LISTA DE EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO 1º TRIMESTRE MATEMÁTICA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LISTA DE EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO 1º TRIMESTRE MATEMÁTICA"

Transcrição

1 LISTA DE EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO 1º TRIMESTRE MATEMÁTICA ALUNO(a): Valor: Nº: SÉRIE:2ª TURMA: 5,0 UNIDADE: VV JC JP PC DATA: / /2015 Obs.: Esta lista eve ser entregue apenas ao professor no ia a aula e Recuperação SETOR A Proprieae Méia Aritmética = + PROGRESSÃO ARITMÉTICA RAZÃO r somaa Termo Geral = + ( ) 3 termos em PA Jogaas = + = + = e + e e x r, x, x + r Soma os Termos e uma PA ^ = ( + ) 1. Um ônibus percorre, no primeiro ia, uma istância x; no seguno ia, uma istância o obro o que percorreu no ia anterior; e no terceiro ia, o triplo que percorreu no primeiro ia. No final e ez ias, foram percorrios 5500 km. Qual a istância percorria no primeiro ia? 2. Numa cerimônia, os formanos foram ispostos em 20 filas, e moo a formar um triângulo com 1 na primeira fila, 3 na seguna fila e 5 na terceira fileira, formano, assim, uma PA. Qual o número e formanos? LISTA DE RECUPERAÇÃO - MATEMÁTICA - ANSELMO - 2º ANO - 1º TRI 3. Daa uma P.A com 110 elementos, one a sua razão é -2 e o seu primeiro elemento 200. Inique a alternativa que representa a soma esses elementos. a) 5000 ) b) e) c) Determine o valor e x, e moo que os números 3x 1, x + 3 e x + 9 estejam, nessa orem, em PA. 5. A sequência e números naturais múltiplos e 6 é aa por (0, 6, 12, 18, 24,...). Ou seja, os múltiplos naturais e 6 formam uma progressão aritmética infinita e razão 6. Com relação a essa sequência, respona: Quantos múltiplos naturais e 6 existem entre 100 e 700? 1

2 6. Num programa e conicionamento físico, uma pessoa começa correno 300 m num ia, 400 m no ia seguinte, 500 m no próximo ia e assim sucessivamente, até chegar aos 2 km por ia. A partir e que ia ela estará correno 2 km por ia? 7. Numa PA em que a 6 = 2 e a 38 = 10, qual é a soma os 20 primeiros termos essa PA? a) 120/3 ) 125/2 b) 125/4 e) 100 c) 150/3 8. Temos uma progressão aritmética e 20 termos, one o 1º termo é igual a 5. A soma e toos os termos essa progressão aritmética é 480. O écimo termo é igual a? 9. Um estacionamento cobra R$ 6,00 pela primeira hora. A partir a seguna hora, os preços caem em progressão aritmética. O valor a seguna hora é R$ 4,00 e o a sétima é R$ 0,50. Quanto gastará o proprietário e um automóvel estacionao 5 horas nesse local? a) R$ 17,80 ) R$ 18,70 b) R$ 20,00 e) R$ 19,00 c) R$ 18, Um atleta corre sempre 500 metros a mais o que no ia anterior. Sabeno-se que ao final e 15 ias ele correu um total e metros, o número e metros percorrios no 3 ia foi a) 1000 ) 2500 b) 2000 e) 2600 c) Dois anarilhos resolvem fazer uma caminhaa e uma ciae A até uma ciae B, por uma mesma estraa. O primeiro ana 10 km por ia; e o seguno ana 8 km no primeiro ia,8,5 km no seguno ia e, a caa ia que segue, acrescenta 0,5 km à sua caminhaa. Nessas conições, é verae que o seguno alcançará o primeiro no a)4º ia )11º ia b)7º ia e)12º ia c)9º ia 12. O prouto as raízes a equação x 2 + 2x 3 = 0 é a razão e uma PA e primeiro termo 7. Quanto vale o 100º termo essa PA? 2

3 Proprieae Méia Geométrica = PROGRESSÃO GEOMÉTRICA- RAZÃO q multiplicaa Termo Geral Soma os Termos e uma = 3 termos em PG PG Jogaas e = e = = e ( ) FINITA ^ = INFINITA ^ = 1. Sabeno-se que x 4, 2x + 4 e 10x 4 são termos consecutivos e uma P.G., calcule x e moo que eles sejam positivos. 2. A soma e três termos consecutivos e uma P.G. é 21 e o prouto, 216. Sabeno-se que a razão é um número inteiro, calcule esses números. 3. Numa P.G. tem-se a 1 = 3 e a 8 = 384. Calcule: a) a razão; b) o terceiro termo. 4. O oitavo e o écimo termos e uma sequência numérica são, respectivamente, 640 e Determine o nono termo, no caso e a) a sequência ser uma progressão aritmética; b) a sequência ser uma progressão geométrica; e 5. O seguno termo e uma P.G. ecrescente é e e o quarto é. Calcule o oitavo termo. 3

4 6. Consiere esta sequência e figuras. - Na figura 1, há 1 triângulo. - Na figura 2, o número e triângulos menores é 4. - Na figura 3, o número e triângulos menores é 16 e assim por iante. Prosseguino essa construção e figuras, teremos quantos triângulos menores na figura 7? 7. Determine a soma os 6 termos a P.G. crescente, em que os extremos são 1 9 e Uma praga atacou uma criação e aves. No primeiro ia, uma ave aoeceu; no seguno ia, uas outras aves aoeceram; no terceiro ia, aoeceram mais quatro, e assim por iante, até o oitavo ia. Nenhuma as aves morreu. Sabeno-se que ao fim o oitavo ia não havia nenhuma ave sem a oença, qual é o total e aves essa criação? 9. A soma os termos e uma P.G. ecrescente infinita é 128, e a razão é. Calcule o seguno termo. 10. Uma forte chuva começa a cair na UFRRJ, formano uma goteira no teto e uma as salas e aula. Uma primeira gota cai e, 30 segunos epois, cai uma seguna gota. A chuva se intensifica e tal forma, que uma terceira gota cai 15 segunos após a quea a seguna gota. Assim, o intervalo e tempo entre as queas e uas gotas consecutivas reuz-se à metae, na meia em que a chuva piora. Se a situação assim se mantiver, em quanto tempo, aproximaamente, ese a quea a primeira gota, a goteira se transformará em um fio contínuo e água? 11. O primeiro termo e a soma os termos e uma P.G. ecrescente infinita são, respectivamente, 4 e 12. Determine o 5º termo essa P.G. 4

5 12. Se a sequência (4x, 2x + 1, x 1) é uma P.G., qual é o valor e x? 13. Numa PG e razão positiva, o primeiro termo é igual ao obro a razão, e a soma os ois primeiros é 24. Nessa progressão, a razão é? 14. Num eterminao lago existe uma alga aninha que cresce na superfície e se multiplica em tal velociae, que a caa ia ela ocupa o obro o espaço o ia anterior. Se no 10º ia e infestação a alga toma toa a superfície o lago, quano ela ocupou metae a superfície? 15. As meias o lao, o perímetro e a área e um quarao estão em PG. Quanto mee o lao esse quarao? 16. Um carro vale, hoje, R$ ,00, e seu preço sofre uma epreciação anual e 10 %. Quanto ele valerá aqui a 2 anos? 17. O terceiro e o sétimo termos e uma Progressão Geométrica valem, respectivamente, 10 e 18. Quanto vale o quinto termo essa Progressão? 18. Uma bola é largaa e uma altura e 40 m. Se a bola sempre sobe a metae a altura que caiu, a soma os caminhos percorrios é? 5

6 19. Seja uma P.G. em que temos: a1 = 3, an = 3072 e q = 4. Qual o número e termos esta progressão? 20. Aicionano a mesma constante a caa um os números 6, 10 e 15, nessa orem, obtemos uma PG e que razão? 21. Daa a PG (2, 4, 8, 16,...), calcule: a) a soma os oito primeiros termos. b) o valor e n para que a soma os n primeiros termos seja O valor e x na equação = é? e 23. A méia aritmética os seis meios geométricos que poem ser inserios entre 4 e 512 é? 24. Se a soma os termos a PG aa por 0,3; 0,03; 0,003;...é igual ao termo méio e uma PA e três termos, então a soma os termos a PA vale quanto? 6

7 SETOR B 1. Os polígonos ABCDEI, EFGHI e IJA são regulares. Determine a meia os ângulos DÊF e JÎH. 2. Os pontos A e B istam, respectivamente, 37 cm e 47 cm o plano. Qual é a istância entre A e B, sabeno que as projeções ortogonais A e B esses pontos sobre istam 24 cm? 3. No jogo e bocha, isputao num terreno plano, o objetivo é conseguir lançar uma bola e raio 8 o mais próximo possível e uma bola menor, e raio 4. Num lançamento, um jogaor conseguiu fazer com que as uas bolas ficassem encostaas, conforme ilustra a figura. Qual é a istância entre os pontos A e B, em que as bolas tocam o chão? 7

8 4. Na figura abaixo, tem-se r//s; t e u são transversais. Determine o valor e x + y. 5. Do ponto A, um observaor vê o topo e uma torre sob um ângulo e 45º. Se avançar 21 m em ireção à torre, o ângulo passa a ser e 60º. Qual é a altura a torre?(use 3 = 1,7) 8

a) Sabendo que o carro A faz 6 km por litro de combustível no circuito, quantos litros esse carro gastará durante o percurso total?

a) Sabendo que o carro A faz 6 km por litro de combustível no circuito, quantos litros esse carro gastará durante o percurso total? UFJF MÓDULO I DO PISM TRIÊNIO 013-015 REFERÊNCIA DE CORREÇÃO DA PROVA DE MATEMÁTICA Questão 1 Um circuito e teste para carros é constituío e uas pistas circulares e raios 10 km e 5 km, que se intersectam

Leia mais

Mat.Semana. PC Sampaio Alex Amaral Rafael Jesus. (Fernanda Aranzate)

Mat.Semana. PC Sampaio Alex Amaral Rafael Jesus. (Fernanda Aranzate) 1 PC Sampaio Alex Amaral Rafael Jesus Semana (Fernanda Aranzate) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados.

Leia mais

Lista de PA/PG. Escola SESC de Ensino Médio. 9. (UEL) Uma progressão aritmética de n termos tem. razão igual a 3. Se retirarmos os termos de ordem

Lista de PA/PG. Escola SESC de Ensino Médio. 9. (UEL) Uma progressão aritmética de n termos tem. razão igual a 3. Se retirarmos os termos de ordem Lista de PA/PG Aluno(a): Turma: Professores: Data: André/Edu Vicente/Ulício. PA 1) Calcule sabendo que ( 2x 1; 3x 1; 15x uma P.A. 2) formam, nessa ordem, 2) Calcule o 18º termo de uma progressão aritmética

Leia mais

ww.vestibularsc.com.br

ww.vestibularsc.com.br 1) Encontre os cinco primeiros termoss da seqüência definida por an = n² n + 2n, n e N*. 2) Seja a sequência definida por a n = ( 1) n. n 2, n N *, determine o valor de a 4 a 2 3) Dada a sequência por

Leia mais

Mat.Semana. PC Sampaio Alex Amaral Rafael Jesus. (Fernanda Aranzate)

Mat.Semana. PC Sampaio Alex Amaral Rafael Jesus. (Fernanda Aranzate) 12 PC Sampaio Alex Amaral Rafael Jesus Semana (Fernanda Aranzate) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos

Leia mais

x 1. Em cada uma das figuras, eles são apenas os primeiros elementos dos

x 1. Em cada uma das figuras, eles são apenas os primeiros elementos dos 0) Nas figuras a seguir, a curva é o gráfico da função x retângulos hachurados para infinitos que possuem as mesmas características. f x. Observe atentamente o que ocorre com os x. Em cada uma das figuras,

Leia mais

PROF. LUIZ CARLOS MOREIRA SANTOS PROGRESSÃO ARITMÉTICA P.A.

PROF. LUIZ CARLOS MOREIRA SANTOS PROGRESSÃO ARITMÉTICA P.A. TEXTO: 1 Tales, um aluno do Curso de Matemática, depois de terminar o semestre com êxito, resolveu viajar para a Europa. Questão 01) O Portão de Brandemburgo, em Berlim, possui cinco entradas, cada uma

Leia mais

MATEMÁTICA MÓDULO 12 COORDENADAS NO PLANO E DISTÂNCIA ENTRE PONTOS INTRODUÇÃO 1. O PONTO NO PLANO 1.1. COORDENADAS CARTESIANAS

MATEMÁTICA MÓDULO 12 COORDENADAS NO PLANO E DISTÂNCIA ENTRE PONTOS INTRODUÇÃO 1. O PONTO NO PLANO 1.1. COORDENADAS CARTESIANAS PROF. HAROLDO FILHO COORDENADAS NO PLANO E DISTÂNCIA ENTRE PONTOS INTRODUÇÃO Algumas as utiliaes são: atribuir um significao geométrico a fatos e natureza numérica, como o comportamento e uma função real

Leia mais

MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS PROGRESSÕES

MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS PROGRESSÕES PROGRESSÕES A cada 76 anos o cometa Halley pode ser visto da Terra. Ele passou por aqui, pela última vez em 986 e deverá reaparecer no ano de 06. Depois em 38,, 90... e assim sucessivamente. Os números

Leia mais

Álgebra. Progressão geométrica (P.G.)

Álgebra. Progressão geométrica (P.G.) Progressão geométrica (P.G.). Calcule o valor de sabendo que: a) + 6 e 0-6 formam nessa ordem uma P.G.. b) + e + 6 formam nessa ordem uma P.G. crescente.. Calcule o seto termo de uma progressão geométrica

Leia mais

Força Elétrica. Sabendo que o valor de m 1 é de 30 g e que a aceleraçăo da gravidade local é de 10 m/s 2, determine a massa m 2

Força Elétrica. Sabendo que o valor de m 1 é de 30 g e que a aceleraçăo da gravidade local é de 10 m/s 2, determine a massa m 2 Força Elétrica 1. (Ueg 01) Duas partículas e massas m 1 e m estăo presas a uma haste retilínea que, por sua vez, está presa, a partir e seu ponto méio, a um fio inextensível, formano uma balança em equilíbrio.

Leia mais

... Onde usar os conhecimentos os sobre s?...

... Onde usar os conhecimentos os sobre s?... Manual de IV Matemática SEQÜÊNCIA OU SUCESSÃO Por que aprender Progr ogressõe ssões? s?... O estudo das Progressões é uma ferramenta que nos ajuda a entender fenômenos e fatos do cotidiano, desde situações

Leia mais

= Resposta: 3,6 m/s 2. 4 No instante t 0. Resolução: + α t v = 20 2t (SI) b) 0 = 20 2t t = 10 s. Resposta: a) v = 20 2t (SI); b) 10 s

= Resposta: 3,6 m/s 2. 4 No instante t 0. Resolução: + α t v = 20 2t (SI) b) 0 = 20 2t t = 10 s. Resposta: a) v = 20 2t (SI); b) 10 s UFRJ Equipe UFRJ Olimpíaa Brasileira e Física Lista Aula 3C Física Jorão 1 É aa a seguinte função horária a velociae escalar e uma partícula em movimento uniformemente variao: v = 15 + t (SI) Determine:

Leia mais

QUESTÕES COMENTADAS DE MECÂNICA

QUESTÕES COMENTADAS DE MECÂNICA QUESTÕES COMENTDS DE MECÂNIC Prof. Inácio Benvegnú Morsch CEMCOM Depto. Eng. Civil UFGS ) Calcule as reações em para a viga isostática representaa na figura () kn/m,5 m Solução: Este cálculo fica simplificao

Leia mais

Mat.Semana. PC Sampaio Alex Amaral Rafael Jesus. (Fernanda Aranzate)

Mat.Semana. PC Sampaio Alex Amaral Rafael Jesus. (Fernanda Aranzate) 11 PC Sampaio Alex Amaral Rafael Jesus Semana (Fernanda Aranzate) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos

Leia mais

Mat.Semana. PC Sampaio Alex Amaral Gabriel Ritter Rafael Jesus. (Roberta Teixeira) (Gabriella Teles)

Mat.Semana. PC Sampaio Alex Amaral Gabriel Ritter Rafael Jesus. (Roberta Teixeira) (Gabriella Teles) 12 PC Sampaio Alex Amaral Gabriel Ritter Rafael Jesus Semana (Roberta Teixeira) (Gabriella Teles) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e

Leia mais

Matemática E Intensivo V. 1

Matemática E Intensivo V. 1 GABARITO Matemática E Intensivo V. Exercícios 0) 5 0) 5 Seja o termo geral = 3n, então: Par =, temos: a = 3. = 3 = Par =, temos: a = 3. = 6 = 5 Par = 3, temos: a 3 = 3. 3 = 9 = 8 Então a + a + a 3 = +

Leia mais

Aluno: Turma: 2º CN Ano: 2014 Data : Matéria: Turno:Noite Valor :30pontos Nota:

Aluno: Turma: 2º CN Ano: 2014 Data : Matéria: Turno:Noite Valor :30pontos Nota: ESCOLA ESTADUAL DR JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA TRABALHO ESTUDOS INDEPENDENTES DE RECUPERAÇÃO JANEIRO/2015 RESOLUÇÃO SEE Nº 2.197, DE 26 DE OUTUBRO DE 2012 Aluno: Turma: 2º CN Ano: 2014 Data : Matéria: Turno:Noite

Leia mais

INSTITUTO GEREMÁRIO DANTAS COMPONENTE CURRICULAR: MATEMÁTICA I EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO FINAL 2016

INSTITUTO GEREMÁRIO DANTAS COMPONENTE CURRICULAR: MATEMÁTICA I EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO FINAL 2016 INSTITUTO GEREMÁRIO DANTAS Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Fone: (21) 21087900 Rio de Janeiro RJ www.igd.com.br Aluno(a): 3º Ano:C31 Nº Professora: Maria das Graças COMPONENTE CURRICULAR:

Leia mais

Exercícios Extras-Relações Métricas no Triângulo Retângulo-Lei dos Cossenos e Senos- 1 s anos-2015

Exercícios Extras-Relações Métricas no Triângulo Retângulo-Lei dos Cossenos e Senos- 1 s anos-2015 Exercícios Extras-Relações Métricas no Triângulo Retângulo-Lei dos Cossenos e Senos- 1 s anos-015 1. (Ufsj 013) Um triângulo isósceles inscrito em um círculo de raio igual a 8 cm possui um lado que mede

Leia mais

FÍSICA IV Problemas Complementares 2 O modelo ondulatório da luz: interferência e

FÍSICA IV Problemas Complementares 2 O modelo ondulatório da luz: interferência e FÍSICA IV Problemas Complementares 2 O moelo onulatório a luz: interferência e ifração 21 e Setembro e 2009 Problema 1 Quano uma componente monocromática a luz troca e meio, a sua freqüência permanece

Leia mais

Progressão Aritmética

Progressão Aritmética CEFET - Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca Definição Uma (P.A.) é uma sequência de números (a 1, a 2,..., a n,...) (n N) na qual a diferença entre cada termo a n+1 e o seu antecessor

Leia mais

Whats: PROGRESSÃO ARITMÉTICA

Whats: PROGRESSÃO ARITMÉTICA Questões Vídeos 1. Considere o gráfico: Enquanto no mundo o número de turistas cresce, no Brasil ele diminui. Essa é uma das conclusões do relatório da Organização Mundial de Turismo, divulgado recentemente.

Leia mais

EXERCÍCIOS DE REVISÃO ENSINO MÉDIO 4º. BIMESTRE

EXERCÍCIOS DE REVISÃO ENSINO MÉDIO 4º. BIMESTRE EXERCÍCIOS DE REVISÃO ENSINO MÉDIO 4º. BIMESTRE 1ª. SÉRIE Exercícios de PA e PG 1. Determinar o 61º termo da PA ( 9,13,17,21,...) Resp. 249 2. Determinar a razão da PA ( a 1,a 2, a 3,...) em que o primeiro

Leia mais

Matemática. Progressão Aritmética. Eduardo. Matemática Progressões

Matemática. Progressão Aritmética. Eduardo. Matemática Progressões Matemática Progressão Aritmética Eduardo Progressão Aritmética P.A. CRESCENTE r > 0 Ex: (-4, -2, 0,...) P.A. DECRESCENTE r < 0 Ex: (10, 8, 6,...) P.A. CONSTANTE r = 0 Ex: (8, 8, 8,...) Progressão Aritmética

Leia mais

MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS

MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS Lista de Exercícios de Matemática / º ano Professor(: Leonardo Data: / JANEIRO / 06. De sonhos e Aluno(: Questão 0) Um casal tem três filhos cujas idades estão em progressão

Leia mais

DERIVADAS., é igual ao valor da tangente trigonométrica do ângulo formado pela tangente geométrica à curva representativa de y = f (x)

DERIVADAS., é igual ao valor da tangente trigonométrica do ângulo formado pela tangente geométrica à curva representativa de y = f (x) Proessor Mauricio Lutz DERIVADAS A erivaa e uma unção y () num, é igual ao valor a tangente trigonométrica o ângulo ormao pela tangente geométrica à curva representativa e y (), no ponto, ou seja, a erivaa

Leia mais

Professor Mauricio Lutz DERIVADAS

Professor Mauricio Lutz DERIVADAS DERIVADAS Eplorano a iéia e erivaa Vamos iniciar a eploração intuitiva a iéia e erivaa por meio a ieia e variação e uma unção: Observemos que, quano a variável inepenente passa por e vai até, o conjunto

Leia mais

AULA 12 Aplicação da Derivada (página 220)

AULA 12 Aplicação da Derivada (página 220) Belém, e maio e 0 Caro aluno, Nesta aula ocê encontra problemas resolios e Taxas Relacionaas. Resola os exercícios as páginas e a. Leia o enunciao com muita atenção. Cuiao com as uniaes. Faça um esquema

Leia mais

Respostas Caderno de Exercícios 1

Respostas Caderno de Exercícios 1 Respostas Caerno e Exercícios 1 Uniae 1 Cinemática capítulo 1 Movimento é muança e posição 18. C 19. D 20. E 21. A 22. E 23. A 24. E 2 26. B 27. C 28. C 1. E Se o passageiro permanece sentao em seu lugar

Leia mais

EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES DE MATEMÁTICA 1ª Série do E. M. 4º Bimestre

EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES DE MATEMÁTICA 1ª Série do E. M. 4º Bimestre EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES DE MATEMÁTICA 1ª Série do E. M. 4º Bimestre 01. Interpolando-se sete termos aritméticos entre os números 10 e 98, obtém-se uma progressão aritmética cujo termo central é: a) 45.

Leia mais

Veja exemplos de sequências finitas e infinitas: Sequência finita: (5, 7, 9, 11, 13, 15, 17, 19) Sequência infinita (3, 5, 7, 11, 13, 17,...

Veja exemplos de sequências finitas e infinitas: Sequência finita: (5, 7, 9, 11, 13, 15, 17, 19) Sequência infinita (3, 5, 7, 11, 13, 17,... SEQUÊNCIAS NUMÉRICAS Sequência numérica é uma sequência ou sucessão que tem como contradomínio (conjunto de chegada) o conjunto dos números reais. As sequências numéricas podem ser finitas, quando é possível

Leia mais

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Conteúdo: Recuperação do 4 Bimestre Matemática Prof. Leandro Capítulo 12: Função Logarítmica: Escala Richter, definição de logaritmo, propriedades operatórias dos

Leia mais

7 ano E.F. Professores Tiago Miranda e Cleber Assis

7 ano E.F. Professores Tiago Miranda e Cleber Assis Móulo e Razões e Proporções A Noção e Razão e Exercícios 7 ano E.F. Professores Tiago Mirana e Cleber Assis Razões e Proporções A Noção e Razão e Exercícios 2 Exercícios e Fixação Exercícios Introutórios

Leia mais

Lista de Exercícios de Cálculo 3 Segunda Semana - 01/2016

Lista de Exercícios de Cálculo 3 Segunda Semana - 01/2016 Lista e Exercícios e Cálculo 3 Seguna Semana - 01/2016 Parte A 1. Se l tem equações paramétricas x = 5 3t, y = 2 + t, z = 1 + 9t, ache as equações paramétricas a reta que passa por P ( 6, 4, 3) e é paralela

Leia mais

CADERNO DE QUESTÕES (2) 2 ANO 40 questões

CADERNO DE QUESTÕES (2) 2 ANO 40 questões DATA: 04 / 04 / 016 PARTE 1: CAMPO EÉTRICO CADERNO DE UESTÕES () ANO 40 questões FÍSICA Professor: XERXES 01) (FAC. SANTA MARCEINA/14) Duas cargas puntiformes negativas, A e B, estão fixaas a certa istância

Leia mais

TÓPICOS DE REVISÃO MATEMÁTICA I SEQUÊNCIAS E PROGRESSÕES. Prof. Rogério Rodrigues

TÓPICOS DE REVISÃO MATEMÁTICA I SEQUÊNCIAS E PROGRESSÕES. Prof. Rogério Rodrigues 0 TÓPICOS DE REVISÃO MATEMÁTICA I SEQUÊNCIAS E PROGRESSÕES Prof. Rogério Rodrigues 1 1) SEQUÊNCIA NUMÉRICA: 1.1) Definição: È toda relação que associa cada um dos números naturais n (n 0) a um número real

Leia mais

MATEMÁTICA SEGUNDO ANO

MATEMÁTICA SEGUNDO ANO O único lugar onde o sucesso vem antes do trabalho é no dicionário Albert Einstein MATEMÁTICA SEGUNDO ANO NOME COMPLETO: TURMA: TURNO: ANO: PROFESSORA: Progressão Aritmética Conceito; Termo Geral; Soma

Leia mais

PROGRESSÕES. 2) (UFRGS) Considere os triângulos I, II e III caracterizados abaixo através de seus lados.

PROGRESSÕES. 2) (UFRGS) Considere os triângulos I, II e III caracterizados abaixo através de seus lados. PROGRESSÕES 1) (UFPI) Numa PA, a 5 = 10 e a 15 = 40; então a é igual a (a) 3 (b) (c) 1 (d) 0 (e) -1 ) (UFRGS) Considere os triângulos I, II e III caracterizados abaixo através de seus lados. - triângulo

Leia mais

Ao final de 10 anos, o número de exames por imagem aumentou de 40 milhões por ano para 94 milhões por ano. Isso

Ao final de 10 anos, o número de exames por imagem aumentou de 40 milhões por ano para 94 milhões por ano. Isso Resposta da questão 1: [C] a1 = 6 an = 4 n = número de dias r = 4 = 6 + (n 1) 18 = n 1 n = 19 (6 + 4) 19 48 19 S = = S = 456km Resposta da questão : [C] Tem-se que os elementos de uma mesma coluna estão

Leia mais

Aula 1- Distâncias Astronômicas

Aula 1- Distâncias Astronômicas Aula - Distâncias Astronômicas Área 2, Aula Alexei Machao Müller, Maria e Fátima Oliveira Saraiva & Kepler e Souza Oliveira Filho Ilustração e uma meição e istância a Terra (à ireita) à Lua (à esquera),

Leia mais

a prova de Matemática da FUVEST 2ª fase

a prova de Matemática da FUVEST 2ª fase a prova e Matemática a FUVEST ª fase - 00 Matemática QUESTÃO 0 QUESTÃO 0 A iferença entre ois números inteiros positivos é 0. Ao multiplicar um pelo outro, um estuante cometeu um engano, teno iminuío em

Leia mais

Progressão aritmética e progressão geométrica

Progressão aritmética e progressão geométrica Progressão aritmética e progressão geométrica Qualquer conjunto cujos elementos obedecem a uma ordem é uma sequência. No cotidiano, encontramos várias sequências: a lista de chamada de uma turma, as palavras

Leia mais

MATEMÁTICA PROGRESSÕES ARITMÉTICAS (P.A.) PROFº. ADRIANO PAULO. 02. Calcule o 17º termo da P.A. cujo primeiro termo é 3 e cuja razão é 5.

MATEMÁTICA PROGRESSÕES ARITMÉTICAS (P.A.) PROFº. ADRIANO PAULO. 02. Calcule o 17º termo da P.A. cujo primeiro termo é 3 e cuja razão é 5. MATEMÁTICA PROGRESSÕES ARITMÉTICAS (P.A.) PROFº. ADRIANO PAULO Determine x de modo que (x, 2x + 1, 5x + 7) seja uma P.A. 01. Determine a de modo que (a 2, (a + 1) 2, (a + 5) 2 ) seja uma P.A. 02. Calcule

Leia mais

ACADEMIA DA FORÇA AÉREA PROVA DE MATEMÁTICA 1998

ACADEMIA DA FORÇA AÉREA PROVA DE MATEMÁTICA 1998 PROVA DE MATEMÁTICA 998 Se a seqüência de inteiros positivos (,, y) é uma Progressão Geométrica e (+, y, ) uma Progressão Aritmética, então, o valor de + y é a) b) c) d) A soma das raízes da equação log

Leia mais

Como a PA é decrescente, a razão é negativa. Então a PA é dada por

Como a PA é decrescente, a razão é negativa. Então a PA é dada por Detalhamento das Soluções dos Exercícios de Revisão do mestre 1) A PA será dada por Temos Então a PA será dada por:, e como o produto é 440: Como a PA é decrescente, a razão é negativa. Então a PA é dada

Leia mais

Universidade Federal do Paraná Setor de Ciências Exatas Departamento de Física. Referências bibliográficas: H S T.

Universidade Federal do Paraná Setor de Ciências Exatas Departamento de Física. Referências bibliográficas: H S T. Universiae eeral o Paraná Setor e Ciências Eatas Departamento e ísica ísica III Prof. Dr. Ricaro Luiz Viana Referências bibliográficas: H. -4 S. -5 T. 18- Aula Lei e Coulomb Charles Augustin e Coulomb

Leia mais

EXERCÍCIOS DE REVISÃO ENSINO MÉDIO 4º. BIMESTRE

EXERCÍCIOS DE REVISÃO ENSINO MÉDIO 4º. BIMESTRE EXERCÍCIOS DE REVISÃO ENSINO MÉDIO 4º. BIMESTRE 1ª. SÉRIE Exercícios de PA e PG 1. Determinar o 61º termo da PA ( 9,13,17,21,...) Resp. 249 2. Determinar a razão da PA ( a 1,a 2, a 3,...) em que o primeiro

Leia mais

SOLENÓIDE E INDUTÂNCIA

SOLENÓIDE E INDUTÂNCIA 81 1 SOLENÓDE E NDUTÂNCA 1.1 - O SOLENÓDE Campos magnéticos prouzios por simples conutores, ou por uma única espira são, para efeitos práticos, bastante fracos. Uma forma e se prouzir campos magnéticos

Leia mais

Nome: nº 1º Ano Ensino Médio Professor Fernando. Lista de Recuperação de Geometria. Trigonometria

Nome: nº 1º Ano Ensino Médio Professor Fernando. Lista de Recuperação de Geometria. Trigonometria Nome: nº 1º no Ensino Médio Professor Fernando Lista de Recuperação de Geometria Trigonometria 1 ) Determine as medidas dos catetos do triângulo retângulo abaio. Use : Sen 37º = 0,60 os 37º = 0,80 tg 37º

Leia mais

Trabalho de uma carga elétrica 2017

Trabalho de uma carga elétrica 2017 Trabalho e uma carga elétrica 017 1. (Uem 016) Uma molécula é formaa por ois íons, um positivo e outro negativo, separaos 10 por uma istância e 3,00 10 m. Os móulos a carga elétrica o íon positivo e o

Leia mais

Componente Curricular: Professor(a): Turno: Data: Matemática PAULO CEZAR Matutino Aluno(a): Nº do A- Série: Turma: Lista de Exercícios

Componente Curricular: Professor(a): Turno: Data: Matemática PAULO CEZAR Matutino Aluno(a): Nº do A- Série: Turma: Lista de Exercícios Valor 1,0 Componente Curricular: Professor(a): Turno: Data: Matemática PAULO CEZAR Matutino Aluno(a): Nº do A- Série: Turma: luno: 1º Ano Sucesso! Pontuação EXTRA Esta lista é facultativa ao aluno. Lista

Leia mais

a 1 a 2 = a 7 = a 31 = a 44 = a 51 = Podemos escrever qualquer termo de uma PA se soubermos o 1º termo e a razão desta PA. n ln.

a 1 a 2 = a 7 = a 31 = a 44 = a 51 = Podemos escrever qualquer termo de uma PA se soubermos o 1º termo e a razão desta PA. n ln. 1.6. Progressão Aritmética (PA). Observe as sequências abaixo: (a n) = (1, 4, 7, 10, 13,...) (b n) = ( -7, -5, -3, -1, 1, 3,...) (c n) = (2016, 2012, 2008, 2004,...) Elas possuem um padrão semelhante.

Leia mais

Mat.Semana. PC Sampaio Alex Amaral Rafael Jesus Gabriel Ritter. (Roberta Teixeira) (Gabriella Teles) Este conteúdo pertence ao Descomplica.

Mat.Semana. PC Sampaio Alex Amaral Rafael Jesus Gabriel Ritter. (Roberta Teixeira) (Gabriella Teles) Este conteúdo pertence ao Descomplica. 13 PC Sampaio Alex Amaral Rafael Jesus Gabriel Ritter Semana (Roberta Teixeira) (Gabriella Teles) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia CRONOGRAMA 04/05 Progressão Aritmética Exercícios

Leia mais

PROGRESSÕES - INTENSIVO

PROGRESSÕES - INTENSIVO PROGRESSÕES - INTENSIVO Progressão Aritmética Definição Sequência numérica em que cada termo, a partir do segundo, é igual ao anterior somado com uma constante chamada razão da progressão aritmética. Exemplo

Leia mais

Cursinho UECEVest TD Matemática Prof. Matheus Sousa Nome: Data: / / 20. ABCD, em centímetros quadrados, é

Cursinho UECEVest TD Matemática Prof. Matheus Sousa Nome: Data: / / 20. ABCD, em centímetros quadrados, é Cursinho UECEVest TD Matemática Prof. Matheus Sousa Nome: Data: / / 20. Considere o setor circular de raio 6 e ângulo central 60 da figura abaixo. a) 36 3 b) 36 2 c) 8 3 d) 8 2 3. A figura abaixo é a reprodução

Leia mais

MATEMÁTICA SARGENTO DA FAB

MATEMÁTICA SARGENTO DA FAB MATEMÁTICA BRUNA PAULA 1 COLETÂNEA DE QUESTÕES DE MATEMÁTICA DA EEAr (QUESTÕES RESOLVIDAS) QUESTÃO 1 (EEAr 2013) Se x é um arco do 1º quadrante, com sen x a e cosx b, então é RESPOSTA: d QUESTÃO 2 (EEAr

Leia mais

Numa PA, qualquer termo, a partir do segundo, é a média aritmética do seu antecessor e do seu sucessor.

Numa PA, qualquer termo, a partir do segundo, é a média aritmética do seu antecessor e do seu sucessor. EEAR/AFA/EFOMM 0-0-015 FELIPE MATEMÁTICA Progressão aritmética ( PA ) Definição Consideremos a seqüência (, 4, 6, 8, 10, 1, 14, 16). Observamos que, a partir do segundo termo, a diferença entre qualquer

Leia mais

Força Elétrica. 6,0 C, conforme descreve a figura (Obs.: Q 4 é negativo)

Força Elétrica. 6,0 C, conforme descreve a figura (Obs.: Q 4 é negativo) Força Elétrica 1. (Ueg 01) Duas partículas e massas m 1 e m estăo presas a uma haste retilínea que, por sua vez, está presa, a partir e seu ponto méio, a um fio inextensível, formano uma balança em equilíbrio.

Leia mais

Regras do Produto e do Quociente. Regras do Produto e do Quociente

Regras do Produto e do Quociente. Regras do Produto e do Quociente UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SINOP FACULDADE DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS CURSO DE ENGENHARIA CIVIL DISCIPLINA: CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL I Regras o Prouto e

Leia mais

O trabalho realizado pela força elétrica corresponde a energia recebida pelo elétron. 15 4

O trabalho realizado pela força elétrica corresponde a energia recebida pelo elétron. 15 4 Aprimorano os Conhecimentos e Eletriciae ista 4 Potencial Elétrico Energia Potencial Elétrica Euilíbrio Elétrico os Conutores Prof.: Célio Normano. (.C.SA-BA) Num tubo e TV, os elétrons são aceleraos em

Leia mais

Projeto de Recuperação Final - 1ª Série (EM)

Projeto de Recuperação Final - 1ª Série (EM) Projeto de Recuperação Final - 1ª Série (EM) Matemática 1 MATÉRIA A SER ESTUDADA Nome do Fascículo Aula Ex de aula Ex da tarefa Funções Inequação do 1º grau, pág 59 2 4,5,6 Funções Inequação do 1º grau,

Leia mais

CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA Progressões Aritméticas & Geométricas. Prof. Valdex Santos

CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA Progressões Aritméticas & Geométricas. Prof. Valdex Santos Aluno: Prof. Valdex Santos I unidade Turma: 1. Identifique as sequências que representam progressões geométricas: a) (3,12,48,192,...) b) ( 3,6, 12,24, 48,...) c) (5,15,75,375,...) d) ( 1/3, 1/6, 1/12,...)

Leia mais

CURSO APOIO FÍSICA RESOLUÇÃO 20 /

CURSO APOIO FÍSICA RESOLUÇÃO 20 / FÍSICA CURSO APOIO 0. Um veículo trafega por uma avenia retilínea e o gráfico mostra a variação o móulo e sua velociae, em função o tempo, em três trechos. Os intervalos e tempo ecorrios em caa um os trechos

Leia mais

2º Trimestre ÁLGEBRA. Aula 7 _ Progressão Aritmética Professor Luciano Nóbrega. Maria Auxiliadora

2º Trimestre ÁLGEBRA. Aula 7 _ Progressão Aritmética Professor Luciano Nóbrega. Maria Auxiliadora 2º Trimestre 1 ÁLGEBRA Aula 7 _ Progressão Aritmética Professor Luciano Nóbrega Maria Auxiliadora SEQUÊNCIA NUMÉRICA 2 SEQUÊNCIA NUMÉRICA Denominamos por Sequência Numérica uma função f, cujo domínio é

Leia mais

Seqüências Numéricas

Seqüências Numéricas Seqüências Numéricas É uma seqüência composta por números que estão dispostos em uma determinada ordem pré-estabelecida. Alguns exemplos de seqüências numéricas: (,, 6, 8, 0,,... ) (0,,, 3,, 5,...) (,,

Leia mais

10 DIMENSIONAMENTO DE SECÇÕES RETANGULARES COM ARMADURA DUPLA

10 DIMENSIONAMENTO DE SECÇÕES RETANGULARES COM ARMADURA DUPLA 10 DIMENSIONAMENTO DE SECÇÕES RETANGULARES COM ARMADURA DUPLA 10.1 INTRODUÇÃO A armaura posicionaa na região comprimia e uma viga poe ser imensionaa a fim e se reuzir a altura e uma viga, caso seja necessário.

Leia mais

TIPO DE PROVA: A. Questão 1. Questão 2. Questão 3. Questão 4. alternativa A. alternativa B. alternativa D

TIPO DE PROVA: A. Questão 1. Questão 2. Questão 3. Questão 4. alternativa A. alternativa B. alternativa D TIPO DE PROVA: A Questão Se o dobro de um número inteiro é igual ao seu triplo menos 4, então a raiz quadrada desse número a) b) c) d) 4 e) 5 Sendo o número inteiro em questão, temos: 4 4 Logo a raiz quadrada

Leia mais

Nome: Data: / / 3) (Unicamp 2010) Dois sites de relacionamento desejam aumentar o número de integrantes usando estratégias agressivas de propaganda.

Nome: Data: / / 3) (Unicamp 2010) Dois sites de relacionamento desejam aumentar o número de integrantes usando estratégias agressivas de propaganda. Nome: Data: / / Disciplina: Matemática 1 Série: 1 EM 1) (Unesp 2011) Após o nascimento do filho, o pai comprometeu-se a depositar mensalmente, em uma caderneta de poupança, os valores de R$ 1,00, R$ 2,00,

Leia mais

PA Nível Básico

PA Nível Básico PA 207 Nível Básico. (Upf 207) Seja a n uma sequência de números reais cujo termo geral é an n, n. Qual das afirmações seguintes é verdadeira? a) a n é uma progressão aritmética de razão. b) a n é uma

Leia mais

SOLENÓIDE E INDUTÂNCIA

SOLENÓIDE E INDUTÂNCIA EETROMAGNETSMO 105 1 SOENÓDE E NDUTÂNCA 1.1 - O SOENÓDE Campos magnéticos prouzios por simples conutores ou por uma única espira são bastante fracos para efeitos práticos. Assim, uma forma e se conseguir

Leia mais

PLANTÕES DE JULHO MATEMÁTICA

PLANTÕES DE JULHO MATEMÁTICA Página 1 Matemática 1 Funções do 1º e 2º grau PLANTÕES DE JULHO MATEMÁTICA Nome: Nº: Série: 1º ANO Turma: Profª CAROL MARTINS Data: JULHO 2016 1) (UFPE) No gráfico a seguir, temos o nível da água armazenada

Leia mais

Exercícios de Revisão Aulas 14 a 20

Exercícios de Revisão Aulas 14 a 20 Exercícios e Revisão Aulas 14 a 20 1. Uma lata e tinta, com a forma e um paralelepípeo retangular reto, tem as imensões, em centímetros, mostraas na figura. Será prouzia uma nova lata, com os mesmos formato

Leia mais

MATEMÁTICA - 3 o ANO MÓDULO 02 PROGRESSÃO GEOMÉTRICA (PG)

MATEMÁTICA - 3 o ANO MÓDULO 02 PROGRESSÃO GEOMÉTRICA (PG) MATEMÁTICA - 3 o ANO MÓDULO 02 PROGRESSÃO GEOMÉTRICA (PG) Como pode cair no enem Almeida, dono de um depósito de bebidas, vende ao primeiro freguês a metade das garrafas de cerveja do seu estoque; ao segundo,

Leia mais

APLICAÇÕES DA TRIGONOMETRIA ESFÉRICA NA CARTOGRAFIA E NA ASTRONOMIA

APLICAÇÕES DA TRIGONOMETRIA ESFÉRICA NA CARTOGRAFIA E NA ASTRONOMIA APLICAÇÕES DA TRIGONOMETRIA ESFÉRICA NA CARTOGRAFIA E NA ASTRONOMIA Aplica-se a trigonometria esférica na resolução e muitos problemas e cartografia, principalmente naqueles em que a forma a Terra é consieraa

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO COLÉGIO MILITAR DO RECIFE PROVA DE MATEMÁTICA 1ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO COLÉGIO MILITAR DO RECIFE PROVA DE MATEMÁTICA 1ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO MINISTÉRIO D DEFES EXÉRCITO BRSILEIRO DEP DEP COLÉGIO MILITR DO RECIFE ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO 3 DE OUTUBRO DE 00 COLÉGIO MILITR DO RECIFE 0/05 ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO Página / ITEM 0 Um pai tem hoje 5

Leia mais

que Q = 10-6 C e d = 0,3m. O meio é o vácuo. É 9.10 9 2

que Q = 10-6 C e d = 0,3m. O meio é o vácuo. É 9.10 9 2 FÍSI - ELETRIIDDE - TRLH E PTENIL S RESPSTS ESTÃ N FINL DS EXERÍIS. 1. Uma carga elétrica puntiforme = 1µ é transportaa e um ponto até um ponto e um nos casos a e b inicaos. mita, em caa caso, 6. Determine

Leia mais

1ª série do Ensino Médio Turma 1º Bimestre de 2017 Data / / Escola Aluno

1ª série do Ensino Médio Turma 1º Bimestre de 2017 Data / / Escola Aluno AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO Matemática 1ª série do Ensino Médio Turma 1º Bimestre de 2017 Data / / Escola Aluno EM 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 Avaliação da Aprendizagem em Processo

Leia mais

5 Medição de distâncias e áreas na planta topográfica

5 Medição de distâncias e áreas na planta topográfica António Pestana Elementos e Topografia v1.0 Junho e 006 5 Meição e istâncias e áreas na planta topográfica 5.1 Meição e istâncias na planta topográfica Como as plantas topográficas são projecções horizontais,

Leia mais

Raciocínio Lógico. Sabendo que o triângulo ABC é congruente ao triângulo DCE, então o valor da soma de e é superior a 20º.

Raciocínio Lógico. Sabendo que o triângulo ABC é congruente ao triângulo DCE, então o valor da soma de e é superior a 20º. Raciocínio Lógico 01- O campus de uma Universidade está sendo ampliado e passará a ter 18 prédios de ensino. Se a quantidade atual de prédios de ensino da Universidade supera em 4 unidades a quantidade

Leia mais

Modulo 5 Lei de Stevin

Modulo 5 Lei de Stevin Moulo 5 Lei e Stevin Simon Stevin foi um físico e matemático belga que concentrou suas pesquisas nos campos a estática e a hirostática, no final o século 16, e esenvolveu estuos também no campo a geometria

Leia mais

Força elétrica e campo elétrico Prof. Caio

Força elétrica e campo elétrico Prof. Caio 1. (Fuvest) Os centros e quatro esferas iênticas, I, II, III e IV, com istribuições uniformes e carga, formam um quarao. Um feixe e elétrons penetra na região elimitaa por esse quarao, pelo ponto equiistante

Leia mais

MATEMÁTICA - 2 o ANO MÓDULO 15 PROGRESSÃO GEOMÉTRICA

MATEMÁTICA - 2 o ANO MÓDULO 15 PROGRESSÃO GEOMÉTRICA MATEMÁTICA - 2 o ANO MÓDULO 15 PROGRESSÃO GEOMÉTRICA Como pode cair no enem (UFMG) A população de uma colônia da bactéria E. coli dobra a cada 20 minutos. Em um experimento, colocou-se, inicialmente, em

Leia mais

3º Ano do Ensino Médio. Aula nº 03

3º Ano do Ensino Médio. Aula nº 03 Nome: Ano: 3º Ano do E.M. Escola: Data: / / 1. Introdução 3º Ano do Ensino Médio Aula nº 03 Assunto: Progressões Aritméticas e Geométricas Definição: Na Matemática, uma sequência numérica é uma composição

Leia mais

EXERCÍCIOS DE REVISÃO ENSINO MÉDIO 4º. BIMESTRE

EXERCÍCIOS DE REVISÃO ENSINO MÉDIO 4º. BIMESTRE EXERCÍCIOS DE REVISÃO ENSINO MÉDIO 4º. BIMESTRE 1ª. SÉRIE Inequações Modulares 1.- Resolver em IR a) x 1 < 2 b) 1-2x > 3 c) x 2 4x < 0 Exercícios de PA e PG 1. Determinar o 61º termo da PA ( 9,13,17,21,...)

Leia mais

Física A figura mostra um gráfico da velocidade em função do tempo para um veículo

Física A figura mostra um gráfico da velocidade em função do tempo para um veículo Física 1 Valores e algumas granezas físicas Aceleração a graviae: 10 m/s 2 Densiae a água: 1,0 g/cm 3 k = 1/4πε 0 = 9,0 10 9 N.m 2 /c 2 1 atm = 1,0 x 10 5 N/m 2 sen = 0,5 01. A figura mostra um gráfico

Leia mais

Mais derivadas. g(x)f (x) f(x)g (x) g(x) 2 cf(x), com c R cf (x) x r, com r R. rx r 1

Mais derivadas. g(x)f (x) f(x)g (x) g(x) 2 cf(x), com c R cf (x) x r, com r R. rx r 1 Universiae e Brasília Departamento e Matemática Cálculo 1 Mais erivaas Neste teto vamos apresentar mais alguns eemplos importantes e funções eriváveis. Até o momento, temos a seguinte tabela e erivaas:

Leia mais

Respostas Caderno de Exercícios 1

Respostas Caderno de Exercícios 1 Respostas Caerno e Exercícios 1 Uniae 1 Cinemática capítulo 1 Movimento é muança e posição 18. C 19. D 20. E 21. A 22. E 23. A 24. E 26. B 27. C 28. C 1. E Se o passageiro permanece sentao em seu lugar

Leia mais

p a p. mdc(j,k): máximo divisor comum dos números inteiros j e k. n(x) : número de elementos de um conjunto finito X. (a,b) = {x : a < x < b}.

p a p. mdc(j,k): máximo divisor comum dos números inteiros j e k. n(x) : número de elementos de um conjunto finito X. (a,b) = {x : a < x < b}. MATEMÁTICA NOTAÇÕES = {0,,,,...} : conjunto dos números inteiros : conjunto dos números racionais : conjunto dos números reais : conjunto dos números complexos i: unidade imaginária; i = Izl: módulo do

Leia mais

Leis de Newton. 1.1 Sistemas de inércia

Leis de Newton. 1.1 Sistemas de inércia Capítulo Leis e Newton. Sistemas e inércia Supomos a existência e sistemas e referência, os sistemas e inércia, nos quais as leis e Newton são válias. Um sistema e inércia é um sistema em relação ao qual

Leia mais

A Regra da Cadeia. 14 de novembro de u(x) = sen x. v(x) = cos x. w(x) = x 5

A Regra da Cadeia. 14 de novembro de u(x) = sen x. v(x) = cos x. w(x) = x 5 A Regra a Caeia 4 e novembro e 0. As operações algébricas entre funções (soma, prouto, etc) fornecem uma grane iversiae e novas funções para os iferentes casos que vimos até agora. Porém, existe uma outra

Leia mais

TIPO DE PROVA: A. Questão 1. Questão 4. Questão 2. Questão 5. Questão 3. alternativa C. alternativa E. alternativa B.

TIPO DE PROVA: A. Questão 1. Questão 4. Questão 2. Questão 5. Questão 3. alternativa C. alternativa E. alternativa B. Questão TIPO DE PROVA: A Se um número natural n é múltiplo de 9ede, então, certamente, n é: a) múltiplo de 7 b) múltiplo de 0 c) divisível por d) divisível por 90 e) múltiplo de Se n é múltiplo de 9 e

Leia mais

01/06/015 MATEMÁTICA PROFESSOR: CRISTIANO JORGE PROGRESSÃO ARITMÉTICA (PA) 1 01/06/015 Sequência ou sucessão: A palavra seqüência sugere a ideia de termos sucessivos e pode ser finita ou infinita. Toda

Leia mais

Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE

Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE 2 3 4 11) Assinale a alternativa correta em relação à sequência: ( 2, 2, 2, 2,K). A A mesma sequência pode ser representada por ( 2, 4, 8, 16, K) B É uma progressão geométrica de razão igual a -2. C É

Leia mais

MATEMÁTICA 1º BIM MÉDIO INT. EM AGRONEGÓCIO 2º ANO

MATEMÁTICA 1º BIM MÉDIO INT. EM AGRONEGÓCIO 2º ANO Postado em 04 / 03 / 13 SEQUÊNCIAS NUMÉRICAS E PROGRESSÃO ARITMÉTICA Aluno(a): TURMA: 1- SEQUÊNCIAS O estudo das sequencias lógicas despertou o interesse de vários estudiosos/pesquisadores Um deles foi

Leia mais

Módulo de Progressões Geométricas. Soma dos termos da P.G. finita. 1 a série E.M. Professores Tiago Miranda e Cleber Assis

Módulo de Progressões Geométricas. Soma dos termos da P.G. finita. 1 a série E.M. Professores Tiago Miranda e Cleber Assis Módulo de Progressões Geométricas Soma dos termos da P.G. finita a série E.M. Professores Tiago Miranda e Cleber Assis Progressões Geométrica Soma dos termos da P.G. finita Exercícios Introdutórios Exercício.

Leia mais

LIMITES. Para iniciarmos o estudo de limites, analisemos os seguintes exemplos de sucessões numéricas:

LIMITES. Para iniciarmos o estudo de limites, analisemos os seguintes exemplos de sucessões numéricas: LIMITES O esenvolvimento o cálculo foi estimulao por ois problemas geométricos: achar as áreas e regiões planas e as retas tangentes à curva. Esses problemas requerem um processo e limite para sua solução.

Leia mais

Matemática. Questão 1. Questão 2. x+2. x+2 AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO

Matemática. Questão 1. Questão 2. x+2. x+2 AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO Matemática 8ª Série / 9º ano do Ensino Fundamental Turma 2º bimestre de 2015 Data / / Escola Aluno Questão 1 A área do quadrado a seguir é 49 cm 2. O valor de X, em

Leia mais

Canguru Matemático sem Fronteiras 2010

Canguru Matemático sem Fronteiras 2010 Canguru Matemático sem Fronteiras 2010 Duração: 1h30min Destinatários: alunos do 12 Ano de Escolaridade Nome: Turma: Não podes usar calculadora. Há apenas uma resposta correcta em cada questão. As questões

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE. Sequências

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE. Sequências MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA (PIBID) Sequências Autores: Caio Cézar Cavalcante Edvan Pontes de Oliveira COORDENADORES:

Leia mais