Inventário das Emissões de gases de efeito estufa

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Inventário das Emissões de gases de efeito estufa"

Transcrição

1 Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Ano de referência do inventário: 2014

2 Acumuladores Moura S/A Nome fantasia: Acumuladores Moura S/A - CNPJ: / Tipo da empresa: Matriz Setor econômico: C. Indústrias de transformação - Subsetor: 24. Metalurgia Endereço: Rua Diário de Pernambuco, Belo Jardim - Édson Mororó Moura, Belo Jardim/Pernambuco Responsável pela empresa: Jonerson de Azevedo Neri - Informações intitucionais A Empresa Com mais de 50 anos e uma capacidade de produção superior a 7 milhões de baterias por ano, a Moura possui seis plantas industriais, dois centros técnicos e logísticos avançados e setenta centros de distribuição comercial no Brasil, na Argentina, no Uruguai e no Reino Unido, que atendem a toda a região do Mercosul e parte do continente europeu. Atualmente, é uma das maiores fornecedoras de baterias para a frota de veículos em circulação na América do Sul, conquistando prêmios internacionais de qualidade das montadoras Fiat, Ford, GM, Mercedes-Benz e Volkswagen. Outros aspectos que se destacam ao longo de sua história são as parcerias tecnológicas com fabricantes norte-americanos e europeus que fazem com que as baterias Moura incorporem diferenciais de desempenho e atendam às mais exigentes aplicações. 1. Dados do inventário Tipo de preenchimento: 1.1 Responsável pela elaboração do inventário Jonerson de Azevedo Neri 1.2 do responsável 1.3 Ano do inventário Verificação O Inventário foi verificado por terceira parte? Sim Organismo verificador: RINA Services S.p.A. Responsável pela verificação: Cláudio Sousa 1.5 Tipo do inventário Completo 08/08/ :48:23 2

3 2. Limites do inventário Limites Organizacionais Abaixo é apresentada uma lista das unidades da organização e de empresas controladas incluídas neste inventário. É obrigatório o reporte desagregado das emissões das unidades que possuem emissões de escopo 1 iguais ou superiores a tco 2 e por ano. O reporte das emissões das outras unidades, assim como o de empresas controladas, é opcional. As emissões desagregadas por unidades podem ser encontradas na Seção 3.5 Emissões por unidades de operação. Legenda: Matriz Controlada Unidade [ A Matriz possui o controle operacional? Se não, quem possui? % de participação societária referente à Matriz ] Acumuladores Moura S/A UN02 FILIAL 2 UN03 FILIAL 3 UN04 FILIAL 4 UN05 FILIAL 5 UN06 FILIAL 6 UN08 FILIAL 8 UN09 FILIAL 9 BATERIAS MOURA TRANSPORTADORA BITURY [Sim 70,00%] Transportadora Bitury - Filial 08/08/ :48:23 3

4 2.1 Qual abordagem de consolidação foi utilizada no inventário? Opção 2 - Relato de emissões somente sob a abordagem de Controle Operacional 2.2 Organograma Limites Operacionais 2.3 Limites operacionais reportados no inventário Escopo 1 Combustão móvel Combustão estacionária Resíduos sólidos e efluentes líquidos Fugitivas Escopo 2 Aquisição de energia elétrica Escopo 3 4. Transporte e distribuição (upstream) 5. Resíduos gerados nas operações 6. Viagens a negócios 7. Deslocamento de funcionários (casa-trabalho) 10. Processamento de produtos vendidos 12. Tratamento de fim de vida dos produtos vendidos 08/08/ :48:23 4

5 3. Emissões Controle Operacional 3.1 Resumo das emissões totais GEE em toneladas do gás em toneladas de CO 2 -equivalente (tco 2 e) Escopo 1 Escopo 2 Escopo 3 Escopo 1 Escopo 2 Escopo 3 CO , , , , , ,43 CH 4 3,62 0,00 0,47 90,54 0,00 11,74 N 2 O 0,21 0,00 0,44 61,82 0,00 131,17 HFCs 0,00 0,00 0,00 0,00 PFCs 0,00 0,00 0,00 0,00 SF 6 0,00 0,00 0,00 0,00 NF 3 0,00 0,00 0,00 0,00 Total , , , Emissões de Escopo 1 desagregadas por categoria Emissões desagregadas por categoria (em tco 2 e) Categorias Emissões GEE Biomassa Combustão móvel 3.510,18 57,69 Combustão estacionária ,09 46,96 Resíduos sólidos e efluentes líquidos 0,82 0,00 Fugitivas 0,04 0,00 Total ,14 104, Emissões de Escopo 2 desagregadas por categoria Emissões desagregadas por categoria (em tco 2 e) Categorias Emissões GEE Biomassa Aquisição de energia elétrica ,52 0,00 Total ,52 0, Emissões de Escopo 3 desagregadas por categoria Emissões desagregadas por categoria (em tco 2 e) Categorias Emissões GEE Biomassa 4. Transporte e distribuição (upstream) 7.800,44 430,08 5. Resíduos gerados nas operações 0,00 0,00 6. Viagens a negócios 913,90 0,00 7. Deslocamento de funcionários (casa-trabalho) 0,00 0, Processamento de produtos vendidos 0,00 0, Tratamento de fim de vida dos produtos vendidos 0,00 0,00 08/08/ :48:23 5

6 Emissões desagregadas por categoria (em tco 2 e) Categorias Emissões GEE Biomassa Total 8.714,34 430, Emissões por unidades de operação Unidade de Operação Emissões de escopo 1 (tco 2 e) Emissões de escopo 2 (tco 2 e) Emissões de escopo 3 (tco 2 e) TRANSPORTADORA BITURY LTDA. Transportadora Bitury - Filial UN02 FILIAL 2 UN03 FILIAL 3 UN04 FILIAL 4 UN05 FILIAL 5 UN06 FILIAL 6 UN08 FILIAL 8 UN09 FILIAL 9 BATERIAS MOURA 434,31 4, ,45 2,96 36,28 0,00 0,00 12,00 0, , ,16 10,79 96, ,25 14, , ,65 36,70 538,55 696,10 29,76 0,00 7,05 1, ,22 0,00 0,00 Total , , , Outras Emissões Biomassa As emissões de CO 2 originárias da combustão de biomassa podem ser encontradas, por categoria de fonte de emissão, nas seções 3.2, 3.3 e 3.4, de acordo com as categorias reportadas pela organização Outros gases de efeito estufa não controlados pelo Protocolo de Quioto Nenhuma emissão de outros GEE não controlados pelo Protocolo de Quioto foi reportada. 3.7 Emissões fora do Brasil Nenhuma emissão de GEE por atividades/operação fora do Brasil foi reportada. 08/08/ :48:23 6

7 4. Metodologias utilizadas 4.1 Metodologias e/ou ferramentas inter-setoriais Foi utilizada alguma metodologia e/ou ferramenta inter-setorial além daquelas fornecidas pelo Programa Brasileito de GHG Protocol? Não utiliza. 4.2 Metodologias e/ou ferramentas para setores específicos Foi utilizada alguma metodologia e/ ou ferramenta para setores específicos? Não utiliza. 4.3 Fatores de emissão Foi utilizado algum fator de emissão diferente daqueles sugeridos pelo Programa Brasileiro GHG Protocol? Não utiliza. 08/08/ :48:23 7

8 5. Outros Elementos (Campos de preenchimento opcional) 5.1 Informações sobre a performance da organização, em comparação com benchmarks internos (ex: outras unidades) ou externos (ex: organizações do mesmo setor). Não houve relato 5.2 Descrição de indicadores de emissão de GEE para as atividades da organização. Por exemplo, tco2e/produtos fabricados. Não houve relato 5.3 Descrição de estratégias e projetos para a gestão de emissões de GEE. Não houve relato 5.4 Informações sobre contratos com clientes e fornecedores que incluam cláusulas vinculadas à elaboração e/ou envio de informações de inventários de GEE. Não houve relato 5.5 Informações sobre incertezas, exclusões de fontes de dados e outras características da elaboração do inventário. 5.6 Descrição sobre ações internas para melhoria da qualidade do inventário de GEE. Por exemplo, sistematização da coleta de dados, contratação de verificação externa, etc. Não houve relato 5.7 Informações sobre o consumo de energia renovável. Não houve relato 08/08/ :48:23 8

9 6. Compensações e reduções (Campos de preenchimento opcional) 6.1 Compensação de emissões A organização possui projetos de compensação de emissões? Não 6.2 Reduções de emissões A organização possui projetos de redução de emissões? Não 7. Emissões históricas Ano do inventário Emissões(tCO 2 e) Escopo 1 Escopo 2 Escopo 3 Qualificação do inventário , , ,03 Ouro , , ,30 Ouro , , ,00 Ouro , , ,34 Ouro Anexos Anexo A - Declaração de verificação do inventário 08/08/ :48:23 9

10 Declaração de Verificação de inventário de emissões de gases de efeito estufa Programa Brasileiro GHG Protocol Esta Declaração de Verificação 1 documenta que o Organismo de Verificação (OV) citado abaixo realizou as atividades de verificação de acordo com as Especificações de Verificação do Programa Brasileiro GHG Protocol e a norma ABNT NBR ISO :2007. Todos os campos são de preenchimento obrigatório. Organismo de Verificação (OV) Nome do OV: RINA BRASIL SERVIÇOS TECNICOS LTDA Nome do verificador líder: Geisa Maria Principe Branco Saettoni Organização Inventariante (OI) Nome da OI: Acumuladores Moura S/A Nome do responsável pelo inventário: Jonerson de Azevedo Neri As emissões de gases de efeito estufa (GEE) informadas pela Organização Inventariante em seu inventário de emissões, de 1º de janeiro até 31 de dezembro de 2014, são verificáveis e cumprem os requisitos do Programa Brasileiro GHG Protocol, detalhados nas Especificações do Programa Brasileiro GHG Protocol de Contabilização, Quantificação e Publicação de Inventários Corporativos de Emissões de Gases de Efeito Estufa (EPB). Nível de Confiança O Organismo de Verificação (OV) atribuiu o seguinte nível de confiança ao processo de verificação: Verificação com nível de confiança razoável O inventário de gases de efeito estufa da organização inventariante para o ano de 2014 está materialmente correto, é uma representação justa dos dados e informações de GEE e foi elaborado de acordo com as EPB. As limitações do processo de verificação foram: Verificação com nível de confiança limitado Não há indícios de que o inventário de gases de efeito estufa da organização inventariante para o ano de [ano] não esteja materialmente correto, não seja uma representação justa dos dados e informações de GEE e não tenha sido preparado de acordo com as EPB. As limitações do processo de verificação foram: Inventário não verificável Incluir razão, por exemplo: devidodo a erros de dados ou não está de acordo com as EPB : Descrição do Escopo da Verificação O inventário do ano de 2014] da Organização Inventariante foi verificado dentro do seguinte escopo: Limites organizacionais Controle operacional Participação societária Escopo 1 Escopo 2 Escopo 3 Limites operacionais Foram excluídas da verificação: As emissões fugitivas de CO2 da recarga dos extintores foram contabilizadas mas não reportadas no inventários pois elas representaram menos que 0,05% do escopo Este modelo de Declaração de Verificação po ode ser revisado a qualquer momento e a versão atualizada estará disponível no website do Programa Brasileiro GHG Protocol - Versão 2.0

11 Instalações visitadas Listar todos os locais visitados durante a verificação e a data de cada visita. Nome do local Unidades 4, 5 e 8 Unidade 01 Transportadora Bitury Relação do local com a holding Unidade Visitada Unidade visitada Unidade visitada Endereço Data da visita Sítio Gavião, S/N Bairro: Zona Rural Belo Jardim - PE 11/05/2015 Rua Diário de Pernambuco, Édson Mororó Moura, Belo 12/05/2015 Jardim- PE Rua Regina Alves, Tancredo Neves, Belo Jardim - PE 12/05/2015 Total de emissões verificadas em toda a organização, segundo a abordagem de Controle Operacional Toneladas métricas de CO 2 equivalente (tco 2 e) GEE Escopo 1 Escopo 2 Escopoo 3 (se aplicável) CO , , , CH 4 N 2 O HFCs PFCs SF 6 NF 3 TOTAL 90, , , , , , , , Biomassa 104, , Total de emissões verificadas em toda a organização, segundo a abordagem de Participação Societária (se aplicável) GEE Toneladas métricas de CO 2 equivalente (tco 2 e) Escopo 1 Escopo 2 Escopoo 3 (se aplicável) CO 2 CH 4 N 2 O HFCs PFCs SF 6 NF 3 TOTAL Versão 2.0

12 Biomassa Comentários adicionais Conflito de interesse (CDI) Eu, Geisa Maria Principe Branco Saettoni, certifico que nenhum conflito de interesse existe entre a Organização Inventariante e o Organismo de Verificação, ou qualquer dos indivíduos membros da equipe de verificação envolvidos na verificação do inventário, conforme definido no capítulo das Especificações de Verificação do Programa Brasileiro GHG Protocol. 26/05/2015 [Geisa Maria Principe Branco Saettoni], Verificador líder Data Reconhecimento digital da assinatura 2 Conclusão do verificador sobre o inventário de emissões de GEE Como responsáveis pelas atividades de verificação do inventário de GEE da organização inventariante, atestamos que as informações contidas neste documento são verdadeiras. 26/05/2015 [Geisa Maria Principe Branco Saettoni, Verificador líder Data Reconhecimento digital da assinatura 2 29/05/2015 [Thais de Lima Carvalho, Revisor independente assinatura 2 Data Reconhecimento digital da Autorização Eu, Jonerson Neri, aceito os resultados desta declaração de verificação. 29/05/2015 [Assinatura do representante da OI] Data Reconhecimento digital da assinatura 2 Revisão (se aplicável) 3 Número de revisão: 0 Justificativa para a alteração: Equipe de verificação (opcional) A equipe de verificação é composta pelos seguintes profissionais: Geisa Maria Principe Branco Saettoni e Claudio Silva de Sousa 2 Ao marcar a caixa Reconhecimento digital da assinatura, concordo que esta declaração de verificação seja considerada feita por escrito e assinada para todos os fins e que quaisquer registros eletrônicos serão considerados feitos por escrito. Renuncio expressamente a todo e qualquer direito de negar a obrigatoriedade jurídica, a validade ou a executoriedade desta declaração de verificação e de quaisquer documentos a ela relacionados com base em que tenham sido elaborados e concluídos eletronicamente. 3 Caso a Declaração de Verificação tenha que ser refeita, este campo deve ser utilizado para informar o número de revisão do documento e a justificativa para a alteração. Versão 2.0

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Ano de referência do inventário: 2014 Banco Bradesco S.A Nome fantasia: Organização Bradesco - CNPJ: 60.746.948/0001-12 Tipo da empresa: Matriz Setor econômico:

Leia mais

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Ano de referência do inventário: 2014 MULTIDISPLAY COMERCIO E SERVICOS TECNOLOGICOS S.A. Nome fantasia: MULTIDISPLAY COMERCIO E SERVICOS TECNOLOGICOS S.A.

Leia mais

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa. Ano de referência do inventário: 2014

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa. Ano de referência do inventário: 2014 Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Ano de referência do inventário: 2014 Lojas Americanas SA Nome fantasia: Lojas Americanas - CNPJ: 33.014.556/0001-96 Tipo da empresa: Matriz Setor econômico:

Leia mais

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa. Ano de referência do inventário: 2012

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa. Ano de referência do inventário: 2012 Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Ano de referência do inventário: 2012 Plural Editora e Gráfica Ltda. Nome fantasia: Plural - CNPJ: 01.306.088/0001-37 Tipo da empresa: Holding Setor econômico:

Leia mais

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Ano de referência do inventário: 2013 Ford Nome fantasia: Ford - CNPJ: 03.470.727/0001-20 Tipo da empresa: Matriz Setor econômico: C. Indústrias de transformação

Leia mais

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Ano de referência do inventário: 2012 JBS Nome fantasia: JBS S/A - CNPJ: 02.916.265/0001-60 Tipo da empresa: Holding Setor econômico: C. Indústrias de

Leia mais

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa

Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Inventário das Emissões de gases de efeito estufa Ano de referência do inventário: 2013 Anidro do Brasil Extrações S/A Nome fantasia: Grupo Centroflora - CNPJ: 66.715.459/0002-60 Tipo da empresa: Holding

Leia mais

Inventário de Gases de Efeito Estufa do Festival de Turismo das Cataratas do Iguaçu 2015

Inventário de Gases de Efeito Estufa do Festival de Turismo das Cataratas do Iguaçu 2015 Inventário de Gases de Efeito Estufa do Festival de Turismo das Cataratas do Iguaçu 2015 Nome da instituição: De Angeli Feiras & Eventos Tipo de instituição: Evento Setor econômico: Turismo Endereço: Edifício

Leia mais

Inventário das Emissões de Gases de Efeito Estufa

Inventário das Emissões de Gases de Efeito Estufa Inventário das Emissões de Gases de Efeito Estufa VIVO S/A 2009 INVENTÁRIO: Completo Preliminar INVENTÁRIO VERIFICADO POR: Ninguém Primeira parte 1 Terceira parte Terceira parte acreditada Data: 22/06/2010

Leia mais

Relatório de Emissões de Gases de Efeito Estufa da TKCSA

Relatório de Emissões de Gases de Efeito Estufa da TKCSA Relatório de Emissões de Gases de Efeito Estufa da TKCSA 2012 Preparado Por ThyssenKrupp CSA Siderúrgica do Atlântico Avenida João XXIII, Santa Cruz Rio de Janeiro, RJ CEP 2356-352 Tel (21) 2141-2550 Thyssenkrupp-csa.com.br

Leia mais

RELATÓRIO DE SITUAÇÃO DO PROGRAMA VOLUNTÁRIO DE REGISTRO PÚBLICO DE EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA DO ESTADO DE MINAS GERAIS Ano 2013

RELATÓRIO DE SITUAÇÃO DO PROGRAMA VOLUNTÁRIO DE REGISTRO PÚBLICO DE EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA DO ESTADO DE MINAS GERAIS Ano 2013 SISTEMA ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS SECRETARIA DE ESTADO MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL FUNDAÇÃO ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE DIRETORIA DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO GERÊNCIA

Leia mais

INVENTÁRIO: Completo Preliminar. INVENTÁRIO VERIFICADO POR: Ninguém Primeira parte 1 Terceira parte Terceira parte acreditada

INVENTÁRIO: Completo Preliminar. INVENTÁRIO VERIFICADO POR: Ninguém Primeira parte 1 Terceira parte Terceira parte acreditada Inventário das Emissões de Gases de Efeito Estufa Banco do Brasil S/A 2009 INVENTÁRIO: Completo Preliminar INVENTÁRIO VERIFICADO POR: Ninguém Primeira parte 1 Terceira parte Terceira parte acreditada Data:

Leia mais

Versão Web Inventário Corporativo de Gases de Efeito Estufa

Versão Web Inventário Corporativo de Gases de Efeito Estufa Inventário Corporativo de Gases do Efeito Estufa 2011 Versão Web Inventário Corporativo de Gases de Efeito Estufa Gerente do Projeto: Iris Gobato Gercov Consultora: Adriane Elise de Assunção Flausino Consultor:

Leia mais

INVENTÁRIO DE GEE BICBANCO 2013

INVENTÁRIO DE GEE BICBANCO 2013 INVENTÁRIO DE GEE BICBANCO 2013 A liberação de gases de efeito estufa (GEE) associada às atividades humanas em todo o mundo é reconhecida como a principal causa das mudanças climáticas que vem sendo observadas

Leia mais

INVENTÁRIO DE EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA Versão resumida BANCO BRADESCO S.A.

INVENTÁRIO DE EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA Versão resumida BANCO BRADESCO S.A. INVENTÁRIO DE EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA Versão resumida BANCO BRADESCO S.A. 2008 1 Inventário de GEE O Inventário de Emissões Diretas e Indiretas de Gases de Efeito Estufa (GEE) permite que uma

Leia mais

Certificação de Válvulas Industriais NBR-15827

Certificação de Válvulas Industriais NBR-15827 Página 1 de 5 Certificação de Válvulas Industriais NBR-15827 Informações para Preenchimento 1. Este questionário refere-se exclusivamente para solicitações de proposta dos serviços de Certificação de Produtos

Leia mais

INVENTÁRIO: Completo Preliminar. INVENTÁRIO VERIFICADO POR: Ninguém Primeira parte 1 Terceira parte Terceira parte acreditada

INVENTÁRIO: Completo Preliminar. INVENTÁRIO VERIFICADO POR: Ninguém Primeira parte 1 Terceira parte Terceira parte acreditada Inventário das Emissões de Gases de Efeito Estufa Banco Bradesco S.A. 2009 INVENTÁRIO: Completo Preliminar INVENTÁRIO VERIFICADO POR: Ninguém Primeira parte 1 Terceira parte Terceira parte acreditada Data:

Leia mais

INVENTÁRIO DE EMISSÕES DE GASES DO EFEITO ESTUFA PROGEN 2014

INVENTÁRIO DE EMISSÕES DE GASES DO EFEITO ESTUFA PROGEN 2014 DATA: 25/07/2014 FL.: 1/19 INVENTÁRIO DE EMISSÕES DE GASES DO EFEITO ESTUFA PROGEN 2014 CLIENTE Nome Departamento Data Visto Aprovado - - - - Aprovado sem Comentários Aprovado com Comentários Não Aprovado

Leia mais

INVENTÁRIO DE EMISSÕES DE GASES DO EFEITO ESTUFA PROGEN 2015

INVENTÁRIO DE EMISSÕES DE GASES DO EFEITO ESTUFA PROGEN 2015 DATA: 10/06/2015 FL.: 1/20 INVENTÁRIO DE EMISSÕES DE GASES DO EFEITO ESTUFA PROGEN 2015 CLIENTE Nome Departamento Data Visto Aprovado - - - - Aprovado sem Comentários Aprovado com Comentários Não Aprovado

Leia mais

RELATÓRIO DE VERIFICAÇÃO

RELATÓRIO DE VERIFICAÇÃO Relatório de Verificação Documento: GPV 009 (DM) Rev #: 005 Vigente desde: MARÇO 2015 Número do contrato Cliente Versão C0754 BM&FBOVESPA S.A. Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros. 02 RELATÓRIO DE VERIFICAÇÃO

Leia mais

INVENTÁRIO DE EMISSÕES DE GEE 2014

INVENTÁRIO DE EMISSÕES DE GEE 2014 INVENTÁRIO DE EMISSÕES DE GEE 2014 Outubro/2014 VERSÃO 01 AUTOR Guilherme Pacheco Schuchter Belo Horizonte, MG Brasil guilherme@waycarbon.com COLABORADORES Jussara Utsch Belo Horizonte, MG Brasil jussara.utsch@scdcbrasil.com.br

Leia mais

DIMENSÃO MUDANÇAS CLIMÁTICAS

DIMENSÃO MUDANÇAS CLIMÁTICAS DIMENSÃO MUDANÇAS CLIMÁTICAS CONTEÚDO CRITÉRIO I - POLÍTICA... 2 INDICADOR 1: COMPROMISSO, ABRANGÊNCIA E DIVULGAÇÃO... 2 CRITÉRIO II GESTÃO... 3 INDICADOR 2: RESPONSABILIDADES... 3 INDICADOR 3: PLANEJAMENTO/GESTÃO

Leia mais

Gestão dos Gases de Efeito Estufa

Gestão dos Gases de Efeito Estufa Gestão dos Gases de Efeito Estufa Um Novo Mercado para Pequenas e Médias Empresas 29 de Outubro 2013 FIBRA COMPONENTE 2 Gestão dos Gases de Efeito Estufa: Desenvolvimento e Implementação do Programa de

Leia mais

Banco de Dados de Fatores de Emissão (EFDB)

Banco de Dados de Fatores de Emissão (EFDB) Banco de Dados de Fatores de Emissão (EFDB) 3ª Reunião da Rede de Inventário Nacional do setor de resíduos Vitoria, ES-Brasil, Fevereiro de 2009 Drª Sonia Maria Manso Vieira Membro do IPCC (EFDB,Guia de

Leia mais

FORD MOTOR COMPANY. Programa Brasileiro de Contabilização e Relatório de Gases de Efeito Estufa (GEE) Relatório 2008

FORD MOTOR COMPANY. Programa Brasileiro de Contabilização e Relatório de Gases de Efeito Estufa (GEE) Relatório 2008 FORD MOTOR COMPANY Programa Brasileiro de Contabilização e Relatório de Gases de Efeito Estufa (GEE) Relatório 2008 Maio 2009 1 Sumário Executivo: A Ford Motor Company tem o orgulho de participar do programa

Leia mais

Inventário de Emissões de GEE: Ferramenta Estratégica para uma Economia de Baixo Carbono

Inventário de Emissões de GEE: Ferramenta Estratégica para uma Economia de Baixo Carbono Inventário de Emissões de GEE: Ferramenta Estratégica para uma Economia de Baixo Carbono Temas abordados 1. Quem somos 2. Efeito estufa e aquecimento global 3. Marco regulatório 4. O inventário de emissões

Leia mais

Proposta metodológica para cálculo de emissões de gases de efeito estufa e de plano de mitigação em eventos realizados no estado de Minas Gerais

Proposta metodológica para cálculo de emissões de gases de efeito estufa e de plano de mitigação em eventos realizados no estado de Minas Gerais Nota Técnica Nº 1/2013 GEMUC/DPED/FEAM Proposta metodológica para cálculo de emissões de gases de efeito estufa e de plano de mitigação em eventos realizados no estado de Minas Gerais Maio 2013 Carolina

Leia mais

Inventário das emissões de gases de efeito estufa

Inventário das emissões de gases de efeito estufa Inventário das emissões de gases de efeito estufa Oi - Tele Norte Leste Participações SA 2010 A - DADOS DA EMPRESA Oi - Tele Norte Leste Participações SA Endereço: Rua Humberto de Campos - Leblon, 425-8º

Leia mais

Inventário das Emissões de Gases de Efeito Estufa

Inventário das Emissões de Gases de Efeito Estufa Inventário das Emissões de Gases de Efeito Estufa CNEC Projetos de Engenharia S.A. 2009 INVENTÁRIO: Completo Preliminar INVENTÁRIO VERIFICADO POR: Ninguém Primeira parte 1 Terceira parte Terceira parte

Leia mais

INVENTÁRIO DE EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA IPOJUCATUR TRANSPORTES E TURISMO LTDA ANO BASE 2009

INVENTÁRIO DE EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA IPOJUCATUR TRANSPORTES E TURISMO LTDA ANO BASE 2009 INVENTÁRIO DE EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA IPOJUCATUR TRANSPORTES E TURISMO LTDA ANO BASE 2009 ÍNDICE 1. A Empresa 03 2. Objetivo 03 3. Inventário segundo a ISO 14.064-01 03 4. Identificação dos

Leia mais

Verificação e Validação de Projetos e Inventários de Gases de Efeito Estufa conforme ISO14064

Verificação e Validação de Projetos e Inventários de Gases de Efeito Estufa conforme ISO14064 Verificação e Validação de Projetos e Inventários de Gases de Efeito Estufa conforme ISO14064 Nasario de S.F. Duarte Jr. Resumo:o mercado de créditos de carbono assume proporções econômicas elevadas, e

Leia mais

PEDIDO DE PROPOSTA PARA CERTIFICAÇÃO Prezados (as) Srs. (as): Caso desejem receber uma oferta personalizada, favor preencher e nos enviar o formulário anexo. Indicar as normas que desejam ser certificados

Leia mais

Relatório de Neutralização das emissões de gases do efeito estufa

Relatório de Neutralização das emissões de gases do efeito estufa 2011 Inventário de GEE Relatório de Neutralização das emissões de gases do efeito estufa Evento: -Super 9k Montevérgine -Prova Ciclística 9 de Julho 0 Inventário das Emissões de Gases de Efeito Estufa

Leia mais

Certificação de Válvulas Industriais NBR-15827

Certificação de Válvulas Industriais NBR-15827 Certificação de Válvulas Industriais NBR-15827 Página 1 de 6 Informações para Preenchimento 1. Este questionário refere-se exclusivamente para solicitações de proposta dos serviços de Certificação de Produtos

Leia mais

Carbon Disclosure Project Supply Chain CDP na cadeia de suprimentos

Carbon Disclosure Project Supply Chain CDP na cadeia de suprimentos w Gestão Ambiental na Sabesp Workshop Carbon Disclosure Project Supply Chain CDP na cadeia de suprimentos Sup. Wanderley da Silva Paganini São Paulo, 05 de maio de 2011. Lei Federal 11.445/07 Lei do Saneamento

Leia mais

Seção 1: Solicitação de Registro

Seção 1: Solicitação de Registro Formulário de Registro e Validação de Atividade de Projeto de MDL (Ao submeter este formulário, a entidade operacional designada confirma que a atividade de MDL proposta atende a todos os requisitos de

Leia mais

Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa GEE Sabesp: Ano Base 2007

Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa GEE Sabesp: Ano Base 2007 Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa GEE Sabesp: Ano Base 2007 1º Seminário Estadual sobre Mudanças Climáticas e Saneamento Diretoria de Tecnologia, Empreendimentos e Meio Ambiente T Superintendência

Leia mais

Inventário Municipal de Emissões de GEE Belo Horizonte. João Marcelo Mendes jmendes@waycarbon.com

Inventário Municipal de Emissões de GEE Belo Horizonte. João Marcelo Mendes jmendes@waycarbon.com Inventário Municipal de Emissões de GEE Belo Horizonte João Marcelo Mendes jmendes@waycarbon.com Sobre a WayCarbon 7 anos no mercado sul-americano de consultoria em mudanças climáticas Portifólio de projetos

Leia mais

Status dos projetos no âmbito do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) no Brasil e no mundo

Status dos projetos no âmbito do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) no Brasil e no mundo Status dos projetos no âmbito do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) no Brasil e no mundo 1º Período de compromisso do Protocolo de Quioto (2008-2012) (Data final de coleta de dados: 12/02/2014) O

Leia mais

Diretrizes para a contabilização, cálculo e relato de emissões de gases de efeito estufa (GEE) para fins do ICO2

Diretrizes para a contabilização, cálculo e relato de emissões de gases de efeito estufa (GEE) para fins do ICO2 Diretrizes para a contabilização, cálculo e relato de emissões de gases de efeito estufa (GEE) para fins do ICO2 Fevereiro de 2013 Sumário 1. OBJETIVO... 3 2. LIMITES DO INVENTÁRIO PARA FINS DO ICO2...

Leia mais

Inventário de emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE) e adoção de políticas de mudanças climáticas pelas empresas. 16 de Março de 2010

Inventário de emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE) e adoção de políticas de mudanças climáticas pelas empresas. 16 de Março de 2010 Inventário de emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE) e adoção de políticas de mudanças climáticas pelas empresas. 16 de Março de 2010 UNIDADE DE NEGÓCIO CARBONO - UNICAR Efluentes e Resíduos Inventários

Leia mais

Inventário de emissões de gases de efeito estufa. Elaboração e uso como ferramenta de gestão

Inventário de emissões de gases de efeito estufa. Elaboração e uso como ferramenta de gestão Inventário de emissões de gases de efeito estufa Elaboração e uso como ferramenta de gestão 25 de agosto de 2011 Programa Brasileiro GHG Protocol Origens Metodologia mais utilizada mundialmente para a

Leia mais

In Press Porter Novelli Inventário de Emissões Corporativas 2009

In Press Porter Novelli Inventário de Emissões Corporativas 2009 In Press Porter Novelli Inventário de Emissões Corporativas 2009 1 Sumário 1. Introdução 1.1. Empresa 1.2. Inventário 1.3. Metodologia de Cálculo 2. Determinação do Inventário 2.1. Limites do Inventário

Leia mais

Inventário de Gases de Efeito Estufa - 2011. Cemig Companhia Energética de Minas Gerais

Inventário de Gases de Efeito Estufa - 2011. Cemig Companhia Energética de Minas Gerais Inventário de Gases de Efeito Estufa - 2011 Cemig Companhia Energética de Minas Gerais 2 1. A Cemig A Cemig é um dos mais sólidos grupos do segmento de energia elétrica do Brasil. A sua atuação é coordenada

Leia mais

V I S Ã O GERAL D AS DIRETRIZES DO IPCC

V I S Ã O GERAL D AS DIRETRIZES DO IPCC V I S Ã O GERAL D AS DIRETRIZES DO IPCC Este documento é um dos volumes das Diretrizes Revisadas do IPCC de 1996 para Inventários Nacionais de Gases de Efeito Estufa. A série é composta por três livros:

Leia mais

EMISSÕES DO SETOR DE RESÍDUOS SÓLIDOS E EFLUENTES LÍQUIDOS (2009-2010)

EMISSÕES DO SETOR DE RESÍDUOS SÓLIDOS E EFLUENTES LÍQUIDOS (2009-2010) EMISSÕES DO SETOR DE RESÍDUOS SÓLIDOS E EFLUENTES LÍQUIDOS (2009-2010) Sumário Executivo De acordo com a Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCCC), adotada em 1992, as mudanças

Leia mais

Inventário das Emissões de Gases de Efeito Estufa. Evento: CORRIDA ESPERANÇA - 2011

Inventário das Emissões de Gases de Efeito Estufa. Evento: CORRIDA ESPERANÇA - 2011 2011 Inventário das Emissões de Gases de Efeito Estufa Evento: CORRIDA ESPERANÇA - 2011 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 2 2. A GREEN CO 2.... 3 2.1. VISÃO.... 3 2.2. MISSÃO.... 3 2.3. OBJETIVOS.... 3 2.4. VALORES....

Leia mais

Empresas e as mudanças climáticas

Empresas e as mudanças climáticas Empresas e as mudanças climáticas O setor empresarial brasileiro, por meio de empresas inovadoras, vem se movimentando rumo à economia de baixo carbono, avaliando seus riscos e oportunidades e discutindo

Leia mais

Seção 1: Solicitação de Registro

Seção 1: Solicitação de Registro F-MDL-REG Formulário de Registro e Validação de Atividade de Projeto de MDL (Ao submeter este formulário, a entidade operacional designada confirma que a atividade de MDL proposta atende a todos os requisitos

Leia mais

RELATÓRIO DE VERIFICAÇÃO

RELATÓRIO DE VERIFICAÇÃO Relatório de Verificação Documento: GPV 009 (DM) Rev #: 002 Vigente desde: MAR 2014 Número do contrato Cliente C0591 BM&BOVESPA S.A. - Bolsa de valores, Mercadorias e Futuros RELATÓRIO DE VERIFICAÇÃO INVENTÁRIO

Leia mais

INVENTÁRIO DE EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA. Metodologia, resultados e ações

INVENTÁRIO DE EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA. Metodologia, resultados e ações INVENTÁRIO DE EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA Metodologia, resultados e ações CARTA ABERTA AO BRASIL SOBRE MUDANÇAS CLIMÁTICAS CARTA ABERTA AO BRASIL Compromissos Assumidos A. Publicar anualmente o

Leia mais

M0.1 Registrar a intenção do cumprimento ao Pacto dos Prefeitos, por favor anexe a carta de compromisso [Anexo]

M0.1 Registrar a intenção do cumprimento ao Pacto dos Prefeitos, por favor anexe a carta de compromisso [Anexo] O (Compact of Mayors) é o maior esforço internacional de cooperação entre prefeitos e funcionários municipais para demonstrar seu compromisso com a redução das emissões de gases de efeito estufa assim

Leia mais

BM&FBOVESPA S.A. Relatório do Inventário de GEE, 2012. Apresentação de Resultados. icfi.com

BM&FBOVESPA S.A. Relatório do Inventário de GEE, 2012. Apresentação de Resultados. icfi.com Relatório do Inventário de GEE, 2012 Apresentação de Resultados Equipes envolvidas Augusto Mello André Valente Patrícia Messer Adriano Burgi Ana Luiza Silva Contatos: Tel: (55 21) 2117-2550 Fax: (55 21)

Leia mais

GUIA METODOLÓGICO PARA A REALIZAÇÃO DE INVENTÁRIOS EM EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA. Rio de Janeiro Agosto, 2013. Página 1

GUIA METODOLÓGICO PARA A REALIZAÇÃO DE INVENTÁRIOS EM EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA. Rio de Janeiro Agosto, 2013. Página 1 GUIA METODOLÓGICO PARA A REALIZAÇÃO DE INVENTÁRIOS EM EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA Rio de Janeiro Agosto, 2013. Página 1 ABNT ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS BID BANCO INTERAMERICANO DE

Leia mais

SUMÁRIO EXECUTIVO COMUNICAÇÃO ESTADUAL EMISSÕES NO SETOR DE ENERGIA: ABORDAGEM DE REFERÊNCIA (TOP DOWN)

SUMÁRIO EXECUTIVO COMUNICAÇÃO ESTADUAL EMISSÕES NO SETOR DE ENERGIA: ABORDAGEM DE REFERÊNCIA (TOP DOWN) COMUNICAÇÃO ESTADUAL 1º INVENTÁRIO DE EMISSÕES ANTRÓPICAS DE GASES DE EFEITO ESTUFA DIRETOS E INDIRETOS DO ESTADO DE SÃO PAULO EMISSÕES NO SETOR DE ENERGIA: ABORDAGEM DE REFERÊNCIA (TOP DOWN) SUMÁRIO EXECUTIVO

Leia mais

Empresas brasileiras emitiram 85,2 milhões de toneladas de gases de efeito estufa no ano passado

Empresas brasileiras emitiram 85,2 milhões de toneladas de gases de efeito estufa no ano passado Empresas brasileiras emitiram 85,2 milhões de toneladas de gases de efeito estufa no ano passado (Dados divulgados hoje no lançamento do programa Empresas pelo Clima, do GVCes, estão disponíveis em www.fgv.br/ces/epc

Leia mais

Relatório de Relatório

Relatório de Relatório Relatório de Relatório BERTIN LTDA. Validação do Projeto da Pequena Central Hidrelétrica Sacre 2 da Relatório no. 893664, rev. 3 30.05.2007 TÜV SÜD Industrie Service GmbH Serviço de Gestão de Carbono Westendstr.

Leia mais

INVENTÁRIO DE EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA CORPORATIVAS UNIMED CUIABÁ

INVENTÁRIO DE EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA CORPORATIVAS UNIMED CUIABÁ INVENTÁRIO DE EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA CORPORATIVAS UNIMED CUIABÁ Abril de 2015 Sumário Resumo Executivo 03 1. INTRODUÇÃO 04 2. IDENTIFICAÇÃO DA INSTITUIÇÃO 06 3. OBJETIVO 06 4. MATERIAL E MÉTODOS

Leia mais

Gestão de Emissões de Gases de Efeito Estufa Setor de Construção Civil

Gestão de Emissões de Gases de Efeito Estufa Setor de Construção Civil Gestão de Emissões de Gases de Efeito Estufa Setor de Construção Civil Rachel Biderman Furriela Coordenadora Adjunta Centro de Estudos em Sustentabilidade EAESP FGV rachel.biderman@fgv.br www.fgv.br/ces

Leia mais

Demandas e escalas para a contabilidade de emissões de Gases de Efeito Estufa - GEE

Demandas e escalas para a contabilidade de emissões de Gases de Efeito Estufa - GEE Demandas e escalas para a contabilidade de emissões de Gases de Efeito Estufa - GEE Secretaria de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento X Convenção do Clima UNFCCC é um tratado ambiental

Leia mais

Adicionando Credibilidade às Ações em Mudanças Climáticas: Validações e Verificações ISO14064, VCS e MDL Britcham, 30 Setembro 2008

Adicionando Credibilidade às Ações em Mudanças Climáticas: Validações e Verificações ISO14064, VCS e MDL Britcham, 30 Setembro 2008 Adicionando Credibilidade às Ações em Mudanças Climáticas: Validações e Verificações ISO14064, VCS e MDL Britcham, 30 Setembro 2008 Luis F. Filardi Carneiro Gerente GHG América Latina Agenda Introdução;

Leia mais

Seção 2: Relatório de Validação

Seção 2: Relatório de Validação Registro de Atividade do Projeto MDL e Formulário de Relatório de Validação F-MDL-REG (Ao apresentar este formulário, a entidade operacional designada confirma que a atividade proposta do projeto MDL atende

Leia mais

DEPARTAMENTO DE MEIO AMBIENTE - DMA/FIESP FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SÃO PAULO FIESP

DEPARTAMENTO DE MEIO AMBIENTE - DMA/FIESP FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SÃO PAULO FIESP FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SÃO PAULO FIESP Inventário GEE- São Paulo MAIO - 2014 Sumário - Base Legal Inventário - Sugestão para elaboração de inventário 2/40 Base Legal Lei 13.798 de 09 de

Leia mais

PROCESSO EXTERNO DE CERTIFICAÇÃO

PROCESSO EXTERNO DE CERTIFICAÇÃO 1 de 9 1. OBJETIVO: Este procedimento estabelece o processo para concessão, manutenção, extensão e exclusão da certificação de Sistema de Gestão de Segurança da Informação, em conformidade com norma ABNT

Leia mais

INVENTÁRIO E VERIFICAÇÃO DE GEE ABNT NBR ISO14064: PARTES 1 E 3. Uma visão geral dos requisitos da norma

INVENTÁRIO E VERIFICAÇÃO DE GEE ABNT NBR ISO14064: PARTES 1 E 3. Uma visão geral dos requisitos da norma INVENTÁRIO E VERIFICAÇÃO DE GEE ABNT NBR ISO14064: PARTES 1 E 3 Uma visão geral dos requisitos da norma FORTALECEMOS PROCESSOS, SISTEMAS E PESSOAS SGS é líder mundial em inspeções, testes, certificações

Leia mais

Sumário. Resumo Executivo 1 INTRODUÇÃO 04 2. IDENTIFICAÇÃO DA INSTITUIÇÃO 06 3. OBJETIVO 06 4. MATERIAL E MÉTODOS 06. 4.1 Limites Organizacionais 06

Sumário. Resumo Executivo 1 INTRODUÇÃO 04 2. IDENTIFICAÇÃO DA INSTITUIÇÃO 06 3. OBJETIVO 06 4. MATERIAL E MÉTODOS 06. 4.1 Limites Organizacionais 06 INVENTÁRIO DE EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA CORPORATIVAS UNIMED dezembro de 2011. Sumário Resumo Executivo 03 1 INTRODUÇÃO 04 2. IDENTIFICAÇÃO DA INSTITUIÇÃO 06 3. OBJETIVO 06 4. MATERIAL E MÉTODOS

Leia mais

DOCUMENTO DE CONCEPÇÃO DO PROJETO (DCP)

DOCUMENTO DE CONCEPÇÃO DO PROJETO (DCP) MDL Conselho Executivo Página 1 FORMULÁRIO DO DOCUMENTO DE CONCEPÇÃO DO PROJETO PARA ATIVIDADES DE PROJETO DO MDL (F-CDM-PDD) Versão 04.1 DOCUMENTO DE CONCEPÇÃO DO PROJETO (DCP) Título da atividade do

Leia mais

NECESSIDADE DE CONHECIMENTO DAS EMISSÕES NOS PROCESSOS PRODUTIVOS. Inventários de Emissões

NECESSIDADE DE CONHECIMENTO DAS EMISSÕES NOS PROCESSOS PRODUTIVOS. Inventários de Emissões NECESSIDADE DE CONHECIMENTO DAS EMISSÕES NOS PROCESSOS PRODUTIVOS Inventários de Emissões O QUE É UM INVENTÁRIO? Um inventário corporativo de emissões diretas e indiretas de gases de efeito estufa é a

Leia mais

GRUPO ABRIL S/A 30/08/2013

GRUPO ABRIL S/A 30/08/2013 2012 GRUPO ABRIL S/A 30/08/2013 Relatório do Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa Ano 2012 Coordenação Grupo Abril: Daniel Fernandes dos Santos Júnior Apoio: Jayme Bóbbo Júnior Ecouniverso:

Leia mais

Permissões Especiais Projeto GSAN - IPAD

Permissões Especiais Projeto GSAN - IPAD Permissões Especiais Projeto GSAN - IPAD Versão: 0.1 Local: Recife PE Data: 12/11/2012 Índice Histórico de Revisões... 6 1. Introdução... 7 1.1 Objetivo... 7 1.2 Escopo... 7 2. Permissões Especiais...

Leia mais

White Paper Inventário de Gases de Efeito Estufa

White Paper Inventário de Gases de Efeito Estufa White Paper Inventário de Gases de Efeito Estufa O que você precisa saber? Inventário de Gases de Efeito Estufa O que você precisa saber? Sumário Objetivo... 2 Parte 1 - Entendendo o Inventário de Gases

Leia mais

Estado: ESPIRITO SANTO RESPONSABILIDADES GERAIS DA GESTAO DO SUS

Estado: ESPIRITO SANTO RESPONSABILIDADES GERAIS DA GESTAO DO SUS PLANILHA DE PACTUAÇÃO DAS - TCG Data da Validação: 31/03/2010 Data da Homologação: 12/04/2010 Revisão Nº:001 Pedido de Revisão: 30/03/2010 Portaria: 2.846 Data da Publicação: 25/11/2008 Estado: ESPIRITO

Leia mais

Programa Brasileiro. GHG Protocol. Guia para a elaboração de inventários corporativos de emissões de Gases do Efeito Estufa (GEE)

Programa Brasileiro. GHG Protocol. Guia para a elaboração de inventários corporativos de emissões de Gases do Efeito Estufa (GEE) Programa Brasileiro GHG Protocol Guia para a elaboração de inventários corporativos de emissões de Gases do Efeito Estufa (GEE) Guia para a elaboração de inventários corporativos de emissões de Gases do

Leia mais

Inventário de Gases de Efeito Estufa

Inventário de Gases de Efeito Estufa Inventário de Gases de Efeito Estufa Gerenciamento de Informações e Ações Dirigidas Nicole Celupi - Three Phase Gerenciamento de Informações e Ações Dirigidas Institucional A Three Phase foi criada em

Leia mais

Inventários e monitoramento das emissões e remoções de GEE. Gustavo Luedemann Coordenação-Geral de Mudanças Globais de Clima

Inventários e monitoramento das emissões e remoções de GEE. Gustavo Luedemann Coordenação-Geral de Mudanças Globais de Clima Inventários e monitoramento das emissões e remoções de GEE Gustavo Luedemann Coordenação-Geral de Mudanças Globais de Clima HISTÓRICO UNFCCC IPCC Comunicação Nacional do Brasil Política Nacional sobre

Leia mais

Inventário de Emissão de Gases de Efeito Estufa

Inventário de Emissão de Gases de Efeito Estufa Inventário de de Gases de Efeito Estufa Projeto Coral Vivo Priscila G. C. Sette Moreira CREA 49.354/D Inventário de de Gases de Efeito Estufa 1 Introduça o A variação do clima é um fenômeno natural que

Leia mais

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E O PROTOCOLO DE QUIOTO: UMA ABORDAGEM HISTÓRICA E APLICABILIDADE DOS MECANISMOS DE DESENVOLVIMENTO LIMPO

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E O PROTOCOLO DE QUIOTO: UMA ABORDAGEM HISTÓRICA E APLICABILIDADE DOS MECANISMOS DE DESENVOLVIMENTO LIMPO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E O PROTOCOLO DE QUIOTO: UMA ABORDAGEM HISTÓRICA E APLICABILIDADE DOS MECANISMOS DE DESENVOLVIMENTO LIMPO Letícia Hoppe Ms. Economia do Desenvolvimento Síntese do Mini curso

Leia mais

Portaria n.º 317, de 19 de junho de 2012.

Portaria n.º 317, de 19 de junho de 2012. Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA INMETRO Portaria n.º 317, de 19 de junho de 2012. O PRESIDENTE

Leia mais

Copa do Mundo FIFA 2014 Brasil. Guia para elaboração de um inventário de gases de efeito estufa e estratégia de mitigação

Copa do Mundo FIFA 2014 Brasil. Guia para elaboração de um inventário de gases de efeito estufa e estratégia de mitigação Copa do Mundo FIFA 2014 Brasil Guia para elaboração de um inventário de gases de efeito estufa e estratégia de mitigação Este documento foi elaborado por um consultor independente, com intuito de apoiar

Leia mais

DOCUMENTO DE CONCEPÇÃO DO PROJETO (DCP)

DOCUMENTO DE CONCEPÇÃO DO PROJETO (DCP) MDL Conselho Executivo Página 1 FORMULÁRIO DO DOCUMENTO DE CONCEPÇÃO DO PROJETO PARA ATIVIDADES DE PROJETO DO MDL (F-CDM-PDD) Versão 04.1 DOCUMENTO DE CONCEPÇÃO DO PROJETO (DCP) Título da atividade do

Leia mais

Inventário Corporativo de Emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE) da ABIMAQ Associação

Inventário Corporativo de Emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE) da ABIMAQ Associação Inventário Corporativo de Emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE) da ABIMAQ Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos E-mail: bcb@braziliancarbonbureau.com.br Home Page: www.braziliancarbonbureau.com.br

Leia mais

estufa para setores agropecuários

estufa para setores agropecuários Simpósio de Mercado de Carbono pós COP15 e Código Florestal para o Sistema Cooperativista Inventário de gases de efeito fi estufa para setores agropecuários Inventário de gases de efeito estufa para setores

Leia mais

Economia de Baixo de Carbono, onde estamos? para onde vamos?

Economia de Baixo de Carbono, onde estamos? para onde vamos? Seminário sobre Sustentabilidade no Setor Elétrico Brasileiro Economia de Baixo de Carbono, onde estamos? para onde vamos? 21 de novembro de 2014 Aneel Brasília O conteúdo deste relatório foi produzido

Leia mais

Participação dos Setores Socioeconômicos nas Emissões Totais do Setor Energia

Participação dos Setores Socioeconômicos nas Emissões Totais do Setor Energia INVENTÁRIO DE EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA DO ESTADO DE MINAS GERAIS ANO BASE 2005 O Governo do Estado, por meio da Fundação Estadual de Meio Ambiente FEAM, entidade da Secretaria Estadual de Meio

Leia mais

ISO 14064:2006 Gases de Efeito Estufa

ISO 14064:2006 Gases de Efeito Estufa Página: 1/9 Elaborado por: Vanessa Ferraz Hernandes Verificado por: Karen Martins Aprovado por: Arnaldo Barbulio Filho Data Aprovação: 24/04/2014 A Empresa abaixo identificada declara conhecer perfeitamente

Leia mais

Título. Mudanças Climáticas. Programa Corporativo de Gestão das Emissões de Gases de Efeito Estufa

Título. Mudanças Climáticas. Programa Corporativo de Gestão das Emissões de Gases de Efeito Estufa Mudanças Climáticas Título Programa Corporativo de Gestão das Emissões de Gases de Efeito Estufa Wanderley da Silva Paganini Superintendente de Gestão Ambiental - Sabesp São Paulo, 13 de junho de 2013.

Leia mais

BM&FBOVESPA. Inventário Corporativo de Emissões Diretas e Indiretas de Gases de Efeito Estufa Ano Base 2010

BM&FBOVESPA. Inventário Corporativo de Emissões Diretas e Indiretas de Gases de Efeito Estufa Ano Base 2010 BM&FBOVESPA Inventário Corporativo de Emissões Diretas e Indiretas de Gases de Efeito Estufa Ano Base 2010 Abril de 2011 Inventário Corporativo de Emissões Diretas e Indiretas de Gases de Efeito Estufa

Leia mais

PROCEDIMENTO PARA VALIDAÇÃO E VERIFICAÇÃO DE INVENTÁRIO DE EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA NBR ISO 14064

PROCEDIMENTO PARA VALIDAÇÃO E VERIFICAÇÃO DE INVENTÁRIO DE EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA NBR ISO 14064 1 de 10 GP01 INVENTÁRIO DE EMISSÕES Descrição do Processo de Validação e Verificação Bureau Veritas Certification Avenida do Café, 277, 5 andar, Torre B Tel.: +55 (11) 2655-9000 São Paulo/SP - CEP: 04311-000

Leia mais

Legitimação dos conceitos face as práticas organizacionais; Oportunizar reflexão sobre as competências em desenvolvimento;

Legitimação dos conceitos face as práticas organizacionais; Oportunizar reflexão sobre as competências em desenvolvimento; 1 MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS INTEGRADORES CURSO SUPERIORES DE GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA (GESTÃO AMBIENTAL) SÃO PAULO 2009 2 Introdução A prática pedagógica dos Cursos Superiores de Graduação

Leia mais

MUDANÇAS CLIMÁTICAS, PROGRAMA DE MUDANÇAS CLIMÁTICAS DO ESP - PROCLIMA

MUDANÇAS CLIMÁTICAS, PROGRAMA DE MUDANÇAS CLIMÁTICAS DO ESP - PROCLIMA MUDANÇAS CLIMÁTICAS, PROGRAMA DE MUDANÇAS CLIMÁTICAS DO ESP - PROCLIMA Josilene Ticianelli Vannuzini Ferrer PROCLIMA - CETESB, 2010 SP, a Agenda Climática e a CETESB 40 milhões de habitantes 18 milhões

Leia mais

Certificação de Conteúdo Local Serviços de Petróleo e Gás

Certificação de Conteúdo Local Serviços de Petróleo e Gás Certificação de Conteúdo Local Serviços de Petróleo e Gás O que é? Conteúdo Local é a relação entre o valor dos bens produzidos e serviços prestados no país para executar o contrato e o valor total dos

Leia mais

AVALIAÇÃO E QUALIFICAÇÃO DE FORNECEDORES NA INDÚS- TRIA AUTOMOTIVA: DA ISO9001 PARA ALÉM

AVALIAÇÃO E QUALIFICAÇÃO DE FORNECEDORES NA INDÚS- TRIA AUTOMOTIVA: DA ISO9001 PARA ALÉM AVALIAÇÃO E QUALIFICAÇÃO DE FORNECEDORES NA INDÚS- TRIA AUTOMOTIVA: DA ISO9001 PARA ALÉM Mateus Faria Mais Faculdade de Engenharia de Produção Centro de Ciências Eatas, Ambientais e de Tecnologia mateusfama@gmail.com

Leia mais

Mudanças Climáticas Ameaças e Oportunidade para a Braskem. Jorge Soto 11/08/2015

Mudanças Climáticas Ameaças e Oportunidade para a Braskem. Jorge Soto 11/08/2015 Mudanças Climáticas Ameaças e Oportunidade para a Braskem Jorge Soto 11/08/2015 1 Braskem INTEGRAÇÃO COMPETITIVA EXTRAÇÃO Matérias Primas 1 ª GERAÇÃO Petroquímicos Básicos 2 ª GERAÇÃO Resinas Termoplásticas

Leia mais

SEMINÁRIO PROGRAMA BRASILEIRO DE CERTIFICAÇÃO EM RESPONSABILIDADE SOCIAL C.S.E. MECÂNICA E INSTRUMENTAÇÃO LTDA. RECIFE 30/06/10

SEMINÁRIO PROGRAMA BRASILEIRO DE CERTIFICAÇÃO EM RESPONSABILIDADE SOCIAL C.S.E. MECÂNICA E INSTRUMENTAÇÃO LTDA. RECIFE 30/06/10 SEMINÁRIO PROGRAMA BRASILEIRO DE CERTIFICAÇÃO EM RESPONSABILIDADE SOCIAL C.S.E. MECÂNICA E INSTRUMENTAÇÃO LTDA. RECIFE 30/06/10 C.S.E. MECÂNICA E INSTRUMENTAÇÃO LTDA FILIAL RIO DAS OSTRAS/RJ FUNDAÇÃO:

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 001844 - TECNOLOGIA EM ANALISE E DESENVOLV.DE SISTEMAS Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 001844 - TECNOLOGIA EM ANALISE E DESENVOLV.DE SISTEMAS Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 001844 - TECNOLOGIA EM ANALISE E DESENVOLV.DE SISTEMAS Nivel: Superior Area Profissional: 0018 - INFORMATICA Area de Atuacao: 0021 - OPERACAO

Leia mais

Seminário Soluções Técnicas e Financeiras para Cidades Sustentáveis Banco Mundial Brasília. 08 e 09 de Junho 2010

Seminário Soluções Técnicas e Financeiras para Cidades Sustentáveis Banco Mundial Brasília. 08 e 09 de Junho 2010 Seminário Soluções Técnicas e Financeiras para Cidades Sustentáveis Banco Mundial Brasília 08 e 09 de Junho 2010 No Programa de Governo Gestão 2009-2012 está previsto o Programa Biocidade e neste o Plano

Leia mais

Proficiência. www.gruposaas.com.br

Proficiência. www.gruposaas.com.br Proficiência www.gruposaas.com.br Programa de Proficiência Página 2 de 9 SUMÁRIO 1 APRESENTAÇÃO... 3 2 BENEFÍCIOS DO PROGRAMA... 3 3 CONFIDENCIALIDADE... 3 4 ENVIO DOS RESULTADOS... 4 5 ORIGENS DE AMOSTRA...

Leia mais

Avaliação do Ciclo de Vida ACV

Avaliação do Ciclo de Vida ACV Avaliação do Ciclo de Vida ACV Eloísa Garcia Sustentabilidade BFT 2020 Desenvolvimento Sustentável Desenvolvimento Sustentável é aquele que satisfaz as necessidades e aspirações da geração atual, sem comprometer

Leia mais

Inventário de. do Setor Mineral. Shutterstock

Inventário de. do Setor Mineral. Shutterstock Inventário de Gases de Efeito Estufa do Setor Mineral Shutterstock APRESENTAÇÃO Gases de Efeito Estufa Mineração mapeia emissões setoriais de GEE O setor produtivo nacional tem pela frente uma série de

Leia mais

Marcio Halla marcio.halla@fgv.br

Marcio Halla marcio.halla@fgv.br Marcio Halla marcio.halla@fgv.br POLÍTICAS PARA O COMBATE ÀS MUDANÇAS CLIMÁTICAS NA AMAZÔNIA Programa de Sustentabilidade Global Centro de Estudos em Sustentabilidade Fundação Getúlio Vargas Programa de

Leia mais