Manual do Sistema de Caracterização em Dentes Artificiais STG

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual do Sistema de Caracterização em Dentes Artificiais STG"

Transcrição

1

2 Manual do Sistema de Caracterização em Dentes Artificiais STG

3 ÍNDICE Técnica Fotopolimerizável, Autopolimerizável e Termopolimerizável...1 Técnica de Caracterização Dental Descalcificação de Esmalte Restaurações Manchadas pela Ação de Corantes Colos Dentais Escurecidos Trincas de Esmaltes Exposição de Dentina Incisal por Abrasão Restauração de Amálgama...8

4 Introdução A evolução constante dos materiais, associada ao desenvolvimento de modernas técnicas e aperfeiçoamento dos Cirurgiões Dentistas, têm proporcionado a realização de excelentes trabalhos estéticos e funcionais, permitindo a plena saúde bucal, segurança e autoestima aos usuários de próteses dentárias. É habitual aos pacientes que possuem dentes naturais buscarem a melhoria dos aspectos estéticos. Entre os procedimentos mais solicitados, podemos destacar: clareamento dental, substituição de restaurações metálicas por outras de porcelana ou resinas compostas, recomposição vestibular de dentes anteriores por laminados de cerâmica ou resina e ainda atuações ortodônticas com o objetivo de corrigir eventuais problemas de maloclusões ou apinhamentos dentais. Em contrapartida, os pacientes portadores de próteses totais ou parciais removíveis desejam, na maioria das vezes, aproximar a estética de suas próteses à dos dentes naturais, simulando manchas, desgastes por abrasão, trincas, giroversões, alterações de cor e restaurações de amálgama, considerando que pessoas de maior faixa etária apresentam tais modificações em seus dentes. Com o intuito de atender aos anseios desses pacientes, introduzimos o Kit STG de Caracterização em Dentes Artificiais, cujo principal objetivo é proporcionar trabalhos de adequação das próteses dentárias ao padrão estético natural. O Kit STG de Caracterização em Dentes Artificiais é composto de 8 frascos de 3 gramas cada um, conforme Tabela abaixo: Quantidade Tonalidade Amarelo claro Azul Branco Cinza Incolor Marrom 1 Marrom 2 Marrom 3

5 Os líquidos são comercializados separadamente e devem ser adquiridos conforme a técnica de preferência do profissional. Três opções de líquidos são oferecidas: 1) Fotopolimerizável; 2) Autopolimerizável; 3) Termopolimerizável. O Kit STG de Caracterização em Dentes Artificiais poderá ser empregado através de três técnicas: 1) Técnica Fotopolimerizável: O material utilizado, além do kit de caracterização, é o líquido VIPI para resina fotopolimerizável, resina VIPI COR na cor do dente a ser caracterizado e uma fonte de fotopolimerização (fornos de laboratório para resina fotopolimerizável ou de aparelhos de fotopolimerização para consultório). É importante nessa técnica utilizar sempre camadas finas de resina para que haja o endurecimento pela fotopolimerização. 2) Técnica Autopolimerizável: O material utilizado, além do kit de caracterização, é a resina VIPI COR na cor do dente a ser caracterizado e monômero de rápida polimerização. 3) Técnica Termopolimerizável: O material utilizado, além do kit de caracterização, é a resina VIPI COR, na cor do dente a ser caracterizado, o monômero especial de lenta polimerização e uma polimerizadora termo-pneumo-hidráulica. 1

6 Entre as caracterizações dentais mais habituais, podemos citar: as descalcificações de esmalte, as restaurações manchadas pela ação de corantes (chá, café, refrigerante e nicotina), as restaurações de amálgama, as pigmentações por tetraciclina, os escurecimentos dos colos dentais, as trincas de esmalte e as exposições de dentina. Técnica de Caracterização Dental - Materiais básicos utilizados: a) Broca esférica de 2 milímetros de diâmetro; b) Pincel fino número 2; c) Pote Dappen de vidro; d) Resina VIPI COR da cor do dente; e) Placa de vidro e; f ) Lecron. - Procedimentos básicos Essa técnica consiste na substituição de parte do material interno do dente pela resina pigmentada, dando a característica desejada. Para executar tal procedimento, utilizar uma broca esférica para preparar uma cavidade da seguinte maneira: a) dentes anteriores - a perfuração é feita no sentido da face lingual ou palatina para vestibular; ou na porção cervical interna. b) dentes posteriores - a perfuração é feita partindo da face interna na porção cervical ou ainda pela face proximal do dente. É importante que essa perfuração chegue bem próxima da face vestibular do dente, criando uma boa transparência. 2

7 1 - Descalcificação de Esmalte: As descalcificações são manchas esbranquiçadas localizadas em determinadas regiões dos dentes, caracterizadas por perda mineral na estrutura do esmalte dental Usando Líquido Fotopolimerizável: Método A Após a obtenção e limpeza da cavidade, colocar uma porção de pigmento branco concentrado em uma placa de vidro, umedecendo-a com o líquido VIPI para fotopolimerização até a consistência de uma pasta mole; Com um pincel, colocar a resina no fundo da cavidade e fotopolimerizá-la; é importante colocar uma camada bem fina para obter o endurecimento pela fotopolimerização; Preparar na mesma placa de vidro uma porção de resina VIPI COR da cor do dente, umedecendo-a com o líquido para fotopolimerização; Preencher o restante da cavidade com essa resina e aguardar aproximadamente 15 minutos; Fotopolimerizar; Obs: Se a cavidade for profunda, completar em 2 etapas com camadas mais finas, afim de obter o endurecimento por fotopolimerização. Método B Após a obtenção e limpeza da cavidade, colocar o líquido VIPI para fotopolimerização no interior da mesma; 3

8 Colocar sobre o líquido uma porção pequena de pigmento branco concentrado até umedecer totalmente; Fotopolimerizar; Após essa operação, colocar no restante da cavidade mais líquido fotopolimerizável e completar com resina em pó VIPI COR da cor do dente, com um pouco de excesso; Aguardar aproximadamente 15 minutos; Fotopolimerizar; Em ambos os métodos citados, é importante o tempo de espera para que o líquido reaja bem com o pó, evitando que a superfície da resina fique esbranquiçada; Obs.: Aplicar sempre camadas finas afim de obter uma boa fotopolimerização. Em qualquer dos métodos, dar o acabamento e polimento final com VIPI BRIL Usando Líquido Autopolimerizável: A caracterização do dente por essa técnica deve ser mais cuidadosa para evitar porosidade na resina. Após a obtenção e a limpeza da cavidade, colocar uma porção de pigmento branco concentrado em um Dappen e, em outro, o líquido VIPI autopolimerizável; Umedecer o pincel no líquido, pegar um pouco de pigmento branco concentrado e depositá-lo no fundo da cavidade; Umedecer com mais líquido autopolimerizável; Aguardar aproximadamente 5 minutos para que o pigmento autopolimerize; Após esse tempo, completar a cavidade com resina VIPI COR da cor do dente, umedecendo sempre com líquido autopolimerizável; Aguardar aproximadamente 15 minutos para a completa polimerização do material. Para evitar porosidades na resina, indicamos dois procedimentos básicos: a) Colocar o dente em uma polimerizadora em água fria, injetando 60 libras de pressão (ar), ou; b) Umedecer continuamente a superfície do material até que ele polimerize. Em qualquer dos procedimentos, após o término, dar o polimento final com VIPI BRIL. 4

9 1.3 - Usando Líquido Termopolimerizável: Essa técnica requer a utilização de uma polimerizadora termo-pneumohidráulica. Após a obtenção e limpeza da cavidade, colocar uma porção de pigmento branco concentrado em um Dappen e, em outro, o líquido especial VIPI termopolimerizável; Umedecer o pincel no líquido, pegar um pouco de pigmento branco concentrado e depositá-lo no fundo da cavidade; Umedecer com mais líquido termopolimerizável; Aguardar aproximadamente 5 minutos para que o pig-mento apresente uma consistência de borracha; Após esse tempo, completar a cavidade com resina VIPI COR da cor do dente, umedecendo com o líquido termopolimerizável; Aguardar aproximadamente 5 minutos para que a outra resina tenha também uma consistência de borracha; Colocar o dente na polimerizadora com água fria, injetar 60 libras de pressão (ar) e ligar na rede elétrica; Aguardar até que a temperatura atinja 110ºC, deixando por 30 minutos; Desligar a polimerizadora e esperar o esfriamento da água; Proceder com o acabamento e polimento final com VIPI BRIL. 2 - Restaurações Manchadas pela Ação de Corantes (chá, café, refrigerante e nicotina): 5

10 Essas manchas são causadas por deposição de pigmentos em microfissuras presentes na superfície do esmalte ou de restaurações dentais. Essas alterações são mais frequentes em pacientes com hábitos alimentares (chá, café e refrigerante) e em fumantes (presença de nicotina). Para esse tipo de caracterização, deve-se considerar a Tabela de Referência entre os pigmentos e as cores dos dentes, como indicados abaixo: Escala VIPI e Biotone Vita Trilux e Ivoclar Cores 60 e 62 Cores 65, 66, 67 Cores 69, 77, 81 A1, A2, B2 A3, A3,5 C2, B3, A4 2A,1C 1E, 2B, 1D 4B, 3A, 3E Pigmentos STG Amarelo Claro Marrom 1 Marrom 2 Biotone, Vita e Ivocler são Marcas Registradas. Todos os Diretos Reservados. Para realizar a caracterização, executar os mesmos procedimentos que foram descritos no item 1, Descalcificações de Esmalte, ficando a critério do profissional a escolha da técnica a ser utilizada. 3- Colos Dentais Escurecidos: Os pigmentos básicos utilizados nesse tipo de caracterização são: Marrom 2 ou Marrom 3. Para realizar a caracterização acima, executar os mesmos procedimentos que foram descritos no item 1 Descalcificação de Esmalte, ficando a critério do profissional a escolha da técnica a ser utilizada. 6

11 4 - Trincas de Esmalte: Os pigmentos básicos utilizados nessa caracterização são os pigmentos Marrom 2 ou Marrom 3. Essa caracterização é feita geralmente na face externa do dente, obedecendo a sequência abaixo: Utilizar um disco de aço diamantado bem fino e fazer com ele um discreto corte, fino e profundo na face vestibular do dente; no sentido vertical; Umedecer com líquido VIPI para fotopolimerização, colocar o pigmento Marrom 2 ou Marrom 3, conforme a cor do dente, até que esse pigmento fique totalmente umedecido. Eliminar o excesso; Fotopolimerizar; Após essa operação, completar o resto da fissura com resina incolor umedecida com líquido VIPI fotopolimerizável. Fotopolimerizar; Dar o acabamento e o polimento final com VIPI BRIL; Pode-se utilizar também o líquido autopolimerizável ou líquido termopolimerizável, conforme descrito no item 1.2 e 1.3 em Descalcificação de Esmalte. 7

12 5 - Exposição de Dentina Incisal por Abrasão: Os pigmentos básicos utilizados nessa caracterização são os pigmentos Marrom 2 e Marrom 3. Para realizar a caracterização executar os mesmos procedimentos que foram descritos no item 1 Descalcificações de Esmalte, ficando a critério do profissional a escolha da técnica a ser utilizada. Essa caracterização é feita geralmente na face incisal dos dentes anteriores; Utilizar uma broca de fissura 699 e com ela fazer um corte no topo incisal aprofundando irregularmente, formando uma canaleta no sentido horizontal; Umedecer com o líquido VIPI para fotopolimerização, colocar o pigmento Marrom 2 ou Marrom 3, conforme a cor do dente, até que esse pigmento fique totalmente umedecido. Eliminar o excesso; Fotopolimerizar. Após essa operação, completar o restante da canaleta com a resina incolor umedecida com o líquido VIPI fotopolimerizável; Fotopolimerizar; Dar o acabamento e o polimento final com VIPI BRIL. 6 - Restauração de Amálgama: 8

13 Os materiais básicos utilizados nessa caracterização são os pigmentos Azul e Cinza. Nessa caracterização, a cavidade deve ser feita nas faces proximais do dente (mesial ou distal), não se estendendo até a face vestibular. O pigmento Azul ou Cinza deve ser usado com moderação para que o efeito não fique muito intenso. A caracterização simulando uma restauração de amálgama deve ser muito cuidadosa e de preferência em face distal do 2º pré-molar ou face mesial do 1º molar. Ao ser feita a montagem desses dentes na prótese, por efeito de sombra na proximal, obtém-se a simulação de uma restauração de amálgama. Algumas Próteses com Caracterizações dos Dentes Artificiais: Antes Depois Antes Depois Essa técnica foi elaborada e desenvolvida pelo Técnico em Prótese Dentária Tomaz Gomes e pelo Cirurgião Dentista Fabiano Leoni Gomes. 9

14 TPD O Prof. Tomaz Gomes é técnico formado em Prótese Dentária em 1970 pelo SENAC,aonde também foi professor. Foi laureado com o prêmio Le Cron de Ouro por sua grande contribuição na área da Prótese Dentária. É idealizador do Sistema Tomaz Gomes de Caracterização (STG), fabricado e comercializado pela VIPI no Brasil e no exterior. Ministrador de cursos e palestras por todo o Brasil e América Latina, é reconhecido mundialmente através de suas publicações em livros, artigos científicos e produções de suas técnicas em vídeo. É um dos idealizadores da Técnica da Clonagem Terapêutica, que reabilita o paciente desdentado total através de protocolos que visam à obtenção da máxima função e estética.

15 Conheça também ESCALA DE GENGIVA CARACTERIZADAS KIT STG CARACTERIZAÇÃO DE GENGIVA Benefícios do Produto: Para uso nas técnicas convencional e micro-ondas; Ausência de porosidades; Baixa absorção de água; Baixo Monômero residual; Excelentes Propriedades Mecânicas; Excelente Estabilidade Dimensional; Brilho inigualável; Facilidade de escoamento, compactação, facilidade no acabamento, polimento e brilho; Pode ser usada com os líquidos Vipi Cril Plus (aditivado com Crosslink) ou VIPI WAVE.

16

Sistema Tomaz Gomes. Caracterização de Prótese Total e Prótese Parcial Removível com Uso de Resinas Pigmentadas e Escalas Policromáticas de Gengivas

Sistema Tomaz Gomes. Caracterização de Prótese Total e Prótese Parcial Removível com Uso de Resinas Pigmentadas e Escalas Policromáticas de Gengivas VIPICRIL Caracterização de Prótese Total e Prótese Parcial Removível com Uso de Resinas Pigmentadas e Escalas Policromáticas de Gengivas Temos a satisfação de apresentar um trabalho em PT com personalidade

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTOS

CATÁLOGO DE PRODUTOS www.imodonto.com CATÁLOGO DE PRODUTOS DENTES ACRÍLICOS ANVISA 80819960001 A1 A2 A A,5 B2 C2 CAMADAS Escala de Cor referencial Ivoclar Platinum 1A 1C 1D 1E 2A 2B E 4B CAMADAS Platinum Escala de Cor referencial

Leia mais

INTERPRETAÇÃO DE IMAGENS DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL

INTERPRETAÇÃO DE IMAGENS DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL INTERPRETAÇÃO DE IMAGENS DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL Na imagem radiográfica de um dente íntegro todas as partes são facilmente identificáveis, pois já conhecemos a escala de radiopacidade. Agora começamos

Leia mais

Manual de Colagem Ortodôntica Direta

Manual de Colagem Ortodôntica Direta Manual de Colagem Ortodôntica Direta Até o início da década de 70 os tratamentos ortodônticos eram realizados soldando os bráquetes às bandas em todos os dentes. Introdução Após o advento da técnica do

Leia mais

SISTEMA EPOXI Líquido Mármores e Granitos

SISTEMA EPOXI Líquido Mármores e Granitos 120 Telagem Comp. A É recomendado como adesivo para fixação de tecido (telagem) em chapas e ladrilhos de mármore e granitos Epóxi Líquido Alta 100 : 20pp reforçando-as. Apresenta boa penetração e impregnação

Leia mais

ANEXO VI MODELO DE PROPOSTA (PAPEL TIMBRADO DA EMPRESA)

ANEXO VI MODELO DE PROPOSTA (PAPEL TIMBRADO DA EMPRESA) ANEXO VI MODELO DE PROPOSTA (PAPEL TIMBRADO DA EMPRESA) Ao, Excelentíssimo Senhor, Prefeito Municipal de Três de Maio Apresentamos abaixo nossa proposta para fornecimento de material odontológico para

Leia mais

Signum. por amor à perfeição.

Signum. por amor à perfeição. Signum. por amor à perfeição. Isto é cerâmica ou um dente natural? Isto é Signum! Novo Sistema Signum se trabalhos perfeitos são sua paixão. Você ficará surpreso ao ver que uma resina composta pode concorrer

Leia mais

QUAIS REQUISITOS PARA UTILIZÁ-LAS? ODONTOLOGIA RESINAS COMPOSTAS EM DENTES POSTERIORES SOLUÇÕES RESTAURADORAS EM POSTERIORES 03/10/2017

QUAIS REQUISITOS PARA UTILIZÁ-LAS? ODONTOLOGIA RESINAS COMPOSTAS EM DENTES POSTERIORES SOLUÇÕES RESTAURADORAS EM POSTERIORES 03/10/2017 ODONTOLOGIA RESINAS COMPOSTAS EM DENTES POSTERIORES PREVENTIVA Remineralização Fluoretos Selantes RESTAURADORA Direta Indireta SOLUÇÕES RESTAURADORAS EM POSTERIORES CARACTERÍSTICAS IDEAIS PARA USO DE RESINAS

Leia mais

RelyX Ultimate Cimento Resinoso Adesivo

RelyX Ultimate Cimento Resinoso Adesivo RelyX Ultimate Cimento Resinoso Adesivo Cimentação definitiva de: Restaurações indiretas em cerâmica condicionável, cerâmica não condicionável, resina e metal. Inlays / Onlays Coroas Próteses Fixas Próteses

Leia mais

Sumário. O que Você encontrará neste e-book? Por quais motivos os nossos dentes escurecem? Tipos de Clareamentos Dentais.

Sumário. O que Você encontrará neste e-book? Por quais motivos os nossos dentes escurecem? Tipos de Clareamentos Dentais. 1 Sumário 3 O que Você encontrará neste e-book? 5 Por quais motivos os nossos dentes escurecem? 7 Tipos de Clareamentos Dentais 9 Recomendações 11 Quem pode realizar o tratamento? 13 Indicações finais

Leia mais

A pasta de limpeza universal Ivoclean limpa efetivamente as superfícies de adesão de restaurações protéticas após a prova intraoral

A pasta de limpeza universal Ivoclean limpa efetivamente as superfícies de adesão de restaurações protéticas após a prova intraoral Used Products DENTES - Facetas - Dissilicato de Lítio - Variolink N LC - Tetric N-Bond Variolink N LC O cimento resinoso micropartiliculado, fotopolimerizável Proxyt livre de flúor Pasta profilática sem

Leia mais

O CIOF é uma clínica de odontologia especializada que há mais de 13 anos é comprometida com saúde bucal e o bem estar de seus clientes.

O CIOF é uma clínica de odontologia especializada que há mais de 13 anos é comprometida com saúde bucal e o bem estar de seus clientes. A Clínica O CIOF é uma clínica de odontologia especializada que há mais de 13 anos é comprometida com saúde bucal e o bem estar de seus clientes. Localizada nas cidades de Fortaleza, Itapipoca e Pentecoste,

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ODONTOLOGIA DEPARTAMENTO DE BIOMATERIAIS e BIOLOGIA ORAL. Prof. Paulo F. Cesar GLOSSÁRIO ODONTOLÓGICO

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ODONTOLOGIA DEPARTAMENTO DE BIOMATERIAIS e BIOLOGIA ORAL. Prof. Paulo F. Cesar GLOSSÁRIO ODONTOLÓGICO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ODONTOLOGIA DEPARTAMENTO DE BIOMATERIAIS e BIOLOGIA ORAL Prof. Paulo F. Cesar GLOSSÁRIO ODONTOLÓGICO 1 Dente Composição do Dente Esmalte Complexo dentino pulpar Cemento

Leia mais

CLASSE IV. RESTAURAÇÕES EM DENTES ANTERIORES ( complexas) Lesões de cárie Fraturas (Trauma) CLASSE IV - Lesões Cariosas. CLASSE IV - Fraturas

CLASSE IV. RESTAURAÇÕES EM DENTES ANTERIORES ( complexas) Lesões de cárie Fraturas (Trauma) CLASSE IV - Lesões Cariosas. CLASSE IV - Fraturas RESTAURAÇÕES EM DENTES ANTERIORES ( complexas) CLASSE IV Lesões de cárie Fraturas (Trauma) CLASSE IV - Lesões Cariosas CLASSE IV - Lesões Cariosas Originam-se de amplas lesões de classe III que afetaram

Leia mais

SÃO LEOPOLDO MANDIC Faculdade de Odontologia Disciplina de Ortodontia 5º Período - 3º Ano 2012

SÃO LEOPOLDO MANDIC Faculdade de Odontologia Disciplina de Ortodontia 5º Período - 3º Ano 2012 PLACAS ORTODÔNTICAS São aparelhos de resina acrílica, utilizados nas arcadas maxilar e / ou mandibular, e que contém um determinado acessório para produzir uma pequena correção, ou visam obter a prevenção

Leia mais

A pasta de limpeza universal Ivoclean limpa efetivamente as superfícies de adesão de restaurações protéticas após a prova intraoral

A pasta de limpeza universal Ivoclean limpa efetivamente as superfícies de adesão de restaurações protéticas após a prova intraoral Used Products DENTES - Pontes - Dissilicato de Lítio - Preparo Não -Retentivo - Variolink N - ExciTE F DSC Variolink N Cimento resinoso dual e fotopolimerizável, adequado para cimentação adesiva de restaurações

Leia mais

DENTES - Coroas - Dissilicato de Lítio - Preparo Retentivo - Supra-gengival - Margem Visível - Variolink N - ExciTE F DSC

DENTES - Coroas - Dissilicato de Lítio - Preparo Retentivo - Supra-gengival - Margem Visível - Variolink N - ExciTE F DSC Used Products DENTES - Coroas - Dissilicato de Lítio - Preparo Retentivo - Supra-gengival - Margem Visível - Variolink N - ExciTE F DSC Variolink N Cimento resinoso dual e fotopolimerizável, adequado para

Leia mais

DENTES - Coroas - Dissilicato de Lítio - Preparo Retentivo - Supra-gengival - Margem Visível - Variolink N - ExciTE F DSC

DENTES - Coroas - Dissilicato de Lítio - Preparo Retentivo - Supra-gengival - Margem Visível - Variolink N - ExciTE F DSC Used Products DENTES - Coroas - Dissilicato de Lítio - Preparo Retentivo - Supra-gengival - Margem Visível - Variolink N - ExciTE F DSC Variolink N Cimento resinoso dual e fotopolimerizável, adequado para

Leia mais

USP - FACULDADE DE ODONTOLOGIA DISCIPLINA DE DENTÍSTICA 1. - Lista de Materiais -

USP - FACULDADE DE ODONTOLOGIA DISCIPLINA DE DENTÍSTICA 1. - Lista de Materiais - USP - FACULDADE DE ODONTOLOGIA DISCIPLINA DE DENTÍSTICA 1 - Lista de Materiais - GERAIS Avental branco Máscara descartável Óculos de proteção Gorro descartável Luvas de procedimentos descartáveis Toalha

Leia mais

SÉRIE: MANUAIS DE PRÓTESE ODONTOLÓGICA

SÉRIE: MANUAIS DE PRÓTESE ODONTOLÓGICA SÉRIE: MANUAIS DE PRÓTESE ODONTOLÓGICA MOZAR MARTINS DE SOUZA MANUAL DE LIGAS FUNDIÇÃO E SOLDAGEM SÉRI E: MANUAIS DE PRÓTESE ODONTOLÓGI CA 2 ÍNDICE Manual técnico de ligas dentais O padrão Fabricação da

Leia mais

Prótese parcial fixa em metalo cerâmica. Prótese parcial fixa em metalo plástica. Paciente com grande perda de estrutura dentária.

Prótese parcial fixa em metalo cerâmica. Prótese parcial fixa em metalo plástica. Paciente com grande perda de estrutura dentária. Resumo de especialidades: Plano PLUS, Prótese parcial fixa em metalo cerâmica As coroas e próteses em metalocerâmica são uma opção para pessoas que perderam um ou mais dentes. Prótese parcial fixa em metalo

Leia mais

Charisma agora é Charisma Classic

Charisma agora é Charisma Classic Charisma agora é Charisma Classic Heraeus Kulzer. Saúde bucal nas melhores mãos. Charisma Classic Nova carga Microglass II A nova geração da Charisma. Para restaurações confiáveis, resultados previsíveis

Leia mais

A pasta de limpeza universal Ivoclean limpa efetivamente as superfícies de adesão de restaurações protéticas após a prova intraoral

A pasta de limpeza universal Ivoclean limpa efetivamente as superfícies de adesão de restaurações protéticas após a prova intraoral Used Products DENTES - Facetas - Compósitos - Variolink N LC - Syntac Variolink N LC O cimento resinoso micropartiliculado, fotopolimerizável Proxyt livre de flúor Pasta profilática sem flúor OptraStick

Leia mais

O uso dos seguintes equipamentos de proteção individual (EPIs) é obrigatório nas aulas práticas da clínica odontológica:

O uso dos seguintes equipamentos de proteção individual (EPIs) é obrigatório nas aulas práticas da clínica odontológica: Curso de Odontologia Campus Universitário de Tubarão Certificação: Prótese Dentária Unidade de Aprendizagem: Prótese Dentária Teórico Clínica Professor Responsável: Jefferson Pereira E-mail: jefferson.pereira@unisul.br

Leia mais

DEGUS TAÇÃO CORTESIA DO EDITOR

DEGUS TAÇÃO CORTESIA DO EDITOR DEGUS TAÇÃO CORTESIA DO EDITOR 01 02 PREPAROS DENTÁRIOS Os 5W s A previsão do tipo de preparo dentário a ser executado depende, basicamente, do relacionamento entre material restaurador selecionado, volume

Leia mais

VITA Akzent. Para efeitos naturais da cor na superfície dental.

VITA Akzent. Para efeitos naturais da cor na superfície dental. Para efeitos naturais da cor na superfície dental. O VITA AKZENT representa uma concepção de corantes que substitui a geração anterior, permitindo que o protético alcance resultados ainda mais naturais

Leia mais

TIPOS DE ATIVAÇÃO: Ativação térmica ( R. A. A. T. ) Ativação química ( R. A. A. Q. ) Ativação por luz visível. Polimetacrilato de metila

TIPOS DE ATIVAÇÃO: Ativação térmica ( R. A. A. T. ) Ativação química ( R. A. A. Q. ) Ativação por luz visível. Polimetacrilato de metila Disciplina Materiais Dentários II Ano-semestre 2016-1 Titulo da aula Expositor Resinas Acrílicas Prof. Dr. Eclérion Chaves Slides 46 Duração Aproximadamente 1:50 Texto base Plano de aula Anusavice Phillips

Leia mais

Disciplina: Projeto de Ferramentais I

Disciplina: Projeto de Ferramentais I Aula 04: Processos de Fundição em Moldes Metálicos por Gravidade (Coquilhas) 01: Introdução - Características do processo - Etapas envolvidas. - Fatores econômicos e tecnológicos - Ligas empregadas 02:

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE RIBEIRÃO PRETO LISTA DE INSTRUMENTAL 4 ANO PERÍODO: 7º

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE RIBEIRÃO PRETO LISTA DE INSTRUMENTAL 4 ANO PERÍODO: 7º UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE RIBEIRÃO PRETO LISTA DE INSTRUMENTAL 4 ANO 1. DISCIPLINA: ODONTOPEDIATRIA E ODONTOLOGIA PARA BEBÊS I 01 caixa de instrumental para exame, cada uma

Leia mais

27/05/2014. Dentística I. Classe III. Classe I. Classe V. Terapêutica ou protética; Simples, composta ou complexa.

27/05/2014. Dentística I. Classe III. Classe I. Classe V. Terapêutica ou protética; Simples, composta ou complexa. Mauro A Dall Agnol UNOCHAPECÓ mauroccs@gmail.com Classe I Classe II Classe III Classe IV Classe V Classe I Classe II Classe III Classe IV Classe V Dentística I Terapêutica ou protética; Simples, composta

Leia mais

fluxograma Variolink N

fluxograma Variolink N fluxograma Variolink N DENTES - Coroas - Dissilicato de Lítio - Preparo Não -Retentivo - Variolink N - ExciTE F DSC 1 O temporário é removido O material provisório é removido. Se necessário, o restante

Leia mais

ANEXO I. Rio Grande do Norte Pag.: 1 Governo Municipal de Pau dos Ferros. Preço Unit (R$) Código ACIDO FOSFORICO 37%

ANEXO I. Rio Grande do Norte Pag.: 1 Governo Municipal de Pau dos Ferros. Preço Unit (R$) Código ACIDO FOSFORICO 37% Rio Grande do Norte Pag.: 1 005240 ACIDO FOSFORICO 37% 014787 ácido poliacrilico a 11,5% 15,0000 UNIDADE 014788 Sistema Adesivo Monocomponente 100,0000 FRASCO Fotopolimerizável prime BOND.2.1 014789 Agulha

Leia mais

(22) Data do Depósito: 25/02/2015. (43) Data da Publicação: 20/09/2016

(22) Data do Depósito: 25/02/2015. (43) Data da Publicação: 20/09/2016 INPI (21) BR 102015003982-4 A2 (22) Data do Depósito: 25/02/2015 *BR102015003982A República Federativa do Brasil Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços Instituto Nacional da Propriedade

Leia mais

FınalTouch. Material de caracterização fotopolimerizável

FınalTouch. Material de caracterização fotopolimerizável FınalTouch Material de caracterização fotopolimerizável Olhando ao espelho Nenhum dente tem uma cor completamente uniforme. Zonas translúcidas, fissuras e colos dentários escurecidos, white spots, manchas

Leia mais

Soluções práticas. Catálogo de produtos

Soluções práticas. Catálogo de produtos Soluções práticas Catálogo de produtos Mais de 25 anos 60 países Milhares de usuários para comprovar a qualidade da TDV A TDV nasceu vencendo desafios. Há mais de vinte e cinco anos foi criada para produzir

Leia mais

Caso Selecionado. A arte de reconstruir sorrisos com resinas compostas diretas. Sanzio Marcelo Lopes Marques

Caso Selecionado. A arte de reconstruir sorrisos com resinas compostas diretas. Sanzio Marcelo Lopes Marques Caso Selecionado A arte de reconstruir sorrisos com resinas compostas diretas Sanzio Marcelo Lopes Marques Ao contrário de alguns anos atrás, o cirurgiãodentista dispõe hoje de um amplo arsenal de materiais

Leia mais

NEW IPS Ivocolor. Stains e glazes universais

NEW IPS Ivocolor. Stains e glazes universais NEW IPS Ivocolor Stains e glazes universais Um material de pigmentação para todas as cerâmicas Ivoclar Vivadent IPS e.m Zenostar individualização IPS Style flexivel cerâmicas IPS Empress IPS Empress esthetic

Leia mais

Aula 03: Aplicação de argamassas colantes e suas Patologias

Aula 03: Aplicação de argamassas colantes e suas Patologias Engenharia Civil - 9 P. Manutenção e estudos de Patologias I Aula 03: Aplicação de argamassas colantes e suas Patologias Prof.: Engenheiro Civil ESP, William Torres Histórico das Argamassas No início,

Leia mais

INSERÇÃO DA REABILITAÇÃO PROTÉTICA NA ATENÇÃO BÁSICA

INSERÇÃO DA REABILITAÇÃO PROTÉTICA NA ATENÇÃO BÁSICA INSERÇÃO DA REABILITAÇÃO PROTÉTICA NA ATENÇÃO BÁSICA INSERÇÃO DA REABILITAÇÃO PROTÉTICA NA ATENÇÃO BÁSICA CENTRO DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS E LABORATÓRIOS DE PROTESE DENTÁRIA Porque reabilitar pacientes

Leia mais

Adesivos. Adesivo dentina / esmalte monocomponente à base de Ormocer, fotopolimerizável. Admira Bond em embalagens de dose única (Single Dose)

Adesivos. Adesivo dentina / esmalte monocomponente à base de Ormocer, fotopolimerizável. Admira Bond em embalagens de dose única (Single Dose) Admira Bond Admira Bond Single Dose Adesivo dentina / esmalte monocomponente à base de Ormocer, fotopolimerizável Admira Bond em embalagens de dose única (Single Dose) Restauração directa com todos os

Leia mais

3M Dentários. Catálogo. Soluções. Restaurações Diretas. para

3M Dentários. Catálogo. Soluções. Restaurações Diretas. para 3M Dentários Catálogo de Soluções para Restaurações Diretas Soluções comprovadas em que você pode confiar. Na 3M ESPE, estamos constantemente buscando maneiras de tornar o seu dia a dia mais fácil. Somos

Leia mais

Como as unhas de porcelana são aplicadas?

Como as unhas de porcelana são aplicadas? O que são unhas de porcelana As unhas de porcelana são unhas esculpidas artesanalmente para garantir que se encaixem perfeitamente nos dedos e que tenham um aspecto mais natural e bonito. Mas, apesar do

Leia mais

FICHA TÉCNICA DO PRODUTO

FICHA TÉCNICA DO PRODUTO FICHA TÉCNICA DO PRODUTO TOPECA, Lda Rua do Mosqueiro 2490 115 Cercal Ourém PORTUGAL Tel.: 00 351 249 580 070 Fax.: 00 351 249 580 079 geral@ topeca. pt www.topeca.pt Pág. 2 juntas em cor para mosaico,

Leia mais

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE MINHA FÁBRICA DE MOLDES DE SILICONE DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE MINHA FÁBRICA DE MOLDES DE SILICONE DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9. Caro aluno, Preparamos este material exclusivo para os que adquiriram o curso. É uma forma de prestigiar o aluno e possibilitar que o projeto eduk multiplique cada vez mais conhecimento. Ao adquirir o

Leia mais

Objeto: EDITAL Nº 020/ PREGÃO PRESENCIAL - PROCESSO Nº 11245/ AQUISIÇÃO DE MATERIAIS ODONTOLOGICOS ATRAVES DE RP Itens:

Objeto: EDITAL Nº 020/ PREGÃO PRESENCIAL - PROCESSO Nº 11245/ AQUISIÇÃO DE MATERIAIS ODONTOLOGICOS ATRAVES DE RP Itens: IVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ Página: 1 / 9 Itens: 1 1.45.026-000098 Ponta Diamantada p/ Alta Rotação nº 1012 2 1.45.026-000163 Ponta diamantada esférica nº 1014 3 1.45.026-000164 Ponta diamantada esférica

Leia mais

MÁRMORE SINTÉTICO COMPOSITES

MÁRMORE SINTÉTICO COMPOSITES MÁRMORE SINTÉTICO COMPOSITES INTRODUÇÃO Há mais ou menos duas décadas, começaram a surgir no mercado as primeiras pias de cozinha, produzidas com um novo material conhecido como Mármore Sintético, com

Leia mais

Diretrizes de Projeto de Revestimento de Fachadas com Argamassa

Diretrizes de Projeto de Revestimento de Fachadas com Argamassa Diretrizes de Projeto de Revestimento de Fachadas com Argamassa 6. Procedimento de Execução Elaboração Estruturas de Concreto e Revestimentos de Argamassa 92 Instruções para a contratação de mão-de-obra

Leia mais

A pasta de limpeza universal Ivoclean limpa efetivamente as superfícies de adesão de restaurações protéticas após a prova intraoral

A pasta de limpeza universal Ivoclean limpa efetivamente as superfícies de adesão de restaurações protéticas após a prova intraoral Used Products DENTES - Coroas - Dissilicato de Lítio - Preparo Retentivo - Subgengival - Multilink Speed Multilink Speed Cimento resinoso autoadesivo, autopolimerizável, com opção fotopolimerizável Proxyt

Leia mais

Cerâmica Prensada. Material. Indicações. Indicações. IPS e.max Press é uma pastilha de cerâmica

Cerâmica Prensada. Material. Indicações. Indicações. IPS e.max Press é uma pastilha de cerâmica Material Cerâmica Prensada IPS e.max Press é uma pastilha de cerâmica Vítrea de di-silicato de lítio para a tecnologia de INJEÇÃO. Resistência de 400 MPa. As restaurações injetadas, cromatizadas e altamente

Leia mais

LISTA DE MATERIAL E INSTRUMENTAL NECESSÁRIOS PARA AS ATIVIDADES PRÁTICAS:

LISTA DE MATERIAL E INSTRUMENTAL NECESSÁRIOS PARA AS ATIVIDADES PRÁTICAS: CURSO: Odontologia DISCIPLINA: Prótese Fixa Clínica e Prótese Fixa Pré-Clínica PERÍODO DO CURSO: 5º e 6º Período LISTA DE MATERIAL E INSTRUMENTAL NECESSÁRIOS PARA AS ATIVIDADES PRÁTICAS: 01 Manequim de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA Faculdade de Engenharia Engenharia Mecânica

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA Faculdade de Engenharia Engenharia Mecânica UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA Faculdade de Engenharia Engenharia Mecânica Procedimentos do Laboratório de Metalografia Baseado no Procedimento Metalografia para preparação de amostra Juiz de Fora

Leia mais

TABELA DE DESCONTOS. Anexo I. Procedimentos %

TABELA DE DESCONTOS. Anexo I. Procedimentos % Escritório Regional - MA Secretaria : Valéria Contato: 3303 5755 / 9 9618 5792 / 9 8235 1149 Email: sãoluis@vipcartao.com.br TABELA DE DESCONTOS Anexo I CARTÃO DESCONTO - MASTER * * Procedimentos % Descontos

Leia mais

CRIE E APAIXONE-SE. OneStepColor.

CRIE E APAIXONE-SE. OneStepColor. ZIRCONIA NANO-HYBRID COMPOSITE OneStepColor. CRIE E APAIXONE-SE Resina composta nano-híbrida com zircônia Fluorescência com naturalidade Consistência de fácil manipulação e polimento Versatilidade FORMA

Leia mais

VITA AKZENT Plus. Instruções de processamento Quick-Start PASTA/SPRAY. Pigmentações de cerâmica de CET independente para pintura, coloração e glaze.

VITA AKZENT Plus. Instruções de processamento Quick-Start PASTA/SPRAY. Pigmentações de cerâmica de CET independente para pintura, coloração e glaze. VITA AKZENT Plus Instruções de processamento Quick-Start PASTA/SPRAY Pigmentações de cerâmica de CET independente para pintura, coloração e glaze. VITA perfect match. VITA AKZENT PLUS FATOS & CARACTERÍSTICAS

Leia mais

Reabilitação estética em dentes decíduos anteriores com destruições extensas. Professora Marcia T. Wanderley Tutora Juliana S.

Reabilitação estética em dentes decíduos anteriores com destruições extensas. Professora Marcia T. Wanderley Tutora Juliana S. Reabilitação estética em dentes decíduos anteriores com destruições extensas Professora Marcia T. Wanderley Tutora Juliana S. Kimura S Conteúdos abordados S Recursos Pino de fibra de vidro Matriz de acetato

Leia mais

3. Vantagens. Flúorsilicato metálico

3. Vantagens. Flúorsilicato metálico 1. Descrição Endurecedor químico de alto desempenho, a base de flúorsilicato metálico, que têm como função a densificação do aglutinante, através da reação química entre o fluoreto de silício e os hidróxidos

Leia mais

PARÂMETROS ESTÉTICOS DENTES ANTERIORES E FUNCIONAIS DOS CAPÍTULO

PARÂMETROS ESTÉTICOS DENTES ANTERIORES E FUNCIONAIS DOS CAPÍTULO PARÂMETROS ESTÉTICOS E FUNCIONAIS DOS DENTES ANTERIORES 12 CAPÍTULO ANATOMIA E ESCULTURA DENTAL COLEÇÃO APDESPBR VOLUME I CONCEITOS 299 ANATOMIA E ESCULTURA DENTAL SENSAÇÕES ALINHAMENTO AXIAL BILATERAL

Leia mais

Introdução: Injeção de Metais

Introdução: Injeção de Metais Introdução: Injeção de Metais Injeção é o processo metal-mecânico no qual o metal fundido é, sob pressão, forçado a entrar na cavidade esculpida de uma matriz, preenchendo-a e formando a peça desejada.

Leia mais

CONGRESSO FOA UNESP/2014 Palestra CAOE - Aplicação de selantes e restaurações conservativas de superfície oclusal. Araçatuba

CONGRESSO FOA UNESP/2014 Palestra CAOE - Aplicação de selantes e restaurações conservativas de superfície oclusal. Araçatuba CONGRESSO FOA UNESP/2014 Palestra CAOE - Aplicação de selantes e restaurações conservativas de superfície oclusal Ministradores: Prof. Renato Herman Sundfeld Profa. Ticiane Cestari Fagundes! Pós- graduandos

Leia mais

PORCELANAS CHIAROTTI: Caçarola As caçarolas são fabricadas com massa especial, para uso em bico de bunsen e ou chama direta de fogão a gás, suportam temperaturas especificamente nos estados de ebulição,

Leia mais

VEDAJÁ BRANCO é um revestimento modificado com polímeros, impermeável e de alta aderência.

VEDAJÁ BRANCO é um revestimento modificado com polímeros, impermeável e de alta aderência. VEDAJÁ BRANCO é um revestimento modificado com polímeros, impermeável e de alta aderência. Pode ser aplicado sobre concreto, blocos cerâmicos e de concreto, fibrocimento, rebocos e demais bases cimentícias.

Leia mais

Boas ideias transformadas em inovação

Boas ideias transformadas em inovação Boas ideias transformadas em inovação A Yller atua de forma inovadora e sustentável, contribuindo para o desenvolvimento da odontologia brasileira e fornecendo produtos e serviços que superam as expectativas

Leia mais

Sistemas para paredes

Sistemas para paredes Sistemas para paredes Wall Tech Descrição geral Aplicações Integra-se perfeitamente aos sistemas de pisos em MMA, formando um sistema monolítico único. Ideal para ambientes internos, é aplicável diretamente

Leia mais

VEDATOP é um revestimento modificado com polímeros acrílicos de alta aderência e impermeabilidade.

VEDATOP é um revestimento modificado com polímeros acrílicos de alta aderência e impermeabilidade. VEDATOP é um revestimento modificado com polímeros acrílicos de alta aderência e impermeabilidade. Adere perfeitamente a concreto, bloco cerâmico e de concreto, fibrocimento, reboco e demais bases cimentícias.

Leia mais

Tipo de Empresa (ME/EPP/GRANDE UNID FRACASSADO UND 39 9,00 351,00 EPP UND 33 2,75 90,75 FRACASSADO POT 42 120,17 5.047,14 DESERTO KIT 42 - -

Tipo de Empresa (ME/EPP/GRANDE UNID FRACASSADO UND 39 9,00 351,00 EPP UND 33 2,75 90,75 FRACASSADO POT 42 120,17 5.047,14 DESERTO KIT 42 - - PREGOEIRO: Janeth Rebouças de Almeida Santos ITEM 1 ALGINATO COMPOSIÇÃO: DIATOMITA, ALGINATO DE POTÁSSIO, SULFATO DE CÁLCIO, ÓXIDO DE MAGNÉSIO, ÓXIDO DE FERRO, TETRASÓDIO DENTAL MED SUL GRANDE PCT 324

Leia mais

! 1. Alterar forma e/ou cor vestibular dos dentes; 2. Realinhar dentes inclinados para lingual. Restaurações estéticas anteriores diretas.

! 1. Alterar forma e/ou cor vestibular dos dentes; 2. Realinhar dentes inclinados para lingual. Restaurações estéticas anteriores diretas. Restaurações estéticas anteriores diretas. O crescente desenvolvimento de materiais resinosos e técnicas adesivas, possibilita o planejamento e execução de restaurações de resina composta na dentição anterior.

Leia mais

3º Capítulo: Confecção de Modelo e do Troquel usando Sistema Giriform.

3º Capítulo: Confecção de Modelo e do Troquel usando Sistema Giriform. Autor: Rogério Goulart da Costa 3º Capítulo: Confecção de Modelo e do Troquel usando Sistema Giriform. Em ambiente laboratorial procede-se a desinfeção do molde no intuito prevenir contágio com doenças

Leia mais

tratamento de juntas invisíveis

tratamento de juntas invisíveis tratamento de juntas invisíveis massa cimentícia BrasiMassa materiais necessários Massa cimentícia BrasiMassa. Fibatape AR (álcali-resistente) 5 cm de largura. Fibatape AR (álcali-resistente) 10 cm de

Leia mais

Polidores rotativos com lamelas flexíveis Para odontologia e prótese dentária DENTAL

Polidores rotativos com lamelas flexíveis Para odontologia e prótese dentária DENTAL Polidores rotativos com lamelas flexíveis Para odontologia e prótese dentária DENTAL Polidores rotativos com lamelas flexíveis Para odontologia e prótese dentária O CONCEITO TWIST 3 DIACOMP PLUS RA Compósito

Leia mais

ESTÚDIO DE ARQUITETURA. Sustentabilidade ambiental COMPONENTES INDUSTRIALIZADOS BANCADAS MÁRIO LUCAS LOPES ROCHA

ESTÚDIO DE ARQUITETURA. Sustentabilidade ambiental COMPONENTES INDUSTRIALIZADOS BANCADAS MÁRIO LUCAS LOPES ROCHA ESTÚDIO DE ARQUITETURA Sustentabilidade ambiental COMPONENTES INDUSTRIALIZADOS BANCADAS MÁRIO LUCAS LOPES ROCHA TIPOS DE BANCADAS BANCADA DE SOBREPOR BANCADA DE ENCAIXE BANCADA DE SEMI-ENCAIXE DIMENSIONAMENTO

Leia mais

Caso Selecionado. Olhando para os procedimentos mais comuns: buscando diferenças. Ronaldo Hirata

Caso Selecionado. Olhando para os procedimentos mais comuns: buscando diferenças. Ronaldo Hirata Caso Selecionado Olhando para os procedimentos mais comuns: buscando diferenças Ronaldo Hirata O futuro do procedimentos restauradores se encontra em solucionar de forma relativamente rápida e simples

Leia mais

CompoRoller. Espátula modeladora de resina composta. Pontas - Sugestões de Uso:

CompoRoller. Espátula modeladora de resina composta. Pontas - Sugestões de Uso: CompoRoller Espátula modeladora de resina composta. O CompoRoller é um instrumento modelador desenvolvidoparapromovercontrolenacolocaçãodas camadas e na escultura de restaurações diretas em resina composta.

Leia mais

VEDATOP FLEX. Características do componente B Densidade: 1,03 g/cm³ Aparência: líquido de cor branca Composição básica: polímeros acrílicos

VEDATOP FLEX. Características do componente B Densidade: 1,03 g/cm³ Aparência: líquido de cor branca Composição básica: polímeros acrílicos Produto é uma argamassa polimérica, flexível, de base acrílica, com alta aderência e impermeabilidade. Adere perfeitamente a concreto, alvenaria e argamassa, acompanhando eventuais movimentações. Por isso,

Leia mais

Filtek P90. Sistema Restaurador de Baixa Contração para Dentes Posteriores. A mais. nova solução. sensibilidade. para a. pós-operatória.

Filtek P90. Sistema Restaurador de Baixa Contração para Dentes Posteriores. A mais. nova solução. sensibilidade. para a. pós-operatória. Filtek P90 Sistema Restaurador de Baixa Contração para Dentes Posteriores A mais nova solução sensibilidade para a pós-operatória. Silorano. A revolucionária tecnologia da baixa contração. Há anos a odontologia

Leia mais

Prefaciar um livro é uma imensa responsabilidade, porque você endossa a obra que está sendo apresentada à comunidade científica como um todo.

Prefaciar um livro é uma imensa responsabilidade, porque você endossa a obra que está sendo apresentada à comunidade científica como um todo. e Cirurgião-Dentista, que desempenha as duas atividades como poucos. Nos últimos anos, passamos a ter mais contato, o que para mim foi uma imensa satisfação ter o professor Hilton como aluno no nosso curso

Leia mais

FICHA TÉCNICA DO PRODUTO

FICHA TÉCNICA DO PRODUTO FICHA TÉCNICA DO PRODUTO TOPECA, Lda Rua D. Nuno Alvares Pereira, 53 2490 114 Cercal Ourém PORTUGAL Tel.: 00 351 249 580 070 Fax.: 00 351 249 580 079 geral@ topeca. pt www.topeca.pt juntaemcor natural

Leia mais

UFSC CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA PROGRAMA DE ENSINO. Departamento ODT - Odontologia

UFSC CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA PROGRAMA DE ENSINO. Departamento ODT - Odontologia UFSC CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA PROGRAMA DE ENSINO DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Nome da disciplina ODT 7007 Prótese Total Pré-Clínica Departamento ODT - Odontologia

Leia mais

Associação Educativa Evangélica UniEvangélica Curso de Engenharia Civil Professora Moema Castro, MSc.

Associação Educativa Evangélica UniEvangélica Curso de Engenharia Civil Professora Moema Castro, MSc. Associação Educativa Evangélica UniEvangélica Curso de Engenharia Civil Professora Moema Castro, MSc. M A T E R I A I S D E C O N S T R U Ç Ã O C I V I L I I AGREGADOS ARGAMASSA A n á p o l i s, 2 0 1

Leia mais

fluxograma Variolink N

fluxograma Variolink N fluxograma Variolink N DENTES - Pontes - Dissilicato de Lítio - Preparo Não -Retentivo - Variolink N - Syntac 1 O temporário é removido O material provisório é removido. Se necessário, o restante do cimento

Leia mais

INSERÇÃO DA REABILITAÇÃO PROTÉTICA NA ATENÇÃO BÁSICA

INSERÇÃO DA REABILITAÇÃO PROTÉTICA NA ATENÇÃO BÁSICA INSERÇÃO DA REABILITAÇÃO PROTÉTICA NA ATENÇÃO BÁSICA INSERÇÃO DA REABILITAÇÃO PROTÉTICA NA ATENÇÃO BÁSICA CENTRO DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS E LABORATÓRIOS DE PROTESE DENTÁRIA Porque reabilitar pelo

Leia mais

VITAVM O Conceito. VITA shade, VITA made. O Sistema das Possibilidades Sem Limites. Disponível nas cores VITA SYSTEM 3D-MASTER e VITA classical A1 D4.

VITAVM O Conceito. VITA shade, VITA made. O Sistema das Possibilidades Sem Limites. Disponível nas cores VITA SYSTEM 3D-MASTER e VITA classical A1 D4. VITAVM O Conceito Publicação 02.13 VITA shade, VITA made. O Sistema das Possibilidades Sem Limites Disponível nas cores VITA SYSTEM 3D-MASTER e VITA classical A1 D4. VITAVM A Arte da Perfeição A reprodução

Leia mais

Curso teórico- prático de cimentação adesiva e peças indiretas

Curso teórico- prático de cimentação adesiva e peças indiretas Curso teórico- prático de cimentação adesiva e peças indiretas Data de início: 19 de abril de 2012 Data de término: 21 de abril de 2012 Periodicidade ou Duração: 3 dias consecutivos Carga horária: 24hs/aula

Leia mais

SAC 0800-VEDACIT DEMAIS DEPARTAMENTOS (11) DE SEGUNDA A SEXTA DAS 8H ÀS 17H45

SAC 0800-VEDACIT DEMAIS DEPARTAMENTOS (11) DE SEGUNDA A SEXTA DAS 8H ÀS 17H45 Produto VEDACIL ACQUA é um verniz à base de resina acrílica dispersa em água. É indicado para proteção de estruturas e, após a cura, forma um filme transparente, impermeável, de fácil limpeza, de boa resistência

Leia mais

4º Capítulo: Enceramento de infra estrutura para prótese fixa unitária.

4º Capítulo: Enceramento de infra estrutura para prótese fixa unitária. 4º C Autor: Rogério Goulart da Costa 4º Capítulo: Enceramento de infra estrutura para prótese fixa unitária. 1 Técnica de enceramento para infraesturura para prótese fixa unitária. Enceramento para dentes

Leia mais

Guia de Preparo. 3M Todos os Direitos Reservados.

Guia de Preparo. 3M Todos os Direitos Reservados. Guia de Preparo Lava TM Ultimate Preparo do Dente Polimento Extraoral Caracterização de Fóssulas e Fissuras Cimentação Manutenção e Reparo Lava TM Ultimate Lava TM Ultimate, é uma Resina Nano Cerâmica,

Leia mais

Dr. Rodrigo Passos Odontologia (Vilhena)

Dr. Rodrigo Passos Odontologia (Vilhena) Dr. Rodrigo Passos Odontologia (Vilhena) 20 de Novembro de 2015 Se você busca um sorriso perfeito e com qualidade, conte com um especialista! Dr. Rodrigo Passos Odontologia -Clínica Geral -Restaurações

Leia mais

Inovação para resultados perfeitos Catálogo de clínica

Inovação para resultados perfeitos Catálogo de clínica Inovação para resultados perfeitos Catálogo de clínica Heraeus Kulzer. Saúde bucal nas melhores mãos. Resina composta - Charisma Diamond Resina composta nano-híbrida, com alta concentração de carga, que

Leia mais

Bifix QM. Sistema de cimentação resinosa de

Bifix QM. Sistema de cimentação resinosa de Bifix QM Bifix QM Sistema de cimentação resinosa de polimerização Dual Bifix QM Sistema de cimentação resinosa de polimerização dual Uma cimentação duradoura de metais e ligas não-metálicas, cerâmicas

Leia mais

PLANO COPASS ODONTO BÁSICO

PLANO COPASS ODONTO BÁSICO PLANO COPASS ODONTO BÁSICO ESCLARECIMENTOS, CONTRIBUIÇÃO E COPARTICIPAÇÃO É um produto que está de acordo com o previsto na Lei nº 9656/98; Destinado: aos empregados ativos, afastados por motivo de doença

Leia mais

Discos CS e Rodas Laminadas CS Scotch-Brite Industrial

Discos CS e Rodas Laminadas CS Scotch-Brite Industrial 3 Discos CS e Rodas Laminadas CS Scotch-Brite Industrial Dados Técnicos Fevereiro/2004 Substitui: janeiro/2002 Página 1 de 6 Introdução: Os Discos CS e Rodas Laminadas CS (Clean N Strip) são originários

Leia mais

MÉTODO EXECUTIVO ME 39

MÉTODO EXECUTIVO ME 39 Objetivo: MÉTODO EXECUTIVO ME 39 FOLHA 1 de 5 O objetivo do MÉTODO EXECUTIVO ME 39 é detalhar o Processo de tratamento de fissuras e trincas em sistemas de vedação vertical em alvenaria revestidos com

Leia mais

Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO 098-ETE PHILADELPHO GOUVEA NETTO - São José do Rio Preto SP

Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO 098-ETE PHILADELPHO GOUVEA NETTO - São José do Rio Preto SP CEETEPS Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO 098-ETE PHILADELPHO GOUVEA NETTO - São José do Rio Preto SP APOSTILA DE MATERIAIS DE PROTESE CERAS PARA FUNDIÇÕES

Leia mais

Cercon ht. O guia dental para as técnicas de revestimento e coloração com Cercon ceram love e Cercon ceram Kiss

Cercon ht. O guia dental para as técnicas de revestimento e coloração com Cercon ceram love e Cercon ceram Kiss Cercon ht O guia dental para as técnicas de revestimento e coloração com Cercon ceram love e Cercon ceram Kiss Aplicação multi-indicativa e estética natural efectuadas com sistema Conceito de revestimento

Leia mais

Avaliação Estética de Prof. Dr. Fernando Mandarino. Nome do Paciente:, Data: / /.

Avaliação Estética de Prof. Dr. Fernando Mandarino. Nome do Paciente:, Data: / /. Avaliação Estética de Prof. Dr. Fernando Mandarino Nome do Paciente:, Data: / /. 1. Questões Preliminares 1.1 Se houvesse algo que você pudesse fazer para modificar seu sorriso, o que seria? 1.2 Você prefere

Leia mais

Disciplina: Dentística Pré-clínica

Disciplina: Dentística Pré-clínica Disciplina: Dentística Pré-clínica LISTA DE MATERIAIS E INSTRUMENTAIS PARA DICIPLINA DE DENTÍSTICA PRÉ-CLÍNICA APARELHO FOTOPOLIMERIZADOR - LED 1 APLICADOR DE CIMENTO DE HIDRO XIDO DE CA LCIO DUPLO 1 APLICADOR

Leia mais

TECNOLOGIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL 1

TECNOLOGIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL 1 Universidade Federal de Alagoas Campus do Sertão Eixo de Tecnologia TECNOLOGIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL 1 Aula 4 Alvenarias Prof. Alexandre Nascimento de Lima Delmiro Gouveia, agosto de 2017. Introdução É toda

Leia mais