Altas Habilidades: O que é isso? Carlos Eduardo Paulino

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Altas Habilidades: O que é isso? Carlos Eduardo Paulino"

Transcrição

1 Altas Habilidades: O que é isso? Carlos Eduardo Paulino 1

2 Autor: Carlos Eduardo Paulino Organizadores: Alana da Fonseca Lima e Carlos Eduardo Paulino 2

3 Inteligência: o que é isso? Há tempos a humanidade se digladia para definir esta função característica de nossa espécie, para alguns é a capacidade de resolver problemas, para outros a de adaptação, outros, ainda, a caracterizam como a propriedade que nos permite viver em sociedade, onde os mais socializáveis teriam mais sucesso, mas a definição que mais se assemelha a realidade é característica única que nossa espécie possui de a partir do concreto criar conceitos abstratos e vice-versa. Nenhuma espécie viva neste planeta é capaz de ao ouvir um conceito imaginá-lo, descrevê-lo, desenhá-lo, ou registrar, de forma escrita, suas características, assim quando o leitor vê uma árvore ele é capaz de dizer o que viu, desenhar a mesma, ou guardar suas particularidades para no futuro reproduzi-las, o contrário, também é verdadeiro, ou seja, se mostrar uma figura de uma árvore para o leitor o mesmo é capaz de transpor o conceito abstrato de árvore representada em um papel e identificar uma árvore de verdade. Você pode estar imaginando que esta característica pode não ser verdadeira para deficientes intelectuais (DI), o que não é verdade, pois mesmo tendo dificuldades maiores, esta característica é preservada, experimente conviver com um, e perceberá que ele cria códigos para demonstrar suas necessidades. Acontece que definir inteligência não revela sua complexidade uma vez que para cada atividade podemos usar uma de suas facetas, sendo assim, a ciência moderna admite que, no momento, temos 13 inteligências que são: linguística, lógico-matemática, musical, espacial, corporal-cinestésica, naturalista, existencial, interpessoal, intrapessoal, analítica, criativa, prática e sintética, mas enquanto escrevo estas linhas uma 14ª esta sendo pesquisada, a inteligência informacional, tão ligada ao nosso tempo de realidades virtuais, redes sociais e informática. Nos próximos artigos pretendemos analisar cada uma das inteligências acima descritas. Até breve. 3

4 Grupos de inteligências: como assim? Como vimos no artigo anterior, temos muitas inteligências para lidar, afinal são 13, porém as habilidades que as compõe são 257, logo agrupá-las parece ser mais sensato, afinal nossa memória tem limites, ou mesmo nosso interesse não precisa estar voltado para entender as inteligências humanas, quem resolveu encarar esse desafio e com toda a sua paciência resolveu encarar esse segundo artigo, temos que procurar critérios para agrupá-las. E foi isso que fizemos, logo podemos eleger quatro grupos para facilitar ajudar nosso conhecimento nessa área. O primeiro grupo é composto pelas Inteligências analítico-simbólicas, assim chamadas, pois utiliza decomposição, agrupamentos, representações da realidade através de letras e símbolos, fazem parte desse grupo as inteligências linguística e lógico-matemática, consideradas as mais conhecidas, e amplamente utilizadas no ambiente escolar, bem como no cotidiano. O segundo grupo é formado por quatro inteligências, certamente nos deparamos com elas, nossos parentes ou mesmo nós a temos, porém são reconhecidas a pouco tempo, sendo elas a musical, a espacial, a corporal-cinestésica e a naturalista. O terceiro grupo, são as inteligências pessoais tão utilizadas, hoje, por pessoas de sucesso, ou por profissionais que precisam da socialização para ganhar seus dias, caso da existencial, interpessoal e intrapessoal; finalmente o quarto grupo, as chamadas inteligências canônicas, de nomes difíceis, mas de fundamental importância para tarefas específicas, são elas a analítica que você leitor está usando para ler, entender e refletir sobre este texto a criativa, a prática e a sintética. Como prometido no primeiro artigo, a partir do próximo, descreveremos, daremos exemplos, de cada uma delas. Quaisquer dúvidas, comentários, por favor, entrar em contato, através do . 4

5 Falar, escrever, ler e interpretar A capacidade de nos comunicarmos está ligada intimamente a capacidade de reconhecermos códigos, podendo ser simbólicos, pictográficos, oralizados, ou mesmo representados, pois essas capacidades estão ligadas a inteligência linguística, ora como se percebe, as mesmas dependem do reconhecimento e utilização dos símbolos e de nossa interpretação e análise, por isso, essa inteligência faz parte, ao lado da lógico-matemática, da família das inteligências analítico-simbólicas. Essa inteligência, a linguística, é facilmente reconhecida, na escola, no tribunal, neste jornal, no cotidiano. Crianças que falam bem, desde cedo, são destaques em suas salas, normalmente, exercem liderança, pela habilidade de convencer. Todos admiram grandes escritores, um bom cronista, um belo artigo esportivo, é também uma das habilidades da inteligência linguística escrever bem. Ler bem, reconhecer o que se leu, é uma habilidade fundamental para estudantes que querem seguir a carreira de Direito, ou a vida Acadêmica (Graduação, Mestrado, Doutorado e Pós-Doutorado). Entender o que se leu, a mensagem que o autor quis nos passar, seja direta ou indireta, entender os tipos de discursos, as modalidades da redação (dissertação, descrição, narração, carta), tais capacidades estão ligadas a habilidade de interpretar. Temos também, a facilidade com as línguas estrangeiras, que para alguns parecem impossíveis, enquanto outros parecem ter nascido para entendê-las. Toda a discussão deste texto são exemplos, de características, capacidades e habilidades que compõe o universo que forma a inteligência linguística, para a próxima semana faremos a discussão da inteligência lógicomatemática. Até lá. 5

6 Contar, reconhecer padrões, jogar, entender gráficos Ficamos assustados a primeira vez que vemos uma lousa cheia de números e equações, mas aparentemente esse susto não é para todos, muitas pessoas veem sentido neles, mais do que em palavras, sentimentos, ou pessoas, quando tentamos entender essa forma de pensar, lógica, aparentemente, fria, adentramos a inteligência lógico-matemática, a mesma que usamos, ao dirigirmos um carro, só não percebemos isso porque nos habituamos ao que fazemos no trânsito, veja o caso de um motorista experiente, aquele que conversa com fluência no trânsito, mas ao perceber uma situação de risco, reage instantaneamente, e se concentra somente na ameaça, pois bem esse cidadão está usando a Inteligência apresentada hoje, afinal ele procura padrões de segurança para evitar uma colisão, faz uma rápida leitura das possibilidades, tantos das suas quanto a dos outros veículos para evitar uma colisão, preservando a sua vida e a de quem está com ele. Toda essa situação, para ficar em algo que vivenciamos diariamente, se assemelha muito a ativação de nossa inteligência que faz uma aposta na Mega-Sena, entende uma jogada do futebol, por exemplo a triangulação, ou o impedimento, dá um troco rápido no comércio, calcula quantos tijolos são necessários para uma fiada de parede, ora então a lógica e a matemática não são tão distantes assim como queremos crer ao ter uma aula de probabilidade, ou ao olharmos a curvatura de um parábola, ou mesmo uma tabela para construirmos uma equação do 1º grau, a bem da verdade não vivemos sem essa inteligência. Claro, uns mais, outros menos. Assistimos ao filme Uma Mente Brilhante, e vimos que o jovem John Nash, com pouco mais de 20 anos, desbancou 250 anos de Teoria Econômica fundamentadas nos pensamentos de Adam Smith e o incrível é que o mercado financeiro internacional, atualmente, todo funciona segundo a lógica de Nash, ou seja, ganhar dinheiro, hoje, em uma bolsa de valores, significa usar a lógica de Nash. Espero que ao ler esse artigo, vocês leitores, fiquem mais amigos da matemática e da lógica. Até a próxima. 6

7 Uma moda de viola, uma sonata, um heavy metal ou um sertanejo universitário Muitas pessoas vivem seus dias embalados por diversos tipos de canções, de todos os estilos, o importante é aquele som harmônico no fundo dos nossos ouvidos. Alguns preferem com letras, outros apenas a melodia, mas, o que é bom mesmo, é uma boa música. São muitos estilos, o importante é que nos traga boas recordações. Agora falando mais sério, você já deve ter conhecido aquele instrumentista que nunca estudou, mas toca qualquer instrumento, ou aquele cantor da família que não sabe o que é nota musical, mas varia os tons como uma cotovia, pois bem, trata-se dos ouvidos absolutos, fato raro, mas presente em nossas vidas, pois bem, tanto aquelas pessoas que não vivem seus dias sem uma boa música, quanto os ouvidos absolutos desenvolveram a inteligência musical, uns mais, outros menos. Curiosamente a diferença está em qual hemisfério do cérebro se ouve os sons, em pessoas comuns, como esses autores, a música sensibiliza o lado direito do cérebro, mais chegado a uma criatividade, atividades artísticas, gosta de cores, de harmonia, de felicidade. Para os ouvidos absolutos o canal é diferente, pois eles ouvem a música, como um matemático decompõe a curva que embarriga nosso varal, a mesma que está na superfície de um bombom, ou na curva da barriga de um peixe, ou seja, um músico talentoso, ouve a matemática das notas, a função dos acordes, pois para ele o som é combinação matemática das notas, por isso, músicos famosos, que ficaram surdos, encostavam os ouvidos na caixa de ressonância de seus instrumentos, para poder ouvir a vibração desses instrumentos, em seguida, reproduziam aquelas notas sentindo as vibrações das cordas, dos pedais, ou das teclas. Um espetáculo A música é sublime, uma criação espetacular do Homem, mas entendêla enquanto uma de nossas inteligências chega a ser poético. Recentemente, as escolas brasileiras adotaram a música como disciplina. Oxalá descubram 7

8 Baden Powells, Velosos, Tião Carreiros, Mozarts, Chopins, etc, etc...e porque não grandes matemáticos? 8

9 Da neurocirurgia a intuição Sabemos da complexidade de uma cirurgia no cérebro ou do coração, o quanto é necessário estudar, praticar, para salvar vidas, sobretudo quando se trata de crianças, pois essa especialidade envolve uma de nossas inteligências mais sutis. Sabe aquele garoto que anda com sua moto costurando no trânsito em alta velocidade? Sabe aquele aluno que no intervalo joga pebolim, ou sinuca, como ninguém? Sabe aquela avó que tece tapetes, faz crochê, tricô? Pois bem, essas pessoas mostram uma coordenação perfeita, entre o pensamento, os olhos e as mãos, e isso não é fácil. Tente fazer duas coisas ao mesmo tempo, por exemplo, escrever em uma lousa, um conteúdo de História, ao mesmo tempo em que fala sobre seu time preferido. Não é fácil. Agora imagine coordenar três funções, a concentração, o olhar e transmitir, perfeitamente, esses comandos para suas mãos. Não é, nada, fácil. Os professores de medicina, enfermagem, biologia, educação física, entre outros, lidam com essa inteligência diariamente, e precisam atentar para ela, pois um bom médico neurocirurgião vai precisar dela ao longo de sua carreira. E muito! Além de quase uma década de preparação teórico-prática, o profissional que trabalha com esse setor precisa dessa inteligência, ou ao menos exercitá-la. Em nosso cotidiano ela também está presente, em nossas intuições, previsões, antecipações, e que parece estar mais presente nas mulheres, provavelmente, por sua emoção mais afinada, mais desenvolvida, ou mesmo, pelo mecanismo cerebral de processamento dos fatos, ligado tanto ao hemisfério direito, quanto ao esquerdo. Por isso, elas parecem mais intuitivas, suas inteligências espaciais são mais aguçadas, resultado do desempenho de suas funções como mulheres, esposas, mães, avós, enfim todos os nobres papéis que elas executam. 9

10 Pelé, Ayrton Senna, Michael Jordan e Michael Phelps O Brasil é um país tropical, de clima quente e úmido, ideal para aproveitar uma vida ao ar livre, tanto que gostamos muito de sair, de estar em lugares públicos, tudo isso, favorece a prática esportiva, no entanto, há países com clima muito rigoroso nos quais os esportistas são excelentes, pois bem, o domínio da bola, seja ela de qual cor for, o comando de um bastão, de um veículo, a feitura de uma jogada perfeita, depende da inteligência corporalcinestésica, precisamos dominar nosso corpo e tornar o objeto de nosso esporte uma extensão dele, pelo menos é assim que os grandes esportistas reconhecem ou definem seus objetos de trabalho. O dançar, o sapatear, um jogo de bocha, mostra à coordenação, a antecipação, a visão, as estratégias utilizadas por um esportista, claro, todos possuímos a inteligência corporal-cinestésica, porém muitos a utilizam mais, ou a descobrem mais cedo, por isso, parecem mais habilidosos, de forma extrema são usadas pelos grandes esportistas, por isso Michael Jordan parecia voar no garrafão, por isso parece que a bola está colada nos pés de Messi. É comum em alguns esportes a utilização da inteligência espacial, discutida por nós no artigo anterior, por exemplo, no xadrez quando o jogador antecipa ou lê várias jogadas na frente, ou ainda no automobilismo quando o piloto guia com tanta precisão que parece um relógio, como fazia Ayrton Senna em suas flying laps, ao cravar as 65 pole positions de sua carreira, ou Michael Schumacher quando das voltas ideais para seguir a risca a estratégia que lhe deu 91 vitórias na Fórmula 1, dessa forma seus apelidos estão plenamente justificados. Ayrton era conhecido como o Mágico e Michael como a Máquina. Portanto quando revir os saltos de Daiane dos Santos ou de Nadia Comaneci, lembre-se que está apreciando a inteligência corporal-cinestésica. 10

11 Gostar de flores, entender os animais, defender o meio ambiente Nos últimos 50 anos tomamos consciência que alguma coisa deve ser feita para preservar a natureza, desde a I Reunião Internacional do Meio Ambiente ocorrida em Estocolmo, na Suécia em 1972, depois repetida de 10 em 10 anos, Nairóbi (Quênia), Rio de Janeiro e Johannesburg (África do Sul) e agora na Rio + 20, tentamos amarrar acordos para que os países e suas populações preservem os recursos naturais para as futuras gerações. Está na pauta do dia, faz parte de nosso presente e do futuro de nossos filhos. Cuidar da água, das árvores, planejar o consumo, evitar o consumismo, respeitar a atmosfera, os solos, as rochas, são questões cotidianas, porém está claro, que devido a urbanização, ao crescimento urbano, as migrações e a disseminação da tecnologia, que estamos nos afastando da natureza, deixando de apreciá-la, de respeitá-la, de entendê-la. Nossos ancestrais dependiam dela para sobreviver, e por isso, conviviam harmonicamente com ela, interpretavam seus sinais de amizade ou de inimizade, tanto que as mais antigas religiões, conhecidas hoje, como animistas ou fetichistas, atribuíam caráter divino à esses sinais. Mais recentemente começamos a estudá-la e, portanto a entender seu funcionamento, seus padrões, sua capacidade termorregularizadora, seu papel de filtro a radiações nocivas, sua função purificante. Muitos naturalistas, assim eram conhecidos, até bem pouco tempo, os pesquisadores que se dedicavam a entender toda essa dinâmica, entre eles, Spix, Martius, Humboldt, Wallace e Darwin, para ficar nos mais conhecidos. Hoje temos cursos universitários que se dedicam a formar pessoas que continuem a estudar suas importâncias, bem como divulgá-las, pois parece, que o caminho que seguimos não é o melhor. Portanto se o leitor, gosta de passar parte de seu tempo junto as flores, ou próximo a um rio, que gosta da paz de espírito proporcionada pela natureza, que entende o comportamento dos animais, ou faz a leitura do tempo olhando o deslocar das nuvens, saiba que você faz parte daqueles que usam a 11

12 inteligência naturalista, saiba também que a estamos perdendo, e ainda, que precisamos e precisaremos muito dela, para enfrentar o que vem por aí. 12

13 Maomé, Jesus Cristo, Buda, Chico Xavier Bilhões de pessoas em todo o mundo tem experiências místicas, sentimentos sobrenaturais, fatos inexplicáveis, que são interpretados das mais diversas maneiras dependendo de suas religiões, porém sabemos que este campo está longe de ser um ponto de concordância para o Homem, mas parece que não há muita discussão quando o assunto é fé. Até os mais descrentes demonstram respeito por uma pessoa de fé, algumas vão além e dedicam suas vidas a praticá-la, criando para isso uma série de preceitos morais, valores e éticas. Independente da escala, muitas pessoas vivem dessa manifestação, para o bem ou para o mal, como em quaisquer atividades humanas, certamente há uma discórdia com a ciência quando se pensa nessas manifestações, pois as mesmas não podem ser replicadas, mas não conheço muitos pesquisadores que não reconheçam que o filho de um carpinteiro, que viveu numa região desértica, inóspita, difícil, foi o homem mais influente da História. No Oriente, por sua vez, também existem homens que criaram doutrinas morais que influenciam bilhões de seres humanos. Recentemente um brasileiro de origem humilde escreveu quatro centenas de livros doando a maior parte dos recursos adquiridos para os necessitados. Gestos desta magnitude, influências do tamanho de um mundo parecem não ser para qualquer um. Saber tocar o interior das pessoas, trazer esperanças, despertar forças adormecidas, avivar emoções e principalmente, trazer alívio a nossa insignificância, faz parte das habilidades da Inteligência Existencial. Como dissemos acima, alvo de discórdias, mas sem dúvida, um alívio para quem a usa e para quem precisa de quem a use, para dirimir ódios, desavenças, rancores, trazendo calma, paciência e amor. 13

14 Gostar de gente. Ser professor, cuidador, enfermeiro As pessoas que possuem a inteligência são facilmente reconhecíveis, são amáveis, socializáveis, carinhosas, causam empatia, sorriso fácil, gostam de conversar. As profissões mais procuradas por pessoas assim, são as da área das humanidades, muito embora, o pessoal da saúde não fique longe, sobretudo os enfermeiros. Gostamos de pessoas que se interessem por nós, que nos entenda, que cuidem de nossos idosos e de nossas crianças. Que tenham disposição para trabalhar com as necessidades educacionais especiais, é possível, no entanto, observar pessoas que não gostam tanto de gente, cuidar de gente, normalmente, isso não dá bons resultados, daí, muitas vezes, conflitos, agressividade e violência, como se vê noticiado quase todos os dias. É preciso se conhecer, se avaliar, entender se gostamos da diversidade humana. Se somos tolerantes, as pessoas tem suas qualidades, mas também defeitos, o que inúmeras vezes torna insuportável a convivência, porém para muitas pessoas esse é mais um desafio a ser vencido e elas gostam de saber que são capazes, gostam de outras culturas, de outros valores, respeitam normas, regras e leis completamente diferentes das suas, tornando-se grandes cuidadores, excelentes amigos, ótimos membros da comunidade. No mundo de relações efêmeras, de impaciência, da velocidade alucinante, parar para conversar, ouvir, trocar impressões, parece coisa do passado. Não é bem assim. Nós brasileiros temos essa conduta. Somos muito socializáveis. Orgulhamos-nos disso. Podemos dizer que nosso povo tem um imenso patrimônio de inteligência interpessoal, é verdade que nem sempre bem aproveitado, mas que faz parte de nós é inegável, o mesmo não podemos dizer de outros povos. Em parte isso se explica por nossas raízes étnicas com origens indígenas, africanas e ibéricas, todos povos com grande facilidade e agilidade na comunicação. 14

15 Entender nosso interior Somos resultado de nossa forma de ver o mundo, de nossas experiências, de nossas crenças, de nossa família, de nossos cônjuges, nossos ancestrais e descendentes, o ambiente que nos rodeia, nossa estrutura genética, valores, normas, leis, história e cultura, mas também de nosso complexo cérebro que na verdade são três. Dentro de nossa cabeça existe um órgão maravilhoso divido em dois (hemisférios), ou em quatro (lobos), ou ainda em três (Límbico, R e Córtex), dentro dessa divisão física, habitam seres não tão físicos assim como o ego, o alter ego, o superego e o id. Todos batalham para definir o que somos. Nossos limites, nossas ações, enfim para nos controlar. Pessoas, mentalmente, saudáveis, sentem a presença das várias manifestações, sejam as físicas, ou as não físicas. Quando ocorre o desequilíbrio temos um problema mental. Assim pessoas muito reprimidas estão sobre o capataz superego, pessoas incontidas que buscam o prazer a todo o custo estão sobre outro tirano o id. Assim somos nós. Porém esses personagens que habitam nossa cabeça não se revelam facilmente e aí precisamos dos médicos de almas, aqueles profissionais que enxergam esses personagens, sabem controlá-los, entendê-los, às vezes, curá-los, o que tanto fizeram Freud, Jung, Klein, Lacan, entre outros. Se você é daqueles que gosta de ouvir, se entende as entrelinhas das palavras, as estratégias humanas, se consegue ver o mundo da cabeça, ou mesmo se ficou curioso com a leitura dos personagens de nossa cabeça, você possui uma inteligência, muito usada pelos psicólogos, analistas, psicanalistas, que é a inteligência intrapessoal, não por nada, as grandes empresas recrutam tanto profissionais destas áreas para os departamentos de recursos humanos, justamente para entender os futuros profissionais que trabalharão nessas empresas, seu desempenho individual, em grupo, sua resistência, resiliência, enfim mapeiam o candidato certo para a vaga que se pretende preencher. 15

16 Todos os ângulos de um assunto O que tem acontecido com as mulheres? Qual a razão de tanto sucesso profissional? O que acontece com tantas em cargos de chefia? É verdade que elas estão aumentando sua participação na vida acadêmica e política do nosso país? Pois é caros leitores, principalmente, os do século masculino, parece que o mundo deseja que as pessoas consigam analisar todos os pontos de vista, opiniões, análises sobre um assunto, e no momento, quem tem feito isso são as mulheres, daí sua ascensão em todas as áreas das atividades humanas. Mais tolerantes, concentradas, com a capacidade de ouvir, e depois decidir, as pessoas com inteligência analítica, praticam tais habilidades com grande frequência. Consideradas mais pacientes, conciliadoras as mulheres se destacam nessa inteligência. Nós homens, somos mais objetivos, o que é muito bom em certas circunstâncias, mas não em todas, por isso, tendemos a ser mais impulsivos, agressivos, muito diretos, pouco maleáveis, isso tem reflexo até em nosso jeito de viver, tanto que o homem vive, em média, 69 anos no Brasil, enquanto a mulher 76 anos, uma das maiores diferenças existentes no mundo. Com tanta diversidade, diferenças, integração, inclusão e empoderamento que estamos convivendo, em razão de acordos internacionais que participamos como o Acordo de Jomtien, assinado na Tailândia em 1990, ou a Declaração de Salamanca (1994), precisamos de profissionais que se coloquem no lugar do outro, que imagine o que o próximo precisa, que entenda as necessidade especiais de 25 milhões de pessoas no caso brasileiro, tais profissionais precisam utilizar, sobretudo, a inteligência analítica. Com esse artigo começamos a explicar as múltiplas inteligências com uma visão um pouco diferente, mais voltada à prática, a todos os tipos de pessoas e profissionais, ao gosto de um grande pesquisador norte-americano chamado Robert Sternberg. Até então analisamos o ponto de vista, sobre as inteligências, segundo a visão de Howard Gardner. 16

17 Fazer diferente. Improvisar. Inovar. Empreender. Uma das características mais notáveis do ser humano é a capacidade de criar. Assim, quando no final do século XIX anunciava-se a morte da física, um professor alemão tentando resolver o problema do corpo negro, criou, sem tomar consciência imediata, a física do século XXI, a que nos deu os aparelhos de Raios-X, a tomografia computadorizada, a ressonância magnética nuclear, entre outros inventos que revolucionaram a medicina, consequentemente, a saúde humana e contribuíram para aumentar nossa expectativa de vida de 35 anos, no início do século XX, para 70 anos, no início do século XXI. Sem saber de todas essas consequências Max Planck criou a mecânica quântica. Claro. Nem tudo são flores. Advinda da mesma invenção surgem às armas nucleares, com toda sua capacidade imensa de causar mortes, como ocorreu em Hiroshima e Nagasaki. E que nos sirva de lição. O mesmo se pode dizer da física do cosmos. Um humilde funcionário de um escritório de patentes da Suíça, abala toda nossa compreensão do universo, ao introduzir uma interpretação não euclidiana sobre o espaço, e ao acrescentar uma quarta dimensão ao mesmo, conhecida como tempo. Cabe ao professor Einstein, a teoria dos covariantes e dos tensores, popularmente, chamada de Teoria da Relatividade. Recentemente, em outra área, dois jogadores de futebol da América Latina vêm espantando o mundo com seus feitos, logo em um esporte que é praticado do mesmo jeito a mais de cem anos, em que todos conhecem as regras, caminhos táticos e técnicos, porém frente à inventividade humana, não existe estatística, ou estudos que resistam. Neymar e Messi vêm dando uma lição ao mundo do futebol, do que é criatividade, inovação e improviso. Pessoas assim têm em comum, embora em áreas díspares, a inteligência criativa. Quando algo parece esgotado, elas criam novas possibilidades, novas soluções, quando não, novos mundos, como são os casos de Bill Gates, Steve Jobs e Mark Zuckerberg. 17

18 Atividades manuais. Laboratório. Exercitar o corpo. Você conhece um tipo de pessoa que é um excelente prático, mas não consegue explicar o que faz? Foi um excelente aluno nas aulas de educação física, era um exímio montador de brinquedos, quando na faculdade, se arrastava nas aulas teóricas, tinha dificuldade de concentração, mas ao chegar às aulas práticas se transformava demonstrando toda a sua destreza. Pois bem, é possível que você estivesse diante de uma pessoa com inteligência prática. Ao longo de nossas vidas nos deparamos com pessoas que enriqueceram, mas com um nível de escolaridade bem elementar, isso ocorre, pois essas pessoas leram a principal lei do capitalismo, e que não está escrito em nenhum dos cânones da legislação, que é a lei da oferta e da procura, ou seja, perceberam que no mundo precisamos ser diferentes, fazer o que ninguém faz, enfim sermos algo raro, pois assim a procura por nossos talentos, habilidades, capacidades ou produtos será elevada, ou se pagará muito por isso, obviamente se perguntar o segredo de seus sucessos, eles jamais usarão tal explicação, tendo em vista que não precisam da mesma. Bill Gates, Steve Jobs, aliás, até demais, abusou da inteligência prática, a ponto de negligenciar tratamento médico para um tumor, tranquilamente curável; Werner von Braun, o engenheiro de foguetes nazista, que atormentou o Reino Unido, durante a II Guerra Mundial ( ) com seus primeiros mísseis, o V1 e o V2, e que depois se tornaria um dos homens que levou o homem a lua; Nicolas Sadi-Carnot que com suas equações colocadas em prática nos permitiu entender tudo sobre o calor, suas trocas, e enfim, a refrigeração que hoje se traduz em geladeiras, micro-ondas, freezers, condicionadores de ar, câmaras frigoríficas, entre tantos utensílios industriais e domésticos que nos trazem conforto; são exemplos de pessoas de inteligência prática, muito adiante de seus tempos, e que hoje permitem a muitos 18

19 empresários desfrutarem de seus inventos, mesmo não reconhecendo a contribuição dos mesmos, aliás mais um exemplo de inteligência prática. 19

20 Sites. . Redes de relacionamento. Vocês percebem que as crianças parecem ter mais facilidades com o mundo virtual? Que aprendem, com a maior naturalidade, o último lançamento do mundo da informática? Que parecem discutir qualquer assunto do dia? Pois bem, amigo leitor, estamos diante da inteligência sintética. Sim, esta é uma inteligência atual, destas que nós desenvolvemos para lidar com os novos problemas, pois nosso problema atual é lidar com um volume de informações crescente. As mudanças são tão significativas nos dias atuais, que qualquer ramo do conhecimento dobra a cada dez meses, e mesmo os valores humanos são efêmeros ao ponto de uma geração humana durar cinco anos, pois frente a essa efemeridade, as pessoas mais tradicionais, mais tranquilas, sofrem, às vezes, até, se deprimem. Quanto à nova geração, parece adorar este novo mundo, pois nasceram e se desenvolveram nele, consomem a informação em volume rápido e constante, mesmo que isso traga consequências. Entre os mais jovens a dificuldade de se concentrar por longo tempo, não é incomum. Ficam entediados com muita facilidade. Têm dificuldades de se aprofundar nos assuntos, muitos assistem a uma aula como a coisa mais difícil deste mundo. Explica-se. Com o excesso de informação, pesquisou-se o tempo médio de concentração de uma pessoa normal, e concluiu-se que dura seis minutos! Tanto que os meios de comunicação, principalmente a televisão e os sites usam exatamente este tempo como duração máxima de seus tempos (takes) prendendo assim a atenção do espectador por horas. Acontece que aprender matemática, outro idioma, leva mais tempo, demanda mais concentração, o que parece ser um problema da nova geração. Substituiu-se a memória de curta e longa duração, pela memória sensorial e de trabalho, logo a escola está perdendo para a mídia. O grande problema está que precisamos de concentração para ensinar, mas há uma geração com concentração difusa, muito deles, infelizmente, tem 20

21 sido diagnosticado como transtornos de déficit de atenção com hiperatividade, como se fosse possível decidir a vida de um sujeito em 50 minutos de conversa. Dá-lhe medicamento para acalmá-los! 21

22 A história do estudo da inteligência Depois de tantos artigos definindo a inteligência e seus tipos, chegou a hora de contar, em breves linhas, um pouco de sua história. Tudo começou com a II Revolução Industrial, a do século XIX, quando dominamos a eletricidade e os motores químicos, nesse momento de ebulição do conhecimento, o Homem queria quantificar tudo, medir tudo, ter controle sobre tudo. Foi a Era da Razão. Neste tempo, os pesquisadores, que acumulavam 200 anos de estudo do cérebro vão perceber sua importância, tornando-se o principal órgão do corpo humano, em substituição ao coração, portanto, o centro de nossa inteligência passa a ser esse incrível processador de dados, responsável pela memória, fala, visão, audição, enfim todas as funções cognitivas. Disseca-se o cérebro procurando localizar em cada parte do mesmo os centros responsáveis por comandar suas funções, pois neste período aparece Francis Galton, parente de Charles Darwin, que esboça testes para quantificar a inteligência. A intenção era medi-la. Do outro lado do Canal da Mancha, no grande rival da Inglaterra, que era a França, um pesquisador, mais renovado, chamado Alfred Binet vai iniciar estudos em 1905, concluídos em 1916, que darão origem ao famoso teste de QI (Quociente de Inteligência). O QI compara a idade mental ou intelectual com a idade cronológica, de onde sai um índice, de tais indicies foram apontados intervalos, entre os quais o considerado de inteligência normal, variava de 0,9 a 1,1, ou se preferirem de 90 a 110, assim sendo, se o leitor for submetido a um teste de QI, e seu índice variar neste intervalo, sinta-se a vontade, pois possui inteligência normal. No entanto, embora estes testes tenham evoluído muito há fortes críticas sobre eles, entre as mais contundentes, a do paleontólogo, já falecido, e grande divulgador científico Stephen Jay Gould, que em seu, espetacular, livro A Falsa Medida do Homem, disserta sobre as razões 22

8. O OBJETO DE ESTUDO DA DIDÁTICA: O PROCESSO ENSINO APRENDIZAGEM

8. O OBJETO DE ESTUDO DA DIDÁTICA: O PROCESSO ENSINO APRENDIZAGEM CORRENTES DO PENSAMENTO DIDÁTICO 8. O OBJETO DE ESTUDO DA DIDÁTICA: O PROCESSO ENSINO APRENDIZAGEM Se você procurar no dicionário Aurélio, didática, encontrará o termo como feminino substantivado de didático.

Leia mais

É PROIBIDO O USO COMERCIAL DESSA OBRA SEM A AUTORIZAÇÃO DO AUTOR

É PROIBIDO O USO COMERCIAL DESSA OBRA SEM A AUTORIZAÇÃO DO AUTOR É PROIBIDO O USO COMERCIAL DESSA OBRA SEM A AUTORIZAÇÃO DO AUTOR Introdução: Aqui nesse pequeno e-book nós vamos relacionar cinco super dicas que vão deixar você bem mais perto de realizar o seu sonho

Leia mais

Dinâmicas para Jovens - Brincadeiras para Jovens Atividades para grupos. Quem sou eu? Dinâmica de Apresentação para Grupo de Jovens

Dinâmicas para Jovens - Brincadeiras para Jovens Atividades para grupos. Quem sou eu? Dinâmica de Apresentação para Grupo de Jovens Disponível no site Esoterikha.com: http://bit.ly/dinamicas-para-jovens Dinâmicas para Jovens - Brincadeiras para Jovens Atividades para grupos As dinâmicas de grupo já fazem parte do cotidiano empresarial,

Leia mais

3º Bimestre Pátria amada AULA: 127 Conteúdos:

3º Bimestre Pátria amada AULA: 127 Conteúdos: CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I 3º Bimestre Pátria amada AULA: 127 Conteúdos: Elaboração de cenas e improvisação teatral de textos jornalísticos.

Leia mais

INTELIGÊNCIAS MÚLTIPLAS E APRENDIZAGEM

INTELIGÊNCIAS MÚLTIPLAS E APRENDIZAGEM INTELIGÊNCIAS MÚLTIPLAS E APRENDIZAGEM Tópicos Quem é Howard Gardner O que é Inteligência? Inteligências Múltiplas (IM) IM + Educação Estilos de Aprendizagem QUEM É HOWARD GARDNER? Professor de Psicologia

Leia mais

5Passos fundamentais. Conseguir realizar todos os seus SONHOS. para. Autora: Ana Rosa. www.novavitacoaching.com

5Passos fundamentais. Conseguir realizar todos os seus SONHOS. para. Autora: Ana Rosa. www.novavitacoaching.com 5Passos fundamentais para Conseguir realizar todos os seus SONHOS Autora: Ana Rosa www.novavitacoaching.com O futuro pertence àqueles que acreditam na beleza dos seus sonhos! Eleanor Roosevelt CONSIDERA

Leia mais

RESENHA DO LIVRO - INTELIGÊNCIAS MÚLTIPLAS A Teoria na Prática Howard Gardner

RESENHA DO LIVRO - INTELIGÊNCIAS MÚLTIPLAS A Teoria na Prática Howard Gardner RESENHA DO LIVRO - INTELIGÊNCIAS MÚLTIPLAS A Teoria na Prática Howard Gardner Introdução Histórico Inteligência Múltipla X Educação Avaliação A Pluralidades das Inteligências INTRODUÇÃO A principal idéia

Leia mais

5- Cite, em ordem de preferência, três profissões que você mais gostaria de exercer: 1º 2º 3º

5- Cite, em ordem de preferência, três profissões que você mais gostaria de exercer: 1º 2º 3º 18. DICAS PARA A PRÁTICA Orientação para o trabalho A- Conhecimento de si mesmo Sugestão: Informativo de Orientação Vocacional Aluno Prezado Aluno O objetivo deste questionário é levantar informações para

Leia mais

EDUCAÇÃO RELIGIOSA 7º ANO 17B, C

EDUCAÇÃO RELIGIOSA 7º ANO 17B, C EDUCAÇÃO RELIGIOSA 7º ANO 17B, C CONTEÚDOS DO EXAME Líderes religiosos, Motivação e Liderança Convivência com o grupo; Amizade e sentido de grupo Os projetos Solidários; O que é um projeto? Olhares sobre

Leia mais

UMA VIDA DE PAZ, PACIÊNCIA E AMABILIDADE EM UM MUNDO HOSTIL.

UMA VIDA DE PAZ, PACIÊNCIA E AMABILIDADE EM UM MUNDO HOSTIL. UMA VIDA DE PAZ, PACIÊNCIA E AMABILIDADE EM UM MUNDO HOSTIL. Como sabemos o crescimento espiritual não acontece automaticamente, depende das escolhas certas e na cooperação com Deus no desenvolvimento

Leia mais

Como saber que meu filho é dependente químico e o que fazer. A importância de todos os familiares no processo de recuperação.

Como saber que meu filho é dependente químico e o que fazer. A importância de todos os familiares no processo de recuperação. Como saber que meu filho é dependente químico e o que fazer A importância de todos os familiares no processo de recuperação. Introdução Criar um filho é uma tarefa extremamente complexa. Além de amor,

Leia mais

Professor de Harvard diz que, por falta de intimidade com as novas mídias, responsáveis deixam de preparar as crianças para o mundo digital

Professor de Harvard diz que, por falta de intimidade com as novas mídias, responsáveis deixam de preparar as crianças para o mundo digital Professor de Harvard diz que, por falta de intimidade com as novas mídias, responsáveis deixam de preparar as crianças para o mundo digital MARCO AURÉLIO CANÔNICO DO RIO Atordoados com um desenvolvimento

Leia mais

Como transformar Grupos em Equipes

Como transformar Grupos em Equipes Como transformar Grupos em Equipes Caminhos para somar esforços e dividir benefícios Introdução Gestores de diversos segmentos, em algum momento de suas carreiras, deparam-se com desafios que, à primeira

Leia mais

Alunos dorminhocos. 5 de Janeiro de 2015

Alunos dorminhocos. 5 de Janeiro de 2015 Alunos dorminhocos 5 de Janeiro de 2015 Resumo Objetivos principais da aula de hoje: entender a necessidade de se explorar um problema para chegar a uma solução; criar o hábito (ou pelo menos entender

Leia mais

Sentimentos e emoções Quem vê cara não vê coração

Sentimentos e emoções Quem vê cara não vê coração Material pelo Ético Sistema de Ensino Elaborado para Educação Infantil Publicado em 2011 Projetos temáticos EDUCAÇÃO INFANTIL Data: / / Nível: Escola: Nome: Sentimentos e emoções Quem vê cara não vê coração

Leia mais

Tentarei falar o mais próximo possível de uma conversa com um estudante do começo da Graduação em Matemática.

Tentarei falar o mais próximo possível de uma conversa com um estudante do começo da Graduação em Matemática. Não há regras rígidas para um estudo com sucesso. Cada um tem o seu modo de estudar; sozinho ou acompanhado, em casa ou na rua, com ou sem música, são algumas variáveis que podemos experimentar e avaliar

Leia mais

TESTE VOCACIONAL PROF. BRUNO AUGUSTO COLÉGIO SÃO JOSÉ

TESTE VOCACIONAL PROF. BRUNO AUGUSTO COLÉGIO SÃO JOSÉ TESTE VOCACIONAL PROF. BRUNO AUGUSTO COLÉGIO SÃO JOSÉ S I S T E M A P O S I T I V O D E E N S I N O Na escola, você prefere assuntos ligados à: a) Arte, esportes e atividades extracurriculares b) Biologia

Leia mais

MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES

MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES MÓDULO I Corredor Etnoambiental Tupi Mondé Atividade 1 Conhecendo mais sobre nosso passado, presente e futuro 1. No

Leia mais

VISÃO: ser referência na comunidade na área de educação Infantil

VISÃO: ser referência na comunidade na área de educação Infantil VISÃO: ser referência na comunidade na área de educação Infantil NOSSA MISSÃO: Por meio da educação formar cidadãos felizes, independentes, éticos e solidários VALORES: Respeito, honestidade, boa moral

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL LINGUAGEM ORAL E ESCRITA. Premissas básicas:

EDUCAÇÃO INFANTIL LINGUAGEM ORAL E ESCRITA. Premissas básicas: EDUCAÇÃO INFANTIL A Educação Infantil, enquanto segmento de ensino que propicia um maior contato formal da criança com o mundo que a cerca, deve favorecer a socialização da criança, permitir a interação

Leia mais

100 FRASES para um dia mais feliz. de Ana Flávia Miziara

100 FRASES para um dia mais feliz. de Ana Flávia Miziara 100 FRASES para um dia mais feliz de Ana Flávia Miziara Você está alegre? A vida está sorrindo para você? Você se lembrou de sorrir hoje? Lembre-se que a alegria é a fartura da vida e da mente. A vida

Leia mais

3 a 5. 6 a 10. 11 a 14. Faixa Etária Prevista. Etapa de Ensino. Duração. Educação Infantil. anos. Ensino Fundamental: Anos Iniciais. 5 anos.

3 a 5. 6 a 10. 11 a 14. Faixa Etária Prevista. Etapa de Ensino. Duração. Educação Infantil. anos. Ensino Fundamental: Anos Iniciais. 5 anos. Etapa de Ensino Faixa Etária Prevista Duração Educação Infantil 3 a 5 anos Ensino Fundamental: Anos Iniciais 6 a 10 anos 5 anos Ensino Fundamental: Anos Finais 11 a 14 anos 4 anos EDUCAÇÃO INFANTIL EDUCAÇÃO

Leia mais

PASSADO, PRESENTE E FUTURO DAS DIVISÕES DE BASE NO FUTEBOL DO BRASIL

PASSADO, PRESENTE E FUTURO DAS DIVISÕES DE BASE NO FUTEBOL DO BRASIL PASSADO, PRESENTE E FUTURO DAS DIVISÕES DE BASE NO FUTEBOL DO BRASIL Tenho lido e ouvido muitos comentários nos últimos dias sobre o trabalho de formação no Brasil. Algumas pessoas, alguns profissionais

Leia mais

A Psicologia de Vendas: Por Que as Pessoas Compram

A Psicologia de Vendas: Por Que as Pessoas Compram A Psicologia de Vendas: Por Que as Pessoas Compram Esquema de Palestra I. Por Que As Pessoas Compram A Abordagem da Caixa Preta A. Caixa preta os processos mentais internos que atravessamos ao tomar uma

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO NA APRENDIZAGEM DOS ALUNOS NOS ANOS INICIAIS RESUMO

A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO NA APRENDIZAGEM DOS ALUNOS NOS ANOS INICIAIS RESUMO A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO NA APRENDIZAGEM DOS ALUNOS NOS ANOS INICIAIS RESUMO Marcelo Moura 1 Líbia Serpa Aquino 2 Este artigo tem por objetivo abordar a importância das atividades lúdicas como verdadeiras

Leia mais

Trabalhando a convivência a partir da transversalidade

Trabalhando a convivência a partir da transversalidade PROGRAMA ÉTICA E CIDADANIA construindo valores na escola e na sociedade Trabalhando a convivência a partir da transversalidade Cristina Satiê de Oliveira Pátaro 1 Ricardo Fernandes Pátaro 2 Já há alguns

Leia mais

Introdução à Arte da Ciência da Computação

Introdução à Arte da Ciência da Computação 1 NOME DA AULA Introdução à Arte da Ciência da Computação Tempo de aula: 45 60 minutos Tempo de preparação: 15 minutos Principal objetivo: deixar claro para os alunos o que é a ciência da computação e

Leia mais

Como Eu Começo meu A3?

Como Eu Começo meu A3? Como Eu Começo meu A3? David Verble O pensamento A3 é um pensamento lento. Você está tendo problemas para começar seu A3? Quando ministro treinamentos sobre o pensamento, criação e uso do A3, este assunto

Leia mais

3. Os erros têm sido cometidos exatamente onde há maior dificuldade...

3. Os erros têm sido cometidos exatamente onde há maior dificuldade... Entrevista com PEDRO MANDELLI Consultor na área de mudança organizacional, Pedro Mandelli é um dos maiores especialistas em desenho e condução de processos de mudança em organizações. É professor da Fundação

Leia mais

1. Você escolhe a pessoa errada porque você espera que ela mude após o casamento.

1. Você escolhe a pessoa errada porque você espera que ela mude após o casamento. 10 Maneiras de se Casar com a Pessoa Errada O amor cego não é uma forma de escolher um parceiro. Veja algumas ferramentas práticas para manter os seus olhos bem abertos. por Rabino Dov Heller, Mestre em

Leia mais

GRUPOS. são como indivíduos, cada um deles, tem sua maneira específica de funcionar.

GRUPOS. são como indivíduos, cada um deles, tem sua maneira específica de funcionar. GRUPOS são como indivíduos, cada um deles, tem sua maneira específica de funcionar. QUANTOS ADOLESCENTES A SUA CLASSE TEM? Pequenos (de 6 a 10 pessoas) Médios ( de 11 pessoa a 25 pessoas) Grandes ( acima

Leia mais

MÓDULO 5 O SENSO COMUM

MÓDULO 5 O SENSO COMUM MÓDULO 5 O SENSO COMUM Uma das principais metas de alguém que quer escrever boas redações é fugir do senso comum. Basicamente, o senso comum é um julgamento feito com base em ideias simples, ingênuas e,

Leia mais

Comunicação JOGOS TEATRAIS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DO MATERNAL E EDUCAÇÃO INFANTIL

Comunicação JOGOS TEATRAIS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DO MATERNAL E EDUCAÇÃO INFANTIL Comunicação JOGOS TEATRAIS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DO MATERNAL E EDUCAÇÃO INFANTIL ROSA, Maria Célia Fernandes 1 Palavras-chave: Conscientização-Sensibilização-Transferência RESUMO A psicóloga Vanda

Leia mais

LEMA: EU VIM PARA SERVIR (Mc 10,45) TEMA: FRATERNIDADE: IGREJA E SOCIEDADE

LEMA: EU VIM PARA SERVIR (Mc 10,45) TEMA: FRATERNIDADE: IGREJA E SOCIEDADE LEMA: EU VIM PARA SERVIR (Mc 10,45) TEMA: FRATERNIDADE: IGREJA E SOCIEDADE Introdução A CF deste ano convida-nos a nos abrirmos para irmos ao encontro dos outros. A conversão a que somos chamados implica

Leia mais

13 Teoria das inteligências múltiplas - Conteúdo

13 Teoria das inteligências múltiplas - Conteúdo Introdução Concepções de inteligência Inteligência para Gardner Inteligência e criatividade Tipos de inteligências Inteligência linguística e lógico-matemática Inteligência espacial e corporal-cinestésica

Leia mais

O mundo como escola Texto Isis Lima Soares, Richele Manoel, Marcílio Ramos e Juliana Rocha Fotos Luciney Martins/Rede Rua Site 5HYLVWD9LUDomR

O mundo como escola Texto Isis Lima Soares, Richele Manoel, Marcílio Ramos e Juliana Rocha Fotos Luciney Martins/Rede Rua Site 5HYLVWD9LUDomR O mundo como escola Texto Isis Lima Soares, Richele Manoel, Marcílio Ramos e Juliana Rocha Fotos Luciney Martins/Rede Rua Site 5HYLVWD9LUDomR Já pensou um bairro inteirinho se transformando em escola a

Leia mais

Vamos fazer um mundo melhor?

Vamos fazer um mundo melhor? Vamos fazer um mundo melhor? infanto-junvenil No mundo em que vivemos há quase 9 milhões de espécies de seres vivos, que andam, voam, nadam, vivem sobre a terra ou nos oceanos, são minúsculos ou enormes.

Leia mais

Valores educacionais do Olimpismo

Valores educacionais do Olimpismo Valores educacionais do Olimpismo Aula 3 Busca pela excelência e equilíbrio entre corpo, vontade e mente Rio 2016 Versão 1.0 Objetivos 1 Detalhar o valor busca pela excelência 2 Apresentar estratégias

Leia mais

Enem. Dicas para você se dar bem na prova. A prova do ENEM está ai e você precisa de uma boa nota, certo? Verdade!

Enem. Dicas para você se dar bem na prova. A prova do ENEM está ai e você precisa de uma boa nota, certo? Verdade! Enem Dicas para você se dar bem na prova. A prova do ENEM está ai e você precisa de uma boa nota, certo? Verdade! Não tem mais para onde correr: O resto dos seus dias depende disso. Ou pelo menos é assim

Leia mais

CONVERSA DE PSICÓLOGO CONVERSA DE PSICÓLOGO

CONVERSA DE PSICÓLOGO CONVERSA DE PSICÓLOGO Página 1 CONVERSA DE PSICÓLOGO Volume 03 - Edição 01 Agosto - 2013 Entrevistada: Renata Trovarelli Entrevistadora: Cintia C. B. M. da Rocha TEMA: RELACIOMENTO AMOROSO Psicóloga Comportamental, atualmente

Leia mais

Apêndice 4 Inteligências Múltiplas

Apêndice 4 Inteligências Múltiplas Apêndice 4 Inteligências Múltiplas Por Viviani Bovo O que é ser inteligente para você? Saber fazer contas de cabeça? Lembrar-se de poemas e histórias para poder repeti-las? Passar no vestibular? Ter um

Leia mais

ESTRATÉGIAS PARA PROVA MENTALIDADE E ORGANIZAÇÃO TODO CONTEÚDO DE ENFERMAGEM PARA CONCURSOS CICLO E3R PREPARO PARA O ESTUDO

ESTRATÉGIAS PARA PROVA MENTALIDADE E ORGANIZAÇÃO TODO CONTEÚDO DE ENFERMAGEM PARA CONCURSOS CICLO E3R PREPARO PARA O ESTUDO ESTRATÉGIAS PARA PROVA TODO CONTEÚDO DE ENFERMAGEM PARA CONCURSOS MENTALIDADE E CICLO E3R PREPARO PARA O ESTUDO OBJETIVO DO MÓDULO SEU MAIOR CONCORRENTE É VOCÊ. SE VOCÊ IDENTIFICA OS PRÓPRIOS ERROS E ORGANIZA

Leia mais

INSTRUÇÃO: As questões de número 01 a 08 referem-se ao fragmento 1. FRAGMENTO 1

INSTRUÇÃO: As questões de número 01 a 08 referem-se ao fragmento 1. FRAGMENTO 1 LÍNGUA PORTUGUESA As questões da prova de Língua Portuguesa deverão ser respondidas com base nos dois fragmentos que seguem, retirados do Caderno Especial da Revista Veja (30--, p. 91 a 93 adaptados),

Leia mais

Precisa. falar inglês. no trabalho, mas tem medo? Conheça 4 maneiras para superar esta barreira.

Precisa. falar inglês. no trabalho, mas tem medo? Conheça 4 maneiras para superar esta barreira. Precisa falar inglês no trabalho, mas tem medo? Conheça 4 maneiras para superar esta barreira. Aprender um novo idioma é se sentir como uma criança novamente: faltam palavras para se expressar e a insegurança

Leia mais

VISITE O BLOG www.homemalpha.com.br

VISITE O BLOG www.homemalpha.com.br VISITE O BLOG www.homemalpha.com.br APRESENTAÇÃO A timidez é um problema que pode acompanhar um homem a vida inteira, tirando dele o prazer da comunicação e de expressar seus sentimentos, vivendo muitas

Leia mais

Alfabetização e Letramento

Alfabetização e Letramento Alfabetização e Letramento Material Teórico A Escrita no Processo de Alfabetização Responsável pelo Conteúdo e Revisor Textual: Profª. Ms Denise Jarcovis Pianheri Unidade A Escrita no Processo de Alfabetização

Leia mais

www.rakutencommerce.com.br E-BOOK

www.rakutencommerce.com.br E-BOOK APRENDA AS ÚLTIMAS DICAS E TRUQUES SOBRE COMO DAR UM TAPA 3.0 NA SUA LOJA VIRTUAL. www.rakutencommerce.com.br E-BOOK propósito desse ebook é muito simples: ajudar o varejista on-line a dar um tapa 3.0

Leia mais

O CAMINHO PARA REFLEXÃO

O CAMINHO PARA REFLEXÃO O CAMINHO PARA REFLEXÃO a 1 Semana EMPREENDER É DAR A SUA CONTRIBUIÇÃO PARA A SOCIEDADE No mudo dos negócios existe a diferença visível do acomodado que nunca quer aprender a mesma coisa duas vezes e o

Leia mais

Profª Drª Jorgeta Zogheib Milanezi DIDÁTICA DO ENSINO O DOMÍNIO DE UMA PROFISSÃO NÃO EXCLUI O SEU APERFEIÇOAMENTO .. AO CONTTRÁRIO, SERÁ MESTRE QUEM

Profª Drª Jorgeta Zogheib Milanezi DIDÁTICA DO ENSINO O DOMÍNIO DE UMA PROFISSÃO NÃO EXCLUI O SEU APERFEIÇOAMENTO .. AO CONTTRÁRIO, SERÁ MESTRE QUEM Profª Drª Jorgeta Zogheib Milanezi DIDÁTICA DO ENSINO O DOMÍNIO DE UMA PROFISSÃO NÃO EXCLUI O SEU APERFEIÇOAMENTO.. AO CONTTRÁRIO, SERÁ MESTRE QUEM CONTINUAR APRENDENDO.. Piere Furter AVALIAR PARA CONHECER

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE CARATINGA

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE CARATINGA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE CARATINGA RELAÇÃO DE RESUMOS DE MONOGRAFIAS E ARTIGOS DE PÓS- GRADUAÇÃO Lato sensu Curso: Língua Inglesa/2005 Nome Aluno(a) Título Monografia/Artigo Orientador/Banca Annelise Lima

Leia mais

Carreira & Autodesenvolvimento & Empregabilidade no Século XXI MBA EMPRESARIAL

Carreira & Autodesenvolvimento & Empregabilidade no Século XXI MBA EMPRESARIAL Carreira & Autodesenvolvimento & Empregabilidade no Século XXI Pré-Teste Faz ou fez trabalhos voluntários. Fala 2 idiomas ou mais. Toca bem um instrumento musical. Pratica um esporte coletivo semanalmente.

Leia mais

Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs

Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs Ultrapassando barreiras e superando adversidades. Ser um gestor de pessoas não é tarefa fácil. Existem vários perfis de gestores espalhados pelas organizações,

Leia mais

CONHECENDO A PSICOTERAPIA

CONHECENDO A PSICOTERAPIA CONHECENDO A PSICOTERAPIA Psicólogo Emilson Lúcio da Silva CRP 12/11028 2015 INTRODUÇÃO Em algum momento da vida você já se sentiu incapaz de lidar com seus problemas? Se a resposta é sim, então você não

Leia mais

Caros amigos e alunos, este espaço destaquei para que vocês possam perceber alguns testes em relação ao autoconhecimento, inteligência, autoestima,

Caros amigos e alunos, este espaço destaquei para que vocês possam perceber alguns testes em relação ao autoconhecimento, inteligência, autoestima, Testes em Geral Caros amigos e alunos, este espaço destaquei para que vocês possam perceber alguns testes em relação ao autoconhecimento, inteligência, autoestima, raciocínio lógico, empatia entre outros.

Leia mais

ABCEducatio entrevista Sílvio Bock

ABCEducatio entrevista Sílvio Bock ABCEducatio entrevista Sílvio Bock Escolher uma profissão é fazer um projeto de futuro A entrada do segundo semestre sempre é marcada por uma grande preocupação para todos os alunos que estão terminando

Leia mais

Proposta Curricular do Estado de São Paulo para a Disciplina de Sociologia

Proposta Curricular do Estado de São Paulo para a Disciplina de Sociologia Proposta Curricular do Estado de São Paulo para a Disciplina de Ensino Médio Elaborar uma proposta curricular para implica considerar as concepções anteriores que orientaram, em diferentes momentos, os

Leia mais

Questão (1) - Questão (2) - A origem da palavra FILOSOFIA é: Questão (3) -

Questão (1) - Questão (2) - A origem da palavra FILOSOFIA é: Questão (3) - EXERCICÍOS DE FILOSOFIA I O QUE É FILOSOFIA, ETIMOLOGIA, ONDE SURGIU, QUANDO, PARA QUE SERVE.( 1º ASSUNTO ) Questão (1) - Analise os itens abaixo e marque a alternativa CORRETA em relação ao significado

Leia mais

Nível Médio Prova 1: Compreensão leitora e língua em uso

Nível Médio Prova 1: Compreensão leitora e língua em uso TEXTO 1 Leia o texto abaixo e nas alternativas de múltipla escolha, assinale a opção correta. INTERCÂMBIO BOA VIAGEM 1 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 Cursos de intercâmbio são uma

Leia mais

COMBINADOS PARA O SEMESTRE:

COMBINADOS PARA O SEMESTRE: COMBINADOS PARA O SEMESTRE: Temas de redação serão dados durantes as aulas. É importante pesquisá-los e estudá-los, pois alguns deles serão utilizados para as produções em sala ou em simulados; Toda a

Leia mais

A ALMA DO LÍDER 1. Ken Blanchard. a alma do líder. reflexões sobre a arte de influenciar pessoas. São Paulo

A ALMA DO LÍDER 1. Ken Blanchard. a alma do líder. reflexões sobre a arte de influenciar pessoas. São Paulo A ALMA DO LÍDER 1 Ken Blanchard a alma do líder reflexões sobre a arte de influenciar pessoas São Paulo 2009 A ALMA DO LÍDER 3 INTRODUÇÃO Quando eu estava no ensino médio, tinha um técnico de futebol

Leia mais

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching,

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, 5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, Consultoria, Terapias Holísticas e Para Encher Seus Cursos e Workshops. Parte 01 Como Se Posicionar e Escolher os Clientes dos Seus Sonhos 1 Cinco Etapas Para

Leia mais

Bill Gates, Steve Jobs e Richard Branson grandes empreendedores que não foram excelentes alunos

Bill Gates, Steve Jobs e Richard Branson grandes empreendedores que não foram excelentes alunos http://blogs.pme.estadao.com.br/blog-do-empreendedor/bill-gates-steve-jobs-e-richard-branson-grandesempreendedores-nao-foram-excelentes-alunos/ Bill Gates, Steve Jobs e Richard Branson grandes empreendedores

Leia mais

SOU UMA STARTUP, E AGORA? Descubra algumas respostas para o futuro da sua Startup baseado nas lições do Empreendedorismo

SOU UMA STARTUP, E AGORA? Descubra algumas respostas para o futuro da sua Startup baseado nas lições do Empreendedorismo SOU UMA STARTUP, E AGORA? Descubra algumas respostas para o futuro da sua Startup baseado nas lições do Empreendedorismo Empreendedor Empresas Micro e Pequenas Empreender Empreendedorismo Cultural Ação

Leia mais

Vencedores! Ideias de Negócio. Passos para criar. Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais!

Vencedores! Ideias de Negócio. Passos para criar. Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais! Por Rafael Piva Guia 33 Prático Passos para criar Ideias de Negócio Vencedores! Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais! Que bom que você já deu um dos

Leia mais

Perfil de estilos de personalidade

Perfil de estilos de personalidade Relatório confidencial de Maria D. Apresentando Estilos de venda Administrador: Juan P., (Sample) de conclusão do teste: 2014 Versão do teste: Perfil de estilos de personalidade caracterizando estilos

Leia mais

Brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades;

Brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades; INFANTIL I OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Desenvolver uma imagem positiva de si, atuando de forma cada vez mais independente, com a confiança em suas capacidades e percepção de suas limitações:

Leia mais

Gestão de iniciativas sociais

Gestão de iniciativas sociais Gestão de iniciativas sociais Leia o texto a seguir e entenda o conceito do Trevo e as suas relações com a gestão organizacional. Caso queira ir direto para os textos, clique aqui. http://www.promenino.org.br/ferramentas/trevo/tabid/115/default.aspx

Leia mais

Vós sois deuses, pois brilhe a vossa a luz! Jesus

Vós sois deuses, pois brilhe a vossa a luz! Jesus CURSO DE DESENVOLVIMENTO HUMANO E ESPIRITUAL DESCUBRA A ASSINATURA DE SUAS FORÇAS ESPIRITUAIS Test Viacharacter AVE CRISTO BIRIGUI-SP Jul 2015 Vós sois deuses, pois brilhe a vossa a luz! Jesus I SABER

Leia mais

coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - u s a r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - u s a r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - Sou so profes r a, Posso m a s n ão parar d aguento m e ai ensinar s? d a r a u la s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A

Leia mais

Brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades;

Brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades; INFANTIL II OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Desenvolver uma imagem positiva de si, atuando de forma cada vez mais independente, com a confiança em suas capacidades e percepção de suas limitações:

Leia mais

Teorema de Pitágoras. Módulo 1 Unidade 10. Para início de conversa... Matemática e Suas Tecnologias Matemática 1

Teorema de Pitágoras. Módulo 1 Unidade 10. Para início de conversa... Matemática e Suas Tecnologias Matemática 1 Módulo 1 Unidade 10 Teorema de Pitágoras Para início de conversa... Certamente, você já deve ter ouvido falar no Teorema de Pitágoras. Pois bem, nesta unidade, ele será o centro das atenções, mas vamos

Leia mais

OFICINA EDUCOMUNICATIVA EM FOTOGRAFIA

OFICINA EDUCOMUNICATIVA EM FOTOGRAFIA OFICINA EDUCOMUNICATIVA EM FOTOGRAFIA Uma proposta para aplicação no Programa Mais Educação Izabele Silva Gomes Universidade Federal de Campina Grande UFCG izabelesilvag@gmail.com Orientador (a): Professora

Leia mais

As 11 dúvidas mais frequentes

As 11 dúvidas mais frequentes As 11 dúvidas mais frequentes Deyse Campos Assessora de Educação Infantil dcampos@positivo.com.br Frequentemente recebemos solicitações de professores de escolas que estão utilizando o Sistema Positivo

Leia mais

MOTIVAÇÃO NAS ORGANIZAÇÕES

MOTIVAÇÃO NAS ORGANIZAÇÕES MOTIVAÇÃO NAS ORGANIZAÇÕES 1 Paulo Sertek Mestre em Tecnologia e Desenvolvimento email: psertek@xmail.com.br www.ief.org.br Nas organizações mecanicistas, o homem é visto apenas por fora, em suas ações,

Leia mais

Manual de Aplicação do Jogo da Escolha. Um jogo terapêutico para jovens usuários de drogas

Manual de Aplicação do Jogo da Escolha. Um jogo terapêutico para jovens usuários de drogas Manual de Aplicação do Jogo da Escolha Um jogo terapêutico para jovens usuários de drogas 1 1. Como o jogo foi elaborado O Jogo da Escolha foi elaborado em 1999 pelo Centro de Pesquisa em Álcool e Drogas

Leia mais

É A QUALIDADE DA EQUIPE DE LIDERANÇA QUE FAZ A DIFERENÇA

É A QUALIDADE DA EQUIPE DE LIDERANÇA QUE FAZ A DIFERENÇA É A QUALIDADE DA EQUIPE DE LIDERANÇA QUE FAZ A DIFERENÇA Maria Beatriz de Carvalho Melo Lobo Instituições universitárias, todas elas, são empresas, com missões distintas e oriundas da concessão de um serviço

Leia mais

Tudo o que você precisa saber para ter filhos éticos, inteligentes, felizes e de sucesso

Tudo o que você precisa saber para ter filhos éticos, inteligentes, felizes e de sucesso Tudo o que você precisa saber para ter filhos éticos, inteligentes, felizes e de sucesso SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 15 2. COMUNICAÇÃO E DIÁLOGO ENTRE PAIS E FILHOS 23 2.1 O problema da comunicação entre pais

Leia mais

Conversando com os pais

Conversando com os pais Conversando com os pais Motivos para falar sobre esse assunto, em casa, com os filhos 1. A criança mais informada, e de forma correta, terá mais chances de saber lidar com sua sexualidade e, no futuro,

Leia mais

Yahoo Grupos e Educação Matemática. Meios Computacionais no Ensino da Matemática. Professor: Dr. Jaime Carvalho e Silva

Yahoo Grupos e Educação Matemática. Meios Computacionais no Ensino da Matemática. Professor: Dr. Jaime Carvalho e Silva Yahoo Grupos e Educação Matemática Meios Computacionais no Ensino da Matemática Professor: Dr. Jaime Carvalho e Silva Débora Naiure Araujo Costa Mestrado em Ensino da Matemática 2012-2013 Introdução Vendo

Leia mais

Quando começou a pensar na alfabetização, em 1962, Paulo Freire trazia mais de 15 anos de

Quando começou a pensar na alfabetização, em 1962, Paulo Freire trazia mais de 15 anos de PAULO FREIRE E A ALFABETIZAÇÃO Vera Lúcia Queiroga Barreto 1 Uma visão de alfabetização que vai além do ba,be,bi,bo,bu. Porque implica uma compreensão crítica da realidade social, política e econômica

Leia mais

o pensar e fazer educação em saúde 12

o pensar e fazer educação em saúde 12 SUMÁRIO l' Carta às educadoras e aos educadores.................5 Que história é essa de saúde na escola................ 6 Uma outra realidade é possível....... 7 Uma escola comprometida com a realidade...

Leia mais

A criança e as mídias

A criança e as mídias 34 A criança e as mídias - João, vá dormir, já está ficando tarde!!! - Pera aí, mãe, só mais um pouquinho! - Tá na hora de criança dormir! - Mas o desenho já tá acabando... só mais um pouquinho... - Tá

Leia mais

CARTA DA TERRA PARA CRIANÇAS

CARTA DA TERRA PARA CRIANÇAS 1 CARTA DA TERRA A Carta da Terra é uma declaração de princípios fundamentais para a construção de uma sociedade que seja justa, sustentável e pacífica. Ela diz o que devemos fazer para cuidar do mundo:

Leia mais

PRÁTICAS PEDAGÓGICAS E O USO INTEGRADO DE TECNOLOGIAS DIGITAIS Sérgio Abranches

PRÁTICAS PEDAGÓGICAS E O USO INTEGRADO DE TECNOLOGIAS DIGITAIS Sérgio Abranches PRÁTICAS PEDAGÓGICAS E O USO INTEGRADO DE TECNOLOGIAS DIGITAIS Sérgio Abranches A presença de tecnologias digitais no campo educacional já é facilmente percebida, seja pela introdução de equipamentos diversos,

Leia mais

VAMOS DEIXAR UMA coisa bem clara desde já: você não

VAMOS DEIXAR UMA coisa bem clara desde já: você não Os Programas FAT: a verdadeira causa do seu excesso de peso 1 VAMOS DEIXAR UMA coisa bem clara desde já: você não está gordo porque come demais. Você não é fraco, preguiçoso, indisciplinado, tampouco se

Leia mais

Concurso Literário. O amor

Concurso Literário. O amor Concurso Literário O Amor foi o tema do Concurso Literário da Escola Nova do segundo semestre. Durante o período do Concurso, o tema foi discutido em sala e trabalhado principalmente nas aulas de Língua

Leia mais

ESTUDO DE CASO PSICOPEDAGÓGICO

ESTUDO DE CASO PSICOPEDAGÓGICO ESTUDO DE CASO PSICOPEDAGÓGICO Autora: Suellen Viviane Lemos Fernandes Co-autora: Maria Irene Miranda Bernardes Universidade Federal de Uberlândia suellenped65@hotmail.com Introdução O presente trabalho

Leia mais

Na sala de aula com as crianças

Na sala de aula com as crianças O CD Rubem Alves Novas Estórias, volume 3, abre novas janelas de oportunidade para quem gosta da literatura. Através do audiolivro podemos apreciar encantadoras histórias e deixar fluir a imaginação. Rubem

Leia mais

Como foi adiantado no capítulo anterior, não existe um único tipo

Como foi adiantado no capítulo anterior, não existe um único tipo Capítulo 2 Tipos de Empreendedores Como foi adiantado no capítulo anterior, não existe um único tipo de empreendedor ou um modelo-padrão que possa ser identificado, apesar de várias pesquisas existentes

Leia mais

Aula 03. o ato de ler. Leitura e conhecimento. Os poemas. Caríssimo aluno,

Aula 03. o ato de ler. Leitura e conhecimento. Os poemas. Caríssimo aluno, Aula 03 o ato de ler Caríssimo aluno, A leitura é componente fundamental do processo de aprendizagem, pois está relacionada a todas as disciplinas de seu curso. Convidamos você para fazermos algumas reflexões

Leia mais

ENSINAR CIÊNCIAS FAZENDO CIÊNCIA

ENSINAR CIÊNCIAS FAZENDO CIÊNCIA ENSINAR CIÊNCIAS FAZENDO CIÊNCIA Antonio Carlos Pavão Quero saber quantas estrelas tem no céu Quero saber quantos peixes tem no mar Quero saber quantos raios tem o sol... (Da canção de João da Guabiraba

Leia mais

Os 3 Passos da Fluência - Prático e Fácil!

Os 3 Passos da Fluência - Prático e Fácil! Os 3 Passos da Fluência - Prático e Fácil! Implemente esses 3 passos para obter resultados fantásticos no Inglês! The Meridian, 4 Copthall House, Station Square, Coventry, Este material pode ser redistribuído,

Leia mais

Relações Humanas e Marketing Pessoal

Relações Humanas e Marketing Pessoal Relações Humanas e Marketing Pessoal Realização: Projeto Ser Tão Paraibano Parceiros: Elaboração: Deusilandia Soares Professor-Orientador: Vorster Queiroga Alves PRINCÍPIOS DE RELAÇÕES HUMANAS Em qualquer

Leia mais

Escrita Eficiente sem Plágio

Escrita Eficiente sem Plágio Escrita Eficiente sem Plágio Produza textos originais com qualidade e em tempo recorde Ana Lopes Revisão Rosana Rogeri Segunda Edição 2013 Direitos de cópia O conteúdo deste livro eletrônico tem direitos

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: EDUCAÇÃO FÍSICA LICENCIATURA MISSÃO DO CURSO O Curso de Licenciatura em Educação Física do Centro Universitário Estácio Radial de São Paulo busca preencher

Leia mais

Capítulo 9 Emprego. 9.1 Introdução

Capítulo 9 Emprego. 9.1 Introdução Capítulo 9 Emprego 9.1 Introdução Hoje em dia, as redes sociais são as grandes responsáveis pelas contratações de emprego. Muitos dos responsáveis por recrutamento e recursos humanos das empresas avaliam

Leia mais

O tema desta edição do EVP em Notícias é: Conexões

O tema desta edição do EVP em Notícias é: Conexões O tema desta edição do EVP em Notícias é: Conexões Nosso entrevistado é o Prof. Dr. Rogério da Costa, da PUC-SP. A partir de um consistente referencial teórico-filosófico, mas em uma linguagem simples,

Leia mais

Daniel no mundo do silêncio

Daniel no mundo do silêncio Guia para pais Daniel no mundo do silêncio Walcyr Carrasco série todos juntos ilustrações de Cris Eich Daniel perde a audição nos primeiros anos de vida, e sua família dá todo o apoio para ele se comunicar

Leia mais