5. Expressões aritméticas

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "5. Expressões aritméticas"

Transcrição

1 5. Expressões aritméticas 5.1. Conceito de Expressão O conceito de expressão em termos computacionais está intimamente ligado ao conceito de expressão (ou fórmula) matemática, onde um conjunto de variáveis e constantes numéricas se relacionam por meio de operadores aritméticos compondo uma fórmula que, uma vez avaliada, resulta num valor. Por exemplo, a fórmula de cálculo da área do triângulo da figura anterior é dada por: ÁREA = 0.5 B H Esta fórmula utiliza três variáveis: B e H, que contêm as dimensões do triângulo, e ÁREA, onde é guardado o valor calculado (resultado da avaliação da expressão). Há, também, uma constante (0.5) e um operador de multiplicação ( ), que aparece duas vezes na expressão. O conceito de expressão aplicado à computação assume um conceito mais amplo: uma expressão é uma combinação de variáveis, constantes e operadores, e que, uma vez avaliada, resulta num valor. Uma vez que já temos os dados e as variáveis podemos então passar à criação de expressões. No entanto, para que uma expressão esteja completa são necessários operadores que possam ser aplicados a estes dados. Os operadores são basicamente os mesmos encontrados noutras linguagens de programação. Assim, existem basicamente três tipos de expressões: Expressões Aritméticas; Expressões Lógicas; Expressões Literais. Cada um destes três tipos de expressões tem os seus próprios operadores

2 5.2. Operadores Operadores são elementos funcionais que actuam sobre operandos e que produzem um determinado resultado. Por exemplo, a expressão relaciona dois operandos (os números 3 e 2) por meio do operador (+) que representa a operação de adição. De acordo com o número de operandos sobre os quais os operadores actuam, os operadores podem ser classificados em: - Binários, quando actuam sobre dois operandos. Exemplo: Operadores das operações aritméticas básicas (adição, subtracção, multiplicação e divisão); - Unários, quando actuam sobre um único operando. Exemplo: O sinal de (-) à frente de um número (sinal posicional matemático), cuja função é inverter o seu sinal. Outra classificação dos operadores é feita considerando-se o tipo de dado dos seus operandos e o valor resultante da sua avaliação. Segundo esta classificação, os operadores dividem-se em aritméticos, lógicos e literais. Esta divisão está directamente relacionada com o tipo de expressão onde aparecem os operadores. Casos especiais são os dos operadores relacionais, que permitem comparar pares de operandos de tipos de dados iguais, resultando sempre num valor lógico Expressões Aritméticas Grande parte do processamento em qualquer programa é numérica. As linguagens de programação trabalham com a aritmética um pouco do mesmo modo que nós, na escola. Os componentes básicos das expressões aritméticas são: constantes, variáveis e operadores. As expressões são classificadas de acordo com o tipo de valor resultante da sua avaliação. Expressões aritméticas são aquelas cujo resultado da avaliação é do tipo numérico, quer seja inteiro ou real, dependendo dos operandos e operadores. Nas expressões deste tipo só é permitido o uso de operadores aritméticos e variáveis numéricas

3 Os operadores aritméticos relacionados com as operações aritméticas básicas estão sumariados na tabela seguinte. Operador Tipo Operação Prioridade + Binário Adição 4 - Binário Subtracção 4 * Binário Multiplicação 3 / Binário Divisão 3 \ Binário Divisão inteira 3 ** Binário Exponenciação 2 + Unário Manutenção de sinal 1 - Unário Inversão de sinal 1 mod Binário Módulo (Resto da divisão inteira) 2 A prioridade entre operadores define a ordem pela qual devem ser avaliados dentro de uma mesma expressão. Quanto menor é o número maior é a prioridade da operação. O caractere (*) é adoptado na maioria das linguagens de programação para representar a operação de multiplicação, ao invés do caractere ( ), devido à possibilidade da ocorrência do mesmo no nome das variáveis. Pela mesma razão, o símbolo (**) é adoptado para representar a operação de exponenciação. Algumas linguagens de programação adoptam o símbolo (^) (circunflexo) para esta finalidade, mas é pouco frequente. As variáveis usadas em expressões aritméticas só podem ser do tipo inteiro ou real. Se todas as variáveis que aparecem numa expressão são do tipo inteiro, então o valor resultante da expressão é também do tipo inteiro. Se pelo menos uma das variáveis da expressão aritmética for do tipo real, então o valor resultante da avaliação da expressão é necessariamente do tipo real. Isto pode parecer estranho a princípio, mas este procedimento reflecte a forma como as operações são executadas pelos processadores. Por exemplo, o resultado da operação 1/5 é 0, porque os dois operadores são inteiros. Caso a expressão tivesse sido escrita como 1.0/5 então o resultado correcto seria 0.2. Seguem-se alguns exemplos de expressões aritméticas. Nos exemplos seguintes, assumiremos que: - A, B e C são variáveis do tipo inteiro; - X, Y e Z são variáveis do tipo real. Assim: 1) A + B * C - expressão de resultado inteiro

4 2) A + B + Y - expressão de resultado real 3) A \ B - expressão de resultado inteiro 4) X / Y - expressão de resultado real Apesar de no terceiro exemplo ser apresentada uma expressão onde se dividem dois números inteiros e se obtém como resultado um valor inteiro o resultado da divisão entre dois números inteiros não é necessariamente inteiro. Na verdade, a operação representada no terceiro item é a divisão inteira, onde o resto da divisão é desprezado. Observe-se que as expressões somente podem ser escritas de forma linear, isto é, o sinal de divisão é uma barra inclinada. Portanto as fracções somente podem ser escritas conforme o exemplo acima (a/b). Outro ponto importante é a ordem de avaliação das expressões, as prioridades mostradas na Tabela dos operadores não é suficiente para resolver todas as situações e precisamos de apresentar algumas regras adicionais: 1. Primeiro deve-se observar a prioridade dos operadores conforme a Tabela dos operadores, ou seja, os operadores com maior prioridade (números menores) são avaliados primeiro. Caso haja empate na ordem de prioridade deve-se resolver a expressão da esquerda para a direita. 2. Os parênteses servem para mudar a ordem de prioridade de execução das operações, dando prioridade às que se encontram entre parênteses. Quando houver parênteses aninhados (parênteses dentro de parênteses) as expressões dentro dos mais internos são avaliadas primeiro. Vamos considerar alguns exemplos para mostrar como estas regras são aplicadas. Considere as seguintes variáveis: A = 2.0 B = 4.0 C = 1.0 Vamos então analisar expressões com estas variáveis e os seus resultados. 1. A*B-C 2. A*(B-C) 3. B+A/C+5 4. (B+A)/(C+5)

5 A primeira expressão tem como resultado o valor 7.0, como era de se esperar. Na segunda expressão a ordem de avaliação é alterada pelo parênteses e primeiro é feita a subtracção e o resultado passa a ser 6.0. A primeira operação na terceira expressão é a divisão que tem maior prioridade. Neste caso o resultado final é Na última expressão as somas são realizadas primeiro e por último a divisão, ficando o resultado igual a 1.0. Até agora só vimos expressões com constantes. Na maioria das vezes, porém, haverá expressões que combinarão variáveis e constantes. Quando houver uma variável numa expressão, o cálculo deve ser feito usando-se o valor da variável naquele momento. Como exemplo, veja os algoritmos a seguir: Comandos Comentários 1) Var A : Numérico Declaração da variável A 3 Atribuição de valor Escreva A * 5 2) Var A, B : Numérico A 10 Será exibido o valor 15, pois A = 3, logo 3*5 = 15 B A * 3 O valor de B é 30 (10*3) Escreva B - A + 1 Será exibido o valor 21 ( ) B 40 Escreva B - A + 1 3) Var A : Numérico Novo valor para B A 3 * 2 O valor de A é 6 A A + 1 Agora será exibido o valor 31 ( ), pois o valor de B mudou Agora o valor de A passa a ser 7 (6, o valor anterior, mais 1) Escreva A * A Será exibido o valor 49 (7 * 7) 4) Var X : Numérico Escreva "Digite um número:" Leia X Escreva X * 2 Obtenha um número qualquer do usuário Será exibido o dobro do número digitado (qualquer que ele seja) Pelos exemplos anteriores, nota-se que podemos usar uma expressão no comando Escreva. Ela é calculada, e o seu resultado é exibido

Programação de Computadores I Dados, Operadores e Expressões PROFESSORA CINTIA CAETANO

Programação de Computadores I Dados, Operadores e Expressões PROFESSORA CINTIA CAETANO Programação de Computadores I Dados, Operadores e Expressões PROFESSORA CINTIA CAETANO Dados em Algoritmos Quando escrevemos nossos programas, trabalhamos com: Dados que nós fornecemos ao programa Dados

Leia mais

Expressões, Atribuições, Entrada e Saída. Givanaldo Rocha

Expressões, Atribuições, Entrada e Saída. Givanaldo Rocha Expressões, Atribuições, Entrada e Saída Givanaldo Rocha givanaldo.rocha@ifrn.edu.br http://docente.ifrn.edu.br/givanaldorocha Expressões Expressão: em termos computacionais, está ligado ao conceito de

Leia mais

Métodos para a construção de algoritmo

Métodos para a construção de algoritmo Métodos para a construção de algoritmo Compreender o problema Identificar os dados de entrada e objetos desse cenário-problema Definir o processamento Identificar/definir os dados de saída Construir o

Leia mais

PORTUGUÊS ESTRUTURADO: INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO PROF. ALEXANDRO DOS SANTOS SILVA

PORTUGUÊS ESTRUTURADO: INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO PROF. ALEXANDRO DOS SANTOS SILVA PORTUGUÊS ESTRUTURADO: INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO PROF. ALEXANDRO DOS SANTOS SILVA SUMÁRIO Introdução Conceitos básicos Formato básico Tipos primitivos Variáveis Constantes Operadores Operações

Leia mais

Aula 4 Expressões e Operadores Cleverton Hentz

Aula 4 Expressões e Operadores Cleverton Hentz Aula 4 Expressões e Operadores Cleverton Hentz Sumário de Aula } Expressões } Operadores } Linearização de Expressões 2 Expressões Uma expressão é composta por variáveis, constantes, ou qualquer combinação

Leia mais

Introdução à Computação

Introdução à Computação Your Logo Here Prof. Bruno de Jesus bruno.jesus@ic.ufal.br Introdução à Computação Tipos de dados, variáveis e expressões Conteúdo de hoje... Tipos de dados Dados numéricos Inteiro Real Dados literais

Leia mais

Introdução a Programação. Curso: Sistemas de Informação Programação I José R. Merlin

Introdução a Programação. Curso: Sistemas de Informação Programação I José R. Merlin Introdução a Programação Curso: Sistemas de Informação Programação I José R. Merlin Programas Programas são instruções para o computador executar uma tarefa Estas instruções seguem uma lógica Lógica: modo

Leia mais

01/08/2011. Tipos de dados Numéricos Alfanuméricos Lógicos. Numéricos. Tipos de dados. Dados Numéricos Inteiros. Dados Numéricos Reais.

01/08/2011. Tipos de dados Numéricos Alfanuméricos Lógicos. Numéricos. Tipos de dados. Dados Numéricos Inteiros. Dados Numéricos Reais. Engenharia de Controle e Automação Programação I Prof. Ricardo Sobjak ricardo.sobjak@ifsc.edu.br Tipos de dados Numéricos Alfanuméricos Lógicos Tipos de dados Os tipos de dados primitivos ou básicos são

Leia mais

CAPÍTULO 4 - OPERADORES E EXPRESSÕES

CAPÍTULO 4 - OPERADORES E EXPRESSÕES CAPÍTULO 4 - OPERADORES E EXPRESSÕES 4.1 - OPERADORES ARITMÉTICOS Os operadores aritméticos nos permitem fazer as operações matemáticas básicas, usadas no cálculo de expressões aritméticas. A notação usada

Leia mais

EXPRESSÕES ARITMÉTICAS PARTE 1

EXPRESSÕES ARITMÉTICAS PARTE 1 AULA 5 EXPRESSÕES ARITMÉTICAS PARTE 1 5.1 Operadores aritméticos Os operadores aritméticos definem as operações aritméticas que podem ser realizadas sobre os números inteiros e reais. Para os inteiros,

Leia mais

Processamento de Dados aplicado à Geociências. AULA 3: Algoritmos computacionais Representação de Algoritmos Sintaxe Tipos de dados Expressões

Processamento de Dados aplicado à Geociências. AULA 3: Algoritmos computacionais Representação de Algoritmos Sintaxe Tipos de dados Expressões Processamento de Dados aplicado à Geociências 1 AULA 3: Algoritmos computacionais Representação de Algoritmos Sintaxe Tipos de dados Expressões UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS CENTRO DE DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Introdução à Pseudo-código PROGRAMAÇÃO I (COM06842) LÓGICA E TÉCNICA DE PROGRAMAÇÃO (COM06039)

Introdução à Pseudo-código PROGRAMAÇÃO I (COM06842) LÓGICA E TÉCNICA DE PROGRAMAÇÃO (COM06039) Introdução à Pseudo-código PROGRAMAÇÃO I (COM06842) LÓGICA E TÉCNICA DE PROGRAMAÇÃO (COM06039) F REDDY BRASILEIRO www.inf.ufes.br/~fbrasileiro fbrasileiro@inf.ufes.br Conteúdo 4. Elementos fundamentais

Leia mais

ALGORITMO. Professor: RODRIGO GOBBI TIPOS DE DADOS E INSTRUÇÕES PRIMITIVAS

ALGORITMO. Professor: RODRIGO GOBBI TIPOS DE DADOS E INSTRUÇÕES PRIMITIVAS ALGORITMO Professor: RODRIGO GOBBI As instruções são os comandos que identificarão a máquina qual deverá ser a ação executada; Os dados são números, medidas, valores relacionados ao problema em que se

Leia mais

Lógica de Programação: aula 2. Dariel Mazzoni Maranhão. Uninove: Universidade Nove de Julho. 22 de agosto de 2010

Lógica de Programação: aula 2. Dariel Mazzoni Maranhão. Uninove: Universidade Nove de Julho. 22 de agosto de 2010 Uninove: Universidade Nove de Julho 22 de agosto de 2010 Tipos de Dados Primitivos São informações manipuladas pelos usuários. Classificam-se em quatro tipos: Inteiro; Tipos de Dados Primitivos São informações

Leia mais

Fundamentos de Programação

Fundamentos de Programação Fundamentos de Programação Programação com sequência Prof. M.Sc.: João Paulo Q. dos Santos E-mail: joao.queiroz@ifrn.edu.br Página: http://docente.ifrn.edu.br/joaoqueiroz/ Etapas de ação de um computador

Leia mais

C Operadores e Expressões

C Operadores e Expressões C Operadores e Expressões Adriano Cruz adriano@nce.ufrj.br Instituto de Matemática Departamento de Ciência da Computação UFRJ 15 de agosto de 2013 Adriano Cruz adriano@nce.ufrj.br (IM-DCC-UFRJ)C Operadores

Leia mais

Algoritmos e Lógica de Programação Introdução e formas de representação

Algoritmos e Lógica de Programação Introdução e formas de representação Algoritmos e Lógica de Programação Introdução e formas de representação Agostinho Brito Departamento de Engenharia da Computação e Automação Universidade Federal do Rio Grande do Norte 15 de agosto de

Leia mais

Algoritmo e Programação Matemática

Algoritmo e Programação Matemática Algoritmo e Programação Matemática Fundamentos de Algoritmos Parte 1 Renato Dourado Maia Instituto de Ciências Agrárias Universidade Federal de Minas Gerais Dados A funcionalidade principal de um computador

Leia mais

Linguagem C Operadora

Linguagem C Operadora Linguagem C Operadora Objetivos Abordar os conceitos sobre os Operadores demonstrando o seu uso com exemplos para um melhor aprendizado. Operadores Os operadores indicam ao compilador a necessidade de

Leia mais

Métodos Computacionais. Operadores, Expressões Aritméticas e Entrada/Saída de Dados

Métodos Computacionais. Operadores, Expressões Aritméticas e Entrada/Saída de Dados Métodos Computacionais Operadores, Expressões Aritméticas e Entrada/Saída de Dados Tópicos da Aula Hoje aprenderemos a escrever um programa em C que pode realizar cálculos Conceito de expressão Tipos de

Leia mais

Estrutura de um Algoritmo, Variáveis, Comandos de Entrada e Saída e Expressões Aritméticas

Estrutura de um Algoritmo, Variáveis, Comandos de Entrada e Saída e Expressões Aritméticas Estrutura de um Algoritmo, Variáveis, Comandos de Entrada e Saída e Expressões Aritméticas Estrutura de um Programa em Linguagem Algorítmica Nesse curso nós vamos utilizar a linguagem algorítmica para

Leia mais

Noções de algoritmos - Aula 1

Noções de algoritmos - Aula 1 Noções de algoritmos - Aula 1 Departamento de Física UFPel Definição de algoritmo Sequência ordenada e finita de operações para a realização de uma tarefa. Tarefa: Experimento de Física I. Passo 1: Reunir

Leia mais

Definições de Algoritmos. Algoritmos e Programação I. Conceitos Básicos de Algoritmos. Relação entre Algoritmos e Programação

Definições de Algoritmos. Algoritmos e Programação I. Conceitos Básicos de Algoritmos. Relação entre Algoritmos e Programação Definições de Algoritmos Algoritmos e Programação I Aula 2 Prof a. Márcia Cristina Moraes mmoraes@inf.pucrs.br Prof a. Sílvia M.W. Moraes silvia@inf.pucrs.br Algoritmo é um conjunto finito de regras, bem

Leia mais

Linguagem C Operadores

Linguagem C Operadores Linguagem C Operadores Objetivos Abordar os conceitos sobre os Operadores demonstrando o seu uso com exemplos para um melhor aprendizado. Pré-requisitos É necessário que o leitor tenha acompanhado o artigo

Leia mais

Algoritmos Computacionais

Algoritmos Computacionais Material produzido por professores da UFABC Objetivos Aprender a sintaxe e a semântica de instruções de saída e de entrada de dados na linguagem PORTUGOL Aprender alguns operadores pra uso na parte de

Leia mais

Aula 4 Estruturas Condicionais

Aula 4 Estruturas Condicionais Departamento de Sistemas de Computação Universidade de São Paulo SSC 600 Introdução a Ciência de Computação I Aula 4 Estruturas Condicionais Seiji Isotani, Rafaela V. Rocha sisotani@icmc.usp.br rafaela.vilela@gmail.com

Leia mais

Fábio Rodrigues / Israel Lucania

Fábio Rodrigues / Israel Lucania Fábio Rodrigues / Israel Lucania Variável é um local na memória principal, isto é, um endereço que armazena um conteúdo. Em linguagem de alto nível nos é permitido dar nomes a esse endereço, facilitando

Leia mais

ESTRUTURA CONDICIONAL E SELEÇÃO

ESTRUTURA CONDICIONAL E SELEÇÃO Algoritmos e Estruturas de Dados 1 Prof. Eduardo 1 ESTRUTURA CONDICIONAL E SELEÇÃO 1 - ESTRUTURA CONDICIONAL (ESTRUTURAS DE CONTROLE OU DECISÃO) Até o momento da disciplina vimos algoritmos e programas

Leia mais

Estrutura de Condição, Escolha e Repetição

Estrutura de Condição, Escolha e Repetição Estrutura Condicional Se, Laços de repetição Estrutura de Condição, Escolha e Repetição Profª Fabíola Gonçalves C. Ribeiro Conteúdo Expressões Aritméticas Funções Expressões Lógicas Operadores Lógicos

Leia mais

ALGORITMOS COM SELEÇÃO 1 - ESTRUTURA CONDICIONAL (ESTRUTURAS DE CONTROLE)

ALGORITMOS COM SELEÇÃO 1 - ESTRUTURA CONDICIONAL (ESTRUTURAS DE CONTROLE) Algoritmos e Estruturas de Dados 1 Prof. Eduardo 1 ALGORITMOS COM SELEÇÃO 1 - ESTRUTURA CONDICIONAL (ESTRUTURAS DE CONTROLE) Já vimos entrada, processamento e saída, que compõem os algoritmos puramente

Leia mais

Conceitos Básicos de Algoritmos

Conceitos Básicos de Algoritmos Conceitos Básicos de Algoritmos 35 TIPOS PRIMITIVOS Palavra-reservada: inteiro - define variáveis numéricas do tipo inteiro, ou seja, sem casas decimais Palavra-reservada: real - define variáveis numéricas

Leia mais

ALGORITMOS 3ª Aula. 3. Introdução Tipos de dados, variáveis e operadores Tipos de dados

ALGORITMOS 3ª Aula. 3. Introdução Tipos de dados, variáveis e operadores Tipos de dados 3. Introdução Segundo alguns especialistas, qualquer programa de computador pode ser escrito utilizando apenas três estruturas básicas: Seqüência, Condição e Repetição. Isto significa que, na construção

Leia mais

Conceitos básicos de algoritmos

Conceitos básicos de algoritmos Conceitos básicos de algoritmos Operadores Aritméticos Unários: +, - Exemplos: +1-5.9... var a: inteiro... a

Leia mais

INFORMÁTICA APLICADA AULA 03 ALGORITMOS

INFORMÁTICA APLICADA AULA 03 ALGORITMOS UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: Bacharelado em Ciências e Tecnologia INFORMÁTICA APLICADA AULA 03 ALGORITMOS Profª ª Danielle Casillo LINEARIZAÇÃO DE EXPRESSÕES Para a construção de algoritmos

Leia mais

CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 3. Revisão Estrutura de Decisão Se Então

CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 3. Revisão Estrutura de Decisão Se Então CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 3 Revisão Estrutura de Decisão Se Então Revisão da aula anterior 1. Variáveis 2. Estrutura de um Algoritmo 3. Operadores 4. Portugol Studio Variável Revisão da aula anterior

Leia mais

7 Operadores e Expressões

7 Operadores e Expressões 7 Operadores e Expressões 7.1 Definição de operador, expressão e operando Um operador é um símbolo utilizado para identificar que uma determinada operação deve ser realizada sobre um ou mais parâmetros,

Leia mais

Material Didático Unificado. Variáveis correspondem a nomes para endereços de memória que são gerenciados pelo Scilab.

Material Didático Unificado. Variáveis correspondem a nomes para endereços de memória que são gerenciados pelo Scilab. Universidade Federal de Ouro Preto -UFOP Departamento de Computação - DECOM Comissão da Disciplina Programação de Computadores I CDPCI Programação de Computadores I BCC701 www.decom.ufop.br/bcc701 Material

Leia mais

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO. PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO. PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO PROFª. M.Sc. JULIANA H Q BENACCHIO Primeiro programa em C #include int main() { int num1, num2, result; scanf("%d",&num1); scanf("%d",&num2); result = num1 + num2; printf("%d",

Leia mais

Algoritmos. Prof. Jonatas Bastos Site:

Algoritmos. Prof. Jonatas Bastos   Site: Algoritmos Prof. Jonatas Bastos Email: jonatasfbastos@gmail.com Site: http://jonatasfbastos.wordpress.com/ 1 Exemplo de Algoritmo { declaração de variáveis } real: p1, p2, p3, p4, Media; inicio { comandos

Leia mais

CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 3. Revisão Estrutura de Decisão Se Então

CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 3. Revisão Estrutura de Decisão Se Então CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 3 Revisão Estrutura de Decisão Se Então Revisão da aula anterior 1. Variáveis 2. Estrutura de um Algoritmo 3. Operadores 4. Visualg Variável Revisão da aula anterior É

Leia mais

Capítulo 7. Expressões e Sentenças de Atribuição

Capítulo 7. Expressões e Sentenças de Atribuição Capítulo 7 Expressões e Sentenças de Atribuição Introdução Expressões são os meios fundamentais de especificar computações em uma linguagem de programação Para entender a avaliação de expressões, é necessário

Leia mais

PSEUDO-CÓDIGO. Nickerson Fonseca Ferreira

PSEUDO-CÓDIGO. Nickerson Fonseca Ferreira 1 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS JOÃO CÂMARA PSEUDO-CÓDIGO Nickerson Fonseca Ferreira nickerson.ferreira@ifrn.edu.br Introdução 2 Um algoritmo pode ser

Leia mais

EXPRESSÕES ARITMÉTICAS PARTE 2

EXPRESSÕES ARITMÉTICAS PARTE 2 AULA 6 EXPRESSÕES ARITMÉTICAS PARTE 2 6.1 Operadores aritméticos sobre os reais Como vimos na aula anterior, os operadores aritméticos definem as operações aritméticas que podem ser realizadas sobre os

Leia mais

LÓGICA DIGITAL - CONCEITOS. * Constantes. * Expressões: Aritméticas; Lógicas; Tabela Verdade; Relacionais; Booleanas. * Portas Lógicas.

LÓGICA DIGITAL - CONCEITOS. * Constantes. * Expressões: Aritméticas; Lógicas; Tabela Verdade; Relacionais; Booleanas. * Portas Lógicas. * Tipos de Dados. * Constantes. * Expressões: Aritméticas; Lógicas; Tabela Verdade; Relacionais; Booleanas. * Portas Lógicas. 1 TIPOS DE DADOS Dados inteiros Representação das informações pertencentes

Leia mais

Conceitos básicos de programação

Conceitos básicos de programação Constantes class Exemplo { static void Main() { float fahr, celsius; int lower, upper, step; lower = 0; /* limite inferior da tabela de temperaturas */ upper = 300; /* limite superior */ step = 20; /*

Leia mais

ALGORITMOS COM SELEÇÃO 1 - ESTRUTURA CONDICIONAL (ESTRUTURAS DE CONTROLE)

ALGORITMOS COM SELEÇÃO 1 - ESTRUTURA CONDICIONAL (ESTRUTURAS DE CONTROLE) Algoritmos e Estruturas de Dados 1 Prof. Eduardo 1 ALGORITMOS COM SELEÇÃO 1 - ESTRUTURA CONDICIONAL (ESTRUTURAS DE CONTROLE) Até o momento da disciplina vimos comandos de entrada, processamento e saída

Leia mais

Programação de Computadores I Conhecendo a Linguagem C. Prof. Ramon Figueiredo Pessoa

Programação de Computadores I Conhecendo a Linguagem C. Prof. Ramon Figueiredo Pessoa Programação de Computadores I Conhecendo a Linguagem C Prof. Ramon Figueiredo Pessoa 1 Variáveis e tipos Variáveis são simplesmente posições de memória que o compilador aloca ao programa Mas quantas posições

Leia mais

Capítulo 2 Operadores. A função scanf()

Capítulo 2 Operadores. A função scanf() Capítulo 2 Operadores A função scanf() A função scanf() é outra das funções de E/S implementadas em todos os compiladores e nos permite ler dados formatados da entrada padrão (teclado). Sintaxe: scanf(

Leia mais

Português Estruturado

Português Estruturado Português Estruturado Português Estruturado Para que o algoritmo possa ser executado por uma máquina é importante que as instruções sejam corretas e sem ambigüidades. O português estruturado é, na verdade,

Leia mais

Introdução à Computação (IC) Algoritmos: Expressões lógicas

Introdução à Computação (IC) Algoritmos: Expressões lógicas Introdução à Computação (IC) Algoritmos: Expressões lógicas Prof.ª Dr.ª Symone Gomes Soares Alcalá Universidade Federal de Goiás (UFG) Regional Goiânia (RG) Campus Aparecida de Goiânia (CAP) Faculdade

Leia mais

Ciência da Computação. Prof. Dr. Leandro Alves Neves Prof. Dr. Adriano M. Cansian

Ciência da Computação. Prof. Dr. Leandro Alves Neves Prof. Dr. Adriano M. Cansian Algoritmos e Programação Informática II Ciência da Computação Prof. Dr. Leandro Alves Neves Prof. Dr. Adriano M. Cansian 1 Sumário Tipos de Dados Variáveis Modelo esquemático Características e Regras para

Leia mais

INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO - EPET006 -

INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO - EPET006 - INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO - EPET006 - Heleno Pontes Bezerra Neto - helenopontes@lccv.ufal.br Introdução ao MATLAB Tipos Primitivos 3. TÓPICOS PRELIMINARES Tipos Primitivos - ATÉ AGORA TRABALHAMOS NO MATLAB

Leia mais

Variáveis e Entrada de Dados Marco André Lopes Mendes marcoandre.googlepages.

Variáveis e Entrada de Dados Marco André Lopes Mendes  marcoandre.googlepages. Variáveis e Entrada de Dados Marco André Lopes Mendes marcoandre@ifc-araquari.edu.br marcoandre@gmail.com marcoandre.googlepages.com Algoritmos é a base Primeiro programa Este programa possui apenas uma

Leia mais

CONCEITOS DE ALGORITMOS

CONCEITOS DE ALGORITMOS CONCEITOS DE ALGORITMOS Fundamentos da Programação de Computadores - 3ª Ed. 2012 Editora Prentice Hall ISBN 9788564574168 Ana Fernanda Gomes Ascênsio Edilene Aparecida Veneruchi de Campos Algoritmos são

Leia mais

LO GICA E TE CNICA DE PROGRAMAC ÃO. TÁSSIO JOSÉ GONÇALVES GOMES

LO GICA E TE CNICA DE PROGRAMAC ÃO. TÁSSIO JOSÉ GONÇALVES GOMES LO GICA E TE CNICA DE PROGRAMAC ÃO TÁSSIO JOSÉ GONÇALVES GOMES www.tassiogoncalves.com.br tassiogoncalvesg@gmail.com OPERADORES Operadores Operadores Aritméticos Operadores Relacionais Operadores Lógicos

Leia mais

Fundamentos de Programação. Turma CI-240-EST. Josiney de Souza.

Fundamentos de Programação. Turma CI-240-EST. Josiney de Souza. Fundamentos de Programação Turma CI-240-EST Josiney de Souza josineys@inf.ufpr.br Agenda do Dia Aula 3 (12/08/15) Saídas Entradas Operadores Atribuição Aritméticos Expressões Aritméticas Saída Permite

Leia mais

5. Expressões aritméticas

5. Expressões aritméticas 5. Expressões aritméticas DIM0320 2015.1 DIM0320 5. Expressões aritméticas 2015.1 1 / 37 Sumário 1 Operadores inteiros 2 Precedências 3 Alteração de prioridades 4 Operadores reais 5 Expressões de tipo

Leia mais

BCC Introdu c ao ` a Programa c ao Portugol Guillermo C amara-ch avez UFOP 1/35

BCC Introdu c ao ` a Programa c ao Portugol Guillermo C amara-ch avez UFOP 1/35 BCC 201 - Introdução à Programação Portugol Guillermo Cámara-Chávez UFOP 1/35 Introdução I Lógica A lógica é usada no dia a dia das pessoas que trabalham com computação para solucionar problemas de forma

Leia mais

Apêndice A. Pseudo-Linguagem

Apêndice A. Pseudo-Linguagem Apêndice A. Pseudo-Linguagem Apostila de Programação I A.1 Considerações Preliminares Os computadores convencionais se baseiam no conceito de uma memória principal que consiste de células elementares,

Leia mais

TÉCNICO DE INFORMÁTICA - SISTEMAS

TÉCNICO DE INFORMÁTICA - SISTEMAS 782 - Programação em C/C++ - estrutura básica e conceitos fundamentais Linguagens de programação Linguagem de programação são conjuntos de palavras formais, utilizadas na escrita de programas, para enunciar

Leia mais

Operadores. Tipo de operadores. Aritméticos. Relacionais. Lógicos. Bit a bit. Cálculos aritméticos: soma, subtracção, multiplicação, divisão, etc.

Operadores. Tipo de operadores. Aritméticos. Relacionais. Lógicos. Bit a bit. Cálculos aritméticos: soma, subtracção, multiplicação, divisão, etc. Operadores Tipo de operadores Aritméticos Cálculos aritméticos: soma, subtracção, multiplicação, divisão, etc. Relacionais Comparação entre entidades. Lógicos Bit a bit 1 Operadores Aritméticos Operadores

Leia mais

Lógica de Programação I. Gilson de Souza Carvalho

Lógica de Programação I. Gilson de Souza Carvalho Gilson de Souza Carvalho gaucho.gilson@hotmail.com 1. Estruturas básicas Apresentaremos um resumo com os comandos estudados para criação de algoritmos. Para utilizar estes comandos, usaremos uma sintaxe

Leia mais

Cálculo Numérico Noções básicas sobre erros

Cálculo Numérico Noções básicas sobre erros Cálculo Numérico Noções básicas sobre erros Profa. Vanessa Rolnik 1º semestre 2015 Fases da resolução de problemas através de métodos numéricos Problema real Levantamento de Dados Construção do modelo

Leia mais

Algoritmos e Estruturas de Dados I (DCC/003) 2013/1. Estruturas Básicas. Aula Tópico 4

Algoritmos e Estruturas de Dados I (DCC/003) 2013/1. Estruturas Básicas. Aula Tópico 4 Algoritmos e Estruturas de Dados I (DCC/003) 2013/1 Estruturas Básicas Aula Tópico 4 1 Problema 3 Exibir o maior número inteiro que pode ser representado no computador. 2 Qual o maior número inteiro? Para

Leia mais

Introdução à Computação MAC0110

Introdução à Computação MAC0110 Introdução à Computação MAC0110 Prof. Dr. Paulo Miranda IME-USP Aula 2 Variáveis e Atribuições Memória Principal: Introdução Vimos que a CPU usa a memória principal para guardar as informações que estão

Leia mais

EXPRESSÕES RELACIONAIS

EXPRESSÕES RELACIONAIS AULA 7 EXPRESSÕES RELACIONAIS 7.1 Operadores relacionais Uma expressão relacional, ou simplesmente relação, é uma comparação entre dois valores de um mesmo tipo. Esses valores são representados na relação

Leia mais

ALGORITMOS E LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO PRÉ AULA PRÉ AULA 31/08/2015

ALGORITMOS E LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO PRÉ AULA PRÉ AULA 31/08/2015 ALGORITMOS E LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO Prof. Esp. Fabiano Taguchi http://fabianotaguchi.wordpress.com fabianotaguchi@gmail.com PRÉ AULA De acordo com a sua compreensão acerca da representação das fórmulas

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação. Linguagem C: Operadores relacionais e lógicos estruturas condicionais If...

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação. Linguagem C: Operadores relacionais e lógicos estruturas condicionais If... Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação Linguagem C: Operadores relacionais e lógicos estruturas condicionais If... Else Switch Prof. Renato Pimentel 1 Operações relacionais Operações

Leia mais

Variáveis, Expressões Aritméticas e Entrada e Saída de Dados

Variáveis, Expressões Aritméticas e Entrada e Saída de Dados Escola de Ciências e Tecnologia UFRN Variáveis, Expressões Aritméticas e Entrada e Saída de Dados ECT1103 INFORMÁTICA FUNDAMENTAL Manter o telefone celular sempre desligado/silencioso quando estiver em

Leia mais

Conceitos Básicos. Professor: Juliano Lucas Gonçalves.

Conceitos Básicos. Professor: Juliano Lucas Gonçalves. Conceitos Básicos Professor: Juliano Lucas Gonçalves juliano.goncalves@ifsc.edu.br Agenda Revisão Algoritmos Memória, variáveis e constantes Estrutura básica de um algoritmo em pseudocódigo 2 O que já

Leia mais

Algoritmos Estrutura Condicional

Algoritmos Estrutura Condicional Algoritmos Estrutura Condicional Aula 06 Diogo Pinheiro Fernandes Pedrosa http://www2.ufersa.edu.br/portal/professor/diogopedrosa diogopedrosa@ufersa.edu.br Universidade Federal Rural do Semiárido Bacharelado

Leia mais

ALGORITMOS E LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO

ALGORITMOS E LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO ALGORITMOS E LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO Prof. Esp. Fabiano Taguchi http://fabianotaguchi.wordpress.com fabianotaguchi@gmail.com OPERADORES ARITMÉTICOS OPERAÇÃO OPERADOR SIGNIFICADO SOMA + Efetuar soma de duas

Leia mais

COBOL DB2- CICS. Prof. Maromo [Aula 5]

COBOL DB2- CICS. Prof. Maromo [Aula 5] COBOL DB2- CICS Prof. Maromo [Aula 5] Operadores em Cobol Operadores Cálculos aritméticos A linguagem Cobol possui rotinas que auxiliam o programador a efetuar cálculos aritméticos, são eles: ADD, SUBTRACT,

Leia mais

TIPOS DE DADOS E VARIÁVEIS

TIPOS DE DADOS E VARIÁVEIS AULA 3 TIPOS DE DADOS E VARIÁVEIS 3.1 Tipos de dados Os dados manipulados por um algoritmo podem possuir natureza distinta, isto é, podem ser números, letras, frases, etc. Dependendo da natureza de um

Leia mais

Mini apostila de Python - Oficina de Vestibulandos. PET Computação - UFPR September 2016

Mini apostila de Python - Oficina de Vestibulandos. PET Computação - UFPR September 2016 Mini apostila de Python - Oficina de Vestibulandos PET Computação - UFPR September 2016 1 Sumário 1 Introdução 3 2 Obtenção e Instalação 3 3 Variáveis 3 4 Operações Matemáticas 5 5 Entrada de Dados 6 6

Leia mais

Conceitos Básicos Linguagem C

Conceitos Básicos Linguagem C Conceitos Básicos Linguagem C PROF. MAURÍCIO A DIAS MACDIASPAE@GMAIL.COM 2 Método Método básico para construção de algoritmos 1. Compreender completamente o problema a ser resolvido, se possível dividindo

Leia mais

Introdução à Linguagem C++

Introdução à Linguagem C++ Introdução à Linguagem C++ C++: Definição C++ C A Linguagem de Programação C++ pode ser definida como uma extensão da Linguagem C; Todo código de programação em Linguagem C pode a priori ser compilado

Leia mais

CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 2. Revisão Variáveis Estrutura de um algoritmo Estruturação de operações Ferramenta Portugol Studio

CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 2. Revisão Variáveis Estrutura de um algoritmo Estruturação de operações Ferramenta Portugol Studio CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 2 Revisão Variáveis Estrutura de um algoritmo Estruturação de operações Ferramenta Portugol Studio Revisão da aula anterior 1. Hardware e Software Básico/Aplicativo. 2.

Leia mais

Português Estruturado (VISUALG)

Português Estruturado (VISUALG) Português Estruturado (VISUALG) Estrutura do programa Exemplo: algoritmo "Ola mundo" // Função : Mostrar na tela uma saudação // Autor : Christianne Dalforno // Data : 09/03/2016

Leia mais

Computação e Programação

Computação e Programação Computação e Programação 1ª Aula de 2008-2009 Instituto Superior Técnico, Dep. de Engenharia Mecânica - Sistemas O Visual C++ Para Casa (se possível antes da aula!): Veja o video e o screencast que se

Leia mais

Tipos de Dados e Expressões

Tipos de Dados e Expressões Tipos de Dados e Expressões Prof. Ranieri Alves dos Santos ranieri@ranierisantos.com www.ranierisantos.com Tipos de dados Real Inteiro Lógico Literal Variáveis Estrutura de algoritmos Expressões Aritméticas

Leia mais

Prof. Leandro Tonietto Introdução a computação e suas aplicações Curso de Segurança da Informação UNISINOS jun-09

Prof. Leandro Tonietto Introdução a computação e suas aplicações Curso de Segurança da Informação UNISINOS jun-09 Lógica Binária Prof. Leandro Tonietto Introdução a computação e suas aplicações Curso de Segurança da Informação UNISINOS jun-9 Introdução Lógica binária é a base do sistema computacional. Qualquer operação

Leia mais

Teoria da Computação e Algoritmos. Introdução à Linguagem Pascal. ALGORITMO <Nome do algoritmo>; <definições>; INÍCIO <Comandos>; FIM.

Teoria da Computação e Algoritmos. Introdução à Linguagem Pascal. ALGORITMO <Nome do algoritmo>; <definições>; INÍCIO <Comandos>; FIM. Teoria da Computação e Algoritmos Introdução à Linguagem Pascal 1 Estrutura de um programa INÍCIO FIM. PROGRAM END.

Leia mais

1 ESTRUTURA SEQUENCIAL

1 ESTRUTURA SEQUENCIAL Noções de Programação de Computadores Prof. Eduardo 1 1 ESTRUTURA SEQUENCIAL algoritmo Nome_do_algoritmo declaração de variáveis variáveis inicio bloco de comandos; fim_algoritmo 1.1 Declaração de variáveis

Leia mais

Algoritmos. Seqüência finita e ordenada de procedimentos que resolvem um determinado problema. Exemplo: O que preciso fazer para preparar um omelete?

Algoritmos. Seqüência finita e ordenada de procedimentos que resolvem um determinado problema. Exemplo: O que preciso fazer para preparar um omelete? Algoritmos Seqüência finita e ordenada de procedimentos que resolvem um determinado problema Exemplo: O que preciso fazer para preparar um omelete? Pegar os ovos na geladeira; Bater os ovos; Escolher o

Leia mais

Ambiente Scilab Variáveis, expressões, comando de atribuição Entrada e Saída básica

Ambiente Scilab Variáveis, expressões, comando de atribuição Entrada e Saída básica Universidade Federal de Ouro Preto -UFOP Departamento de Computação - DECOM Programação de Computadores I BCC701 www.decom.ufop.br/moodle Ambiente Scilab Variáveis, expressões, comando de atribuição Entrada

Leia mais

Entrada/Saída, Operadores. Curso: Técnico em Informática Disciplina: Algoritmos Prof. Abrahão Lopes

Entrada/Saída, Operadores. Curso: Técnico em Informática Disciplina: Algoritmos Prof. Abrahão Lopes 1 Entrada/Saída, Operadores Curso: Técnico em Informática Disciplina: Algoritmos Prof. Abrahão Lopes abrahao.lopes@ifrn.edu.br O Visualg Editor e interpretador de algoritmoscriado pelo professor Cláudio

Leia mais

Unidade 5: Introdução à Programação com C/C++ Prof. Daniel Caetano

Unidade 5: Introdução à Programação com C/C++ Prof. Daniel Caetano Lógica de Programação para Engenharia 1 Unidade 5: Introdução à Programação com C/C++ Prof. Daniel Caetano Objetivo: Explicitar os elementos básicos envolvidos na programação com a linguagem C/C++. Bibliografia:

Leia mais

INFORMÁTICA APLICADA AULA 03 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C++

INFORMÁTICA APLICADA AULA 03 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C++ UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: Bacharelado em Ciências e Tecnologia INFORMÁTICA APLICADA AULA 03 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C++ Profª ª Danielle Casillo OPERADORES Um operador é um símbolo

Leia mais

Variável. Expressões. Atribuição. Tipos básicos Declaração. Aritméticas Lógicas. Professor Leandro Augusto Frata Fernandes

Variável. Expressões. Atribuição. Tipos básicos Declaração. Aritméticas Lógicas. Professor Leandro Augusto Frata Fernandes Programação de Computadores III Aula 3 Professor Leandro Augusto Frata Fernandes laffernandes@ic.uff.br Material disponível em http://www.ic.uff.br/~laffernandes/teaching/2011.1/tcc-03.063 Roteiro da Aula

Leia mais

Algoritmo e Introdução a Programação. Prof. Josino Rodrigues

Algoritmo e Introdução a Programação. Prof. Josino Rodrigues Algoritmo e Introdução a Programação Prof. Josino Rodrigues Um algoritmo é qualquer procedimento computacional bem definido que toma algum valor ou conjunto de valores como entrada e produz algum valor

Leia mais

Linguagem C: Introdução

Linguagem C: Introdução Linguagem C: Introdução Linguagem C É uma Linguagem de programação genérica que é utilizada para a criação de programas diversos como: Processadores de texto Planilhas eletrônicas Sistemas operacionais

Leia mais

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO PARA ENGENHARIA INTRODUÇÃO À LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO PARTE II. Prof. Dr. Daniel Caetano

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO PARA ENGENHARIA INTRODUÇÃO À LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO PARTE II. Prof. Dr. Daniel Caetano LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO PARA ENGENHARIA INTRODUÇÃO À LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO PARTE II Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-1 Material de Estudo Material Notas de Aula Apresentação Material Didático Acesso ao Material

Leia mais

Computação Eletrônica

Computação Eletrônica Computação Eletrônica Expressões ovsj@cin.ufpe.br Observação: Material da Disciplina Computação Eletrônica CIN/UFPE. Expressões São sequências de operandos e operadores devidamente arrumadas; Obedecendo

Leia mais

Algoritmos e Programação - Engenharia da Computação -

Algoritmos e Programação - Engenharia da Computação - Algoritmos e Programação - Engenharia da Computação - Prof. Alessandro Zimmer Pseudo Linguagem de Programação - PORTUGOL - Pseudo-Linguagem Linguagem de Programação? Notação formal servindo para: - Expressar

Leia mais

UNIDADE 2 ALGORITMOS E PSEUDOCÓDIGO

UNIDADE 2 ALGORITMOS E PSEUDOCÓDIGO 1 UNIDADE 2 ALGORITMOS E PSEUDOCÓDIGO 2.1 INTRODUÇÃO Um algoritmo é uma seqüência ordenada, finita de operações bem definidas e eficazes que, quando executadas por um computador operando sobre dados caracterizando

Leia mais

Unidade 5: Introdução à Programação com C/C++

Unidade 5: Introdução à Programação com C/C++ Lógica de Programação para Engenharia 1 Unidade 5: Introdução à Programação com C/C++ Prof. Daniel Caetano Objetivo: Explicitar os elementos básicos envolvidos na programação com a linguagem C/C++. Bibliografia:

Leia mais

Noções de algoritmos - Aula 1

Noções de algoritmos - Aula 1 Noções de algoritmos - Aula 1 Departamento de Física UFPel Definição de algoritmo Sequência ordenada e finita de operações para a realização de uma tarefa. Tarefa: Experimento de Física I. Passo 1: Reunir

Leia mais

7 Comandos e Estruturas de Controle

7 Comandos e Estruturas de Controle Lógica para a Programação - 1º semestre AULA 03 Prof. André Moraes 7 Comandos e Estruturas de Controle Na criação de algoritmos é comum utilizar conceitos de bloco lógico, entrada e saída de dados, constantes,

Leia mais

11 - Estrutura de um programa em C

11 - Estrutura de um programa em C 11 - Estrutura de um programa em C directivas para o compilador { main ( ) declarações instruções } -É possível utilizar comentários, exemplo: /* Comentário */ que não são traduzidos pelo compilador, pois

Leia mais