MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio. Balança Comercial do Agronegócio Julho/2013

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio. Balança Comercial do Agronegócio Julho/2013"

Transcrição

1 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio Balança Comercial do Agronegócio Julho/2013 I - Resultados do mês As exportações brasileiras do agronegócio alcançaram, em julho de 2013, a cifra de US$ 9,30 bilhões, o que representou uma participação de 44,7% do total exportado pelo Brasil no mês considerado. Dessa forma, verificou-se crescimento de 3,6% em comparação aos US$ 8,98 bilhões negociados no mesmo mês do ano anterior. No que se refere às importações, atingiu-se o montante de 1,51 bilhão, US$ 295 milhões acima do US$ 1,22 bilhão registrado em julho de 2012 (+24,3%). Dessa forma, o saldo da balança comercial do agronegócio do mês de julho de 2013 foi de US$ 7,79 bilhões. O principal setor exportador agrícola brasileiro no mês foi o complexo soja, responsável por 42,5% das exportações do agronegócio ou US$ 3,95 bilhões. Esse valor, quando comparado aos US$ 3,15 bilhões comercializados em julho de 2012, representou um crescimento de 25,6%. O principal produto negociado pelo setor foi a soja em grãos, com vendas de US$ 3,06 bilhões e incremento de 36,0% em comparação a julho de 2012, o que se explica, fundamentalmente, por conta do aumento da quantidade embarcada, que passou de 4,13 milhões de toneladas para 5,66 milhões de toneladas no período (+37,0%). O segundo item do setor, por valor, foi o farelo de soja, com US$ 770 milhões e variação positiva de 9,4%. Nesse caso, a maior influência para o crescimento das exportações foi a valorização do preço médio à taxa de 5,1%, passando de US$ 457 por tonelada para US$ 481 por tonelada. Por último, as vendas de óleo de soja alcançaram o patamar de US$ 121 milhões, registrando queda de 36,8% em valor, de 26,7% em quantidade e de 13,7% no preço médio do produto. Logo em seguida, considerando-se o valor exportado, aparece o setor de carnes, com vendas totais de US$ 1,46 bilhão e quantum comercializado de 555 mil toneladas, o que significou incremento de 20,3% e 13,1%, respectivamente. O carro-chefe em vendas do setor foi a carne de frango, que gerou US$ 631 milhões em divisas (+20,7%) e embarcou 323 mil toneladas do produto (+9,5%), além de ter apresentado uma variação positiva de 10,2% no preço médio, passando de US$ por tonelada em julho de 2012 para os atuais US$ por tonelada. O segundo item mais vendido pelo setor foi a carne bovina, com US$ 576 milhões e crescimento de 19,1% em relação ao exportado no mesmo período do ano precedente. Tal variação foi causada exclusivamente pelo aumento de 21,5% na quantidade vendida, o que mais do que compensou a queda no preço médio verificado no mês (-2,0%). Outros itens de destaque do setor foram: carne suína, com vendas de US$ 125 milhões (+16,4); e a carne de peru, com US$ 44 milhões (+69,2%). O terceiro principal setor no mês foi o complexo sucroalcooleiro, com vendas de US$ 1,19 bilhão e recuo de 26,3% em comparação ao US$ 1,61 bilhão exportado no mesmo período do ano anterior. O quantum comercializado também sofreu queda (-8,6%) em relação a julho de 2012 e atingiu 2,58 milhões de toneladas. O preço médio decresceu 19,4%, passando de US$ 572 por tonelada em julho de 2012 para US$ 461 por tonelada em julho de As vendas externas de açúcar alcançaram o montante de US$ 964 milhões, com queda de

2 2 26,3% no período. A quantidade negociada diminuiu 7,7% e o preço caiu 20,1%. As exportações de álcool sofreram retração de 26,7%, atingindo o valor de US$ 223 milhões e, em termos de quantidade, registraram queda de 15,4% em relação a julho do ano anterior, com as 280 mil toneladas enviadas ao mercado externo. Vale destacar, entretanto, que o contexto geral de queda acima descrito reflete, fundamentalmente, a comparação com um período em que o setor sucroalcooleiro obteve excelente desempenho, ou seja, julho de Outros setores que se destacaram na pauta exportadora do agronegócio foram: produtos florestais, com vendas de US$ 827 milhões e crescimento de 7,7%; fumo e seus produtos, que totalizou US$ 381 milhões em vendas e apresentou elevação de 18,0%; café, com a soma de US$ 353 milhões e diminuição de 19,3%; e couro e seus produtos, com vendas de US$ 240 milhões e 15,9% de crescimento. No que se refere aos valores das importações de produtos do agronegócio, devem-se destacar as aquisições de trigo, com US$ 224 milhões e aumento de 69,9% em comparação aos US$ 132 milhões importados em julho de Em seguida, as importações de papel e celulose, que alcançaram a cifra de US$ 166 milhões e apresentaram queda de 1,5%. E, por fim, as aquisições de pescados, que totalizaram US$ 117 milhões e cresceram 63,3% em relação aos valores adquiridos no mesmo período do ano anterior. Em referência às exportações do agronegócio brasileiro divididas por blocos econômicos, mais uma vez destacaram-se as vendas para o continente asiático, que cresceram a uma taxa de 14,6% e atingiram o montante de US$ 3,89 bilhões. Essa expansão possibilitou um aumento de participação nas vendas externas do agronegócio brasileiro de 4,0 pontos percentuais, passando de 37,8% em julho de 2012 para 41,8% em julho do ano corrente.o segundo principal bloco econômico de destino das exportações brasileiras no mês foi a União Europeia (UE-28), com o valor de US$ 2,26 bilhões e aumento de 7,5% em comparação a julho do ano anterior, além de uma participação de 24,3%. Em uma análise acerca do dinamismo das exportações, destacaram-se os demais países da Europa Ocidental, com crescimento de 69,3% em relação ao mesmo período de 2012, e os demais países da América, com incremento de 60,7%. Os destaques negativos do mês foram as vendas para o Oriente Médio (-20,5%), para a África (-21,4%) e para a Oceania (-22,4%).

3 3 No que tange às exportações do agronegócio por países de destino, há que se destacar, mais uma vez, o incremento das vendas para o mercado chinês, que passaram de US$ 2,14 bilhões em julho de 2012 para os atuais US$ 2,56 bilhões, um incremento de 19,5% que possibilitou um aumento de participação de 3,7 pontos percentuais, resultando nos 27,5% de market share do mês corrente. Em segundo lugar, observaram-se novamente os Estados Unidos, com o total de US$ 694,83 milhões (-9,1%) e, em terceiro, os Países Baixos, com o valor de US$ 688,58 milhões (+9,1%). Outros países que se destacaram quanto ao dinamismo das importações de produtos brasileiros foram: Canadá (+99,0%); Hong Kong (+74,1%); Itália (+60,0%); Portugal (+54,5%); e Espanha (+51,5%). II Resultados de Janeiro a Julho de 2013 Entre janeiro e julho de 2013, as exportações do agronegócio cresceram 9,5% e atingiram a cifra recorde de US$ 58,87 bilhões. Um aumento de US$ 5,12 bilhões em relação aos US$ 53,76 bilhões exportados no mesmo período de Alguns setores foram os responsáveis pelo incremento das exportações no período: complexo soja (+ US$ 2,71 bilhões); milho (+ US$ 1,69 bilhão); complexo sucroalcooleiro (+ US$ 1,04 bilhão); e carnes (+ US$ 862 milhões). Estes mencionados setores incrementaram as vendas externas em US$ 6,30 bilhões, cifra que suplanta o aumento total das exportações do agronegócio no período. É interessante notar que para atingir o aumento de US$ 5,12 em exportações foi necessária uma expansão de 14,0 milhões de toneladas exportadas de milho, soja e açúcar. Ou seja, os portos nacionais movimentaram 14,0 milhões de toneladas a mais nas vendas externas dos três mencionados produtos nos sete primeiros meses de 2013 em comparativamente ao mesmo período de 2012.

4 4 Os cinco principais setores exportadores do agronegócio entre janeiro e julho de 2013 foram: complexo soja (US$ 21,26 bilhões); carnes (US$ 9,59 bilhões); complexo sucroalcooleiro (US$ 7,42 bilhões); produtos florestais (US$ 5,49 bilhões); e cereais, farinhas e preparações (US$ 3,24 bilhões). Estes cinco setores ampliaram a participação no total exportado do agronegócio, passando de 76,9% do total entre janeiro e julho de 2012 para 79,8% no mesmo período de As exportações de soja em grão foram o destaque entre os produtos do complexo soja. As vendas externas do grão subiram 15,5% em volume, passando de 27,5 milhões de toneladas entre janeiro e julho de 2012 para 31,76 milhões de toneladas no mesmo período de Além do incremento do volume exportado, os preços de exportação também subiram 3,0%. As exportações de farelo de soja tiveram queda de 14,1% em volume, que foi mais que compensada pela elevação do preço de exportação (+20,6%), possibilitando um aumento do valor exportado em 3,6%. Por outro lado, as exportações de óleo de soja tiveram forte queda, diminuindo de US$ 1,38 bilhão nos setes primeiros meses de 2012 para US$ 751 milhões no mesmo período de 2013 (-45,5%), com queda no volume (-40,5%) e no preço médio (-8,4%). As vendas externas de carne subiram 9,9% entre janeiro e julho de 2013, passando de US$ 8,73 bilhões para US$ 9,59 bilhões. Houve elevação das vendas de carne de frango (+9,5%), carne bovina (+15,3%) e carne de peru (+3,95). No entanto, as exportações de carne suína diminuíram -4,9% no período. No período analisado, as exportações do complexo sucroalcooleiro subiram de US$ 6,39 bilhões para US$ 7,42 bilhões (+16,3%). As exportações de açúcar foram responsáveis por 86,5% das vendas do setor, atingindo US$ 6,42 bilhões em exportações. A quantidade exportada de açúcar aumentou 41,1% e, embora o preço de exportação tenha caído em 18,8% no período, o valor das exportações de açúcar subiu 14,6%. As exportações de álcool também tiveram forte expansão, passando de US$ 773 milhões para US$ 996 milhões no período analisado (+28,8%). Assim como o açúcar, as vendas de álcool subiram muito em quantidade (+48,6%) embora o preço de exportação tenha recuado (-13,3%). As exportações dos produtos florestais subiram 3,7% entre janeiro e julho de 2013, chegando a US$ 5,49 bilhões. As vendas de papel e celulose foram de US$ 4,08 bilhões (+4,9%), enquanto as vendas de madeiras e suas obras foram de US$ 1,40 bilhão (+3,1%). Os cereais, farinhas e preparações ficaram na quinta posição entre os principais setores exportadores, com forte expansão de 72,6% em função, principalmente, do aumento das exportações de milho. O setor registrou vendas externas de US$ 3,24 bilhões. Somente as vendas de milho foram de US$ 2,58 bilhões (+190,3%), com expansão do volume embarcado de 3,50 milhões de toneladas para 9,16 milhões de toneladas (+161,5) e elevação dos preços em 11,0%. As importações de produtos do agronegócio subiram 6,4% nos sete primeiros meses de 2013, chegando a US$ 9,83 bilhões. O principal produto importado do agronegócio continuou sendo o trigo, com aquisições de US$ 1,40 bilhão entre janeiro e julho de 2013, o que significou um aumento de 50,5%. Houve expansão da quantidade importada para 3,44 milhões de toneladas (+11,7%) e, também, elevação dos preços de importação em 34,7%. Outros produtos importantes da pauta importadora do agronegócio foram: papel e celulose (US$ 1,08 bilhão; - 5,,5%); pescados (US$ 833 milhões; +14,9%); borracha natural (US$ 379 milhões; -10,8%); lácteos (US$ 309 milhões; -13,2%); e arroz (US$ 247 milhões; +34,2%).

5 5 A Ásia é o principal destaque dentre os blocos e regiões analisados. As vendas para a região aumentaram de US$ 20,04 bilhões entre janeiro e julho de 2012 para US$ 25,23 bilhões no mesmo período de Uma elevação absoluta de US$ 4,83 bilhões ou um incremento percentual de 23,7%. O aumento de vendas à Ásia elevou a participação da região nas exportações brasileiras do agronegócio de 38,0% para 42,9%. Outros blocos econômicos ou regiões geográficas que registraram forte incremento das exportações foram: o NAFTA, que elevou as compras de US$ 4,06 bilhões para US$ 4,98 bilhões (+22,8%) e o Oriente Médio, com expansão das compras de US$ 4,03 bilhões para US$ 4,56 bilhões (+13,2%). Por outro lado, alguns blocos ou regiões geográficas apresentaram desempenho negativo: União Européia (-2,7%, com US$ 12,9 em aquisições); África (- 10,6%, com US$ 4,07 bilhões); Europa Oriental (-8,3%, com US$ 2,26 bilhões) e Oceania (-3,3%, com US$ 123,82). As exportações para a China atingiram o montante recorde de US$ 15,58 bilhões entre janeiro e agosto de 2013, com crescimento de 21,4% em relação aos US$ 12,84 bilhões exportados no mesmo período de A elevação das exportações em valor absoluto para a China foi de US$ 2,74 bilhões ou 53,6% de todo o aumento das exportações brasileiras do agronegócio (US$ 5,12 bilhões). Neste ano de 2013, a China continua importando mais produtos do agronegócio que todos os países da União Européia. Além da China, outros países asiáticos também registraram forte expansão nas compras, como: Japão (+23,3%, com US$ 1,99 bilhão em compras); Hong Kong (+32,4%, com US$ 1,63 bilhão em compras); Coréia do Sul (+57,1%, com US$ 1,49 bilhão em compras) e Taiwan (+8,9%, com US$ 672,52 milhões em compras).

6 6 Entre janeiro e agosto, foram destaque dentre as principais nações importadoras do agronegócio brasileiro: Estados Unidos (+21,3%, importando US$ 4,12 bilhões); Países Baixos (+20,0%, importando US$ 4,09 bilhões); Arábia Saudita (+11,6%, importando US$ 1,50 bilhão) e Emirados Árabes Unidos (+32,7%, importando US$ 1,07 bilhão). Dentre os principais países importadores, houve queda das exportações para diversos países da União Europeia: Alemanha (-16,4%); Espanha (-15,6%); França (-15,7%) e Reino Unido (-14,1%). Os únicos aumentos registrados nessa relação de países foram dos Países Baixos (+20,0%) e Itália (4,4%). III Resultados acumulados em 12 meses (Julho/2012 a Junho/2013) Nos últimos doze meses as exportações brasileiras do agronegócio atingiram a cifra de US$ 100,93 bilhões, enquanto as importações alcançaram US$ 17,0 bilhões. O superávit do setor, portanto, ficou em US$ 83,93 bilhões. As exportações tiveram um crescimento de 4,0% em relação aos doze meses anteriores e as importações aumentaram 0,4%. Os produtos de origem vegetal foram os que mais contribuíram para o crescimento de US$ 3,85 bilhões nas exportações. O destaque ficou com as exportações de milho dentro de cereais, farinhas e preparações, que cresceram US$ 3,84 bilhões e 91,5% em valores percentuais. O complexo sucroalcooleiro foi o segundo produto que mais contribuiu para o crescimento das exportações, com uma variação positiva de US$ 1,0 bilhão em relação ao período anterior. Em contrapartida o café sofreu a maior queda nas exportações, tanto em percentual quanto em termos absolutos. As vendas do produto recuaram 23,6% ou US$ 1,85 bilhão. As carnes, que compuseram no período considerado 78,6% dos produtos de origem animal e 16,4% do total exportado, deram a maior contribuição para o aumento das exportações no rol de produtos de origem animal com US$ 977,70 milhões. Em valores, o principal setor foi o complexo soja com US$ 28,30 bilhões e 28% do total exportado. O setor teve um pequeno aumento de 1,2% no valor exportado, nos dois períodos em análise. Apesar de a quantidade ter sofrido diminuição de 6,6%, o preço médio se valorizou em 8,4%. As carnes com 16,4% do total das exportações ficaram em segundo lugar com US$ 16,60 bilhões em vendas externas. Do setor, a carne de frango respondeu por 45,8%, seguida pela carne bovina 37,5% e carne suína com 8,7%. As exportações de carne, no geral, obtiveram aumento de 6,3%. A carne de frango que teve aumento de 3,0%, apesar de ter a quantidade reduzida em 3,7%, experimentou elevação de 6,9% em seu preço médio. A carne bovina teve aumento de 13,7% em sua receita de exportação, que se deveu sobretudo, à elevação em 22,4% da quantidade exportada, suplantando a queda nos preços médios de 7,2%. A receita de exportação da

7 7 carne suína aumentou 3,8%, auxiliada pela elevação da quantidade exportada em 5,9%, apesar da queda de 2,0% no preço médio. Em terceiro lugar no ranking de exportação do agronegócio ficou o complexo sucroalcooleiro com US$ 16,08 bilhões em receita. Deste total, as vendas de açúcar responderam por 84,9% e atingiram a marca de US$ 13,66 bilhões. O crescimento de 2,4% da receita com açúcar foi possível, sobretudo, ao aumento em 24,1% da quantidade exportada, pois o preço médio, em compensação, recuou 17,5%. O álcool que apesar de compor apenas 15% da pauta, obteve 40,2% de aumento de receita de exportação e 64,3% de elevação na quantidade exportada, a despeito da queda de 14,6% no preço médio. Em quarto no ranking de exportação, aparecem os produtos florestais com US$ 9,26 bilhões. Do total, 73,9% corresponderam às exportações de papel e celulose, que recuaram 1,3% na comparação com os doze meses anteriores. O restante foi de exportação de madeiras e suas obras com US$ 2,40 bilhões, ou seja, um aumento de 1,0%, devido, sobretudo, ao aumento da quantidade exportada em 6,1% de 3,31 milhões de toneladas para 3,52 milhões de toneladas. Cereais, farinhas e preparações foi o setor que ficou em quinto lugar no ranking. O destaque foi para as exportações de milho, equivalente a 86,8% das vendas. O produto ainda teve sua receita de exportação expandida em 153,5% e a quantidade em 156,7% de 9,90 milhões de ton para 25,43 milhões de ton. Os cinco setores mais importantes para as exportações do agronegócio representaram 32,6% de todas as vendas externas brasileiras e 77,6% do agronegócio, números que significaram um aumento da concentração da pauta exportadora, pois no período anterior, as exportações dos mesmos produtos equivaleram a 28,5% do total Brasil e 74,4% do agronegócio. Em relação às importações, os produtos mais importantes no período foram trigo (US$ 2,23 bilhões), papel e celulose (US$ 1,88 bilhão), pescados (US$ 1,34 bilhão) e lácteos (US$ 591 milhões). Entre os blocos econômicos, a Ásia segue sendo o principal destino das exportações do agronegócio brasileiro com 38,7% de participação. Participação elevada em 11,5% na comparação com os doze meses anteriores. A UE 28 aparece em segundo lugar, respondendo por 22,1% das vendas externas do agronegócio brasileiro. Ainda que a participação da União Européia tenha recuado 4,9%, os dois blocos respondem por 61,4% das exportações do agronegócio. Vale destacar o aumento das exportações para o NAFTA e para o Oriente Médio, em 11,4% e 11,3% respectivamente.

8 8 No que se refere aos países destino, a China é o principal mercado para o agronegócio brasileiro, adquirindo no período US$ 20,72 bilhões em produtos. O valor cresceu 4,5% na comparação com o período anterior e representa uma participação de 20,5% do total. As exportações para os Estados Unidos, em segundo no ranking, obtiveram um aumento de 11,8% de US$ 6,95 bilhões para US$ 7,76 bilhões. O grande destaque foi a Coréia do Sul, que foi o destino que mais contribuiu para o aumento das exportações brasileiras entre os dois períodos de doze meses, com uma elevação de US$ 954,38 milhões. As exportações para o país expandiram 53,5% e a participação no total passou de 1,8% para 2,7%. NOTA METODOLÓGICA A classificação de produtos do agronegócio utilizada nesta nota foi atualizada de acordo com a Resolução CAMEX Nº 94, de 8/12/2012, que alterou a Nomenclatura Comum do MERCOSUL NCM para adaptação às modificações do Sistema Harmonizado (SH ). Ademais, esta classificação de produtos do agronegócio está atualizada até a Resolução CAMEX Nº 15, de 29/02/2012. A Balança Comercial do Agronegócio utiliza uma classificação dos produtos do agronegócio que reúne NCM s em 25 setores. Essa é a mesma classificação utilizada no AGROSTAT BRASIL - base de dados on line que oferece uma visão detalhada e atualizada das exportações e importações brasileiras do agronegócio. Mais informações da metodologia e classificação podem ser consultadas no site: agrostat.agricultura.gov.br

9 9 MAPA/SRI/DPI 12/08/2013

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio. Balança Comercial do Agronegócio Agosto/2017

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio. Balança Comercial do Agronegócio Agosto/2017 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio Balança Comercial do Agronegócio Agosto/2017 I Resultados do mês (comparativo Agosto/2017 Agosto/2016)

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio. Balança Comercial do Agronegócio Abril/2017

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio. Balança Comercial do Agronegócio Abril/2017 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio Balança Comercial do Agronegócio Abril/2017 I Resultados do mês (comparativo Abril/2017 Abril/2016)

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio Balança Comercial do Agronegócio Dezembro/2017 I Resultados do mês (comparativo Dezembro/2017 Dezembro/2016)

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio Balança Comercial do Agronegócio Fevereiro/2017 I Resultados do mês (comparativo Fevereiro/2017

Leia mais

Florestais apresentou um crescimento de 54,2%, totalizando US$ 68 milhões.

Florestais apresentou um crescimento de 54,2%, totalizando US$ 68 milhões. Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio exterior do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de abril de 2017. Total das exportações do Rio Grande do Sul.

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio Balança Comercial do Agronegócio Novembro/2013 I - Resultados do mês As exportações do agronegócio

Leia mais

Total das exportações do Rio Grande do Sul. Exportações no período acumulado de janeiro a fevereiro de 2016.

Total das exportações do Rio Grande do Sul. Exportações no período acumulado de janeiro a fevereiro de 2016. Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio exterior do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de fevereiro de 2016. Total das exportações do Rio Grande do

Leia mais

Exportações no período acumulado de janeiro até maio de Total das exportações do Rio Grande do Sul.

Exportações no período acumulado de janeiro até maio de Total das exportações do Rio Grande do Sul. Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio internacional do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de maio de 2015. Total das exportações do Rio Grande do

Leia mais

Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez

Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio Balança Comercial do Agronegócio Dezembro/2013 12.000 Gráfico 1 - Balança Comercial do Agronegócio

Leia mais

Importações no período acumulado de janeiro até dezembro de 2015.

Importações no período acumulado de janeiro até dezembro de 2015. Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio internacional do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de dezembro de 2015. Total das exportações do Rio Grande

Leia mais

Agroexportações. agronegócio e cooperativismo

Agroexportações. agronegócio e cooperativismo Agroexportações 1. Resumo agronegócio e cooperativismo Janeiro a Dezembro Em as cooperativas brasileiras exportaram US$ 5,14 bilhões; As cooperativas do Estado do Paraná atingiram o valor de US$ 2,03 bilhões

Leia mais

RELATÓRIO SOBRE AS EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES DO AGRONEGÓCIO GAÚCHO

RELATÓRIO SOBRE AS EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES DO AGRONEGÓCIO GAÚCHO Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio internacional do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de fevereiro de 2015. COMPARAÇÃO DO MÊS DE FEVEREIRO DE

Leia mais

Parceiros Comerciais do RS no período de. janeiro a abril de 2016.

Parceiros Comerciais do RS no período de. janeiro a abril de 2016. Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio exterior do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de abril de 2016. Total das exportações do Rio Grande do Sul.

Leia mais

SISTEMA FARSUL MAPEAMENTO DAS EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE CARNE BOVINA:

SISTEMA FARSUL MAPEAMENTO DAS EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE CARNE BOVINA: SISTEMA FARSUL ASSESSORIA ECONÔMICA MAPEAMENTO DAS EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE CARNE BOVINA: 2006-2016 PORTO ALEGRE 2017 MAPEAMENTO DAS EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE CARNE BOVINA 1.0 INTRODUÇÃO E METODOLOGIA

Leia mais

Balança Comercial dos Agronegócios Paulista e Brasileiro no Ano de 2016

Balança Comercial dos Agronegócios Paulista e Brasileiro no Ano de 2016 US$ bilhão v. 12, n. 1, janeiro 17 Balança Comercial dos Agronegócios Paulista e Brasileiro no Ano de 16 Em 16, as exportações 1 do Estado de São Paulo somaram US$46,21 bilhões (24,9% do total nacional),

Leia mais

RELATÓRIO SOBRE AS EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES DO AGRONEGÓCIO GAÚCHO

RELATÓRIO SOBRE AS EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES DO AGRONEGÓCIO GAÚCHO Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio internacional do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de dezembro de 2014. COMPARAÇÃO DO MÊS DEZEMBRO COM O MÊS

Leia mais

RELATÓRIO SOBRE AS EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES DO AGRONEGÓCIO GAÚCHO

RELATÓRIO SOBRE AS EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES DO AGRONEGÓCIO GAÚCHO Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio internacional do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de janeiro de 2015. COMPARAÇÃO DO MÊS JANEIRO DE 2015 COM

Leia mais

Comércio Exterior de Mato Grosso do Sul / Desempenho Industrial Dezembro 2016

Comércio Exterior de Mato Grosso do Sul / Desempenho Industrial Dezembro 2016 >> Exportações de produtos industriais Mato Grosso do Sul - Exportação de Produtos Industriais (Receita - US$) Grupos de Produtos Industriais Dezembro Janeiro a Dezembro 2015 2016 Var. % 2015 2016 Var.

Leia mais

RELATÓRIO SOBRE AS EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES DO AGRONEGÓCIO GAÚCHO

RELATÓRIO SOBRE AS EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES DO AGRONEGÓCIO GAÚCHO Este relatório tem por objetivo apresentar os principais números referentes ao comércio internacional do agronegócio do Rio Grande do Sul no mês de outubro de 2014. COMPARAÇÃO DO MÊS OUTUBRO COM O MÊS

Leia mais

Comércio Exterior de Mato Grosso do Sul / Desempenho Industrial Julho 2016

Comércio Exterior de Mato Grosso do Sul / Desempenho Industrial Julho 2016 >> Exportações de produtos industriais Mato Grosso do Sul - Exportação de Produtos Industriais (Receita - US$) Grupos de Produtos Industriais Julho Janeiro a Julho 2015 2016 Var. % 2015 2016 Var. % Celulose

Leia mais

Balança Comercial dos Agronegócios Paulista e Brasileiro no Ano de 2015

Balança Comercial dos Agronegócios Paulista e Brasileiro no Ano de 2015 US$ bilhão v. 11, n. 1, janeiro 16 Balança Comercial dos Agronegócios Paulista e Brasileiro no Ano de 15 No ano de 15, as exportações 1 do Estado de São Paulo somaram US$45,58 bilhões (23,8% do total nacional),

Leia mais

ÍNDICES EXPORTAÇÃO DO AGRONEGÓCIO

ÍNDICES EXPORTAÇÃO DO AGRONEGÓCIO S 2017 Agronegócio fecha 2017 com volume recorde de vendas Oagronegócio brasileiro exportou volume recorde em 2017. Apesar de iniciar o ano com embarques abaixo dos observados nos primeiros meses de 2016,

Leia mais

EXPORTAÇÃO DO AGRONEGÓCIO

EXPORTAÇÃO DO AGRONEGÓCIO S 1º SEMESTRE 2017 1º SEMESTRE 2016 2 Faturamento em dólar das exportações do agronegócio sobe 6% no 1º semestre As vendas externas do agronegócio brasileiro começaram este ano em alta. No primeiro semestre

Leia mais

Comércio Exterior de Mato Grosso do Sul / Desempenho Industrial Junho 2017

Comércio Exterior de Mato Grosso do Sul / Desempenho Industrial Junho 2017 >> Exportações de produtos industriais Grupos de Produtos Industriais Junho - US$ Janeiro a Junho - US$ 2016 2017 Var. % 2016 2017 Var. % Celulose e Papel 84.431.684 90.047.004 7% 522.390.072 501.962.469-4%

Leia mais

EXPORTAÇÃO DO AGRONEGÓCIO

EXPORTAÇÃO DO AGRONEGÓCIO S 3º TRIMESTRE 2017 Exportações do agronegócio, em termos de volume, caminham para novo recorde em 2017 Oagronegócio brasileiro tem demonstrado que 2017 pode ser mais um ano de recorde nas exportações.

Leia mais

Agosto , , , ,9

Agosto , , , ,9 BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA AGOSTO 2010 US$ milhões FOB EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO CORR. COMÉRCIO SALDO Período Dias Valor Média Valor Média Valor Média Valor Média Úteis p/dia útil p/dia útil p/dia útil p/dia

Leia mais

Abril , , , ,2

Abril , , , ,2 BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA ABRIL 2010 US$ milhões FOB EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO CORR. COMÉRCIO SALDO Período Dias Valor Média Valor Média Valor Média Valor Média Úteis p/dia útil p/dia útil p/dia útil p/dia

Leia mais

BALANÇA COMERCIAL DO AGRONEGÓCIO PAULISTA NO ANO DE 2004

BALANÇA COMERCIAL DO AGRONEGÓCIO PAULISTA NO ANO DE 2004 BALANÇA COMERCIAL DO AGRONEGÓCIO PAULISTA NO ANO DE 2004 No ano de 2004 as exportações do Estado de São Paulo 1 somaram US$ 31,04 bilhões (32,2% do total nacional), e as importações 2 US$ 27,09 bilhões

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio. Balança Comercial do Agronegócio Julho/2015

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio. Balança Comercial do Agronegócio Julho/2015 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio Balança Comercial do Agronegócio Julho/2015 I Resultados do mês (comparativo Julho/2015 Julho/2014)

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio. Balança Comercial do Agronegócio Maio/2016

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio. Balança Comercial do Agronegócio Maio/2016 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio Balança Comercial do Agronegócio Maio/2016 I Resultados do mês (comparativo Maio/2016 Maio/2015)

Leia mais

ÍNDICES EXPORTAÇÃO DO AGRONEGÓCIO

ÍNDICES EXPORTAÇÃO DO AGRONEGÓCIO S 2016 Com vendas e preços menores, faturamento cai em 2016 Apesar de iniciar 2016 com exportações recordes, o agronegócio brasileiro encerrou o ano com menores embarques, em relação a 2015, refletindo

Leia mais

Painel II: A Força do Agronegócio Brasileiro no Mercado Internacional. Comércio Exterior Agrícola

Painel II: A Força do Agronegócio Brasileiro no Mercado Internacional. Comércio Exterior Agrícola Painel II: A Força do Agronegócio Brasileiro no Mercado Internacional Comércio Exterior Agrícola Comércio Agrícola Mundial 2016 Principais Produtos Produção Exportação Nº de destinos do Brasil Açúcar 1

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio Balança Comercial do Agronegócio Outubro/2015 I Resultados do mês (comparativo Outubro/2015 Outubro/2014)

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio. Balança Comercial do Agronegócio Março/2015

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio. Balança Comercial do Agronegócio Março/2015 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio Balança Comercial do Agronegócio Março/2015 I Resultados do mês (comparativo Mar/2015 Mar/2014)

Leia mais

Balança Comercial dos Agronegócios Paulista e Brasileiro no Ano de 2014

Balança Comercial dos Agronegócios Paulista e Brasileiro no Ano de 2014 Balança Comercial dos Agronegócios Paulista e Brasileiro no Ano de 2014 No ano de 2014, as exportações 1 do Estado de São Paulo somaram US$ 51,46 bilhões (22,9% do total nacional), e as importações 2,

Leia mais

REFLEXOS DO CENÁRIO ECONÔMICO MUNDIAL SOBRE O AGRONEGÓCIO BRASILEIRO

REFLEXOS DO CENÁRIO ECONÔMICO MUNDIAL SOBRE O AGRONEGÓCIO BRASILEIRO REFLEXOS DO CENÁRIO ECONÔMICO MUNDIAL SOBRE O AGRONEGÓCIO BRASILEIRO JOÃO CRUZ REIS FILHO SECRETÁRIO DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Brasília/DF JULHO DE 2015 22 CENÁRIO POPULACIONAL

Leia mais

Análisis Prospectivo del Comercio Agroalimentario Internacional. Prof. Dra. Susan E. Martins Cesar de Oliveira (Universidade de Brasília - UnB)

Análisis Prospectivo del Comercio Agroalimentario Internacional. Prof. Dra. Susan E. Martins Cesar de Oliveira (Universidade de Brasília - UnB) Análisis Prospectivo del Comercio Agroalimentario Internacional Prof. Dra. Susan E. Martins Cesar de Oliveira (Universidade de Brasília - UnB) ÍNDICE Tendências do mercado global; Perspectivas para o comércio

Leia mais

Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Abril 2016

Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Abril 2016 Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Abril 2016 As exportações do Estado do Paraná, em abril de 2016, foram de US$ 1,499 bilhão. As principais contribuições foram de produtos alimentares (complexo

Leia mais

Agronegócio. Internacional. Soja Campeã. Boletim do. Recordistas de vendas no valor exportado total Jan-Mai 2014/2013. Edição 01 - Junho de 2014

Agronegócio. Internacional. Soja Campeã. Boletim do. Recordistas de vendas no valor exportado total Jan-Mai 2014/2013. Edição 01 - Junho de 2014 Boletim do Agronegócio Internacional Edição 01 - Junho de 2014 Soja Campeã A soja em grão foi o principal produto exportado pelo país de janeiro a maio, representando 13,9% das exportações totais. O minério

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio. Balança Comercial do Agronegócio Junho/2012

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio. Balança Comercial do Agronegócio Junho/2012 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio Balança Comercial do Agronegócio Junho/2012 I - Resultados do mês Em junho de 2012 as exportações

Leia mais

Mercado internacional do agro - análise FEVEREIRO/2017

Mercado internacional do agro - análise FEVEREIRO/2017 Mercado internacional do agro - análise FEVEREIRO/2017 Exportações tem caído em valores Balança Agrícola Brasileira US$ Bilhões Fonte: AgroStat a partir dos dados da SECEX/MDIC Dados extraídos em 06/01/2017.

Leia mais

Balanço 2016 Perspectivas Balança Comercial do Agro

Balanço 2016 Perspectivas Balança Comercial do Agro Balança Comercial do Agro 39 40 Balanço 2016 Perspectivas 2017 Perspectivas 2017 INVESTIMENTOS EM INFRAESTRUTURA, INOVAÇÃO E SUSTENTABILIDADE SERÃO ESSENCIAIS PARA AUMENTO DAS EXPORTAÇÕES As projeções

Leia mais

Resultados de Junho de 2014

Resultados de Junho de 2014 Junho / 2014 Resultados de Junho de 2014 - Exportação: US$ 20,5 bi, em valor, e média diária de US$ 1,023 bilhão; sobre mai-14, aumento de 3,6%, pela média diária; sobre jun-13, redução de 3,5%, pela média

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio Balança Comercial do Agronegócio Janeiro/2016 I Resultados do mês (comparativo jan/2016 jan/2015)

Leia mais

ASSESSORIA ECONÔMICA. Edição nº 07 /2017.

ASSESSORIA ECONÔMICA. Edição nº 07 /2017. TOTAL DAS EXPORTAÇÕES DA BAHIA EM JULHO: No mês de julho de 2017, as exportações da Bahia totalizaram o valor de US$ 684,7 milhões, sendo US$ 329,8 milhões oriundas do agronegócio, representando 48,1%,

Leia mais

BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA SETEMBRO 2012

BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA SETEMBRO 2012 BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA SETEMBRO 2012 Período Dias Úteis US$ milhões FOB EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO CORR. COMÉRCIO SALDO Média Média Média Média Valor Valor Valor Valor p/dia útil p/dia útil p/dia útil

Leia mais

Exportações de Carnes agronegócio Janeiro a Dezembro de 2015

Exportações de Carnes agronegócio Janeiro a Dezembro de 2015 Exportações de Carnes agronegócio Janeiro a Dezembro de 2015 1. Exportações de carnes de janeiro a dezembro de 2015 BRASIL As exportações brasileiras de carnes somaram US$ 14,7 bilhões no período de janeiro

Leia mais

Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Março 2016

Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Março 2016 Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Março 2016 As exportações paranaenses, em março, apresentaram aumento de +48,60% em relação a fevereiro. O valor exportado atingiu a US$ 1,490 bilhão, o mais

Leia mais

INTERCÂMBIO COMERCIAL DO AGRONEGÓCIO PRINCIPAIS MERCADOS DE DESTINO INTERCÂMBIO COMERCIAL DO AGRONEGÓCIO EDIÇÃO 2013 GRATUITA

INTERCÂMBIO COMERCIAL DO AGRONEGÓCIO PRINCIPAIS MERCADOS DE DESTINO INTERCÂMBIO COMERCIAL DO AGRONEGÓCIO EDIÇÃO 2013 GRATUITA ISBN 978-85-7991-085-2 INTERCÂMBIO COMERCIAL DO AGRONEGÓCIO EDIÇÃO 2013 MAIS INFORMAÇÕES: WWW.AGRICULTURA.GOV.BR CENTRAL DE RELACIONAMENTO: 0800 704 1995 INTERCÂMBIO COMERCIAL DO AGRONEGÓCIO PRINCIPAIS

Leia mais

Secretaria de Relações Internacionais - MAPA - Missões Prioritárias rias Desempenho recente e cenários para 2009

Secretaria de Relações Internacionais - MAPA - Missões Prioritárias rias Desempenho recente e cenários para 2009 Secretaria de Relações Internacionais - MAPA - Missões Prioritárias rias Desempenho recente e cenários para 2009 Exportações do Agronegócio Retrospecto de 10 anos Exportações Brasileiras do Agronegócio

Leia mais

ANÁLISE DAS EXPORTAÇÕES MATOGROSSENSES JANEIRO a NOVEMBRO / Balança Comercial

ANÁLISE DAS EXPORTAÇÕES MATOGROSSENSES JANEIRO a NOVEMBRO / Balança Comercial ANÁLISE DAS EXPORTAÇÕES MATOGROSSENSES JANEIRO a NOVEMBRO - 2010/2009 1- Balança Comercial Mato Grosso registrou até novembro desse ano, um superávit acumulado na Balança Comercial de US$ 6,95 bilhões,

Leia mais

BALANÇA COMERCIAL ACUMULA SUPERÁVIT DE US$ 4,0 BILHÕES NO PRIMEIRO BIMESTRE DO ANO

BALANÇA COMERCIAL ACUMULA SUPERÁVIT DE US$ 4,0 BILHÕES NO PRIMEIRO BIMESTRE DO ANO São Paulo, 20 de março de 2016 Fevereiro 2016 BALANÇA COMERCIAL ACUMULA SUPERÁVIT DE US$ 4,0 BILHÕES NO PRIMEIRO BIMESTRE DO ANO Em fevereiro, a corrente de comércio brasileira totalizou US$ 23,7 bilhões,

Leia mais

ANO 6 NÚMERO 54 NOVEMBRO DE 2016 PROFESSORES RESPONSÁVEIS: FLÁVIO RIANI & RICARDO RABELO

ANO 6 NÚMERO 54 NOVEMBRO DE 2016 PROFESSORES RESPONSÁVEIS: FLÁVIO RIANI & RICARDO RABELO ANO 6 NÚMERO 54 NOVEMBRO DE 2016 PROFESSORES RESPONSÁVEIS: FLÁVIO RIANI & RICARDO RABELO 1 - CONSIDERAÇÕES INICIAIS Aos poucos a quase totalidade da parte da sociedade brasileira que acreditava no impeachment

Leia mais

Geografia. O Comércio Exterior do Brasil. Professor Luciano Teixeira.

Geografia. O Comércio Exterior do Brasil. Professor Luciano Teixeira. Geografia O Comércio Exterior do Brasil Professor Luciano Teixeira www.acasadoconcurseiro.com.br Geografia O BRASIL NO COMÉRCIO EXTERIOR O comércio exterior é a troca de bens e serviços realizada entre

Leia mais

BALANÇA COMERCIAL ACUMULA SUPERÁVIT DE US$ 13,4 BILHÕES EM 2015

BALANÇA COMERCIAL ACUMULA SUPERÁVIT DE US$ 13,4 BILHÕES EM 2015 São Paulo, 18 de dezembro de 2015 Novembro 2015 BALANÇA COMERCIAL ACUMULA SUPERÁVIT DE US$ 13,4 BILHÕES EM 2015 Em novembro, a corrente de comércio brasileira totalizou US$ 335,3 bilhões, o que significou

Leia mais

CRESCEM AS EXPORTAÇÕES DE MANUFATURADOS PARA OS ESTADOS UNIDOS EM 2015

CRESCEM AS EXPORTAÇÕES DE MANUFATURADOS PARA OS ESTADOS UNIDOS EM 2015 São Paulo, 30 de novembro de 2015 Outubro 2015 CRESCEM AS EXPORTAÇÕES DE MANUFATURADOS PARA OS ESTADOS UNIDOS EM 2015 Em outubro, a corrente de comércio alcançou valor de US$ 30,1 bilhões, o que significou

Leia mais

CLIPPING DE NOTÍCIAS

CLIPPING DE NOTÍCIAS Data: 08.03.2016 Veículo: DIÁRIO ONLINE Caderno: CIDADE Pág.:A6 CUIABÁ SEDIA SEMINÁRIO SOBRE PORTOS Antes de Cuiabá, as oportunidades de investimento no setor portuário foram apresentadas em São Paulo

Leia mais

Análise da Balança Comercial Brasileira de 2011

Análise da Balança Comercial Brasileira de 2011 Análise da Balança Comercial Brasileira de 2011 Saldo comercial aumenta em função das altas cotações das commodities No ano de 2011, as exportações em valor cresceram 26,8%, em relação ao ano de 2010.

Leia mais

Balança Comercial dos Agronegócios Paulista e Brasileiro de Janeiro a Agosto de 2016

Balança Comercial dos Agronegócios Paulista e Brasileiro de Janeiro a Agosto de 2016 US$ bilhão v. 11, n. 9, setembro 216 Balança Comercial dos Agronegócios Paulista e Brasileiro de Janeiro a Agosto de 216 De janeiro a agosto de 216, as exportações do Estado de São Paulo 1 somaram US$3,37

Leia mais

- Exportação: US$ 17,5 bi, em valor, e média diária de US$ 795,0 milhões; sobre dez-13 (US$ 992,7 milhões),

- Exportação: US$ 17,5 bi, em valor, e média diária de US$ 795,0 milhões; sobre dez-13 (US$ 992,7 milhões), Dezembro / 2014 Resultados de Dezembro de 2014 - Exportação: US$ 17,5 bi, em valor, e média diária de US$ 795,0 milhões; sobre dez-13 (US$ 992,7 milhões), redução de 19,9%, pela média diária; - Importação:

Leia mais

SEÇÃO 1 Panorama Internacional. Petróleo 1.1 Reservas 1.2 Produção 1.3 Refino 1.4 Preços. Gás Natural 1.5 Reservas 1.6 Produção

SEÇÃO 1 Panorama Internacional. Petróleo 1.1 Reservas 1.2 Produção 1.3 Refino 1.4 Preços. Gás Natural 1.5 Reservas 1.6 Produção SEÇÃO 1 Panorama Internacional Petróleo 1.1 Reservas 1.2 Produção 1.3 Refino 1.4 Preços Gás Natural 1.5 Reservas 1.6 Produção 1 Esta seção apresenta informações sobre o desempenho da indústria mundial

Leia mais

Movimentação de cargas nos terminais portuários do brasil. Análise trimestral 2017

Movimentação de cargas nos terminais portuários do brasil. Análise trimestral 2017 Movimentação de cargas nos terminais portuários do brasil Análise trimestral 2017 1. CENÁRIO ECONÔMICO BRASILEIRO No terceiro trimestre de 2017, a Corrente de Comércio brasileira, por via marítima, somou

Leia mais

Santa Maria - RS

Santa Maria - RS MERCADO INTERNO E DE EXPORTAÇÃO DE PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL XXVI CONGRESSO BRASILEIRO DE ZOOTECNIA ZOOTEC 2016 SIMPÓSIO III: MARKETING E EMPREENDEDORISMO Santa Maria - RS 13-05-2016 POSIÇÃO DO BRASIL

Leia mais

Paraná contraria tendência nacional e aumenta exportações em 2016

Paraná contraria tendência nacional e aumenta exportações em 2016 Comércio exterior, logística, portos, transportes, indústrias, serviços, negócios e economia. Home Anuncie Institucional Fale Conosco Assinatura Pesquisar no site... Home» Notícias Paraná contraria tendência

Leia mais

Comum do Mercosul (NCM), que classifica os produtos somente a oito dígitos.

Comum do Mercosul (NCM), que classifica os produtos somente a oito dígitos. n. 3 - Nov/2014 Picos tarifários na União Europeia são entraves às exportações agrícolas brasileiras As tarifas de importação são a forma mais direta de proteção dos mercados internos em relação à entrada

Leia mais

PERFIL DO AGRONEGÓCIO MUNDIAL

PERFIL DO AGRONEGÓCIO MUNDIAL SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO DE MINAS GERAIS SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO PERFIL DO AGRONEGÓCIO MUNDIAL Março/2014 2 ÍNDICE 03. Apresentação 04. População Mundial 05. População

Leia mais

COMÉRCIO EXTERIOR MAIO

COMÉRCIO EXTERIOR MAIO MAIO EXPORTAÇÕES No mês de maio de 2017, as exportações catarinenses somaram US$ 802,8 milhões, o que representou um avanço de 15,8% frente a maio de 2016. Esse crescimento é o melhor para o mês desde

Leia mais

Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Maio 2016

Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Maio 2016 Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Maio 2016 As exportações paranaenses cresceram 1,2% em maio em relação ao mês anterior e em 20,9% em relação a maio de 2015. Em valores, as exportações de maio

Leia mais

Agronegócio e o Plano Nacional de Exportações

Agronegócio e o Plano Nacional de Exportações Agronegócio e o Plano Nacional de Exportações Alinne B. Oliveira Superintendente de Relações Internacionais Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil CNA 17 de novembro de 2015. O agronegócio e

Leia mais

Janeiro 2015 São Paulo, 23 de Fevereiro de 2015 BALANÇA COMERCIAL TEM DÉFICIT DE US$ 3,2 BILHÕES NO PRIMEIRO MÊS DO ANO

Janeiro 2015 São Paulo, 23 de Fevereiro de 2015 BALANÇA COMERCIAL TEM DÉFICIT DE US$ 3,2 BILHÕES NO PRIMEIRO MÊS DO ANO Janeiro 2015 São Paulo, 23 de Fevereiro de 2015 BALANÇA COMERCIAL TEM DÉFICIT DE US$ 3,2 BILHÕES NO PRIMEIRO MÊS DO ANO A balança comercial brasileira iniciou 2015 com um déficit de US$ 3,2 bilhões em

Leia mais

V AVISULAT Porto Alegre/RS

V AVISULAT Porto Alegre/RS V AVISULAT Porto Alegre/RS Avanços e desafios para o agronegócio brasileiro no mercado externo. Eduardo Sampaio Marques Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio SRI/MAPA Panorama do Agronegócio

Leia mais

O Agronegócio e o Sucesso do Brasil no Mercado de Carnes Gedeão Silveira Pereira

O Agronegócio e o Sucesso do Brasil no Mercado de Carnes Gedeão Silveira Pereira O Agronegócio e o Sucesso do Brasil no Mercado de Carnes Gedeão Silveira Pereira Vice Presidente FARSUL Terra arável disponível, por pessoa no mundo Brasil EUA Rússia Índia China União Européia Congo Austrália

Leia mais

Gráfico 1 Corrente de comércio Brasil - China entre 2006 e 2015 (US$ milhões)

Gráfico 1 Corrente de comércio Brasil - China entre 2006 e 2015 (US$ milhões) INFORMATIVO Nº. 48. JANEIRO de 216 COMÉRCIO BILATERAL BRASIL-CHINA Balança Comercial Em 215, a corrente de comércio Brasil-China totalizou 66,3 bilhões, de acordo com dados divulgados pelo Ministério do

Leia mais

Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado do Paraná. Gerência Técnica e Econômica EXPORTAÇÕES DAS COOPERATIVAS PARANAENSES

Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado do Paraná. Gerência Técnica e Econômica EXPORTAÇÕES DAS COOPERATIVAS PARANAENSES Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado do Paraná Gerência Técnica e Econômica Curitiba, março de 2011 EXPORTAÇÕES DAS COOPERATIVAS PARANAENSES Conteúdo 1 Histórico das exportações... 2 2 Principais

Leia mais

Exportações Catarinenses no mês de Junho e percentual de crescimento 2000 a 2017

Exportações Catarinenses no mês de Junho e percentual de crescimento 2000 a 2017 EXPORTAÇÕES - Mês de Junho No mês de junho de 2017 as exportações catarinenses somaram US$ 738,7 milhões, avanço de 10,6% frente ao mesmo mês de 2016. Esse percentual de crescimento foi o melhor para o

Leia mais

TOTAL DAS EXPORTAÇÕES DA BAHIA EM MARÇO: EXPORTAÇÕES ACUMULADAS JAN-MAR/2017: COMPARAÇÃO MAR/2017 COM MAR /2016:

TOTAL DAS EXPORTAÇÕES DA BAHIA EM MARÇO: EXPORTAÇÕES ACUMULADAS JAN-MAR/2017: COMPARAÇÃO MAR/2017 COM MAR /2016: TOTAL DAS EXPORTAÇÕES DA BAHIA EM MARÇO: No mês de março de 2017, a Bahia exportou o valor de US$ 658 milhões, sendo US$ 276 milhões (42%) provenientes do agronegócio. O volume exportado pelo agronegócio

Leia mais

Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Janeiro 2016

Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Janeiro 2016 Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Janeiro 2016 As exportações paranaenses, em janeiro, apresentaram queda de -23,15% em relação a dezembro/15. O valor exportado atingiu a US$ 871 milhões, ficando,

Leia mais

Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Junho 2013

Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Junho 2013 Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Junho 2013 As exportações em junho apresentaram queda de -6,35% em relação a maio. O valor exportado superou novamente a marca de US$ 1 bilhão, atingindo a US$

Leia mais

(+0,5% sobre dez-12), 2ª maior média para meses de dezembro, anterior dez-11: US$ 1,006 bi; sobre nov-13, houve redução de 4,8%;

(+0,5% sobre dez-12), 2ª maior média para meses de dezembro, anterior dez-11: US$ 1,006 bi; sobre nov-13, houve redução de 4,8%; Resultados dezembro de - Exportação: US$ 20,8 bilhões e média diária de US$ 992,7 milhões (+0,5% sobre dez-12), 2ª maior média para meses de dezembro, anterior dez-11: US$ 1,006 bi; sobre nov-13, houve

Leia mais

BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA ABRIL 2012

BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA ABRIL 2012 BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA ABRIL 2012 US$ milhões FOB Período Dias Úteis EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO CORR. COMÉRCIO SALDO Média Média Média Média Valor Valor Valor Valor p/dia útil p/dia útil p/dia útil p/dia

Leia mais

Destaques. Julho: Janeiro-Julho: 12 meses (Agosto-Julho):

Destaques. Julho: Janeiro-Julho: 12 meses (Agosto-Julho): Julho / 2012 Destaques Julho: - Exportação: 2º maior valor para julho (exp: US$ 21,0 bi); anterior jul-11 (US$ 22,3 bi); - Importação: 2º maior valor para julho (US$ 18,1 bi); anterior jul-11: US$ 19,1

Leia mais

Balança comercial encerra 2013 com superávit de US$ 2,56 bilhões

Balança comercial encerra 2013 com superávit de US$ 2,56 bilhões São Paulo, 29 de janeiro de 2014 Balança comercial encerra 2013 com superávit de US$ 2,56 bilhões Apesar de o ano de 2013 ter apresentado aumento do intercâmbio comercial brasileiro, as importações aumentaram

Leia mais

Dezembro 2014 São Paulo, 19 de Janeiro de 2015 BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA TEM PRIMEIRO DÉFICIT ANUAL EM 14 ANOS

Dezembro 2014 São Paulo, 19 de Janeiro de 2015 BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA TEM PRIMEIRO DÉFICIT ANUAL EM 14 ANOS Dezembro 2014 São Paulo, 19 de Janeiro de 2015 BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA TEM PRIMEIRO DÉFICIT ANUAL EM 14 ANOS Apesar do superávit de US$ 293 milhões no último mês do ano, a balança comercial brasileira

Leia mais

DADOS ESTATÍSTICOS DO SETOR 2010

DADOS ESTATÍSTICOS DO SETOR 2010 DADOS ESTATÍSTICOS DO SETOR 2010 Setor de Sucos Exportação (US$ Milhares) Produtos Jan-Dez/10 Part% Jan-Dez/09 Part% Var % Alimentos Industrializados 37.853.764 100,00 30.861.776 100,00 22,7 Cap. 20. Preparações

Leia mais

Compreender as DIFERENÇAS e SEMELHANÇAS O que nos afasta? O que nos aproxima?

Compreender as DIFERENÇAS e SEMELHANÇAS O que nos afasta? O que nos aproxima? Maio 2014 Apresentar a Indústria de MT Compreender as DIFERENÇAS e SEMELHANÇAS O que nos afasta? O que nos aproxima? Diagnosticar as NECESSIDADES MÚTUAS Do que precisamos? Do que podemos fornecer mutuamente?

Leia mais

ano IV, n 46 Fevereiro de 2015

ano IV, n 46 Fevereiro de 2015 ano IV, n 46 Fevereiro de 2015 SÍNTESE JANEIRO DE 2015 Em US$ milhões Período Exportações Importações Saldo Janeiro 13.704 16.878-3.174 Variação em relação a Janeiro de 2014-14,5 % -16,0 % 894 Acumulado

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio. Balança Comercial do Agronegócio Agosto/2015

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio. Balança Comercial do Agronegócio Agosto/2015 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio Balança Comercial do Agronegócio Agosto/2015 I Resultados do mês (comparativo Agosto/2015 Agosto/2014)

Leia mais

Março 2014 São Paulo, 30 de abril de 2014

Março 2014 São Paulo, 30 de abril de 2014 Março 2014 São Paulo, 30 de abril de 2014 BALANÇA COMERCIAL REGISTRA O PRIMEIRO SALDO POSITIVO DO ANO,, MAS RESULTADO SEGUE MODESTO A balança comercial brasileira registrou um superávit de US$ 112 milhões

Leia mais

Aula9 A ECONOMIA BRASILEIRA. Débora Barbosa da Silva

Aula9 A ECONOMIA BRASILEIRA. Débora Barbosa da Silva Aula9 A ECONOMIA BRASILEIRA META Levar o aluno a compreender a organização econômica do Brasil e sua participação no mercado mundial. OBJETIVOS Ao fi nal desta aula, o aluno deverá: Conhecer os diferentes

Leia mais

Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Novembro 2015

Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Novembro 2015 Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Novembro 2015 As exportações paranaenses, em novembro, apresentaram queda de -16,67% em relação a outubro. O valor exportado atingiu a US$ 1,007 bilhão, ficando,

Leia mais

BOVINOCULTURA DE CORTE

BOVINOCULTURA DE CORTE Milhares BOVINOCULTURA DE CORTE» MERCADO INTERNO Os preços médios da arroba do boi e da vaca na segunda semana de julho continuaram a crescer, finalizando o período em R$ 96,9 e R$91,11 (à vista e livre

Leia mais

Carne de Frango Var. Produção (milhões ton) Exportação (milhões ton) Disponibilidade 12,69 13,146 3,58% 4,03 4,3 5% 8,59 8,84 3,1%

Carne de Frango Var. Produção (milhões ton) Exportação (milhões ton) Disponibilidade 12,69 13,146 3,58% 4,03 4,3 5% 8,59 8,84 3,1% Carne de Frango Produção (milhões ton) Exportação (milhões ton) Disponibilidade (milhões ton) 2014 2015 Var. 12,69 13,146 3,58% 4,03 4,3 5% 8,59 8,84 3,1% Per capita (kg) 42,7 43,25 1,1% 2016 Produção

Leia mais

Figura 1 Destino das exportações do Brasil (acumulado em 12 meses, em bilhões US$ de Maio/2017)

Figura 1 Destino das exportações do Brasil (acumulado em 12 meses, em bilhões US$ de Maio/2017) Ano V Julho/217 O Boletim de Comércio Exterior de Jul./217 traz informações dos principais destinos dos itens exportados por Brasil, estado de São Paulo, Região Metropolitana de Ribeirão Preto (RMRP),

Leia mais

Janeiro Atualizado até 10/02/2012.

Janeiro Atualizado até 10/02/2012. Janeiro 2012 crescem acima das exportações: o saldo da balança comercial brasileira iniciou o ano com um déficit de US$ 1,3 bilhão, após consecutivos saldos superavitários desde fevereiro de 2010. Em relação

Leia mais

Inteligência Comercial. Perfil País. Uzbequistão

Inteligência Comercial. Perfil País. Uzbequistão Perfil País Uzbequistão Elaborado pela: Unidade de - ic@apexbrasil.com.br Apex-Brasil Tel: +55 613426.0202 Fax: +55 613426.0332 www.apexbrasil.com.br 1 Uzbequistão Indicadores Econômicos Crescimento do

Leia mais

ano III, n 21, janeiro de 2013 Período Exportações Importações Saldo

ano III, n 21, janeiro de 2013 Período Exportações Importações Saldo ano III, n 21, janeiro de 2013 SÍNTESE DEZEMBRO DE 2012 (Em US$ milhões) Período Exportações Importações Saldo Dezembro de 2012 19.748 17.500 2.249 Variação em relação a dezembro de 2011-10,8 % - 4,4 %

Leia mais

Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Secretaria de Comércio Exterior

Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Secretaria de Comércio Exterior Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Secretaria de Comércio Exterior O comércio exterior brasileiro e o desempenho do setor industrial Welber Barral Secretário SÃO PAULO (SP), 27

Leia mais

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Janeiro Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Janeiro Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS Balança Comercial do Rio Grande do Sul Janeiro 2015 Unidade de Estudos Econômicos O COMÉRCIO EXTERIOR DO RS EM JANEIRO Exportações Além da forte queda da indústria (-18,5%), ressalta-se o fato de que somente

Leia mais

Balança Comercial. 1 0 Semestre de 2013 BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA - JANEIRO-JUNHO/2013 EXPORTAÇÃO: US$ 114,5 BI - JANEIRO-JUNHO/2013

Balança Comercial. 1 0 Semestre de 2013 BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA - JANEIRO-JUNHO/2013 EXPORTAÇÃO: US$ 114,5 BI - JANEIRO-JUNHO/2013 Balança Comercial 1 0 Semestre de 2013 BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA - JANEIRO-JUNHO/2013 O semestre foi o pior desde 1995, com déficit de US$ 3 bilhões, afetado por importações de petróleo e derivados

Leia mais

SUMÁRIO EXECUTIVO DAS RELAÇÕES ECONÔMICAS E COMERCIAIS. BRASIL x CHINA

SUMÁRIO EXECUTIVO DAS RELAÇÕES ECONÔMICAS E COMERCIAIS. BRASIL x CHINA Ministério das Relações Exteriores MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos DPR Divisão de Inteligência Comercial DIC SUMÁRIO EXECUTIVO DAS RELAÇÕES ECONÔMICAS E COMERCIAIS BRASIL x CHINA

Leia mais