REGULAMENTO DA ATIVIDADE SEMIPRESENCIAL INTEGRADA. Capítulo I Das Modalidades

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REGULAMENTO DA ATIVIDADE SEMIPRESENCIAL INTEGRADA. Capítulo I Das Modalidades"

Transcrição

1 REGULAMENTO DA ATIVIDADE SEMIPRESENCIAL INTEGRADA Visa modificar o regulamento da atividade semipresencial integrada para o Curso de Direito, no intuito de melhorar a sua flexibilidade, diversidade e qualidade, atendendo às diretrizes da Portaria nº 4.059, de 10/12/2004 do MEC. Capítulo I Das Modalidades Art. 1º. Para os efeitos do presente Regulamento, a Atividade Semipresencial Integrada visa à produção resultante de atividade de pesquisa, e/ou de extensão ligada a(s) disciplina(s) na qual o(s) acadêmico(s) esta(ão) regularmente matriculado(s), na seguintes formas: I artigo científico e/ou pôster, elaborado por até três acadêmicos; II participação regular em grupo de estudos, coordenado por docente da instituição; III participação como monitor de extensão, pesquisa ou ensino, em projetos institucionais; IV participação na comissão organizadora de eventos institucionais; V fichamento de uma das obras bibliográficas indicadas pelo Conselho do Curso para o semestre. Capítulo II Do artigo científico e/ou poster Art. 2º. O artigo científico, produção na qual se apresenta e discute ideias, métodos, técnicas, processos e resultados nas diversas áreas do conhecimento, conforme definição da NBR 6022/2003, da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), deverá observar os seguintes aspectos formais, sem prejuízo das regras da própria ABNT em conformidade com este Regulamento: I nome completo do(s) autor(es), bem como sua qualificação acadêmica, o endereço postal e eletrônico e telefone para contato; II O nome do professor da disciplina escolhida, este aparecerá no trabalho obrigatoriamente como co-autor; III título, claro e preciso; IV resumo em português, contendo entre 100 (cem) e 150 (cento e cinqüenta) palavras; V três palavras-chave em português e, VI de 15 a 20 laudas, em folha A4, letra corpo 12, fonte Arial, espacejamento 1,5 entre linha. Art. 3º. O pôster, conforme definição adotada pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós- Graduação da ULBRA consiste em painel auto-explicativo, elaborado em português,

2 com 1,0 m de altura, 0,70 m de largura, deverá obrigatoriamente conter os seguintes elementos: I no cabeçalho do pôster: título do trabalho e nome do(s) autor (es), instituição e curso a que pertencem; II O nome do professor da disciplina escolhida, este aparecerá no trabalho obrigatoriamente como co-autor; III No corpo do pôster e seguindo esta ordem: introdução, objetivos, metodologia, resultados parciais ou finais, conclusão parcial ou final e referências; IV O(s) autor(es) deverá(ão) encaminhar o trabalho definitivo em formato A4 (incluindo imagens). Art. 4º. O artigo científico e/ou pôster, no âmbito da Atividade Semipresencial Integrada, deverão versar sobre uma das linhas de pesquisa contidas do Projeto Pedagógico do Curso de Direito da ULBRA Carazinho, conforme o descrito: 1º. Linha 01 Estado, Sociedade e Direito: A linha tem por objetivo discutir questões relativas aos fundamentos do Estado Democrático de Direito, jurisdição, legitimidade das normas jurídicas a partir da fundamentação filosófico-política dos direitos humanos, bem como analisar o político e o jurídico diante da complexidade da sociedade do século XXI; 2º. Linha 02 Efetivação dos Direitos Humanos: A linha tem por propósito o estudo dos mecanismos de materialização e proteção dos direitos humanos, a partir da atuação do Estado e de seus entes federados, da sociedade civil e do sistema jurídico internacional, a considerar a complexidade da sociedade do século XXI. Art. 5º. Será admitido para validação de Atividade Semipresencial Integrada o trabalho definido nos Arts. 2º, 3 º e 4 º, nos seguintes termos: 1º. O(s) acadêmico(s) devera(ão) escolher uma das disciplinas na qual esteve(estiveram) matriculado(s) para realizar a tarefa e desenvolver o artigo científico e/ou pôster ligado a mesma; 2º. A elaboração de um artigo científico ou pôster será realizada de forma individual, em dupla ou em trio; 3. O(s) acadêmico(s) deverão entregar a Ficha de Orientação da Atividade Semipresencial (ANEXO 1) devidamente preenchida e assinada pelo professor orientador na Coordenação do Curso de Direito;

3 4º. O prazo final para entrega da Ficha de Orientação da Atividade Semipresencial, bem como do artigo científico e/ou pôster será fixado no Plano de Ensino, pelo professor da disciplina escolhida pelo(s) acadêmico(s); Art. 6º. Caso o artigo científico e/ou pôster, não se enquadre pelo presente regulamento, ou apresente evidência de plágio, o mesmo não será validado. Capítulo III Da participação regular em grupo de estudos Art. 7º. O Grupo de Estudos trata-se de atividade regular presencial, coordenado por docente da instituição, instituído mediante projeto com a execução de pelo menos 10 encontros semestrais, realizada em horário diverso das disciplinas em que o acadêmico encontra-se matriculado. 1º. Caberá ao acadêmico preencher a ficha de registro de presença no grupo de estudos (ANEXO 2), colhendo a assinatura do professor coordenador do grupo. Esta ficha será entregue ao final do semestre, comprovando a frequência do acadêmico na atividade, no prazo estabelecido no plano de Ensino da(s) disciplina(s) em que o aluno está matriculado. 2º. O acadêmico fará jus à atividade semipresencial integrada comparecendo em pelo menos 75% dos encontros previstos pelo grupo de estudos. Capítulo IV Da participação como monitor de extensão, pesquisa ou ensino Art. 8º. Participar como monitor de extensão, pesquisa e ensino em projetos institucionais, selecionado por professor com projeto aprovado pela coordenação do Curso e selecionado mediante edital público. 1º. Caberá ao acadêmico preencher a ficha de registro de presença da monitoria (ANEXO 2), colhendo a assinatura do professor coordenador do projeto. Esta ficha será entregue ao final do semestre, comprovando a frequência do acadêmico na atividade, no prazo estabelecido no plano de Ensino da(s) disciplina(s) em que o aluno está matriculado. 2º. O acadêmico fará jus à atividade semipresencial integrada comparecendo em pelo menos 75% dos encontros previstos no plano da monitoria.

4 Capítulo V Da participação na comissão organizadora de eventos institucionais Art. 9º. Participar na organização de eventos institucionais do Curso de Direito, cuja duração corresponda a uma carga horária de no mínimo doze horas (12h) de duração. Parágrafo único. Caberá ao acadêmico preencher o relatório de atividades desempenhadas na organização do evento, bem como a assinatura do docente responsável pelo projeto. Este relatório será entregue ao final do semestre, comprovando a frequência do acadêmico na atividade, no prazo estabelecido no plano de Ensino da(s) disciplina(s) em que o aluno está matriculado. Capítulo VI Fichamento de uma das obras bibliográficas indicadas pelo Conselho do Curso Art. 10º. Realizar um fichamento de obra bibliográfica recomendada pelo Conselho do Curso de Direito, definida no início de cada semestre letivo. 1º. O fichamento deverá ser realizado nos moldes do formulário específico (ANEXO 3), atendendo aos seguintes requisitos: I Ficha preenchida à mão, em letra legível; II nome completo do acadêmico; III nome da referência bibliográfica a ser fichada; IV citações diretas e indiretas da obra, nos moldes da ABNT. 2º. Caberá ao acadêmico entregar ao final do semestre, comprovando a frequência do acadêmico na atividade, no prazo estabelecido no plano de Ensino da(s) disciplina(s) em que o aluno está matriculado. Capítulo VII Disposições Finais Art. 11º. A Atividade Semipresencial Integrada será protocolada na Secretaria do Curso de Direito, mediante a entrega da seguinte documentação: I para artigo será necessário entregar 01 (uma) cópia em CD, em arquivo formato Word, e 02 (duas) cópias impressas, não encadernadas, as quais não serão restituídas ao autor; II para pôster será necessário entregar 01 (uma) cópia em CD, em arquivo formato Word, e 02 (duas) cópias impressas em formato A4 (incluindo imagens), as quais não serão restituídas ao autor;

5 III para participação em grupo de estudos, monitoria de ensino, pesquisa e extensão, e participação organizadora de eventos institucionais, será necessário entregar a respectiva Ficha de Registro de Presença, devidamente preenchida (ANEXO 2). IV para o fichamento de obra bibliográfica, será necessário entregar o respectivo formulário de fichamento (ANEXO 3). Art. 12º No ato da entrega na Secretaria do Curso de Direito, o(s) autor(es) assinarão o protocolo de entrega, o qual será encaminhado aos professores para que registrem a entrega das atividades semipresenciais nas disciplinas em que o aluno está matriculado. Art. 13º. Situações omissas no presente Regulamento serão decididas pelo Conselho do Curso de Direito. O presente regulamento entra em vigor na data da publicação. Carazinho, RS, 14 de julho de Ronaldo Villa Laux Coordenador do Curso de Direito Presidente do Núcleo Docente Estruturante do Curso de Direito

XIII FÓRUM DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO 21 E 22 DE OUTUBRO DE 2015 REGULAMENTO DO XIII FÓRUM DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

XIII FÓRUM DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO 21 E 22 DE OUTUBRO DE 2015 REGULAMENTO DO XIII FÓRUM DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO XIII FÓRUM DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO 21 E 22 DE OUTUBRO DE 2015 REGULAMENTO DO XIII FÓRUM DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Dos Trabalhos Científicos Artigo 1º. Para os efeitos do presente Regulamento

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DO TRABALHO INTEGRADO INTERDISCIPLINAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO

REGULAMENTO GERAL DO TRABALHO INTEGRADO INTERDISCIPLINAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO 1 REGULAMENTO GERAL DO TRABALHO INTEGRADO INTERDISCIPLINAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO (TIID) Capítulo I Dos Princípios Gerais Artigo 1º- O presente regulamento rege as atividades do Trabalho Integrado

Leia mais

PORTARIA DO DIRETOR DA FATEC BARUERI, Nº 02, DE 18/01/2016

PORTARIA DO DIRETOR DA FATEC BARUERI, Nº 02, DE 18/01/2016 PORTARIA DO DIRETOR DA FATEC BARUERI, Nº 02, DE 18/01/2016 Estabelece as normas para a realização do trabalho de graduação O Diretor da Faculdade de Tecnologia de Barueri Padre Danilo José de Oliveira

Leia mais

EDITAL N. 002/2016/DIREX PROCESSO SELETIVO INTERNO PARA PROJETOS E BOLSISTAS DE EXTENSÃO VINCULADO AO PROGRAMA DE BOLSAS DE EXTENSÃO PBEXT

EDITAL N. 002/2016/DIREX PROCESSO SELETIVO INTERNO PARA PROJETOS E BOLSISTAS DE EXTENSÃO VINCULADO AO PROGRAMA DE BOLSAS DE EXTENSÃO PBEXT MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA EDITAL N. 002/2016/DIREX PROCESSO SELETIVO INTERNO PARA PROJETOS E BOLSISTAS DE EXTENSÃO VINCULADO AO PROGRAMA DE BOLSAS

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA O TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING DO IFRS CAMPUS ERECHIM

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA O TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING DO IFRS CAMPUS ERECHIM Ministério da Educação MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA O TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING DO IFRS CAMPUS ERECHIM Aprovado pelo Conselho de Campus, conforme

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CURSO DE MATEMÁTICA COM ÊNFASE EM INFORMÁTICA DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO SÃO LUÍS DE JABOTICABAL SP

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CURSO DE MATEMÁTICA COM ÊNFASE EM INFORMÁTICA DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO SÃO LUÍS DE JABOTICABAL SP ANEXO II REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CURSO DE MATEMÁTICA COM ÊNFASE EM INFORMÁTICA DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO SÃO LUÍS DE JABOTICABAL SP CAPÍTULO I DA FINALIDADE E OBJETIVOS Art. 1º

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE MONITORIA VOLUNTÁRIA

PROCESSO SELETIVO DE MONITORIA VOLUNTÁRIA PROCESSO SELETIVO DE MONITORIA VOLUNTÁRIA A Faculdade Metropolitana de Manaus FAMETRO, através da Unidade 1 e 2, torna público que no período de 28/08/2017 a 04/09/2017, estarão abertas as inscrições para

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES Art. 1º - Este regulamento visa orientar os alunos referente aos objetivos, critérios, procedimentos e mecanismos de

Leia mais

RESOLUÇÃO CCEA Nº 02/2011

RESOLUÇÃO CCEA Nº 02/2011 UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA AGROALIMENTAR UNIDADE ACADÊMICA DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA AMBIENTAL CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL RESOLUÇÃO CCEA Nº 02/2011 Aprova

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE MONITORIA VOLUNTÁRIA

PROCESSO SELETIVO DE MONITORIA VOLUNTÁRIA PROCESSO SELETIVO DE MONITORIA VOLUNTÁRIA A Faculdade Metropolitana de Manaus FAMETRO, através da Unidade de Saúde, torna público que no período de 28/08/17 a 01/09/17, estarão abertas as inscrições para

Leia mais

Normas da disciplina TCC (Trabalho de Conclusão de Curso)

Normas da disciplina TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) 1. Aluno Normas da disciplina TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) Manual do Aluno 1.1 O TCC é o produto de uma atividade a ser desenvolvida individualmente. 1.2 É de responsabilidade do aluno procurar

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES/ATIVIDADES ACADÊMICO-CIENTÍFICO-CULTURAIS CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES/ATIVIDADES ACADÊMICO-CIENTÍFICO-CULTURAIS CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES/ATIVIDADES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1 O presente conjunto de normas tem por finalidade regulamentar as Atividades Complementares e Atividades

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas 1 REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas O Diretor Geral Pró Tempore do Instituto Federal Catarinense Campus de Blumenau, no uso de

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DO CURSO DE ENGENHARIA QUÍMICA

REGULAMENTAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DO CURSO DE ENGENHARIA QUÍMICA (Resolução Nº 008/2013 da Pró-Reitoria de Graduação) CAPÍTULO I - DO CONCEITO, DA CARGA HORÁRIA E DA MODALIDADE Art. 1º - O Trabalho de Conclusão de Curso - TCC será o resultado do desenvolvimento de projeto

Leia mais

ANEXO 3 - Regulamento de TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC

ANEXO 3 - Regulamento de TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC ANEXO 3 - Regulamento de TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) Capítulo I Dos Objetivos Art. 1º - O presente Regulamento tem por objetivo estabelecer

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DA FACULDADE DE COLIDER - FACIDER CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, bacharelado. Aos 20 dias do mês de agosto do ano de dois mil e treze, Coordenação do Curso de Administração, bacharelado da Faculdade

Leia mais

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CURSO DE ENFERMAGEM

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CURSO DE ENFERMAGEM TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO O Projeto Pedagógico do Curso de Enfermagem do Centro Universitário do Cerrado - Patrocínio (UNICERP) fundamenta a ação pedagógica, a ser desenvolvida junto aos alunos, na

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS DELIBERAÇÃO N 0 116, DE 12 JUNHO DE 2012 O DA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO, tendo em vista a decisão tomada em sua 308ª Reunião Ordinária, realizada em 12 de junho de 2012, e considerando

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SANTARÉM CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SANTARÉM CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SANTARÉM CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO RESOLUÇÃO CBSI 01/2005-15 DE AGOSTO DE 2005 EMENTA: Define as diretrizes para a realização do

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO ESCOLA PAULISTA DE POLÍTICA, ECONOMIA E NEGÓCIOS CURSO DE CIÊNCIAS ATUARIAIS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES BACHARELADO EM CIÊNCIAS ATUARIAIS Regulamento das

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DO PROGRAMA DE MONITORIA. CAPÍTULO I Do Conceito de Monitoria

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DO PROGRAMA DE MONITORIA. CAPÍTULO I Do Conceito de Monitoria REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DO PROGRAMA DE MONITORIA CAPÍTULO I Do Conceito de Monitoria Art. 1º - Entende-se por Monitoria, uma modalidade de ensino e aprendizagem que contribui para a formação integrada

Leia mais

REGULAMENTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO. Capítulo I Definições e Finalidades

REGULAMENTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO. Capítulo I Definições e Finalidades REGULAMENTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Capítulo I Definições e Finalidades Art. 1º O presente Regulamento tem por finalidade normatizar as atividades relacionadas com a elaboração, apresentação e avaliação

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA REABILITAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA REABILITAÇÃO NORMAS DE CONCESSÃO E RENOVAÇÃO DE BOLSA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA REABILITAÇÃO Estabelecida de acordo com as Normas Acadêmicas do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS Faculdade de Direito do Recife Colegiado de Graduação

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS Faculdade de Direito do Recife Colegiado de Graduação UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS Faculdade de Direito do Recife Colegiado de Graduação Resolução NO. 01/2014 CGFDR/CCJ Disciplina as atividades do Trabalho de Conclusão do

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CURSO GRADUAÇÃO EM DIREITO CAPÍTULO II DOS OBJETIVOS E DAS CARACTERÍSTICAS

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CURSO GRADUAÇÃO EM DIREITO CAPÍTULO II DOS OBJETIVOS E DAS CARACTERÍSTICAS REGULAMENTO DO TRABALHO DE CURSO GRADUAÇÃO EM DIREITO Dispõe sobre a forma de operacionalização do Trabalho de Curso do Curso de Direito da Pontifícia Universidade Católica de Goiás, de acordo com o Regulamento

Leia mais

NORMA QUE REGULAM O TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE ODONTOLOGIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CAMPUS SOBRAL

NORMA QUE REGULAM O TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE ODONTOLOGIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CAMPUS SOBRAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CAMPUS SOBRAL Coordenação do Curso de Odontologia UFC NORMA QUE REGULAM O TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE ODONTOLOGIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CAMPUS SOBRAL

Leia mais

EDITAL N. 002/2017/DIREX PROCESSO SELETIVO INTERNO PARA PROJETOS E BOLSISTAS DE EXTENSÃO VINCULADO AO PROGRAMA DE BOLSAS DE EXTENSÃO PBEXT

EDITAL N. 002/2017/DIREX PROCESSO SELETIVO INTERNO PARA PROJETOS E BOLSISTAS DE EXTENSÃO VINCULADO AO PROGRAMA DE BOLSAS DE EXTENSÃO PBEXT MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA EDITAL N. 002/2017/DIREX PROCESSO SELETIVO INTERNO PARA PROJETOS E BOLSISTAS DE EXTENSÃO VINCULADO AO PROGRAMA DE BOLSAS

Leia mais

RESOLUÇÃO N 02/2016, DE 06 DE SETEMBRO DE 2016 CAPÍTULO I DA EXIGÊNCIA LEGAL

RESOLUÇÃO N 02/2016, DE 06 DE SETEMBRO DE 2016 CAPÍTULO I DA EXIGÊNCIA LEGAL RESOLUÇÃO N 02/2016, DE 06 DE SETEMBRO DE 2016 Estabelece as normas para o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) da graduação em Nutrição. CAPÍTULO I DA EXIGÊNCIA LEGAL Art. 1º. A execução e aprovação no

Leia mais

(Revisado e aprovado pelo Colegiado do Curso em 24/09/2014)

(Revisado e aprovado pelo Colegiado do Curso em 24/09/2014) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO CAMPUS DE GUANAMBI Distrito de Ceraíma, s/n Zona Rural - Cx Postal 09

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS CÂMPUS DE PALMAS CURSO DE JORNALISMO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS CÂMPUS DE PALMAS CURSO DE JORNALISMO REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES Apresentação As Atividades Complementares são componentes curriculares obrigatórios que possibilitam o reconhecimento, por avaliação, de habilidades, conhecimentos

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ÍNDICE TÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES TÍTULO II COORDENAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TÍTULO III PROFESSORES ORIENTADORES E ACADÊMICOS CAPÍTULO

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE 105/2013

RESOLUÇÃO CONSEPE 105/2013 RESOLUÇÃO CONSEPE 105/2013 Estabelece regulamentos e normas para o Trabalho de Conclusão do Curso para o Curso de Licenciatura em Química da UEFS. O Reitor da Universidade estadual de Feira de Santana

Leia mais

REGULAMENTO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE ENGENHARIA DE MINAS DO CEFET/MG/CAMPUS ARAXÁ

REGULAMENTO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE ENGENHARIA DE MINAS DO CEFET/MG/CAMPUS ARAXÁ SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS UNIDADE ARAXÁ COLEGIADO DO CURSO DE ENGENHARIA DE MINA REGULAMENTO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS COLEGIADO DE DIREITO NÚCLEO DOCENTE ESTRUTURANTE

FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS COLEGIADO DE DIREITO NÚCLEO DOCENTE ESTRUTURANTE FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS COLEGIADO DE DIREITO NÚCLEO DOCENTE ESTRUTURANTE INSTRUÇÕES GERAIS FICHAMENTO 2016-1 PARIPIRANGA/2016-1 FICHAMENTO DO COLEGIADO DE DIREITO 2016.1 Regras Gerais 1

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ UFC CENTRO DE TECNOLOGIA CT CURSO DE ENGENHARIA CIVIL REGULAMENTO PROJETO DE GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ UFC CENTRO DE TECNOLOGIA CT CURSO DE ENGENHARIA CIVIL REGULAMENTO PROJETO DE GRADUAÇÃO CAPÍTULO I: Disposição Preliminares Art. 1o. Este regulamento institui as diretrizes técnicas e os procedimentos para a elaboração, o acompanhamento, a avaliação e outros assuntos relacionados ao Projeto

Leia mais

EDITAL Nº 9/2017 de 25 de julho de 2017

EDITAL Nº 9/2017 de 25 de julho de 2017 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO CÂMPUS SOROCABA EDITAL Nº 9/2017 de 25 de julho de 2017 BOLSAS

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO PÚBLICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO PÚBLICA UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO PÚBLICA RESOLUÇÃO CSTGP Nº 01/2015 Regulamenta o Trabalho de Conclusão de Curso do Curso Superior

Leia mais

Fevereiro de 2015 REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS - COMPLEXO UNIVERSITARIO FMU.

Fevereiro de 2015 REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS - COMPLEXO UNIVERSITARIO FMU. REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DO CURSO DE - COMPLEXO UNIVERSITARIO FMU. 1. DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) 1.1. A elaboração do TCC Trabalho de Conclusão de Curso, é componente

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DO TRABALHO INTEGRADO INTERDISCIPLINAR DO CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO DO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DE BOITUVA

REGULAMENTO GERAL DO TRABALHO INTEGRADO INTERDISCIPLINAR DO CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO DO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DE BOITUVA REGULAMENTO GERAL DO TRABALHO INTEGRADO INTERDISCIPLINAR DO CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO DO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DE BOITUVA TÍTULO I Dos princípios Gerais Artigo 1º. Este regulamento rege

Leia mais

REGULAMENTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO. Capítulo I Definições e Finalidades

REGULAMENTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO. Capítulo I Definições e Finalidades REGULAMENTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Capítulo I Definições e Finalidades Art. 1º - O presente Regulamento tem por finalidade normatizar as atividades relacionadas com a elaboração, apresentação e

Leia mais

REGULAMENTO INSTITUCIONAL

REGULAMENTO INSTITUCIONAL FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS DE CACOAL REGULAMENTO INSTITUCIONAL MONITORIA VOLUNTÁRIA CACOAL 2016 CAPÍTULO l DOS OBJETIVOS Artigo 1º - As presentes normas têm por objetivo organizar e disciplinar a

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS - CCHS CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS - CCHS CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES UNIVERSIDADE DE CRUZ ALTA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS - CCHS CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES Capítulo I - Do Conceito e das Finalidades Art. 1º. O presente

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE NUTRIÇÃO COORDENAÇÃO DO CURSO DE NUTRIÇÃO REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO - TCC

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE NUTRIÇÃO COORDENAÇÃO DO CURSO DE NUTRIÇÃO REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO - TCC REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO - TCC Goiânia 2015 Das Finalidades: REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO - TCC Art. 1º - A elaboração do TCC, conforme estabelecido pelas Diretrizes

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS CAMPUS ARAPIRACA CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS CAMPUS ARAPIRACA CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES RESOLUÇÃO Nº 04/2011 Dispõe sobre as normas para Estágio Curricular Supervisionado e Extracurricular do curso de graduação em Arquitetura e Urbanismo, da Universidade Federal de Alagoas/Campus Arapiraca.

Leia mais

XII Seminário Internacional de Educação Educação e Tecnologia: Significados e Tendências na construção do conhecimento

XII Seminário Internacional de Educação Educação e Tecnologia: Significados e Tendências na construção do conhecimento XII Seminário Internacional de Educação Educação e Tecnologia: Significados e Tendências na construção do conhecimento Regulamento 1. Disposições Gerais O Instituto de Ciências Humanas, Letras e Artes,

Leia mais

REGULAMENTO DO RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO/TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

REGULAMENTO DO RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO/TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO REGULAMENTO DO RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO/TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Normatiza a elaboração e apresentação do Relatório Final de Estágio do Curso de Tecnologia em Processos Gerenciais, que compreende

Leia mais

Edital 02/ DO OBJETO

Edital 02/ DO OBJETO Edital 02/ 2017 O Coordenador do Colegiado do curso de bacharelado em Administração, no uso de suas atribuições previstas no decreto 85/ 2009 de 12 de novembro de 2009, no regimento interno da Faculdade

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO. Esse regulamento revoga o que foi estabelecido no mês de março do ano de 2006.

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO. Esse regulamento revoga o que foi estabelecido no mês de março do ano de 2006. TCC TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE NUTRIÇÃO O aluno do curso de Nutrição da Anhanguera Brasília, desenvolve o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) nas disciplinas de Projeto e TCC em que o aluno realiza

Leia mais

Instituto Educacional Cândida de Souza

Instituto Educacional Cândida de Souza Belo Horizonte, 21 de março de 2013 PORTARIA Nº 01/2013 INSTITUI PROCEDIMENTOS PARA ELABORAÇÃO, ORIENTAÇÃO, CONSTITUIÇÃO DE BANCA EXAMINADORA, AVALIAÇÃO E ENTREGA DA VERSÃO FINAL DO TRABALHO DE CONCLUSÃO

Leia mais

EDITAL 01/2016 ABERTURA DE SELEÇÃO INTERNA PARA MONITOR-BOLSISTA DE GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (GTI) I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

EDITAL 01/2016 ABERTURA DE SELEÇÃO INTERNA PARA MONITOR-BOLSISTA DE GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (GTI) I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES EDITAL 01/2016 ABERTURA DE SELEÇÃO INTERNA PARA MONITOR-BOLSISTA DE GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (GTI) I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES A FAI Faculdades de Itapiranga/SC, no uso de suas atribuições

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DA INDÚSTRIA IEL

REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DA INDÚSTRIA IEL REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DA INDÚSTRIA IEL CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1 As Atividades Complementares são componentes da

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) Educação Superior para Carreiras Públicas REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente Regulamento tem por finalidade normatizar as atividades

Leia mais

RESOLUÇÃO TGT Nº 06/2015

RESOLUÇÃO TGT Nº 06/2015 ANO XLV N. 098 14/07/2015 SEÇÃO IV PÁG. 076 RESOLUÇÃO TGT Nº 06/2015 Niterói, 24 de junho de 2015 O Colegiado do Curso de Graduação em Engenharia de Telecomunicações, em reunião ordinária de 24/06/2015,

Leia mais

XVII SEMANA DE MONITORIA EDITAL

XVII SEMANA DE MONITORIA EDITAL UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO XVII SEMANA DE MONITORIA EDITAL A Universidade Federal Fluminense, de acordo com a Decisão do CEP nº 777/2006, de 13 de dezembro de 2006, realizará

Leia mais

NORMAS GERAIS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO AMBIENTAL

NORMAS GERAIS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO AMBIENTAL PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO - PROGRAD INSTITUTO DO TRÓPICO SUBÚMIDO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO AMBIENTAL NORMAS GERAIS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS DE

Leia mais

REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPÍTULO I Das Disposições Gerais Art. 1º. De acordo com os anexos do Regimento Interno da Faculdade POLICAMP, os cursos oferecidos pela Instituição incluem,

Leia mais

FACULDADE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E MEIO AMBIENTE - FAMA. REGULAMENTO DAS ATIVIDADES CURRICULARES COMPLEMENTARES- ACCs

FACULDADE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E MEIO AMBIENTE - FAMA. REGULAMENTO DAS ATIVIDADES CURRICULARES COMPLEMENTARES- ACCs FACULDADE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E MEIO AMBIENTE - FAMA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES CURRICULARES COMPLEMENTARES- ACCs CLEVELÂNDIA PR 2016 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES CURRICULARES COMPLEMENTARES- ACCs CURSO

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (MONOGRAFIA E PLANO DE CURSO)

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (MONOGRAFIA E PLANO DE CURSO) UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CURSO DE GRADUAÇÃO: LICENCIATURA EM FILOSFIA, MODALIDADE PRESENCIAL REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (MONOGRAFIA E PLANO DE CURSO)

Leia mais

Capítulo I - Da caracterização. Capítulo II - Do objetivo

Capítulo I - Da caracterização. Capítulo II - Do objetivo REGULAMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO SUPERVISIONADO Capítulo I - Da caracterização Art. 1º. O Estágio Curricular Obrigatório Supervisionado (ECOS) é atividade individual obrigatória do Currículo

Leia mais

EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA MULTIVIX-SERRA DOS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS

EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA MULTIVIX-SERRA DOS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA MULTIVIX-SERRA DOS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS Antes do preenchimento do Formulário de Cadastramento da Inscrição recomenda-se

Leia mais

XVI SEMANA DE MONITORIA EDITAL

XVI SEMANA DE MONITORIA EDITAL UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO XVI SEMANA DE MONITORIA EDITAL A Universidade Federal Fluminense, de acordo com a Decisão do CEP nº 777/2006, de 13 de dezembro de 2006, realizará

Leia mais

NORMATIZAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO A - TCC (30-460) E DO PROJETO INTERDISCIPLINAR (30-094)

NORMATIZAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO A - TCC (30-460) E DO PROJETO INTERDISCIPLINAR (30-094) UNIVERSIDADE REGIONAL INTEGRADA DO ALTO URUGUAI E DAS MISSÕES DEPARTAMENTO DE ENGENHARIAS E CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA NORMATIZAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO A - TCC (30-460)

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA A DEFESA DE PROJETO DE DISSERTAÇÃO (QUALIFICAÇÃO)

ORIENTAÇÕES PARA A DEFESA DE PROJETO DE DISSERTAÇÃO (QUALIFICAÇÃO) ORIENTAÇÕES PARA A DEFESA DE PROJETO DE DISSERTAÇÃO (QUALIFICAÇÃO) A Defesa de Projeto de Dissertação consiste na elaboração e apresentação oral, perante banca examinadora, do projeto de pesquisa que será

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ FACULDADE DE QUÍMICA CURSO DE LICENCIATURA EM QUÍMICA RESOLUÇÃO Nº 003, DE 17 DE FEVEREIRO DE 2016

UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ FACULDADE DE QUÍMICA CURSO DE LICENCIATURA EM QUÍMICA RESOLUÇÃO Nº 003, DE 17 DE FEVEREIRO DE 2016 UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ FACULDADE DE QUÍMICA CURSO DE LICENCIATURA EM QUÍMICA RESOLUÇÃO Nº 003, DE 17 DE FEVEREIRO DE 2016. Dispõe sobre o Trabalho de Conclusão de Curso TCC do curso

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE - UFCG CENTRO DE DESEMVOLVIMENTO SUSTETÁVEL DO SEMIÁRIDO - CDSA UNIDADE ACADÊMICA DE EDUCAÇÃO DO CAMPO UAEDUC

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE - UFCG CENTRO DE DESEMVOLVIMENTO SUSTETÁVEL DO SEMIÁRIDO - CDSA UNIDADE ACADÊMICA DE EDUCAÇÃO DO CAMPO UAEDUC UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE - UFCG CENTRO DE DESEMVOLVIMENTO SUSTETÁVEL DO SEMIÁRIDO - CDSA UNIDADE ACADÊMICA DE EDUCAÇÃO DO CAMPO UAEDUC RESOLUÇÃO CCCS Nº 04/2012 Regulamenta a elaboração,

Leia mais

1. CARACTERÍSTICAS GERAIS E OBJETIVOS:

1. CARACTERÍSTICAS GERAIS E OBJETIVOS: Regulamento para inscrição e execução do Trabalho Final de Curso (TF) a ser desenvolvido no ano de 2017, do curso de Licenciatura em Ciências da Natureza da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade

Leia mais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal Catarinense Conselho Superior

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal Catarinense Conselho Superior RESOLUÇÃO Nº 023 CONSUPER/2017 Dispõe sobre sobre o Regulamento de Cursos Livres de Extensão do Instituto Federal Catarinense. A Presidente do do IFC, professora Sônia Regina de Souza Fernandes, no uso

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO LICENCIATURA EM FÍSICA

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO LICENCIATURA EM FÍSICA REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO LICENCIATURA EM FÍSICA CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente Regulamento disciplina o processo de elaboração, apresentação e avaliação do

Leia mais

REGULAMENTO DA MONITORIA. para o exercício da Monitoria nos Cursos de Graduação da Universidade Iguaçu. discentes; magistério superior.

REGULAMENTO DA MONITORIA. para o exercício da Monitoria nos Cursos de Graduação da Universidade Iguaçu. discentes; magistério superior. i.e PRÓ-REITORIA ACADÊMICA REGULAMENTO DA MONITORIA Art. 1º. O presente regulamento estabelece as regras para o exercício da Monitoria nos Cursos de Graduação da Universidade Iguaçu UNIG, por meio de programas

Leia mais

REGULAMENTO DO ARTIGO CIENTÍFICO PARA CONCLUSÃO DE CURSO

REGULAMENTO DO ARTIGO CIENTÍFICO PARA CONCLUSÃO DE CURSO UNIVERSIDADE DO VALE DO PARAÍBA UNIVAP PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO Posgrau REGULAMENTO DO ARTIGO CIENTÍFICO PARA CONCLUSÃO DE CURSO 2017 SÃO JOSÉ DOS CAMPOS 1 Capitulo I Da Origem e Finalidade Art. 1º -

Leia mais

Edital Universidade Santa Úrsula - USU: 02/ Programa de Iniciação Científica

Edital Universidade Santa Úrsula - USU: 02/ Programa de Iniciação Científica Edital Universidade Santa Úrsula - USU: 02/2017 - Programa de Iniciação Científica A Universidade Santa Úrsula USU - do Rio de Janeiro, por intermédio da Pró- Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA PROCEDIMENTOS A SEREM ADOTADOS NA DISCIPLINA EDU388 - Trabalho de Conclusão do Curso (TCC)* 1. APRESENTAÇÃO: 1.1 - Conforme definido pelo Projeto Político Pedagógico do Curso

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE FARMÁCIA REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE FARMÁCIA REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE FARMÁCIA REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Port.R-076/12, de 26/04/2012 CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º O presente regulamento estabelece as

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Universidade Federal do Espírito Santo - UFES Centro de Ciências da Saúde CCS Departamento de Fonoaudiologia NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FONOAUDIOLOGIA

Leia mais

1.1. Fornecer apoio financeiro ao aluno praticante de esportes, garantindo- lhe recursos que possam contribuir para sua manutenção na universidade,

1.1. Fornecer apoio financeiro ao aluno praticante de esportes, garantindo- lhe recursos que possam contribuir para sua manutenção na universidade, UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS E COMUNITÁRIOS - COORDENADORIA DE ESPORTE E LAZER EDITAL PRAEC 001/2014 Edital de seleção de bolsa Atleta do Programa Institucional de

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PIRIPIRIENSE DE ENSINO SUPERIOR APES CHRISTUS FACULDADE DO PIAUÍ - CHRISFAPI EDITAL Nº 001/2016

ASSOCIAÇÃO PIRIPIRIENSE DE ENSINO SUPERIOR APES CHRISTUS FACULDADE DO PIAUÍ - CHRISFAPI EDITAL Nº 001/2016 ASSOCIAÇÃO PIRIPIRIENSE DE ENSINO SUPERIOR APES CHRISTUS FACULDADE DO PIAUÍ - CHRISFAPI DIRETORIA DE ENSINO EDITAL Nº 001/2016 PROCESSO SELETIVO INTERNO PARA PROJETOS DE EXTENSÃO O Núcleo de Iniciação

Leia mais

Universidade Federal de Goiás Campus Jataí Curso de Direito

Universidade Federal de Goiás Campus Jataí Curso de Direito RESOLUÇÃO N. 02/2011 CURSO DE DIREITO DA UFG/CAJ Estabelece o Regulamento de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) no Curso de Direito da UFG/CAJ O Colegiado do da Universidade Federal de Goiás, Campus

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO - CEPEAGE

REGULAMENTO DE ESTÁGIO - CEPEAGE REGULAMENTO DE ESTÁGIO - CEPEAGE REGULAMENTO DE ESTÁGIO DO CENTRO DE PRÁTICA EM ENGENHARIA, ARQUITETURA E GESTÃO - CEPEAGE DAS FACULDADES INTEGRADAS PITÁGORAS / FIPMoc I - DOS PRINCÍPIOS GERAIS Art. 1.

Leia mais

1. CARACTERÍSTICAS GERAIS E OBJETIVOS:

1. CARACTERÍSTICAS GERAIS E OBJETIVOS: Regulamento para inscrição e execução do Trabalho Final de Curso (TF) a ser desenvolvido no ano de 2014, do curso de Licenciatura em Ciências da Natureza da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade

Leia mais

EDITAL Nº 79/2017 PROJETO DE APOIO SOCIAL E PEDAGÓGICO DA UNIPAMPA PASP

EDITAL Nº 79/2017 PROJETO DE APOIO SOCIAL E PEDAGÓGICO DA UNIPAMPA PASP EDITAL Nº 79/2017 PROJETO DE APOIO SOCIAL E PEDAGÓGICO DA UNIPAMPA PASP O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, torna público que estão abertas as inscrições

Leia mais

EXTRATO DO EDITAL N 069/2016 UEPA PRÊMIO MELHOR TCC 2015

EXTRATO DO EDITAL N 069/2016 UEPA PRÊMIO MELHOR TCC 2015 EXTRATO DO EDITAL N 069/2016 UEPA PRÊMIO MELHOR TCC 2015 A Universidade do Estado do Pará, por meio de sua Pró-Reitoria de Graduação, torna público, no âmbito desta Instituição, o Processo de Seleção de

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GEOGRAFIA

REGULAMENTO ESPECÍFICO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GEOGRAFIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI FACULDADE INTERDISCIPLINAR EM HUMANIDADES Licenciatura em Geografia REGULAMENTO ESPECÍFICO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO REGULAMENTO DE ESTÁGIO O presente regulamento normatiza a atividade de Estágio, componente dos Projetos Pedagógicos dos cursos oferecidos pela Faculdades Gammon, mantida pela Fundação Gammon de Ensino

Leia mais

NORMAS DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE AGRONOMIA

NORMAS DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE AGRONOMIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIAS E TECNOLOGIA SERTÃO PERNAMBUCANO CAMPUS PETROLINA ZONA RURAL CURSO DE BACHARELADO EM AGRONOMIA

Leia mais

Manual de Atividades Complementares

Manual de Atividades Complementares CENTRO UNIVERSITÁRIO NEWTON PAIVA INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Manual de Atividades Complementares Belo Horizonte 1 Prezado(a) aluno(a): Este é o Manual de Atividades Complementar

Leia mais

acadêmica, semestralmente, em data estabelecida no calendário escolar, respeitando o limite máximo de 6 orientandos por orientador. 1º O aluno do quin

acadêmica, semestralmente, em data estabelecida no calendário escolar, respeitando o limite máximo de 6 orientandos por orientador. 1º O aluno do quin PORTARIA FATEC PRESIDENTE PRUDENTE Nº 87 / 2017. Regulamenta os Trabalhos de Graduação dos cursos superiores da Faculdade de Tecnologia de Presidente Prudente. A diretora da faculdade, considerando a aprovação

Leia mais

EDITAL Nº 01/2017 PPGEPT

EDITAL Nº 01/2017 PPGEPT MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA COLÉGIO TÉCNICO INDUSTRIAL DE SANTA MARIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA EDITAL Nº 01/017 PPGEPT Torna Público

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS, NATURAIS E DA SAÚDE - CCENS CURSO DE FARMÁCIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS, NATURAIS E DA SAÚDE - CCENS CURSO DE FARMÁCIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS, NATURAIS E DA SAÚDE - CCENS CURSO DE FARMÁCIA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA 2016 Regulamento

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Ouro Preto UFOP Instituto de Ciências Humanas e Sociais ICHS COLEGIADO DE PEDAGOGIA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Ouro Preto UFOP Instituto de Ciências Humanas e Sociais ICHS COLEGIADO DE PEDAGOGIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Ouro Preto UFOP Instituto de Ciências Humanas e Sociais ICHS COLEGIADO DE PEDAGOGIA Universidade Federal de Ouro Preto Resolução de COPED nº 02/2012 Dispõe

Leia mais

Campanha Nacional de Escolas da Comunidade CNEC

Campanha Nacional de Escolas da Comunidade CNEC Campanha Nacional de Escolas da Comunidade CNEC Regulamento para Produção do Trabalho de Conclusão de Curso Faculdade CNEC Unaí Unaí/MG RESOLUÇÃO Nº CS/023/2017, DE 14 DE JULHO DE 2017. 1 RESOLUÇÃO Nº

Leia mais

GUIA DO TRABALHO FINAL DO CURSO DE DIREITO

GUIA DO TRABALHO FINAL DO CURSO DE DIREITO GUIA DO TRABALHO FINAL DO CURSO DE DIREITO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º. O presente regulamento tem por finalidade normatizar as atividades referentes à elaboração e apresentação da Disciplina

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO DO CAMPO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO DO CAMPO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO DO CAMPO Resolução Nº 01/LedoC/2015 13/04/2015 Regulamenta o Trabalho de Conclusão

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ RESOLUÇÃO Nº 86/ CONSELHO SUPERIOR

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ RESOLUÇÃO Nº 86/ CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 86/2016 - CONSELHO SUPERIOR Regulamenta o desenvolvimento das atividades complementares em áreas específicas de interesse do estudante dos cursos de Tecnologia e Bacharelados do IFPI. O Presidente

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO REGULAMENTO DA MONOGRAFIA OU TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) CURSO DE DIREITO

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO REGULAMENTO DA MONOGRAFIA OU TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) CURSO DE DIREITO FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO REGULAMENTO DA MONOGRAFIA OU TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) CURSO DE DIREITO Olinda/2008 1 FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO REGULAMENTO DA MONOGRAFIA OU TRABALHO

Leia mais

Art. 1º Retificar os critérios para a oferta de disciplinas em regime de dependência ou adaptação/pendência;

Art. 1º Retificar os critérios para a oferta de disciplinas em regime de dependência ou adaptação/pendência; Altera os critérios para oferta das disciplinas em regime de dependência ou adaptação/pendência e dá outras providências. O Conselho de Ensino da Faculdade de Minas-BH, FAMINAS-BH, no uso de suas atribuições

Leia mais

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO O Projeto Pedagógico do Curso de Enfermagem do Centro Universitário do Cerrado - Patrocínio (UNICERP) fundamenta a ação pedagógica, a ser desenvolvida junto aos alunos, na

Leia mais

DE DIREITO NÚCLEO DOCENTE ESTRUTURANTE

DE DIREITO NÚCLEO DOCENTE ESTRUTURANTE CENTRO UNIVERSITÁRIO AGES - UniAGES COLEGIADO DE DIREITO NÚCLEO DOCENTE ESTRUTURANTE INSTRUÇÕES GERAIS FICHAMENTO 2016.2 PARIPIRANGA/2016.2 FICHAMENTO DO COLEGIADO DE DIREITO 2016.2 Regras Gerais 1 Introdução

Leia mais

CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA Reconhecido (renovado) pela Portaria SERES/MEC nº 01, de 06/01/2012, Publicada no DOU, de 09/01/2012

CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA Reconhecido (renovado) pela Portaria SERES/MEC nº 01, de 06/01/2012, Publicada no DOU, de 09/01/2012 RESOLUÇÃO Nº 002/ CONSELHO DO CURSO - MEDICINA VETERINÁRIA Regulamento para validação e registro das horas de Atividades Complementares Curso de Medicina Veterinária. O Conselho do Curso de Medicina Veterinária,

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS FICHAMENTO

INSTRUÇÕES GERAIS FICHAMENTO COLEGIADO DE DIREITO NÚCLEO DOCENTE ESTRUTURANTE INSTRUÇÕES GERAIS FICHAMENTO 2015-2 PARIPIRANGA/2015-2 1 CONSIDERAÇÕES GERAIS Com o intuito de tornar ainda mais claras as regras de elaboração do Fichamento

Leia mais