ESCOLA SUPERIOR DE DESPORTO DE RIO MAIOR Curso de Gestão das Organizações Desportivas Unidade Curricular de Contabilidade de Gestão 2º Ano 1º Semestre 5 ECTS Tempo Total

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular GESTÃO DE PRODUTO E MARCA Ano Lectivo 2013/2014

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular GESTÃO DE PRODUTO E MARCA Ano Lectivo 2013/2014 Programa da Unidade Curricular GESTÃO DE PRODUTO E MARCA Ano Lectivo 2013/2014 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Marketing e Publicidade 3. Ciclo de Estudos 1º 4.

Leia mais

Universidade Portucalense. Departamento de Ciências Económicas e Empresariais NORMAS REGULAMENTARES DO 2.º CICLO DE ESTUDOS EM MARKETING

Universidade Portucalense. Departamento de Ciências Económicas e Empresariais NORMAS REGULAMENTARES DO 2.º CICLO DE ESTUDOS EM MARKETING Universidade Portucalense Departamento de Ciências Económicas e Empresariais NORMAS REGULAMENTARES DO 2.º CICLO DE ESTUDOS EM MARKETING APROVADAS NO CONSELHO CIENTÍFICO 9 _2009 DE 23 DE SETEMBRO DE 2009

Leia mais

A arte e ciência de cuidar e tratar das pessoas, promovendo a saúde, maximizando o potencial de cada indivíduo.

A arte e ciência de cuidar e tratar das pessoas, promovendo a saúde, maximizando o potencial de cada indivíduo. Licenciatura Enfermagem Descrição A arte e ciência de cuidar e tratar das pessoas, promovendo a saúde, maximizando o potencial de cada indivíduo. Enquanto profissão da área da saúde, a Enfermagem visa

Leia mais

AVALIAÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM ARTE E DESIGN

AVALIAÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM ARTE E DESIGN AVALIAÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM ARTE E DESIGN Novembro ÍNDICE 1. Introdução 4 2. População e Amostra 4 3. Questionário de Satisfação dos Alunos 5 3.1. Caracterização dos inquiridos 5 3.2. Apresentação

Leia mais

enquadramento objectivos

enquadramento objectivos enquadramento O curso tem uma estrutura holística, integradora e procura trabalhar as competências da gestão de recursos humanos numa perspectiva de marketing interno no âmbito de temas marcadamente actuais,

Leia mais

FICHA TÉCNICA DO CURSO FOTOGRAFIA DIGITAL E PÓS-PRODUÇÃO DE IMAGEM EDIÇÃO Nº 01/2012

FICHA TÉCNICA DO CURSO FOTOGRAFIA DIGITAL E PÓS-PRODUÇÃO DE IMAGEM EDIÇÃO Nº 01/2012 FICHA TÉCNICA DO CURSO FOTOGRAFIA DIGITAL E PÓS-PRODUÇÃO DE IMAGEM EDIÇÃO Nº 01/2012 1. DESIGNAÇÃO DO CURSO Fotografia Digital e Pós-produção de imagem. 2. COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER O "Curso de Fotografia

Leia mais

NCE/13/00371 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/13/00371 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/13/00371 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/13/00371 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular 2009/2010

Ficha de Unidade Curricular 2009/2010 Ficha de Unidade Curricular 2009/2010 Unidade Curricular Designação Projecto de Design de Comunicação I Área Científica Design de Comunicação Ciclo de Estudos 1.ciclo Carácter: Obrigatória Semestre 1.º

Leia mais

REGULAMENTO DO REGIME DE FREQUÊNCIA E AVALIAÇÃO

REGULAMENTO DO REGIME DE FREQUÊNCIA E AVALIAÇÃO DO PORTO REGULAMENTO DO REGIME DE FREQUÊNCIA E AVALIAÇÃO Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico do Porto Julho de 2009 PREÂMBULO 3 CAP. I (ÂMBITO E APLICAÇÃO) 3 Art. 1º (Âmbito) 3 Art. 2º

Leia mais

REGULAMENTO DE VALIDAÇÃO E CREDITAÇÃO DE COMPETÊNCIAS

REGULAMENTO DE VALIDAÇÃO E CREDITAÇÃO DE COMPETÊNCIAS REGULAMENTO DE VALIDAÇÃO E CREDITAÇÃO DE COMPETÊNCIAS Preâmbulo Um dos princípios plasmados na Declaração de Bolonha é o da promoção da aprendizagem ao longo da vida. A aprendizagem ao longo da vida pode

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 001844 - TECNOLOGIA EM ANALISE E DESENVOLV.DE SISTEMAS Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 001844 - TECNOLOGIA EM ANALISE E DESENVOLV.DE SISTEMAS Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 001844 - TECNOLOGIA EM ANALISE E DESENVOLV.DE SISTEMAS Nivel: Superior Area Profissional: 0018 - INFORMATICA Area de Atuacao: 0021 - OPERACAO

Leia mais

UNIVERSIDADE DO PORTO GLOSSÁRIO DA ÁREA DA EDUCAÇÃO CONTÍNUA

UNIVERSIDADE DO PORTO GLOSSÁRIO DA ÁREA DA EDUCAÇÃO CONTÍNUA UNIVERSIDADE DO PORTO GLOSSÁRIO DA ÁREA DA EDUCAÇÃO CONTÍNUA Acção de formação Módulo, curso, curso livre, curso multidisciplinar ou seminário realizado no âmbito da Educação Contínua ou da Aprendizagem

Leia mais

Prestar assistencia tecnica no conserto e reparo de equipamentos eletronicos, domesticos, microprocessadores e microcontrolados.

Prestar assistencia tecnica no conserto e reparo de equipamentos eletronicos, domesticos, microprocessadores e microcontrolados. PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 500702 - ELETROTECNICA - MOD. Nivel: Tecnico Area Profissional: 0047 - ELETRICA-ELETRONICA-TEC Area de Atuacao: 0349 - ASSIST.TEC./ELETR.-TEC

Leia mais

NOVO REGIME JURÍDICO DO ARRENDAMENTO URBANO 30 e 31 Outubro de 2012

NOVO REGIME JURÍDICO DO ARRENDAMENTO URBANO 30 e 31 Outubro de 2012 ALUGA-SE NOVO REGIME JURÍDICO DO ARRENDAMENTO URBANO 30 e 31 Outubro de 2012 HORÁRIO: 09h30 13h30 / 14h30-18h30 LOCAL: Instalações da Serra Lopes, Cortes Martins & Associados Sociedade de Advogados, R.L.

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular

Ficha de Unidade Curricular Ficha de Unidade Curricular Unidade Curricular Designação: Técnicas de Representação Digital I Área Científica: Desenho (DES) Ciclo de Estudos: Licenciatura Carácter: Obrigatória Semestre: 3º ECTS: 6 Tempo

Leia mais

CURSOS DE FORMAÇÃO COM ANIMAÇÃO NO PLANO DE ESTUDOS

CURSOS DE FORMAÇÃO COM ANIMAÇÃO NO PLANO DE ESTUDOS CURSOS DE FORMAÇÃO COM ANIMAÇÃO NO PLANO DE ESTUDOS Portugal, 2010 Documento elaborado pelo grupo de trabalho designado como Formação com base em orientações determinadas no encontro nacional de profissionais

Leia mais

PROPOSTA DE PROGRAMA DE ACÇÃO PEDAGÓGICA SOBRE ARQUITECTURA, CIDADE E TERRITÓRIO PARA CRIANÇAS ANDREIA SALAVESSA

PROPOSTA DE PROGRAMA DE ACÇÃO PEDAGÓGICA SOBRE ARQUITECTURA, CIDADE E TERRITÓRIO PARA CRIANÇAS ANDREIA SALAVESSA PROPOSTA DE PROGRAMA DE ACÇÃO PEDAGÓGICA SOBRE ARQUITECTURA, CIDADE E TERRITÓRIO PARA CRIANÇAS ANDREIA SALAVESSA OLHAR PARA VER OBJECTIVOS O desafio passa por analisar o meio construído segundo as suas

Leia mais

CURSOS OFERECIDOS COMUNICAÇÂO, ARTES E DESIGN

CURSOS OFERECIDOS COMUNICAÇÂO, ARTES E DESIGN CURSOS OFERECIDOS COMUNICAÇÂO, ARTES E DESIGN Bacharelado em Design Habilitação em Comunicação Visual Bacharelado em Publicidade e Propaganda Bacharelado em Audiovisual Horário: de segunda a sexta-feira,

Leia mais

FICHA TÉCNICA DO CURSO

FICHA TÉCNICA DO CURSO FICHA TÉCNICA DO CURSO PROJECTAR COM REVIT ARCHITECTURE 2014 EDIÇÃO Nº03/2014 1. DESIGNAÇÃO DO CURSO Projectar com Revit Architecture 2014 2. COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER O Revit Architecture é uma plataforma

Leia mais

SISTEMA DE AVALIAÇÃO DA PARTE CURRICULAR DO PROGRAMA DE DOUTORAMENTO

SISTEMA DE AVALIAÇÃO DA PARTE CURRICULAR DO PROGRAMA DE DOUTORAMENTO SISTEMA DE AVALIAÇÃO DA PARTE CURRICULAR DO PROGRAMA DE DOUTORAMENTO 1. Para além da assistência às aulas, sendo obrigatória a presença em pelo menos 75% das horas leccionadas, cada discente será avaliado,

Leia mais

design de jogos digitais o essencial da licenciatura

design de jogos digitais o essencial da licenciatura design de jogos digitais o essencial da licenciatura ÍNDICE ciclo de estudos plano de estudos metodologias de ensino perfil de saída candidaturas ipb virtual Dados do ciclo de estudos ciclo de estudos

Leia mais

6. movimentos da câmara fotográfica.

6. movimentos da câmara fotográfica. Ficha de Unidade Curricular Designação - Fotografia Área Científica - FOT Ciclo de Estudos 1º Ciclo/ Lic. Som e Imagem Carácter - Obrigatória Semestre 2º Semestre ECTS - 6 Tempo de Trabalho- Total: 150h

Leia mais

PEDIDO DE ACREDITAÇÃO PRÉVIA DE NOVO CICLO DE ESTUDOS (PAPNCE) (Ensino Universitário e Politécnico) Guião de apresentação

PEDIDO DE ACREDITAÇÃO PRÉVIA DE NOVO CICLO DE ESTUDOS (PAPNCE) (Ensino Universitário e Politécnico) Guião de apresentação PEDIDO DE ACREDITAÇÃO PRÉVIA DE NOVO CICLO DE ESTUDOS (PAPNCE) (Ensino Universitário e Politécnico) Guião de apresentação Versão de 31 de Agosto de 2011 APRESENTAÇÃO DO PEDIDO A1. Instituição de ensino

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular TECNOLOGIAS DIGITAIS 2D Ano Lectivo 2015/2016

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular TECNOLOGIAS DIGITAIS 2D Ano Lectivo 2015/2016 Programa da Unidade Curricular TECNOLOGIAS DIGITAIS 2D Ano Lectivo 2015/2016 1. Unidade Orgânica Arquitectura e Artes (1º Ciclo) 2. Curso Design 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular TECNOLOGIAS

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular GESTÃO COMERCIAL E DAS VENDAS Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular GESTÃO COMERCIAL E DAS VENDAS Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular GESTÃO COMERCIAL E DAS VENDAS Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Gestão de Empresa 3. Ciclo de Estudos 1º 4.

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ÉTICA, DEONTOLOGIA E LEGISLAÇÃO Ano Lectivo 2013/2014

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ÉTICA, DEONTOLOGIA E LEGISLAÇÃO Ano Lectivo 2013/2014 Programa da Unidade Curricular ÉTICA, DEONTOLOGIA E LEGISLAÇÃO Ano Lectivo 2013/2014 1. Unidade Orgânica Arquitectura e Artes (1º Ciclo) 2. Curso Arquitectura 3. Ciclo de Estudos 2º 4. Unidade Curricular

Leia mais

ACÇÃO DE FORMAÇÃO EM FOTOGRAFIA Club Setubalense

ACÇÃO DE FORMAÇÃO EM FOTOGRAFIA Club Setubalense ACÇÃO DE FORMAÇÃO EM FOTOGRAFIA Club Setubalense DESIGNAÇÃO OLHAR A FOTOGRAFIA,... DE OUTRO MODO LOCAL CLUB SETUBALENSE CARGA HORÁRIA - Nº de horas teóricas 28 h (4 módulos) - Nº de horas práticas (recolha

Leia mais

Criar e desenvolver projetos grafico- visuais, utilizando tecnicas de desenho manual ou eletronico.

Criar e desenvolver projetos grafico- visuais, utilizando tecnicas de desenho manual ou eletronico. PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000598 - DESIGN Nivel: Superior Area Profissional: 0009 - DESIGN Area de Atuacao: 0240 - ARTE PROJ.DESENHO/DESIGN Criar e desenvolver projetos

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO ÀS CIÊNCIAS DA VIDA Ano Lectivo 2011/2012

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO ÀS CIÊNCIAS DA VIDA Ano Lectivo 2011/2012 Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO ÀS CIÊNCIAS DA VIDA Ano Lectivo 2011/2012 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Psicologia 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao.

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao. PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000654 - TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES Nivel: Superior Area Profissional: 0018 - INFORMATICA Area de Atuacao: 0018 - BANCO DE DADOS/INFORMATICA

Leia mais

Julho de 2008 GAAQ (Gabinete de Autoavaliação para a Qualidade)

Julho de 2008 GAAQ (Gabinete de Autoavaliação para a Qualidade) Relatório do inquérito aplicado aos Docentes Julho de 2008 GAAQ (Gabinete de Autoavaliação para a Qualidade) 1 UAL, Ano lectivo de 2007/2008 2 Índice 1. Estrutura do questionário 1.1. Resultados do Alpha

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular

Ficha de Unidade Curricular Ficha de Unidade Curricular Unidade Curricular Designação Projecto Design Multimédia II Área Científica Design de Multimédia Ciclo de Estudos Obrigatório Carácter: Obrigatório Semestre 4º ECTS 12 Tempo

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO 1 INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO UNIDADE CURRICULAR: FUNDAMENTOS SOCIOCULTURAIS DA EDUCAÇÃO Docentes responsáveis pela Unidade Curricular: João Sebastião, Luís Vidigal e

Leia mais

REGULAMENTO DO CENTRO DE INVESTIGAÇÃO EM PSICOLOGIA (CIPsi)

REGULAMENTO DO CENTRO DE INVESTIGAÇÃO EM PSICOLOGIA (CIPsi) REGULAMENTO DO CENTRO DE INVESTIGAÇÃO EM PSICOLOGIA (CIPsi) Março de 2011 CAPÍTULO I: DEFINIÇÃO E OBJETIVOS Artigo 1º - Definição O Centro de Investigação em Psicologia, adiante designado por Centro, é

Leia mais

Sistema de Informação Geográfica da Ascendi

Sistema de Informação Geográfica da Ascendi Sistema de Informação Geográfica da Ascendi Eliana Carreira Eliana Carreira Direcção de Engenharia Agenda Ascendi Problemas e Metas Evolução do SIG Ascendi Arquitectura Software SIG Ascendi Principais

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular SISTEMAS MULTIMÉDIA Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular SISTEMAS MULTIMÉDIA Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular SISTEMAS MULTIMÉDIA Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Informática 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao.

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao. PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000407 - REDES DE COMPUTADORES Nivel: Superior Area Profissional: 0018 - INFORMATICA Area de Atuacao: 0018 - BANCO DE DADOS/INFORMATICA

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular MARKETING INDUSTRIAL E DOS SERVIÇOS Ano Lectivo 2010/2011

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular MARKETING INDUSTRIAL E DOS SERVIÇOS Ano Lectivo 2010/2011 UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA Programa da Unidade Curricular MARKETING INDUSTRIAL E DOS SERVIÇOS Ano Lectivo 2010/2011 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Marketing

Leia mais

Género e Actividades com as TIC

Género e Actividades com as TIC Género, Cidadania e Intervenção Educativa: Sugestões Práticas q Actividade Género e Actividades com as TIC Objectivos Sugestões Reconhecer que a interpretação da realidade é influenciada por expectativas

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular

Ficha de Unidade Curricular Ficha de Unidade Curricular Unidade Curricular Designação Projecto de Design Multimédia I Área Científica Design de Comunicação Ciclo de Estudos 1º Ciclo Carácter: Obrigatória Ano Lectivo 2008/2009 Semestre

Leia mais

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR ANO LECTIVO: 2013/14 FICHA DE UNIDADE CURRICULAR MESTRADO/LICENCIATURA 1.Unidade Curricular Nome: METODOS E TÉCNICAS DE INVESTIGAÇÃO SOCIAL Código: 172 Área Científica: SOCIOLOGIA Curso: MESTRADO EM GERONTOLOGIA

Leia mais

ATA N. 1 DA REUNI 'AO DO JURI DIRETOR DO NUCLEO DE GESTAO DE RECURSOS HUMANOS, QUALIDADE, FINANCEIRO E JURIDICO

ATA N. 1 DA REUNI 'AO DO JURI DIRETOR DO NUCLEO DE GESTAO DE RECURSOS HUMANOS, QUALIDADE, FINANCEIRO E JURIDICO Processo de selecdo/oferta ptiblica de emprego para o cargo de Diretor do Mcleo de Gestäo de Recursos Humanos, Qualidade, Financeiro e Juridico da Turismo do Porto e Norte de Portugal, E.R. ATA N. 1 DA

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DO PROGRAMA DE VOLUNTARIADO NA FCUL

REGULAMENTO INTERNO DO PROGRAMA DE VOLUNTARIADO NA FCUL REGULAMENTO INTERNO DO PROGRAMA DE VOLUNTARIADO NA FCUL GAPsi- Gabinete de Apoio Psicopedagógico Artigo 1º Objecto O Programa de Voluntariado na FCUL visa: a) Estimular a formação e educação dos estudantes

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. COMPUTAÇÃO MÓVEL E UBÍQUA Ficha da Unidade Curricular Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010

Leia mais

Curso de Educação e Formação de Adultos em Design Gráfico

Curso de Educação e Formação de Adultos em Design Gráfico Curso de Educação e Formação de Adultos em Design Gráfico Saída Profissional: Técnico / a de Desenho Gráfico Certificação ao nível do 12º Ano / Nível III Laboral Bem-Vindo/a à FLAG! A FLAG é uma empresa

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000026 - COMUNICACAO SOCIAL - PUBLICIDADE E PROPAGANDA Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000026 - COMUNICACAO SOCIAL - PUBLICIDADE E PROPAGANDA Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000026 - COMUNICACAO SOCIAL - PUBLICIDADE E PROPAGANDA Nivel: Superior Area Profissional: 0006 - COMUNICACAO Area de Atuacao: 0110 - EDITORACAO/COMUNICACAO

Leia mais

Diário da República, 2.ª série N.º 88 7 de maio de 2015 11235. CAPÍTULO I Disposições introdutórias. CAPÍTULO V Disposições finais

Diário da República, 2.ª série N.º 88 7 de maio de 2015 11235. CAPÍTULO I Disposições introdutórias. CAPÍTULO V Disposições finais Diário da República, 2.ª série N.º 88 7 de maio de 2015 11235 d) Elaborar os horários letivos e gerir a atribuição de salas para as atividades da Faculdade; e) Acompanhar os processos eleitorais dos Órgãos

Leia mais

O Social pela Governança. Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Empreendedorismo

O Social pela Governança. Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Empreendedorismo O Social pela Governança Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Empreendedorismo 2 ÍNDICE EMPREENDEDORISMO... 3 OBJECTIVOS... 3 DESTINATÁRIOS... 4 CONDIÇÕES DE ACESSO E SELECÇÃO DOS CANDIDATOS...

Leia mais

Parte 1 Código / Área Temática. Educação Especial

Parte 1 Código / Área Temática. Educação Especial NOME DO CURSO: O Ensino de Língua Portuguesa como segunda língua para estudantes surdos e/ou com deficiência auditiva Nível: Especialização Modalidade: Presencial Parte 1 Código / Área Temática Código

Leia mais

CAMPUS ACADÉMICO DE VILA NOVA DE GAIA. Regulamento do 1º Ciclo de Estudos. Educação Básica (Despacho nº 11718/2011, de 8 de setembro)

CAMPUS ACADÉMICO DE VILA NOVA DE GAIA. Regulamento do 1º Ciclo de Estudos. Educação Básica (Despacho nº 11718/2011, de 8 de setembro) CAMPUS ACADÉMICO DE VILA NOVA DE GAIA Regulamento do 1º Ciclo de Estudos Educação Básica (Despacho nº 11718/2011, de 8 de setembro) ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO JEAN PIAGET ANO LETIVO 2012/2013 INDICE Capítulo

Leia mais

a Universidade PROGRAMA DE Abril GESTÃO 2012 PARA EMPREENDEDORES DE ELEVADO POTENCIAL 2º edição Uma colaboração

a Universidade PROGRAMA DE Abril GESTÃO 2012 PARA EMPREENDEDORES DE ELEVADO POTENCIAL 2º edição Uma colaboração a Universidade PROGRAMA DE Abril GESTÃO 2012 PARA EMPREENDEDORES DE ELEVADO POTENCIAL 2º edição Uma colaboração 1 Agenda O que é a Universidade BES? Programa de Gestão para Empreendedores de Elevado Potencial

Leia mais

Título do Artigo: A importância do estudo dos Signos Identificadores e dos Sistemas de Identidade Visual

Título do Artigo: A importância do estudo dos Signos Identificadores e dos Sistemas de Identidade Visual Título do Artigo: A importância do estudo dos Signos Identificadores e dos Sistemas de Identidade Visual Autor: António Lacerda - Março de 2008 I Introdução O presente estudo surge de um estudo e reflexão,

Leia mais

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Regulamento dos cursos do ciclo de estudos conducente ao grau de licenciado O presente regulamento estabelece as normas que complementam as que decorrem do regime

Leia mais

GFAPPPE GESTÃO, FINANCIAMENTO E AVALIAÇÃO DE PROGRAMAS E POLÍTICAS PÚBLICAS ESTRUTURAIS

GFAPPPE GESTÃO, FINANCIAMENTO E AVALIAÇÃO DE PROGRAMAS E POLÍTICAS PÚBLICAS ESTRUTURAIS GFAPPPE GESTÃO, FINANCIAMENTO E AVALIAÇÃO DE PROGRAMAS E POLÍTICAS PÚBLICAS ESTRUTURAIS Luís Mendes Barata Professor Auxiliar Convidado I APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA O objectivo fundamental desta disciplina

Leia mais

(Aprovado em reunião do Colegiado de Diretores de Escola da Magistratura, em Florianópolis, Santa Catarina, no dia 29/07/2011)

(Aprovado em reunião do Colegiado de Diretores de Escola da Magistratura, em Florianópolis, Santa Catarina, no dia 29/07/2011) COLÉGIO PERMANENTE DE DIRETORES DE ESCOLAS DA MAGISTRATURA ESTADUAIS COPEDEM ESCOLA SUPERIOR DA MAGISTRATURA DO ESTADO DE PERNAMBUCO ESMAPE Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa FDUL PROGRAMA

Leia mais

Enunciado de apresentação do projecto

Enunciado de apresentação do projecto Engenharia de Software Sistemas Distribuídos 2 o Semestre de 2009/2010 Enunciado de apresentação do projecto FEARSe Índice 1 Introdução... 2 2 Cenário de Enquadramento... 2 2.1 Requisitos funcionais...

Leia mais

Forum of ISCTE-IUL School of Technology and Architecture 2015 Pág. 1 de 9 FISTA 2015. http://fista.iscte-iul.pt/

Forum of ISCTE-IUL School of Technology and Architecture 2015 Pág. 1 de 9 FISTA 2015. http://fista.iscte-iul.pt/ Forum of ISCTE-IUL School of Technology and Architecture 2015 Pág. 1 de 9 Propostas de Workshops para Escolas Secundárias (10º, 11º e 12º anos) no âmbito do (Forum of ISCTE-IUL School of Technology and

Leia mais

O Processo de Bolonha:

O Processo de Bolonha: O Processo de Bolonha: Mudanças e desafios António Fragoso, Universidade do Algarve Origens do Processo de Bolonha Declaração de Bolonha (19/06/1999) declaração conjunta dos ministros da Educação Europeus

Leia mais

FICHA TÉCNICA DO CURSO A FOTOGRAFIA (INTRODUÇÃO) E TÉCNICA FOTOGRÁFICA EDIÇÃO Nº 01/2013

FICHA TÉCNICA DO CURSO A FOTOGRAFIA (INTRODUÇÃO) E TÉCNICA FOTOGRÁFICA EDIÇÃO Nº 01/2013 FICHA TÉCNICA DO CURSO A FOTOGRAFIA (INTRODUÇÃO) E TÉCNICA FOTOGRÁFICA EDIÇÃO Nº 01/2013 1. DESIGNAÇÃO DO CURSO A fotografia (introdução) e Técnica Fotográfica. 2. COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER - Reflectir

Leia mais

A BASE DE DADOS DO ARQUIVO FOTOGRÁFICO MUNICIPAL DA FIGUEIRA DA FOZ IMPLEMENTACÁO COM BIBLIOBASE IMAGEM

A BASE DE DADOS DO ARQUIVO FOTOGRÁFICO MUNICIPAL DA FIGUEIRA DA FOZ IMPLEMENTACÁO COM BIBLIOBASE IMAGEM A BASE DE DADOS DO ARQUIVO FOTOGRÁFICO MUNICIPAL DA FIGUEIRA DA FOZ IMPLEMENTACÁO COM BIBLIOBASE IMAGEM Guida da Silva Cándido Arquivo Fotográfico Municipal da Figueira da Foz - Portugal APRESENTACÁO A

Leia mais

Colégio Internato dos Carvalhos

Colégio Internato dos Carvalhos Colégio Internato dos Carvalhos Apresentação dos Cursos Secundários Científico -Tecnológicos No final do 9º Ano depara-se a todos os alunos, bem como aos pais e encarregados de educação, um dilema no que

Leia mais

REGULAMENTO DE BANDA DESENHADA E DE CARTOONS. Pretende-se que os concorrentes abordem o tema o Advogado, o Cidadão e a Justiça.

REGULAMENTO DE BANDA DESENHADA E DE CARTOONS. Pretende-se que os concorrentes abordem o tema o Advogado, o Cidadão e a Justiça. 1. Tema: REGULAMENTO DE BANDA DESENHADA E DE CARTOONS Pretende-se que os concorrentes abordem o tema o Advogado, o Cidadão e a Justiça. 2. Formas de participação: 2.1. Os concorrentes podem apresentar

Leia mais

PROJECTO METAS DE APRENDIZAGEM

PROJECTO METAS DE APRENDIZAGEM PROJECTO METAS DE APRENDIZAGEM A Equipa Central: Natércio Afonso (coordenador) Maria do Céu Roldão Alexandra Marques Cecília Galvão Helena Peralta Isabel Lopes da Silva Teresa Leite JULHO, 27, 2010 1 Apresentação

Leia mais