PORTARIA DA PROPPEX nº 002/2007

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PORTARIA DA PROPPEX nº 002/2007"

Transcrição

1 PORTARIA DA PROPPEX nº 002/2007 O Prof. Dr. Paulo Rogério Stella, Pró-Reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da Fundação Santo André, no uso de suas atribuições legais, constantes no Regimento Geral do Centro Universitário da FSA, artigo 12, considerando a necessidade de regulamentar os processos de formação e avaliação dos Grupos de Pesquisa Institucionais; baixa a seguinte Portaria: Artigo 1º - Todos os grupos de pesquisa atualmente constituídos devem se recadastrar de forma a atender aos novos critérios de cadastramento estabelecidos nesta portaria. Artigo 2º - A propositura de Novos Grupos de Pesquisa na Pós-Graduação passa a ser definida e regulamentada pela Norma para Cadastramento de Grupos de Pesquisa, que integra a presente portaria. Artigo 3º - Esta portaria entrará em vigor nesta data, revogadas as disposições em contrário. Santo André, 08 de fevereiro de Prof. Dr. Paulo Rogério Stella Pró-Reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão 1

2 NORMA PARA CADASTRAMENTO DE GRUPOS DE PESQUISA Dos Grupos de Pesquisa ORIENTAÇÕES GERAIS Os grupos de pesquisa constituem a base estrutural e institucional a partir da qual professores, estudantes e colaboradores organizam-se e engajam-se profissionalmente e permanentemente em atividades de pesquisa em torno de uma ou mais linhas de pesquisa, sob a liderança de um professor, buscando os seguintes objetivos: I. Criar competência para a atuação indissociada da pesquisa com a graduação, a pósgraduação e a extensão universitária. II. Potencializar os recursos humanos, os laboratórios, as instalações e os equipamentos disponíveis na Instituição; III. Habilitar a Instituição para a alocação de recursos financeiros junto às empresas e às agências de fomento; IV. Intercambiar com redes, com instituições e grupos externos de pesquisa; Dos participantes dos Grupos de Pesquisa Art.1º - São membros efetivos de grupos de pesquisa aqueles pesquisadores que desenvolvem atividades permanentes de pesquisa, observando-se que todo o docente em regime de tempo integral deve pertencer a um grupo de pesquisa na qualidade de membro efetivo. Art. 2º - São colaboradores de grupos de pesquisa aqueles pesquisadores de outras instituições, bem como professores, estudantes e funcionários da Instituição que possuam alguma atividade auxiliar ou de apoio à pesquisa junto aos grupos. Do Processo de Cadastramento de Grupos de Pesquisa Art.3º - Os grupos de pesquisa são organizados, a qualquer tempo, por professores líderes de grupo, através de cadastro do grupo junto à Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão. 1º O cadastro deve ser elaborado em formulário próprio disponível no site da Pró- Reitoria de Pós-Graduação,Pesquisa e Extensão ( 2º O grupo proponente terá assessoria da Coordenação de Projetos de pesquisa e Stricto Senso da Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão na elaboração da proposição ao cadastramento. 3º O líder, pesquisadores e estudantes devem ter o Currículo inserido na Plataforma Lattes do CNPq. 2

3 Art. 4º - A proposta de criação de grupos de pesquisa deve conter: I. A denominação do grupo; II. A justificativa da necessidade da sua criação relativa às demandas da comunidade, ao Plano de Desenvolvimento Institucional PDI e aos Projetos Pedagógicos dos cursos de graduação afins; III. Os objetivos do grupo; IV. As linhas de pesquisa em que o grupo pretende atuar; V. As estratégias de articulação e de envolvimento do grupo com a graduação, a pós-graduação e a extensão; VI. As estratégias de articulação e de envolvimento do grupo com outras instituições e grupos de pesquisa e com as agências de fomento; VII. Um plano inicial de desenvolvimento da pesquisa e da publicação de seus resultados; VIII. O nome e titulação do líder de grupo, dos componentes efetivos e dos colaboradores deste; IX. Os currículos lattes de cada membro do grupo; X. Estudo de viabilidade financeira e operacional. XI. Apresentação das Repercussões dos Trabalhos do Grupo no que se refere ao avanço do conhecimento, à inovação tecnológica ou a outro aspecto relevante, incluindo-se a produção científica - artigos publicados em revistas, trabalhos divulgados em revistas científicas, entre outros. Parágrafo Único. Os grupos cuja proposta de cadastro não atenda às normas estabelecidas nesta Portaria serão comunicados, pela Pró-Reitoria de Pós- Graduação,Pesquisa e Extensão, sendo analisados os requisitos necessários para readequação dos mesmos. Da composição Art. 5º Serão cadastrados os grupos cujas propostas estiverem de acordo com os critérios para formação de grupos abaixo relacionados: a) Os pesquisadores e estudantes participantes de grupo de pesquisa devem ter o Currículo Lattes cadastrado no CNPq e atualizado no mínimo semestralmente; b) O grupo deve ter de 2 a 10 pesquisadores, cuja produção, nos cinco últimos anos, seja relevante (participação em pelo menos um congresso nacional ou internacional ou publicação de artigo científico em periódico, nacional ou internacional com qualificação Qualis nos últimos quatro anos). c) Cada Grupo deve apresentar em relação à totalidade de seus componentes professores, um mínimo de 02 de docentes Doutores sendo os restantes com a titulação mínima de mestre. d) A composição de cada Grupo deve garantir o caráter e a formação multidisciplinar adequada ao tratamento do tema de pesquisa proposto. e) Cada Grupo deve apresentar em sua composição alunos bolsistas de iniciações 3

4 científicas, vinculadas aos cursos de Graduação, bem como alunos pós-graduandos, preferencialmente de Programas de Pós-Graduação. f) A escolha do líder do Grupo de Pesquisa com mandato de 03 (três) anos deverá ser feita pelos membros que compõem o grupo, durante a primeira reunião de trabalho. g) O Líder do Grupo de Pesquisa deve possuir: a) Titulação mínima: Doutor; b) Estar em regime RTI; c) Produção científica comprovada em relação à linha de pesquisa proposta para o Grupo de Pesquisa, incluindo publicação de pelo menos um artigo científico em periódico ou congresso, nacional ou internacional, indexado no Sistema Qualis A ou B nos últimos três anos ou ter coordenado um projeto junto a uma agência de fomento nos últimos 3 anos. d) Projeto de pesquisa submetido à Pró-Reitoria Pós- Graduação,Pesquisa e Extensão conforme modelo próprio disponível no site da Pró-Reitoria Pós- Graduação,Pesquisa e Extensão. 1º Os líderes e os pesquisadores não poderão participar de mais de um grupo de pesquisa institucional e devem apresentar produção científica na linha de pesquisa diretamente vinculada ao mesmo. 2º Alunos de graduação de outras instituições, eventualmente, poderão participar de reuniões do Grupo de Pesquisa na condição de visitantes. 3º Os estudantes bolsistas de IC devem participar do grupo do qual seu orientador faz parte. 4º A atualização do Grupo de Pesquisa deverá ser efetivada semestralmente pelo líder, pelo menos em relação ao item "Repercussões", sendo a inclusão ou exclusão de alunos de Iniciação Científica atualizadas sempre que necessário. 5º Em caso de pedido de afastamento ou desligamento do líder, deverá ser eleito outro líder pelos membros que compõem o grupo. Art. 6º - A inclusão, ou a exclusão de membros em um grupo de pesquisa pode ser proposta pelo líder aos seus pares, a qualquer momento. Art. 7º - A substituição do líder de um grupo de pesquisa pode ser proposta por seus membros efetivos ou pela Pró-Reitoria Pós- Graduação,Pesquisa e Extensão, avaliado o seu desempenho, a qualquer momento. Art. 8º Todas as alterações processadas em um grupo de pesquisa devem ser informadas pelo líder à Pró-Reitoria Pós-Graduação,Pesquisa e Extensão. Da avaliação das atividades do grupo Art. 9º - Os líderes são responsáveis pelos grupos de pesquisa, devendo apresentar, a Pró- Reitoria Pós-Graduação,Pesquisa e Extensão, no mês de setembro, relatório do ano em curso e plano das atividades de pesquisa para o ano seguinte, conforme modelo próprio disponibilizado no site da Pró-Reitoria Pós-Graduação,Pesquisa e Extensão 4

5 Art. 10º Os grupos de pesquisa serão avaliados pela Pró-Reitoria de Pós-Graduação Pesquisa e Extensão que pode encaminhá-los quando necessário a um ou mais consultores, com aderência as linhas de pesquisa do grupo, para parecer técnico, neste caso serão considerados consultores internos e/ou externos sendo esta a ordem de precedência. Parágrafo Único. Não poderão participar como consultores docentes ou especialistas que estejam participando a qualquer tempo do grupo de pesquisa analisado. Art. 11 A avaliação dos grupos de pesquisa obedecerá aos seguintes critérios: a) aderência à missão institucional; b) relevância do grupo e dos objetivos do grupo; c) relevância dos resultados esperados; d) qualidade e regularidade da produção científica/tecnológica/artística dos principais pesquisadores envolvidos, divulgada em publicações especializadas arbitradas ou por outros meios eficientes da área; e) capacidade comprovada dos principais pesquisadores envolvidos em formar pesquisadores; f) inserção na Graduação e na Pós-Graduação. Art. 12 Os grupos de pesquisa que não apresentarem produção científica, artística ou cultural avaliada institucionalmente pela Pró-Reitoria Pós-Graduação,Pesquisa e Extensão a cada três anos poderão ser extintos. Do incentivo à participação docente Art. 13 Os grupos de pesquisa regularmente cadastrados terão preferência quando da solicitação de recursos à Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão, cuja análise quanto à liberação dos mesmos será feita conjuntamente entre a Pró-Reitoria de Pós- Graduação, Pesquisa e Extensão, responsável pela atividade acadêmica, e a Pró-Reitoria de Administração e Planejamento, responsável pelo controle financeiro. 1º A solicitação de recursos pode abordar dentre outros, pedidos de: a) alunos bolsistas de iniciação científica; b) acesso a publicações especializadas; a) ajuda de custo (total/parcial) para viagens e congressos; b) financiamento de publicações; c) assessoria na realizacao de eventos. 2º As solicitações devem ser feitas em formulário próprio disponível no site da Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão. Das obrigações dos pesquisadores Art.14 Os professores e discentes devem fazer referência à sua condição de pesquisadores apoiados pela Fundação Santo André nas publicações e nos trabalhos apresentados em eventos científicos. 5

6 Art. 15 Os pesquisadores que não cumprirem os prazos estipulados para a entrega dos relatórios e dos artigos para publicação devem devolver à Instituição os créditos recebidos. Art. 16 A prestação de contas será declarada na forma e datas previstas em conformidade com o regulamento das atividades de pesquisa e de extensão. Parágrafo único: No caso de solicitação de auxilio para viagens, o prazo máximo para apresentação dos demonstrativos financeiros de despesas de viagem do beneficiado com a verba é de até uma semana após o evento. 6

ATUALIZAÇÃO/CADASTRAMENTO DE GRUPOS DE PESQUISA NO DIRETÓRIO DOS GRUPOS DE PESQUISA NO BRASIL CNPq

ATUALIZAÇÃO/CADASTRAMENTO DE GRUPOS DE PESQUISA NO DIRETÓRIO DOS GRUPOS DE PESQUISA NO BRASIL CNPq ATUALIZAÇÃO/CADASTRAMENTO DE GRUPOS DE PESQUISA NO DIRETÓRIO DOS GRUPOS DE PESQUISA NO BRASIL CNPq GRUPOS DE PESQUISA: DEFINIÇÃO E CRITÉRIOS ESTABELECIDOS PELA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA PROPe/UNESP a) Definição

Leia mais

REGIMENTO DE PESQUISA DO DEPARTAMENTO DE ENFERMAGEM DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES INICIAIS

REGIMENTO DE PESQUISA DO DEPARTAMENTO DE ENFERMAGEM DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES INICIAIS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA ÓRGÃOS DELIBERATIVOS CENTRAIS CAMPUS UNIVERSITÁRIO TRINDADE CEP: 88040-900 - FLORIANÓPOLIS - SC TELEFONES: (48) 3721-9522 - 3721-9661 3721-4916

Leia mais

Programa de Iniciação Científica da Faculdade Processus.

Programa de Iniciação Científica da Faculdade Processus. Programa de Iniciação Científica da Faculdade Processus. CAPÍTULO I OBJETIVOS Art. 1º O Programa de Iniciação Científica PIC da Faculdade Processus, constitui-se em um conjunto de ações destinadas a propiciar

Leia mais

UNIVERSIDADE POSITIVO

UNIVERSIDADE POSITIVO UNIVERSIDADE POSITIVO CHAMADA DE PROJETOS PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (PIC) CICLO 2012-2013 EDITAL N o 117 de 03/04/2012 Art. 1 o A Reitoria da Universidade Positivo (UP) torna público o presente

Leia mais

RESOLUÇÃO N.º 11, DE 22 DE MARÇO DE 2017

RESOLUÇÃO N.º 11, DE 22 DE MARÇO DE 2017 UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO- CONSEPE Secretaria dos Órgãos Colegiados Superiores (Socs) Bloco IV, Segundo Andar, Câmpus de Palmas (63) 3232-8067 (63) 3232-8238

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 10/09 CONSUNI

RESOLUÇÃO Nº 10/09 CONSUNI RESOLUÇÃO Nº 10/09 CONSUNI APROVA A POLÍTICA DE PESQUISA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE JARAGUÁ DO SUL UNERJ. A Presidente do Conselho Universitário CONSUNI do Centro Universitário de Jaraguá do Sul UNERJ,

Leia mais

Edital Universidade Santa Úrsula-USU: 01/ Programa Institucional Interno de Criação, Consolidação e Apoio a Grupos de Pesquisa

Edital Universidade Santa Úrsula-USU: 01/ Programa Institucional Interno de Criação, Consolidação e Apoio a Grupos de Pesquisa Edital Universidade Santa Úrsula-USU: 01/2017 - Programa Institucional Interno de Criação, Consolidação e Apoio a Grupos de Pesquisa A Universidade Santa Úrsula - USU - do Rio de Janeiro, por intermédio

Leia mais

EDITAL nº 01/2015 CHAMADA PARA CREDENCIAMENTO DE LIDERES DE GRUPOS DE PESQUISA

EDITAL nº 01/2015 CHAMADA PARA CREDENCIAMENTO DE LIDERES DE GRUPOS DE PESQUISA EDITAL nº 01/2015 CHAMADA PARA CREDENCIAMENTO DE LIDERES DE GRUPOS DE PESQUISA A Coordenação de Pesquisa e Extensão (COPEX) informa à comunidade acadêmica da Faculdade Leão Sampaio que está recebendo solicitações

Leia mais

Edital Universidade Santa Úrsula-USU: 02/ Programa Institucional Interno de Criação, Consolidação e Apoio a Grupos de Pesquisa

Edital Universidade Santa Úrsula-USU: 02/ Programa Institucional Interno de Criação, Consolidação e Apoio a Grupos de Pesquisa Edital Universidade Santa Úrsula-USU: 02/2017 - Programa Institucional Interno de Criação, Consolidação e Apoio a Grupos de Pesquisa A Universidade Santa Úrsula - USU - do Rio de Janeiro, por intermédio

Leia mais

NORMAS COMPLEMENTARES AO REGIMENTO INTERNO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA REGIONAL E LOCAL CAMPUS V

NORMAS COMPLEMENTARES AO REGIMENTO INTERNO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA REGIONAL E LOCAL CAMPUS V Universidade do Estado da Bahia UNEB Reconhecida pela portaria ministerial n º 909 de 31 07 95 Departamento de Ciências Humanas/Campus V Santo Antonio de Jesus Programa de Pós-Graduação em História Regional

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS LETRAS E ARTES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARTES CÊNICAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS LETRAS E ARTES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARTES CÊNICAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS LETRAS E ARTES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARTES CÊNICAS RESOLUÇÃO Nº. 02/2017 de 21 de março de 2017 Dispõe sobre Normas para Credenciamento

Leia mais

CAPÍTLULO I OBJETIVOS DO PAIC

CAPÍTLULO I OBJETIVOS DO PAIC RESOLUÇÃO CEPE N 02/2017 O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão CEPE, no uso da atribuição que lhe confere o inciso X do artigo 13 do Estatuto, conforme Processo CEPE 02/2017, baixa a

Leia mais

RESOLUÇÃO N o 60 DE 01/02/ CAS

RESOLUÇÃO N o 60 DE 01/02/ CAS RESOLUÇÃO N o 60 DE 01/02/2013 - CAS Estabelece as normas do Programa de Iniciação Científica (PIC) da Universidade Positivo (UP). O CONSELHO ACADÊMICO SUPERIOR (CAS), órgão da administração superior,

Leia mais

Programa de Incentivo à Pesquisa Acadêmica PIPA

Programa de Incentivo à Pesquisa Acadêmica PIPA Programa de Incentivo à Pesquisa Acadêmica PIPA ` REGULAMENTO União da Vitória, PR 2014 REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INCENTIVO À PESQUISA ACADÊMICA PIPA, DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE UNIÃO DA VITÓRIA DOS PRINCÍPIOS

Leia mais

ATUALIZAÇÃO/CADASTRAMENTO DE GRUPOS DE PESQUISA NO DIRETÓRIO DOS GRUPOS DE PESQUISA NO BRASIL CNPq

ATUALIZAÇÃO/CADASTRAMENTO DE GRUPOS DE PESQUISA NO DIRETÓRIO DOS GRUPOS DE PESQUISA NO BRASIL CNPq ATUALIZAÇÃO/CADASTRAMENTO DE GRUPOS DE PESQUISA NO DIRETÓRIO DOS GRUPOS DE PESQUISA NO BRASIL CNPq GRUPOS DE PESQUISA: DEFINIÇÃO E CRITÉRIOS ESTABELECIDOS PELA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA PROPe/UNESP a) Definição

Leia mais

Instrução Normativa PROPPI nº 002, de 20 de novembro de 2014.

Instrução Normativa PROPPI nº 002, de 20 de novembro de 2014. Instrução Normativa PROPPI nº 002, de 20 de novembro de 2014. Regulamenta as atividades de pesquisa no IFRS. O Pró-Reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação do Instituto Federal de Educação, Ciência

Leia mais

DIRETRIZES PARA O CREDENCIAMENTO DE LÍDERES E A CERTIFICAÇÃO DE GRUPOS DE PESQUISA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS (UFG)

DIRETRIZES PARA O CREDENCIAMENTO DE LÍDERES E A CERTIFICAÇÃO DE GRUPOS DE PESQUISA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS (UFG) DIRETRIZES PARA O CREDENCIAMENTO DE LÍDERES E A CERTIFICAÇÃO DE GRUPOS DE PESQUISA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS (UFG) CAPÍTULO I DAS FINALIDADES Art. 1º. O Diretório de Grupos de Pesquisa, que compõe

Leia mais

REGULAMENTO PESQUISA CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IZABELA HENDRIX

REGULAMENTO PESQUISA CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IZABELA HENDRIX REGULAMENTO PESQUISA CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IZABELA HENDRIX Mantenedora: INSTITUTO METODISTA IZABELA HENRIX APROVADO PELA RESOLUÇÃO DO CONSUN Nº. 20, 22 DE NOVEMBRO DE 2007. em Belo Horizonte-

Leia mais

EDITAL PIBIC/UPE/CNPq 2009/2010

EDITAL PIBIC/UPE/CNPq 2009/2010 OBJETIVOS PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA EDITAL PIBIC/UPE/CNPq 2009/2010 Promover o interesse pela pesquisa no campo da Ciência e Tecnologia, despertando a vocação científica

Leia mais

OBJETIVOS UNIDADES PARTICIPANTES. Todas as Unidades da UPE. REQUISITOS PARA INSCRIÇÃO ORIENTADORES:

OBJETIVOS UNIDADES PARTICIPANTES. Todas as Unidades da UPE. REQUISITOS PARA INSCRIÇÃO ORIENTADORES: PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA COORDENAÇÃO GERAL DE PESQUISA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UPE EDITAL IC PFAUPE 2015 OBJETIVOS Promover o interesse pela pesquisa

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO SÃO JUDAS TADEU ISESJT. RESOLUÇÃO CONSUP Nº 03/2014 Floriano, 10 de janeiro de 2014.

INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO SÃO JUDAS TADEU ISESJT. RESOLUÇÃO CONSUP Nº 03/2014 Floriano, 10 de janeiro de 2014. INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO SÃO JUDAS TADEU ISESJT RESOLUÇÃO CONSUP Nº 03/2014 Floriano, 10 de janeiro de 2014. Fixa normas para o Programa de Iniciação Científica, no Instituto Superior de Educação

Leia mais

Regulamento do Programa de Iniciação Científica da UNIFEV - Centro Universitário de Votuporanga - PIC/UNIFEV

Regulamento do Programa de Iniciação Científica da UNIFEV - Centro Universitário de Votuporanga - PIC/UNIFEV Regulamento do Programa de Iniciação Científica da UNIFEV - Centro Universitário de Votuporanga - PIC/UNIFEV Capítulo I Das Disposições Preliminares Art. 1º - O Programa de Iniciação Científica da UNIFEV

Leia mais

Credenciamento/Descredenciamento de Docentes Permanentes e Colaboradores e definição de Orientadores no âmbito do PPG-Odontologia UFU.

Credenciamento/Descredenciamento de Docentes Permanentes e Colaboradores e definição de Orientadores no âmbito do PPG-Odontologia UFU. Credenciamento/Descredenciamento de Docentes Permanentes e Colaboradores e definição de Orientadores no âmbito do PPG-Odontologia UFU. Resolução do COPOD Nº 01/2015 Credenciamento/Descredenciamento de

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº03/2016, DE 17 DE MAIO DE 2016

RESOLUÇÃO Nº03/2016, DE 17 DE MAIO DE 2016 RESOLUÇÃO Nº03/2016, DE 17 DE MAIO DE 2016 Regulamenta a proposição, a aprovação, a certificação e o funcionamento das ações de extensão universitária. A CÂMARA DE EXTENSÃO DO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA

Leia mais

Edital Universidade Santa Úrsula - USU: 02/ Programa de Iniciação Científica

Edital Universidade Santa Úrsula - USU: 02/ Programa de Iniciação Científica Edital Universidade Santa Úrsula - USU: 02/2017 - Programa de Iniciação Científica A Universidade Santa Úrsula USU - do Rio de Janeiro, por intermédio da Pró- Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 03/2008

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 03/2008 RESOLUÇÃO Nº 03/2008 O DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, CONSIDERANDO o que consta do Processo nº 41.600/2007-23 PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO

Leia mais

Programa de Incentivo à Pesquisa Acadêmica PIPA

Programa de Incentivo à Pesquisa Acadêmica PIPA Programa de Incentivo à Pesquisa Acadêmica PIPA REGULAMENTO UNIÃO DA VITÓRIA 2016 REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INCENTIVO À PESQUISA ACADÊMICA PIPA CAPÍTULO I Dos Princípios Gerais Art. 1º O Programa de Incentivo

Leia mais

EDITAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DA FACULDADE MULTIVIX- CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM 003/2016

EDITAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DA FACULDADE MULTIVIX- CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM 003/2016 EDITAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DA FACULDADE MULTIVIX- CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM 003/2016 Chamada para submissão de Projetos de Iniciação Científica e Tecnológica A Direção Geral da FACULDADE

Leia mais

Minicurso: Elaboração de projetos das atividades de pesquisa

Minicurso: Elaboração de projetos das atividades de pesquisa Minicurso: Elaboração de projetos das atividades de pesquisa Maria Bernardete Cordeiro de Sousa Pró-Reitora de Pesquisa Docência Universitária Contexto, cultura Produção do conhecimento Apropriação do

Leia mais

Minicurso: Elaboração de projetos das atividades de pesquisa

Minicurso: Elaboração de projetos das atividades de pesquisa Minicurso: Elaboração de projetos das atividades de pesquisa Maria Bernardete Cordeiro de Sousa Pró-Reitora de Pesquisa Docência Universitária Contexto, cultura Produção do conhecimento Apropriação do

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 001/2015, DO COLEGIADO DO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO EM ARTES CÊNICAS - MESTRADO.

RESOLUÇÃO Nº 001/2015, DO COLEGIADO DO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO EM ARTES CÊNICAS - MESTRADO. Aprova as normas gerais para o Credenciamento e Descredenciamento Docente do Programa de Pós- Graduação stricto sensu de Artes Cênicas Mestrado Acadêmico. RESOLUÇÃO Nº 001/2015, DO COLEGIADO DO PROGRAMA

Leia mais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal Catarinense Conselho Superior

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal Catarinense Conselho Superior RESOLUÇÃO Nº 023 CONSUPER/2017 Dispõe sobre sobre o Regulamento de Cursos Livres de Extensão do Instituto Federal Catarinense. A Presidente do do IFC, professora Sônia Regina de Souza Fernandes, no uso

Leia mais

Seção II. Do Objetivo. Das definições

Seção II. Do Objetivo. Das definições INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02/20016//IFPA de 07 DE JANEIRO DE 2016 Esta Instrução Normativa nº 02/2016 do Campus Abaetetuba do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA) dispõe sobre

Leia mais

FACULDADE METROPOLITANA DE MANAUS - FAMETRO NÚCLEO DE PESQUISA E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA NOPI PROGRAMA DE INCIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA - PROMICT

FACULDADE METROPOLITANA DE MANAUS - FAMETRO NÚCLEO DE PESQUISA E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA NOPI PROGRAMA DE INCIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA - PROMICT 1 FACULDADE METROPOLITANA DE MANAUS - FAMETRO NÚCLEO DE PESQUISA E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA NOPI PROGRAMA DE INCIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA - PROMICT EDITAL 02/2016 A Faculdade Metropolitana de Manaus,

Leia mais

PESQUISA. REGULAMENTO NIP 01/Setembro 2016 Versão 3

PESQUISA. REGULAMENTO NIP 01/Setembro 2016 Versão 3 PESQUISA REGULAMENTO NIP 01/Setembro 2016 Versão 3 REGULAMENTO DA PESQUISA NA FACISB Art. 1 o CAPÍTULO I Da caracterização - A Faculdade de Ciências da Saúde de Barretos Dr. Paulo Prata (FACISB) tem o

Leia mais

OBJETIVOS UNIDADES PARTICIPANTES. Todas as Unidades da UPE. REQUISITOS PARA INSCRIÇÃO ORIENTADORES:

OBJETIVOS UNIDADES PARTICIPANTES. Todas as Unidades da UPE. REQUISITOS PARA INSCRIÇÃO ORIENTADORES: PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO PESQUISA E INOVAÇÃO COORDENAÇÃO GERAL DE PESQUISA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UPE EDITAL IC UPE 2017 OBJETIVOS Promover o interesse pela pesquisa no

Leia mais

Resolução PPGRI/UnB nº 04/2012

Resolução PPGRI/UnB nº 04/2012 Resolução PPGRI/UnB nº 04/2012 Explicita critérios e rotinas para a aplicação do artigo 14, parágrafos 5 a 9, do Regulamento do Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais da Universidade de Brasília,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA-PROPIT DIRETORIA DE PESQUISA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA-PROPIT DIRETORIA DE PESQUISA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA-PROPIT DIRETORIA DE PESQUISA EDITAL 01/2010 PIBIC/UFOPA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE

Leia mais

EDITAL INICIAÇÃO CIENTÍFICA - UPE 2009

EDITAL INICIAÇÃO CIENTÍFICA - UPE 2009 EDITAL INICIAÇÃO CIENTÍFICA - UPE 2009 OBJETIVOS Promover o interesse pela pesquisa no campo da Ciência e Tecnologia, despertando a vocação científica e incentivando talentos entre estudantes de graduação,

Leia mais

Regulamento das atividades de pesquisa

Regulamento das atividades de pesquisa www.unp.br Regulamento das atividades de pesquisa REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE PESQUISA (aprovado pela Resolução Nº 020/2015-ConEPE-UnP, de 24/03/2015) Natal/RN 2015 TÍTULO I - DO REGULAMENTO DE PESQUISA...7

Leia mais

Regulamento do Programa de Iniciação Científica do Curso de Psicologia

Regulamento do Programa de Iniciação Científica do Curso de Psicologia Regulamento do Programa de Iniciação Científica do Curso de Psicologia CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS Art. 1. O Programa de Iniciação Científica do Curso de Psicologia tem por objetivo geral o desenvolvimento

Leia mais

INSTITUTO DE PESQUISA, TECNOLOGIA E NEGÓCIOS Nº 01/2017

INSTITUTO DE PESQUISA, TECNOLOGIA E NEGÓCIOS Nº 01/2017 INSTITUTO DE PESQUISA, TECNOLOGIA E NEGÓCIOS EDITAL DE CRIAÇÃO E CADASTRO DE GRUPOS DE PESQUISA Nº 01/2017 O Instituto de Pesquisa, Tecnologia e Negócios (IPTN), no uso de suas atribuições legais, torna

Leia mais

Edital do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica PIBIC nas Ações Afirmativas PIBIC-AF/CNPq 2017/2018

Edital do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica PIBIC nas Ações Afirmativas PIBIC-AF/CNPq 2017/2018 Edital do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica PIBIC nas Ações Afirmativas PIBIC-AF/CNPq 2017/2018 (Resolução Normativa 017/2006-CNPq) A Universidade Federal do Rio Grande do Sul, por

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO ORDEM DE SERVIÇO OS -002/ SR-3/ ASSUNTO: REGULAMENTA AS AÇÕES DE EXTENSÃO VIGÊNCIA: 25/01/2013 VERSÃO: 05

IDENTIFICAÇÃO ORDEM DE SERVIÇO OS -002/ SR-3/ ASSUNTO: REGULAMENTA AS AÇÕES DE EXTENSÃO VIGÊNCIA: 25/01/2013 VERSÃO: 05 OS -002/ SR-3/ 2013 1 5 1 FINALIDADE A presente Ordem de Serviço tem como finalidade conceituar, organizar e disciplinar as ações que constituem a Extensão, na UERJ: Programa, Projetos, Cursos e Eventos.

Leia mais

EDITAL UnC REITORIA 054/2015

EDITAL UnC REITORIA 054/2015 EDITAL UnC REITORIA 054/2015 Dispõe sobre as inscrições para concessão de Bolsa de Pesquisa para o Fundo de Apoio a Pesquisa da Universidade do Contestado FAP/UnC. A Reitora da Universidade do Contestado,

Leia mais

Edital Universidade Santa Úrsula - USU: 01/ Bolsa de Iniciação Científica

Edital Universidade Santa Úrsula - USU: 01/ Bolsa de Iniciação Científica Edital Universidade Santa Úrsula - USU: 01/2017 - Bolsa de Iniciação Científica A Universidade Santa Úrsula USU - do Rio de Janeiro, por intermédio da Pró- Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão,

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIBIC AÇÕES AFIRMATIVAS

PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIBIC AÇÕES AFIRMATIVAS PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIBIC AÇÕES AFIRMATIVAS EDITAL PIBIC-AF/ CNPq/UPE 2012-2013 APRESENTAÇÃO O programa PIBIC nas Ações Afirmativas resulta

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CHRISTUS - UNICHRISTUS PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA COORDENAÇÃO GERAL DE PESQUISA E EXTENSÃO EDITAL 01/2018

CENTRO UNIVERSITÁRIO CHRISTUS - UNICHRISTUS PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA COORDENAÇÃO GERAL DE PESQUISA E EXTENSÃO EDITAL 01/2018 1 INTRODUÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO CHRISTUS - UNICHRISTUS PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA COORDENAÇÃO GERAL DE PESQUISA E EXTENSÃO EDITAL 01/2018 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

Leia mais

EDITAL Nº 017/2017 EDITAL DOS PROGRAMAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UNIVERSIDADE SANTO AMARO UNISA

EDITAL Nº 017/2017 EDITAL DOS PROGRAMAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UNIVERSIDADE SANTO AMARO UNISA EDITAL Nº 017/2017 EDITAL DOS PROGRAMAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UNIVERSIDADE SANTO AMARO UNISA A Magnífica Reitora da UNIVERSIDADE DE SANTO AMARO Unisa torna público o presente Edital para análise e

Leia mais

FACULDADE DE ARACRUZ FAACZ CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA NA FACULDADE DE ARACRUZ

FACULDADE DE ARACRUZ FAACZ CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA NA FACULDADE DE ARACRUZ FACULDADE DE ARACRUZ FAACZ CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA NA FACULDADE DE ARACRUZ ARACRUZ 2010 INTRODUÇÃO A Iniciação Científica, segundo o Conselho Nacional

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA PROEC EDITAL BOLSAS DE EXTENSÃO E CULTURA 2009

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA PROEC EDITAL BOLSAS DE EXTENSÃO E CULTURA 2009 PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA PROEC EDITAL BOLSAS DE EXTENSÃO E CULTURA 2009 No período de 02 a 16 de fevereiro de 2009, estarão abertas as inscrições para bolsas de Extensão e Cultura, cujos resultados

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação e Inovação - PRPPGI AVALIAÇÃO DE MÉRITO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação e Inovação - PRPPGI AVALIAÇÃO DE MÉRITO UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação e Inovação - PRPPGI AVALIAÇÃO DE MÉRITO Demanda: PRPPG/UNIVASF/MCT/FINEP/CT-INFRA-PROINFRA 01/2013 Proponente: Título

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 028/2010 ALTERA os incisos I e II dos Artigos 3º e 5º da Resolução 054/2007 CONSEPE e CONSOLIDA o Programa Caxiri de Incentivo à Produção Científica Qualificada na UFAM. A REITORA DA UNIVERSIDADE

Leia mais

REGULAMENTO DO CENTRO DE PESQUISA (CEPES) DA ESCOLA DE DIREITO DE BRASÍLIA EDB/IDP

REGULAMENTO DO CENTRO DE PESQUISA (CEPES) DA ESCOLA DE DIREITO DE BRASÍLIA EDB/IDP REGULAMENTO DO CENTRO DE PESQUISA (CEPES) DA ESCOLA DE DIREITO DE BRASÍLIA EDB/IDP TEXTO COMPILADO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1 O presente Regulamento tem por finalidade normatizar as

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA RESOLUÇÃO N o 01/PPGP de 03 de outubro de 2013 Dispõe sobre os critérios para credenciamento,

Leia mais

LIGA DE ENSINO DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO UNIVERSITÁRIO DO RIO GRANDE DO NORTE

LIGA DE ENSINO DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO UNIVERSITÁRIO DO RIO GRANDE DO NORTE LIGA DE ENSINO DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO UNIVERSITÁRIO DO RIO GRANDE DO NORTE EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS E DISTRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PROCESSO SELETIVO 2017 O Reitor do Centro

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE EDUCAÇÃO Resolução N. 001/2007, do Conselho da Faculdade de Educação Define critérios e normas para concessão de ajuda de custo para pagamento de taxa de inscrição, diárias e passagens para eventos científicos,

Leia mais

ANEXO IV DA RESOLUÇÃO Nº 01/2014/CONSUP

ANEXO IV DA RESOLUÇÃO Nº 01/2014/CONSUP ANEXO IV DA RESOLUÇÃO Nº 01/2014/CONSUP Dispõe sobre a regulamentação do Programa de Aprendizagem Cooperativa em Células Estudantis (PACCE) no âmbito da Universidade Federal do Cariri. A PRESIDENTE DO

Leia mais

HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE. Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica EDITAL

HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE. Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica EDITAL HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica EDITAL 2016-2017 1. Finalidade O Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica do Hospital de Clínicas

Leia mais

ANEXO 1 CREDENCIAMENTO E RECREDENCIAMENTO DE DOCENTES

ANEXO 1 CREDENCIAMENTO E RECREDENCIAMENTO DE DOCENTES ANEXO 1 CREDENCIAMENTO E RECREDENCIAMENTO DE DOCENTES A resolução de credenciamento e recredenciamento de docentes do PPGA é a seguir descrita. O Colegiado do PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

EDITAL Nº 20, de 23 de setembro de 2016.

EDITAL Nº 20, de 23 de setembro de 2016. EDITAL Nº 20, de 23 de setembro de 2016. A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação/UFVJM e a Coordenação do Programa de Pós- Graduação Stricto Sensu em Odontologia (PPGODONTO) da Universidade Federal

Leia mais

CHAMADA INTERNA Nº 01/2018

CHAMADA INTERNA Nº 01/2018 UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA MESTRADO EM HISTÓRIA Recomendado pela CAPES e aprovado pela Resolução 668/2009- CONSEPE/UFMA Cidade Universitária CCH - Av. dos Portugueses

Leia mais

REGULAMENTO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA JÚNIOR PIBIC Jr/IFAP

REGULAMENTO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA JÚNIOR PIBIC Jr/IFAP PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO REGULAMENTO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA JÚNIOR PIBIC Jr/IFAP Julho/2012 REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA JÚNIOR

Leia mais

NORMA DE PROGRAMA DE BOLSA DE EXTENSÃO PARA ALUNOS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ -PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO-

NORMA DE PROGRAMA DE BOLSA DE EXTENSÃO PARA ALUNOS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ -PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO- NORMA DE PROGRAMA DE BOLSA DE EXTENSÃO PARA ALUNOS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ -PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO- CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º - A presente norma fixa os procedimentos para

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM - CCS/UFPB UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM NORMAS PARA CREDENCIAMENTO E RECREDENCIAMENTO DOCENTE

Leia mais

Resolução nº 95, de 21 de outubro de 2014.

Resolução nº 95, de 21 de outubro de 2014. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Conselho Superior Resolução nº

Leia mais

APÊNDICE I EDITAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 2016/2017

APÊNDICE I EDITAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 2016/2017 APÊNDICE I EDITAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 2016/2017 Pelo presente faz-se saber que estarão abertas, no período de 10 a 30 de junho de 2016, as inscrições para seleção de bolsistas do Programa Institucional

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE LETRAS E COMUNICAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM LETRAS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE LETRAS E COMUNICAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM LETRAS SELEÇÃO DE BOLSAS DO DESTINADA AOS ALUNOS MATRICULADOS NO CURSO DE MESTRADO EM LETRAS 1. OBJETO DO EDITAL O presente Edital torna pública a abertura de inscrições para o processo seletivo de concessão

Leia mais

UNIVERSIDADE ANHANGUERA-UNIDERP PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROPP

UNIVERSIDADE ANHANGUERA-UNIDERP PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROPP UNIVERSIDADE ANHANGUERA-UNIDERP PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROPP EDITAL Nº. 008/PROPP/2013 CHAMADA DE PROJETOS DE PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA GRADUAÇÃO O Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação

Leia mais

DIRETRIZES PARA A ORGANIZAÇÃO DOS GRUPOS E DAS LINHAS DE PESQUISA DA UFFS

DIRETRIZES PARA A ORGANIZAÇÃO DOS GRUPOS E DAS LINHAS DE PESQUISA DA UFFS UNIVERIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL - UFFS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DIRETRIZES PARA A ORGANIZAÇÃO DOS GRUPOS E DAS LINHAS DE PESQUISA DA UFFS Chapecó, setembro de 2010. DIRETRIZES BÁSICAS

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 11/99 COPLAD

RESOLUÇÃO Nº 11/99 COPLAD RESOLUÇÃO Nº 11/99 COPLAD Estabelece normas para a constituição e utilização do Fundo de Desenvolvimento Acadêmico FDA. O CONSELHO DE PLANEJAMENTO E ADMINISTRAÇÃO, da Universidade Federal do Paraná, órgão

Leia mais

Edital do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica. PIBIC/CNPq/UFRGS /2018

Edital do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica. PIBIC/CNPq/UFRGS /2018 Edital do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica PIBIC/CNPq/UFRGS - 2017/2018 A Universidade Federal do Rio Grande do Sul, por intermédio da Pró-Reitoria de Pesquisa (PROPESQ), torna

Leia mais

RESOLUÇÃO ColPPGCS No 02/ 2016

RESOLUÇÃO ColPPGCS No 02/ 2016 RESOLUÇÃO ColPPGCS No 02/ 2016 O Coordenador do Colegiado do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, nível Mestrado, no uso de suas atribuições, com amparo nos Parágrafos III e VIII Art. 10º do

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA CREDENCIAMENTO DE DOCENTES NO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA CELULAR E MOLECULAR APLICADA

PROCESSO SELETIVO PARA CREDENCIAMENTO DE DOCENTES NO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA CELULAR E MOLECULAR APLICADA PROCESSO SELETIVO PARA CREDENCIAMENTO DE DOCENTES NO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA CELULAR E MOLECULAR APLICADA O colegiado do Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular (PPGBCMA), no uso de

Leia mais

NORMA PARA PAGAMENTO DE AUXÍLIO FINANCEIRO A ALUNOS DE MESTRADO/DOUTORADO PARA REALIZAÇÃO DE TRABALHO DE CAMPO E PARTICIPAÇÃO OU PUBLICAÇÃO EM EVENTOS

NORMA PARA PAGAMENTO DE AUXÍLIO FINANCEIRO A ALUNOS DE MESTRADO/DOUTORADO PARA REALIZAÇÃO DE TRABALHO DE CAMPO E PARTICIPAÇÃO OU PUBLICAÇÃO EM EVENTOS NORMA PARA PAGAMENTO DE AUXÍLIO FINANCEIRO A ALUNOS DE MESTRADO/DOUTORADO PARA REALIZAÇÃO DE TRABALHO DE CAMPO E PARTICIPAÇÃO OU PUBLICAÇÃO EM EVENTOS Art. 1º- Esta norma estabelece os critérios para o

Leia mais

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE ESTUDOS, PESQUISA E EXTENSÃO: VIOLÊNCIA E SERVIÇO SOCIAL DA FAPSS SP

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE ESTUDOS, PESQUISA E EXTENSÃO: VIOLÊNCIA E SERVIÇO SOCIAL DA FAPSS SP REGULAMENTO DO NÚCLEO DE ESTUDOS, PESQUISA E EXTENSÃO: VIOLÊNCIA E SERVIÇO SOCIAL DA FAPSS SP 1 REGULAMENTO DO NÚCLEO DE ESTUDOS, PESQUISA E EXTENSÃO: VIOLÊNCIA E SERVIÇO SOCIAL DA FAPSS SP CAPÍTULO 1

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA Chamada Pública

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA Chamada Pública UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA Chamada Pública Abertura de Inscrições para Seleção de bolsistas de Iniciação Científica PIBIC-AF/CNPq/2012-2013 1. ABERTURA O Reitor da Universidade Estadual

Leia mais

EDITAL Nº 527/2017, DE 01 DE DEZEMBRO DE 2017

EDITAL Nº 527/2017, DE 01 DE DEZEMBRO DE 2017 EDITAL Nº 527/2017, DE 01 DE DEZEMBRO DE 2017 PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSA PARA ALUNO DO PROGRAMA DE MESTRADO PROFISSIONAL - PROFEPT - DO INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA O PRÓ-REITOR DE PESQUISA,

Leia mais

EDITAL DE BOLSAS DE PRÉ-INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO (PIBIC-EM) 2016/2017

EDITAL DE BOLSAS DE PRÉ-INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO (PIBIC-EM) 2016/2017 EDITAL PIBIC-EM USP 2016/2017 A Pró-Reitoria de Pesquisa e o Comitê Institucional do Programa de Iniciação Científica e de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação da Universidade de São Paulo,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 05/2009 Revoga a Resolução Nº 01/2005, desta Câmara, e dá nova

Leia mais

NORMAS COMPLEMENTARES AO REGIMENTO INTERNO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA REGIONAL E LOCAL CAMPUS V

NORMAS COMPLEMENTARES AO REGIMENTO INTERNO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA REGIONAL E LOCAL CAMPUS V Universidade do Estado da Bahia UNEB Reconhecida pela portaria ministerial n º 909 de 31 07 95 Departamento de Ciências Humanas/Campus V Santo Antonio de Jesus Programa de Pós-Graduação em História Regional

Leia mais

PROPEP Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa

PROPEP Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa Programa Institucional de Bolsas de Produtividade em Pesquisa (PROPESQ) Regulamento Título I Da Definição Art. 1º O Programa Institucional de Bolsas de Produtividade em Pesquisa (PROPESQ) destina-se a

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. xxx - CONSU, DE xxx DE xxxx DE 2017.

RESOLUÇÃO Nº. xxx - CONSU, DE xxx DE xxxx DE 2017. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI Conselho Universitário (CONSU) RESOLUÇÃO Nº. xxx - CONSU, DE xxx DE xxxx DE 2017. Regulamenta a distribuição de vaga docente

Leia mais

COORDENAÇÃO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA E EXTENSÃO

COORDENAÇÃO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA E EXTENSÃO COORDENAÇÃO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA E EXTENSÃO EDITAL Nº01/2016 - PIC A União Educacional do Norte - UNINORTE, no uso de suas atribuições, torna público

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FACULDADE ISRAELITA DE CIÊNCIAS DA SAÚDE ALBERT EINSTEIN

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FACULDADE ISRAELITA DE CIÊNCIAS DA SAÚDE ALBERT EINSTEIN REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FACULDADE ISRAELITA DE CIÊNCIAS DA SAÚDE ALBERT EINSTEIN CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS 1. O Programa de Iniciação Científica (Programa) da Faculdade Israelita

Leia mais

UNIVERSIDADE DA REGIÃO DA CAMPANHA - URCAMP

UNIVERSIDADE DA REGIÃO DA CAMPANHA - URCAMP UNIVERSIDADE DA REGIÃO DA CAMPANHA - URCAMP PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO EDITAL º 01/2013 A Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da Universidade da Região da Campanha

Leia mais

EDITAL 08/2016 PROPPIT/UFOPA PROGRAMA DE FORTALECIMENTO DOS GRUPOS DE PESQUISA DA UFOPA

EDITAL 08/2016 PROPPIT/UFOPA PROGRAMA DE FORTALECIMENTO DOS GRUPOS DE PESQUISA DA UFOPA EDITAL 08/2016 PROPPIT/UFOPA PROGRAMA DE FORTALECIMENTO DOS GRUPOS DE PESQUISA DA UFOPA 1. APRESENTAÇÃO A Universidade Federal do Oeste do Pará, Ufopa, por meio da Diretoria de Pesquisa da Pró-Reitoria

Leia mais

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL - PET UNESP. Edital PET - Seleção de Tutor

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL - PET UNESP. Edital PET - Seleção de Tutor Reitoria PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL - PET UNESP Edital PET - Seleção de Tutor - 2017 A Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP, por meio do Comitê Local de Avaliação e Acompanhamento

Leia mais

FACULDADE METROPOLITANA DE MANAUS - FAMETRO COORDENAÇÃO DE PESQUISA COORDENAÇÃO DE ENSINO PROGRAMA DE INCIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA - PROMICT

FACULDADE METROPOLITANA DE MANAUS - FAMETRO COORDENAÇÃO DE PESQUISA COORDENAÇÃO DE ENSINO PROGRAMA DE INCIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA - PROMICT 1 FACULDADE METROPOLITANA DE MANAUS - FAMETRO COORDENAÇÃO DE PESQUISA COORDENAÇÃO DE ENSINO PROGRAMA DE INCIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA - PROMICT EDITAL 05/2017 A Faculdade Metropolitana de Manaus, por

Leia mais

Edital 06/2014 CPG/PPGGO/RC/UFG de Credenciamento e Recredenciamento 2015

Edital 06/2014 CPG/PPGGO/RC/UFG de Credenciamento e Recredenciamento 2015 Edital 06/2014 CPG/PPGGO/RC/UFG de Credenciamento e Recredenciamento 2015 A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Gestão Organizacional da Universidade Federal de Goiás torna público que estarão

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ CONSELHO SUPERIOR

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ CONSELHO SUPERIOR MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO N 034, DE 02 DE SETEMBRO DE 2010 Aprova

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 01/2016

RESOLUÇÃO Nº 01/2016 RESOLUÇÃO Nº 01/2016 A Coordenação do Curso de Pós-Graduação em Zootecnia do CSTR/UFCG, no uso de suas atribuições legais e, considerando a decisão da 52ª Reunião Ordinária do Colegiado do desse Programa,

Leia mais

Edital do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica PROBIC/FAPERGS/UFRGS /2018

Edital do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica PROBIC/FAPERGS/UFRGS /2018 Edital do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica PROBIC/FAPERGS/UFRGS - 2017/2018 A Universidade Federal do Rio Grande do Sul, por intermédio da Pró-Reitoria de Pesquisa (PROPESQ), torna

Leia mais

PROGRAMA ESPECIAL DE APOIO A PROJETOS DE PESQUISA ACERVOS DA UFPA PE- ACERVOS

PROGRAMA ESPECIAL DE APOIO A PROJETOS DE PESQUISA ACERVOS DA UFPA PE- ACERVOS EDITAL 04/2015 PROPESP PROGRAMA ESPECIAL DE APOIO A PROJETOS DE PESQUISA ACERVOS DA UFPA PE- ACERVOS A Pró- Reitoria de Pesquisa e Pós- Graduação (PROPESP) torna pública a seleção de propostas no âmbito

Leia mais

f!_ucbtl~ EDUARDO ANTONIO MODENA

f!_ucbtl~ EDUARDO ANTONIO MODENA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO RESOLUÇÃO N.º 09/2016, DE 05 DE ABRIL DE 2016 Aprova ad referendum o regimento do Conselho de Pesquisa, Inovação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS, HUMANAS LETRAS E ARTES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARTES CÊNICAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS, HUMANAS LETRAS E ARTES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARTES CÊNICAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS, HUMANAS LETRAS E ARTES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARTES CÊNICAS RESOLUÇÃO Nº 01/2017 DE 02 JUNHO DE 2017 Estabelece critérios para concessão,

Leia mais

EDITAL PROPI 09/ PROCESSO SELETIVO DE BOLSAS DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIBIC CNPq/ FEEVALE DE 2014

EDITAL PROPI 09/ PROCESSO SELETIVO DE BOLSAS DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIBIC CNPq/ FEEVALE DE 2014 EDITAL PROPI 09/2014 - PROCESSO SELETIVO DE BOLSAS DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIBIC CNPq/ FEEVALE DE 2014 A Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação da Universidade Feevale,

Leia mais

Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação PIBITI/CNPq/USP. Pró-Reitoria de Pesquisa

Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação PIBITI/CNPq/USP. Pró-Reitoria de Pesquisa EDITAL 2013/2014 A Pró-Reitoria de e o Comitê Institucional do PIC/PIBITI USP, tornam público o presente Edital de abertura de inscrições, visando a seleção de candidatos às bolsas do Desenvolvimento Tecnológico

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GASTRONOMIA

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GASTRONOMIA EDITAL Nº01/2017 DESELEÇÃO INTERNA DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE CHAMADA PARA O PROCESSO DE INSCRIÇÃO 2017 DO PROGRAMA

Leia mais