Engenharia Reversa e Reengenharia Software 13/05/2015

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Engenharia Reversa e Reengenharia Software 13/05/2015"

Transcrição

1 Engenharia Reversa e Reengenharia Software 13/05/2015

2 Problemas na manutenção de Software Código fonte e documentação mal elaborada. Falta de compreensão do sistema e suas funcionalidades. Muitas vezes a tecnologia se tornou obsoleta. Métodos e Técnicas de construção de software tem seu paradigma modificado para melhorar o processo de engenharia de sofwtare.

3 O que é Reengenharia de Software Consideremos três conceitos dependentes: a existência de um processo de desenvolvimento de software a presença de um sistema a ser analisado e a identificação de níveis de abstração.

4 Figura 1-1 Relacionamentos no Ciclo de Desenvolvimento de Software.

5 Engenharias Construção Projeto Análise Engenharia Reversa Planejamento Análise Projeto Projeto Engenharia Tradicional

6 Engenharia Reversa É o processo inverso à engenharia progressiva, caracterizado pelas atividades retroativas do ciclo de vida, que partem de um baixo nível de abstração para um alto nível de abstração, é conhecido como engenharia reversa.

7 Engenharia Reversa Código Fonte Arquitetura do Sistema Especificação Fisica Especificação Lógica Ferramenta CASE Engenharia Tradicional

8 Engenharia Reversa Entradas Código-Fonte Dicionário de dados DDL Saídas Desenho do banco de dados Estrutura física dos dados Diagrama Entidade- Relacionamento Modelo de dados normalizado Especificação do projeto

9 Visões do Software Software visualizado de diferentes maneiras Visão a nível implementacional: caracteristicas da linguagem; Visão a nível estrutural: detalhes da linguagem Visão a nível funcional: função de um componente Visão a nível domínio: contexto de operação do sistema A representação extraída do código pode diferir de uma representação similar

10 Visões do Software

11 Categorias As categorias são divididas em: Visualização do código Fase de redocumentação Representação a partir do código fonte Intenção de recuperar documentação Visualização do código, não transcende a visão em nível estrutural Entendimento do programa Recuperação do projeto: a partir da combinação entre: Código Documentação existente Experiências pessoais e Conhecimentos gerais sobre o problema e o domínio de aplicação

12 Entendimento do Programa Um completo entendimento de programa busca reconstruir não somente a função do sistema, mas também o processo pelo qual o sistema foi desenvolvido. A categoria de entendimento de programa é a forma mais crítica de engenharia reversa, pois tenta aproximarse do raciocínio humano na busca do entendimento.

13 Entendimento do Programa

14 Reengenharia Outras definições Definições: Chiskofsky (1990) alteração de um sistema de software; Wander (1992) melhoramento do sistema, sem alterações de suas funções; Premerlani e Blaha (1994) reduzir custos de manutenção e melhoria na flexibilidade do software; Pressman (1995) reconstrução do sistema preservando as funções existentes, ao mesmo tempo que se adiciona novas funções;

15 Objetivo Construir um sistema novo com maior facilidade de manutenção e a engenharia reversa é usada como parte do processo re reengenharia, pois fornece o atendimento do sistema a ser reconstruído. Categorias Reengenharia de Processos Administrativos Reengenharia de Processos Produtivos Reengenharia de Sistemas de Software ou Produtos

16 O Porque da Reengenharia Necessidade de melhoria nos serviços e produtos oferecidos; Compressão na margem de lucro; Redução do clico de vida dos produtos; Explosão tecnológica; Desgaste de Software.

17 Software Legado Software antigos, onde nenhuma pessoa que participou da sua elaboração está mais na equipe Falta Documentação Desestruturação e dificuldade de entendimento do código, muitas vezes porque o software foi desenvolvido antes da introdução dos métodos de programação estruturada;

18 Software Legado Programadores que não participaram do desenvolvimento de um produto de software sentem dificuldade em entender e mapear a funcionalidade para o código fonte; Documentação desatualizada, não auxiliando em nada a equipe de manutenção; Dificuldade de predizer as consequências de efeitos colaterais; Dificuldade de administrar múltiplas alterações concorrentes.

19 Emprego da Reengenharia Migrar software de plataformas centralizadas para ambientes distribuído. Mudança de paradigma: A programação orientada a objetos tem muitas vantagens sobre a rogramação procedimental. Os sistemas são flexíveis, adaptáveis e extensíveis. Possui uma coleção rica de mecanismos composicionais para formação de classes, instanciação de objetos, propriedades de herança, polimorfismo e ocultamento de informações. Consome tempo e dinheiro. Pode-se tornar uma atividade que dura meses ou alguns anos.

20 Como Realizar a Reengenharia Constituído de duas fases distintas / Desmontado - visando seu entendimento /Reconstruído - na forma desejada Reengenharia = Engenharia Reversa + D Engenharia Progressiva D pode ser de dois tipos: - Alterações parciais de funcionalidade - Alterações de implementação

21 Processo de Reengenharia Realizar a engenharia reversa e identificar os componentes do sistema Decidir sobre alterações na funcionalidade Reprojetar o sistema progressiva reimplementando o sistema

22 Considerações num processo de reengenharia Executado se existir um argumento aceitável de custo/benefício Implica melhoria através de reprojeto Remover projetos ruins, e manter projetos -; bons e simples Problemas, os quais necessitam ser identificados; Ferramentas adequadas aos processos de. reengenharia e não os processos adequados às ferramentas -

23 Aplicações da Reengenharia de Software documentar os softwares atuais; melhorar a leitura do código ; redesenhar as bases de dados ; alterar a plataforma de hardware ; converter linguagens ; adicionar novas funcionalidades e/ou capacidades; facilitar os processos de manutenção; evoluir os softwares num ambiente CASE. Algumas ferramentas: Desire / Decode / Art / Docket / Macs / Newcomb

Problemas na Manutenção

Problemas na Manutenção ENGENHARIA REVERSA E REENGENHARIA Manutenção de Software Profa. Cynthia Pinheiro Problemas na Manutenção Código fonte mal elaborado e documentação imprecisa, ultrapassada ou inexistente Falta de compreensão

Leia mais

Engenharia Reversa e Reengenharia. Engenharia de Software Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 1º semestre de 2015

Engenharia Reversa e Reengenharia. Engenharia de Software Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 1º semestre de 2015 Engenharia Reversa e Reengenharia Engenharia de Software Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 1º semestre de 2015 Fases Genéricas do Ciclo de Vida Engenharia Sistemas Análise Projeto Codificação Testes Manutenção

Leia mais

INF1013 MODELAGEM DE SOFTWARE

INF1013 MODELAGEM DE SOFTWARE INF1013 MODELAGEM DE SOFTWARE Departamento de Informática PUC-Rio Ivan Mathias Filho ivan@inf.puc-rio.br Programa Capítulo 1 O Paradigma Orientado a Objetos A Linguagem UML Descrição da Arquitetura 1 Programa

Leia mais

REENGENHARIA E ENGENHARIA REVERSA

REENGENHARIA E ENGENHARIA REVERSA REENGENHARIA E ENGENHARIA REVERSA Manutenção de Software Profa. Cynthia Pinheiro Definição: É o exame, análise e/ou reestruturação de um sistema de software para reconstruí-lo em uma nova forma. Objetivos:

Leia mais

Leitura: Cap : Sommerville; cap20: Pressman

Leitura: Cap : Sommerville; cap20: Pressman Leitura: Cap26-27 - 28: Sommerville; cap20: Pressman Auxiliadora Freire Fonte: Engenharia de Software 6º Edição / Ian Sommerville 2000 Slide 1/47 Manutenção de software É modificar um programa depois que

Leia mais

Reengenharia de Software

Reengenharia de Software Reengenharia de Software Fernando F. N. Junior 12 1 Faculdade de Ciências Sociais e Aplicadas Campina Grande PB Brasil ²Instituto Federal da Paraíba Campina Grande PB Brasil fernandojr.ifcg@live.com Abstract.

Leia mais

Manutenção de Software

Manutenção de Software Manutenção de Software Engenharia de Software Rosana Braga (material produzidos por docentes do Labes-ICMC/USP) Manutenção do software O propósito do processo manutenção do sistema e software é modificar

Leia mais

CURSO DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

CURSO DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS CURSO DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS TURMA 2008/1 4º PERÍODO 7º MÓDULO AVALIAÇÃO A2 DATA 09/10/2009 ENGENHARIA DE SOFTWARE 2009/2 GABARITO COMENTADO QUESTÃO 1: A principal diferença

Leia mais

Disciplina: Engenharia de Software. 3 Bimestre Aula 2: EVOLUÇÃO DE SOFTWARE

Disciplina: Engenharia de Software. 3 Bimestre Aula 2: EVOLUÇÃO DE SOFTWARE Disciplina: Engenharia de Software 3 Bimestre Aula 2: EVOLUÇÃO DE SOFTWARE Quando termina o desenvolvimento de um software? A maioria das grandes empresas gasta mais na manutenção de sistemas existentes

Leia mais

Processos de software

Processos de software Processos de software 1 Processos de software Conjunto coerente de atividades para especificação, projeto, implementação e teste de sistemas de software. 2 Objetivos Introduzir modelos de processos de

Leia mais

Panorâmica da Programação Orientada a Objetos

Panorâmica da Programação Orientada a Objetos Panorâmica da Programação Orientada a Objetos Programação orientada a objetos (POO) é uma das maiores inovações na área de desenvolvimento de software. É importante você entender a POO e limitações das

Leia mais

Manutenção e Reengenharia de Software

Manutenção e Reengenharia de Software Engenharia de Software III 5º. Semestre ADS Manutenção e Reengenharia de Software Profa. Dra. Ana Paula Gonçalves Serra Agenda Sistema Legado Evolução de Software Manutenção de Software Modernização Substituição

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Software Design Principles Representando SW em UML OO em C Pattens úteis para embedded Rodrigo M A Almeida Design Principles Design Principles são guias para decompor as funcionalidades e

Leia mais

Modelagem de Dados MODELAGEM DE DADOS. Sistemas de Banco de Dados. Profa. Rosemary Melo

Modelagem de Dados MODELAGEM DE DADOS. Sistemas de Banco de Dados. Profa. Rosemary Melo MODELAGEM DE DADOS Sistemas de Banco de Dados Profa. Rosemary Melo SISTEMAS DE BANCO DE DADOS OBJETIVOS Apresentar os conceitos fundamentais de Sistemas de Banco de Dados. Principais componentes dos SGBDs

Leia mais

Requisitos de sistemas

Requisitos de sistemas Requisitos de sistemas Unidade III - Casos de Uso Identificação de casos de uso Conceitos de orientação a objetos Modelagem do diagrama de classes e casos de uso 1 Casos de uso CONCEITO Especifica o comportamento

Leia mais

Requisitos de Sistemas

Requisitos de Sistemas Requisitos de Sistemas Unidade II - Processos de Negócio Identificação Conceitos Modelagem - BPM - UML Processos x Requisitos 1 Processo de negócio CONCEITO Um processo de negócio, processo organizacional

Leia mais

Unidade II MODELAGEM DE PROCESSOS. Profa. Gislaine Stachissini

Unidade II MODELAGEM DE PROCESSOS. Profa. Gislaine Stachissini Unidade II MODELAGEM DE PROCESSOS Profa. Gislaine Stachissini Modelagem de sistemas A fase do desenvolvimento do sistema exige: esforço; dedicação; envolvimento; um único objetivo. Estilo de desenvolvimento

Leia mais

Notas de Aula 03: Introdução a Orientação a Objetos e a UML

Notas de Aula 03: Introdução a Orientação a Objetos e a UML Notas de Aula 03: Introdução a Orientação a Objetos e a UML Objetivos da aula: Introduzir os conceitos da Orientação à Objetos (O.O) Introduzir os conceitos da UML Relacionar os processos às ferramentas

Leia mais

Rational Unified Process (RUP)

Rational Unified Process (RUP) Rational Unified Process (RUP) A Rational é bem conhecida pelo seu investimento em orientação em objetos. A empresa foi à criadora da Unified Modeling Language (UML), assim como de várias ferramentas que

Leia mais

Requisitos de Software e UML Básico. Janaína Horácio

Requisitos de Software e UML Básico. Janaína Horácio Requisitos de Software e UML Básico Janaína Horácio janaina@les.inf.puc-rio.br Agenda Requisitos O que é? Objetivos? Atividades?... UML O que é? Modelos... Casos de Uso O que é? Componentes 2 Requisitos

Leia mais

1 Introdução. 1.1 Teoria dos Sistemas 23/4/2010

1 Introdução. 1.1 Teoria dos Sistemas 23/4/2010 1 1 Introdução 1.1 Teoria dos Sistemas 1.2 Constituição dos sistemas 1.3 Natureza dos sistemas 1.4 Parâmetros do sistema 1.5 Descrição de sistemas 1.6 Desafios enfrentados no desenvolvimento 1.7 Perfil

Leia mais

Manutenção de Software. Engenharia de Software Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 1º semestre de 2016

Manutenção de Software. Engenharia de Software Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 1º semestre de 2016 Manutenção de Software Engenharia de Software Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 1º semestre de 2016 Processos de Ciclo de Vida de Software Processos Fundamentais Aquisição Processos de Apoio Documentação

Leia mais

MODELAGEM DE SISTEMAS Unidade 1 Conceitos Básicos de Modelagem. Luiz Leão

MODELAGEM DE SISTEMAS Unidade 1 Conceitos Básicos de Modelagem. Luiz Leão Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Conteúdo Programático A Importância da Modelagem Princípios de Modelagem Atividades de Análise e Projeto Análise e Projeto Orientados a Objeto Procura

Leia mais

Frameworks. SSC-526 Análise e Projeto Orientados a Objeto Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 2º semestre de 2013

Frameworks. SSC-526 Análise e Projeto Orientados a Objeto Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 2º semestre de 2013 Frameworks SSC-526 Análise e Projeto Orientados a Objeto Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 2º semestre de 2013 1 Frameworks Definições: Aplicação semi-completa reutilizável que, quando especializada, produz

Leia mais

Capítulo 2. Orientação a Objetos

Capítulo 2. Orientação a Objetos Capítulo 2 Orientação a Objetos Princípios da Orientação a Objetos Os princípios da orientação a objetos afetam todo o processo de desenvolvimento de software: Seres humanos pensam em termos de substantivos

Leia mais

Universidade Regional de Blumenau

Universidade Regional de Blumenau Universidade Regional de Blumenau Curso de Bacharel em Ciências da Computação Protótipo de um Sistema de Informações Estratégicas para Consultórios Médicos utilizando Genexus Protótipo desenvolvido como

Leia mais

Princípios de Análise e Projeto Orientados a Objetos com UML

Princípios de Análise e Projeto Orientados a Objetos com UML Princípios de Análise e Projeto Orientados a Objetos com UML Eduardo Bezerra Editora CAMPUS Copyright 2002, 2003 Eduardo Bezerra 1 Capítulo 1 Visão Geral Um modelo é uma simplificação da realidade que

Leia mais

Prof. Ms. Ronaldo Martins da Costa

Prof. Ms. Ronaldo Martins da Costa Prof. Ms. Ronaldo Martins da Costa Diferentes conjuntos de etapas que envolvem métodos, ferramentas e procedimentos utilizados no desenvolvimento de software CiclodeVidaClássico Prototipação Modelo Espiral

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE SÃO PAULO CAMPUS PRESIDENTE EPITÁCIO MODELO DOS PROCESSOS DE SOFTWARE

INSTITUTO FEDERAL DE SÃO PAULO CAMPUS PRESIDENTE EPITÁCIO MODELO DOS PROCESSOS DE SOFTWARE INSTITUTO FEDERAL DE SÃO PAULO CAMPUS PRESIDENTE EPITÁCIO CURSO ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMA MODELO DOS PROCESSOS DE SOFTWARE ALUNO SAMUEL BRAGA LOPES SUMÁRIO - AGENDA INTRODUÇÃO MODELO CASCATA

Leia mais

Ciência da Computação. Análise e Projeto Orientado a Objetos UML. Anderson Belgamo

Ciência da Computação. Análise e Projeto Orientado a Objetos UML. Anderson Belgamo Ciência da Computação Análise e Projeto Orientado a Objetos UML Anderson Belgamo 1 Evolução do Software O rápido crescimento da capacidade computacional das máquinas resultou na demanda por sistemas de

Leia mais

Manutenção de Software. Engenharia de Software Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 1º semestre de 2015

Manutenção de Software. Engenharia de Software Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 1º semestre de 2015 Manutenção de Software Engenharia de Software Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 1º semestre de 2015 Processos de Ciclo de Vida de Software Processos Fundamentais Aquisição Processos de Apoio Documentação

Leia mais

Ferramentas CASE. CASE fornece ao engenheiro de software a habilidade de automatizar atividades manuais e de aperfeiçoar o conhecimento de engenharia.

Ferramentas CASE. CASE fornece ao engenheiro de software a habilidade de automatizar atividades manuais e de aperfeiçoar o conhecimento de engenharia. Para qualquer artesão seja mecânico, carpinteiro, engenheiro de software uma boa oficina deve ter 3 características: - uma coleção de ferramentas úteis que ajudam em cada passo da construção do produto

Leia mais

2

2 ANÁLISE DE SISTEMAS (processo de desenvolvimento de sistemas) por Antônio Maurício Pitangueira 1 2 Levantamento de requisitos Análise de requisitos Projeto Implementação Testes Implantação Foco da disciplina

Leia mais

S12 - Software e Engenharia de Software

S12 - Software e Engenharia de Software S12 - Software e Engenharia de Software ENGENHARIA DE SOFTWARE PRESSMAN, 2011 Gilberto Wolff UTFPR Introdução Introdução Introdução Introdução Busquem respostas para: 1. Há diferença entre Software e Programa?

Leia mais

Prof. Esp. Fabiano Taguchi

Prof. Esp. Fabiano Taguchi UML Prof. Esp. Fabiano Taguchi http://fabianotaguchi.wordpress.com fabianotaguchi@hotmail.com UML COMPETÊNCIA: Conhecer e desenvolver estudos de caso usando modelagem orientada a objeto. HABILIDADE: Conhecer

Leia mais

Software: na visão da ES

Software: na visão da ES Software: na visão da ES É um produto transformador de informações De acordo com a semiótica: dados são símbolos com uma determinada sintaxe e informação são dados com uma determinada semântica Veículo

Leia mais

INF1404 MODELAGEM DE SISTEMAS

INF1404 MODELAGEM DE SISTEMAS INF1404 MODELAGEM DE SISTEMAS Bacharelado em Sistemas de Informação Ivan Mathias Filho ivan@inf.puc-rio.br Programa Capítulo 1 Princípios de Modelagem O Paradigma Funcional O Paradigma Orientado a Objetos

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN PLANO DE ENSINO Departamento: Disciplina: Pré-Requisitos: I D E N T I F I C A Ç Ã O Sistemas de Informação Engenharia de Software Aplicada (ESA) Engenharia de Software (ES) CH: 72 h/a Curso: Bacharelado em Sistemas de

Leia mais

Mas o que é mesmo Padrão de Projeto?

Mas o que é mesmo Padrão de Projeto? Mas o que é mesmo Padrão de Projeto? Um Padrão de Projeto descreve uma solução comprovada para um problema recorrente e conhecido no desenvolvimento de software orientado a objetos. Mas afinal, porque

Leia mais

Mas o que é mesmo Padrão de Projeto?

Mas o que é mesmo Padrão de Projeto? Mas o que é mesmo Padrão de Projeto? Um Padrão de Projeto descreve uma solução comprovada para um problema recorrente e conhecido no desenvolvimento de software orientado a objetos. Mas afinal, porque

Leia mais

Mas o que é mesmo Padrão de Projeto?

Mas o que é mesmo Padrão de Projeto? Mas o que é mesmo Padrão de Projeto? Um Padrão de Projeto descreve uma solução comprovada para um problema recorrente e conhecido no desenvolvimento de software orientado a objetos. Mas afinal, porque

Leia mais

INTRODUÇÃO A ENGENHARIA DE SOFTWARE

INTRODUÇÃO A ENGENHARIA DE SOFTWARE Universidade Estadual Vale do Acaraú AGENDA INTRODUÇÃO A ENGENHARIA DE SOFTWARE Processos Modelos de Desenvolvimento de Software Engenharia de Requisitos Projeto de Interface com o Usuário Projeto Arquitetural

Leia mais

Engenharia de Software: Uma Visão Geral. SSC Engenharia de Software I Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 2 o semestre de 2012

Engenharia de Software: Uma Visão Geral. SSC Engenharia de Software I Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 2 o semestre de 2012 Engenharia de Software: Uma Visão Geral SSC 121 - Engenharia de Software I Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 2 o semestre de 2012 2 Software e Engenharia de Software A importância do Software Software Aplicações

Leia mais

QUALIDADE DE SOFTWARE. Princípios de Engenharia de Software

QUALIDADE DE SOFTWARE. Princípios de Engenharia de Software QUALIDADE DE SOFTWARE Princípios de Engenharia de Software Afinal o que é Software? Segundo o dicionário de Informática: Suporte lógico, suporte de programação. Conjunto de programas, métodos e procedimentos,

Leia mais

Curso de Sistemas de Informação. Karla Donato Fook DESU / DComp. Modelagem de Dados UML

Curso de Sistemas de Informação. Karla Donato Fook DESU / DComp. Modelagem de Dados UML Curso de Sistemas de Informação Karla Donato Fook karladf@ifma.edu.br DESU / DComp 2017 Modelagem de Dados UML 2 1 Eduardo Bezerra Editora Campus/Elsevier Porcentagem de projetos que terminam dentro do

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Software Marcelle Mussalli Cordeiro {mmussalli@gmail.com} Cordeiro Reflexão O que é software?? Cordeiro 2 O que é Software? Programa Dados de configuração Dados de documentação Tudo que esteja

Leia mais

Paradigmas de Software

Paradigmas de Software Paradigmas de Software Objetivos Introdução aos paradigmas de software. Descrição de modelos genéricos e sua aplicabilidade. Descrição dos processos de requisitos, desenvolvimento, teste e evolução. Modelo

Leia mais

Engenharia de Software II

Engenharia de Software II Engenharia de Software II Aula 12 http://www.ic.uff.br/~bianca/engsoft2/ Aula 12-31/05/2006 1 Ementa Processos de desenvolvimento de software (Caps. 2, 3 e 4 do Pressman) Estratégias e técnicas de teste

Leia mais

MODELAGEM DE SISTEMAS. Introdução a Computação e Engenharia de Software. Profa. Cynthia Pinheiro

MODELAGEM DE SISTEMAS. Introdução a Computação e Engenharia de Software. Profa. Cynthia Pinheiro MODELAGEM DE SISTEMAS Introdução a Computação e Engenharia de Software Profa. Cynthia Pinheiro Introdução Modelagem de Sistemas: A modelagem de um sistema auxilia o analista a entender a funcionalidade

Leia mais

PROJETO DE PROGRAMAS. Projeto de Programas PPR0001

PROJETO DE PROGRAMAS. Projeto de Programas PPR0001 PROJETO DE PROGRAMAS Projeto de Programas PPR0001 Desenvolvimento de Software 2 3 Desenvolvimento de Software Análise de Requisitos Distinguir e dividir o sistema em componentes: Analisar os componentes

Leia mais

Engenharia de Software: Uma Visão Geral. Engenharia de Software Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 1 o semestre de 2017

Engenharia de Software: Uma Visão Geral. Engenharia de Software Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 1 o semestre de 2017 Engenharia de Software: Uma Visão Geral Engenharia de Software Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 1 o semestre de 2017 2 Software e Engenharia de Software TÓPICOS l A importância do Software l Software l

Leia mais

Engenharia de Software: Uma Visão Geral. Engenharia de Software Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 1 o semestre de 2015

Engenharia de Software: Uma Visão Geral. Engenharia de Software Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 1 o semestre de 2015 Engenharia de Software: Uma Visão Geral Engenharia de Software Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 1 o semestre de 2015 2 Software e Engenharia de Software TÓPICOS l A importância do Software l Software l

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software PLANO DE AVALIAÇÕES Engenharia de Software 1ª AP: 08 de setembro 2ª AP: 13 de outubro 3ª AP: 10 de novembro NAF: 17 de novembro Referência bibliográfica: SOMMERVILLE, I. Engenharia de Software. 8ª ed.

Leia mais

UML: Introdução. História Visão geral Modelo conceitual da UML. Bibliografia. UML: introdução

UML: Introdução. História Visão geral Modelo conceitual da UML. Bibliografia. UML: introdução UML: introdução Prof.: Clarindo Isaías Pereira da Silva e Pádua Synergia / Gestus Departamento de Ciência da Computação - UFMG UML: introdução 2 Bibliografia Rumbaugh, J.; Jacobson, I.; Booch, G., The

Leia mais

Aula 01 Conceito de Banco de Dados e SGBD

Aula 01 Conceito de Banco de Dados e SGBD Aula 01 Conceito de Banco de Dados e SGBD Dado: conjunto de símbolos arranjados a fim de representar a informação fora da mente humana. Elemento de Dado: subconjunto de símbolos que compõem um dado com

Leia mais

Escopo: PROCESSOS FUNDAMENTAIS

Escopo: PROCESSOS FUNDAMENTAIS Escopo: PROCESSOS FUNDAMENTAIS Etapa:Desenvolvimento de software Disciplina: Auditoria & Qualidade em Sistemas de Informação Professor: Lucas Topofalo Integrantes: Joel Soares de Jesus Luiz R. Bandeira

Leia mais

Reengenharia de software: o que, por quê e como

Reengenharia de software: o que, por quê e como Reengenharia de software: o que, por quê e como Ana Elisa Tozetto Piekarski e Marcos Antonio Quináia Departamento de Informática - UNICENTRO 85010-990 Guarapuava, PR (Recebido em 3 de maio de 2000) Resumo:

Leia mais

ENGENHARIA DE SOFTWARE. Introdução

ENGENHARIA DE SOFTWARE. Introdução ENGENHARIA DE SOFTWARE Introdução AGENDA Conceitos de Engenharia de Software Processo de desenvolvimento de software ENGENHARIA DE SOFTWARE CONCEITOS CENÁRIO INICIAL Desenvolvimento informal e não suficiente

Leia mais

UML (Unified Modelling Language)

UML (Unified Modelling Language) UML (Unified Modelling Language) Curso de Especialização DEINF - UFMA Desenvolvimento Orientado a Objetos Prof. Geraldo Braz Junior Referências: Booch, G. et al. The Unified Modeling Language User Guide

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS INSTITUTO DE INFORMÁTICA. Sistemas Distribuídos

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS INSTITUTO DE INFORMÁTICA. Sistemas Distribuídos UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS INSTITUTO DE INFORMÁTICA Sistemas Distribuídos Mestrado em Ciência da Computação 1o. Semestre / 2006 Prof. Fábio M. Costa fmc@inf.ufg.br www.inf.ufg.br/~fmc/ds-msc2006 Aula

Leia mais

Análise e projeto de sistemas

Análise e projeto de sistemas Análise e projeto de sistemas Conteúdo: UML O processo de desenvolvimento de software Prof. Patrícia Lucas A linguagem de modelagem unificada (UML) A UML teve origem em uma tentativa de se unificar os

Leia mais

Ferramenta MVCASE - Estágio Atual: Especificação, Projeto e Construção de Componentes

Ferramenta MVCASE - Estágio Atual: Especificação, Projeto e Construção de Componentes Ferramenta MVCASE - Estágio Atual: Especificação, Projeto e Construção de Componentes Antônio Francisco do Prado Daniel Lucrédio e-mail: prado@dc.ufscar.br Resumo Este artigo apresenta a ferramenta CASE

Leia mais

POO Paradigma Orientado a Objetos. POO Paradigma Orientado a Objetos. POO Paradigma Orientado a Objetos. POO Paradigma Orientado a Objetos

POO Paradigma Orientado a Objetos. POO Paradigma Orientado a Objetos. POO Paradigma Orientado a Objetos. POO Paradigma Orientado a Objetos UEG - Universidade Estadual de Goiás (Câmpus Posse) Disciplina: Análise e Projeto de Sistemas II Turma: 4 Semestre Ano: 2016 Professor: José Ronaldo Leles Júnior O que é? É uma forma de abordar um problema.

Leia mais

Ciclo de vida: fases x atividades

Ciclo de vida: fases x atividades Ciclo de vida Fase de definição Análise e Especificação Estudo de Viabilidade Estimativas Planejamento Fase de desenvolvimento Design Implementação e integração Verificação e Validação Fase de operação

Leia mais

Engenharia de Software Simulado para a 1ª Avaliação Bimestral Professor: Danilo Giacobo - RESPOSTAS

Engenharia de Software Simulado para a 1ª Avaliação Bimestral Professor: Danilo Giacobo - RESPOSTAS Engenharia de Software Simulado para a 1ª Avaliação Bimestral Professor: Danilo Giacobo - RESPOSTAS 1. Com relação à engenharia de software, julgue os itens seguintes. Engenharia de software não está relacionada

Leia mais

Introdução aos Sistemas de Informação nas Empresas

Introdução aos Sistemas de Informação nas Empresas Introdução aos Sistemas de Informação nas Empresas Esse capitulo estuda o referencial do conhecimento de SI necessário aos usuários finais das empresas e abordagem revista sobre desdobramentos-chaves no

Leia mais

OUTROS TRABALHOS EM:

OUTROS TRABALHOS EM: OUTROS TRABALHOS EM: www.projetoderedes.com.br Curso de Tecnologia em Produção Industrial Disciplina: Tecnologia da Informação Aplicada à Produção Professor: José Maurício S. Pinheiro AULA 5: O Armazenamento

Leia mais

Q d( ) P. a( ) c( ) e( ) c( ) S. c( ) d( )

Q d( ) P. a( ) c( ) e( ) c( ) S. c( ) d( ) ELEMENTOS BÁSICOS DA LINGUAGEM JAVA Patricia Della Méa Plentz INE-CTC-UFSC E-Mail: plentz@inf.ufsc.br URL: http://moodle.ufsc.br INE5605-Turma 0238B Sumário 2.1 Classes e Objetos na POO 2.2 2 Revisão da

Leia mais

Engenharia de Software Projeto de software

Engenharia de Software Projeto de software Instituto Federal de Minas Gerais Campus Ponte Nova Engenharia de Software Projeto de software Professor: Saulo Henrique Cabral Silva MODELANDO UM SOFTWARE 2 Uma figura vale por mil palavras Em construções

Leia mais

Definições e ciclo de vida

Definições e ciclo de vida Definições e ciclo de vida A aplicação de uma abordagem sistemática, disciplinada e quantificável para o desenvolvimento, operação e manutenção do software. É a aplicação sistemática de conhecimentos científicos

Leia mais

UML. Rodrigo Leite Durães.

UML. Rodrigo Leite Durães. UML Rodrigo Leite Durães. rodrigo_l_d@yahoo.com.br O que é Análise de Software? UML: É o estágio de um sistema que captura os requisitos e o domínio do problema, focalizando no que deve ser feito, não

Leia mais

Processos de Software by Pearson Education Ian Sommerville 2006 Engenharia de Software, 8ª. edição. Capítulo 4 Slide 1

Processos de Software by Pearson Education Ian Sommerville 2006 Engenharia de Software, 8ª. edição. Capítulo 4 Slide 1 Processos de Software Ian Sommerville 2006 Engenharia de Software, 8ª. edição. Capítulo 4 Slide 1 Objetivos Apresentar modelos de processos de software Descrever três modelos genéricos de processo e quando

Leia mais

Engenharia de Software Simulado para a 1ª Avaliação Bimestral Professor: Danilo Giacobo - RESPOSTAS. Nome:

Engenharia de Software Simulado para a 1ª Avaliação Bimestral Professor: Danilo Giacobo - RESPOSTAS. Nome: Engenharia de Software Simulado para a 1ª Avaliação Bimestral Professor: Danilo Giacobo - RESPOSTAS Nome: 1. No ciclo de vida de software, a estrutura de dados, a arquitetura, os detalhes procedimentais

Leia mais

Introdução. Parte 01. Desenvolvimento de Programação Orientada a Objetos. Prof. Pedro Neto

Introdução. Parte 01. Desenvolvimento de Programação Orientada a Objetos. Prof. Pedro Neto Introdução Parte 01 Prof. Pedro Neto Aracaju Sergipe - 2011 Conteúdo 1. Introdução i. Paradigmas de ii. Motivação da OO iii. Desafio das novas tecnologias iv. Ambientes de Desenvolvimento Modernos v. OO

Leia mais

Análise e Projeto Orientado a Objetos

Análise e Projeto Orientado a Objetos Análise e Projeto Orientado a Objetos Contextualizando Por que Análise e Projeto? Análise versus Projeto Análise e Projeto OO Processo de Desenvolvimento de Software Alguns Processos de Desenvolvimento

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Universidade São Judas Tadeu Prof. André Luiz Ribeiro Prof. Jorge Luis Pirolla Introdução à Computação Engenharia de Software Tópicos O que é Engenharia de Software? Engenharia de Software em camadas Processo

Leia mais

Princípios da Engenharia de Software aula 03

Princípios da Engenharia de Software aula 03 Princípios da Engenharia de Software aula 03 Prof.: José Honorato Ferreira Nunes Material cedido por: Prof.: Franklin M. Correia Na aula anterior... Modelos de processos de software: Evolucionário Tipos

Leia mais

Histórico de Linguagens de Programação

Histórico de Linguagens de Programação Bacharelado em Ciência da Computação PARADIGMAS DE PROGRAMAÇÃO Histórico de Linguagens de Programação Prof. Claudinei Dias email: prof.claudinei.dias@gmail.com Objetivos Geral: Estudar as características

Leia mais

27) Em relação aos Projetos de Sistemas de Software, assinale a sequência correta de desenvolvimento de um sistema:

27) Em relação aos Projetos de Sistemas de Software, assinale a sequência correta de desenvolvimento de um sistema: Modelos de Ciclo de Vida e Metodologias de Software 33) No SCRUM, uma iteração que segue um ciclo (PDCA) e entrega incremento de software pronto é denominada: A) Backlog. B) Sprint. C) Daily scrum. D)

Leia mais

PROJETO DE BANCO DE DADOS

PROJETO DE BANCO DE DADOS UNINGÁ UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR INGÁ FACULDADE INGÁ CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO BANCO DE DADOS I PROJETO DE BANCO DE DADOS Profº Erinaldo Sanches Nascimento Objetivos Discutir o ciclo de vida do sistema de

Leia mais

Engenharia de Software II

Engenharia de Software II Engenharia de Software II Aula 26 http://www.ic.uff.br/~bianca/engsoft2/ Aula 26-21/07/2006 1 Ementa Processos de desenvolvimento de software Estratégias e técnicas de teste de software Métricas para software

Leia mais

Processo de desenvolvimento de sistema de informação - DSI

Processo de desenvolvimento de sistema de informação - DSI - DSI Fases do processo de Desenvolvimento de Sistemas Informação Estudo da viabilidade Engenharia de requisitos Desenho (Modelagem) Codificação Testes e Implantação Estudo da viabilidade Estudo preliminar

Leia mais

Conceitos Básicos Sistemas de banco de dados; Sistemas de gerência de banco de dados.

Conceitos Básicos Sistemas de banco de dados; Sistemas de gerência de banco de dados. Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul Ciência da Computação Banco de Dados Prof. Nilton nilton@comp.uems.br Conceitos Básicos Sistemas de banco de dados; Sistemas de gerência de banco de dados. 2

Leia mais

Teste de Software. Competência: Entender as técnicas e estratégias de testes de Software

Teste de Software. Competência: Entender as técnicas e estratégias de testes de Software Teste de Software Competência: Entender as técnicas e estratégias de testes de Software Conteúdo Programático Introdução O que é teste de software? Por que é necessário testar um software? Qual a causa

Leia mais

Nome da classe. Atributos. Serviços / métodos

Nome da classe. Atributos. Serviços / métodos Classes são descrições de conjuntos de objetos que compartilham os mesmos atributos, operações, relacionamentos e semântica. Janela Origem Tamanho Abrir ( ) Fechar ( ) Mover ( ) Exibir ( ) Nome da classe

Leia mais

Laboratório de programação II

Laboratório de programação II Laboratório de programação II Paradigma de orientação a Edson Moreno edson.moreno@pucrs.br http://www.inf.pucrs.br/~emoreno Sumário Contextualização Paradigma de orientação a Contextualização A construção

Leia mais

Introdução. à UML. Histórico (cont.) Histórico Definição Benefícios Notação Diagrama de Classes Diagramas de Interação Conclusões Revisão

Introdução. à UML. Histórico (cont.) Histórico Definição Benefícios Notação Diagrama de Classes Diagramas de Interação Conclusões Revisão Sumário Introdução à UML BSI Bacharelado em Sistemas de Informação LOO Linguagens Orientadas a Objetos Humberto Mossri de Almeida hmossri_cursos@yahoo.com.br Marcelo Nassau Malta nassau_cursos@yahoo.com.br

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS JOÃO CÂMARA UML UNIFIED MODELING LANGUAGE

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS JOÃO CÂMARA UML UNIFIED MODELING LANGUAGE 1 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS JOÃO CÂMARA UML UNIFIED MODELING LANGUAGE Nickerson Fonseca Ferreira nickerson.ferreira@ifrn.edu.br O que é?? 2 A UML

Leia mais

Desenho de Software. Sumário

Desenho de Software. Sumário (QJHQKDULDGD3URJUDPDomR Desenho de Software Carla Ferreira Carla.Ferreira@dei.ist.utl.pt Sumário Objectivos Problemas Qualidades Técnicas Avaliação e Validação Casos Notáveis Exemplo Conclusões Desenho

Leia mais

PDS. Aula 1.4 Modelos de Processo. Prof. Dr. Bruno Moreno

PDS. Aula 1.4 Modelos de Processo. Prof. Dr. Bruno Moreno PDS Aula 1.4 Modelos de Processo Prof. Dr. Bruno Moreno bruno.moreno@ifrn.edu.br 2 Introdução Há alguns anos, o desenvolvimento de softwares era muito obsoleto; Existiam diversos problemas relacionados

Leia mais

Engenharia de Software Introdução

Engenharia de Software Introdução Engenharia de Software Introdução Ricardo Argenton Ramos ricargentonramos@gmail.com Engenharia de Software I 2013.2 Tópicos Apresentação da Disciplina A importância do Software Software Aplicações de Software

Leia mais

Engenharia de Software.

Engenharia de Software. Engenharia de Software Prof. Raquel Silveira O que é (Rational Unified Process)? É um modelo de processo moderno derivado do trabalho sobre a UML e do Processo Unificado de Desenvolvimento de Software

Leia mais

Introdução à Análise e Projeto de Sistemas

Introdução à Análise e Projeto de Sistemas Introdução à I. O Que vamos fazer na Disciplina? Saber uma linguagem de programação orientada a objeto (OO) não é suficiente para criar sistemas OO Tem que saber Análise e Projeto OO (APOO) Isto é, Análise

Leia mais

MODELAGEM COM A UML (UNIFIED MODELING LANGUAGE)

MODELAGEM COM A UML (UNIFIED MODELING LANGUAGE) MODELAGEM COM A UML (UNIFIED MODELING LANGUAGE) g BREVE HISTÓRICO g CARACTERÍSTICAS g CONCEITOS DE PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS g MODELAGEM DE ANÁLISE E DE PROJETO 1 I. BREVE HISTÓRICO Em fins dos anos

Leia mais

Documentação de Software. Simone Vasconcelos

Documentação de Software. Simone Vasconcelos Documentação de Software Simone Vasconcelos 1 Contexto Qualquer software deve ter uma quantidade razoável de documentação.! Documentos de trabalho.! Manuais de usuário produzidos profissionalmente. Em

Leia mais

! Introdução. " Motivação para Processos de Software. ! Processo Unificado (USDP) " Definições " RUP x USDP " Características do Processo Unificado

! Introdução.  Motivação para Processos de Software. ! Processo Unificado (USDP)  Definições  RUP x USDP  Características do Processo Unificado Agenda Rodrigo Reis Cleidson de Souza! Introdução " Motivação para Processos de Software! (USDP) " Definições " RUP x USDP " Características do! Descrição detalhada do! Processos Derivados! Templates simplificados!

Leia mais

Banco de Dados 08/08/2010

Banco de Dados 08/08/2010 Disciplina: Engenharia de Software / rof.: Raquel Silveira LANO DE AVALIAÇÕES Banco de Dados 1ª A: 30 de agosto 2ª A: 04 de outubro 3ª A: 29 de novembro NAF: 02 de dezembro Referência bibliográfica: SILBERSCHATZ,

Leia mais

AULA 02. OBJETIVO: Características da Linguagem Orientada a Objetos.

AULA 02. OBJETIVO: Características da Linguagem Orientada a Objetos. AULA 02 OBJETIVO: Características da Linguagem Orientada a Objetos. HABILIDADES TRABALHADAS: Comparação das características das linguagens orientadas a objetos frente às linguagens estruturadas. Conhecimentos

Leia mais

TESTES DE SOFTWARE Lista de Exercício 01. Luiz Leão

TESTES DE SOFTWARE Lista de Exercício 01. Luiz Leão Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Exercício 01 Qual é a importância dos testes de software? Exercício 01 Resposta Qual é a importância dos testes de software? Descobrir o maior número

Leia mais

QUESTÕES TESTES. Questão 1. O modelo de ciclo de vida em cascata:

QUESTÕES TESTES. Questão 1. O modelo de ciclo de vida em cascata: QUESTÕES 1. 0 que é domínio da aplicação (ou do problema)? 2. Qual a importância da engenharia de software e como se justificam os custos a ela associados? 3. O que é processo de desenvolvimento de software

Leia mais