SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE GABINETE DO REITOR P O R T A R I A N

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE GABINETE DO REITOR P O R T A R I A N"

Transcrição

1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE GABINETE DO REITOR P O R T A R I A N regulamenta a adoção da flexibilização da jornada de trabalho dos servidores técnico-administrativos em Educação da Universidade Federal Fluminense O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE, no uso de suas atribuições legais e tendo em vista o disposto na Lei n 8112, de 11/12/1990, no Decreto Presidencial n 1.590, de 10/08/1995, no Decreto n 4.836, de 09/09/2003. RESOLVE Art. 1 Estabelecer as normas e procedimentos necessários à autorização de adoção da flexibilização da jornada de trabalho de servidores técnico-administrativos em educação do quadro permanente de pessoal da UFF nos termos do Decreto n. 1590, de 10/08/1995, e suas posteriores alterações, mediante cumprimento dos critérios estabelecidos na presente Portaria. 1 A flexibilização da jornada de trabalho envolvera a adoção de regime de trabalho de seis horas diárias, compondo carga horária de trinta horas semanais, sem intervalo para refeições e sem redução da renumeração;

2 2 A autorização para a adoção da flexibilização da jornada de trabalho estará condicionada à demonstração da necessidade de regime de trabalho diferenciado pelos setores nos quais houver atendimento ao público, para melhor atender ao interesse público e/ou aos objetivos institucionais da universidade. Art. 2 A flexibilização da jornada de trabalho é voluntária, poderá ser solicitada pelos servidores, para garantir ou melhorar a qualidade do atendimento aos usuários dos seus respectivos setores, e justifique-se o desenvolvimento de atividades, que tenham demanda de atendimento ao público devidamente caracterizada, em período igual ou superior a 12 (doze) horas ininterruptas, em regime de turnos ou escalas; ou trabalho no período noturno, respeitando o horário de funcionamento de cada unidade. 1o. Será adotado para fins de conceito de "atendimento ao publico" o previsto na Lei n /2005, quando define "usuário" como pessoas ou coletividades internas ou externas à instituição/uff que usufruem direta ou indiretamente dos serviços por ela prestados.. 2 Entende-se por período noturno, para fins desta Portaria, aquele que ultrapassar as vinte e uma horas. 3 Caberá aos dirigentes de cada Unidade Organizacional da Universidade - Órgão da Administração Superior; Unidades Universitárias, compreendendo os Institutos Centrais e as Faculdades e Escolas, com seus Órgãos Auxiliares; Institutos Especializados; Centros de Estudos interdisciplinares e Colégio de Aplicação - submeterem proposta, à Comissão de Flexibilização a fim de análise quanto a possibilidade de adoção de jornada flexível de trabalho. 4 Os horários de trabalho em regime flexibilizado de cada setor de uma Unidade Organizacional da UFF deverão estar previstos na proposta submetida a exame da Comissão, e que serão encaminhados pelo Dirigente da Unidade, conforme artigo 3 desta Decisão. 5 A jornada de trabalho flexível não abrange servidores que atuam em regime de plantão, aos ocupantes de cargos com jornada semanais de trabalho estabelecidas em Lei especifica e aos servidores ocupantes do Cargo de Direção (CD). 6 Os prestadores de serviço sem vinculo com a Administração Pública, estagiários e bolsistas não são abrangidos pelo Decreto n 1.590/95. 7 A jornada de trabalho flexibilizada não impacta no quantitativo de vagas de pessoal, destinados à UFF pelo MEC.

3 Art. 3 Será Criada Comissão de Flexibilização composta por representantes da administração central, diretores de Unidades Acadêmicas e Técnicos Administrativos, em igual número. 1º. À Comissão de Flexibilização caberá avaliar as propostas apresentadas pelos Dirigentes de Unidades, nos termos desta Decisão, bem como suas eventuais renovações, emitindo Parecer conclusivo quanto a implementação e/ou manutenção da flexibilização da jornada de trabalho dos servidores. 2º. Nos casos em que a Unidade tiver Colegiado na sua estrutura, este parecer será emitido pelo mesmo, cabendo à Comissão de Flexibilização sua homologação. 3. O Parecer será submetido ao Reitor para emitir Portaria de implementação e/ou manutenção da jornada flexibilizada. 4º. A Comissão de Flexibilização deverá ainda assessorar a implantação e a manutenção da jornada de trabalho flexibilizada. Art. 4º. Para requerer Flexibilização da Jornada de Trabalho nos termos desta Portaria, o setor deverá demonstrar: a) que os serviços exigem atividades continuas de regime de turnos ou escalas, em período igual ou superior a 12 horas ininterruptas, em função de atendimento ao público ou trabalho no período noturno; b) existência de quantitativo de servidores técnico-administrativos adequado para implementação da jornada de trabalho flexibilizada; c) escalas nominais de serviços a serem adotadas. Art. 5 Deverão integrar o requerimento de autorização para adoção de Jornada de Trabalho Flexibilizada: I- formulário de solicitação de autorização para a Jornada de Trabalho Flexibilizada - disponibilizado pela PROGEPE, encaminhado pelas chefias imediatas dos servidores técnico-administrativos atuantes no setor requisitante ao Dirigente da respectiva Unidade Organizacional (ANEXO I); II- justificativa para a necessidade de execução, no setor requerente, de atividades continuas em período igual ou superior a doze horas ininterruptas, ou em período noturno (ANEXO II); III- quadro informativo da escala nominal dos servidores técnico-administrativos do setor (ANEXO III).

4 Art. 7 Nos setores nos quais houver sido autorizada a flexibilização da jornada de trabalho deverá ser afixado e mantido atualizado, em local visível e de livre circulação de usuários dos serviços, quadro informativo com escala nominal dos servidores, a qual também deverá ser disponibilizada no site da respectiva Unidade Organizacional, contendo dias e horários de expediente e de atendimento aos usuários. Parágrafo 1º. Parágrafo único. A manutenção da jornada de trabalho flexibilizada dependerá de avaliação da Comissão de Flexibilização, que ocorrerá com base no Relatório da Avaliação de Desempenho dos servidores técnicoadministrativos em educação da Unidade Organizacional, que emitirá Parecer a ser submetido ao Dirigente Máximo da UFF, nos termos do artigo 3. Art. 8 Os servidores técnico-administrativos em educação que não integrarem o regime de jornada flexibilizada desempenharão suas atividades nos termos de legislação e portaria específicas. Art. 9º. - Comissão de Flexibilização terá como finalidade assessorar o Dirigente Máximo da Instituição na decisão de autorização para implementação e/ou manutenção da jornada de trabalho flexibilizada, nos termos do Artigo 4 desta Portaria. Art. 10 A autorização de flexibilização da jornada de trabalho será concedida por doze meses, como período de experiência, e será renovada de forma automática a cada 12 meses, exceto, se houver requerimento do servidor solicitando outro regime de trabalho ou remoção para local de trabalho que não se enquadra nos critérios de flexibilização definidos pelos Decretos de 1995 e Decreto n de º A autorização da flexibilização da jornada de trabalho, não gerará, em qualquer hipótese, direitos adquiridos. 2 A análise sobre atendimento dos requisitos para a renovação da autorização da jornada de trabalho flexibilizada será competência dos Colegiados das Unidades Acadêmicas para seus servidores, e da Comissão de Flexibilização para as demais Unidades da UFF, conforme Art. 3º. desta Portaria. 3º.Caberá recurso ao Colegiado da Unidade, e como segunda instância à Comissão de Flexibilização.. Art. 11. A flexibilização da jornada poderá ser revista por solicitação do setor, da Unidade ou da Administração Central, quando não estiverem sendo atendidos os fins institucionais que justificaram a sua implementação. Art. 12. O acompanhamento do cumprimento dos termos desta Portaria, em cada setor, caberá, respectivamente e de forma solidária, às equipes de trabalho,

5 chefias imediatas e aos Dirigentes responsáveis pelas respectivas Unidades Organizacionais. Paragrafo único. Caberá a cada Unidade a elaboração de Relatórios de desempenho de cada setor, coincidindo com o interstício da avaliação de desempenho, a ser encaminhado pela Direção da Unidade Acadêmica à Comissão de Flexibilização. Art. 13. Revogam-se as disposições em contrário.

6 ANEXO I À Comissão de Flexibilização Eu servidor do Quadro de Pessoal da UFF, matrícula Siape n, chefe do setor, venho requerer a flexibilização da jornada de trabalho dos servidores técnico-administrativos em educação lotados na, com a anuência dos mesmos, conforme consta no Anexo III, haja vista que a jornada requerida atende a necessidade de atendimento ao público por, no mínimo, doze horas ininterruptas ou de trabalho em período noturno, consoante as disposições dos Decretos n s 1.590/1995 e 4.836/2003., de de Assinatura e carimbo do Chefe imediato do setor. Assinatura e carimbo do Dirigente da Unidade

7 ANEXO II JUSTIFICATIVA PARA A NECESSIDADE DE EXECUÇÃO DE ATIVIDADES CONTINUAS I.Local de realização das atividades: 2. Exposição de motivos 2.1. Descrever os serviços e/ou atividades de caráter ininterrupto ou em período noturno, com especificação das respectivas rotinas Descrever e quantificar o público-alvo interno ou externo beneficiado de forma direta ou indireta pela atividade do setor.

8 ANEXO III QUADRO INFORMATIVO DA ESCALA NOMINAL DOS SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS DO SETOR MÊS: ANO: NOME HORÁRIO DE EXPEDIÊNTE HORÁRIO DE ATENDIMENTO INÍCIO FIM INÍCIO FIM DIA(S) DA SEMANA

CONSUN Conselho Universitário DECISÃO Nº 432/2015

CONSUN Conselho Universitário DECISÃO Nº 432/2015 CONSUN Conselho Universitário DECISÃO Nº 432/2015 O CONSELHO UNIVERSITÁRIO, em sessão de 27/11/2015, tendo em vista o constante no processo nº 23078.034370/13-31, considerando a proposta apresentada pela

Leia mais

PORTARIA N.º de 7 de outubro de O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE, no uso das

PORTARIA N.º de 7 de outubro de O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE, no uso das ANO L N. 176 10/10/2016 SEÇÃO II PÁG. 030 PORTARIA N.º 57.301 de 7 de outubro de 2016. Dispõe sobre a jornada de trabalho e o registro da frequência dos servidores técnico-administrativos da Universidade

Leia mais

RESOLUÇÃO N o 01/2011/CD. Florianópolis, 24 de Fevereiro de 2011.

RESOLUÇÃO N o 01/2011/CD. Florianópolis, 24 de Fevereiro de 2011. RESOLUÇÃO N o 01/2011/CD Florianópolis, 24 de Fevereiro de 2011. A PRESIDENTE DO COLÉGIO DE DIRIGENTES DO INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA, no uso das atribuições que lhe foram conferidas pela Lei nº

Leia mais

PROPOSTA DE REGULAMENTO DA FLEXIBILIZAÇÃO DA JORNADA DE TRABALHO DOS SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO DA UFRRJ CAPÍTULO I

PROPOSTA DE REGULAMENTO DA FLEXIBILIZAÇÃO DA JORNADA DE TRABALHO DOS SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO DA UFRRJ CAPÍTULO I PROPOSTA DE REGULAMENTO DA FLEXIBILIZAÇÃO DA JORNADA DE TRABALHO DOS SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO DA UFRRJ CAPÍTULO I DA APRESENTAÇÃO Art. 1º. O presente regulamento e seus anexos visam

Leia mais

RESOLUÇÃO N 5, DE 16 DE AGOSTO DE 2016, DA REITORA DA UFTM

RESOLUÇÃO N 5, DE 16 DE AGOSTO DE 2016, DA REITORA DA UFTM RESOLUÇÃO N 5, DE 16 DE AGOSTO DE 2016, DA REITORA DA UFTM Dispõe sobre a flexibilização da jornada de trabalho dos servidores Técnico-administrativos em Educação, no âmbito da Universidade Federal do

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE PORTARIA Nº 1641/2015-Reitoria/IFRN Natal (RN), 26 de outubro de 2015. Regulamenta a Flexibilização da Jornada de Trabalho dos Servidores Técnico-Administrativos em Educação do IFRN. O REITOR DO INSTITUTO

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 145, DE 30 DE JUNHO DE 2016

RESOLUÇÃO Nº 145, DE 30 DE JUNHO DE 2016 RESOLUÇÃO Nº 145, DE 30 DE JUNHO DE 2016 O CONSELHO UNIVERSITÁRIO da Universidade Federal do Pampa, em sua 73ª Reunião Ordinária, realizada em 30 de junho de 2016, de acordo com a proposta constante no

Leia mais

PORTARIA Nº 1478/GR, DE 21 DE JULHO DE 2016.

PORTARIA Nº 1478/GR, DE 21 DE JULHO DE 2016. Regulamenta a solicitação da flexibilização de jornada de trabalho dos servidores técnico-administrativos em educação do Instituto Federal de Alagoas e dá outras providências. O REITOR DO INSTITUTO FEDERAL

Leia mais

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DA JORNADA DE TRABALHO DOS SERVIDORES TÉCNICO- ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO Anexo à Resolução nº 22 de 25 de julho de

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 2, DE 17 DE SETEMBRO DE 2014

RESOLUÇÃO Nº 2, DE 17 DE SETEMBRO DE 2014 RESOLUÇÃO Nº 2, DE 17 DE SETEMBRO DE 2014 Regulamenta a jornada de trabalho dos servidores técnico-administrativos em educação do IFSC A PRESIDENTE DO COLÉGIO DE DIRIGENTES, no uso das atribuições que

Leia mais

Flexibilização da Jornada de UFOP

Flexibilização da Jornada de UFOP Flexibilização da Jornada de Trabalho dos servidores TAE UFOP HISTÓRICO 24/05/2013 Aprovação pelo CUNI da proposta de Flexibilização da Jornada de Trabalho dos Técnico Administrativos em Educação da UFOP.

Leia mais

Art. 2º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação. São João del-rei, 27 de março de 2017.

Art. 2º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação. São João del-rei, 27 de março de 2017. RESOLUÇÃO N o 003, de 27 de março de 2017. Cria a Comissão Permanente de Flexibilização da Jornada de Trabalho dos Servidores Técnico-administrativos em Educação da UFSJ e aprova o seu Regimento Interno.

Leia mais

Rosana Cavalcante dos Santos Presidente do Conselho Superior

Rosana Cavalcante dos Santos Presidente do Conselho Superior RESOLUÇÃO Nº 003/2015 CONSU/IFAC. Dispõe sobre Jornada de Trabalho dos Servidores Técnico- Administrativos em Educação do IFAC, bem como sobre sua flexibilização (30h). A PRESIDENTE DO CONSELHO SUPERIOR

Leia mais

O Que é Jornada de 30 horas? Por que Implantá-la?

O Que é Jornada de 30 horas? Por que Implantá-la? O Que é Jornada de 30 horas? Por que Implantá-la? 30 HORAS PARA TODAS E TODOS Esta é a luta da FASUBRA e suas entidades de base. É uma bandeira histórica da nossa categoria, cuja prioridade acontece nos

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSU, nº x de x/x/2016.

RESOLUÇÃO CONSU, nº x de x/x/2016. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI RESOLUÇÃO CONSU, nº x de x/x/2016. Regulamenta a jornada de trabalho dos servidores Técnico-Administrativos

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 07/2014 Campos dos Goytacazes, 03 de junho de 2014

RESOLUÇÃO Nº 07/2014 Campos dos Goytacazes, 03 de junho de 2014 RESOLUÇÃO Nº 07/2014 Campos dos Goytacazes, 03 de junho de 2014 O Presidente do Conselho Superior do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia Fluminense, no uso das atribuições que lhe foram

Leia mais

RESOLUÇÃO 963/2013/CONSELHO SUPERIOR/IFSP- Orientação Normativa e Anexos

RESOLUÇÃO 963/2013/CONSELHO SUPERIOR/IFSP- Orientação Normativa e Anexos FLEXIBILIZAÇÃO DA JORNADA DE TRABALHO DOS SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP) Resolução N 963/2013 - Conselho Superior ORIENTAÇÃO

Leia mais

1. Da legislação que rege a jornada de trabalho dos servidores da Administração Pública Federal direta, suas autarquias e fundações

1. Da legislação que rege a jornada de trabalho dos servidores da Administração Pública Federal direta, suas autarquias e fundações Nota Técnica nº 02/2009 SINASEFE. Jornada semanal de 30 horas. Portaria 1497 do Ministério da Educação. Pretensão de aplicação aos servidores dos Institutos Federais, CEFETs e Escolas Técnicas vinculadas

Leia mais

REGULAMENTO DO HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO IFNMG

REGULAMENTO DO HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO IFNMG REGULAMENTO DO HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO IFNMG Aprovado pela Portaria do Reitor nº 637, de 17 de julho de 2015. CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O horário regular de funcionamento do IFNMG

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FLUMINENSE

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FLUMINENSE PORTARIA N o 465 DE 02 DE OUTUBRO DE 2014 O REITOR do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense, no uso de suas atribuições legais que lhe conferem a Lei 11.892 de 29/12/2008, publicada

Leia mais

RESOLUÇÃO DO CONSELHO SUPERIOR Nº 19/2014, DE 23 DE MAIO DE 2014.

RESOLUÇÃO DO CONSELHO SUPERIOR Nº 19/2014, DE 23 DE MAIO DE 2014. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CONSELHO SUPERIOR Avenida Rio Branco, 50 Santa Lúcia 29056-255 Vitória ES 27 3227-5564 3235-1741 ramal 2003 RESOLUÇÃO DO CONSELHO SUPERIOR Nº

Leia mais

{Segundo o artigo 2º da Resolução 10/2013,

{Segundo o artigo 2º da Resolução 10/2013, INTRODUÇÃO O objetivo dessa cartilha é auxiliar e orientar os servidores Técnico-Administrativos em Educação na instrução dos processos de solicitação de flexibilização da jornada de trabalho de 40 para

Leia mais

BOLETIM DE PESSOAL IFBA GABINETE DA REITORIA Salvador, 1º de julho de 2016.

BOLETIM DE PESSOAL IFBA GABINETE DA REITORIA Salvador, 1º de julho de 2016. BOLETIM DE PESSOAL IFBA GABINETE DA REITORIA Salvador, 1º de julho de 2016. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Leia mais

P O R T A R I A N. º DE 2 4 DE J A N E I R O DE

P O R T A R I A N. º DE 2 4 DE J A N E I R O DE P O R T A R I A N. º 0 4 3 DE 2 4 DE J A N E I R O DE 2 0 1 4. O Reitor Pro Tempore do Instituto Federal do Paraná, no uso da competência que lhe confere a Portaria n.º 727 de 08 agosto de 2013, do Ministério

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. XX DO CONSELHO SUPERIOR, DE XX DE XXXXX DE Art. 2º Esta Resolução entra em vigor a partir da data da sua publicação.

RESOLUÇÃO Nº. XX DO CONSELHO SUPERIOR, DE XX DE XXXXX DE Art. 2º Esta Resolução entra em vigor a partir da data da sua publicação. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SERTÃO PERNAMBUCANO RESOLUÇÃO Nº. XX DO CONSELHO SUPERIOR,

Leia mais

BOLETIM DE PESSOAL IFBA GABINETE DA REITORIA Salvador, 13 de fevereiro de 2017.

BOLETIM DE PESSOAL IFBA GABINETE DA REITORIA Salvador, 13 de fevereiro de 2017. BOLETIM DE PESSOAL IFBA GABINETE DA REITORIA Salvador, 13 de fevereiro de 2017. PORTARIA N.º 398, DE 9 DE FEVEREIRO DE 2017 O REITOR DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA IFBA,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 54/2016

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 54/2016 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 54/2016 Aprova regras para flexibilização da jornada de trabalho dos servidores técnicoadministrativos em educação

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 020 DE 21 DE SETEMBRO DE 2016.

RESOLUÇÃO Nº 020 DE 21 DE SETEMBRO DE 2016. RESOLUÇÃO Nº 020 DE 21 DE SETEMBRO DE 2016. Dispões sobre Regulamentação da jornada de trabalho dos Servidores Técnico- Administrativos em Educação do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 50/2017 Institui o sistema eletrônico de controle de assiduidade e pontualidade do servidor técnicoadministrativo em educação (TAE) e do trabalhador público de outros órgãos

Leia mais

NORMA PARA ALTERAÇÃO DE REGIME DE TRABALHO DO DOCENTE PERTENCENTE À CARREIRA DE MAGISTÉRIO SUPERIOR NA UNIFEI

NORMA PARA ALTERAÇÃO DE REGIME DE TRABALHO DO DOCENTE PERTENCENTE À CARREIRA DE MAGISTÉRIO SUPERIOR NA UNIFEI NORMA PARA ALTERAÇÃO DE REGIME DE TRABALHO DO DOCENTE PERTENCENTE À CARREIRA DE MAGISTÉRIO SUPERIOR NA UNIFEI 1 Norma para alteração de regime de trabalho do docente pertencente à carreira de Magistério

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE MATO GROSSO

CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE MATO GROSSO 1 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 PARECER CONSULTA CRM-MT Nº 03/2014 DATA DA ENTRADA: 21 de agosto de 2013 INTERESSADO: Sra. S. M. B. M. CONSELHEIRA CONSULTORA: Dra Hildenete Monteiro Fortes ASSUNTO: Esclarecimento

Leia mais

Proposta para PLANTÃO 24hx72h - SINDIRECEITA

Proposta para PLANTÃO 24hx72h - SINDIRECEITA Proposta para PLANTÃO 24hx72h - SINDIRECEITA Considerando que a jornada de trabalho dos Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil é de 40 horas semanais conforme artigo 19 da Lei nº 8.112/1990;

Leia mais

ANEXO I REGULAMENTO DE APOIO INSTITUCIONAL À PARTICIPAÇÃO DE DOCENTES EM EVENTOS CIENTÍFICOS TÍTULO I DA NATUREZA E DA FINALIDADE

ANEXO I REGULAMENTO DE APOIO INSTITUCIONAL À PARTICIPAÇÃO DE DOCENTES EM EVENTOS CIENTÍFICOS TÍTULO I DA NATUREZA E DA FINALIDADE ANEXO I REGULAMENTO DE APOIO INSTITUCIONAL À PARTICIPAÇÃO DE DOCENTES EM EVENTOS CIENTÍFICOS TÍTULO I DA NATUREZA E DA FINALIDADE Art. 1º Este regulamento estabelece critérios e procedimentos referentes

Leia mais

LICENÇA POR MOTIVO DE DOENÇA EM PESSOA DA FAMÍLIA DECLARAÇÃO DO SERVIDOR. Eu,,

LICENÇA POR MOTIVO DE DOENÇA EM PESSOA DA FAMÍLIA DECLARAÇÃO DO SERVIDOR. Eu,, DECLARAÇÃO DO SERVIDOR Eu,, (Nome Civil ou Nome Social) matrícula SIAPE nº, ocupante do cargo de, lotado (a) no, com fundamento no artigo 83 da Lei nº 8.112/90, parágrafo 1º : Art. 83. Poderá ser concedida

Leia mais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais REGULAMENTO DE AFASTAMENTO DOS SERVIDORES TÉCNICO ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO DO IFNMG PARA CAPACITAÇÃO E QUALIFICAÇÃO. CAPÍTULO I DOS CONCEITOS Art. 1º. Caracteriza-se como afastamento para capacitação

Leia mais

RESOLUÇÃO CODIR Nº 06, DE 08 DE JULHO DE 2016.

RESOLUÇÃO CODIR Nº 06, DE 08 DE JULHO DE 2016. RESOLUÇÃO CODIR Nº 06, DE 08 DE JULHO DE 2016. Aprova Regulamento de Uso do Circuito Fechado de TV no IFSC. A PRESIDENTE DO COLÉGIO DE DIRIGENTES DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 02/2014

RESOLUÇÃO Nº 02/2014 Resolução nº 02/2014-CADM Página 1 de 8 UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO RESOLUÇÃO Nº 02/2014 EMENTA: Estabelece normas sobre jornada de trabalho dos Servidores Técnico- Administrativos

Leia mais

EXTRAÇÃO DE DADOS DA PLATAFORMA LATTES PoSIC

EXTRAÇÃO DE DADOS DA PLATAFORMA LATTES PoSIC EXTRAÇÃO DE DADOS DA PLATAFORMA LATTES PoSIC 1. Objetivo A extração tem o intuito de auxiliar as instituições a integrar os dados da Plataforma Lattes aos seus sistemas de informação, gerar indicadores

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 336 /PRES/INSS, DE 22 DE AGOSTO DE 2013

RESOLUÇÃO Nº 336 /PRES/INSS, DE 22 DE AGOSTO DE 2013 RESOLUÇÃO Nº 336 /PRES/INSS, DE 22 DE AGOSTO DE 2013 Dispõe sobre a jornada de trabalho, horários de funcionamento e atendimento das unidades e adoção do Regime Especial de Atendimento em Turnos, no âmbito

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS PROGEP COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS PROGEP COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS PROGEP COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº. 03/2014 Estabelece os procedimentos a serem

Leia mais

SECRETARIA DE ÓRGÃOS COLEGIADOS RESOLUÇÃO Nº 04/2017

SECRETARIA DE ÓRGÃOS COLEGIADOS RESOLUÇÃO Nº 04/2017 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA SECRETARIA DE ÓRGÃOS COLEGIADOS Campus Universitário Viçosa, MG 36570-000 Telefone: (31) 3899-2127 - Fax: (31) 3899-1229 - E-mail: soc@ufv.br RESOLUÇÃO

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL Gabinete do Reitor EDITAL Nº 759/UFFS/2016

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL Gabinete do Reitor EDITAL Nº 759/UFFS/2016 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL Gabinete do Reitor EDITAL Nº 759/UFFS/2016 MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE DE AFASTAMENTO PARA CAPACITAÇÃO DOCENTE DO CAMPUS CHAPECÓ BIÊNIO 2017-2018

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA RESOLUÇÃO N o 05/2016, DO CONSELHO DIRETOR Regulamenta o processo de implantação e avaliação da flexibilização para ajuste da jornada de trabalho dos servidores técnicoadministrativos em educação da Universidade

Leia mais

Art. 1 o Definir o perfil de Professor Titular desejado pela Instituição, bem como os critérios e a rotina operacional para provimento de vagas.

Art. 1 o Definir o perfil de Professor Titular desejado pela Instituição, bem como os critérios e a rotina operacional para provimento de vagas. RESOLUÇÃO N o 07/2000, DE 17 DE AGOSTO DE 2000 Define o perfil de Professor Titular da UFMG e estabelece critérios e rotina operacional para atribuição de vagas. O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

Leia mais

EDITAL IFRS - CAMPUS ERECHIM Nº 06/2017

EDITAL IFRS - CAMPUS ERECHIM Nº 06/2017 EDITAL IFRS - CAMPUS ERECHIM Nº 06/2017 PROCESSO CLASSIFICATÓRIO DE AFASTAMENTO DE SERVIDORES TÉCNICO- ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO DO CAMPUS ERECHIM DO IFRS. O Diretor-geral do do Instituto Federal de

Leia mais

Sistema Normas - Receita Federal

Sistema Normas - Receita Federal Página 1 de 5 BRASIL Acesso à informação - Barra GovBr Página Principal PORTARIA RFB Nº 457, DE 28 DE MARÇO DE 2016 imprimir documento Multivigente Vigente Original (Publicado(a) no DOU de, seção 1, pág.

Leia mais

Art. 1º Esta Resolução tem por objeto disciplinar o horário de funcionamento e atendimento das unidades do INSS.

Art. 1º Esta Resolução tem por objeto disciplinar o horário de funcionamento e atendimento das unidades do INSS. D.O.U 17 de Fevereiro de 2012. Seção 1 Pág.52. INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL RESOLUÇÃO Nº 177, DE 15 DE FEVEREIRO DE 2012 Dispõe sobre os horários de funcionamento e de atendimento das unidades do

Leia mais

REQUERIMENTO DE LICENÇA PARA CAPACITAÇÃO-RLC Processo nº (artigo 87 da lei 8.112/90-NS nº 570 de 22/05/2006)

REQUERIMENTO DE LICENÇA PARA CAPACITAÇÃO-RLC Processo nº (artigo 87 da lei 8.112/90-NS nº 570 de 22/05/2006) REQUERIMENTO DE LICENÇA PARA CAPACITAÇÃO-RLC Processo nº (artigo 87 da lei 8.112/90-NS nº 570 de 22/05/2006) Nome: Cargo: Lotação: Setor de Exercício: Função de confiança: ( ) CD ( ) FG Qual: Endereço:

Leia mais

É o deslocamento do servidor com o respectivo cargo para outra IFE.

É o deslocamento do servidor com o respectivo cargo para outra IFE. Página 1 de 5 REDISTRIBUIÇÃO DEFINIÇÃO É o deslocamento do servidor com o respectivo cargo para outra IFE. PÚBLICO-ALVO Servidores efetivos pertencentes ao quadro permanente de pessoal das instituições

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO N 14/2012

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO N 14/2012 RESOLUÇÃO N 14/2012 Estabelece normas e prazos de afastamento para capacitação de docentes da UNIVASF em programas de pós-graduação ou pós-doutorado. O DA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO,

Leia mais

MINUTA RESOLUÇÃO Nº. - CONEPE

MINUTA RESOLUÇÃO Nº. - CONEPE MINUTA RESOLUÇÃO Nº. - CONEPE Estabelece normas para a participação de docentes da Universidade do Estado de Mato Grosso, em regime de trabalho de Tempo Integral, em Dedicação Exclusiva, em colaborações

Leia mais

REGULAMENTO. CONSIDERANDO que o Programa de Colaborador Voluntário deve estar adequado à missão e aos objetivos da Instituição;

REGULAMENTO. CONSIDERANDO que o Programa de Colaborador Voluntário deve estar adequado à missão e aos objetivos da Instituição; REGULAMENTO Estabelece normas para o Programa de Colaborador Voluntário no âmbito do O INSTITUTO OSWALDO CRUZ, no uso de suas atribuições legais e estatutárias e, CONSIDERANDO a Portaria do nº 045/2016

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE PRÓ-REITORIA ADMINISTRATIVA INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/2002

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE PRÓ-REITORIA ADMINISTRATIVA INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/2002 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE PRÓ-REITORIA ADMINISTRATIVA INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/2002 O Pró-Reitor Administrativo da Fundação Universidade Federal do Rio Grande,

Leia mais

PORTARIA NORMATIVA Nº 001, DE 09 DE MARÇO DE 2015

PORTARIA NORMATIVA Nº 001, DE 09 DE MARÇO DE 2015 PORTARIA NORMATIVA Nº 001, DE 09 DE MARÇO DE 2015 Dispõe sobre os horários de atendimento a comunidade no IFB e dá outras providências. O REITOR PRO TEMPORE DO INSTITUTO FEDERAL DE BRASÍLIA, nomeado pela

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAS NOTA TÉCNICA Nº 001/2017-DIGPE Natal, 03 de abril de 2017. Estabelece os

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS CONSELHO SUPERIOR

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS CONSELHO SUPERIOR SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 44/CS, DE 2 DE DEZEMBRO DE 2013. Estabelece normas e procedimentos para reversão voluntária de

Leia mais

EDITAL FATEC SÃO ROQUE Nº 01/2014 DE 12 DE MAIO DE 2014

EDITAL FATEC SÃO ROQUE Nº 01/2014 DE 12 DE MAIO DE 2014 EDITAL FATEC SÃO ROQUE Nº 01/2014 DE 12 DE MAIO DE 2014 O Diretor da Faculdade de Tecnologia de São Roque no uso de suas atribuições legais torna público que estão abertas as inscrições para participação

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PLANO ANUAL DE CAPACITAÇÃO DOS SERVIDORES TÉCNICOS- ADMINISTRATIVOS DO INSTITUTO FEDERAL DE GOIÁS/ - AUTORIZAÇÃO DE AFASTAMENTO PARA PÓS-GRADUAÇÃO STRICTU SENSU A Diretora-Geral do Câmpus Goiânia Oeste/IFG,

Leia mais

NORMA DE PESSOAL DOCENTE DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE PORTO ALEGRE - UFCSPA

NORMA DE PESSOAL DOCENTE DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE PORTO ALEGRE - UFCSPA NORMA DE PESSOAL DOCENTE DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE PORTO ALEGRE - UFCSPA Regulamenta a Política de Pessoal Docente da Carreira do Magistério Superior da Universidade Federal de Ciências

Leia mais

ORDEM DE SERVIÇO. ASSUNTO: Regulamenta o Programa de Bolsa de Iniciação à Docência 1 FINALIDADE

ORDEM DE SERVIÇO. ASSUNTO: Regulamenta o Programa de Bolsa de Iniciação à Docência 1 FINALIDADE OS-04/SR-1/04 01/06 1 FINALIDADE A presente Ordem de Serviço tem por finalidade modificar a OS-02/SR-1/95 e regulamentar a operacionalização do Programa de Bolsa de Iniciação à. 2 OBJETIVO DO PROGRAMA

Leia mais

RESOLUÇÃO CFN Nº 576, DE 19 DE NOVEMBRO DE 2016

RESOLUÇÃO CFN Nº 576, DE 19 DE NOVEMBRO DE 2016 1 RESOLUÇÃO CFN Nº 576, DE 19 DE NOVEMBRO DE 2016 Dispõe sobre procedimentos para solicitação, análise, concessão e anotação de Responsabilidade Técnica do Nutricionista e dá outras providências. O Conselho

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO N 282, DE 07 DE NOVEMBRO DE 2014.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO N 282, DE 07 DE NOVEMBRO DE 2014. RESOLUÇÃO N 282, DE 07 DE NOVEMBRO DE 2014. Alterar a Resolução Nº 74, de 04 de março de 2014 que dispõe sobre o processo de Remoção de servidores, no âmbito do Instituto Federal de Educação, Ciência e

Leia mais

Considerando o disposto na Lei Estadual n /70, que aprovou o Estatuto dos Funcionários Públicos do Estado do Paraná;

Considerando o disposto na Lei Estadual n /70, que aprovou o Estatuto dos Funcionários Públicos do Estado do Paraná; RESOLUÇÃO Nº. /2015 UNESPAR Aprova o Regulamento do regime de Tempo Integral e Dedicação Exclusiva TIDE aos docentes da Universidade Estadual do Paraná. Considerando a necessidade de regulamentação do

Leia mais

SUMÁRIO ESTE BOLETIM DE SERVIÇO É CONSTITUÍDO DE 60 (SESSENTA) PÁGINAS CONTENDO AS SEGUINTES MATÉRIAS:

SUMÁRIO ESTE BOLETIM DE SERVIÇO É CONSTITUÍDO DE 60 (SESSENTA) PÁGINAS CONTENDO AS SEGUINTES MATÉRIAS: ANO L N.º 176 10/10/2016 SUMÁRIO ESTE BOLETIM DE SERVIÇO É CONSTITUÍDO DE 60 (SESSENTA) PÁGINAS CONTENDO AS SEGUINTES MATÉRIAS: SEÇÃO II PARTE 1 DESPACHOS E DECISÕES REITOR, PROPPI...02 PARTE 4 DESPACHOS

Leia mais

NORMA DE PESSOAL DOCENTE DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE PORTO ALEGRE - UFCSPA

NORMA DE PESSOAL DOCENTE DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE PORTO ALEGRE - UFCSPA NORMA DE PESSOAL DOCENTE DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE PORTO ALEGRE - UFCSPA Regulamenta a Política de Pessoal Docente da Carreira do Magistério Superior da Universidade Federal de Ciências

Leia mais

IF SUDESTE MG REITORIA ANEXO I. Da Redistribuição

IF SUDESTE MG REITORIA  ANEXO I. Da Redistribuição ANEXO I Da Redistribuição Art. 1º A Redistribuição, estabelecida no art. 37 da Lei nº 8.112/90, consiste no deslocamento de cargo de provimento efetivo, ocupado ou vago, no âmbito do quadro geral de pessoal

Leia mais

RESOLUÇÃO CCS Nº 085A/2016

RESOLUÇÃO CCS Nº 085A/2016 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE RESOLUÇÃO CCS Nº 085A/2016 REGULAMENTA A SELEÇÃO E ATRIBUIÇÃO DE ENCARGOS A DOCENTES E/OU PESQUISADORES DO PROGRAMA DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS DELIBERAÇÃO N 0 045, DE 02 DE MAIO DE 2012 O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

Leia mais

AFASTAMENTO PARA SERVIR A OUTRO ÓRGÃO/ENTIDADE (CESSÃO)

AFASTAMENTO PARA SERVIR A OUTRO ÓRGÃO/ENTIDADE (CESSÃO) Página 1 de 6 AFASTAMENTO PARA SERVIR A OUTRO ÓRGÃO/ENTIDADE (CESSÃO) Definição Cessão é o ato autorizativo para o exercício de cargo em comissão ou função de confiança ou para atender situações previstas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS COORDENAÇÃO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS COORDENAÇÃO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS COORDENAÇÃO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Resolução CCA/CCSA nº 07/2011 Revoga a Resolução 01/2010 que Estabelece normas para aproveitamento

Leia mais

PORTARIA Nº 253 DE 15 DE FEVEREIRO DE 2012

PORTARIA Nº 253 DE 15 DE FEVEREIRO DE 2012 3 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA REITORIA Rua Esmeralda, 430 Fx Nova Camobi Cep: 97110-767 - Santa

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS PROGEP COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS PROGEP COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS PROGEP COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº. 05/2014 Estabelece os procedimentos a serem

Leia mais

RESOLUÇÃO N o 015, de 25 de novembro de Regulamenta o Programa de Dimensionamento. Federal de São João del-rei e dá outras providências.

RESOLUÇÃO N o 015, de 25 de novembro de Regulamenta o Programa de Dimensionamento. Federal de São João del-rei e dá outras providências. RESOLUÇÃO N o 015, de 25 de novembro de 2014. Regulamenta o Programa de Dimensionamento do Quadro de Servidores Técnicoadministrativos em Educação da Universidade Federal de São João del-rei e dá outras

Leia mais

RESOLUÇÃO N 027, DE 25 DE OUTUBRO DE 2013

RESOLUÇÃO N 027, DE 25 DE OUTUBRO DE 2013 RESOLUÇÃO N 027, DE 25 DE OUTUBRO DE 2013 Aprova os procedimentos para avaliação de desempenho dos servidores docentes para fins de progressão e promoção na carreira, conforme o disposto na Lei nº 12.772/2012

Leia mais

EDITAL Nº 004/2016. Edital de Apoio à Capacitação de Servidores em Eventos e Ações Externas

EDITAL Nº 004/2016. Edital de Apoio à Capacitação de Servidores em Eventos e Ações Externas EDITAL Nº 004/2016 Edital de Apoio à Capacitação de Servidores em Eventos e Ações Externas A Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas - PROGEPE por meio da Diretoria de Desenvolvimento de Pessoal - DDP, no uso

Leia mais

Análise sobre a legalidade da implantação da jornada flexibilizada de 30 horas semanais para os técnicos administrativos da UFPR

Análise sobre a legalidade da implantação da jornada flexibilizada de 30 horas semanais para os técnicos administrativos da UFPR Parecer: Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Análise sobre a legalidade da implantação da jornada flexibilizada de 30 horas semanais para os técnicos administrativos da UFPR 1. Apresentação A Controladoria

Leia mais

MANUAL DO SERVIDOR LICENÇA PARA CAPACITAÇÃO

MANUAL DO SERVIDOR LICENÇA PARA CAPACITAÇÃO MANUAL DO SERVIDOR LICENÇA PARA CAPACITAÇÃO 1 O que é? 1.1 Após cada quinquênio de efetivo exercício, o servidor poderá, no interesse da Administração, afastar-se do exercício do cargo efetivo, com a respectiva

Leia mais

RESOLUÇÃO N 23, de 29 de outubro de 2014.

RESOLUÇÃO N 23, de 29 de outubro de 2014. RESOLUÇÃO N 23, de 29 de outubro de 2014. Dispõe sobre a dispensa da realização de Estágio Obrigatório para alunos de cursos técnicos do IFRS Campus Porto Alegre. O Presidente em Exercício do Conselho

Leia mais

PORTARIA N 71 DE 12 DE JANEIRO DE 2012

PORTARIA N 71 DE 12 DE JANEIRO DE 2012 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COLÉGIO PEDRO II PORTARIA N 71 DE 12 DE JANEIRO DE 2012 Redefine as atribuições dos Chefes de Departamentos Pedagógicos e dos Coordenadores Pedagógicos/ Responsáveis por Coordenação

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 56/2017 Fixa os critérios para pagamento da Gratificação por Encargo de Curso ou Concurso no âmbito da Universidade Federal de Juiz de Fora. O Conselho Superior da Universidade

Leia mais

NOTA TÉCNICA Nº. 03/2012. a) a Portaria Normativa MEC Nº. 40, de 12 de dezembro de 2007, em sua atual redação;

NOTA TÉCNICA Nº. 03/2012. a) a Portaria Normativa MEC Nº. 40, de 12 de dezembro de 2007, em sua atual redação; MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA SUPERINTENDENCIA DE REGULAÇÃO E REGISTROS ACADÊMICOS Considerando: NOTA TÉCNICA Nº. 03/2012 a) a Portaria Normativa MEC Nº. 40, de 12 de

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE RONDÔNIA REQUERIMENTO PARA CRT CONFORME RESOLUÇÃO COFEN 509/2016 (Certidão de Responsabilidade Técnica)

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE RONDÔNIA REQUERIMENTO PARA CRT CONFORME RESOLUÇÃO COFEN 509/2016 (Certidão de Responsabilidade Técnica) CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE RONDÔNIA REQUERIMENTO PARA CRT CONFORME RESOLUÇÃO COFEN 509/2016 (Certidão de Responsabilidade Técnica) Eu, Enfermeiro (a), inscrito (a) sob n.º COREN-RO, em / / Endereço

Leia mais

Boletim de Pessoal / Serviços Ano 1 - Nº Publicação 21/07/2017

Boletim de Pessoal / Serviços Ano 1 - Nº Publicação 21/07/2017 Ano 1 - Nº. 26 - Publicação 21/07/2017 Maria Valéria Costa Correia Reitora José Vieira da Cruz Vice-reitor Fernando Antonio Mesquita de Medeiros Chefe de Gabinete Sandra Regina Paz da Silva Pró-reitora

Leia mais

EDITAL FATECSOROCABA Nº 02/2017 DE 30 DE OUTUBRO DE 2017.

EDITAL FATECSOROCABA Nº 02/2017 DE 30 DE OUTUBRO DE 2017. EDITAL FATECSOROCABA Nº 02/2017 DE 30 DE OUTUBRO DE 2017. O Diretor da Faculdade de Tecnologia de Sorocaba no uso de suas atribuições legais torna público que estão abertas as inscrições para participação

Leia mais

PROMOÇÃO DE DOCENTE. É a passagem do servidor do último nível de uma classe da Carreira de Magistério para outra subsequente.

PROMOÇÃO DE DOCENTE. É a passagem do servidor do último nível de uma classe da Carreira de Magistério para outra subsequente. DEFINIÇÃO PROMOÇÃO DE DOCENTE Cód.: PVD Nº: 94 Versão: 5 Data: 12/01/2014 É a passagem do servidor do último nível de uma classe da Carreira de Magistério para outra subsequente. REQUISITOS BÁSICOS 1.

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 008/2008 CONSEPE Revogada pela Resolução Nº 010/ CONSEPE

RESOLUÇÃO Nº 008/2008 CONSEPE Revogada pela Resolução Nº 010/ CONSEPE RESOLUÇÃO Nº 008/2008 CONSEPE Revogada pela Resolução Nº 010/2009 - CONSEPE Estabelece procedimentos e critérios para a Progressão por Desempenho, de que trata o artigo 15 da Lei Complementar n 345, de

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 46/CUn/2014, DE 20 DE NOVEMBRO DE 2014

RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 46/CUn/2014, DE 20 DE NOVEMBRO DE 2014 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA ÓRGÃOS DELIBERATIVOS CENTRAIS CAMPUS UNIVERSITÁRIO TRINDADE CEP: 88040-900 - FLORIANÓPOLIS - SC TELEFONES: (48) 3721-9522 - 3721-9661 3721-4916

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSU Nº 10/2016, DE 12 DE MAIO DE 2016

RESOLUÇÃO CONSU Nº 10/2016, DE 12 DE MAIO DE 2016 RESOLUÇÃO CONSU Nº 10/2016, DE 12 DE MAIO DE 2016 Dispõe sobre o regulamento para liberação de servidores técnico-administrativos para eventos técnicos e/ou acadêmicos não promovidos por esta instituição,

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 01 DE 22 DE SETEMBRO DE 2010

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 01 DE 22 DE SETEMBRO DE 2010 Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Porto Alegre INSTRUÇÃO NORMATIVA N 01 DE 22 DE SETEMBRO

Leia mais

EDITAL FATECSOROCABA Nº 01/2017 DE 15 DE MAIO DE 2017.

EDITAL FATECSOROCABA Nº 01/2017 DE 15 DE MAIO DE 2017. EDITAL FATECSOROCABA Nº 01/2017 DE 15 DE MAIO DE 2017. O Diretor da Faculdade de Tecnologia de Sorocaba no uso de suas atribuições legais torna público que estão abertas as inscrições para participação

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ RESOLUÇÃO N 004/2015 CONSUNI Regulamenta a Lei n 15.569, de 07 de abril de 2014, que disciplina os afastamentos para realização de Pós Graduação (Especialização, Mestrado e Doutorado) e Pós-Doutorado pelos

Leia mais

INSTRUÇÃO INTERNA DE PROCEDIMENTOS - IIP PROGEPE Nº 001/2016 PROFESSOR DO ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO

INSTRUÇÃO INTERNA DE PROCEDIMENTOS - IIP PROGEPE Nº 001/2016 PROFESSOR DO ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO INSTRUÇÃO INTERNA DE PROCEDIMENTOS - IIP PROGEPE Nº 001/2016 PROFESSOR DO ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO Dispõe sobre os procedimentos para afastamento parcial, no país, ou integral, no país ou no

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 108/2015 CONEPE

RESOLUÇÃO Nº 108/2015 CONEPE RESOLUÇÃO Nº 108/2015 CONEPE Normatiza os Projetos de Pesquisa da Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT. A Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão CONEPE, da Universidade do Estado

Leia mais

EDITAL Nº 09/2013-IFPR

EDITAL Nº 09/2013-IFPR EDITAL Nº 09/2013-IFPR SELEÇÃO DE PROPOSTAS PARA AFASTAMENTO DE SERVIDORES DOCENTES E TÉCNICO- ADMINISTRATIVOS PARA QUALIFICAÇÃO EM CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTU SENSU O MAGNÍFICO REITOR DO INSTITUTO

Leia mais

RESOLUÇÃO N 08/2013/CDP Florianópolis, 28 de agosto de 2013

RESOLUÇÃO N 08/2013/CDP Florianópolis, 28 de agosto de 2013 RESOLUÇÃO N 08/2013/CDP Florianópolis, 28 de agosto de 2013 A Presidente do Colegiado de Desenvolvimento de Pessoas do Instituto Federal de Santa Catarina, no uso das atribuições que lhe foram conferidas

Leia mais

Resolução n.º XXX MINUTA - REGULAMENTO PARA RELOTAÇÃO DE SERVIDORES NO ÂMBITO DA UNESPAR. CAPITULO I Considerações Gerais

Resolução n.º XXX MINUTA - REGULAMENTO PARA RELOTAÇÃO DE SERVIDORES NO ÂMBITO DA UNESPAR. CAPITULO I Considerações Gerais Resolução n.º XXX MINUTA - REGULAMENTO PARA RELOTAÇÃO DE SERVIDORES NO ÂMBITO DA UNESPAR CAPITULO I Considerações Gerais Art. 1.º A Relotação docente é a mudança do local de lotação, e um Centro de Área

Leia mais

BOLSAS DE EXTENSÃO PARA PROJETOS NA ÁREA DA SAÚDE

BOLSAS DE EXTENSÃO PARA PROJETOS NA ÁREA DA SAÚDE UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO CAMPUS UNIVERSITÁRIO REITOR JOÃO DAVID FERREIRA LIMA - TRINDADE CEP: 88040-900 - FLORIANÓPOLIS - SC TELEFONE (048) 3721-9021 E-mail: proex@contato.ufsc.br

Leia mais

ATO NORMATIVO Nº 01/ PROEN/UNIVASF

ATO NORMATIVO Nº 01/ PROEN/UNIVASF ATO NORMATIVO Nº 01/2015 - PROEN/UNIVASF Cria o Calendário de Matrícula e estabelece normas complementares para o planejamento, a oferta e a matrícula nos componentes curriculares dos cursos de graduação

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA RESOLUÇÃO N 010/2014 DE 12 DE MAIO DE 2014

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA RESOLUÇÃO N 010/2014 DE 12 DE MAIO DE 2014 RESOLUÇÃO N 010/2014 DE 12 DE MAIO DE 2014 Estabelece as normas para alocação de vagas docentes nas Unidades Acadêmicas da Universidade Federal da Integração Latino- Americana UNILA para fins de levantamento

Leia mais