PREFEITURA DE OURO VERDE DO OESTE PRÁTICAS CONSERVACIONISTAS DO USO DO SOLO E ÁGUA E EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PREFEITURA DE OURO VERDE DO OESTE PRÁTICAS CONSERVACIONISTAS DO USO DO SOLO E ÁGUA E EDUCAÇÃO AMBIENTAL"

Transcrição

1 PREFEITURA DE OURO VERDE DO OESTE PRÁTICAS CONSERVACIONISTAS DO USO DO SOLO E ÁGUA E EDUCAÇÃO AMBIENTAL OURO VERDE DO OESTE PR 2016

2 SUMÁRIO 1 INFORMAÇÕES DIAGNÓSTICO JUSTIFICATIVA DESCRIÇÃO OBJETIVOS OBJETIVO GERAL OBJETIVOS ESPECÍFICOS METAS A ATINGIR CRONOGRAMA CRONOGRAMA FÍSICO CRONOGRAMA FINANCEIRO DATAS ORÇAMENTO BENEFICIÁRIOS DIRETOS BENEFICIÁRIOS INDIRETOS DEFINIÇÃO DE INDICADORES RESULTADOS AVALIAÇÃO DOS RESULTADOS DIREITOS... 9

3 2 1 INFORMAÇÕES Este projeto já participou de outras edições? ( X ) Sim ( ) Não Tipo de Projeto: ( X ) Individual ( ) Consórcio Título: Práticas Conservacionistas do Uso do Solo e Água e Educação Ambiental Município: Ouro Verde do Oeste Função de Governo: Gestão Ambiental Subfunção de Governo: Preservação e Conservação Ambiental Administração Indireta: Prefeitura de Ouro Verde do Oeste Prefeito Municipal: Aldacir Domingos Pavan do Prefeito: Secretaria/Departamento: Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Meio Ambiente Responsável: Irineu Groeler (Secretário de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Meio Ambiente) Telefone: (45) Celular: (45) DIAGNÓSTICO O Município de Ouro Verde do Oeste localiza-se na região oeste do Paraná, na região central da Bacia Hidrográfia do Paraná 3 (BP III). Possui uma área de 293,042 Km² e cerca de habitantes. O Município é totalmente inserido no bioma de mata atlântica e possui diversas paisagens que encanta quem o visita. A preocupação com o meio ambiente sempre foi crescente no município para que se possa conservar a natureza que ainda resta em seu território. Nesse sentido, a Administração Municipal, juntamente com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Meio Ambiente, firmaram um convênio com a Itaipu Binacional como um intrumento de cooperação técnico-financeira para execução de práticas conservacionistas do uso do solo e água e educação ambiental. Uma das principais preocupações pela qual o convênio foi firmado é a contrução de cercas para o reflorestamento das matas ciliares de importantes

4 3 microbacias da região. A iniciativa permite uma reestruturação de diversos campos voltados à preservação ambiental como Adequação de Estradas, Conservação de Solos e Programas de Educação Ambiental para construção da Agenda 21 do Pedaço. 3 JUSTIFICATIVA Entre os projetos sócio-ambientais desenvolvidos pela ITAIPU em parceria com os municípios da BP III, foi dado continuidade ao projeto manejo conservacionista de água e solo, constante do Planejamento Estratégico de ITAIPU. Este trabalho faz parte do programa de gestão por bacia hidrográfica, saneamento da região e sustentabilidade social e regional, cujas ações principais são as práticas mecânicas de conservação de solos, adequação de estradas, abastecedouros comunitários, destinação adequada de dejetos da suinocultura, construção de cerca para isolamento da mata ciliar e reflorestamento, plantio direto com qualidade e culturas alternativas (diversificação de sistemas de produção), adequação de instalações agropecuárias, incentivo a agroindústria, etc. Nesse sentido, tendo sido concluídos com sucesso os trabalhos na bacia da Sanga Mandaguaria, foi proposta a adoção de outra área denominada de bacia do Rio Sanga Funda, córrego da Várzea e microbacias adjacentes. Como atividades básicas para as intervenções foram desenvolvidas uma série de ações ligadas á cartografia, geoprocessamento, gestão territorial, software livre, projetos de adequação de propriedades rurais, etc. 4 DESCRIÇÃO As atividades de Adequação, cascalhamento e calçamento de Estradas, incluíram: A instalação de abastecedouros comunitários como responsabilidade da prefeitura e da comunidade e o restante do material necessário para cada unidade, plataforma de abastecimento, filtro e toda mão de obra necessária. Nessa instalação, a prefeitura providenciou a pintura das unidades, inserindo logos das partes conveniadas juntamente com o número do convênio firmado. As

5 4 manutenções necessárias ao bom funcionamento, bem como a aquisição de peças de reposição, foram de inteira responsabilidade do município e usuários. A atividade de destinação de embalagens contaminadas de agrotóxicos, onde os custos (recolhimento, tratamento, armazenagem, licenciamento e transporte) foram de total responsabilidade do município, cabendo a ITAIPU o custo da incineração (exclusivamente) das embalagens contaminadas. A atividade de destinação de dejetos orgânicos e desenvolvimento do sistema de plantio direto com qualidade, onde a ITAIPU repassou ao município 100% do custo de cada unidade de equipamentos. As manutenções necessárias ao bom funcionamento, bem como a aquisição de peças de reposição, foram de inteira responsabilidade do município e usuários. A atividade de construção de cercas para mata ciliares e corredores de dessedentação, foi de responsabilidade da prefeitura em comum acordo com o órgão ambiental responsável (IAP) a demarcação e liberação das áreas para a construção das cercas. As atividades de reflorestamento de áreas de preservação permanete, onde a ITAIPU repassou as mudas necessárias e o município se responsabilizou pelo transporte, mecanização (preparo do solo) das áreas e pelo plantio das mudas e manutenção do reflorestamento por até três anos. A atividade de Conservação de Solos (terraceamento, drenagem e voçorocas), onde o município formou termo de compromisso com os próprios proprietários/co-usuários beneficiados, para a implantação compartilhada das ações, bem como das manutenções necessárias ao bom funcionamento dos projetos implantados. 5 OBJETIVOS 5.1 OBJETIVO GERAL Implementação de um conjunto de atividades de manejo conservacionista de água e solo, Monitoramento Ambiental Participativo e Educação Ambiental, a serem executadas na microbacia Sanga Funda, Córrego da Várzea e microbacias adjacentes, e adequação de instalações agropecuárias na microbacia da Sanga Mandaguari, dentro dos limites do município de Ouro Verde do Oeste.

6 5 5.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS Adequação, Cascalhamento e/ou Calçamento de Estradas. Abastecedouros Comunitários. Destinação Adequada de Embalagens Contaminantes de Agrotóxicos. Destinação Adequada de Dejetos Orgânicos. Construção de cercas e reflorestamento para Mata Ciliar. Conservação de Solos (terraceamento e voçorocas). Adequação de instalações agropecuárias. Implementação de um programa de educação ambiental, atraves da construção da Agenda 21 do Pedaço. Implementação e Acompanhamento do Programa Participativo de Avaliação Integrada e Monitoramento da Qualidade da Água de Rios da microbacia Sanga Funda, Córrego da Várzea e microbacias adjacentes. 5.3 METAS A ATINGIR Consolidação do Comitê Gestor Instituído nas microbacias envolvidas. Elaboração de Projetos Técnicos de Planejamento Conservacionista e Adequação de Propriedades Rurais. Implantação de atividades coletivas e específicas de Manejo Conservacionista de Água e Solo. Implementar a acompanhar o Programa Participativo de Avaliação Integrada e Monitoramento da Qualidade da Água da microbacia do Rio Sanga Funda, Córrego da Várzea e microbacias adjacentes. Consolidação do processo de Educação Ambiental.

7 6 6 CRONOGRAMA 6.1 CRONOGRAMA FÍSICO ETAPAS de EXECUÇÃO Consolidação do Comitê Gestor Instituído nas microbacias envolvidas Elaboração de Projetos Técnicos de Planejamento Conservacionista e Adequação de Propriedades Rurais Licença Pévia/Instalação junto ao Órgão Ambiental Implantação de práticas conservacionista de uso de solo e água Consolidação do processo de Educação Ambiental Implantação e Acompanhamento do Programa Participativo de Avaliação Integrada e Monitoramento da Qualidade da Água das microbacias selecionadas Adequação de instalações agropecuárias Bimestre X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X X 6.2 CRONOGRAMA FINANCEIRO ETAPAS de EXECUÇÃO RES. Bimestre Consolidação do Comitê Gestor Instituído nas M/IB Sem custo para o convênio microbacias envolvidas Elaboração de Projetos Técnicos de Planejamento Conservacionista e M/IB Sem custo para o convênio Adequação de Propriedades Rurais Licença Pévia/Instalação junto ao Órgão Ambiental Mun. Sem custo para o convênio Implementação e Acompanhamento do Monitoramento da Qualidade da Água Programa Participativo de Avaliação Integrada e M/IB Sem custo para o convênio Implantação de práticas conservacionista de uso de Mun. R$ ,00 R$ ,00 IB R$ ,00 R$ ,00

8 7 solo e água Adequação de instalações agropecuárias Consolidação do processo de Educação Ambiental Subtotal 1 Subtotal DATAS Mun. R$ ,00 IB R$ 4.000,00 IB R$ 1.000,00 R$ 1.000,00 Mun. R$ ,00 R$ ,00 IB R$ ,00 R$ ,00 Mun. R$ ,00 IB R$ ,00 Total R$ ,00 Ano de Início: 2007 Ano de Término/Previsto: o processo é contínuo, pois a assinatura dos convênios e o desenvolvimento das ações estão em andamento. 7 ORÇAMENTO O orçamento previu a consolidação do comitê gestor instituído nas microbacias envolvidas, a elaboração de projetos técnicos de planejamento conservacionista e adequação de propriedades rurais, a licença pévia/instalação junto ao órgão ambiental, a implementação e acompanhamento do programa participativo de avaliação integrada e monitoramento da qualidade da água, a implantação de práticas conservacionista de uso de solo e água, a adequação de instalações agropecuárias e a consolidação do processo de educação ambiental. Os valores investidos pelo município chegam a R$ ,00, já os valores investidos pela Itaipu chegam a R$ ,00. Portanto, o valor total do convênio é R$ ,00. 8 BENEFICIÁRIOS DIRETOS Toda a população do município de Ouro Verde do Oeste, habitantes, principalmente os moradores das microbacias Sanga Funda, Córrego da Várzea, Mandaguari e microbacias adjacentes, dentro dos limites do município.

9 8 9 BENEFICIÁRIOS INDIRETOS Toda a população do município de Ouro Verde do Oeste, habitantes, visto que as atividades geram melhorias para o meio ambiente e, consequentemente, para a qualidade de vida. 10 DEFINIÇÃO DE INDICADORES O Município, como meio de verificação de indicadores, apresentou relatórios periódicos das informações de uso do equipamento, cujas informações puderam ser certificadas pela ITAIPU através de visitas de campo e reuniões as Instituições. 11 RESULTADOS Para mensurar os resultados alcançados com a implantação de práticas conservacionistas do uso do solo e água e educação ambiental, o monitoramento foi ferramenta fundamental e realizado pela prefeitura e pela Itaipu Binacional, onde se constatou que o convênio atingiu suas metas através de bons resultados que, definidos de forma adequada, garantiram melhora nos ambientes abrangidos pelo convênio. Os resultados alcançados foram satisfatórios e de significativa importância ao meio ambiente e atendeu as expectativas dos agricultores, corroborando com os mesmos para o fiel cumprimento da legislação ambiental. Foram executadas ações de Educação Ambiental (1), abastecedor comunitário (5 unidades), adequação de estradas ( ,10 m²), cascalhamento de estradas ( ,20 m²), construção de cerca tipo I (42,48 Km), construção de cerca tipo II (20,42 Km), distribuidor de dejetos (6 unidades 3 líquidos e 3 sólidos) e terraceador (1 unidade doada pela ITAIPU). Foram executados de acordo com especificações técnicas já previstas 4.839,05m de cercas do Tipo 1 e 3.617,4m do Tipo 2, para isolamento e proteção da mata ciliar na Microbacia da Sanga Funda e Águas Claras e Adjacências. Foram executados metros de cerca, sendo metros do tipo I e 0m do tipo II, na localidade de Mandaguari, no Córrego Mandaguari.

10 9 12 AVALIAÇÃO DOS RESULTADOS O Município, a partir dos relatórios peródicos, informou a avaliação dos resultados que foram de expressiva aceitação nas ações implantadas com sucesso. 13 DIREITOS Direitos de Divulgação: SIM Declaro a veracidade das informações: SIM

ESTADO DE MATO GROSSO - PREFEITURA MUNICIPAL DE COLIDER Identificação de Programas. Lei Autorizativa

ESTADO DE MATO GROSSO - PREFEITURA MUNICIPAL DE COLIDER Identificação de Programas. Lei Autorizativa CAMARA MUNICIPAL ACAO DO LEGISLATIVO Atender as necessidades do Municipio, viabilizar aprovacoes de Projetos de Leis de interesse do municipio; suporte tecnico politico. Oferecer suporte conceitual de

Leia mais

Codigo Especificacao Projetos Atividades Oper. Especiais Total

Codigo Especificacao Projetos Atividades Oper. Especiais Total Estado do Parana Programa de Trabalho Folha: 1 Orgao...: 02 GOVERNO MUNICIPAL Unidade Orcamentaria: 02.01 GABINETE DO PREFEITO 04.000.0000.0.000.000 Administracao 31.191,67 31.191,67 04.122.0000.0.000.000

Leia mais

Estado: ESPIRITO SANTO RESPONSABILIDADES GERAIS DA GESTAO DO SUS

Estado: ESPIRITO SANTO RESPONSABILIDADES GERAIS DA GESTAO DO SUS PLANILHA DE PACTUAÇÃO DAS - TCG Data da Validação: 31/03/2010 Data da Homologação: 12/04/2010 Revisão Nº:001 Pedido de Revisão: 30/03/2010 Portaria: 2.846 Data da Publicação: 25/11/2008 Estado: ESPIRITO

Leia mais

ESTADO DO PARANA Programa de Trabalho Folha: 1 Prefeitura Municipal de Honorio Serpa Abril de 2014 - Anexo 6, da Lei 4.320/64

ESTADO DO PARANA Programa de Trabalho Folha: 1 Prefeitura Municipal de Honorio Serpa Abril de 2014 - Anexo 6, da Lei 4.320/64 ESTADO DO PARANA Programa de Trabalho Folha: 1 Orgao...: 02 CHEFIA DE GABINETE Unidade Orcamentaria: 02.01 GABINETE DO PREFEITO 04.000.0000.0.000.000 Administracao 25.230,05 25.230,05 04.122.0000.0.000.000

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000026 - COMUNICACAO SOCIAL - PUBLICIDADE E PROPAGANDA Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000026 - COMUNICACAO SOCIAL - PUBLICIDADE E PROPAGANDA Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000026 - COMUNICACAO SOCIAL - PUBLICIDADE E PROPAGANDA Nivel: Superior Area Profissional: COMUNICACAO Area de Atuacao: EDITORACAO/COMUNICACAO

Leia mais

Diagnóstico Final da Microbacia. http://sgabh.itaipu.gov.br/portal_sda/

Diagnóstico Final da Microbacia. http://sgabh.itaipu.gov.br/portal_sda/ INCUBADAS / PTI CONCEITO ASSESSORIA PLANOTEC ECOP FUTURA PALMARES Diagnóstico Final da Microbacia INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR FUNTEF MEDIANEIRA FASUL TOLEDO PUC TOLEDO UNIOESTE TOLEDO UNIOESTE MARECHAL

Leia mais

PRONAF SUSTENTÁVEL PLANO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DA UNIDADE FAMILIAR

PRONAF SUSTENTÁVEL PLANO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DA UNIDADE FAMILIAR PRONAF SUSTENTÁVEL PLANO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DA UNIDADE FAMILIAR ANTECEDENTES DO PRONAF SUSTENTÁVEL RESGATANDO OS OBJETIVOS DO PRONAF... Estimular o incremento ordenado dos investimentos rurais,

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 001844 - TECNOLOGIA EM ANALISE E DESENVOLV.DE SISTEMAS Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 001844 - TECNOLOGIA EM ANALISE E DESENVOLV.DE SISTEMAS Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 001844 - TECNOLOGIA EM ANALISE E DESENVOLV.DE SISTEMAS Nivel: Superior Area Profissional: 0018 - INFORMATICA Area de Atuacao: 0021 - OPERACAO

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 001836 - TECNOLOGIA EM PRODUCAO SUCROALCOOLEIRA Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 001836 - TECNOLOGIA EM PRODUCAO SUCROALCOOLEIRA Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 001836 - TECNOLOGIA EM PRODUCAO SUCROALCOOLEIRA Nivel: Superior Area Profissional: AGROPECUARIA Area de Atuacao: GESTAO AGRO-IND./AGROP.

Leia mais

TOTAL - FISCAL 12.823.048 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 12.823.048

TOTAL - FISCAL 12.823.048 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 12.823.048 ORGAO : 14000 - JUSTICA ELEITORAL UNIDADE : 14101 - TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL 0570 GESTAO DO PROCESSO ELEITORAL 12.823.048 02 126 0570 2365 ATUALIZACAO E MANUTENCAO DO SISTEMA DE VOTACAO E APURACAO 02

Leia mais

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao.

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao. PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000184 - SISTEMAS DE INFORMACAO Nivel: Superior Area Profissional: 0018 - INFORMATICA Area de Atuacao: 0018 - BANCO DE DADOS/INFORMATICA

Leia mais

F 3 2 90 0 100 2.036.890 F 4 2 40 0 100 15.000.000 F 4 2 40 0 100 15.000.000 TOTAL - FISCAL 35.430.589 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 35.430.

F 3 2 90 0 100 2.036.890 F 4 2 40 0 100 15.000.000 F 4 2 40 0 100 15.000.000 TOTAL - FISCAL 35.430.589 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 35.430. ORGAO : 22000 - MINISTERIO DA AGRICULTURA, PECUARIA E ABASTECIMENTO UNIDADE : 22101 - MINISTERIO DA AGRICULTURA, PECUARIA E ABASTECIMENTO 0362 DESENVOLVIMENTO SUSTENTAVEL DAS REGIOES PRODUTORAS DE CACAU

Leia mais

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao.

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao. PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000407 - REDES DE COMPUTADORES Nivel: Superior Area Profissional: 0018 - INFORMATICA Area de Atuacao: 0018 - BANCO DE DADOS/INFORMATICA

Leia mais

Levantamento Sócioambiental do Município de Vera Cruz do. Loana B. dos Santos, Daniela Mondardo, Luciane Luvizon, Patrícia P.

Levantamento Sócioambiental do Município de Vera Cruz do. Loana B. dos Santos, Daniela Mondardo, Luciane Luvizon, Patrícia P. Levantamento Sócioambiental do Município de Vera Cruz do Oeste PR Loana B. dos Santos, Daniela Mondardo, Luciane Luvizon, Patrícia P. Bellon, Cristiane C. Meinerz, Paulo S. R. Oliveira INTRODUÇÃO Nestes

Leia mais

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao.

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao. PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000654 - TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES Nivel: Superior Area Profissional: 0018 - INFORMATICA Area de Atuacao: 0018 - BANCO DE DADOS/INFORMATICA

Leia mais

RELATÓRIO ABRIL 2013 PROGRAMA OPERAÇÕES COLETIVAS IGARASSU MINHA VIDA

RELATÓRIO ABRIL 2013 PROGRAMA OPERAÇÕES COLETIVAS IGARASSU MINHA VIDA RELATÓRIO ABRIL 2013 PROGRAMA OPERAÇÕES COLETIVAS IGARASSU MINHA VIDA RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DO TRABALHO TÉCNICO SOCIAL 1 IDENTIFICAÇÃO 1.1 DADOS DA CONTRATAÇÃO Programa: Igarassu Minha Vida Contrato

Leia mais

PLANO PLURIANUAL 2006-2009

PLANO PLURIANUAL 2006-2009 LEI Nº 5.115/ (Altera o Plano Plurianual -2009 e dá outras providências) A CÂMARA MUNICIPAL DE RIO VERDE-GO APROVA: Art. 1º - Altera a Lei 5.079/2005, de 15 de dezembro de, que trata do Plano Plurianual

Leia mais

Plano Especial de Auditoria de Obras 2002 Relatório Sintético

Plano Especial de Auditoria de Obras 2002 Relatório Sintético Plano Especial de Auditoria de Obras 2002 Relatório Sintético Caracterização da obra Ano orçamento: 2002 UF: PR Nome do programa de trabalho: Construção de Contornos Ferroviários no Corredor Mercosul -

Leia mais

Uma nova proposta para a Agenda Ambiental Portuária

Uma nova proposta para a Agenda Ambiental Portuária Uma nva prpsta para a Agenda Ambiental Prtuária Marcs Maia Prt Gerente de Mei Ambiente O grande desafi a tratar cm as questões ambientais prtuárias é bter um resultad equilibrad que harmnize s cnflits

Leia mais

3. SOLUÇÕES TÉCNICAS DE TERRAPLANAGEM PROPOSTAS PARA O TRECHO:

3. SOLUÇÕES TÉCNICAS DE TERRAPLANAGEM PROPOSTAS PARA O TRECHO: SECRETARIA DE ESTADO DA AGRICULTURA E DO ABASTECIMENTO - SEAÂ Anexo 1 RELATÓRIO DE VISTORIA INICIAL - RVI PROJETO DE RECUPERAÇÃO DA TRAFEGABILIDADE DE ESTRADAS RURAI MUNICÍPIO DE ESPIGÃO ALTO DO IGUAÇU-PR

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000025 - COMUNICACAO SOCIAL - RELACOES PUBLICAS Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000025 - COMUNICACAO SOCIAL - RELACOES PUBLICAS Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000025 - COMUNICACAO SOCIAL - RELACOES PUBLICAS Nivel: Superior Area Profissional: 0006 - COMUNICACAO Area de Atuacao: 0113 - REL.PUBLICAS/COMUNICACAO

Leia mais

TOTAL - FISCAL 899.545 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 899.545

TOTAL - FISCAL 899.545 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 899.545 ORGAO : 32000 - MINISTERIO DE MINAS E ENERGIA UNIDADE : 32314 - EMPRESA DE PESQUISA ENERGETICA - EPE ANEXO I PROGRAMA DE TRABALHO (SUPLEMENTACAO) RECURSOS DE TODAS AS FONTES - R$ 1, 00 0750 APOIO ADMINISTRATIVO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIRACEMA ESTADO DE MINAS GERAIS LEI Nº 1.167, 06 DE NOVEMBRO DE 2013

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIRACEMA ESTADO DE MINAS GERAIS LEI Nº 1.167, 06 DE NOVEMBRO DE 2013 PREFEITURA MUNICIPAL DE PIRACEMA ESTADO DE MINAS GERAIS LEI Nº.67, 06 DE NOVEMBRO DE 03 DISPÕE SOBRE O PLANO PLURIANUAL PARA O PERÍODO DE 04/07. O Prefeito do Município: Faço saber que a Câmara Municipal

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICIPIO DE URUSSANGA - PREFEITURA

ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICIPIO DE URUSSANGA - PREFEITURA Página: 1 02 GABINETE DO PREFEITO 02.01 GABINETE DO PREFEITO 235.500,00 13.904,00 47.188,90 188.311,10 13.904,00 47.188,90 0,00 235.500,00 13.904,00 47.188,90 188.311,10 13.904,00 47.188,90 0,00 0201.04

Leia mais

PAPG-IFES Programa de Apoio a Pós-P Graduaçã. ção o das IFES

PAPG-IFES Programa de Apoio a Pós-P Graduaçã. ção o das IFES PAPG-IFES Programa de Apoio a Pós-P Graduaçã ção o das IFES (Açõ ções propostas em discussão) o) Objetivo Geral Consolidar e expandir os programas de formaçã ção o pós-graduada p de pessoas pelas Instituiçõ

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000232 - ADMINISTRACAO Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000232 - ADMINISTRACAO Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000232 - ADMINISTRACAO Nivel: Superior Area Profissional: 0006 - COMUNICACAO Area de Atuacao: 0122 - RELACIONAMENTO CLIENTE/COM. Planejar

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000026 - COMUNICACAO SOCIAL - PUBLICIDADE E PROPAGANDA Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000026 - COMUNICACAO SOCIAL - PUBLICIDADE E PROPAGANDA Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000026 - COMUNICACAO SOCIAL - PUBLICIDADE E PROPAGANDA Nivel: Superior Area Profissional: 0006 - COMUNICACAO Area de Atuacao: 0110 - EDITORACAO/COMUNICACAO

Leia mais

MUNICIPAL DE FIRMINO ALVES

MUNICIPAL DE FIRMINO ALVES ESTADO DA SERVIÇO PÚBLICO MUNICIPAL PREFEITURA MUNICIPAL DE FIRMINO ALVES DECRETO Nº 001/2014de 10 de Janeiro de 2014 APROVA O QUADRO DE DETALHAMENTO DA DESPESA QDD para exercício financeiro de 2014 e

Leia mais

CTBS5900 SISTEMA INTEGRADO DE ORCAMENTO E CONTABILIDADE PUBLICA Data: 15/02/2011 PREFEITURA MUNICIPAL DE DENISE Hora: 11:00:11 Pag.

CTBS5900 SISTEMA INTEGRADO DE ORCAMENTO E CONTABILIDADE PUBLICA Data: 15/02/2011 PREFEITURA MUNICIPAL DE DENISE Hora: 11:00:11 Pag. Pag.: 001 01 CAMARA MUNICIPAL 01 001 CAMARA MUNICIPAL 01.031.0001.1001 AMPLIAR E REFORMAR O PREDIO DA CAMARA 0001-449051000000 Obras e Instalacoes 10.000,00 10.000,00 10.000,00 TOTAL DO PROJETO/ATIVIDADE

Leia mais

TOTAL - FISCAL 1.300.000 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 1.300.000

TOTAL - FISCAL 1.300.000 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 1.300.000 ORGAO : 22000 - MINISTERIO DA AGRICULTURA, PECUARIA E ABASTECIMENTO UNIDADE : 22202 - EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUARIA - EMBRAPA 1161 PESQUISA E DESENVOLVIMENTO AGROPECUARIO E AGROINDUSTRIAL

Leia mais

ENGENHARIA DE SOFTWARE PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO

ENGENHARIA DE SOFTWARE PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO (s15h PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 002312 - ENGENHARIA DE SOFTWARE Nivel: Superior Area Profissional: 0018 - INFORMATICA Area Atuacao: 0018 - BANCO DE DADOS/INFORMATICA

Leia mais

PLANO PLURIANUAL 2014-2017 MUNICÍPIO DE LAGOA DA PRATA. AGP emitido por Viviani Rocha Fonseca versão 1.152

PLANO PLURIANUAL 2014-2017 MUNICÍPIO DE LAGOA DA PRATA. AGP emitido por Viviani Rocha Fonseca versão 1.152 MUNICÍPIO DE LAGOA DA PRATA LEI LEI DO LEI Nº 2170/2013 DISPÕE SOBRE O PLANO PLURIANUAL PARA O PERÍODO DE 2014-2017. A Câmara Municipal de Lagoa da Prata aprovou e eu sanciono a seguinte lei: Art.1º Esta

Leia mais

Perfil Territorial. Vale Do Juruá - AC. Desenvolvimento Territorial. Dados Básicos do Território

Perfil Territorial. Vale Do Juruá - AC. Desenvolvimento Territorial. Dados Básicos do Território Vale Do Juruá - AC O Território da Cidadania Vale Do Juruá - AC está localizado na região Norte e é composto por 5 municípios:, Mâncio Lima,, Porto Walter e Rodrigues Alves. Desenvolvimento Territorial

Leia mais

Recepção aos Gestores Municipais Eleitos e Reeleitos 2012. Uma parceria entre a CAIXA e os Municípios

Recepção aos Gestores Municipais Eleitos e Reeleitos 2012. Uma parceria entre a CAIXA e os Municípios Recepção aos Gestores Municipais Eleitos e Reeleitos 2012 Uma parceria entre a CAIXA e os Municípios A missão da CAIXA é: Atuar na promoção da cidadania e do desenvolvimento sustentável do País, como instituição

Leia mais

XX SNPTEE SEMINÁRIO NACIONAL DE PRODUÇÃO E TRANSMISSÃO DE ENERGIA ELÉTRICA PROJETO DE COOPERAÇÃO FLORESTAL

XX SNPTEE SEMINÁRIO NACIONAL DE PRODUÇÃO E TRANSMISSÃO DE ENERGIA ELÉTRICA PROJETO DE COOPERAÇÃO FLORESTAL XX SNPTEE SEMINÁRIO NACIONAL DE PRODUÇÃO E TRANSMISSÃO DE ENERGIA ELÉTRICA Versão 1.0 XXX.YY 22 a 25 Novembro de 2009 Recife - PE GRUPO -XI GRUPO DE ESTUDO DE IMPACTOS AMBIENTAIS - GIA PROJETO DE COOPERAÇÃO

Leia mais

Boas vindas e apresentações Objetivos e agenda do encontro Encerramento espaço livre

Boas vindas e apresentações Objetivos e agenda do encontro Encerramento espaço livre 1 Boas vindas e apresenta Objetiv e agenda do encontro Encerramento espaço livre Boas vindas (10 minut) Fernando Barba, Coordenador Geral de Desenvolvimento Institucional e Programas de Gestão SGE/SE Apresenta

Leia mais

Compromissos com o Meio Ambiente e a Qualidade de Vida Agenda Socioambiental para o Desenvolvimento Sustentável do Amapá

Compromissos com o Meio Ambiente e a Qualidade de Vida Agenda Socioambiental para o Desenvolvimento Sustentável do Amapá Compromissos com o Meio Ambiente e a Qualidade de Vida Agenda Socioambiental para o Desenvolvimento Sustentável do Amapá Eu, ( ) (sigla do partido) me comprometo a promover os itens selecionados abaixo

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa DECRETO N 45.264, DE 24 DE SETEMBRO DE 2007. (publicado no DOE nº 182, de 25 de setembro de 2007) Abre créditos suplementares

Leia mais

Proposta de Recuperação Ambiental na Área Urbana da Microbacia do Rio Ouro Monte

Proposta de Recuperação Ambiental na Área Urbana da Microbacia do Rio Ouro Monte Proposta de Recuperação Ambiental na Área Urbana da Microbacia do Rio Ouro Monte D. Mondardo a, P. P. Bellon b, L. B. Santos c, C. C. Meinerz D, A. F. Haoui E A.c. Universidade Estadual do Oeste do Paraná,

Leia mais

Câmara Municipal de Cruzeiro Estado de São Paulo

Câmara Municipal de Cruzeiro Estado de São Paulo LIVRO 2/16 LEI N 3056 de 30 de Abril de 1997 Assunto: "Estabelece incentivos para a instalação de novos empreendimentos industriais, comerciais e de serviços no Município". O Exmo. Sr. Prefeito Municipal

Leia mais

Especialização em Direito Ambiental. 3. As principais funções das matas ciliares são:

Especialização em Direito Ambiental. 3. As principais funções das matas ciliares são: Pedro da Cunha Barbosa. Especialização em Direito Ambiental. Área do conhecimento jurídico que estuda as relações entre o homem e a natureza, é um ramo do direito diferenciado em suas especificidades e,

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE CUSTOS PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHAIS DEPARTAMENTO DE ORÇAMENTO SECRETARIA MUNICIPAL DE FINANÇAS

IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE CUSTOS PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHAIS DEPARTAMENTO DE ORÇAMENTO SECRETARIA MUNICIPAL DE FINANÇAS IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE CUSTOS PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHAIS DEPARTAMENTO DE ORÇAMENTO SECRETARIA MUNICIPAL DE FINANÇAS Equipe Técnica o o o o Prefeito Municipal Luiz Goularte Alves Secretaria Municipal

Leia mais

Software de Gestão da Agricultura Familiar

Software de Gestão da Agricultura Familiar Sistema Sistema Agrosaf - Sistema de Gestão da Agricultura Familiar Apoio Software de Gestão da Agricultura Familiar O Sistema Agrosaf é uma solução destinada à Prefeituras Municipais na implantação e

Leia mais

PROGRAMA DE AÇÕES PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DA BACIA DO RIO TAQUARI

PROGRAMA DE AÇÕES PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DA BACIA DO RIO TAQUARI Organização e Desenvolvimento Tecnólogico e Institucional Sub-componente: Capacitação Treinamento de técnicos da assistência técnica e extensão rural, beneficiários do programa e outros atores nos estados

Leia mais

Encontro de alunos EaD e presencial da UFRRJ. A educação a distancia no Consórcio CEDERJ: Alguns dados

Encontro de alunos EaD e presencial da UFRRJ. A educação a distancia no Consórcio CEDERJ: Alguns dados Encontro de alunos EaD e presencial da UFRRJ A educação a distancia no Consórcio CEDERJ: Alguns dados Masako Oya Masuda Vice-Presidente de Educação a Distância O que é o Consórcio CEDERJ? Consórcio das

Leia mais

AVALIAÇÃO DA ÁREA DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE DA MICROBACIA SANGA ITÁ, MUNICÍPIO DE QUATRO PONTES, PARANÁ

AVALIAÇÃO DA ÁREA DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE DA MICROBACIA SANGA ITÁ, MUNICÍPIO DE QUATRO PONTES, PARANÁ AVALIAÇÃO DA ÁREA DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE DA MICROBACIA SANGA ITÁ, MUNICÍPIO DE QUATRO PONTES, PARANÁ Mônica A. Muller, Aline Uhlein, Deise D. Castagnara, Diego A. V. Gambaro, Pedro C. S. da Silva (Orientador/UNIOESTE),

Leia mais

negócios agroindustriais

negócios agroindustriais graduação administração linha de formação específica negócios agroindustriais Características gerais A Linha de Formação Específica de Negócios Agroindustriais da Univates visa ao desenvolvimento de competências

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SAO ROQUE DO CANAA CONSOLIDADO - PMSRC E CAMARA ESPÍRITO SANTO 01.612

PREFEITURA MUNICIPAL DE SAO ROQUE DO CANAA CONSOLIDADO - PMSRC E CAMARA ESPÍRITO SANTO 01.612 001 - CÂMARA MUNICIPAL 001 - CÂMARA MUNICIPAL 01 Legislativa 01031 Ação Legislativa 010310001 LEGISLATURA ATUANTE Total Total Página 1 de 15 002 - GABINETE DO PREFEITO 001 - GABINETE DO PREFEITO 04 Administração

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SIMÃO DIAS Gabinete do Prefeito

PREFEITURA MUNICIPAL DE SIMÃO DIAS Gabinete do Prefeito LEI Nº. 632 /2014 03 de dezembro de 2.014 Dispõe sobre a criação do Programa de Coleta Seletiva com inclusão Social e Econômica dos Catadores de Material Reciclável e o Sistema de Logística Reversa e seu

Leia mais

PROGRAMA ESTRUTURANTE NOSSAS CIDADES PREFEITURA PARCEIRA AÇÃO EDUCAÇÃO AMBIENTAL INTEGRADA PROJETO: EQUIPAMENTAÇÃO DE SALAS VERDES NOS MUNICÍPIOS

PROGRAMA ESTRUTURANTE NOSSAS CIDADES PREFEITURA PARCEIRA AÇÃO EDUCAÇÃO AMBIENTAL INTEGRADA PROJETO: EQUIPAMENTAÇÃO DE SALAS VERDES NOS MUNICÍPIOS PROGRAMA ESTRUTURANTE NOSSAS CIDADES PREFEITURA PARCEIRA AÇÃO EDUCAÇÃO AMBIENTAL INTEGRADA PROJETO: EQUIPAMENTAÇÃO DE SALAS VERDES NOS MUNICÍPIOS PROPONENTE Secretaria Estadual do Meio Ambiente INTRODUÇÃO

Leia mais

O ORÇAMENTO PÚBLICO MUNICIPAL E OS RECURSOS PARA A INFÂNCIA. Exemplo prático

O ORÇAMENTO PÚBLICO MUNICIPAL E OS RECURSOS PARA A INFÂNCIA. Exemplo prático O ORÇAMENTO PÚBLICO MUNICIPAL E OS RECURSOS PARA A INFÂNCIA Exemplo prático Incluir no PPA as ações do plano Proteção Integral, que envolve programas de interesse da INFÂNCIA Um município quer implantar

Leia mais

TECNICO EM INFORMATICA PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO

TECNICO EM INFORMATICA PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO (s15h PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 500446 - TECNICO EM INFORMATICA Nivel: Tecnico Area Profissional: 0042 - COMERCIO-TEC Area de Atuacao: 0440 - BANCO DADOS/COMERCIO-TEC

Leia mais

Governo Municipal de Nova Ipixuna ORÇAMENTO PROGRAMA PARA 2015 - Consolidado

Governo Municipal de Nova Ipixuna ORÇAMENTO PROGRAMA PARA 2015 - Consolidado 10 Câmara Municipal de Nova Ipixuna Atribuições: Garantir a manutenção do processo de aprovação de projetos de leis, representatividade da sociedade perante ao executivo e manter o sistema de controle

Leia mais

DEMONSTRATIVO DA DESPESA POR ÓRGÃO E FUNÇÕES Anexo 9 - Lei 4.320/64 TOTAL GERAL: UF: MINAS GERAIS MUNICÍPIO: GUARANESIA FOLHA: 1 ORÇAMENTO 2009

DEMONSTRATIVO DA DESPESA POR ÓRGÃO E FUNÇÕES Anexo 9 - Lei 4.320/64 TOTAL GERAL: UF: MINAS GERAIS MUNICÍPIO: GUARANESIA FOLHA: 1 ORÇAMENTO 2009 FOLHA: 1 CÓDIGO DESCRIÇÃO Legislativa Judiciaria Essencial a Justica 646.000.00 565.180.00 646.000.00 565.180.00 FOLHA: 2 CÓDIGO DESCRIÇÃO Administracao Defesa Nacional Seguranca Publica 1.583.973.00 61.132.00

Leia mais

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao.

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao. PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000053 - ENGENHARIA DA COMPUTACAO Nivel: Superior Area Profissional: INFORMATICA Area de Atuacao: BANCO DE DADOS/INFORMATICA Planejar, administrar,

Leia mais

Perfil Territorial. Extremo Oeste - SC. Desenvolvimento Territorial. Dados Básicos do Território

Perfil Territorial. Extremo Oeste - SC. Desenvolvimento Territorial. Dados Básicos do Território Extremo - SC O Território Rural Extremo - SC está localizado na região Sul e é composto por 19 municípios: Anchieta, Bandeirante, Barra Bonita, Belmonte, Descanso,, Guaraciaba, Guarujá do Sul, Iporã do,

Leia mais

Sistema de Transporte Coletivo de Curitiba

Sistema de Transporte Coletivo de Curitiba Comissão de Análise da Tarifa - Decreto nº. 358/2013 Sistema de Transporte Coletivo de Curitiba Resumo Mar/13 URBS Urbanização de Curitiba S/A A URBS foi criada através de Lei Municipal, em Agosto de 1963

Leia mais

INSTITUTO MAYTENUS. Relatório de Atividades ... Ano 2002. Uma organização de interesse público. Julho/2003.

INSTITUTO MAYTENUS. Relatório de Atividades ... Ano 2002. Uma organização de interesse público. Julho/2003. INSTITUTO MAYTENUS Relatório de Atividades Ano 2002 Uma organização de interesse público. Julho/2003........... Apresentação O presente relatório descreve as ações realizadas pelo INSTITUTO MAYTENUS para

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO 1ª ETAPA DO ACORDO DE RESULTADOS SISTEMA DE EDUCAÇÃO

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO 1ª ETAPA DO ACORDO DE RESULTADOS SISTEMA DE EDUCAÇÃO RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO 1ª ETAPA DO ACORDO DE RESULTADOS SISTEMA DE EDUCAÇÃO PERÍODO AVALIATÓRIO: 2011 Belo Horizonte, 18 de Junho de 2012. RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO 1ª ETAPA DO ACORDO DE RESULTADOS DO SISTEMA

Leia mais

ANÁLISE DA GESTÃO AMBIENTAL NO MUNICÍPIO DE MUNDO NOVO/MS

ANÁLISE DA GESTÃO AMBIENTAL NO MUNICÍPIO DE MUNDO NOVO/MS ANÁLISE DA GESTÃO AMBIENTAL NO MUNICÍPIO DE MUNDO NOVO/MS Alessandra Ribeiro de Moraes (*), Rodolfo Portela de Souza * Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul/Unidade Universitária de Mundo Novo alessandra@uems.br

Leia mais

Revisão Participativa dos Instrumentos de Planejamento e Gestão da Cidade de São Paulo Volume 1

Revisão Participativa dos Instrumentos de Planejamento e Gestão da Cidade de São Paulo Volume 1 Revisão Participativa dos Instrumentos de Planejamento e Gestão da Cidade de São Paulo Volume 1 Entenda quais são os Instrumentos de Planejamento e Gestão Urbana que serão revistos Revisão Participativa

Leia mais

projetooasis@fundacaogrupoboticario.org.br http://www.fundacaogrupoboticario.org.br +55 (41) 3340-2648/3340-2646

projetooasis@fundacaogrupoboticario.org.br http://www.fundacaogrupoboticario.org.br +55 (41) 3340-2648/3340-2646 Introdução A Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza é uma instituição sem fins lucrativos, com sede em Curitiba, Paraná, e atuação em todo o Brasil. Criada em setembro de 1990, tem como missão

Leia mais

POLITICAS DE ENERGIA DE BIOMASSA

POLITICAS DE ENERGIA DE BIOMASSA POLITICAS DE ENERGIA DE BIOMASSA 2008 1 1. ESTRUTURA DE APRESENTACAO Introducao Visao do me Recursos energéticos no pais Potencialidades energéticas no pais Instrumentos legais do sector Politica de energias

Leia mais

Coordenadoria de Energias Renováveis CER.GB Cicero Bley Jr Superintendente

Coordenadoria de Energias Renováveis CER.GB Cicero Bley Jr Superintendente Reciclagem agrícola de dejetos de suínos e de outros resíduos com vistas à obtenção de créditos de carbono: oportunidades na despoluição da Bacia do Rio Paraná 3 Coordenadoria de Energias Renováveis CER.GB

Leia mais

1 Elaborar o Plano Diretor de Mobilidade Urbana (PDMU)

1 Elaborar o Plano Diretor de Mobilidade Urbana (PDMU) Legenda da priorização das propostas: Ações que já foram iniciadas, devemos MONITORAR o andamento. Articular para 2013 o inicio da execução das Propostas. Sem prazo definido. Articular o inicio a medida

Leia mais

QUADRO SINTESE POR FUNCOES 3000000 23 COMÉRCIO E SERVIÇOS 31527800 694 SERVIÇOS FINANCEIROS 31527800 23 COMÉRCIO E SERVIÇOS 3000000

QUADRO SINTESE POR FUNCOES 3000000 23 COMÉRCIO E SERVIÇOS 31527800 694 SERVIÇOS FINANCEIROS 31527800 23 COMÉRCIO E SERVIÇOS 3000000 FONTES R$ 1,00 FUNCOES 23 COMÉRCIO E SERVIÇOS 25 ENERGIA 694 SERVIÇOS FINANCEIROS 752 ENERGIA ELÉTRICA FUNCOES/ 23 COMÉRCIO E SERVIÇOS 694 SERVIÇOS FINANCEIROS 25 ENERGIA 752 ENERGIA ELÉTRICA 0295 ENERGIA

Leia mais

ORINDIÚVA OBRAS E AÇÕES - GESTÃO 2011-2014

ORINDIÚVA OBRAS E AÇÕES - GESTÃO 2011-2014 ORINDIÚVA OBRAS E AÇÕES - GESTÃO 2011-2014 CULTURA: Pólo do Projeto Guri: O Projeto Guri tem como objetivo resgatar a auto-estima dos adolescentes, utilizando a música como agente transformador. Pólo Rua

Leia mais

Caderno 2 TERÇA-FEIRA, 31 DE JANEIRO DE 2012 CADERNO 2 1 TERÇA-FEIRA, 31 DE JANEIRO DE 2012 NOTAS EXPLICATIVAS

Caderno 2 TERÇA-FEIRA, 31 DE JANEIRO DE 2012 CADERNO 2 1 TERÇA-FEIRA, 31 DE JANEIRO DE 2012 NOTAS EXPLICATIVAS Caderno 2 TERÇAFEIRA, 31 DE JANEIRO DE 2012 TERÇAFEIRA, CADERNO 2 1 31 DE JANEIRO DE 2012 PORTARIA Nº 0008, DE 30 DE JANEIRO DE 2012 O SECRETÁRIO DE ESTADO DA FAZENDA, no desempenho das atribuições que

Leia mais

AÇÃO DE COMBATE À DENGUE: Micro-Crédito para Vedação de Caixas D água no Bairro Alto do Cristo Sobral/Ceará

AÇÃO DE COMBATE À DENGUE: Micro-Crédito para Vedação de Caixas D água no Bairro Alto do Cristo Sobral/Ceará AÇÃO DE COMBATE À DENGUE: Micro-Crédito para Vedação de Caixas D água no Bairro Alto do Cristo Sobral/Ceará 2004 Autores: Ondina Canuto (Assistente Social/Saúde) Sônia Forte (Assistente Social/SDUMA) Marli

Leia mais

Estado drio Grande do Sul Balancete de Verificacao Pag: 1 CONSORCIO - CISGA De 01.01.2015 a 30.04.2015

Estado drio Grande do Sul Balancete de Verificacao Pag: 1 CONSORCIO - CISGA De 01.01.2015 a 30.04.2015 Estado drio Grande do Sul Balancete de Verificacao Pag: 1 100000000000000 ATIVO 746.423,74 521.047,13 478.433,06 789.037,81 110000000000000 ATIVO CIRCULANTE 718.821,28 507.893,92 470.065,45 756.649,75

Leia mais

LEI N. 410/99 LEI: 1º.- A subscrição de ações, por aumento de capital das Sociedades de Economia Mista, será objeto de Lei especial.

LEI N. 410/99 LEI: 1º.- A subscrição de ações, por aumento de capital das Sociedades de Economia Mista, será objeto de Lei especial. LEI N. 410/99 DISPÕE SOBRE AS DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS PARA O EXERCÍCIO DE 2000, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O Prefeito Municipal de São José do Cerrito, Faço saber a todos os habitantes deste Município

Leia mais

Projeto de Assistência Técnica para a Agenda da Sustentabilidade Ambiental TAL Ambiental

Projeto de Assistência Técnica para a Agenda da Sustentabilidade Ambiental TAL Ambiental Ministério do Meio Ambiente Secretaria Executiva Projeto de Assistência Técnica para a Agenda da Sustentabilidade Ambiental TAL Ambiental Março de 2010 TAL Ambiental (Technical Assistance to the Environmental

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES Reunião Presencial com Municípios do Grupo 3

PERGUNTAS FREQUENTES Reunião Presencial com Municípios do Grupo 3 PERGUNTAS FREQUENTES Reunião Presencial com Municípios do Grupo 3 PERGUNTAS FREQUENTES 1. Quanto será a contrapartida mínima dos municípios? R: A contrapartida de OGU será zero. 2. Haverá liberação de

Leia mais

CURSO PREPARATÓRIO PARA CERTIFICAÇÃO

CURSO PREPARATÓRIO PARA CERTIFICAÇÃO Cnteúd prgramátic CURSO PREPARATÓRIO PARA CERTIFICAÇÃO Este é cnteúd prgramátic d curs preparatóri n nv prgrama CDO-0001 para a certificaçã CmpTIA CDIA+. CONCEITUAL ECM Apresentaçã ds cnceits envlvids

Leia mais

Referenciais de Atuação do Programa Desperdício Zero Fórum Resíduos - Suinocultura

Referenciais de Atuação do Programa Desperdício Zero Fórum Resíduos - Suinocultura Relatório/Documentação Fóruns Setoriais do Programa Desperdício Zero Referenciais de Atuação do Programa Desperdício Zero Fórum Resíduos - Suinocultura Curitiba - PR 17 e 18 de Março de 2004 GOVERNO DO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CARMO DA CACHOEIRA GABINETE DO PREFEITO. DECRETO Nº. 5.522, de 27 de março de 2014.

PREFEITURA MUNICIPAL DE CARMO DA CACHOEIRA GABINETE DO PREFEITO. DECRETO Nº. 5.522, de 27 de março de 2014. DECRETO Nº. 5.522, de 27 de março de 2014. Abre crédito suplementar e dá outras providências. O Prefeito do Município de Carmo da Cachoeira, no uso de suas atribuições legais que lhe confere a Lei Municipal

Leia mais

DECRETO Nº 3.796-N, DE 27 DE DEZEMBRO DE 1994

DECRETO Nº 3.796-N, DE 27 DE DEZEMBRO DE 1994 DECRETO Nº 3.796-N, DE 27 DE DEZEMBRO DE 1994 Institui Área de Proteção Ambiental do Pico do Goiapaba-Açu, nos Municípios de Fundão e Santa Teresa e dá outras Providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DO ESPÍRITO

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO RURAL, PESCA E COOPERATIVISMO

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO RURAL, PESCA E COOPERATIVISMO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO RURAL, PESCA E COOPERATIVISMO PROGRAMA ESTADUAL DE IRRIGAÇÃO IRRIGANDO A AGRICULTURA FAMILIAR MANUAL OPERATIVO PORTO ALEGRE, MARÇO DE 2012 TARSO

Leia mais

Serviços. Consultoria Treinamento Logís5ca Reversa

Serviços. Consultoria Treinamento Logís5ca Reversa Serviçs Cnsultria Treinament Lgís5ca Reversa Cnsul'ng Prjets de Supply Chain Implementaçã de Sistemas Lgís5cs Diagnós5c Operacinal Oprtunidades de Reduçã de Cust Reestruturaçã de Operações Lgís5ca Internacinal

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Atuar na manipulacao de substancias para composicao de formulas magistrais e fitoterapicas.

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Atuar na manipulacao de substancias para composicao de formulas magistrais e fitoterapicas. (s15h PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000055 - FARMACIA Nivel: Superior Area Profissional: 0014 - FARMACIA Area Atuacao: 0295 - MANIPULACAO FORMULAS/FARMACIA Atuar na manipulacao

Leia mais

FORD C-MAX + FORD GRAND C-MAX CMAX_Main_Cover_2014_V3.indd 1-3 23/08/2013 10:01:48

FORD C-MAX + FORD GRAND C-MAX CMAX_Main_Cover_2014_V3.indd 1-3 23/08/2013 10:01:48 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 12,999,976 km 9,136,765 km 1,276,765 km 499,892 km 245,066 km 112,907 km 36,765 km 24,159 km 7899 km 2408 km 76 km 12 14 16 9 10 1 8 12 7 3 1 6 2 5 4 3 11 18 20 21 22 23 24 26 28 30

Leia mais

Servidão Florestal e ICMSE como ferramentas de conservação em terras privadas

Servidão Florestal e ICMSE como ferramentas de conservação em terras privadas Servidão Florestal e ICMSE como ferramentas de conservação em terras privadas MISSÃO da ONG Preservação Engajar proprietários nas ações de conservação e recuperação da Mata Atlântica em terras privadas.

Leia mais

TOTAL DO ORGAO : R$ 780.749.368 QUADRO SINTESE POR FUNCOES QUADRO SINTESE POR SUBFUNCOES

TOTAL DO ORGAO : R$ 780.749.368 QUADRO SINTESE POR FUNCOES QUADRO SINTESE POR SUBFUNCOES QUADRO SINTESE POR ORGAO 32000 MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA 780.749.368 6.0.0.0.00.00 RECURSOS DE CAPITAL - ORÇAMENTO DE INVESTIMENTO 677.449.495 6.1.0.0.00.00 RECURSOS PRÓPRIOS 167.672.207 6.1.1.0.00.00

Leia mais

PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO BÁSICO DO MUNICIPIO DE REGENERAÇÃO - (PMSB)

PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO BÁSICO DO MUNICIPIO DE REGENERAÇÃO - (PMSB) PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO BÁSICO DO MUNICIPIO DE REGENERAÇÃO - (PMSB) RELATÓRIO DO COMITÊ DE COORDENAÇÃO Aos 05 dias do mês de Julho de 2013, às 09:00h, reuniram-se na sede da Prefeitura Municipal

Leia mais

CREDITO SUPLEMENTAR PROGRAMA DE TRABALHO (SUPLEMENTACAO) RECURSOS DE TODAS AS FONTES - R$ 1,00

CREDITO SUPLEMENTAR PROGRAMA DE TRABALHO (SUPLEMENTACAO) RECURSOS DE TODAS AS FONTES - R$ 1,00 PROGRAMA DE TRABALHO (SUPLEMENTACAO) RECURSOS DE TODAS AS FONTES R$ 1,00 09 PREVIDÊNCIA SOCIAL 20.000.000 20 AGRICULTURA 2.118.000 23 COMÉRCIO E SERVIÇOS 867.840 25 ENERGIA 707.561.300 26 TRANSPORTE 112.420.091

Leia mais

Política Estadual de Resíduos Sólidos: Ações em Logística Reversa

Política Estadual de Resíduos Sólidos: Ações em Logística Reversa Conselho Regional de Química IV Região~- São Paulo, 23/09/2014 Política Estadual de Resíduos Sólidos: Ações em Logística Reversa Eng Flávio de Miranda Ribeiro Assistente Executivo da Vice-Presidência da

Leia mais

AÇÃO INTERSECRETARIAL

AÇÃO INTERSECRETARIAL AÇÃO INTERSECRETARIAL Programas Ambientes Verdes e Saudáveis (PAVS) Fortalecimento da ação integrada entre os setores de meio ambiente, saúde e desenvolvimento social, com enfoque multidisciplinar em saúde

Leia mais

O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela legislação em vigor,

O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela legislação em vigor, DECRETO Nº 36670 DE 1º DE JANEIRO DE 2013 Institui o modelo de governança para execução do Plano Estratégico 2013-2016 da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e dá outras providências. O PREFEITO DA

Leia mais

Trabalhando em conjunto com os municípios pela melhoria da qualidade da educação pública brasileira

Trabalhando em conjunto com os municípios pela melhoria da qualidade da educação pública brasileira Trabalhando em conjunto com os municípios pela melhoria da qualidade da educação pública brasileira CONHECENDO O FNDE O FNDE é uma Autarquia Federal vinculada ao Ministério da Educação. Sua missão é prestar

Leia mais

993.063 HOSPITALARES DO MINISTERIO DA SAUDE TOTAL - FISCAL 0 TOTAL - SEGURIDADE 993.063 TOTAL - GERAL 993.063

993.063 HOSPITALARES DO MINISTERIO DA SAUDE TOTAL - FISCAL 0 TOTAL - SEGURIDADE 993.063 TOTAL - GERAL 993.063 UNIDADE : 36208 - HOSPITAL CRISTO REDENTOR S.A. - REDENTOR ANEXO I PROGRAMA DE TRABALHO (SUPLEMENTACAO) RECURSOS DE TODAS AS FONTES - R$ 1, 00 1220 ASSISTENCIA AMBULATORIAL E HOSPITALAR ESPECIALIZADA 993.063

Leia mais

cüxyx àâüt `âç v ÑtÄ wx Tvtâû c\

cüxyx àâüt `âç v ÑtÄ wx Tvtâû c\ ATO DE SANÇÃO N.º 003/2010. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE ACAUÃ, ESTADO DO PIAUÍ, no uso de suas atribuições legais, sanciona por meio do presente, o Projeto de Lei do Executivo de N.º 002/2010, Ementa: Dispõe

Leia mais

RESERVA LEGAL. Código Florestal: A urgente necessidade de revisão, antes da exigência de sua aplicação. Autora: Mônica Bilibio

RESERVA LEGAL. Código Florestal: A urgente necessidade de revisão, antes da exigência de sua aplicação. Autora: Mônica Bilibio RESERVA LEGAL Código Florestal: A urgente necessidade de revisão, antes da exigência de sua aplicação Autora: Mônica Bilibio INTRODUÇÃO Como acadêmica de Tecnologia em Agronegócios e sabedora da importância

Leia mais

III CONGRESSO BRASILEIRO DO CACAU: INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E SUSTENTABILIDADE

III CONGRESSO BRASILEIRO DO CACAU: INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E SUSTENTABILIDADE III CONGRESSO BRASILEIRO DO CACAU: INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E SUSTENTABILIDADE Painel 8: O papel de Instituições Públicas para Desenvolvimento da Cacauicultura Brasileira O Cacau e a Agricultura Familiar Adriana

Leia mais

Projeto Lei Municipal nº 044, de 14 de agosto de 2012.

Projeto Lei Municipal nº 044, de 14 de agosto de 2012. Projeto Lei Municipal nº 044, de 14 de agosto de 2012. A Câmara Municipal Aprova: Autoriza o Poder Executivo Municipal, a abrir Créditos Suplementares no Orçamento-Programa do Exercício de 2012, no valor

Leia mais

Unidades de Conservação no âmbito da Lei Estadual 20.922/13 e a Mineração. Carlos Leite Santos Tales Peche Socio

Unidades de Conservação no âmbito da Lei Estadual 20.922/13 e a Mineração. Carlos Leite Santos Tales Peche Socio Unidades de Conservação no âmbito da Lei Estadual 20.922/13 e a Mineração. Carlos Leite Santos Tales Peche Socio 0 Junho/2013 Introdução A contribuição da Vale no processo de conservação e preservação

Leia mais

Liquidado. Liquidado. Corrig SUM

Liquidado. Liquidado. Corrig SUM 2010 2011 Liquidado Liquidado Corrig SUM Corrig SUM Corrigido pelo IGP-DI 2.010 2.011 variação em milhares de reais liquidado liquidado nominal INVESTIMENTOS 13.634.464 9.479.144-4.155.319 ARACATUBA 194.227

Leia mais

IMÓVEIS PRIVADOS EM UNIDADES DE CONSERVAÇÃO DE DOMÍNIO PÚBLICO

IMÓVEIS PRIVADOS EM UNIDADES DE CONSERVAÇÃO DE DOMÍNIO PÚBLICO IMÓVEIS PRIVADOS EM UNIDADES DE CONSERVAÇÃO DE DOMÍNIO PÚBLICO Agosto de 204 Compensação de Reserva Legal Compensação em processos de Licenciamento Essa licença não vale para fotos e ilustrações, que permanecem

Leia mais

Projeto: Prédio da Justiça Social via Participação Popular Ação Integrada OBSERVATÓRIO DA CIDADANIA

Projeto: Prédio da Justiça Social via Participação Popular Ação Integrada OBSERVATÓRIO DA CIDADANIA Projeto: Prédio da Justiça Social via Participação Popular Ação Integrada OBSERVATÓRIO DA CIDADANIA PRIORIDADE: 1 / 4 Idealizado em 27 de agosto de 2007. Atualizado em 17 de Abril de 2010. Prefeitura de

Leia mais

Passo a Passo para utilização do Sistema de Registro Integrado REGIN. Contadores

Passo a Passo para utilização do Sistema de Registro Integrado REGIN. Contadores Passo a Passo para utilização do Sistema de Registro Integrado REGIN Contadores Janeiro / 2010 1 Índice ÍNDICE... 2 INTRODUÇÃO... 3 PEDIDO DE VIABILIDADE MATRIZ... 4 PEDIDO DE VIABILIDADE FILIAL... 10

Leia mais