POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. A FACILIDADE DE DERRUBAR UM SITE UTILIZANDO A NEGAÇÃO DE SERVIÇO (DoS Denial of Service)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. A FACILIDADE DE DERRUBAR UM SITE UTILIZANDO A NEGAÇÃO DE SERVIÇO (DoS Denial of Service)"

Transcrição

1 POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO A FACILIDADE DE DERRUBAR UM SITE UTILIZANDO A NEGAÇÃO DE SERVIÇO (DoS Denial of Service)

2 Segurança em Redes de Computadores FACULDADE LOURENÇO FILHO Setembro/2014 Prof.: EMANUEL REBOUÇAS EQUIPE: Ariolino Sabóia Everson da Silva Normando Ribeiro Thiago Rian

3 O QUE É INFORMAÇÃO? SEGUNDO A ISO/IEC 27002:2005 A informação é um ativo que, como qualquer outro ativo importante, é essencial para os negócios de uma organização e, consequentemente, necessita ser adequadamente protegida. [...] A informação pode existir em diversas formas. Ela pode ser impressa ou escrita em papel, armazenada eletronicamente, transmitida pelo correio ou por meios eletrônicos, apresentada em filmes ou falada em conversas. Seja qual for a forma de apresentação ou o meio através do qual a informação é compartilhada ou armazenada, é recomendado que ela seja sempre protegida adequadamente.

4 O QUE É SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO DE ACORDO COM A ISO/IEC 27002:2005 Segurança da Informação é a proteção da informação de vários tipos de ameaças para garantir a continuidade do negócio, minimizar o risco ao negócio, maximizar o retorno sobre os investimentos e as oportunidades de negócio.

5 CICLO DE VIDA DA INFORMAÇÃO

6 PRINCÍPIOS DA SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO INTEGRIDADE (somente alterações, supressões e adições autorizadas pela empresa devem ser realizadas nas informações) CONFIDENCIALIDADE (somente pessoas autorizadas pela empresa devem ter acesso à informação) DISPONIBILIDADE (a informação deve estar disponível para as pessoas autorizadas sempre que necessário ou demandado)

7 CLASSIFICAÇÃO DAS INFORMAÇÕES PÚBLICAS (informações de menor importância ou para conhecimento do público em geral) INTERNAS (devem ser mantidas fora do alcance do acesso externo, mas se forem acessadas de forma indevida, não causarão grandes impactos) CONFIDENCIAIS (devem ser protegidas de acesso externo, caso ocorra vazamento poderão causar prejuízos financeiros ou perda de competitividade) SECRETAS (informações críticas para atividades da empresa, seu acesso deve ser de uso restrito e sua manipulação é vital para a organização)

8 O QUE É VULNERABILIDADE? Vulnerabilidade é definida como uma condição que, quando explorada por um atacante (hackers, cracker), pode resultar em uma violação de segurança. Um ataque de exploração de vulnerabilidade ocorre quando um atacante, utilizando-se de uma vulnerabilidade, tenta executar ações maliciosas, como invadir um sistema, acessar informações confidenciais, disparar ataques contra outros computadores ou tornar um serviço inacessível.

9 PRINCIPAIS EQUÍVOCOS DA SEGURANÇA A maioria das brechas de segurança (mais de 80%) é crime de oportunidade. A maior ameaça à segurança que muitas empresas enfrentam não vem dos mestres do crime, mas de seus funcionários. Vejamos os cinco principais e corriqueiros erros relacionados a segurança:

10 PRINCIPAIS EQUÍVOCOS DA SEGURANÇA 1. Não fazer atualizações 2. Não descartar dados corretamente 3. Não usar criptografia 4. Não usar serviços de segurança 5. Não informar os funcionários

11 O QUE É COMO ACONTECEM OS ATAQUES DE DOS? Negação de serviço, ou DoS (Denial of Service), é uma técnica pela qual um atacante utiliza um computador para tirar de operação um serviço, um computador ou uma rede conectada à Internet. Quando um conjunto de computadores é utilizado no ataque, recebe o nome de negação de serviço distribuído, ou DDoS (Distributed Denial of Service). O objetivo desses ataques não é invadir e nem coletar informações, mas sim, exaurir recursos e causar indisponibilidades ao alvo. Quando isto ocorre, todas as pessoas que dependem dos recursos afetados são prejudicadas, pois ficam impossibilitadas de acessar ou realizar as operações desejadas.

12 COMO OS ATAQUES DE DOS ACONTECEM? Pelo envio de grande quantidade de requisições para um serviço, consumindo os recursos necessários ao seu funcionamento e impedindo que as requisições dos demais usuários sejam atendidas; Pela geração de grande tráfego de dados para uma rede, ocupando toda a banda disponível e tornando indisponível qualquer acesso a computadores ou serviços desta rede; Pela exploração de vulnerabilidades existentes em programas, que podem fazer com que um determinado serviço fique inacessível. E não é só o site que pode sair do ar com um ataque DoS. Serviços de , de cloud computing, e outros que estejam no mesmo servidor podem ser tirados do ar.

13 PROGRAMAS E FERRAMENTAS UTILIZADOS Em nossa pesquisa utilizamos as seguintes ferramentas: HOIC

14 PROGRAMAS E FERRAMENTAS UTILIZADOS ByteDOS v 3.2

15 COMO SE DEFENDER DOS ATAQUES DOS Escolher um bom provedor que garanta uma hospedagem com capacidade de receber muito tráfego é uma das opções que garante a defesa contra este tipo de ataque. Apenas grandes hackers conseguiriam lhe atacar, já que boas empresas de hospedagem monitoram o tráfego de entrada e são capazes de identificar um pico de tráfego artificial e detê-lo antes que prejudique a estabilidade de todo o servidor.

16 COMO SE DEFENDER DOS ATAQUES DOS Outra medida de segurança é se preparar para se recuperar rapidamente dos ataques. Se seu site sair do ar, minimize o tempo do prejuízo Tenha sempre um backup dos arquivos do site, de modo que seja possível restaurar tudo no mesmo servidor ou em outra empresa caso algo do tipo aconteça. Pode-se, utilizar ainda filtros que identificam e bloqueiam pacotes com endereços IP falsos (anti-spoofing).

17 COMO SE DEFENDER DOS ATAQUES DOS Outra ideia consiste em utilizar ferramentas que ajudem a identificar os ataques, inclusive IDS (Sistema de Identificação de Intrusos) e tomar alguma decisão com base nas informações obtidas, como aumentar a capacidade de processamento ou limitar a largura de banda de acordo com o tipo de pacote de dados. Dependendo da aplicação, pode-se ainda utilizar recursos capazes de identificar uma solicitação legítima e atender apenas a ela.

Sistemas para Internet 06 Ataques na Internet

Sistemas para Internet 06 Ataques na Internet Sistemas para Internet 06 Ataques na Internet Uma visão geral dos ataques listados na Cartilha de Segurança para Internet do CGI Comitê Gestor da Internet Componente Curricular: Bases da Internet Professor:

Leia mais

Segurança e Proteção da Informação. Msc. Marcelo Carvalho Tavares marcelo.tavares@unir.br

Segurança e Proteção da Informação. Msc. Marcelo Carvalho Tavares marcelo.tavares@unir.br Segurança e Proteção da Informação Msc. Marcelo Carvalho Tavares marcelo.tavares@unir.br 1 Segurança da Informação A informação é importante para as organizações? Por que surgiu a necessidade de se utilizar

Leia mais

www.projetoderedes.com.br Gestão da Segurança da Informação Professor: Maurício AULA 04 Tipos de Ataques

www.projetoderedes.com.br Gestão da Segurança da Informação Professor: Maurício AULA 04 Tipos de Ataques Ataque de Dicionário www.projetoderedes.com.br Trata-se de um ataque baseado em senhas que consiste na cifragem das palavras de um dicionário e posterior comparação com os arquivos de senhas de usuários.

Leia mais

MALWARE. Spyware. Seguem algumas funcionalidades implementadas em spywares, que podem ter relação com o uso legítimo ou malicioso:

MALWARE. Spyware. Seguem algumas funcionalidades implementadas em spywares, que podem ter relação com o uso legítimo ou malicioso: MALWARE Spyware É o termo utilizado para se referir a uma grande categoria de software que tem o objetivo de monitorar atividades de um sistema e enviar as informações coletadas para terceiros. Seguem

Leia mais

Introdução a Gestão de Segurança da Informação. Professor Joerllys Sérgio

Introdução a Gestão de Segurança da Informação. Professor Joerllys Sérgio Introdução a Gestão de Segurança da Informação Professor Joerllys Sérgio A informação e sua importância para o negócio Os aspectos da geração de conhecimento a partir da informação são de especial interesse

Leia mais

Planejando uma política de segurança da informação

Planejando uma política de segurança da informação Planejando uma política de segurança da informação Para que se possa planejar uma política de segurança da informação em uma empresa é necessário levantar os Riscos, as Ameaças e as Vulnerabilidades de

Leia mais

OBJETIVO DA POLÍTICA DE SEGURANÇA

OBJETIVO DA POLÍTICA DE SEGURANÇA POLÍTICA DE SEGURANÇA DIGITAL Wagner de Oliveira OBJETIVO DA POLÍTICA DE SEGURANÇA Hoje em dia a informação é um item dos mais valiosos das grandes Empresas. Banco do Brasil Conscientizar da necessidade

Leia mais

Introdução a Segurança de Redes Segurança da Informação. Filipe Raulino filipe.raulino@ifrn.edu.br

Introdução a Segurança de Redes Segurança da Informação. Filipe Raulino filipe.raulino@ifrn.edu.br Introdução a Segurança de Redes Segurança da Informação Filipe Raulino filipe.raulino@ifrn.edu.br Objetivos Entender a necessidade de segurança da informação no contexto atual de redes de computadores;

Leia mais

Segurança na Rede Local Redes de Computadores

Segurança na Rede Local Redes de Computadores Ciência da Computação Segurança na Rede Local Redes de Computadores Disciplina de Desenvolvimento de Sotware para Web Professor: Danilo Vido Leonardo Siqueira 20130474 São Paulo 2011 Sumário 1.Introdução...3

Leia mais

http://cartilha.cert.br/

http://cartilha.cert.br/ http://cartilha.cert.br/ Quanto mais informações você disponibiliza na Internet, mais difícil se torna preservar a sua privacidade Nada impede que você abra mão de sua privacidade e, de livre e espontânea

Leia mais

SEGURANÇA EM PROFUNDIDADE EM AMBIENTES MICROSOFT

SEGURANÇA EM PROFUNDIDADE EM AMBIENTES MICROSOFT SEGURANÇA EM PROFUNDIDADE EM AMBIENTES MICROSOFT LUCIANO LIMA [CISSP]- [CEH]-[COMPTIA SECURITY+]-[MVP ENTERPRISE SECURITY]-[MCSA SECURITY]-[MCSE SECURITY]-[VMSP]-[VMTSP]-[SSE]-[SSE+] @lucianolima_mvp www.lucianolima.org

Leia mais

Segurança da Informação. Givanaldo Rocha givanaldo.rocha@ifrn.edu.br http://docente.ifrn.edu.br/givanaldorocha

Segurança da Informação. Givanaldo Rocha givanaldo.rocha@ifrn.edu.br http://docente.ifrn.edu.br/givanaldorocha Segurança da Informação Givanaldo Rocha givanaldo.rocha@ifrn.edu.br http://docente.ifrn.edu.br/givanaldorocha Cenário Atual Era da Informação e da Globalização: Avanços da Tecnologia da Informação; Avanços

Leia mais

FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO RAFAEL D. RIBEIRO, M.SC,PMP. RAFAELDIASRIBEIRO@GMAIL.COM HTTP://WWW.RAFAELDIASRIBEIRO.COM.BR @ribeirord A segurança da informação protege a informação de diversos

Leia mais

Segurança na Web. André Tavares da Silva. andre.silva@udesc.br

Segurança na Web. André Tavares da Silva. andre.silva@udesc.br Segurança na Web André Tavares da Silva andre.silva@udesc.br Propósito da Segurança A segurança não é usada simplesmente para proteger contra ataques diretos mas é essencial para estabelecer credibilidade/confiança

Leia mais

Computação em Nuvem: Riscos e Vulnerabilidades

Computação em Nuvem: Riscos e Vulnerabilidades Computação em Nuvem: Riscos e Vulnerabilidades Bruno Sanchez Lombardero Faculdade Impacta de Tecnologia São Paulo Brasil bruno.lombardero@gmail.com Resumo: Computação em nuvem é um assunto que vem surgindo

Leia mais

Tecnologia da Informação UNIDADE 3

Tecnologia da Informação UNIDADE 3 Tecnologia da Informação UNIDADE 3 *Definição * A segurança da informação está relacionada com proteção de um conjunto de dados, no sentido de preservar o valor que possuem para a organização. *Definição

Leia mais

Tecnologia da Informação UNIDADE 3:Estrutura organizacional de TI

Tecnologia da Informação UNIDADE 3:Estrutura organizacional de TI Tecnologia da Informação UNIDADE 3:Estrutura organizacional de TI * A segurança da informação está relacionada com proteção de um conjunto de dados, no sentido de preservar o valor que possuem para a organização.

Leia mais

Segurança da Informação

Segurança da Informação Segurança da Informação Professor: Cleber Schroeder Fonseca cleberfonseca@charqueadas.ifsul.edu.br 8 1 SEGURANÇA EM REDES DE COMPUTADORES 2 Segurança em redes de computadores Consiste na provisão de políticas

Leia mais

Fundamentos em Segurança de Redes de Computadores ISO/IEC - NBR 17799

Fundamentos em Segurança de Redes de Computadores ISO/IEC - NBR 17799 Fundamentos em Segurança de Redes de Computadores 1 Objetivos Esta Norma estabelece diretrizes e princípios gerais para iniciar, implementar, manter e melhorar a gestão de segurança da informação em uma

Leia mais

Qual a importância da Segurança da Informação para nós? Quais são as características básicas de uma informação segura?

Qual a importância da Segurança da Informação para nós? Quais são as características básicas de uma informação segura? Qual a importância da Segurança da Informação para nós? No nosso dia-a-dia todos nós estamos vulneráveis a novas ameaças. Em contrapartida, procuramos sempre usar alguns recursos para diminuir essa vulnerabilidade,

Leia mais

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br. Prof. José Maurício S. Pinheiro - UGB - 2009

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br. Prof. José Maurício S. Pinheiro - UGB - 2009 PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br Auditoria i e Análise de Segurança da Informação Segurança e Confiabilidade Prof. José Maurício S. Pinheiro - UGB - 2009 Dados e Informação Dado é a unidade básica

Leia mais

Organização de arquivos e pastas

Organização de arquivos e pastas Organização de arquivos e pastas Pasta compara-se a uma gaveta de arquivo. É um contêiner no qual é possível armazenar arquivos. As pastas podem conter diversas subpastas. Definir a melhor forma de armazenamento

Leia mais

Privacidade. <Nome> <Instituição> <e-mail>

Privacidade. <Nome> <Instituição> <e-mail> Privacidade Agenda Privacidade Riscos principais Cuidados a serem tomados Créditos Privacidade (1/3) Sua privacidade pode ser exposta na Internet: independentemente da sua

Leia mais

Os requisitos de SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO dentro de uma organização passaram por duas mudanças importantes nas últimas décadas:

Os requisitos de SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO dentro de uma organização passaram por duas mudanças importantes nas últimas décadas: $XWDUTXLD(GXFDFLRQDOGR9DOHGR6mR)UDQFLVFR± $(96) )DFXOGDGHGH&LrQFLDV6RFLDLVH$SOLFDGDVGH3HWUROLQD± )$&$3( &XUVRGH&LrQFLDVGD&RPSXWDomR 6(*85$1d$($8',725,$'(6,67(0$6 ³6HJXUDQoDGH,QIRUPDo}HV &\QDUD&DUYDOKR

Leia mais

Segurança da Informação Prof. Jeferson Cordini jmcordini@hotmail.com

Segurança da Informação Prof. Jeferson Cordini jmcordini@hotmail.com Segurança da Informação Prof. Jeferson Cordini jmcordini@hotmail.com Segurança da Informação Segurança da Informação está relacionada com proteção de um conjunto de dados, no sentido de preservar o valor

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO BASEADO NA NORMA ABNT 21:204.01-010 A Política de segurança da informação, na empresa Agiliza Promotora de Vendas, aplica-se a todos os funcionários, prestadores de

Leia mais

Segurança de Sistemas

Segurança de Sistemas Segurança de Sistemas SISINFO Profs. Hederson Velasco Ramos Henrique Jesus Quintino de Oliveira quintino@umc.br Spoofing Tampering Repudiation Information Disclosure Denial of Service Elevation of Privilege

Leia mais

Segurança na Internet. Disciplina: Informática Prof. Higor Morais

Segurança na Internet. Disciplina: Informática Prof. Higor Morais Segurança na Internet Disciplina: Informática Prof. Higor Morais 1 Agenda Segurança de Computadores Senhas Engenharia Social Vulnerabilidade Códigos Maliciosos Negação de Serviço 2 Segurança de Computadores

Leia mais

INTRODUÇÃO. O conteúdo programático foi pensado em concursos, assim simularemos algumas questões mais usadas em vestibular e provas de concursos.

INTRODUÇÃO. O conteúdo programático foi pensado em concursos, assim simularemos algumas questões mais usadas em vestibular e provas de concursos. INTRODUÇÃO Essa apostila foi idealizada como suporte as aulas de Informática Educativa do professor Haroldo do Carmo. O conteúdo tem como objetivo a inclusão digital as ferramentas de pesquisas on-line

Leia mais

Segurança de Sistemas

Segurança de Sistemas Segurança de Sistemas SISINFO Profs. Hederson Velasco Ramos Henrique Jesus Quintino de Oliveira quintino@umc.br Spoofing Tampering Repudiation Information Disclosure Denial of Service Elevation of Privilege

Leia mais

BOAS PRÁTICAS DE SEGURANÇA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (TI)

BOAS PRÁTICAS DE SEGURANÇA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (TI) BOAS PRÁTICAS DE SEGURANÇA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (TI) André Gustavo Assessor Técnico de Informática MARÇO/2012 Sumário Contextualização Definições Princípios Básicos de Segurança da Informação Ameaças

Leia mais

III. Norma Geral de Segurança da Informação para Uso da Internet

III. Norma Geral de Segurança da Informação para Uso da Internet O B J E CT I V O Estabelecer critérios para acesso à Internet utilizando recursos do Projecto Portal do Governo de Angola. Orientar os Utilizadores sobre as competências, o uso e responsabilidades associadas

Leia mais

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO PROF. SÓCRATES FILHO http://socratesfilho.wordpress.com

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO PROF. SÓCRATES FILHO http://socratesfilho.wordpress.com Comentários sobre prova do TRE/PR 2009 (CESPE TRE/PR 2009 Analista Judiciário Especialidade: Análise de Sistemas) A figura acima ilustra como um sistema de gerenciamento de segurança da informação (SGSI)

Leia mais

Proteção no Ciberespaço da Rede UFBA. CPD - Divisão de Suporte Yuri Alexandro yuri.alexandro@ufba.br

Proteção no Ciberespaço da Rede UFBA. CPD - Divisão de Suporte Yuri Alexandro yuri.alexandro@ufba.br Proteção no Ciberespaço da Rede UFBA CPD - Divisão de Suporte Yuri Alexandro yuri.alexandro@ufba.br Agenda Segurança o que é? Informação o que é? E Segurança da Informação? Segurança da Informação na UFBA

Leia mais

Curso de Tecnologia em Redes de Computadores Auditoria e Análise de Segurança da Informação - 4º período Professor: José Maurício S.

Curso de Tecnologia em Redes de Computadores Auditoria e Análise de Segurança da Informação - 4º período Professor: José Maurício S. Disciplina: Curso de Tecnologia em Redes de Computadores Auditoria e Análise de Segurança da Informação - 4º período Professor: José Maurício S. Pinheiro AULA 4: Trilhas de Auditoria Existe a necessidade

Leia mais

Ataques e Intrusões. Invasões Trashing e Engenharia Social. Classificação de Hackers

Ataques e Intrusões. Invasões Trashing e Engenharia Social. Classificação de Hackers Ataques e Intrusões Professor André Cardia andre@andrecardia.pro.br msn: andre.cardia@gmail.com Ataques e Intrusões O termo genérico para quem realiza um ataque é Hacker. Essa generalização, tem, porém,

Leia mais

Controles gerais iguais aos de pacotes de softwares: Instalação, Configuração, Manutenção, Utilitários.

Controles gerais iguais aos de pacotes de softwares: Instalação, Configuração, Manutenção, Utilitários. $XWDUTXLD(GXFDFLRQDOGR9DOHGR6mR)UDQFLVFR± $(96) )DFXOGDGHGH&LrQFLDV6RFLDLVH$SOLFDGDVGH3HWUROLQD± )$&$3( &XUVRGH&LrQFLDVGD&RPSXWDomR $8',725,$'$7(&12/2*,$'$,1)250$d 2 &RQWUROHVVREUHEDQFRGHGDGRVH PLFURFRPSXWDGRUHV

Leia mais

A Segurança da informação está relacionada a diferentes aspectos que são referentes à integridade, confiabilidade e disponibilidade das informações.

A Segurança da informação está relacionada a diferentes aspectos que são referentes à integridade, confiabilidade e disponibilidade das informações. Módulo 5 Segurança da Informação 2.1 Segurança da Informação A Segurança da informação está relacionada a diferentes aspectos que são referentes à integridade, confiabilidade e disponibilidade das informações.

Leia mais

Segurança em Computadores. GTI SEDU atendimento@sedu.es.gov.br

Segurança em Computadores. GTI SEDU atendimento@sedu.es.gov.br Segurança em Computadores GTI SEDU atendimento@sedu.es.gov.br Agenda Computadores Riscos principais Cuidados a serem tomados Créditos Computadores (1/4) Computador pessoal grande quantidade de dados armazenados

Leia mais

Que informações nós coletamos, e de que maneira?

Que informações nós coletamos, e de que maneira? Política de Privacidade Vivertz Esta é a política de privacidade da Affinion International Serviços de Fidelidade e Corretora de Seguros Ltda que dispõe as práticas de proteção à privacidade do serviço

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO CAMPUS CATU

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO CAMPUS CATU MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO CAMPUS CATU Segurança e Desafios Éticos de e-business Profª. Eneida Rios Crimes

Leia mais

Como medir a velocidade da Internet?

Como medir a velocidade da Internet? Link Original: http://www.techtudo.com.br/artigos/noticia/2012/05/como-medir-velocidade-da-suainternet.html Como medir a velocidade da Internet? Pedro Pisa Para o TechTudo O Velocímetro TechTudo é uma

Leia mais

COMPUTAÇÃO APLICADA À ENGENHARIA

COMPUTAÇÃO APLICADA À ENGENHARIA Universidade do Estado do Rio de Janeiro Campus Regional de Resende Curso: Engenharia de Produção COMPUTAÇÃO APLICADA À ENGENHARIA Prof. Gustavo Rangel Globalização expansionismo das empresas = visão

Leia mais

Gerência de Redes Segurança

Gerência de Redes Segurança Gerência de Redes Segurança Cássio D. B. Pinheiro cdbpinheiro@ufpa.br cassio.orgfree.com Objetivos Apresentar o conceito e a importância da Política de Segurança no ambiente informatizado, apresentando

Leia mais

PRESIDÊNCIA 29/07/2013 RESOLUÇÃO Nº 106/2013

PRESIDÊNCIA 29/07/2013 RESOLUÇÃO Nº 106/2013 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL PRESIDÊNCIA 29/07/2013 RESOLUÇÃO Nº 106/2013 Assunto: Estabelece normas

Leia mais

Políticas de Segurança

Políticas de Segurança Políticas de Segurança A MANDIC S/A, por princípios e filosofia de atuação, em concordância com as mais relevantes práticas e órgãos não-governamentais da Internet mundial, declara ser totalmente intolerante

Leia mais

Proteger as informações da empresa para a qual trabalhamos é um dever de todos nós!

Proteger as informações da empresa para a qual trabalhamos é um dever de todos nós! Prezado Colaborador, O conteúdo desta cartilha tem como objetivo compartilhar alguns conceitos relacionados ao tema Segurança da Informação. Além de dicas de como tratar os recursos e as informações corporativas

Leia mais

Proteger a informação de uma ameaça inclui evitar o seu corrompimento, o seu acesso às pessoas não autorizadas e seu furto ou deleção indevida.

Proteger a informação de uma ameaça inclui evitar o seu corrompimento, o seu acesso às pessoas não autorizadas e seu furto ou deleção indevida. Segurança da Informação é a proteção das informações contra os vários tipos de ameaças as quais estão expostas, para garantir a continuidade do negócio, minimizar o risco ao negócio, maximizar o retorno

Leia mais

Código de prática para a gestão da segurança da informação

Código de prática para a gestão da segurança da informação Código de prática para a gestão da segurança da informação Edição e Produção: Fabiano Rabaneda Advogado, professor da Universidade Federal do Mato Grosso. Especializando em Direito Eletrônico e Tecnologia

Leia mais

Gestão da Segurança da Informação

Gestão da Segurança da Informação Gestão da Segurança da Informação Mercado Empresas levam 200 dias até descobrirem que foram hackeadas Companhias precisam estabelecer uma visão holística de segurança para serem mais ágeis na detecção

Leia mais

Indústria de Cartão de Pagamento (PCI)

Indústria de Cartão de Pagamento (PCI) Indústria de Cartão de Pagamento (PCI) Procedimentos para Scanning de Segurança Administração de Risco Região América Latina e Caribe Indústria de Cartão de Pagamento Procedimentos para Scanning de Segurança

Leia mais

Política de Utilização da Rede Sem Fio (Wireless)

Política de Utilização da Rede Sem Fio (Wireless) Política de Utilização da Rede Sem Fio (Wireless) Apucarana, 01 de fevereiro de 2011. Objetivos A política de utilização da rede wireless tem como objetivo estabelecer regras e normas de utilização e ao

Leia mais

Conscientização sobre a Segurança da Informação. Suas informações pessoais não tem preço, elas estão seguras?

Conscientização sobre a Segurança da Informação. Suas informações pessoais não tem preço, elas estão seguras? Conscientização sobre a Segurança da Informação Suas informações pessoais não tem preço, elas estão seguras? PROFISSIONAIS DE O que é Segurança da Informação? A Segurança da Informação está relacionada

Leia mais

EXIN Cloud Computing Fundamentos

EXIN Cloud Computing Fundamentos Exame Simulado EXIN Cloud Computing Fundamentos Edição Maio 2013 Copyright 2013 EXIN Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser publicado, reproduzido, copiado ou armazenada

Leia mais

Sistemas de Informação

Sistemas de Informação Sistemas de Informação Segurança da Informação Norma: ISO/IEC NBR 27001 e ISO/IEC NBR 27002 Norma: ISO/IEC NBR 27001 e ISO/IEC NBR 27002 Histórico O BSi (British Standard Institute) criou a norma BS 7799,

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS. 01) Considere as seguintes assertivas sobre conceitos de sistemas operacionais:

SISTEMAS OPERACIONAIS. 01) Considere as seguintes assertivas sobre conceitos de sistemas operacionais: SISTEMAS OPERACIONAIS 01) Considere as seguintes assertivas sobre conceitos de sistemas operacionais: I. De forma geral, os sistemas operacionais fornecem certos conceitos e abstrações básicos, como processos,

Leia mais

O que é um proxy? Desta forma conseguimos filtrar conteúdos de internet para negar acessos indevidos e permitir sites que devem ser liberados.

O que é um proxy? Desta forma conseguimos filtrar conteúdos de internet para negar acessos indevidos e permitir sites que devem ser liberados. O que é um proxy? Um servidor proxy é um tipo de servidor que atua nas requisições dos seus clientes executando os pedidos de conexão a outros servidores. Um cliente conecta-se a um servidor proxy, requisitando

Leia mais

FLEXPAG - Política de Privacidade

FLEXPAG - Política de Privacidade FLEXPAG - Política de Privacidade A infocusweb/flexpag tem um compromisso com o respeito à sua privacidade. Política de Privacidade Nós reconhecemos que ao optar por nos informar alguns de seus dados pessoais,

Leia mais

Segurança da Informação

Segurança da Informação Em parceria com: Segurança da Informação Sua organização se preocupa em proteger as informações? Informação X Segurança DO QUE proteger as informações? ENTENDENDO A AMEAÇA Existem mais de 26.000 produtos

Leia mais

Segurança de Redes & Internet

Segurança de Redes & Internet Boas Práticas Segurança de Redes & Internet 0800-644-0692 Video Institucional Boas Práticas Segurança de Redes & Internet 0800-644-0692 Agenda Cenário atual e demandas Boas práticas: Monitoramento Firewall

Leia mais

Segurança em Sistemas de Informação

Segurança em Sistemas de Informação Roteiro com a filtragem de pacotes; Configuração de um roteador de filtragem de pacotes; O que o roteador faz com os pacotes; Dicas para a filtragem de pacotes; Convenções para regras de filtragem de pacotes;

Leia mais

Aula 01 Introdução à Gestão da Segurança da Informação. Prof. Leonardo Lemes Fagundes

Aula 01 Introdução à Gestão da Segurança da Informação. Prof. Leonardo Lemes Fagundes Aula 01 Introdução à Gestão da Segurança da Informação Prof. Leonardo Lemes Fagundes Você vê algumas informações e a maneira como as coisas são formuladas, e então começa a ter alguma compreensão da empresa

Leia mais

Apostila de Gerenciamento e Administração de Redes

Apostila de Gerenciamento e Administração de Redes Apostila de Gerenciamento e Administração de Redes 1. Necessidades de Gerenciamento Por menor e mais simples que seja uma rede de computadores, precisa ser gerenciada, a fim de garantir, aos seus usuários,

Leia mais

PROJETO RUMOS DA INDÚSTRIA PAULISTA

PROJETO RUMOS DA INDÚSTRIA PAULISTA PROJETO RUMOS DA INDÚSTRIA PAULISTA SEGURANÇA CIBERNÉTICA Fevereiro/2015 SOBRE A PESQUISA Esta pesquisa tem como objetivo entender o nível de maturidade em que as indústrias paulistas se encontram em relação

Leia mais

Segurança Física e Segurança Lógica. Aécio Costa

Segurança Física e Segurança Lógica. Aécio Costa Segurança Física e Segurança Lógica Aécio Costa Segurança física Ambiente Segurança lógica Programas A segurança começa pelo ambiente físico Não adianta investir dinheiro em esquemas sofisticados e complexos

Leia mais

TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP

TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP HTTP (Hypertext Transfer Protocol ) Protocolo usado na Internet para transferir as páginas da WWW (WEB). HTTPS (HyperText Transfer

Leia mais

para que quando a resposta que provenha da Internet pudesse ser permitida, ou seja, pudesse acessar o computador do usuário. Em outras palavras, o

para que quando a resposta que provenha da Internet pudesse ser permitida, ou seja, pudesse acessar o computador do usuário. Em outras palavras, o FIREWALL É utilizado para impedir que informações indesejadas entrem em uma rede ou em um computador doméstico. Em uma grande rede não é um método substituto à segurança de um servidor, mas complementar,

Leia mais

TECNOLOGIA WEB. Segurança na Internet Aula 4. Profa. Rosemary Melo

TECNOLOGIA WEB. Segurança na Internet Aula 4. Profa. Rosemary Melo TECNOLOGIA WEB Segurança na Internet Aula 4 Profa. Rosemary Melo Segurança na Internet A evolução da internet veio acompanhada de problemas de relacionados a segurança. Exemplo de alguns casos de falta

Leia mais

Microsoft é uma marca registrada ou comercial da Microsoft Corporation nos Estados Unidos e/ou em outros países.

Microsoft é uma marca registrada ou comercial da Microsoft Corporation nos Estados Unidos e/ou em outros países. Este documento serve apenas para fins informativos. A MICROSOFT NÃO CONCEDE GARANTIAS EXPRESSAS, IMPLÍCITAS OU LEGAIS NO QUE DIZ RESPEITO ÀS INFORMAÇÕES NESTE DOCUMENTO. Este documento é fornecido no estado

Leia mais

Problema. Controle de Acesso Lógico e Físico. Controle de Acesso Físico. Definição. Localização do CPD. Localização do CPD

Problema. Controle de Acesso Lógico e Físico. Controle de Acesso Físico. Definição. Localização do CPD. Localização do CPD Problema Controle de Acesso Lógico e Físico Prof. Alexandre Beletti Ferreira Com as informações armazenadas em computadores interligados com outros computadores no mundo todo surgi a necessidade de uma

Leia mais

Introdução à Segurança da Informação. Aécio Costa

Introdução à Segurança da Informação. Aécio Costa Introdução à Segurança da Informação Aécio Costa Porque estamos estudando Segurança da Informação? Ataque virtual usa "BBB 11" para roubar dados http://www1.folha.uol.com.br/tec/869084-ataque-virtual-usa-bbb-11-para-roubardados.shtml

Leia mais

Política de Utilização da Rede Sem Fio (Wireless)- UNICARIOCA

Política de Utilização da Rede Sem Fio (Wireless)- UNICARIOCA Política de Utilização da Rede Sem Fio (Wireless)- UNICARIOCA Objetivos A política de utilização da rede wireless tem como objetivo estabelecer regras e normas de utilização e ao mesmo tempo desenvolver

Leia mais

Política de Segurança da Informação

Política de Segurança da Informação Política de Segurança da Informação 29 de janeiro 2014 Define, em nível estratégico, diretivas do Programa de Gestão de Segurança da Informação. ÍNDICE 1 OBJETIVO... 3 2 PÚBLICO ALVO... 3 3 RESPONSABILIDADES

Leia mais

Proteção de dados e informação que possuem valor para uma pessoa ou empresa

Proteção de dados e informação que possuem valor para uma pessoa ou empresa Professor Gedalias Valentim Informática para Banca IADES Segurança da Informação Segurança da Informação Proteção de dados e informação que possuem valor para uma pessoa ou empresa 1 Segurança da Informação

Leia mais

WEBMAIL Política de Uso Aceitável

WEBMAIL Política de Uso Aceitável WEBMAIL Política de Uso Aceitável Bem-vindo ao Correio Eletrônico da UFJF. O Correio Eletrônico da UFJF (Correio-UFJF) foi criado para ajudá-lo em suas comunicações internas e/ou externas à Universidade.

Leia mais

PROJETO INTEGRADOR LUIZ DAVI DOS SANTOS SOUZA

PROJETO INTEGRADOR LUIZ DAVI DOS SANTOS SOUZA PROJETO INTEGRADOR LUIZ DAVI DOS SANTOS SOUZA Os serviços IP's citados abaixo são suscetíveis de possíveis ataques, desde ataques passivos (como espionagem) até ataques ativos (como a impossibilidade de

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Página: 1 de 5 1. INTRODUÇÃO A informação é um ativo que possui grande importância para PRÓ-MEMÓRIA, sendo resguardada contra ameaças e riscos. Segurança da informação, segundo a NBR ISO/IEC 27002:2005,

Leia mais

CPE Soft Manual. 125/400mW 2.4GHz. CPE Soft

CPE Soft Manual. 125/400mW 2.4GHz. CPE Soft CPE Soft Manual 125/400mW 2.4GHz CPE Soft Campinas - SP 2010 Indice 1.1 Acessando as configurações. 2 1.2 Opções de configuração... 3 1.3 Wireless... 4 1.4 TCP/IP 5 1.5 Firewall 6 7 1.6 Sistema 8 1.7 Assistente...

Leia mais

GESTÃO DA SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

GESTÃO DA SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Sistema de Informação e Tecnologia FEQ 0411 Prof Luciel Henrique de Oliveira luciel@uol.com.br Capítulo 6 GESTÃO DA SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO PRADO, Edmir P.V.; SOUZA, Cesar A. de. (org). Fundamentos de

Leia mais

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO PARTE 2

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO PARTE 2 SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO PARTE 2 Segurança da Informação A segurança da informação busca reduzir os riscos de vazamentos, fraudes, erros, uso indevido, sabotagens, paralisações, roubo de informações ou

Leia mais

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com /

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com / Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com / andre.belini@ifsp.edu.br APRESENTAÇÃO DO PROFESSOR Nome: André Luís Belini

Leia mais

Prof. Demétrios Coutinho

Prof. Demétrios Coutinho Prof. Demétrios Coutinho Hoje em dia a informação é o bem mais valioso de uma empresa/cliente. A segurança da informação é um conjunto de medidas que se constituem basicamente de controles e política de

Leia mais

3 Ataques e Intrusões

3 Ataques e Intrusões 3 Ataques e Intrusões Para se avaliar a eficácia e precisão de um sistema de detecção de intrusões é necessário testá-lo contra uma ampla amostra de ataques e intrusões reais. Parte integrante do projeto

Leia mais

Servidor, Proxy e Firewall. Professor Victor Sotero

Servidor, Proxy e Firewall. Professor Victor Sotero Servidor, Proxy e Firewall Professor Victor Sotero 1 Servidor: Conceito Um servidor é um sistema de computação centralizada que fornece serviços a uma rede de computadores; Os computadores que acessam

Leia mais

10 Dicas para uma implantação

10 Dicas para uma implantação 10 Dicas para uma implantação de Cloud Computing bem-sucedida. Um guia simples para quem está avaliando mudar para A Computação em Nuvem. Confira 10 dicas de como adotar a Cloud Computing com sucesso.

Leia mais

Ameaças, riscos e vulnerabilidades. Prof. Anderson Maia. Objetivos. ameaças mais comuns na internet;

Ameaças, riscos e vulnerabilidades. Prof. Anderson Maia. Objetivos. ameaças mais comuns na internet; Ameaças, riscos e vulnerabilidades Prof. Anderson Maia Objetivos è compreender o funcionamento de algumas ameaças mais comuns na internet; è entender como tais ameaças podem ser exploradas por meio das

Leia mais

Politicas de Segurança da Informação

Politicas de Segurança da Informação Politicas de Segurança da Informação Rodrigo Pionti¹, Daniel Paulo Ferreira² Faculdade de Tecnologia de Ourinhos FATEC INTRODUÇÃO Com o avanço da tecnologia de modo acelerado, o uso da internet tem se

Leia mais

Segurança da Informação

Segurança da Informação Segurança da Informação Segurança e Vulnerabilidades em Aplicações Web jobona@terra.com.br Definição: Segurança Segundo o dicionário da Wikipédia, o termo segurança significa: 1. Condição ou estado de

Leia mais

Fundamentos em Segurança de Redes de Computadores. Segurança Lógica

Fundamentos em Segurança de Redes de Computadores. Segurança Lógica Fundamentos em Segurança de Redes de Computadores Segurança Lógica 1 Segurança Lógica Mecanismos de Controle A Segurança Lógica é aspecto abrangente e complexo, requerendo, consequentemente, um estudo

Leia mais

Prof. Jefferson Costa www.jeffersoncosta.com.br

Prof. Jefferson Costa www.jeffersoncosta.com.br Prof. Jefferson Costa www.jeffersoncosta.com.br Preservação da: confidencialidade: Garantia de que o acesso à informação seja obtido somente por pessoas autorizadas. integridade: Salvaguarda da exatidão

Leia mais

Hackers. Seus dados podem ser inúteis, mas seu computador em si pode ainda ser um recurso valioso.

Hackers. Seus dados podem ser inúteis, mas seu computador em si pode ainda ser um recurso valioso. Firewalls Hackers Gostam de alvos fáceis. Podem não estar interessados nas suas informações. Podem invadir seu computador apenas por diversão. Para treinar um ataque a uma máquina relativamente segura.

Leia mais

Emails colmeia login senha

Emails colmeia login senha Emails O que é e-mail? Correio eletrônico, ou e-mail, é atualmente uma das práticas mais comuns da Internet. O correio eletrônico permite que qualquer pessoa com acesso à Internet envie mensagens escritas,

Leia mais

Gestão da Segurança da Informação

Gestão da Segurança da Informação Gestão da Segurança da Informação Mercado Symantec investe no mercado de proteção de dispositivos da Internet das Coisas A Symantec anunciou que está protegendo mais de um bilhão de dispositivos da Internet

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO DISTRITO FEDERAL

TRIBUNAL DE CONTAS DO DISTRITO FEDERAL TRIBUNAL DE CONTAS DO DISTRITO FEDERAL TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E ANALISTA (EXCETO PARA O CARGO 4 e 8) GABARITO 1. (CESPE/2013/MPU/Conhecimentos Básicos para os cargos 34 e 35) Com a cloud computing,

Leia mais

Segurança em computadores e em redes de computadores

Segurança em computadores e em redes de computadores Segurança em computadores e em redes de computadores Uma introdução IC.UNICAMP Matheus Mota matheus@lis.ic.unicamp.br @matheusmota Computador/rede segura Confiável Integro Disponível Não vulnerável 2 Porque

Leia mais

Voz em ambiente Wireless

Voz em ambiente Wireless Voz em ambiente Wireless Mobilidade, acesso sem fio e convergência são temas do momento no atual mercado das redes de comunicação. É uma tendência irreversível, que vem se tornando realidade e incorporando-se

Leia mais

Curso de Tecnologia em Redes de Computadores

Curso de Tecnologia em Redes de Computadores Curso de Tecnologia em Redes de Computadores Disciplina: Auditoria e Análise de Segurança da Informação - 4º período Professor: José Maurício S. Pinheiro AULA 2: Segurança Física e Segurança Lógica Segurança

Leia mais

Boas Práticas de Desenvolvimento Seguro

Boas Práticas de Desenvolvimento Seguro Boas Práticas de Desenvolvimento Seguro Julho / 2.012 Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 29/07/2012 1.0 Versão inicial Ricardo Kiyoshi Página 2 de 11 Conteúdo 1. SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

Leia mais

Privacidade na Web. Cristine Hoepers cristine@cert.br!

Privacidade na Web. Cristine Hoepers cristine@cert.br! Privacidade na Web Cristine Hoepers cristine@cert.br! Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR Comitê Gestor da Internet

Leia mais

Faculdade Lourenço Filho Disciplina: Comércio Virtual PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS. Tipos de Defesas

Faculdade Lourenço Filho Disciplina: Comércio Virtual PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS. Tipos de Defesas Segurança Aulas : Terças e Quintas Horário: AB Noite [18:30 20:20hs] Slide: 1 nº Defesas Externas IPS, IDS Proteger a rede e os hosts Manter ameaças externas longe da rede interna Defesas Internas Tipos

Leia mais