O desenvolvimento da imaginação por meio da leitura dos gêneros do discurso na escola

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O desenvolvimento da imaginação por meio da leitura dos gêneros do discurso na escola"

Transcrição

1 O desenvolvimento da imaginação por meio da leitura dos gêneros do discurso na escola Gislaine Rossler Rodrigues Gobbo. Programa de Pós-Graduação em Educação Marília FFC Universidade Estadual Paulista USC Universidade do Sagrado Coração de Jesus. Prefeitura Municipal Miller. Programa de Pós-Graduação em Educação Marília FFC Universidade Estadual Paulista. Modalidade comunicação oral Categoria: pesquisa em andamento Eixo 3- Linguagem e literaturas nos processos educativos Palavras-chave: Imaginação; Gêneros do discurso; Teoria Histórico- Cultural; Mikhail Bakhtin. Introdução Focalizamos nossos estudos de doutorado em pressupostos que explicam o desenvolvimento humano em dois grupos de fenômenos denominados formas elementares e superiores. As elementares são as herdadas biologicamente; as superiores são processos de domínio de conduta dos meios externos do desenvolvimento cultural," processos de desenvolvimento das funções psíquicas superiores especiais [...], que na psicologia tradicional se denominam atenção voluntária, memória lógica, formação de conceitos, etc. Formam o que qualificamos convencionalmente como processos de desenvolvimento das formas superiores de conduta da criança. (VYGOTSKI, 2000, p. 29, tradução nossa). A metodologia adotada para esse trabalho foi pesquisa bibliográfica, pois estamos no processo de doutorado, buscando por esse entendimento. Com esse intuito, explicitaremos pesquisas da constituição da imaginação segundo Vigotski (2009), e adentraremos a filosofia da linguagem proposta por Mikhail Bakhtin (2003). Para que a teoria exposta possa ser compreendida na práxis, remeter-nos-emos à materialização por meio dos gêneros do discurso. Nossa justificativa para a realização desta pesquisa surge à medida que percebemos a importância do contato com os gêneros do discurso desde a educação pré-escolar por meio de ações e tarefas que promovam a percepção da realidade concreta presente nos contextos orais e escritos desse instrumento materializado. Visto dessa perspectiva, o 1

2 vivenciamento 1 por meio das imagens e conteúdos temáticos presentes nos conteúdos dos gêneros, que potencializa os processos das funções psíquicas superiores da conduta, ofertando situações para o desenvolvimento verbal, volitivoemocional e intelectual, quando a criança fala e brinca revelando sua imaginação reprodutiva e criadora nas experiências com os gêneros do discurso. Objetivamos demonstrar que a oferta dos gêneros do discurso pautados na teoria da filosofia da linguagem bakhtiniana e das funções psíquicas especiais superiores vigotskianas contribui para o desenvolvimento dos processos da imaginação em situações concretas verbais, volitivo-emocionais e intelectuais expostas na fala e nas brincadeiras infantis. Assim, buscamos especificamente explorar conceitos referentes à imaginação segundo Vigotski (2009) e expor a especificidade da teoria filosófica da linguagem presente na teoria de Bakhtin. Divulgamos o seguinte problema de pesquisa: a leitura dos gêneros do discurso na escola pode contribuir com o desenvolvimento da imaginação infantil? Para a explanação desses conceitos, dividimos este trabalho nos seguintes itens: O que é imaginação, filosofia da linguagem em Bakhtin e a especificidade de seus estudos. O desenvolvimento da imaginação representativa e criadora no contato com os gêneros do discurso na escola O desenvolvimento humano depende das qualidades de desenvolvimento do psiquismo, o qual, por sua vez, é submetido às interações culturais e sociais. O nascimento do homem não lhe garante desenvolvimento intelectual favorável. Suas qualidades psíquicas elementares, aquelas geneticamente herdadas, estruturaramse e promoveram um processo de continuidade, por meio das funções superiores especiais em situações de ensino, mediadas por pessoas mais experientes. Os gêneros ocupam a posição de instrumento material e simbólico, pois seu conteúdo proporciona aos sujeitos ações mediadas por elementos contidos em seu contexto oral e escrito. Tais elementos, sendo socialmente elaborados, resultam do vivenciamento de gerações, que ofertam e ampliam experiências. 1 Vivenciamento é termo usado em estudos do Círculo de Bakhtin; refere-se às vivências, ideias, pensamentos do outro que contribuem com o sujeito. 2

3 Ao adquirir a posição de um instrumento, os gêneros medeiam uma atividade, dando-lhe forma e representando-a em sua materialização. Isso posto, partimos para a peculiaridade de alguns temas. O que é imaginação? A atividade da imaginação é uma ação complexa, orientada por vários fatores. A imaginação humana decorre de uma nova formação psíquica superior elaborada historicamente na vida do sujeito, ou seja, aparece devido às vivências das formas mais complexas da atividade humana, não sendo herdada biologicamente. Os gêneros do discurso Os gêneros do discurso são concretizados pelos enunciados que dizem respeito à expressão e à transmissão de pensamentos e sentimentos nas diferentes esferas da atividade humana divulgados pela linguagem. Cada esfera humana elabora tipos estáveis de enunciados, que se materializam nos gêneros do discurso. A escolha por um tipo de gênero é orientada pela necessidade da temática, pelos participantes do enunciado, pela vontade e pela intenção dos falantes. Os gêneros são ricos e heterogêneos em conteúdo e temática, classificando-se em primários - diálogos do cotidiano e breves réplicas, que são uma comunicação verbal mais espontânea- e os secundários, os mais complexos, que exigem a dominância das formas primárias mediadas pela leitura e pela escrita De acordo com Bakhtin (2003), pelo ato escrito nas histórias, o escritor dirige todas as vozes alheias, ou seja, a voz criativa do autor-criador torna-se uma apropriação da voz social. A leitura dos gêneros orais e escritos na escola, por meio dos tipos secundários, como a literatura infantil, poesia, romance, contos maravilhosos e jocosos, favorecem a percepção de fatores que compõem o mundo concreto. Tal instrumentalização contribui para o ato de imaginar, fazendo com que a criança reproduza mentalmente as descrições das narrativas. A filosofia da linguagem em Bakhtin e a especificidade de seus estudos. 3

4 Para o Círculo de Bakhtin, o diálogo é um evento que reifica a interação sociocultural dos grupos, no qual presenciamos a heteroglossia dialogizada pela consciência e a força socioideológica representada pelos enunciados. (BAKHTIN, 2010). Percebe-se, nas ideias do Círculo, a presença de esferas que constituem a criação ideológica: a ideologia do cotidiano e os sistemas ideológicos constituídos. Nelas há "espaços em que já estão embutidas as bases da criação ideológica mais elaborada e as fontes de sua contínua renovação" (FARACO, 2009, p.62). Entendese que a primeira esfera centra-se em eventos corriqueiros do dia a dia (informação na rua, cumprimentos, etc.); enquanto a segunda esfera compreende práticas sociais mais elaboradas, como a filosofia, a religião e os sistemas constituídos. Essas duas esferas não são independentes, mas interdependentes, pois se consolidam uma a partir da outra, constituindo-se nos gêneros do Discurso, já mencionados. Nesse contexto, os gêneros do Discurso contribuem para a elaboração da Heteroglossia dialogizada, da qual o diálogo é um dos principais componentes, espaço das interações das vozes sociais. É por meio dessas interações que os sujeitos imaginam os conteúdos representativos ou criativos apresentados. Para Bakhtin, o Ser é comunicação com o mundo, o não ser é não ser ouvido e não ser reconhecido, é estar morto. A subjetividade se concretiza nas relações com o outro. Considerações Finalizamos este estudo sem esgotar todos os elementos das teorias aqui iniciadas: o desenvolvimento da funções psíquicas especiais da conduta de Vigotski e a filosofia da linguagem em Bakhtin. Embora o resultado deste trabalho seja parcial, fundamentamos teoricamente linhas que podem complementar-se na defesa de um ensino escolar gerador de motivos e interesse que provoquem nas crianças o desejo de se constituírem pessoas melhores em vários aspectos: emocionais, afetivos, intelectuais. Sem dúvida, a constituição da imaginação reprodutiva e criadora contribui para a resolução de problemas, para a criação de novas formas de sobrevivência, e para uma vida melhor. Entretanto, não é qualquer tipo de gênero do discurso que possibilita o conhecimento de mundo e o desenvolvimento do psiquismo, mas especialmente 4

5 aquele cujo processo de instrumentalização provoca alteração e transformação no sujeito que aprende. Esse abre novas possibilidades de ações por meio da imaginação, e somente os gêneros do discurso divulgados e ensinados por Bakhtin (2003), presentes nos enunciados, possuem toda a especificidade dialógica ensinada pelo Círculo, diferenciando-se integralmente da linguagem morta, sem vida e decodificada em sílabas. Referências BAKHTIN, Mikhail Mikhailovich. Estética da criação verbal. São Paulo: Martins Fontes, FARACO, Carlos Alberto. Linguagem e diálogo: as ideias linguísticas do círculo de Bakhtin. São Paulo: Parábola editorial, VIGOTSKI, L. S. Estudo experimental do desenvolvimento dos conceitos. In:VIGOTSKI, L. S. A construção do pensamento e da linguagem, São Paulo: Martins Fontes, 2001, p Imaginação e criação na infância: ensaio psicológico- livro para professores; apresentação e comentários Ana Luiza Smolka; tradução Zoia Prestes. São Paulo: Ática, VYGOTSKI, L. S.. Investigación experimental del desarrollo de los conceptos. In: VYGOTSKI, L. S. Obras escogidas II. Madrid: Visor, p

A importância da oralidade e do contato com os gêneros textuais na educação pré-escolar

A importância da oralidade e do contato com os gêneros textuais na educação pré-escolar A importância da oralidade e do contato com os gêneros textuais na educação pré-escolar Angélica Fernanda Rossi-USC-Pedagogia.angelicafrossi@gmail.com Caroline Silvério-USC-Pedagogia kakarol_2009@hotmail.com

Leia mais

Alfabetizar e promover o ensino da linguagem oral e escrita por meio de textos.

Alfabetizar e promover o ensino da linguagem oral e escrita por meio de textos. Alfabetizar e promover o ensino da linguagem oral e escrita por meio de textos. Daiane Pacheco-USC pedagogia - daiaspacheco@gmail.com; Carla Viviana-USC pedagogia- vivianamaximino@hotmail.com; Kelly Rios-USC

Leia mais

XVI ENDIPE - Encontro Nacional de Didática e Práticas de Ensino - UNICAMP - Campinas - 2012 2

XVI ENDIPE - Encontro Nacional de Didática e Práticas de Ensino - UNICAMP - Campinas - 2012 2 2 FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES: REFLETINDO SOBRE AS POSSIBILIDADES DE INCLUSÃO SOCIAL E DE DESENVOLVIMENTO DE CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIAS E/OU DIFICULDADES ESCOLARES Profº Dr. Irineu A. Tuim Viotto

Leia mais

A LUDICIDADE E A INTERAÇÃO VERBAL NO ENSINO DE LÍNGUA ESTRANGEIRA NAS SÉRIES INICIAIS

A LUDICIDADE E A INTERAÇÃO VERBAL NO ENSINO DE LÍNGUA ESTRANGEIRA NAS SÉRIES INICIAIS A LUDICIDADE E A INTERAÇÃO VERBAL NO ENSINO DE LÍNGUA ESTRANGEIRA NAS SÉRIES INICIAIS HORTA, Gabriela Alias (UNESP- FCT) RESUMO: Este trabalho tem por objetivo discutir a importância das atividades lúdicas

Leia mais

Palavras-chave: gêneros textuais, resenha crítica, ensino, leitura e produção textual

Palavras-chave: gêneros textuais, resenha crítica, ensino, leitura e produção textual RESENHA CRÍTICA NO ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA: PRÁTICAS DE ANÁLISE E PRODUÇÃO DE TEXTOS Valdisnei Martins de CAMPOS Letras - CAC/UFG; valdis_martins@hotmail.com Erislane Rodrigues RIBEIRO Letras - CAC/UFG;

Leia mais

As relações de gênero socialmente constituídas e sua influência nas brincadeiras de faz de conta.

As relações de gênero socialmente constituídas e sua influência nas brincadeiras de faz de conta. As relações de gênero socialmente constituídas e sua influência nas brincadeiras de faz de conta. Angela Agulhari Martelini Gabriel. Pedagogia. Prefeitura Municipal de Bauru. helena2008mg@hotmail.com.

Leia mais

TEORIA HISTÓRICO-CULTURAL E PEDAGOGIA FREINET: TEORIA E PRÁTICA NO PROCESSO DE AQUISIÇÃO DA LINGUAGEM ESCRITA.

TEORIA HISTÓRICO-CULTURAL E PEDAGOGIA FREINET: TEORIA E PRÁTICA NO PROCESSO DE AQUISIÇÃO DA LINGUAGEM ESCRITA. TEORIA HISTÓRICO-CULTURAL E PEDAGOGIA FREINET: TEORIA E PRÁTICA NO PROCESSO DE AQUISIÇÃO DA LINGUAGEM ESCRITA. Ana Laura Ribeiro da Silva Professora da FABE Faculdade de Bertioga, Professora da Rede Municipal

Leia mais

A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL

A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL EVELISE RAQUEL DE PONTES (UNESP). Resumo O ato de contar histórias para crianças da educação infantil é a possibilidade de sorrir, criar, é se envolver com

Leia mais

(IM)PACTOS DA/COM A LEITURA LITERÁRIA NA FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES ALFABETIZADORES Fernanda de Araújo Frambach UFRJ

(IM)PACTOS DA/COM A LEITURA LITERÁRIA NA FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES ALFABETIZADORES Fernanda de Araújo Frambach UFRJ (IM)PACTOS DA/COM A LEITURA LITERÁRIA NA FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES ALFABETIZADORES Fernanda de Araújo Frambach UFRJ Resumo O presente trabalho objetiva apresentar uma pesquisa em andamento que

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DOS CONTOS DE FADAS PARA A CONSTRUÇÃO DO IMAGINÁRIO DAS CRIANÇAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL

A IMPORTÂNCIA DOS CONTOS DE FADAS PARA A CONSTRUÇÃO DO IMAGINÁRIO DAS CRIANÇAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL A IMPORTÂNCIA DOS CONTOS DE FADAS PARA A CONSTRUÇÃO DO IMAGINÁRIO DAS CRIANÇAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL Fernanda Maria Sousa Martins; Valdiêgo José Monteiro Tavares; Larissa Mabrine Dias da Silva; Professor

Leia mais

Mostra de Projetos 2011 BRINQUEDOTECA: O LÚDICO NO RESGATE

Mostra de Projetos 2011 BRINQUEDOTECA: O LÚDICO NO RESGATE Mostra de Projetos 2011 BRINQUEDOTECA: O LÚDICO NO RESGATE Mostra Local de: Londrina. Categoria do projeto: Projetos finalizados. Nome da Instituição/Empresa: (Campo não preenchido). Cidade: Londrina.

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL E MEDIAÇÃO: EM BUSCA DE UMA PRÁTICA PEDAGÓGICA DE QUALIDADE.

EDUCAÇÃO INFANTIL E MEDIAÇÃO: EM BUSCA DE UMA PRÁTICA PEDAGÓGICA DE QUALIDADE. Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 22 a 25 de outubro, 2012 808 EDUCAÇÃO INFANTIL E MEDIAÇÃO: EM BUSCA DE UMA PRÁTICA PEDAGÓGICA DE QUALIDADE. Samira Ribeiro da Rocha, José Milton

Leia mais

O PAPEL DO AUTOR NA FORMAÇÃO DO LEITOR

O PAPEL DO AUTOR NA FORMAÇÃO DO LEITOR O PAPEL DO AUTOR NA FORMAÇÃO DO LEITOR Vanessa Alves do Prado (Universidade Estadual Paulista, Marília, SP) Apoio Financeiro: Secretaria de Estado da Educação/Bolsa Mestrado Com o objetivo de compreender

Leia mais

XIII Congresso Estadual das APAEs

XIII Congresso Estadual das APAEs XIII Congresso Estadual das APAEs IV Fórum de Autodefensores 28 a 30 de março de 2010 Parque Vila Germânica, Setor 2 Blumenau (SC), BRASIL A IMPORTÂNCIA E SIGNIFICÂNCIA DO TRABALHO EM EQUIPE INTERDISCIPLINAR

Leia mais

Computador: um recurso para o incentivo da leitura nos anos iniciais do Ensino Fundamental

Computador: um recurso para o incentivo da leitura nos anos iniciais do Ensino Fundamental 29 Computador: um recurso para o incentivo da leitura nos anos iniciais do Ensino Fundamental Valéria Gomes da SILVA Curso de Pedagogia FACED/UFU-MG. (gomesvaleria@hotmail.com) Elieuza Aparecida de LIMA

Leia mais

LINGUAGEM ESCRITA NA EDUCAÇÃO INFANTIL: FORMAS DE CONHECER O MUNDO

LINGUAGEM ESCRITA NA EDUCAÇÃO INFANTIL: FORMAS DE CONHECER O MUNDO LINGUAGEM ESCRITA NA EDUCAÇÃO INFANTIL: FORMAS DE CONHECER O MUNDO SILVA, Hayana Crislayne Benevides da. Graduanda Pedagogia - UEPB/Campus I hayana_benevides@yahoo.com.br SILVA, Alzira Maria Lima da. Graduanda

Leia mais

Parte 1 Código / Área Temática. Educação Especial

Parte 1 Código / Área Temática. Educação Especial NOME DO CURSO: O Ensino de Língua Portuguesa como segunda língua para estudantes surdos e/ou com deficiência auditiva Nível: Especialização Modalidade: Presencial Parte 1 Código / Área Temática Código

Leia mais

PRÁTICAS COTIDIANAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL E NA TRANSIÇÃO AO ENSINO FUNDAMENTAL: DESAFIOS E POSSIBILIDADES

PRÁTICAS COTIDIANAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL E NA TRANSIÇÃO AO ENSINO FUNDAMENTAL: DESAFIOS E POSSIBILIDADES PRÁTICAS COTIDIANAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL E NA TRANSIÇÃO AO ENSINO FUNDAMENTAL: DESAFIOS E POSSIBILIDADES Márcia Mariana Santos de Oliveira 1 UFJF Introdução O objetivo deste trabalho é refletir sobre as

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO FISICA NAS SÉRIES INICIAIS DA EDUCAÇÃO BÁSICA LEILA REGINA VALOIS MOREIRA

A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO FISICA NAS SÉRIES INICIAIS DA EDUCAÇÃO BÁSICA LEILA REGINA VALOIS MOREIRA 1 A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO FISICA NAS SÉRIES INICIAIS DA EDUCAÇÃO BÁSICA LEILA REGINA VALOIS MOREIRA INTRODUÇÃO O tema a ser estudado tem como finalidade discutir a contribuição da Educação Física enquanto

Leia mais

METODOLOGIA CIENTÍFICA PROJETO DE PESQUISA MONOGRAFIA PROJETO DE PESQUISA MONOGRAFIA CITAÇÕES NO TEXTO REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA ESTRUTURA MONOGRAFIA

METODOLOGIA CIENTÍFICA PROJETO DE PESQUISA MONOGRAFIA PROJETO DE PESQUISA MONOGRAFIA CITAÇÕES NO TEXTO REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA ESTRUTURA MONOGRAFIA METODOLOGIA CIENTÍFICA PROJETO DE PESQUISA MONOGRAFIA CITAÇÕES NO TEXTO REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA ESTRUTURA MONOGRAFIA 1 METODOLOGIA CIENTÍFICA ELABORANDO PROJETO DE PESQUISA MONOGRAFIA 2 Abordagem Sistêmica

Leia mais

XIII Encontro de Iniciação Científica IX Mostra de Pós-graduação 06 a 11 de outubro de 2008 BIODIVERSIDADE TECNOLOGIA DESENVOLVIMENTO

XIII Encontro de Iniciação Científica IX Mostra de Pós-graduação 06 a 11 de outubro de 2008 BIODIVERSIDADE TECNOLOGIA DESENVOLVIMENTO XIII Encontro de Iniciação Científica IX Mostra de Pós-graduação 06 a 11 de outubro de 2008 BIODIVERSIDADE TECNOLOGIA DESENVOLVIMENTO MCH0181 HISTÓRIAS EM QUADRINHOS SOB A PERSPECTIVA DA TEORIA BAKHTINIANA

Leia mais

Tradução/interpret(ação) de Libras/Língua Portuguesa em salas de aula do ensino regular... Atividade ética e estética

Tradução/interpret(ação) de Libras/Língua Portuguesa em salas de aula do ensino regular... Atividade ética e estética Tradução/interpret(ação) de Libras/Língua Portuguesa em salas de aula do ensino regular... Atividade ética e estética Adriane de Castro Menezes Sales 1 Traduzir não é atividade restrita ao estritamente

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES DE VYGOTSKY PARA O DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇA NO PROCESSO EDUCATIVO: ALGUMAS REFLEXÕES

CONTRIBUIÇÕES DE VYGOTSKY PARA O DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇA NO PROCESSO EDUCATIVO: ALGUMAS REFLEXÕES 49 CONTRIBUIÇÕES DE VYGOTSKY PARA O DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇA NO PROCESSO EDUCATIVO: ALGUMAS REFLEXÕES Rogério Drago 1 Paulo da Silva Rodrigues 2 Resumo: Este estudo tem como objetivo central discutir

Leia mais

Jogos de faz-de-conta: contribuições para a aquisição da linguagem escrita na infância

Jogos de faz-de-conta: contribuições para a aquisição da linguagem escrita na infância 11 Jogos de faz-de-conta: contribuições para a aquisição da linguagem escrita na infância Thais Batista de MELO Curso de Pedagogia FACED UFU (thaisdmelo@hotmail.com) Elieuza Aparecida de LIMA Departamento

Leia mais

IMPACTOS DA PROVINHA BRASIL NA REORGANIZAÇÃO DAS PRÁTICAS DE ALFABETIZAÇÃO DAS ESCOLAS PÚBLICAS DO PAÍS

IMPACTOS DA PROVINHA BRASIL NA REORGANIZAÇÃO DAS PRÁTICAS DE ALFABETIZAÇÃO DAS ESCOLAS PÚBLICAS DO PAÍS IMPACTOS DA PROVINHA BRASIL NA REORGANIZAÇÃO DAS PRÁTICAS DE ALFABETIZAÇÃO DAS ESCOLAS PÚBLICAS DO PAÍS MARINILDA MAIA (UFMG). Resumo Este texto faz parte de uma pesquisa que se insere no campo de estudos

Leia mais

A Pesquisa Crítica de Colaboração- aspectos teóricos-metodológicos da pesquisa

A Pesquisa Crítica de Colaboração- aspectos teóricos-metodológicos da pesquisa O BRINCAR NO PROCESSO DE REFLEXÃO CRÍTICA ENTRE PESQUISADORAS E COORDENADORAS DE CRECHES Resumo ABREU, Maritza Dessupoio de 1 - UFJF GOMES, Lilian Marta Dalamura 2 - UFJF SCHAPPER, Ilka 3 - UFJF Grupo

Leia mais

O desafio da interação no ensino-aprendizado de língua estrangeira no curso on-line da Evesp e nos presenciais CEL e Early Bird

O desafio da interação no ensino-aprendizado de língua estrangeira no curso on-line da Evesp e nos presenciais CEL e Early Bird O desafio da interação no ensino-aprendizado de língua estrangeira no curso on-line da Evesp e nos presenciais CEL e Early Bird Sandra Regina Silva Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho,

Leia mais

Proposta Pedagógica. Buscando atender às necessidades da comunidade local, o Colégio La Salle Brasília oferece educação infantil, fundamental e médio.

Proposta Pedagógica. Buscando atender às necessidades da comunidade local, o Colégio La Salle Brasília oferece educação infantil, fundamental e médio. Proposta Pedagógica Visão: Ser um centro de excelência em Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio que busca alcançar a utopia que tem de pessoa e sociedade, segundo os critérios do evangelho, vivenciando

Leia mais

A TRAJETÓRIA HISTÓRICO-CULTURAL E A FORMAÇÃO DO LEITOR: UM ESTUDO SOBRE A EXPERIÊNCIA SOCIAL INFANTIL RETRATADA EM HISTÓRIAS DE VIDA

A TRAJETÓRIA HISTÓRICO-CULTURAL E A FORMAÇÃO DO LEITOR: UM ESTUDO SOBRE A EXPERIÊNCIA SOCIAL INFANTIL RETRATADA EM HISTÓRIAS DE VIDA A TRAJETÓRIA HISTÓRICO-CULTURAL E A FORMAÇÃO DO LEITOR: UM ESTUDO SOBRE A EXPERIÊNCIA SOCIAL INFANTIL RETRATADA EM HISTÓRIAS DE VIDA Flávia Cristina Oliveira Murbach de Barros Programa de Pós-graduação

Leia mais

A formação de professores do campo: análise do perfil e dos sentidos da docência de estudantes da Licenciatura em Educação do Campo da FaE/UFMG

A formação de professores do campo: análise do perfil e dos sentidos da docência de estudantes da Licenciatura em Educação do Campo da FaE/UFMG A formação de professores do campo: análise do perfil e dos sentidos da docência de estudantes da Licenciatura em Educação do Campo da FaE/UFMG Introdução Aline Aparecida Angelo O debate sobre a formação

Leia mais

NARRATIVAS NA ESCOLA: ALGUÉM PODE ME DEIXAR ESCREVER?

NARRATIVAS NA ESCOLA: ALGUÉM PODE ME DEIXAR ESCREVER? 1 Danitza Dianderas da Silva 1 Universidade Federal de São Carlos NARRATIVAS NA ESCOLA: ALGUÉM PODE ME DEIXAR ESCREVER? Palavras são iguais Sendo diferentes... Palavra eu preciso Preciso com urgência Palavras

Leia mais

Jogos Cooperativos na Escola: Abordagem Lúdica Voltada à Formação Crítica e Criativa de Crianças e Adolescentes

Jogos Cooperativos na Escola: Abordagem Lúdica Voltada à Formação Crítica e Criativa de Crianças e Adolescentes 7 Jogos Cooperativos na Escola: Abordagem Lúdica Voltada à Formação Crítica e Criativa de Crianças e Adolescentes André Luiz Papaléo Mestrando da Faculdade de Educação Física da UNICAMP Renato Francisco

Leia mais

Uma Perspectiva Sócio-Histórica do Processo de Alfabetização com Conscientização do Contexto Sociocultural

Uma Perspectiva Sócio-Histórica do Processo de Alfabetização com Conscientização do Contexto Sociocultural Uma Perspectiva Sócio-Histórica do Processo de Alfabetização com Conscientização do Contexto Sociocultural Camila Turati Pessoa (Universidade Federal de Uberlândia) camilatpessoa@gmail.com Ruben de Oliveira

Leia mais

O ENSINO FUNDAMENTAL DE 9 ANOS EM DISSERTAÇÕES E TESES ACADÊMICAS: PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

O ENSINO FUNDAMENTAL DE 9 ANOS EM DISSERTAÇÕES E TESES ACADÊMICAS: PESQUISA BIBLIOGRÁFICA O ENSINO FUNDAMENTAL DE 9 ANOS EM DISSERTAÇÕES E TESES ACADÊMICAS: PESQUISA BIBLIOGRÁFICA Sara Janaina Alves Batista Faculdade de Pedagogia Centro de Ciência Humanas e Sociais Aplicadas sara.jab@puccampinas.edu.br

Leia mais

Mudanças de significações de gênero na Educação Infantil: uma análise na perspectiva histórico cultural

Mudanças de significações de gênero na Educação Infantil: uma análise na perspectiva histórico cultural Mudanças de significações de gênero na Educação Infantil: uma análise na perspectiva histórico cultural Juliana Lopes Garcia 1 Carlos Toscano 2 Resumo: Neste trabalho discutimos parte dos dados de uma

Leia mais

Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904

Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: INSERSÃO NO MERCADO DE TRABALHO DE PACIENTES COM TRANSTORNO MENTAL GRAVE (ESQUIZOFRENIA) E ATIVIDADES

Leia mais

O DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇA PRÉ-ESCOLAR ATRAVÉS DO ATO DO BRINCAR

O DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇA PRÉ-ESCOLAR ATRAVÉS DO ATO DO BRINCAR O DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇA PRÉ-ESCOLAR ATRAVÉS DO ATO DO BRINCAR Karen Vanessa Matozo Quimelli RESUMO O presente trabalho trata de um estudo sobre o brincar das crianças de quatro a cinco anos de idade

Leia mais

Leitura na Educação Infantil: Implicações da Teoria Histórico Cultural

Leitura na Educação Infantil: Implicações da Teoria Histórico Cultural Leitura na Educação Infantil: Implicações da Teoria Histórico Cultural EIXO 7 Pesquisa, Leitura, Escrita e Educação Ana Laura Ribeiro da Silva (Doutoranda) Cyntia Graziella Guizelim Simões Girotto (Orientadora)

Leia mais

ANÁLISE DE COMPREENSÃO DE TEXTO ESCRITO EM LÍNGUA INGLESA COM BASE EM GÊNEROS (BIOGRAFIA).

ANÁLISE DE COMPREENSÃO DE TEXTO ESCRITO EM LÍNGUA INGLESA COM BASE EM GÊNEROS (BIOGRAFIA). ANÁLISE DE COMPREENSÃO DE TEXTO ESCRITO EM LÍNGUA INGLESA COM BASE EM GÊNEROS (BIOGRAFIA). Alinne da Silva Rios Universidade do Sagrado Coração, Bauru/SP e-mail: alinnerios@hotmail.com Profa. Ms. Leila

Leia mais

II Congresso Nacional de Formação de Professores XII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores

II Congresso Nacional de Formação de Professores XII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores II Congresso Nacional de Formação de Professores XII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA E GRADUAÇÃO: UMA ARTICULAÇÃO POSSÍVEL NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Programas Espaço de Convivência da Melhor Idade e LBV Criança: Futuro no Presente!

Mostra de Projetos 2011. Programas Espaço de Convivência da Melhor Idade e LBV Criança: Futuro no Presente! Mostra de Projetos 2011 Programas Espaço de Convivência da Melhor Idade e LBV Criança: Futuro no Presente! Mostra Local de: Londrina. Categoria do projeto: Projetos em implantação, com resultados parciais.

Leia mais

CURSO I FUNDAMENTOS CONCEITOS E PRÁTICAS DA EP

CURSO I FUNDAMENTOS CONCEITOS E PRÁTICAS DA EP ASSOCIAÇÃO DE ESCOLAS CRISTÃS DE EDUCAÇÃO POR PRINCÍPIOS JULIANA POMPEO HELPA CURSO I FUNDAMENTOS CONCEITOS E PRÁTICAS DA EP 02 de Maio de 2015 Curitiba, Paraná ASSOCIAÇÃO DE ESCOLAS CRISTÃS DE EDUCAÇÃO

Leia mais

O PLANEJAMENTO E A AVALIAÇÃO INICIAL/DIAGNÓSTICA

O PLANEJAMENTO E A AVALIAÇÃO INICIAL/DIAGNÓSTICA O PLANEJAMENTO E A AVALIAÇÃO INICIAL/DIAGNÓSTICA Profa. Me. Michele Costa (Professora do Curso de Pedagogia das Faculdades COC) 06 e 07/04/2010 CONVERSAREMOS SOBRE: Planejamento e RCN: Oralidade na Educação

Leia mais

O LIVRO DIDÁTICO ENGLISH IN MIND II: IDEOLOGIA E IMAGENS DISCURSIVAS

O LIVRO DIDÁTICO ENGLISH IN MIND II: IDEOLOGIA E IMAGENS DISCURSIVAS 1 O LIVRO DIDÁTICO ENGLISH IN MIND II: IDEOLOGIA E IMAGENS DISCURSIVAS Marília Résio LEMES 1 mariliaresio@hotmail.com RESUMO: O livro didático é um objeto de múltiplas facetas e, às vezes, trazem temas

Leia mais

FENÔMENOS DA NATUREZA: REPRESENTAÇÕES INFANTIS E MEDIAÇÃO DO PROFESSOR INTRODUÇÃO

FENÔMENOS DA NATUREZA: REPRESENTAÇÕES INFANTIS E MEDIAÇÃO DO PROFESSOR INTRODUÇÃO FENÔMENOS DA NATUREZA: REPRESENTAÇÕES INFANTIS E MEDIAÇÃO DO PROFESSOR Palara-chave: conceitos da criança, pedagogia Nerli Nonato Ribeiro Mori Nara Cristina Miranda Universidade Estadual de Maringá INTRODUÇÃO

Leia mais

O PATINHO FEIO E O ROUXINOL E O IMPERADOR DA CHINA DE HANS CHRISTIAN ANDERSEN: A LITERATURA INFANTIL NAS 4ª SÉRIES DO ENSINO FUNDAMENTAL.

O PATINHO FEIO E O ROUXINOL E O IMPERADOR DA CHINA DE HANS CHRISTIAN ANDERSEN: A LITERATURA INFANTIL NAS 4ª SÉRIES DO ENSINO FUNDAMENTAL. Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 22 a 25 de outubro, 2012 949 O PATINHO FEIO E O ROUXINOL E O IMPERADOR DA CHINA DE HANS CHRISTIAN ANDERSEN: A LITERATURA INFANTIL NAS 4ª SÉRIES

Leia mais

ESTUDAR E BRINCAR OU BRINCAR E ESTUDAR? ESTUDAR E BRINCAR OU BRINCAR E ESTUDAR?

ESTUDAR E BRINCAR OU BRINCAR E ESTUDAR? ESTUDAR E BRINCAR OU BRINCAR E ESTUDAR? ESTUDAR E BRINCAR OU BRINCAR E ESTUDAR? O que dizem as crianças sobre o brincar e a brincadeira no 1 ano do Ensino Fundamental? Resumo JAIRO GEBIEN - UNIVALI 1 Esta pesquisa visa investigar os momentos

Leia mais

Palavras-chave: Leitura. Oralidade. (Re)escrita. Introdução

Palavras-chave: Leitura. Oralidade. (Re)escrita. Introdução 12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA (X ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA OS TEXTOS

Leia mais

PROJETOS DE LETRAMENTO, SEQUÊNCIAS DIDÁTICAS E PRÁTICAS DE LETRAMENTO: INSTRUMENTOS (INTER)MEDIADORES PARA A ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO DO PROFESSOR

PROJETOS DE LETRAMENTO, SEQUÊNCIAS DIDÁTICAS E PRÁTICAS DE LETRAMENTO: INSTRUMENTOS (INTER)MEDIADORES PARA A ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO DO PROFESSOR PROJETOS DE LETRAMENTO, SEQUÊNCIAS DIDÁTICAS E PRÁTICAS DE LETRAMENTO: INSTRUMENTOS (INTER)MEDIADORES PARA A ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO DO PROFESSOR Thassiana Reis Félix (PG-UEL) Maria IlzaZirondi (UEL) Resumo:

Leia mais

Palavras-chave: Educação; Funções Psicológicas Superiores; Consciência

Palavras-chave: Educação; Funções Psicológicas Superiores; Consciência AS CONTRIBUIÇÕES DA TEORIA PSICOLÓGICA SÓCIO HISTÓRICA PARA A EDUCAÇÃO E A CONSTITUIÇÃO DOS PROCESSOS E FUNÇÕES PSICOLÓGICAS SUPERIORES E DA CONSCIÊNCIA Mara Silvia Cabral de Melo Kato marakatto@yahoo.com.br

Leia mais

GÊNEROS TEXTUAIS ACADÊMICOS: O QUE DIZEM OS DISCENTES DO CURSO DE LETRAS?

GÊNEROS TEXTUAIS ACADÊMICOS: O QUE DIZEM OS DISCENTES DO CURSO DE LETRAS? GÊNEROS TEXTUAIS ACADÊMICOS: O QUE DIZEM OS DISCENTES DO CURSO DE LETRAS? Anderson Diógenes de Assis Dantas Célia Maria de Medeiros 2 1 RESUMO: Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa qualitativa

Leia mais

Contribuições da Clínica: problematizando o discurso parental sobre a criança com deficiência

Contribuições da Clínica: problematizando o discurso parental sobre a criança com deficiência CONTRIBUIÇÕES DO DIALOGISMO PARA A ANÁLISE DAS VOZES DO DISCURSO PARENTAL DA CRIANÇA COM DEFICIÊNCIA Introdução Fernanda Dias 1 Este trabalho tem como objetivo apresentar as primeiras considerações teóricometodológicas

Leia mais

Os gêneros presentes nas propostas de produção escrita de livros didáticos do Ensino Médio.

Os gêneros presentes nas propostas de produção escrita de livros didáticos do Ensino Médio. Os gêneros presentes nas propostas de produção escrita de livros didáticos do Ensino Médio. Dalva Aparecida do Carmo Constantino, UFMT, Faculdades Integradas de Rondonópolis (FAIR/UNIR). Este trabalho

Leia mais

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 34, Toledo PR Fone: 377-850 PLANEJAMENTO ANUAL DE MÚSICA SÉRIE: PRÉ I PROFESSOR: Carla Iappe

Leia mais

REVISTA CIENTÍFICA ELETÔNICA DE PEDAGOGIA ISSN: 1678-300X. Ano VIII Número 15 Janeiro de 2010 Periódicos Semestral

REVISTA CIENTÍFICA ELETÔNICA DE PEDAGOGIA ISSN: 1678-300X. Ano VIII Número 15 Janeiro de 2010 Periódicos Semestral ENSINANDO A LER: AS ESTRATÉGIAS DE LEITURA SILVA, Joice Ribeiro Machado da 1 RESUMO Buscamos nessa pesquisa compreender como a criança poderá se tornar uma leitora competente através do letramento literário.

Leia mais

Composição musical na educação infantil: uma experiência possível

Composição musical na educação infantil: uma experiência possível Composição musical na educação infantil: uma experiência possível Francine Kemmer Cernev francine@cernev.com.br Universidade Estadual de Londrina/ Colégio Nossa Senhora do Rosário, Cornélio Procópio/PR/

Leia mais

VI ENCUENTRO IBEROAMERICANO DE COLECTIVOS ESCOLARES Y REDES DE MAESTROS/AS QUE HACEN INVESTIGACIÓN E INOVACIÓN DESDE LA ESCUELA

VI ENCUENTRO IBEROAMERICANO DE COLECTIVOS ESCOLARES Y REDES DE MAESTROS/AS QUE HACEN INVESTIGACIÓN E INOVACIÓN DESDE LA ESCUELA VI ENCUENTRO IBEROAMERICANO DE COLECTIVOS ESCOLARES Y REDES DE MAESTROS/AS QUE HACEN INVESTIGACIÓN E INOVACIÓN DESDE LA ESCUELA LÍNGUA MATERNA: UMA DISCIPLINA TRANSVERSAL Autoras: Alessandra Kosinski de

Leia mais

LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA: A PRÁTICA DE ENSINO COMO ESPAÇO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA

LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA: A PRÁTICA DE ENSINO COMO ESPAÇO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA: A PRÁTICA DE ENSINO COMO ESPAÇO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA Resumo FINCK, Silvia Christina Madrid UEPG scmfinck@uol.com.br Área Temática: Educação: Práticas e Estágios

Leia mais

Alfabetização Matemática: O universo lúdico infantil potencializando a aprendizagem

Alfabetização Matemática: O universo lúdico infantil potencializando a aprendizagem 1 Alfabetização Matemática: O universo lúdico infantil potencializando a aprendizagem Juliana de Alcântara Silveira Rubio 1 Resumo A alfabetização matemática, assim como a alfabetização da língua materna,

Leia mais

O PAPEL DOS JOGOS LÚDICOS NA EDUCAÇÃO CONTEMPORÂNEA

O PAPEL DOS JOGOS LÚDICOS NA EDUCAÇÃO CONTEMPORÂNEA O PAPEL DOS JOGOS LÚDICOS NA EDUCAÇÃO CONTEMPORÂNEA Patrícia Raffin Ancinelo 1 Leia Palma Caldeira 2 Resumo A utilização de jogos lúdicos auxilia o sujeito aprendente durante a construção de novas estruturas

Leia mais

Vivência da Paz e Valores Humanos: Ação Transdisciplinar como Caminho

Vivência da Paz e Valores Humanos: Ação Transdisciplinar como Caminho Vivência da Paz e Valores Humanos: Ação Transdisciplinar como Caminho RESUMO Rosa Maria Viana (Universidade Salgado Oliveira/rosamviana@yahoo.com.br) Cirlena Procópio (Universidade Salgado Oliveira/cprocopio@brturbo.com.br)

Leia mais

EIXOS TEMÁTICOS REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS

EIXOS TEMÁTICOS REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS EIXOS TEMÁTICOS 1. Cultura, saberes e práticas escolares e pedagógicas na educação profissional e tecnológica: arquivos escolares, bibliotecas e centros de documentação. Para este eixo temático espera

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSORES SUBSTITUTOS EDITAL

PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSORES SUBSTITUTOS EDITAL EDUCAÇÃO INFANTIL 01) Tomando como base a bibliografia atual da área, assinale a alternativa que destaca CORRE- TAMENTE os principais eixos de trabalho articuladores do cotidiano pedagógico nas Instituições

Leia mais

O PLÁGIO E A AUTORIA NO ENSINO SUPERIOR BRASILEIRO: ENTRE O SER E O NÃO SER AUTOR

O PLÁGIO E A AUTORIA NO ENSINO SUPERIOR BRASILEIRO: ENTRE O SER E O NÃO SER AUTOR O PLÁGIO E A AUTORIA NO ENSINO SUPERIOR BRASILEIRO: ENTRE O SER E O NÃO SER AUTOR Alline dos Santos Rodrigues da Mata * Monaliza Alves Lopes* Rosy-Mary Magalhães de Oliveira Sousa** FACULDADE ALFREDO NASSER

Leia mais

IMAGEM TÉCNICA, PRODUÇÃO DE SUBJETIVIDADE E PESQUISA EM CIÊNCIAS HUMANAS: DESAFIOS METODOLÓGICOS

IMAGEM TÉCNICA, PRODUÇÃO DE SUBJETIVIDADE E PESQUISA EM CIÊNCIAS HUMANAS: DESAFIOS METODOLÓGICOS IMAGEM TÉCNICA, PRODUÇÃO DE SUBJETIVIDADE E PESQUISA EM CIÊNCIAS HUMANAS: DESAFIOS METODOLÓGICOS Aluno: Lucas Boscacci Pereira Lima da Silva Orientadora: Solange Jobim e Souza Introdução Câmera como Instrumento

Leia mais

Curso: Letras Português ( 1 ª Licenciatura) II Bloco

Curso: Letras Português ( 1 ª Licenciatura) II Bloco Curso: Letras Português ( 1 ª Licenciatura) I Bloco Filosofia da Educação 60 horas Metodologia Científica 60 horas Iniciação à Leitura e Produção de Textos Acadêmicos 60 horas Introdução à filosofia e

Leia mais

O QUE REVELAM OS DOCUMENTOS OFICIAIS DE EDUCAÇÃO INFANTIL SOBRE A DIMENSÃO AFETIVA

O QUE REVELAM OS DOCUMENTOS OFICIAIS DE EDUCAÇÃO INFANTIL SOBRE A DIMENSÃO AFETIVA Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 22 a 25 de outubro, 2012 1007 O QUE REVELAM OS DOCUMENTOS OFICIAIS DE EDUCAÇÃO INFANTIL SOBRE A DIMENSÃO AFETIVA Viviane Aparecida Ferreira

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM POLÍTICAS PÚBLICAS, ESTRATÉGIAS E DESENVOLVIMENTO

PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM POLÍTICAS PÚBLICAS, ESTRATÉGIAS E DESENVOLVIMENTO PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM POLÍTICAS PÚBLICAS, ESTRATÉGIAS E DESENVOLVIMENTO LINHA DE PESQUISA: POLÍTICAS PÚBLICAS DE CULTURA JUSTIFICATIVA O campo de pesquisa em Políticas Públicas de

Leia mais

EXPRESSÃO CORPORAL E EDUCAÇÃO: ELOS DE CONHECIMENTO 1

EXPRESSÃO CORPORAL E EDUCAÇÃO: ELOS DE CONHECIMENTO 1 EXPRESSÃO CORPORAL E EDUCAÇÃO: ELOS DE CONHECIMENTO 1 Mariane dos Reis Pedrosa * Helenice Maria Tavares ** RESUMO A expressão corporal é uma técnica importantíssima para a Educação, que pode ser trabalhada

Leia mais

ção o do saber e da cultura do estudante e da comunidade.

ção o do saber e da cultura do estudante e da comunidade. CADERNO 3 Conselho Escolar e o respeito e a valorizaçã ção o do saber e da cultura do estudante e da comunidade. O caderno trata do sentido político e educacional que o conselho possui, da valorizaçã ção

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO PLANO DE TRABALHO E DO PAPEL DA EQUIPE NAS AÇÕES DA BRINQUEDOTECA HOSPITALAR

A IMPORTÂNCIA DO PLANO DE TRABALHO E DO PAPEL DA EQUIPE NAS AÇÕES DA BRINQUEDOTECA HOSPITALAR 8. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: EDUCAÇÃO A IMPORTÂNCIA DO PLANO DE TRABALHO E DO PAPEL DA EQUIPE NAS AÇÕES DA BRINQUEDOTECA HOSPITALAR KAILER, Priscila Gabriele da Luz - 1

Leia mais

A atividade de Relações Públicas como suporte para a gestão socialmente responsável

A atividade de Relações Públicas como suporte para a gestão socialmente responsável A atividade de Relações Públicas como suporte para a gestão socialmente responsável Felipe de Oliveira Fernandes Vivemos em um mundo que está constantemente se modificando. O desenvolvimento de novas tecnologias

Leia mais

INGLÊS Cont. Ano Letivo 2014/2015 INFORMAÇÃO. 11º Ano de Escolaridade. Prova 367 2015. Pág. 1 de 5. 1. Objeto de avaliação

INGLÊS Cont. Ano Letivo 2014/2015 INFORMAÇÃO. 11º Ano de Escolaridade. Prova 367 2015. Pág. 1 de 5. 1. Objeto de avaliação Ano Letivo 2014/2015 INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA A À FREQUÊNCIA INGLÊS Cont. Prova 367 2015 11º Ano de Escolaridade Decreto-Lei nº 139/2012, de 5 de julho 1. Objeto de avaliação A prova a que esta

Leia mais

A MÚSICA NOS ANOS INICIAIS DA ESCOLARIZAÇÃO: UMA PROPOSTA PARA A FORMAÇÃO E ATUAÇÃO DO PROFESSOR NÃO ESPECIALISTA

A MÚSICA NOS ANOS INICIAIS DA ESCOLARIZAÇÃO: UMA PROPOSTA PARA A FORMAÇÃO E ATUAÇÃO DO PROFESSOR NÃO ESPECIALISTA A MÚSICA NOS ANOS INICIAIS DA ESCOLARIZAÇÃO: UMA PROPOSTA PARA A FORMAÇÃO E ATUAÇÃO DO PROFESSOR NÃO ESPECIALISTA I- Introdução Silvia Cordeiro Nassif Schroeder (USP) As relações entre arte, desenvolvimento

Leia mais

A PERIODIZAÇÃO DO DESENVOLVIMENTO PSICOLÓGICO NA INFÂNCIA: CONTRIBUIÇÕES DA PSICOLOGIA HISTÓRICO-CULTURAL PARA A EDUCAÇÃO ESCOLAR

A PERIODIZAÇÃO DO DESENVOLVIMENTO PSICOLÓGICO NA INFÂNCIA: CONTRIBUIÇÕES DA PSICOLOGIA HISTÓRICO-CULTURAL PARA A EDUCAÇÃO ESCOLAR A PERIODIZAÇÃO DO DESENVOLVIMENTO PSICOLÓGICO NA INFÂNCIA: CONTRIBUIÇÕES DA PSICOLOGIA HISTÓRICO-CULTURAL PARA A EDUCAÇÃO ESCOLAR Ricardo Eleutério dos Anjos 1 RESUMO Este artigo tem como objetivo acrescentar

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO PARA EDUCAÇÃO INFANTIL: UMA ANÁLISE A PARTIR DO INSTITUTO DESEMBARGADOR SEVERINO MONTENEGRO.

A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO PARA EDUCAÇÃO INFANTIL: UMA ANÁLISE A PARTIR DO INSTITUTO DESEMBARGADOR SEVERINO MONTENEGRO. A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO PARA EDUCAÇÃO INFANTIL: UMA ANÁLISE A PARTIR DO INSTITUTO DESEMBARGADOR SEVERINO MONTENEGRO. Elisângela Justino / Graduanda- UEPB Larissa Emily de Oliveira / Graduanda- UEPB Resumo:

Leia mais

O USO DE GÊNEROS DO DISCURSO EM LIVROS DIDÁTICOS DE LÍNGUA PORTUGUESA (LDP) PALAVRAS-CHAVE: livro didático; produção textual; gêneros do discurso

O USO DE GÊNEROS DO DISCURSO EM LIVROS DIDÁTICOS DE LÍNGUA PORTUGUESA (LDP) PALAVRAS-CHAVE: livro didático; produção textual; gêneros do discurso O USO DE GÊNEROS DO DISCURSO EM LIVROS DIDÁTICOS DE LÍNGUA PORTUGUESA (LDP) BERNARDES, Janima 1 FABIANO, Sulemi 2 RESUMO: O presente trabalho tem como objetivo verificar a abordagem feita a cerca da produção

Leia mais

ENSAIO ACERCA DAS POLÍTICAS BRASILEIRAS ATUAIS PARA O ENSINO DE NOVE ANOS

ENSAIO ACERCA DAS POLÍTICAS BRASILEIRAS ATUAIS PARA O ENSINO DE NOVE ANOS ENSAIO ACERCA DAS POLÍTICAS BRASILEIRAS ATUAIS PARA O ENSINO DE NOVE ANOS 2015 Karen Cristine Teixeira Adriano Schlösser Gabriela Rodrigues Universidade Federal de Santa Catarina (Brasil) E-mail de contato:

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE tarefas tecnológicas, práticas didáticas, tarefas criativas.

PALAVRAS-CHAVE tarefas tecnológicas, práticas didáticas, tarefas criativas. 12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: (x) EDUCAÇÃO. A relação entre o contexto do livro didático e a tarefa digital criativa no PIC Reinaldo Afonso Mayer (ramayer1952@gmail.com)

Leia mais

Palavras-chave: ensino de línguas; língua espanhola; ação social; jovens e adultos

Palavras-chave: ensino de línguas; língua espanhola; ação social; jovens e adultos ESPANHOL GRATUITO PARA A COMUNIDADE DO PANTANAL: APROXIMANDO UNIVERSIDADE E SOCIEDADE Área Temática: Educação Camila Teixeira Saldanha e Carolina Parrini Ferreira 1 Ana Paula da Costa Silva e Marina Molina

Leia mais

Comunicação em jogo: a relação entre as mudanças organizacionais e as atividades lúdicas

Comunicação em jogo: a relação entre as mudanças organizacionais e as atividades lúdicas Comunicação em jogo: a relação entre as mudanças organizacionais e as atividades lúdicas Tainah Schuindt Ferrari Veras Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Bauru/SP e-mail: tainah.veras@gmail.com

Leia mais

OS GÊNEROS E A FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE LÍNGUA PORTUGUESA: MUITAS PEDRAS NO CAMINHO.

OS GÊNEROS E A FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE LÍNGUA PORTUGUESA: MUITAS PEDRAS NO CAMINHO. OS GÊNEROS E A FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE LÍNGUA PORTUGUESA: MUITAS PEDRAS NO CAMINHO. Tânia Cristina Lemes Machado (UFMT) * Novos horizontes, velhas práticas A formação docente tem sido cada vez mais questionada

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES DA TEORIA HISTÓRICO-CULTURAL À PEDAGOGIA DA INFÂNCIA E AO TRABALHO DO PROFESSOR DA EDUCAÇÃO INFANTIL.

CONTRIBUIÇÕES DA TEORIA HISTÓRICO-CULTURAL À PEDAGOGIA DA INFÂNCIA E AO TRABALHO DO PROFESSOR DA EDUCAÇÃO INFANTIL. CONTRIBUIÇÕES DA TEORIA HISTÓRICO-CULTURAL À PEDAGOGIA DA INFÂNCIA E AO TRABALHO DO PROFESSOR DA EDUCAÇÃO INFANTIL. SILVA, Edilson Azevedo da FCT/UNESP dilazevedo@terra.com.br GUIMARÃES, Célia Maria FCT/UNESP

Leia mais

Comissão Europa de Educação Espirita Infantojuvenil. Conselho Espirita Internacional Coordenadoria Europa

Comissão Europa de Educação Espirita Infantojuvenil. Conselho Espirita Internacional Coordenadoria Europa Comissão Europa de Educação Espirita Infantojuvenil Conselho Espirita Internacional Coordenadoria Europa Atividades realizadas 2012/2013: Criação Banco de Dados para armazenamento material em diversos

Leia mais

O PAPEL SOCIAL DA LÍNGUA: O PODER DAS VARIEDADES LINGÜÍSTICAS Carmen Elena das Chagas (UFF/UNESA) carmenelena@bol.com.br

O PAPEL SOCIAL DA LÍNGUA: O PODER DAS VARIEDADES LINGÜÍSTICAS Carmen Elena das Chagas (UFF/UNESA) carmenelena@bol.com.br O PAPEL SOCIAL DA LÍNGUA: O PODER DAS VARIEDADES LINGÜÍSTICAS Carmen Elena das Chagas (UFF/UNESA) carmenelena@bol.com.br CONSIDERAÇÕES INICIAIS A língua, na concepção da sociolingüística, é intrinsecamente

Leia mais

Gêneros discursivos e produção de textos: de práticas socioculturais a objetos de ensino

Gêneros discursivos e produção de textos: de práticas socioculturais a objetos de ensino ARTIGOS Revista Augustus Rio de Janeiro Ano 16 N. 31 Fevereiro de 2011 Semestral Gêneros discursivos e produção de textos: de práticas socioculturais a objetos de ensino Resumo: Este artigo tem como objetivo

Leia mais

Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 17 a 20 de outubro, 2011 944 RESUMOS SIMPLES...945 RESUMOS DE PROJETOS...

Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 17 a 20 de outubro, 2011 944 RESUMOS SIMPLES...945 RESUMOS DE PROJETOS... Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 17 a 20 de outubro, 2011 944 RESUMOS SIMPLES...945 RESUMOS DE PROJETOS...947 Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente,

Leia mais

ALFABETIZAÇÃO INTERDISCIPLINAR COM A LENDA DO BOTO RESUMO

ALFABETIZAÇÃO INTERDISCIPLINAR COM A LENDA DO BOTO RESUMO ALFABETIZAÇÃO INTERDISCIPLINAR COM A LENDA DO BOTO RESUMO Cristina Maria da Silva Lima cris86lima@yahoo.com.br Diana Gonçalves dos Santos dianasantos07@gmail.com (IEMCI/UFPA) Este estudo apresenta um relato

Leia mais

sonhando nova escola nova sociedade com uma e uma Atividade de leitura de clássicos da literatura. Pai voluntário em sala de aula.

sonhando nova escola nova sociedade com uma e uma Atividade de leitura de clássicos da literatura. Pai voluntário em sala de aula. Atividade de leitura de clássicos da literatura. Pai voluntário em sala de aula. 01_IN_CA_FolderTecnico180x230_capa.indd 3 sonhando com uma nova escola e uma nova sociedade 7/24/13 2:16 PM comunidade de

Leia mais

Enunciação e ensino: a prática de análise lingüística na sala de aula a favor do desenvolvimento da competência discursiva

Enunciação e ensino: a prática de análise lingüística na sala de aula a favor do desenvolvimento da competência discursiva Enunciação LETRAS DE e HOJE ensino: LETRAS a prática DE de HOJE análise LETRAS... DE HOJE LETRAS DE HOJE LETRAS DE HOJE LETRAS DE HOJE LETRAS DE HOJE 69 texto Enunciação e ensino: a prática de análise

Leia mais

ÍNDICES SOCIAIS DE VALOR: MASS MEDIA, LINGUAGEM E ENVELHECIMENTO

ÍNDICES SOCIAIS DE VALOR: MASS MEDIA, LINGUAGEM E ENVELHECIMENTO ÍNDICES SOCIAIS DE VALOR: MASS MEDIA, LINGUAGEM E ENVELHECIMENTO Denise Regina Stacheski - UTP denise.stacheski@utp.br Giselle Aparecida Athayde Massi - UTP giselle.massi@utp.br Introdução: O resumo estendido

Leia mais

A RELAÇÃO ENTRE A LINGUAGEM EM BLOGS EDUCATIVOS E O PROCESSO DE APRENDIZAGEM Adriana Ferreira Boeira* PPGEd/UCS

A RELAÇÃO ENTRE A LINGUAGEM EM BLOGS EDUCATIVOS E O PROCESSO DE APRENDIZAGEM Adriana Ferreira Boeira* PPGEd/UCS 1 A RELAÇÃO ENTRE A LINGUAGEM EM BLOGS EDUCATIVOS E O PROCESSO DE APRENDIZAGEM Adriana Ferreira Boeira* PPGEd/UCS RESUMO: Este trabalho apresenta a pesquisa, que está em andamento, que tem como objetivo

Leia mais

Palavras-chave: educação infantil, políticas públicas, psicologia histórico-cultural.

Palavras-chave: educação infantil, políticas públicas, psicologia histórico-cultural. AS POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL: REALIDADE DE UM MUNICÍPIO DO SUDESTE GOIANO. Janaina Cassiano Silva i Heitor Abadio Vicente ii Resumo Este trabalho é fruto de pesquisa de Iniciação Científica,

Leia mais

BRINCADEIRA E BRINQUEDOTECA NA EDUCAÇÃO INFANTIL: DESAFIOS E POSSIBILIDADES PARA A FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES

BRINCADEIRA E BRINQUEDOTECA NA EDUCAÇÃO INFANTIL: DESAFIOS E POSSIBILIDADES PARA A FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES BRINCADEIRA E BRINQUEDOTECA NA EDUCAÇÃO INFANTIL: DESAFIOS E POSSIBILIDADES PARA A FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES Elieuza Aparecida de Lima - Departamento de Didática, FFC, Unesp, Campus de Marília

Leia mais

9º Congresso de Pós-Graduação DIREITOS HUMANOS: A ABORDAGEM HISTÓRICO-CULTURAL E PESSOAS COM DEFICIÊNCIA UM MUNDO QUE TENHA SIGNIFICADOS

9º Congresso de Pós-Graduação DIREITOS HUMANOS: A ABORDAGEM HISTÓRICO-CULTURAL E PESSOAS COM DEFICIÊNCIA UM MUNDO QUE TENHA SIGNIFICADOS 9º Congresso de Pós-Graduação DIREITOS HUMANOS: A ABORDAGEM HISTÓRICO-CULTURAL E PESSOAS COM DEFICIÊNCIA UM MUNDO QUE TENHA SIGNIFICADOS Autor(es) ELIANE APARECIDA ANDREOLI Orientador(es) MARIA INES BACELAR

Leia mais

A LITERATURA INFANTIL E O DESENVOLVIMENTO DA LINGUAGEM NA EDUCAÇÃO INFANTIL: CONTRIBUIÇÕES DA TEORIA HISTÓRICO-CULTURAL.

A LITERATURA INFANTIL E O DESENVOLVIMENTO DA LINGUAGEM NA EDUCAÇÃO INFANTIL: CONTRIBUIÇÕES DA TEORIA HISTÓRICO-CULTURAL. A LITERATURA INFANTIL E O DESENVOLVIMENTO DA LINGUAGEM NA EDUCAÇÃO INFANTIL: CONTRIBUIÇÕES DA TEORIA HISTÓRICO-CULTURAL. Thaís Borella; Irineu Aliprando Tuim Viotto Filho; Renata Junqueira de Souza. Faculdade

Leia mais

A EXPERIÊNCIA NO TRATAMENTO PSICOLÓGICO COM PESSOAS SURDAS: UM ESTUDO DE CASO

A EXPERIÊNCIA NO TRATAMENTO PSICOLÓGICO COM PESSOAS SURDAS: UM ESTUDO DE CASO A EXPERIÊNCIA NO TRATAMENTO PSICOLÓGICO COM PESSOAS SURDAS: UM ESTUDO DE CASO Adriana Cattalini, Silvia Aparecida Fornazari. Centro Universitario Católico Salesiano Auxilium UNISALESIANO /Lins,SP. acattalini@bol.com.br,

Leia mais

O ENSINO DE FILOSOFIA PARA CRIANÇAS: CAMINHOS E POSSIBILIDADES

O ENSINO DE FILOSOFIA PARA CRIANÇAS: CAMINHOS E POSSIBILIDADES O ENSINO DE FILOSOFIA PARA CRIANÇAS: CAMINHOS E POSSIBILIDADES Andressa Vieira Ferreira Faculdade Católica de Uberlândia andressavifer@hotmail.com Prof. Silvano Severino Dias 1 Faculdade Católica de Uberlândia

Leia mais

Profª Drª Maria Aparecida Baccega

Profª Drª Maria Aparecida Baccega Profª Drª Maria Aparecida Baccega http://lattes.cnpq.br/8872152033316612 Elizabeth Moraes Gonçalves - UMESP Alguns dados de currículo Livre Docente em Comunicação pela Escola de Comunicações e Artes da

Leia mais

Planejamento Anual 2014 Religião 1º período 2º ano - Ensino Fundamental I. Reconhecer-se como ser único e especial.

Planejamento Anual 2014 Religião 1º período 2º ano - Ensino Fundamental I. Reconhecer-se como ser único e especial. Religião 1º período 1- Ser humano (único e especial). 2- A identidade do ser humano. 3- Qualidades próprias do ser humano. 4- Caracterização do ser humano (sentimentos, vontades, liberdade e capacidade

Leia mais