EDITAL DE PREGÃO 28/2014 CONSULTORIA DE TERCEIRO NÍVEL ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EDITAL DE PREGÃO 28/2014 CONSULTORIA DE TERCEIRO NÍVEL ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA:"

Transcrição

1 Página 1 de 9 EDITAL DE PREGÃO 28/2014 CONSULTORIA DE TERCEIRO NÍVEL ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA: 1 OBJETIVO 1.1 Este Memorial Descritivo tem por objetivo estabelecer as diretrizes básicas para que a CONTRATADA possa desenvolver os serviços de Consultoria Especializada, Execução e Suporte Técnico em Informática, em ambiente computacional multiplataforma a serem realizados no âmbito da Gerência Executiva de TI da SULGÁS. 1.2 A equipe prevista para a execução dos serviços especificados deverá ser composta de profissionais em consonância com as necessidades da SULGÁS, pautando-se pelas quantidades de horas-homem. 1.3 A contagem do número de horas será iniciada com a chegada do técnico nas dependências da SULGÁS. 1.4 Os serviços serão realizados, basicamente na sede da SULGÁS em Porto Alegre, eventualmente poderão ser solicitados atendimentos nas regionais de Canoas e Caxias do Sul. 1.5 O atendimento deverá ser prestado por profissional qualificado de acordo com os requisitos de qualificação técnica previstos no Edital, observada a qualificação exigida para execução do serviço solicitado. 1.6 Após cada atendimento deverá ser gerada uma ficha com: descrição das atividades, técnico envolvido, data, horário de início e finalização, estas fichas serão validadas pelo profissional da SULGÁS que acompanhar as atividades realizadas. 1.7 O sistema de registro de atividades da CONTRATADA deve possibilitar a inclusão de pontuação sobre cada atendimento realizado, de forma a possibilitar um acompanhamento do nível de satisfação dos serviços prestados. 1.8 O total de horas a ser faturado mensalmente será baseado nas horas efetivas realizadas pelos profissionais conforme Anexo XIV - Boletim de Medição. As horas realizadas deverão constar em ficha de atendimento, devidamente assinadas pela SULGÁS. 1.9 A SULGÁS garantirá o pagamento mínimo referente a 37,5 horas nos meses em que as atividades executadas não alcançarem o mínimo de 37,5 horas realizadas A quantidade de 37,5 horas refere-se ao percentual de 75% sobre as 50 horas previstas mensalmente. O total de 50 horas mensais diz respeito às 600 horas contratadas distribuídas igualmente durante o período de 12 (doze) meses As horas pagas e não realizadas serão armazenadas em um Banco de Horas, sendo descontadas quando o total de horas dos meses futuros ultrapassar o mínimo das 37,5 horas.

2 Página 2 de 9 2 RESPONSABILIDADES DA CONTRATADA 2.1 Manter a equipe de trabalho adequada para a execução dos serviços, obedecendo horários estabelecidos e cumprindo as normas de segurança do cliente e dos órgãos responsáveis. 2.2 Apresentar, previamente à execução dos serviços de instalação, plano de execução, detalhando fases e prazos estimados, devendo conter a previsão de eventos que afetem outras atividades da SULGÁS ou que interajam com outros softwares de gerência já em operação. 2.3 Substituir, sempre que exigido pela SULGÁS e independentemente de justificativa por parte deste, qualquer empregado cuja atuação, permanência ou comportamento sejam julgados prejudiciais, inconvenientes ou insatisfatórios à disciplina da repartição ou ao interesse do serviço público. 2.4 Manter sigilo sobre quaisquer informações de propriedade da SULGÁS, em conformidade com as cláusulas apresentadas no Anexo XV - Termo de Confiabilidade. 3 QUALIFICAÇÃO TÉCNICA DA EMPRESA 3.1 A empresa proponente deverá apresentar em conjunto da documentação do edital, documentos comprovando as seguintes características técnicas: Atestado de Capacidade Técnica, fornecido por pessoa jurídica de direito público ou privado, suporte técnico em: Windows Server 2008 ou Windows Server Atestado de Capacidade Técnica, fornecido por pessoa jurídica de direito público ou privado, suporte técnico em Microsoft SQL Server 2005 ou Microsoft SQL Server Atestado de Capacidade Técnica, fornecido por pessoa jurídica de direito público ou privado, suporte técnico em Linux Red Hat 5 ou superior Atestado de Capacidade Técnica, fornecido por pessoa jurídica de direito público ou privado, suporte técnico em Xen Server 5 ou superior Atestado de Capacidade Técnica, fornecido por pessoa jurídica de direito público ou privado, suporte técnico em VMware ESX 5 ou superior Certificação VMware Solution Provider Professional Certificação de Microsoft Gold Partner (Server Platform) Certificações de Microsoft Silver Partner, no mínimo 02 (duas), dentre as seguintes

3 Página 3 de 9 Competências: Messaging; Collaboration and Content; Data Platform; Midmarket Solution Provider. 4 QUALIFICAÇÃO TÉCNICA DA EQUIPE DE CONSULTORES 4.1 A empresa proponente deverá apresentar em conjunto da documentação do Edital, equipe composta pelos profissionais a seguir destacados. 4.2 Para comprovação do vínculo empregatício dos profissionais o licitante deverá apresentar cópias autenticadas das Carteiras de Trabalho (CTPS), ou na condição de Sócio, o Contrato Social da Empresa Para a condição de empregado a empresa deverá apresentar, junto da CTPS, cópia das guias de recolhimento de FGTS do último mês. 4.3 Para comprovação das exigências da equipe técnica o licitante deverá apresentar cópia das certificações exigidas (certificados). 4.4 A equipe de profissionais da Empresa deverá apresentar as seguintes certificações: ITIL Certificação ITIL Foundation V2 ou Superior [Mínimo de 02 (dois) profissionais] Microsoft Certified System Administrator [Mínimo de 04 (quatro) profissionais]. Serão aceitos os seguintes certificados: MCSA Windows 2003 (Microsoft Certified Systems Administrator); MCITP Enterprise Administrator on Windows Server 2008; MCSA Windows Server 2008 (Microsoft Certified Solutions Associate); MCSA Windows Server 2012 (Microsoft Certified Solutions Associate) Microsoft Certified System Engineer [Mínimo de 04 (quatro) profissionais]. Serão aceitos os seguintes certificados: MCSE Windows 2003 (Microsoft Certified Systems Engineer);

4 Página 4 de MCITP Enterprise Administrator on Windows Server 2008; MCSE Server Infrastructure (Microsoft Certified Solutions Expert); Microsoft Certified Database Administrator [Mínimo de 02 (dois) profissionais]. Serão aceitos os seguintes certificados: MCDBA Microsoft Certified Database Administrator; MCITP Database Administrator 2008; MCSE Data Platform (Microsoft Certified Solutions Expert) Linux LPI (nível 3) ou RHCE [Mínimo de 02 (dois) profissionais] Citrix CCA for Citrix XenApp 5 ou XenDesktop 4 (ou superiores). [Mínimo de 02 (dois) profissionais] Citrix CCA for XenServer 4 ou Superior [Mínimo de 02 (dois) profissionais]. 5 DO ATENDIMENTO TELEFÔNICO 5.1 O Serviço de Atendimento Telefônico para registro e acompanhamento dos chamados será exigido durante os 07 (sete) dias da semana e pelo período de 24 (vinte e quatro) horas do dia. 5.2 O Atendimento Técnico por telefone será exigido no período das 08:30 às 12:00 e das 13:00 às 18: O serviço de atendimento telefônico fora do intervalo citado no item 5.2 poderá ser previamente agendado em virtude de manutenção dos serviços que venham a causar interrupção parcial ou total dos mesmos, cujos procedimentos sejam executados fora dos horários de expediente da SULGÁS. 5.4 Os profissionais que realizarão o Atendimento Técnico Telefônico de Suporte deverão ter o mesmo perfil dos profissionais que realizarão as atividades de Consultoria, Especificação, Implantação, Implementação e Suporte. 5.5 O Serviço de Atendimento Telefônico deverá ser prestado através de número O serviço de atendimento telefônico não deverá ter custo para a SULGÁS, ou seja, não serão computadas as horas de conversação. 5.7 MEIOS DE ABERTURA DOS CHAMADOS: A abertura do chamado técnico ou solicitação de serviço poderá ser efetuada pela SULGÁS

5 Página 5 de 9 junto ao Service Desk da CONTRATADA, devendo ocorrer via chamada telefônica local, DDD a cobrar ou DDG (0800), por ou formulário próprio na Internet. 6 DAS ATIVIDADES DE CONSULTORIA E EXECUÇÃO 6.1 ADMINISTRAÇÃO DA REDE Suporte e correção de problemas de software de Servidores, Switches e demais Ativos da Rede; Instalações e desinstalações de novos sistemas na rede; Realização de atividades preventivas, upgrades, atualizações de software; Configurações, upgrades e atualizações para os Backups no ambiente de servidores; Correção de erros e configuração de VLAN, VPN, DNS; Implantação, documentação, manutenção e execução dos procedimentos para inicialização e desligamento de Servidores e demais equipamentos de Rede de Dados; Elaboração de tarefas preventivas nos equipamentos críticos do ambiente de servidores; Avaliação e testes de novas tecnologias de rede, com o desenvolvimento e implantação de padrões e procedimentos; Elaboração de documentações relacionadas às atividades de administração; Elaboração de relatórios gerenciais para respaldar a tomada de decisões da organização e apresentar a evolução das melhorias implantadas; Controlar as prioridades de tarefas e ações conforme definições com a SULGÁS; Reunião trimestral ou por solicitação da SULGÁS, para apresentação das ações desenvolvidas e novas oportunidades; Otimização do ambiente através de parametrização dos sistemas existentes, visando maior produtividade dos usuários e melhor uso dos recursos disponíveis; Garantir a máxima segurança do ambiente SULGÁS, envolvendo: levantamento da situação atual de segurança na rede, implantação de soluções às vulnerabilidades encontradas, auxílio na análise de logs, avaliação de eventuais ataques ou invasões que a SULGÁS venha a sofrer; Planejar, revisar e implantar a segurança por perfis de acesso, garantindo o adequado uso do ambiente pelos usuários da SULGÁS, conforme a política de segurança determinada; Execução de agenda de atividades previamente acordada entre as partes;

6 Página 6 de Outras tarefas inerentes à administração de Redes Multiplataforma; Repasse de metodologia para a SULGÁS. 6.2 SERVIDORES Instalação, monitoração e configuração de softwares nos servidores de rede; Atividades de manutenção, instalação e organização dos servidores e periféricos; Monitoração e análise de desempenho dos servidores e de mídias de dados; Distribuição de software entre um servidor e suas estações clientes; Monitoramento da disponibilidade dos servidores; Monitoramento de falhas de serviços; Manutenção da base de autenticação de usuários (LDAP, Open LDAP, AD). 7 DO SUPORTE AOS PROJETOS IMPLANTADOS 7.1 Deverá ser prestado suporte a todos os projetos implantados através desta contratação, envolvendo garantia de continuidade das soluções utilizadas pela SULGÁS. 7.2 O Serviço de Suporte será exigido durante os 07 (sete) dias da semana e pelo período de 24 (vinte e quatro) horas do dia. 7.3 Será considerado horário normal: Dias úteis, de segunda a sexta-feira das 08:30 às 12:00 e das 13:00 às 18:00 hs. 7.4 Será considerado especial (hora-extra): Em dias úteis, de segunda a sexta-feira das 12:00 às 13:00 hs; Em dias úteis, de segunda a sexta-feira das 18:00 às 24:00 hs; Em dias úteis, de segunda a sexta-feira das 00:00 às 08:30 hs; Em sábados, domingos e feriados.

7 Página 7 de 9 8 PROJETOS PREVISTOS 8.1 A contratada deverá PLANEJAR e EXECUTAR, entre outros, os seguintes projetos. Os projetos enumerados abaixo estão basicamente detalhados com o objetivo de mensurar o comprometimento com os técnicos necessários. 8.2 IMPLANTAÇÃO DE MECANISMOS DE COTAS PARA USUÁRIOS Análise da situação atual Análise de capacidades de armazenamento Definição de métricas Implantação das regras. 8.3 DEFINIÇÃO DE POLÍTICAS PARA A SALVAGUARDA DE INFORMAÇÃO Análise da situação atual Análise de capacidades de armazenamento Análise de alternativas, envolvendo software e hardware para controle de armazenamento Implantação da solução. 8.4 SOLUÇÃO PARA MECANISMOS DE FAILOVER PARA CANAIS DE DADOS Análise de Soluções de Mercado Configuração de software Treinamento Interno. 8.5 MONITORAMENTO DA REDE (CANAIS E SERVIÇOS) Configuração de Hardware Configuração de Software (baseado em MRTG, Nagios, Zabbix ou assemelhados) Documentação dos Processos e Rotinas Treinamento Interno.

8 Página 8 de DEFINIÇÃO DE POLÍTICA PARA BACKUPS DE DADOS Análise da solução atual Proposição de melhorias (software, sistemática, períodos de retenção, janelas de operação) Documentação da nova política Definição de rotinas e procedimentos de backup. 8.7 DEFINIÇÃO DE POLÍTICA E SISTEMÁTICA PARA ACESSOS REMOTOS Análise da solução atual Proposição de melhorias (software, sistemática, períodos) Documentação da nova política Definição de rotinas, políticas, formas de acesso (VPN), Controles necessários e Segurança da Solução. 8.8 ANÁLISE DE SEGURANÇA Todos os elementos de hardware e software da rede Análise dos elementos de Segurança (Antivírus, AntiSpam, Proxy-Reverso, Next Generation Firewall, DMZ) Levantamento da situação atual de segurança na rede da SULGÁS Sugestão e implantação de soluções para as vulnerabilidades encontradas Auxílio na análise de logs Avaliação de eventuais ataques sofridos pela SULGÁS Definição de ações periódicas a serem executadas pela equipe técnica da GETI, a fim de avaliar a segurança da rede Avaliações periódicas do projeto de segurança na rede da SULGÁS. 8.9 INFRAESTRUTURA FÍSICA (MUDANÇA DE SEDE) Análise e definição de arquitetura da rede e cabeamento estruturado em uma eventual mudança de sede da matriz em Porto Alegre Análise de locais para Data Center, equipamentos de rede, leiautes de equipamentos,

9 Página 9 de 9 refrigeração e demais elementos para infraestrutura de TIC Definição de um Plano de Migração dos usuários OUTROS PROJETOS Poderão ser solicitados outros projetos, conforme necessidade da SULGÁS, envolvendo quaisquer elementos que compõem o escopo deste edital. 9 CARACTERÍSTICAS GERAIS 9.1 Prazo de início da prestação dos serviços deverá ser de no máximo 10 (dez) dias corridos, contados a partir da data de emissão da Autorização de Serviço. 9.2 A empresa deve possuir sede em Porto Alegre, uma vez que os projetos realizados deverão contar com suporte local em situações críticas e também tornar viável o cumprimento dos prazos de atendimento. 9.3 Deverão ser observados os seguintes prazos para atendimento dos chamados: Atendimento = Atuação presencial ou remota; Até 04 (quatro) horas, quando se tratar de chamado urgente; Até 24 (vinte e quatro) horas, quando se tratar de chamado normal.

TERMO DE REFERÊNCIA. Serviços de informática. Prefeitura Municipal de Vitória das Missões-RS

TERMO DE REFERÊNCIA. Serviços de informática. Prefeitura Municipal de Vitória das Missões-RS TERMO DE REFERÊNCIA Serviços de informática Prefeitura Municipal de Vitória das Missões-RS 1 I VISITA IN LOCO No dia 24 de junho de 2014 na sede da Prefeitura Municipal de Vitória das Missões-RS realizamos

Leia mais

PROJETO NOVAS FRONTEIRAS. Descrição dos processos de gerenciamento da qualidade

PROJETO NOVAS FRONTEIRAS. Descrição dos processos de gerenciamento da qualidade PROJETO NOVAS FRONTEIRAS PLANO DE GERENCIAMENTO DA QUALIDADE QUALITY MANAGEMENT PLAN Preparado por Mara Lúcia Menezes Membro do Time Versão 3 Aprovado por Rodrigo Mendes Lemos Gerente do Projeto 15/11/2010

Leia mais

55ª Reunião do SPIN São Paulo

55ª Reunião do SPIN São Paulo OS MELHORES PROFISSIONAIS E A MELHOR TECNOLOGIA A SERVIÇO DOS SEUS NEGÓCIOS 55ª Reunião do SPIN São Paulo Métricas Aplicáveis a Software - Aplicação e Importância W W W. K A I Z E N. C O M. B R A Empresa

Leia mais

SECRETARIA DA FAZENDA SUPERVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DIVISÃO DE SISTEMAS E TECNOLOGIA

SECRETARIA DA FAZENDA SUPERVISÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DIVISÃO DE SISTEMAS E TECNOLOGIA LICITAÇÃO PÚBLICA INTERNACIONAL - LPI N 0 001/CELIC/2014 PROCESSO ADMINISTRATIVO N 0 0122073-14.00/12-0 RESPOSTAS DO CONTRATANTE Respostas aos questionamentos enviados pela empresa STEFANINI ASSESSORIA

Leia mais

ANEXO II TERMO DE REFERÊNCIA PREGÃO ELETRÔNICO Nº 11/2014 PROCESSO Nº 000604-09.00/14-1 MENOR PREÇO GLOBAL

ANEXO II TERMO DE REFERÊNCIA PREGÃO ELETRÔNICO Nº 11/2014 PROCESSO Nº 000604-09.00/14-1 MENOR PREÇO GLOBAL ANEXO II TERMO DE REFERÊNCIA PREGÃO ELETRÔNICO Nº 11/2014 PROCESSO Nº 000604-09.00/14-1 MENOR PREÇO GLOBAL 1. OBJETO 1.1. Contratação de até 2.880 horas de consultoria em desenvolvimento de aplicações

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Competências Analista 1. Administração de recursos de infra-estrutura de tecnologia da informação 2.

Leia mais

ANEXO II PERFIL DOS TÉCNICOS E ANALISTAS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER

ANEXO II PERFIL DOS TÉCNICOS E ANALISTAS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER PERFIL DOS TÉCNICOS E ANALISTAS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER 1. FORMAÇÃO, CONHECIMENTO E HABILIDADES EXIGIDAS 1.1. PERFIL DE TÉCNICO EM INFORMÁTICA: 1.1.1.DESCRIÇÃO DO PERFIL: O profissional desempenhará

Leia mais

Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD TERMO DE REFERÊNCIA. 1. Título do Projeto Fortalecimento do Controle de Precursores Químicos

Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD TERMO DE REFERÊNCIA. 1. Título do Projeto Fortalecimento do Controle de Precursores Químicos Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD TERMO DE REFERÊNCIA 1. Título do Projeto Fortalecimento do Controle de Precursores Químicos 2. Número do Projeto UNODC/AD/BRA/98/D33 3. Objetivo Contratação

Leia mais

COMUNICADO DE ABERTURA

COMUNICADO DE ABERTURA COMUNICADO DE ABERTURA Processo Seletivo - Prazo Determinado nº 002/2013, de 27/01/2013 1. VAGAS OFERECIDAS Item Cargo Formação Exigida CARGO I CARGO II ADI NS Sênior - Governança de TI ADI NS Sênior -

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇOS DE SUPORTE TÉCNICO EM SISTEMA DE COLABORAÇÃO ZIMBRA 1. OBJETO

TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇOS DE SUPORTE TÉCNICO EM SISTEMA DE COLABORAÇÃO ZIMBRA 1. OBJETO TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇOS DE SUPORTE TÉCNICO EM SISTEMA DE COLABORAÇÃO ZIMBRA 1. OBJETO 1.1. Prestação de serviços de suporte técnico em sistema de colaboração ZIMBRA. 2. DESCRIÇÃO GERAL DOS SERVIÇOS

Leia mais

RESPOSTA Nº 02 DO EDITAL ADG 002/2015 - Contratação de prestação dos serviços de Service Desk.

RESPOSTA Nº 02 DO EDITAL ADG 002/2015 - Contratação de prestação dos serviços de Service Desk. RESPOSTA Nº 02 DO EDITAL ADG 002/2015 - Contratação de prestação dos serviços de Service Desk. PERGUNTA 1: Sobre o Item Minuta Contratual: CONSIDERANDO QUE O ONS É UMA PESSOA JURÍDICA DE DIREITO PRIVADO

Leia mais

Dell Infrastructure Consulting Services

Dell Infrastructure Consulting Services Proposta de Serviços Profissionais Implementação do Dell OpenManage 1. Apresentação da proposta Esta proposta foi elaborada pela Dell com o objetivo de fornecer os serviços profissionais de implementação

Leia mais

DESCRITIVO TÉCNICO INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DE REDES

DESCRITIVO TÉCNICO INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DE REDES DESCRITIVO TÉCNICO INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DE REDES 39 A, por resolução do seu Comitê Técnico, em acordo com o Estatuto e as Regras da Competição, adotou as exigências mínimas que seguem no tocante a esta

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA

MINISTÉRIO DA FAZENDA MINISTÉRIO DA FAZENDA Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional PGFN Departamento de Gestão Corporativa - DGC Coordenação-Geral de Tecnologia da Informação - CTI CATÁLOGO DE SERVIÇOS DE TECNOLOGIA Infraestrutura

Leia mais

ANEXO IV CRITÉRIOS DE PONTUAÇÃO

ANEXO IV CRITÉRIOS DE PONTUAÇÃO CONCORRÊNCIA DIRAD/CPLIC Nº 007/2008 1 1 - PLANILHA DE PONTUAÇÃO TÉCNICA FATOR QUALIDADE Item Descrição Peso 3 1.1 A licitante será pontuada pela comprovação de parceria com fabricante de produtos de TI.

Leia mais

Processo Nº 25545/2014 RESPOSTAS A QUESTIONAMENTOS

Processo Nº 25545/2014 RESPOSTAS A QUESTIONAMENTOS Processo Nº 25545/2014 RESPOSTAS A QUESTIONAMENTOS Brasília/DF, 18 de junho de 2014. Objeto Consultoria para desenvolvimento de metodologias e sistemáticas de inteligência para acompanhamento das famílias

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 001/2012/01 Contrato por Produto Nacional. Número e Título do Projeto: BRA/03/034 Programa de Revitalização da Conab

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 001/2012/01 Contrato por Produto Nacional. Número e Título do Projeto: BRA/03/034 Programa de Revitalização da Conab TERMO DE REFERÊNCIA Nº 001/2012/01 Contrato por Produto Nacional Número e Título do Projeto: BRA/03/034 Programa de Revitalização da Conab 1. Função no Projeto: Consultor por Produto 2. Nosso Número: 3.

Leia mais

PROPOSTA COMERCIAL PARA TREINAMENTOS DE TI

PROPOSTA COMERCIAL PARA TREINAMENTOS DE TI PROPOSTA COMERCIAL PARA TREINAMENTOS DE TI Curso: Formação para certificação MCSA em Windows Server 2012 Prepara para as provas: 70-410, 70-411 e 70-412 Em parceria com Pág. 1 Objetivo Adquirindo a formação

Leia mais

TERMOS DE REFERÊNCIA Anexo III Lote IV

TERMOS DE REFERÊNCIA Anexo III Lote IV 1. FATOR QUALIDADE 1.1 A licitante será pontuada pela comprovação de certificação ISO 9001:2000 nas atividades relacionadas abaixo. A comprovação será feita, exclusivamente, através da apresentação de

Leia mais

Termo de Referência Manutenção Preventiva e Corretiva de Equipamentos Ativos de Rede de Dados do Palácio da Cidade

Termo de Referência Manutenção Preventiva e Corretiva de Equipamentos Ativos de Rede de Dados do Palácio da Cidade PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO Empresa Municipal de Informática S.A. - IplanRio Termo de Referência Manutenção Preventiva e Corretiva de Equipamentos Ativos de Rede de Dados do Palácio da Cidade

Leia mais

ANEXO 8 Planilha de Pontuação Técnica

ANEXO 8 Planilha de Pontuação Técnica 91 ANEXO 8 Planilha de Pontuação Técnica Nº Processo 0801426905 Licitação Nº EDITAL DA CONCORRÊNCIA DEMAP Nº 04/2008 [Razão ou denominação social do licitante] [CNPJ] A. Fatores de Pontuação Técnica: Critérios

Leia mais

2.2 - Prestação de Serviços de Suporte Técnico Assistido

2.2 - Prestação de Serviços de Suporte Técnico Assistido Anexo I TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 010/2011 1 DO OBJETO 1.1 - Contratação de empresa para o fornecimento de licenças de uso de software SAP, BusinessObjects Enterprise - BOE, com manutenção

Leia mais

1. LICENCIAMENTO 2. SUPORTE TÉCNICO

1. LICENCIAMENTO 2. SUPORTE TÉCNICO 1. LICENCIAMENTO 1.1. Todos os componentes da solução devem estar licenciados em nome da CONTRATANTE pelo período de 36 (trinta e seis) meses; 1.2. A solução deve prover suporte técnico 8 (oito) horas

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Anexo I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

TERMO DE REFERÊNCIA Anexo I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA TERMO DE REFERÊNCIA Anexo I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE DISTRIBUIÇÃO, LICENCIAMENTO, ATUALIZAÇÃO E TREINAMENTO DE PRODUTOS MICROSOFT. 1 1 - OBJETO Registro de Preços para contratação

Leia mais

DIRETORIA DISTRIBUIÇÃO. Assessoria de Gestão do Projeto Energia + BANCO MUNDIAL BANCO INTERNACIONAL PARA A RECONSTRUÇÃO E DESENVOLVIMENTO BIRD

DIRETORIA DISTRIBUIÇÃO. Assessoria de Gestão do Projeto Energia + BANCO MUNDIAL BANCO INTERNACIONAL PARA A RECONSTRUÇÃO E DESENVOLVIMENTO BIRD DIRETORIA DISTRIBUIÇÃO Assessoria de Gestão do Projeto Energia + BANCO MUNDIAL BANCO INTERNACIONAL PARA A RECONSTRUÇÃO E DESENVOLVIMENTO BIRD Loan: 7884 - BR TERMO DE REFERÊNCIA OBJETO: Contratação de

Leia mais

ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 04/14 CREMEB

ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 04/14 CREMEB ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 04/14 CREMEB 1 - DO OBJETO Constitui objeto da presente licitação a aquisição de: 1.1-08 (oito) LICENÇAS modalidade MICROSOFT OPEN, sendo: 01

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA - TR

TERMO DE REFERÊNCIA - TR TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 014/2009 ANEXO II 1. OBJETO 1.1. Prestação de serviços de suporte técnico assistido ao PRODERJ, sob demanda, para o desenvolvimento e implantação de soluções

Leia mais

Dedicação e eficácia em T.I.

Dedicação e eficácia em T.I. Dedicação e eficácia em T.I. QUEM SOMOS A CRTI Solutions é uma empresa jovem no mercado de tecnologia, que se preocupa com as necessidades de seus clientes, buscando sempre soluções inovadoras com rapidez

Leia mais

Missão Visão Valores Dedicação aos clientes Foco nos resultados Alto padrão de integridade

Missão Visão Valores Dedicação aos clientes Foco nos resultados Alto padrão de integridade 2014 APRESENTAÇÃO DA EMPRESA QUEM SOMOS Missão Nossa missão é fornecer consultoria especializada e solução inteligente para nossos clientes. Levando satisfação e confiança, gerando assim, uma parceria

Leia mais

ANEXO I NÍVEIS MÍNIMOS DE SERVIÇO EXIGIDOS (NMSE) PARA CONTRATO DE APOIO

ANEXO I NÍVEIS MÍNIMOS DE SERVIÇO EXIGIDOS (NMSE) PARA CONTRATO DE APOIO ANEXO I NÍVEIS MÍNIMOS DE SERVIÇO EXIGIDOS (NMSE) PARA CONTRATO DE APOIO 1. Introdução 1.1. Descrição do serviço Este documento disciplina a cessão de uso permanente da solução de software para Gestão

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. Contratação de empresa para prestação de serviços de treinamento em Information Technology Infrastructure Library (ITIL)V3.

TERMO DE REFERÊNCIA. Contratação de empresa para prestação de serviços de treinamento em Information Technology Infrastructure Library (ITIL)V3. TERMO DE REFERÊNCIA Contratação de empresa para prestação de serviços de treinamento em 1. OBJETO Contratação de empresa para prestação de serviços de treinamento em conceitos da biblioteca ITIL V3 - Infrastructure

Leia mais

VALEC: Desenvolvimento Sustentável para o Cerrado Brasileiro 1ª ERRATA EDITAL DE CONCORRÊNCIA Nº 008/2008

VALEC: Desenvolvimento Sustentável para o Cerrado Brasileiro 1ª ERRATA EDITAL DE CONCORRÊNCIA Nº 008/2008 1ª ERRATA EDITAL DE CONCORRÊNCIA Nº 008/2008 1) INSTRUÇÕES ÀS LICITANTES ITEM 6.2.4 QUALIFICAÇÃO TÉCNICA Onde se lê: 6.2.4 Qualificação Técnica a) Registro/Certidão de inscrição no CREA e/ou CRA, da empresa

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 080/2014, DE 25 DE JUNHO DE 2014 CONSELHO UNIVERSITÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG

RESOLUÇÃO Nº 080/2014, DE 25 DE JUNHO DE 2014 CONSELHO UNIVERSITÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG RESOLUÇÃO Nº 080/2014, DE 25 DE JUNHO DE 2014 CONSELHO UNIVERSITÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG O Conselho Universitário da UNIFAL-MG, no uso de suas atribuições regimentais e estatutárias,

Leia mais

ADITAMENTO 01 INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES

ADITAMENTO 01 INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES ADITAMENTO 01 INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE OPERAÇÃO E SUPORTE À INFRAESTRUTURA DE INFORMÁTICA DA TI CORPORATIVA DO NOS (SERVICE DESK) Ref: Aditamento nº 01 ao Edital

Leia mais

Informação é o seu bem mais precioso e você não pode correr riscos de perder dados importantes. Por isso, oferecemos um serviço de qualidade e

Informação é o seu bem mais precioso e você não pode correr riscos de perder dados importantes. Por isso, oferecemos um serviço de qualidade e Informação é o seu bem mais precioso e você não pode correr riscos de perder dados importantes. Por isso, oferecemos um serviço de qualidade e confiança que vai garantir maior eficiência e segurança para

Leia mais

PROCEDIMENTOS BÁSICOS PARA HOMOLOGAÇÃO DE SOFTWARE HOUSES COM PRODUTOS E APLICAÇÕES DE EDI NO PADRÃO DA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA BRASILEIRA

PROCEDIMENTOS BÁSICOS PARA HOMOLOGAÇÃO DE SOFTWARE HOUSES COM PRODUTOS E APLICAÇÕES DE EDI NO PADRÃO DA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA BRASILEIRA PROCEDIMENTOS BÁSICOS PARA HOMOLOGAÇÃO DE SOFTWARE HOUSES COM PRODUTOS E APLICAÇÕES DE EDI NO PADRÃO DA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA BRASILEIRA Documento elaborado pelo Grupo de Trabalho da Comissão de Normas

Leia mais

Programa de Revendas. www.integral.inf.br

Programa de Revendas. www.integral.inf.br Programa de Revendas A Integral Informática 13 anos no mercado Parceira Microsoft GOLD Citrix Silver Stone Soft Linux 100% dos profissionais certificados Atende o Brasil e o Exterior 450+ Clientes O que

Leia mais

INTERESSADOS ENVIAR CURRÍCULO E PRETENSÃO SALARIAL PARA rebeca@holdenrh.com.br/vanessa@holdenrh.com.br

INTERESSADOS ENVIAR CURRÍCULO E PRETENSÃO SALARIAL PARA rebeca@holdenrh.com.br/vanessa@holdenrh.com.br INTERESSADOS ENVIAR CURRÍCULO E PRETENSÃO SALARIAL PARA rebeca@holdenrh.com.br/vanessa@holdenrh.com.br Vagas Holden TI: Analista de Desenvolvimento Java Sênior Consultor SAP FI DBA SQL Server DBA Oracle

Leia mais

Termo de Referência. Aquisição de Solução de Gerenciamento de Impressão para plataforma baixa.

Termo de Referência. Aquisição de Solução de Gerenciamento de Impressão para plataforma baixa. Termo de Referência Aquisição de Solução de Gerenciamento de Impressão para plataforma baixa. CGAD/COAR - Gerenciamento de Impressão Plataforma Baixa / RQ DSAO nº xxx/2009 1/8 Termo de Referência Aquisição

Leia mais

NORMA CONTROLE DO PARQUE DE INFORMÁTICA

NORMA CONTROLE DO PARQUE DE INFORMÁTICA CONTROLE DO PARQUE DE INFORMÁTICA Data: 17 de dezembro de 2009 Pág. 1 de 13 SUMÁRIO SUMÁRIO 2 1. INTRODUÇÃO 3 2. FINALIDADE 3 3. ÂMBITO DE APLICAÇÃO 3 4. PADRONIZAÇÃO DOS RECURSOS DE T.I. 4 5. AQUISIÇÃO

Leia mais

dbnetsys IT Consulting Agregando valor ao seu negócio com soluções de TI

dbnetsys IT Consulting Agregando valor ao seu negócio com soluções de TI Página 1/12 Treinamento GLPI x ITIL - 26, 27 e 28 de Agosto 2013 - Faça sua inscrição, Vagas limitadas! 1. Treinamento de GLPI (Gestionnaire libre de parc informatique) em São Paulo/SP Dias 26, 27 e 28

Leia mais

COMUNICADO. CONCORRÊNCIAS n.º 003, 004 e 005

COMUNICADO. CONCORRÊNCIAS n.º 003, 004 e 005 COMUNICADO CONCORRÊNCIAS n.º 00, 00 e 005 Informamos a Vossa Senhoria que realizamos algumas alterações nos Editais de Concorrências n.º 00, 00 e 005 e seus anexos, conforme segue abaixo: PARA AS CONCORRÊNCIAS

Leia mais

Políticas de Segurança da Informação. Aécio Costa

Políticas de Segurança da Informação. Aécio Costa Aécio Costa A segurança da informação é obtida a partir da implementação de um conjunto de controles adequados, incluindo políticas, processos, procedimentos, estruturas organizacionais e funções de software

Leia mais

REQUISIÇÃO DE PROPOSTA. 1.1 Desenvolver o Plano de Continuidade de Negócios - PCN com base na ISO 22301.

REQUISIÇÃO DE PROPOSTA. 1.1 Desenvolver o Plano de Continuidade de Negócios - PCN com base na ISO 22301. REQUISIÇÃO DE PROPOSTA Esta Requisição de Proposta foi elaborada pela Gerência de Segurança Empresarial - GESEM da Cartão BRB e tem como objetivo fornecer aos interessados as especificações do objeto abaixo,

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA Consultor por Produto

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA Consultor por Produto MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE GESTÃO, ARTICULAÇÃO E PROJETOS EDUCACIONAIS TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA Consultor por Produto

Leia mais

Pregão Eletrônico 51/12 1. SOFTWARE ONE: Questionamento 1 - Duvida: RESPOSTA Questionamento 2 - Duvida: RESPOSTA Questionamento 3 - Duvida: RESPOSTA

Pregão Eletrônico 51/12 1. SOFTWARE ONE: Questionamento 1 - Duvida: RESPOSTA Questionamento 2 - Duvida: RESPOSTA Questionamento 3 - Duvida: RESPOSTA Disponibilizamos, para o conhecimento das interessadas, a resposta da área técnica deste TRT, acerca dos questionamentos aos termos do Edital do Pregão Eletrônico 51/12, formulados pelas seguintes empresas:

Leia mais

dbnetsys IT Consulting Agregando valor ao seu negócio com soluções de TI

dbnetsys IT Consulting Agregando valor ao seu negócio com soluções de TI Página 1/16 Treinamento GLPI x ITIL 27, 28 e 29 de Novembro 2013 - Faça sua inscrição, Vagas limitadas! 2. Treinamento de GLPI (Gestionnaire libre de parc informatique) em São Paulo/SP Dias 27, 28 e 29

Leia mais

A seguir, respostas aos questionamentos referentes ao Pregão Presencial nº 17/14:

A seguir, respostas aos questionamentos referentes ao Pregão Presencial nº 17/14: Senhores, A seguir, respostas aos questionamentos referentes ao Pregão Presencial nº 17/14: Questionamento 1: 2. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MÍNIMCAS No que diz respeito ao subitem 2.1.2, temos a seguinte

Leia mais

Termo de Referência. Serviço de envio de mensagens SMS Short Message Service para dispositivos móveis, pelo período de 24 meses.

Termo de Referência. Serviço de envio de mensagens SMS Short Message Service para dispositivos móveis, pelo período de 24 meses. Termo de Referência Serviço de envio de mensagens SMS Short Message Service para dispositivos móveis, pelo período de 24 meses. Termo de Referência [OBJETO] 1 Termo de Referência Serviço de envio de mensagens

Leia mais

GOVBR- UEM-MARINGA PREFEITURA MUNICIPAL DE PEROLA

GOVBR- UEM-MARINGA PREFEITURA MUNICIPAL DE PEROLA GERENCIAMENTO DE PROJETOS PRONIM, IMPLANTAÇÃO SQL SERVER GOVBR- UEM-MARINGA PREFEITURA MUNICIPAL DE PEROLA Cliente GOVBR, UEM-MARINGA / Prefeitura Municipal de PEROLA Data 10/09/2015 Versão 1.0 Objeto:

Leia mais

Software Livre no Serpro

Software Livre no Serpro Software Livre no SERPRO Apresentador:Sérgio Rosa Diretor 02/03/05 Agenda O SERPRO Fatores Críticos de Sucesso Papel do SERPRO Software Livre no SERPRO Resultados Alcançados Conclusões Empresa Pública

Leia mais

Objetivos. PDI - Plano Diretor de Informática. O que é? Como é feito? Quanto dura sua elaboração? Impactos da não execução do PDI

Objetivos. PDI - Plano Diretor de Informática. O que é? Como é feito? Quanto dura sua elaboração? Impactos da não execução do PDI Objetivos Assegurar que os esforços despendidos na área de informática sejam consistentes com as estratégias, políticas e objetivos da organização como um todo; Proporcionar uma estrutura de serviços na

Leia mais

DIVERSOS QUESTIONAMENTOS COM AS RESPECTIVAS RESPOSTAS ACERCA DA CONCORRÊNCIA N.º 001/2011

DIVERSOS QUESTIONAMENTOS COM AS RESPECTIVAS RESPOSTAS ACERCA DA CONCORRÊNCIA N.º 001/2011 DIVERSOS QUESTIONAMENTOS COM AS RESPECTIVAS RESPOSTAS ACERCA DA CONCORRÊNCIA N.º 001/2011... RESPOSTAS AOS QUESTIONAMENTOS FEITOS PELA EMPRESA AVANSYS TECNOLOGIA LTDA, CNPJ MF sob nº 04.181.950/0001-10,

Leia mais

Forme-se Connosco! > Cursos Práticos > Formação Certificada > Laboratórios Oficiais > Manuais Oficiais

Forme-se Connosco! > Cursos Práticos > Formação Certificada > Laboratórios Oficiais > Manuais Oficiais Actualizado em 29/ABR/2015 duração datas Microsoft Training CURSOS OFICIAIS CERTIFICADOS HORAS DIAS INÍCIO FIM Vouchers MICROSOFT CERTIFIED SOLUTIONS ASSOCIATE (MCSA): WINDOWS 8 20687 - Configuring Windows

Leia mais

CONTRATO DE CONCESSÃO [ ]/2013 EDITAL DE CONCORRÊNCIA INTERNACIONAL [ ]/2013

CONTRATO DE CONCESSÃO [ ]/2013 EDITAL DE CONCORRÊNCIA INTERNACIONAL [ ]/2013 CONTRATO DE CONCESSÃO [ ]/2013 EDITAL DE CONCORRÊNCIA INTERNACIONAL [ ]/2013 CONCESSÃO ADMINISTRATIVA PARA DESENVOLVIMENTO, IMPLANTAÇÃO, OPERAÇÃO, MANUTENÇÃO E GERENCIAMENTO DA SOLUÇÃO GRP DO MUNICÍPIO

Leia mais

Os consultores técnicos deverão executar as seguintes atividades:

Os consultores técnicos deverão executar as seguintes atividades: Os consultores técnicos deverão executar as seguintes atividades: Perfil 1 - Consultor em Implantação de boas práticas de Gerenciamento de Serviços (Master) Implantar boas práticas de gerenciamento de

Leia mais

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 052/2010 ESCLARECIMENTO 4

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 052/2010 ESCLARECIMENTO 4 MENSAGEM Assunto: Esclarecimento 4 Referência: Pregão Eletrônico n. 052/2010 Data: 19/11/2010 Objeto: Contratação de serviços técnicos especializados de atendimento remoto e presencial a usuários de tecnologia

Leia mais

DGTEC 2.013 2014 2015 2016 2017 2018 Total Geral

DGTEC 2.013 2014 2015 2016 2017 2018 Total Geral CUSTEIO NOVA AÇÃO - POR CLIENTE - FORNECEDOR /PROGRAMA AÇÃO DESCRIÇÃO JUSTIFICATIVA Aquisição de 650 e-tokens Aquisição de 650 e-tokens A, visando cumprir os atos, normas e o procedimentos do processo

Leia mais

Governança em T.I. GTI-V Noturno - 2015. Alunos: Douglas de Souza Braga Rafael vitor Hugo Bastos Kaysmier Walessa

Governança em T.I. GTI-V Noturno - 2015. Alunos: Douglas de Souza Braga Rafael vitor Hugo Bastos Kaysmier Walessa Governança em T.I GTI-V Noturno - 2015 Alunos: Douglas de Souza Braga Rafael vitor Hugo Bastos Kaysmier Walessa Politica de Segurança Ativos: Computadores: Sistema \ Hardwere \Segurança A infraestrutura

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI SECRETARIA DE EDUCAÇÃO ASSESSORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI SECRETARIA DE EDUCAÇÃO ASSESSORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ANALISE DA PROPOSTA TÉCNICA DOS PARA EDITAL 0001/010 Profissional: Administrador de Sistemas Alcançada Classificação Habilidades e capacitação Num. De Certificados Pontos a) Descrição do cargo: Atuar como

Leia mais

Pode Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE DIREÇÃO E CHEFIAS DA SETIC

Pode Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE DIREÇÃO E CHEFIAS DA SETIC Pode Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE DIREÇÃO E CHEFIAS DA SETIC 1. Diretor da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação Coordenar

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS DIVISÃO DE GESTÃO DA QUALIDADE

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS DIVISÃO DE GESTÃO DA QUALIDADE PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS DIVISÃO DE GESTÃO DA QUALIDADE Sistema de Gestão da Qualidade PROCEDIMENTO P. TJAM 56 PROJUDI Revisado por: Breno Figueiredo Corado DVTIC/PROJUDI

Leia mais

TERMO DE REFERENCIA. Prestação de Serviços de Treinamento para Atendimento a Usuários de TIC

TERMO DE REFERENCIA. Prestação de Serviços de Treinamento para Atendimento a Usuários de TIC TERMO DE REFERENCIA Prestação de Serviços de Treinamento para Atendimento a Usuários de TIC 1. OBJETO Contratação de empresa para prestação de serviço(s) de treinamento para os servidores da área de atendimento

Leia mais

FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO ITAIPU - BRASIL REGULAMENTO DO PROCESSO SELETIVO Nº 42.15

FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO ITAIPU - BRASIL REGULAMENTO DO PROCESSO SELETIVO Nº 42.15 REGULAMENTO DO PROCESSO SELETIVO Nº 42.15 A FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO ITAIPU BRASIL (FPTI-BR) torna público que serão recebidas as inscrições para o Processo Seletivo nº 42.15 sob contratação em regime

Leia mais

Sumário. Especificações de experiência e conhecimento para as equipes de profissionais... 2. Perfi s Profissionais... 2

Sumário. Especificações de experiência e conhecimento para as equipes de profissionais... 2. Perfi s Profissionais... 2 ANEXO 5 - DO PROJETO BÁSICO Especificações de experiência e conhecimento para as equipes de profissionais disponibilizadas para a execução dos serviços Sumário Especificações de experiência e conhecimento

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 016/2008

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 016/2008 CENTRO DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 016/2008 Anexo II 1 DO OBJETO 1.1 - Prestação de serviços de suporte técnico assistido

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES DO OBJETO

ESPECIFICAÇÕES DO OBJETO ANEXO IV REFERENTE AO EDITAL DE PREGÃO Nº 022/2013 ESPECIFICAÇÕES DO OBJETO ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DE Nº 001/2013 1. OBJETO DE CONTRATAÇÃO A presente especificação tem por objeto a Contratação de empresa

Leia mais

Acordo de Nível de Serviço (SLA)

Acordo de Nível de Serviço (SLA) Faculdade de Tecnologia Acordo de Nível de Serviço (SLA) Alunos: Anderson Mota, André Luiz Misael Bezerra Rodrigo Damasceno. GTI 5 Noturno Governança de tecnologia da informação Prof. Marcelo Faustino

Leia mais

Administração e Desenvolvimento de Soluções em TI

Administração e Desenvolvimento de Soluções em TI Administração e Desenvolvimento de Soluções em TI Projeto Corporativo Missão: Oferecer soluções corporativas em Tecnologia da Informação, fornecendo e integrando produtos e serviços profissionais de alta

Leia mais

Proposta Técnica. Desenvolvimento de software QUICKSITE

Proposta Técnica. Desenvolvimento de software QUICKSITE Proposta Técnica Desenvolvimento de software CONTEÚDO Resumo Executivo...3 1.1 Duração e Datas Especiais... 3 1.2 Fatores Críticos de Sucesso... 3 A Hi Level...3 Solução Proposta...4 1.3 Escopo... 4 1.4

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA. Ata de Registro de Preços para Subscrição de Software Sistema Operacional da Plataforma Linux.

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA. Ata de Registro de Preços para Subscrição de Software Sistema Operacional da Plataforma Linux. ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA Ata de Registro de Preços para Subscrição de Software Sistema Operacional da Plataforma Linux. DIT/GIS TR ARP Licenças de Software Sistema Operacional Linux.doc 1/ 6 TERMO DE

Leia mais

Contrato de Serviço (SLA) para [Cliente] por [Provedor]

Contrato de Serviço (SLA) para [Cliente] por [Provedor] Contrato de Serviço (SLA) para [Cliente] por [Provedor] Data Gerador do documento: Gerente de Negociação: Versões Versão Data Revisão Autor Aprovação (Ao assinar abaixo, o cliente concorda com todos os

Leia mais

MONITORAMENTO DO AMBIENTE TECNOLÓGICO FoccoMONITOR

MONITORAMENTO DO AMBIENTE TECNOLÓGICO FoccoMONITOR MONITORAMENTO DO AMBIENTE TECNOLÓGICO FoccoMONITOR Fevereiro/2012 Índice APRESENTAÇÃO... 3 O QUE É ESSE SERVIÇO?... 3 POR QUE MONITORAR?... 3 QUAL A ABRANGÊNCIA?... 4 MÉTRICAS... 4 PERÍODO DO MONITORAMENTO...

Leia mais

Termo de Referência. (Storage) do ambiente de Migração, composta pelo do subsistema de disco IBM DS8300.

Termo de Referência. (Storage) do ambiente de Migração, composta pelo do subsistema de disco IBM DS8300. Termo de Referência Expansão da solução s de armazenamento (Storage) do ambiente de Migração, composta pelo do subsistema de disco IBM DS8300. Termo de Referência Expansão da solução de armazenamento do

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. 1. Objeto. 2. Antecedentes. 3. Objeto da Licitação

TERMO DE REFERÊNCIA. 1. Objeto. 2. Antecedentes. 3. Objeto da Licitação TERMO DE REFERÊNCIA 1. Objeto 1.1. Contratação de empresa especializada em auditoria de tecnologia da informação e comunicações, com foco em segurança da informação na análise de quatro domínios: Processos

Leia mais

MCITP: ENTERPRISE ADMINISTRATOR

MCITP: ENTERPRISE ADMINISTRATOR 6292: INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO DO WINDOWS 7, CLIENT Objetivo: Este curso proporciona aos alunos o conhecimento e as habilidades necessárias para instalar e configurar estações de trabalho utilizando a

Leia mais

Por meio deste, aditamos o seguinte: ( 01 ) Ficam retiradas do Edital as seguintes exigências:

Por meio deste, aditamos o seguinte: ( 01 ) Ficam retiradas do Edital as seguintes exigências: Aditamento nº 01 Pregão Eletrônico nº 12/08117 Objeto Data 19/12/2012 ADM. CENTRAL - Aquisição de appliance de Data Warehouse e licença de uso de uma solução de ETL, licença de uso de uma solução de BI

Leia mais

ANEXO III DO EDITAL FAO 001/2008 CRITÉRIOS E PARÂMETROS DE PONTUAÇÃO TÉCNICA

ANEXO III DO EDITAL FAO 001/2008 CRITÉRIOS E PARÂMETROS DE PONTUAÇÃO TÉCNICA ANEXO III DO EDITAL FAO 001/2008 CRITÉRIOS E PARÂMETROS DE PONTUAÇÃO TÉCNICA 1. FATOR DESEMPENHO A nota técnica deste quesito será atribuída à licitante que possuir melhor desempenho na prestação de serviços

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO AA 36/2014 BNDES QUESTIONAMENTO 05

PREGÃO ELETRÔNICO AA 36/2014 BNDES QUESTIONAMENTO 05 PREGÃO ELETRÔNICO AA 36/2014 BNDES QUESTIONAMENTO 05 Pergunta 5.1: Será fornecida a infra estrutura para a instalação das aplicações ofertadas (servidor de impressão, servidor de aplicação, servidor de

Leia mais

Contrata Consultor na modalidade Produto

Contrata Consultor na modalidade Produto Contrata Consultor na modalidade Produto PROJETO 914BRZ4011 EDITAL Nº 005/2010 1. Perfil: Iphan Central 28 - Republicação 3. Qualificação educacional: Profissional com nível superior em Direito preferencialmente

Leia mais

www.american-nc.com.br AMERICAN NETWORK COMPUTERS Tecnologia a sua disposição

www.american-nc.com.br AMERICAN NETWORK COMPUTERS Tecnologia a sua disposição www.american-nc.com.br AMERICAN NETWORK COMPUTERS Tecnologia a sua disposição A Empresa Iniciamos as operações em 1994 com foco no fornecimento de produtos e serviços de informática. Com o decorrer dos

Leia mais

TERMOS DE REFERÊNCIA

TERMOS DE REFERÊNCIA 1. INTRODUÇÃO Para realização de suas atividades técnicas e administrativas a Agência Nacional de Telecomunicações Anatel utiliza-se de sistemas informatizados, sendo eles adquiridos no mercado ou desenvolvidos

Leia mais

Gerenciamento de Redes de Computadores. Introdução ao Gerenciamento de Redes

Gerenciamento de Redes de Computadores. Introdução ao Gerenciamento de Redes Introdução ao Gerenciamento de Redes O que é Gerenciamento de Redes? O gerenciamento de rede inclui a disponibilização, a integração e a coordenação de elementos de hardware, software e humanos, para monitorar,

Leia mais

COLETA DE PREÇOS nº 05/2013

COLETA DE PREÇOS nº 05/2013 COLETA DE PREÇOS nº 05/2013 1. PREÂMBULO 1.1. A ASSOCIAÇÃO MUSEU AFRO BRASIL, torna pública a realização de Seleção de Fornecedores na modalidade Coleta de Preços, pelo critério de menor preço, objetivando

Leia mais

EMBRATEL- Business Security. Provedor de Serviços Gerenciados de Segurança (MSSP*) *Managed Security Services Provider

EMBRATEL- Business Security. Provedor de Serviços Gerenciados de Segurança (MSSP*) *Managed Security Services Provider EMBRATEL- Business Security Provedor de Serviços Gerenciados de Segurança (MSSP*) *Managed Security Services Provider Daniela Ceschini Especialista em Segurança da Informação 1 AGENDA Panorama e desafios

Leia mais

LINHA CRIATIVA, Informática & Soluções PORTFOLIO

LINHA CRIATIVA, Informática & Soluções PORTFOLIO LINHA CRIATIVA, Informática & Soluções PORTFOLIO 2015 A LINHA CRIATIVA é uma solução de TI focada em produtos inteligentes e simples, actuando no sector de empresas de médio e pequeno porte, nas áreas

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA GERENCIA EXECUTIVA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1 RELAÇÃO DE ITENS ASSUNTOS 1. OBJETIVO... 1 2. DO OBJETO... 2 3. DA JUSTIFICATIVA DO OBJETO... 2 4. DAS ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS... 2 5. DA PRESTAÇÃO

Leia mais

ANEXO II EDITAL 002/2015 - PROEX/IFMS DAS ATRIBUIÇÕES DO ESTAGIÁRIO

ANEXO II EDITAL 002/2015 - PROEX/IFMS DAS ATRIBUIÇÕES DO ESTAGIÁRIO ANEXO II EDITAL 002/2015 - PROEX/IFMS DAS ATRIBUIÇÕES DO ESTAGIÁRIO CÂMPUS AQUIDAUANA CURSO Informática Edificações ATRIBUIÇÕES - Prestar serviço de suporte na área de tecnologia da informação; - Prestar

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PROCESSO Nº XXXXXXX

TERMO DE REFERÊNCIA PROCESSO Nº XXXXXXX < Nome do órgão/entidade> TERMO DE REFERÊNCIA PROCESSO Nº XXXXXXX Página 1 de 6 1. DO OBJETO (Informar o que essencialmente você pretende adquirir. Ainda não é o detalhamento da configuração). Ex.: Aquisição

Leia mais

Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos

Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos Referência: An Introductory Overview of ITIL v2 Livros ITIL v2 Cenário de TI nas organizações Aumento da dependência da TI para alcance

Leia mais

ATO Nº 233/2013. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

ATO Nº 233/2013. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, ATO Nº 233/2013 Institui a Política de Gerenciamento de Serviços de Tecnologia da Informação (TI) no âmbito do Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO

Leia mais

ANEXO II PERFIL DOS ANALISTAS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER 1. FORMAÇÃO, CONHECIMENTO E HABILIDADES EXIGIDAS:

ANEXO II PERFIL DOS ANALISTAS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER 1. FORMAÇÃO, CONHECIMENTO E HABILIDADES EXIGIDAS: PREGÃO PRESENCIAL Nº 001/2009 1 ANEXO II PERFIL DOS ANALISTAS, FORMAÇÃO E ATIVIDADES A DESENVOLVER 1. FORMAÇÃO, CONHECIMENTO E HABILIDADES EXIGIDAS: 1.1. FORMAÇÃO ACADÊMICA EXIGIDA PARA TODOS OS PERFIS

Leia mais

PÁGINA 4 ITIL V.2 & ITIL V.3

PÁGINA 4 ITIL V.2 & ITIL V.3 PÁGINA 4 ITIL V.2 & ITIL V.3 Gerência de Níveis de Serviço Manter e aprimorar a qualidade dos serviços de TI Revisar continuamente os custos e os resultados dos serviços para garantir a sua adequação Processo

Leia mais

MANUAL DE CONTROLES INTERNOS POLÍTICAS CORPORATIVAS

MANUAL DE CONTROLES INTERNOS POLÍTICAS CORPORATIVAS 8 - Política de segurança da informação 8.1 Introdução A informação é um ativo que possui grande valor para a COOPERFEMSA, devendo ser adequadamente utilizada e protegida contra ameaças e riscos. A adoção

Leia mais

Modelo de Parceria. GSAN Sistema Integrado de Gestão de Serviços de Saneamento

Modelo de Parceria. GSAN Sistema Integrado de Gestão de Serviços de Saneamento Modelo de Parceria GSAN Sistema Integrado de Gestão de Serviços de Saneamento Modelo Proposto Fábrica Código Fonte (correção / Evolução) Documentação, casos de uso e testes Treinamento / Capacitação ao

Leia mais

Tornando acessível a tecnologia e os melhores serviços

Tornando acessível a tecnologia e os melhores serviços Tornando acessível a tecnologia e os melhores serviços A ALEJANDRO Informática No mercado de TI desde 30 de Outubro de 1997. Conta com mais de 30 colaboradores; Especializada em implantação de Banco de

Leia mais

Para/To: N o de páginas/n o of. pages: 06 De/From: Silvana Luz Simões Data/Date: 28 / 08/ 2007 Ref.: Solicitação de proposta ATT.:

Para/To: N o de páginas/n o of. pages: 06 De/From: Silvana Luz Simões Data/Date: 28 / 08/ 2007 Ref.: Solicitação de proposta ATT.: MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq DAD/CGADM/COINF/SERVIÇO DE LICITAÇÃO SELIC SEPN 507, Bloco B, Ed. Sede CNPq, Sala 211, CEP: 70.740-901,

Leia mais

Contrato de Suporte End.: Telefones:

Contrato de Suporte End.: Telefones: Contrato de Suporte Contrato de Suporte Desafios das empresas no que se refere à infraestrutura de TI Possuir uma infraestrutura de TI que atenda as necessidades da empresa Obter disponibilidade dos recursos

Leia mais

Ricardo Scheurer Sonda Supermercado

Ricardo Scheurer Sonda Supermercado Tema: Apresentador: Plano Diretor de Tecnologia da Informação Ricardo Scheurer Sonda Supermercado Objetivo desta palestra será resolver as seguintes questões: Porque fazer um PDTI? Quais os benefícios

Leia mais