CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VENÂNCIO AIRES-RS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VENÂNCIO AIRES-RS"

Transcrição

1 CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VENÂNCIO AIRES-RS PARECER Nº 07/04 APROVADO EM: 15/12/2004 I- ASSUNTO: Solicitação de autorização de funcionamento da 8ª série da Escola Municipal de Ensino Fundamental Alfredo Scherer, situada no Acesso Imperatriz Dona Leopoldina Nº 3901, no município de Venâncio Aires/RS. COMISSÃO VERIFICADORA: Graziela Pacheco Ludtke (titular e relatora), André Henckes (titular), Sandra Regina Gonçalves Dornelles (titular). II- RELATÓRIO: A Secretaria Municipal de Educação encaminhou ofício nº223/04 datado de 15/10/2004, solicitando autorização de funcionamento da 8ª série do Ensino Fundamental da Escola Municipal de Ensino Fundamental Alfredo Scherer, localizada no Acesso Imperatriz Dona Leopoldina Nº 3901, no município de Venâncio Aires/RS. O Conselho Municipal de Educação, enviou através do ofício circular nº 04/04, datado de 03 de novembro de 2004, a Ficha Verificadora para ser preenchida por responsáveis da escola. A comissão verificadora formada por membros do Conselho Municipal de Educação fez a verificação in loco na escola, para posterior apreciação e avaliação dos dados, com vistas a autorização de funcionamento da 8ª série do Ensino Fundamental da Escola Municipal de Ensino Fundamental Alfredo Scherer.O processo foi encaminhado com a seguinte composição: 1 Ofício do Conselho Municipal de Educação encaminhando a Ficha Verificadora e comunicando a visita. 2 A Ficha Verificadora devidamente preenchida, com cópias dos seguintes documentos: - apenas o número, data de lei, decreto ou portaria de criação da Escola e de séries lá existentes; - planta baixa do prédio da escola; - comprovantes de escolaridade e cursos dos profissionais que atuam na escola; 3 Ficha Verificadora com vistas à autorização de funcionamento com os seguintes dados: 3.1 A demanda prevista de alunos para a 8ª série do Ensino Fundamental, para o ano de 2005 é de 15 alunos. 3.2 A previsão de vagas para 2005 corresponde em: vagas para alunos da própria Escola 10, vagas para alunos de outras Escolas 12, totalizando 22 vagas. 3.3 A Escola possui os seguintes documentos de autorização:

2 - Criação da Escola, Lei Nº 334 datada em 10 de Janeiro de 1969; - Autorização de funcionamento da Escola, Lei Nº 858 datada de 17 de Agosto de 1978; - Portaria da Secretaria Municipal de Educação Nº de 27 de Dezembro de 1979, a autorização das Séries Iniciais (1ª a 4ª séries ) do Ensino Fundamental da Escola Municipal, antes designada, 15 (Quinze) de Novembro; - Decreto Nº 1944 de 29 de Dezembro de 1992, designando a mudança do nome da Escola para, Escola Municipal Alfredo Scherer; - Parecer do Conselho Municipal de Educação Nº 15/2002 datado em 18 de Dezembro de 2002, autorização a reativação da 5ª série do Ensino Fundamental; - Parecer do Conselho Estadual de Educação Nº 1.197, datado de 29 de Outubro de 1996, de autorização da 6ª série do Ensino Fundamental. 3.4 A área total do terreno é de m², sendo que de área construída possui 292 m², e, de área livre m². A Escola possui apenas um pavimento, térreo. A Escola não possui pavilhões e nem ginásio, constata-se que a Escola não tem acesso a portadores de deficiência física, rampas, como também portas com largura igual ou superior a 1.20 m e com barras de apoio, sanitários específicos para deficientes masculinos e femininos. 3.5 A sala de direção funciona junto a secretaria da Escola, que tem m². A Escola não possui área específica para: biblioteca, sala de professores, supervisão e orientação escolar. Para as atividades de Educação Física a Escola possui área descoberta de 112 m ², não possuindo área coberta. A biblioteca funciona em turno oposto na sala da 7ªsérie do Ensino Fundamental que possui área de m². A cozinha possui 8.85 m², não possuindo refeitório. As instalações sanitárias possuem juntas 23 m², sendo que no banheiro masculino existem 1 pia, 1 vaso sanitário e 1 mictório, não possuindo chuveiro. Já no banheiro feminino existem 2 pias e 2 vasos sanitários, não possuindo chuveiro. A Escola possui um local específico de armazenamento dos materiais de limpeza que tem área de 7 m². A Escola não possui salas especiais como laboratórios, sala de arte, áudio e vídeo. 3.6 Como já mencionado, a secretaria e a sala de direção funcionam no mesmo local, esta possui iluminação e ventilação natural e direta, como também proteção contra a incidência de sol A Escola possui os seguintes equipamentos audiovisuais: 1 televisão, 1 aparelho de vídeo, 2 aparelhos de som com CD e 1 rádio gravador. 3.8 A Escola não possui Plano de Prevenção e Proteção contra incêndio aprovado pelos bombeiros. Possui alarmes como sistema de segurança, assim como cerca e muro no limite da área da Escola. Os corredores possuem largura igual ou superior a 1.20 m, com iluminação e ventilação natural direta, não possuindo piso de material não escorregadio. Como a Escola possui apenas um pavimento, e este é térreo, a mesma não possui escadarias. A Escola possui 2 bebedouros localizados nos corredores. As instalações sanitárias possuem materiais laváveis no revestimento das paredes, assim como, material lavável no piso. As instalações elétricas estão nas seguintes condições: as tomadas estão ao alcance das crianças, mas protegidas, a climatização (ventiladores) está fora do alcance das crianças, a fiação está embutida ou aparente em eletrodutos e o disjuntor de segurança está acessível dentro da Escola.

3 3.9 A Escola possui local de armazenamento com área de 3 m² para os materiais desportivos que assim constituem-se: 10 bolas de vôlei, 3 bolas de futebol, 1 rede de vôlei, 1 kit de vôlei,2 bolas de futsal, 10 cordas, 25 jogos de tabuleiro, 9 jogos recreativos, 20 bambolês e 2 chinelões A Escola não possui laboratório de Ciências, mas possui 4 lupas armazenadas em um armário na sala da direção As Escolas próximas até 5 Km de distância são: Escola Municipal de Ensino Fundamental Cidade Nova, Escola Estadual de Educação Básica Monte das Tabocas, Colégio Gaspar Silveira Martins, Escola Estadual Zilda de Brito Pereira e a Escola Estadual Wolfram Metzler A Biblioteca não possui sala específica, a mesma é utilizada em um (ex.:manhã) turno pela 7ª série do Ensino Fundamental, e no outro (ex.:tarde) é também utilizada para a realização de oficinas pedagógicas. Existe uma pessoa responsável pelo atendimento da mesma apenas no turno da tarde, e, sempre que necessário os (as) professores (as) retiram in loco os livros e outros materiais, levando-os para as salas de aula. O acervo bibliográfico contabiliza: - Livros de Referência: 36 títulos e 82 exemplares - Livros de Literatura Infantil ( Ed. Infantil): 175 títulos e 180 exemplares - Livros de Literatura Infantil (Séries Iniciais): 640 títulos e 650 exemplares - Livros Didáticos de Língua Portuguesa: 65 títulos e 198 exemplares - Livros Didáticos de Língua Estrangeira: 71 títulos e 88 exemplares - Livros Didáticos de Matemática: 68 títulos e 210 exemplares - Livros Didáticos de História: 63 títulos e 195 exemplares - Livros Didáticos de Geografia: 57 títulos e 178 exemplares - Livros Didáticos de Ciências: 72 títulos e 263 exemplares - Livros Didáticos de Artes: 03 títulos e 05 exemplares - Livros Didáticos de Educação Física: 06 títulos e 23 exemplares - Livros Didáticos de Educação Profissional : 12 títulos 25 de exemplares - Livros Didáticos de Literatura: 250 títulos e 257 exemplares - Livros de Formação Pedagógica e Científica: 10 títulos e 15 exemplares - Livros de Cultura Geral: 67 títulos e 98 exemplares - Assinatura de Revistas: 01 título - Assinatura de Jornais: 01 título Quanto as informações qualitativas do acervo bibliográfico: - atualização do acervo, estado de conservação do acervo, aceso do usuário ao acervo, adequação do horário de acesso e a disponibilização á comunidade, foram considerados bons. - adequação do acervo a faixa etária dos alunos, catalogação do acervo e controle do empréstimo do acervo, foram considerados muito bom. - no entanto quanto a adequação da localização do acervo, foi considerado regular Quanto a gestão administrativa e pedagógica da escola, não foi mencionado junto a Ficha Verificadora, mas sabe-se que tem uma diretora com nível superior, assim como a

4 vice-diretora. Não existe uma pessoa específica para a coordenação pedagógica, ou melhor, para a supervisão pedagógica, a mesma é realizada pela direção da Escola No momento o corpo docente é assim constituído: - 01 professora que atua com a disciplina de Língua Portuguesa e tem formação em Licenciatura em Língua Portuguesa - Inglesa - 01 professora que atua com a disciplina de História e tem formação em Licenciatura em História - 01 professora que atua na disciplina de Matemática e tem formação em Licenciatura em Matemática - 01 professor que atua com a disciplina de Geografia e tem formação em Licenciatura em Geografia - 02 professoras que atuam na disciplina de Educação Física e têm formação em Licenciatura em Educação Física - 01 professora que atua nas disciplinas de Arte e Ensino Religioso e tem formação em Pedagogia professora estagiária de CEE que atua na disciplina de Ciências e está cursando Licenciatura em Biologia - 01 professor estagiário de CIEE que atua com disciplina de Língua Estrangeira - Inglês e está cursando Licenciatura em Português - Inglês Quanto a avaliação do corpo docente foi considerado bom, visto que tem dois professores estagiários com regência de classe Quanto a sala que será ocupada pela 8ª série, se assim aprovada, possui 33 m² de área e consta ainda que a mesma é utilizada pela 4ª série no turno oposto. A sala é composta pelos seguintes equipamentos: 02 armários, 21 classes com cadeira conjugadas, 02 ventiladores, 01 relógio, 02 mapas, 02 lixeiras e 01 mesa para o (a) docente. III PARECER DA COMISSÃO A análise da Ficha Verificadora, da visita in loco, e os componentes do processo, instruído e apresentado pela diretora da Escola, Profª Márcia Luiza Haas Büchner, encaminha a esta Plenária do Conselho e esta comissão delibera PARECER FAVORÁVEL à autorização do funcionamento da 8ª série do Ensino Fundamental a contar do ano de 2005 na Escola Municipal de Ensino Fundamental Alfredo Scherer, situada no Acesso Imperatriz Dona Leopoldina Nº 3901, neste município, com as seguintes recomendações: 1 Providenciar o Plano de Prevenção e Proteção contra incêndio aprovado pelo Corpo de Bombeiros. Verificação em 31 de Julho de Providenciar rampa nos desníveis da Escola, para uma melhor acesso aos portadores de deficiência. Verificação em 31 de Março de 2005.

5 3 Providenciar a adequação do acervo bibliográfico correspondente ao número de 05 títulos por componente curricular por série, em específico para a 8ª série, e no mínimo de 01 exemplar para cada grupo de 15 alunos. Verificação em 31 de Julho de Graziela Pacheco Ludtke ( titular e relatora ) André Henckes ( titular ) Sandra Regina Gonçalves Dornelles ( titular )

6 IV - PARECER DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO: Aprovado, por unanimidade, pela plenária em sessão ordinária do dia 15 de dezembro de Profª Silvana Gerhard Presidente do Conselho Municipal de Educação

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VENÂNCIO AIRES -RS

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VENÂNCIO AIRES -RS CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VENÂNCIO AIRES -RS PARECER Nº 14/2004 A APROVADO EM : 15 de dezembro de 2004 I ASSUNTO:Solicitação da autorização de funcionamento da Escola de Educação Infantil Ursinho

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VENÂNCIO AIRES RS

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VENÂNCIO AIRES RS CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VENÂNCIO AIRES RS PARECER Nº 29/03 APROVADO EM : 08 de dezembro de 2003. I ASSUNTO: Solicitação de autorização de funcionamento da 7ª série do Ensino Fundamental da Escola

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VENÂNCIO AIRES-RS

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VENÂNCIO AIRES-RS CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VENÂNCIO AIRES-RS PARECER Nº 11/2004 APROVADO EM: 15/12/2004 I- ASSUNTO: Solicitação de autorização de funcionamento da Escola de Educação Infantil Meu Cantinho, situada

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VENÂNCIO AIRES-RS

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VENÂNCIO AIRES-RS CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VENÂNCIO AIRES-RS PARECER Nº 10/2004 APROVADO EM: 15/12/04 I- ASSUNTO: Solicitação de autorização de funcionamento da Creche Casa da Amizade, situada na rua Tiradentes nº

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VENÂNCIO AIRES-RS

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VENÂNCIO AIRES-RS CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VENÂNCIO AIRES-RS PARECER Nº 02/2005 APROVADO EM: 18/05/2005 I- ASSUNTO: Solicitação de autorização de funcionamento da Escola De Educação Infantil Os Batutinhas, situada

Leia mais

As instalações físicas encontram-se detalhadas no quadro seguinte. QUADRO DE INSTALAÇÕES FÍSICAS

As instalações físicas encontram-se detalhadas no quadro seguinte. QUADRO DE INSTALAÇÕES FÍSICAS As instalações físicas encontramse detalhadas no quadro seguinte. QUADRO DE INSTALAÇÕES FÍSICAS ESPAÇO FÍSICO QUANTIDADES GERAL FACULDADE ÁREA M 2 Salas de aula, medindo cada uma, 69, com um quadro branco,

Leia mais

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO Conselho de Educação do Distrito Federal

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO Conselho de Educação do Distrito Federal Homologado em 27/10/2010, DODF nº 207 de 28/10/2010, pag. 18 Portaria nº 193 de 28/10/2010, DODF nº 208 de 29/10/2010, pag. 14 Parecer nº 249/2010-CEDF Processo nº 460.000200/2010 Interessado: Ipê Centro

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VENÂNCIO AIRES -RS

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VENÂNCIO AIRES -RS CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VENÂNCIO AIRES -RS PARECER Nº12/04 APROVADO EM : 15/12/2004 I - ASSUNTO:Solicitação da autorização de funcionamento da Escola Infantil Balão Mágico, localizada na rua Coronel

Leia mais

SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR SINAES CREDENCIAMENTO DE PÓLO DE APOIO PRESENCIAL PARA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR SINAES CREDENCIAMENTO DE PÓLO DE APOIO PRESENCIAL PARA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação a Distância SEED Departamento de Regulação e Supervisão da Educação a Distância - Dresead Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MANAUS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO GABARITO DEFINITIVO.

PREFEITURA MUNICIPAL DE MANAUS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO GABARITO DEFINITIVO. CARGO 01: PROFESSOR ESPECIALIDADE: EDUCAÇÃO INFANTIL Gabarito A C C B A B C A B D B C D D C Gabarito B C B B C D C B B C B D C D D CARGO 02: PROFESSOR ESPECIALIDADE: 1º AO 5º ANO Gabarito A C C D B A B

Leia mais

Data 2008 BLOCO I INFORMAÇÕES GERAIS

Data 2008 BLOCO I INFORMAÇÕES GERAIS COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA/FACESA INSTRUMENTO DE COLETA DE DADOS SEGMENTO: ALUNOS Data 2008 CURSO: Enfermagem / TURNO: Matutino SEMESTRE: Primeiro BLOCO I INFORMAÇÕES GERAIS P1. Sexo A) ( ) Feminino

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VENÂNCIO AIRES -RS

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VENÂNCIO AIRES -RS CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VENÂNCIO AIRES -RS PARECER Nº 02/02 APROVADO EM : 25 de SETEMBRO de 2002 I - ASSUNTO :Solicitação da 8ª série do Ensino Fundamental da Escola Municipal de Ensino Fundamental

Leia mais

COMISSÃO DE ENSINO MÉDIO E EDUCAÇÃO SUPERIOR Parecer nº 428/2007 Processo UERGS nº 1.673/19.50/06.9

COMISSÃO DE ENSINO MÉDIO E EDUCAÇÃO SUPERIOR Parecer nº 428/2007 Processo UERGS nº 1.673/19.50/06.9 ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO COMISSÃO DE ENSINO MÉDIO E EDUCAÇÃO SUPERIOR Parecer nº 428/2007 Processo UERGS nº 1.673/19.50/06.9 Reconhece o Curso de Pedagogia Educação Infantil,

Leia mais

NORMAS DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO PARA OS CURSOS DE LICENCIATURA EM LETRAS DA PUCRS

NORMAS DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO PARA OS CURSOS DE LICENCIATURA EM LETRAS DA PUCRS NORMAS DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO PARA OS CURSOS DE LICENCIATURA EM LETRAS DA PUCRS CURSOS DE LICENCIATURA EM LETRAS: Habilitações: Língua Portuguesa e respectivas Literaturas Língua Espanhola e respectivas

Leia mais

1/5. Parecer CME/THE Nº017/2007

1/5. Parecer CME/THE Nº017/2007 PARECER CME/THE Nº. 017/2007 CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE TERESINA Rua Lizandro Nogueira, 1536 - Centro. Telefone: (0xx86)3215-7639 CEP.: 64.000-200 - Teresina - Piauí E-Mail: semec.cme@teresina.pi.gov.br

Leia mais

CORPO DISCENTE 1. 1º ano 1.1 2º ano 1.2 3º ano 1.3 4º ano 1.4 5º ano 5ª série 1.5 6º ano 1.6 7º ano 1.7 8º ano 1.8 9º ano 1.

CORPO DISCENTE 1. 1º ano 1.1 2º ano 1.2 3º ano 1.3 4º ano 1.4 5º ano 5ª série 1.5 6º ano 1.6 7º ano 1.7 8º ano 1.8 9º ano 1. EMEF NEUSA NUNES GONÇALVES Diretor: Roberto de Olveira Silva E-mail.: emefnng@vitoria.es.gov.br Fundação: 03/02/1993 Criação: Lei nº 3.906 Endereço: Rua do Caju, 249 Bairro: Nova Palestina CEP.: 29030-015

Leia mais

Normas de Segurança para o Instituto de Química da UFF

Normas de Segurança para o Instituto de Química da UFF Normas de Segurança para o Instituto de Química da UFF A Comissão de segurança do Instituto de Química da UFF(COSEIQ) ao elaborar essa proposta entende que sua função é vistoriar, fiscalizar as condições

Leia mais

PROCESSO N.º 1026/11 PROTOCOLO N.º 10.698.438-7 PARECER CEE/CEB N.º 530/12 APROVADO EM 03/07/12

PROCESSO N.º 1026/11 PROTOCOLO N.º 10.698.438-7 PARECER CEE/CEB N.º 530/12 APROVADO EM 03/07/12 PROTOCOLO N.º 10.698.438-7 PARECER CEE/CEB N.º 530/12 APROVADO EM 03/07/12 CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA INTERESSADO: COLÉGIO ESTADUAL PORTO SEGURO - ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO MUNICÍPIO: PARANAGUÁ ASSUNTO:

Leia mais

LOCALIZAÇÃO: PAVIMENTO TÉRREO IDENTIFICAÇÃO ÁREA (M 2 ) CAPACIDADE Auditório 367,23 406

LOCALIZAÇÃO: PAVIMENTO TÉRREO IDENTIFICAÇÃO ÁREA (M 2 ) CAPACIDADE Auditório 367,23 406 INFRA-ESTRUTURA FÍSICA E TECNOLÓGICA As salas de aula da FACULDADE BARRETOS estão aparelhadas para turmas de até 60 (sessenta) alunos, oferecendo todas as condições necessárias para possibilitar o melhor

Leia mais

DADOS ATUAIS DATA DA VISITA: 03/06/2014 DATA DA VISITA: 30/04/2015. Página 1. Local de funcionamento do Núcleo Parque Moscoso Parque Moscoso

DADOS ATUAIS DATA DA VISITA: 03/06/2014 DATA DA VISITA: 30/04/2015. Página 1. Local de funcionamento do Núcleo Parque Moscoso Parque Moscoso DATA DA VISITA: 03/06/2014 DATA DA VISITA: 30/04/2015 NÚCLEO DE ESPORTES - PARQUE MOSCOSO Coordenador: Cosme Eduardo Bernardes E-mail: cebernardes@correio1.vitoria.es.gov.br Telefone: (27) 3382-6430 Endereço:

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTACIO DE SÁ. Prática de Ensino e Estágio Supervisionado em Docência dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental

UNIVERSIDADE ESTACIO DE SÁ. Prática de Ensino e Estágio Supervisionado em Docência dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental UNIVERSIDADE ESTACIO DE SÁ Prática de Ensino e Estágio Supervisionado em Docência dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental CLAUDIA CRISTINA BRITTES DE MENEZES Mat: 2010.02.00650-3 Rio de Janeiro, 2012 UNIVERSIDADE

Leia mais

Página 1. 1.11 Dos alunos matriculados, quantos estão em Tempo Integral 80

Página 1. 1.11 Dos alunos matriculados, quantos estão em Tempo Integral 80 1. CORPO DISCENTE: Quantidade de alunos matriculados 1º ano 90 1.1 2º ano / 1ª série 95 1.2 3º ano / 2ª série 77 1.3 4º ano / 3ª série 74 1.4 5º ano / 4ª série 55 1.5 6º ano / 5ª série 32 1.6 7º ano /

Leia mais

COMISSÃO DE ENSINO MÉDIO E EDUCAÇÃO SUPERIOR Parecer n 410/2008 Processo SE nº 94.098/19.00/07.7

COMISSÃO DE ENSINO MÉDIO E EDUCAÇÃO SUPERIOR Parecer n 410/2008 Processo SE nº 94.098/19.00/07.7 COMISSÃO DE ENSINO MÉDIO E EDUCAÇÃO SUPERIOR Parecer n 410/2008 Processo SE nº 94.098/19.00/07.7 Indefere o pedido de credenciamento da Escola de Educação Profissional Liceu, em Santa Cruz do Sul, para

Leia mais

1/5. Parecer CME/005/2007

1/5. Parecer CME/005/2007 PARECER CME/THE Nº. 005/2007 CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE TERESINA Emite parecer favorável à autorização de funcionamento, por um período de quatro anos, do curso de Educação Infantil, do Educandário

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Prefeitura Municipal do Rio Grande Conselho Municipal de Educação INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/2011

Estado do Rio Grande do Sul Prefeitura Municipal do Rio Grande Conselho Municipal de Educação INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/2011 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/2011 Assunto: Educação Infantil 1. Propósito Fixar instruções para o pedido de autorização de funcionamento de Escolas que ofertam exclusivamente Educação Infantil, bem como

Leia mais

PROCESSO N 1154/14 PROTOCOLO Nº 12.150.961-0 PARECER CEE/CEMEP Nº 900/14 APROVADO EM 02/12/2014

PROCESSO N 1154/14 PROTOCOLO Nº 12.150.961-0 PARECER CEE/CEMEP Nº 900/14 APROVADO EM 02/12/2014 PROCESSO N 1154/14 PROTOCOLO Nº 12.150.961-0 PARECER CEE/CEMEP Nº 900/14 APROVADO EM 02/12/2014 CÂMARA DO ENSINO MÉDIO E DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO INTERESSADO: COLÉGIO ENSITEC ENSINO

Leia mais

FUNCIONÁRIOS EFETIVOS

FUNCIONÁRIOS EFETIVOS NÚCLEO DE ESPORTES SALESIANO Coordenador: Washington Missias Email: washingtonmissias@hotmail.com Logradouro: Av Marechal Mascarenhas de Moraes Bairro: Forte São João CEP: 29050-940 Telefone: (27) 3382-8676

Leia mais

O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO

O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO Portaria nº 808, de 8 de junho de 00. Aprova o instrumento de avaliação para reconhecimento de Cursos Pedagogia, no âmbito do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior - SINAES. O MINISTRO DE

Leia mais

MINI STÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINI STRO P ORTARIA Nº 808, DE 18 DE JUNHO DE 2010

MINI STÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINI STRO P ORTARIA Nº 808, DE 18 DE JUNHO DE 2010 MINI STÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINI STRO P ORTARIA Nº 808, DE 18 DE JUNHO DE 2010 Aprova o instrumento de avaliação para reconhecimento de Cursos Pedagogia, no âmbito do Sistema Nacional de Avaliação

Leia mais

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014 A CPA (Comissão Própria De Avaliação) apresentou ao MEC, em março de 2015, o relatório da avaliação realizada no ano de 2014. A avaliação institucional, realizada anualmente, aborda as dimensões definidas

Leia mais

Material do curso PPRA EXPERT Apostila do aluno

Material do curso PPRA EXPERT Apostila do aluno PPRA MANUAL PRÁTICO PARA ELABORAÇÃO FORMULÁRIO PARA RECONHECIMENTO DOS RISCOS AMBIENTAIS Material do curso PPRA EXPERT Apostila do aluno RECONHECIMENTO DOS RISCOS AMBIENTAIS Esse Formulário deve ser aplicado

Leia mais

ANEXO I PROGRAMAS E AÇÕES DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA SEB

ANEXO I PROGRAMAS E AÇÕES DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA SEB (Continuação da Resolução/FNDE/CD nº 020/2006) ANEXO I PROGRAMAS E AÇÕES DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA SEB 1. VALORIZAÇÃO E FORMAÇÃO DE PROFESSORES E TRABALHADORES DA EDUCAÇÃO EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO ESCOLA MUNICIPAL DE TEMPO INTEGRAL CAROLINE CAMPELO CRUZ DA SILVA

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO ESCOLA MUNICIPAL DE TEMPO INTEGRAL CAROLINE CAMPELO CRUZ DA SILVA 1. DO OBJETO: PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO ESCOLA MUNICIPAL DE TEMPO INTEGRAL CAROLINE CAMPELO CRUZ DA SILVA EDITAL DE SELEÇÃO SIMPLIFICADA DE PROFISSIONAIS A Secretaria

Leia mais

MUNICÍPIO DE ALTOS - PIAUÍ PREFEITURA MUNICIPAL DE ALTOS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO-SEMED CNPJ Nº. 06.554.794/0005-45. EDITAL n.º.

MUNICÍPIO DE ALTOS - PIAUÍ PREFEITURA MUNICIPAL DE ALTOS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO-SEMED CNPJ Nº. 06.554.794/0005-45. EDITAL n.º. EDITAL n.º. 002 / 2015 O Secretário Municipal de Educação de Altos-PI, no uso de suas atribuições legais, torna público para conhecimento dos interessados que estão abertas as inscrições para o processo

Leia mais

Publicado no DOE de 10/10/2015 pela Portaria SEE nº 4026/2015, de 09/10/2015 PARECER CEE/PE Nº 114/2015-CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM 05/10/2015

Publicado no DOE de 10/10/2015 pela Portaria SEE nº 4026/2015, de 09/10/2015 PARECER CEE/PE Nº 114/2015-CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM 05/10/2015 INTERESSADA: AUTARQUIA EDUCACIONAL DE SERRA TALHADA AESET/FACULDADE DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE SERRA TALHADA - FAFOPST ASSUNTO: RENOVAÇÃO DE RECONHECIMENTO DO CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS COM HABILITAÇÃO

Leia mais

BIBLIOTECA. METRAGEM MÍNIMA (m2)

BIBLIOTECA. METRAGEM MÍNIMA (m2) BIBLIOTECA Administração Balcão de atendimento Balcão de referência Mesa de trabalho para 6 servidores, sendo recomendado 5 a 6m 2 /2 pessoas, com espaço para armários comuns e armários-arquivo para documentos

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO COMISSÃO DE ENSINO MÉDIO E EDUCAÇÃO SUPERIOR Parecer nº 137/2006 Processo UERGS nº 1.388/19.50/05.1 RELATÓRIO Reconhece o Curso de Administração

Leia mais

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Câmara de Educação Superior e Profissional

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Câmara de Educação Superior e Profissional INTERESSADO: Centro de Estudos e Pesquisas em Eletrônica Profissional e Informática Ltda CEPEP EMENTA: Reconhece o Curso Técnico em Redes de Computadores Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação, ofertado

Leia mais

D I R E I T O SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR SINAES AUTORIZAÇÃO

D I R E I T O SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR SINAES AUTORIZAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação Superior Sesu Departamento de Supervisão da Educação Superior - Desup Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Inep Diretoria

Leia mais

QUADRO DE FUNCIONÁRIOS

QUADRO DE FUNCIONÁRIOS NÚCLEO BRINCARTE - SÃO JOSÉ Coordenador: Jairo Peçanha Email: fundacao@ibpc.org.br Fundação: 2010 Logradouro: Rod. Serafim Dezenze, 5005 B Bairro: São Pedro CEP: 29031-800 Telefone: (27) 3233-1585 CORPO

Leia mais

PROCESSO N. 788/11 PROTOCOLO N.º 10.661.081-9 PARECER CEE/CEB N.º 1014/11 APROVADO EM 08/11/11

PROCESSO N. 788/11 PROTOCOLO N.º 10.661.081-9 PARECER CEE/CEB N.º 1014/11 APROVADO EM 08/11/11 PROCESSO N. 788/11 PROTOCOLO N.º 10.661.081-9 PARECER CEE/CEB N.º 1014/11 APROVADO EM 08/11/11 CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA INTERESSADO: COLÉGIO ESTADUAL BARÃO DO RIO BRANCO ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO, NORMAL

Leia mais

PROCESSO Nº 583/14 PROTOCOLO Nº 13.041.446-0 PARECER CEE/CEMEP Nº 817/14 APROVADO EM 05/11/2014

PROCESSO Nº 583/14 PROTOCOLO Nº 13.041.446-0 PARECER CEE/CEMEP Nº 817/14 APROVADO EM 05/11/2014 PROTOCOLO Nº 13.041.446-0 PARECER CEE/CEMEP Nº 817/14 APROVADO EM 05/11/2014 CÂMARA DO ENSINO MÉDIO E DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO INTERESSADO: COLÉGIO COMPANHIA DA CRIANÇA EDUCAÇÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE CAMILO CASTELO BRANCO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO PEDAGOGIA. 1. Licenciatura Plena

UNIVERSIDADE CAMILO CASTELO BRANCO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO PEDAGOGIA. 1. Licenciatura Plena UNIVERSIDADE CAMILO CASTELO BRANCO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO PEDAGOGIA 1. Licenciatura Plena Prática de Gestão Escolar da Educação Básica Prática de Coordenação e Orientação Educacional da Educação

Leia mais

Relatório de Avaliação TECNOLOGIA EM ANALISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

Relatório de Avaliação TECNOLOGIA EM ANALISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS Relatório de Avaliação TECNOLOGIA EM ANALISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS A temática tecnologia da informação esta em todas as áreas: áreas da saúde, empresarial, governamental. A humanidade está entrando

Leia mais

Página 1 . NÚCLEO BRINCARTE - RESISTÊNCIA. Diretor: José Rodrigues de Oliveira Filho. Email: brincarter@correio1.vitoria.es.gov.br.

Página 1 . NÚCLEO BRINCARTE - RESISTÊNCIA. Diretor: José Rodrigues de Oliveira Filho. Email: brincarter@correio1.vitoria.es.gov.br. . NÚCLEO BRINCARTE RESISTÊNCIA Diretor: José Rodrigues de Oliveira Filho Email: brincarter@correio1.vitoria.es.gov.br Fundação: 02/2007 Logradouro: Rua São Sebastião, 180 Bairro: Resistência CEP: 29032545

Leia mais

Página 1. PRAÇA DA CIÊNCIA - Espaço da Ciência e Tecnologia Nenel Miranda. Coordenadora: Patrícia Queiroga. Email: pracaciencia@hotmail.

Página 1. PRAÇA DA CIÊNCIA - Espaço da Ciência e Tecnologia Nenel Miranda. Coordenadora: Patrícia Queiroga. Email: pracaciencia@hotmail. PRAÇA DA CIÊNCIA - Espaço da Ciência e Tecnologia Nenel Miranda Coordenadora: Patrícia Queiroga Email: pracaciencia@hotmail.com Fundação: 11/10/1999 Criação: Lei nº 4.998 Endereço: Av Américo Buaiz, s/n

Leia mais

NEAD/CÂMPUS: : POLO:

NEAD/CÂMPUS: : POLO: ANEXO DA RESOLUÇÃO AD REFERENDUM Nº 015 CONSUPER/2013 ANEXO I INSTRUMENTO DE ANÁLISE E AVALIAÇÃO PARA A CRIAÇÃO DE POLO EAD Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Catarinense PRÓ- REITORIA

Leia mais

MEC. INEP. INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO. REVISÃO - III

MEC. INEP. INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO. REVISÃO - III SIC 38/10* Belo Horizonte, 3 de dezembro de 2010. MEC. INEP. INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO. REVISÃO - III O MEC publicou a Portaria nº 1326, de 18/11/2010 (ver íntegra do texto abaixo). É preciso ser mágico

Leia mais

PARECER CEE/PE Nº 131/2007-CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM 20/11/2007 I RELATÓRIO:

PARECER CEE/PE Nº 131/2007-CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM 20/11/2007 I RELATÓRIO: INTERESSADA: AUTARQUIA BELEMITA DE CULTURA, DESPORTOS E EDUCAÇÃO ASSUNTO: AUTORIZAÇÃO DE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO RELATOR: CONSELHEIRO ARNALDO CARLOS DE MENDONÇA PROCESSO Nº 152/2007 PARECER CEE/PE Nº

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS CAMPO GRANDENSES INSTRUÇÃO NORMATIVA 002/2010 17 05 2010

FACULDADES INTEGRADAS CAMPO GRANDENSES INSTRUÇÃO NORMATIVA 002/2010 17 05 2010 O Diretor das Faculdades Integradas Campo Grandenses, no uso de suas atribuições regimentais e por decisão dos Conselhos Superior, de Ensino, Pesquisa, Pós Graduação e Extensão e de Coordenadores, em reunião

Leia mais

BIBLIOTECA CENTRAL. Estrutura física

BIBLIOTECA CENTRAL. Estrutura física BIBLIOTECA CENTRAL A missão da Biblioteca Central Prof. Eurico Back - UNESC é promover com qualidade a recuperação de informações bibliográficas, com enfoque no desenvolvimento das atividades de ensino,

Leia mais

PROCESSO N 979/12 PROTOCOLO N.º 11.205.949-0 PARECER CEE/CEB N.º 624/12 APROVADO EM 08/08/12

PROCESSO N 979/12 PROTOCOLO N.º 11.205.949-0 PARECER CEE/CEB N.º 624/12 APROVADO EM 08/08/12 PROTOCOLO N.º 11.205.949-0 PARECER CEE/CEB N.º 624/12 APROVADO EM 08/08/12 CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA INTERESSADO: CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL MARTINUS SUBSEDE CENTRO MUNICÍPIO: CURITIBA ASSUNTO: Pedido

Leia mais

Curso: ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA BACHARELADO

Curso: ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA BACHARELADO Curso: ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA BACHARELADO 11 B 12 B 15 D 16 A 17 D 18 E 19 B 20 E 21 E 23 D 25 B 26 C 27 A 28 C 29 A 30 E 31 B 32 C 33 D 34 E 36 C 37 D 38 D 39 B Curso: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO BACHARELADO

Leia mais

PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 25/11/2009, Seção 1, Pág. 19. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 25/11/2009, Seção 1, Pág. 19. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 25/11/2009, Seção 1, Pág. 19. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADA: Sociedade Metropolitana de Educação, Cultura

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA Programa e-tec Brasil

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA Programa e-tec Brasil MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA Programa e-tec Brasil INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO DE POLO Endereço Rua Joaquim José Terra, 13 Cidade /UF/CEP Alterosa/MG 37.145-000

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 24/8/2009, Seção 1, Pág. 16. Portaria n 816, publicada no D.O.U. de 24/8/2009, Seção 1, Pág. 16. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

PROCESSO Nº 604/15 PROTOCOLO Nº 13.399.921-3 PARECER CEE/CEMEP Nº 314/15 APROVADO EM 30/07/15

PROCESSO Nº 604/15 PROTOCOLO Nº 13.399.921-3 PARECER CEE/CEMEP Nº 314/15 APROVADO EM 30/07/15 PROTOCOLO Nº 13.399.921-3 PARECER CEE/CEMEP Nº 314/15 APROVADO EM 30/07/15 CÂMARA DO ENSINO MÉDIO E DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO INTERESSADO: COLÉGIO ENSITEC ENSINO MÉDIO E PROFISSIONAL

Leia mais

REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE ENSINO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA FACULDADE DE APUCARANA FAP

REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE ENSINO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA FACULDADE DE APUCARANA FAP REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE ENSINO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA FACULDADE DE APUCARANA FAP REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE ENSINO Título I LABORATÓRIO DE ENSINO Capítulo I Princípios e Diretrizes

Leia mais

O que é Canteiro de Obras?

O que é Canteiro de Obras? O que é Canteiro de Obras? Sistema complexo, com muitos riscos associados Análise prévia e criteriosa de sua implantação Qualidade Produtividade Segurança Cartão de visita da obra!!! O que é Canteiro

Leia mais

446, 23/01/2014, 24/01/2014 PARECER CEE/PE Nº 143/2013-CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM

446, 23/01/2014, 24/01/2014 PARECER CEE/PE Nº 143/2013-CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM INTERESSADA: UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO UPE FACULDADE DE CIÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO - FCAP ASSUNTO: RENOVAÇÃO DO RECONHECIMENTO DO CURSO SUPERIOR SEQUENCIAL DE FORMAÇÃO ESPECÍFICA EM GESTÃO IMOBILIÁRIA

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO DA CENTRAL DE LABORATÓRIOS EM CIÊNCIA E TECNOLÓGIA AMBIENTAL

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO DA CENTRAL DE LABORATÓRIOS EM CIÊNCIA E TECNOLÓGIA AMBIENTAL PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO DA CENTRAL DE LABORATÓRIOS EM CIÊNCIA E TECNOLÓGIA AMBIENTAL BAURU APRESENTAÇÃO O complexo de laboratórios em Ciência e Tecnologia e Ambiental (CTA)

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SISTEMA MUNICIPAL DE ENSINO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SISTEMA MUNICIPAL DE ENSINO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO Comissão Especial Parecer n.º 011/2012 CME/PoA Processo n.º 001. 033628.11.4 PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SISTEMA MUNICIPAL DE ENSINO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO Credencia/autoriza o funcionamento

Leia mais

Manual de Orientação e Organização sobre a Educação Infantil em Porto Alegre

Manual de Orientação e Organização sobre a Educação Infantil em Porto Alegre Manual de Orientação e Organização sobre a Educação Infantil em Porto Alegre Secretaria Municipal de Educação Prefeitura de Porto Alegre Novembro de 2003 Recomendável para pais, diretores de escolas/instituições

Leia mais

SETORES ADMINISTRATIVOS DAS FACULDADES PONTA GROSSA

SETORES ADMINISTRATIVOS DAS FACULDADES PONTA GROSSA Faculdades Ponta Grossa Comissão Própria de Avaliação Avaliação Institucional 2015/1 INÍCIO SAIR SETORES ADMINISTRATIVOS DAS FACULDADES PONTA GROSSA 01.01. 01 Conheço os meus direitos e deveres como acadêmico.

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE EDUCAÇÃO ARTÍSTICA LICENCIATURA

REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE EDUCAÇÃO ARTÍSTICA LICENCIATURA REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE EDUCAÇÃO ARTÍSTICA LICENCIATURA I Da Exigência das Atividades Complementares As Atividades Complementares do Curso de graduação em Educação Artística,

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSUNI Nº 028/2001

DELIBERAÇÃO CONSUNI Nº 028/2001 DELIBERAÇÃO CONSUNI Nº 028/2001 Dispõe sobre a criação do Sistema Integrado de Bibliotecas SIBi e aprovação do seu regulamento. O CONSELHO UNIVERSITÁRIO, na conformidade do Processo nº PREX- 1785/2001,

Leia mais

Edital de Aproveitamento de Estudos e Diplomas de Curso Normal Superior e Pedagogia com habilitação em Supervisão e Orientação

Edital de Aproveitamento de Estudos e Diplomas de Curso Normal Superior e Pedagogia com habilitação em Supervisão e Orientação EDITAL n. 06.2012 - FAEL- EAD, 30 de maio de 2012 Edital de Aproveitamento de Estudos e Diplomas de Curso Normal Superior e Pedagogia com habilitação em Supervisão e Orientação A Faculdade Educacional

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SISTEMA MUNICIPAL DE ENSINO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SISTEMA MUNICIPAL DE ENSINO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SISTEMA MUNICIPAL DE ENSINO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO Comissão de Educação Infantil Parecer n.º 004/2011 CME/PoA Processo n.º 001.019835.10.8 Credencia/autoriza

Leia mais

24/04/2013 3263/2013, 23/04/2013 PARECER CEE/PE Nº 29/2013-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM08/04/2013

24/04/2013 3263/2013, 23/04/2013 PARECER CEE/PE Nº 29/2013-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM08/04/2013 INTERESSADA: ESCOLA E CURSO PROFISSIONALIZANTE DE INFORMÁTICA E ELETRÔNICA RECIFE/PE ASSUNTO: AUTORIZAÇÃO DO CURSO TÉCNICO EM ELETROELETRÔNICA EIXO TECNOLÓGICO: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS RELATORA:

Leia mais

INFRAESTRUTURA 1. ESPAÇO FÍSICO 1.1. Gabinetes de Trabalho para Professores Tempo Integral - TI

INFRAESTRUTURA 1. ESPAÇO FÍSICO 1.1. Gabinetes de Trabalho para Professores Tempo Integral - TI INFRAESTRUTURA 1. ESPAÇO FÍSICO Atualmente a FIBRA encontra-se em novas instalações contando com 33 salas de aula climatizadas, com instalações de equipamentos de multimídia, auditório climatizado com

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 12/05/2008 (*) Portaria/MEC nº 561, publicada no Diário Oficial da União de 12/05/2008 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE ENSINO DO CURSO DE PEDAGOGIA IFC - CAMPUS CAMBORIÚ. Título I LABORATÓRIO DE ENSINO. Capítulo I Princípios e Diretrizes

REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE ENSINO DO CURSO DE PEDAGOGIA IFC - CAMPUS CAMBORIÚ. Título I LABORATÓRIO DE ENSINO. Capítulo I Princípios e Diretrizes REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE ENSINO DO CURSO DE PEDAGOGIA IFC - CAMPUS CAMBORIÚ Título I LABORATÓRIO DE ENSINO Capítulo I Princípios e Diretrizes O laboratório de ensino do curso de Licenciatura em Pedagogia

Leia mais

SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA SESI/SP PROCESSO SELETIVO 001 / 2015 PROFESSORES DIVISÃO DE EDUCAÇÃO E CULTURA SESI/SP

SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA SESI/SP PROCESSO SELETIVO 001 / 2015 PROFESSORES DIVISÃO DE EDUCAÇÃO E CULTURA SESI/SP SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA SESI/SP PROCESSO SELETIVO 001 / 2015 PROFESSORES DIVISÃO DE EDUCAÇÃO E CULTURA SESI/SP O Serviço Social da Indústria SESI/SP, por meio do INSTITUTO DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO

Leia mais

APROVADO PELO PLENÁRIO EM 07/06/2005 PARECER CEE/PE Nº 36/2005-CES

APROVADO PELO PLENÁRIO EM 07/06/2005 PARECER CEE/PE Nº 36/2005-CES INTERESSADA: UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO/UPE FACULDADE DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE PETROLINA ASSUNTO : RECONHECIMENTO DO CURSO DE LICENCIATURA EM LÍNGUA INGLESA E SUAS LITERATURAS RELATORA : CONSELHEIRA

Leia mais

PLANO DE AÇÃO DO ENSINO FUNDAMENTAL DIURNO

PLANO DE AÇÃO DO ENSINO FUNDAMENTAL DIURNO FORMULÁRIO 14: Plano de Ação PLANO DE AÇÃO DO ENSINO FUNDAMENTAL DIURNO META PLURIANUAL: Aumentar para 87% a taxa de aprovação e reduzir para 7% a taxa de abandono no Ensino Fundamental até dezembro de

Leia mais

RELATÓRIO DE REALIZAÇÕES E ATIVIDADES DA EQUIPE DA DIREÇÃO-GERAL DO CAMPUS CEDETEG GESTÃO 2012-2016

RELATÓRIO DE REALIZAÇÕES E ATIVIDADES DA EQUIPE DA DIREÇÃO-GERAL DO CAMPUS CEDETEG GESTÃO 2012-2016 RELATÓRIO DE REALIZAÇÕES E ATIVIDADES DA EQUIPE DA DIREÇÃO-GERAL DO CAMPUS CEDETEG GESTÃO 2012-2016 Apresentamos neste relatório resumido as realizações e atividades da Equipe da Direção-Geral do Campus

Leia mais

ROTEIRO PARA SUPERVISÃO I INTRODUÇÃO

ROTEIRO PARA SUPERVISÃO I INTRODUÇÃO ROTEIRO PARA SUPERVISÃO I INTRODUÇÃO Este documento tem a finalidade de estabelecer um referencial para o exercício da função de supervisão dos Cursos das Instituições do Ensino Superior, do Sistema Estadual

Leia mais

Comissão Própria de Avaliação - CPA

Comissão Própria de Avaliação - CPA AVALIAÇÃO DO CEFET-RJ PELOS DISCENTES -2010/2 A avaliação das Instituições de Educação Superior tem caráter formativo e visa o aperfeiçoamento dos agentes da comunidade acadêmica e da Instituição como

Leia mais

MANUAL DO ALUNO SISTEMA DE AVALIAÇÃO

MANUAL DO ALUNO SISTEMA DE AVALIAÇÃO MANUAL DO ALUNO No presente Manual você encontrará uma síntese de procedimentos pedagógicos adotados pela Instituição e conhecerá as instalações e departamentos de apoio ao aluno. SISTEMA DE AVALIAÇÃO

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DA EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO COORDENAÇÃO DE ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO ESCOLAR

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DA EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO COORDENAÇÃO DE ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO ESCOLAR ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DA EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO COORDENAÇÃO DE ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO ESCOLAR ORIENTAÇÕES PARA A INSTRUÇÃO DE PROCESSOS E ATIVIDADES QUE ENVOLVEM A ESTRUTURA

Leia mais

Página 1. 1. CORPO DISCENTE: Quantidade de alunos matriculados. 1º grupo 0

Página 1. 1. CORPO DISCENTE: Quantidade de alunos matriculados. 1º grupo 0 1. CORPO DISCENTE: Quantidade de alunos matriculados 1º grupo 2 1.1 2º grupo 2 1.2 3º grupo 1 1.3 4º grupo 1 1.4 5º grupo 1 1.5 6º grupo 1 1.6 Dos alunos matriculados, quantos estão no Tempo Integral 40

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO RESOLUÇÃO Nº 78, DE 20 DE JUNHO DE 2007.

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO RESOLUÇÃO Nº 78, DE 20 DE JUNHO DE 2007. RESOLUÇÃO Nº 78, DE 20 DE JUNHO DE 2007. Dispõe sobre instrução de processos para a regulamentação das escolas indígenas do Estado do Tocantins. O Conselho Estadual de Educação do Tocantins, no uso das

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE CANOAS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE CANOAS CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CME Criado pela Lei nº 3145/91 e Reorganizado pela Lei nº 5167/07 Resolução nº 17, de 29 de outubro de 2014. Estabelece normas para a oferta da Educação Infantil no Sistema

Leia mais

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO legais, ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DELIBERAÇÃO CME/VR Nº 28 / 200 Fixa normas para aprovação do funcionamento de escolas mantidas pelo

Leia mais

PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE RIO CLARO

PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE RIO CLARO PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE RIO CLARO LEVANTAMENTO DE DADOS PARA DIAGNÓSTICO DA EDUCAÇÃO ESCOLAR NO MUNICÍPIO 2011 1 Informações Gerais 2 1. Dados gerais do responsável pelas informações. Nome completo

Leia mais

CRAS - PRAIA DO CANTO

CRAS - PRAIA DO CANTO DATA DA VISITA: 08/01/2013 Responsável: Sílvia Cristina Caldas DATA DA VISITA:21/01/2015 CRAS - PRAIA DO CANTO Endereço: Rua Francisco Rubim, s/n Bairro: Bento Ferreira CEP: 29050-680 E-mail: crpcanto@vitoria.es.gov.br

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VENÂNCIO AIRES -RS

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VENÂNCIO AIRES -RS CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VENÂNCIO AIRES -RS PARECER Nº 01 /02 APROVADO EM : 25 de SETEMBRO de 2002 I - ASSUNTO :Solicitação da autorização de funcionamento da Escola Municipal de Educação Infantil

Leia mais

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DA EDUCAÇÃO BÁSICA

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DA EDUCAÇÃO BÁSICA INTERESSADO: Instituto Paulo Freire EMENTA: Recredencia o Instituto Paulo Freire, de Horizonte, renova a autorização para o funcionamento da educação infantil, reconhece o curso de ensino fundamental,

Leia mais

A instituição pretende oferecer quatro turmas de vinte alunos cada, que funcionarão de segunda à sexta-feira.

A instituição pretende oferecer quatro turmas de vinte alunos cada, que funcionarão de segunda à sexta-feira. INTERESSADO: Centro de Estudos e Pesquisas em Eletrônica Profissional e Informática Ltda CEPEP EMENTA: Reconhece o Curso Técnico em Administração Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios, do Centro de Estudos

Leia mais

DESCRIÇÃO DAS CONSTRUÇÕES (ÁREAS CONSTRUÍDAS) NO IFSULDEMINAS CÂMPUS MACHADO Término Nº de

DESCRIÇÃO DAS CONSTRUÇÕES (ÁREAS CONSTRUÍDAS) NO IFSULDEMINAS CÂMPUS MACHADO Término Nº de DESCRIÇÃO DAS CONSTRUÇÕES (ÁREAS CONSTRUÍDAS) NO IFSULDEMINAS CÂMPUS MACHADO Término Nº de Área Valor da Obra Valor do M² Nome da Obra Início da Obra Programado Obras Construída M² R$ R$ da Obra Descrição

Leia mais

I - RELATÓRIO: II - ANÁLISE:

I - RELATÓRIO: II - ANÁLISE: INTERESSADA: AUTARQUIA EDUCACIONAL DO BELO JARDIM AEB / FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E APLICADAS DO BELO JARDIM - FABEJA ASSUNTO: AUTORIZAÇÃO DO CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO RELATOR: CONSELHEIRO

Leia mais

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Câmara da Educação Superior e Profissional

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Câmara da Educação Superior e Profissional INTERESSADO: Instituto de Educação do Cariri IDEC EMENTA: Credencia o Instituto de Educação do Cariri IDEC e reconhece o curso Técnico em Enfermagem na cidade do Crato, até 31.12.2012. RELATOR: José Batista

Leia mais

Não. Sim 7.1 Quais das modalidades abaixo são oferecidas com acompanhamento de professor. Judô, Ginática artística, Tênis, ritimica

Não. Sim 7.1 Quais das modalidades abaixo são oferecidas com acompanhamento de professor. Judô, Ginática artística, Tênis, ritimica 1. Faixa etária de pessoas atendidas De 5 a 10 anos; e acima de 24 anos 2. Escolas atendidas e empresas Escolas municipais e comunidade Grande Vitoria 3. Existem critérios que a criança/adoloscente seja

Leia mais

1. Biblioteca. 2. Infra-Estrutura. 2.1 Espaço físico

1. Biblioteca. 2. Infra-Estrutura. 2.1 Espaço físico Biblioteca UPIS 1 SUMÁRIO 1. Biblioteca... 3 2. Infra-Estrutura... 3 2.1 Espaço físico... 3 Campus I... 3 Instalações para estudos individuais... 3 Instalações para estudos em grupo... 3 3. Acervo Bibliográfico...

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 18/9/2009, Seção 1, Pág. 47. Portaria n 890, publicada no D.O.U. de 18/9/2009, Seção 1, Pág. 47. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

1 Projeto Biblioteca Vitrine Perfil de Biblioteca Parceira Nome da Escola Nome da Biblioteca e CRB Endereço com CEP Cidade, UF (DDD) Telefone e E-mail Telefone E-mail Responsável pela biblioteca Horários

Leia mais

FACULDADE ANCHIETA DE ENSINO SUPERIOR DO PARANÁ RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2SEM2013 COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO

FACULDADE ANCHIETA DE ENSINO SUPERIOR DO PARANÁ RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2SEM2013 COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO FACULDADE ANCHIETA DE ENSINO SUPERIOR DO PARANÁ RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2SEM2013 COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO Constituída em atendimento à Lei nº 10.861/2004, regulamentada pela Portaria

Leia mais

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Câmara de Educação Superior e Profissional

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Câmara de Educação Superior e Profissional INTERESSADA: Centro de Ensino Grau Técnico EMENTA: Reconhece o Curso Técnico em Logística Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios, ofertado pelo Centro de Ensino Grau Técnico - Unidade Bezerra de Menezes,

Leia mais

REGULAMENTO PARA UTILIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DE ENSINO DE MATEMÁTICA

REGULAMENTO PARA UTILIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DE ENSINO DE MATEMÁTICA Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Câmpus Ibirubá REGULAMENTO PARA UTILIZAÇÃO DO LABORATÓRIO

Leia mais

PARECER CEE/PE Nº 35/2008-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 08/04/2008 I RELATÓRIO:

PARECER CEE/PE Nº 35/2008-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 08/04/2008 I RELATÓRIO: INTERESSADO: SENAC CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL DO RECIFE JOÃO RODRIGUES MAIA ASSUNTO: AUTORIZAÇÃO DO CURSO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO EM ADMINISTRAÇÃO E SUPORTE DE REDES E DE SISTEMAS

Leia mais