PREFEITURA MUNICIPAL DE ARTUR NOGUEIRA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PREFEITURA MUNICIPAL DE ARTUR NOGUEIRA"

Transcrição

1 DECRETO N.º 199/2012 Aprova o projeto do Loteamento RESIDENCIAL DA TORRE e dá outras providências. MARCELO CAPELINI, Prefeito do Município de Artur Nogueira, comarca de Moji-Mirim, estado de São Paulo, no uso de minhas regulares atribuições e prerrogativas legais e, ainda, CONSIDERANDO o protocolado nº 6267/2012, que trata do loteamento de caráter residencial denominado RESIDENCIAL DA TORRE, de propriedade de Jair Correa Empreendimentos Imobiliários Ltda, projetado para ser implantado na gleba de terras denominada A-1, situada no Bairro denominado Palmeiras, neste Município, com área de ,762m² (cento e nove mil, trezentos e noventa e dois metros quadrados e setecentos e sessenta e dois milésimos de metro quadrado), objeto da Matrícula n.º do Cartório de Registro de Imóveis de Moji-Mirim-SP; CONSIDERANDO que o referido projeto trata de parcelamento de solo em 379 (trezentos e setenta e nove) lotes de diversas dimensões com área total em lotes de ,890m² (cinqüenta e quatro mil, cento e setenta e três metros quadrados e oitocentos e noventa milésimos de metro quadrado) correspondendo a 49,52% da gleba, vias públicas que somam ,023m² (vinte e um mil, novecentos e sessenta e três metros quadrados e vinte e três milésimos de metro quadrado) correspondendo a 20,08% da gleba, áreas institucionais com 5.547,030m² (cinco mil, quinhentos e quarenta e sete metros quadrados e trinta milésimos de metro quadrado) correspondendo a 5,07% da gleba, área reservada para equipamento urbano com 305,097m2 (trezentos e cinco metros quadrados e noventa e sete milésimos de metro quadrado) correspondendo a 0,28% da gleba, áreas verdes com 9.391,450m² (nove mil, trezentos e noventa e um metros quadrados e quatrocentos e cinquenta milésimos de metro quadrado) correspondendo a 8,59% da gleba, sistemas de lazer com 1.556,611m² (um mil, quinhentos e cinquenta e seis metros quadrados e seiscentos e onze milésimos de metro quadrado) correspondendo a 1,42% da gleba e área de preservação permanente com ,661m² (dezesseis mil, quatrocentos e cinquenta e cinco metros quadrados e seiscentos e sessenta e um milésimos de metro quadrado) correspondendo a 15,04% da gleba, conforme projeto analisado nesta Prefeitura e que faz parte do referido protocolado; CONSIDERANDO que o empreendimento em questão obedece à Certidão de Diretrizes da Prefeitura Municipal nº 06/2012 e foi devidamente aprovado no GRAPROHAB Grupo de Análise e Aprovação de Projetos Habitacionais da Secretaria de Estado da Habitação do Governo de São Paulo, sob n.º 447/2012, expedido em 11 de setembro de 2012, atendendo, ainda, às exigências da Lei Federal n.º 6.766, de 19 de dezembro de 1.979, bem como da Lei Complementar Municipal n.º 337, de 08 de dezembro de 2003, conforme análise realizada pelos órgãos técnicos da Prefeitura Municipal de Artur Nogueira;

2 CONSIDERANDO que o Loteamento Residencial da Torre, de caráter residencial tipo D, de acordo com a Lei Complementar 441, de 03 de abril de 2007, que instituiu o Plano Diretor Participativo do Município de Artur Nogueira, encontra-se localizado no perímetro urbano, na Macro Zona ZOP Zona de Ocupação Prioritária, em Zona Especial de Interesse Social B (ZEIS B-1) Vazios Urbanos, que determina que vazios urbanos, destinados a uso habitacional, propícios a implantação de empreendimentos de interesse social e, ainda, em seu Art. 81 e inciso I, que diz que o Plano de Urbanização de cada ZEIS será estabelecido por decreto do Poder Executivo Municipal e que deverá prever diretrizes, índices e parâmetros urbanísticos para o parcelamento, uso e ocupação do solo e instalação de infraestrutura urbana, respeitadas as normas técnicas pertinentes; e CONSIDERANDO, finalmente, que o proprietário firmou nesta data, o compromisso de execução, no loteamento, de todos os melhoramentos urbanos previstos, no prazo previsto, perante a Prefeitura Municipal e o Serviço de Água e Esgoto de Artur Nogueira; DECRETO: Art. 1º Fica aprovado o projeto do Loteamento RESIDENCIAL DA TORRE, para ser implantado na gleba de terras denominada A-1, situada no Bairro denominado Palmeiras, neste Município, com área total de ,762m² (cento e nove mil, trezentos e noventa e dois metros quadrados e setecentos e sessenta e dois milésimos de metro quadrado), objeto da Matrícula n.º do Cartório de Registro de Imóveis de Moji-Mirim-SP, de propriedade da empresa Jair Correa Empreendimentos Imobiliários Ltda, situada na Rua Duque de Caxias, nº 940, Sala 2, Centro, nesta cidade de Artur Nogueira, comarca de Moji-Mirim, estado de São Paulo, de conformidade com as plantas, projetos e memoriais descritivos constantes do Processo Administrativo nº 6267/ º O Loteamento Residencial da Torre está localizado no perímetro urbano, na Macro Zona ZOP Zona de Ocupação Prioritária, em Zona Especial de Interesse Social B (ZEIS B-1), de caráter RESIDENCIAL, tipo D, com as seguintes características: I. Área de lotes (379 unidades), com ,890m² (49,52%); II. Área de vias públicas, com ,023m² (20,08%); III. Áreas institucionais, com 5.547,030m² (5,07%); IV. Área reservada para equipamento urbano, com 305,097m2 (0,28%); V. Áreas verdes, com 9.391,450m² (8,59%); VI. Áreas de sistema de lazer, com 1.556,611m² (1,42%); e VII. Áreas de preservação permanente, com ,661m² (15,04%). 2º As áreas destinadas às vias públicas, áreas institucionais, área reservada para equipamento urbano, áreas verdes, áreas de sistemas de lazer e áreas de preservação permanente, constantes da planta aprovada do referido loteamento, passam automaticamente à posse e domínio da Prefeitura Municipal de Artur Nogueira, com as respectivas inscrições no Cartório de Registro de Imóveis de Moji Mirim.

3 Art. 2º A aprovação do referido Loteamento, fica condicionada ao atendimento, pela loteadora, das seguintes exigências: I. Formalização da competente escritura pública de constituição de hipoteca, devidamente registrada, em favor da Prefeitura Municipal de Artur Nogueira, em garantia pela execução dos melhoramentos públicos das vias lindeiras, previstos para o empreendimento, com custo estimado de R$ ,07 (Um milhão, seiscentos e oitenta e cinco mil, oitocentos e sessenta e sete Reais e sete centavos), cujo ônus da garantida de hipoteca recairá sobre os lotes 01 a 62 da Quadra H e de 01 a 10 da Quadra I do referido loteamento. II. Registro do loteamento no Cartório de Registro de Imóveis de Moji-Mirim, no prazo de 180 (cento e oitenta) dias, na forma da legislação federal em vigor; 1º As despesas para cumprimento do que trata o inciso I deste artigo, inclusive encargos tributários, correrão às expensas únicas e exclusivas da proprietária do loteamento, sem quaisquer ônus à municipalidade. 2º A não apresentação da escritura pública de constituição de hipoteca a que se refere o inciso II deste artigo, impedirá o registro do Loteamento no Cartório de Registro de Imóveis de Moji Mirim. 3º O não cumprimento do disposto no inciso II deste artigo acarretará a revogação deste Decreto. Art. 3º Ficam estabelecidos como melhoramentos obrigatórios a serem executados pela proprietária, os seguintes empreendimentos nos respectivos prazos: I. Terraplenagem e abertura de ruas, em 90 dias; II. Sistema de drenagem, com galerias de águas pluviais, em 270 dias; III. Rede coletora e de afastamento de esgoto, em 360 dias; IV. Rede de distribuição de água e interligação aos lotes, em 540 dias; V. Implantação de EE, em 360 dias; VI. Rede de distribuição de energia elétrica e iluminação pública, em 720 dias; VII. Guias e sarjetas, em 720 dias; VIII. Pavimentação Asfáltica, em 720 dias; IX. Arborização de Áreas Verdes e dos passeios públicos, em 720 dias. X. Demarcação dos lotes, em 720 dias; e XI. Indicação e sinalização das vias e logradouros públicos, em 720 dias. 1º Os prazos para execução dos melhoramentos especificados acima começarão a fluir a partir da data de registro do loteamento junto ao Cartório de Registro de Imóveis de Moji-Mirim-SP. 2º O cumprimento do disposto no inciso XI, deste artigo, dependerá da aprovação, pela Municipalidade, da competente legislação para as respectivas nomenclaturas das vias e logradouros públicos, com a necessária antecedência para cumprimento, pela proprietária, do referido prazo.

4 Art. 4º Para liberação dos serviços municipais, quando se tratar de obras de infra-estrutura ou abastecimento de água, coleta de esgotos, águas pluviais, e guias, sarjetas e pavimentação asfáltica, os mesmos só serão aceitos pela Prefeitura Municipal nas seguintes condições: I. Execução conforme os projetos e memoriais descritivos aprovados; II. III. ART do responsável técnico pela execução; Solicitação, aos departamentos técnicos da Prefeitura Municipal, de ordem de serviço para autorização do início dos serviços. Parágrafo Único. Todo e qualquer serviço executado em desacordo com o estabelecido nos projetos aprovados, será de inteira responsabilidade da proprietária do empreendimento que arcará com as despesas para regularização, nos termos da legislação vigente. Art. 5º Ficam estabelecidas, de acordo com a Lei Complementar Municipal n.º 441, de 03 de abril de 2007, que instituiu o Plano Diretor Participativo do Município de Artur Nogueira, para o Loteamento Residencial da Torre, as seguintes diretrizes: I. Como lotes RESIDENCIAIS, Tipo D, de acordo com a Lei nº 337/2003 que trata do Parcelamento de Solo do Município; II. Para os lotes RESIDENCIAIS de que trata o inciso I deste artigo, fica estabelecido que: a) Serão unifamiliares, não sendo admitida a construção de mais de uma unidade habitacional nos mesmos; b) Como índices: Coeficiente de Aproveitamento (CA) mínimo de 0,2 (dois décimos) e máximo de 1 (uma) vez a área do lote, Taxa de Ocupação (TO) máxima de 66% da área do lote, Altura Máxima de 6,00m (seis metros) contando no nível acabado da soleira do piso inferior até o respaldo das paredes do último pavimento; c) Taxa de permeabilidade do solo mínima de 15%; d) Recuos mínimos de: 4,00m (quatro metros) de frente e 1,50m (um metro e meio) de ambos os lados no meio de quadra e 2,00m (dois metros) do lado da rua quando de esquina; e III. Como lotes COMERCIAIS, os seguintes lotes: a) 13 a 24 da Quadra A, e b) 01 a 05 da Quadra B. IV. Para os lotes COMERCIAIS de que trata o inciso III deste artigo, fica estabelecido que: a) Os lotes serão do tipo comercial mistos, ou seja, poderão ser construídas unidades residenciais e comerciais em um mesmo lote; b) Os lotes comerciais terão Índice de Ocupação máximo de 3,0 (três) vezes a área do terreno; c) Fica vedada a construção de qualquer tipo de unidade que abrigue atividade industrial no loteamento; V. As edificações deverão obedecer aos recuos previstos na legislação municipal.

5 VI. Fica proibido o desmembramento, desdobro ou recomposição de lotes que resultem em lotes com área inferior a 125,00m² (cento e vinte e cinco metros quadrados) que corresponde à media geral dos lotes do plano original do Loteamento, e em lotes com frente inferior a 6,00m (seis metros). Art. 6º Todos os resíduos gerados pelas obras, assim como bota foras de terra, deverão obedecer ao Plano de Gerenciamento Integrado de Resíduos da Construção Civil, Lei Municipal n.º 3.027, de 12 de maio de 2011, regulamentado pelo Decreto Municipal n.º 046, de 31 de maio de Art. 7º Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação. Art. 8º Revogam-se disposições em contrário. Paço Municipal Prefeito Jacob Stein, 11 de dezembro de MARCELO CAPELINI Prefeito Publicado por afixação, no quadro próprio de editais, na sede do Paço Municipal Prefeito Jacob Stein, na data supra. MAURO ALVES DA VINHA Chefe de Gabinete

SÃO PAULO. SEGUNDA-FEIRA, 22 de Outubro de 2012 ANO IV N 695. Atos Oficiais. Este documento foi assinado digitalmente por AC SERASA SRF ICP-BRASIL.

SÃO PAULO. SEGUNDA-FEIRA, 22 de Outubro de 2012 ANO IV N 695. Atos Oficiais. Este documento foi assinado digitalmente por AC SERASA SRF ICP-BRASIL. SÃO PAULO. SEGUNDA-FEIRA, 22 de Outubro de 2012 Atos Oficiais 2 SÃO PAULO. SEGUNDA-FEIRA, 22 de Outubro de 2012 SÃO PAULO. SEGUNDA-FEIRA, 22 de Outubro de 2012 3 4 SÃO PAULO. SEGUNDA-FEIRA, 22 de Outubro

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE URUAÇU ESTADO DE GOIÁS PODER EXECUTIVO SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO CNPJ /

PREFEITURA MUNICIPAL DE URUAÇU ESTADO DE GOIÁS PODER EXECUTIVO SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO CNPJ / Lei nº 1.589/2010 Regulamenta a implantação de CONDOMÍNIO RESIDENCIAL HORIZONTAL e CONDOMÍNIO RESIDENCIAL VERTICAL e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE URUAÇU, no uso das atribuições que lhe

Leia mais

Of. nº 620/GP. Paço dos Açorianos, 11 de julho de Senhora Presidente:

Of. nº 620/GP. Paço dos Açorianos, 11 de julho de Senhora Presidente: Of. nº 620/GP. Paço dos Açorianos, 11 de julho de 2011. Senhora Presidente: Submeto à apreciação de Vossa Excelência e seus dignos Pares o presente Projeto de Lei que tem por objeto a desafetação de bens

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BLUMENAU

PREFEITURA MUNICIPAL DE BLUMENAU Solicitante: 1 CASO O IMÓVEL SEJA ATINGIDO POR ÁREA DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE (APP) - MARGEM DE CURSO D ÁGUA, DEVERÁ OBEDECER A LEI FEDERAL Nº 12651 - CÓDIGO FLORESTAL, DE 25 DE MAIO DE 2012. CONFORME

Leia mais

Data: 14 de novembro de A Câmara Municipal de Guaratuba, Estado do Paraná, aprovou e eu, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte lei:

Data: 14 de novembro de A Câmara Municipal de Guaratuba, Estado do Paraná, aprovou e eu, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte lei: LEI Nº 1. 1 7 2 Data: 14 de novembro de 2005. Súmula: Dispõe sobre a Transferência do Direito de Construir e dá outras providências. A Câmara Municipal de Guaratuba, Estado do Paraná, aprovou e eu, Prefeito

Leia mais

LEI Nº 3709/92 (*) (**)

LEI Nº 3709/92 (*) (**) LEI Nº 3709/92 (*) (**) INSTITUI O PLANO DE URBANIZAÇÃO ESPECÍFICA DO RETIRO DA LAGOA. Faço saber a todos os habitantes do Município de Florianópolis, que a Câmara de Vereadores aprovou e eu sanciono a

Leia mais

Atualiza o valor das custas judiciais, dos emolumentos e do Fundo de Reaparelhamento da Justiça.

Atualiza o valor das custas judiciais, dos emolumentos e do Fundo de Reaparelhamento da Justiça. RESOLUÇÃO N. 10/2011 CM Atualiza o valor das custas judiciais, dos emolumentos e do Fundo de Reaparelhamento da Justiça. O Conselho da Magistratura do Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina, considerando

Leia mais

O PREFEITO MUNICIPAL DE BARRETOS, ESTADO DE SÃO PAULO:

O PREFEITO MUNICIPAL DE BARRETOS, ESTADO DE SÃO PAULO: LEI COMPLEMENTAR N.º 230, DE 16 DE JUNHO DE 2014. INCLUI, ALTERA E REVOGA DISPOSITIVOS NA LEI COMPLEMENTAR N.º 73, DE 10 DE OUTUBRO DE 2006, COM ALTERAÇÕES SUBSEQUENTES, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO

Leia mais

MUNiCíPIO DE GUARAPUAVA Estado do Paraná LEI N 2074/2012

MUNiCíPIO DE GUARAPUAVA Estado do Paraná LEI N 2074/2012 LEI N 2074/2012 SÚMULA: Altera o Capitulo 111,do Artigo 5, da Lei no045187, que dispõe sobre o Parcelamento do Solo para Fins Urbanos no Municipio de Guarapuava e revoga as Leis nos 1023/2001 e 1025/2001.

Leia mais

LOTEAMENTO - DEFINIÇÃO

LOTEAMENTO - DEFINIÇÃO LOTEAMENTO - DEFINIÇÃO É a divisão de glebas em lotes destinados à edificação, com aberturas de novas vias de circulação, de logradouros públicos ou prolongamento, modificação ou ampliação das vias já

Leia mais

Vaga no 01 Pequena. Matrícula no , Contribuinte no Avaliação (Atualizada

Vaga no 01 Pequena. Matrícula no , Contribuinte no Avaliação (Atualizada 38o OFÍCIO CÍVEL CENTRAL Fórum Central Civel João Mendes Júnior - Comarca de São Paulo JUIZ: NILSON WILFRED IVANHOÉ PINHEIRO JUIZ: CAROLINA DE FIGUEIREDO DORLHIAC NOGUEIRA JUSTIÇA GRATUITA - EDITAL DE

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA LEI Nº XX.XXX

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA LEI Nº XX.XXX 1 LEI Nº XX.XXX Dispõe sobre incentivos construtivos no Município de Curitiba e dá outras providências. A CÂMARA MUNICIPAL DE CURITIBA, CAPITAL DO ESTADO DO PARANÁ, aprovou e eu, Prefeito Municipal, sanciono

Leia mais

Sexta-feira, 15 de julho de 2016 Ano III Edição nº 671 Página 1 de 5

Sexta-feira, 15 de julho de 2016 Ano III Edição nº 671 Página 1 de 5 Sexta-feira, 15 de julho de 2016 Ano III Edição nº 671 Página 1 de 5 SUMÁRIO PODER EXECUTIVO DE VIRADOURO 2 Atos Oficiais 2 Decretos 2 Portarias 4 Licitações e Contratos 4 Aviso de Licitação 4 Secretaria

Leia mais

DECRETO Nº 02, DE 11 DE FEVEREIRO DE 2014.

DECRETO Nº 02, DE 11 DE FEVEREIRO DE 2014. DECRETO Nº 02, DE 11 DE FEVEREIRO DE 2014. Aprova o Loteamento Urbano denominado Jardim Vista Linda, localizado na cidade de Serra Azul, Estado de São Paulo, e dá outras providências.. A PREFEITA MUNICIPAL

Leia mais

ANEXO V PREÇO UNITÁRIO (R$) DEPENDENTES LEGAIS anos , , anos , , anos ,95 2.

ANEXO V PREÇO UNITÁRIO (R$) DEPENDENTES LEGAIS anos , , anos , , anos ,95 2. TABELA I PLANILHA INFORMATIVA DE BENEFICIÁRIOS E PREÇOS ESTIMADOS DO GRUPO A TITULARES E DEPENDENTES LEGAIS NO PLANO BÁSICO A - ENFERMARIA - SUBITEM 3.2.1 DO TERMO DE REFERÊNCIA - BENEFICIÁRIOS - TITULARES

Leia mais

Prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas publica:

Prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas publica: Prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas 1 Sexta-Feira Ano I Nº 51 Prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas publica: Gestor - Apparecido Rodrigues Staut / Secretário(a) - Governo / Editor - Ass.

Leia mais

DECRETO N.º D E C R E T A : CAPÍTULO I SEÇÃO ÚNICA DA VILA SANTA CECÍLIA

DECRETO N.º D E C R E T A : CAPÍTULO I SEÇÃO ÚNICA DA VILA SANTA CECÍLIA DECRETO N.º 2.382 EMENTA: Subdivide em setores a Zona de Atividades e a Zona Habitacional da Vila Santa Cecília e estabelece outras providências. O Prefeito Municipal de Volta Redonda, no uso de suas atribuições,

Leia mais

PREFEITURA DE GOIÂNIA GABINETE DO PREFEITO

PREFEITURA DE GOIÂNIA GABINETE DO PREFEITO GABINETE DO PREFEITO DECRETO Nº 2099, DE 31 DE OUTUBRO DE 2000. O PREFEITO DE GOIÂNIA, no uso de suas atribuições legais, nos termos das Leis Municipais nºs. 7.222, de 20.09.93, e 7.502, de 13.11.95, Decreto

Leia mais

Marcelo Augusto de Barros 1 Janeiro 2010 I. LEGISLAÇÃO APLICÁVEL

Marcelo Augusto de Barros 1 Janeiro 2010 I. LEGISLAÇÃO APLICÁVEL Supressão de vegetação para edificação em área urbana no Estado de São Paulo aplicação a loteamentos Biomas Cerrado e Mata Atlântica - Quadro comparativo Marcelo Augusto de Barros 1 marcelo@fortes.adv.br

Leia mais

Prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas publica:

Prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas publica: Prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas 1 Terça-feira Ano V Nº 1251 Prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas publica: Lei Municipal Nº. 593/2011 - Dispõe sobre o conselho municipal de alimentação

Leia mais

DIÁRIO OFICIAL ELETRÔNICO

DIÁRIO OFICIAL ELETRÔNICO fevereiro de 2016 a 04 de março de 2016. PALÁCIO RIO BRANCO, 22 de fevereiro de 2016. Ailton Cardozo de Araujo : Presidente Poder Executivo PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA - PMC DECRETO Nº 140 Regulamenta

Leia mais

PROJETO LEI COMPLEMENTAR Nº (Autoria do Projeto: Poder Executivo)

PROJETO LEI COMPLEMENTAR Nº (Autoria do Projeto: Poder Executivo) PROJETO LEI COMPLEMENTAR Nº (Autoria do Projeto: Poder Executivo) Dispõe sobre loteamento fechado edá outras providências. O GOVERNADOR DO DISTRITO FEDERAL, Faço saber que a Câmara Legislativa do Distrito

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR N /2012

LEI COMPLEMENTAR N /2012 LEI COMPLEMENTAR N. 6.148/2012 (Dispõe sobre loteamentos fechados e conjuntos residenciais fechados no município de Rio Verde GO e dá outras providências) A CÂMARA MUNICIPAL DE RIO VERDE-GO APROVA E EU

Leia mais

A Câmara Municipal de Nepomuceno por seus representantes e no uso de suas atribuições legais aprovou:

A Câmara Municipal de Nepomuceno por seus representantes e no uso de suas atribuições legais aprovou: PROJETO DE LEI Nº 589, DE 11 DE MAIO DE 2015 AUTORIZA A DESAFETAÇÃO E DOAÇÃO DE BEM IMÓVEL PERTENCENTE AO PATRIMÔNIO PÚBLICO E DÁ OUTRAS PROVIDENCIAS. A Câmara Municipal de Nepomuceno por seus representantes

Leia mais

Regularização Fundiária em São Mateus

Regularização Fundiária em São Mateus Regularização Fundiária em São Mateus Legislações Pertinente: Lei 6.015/73 Lei 6.766/79 Lei 9.785/99 Lei 10.257/01 Lei 11.977/09 Lei 12.424/11 Legislações Municipais Regularização Fundiária Conceito -

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº DE DE DE (Autoria do Projeto: Poder Executivo)

LEI COMPLEMENTAR Nº DE DE DE (Autoria do Projeto: Poder Executivo) LEI COMPLEMENTAR Nº DE DE DE 2.013 (Autoria do Projeto: Poder Executivo) Dispõe sobre loteamento fechado e dá outras providências. O GOVERNADOR DO DISTRITO FEDERAL, FAÇO SABER QUE A CÂMARA LEGISLATIVA

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 664 de 30 de julho de 2013

LEI COMPLEMENTAR Nº 664 de 30 de julho de 2013 Proc. Nº 8477/2013 LEI COMPLEMENTAR Nº 664 de 30 de julho de 2013 Regulamenta o Art. 97 da Lei Complementar nº 580, de 19 de dezembro de 2008, que institui o CÓDIGO DE URBANISMO E MEIO AMBIENTE da Estância

Leia mais

TABELA II - DOS OFÍCIOS DE REGISTRO DE IMÓVEIS

TABELA II - DOS OFÍCIOS DE REGISTRO DE IMÓVEIS 1. com valor declarado a 0,01 Até 1.505,00 101,84 28,94 14,92 5,36 6,99 4,89 162,94 b 1.505,01 Até 3.759,00 163,41 46,45 23,94 8,60 11,22 7,84 261,46 c 3.759,01 Até 6.266,00 293,16 83,32 42,96 15,43 20,12

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE LONDRINA

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE LONDRINA ANTEPROJETO DE LEI SÚMULA: Dispõe sobre a implantação da Outorga Onerosa do Direito de Construir na modalidade aquisição onerosa por compra no Município de Londrina e dá outras providências. A CÂMARA MUNICIPAL

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 169/91, DE 25 DE JULHO DE 1991.

LEI MUNICIPAL Nº 169/91, DE 25 DE JULHO DE 1991. LEI MUNICIPAL Nº 169/91, DE 25 DE JULHO DE 1991. Dispõe sobre o parcelamento do solo urbano e dá outras providências. O Prefeito Municipal de Taquaruçu do Sul, Estado do Rio Grande do Sul, usando as atribuições

Leia mais

Lei Complementar Nº 24/2009

Lei Complementar Nº 24/2009 Lei Complementar Nº 24/2009 Altera as Leis Complementares n. 11/2006, que dispõe sobre o Plano Diretor Municipal; nº. 12/2006, que dispõe sobre o Código de Obras e Edificações; nº. 13/2006, que dispõe

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA Inscrição Imobiliária 63.3.0011.0034.00-4 Sublote 0000 Indicação Fiscal 79.073.253 Nº da Consulta / Ano Bairro: SANTA FELICIDADE Quadrícula: F-07 Rua da Cidadania: Santa Felicidade Motivo Incompleta: IMÓVEL

Leia mais

LOTEAMENTO ROTA DAS FLORES

LOTEAMENTO ROTA DAS FLORES LOTEAMENTO ROTA DAS FLORES Proprietária: Rota das Flores Empreendimentos Imobiliários Ltda. Local: Estrada Municipal ATN 050, Imóvel Denominado Campos Salles. Município: Artur Nogueira SP. Comarca: Mogi

Leia mais

Memorial Descritivo. Unidade Autônoma no. 23 Condomínio Villavista Golf

Memorial Descritivo. Unidade Autônoma no. 23 Condomínio Villavista Golf Unidade Autônoma no. 23 Área Total do Lote: 2.751,35m² Área livre do Lote: 2.751,35 m² nas LOTE 23: FRENTE segue com o azimute de 62 34 02 e 6,71 metros, mais 24,44 metros em arco, com o raio de 27,50

Leia mais

Art. 1º O parcelamento do solo urbano do Município de Novo Xingu RS, obedecerá ao disposto na legislação federal, estadual e na presente Lei.

Art. 1º O parcelamento do solo urbano do Município de Novo Xingu RS, obedecerá ao disposto na legislação federal, estadual e na presente Lei. LEI MUNICIPAL Nº. 802/2015 de 09 de junho de 2015. Dispõe sobre o parcelamento do solo urbano e dá outras providências. GODOFREDO CLAUDIO WERKHAUSEN Prefeito Municipal de Novo Xingu RS FAÇO SABER no uso

Leia mais

O PREFEITO MUNICIPAL DE IMBITUBA Faço saber que a Câmara Municipal de Imbituba aprovou e eu sanciono a seguinte Lei:

O PREFEITO MUNICIPAL DE IMBITUBA Faço saber que a Câmara Municipal de Imbituba aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 4.764, DE 30 DE NOVEMBRO DE 2016. Estima a Receita e fixa a Despesa do Município de Imbituba para o Exercício de 2017. O PREFEITO MUNICIPAL DE IMBITUBA Faço saber que a Câmara Municipal de Imbituba

Leia mais

Seminário de Mobilidade Urbana e Acessibilidade 23/11/2016

Seminário de Mobilidade Urbana e Acessibilidade 23/11/2016 Seminário de Mobilidade Urbana e Acessibilidade 23/11/2016 Lei de Uso e Ocupação do Solo Paulo Roberto Secretário de Planejamento Ponte Nova 31 99989-1636 23/11/2016 Mobilidade Urbana: é a condição em

Leia mais

VALDEMIR ANTONIO MORALLES, Prefeito

VALDEMIR ANTONIO MORALLES, Prefeito LEI Nº. 2.955 DE 06 DE MARÇO DE 2.013. REVOGA AS LEIS MUNICIPAIS Nº 2.875/11 E 2.902/12 E DISPÕE SOBRE O ADICIONAL DE QUINQUÊNIO AOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA INDIRETA E DÁ

Leia mais

IT 1819 R.4 - INSTRUÇÃO TÉCNICA PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE PARCELAMENTO DO SOLO

IT 1819 R.4 - INSTRUÇÃO TÉCNICA PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE PARCELAMENTO DO SOLO IT 1819 R.4 - INSTRUÇÃO TÉCNICA PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE PARCELAMENTO DO SOLO Notas: Aprovada pela Deliberação CECA nº 872 de 08 de maio de 1986. Publicada no DOERJ de 17 de junho de 1986. 1. OBJETIVO

Leia mais

ÍNDICE. TABELA de valores da contribuição de custeio. TABELA 03 - Atos comuns a todas as serventias. TABELA 11 - Registro de Imóveis

ÍNDICE. TABELA de valores da contribuição de custeio. TABELA 03 - Atos comuns a todas as serventias. TABELA 11 - Registro de Imóveis SINDICATO DOS NOTÁRIOS REGISTRADORES DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO FUNDADO EM 1998 CNPJ MF Nº. 02.510.599/0001-39 REGISTRO SINDICAL Nº 000.000.550.97713-9 ÍNDICE TABELA de valores da contribuição de custeio

Leia mais

DISPÕE SOBRE O PARCELAMENTO DO SOLO URBANO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

DISPÕE SOBRE O PARCELAMENTO DO SOLO URBANO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. LEI COMPLEMENTAR Nº 7, DE 23 DE SETEMBRO DE 1991. (Revigorada e ratificada pela Lei Complementar nº 87/2003) DISPÕE SOBRE O PARCELAMENTO DO SOLO URBANO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O Povo do Município de

Leia mais

Deliberação Normativa COPAM nº., de XX de janeiro de 2010

Deliberação Normativa COPAM nº., de XX de janeiro de 2010 Deliberação Normativa COPAM nº., de XX de janeiro de 2010 Disciplina o procedimento para regularização ambiental e supressão de vegetação em empreendimentos de parcelamento de solo, inclusive dentro dos

Leia mais

RESOLUÇÃO N.º 15, de 03 de maio de 2005.

RESOLUÇÃO N.º 15, de 03 de maio de 2005. RESOLUÇÃO N.º 15, de 03 de maio de 2005. Regulamenta o fornecimento de diretrizes técnicas, aprovação e interligação de empreendimentos de parcelamento de solo, tais como loteamentos, conjuntos habitacionais

Leia mais

APROVAÇÃO E LICENÇA - RESIDENCIAL UNIFAMILIAR

APROVAÇÃO E LICENÇA - RESIDENCIAL UNIFAMILIAR APROVAÇÃO E LICENÇA - RESIDENCIAL UNIFAMILIAR 1. Formulário Padrão (fornecido pelo IMPLURB) devidamente preenchido, sendo imprescindível conter o nome do interessado, número do telefone, número do celular

Leia mais

TABELA II DOS OFÍCIOS DE REGISTRO DE IMÓVEIS

TABELA II DOS OFÍCIOS DE REGISTRO DE IMÓVEIS TABELA II DOS OFÍCIOS DE REGISTRO DE IMÓVEIS Tabela elaborada sob responsabilidade da Associação dos Registradores Imobiliários de São Paulo ARISP. Em vigor a partir de 7 de janeiro de 2011. Lei 11.331,

Leia mais

ESTADO DA BAHIA PREFEITURA MUNICIPAL DE IBIASSUCÊ GABINETE DO PREFEITO

ESTADO DA BAHIA PREFEITURA MUNICIPAL DE IBIASSUCÊ GABINETE DO PREFEITO DECRETO Nº 38 DE 18 DE DEZEMBRO DE 2012. Dispõe sobre a aprovação do loteamento denominado Jardim Anália Franco, localizado na propriedade Pedrinhas, em perímetro urbano do Município de Ibiassucê BA. O

Leia mais

Santa Rita do Passa Quatro SP

Santa Rita do Passa Quatro SP DECRETO N.º 2.576, DE 13 DE ABRIL DE 2015. APROVA O PROJETO DE LOTEAMENTO RESIDENCIAL E COMERCIAL JEQUITIBÁ ROSA, A SER IMPLANTADO EM GLEBA DE 135.807,83 M2, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. DR.LEANDRO LUCIANO

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA APROVAÇÃO DE PROJETOS HABITACIONAIS SECRETARIA DE ESTADO DA HABITAÇÃO

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA APROVAÇÃO DE PROJETOS HABITACIONAIS SECRETARIA DE ESTADO DA HABITAÇÃO MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA APROVAÇÃO DE PROJETOS HABITACIONAIS SECRETARIA DE ESTADO DA HABITAÇÃO 1 1. APROPRIAÇÃO FÍSICA DE GLEBAS URBANAS: 1.1. PARCELAMENTO DO SOLO (Lei Federal nº 6.766/79, alterada pela

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº048, DE 11 DE ABRIL DE 2012.

PROJETO DE LEI Nº048, DE 11 DE ABRIL DE 2012. PROJETO DE LEI Nº048, DE 11 DE ABRIL DE 2012. Autoriza o Poder Executivo Municipal a fazer Concessão de Direito Real de Uso de Área da parte do lote nº 28, Objeto da Matrícula nº 3.889, da Área localizada

Leia mais

Município de Caxias do Sul

Município de Caxias do Sul 1 LEI MUNICIPAL Nº 8.165, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2016. Estima a Receita e fixa a Despesa do para o exercício de 2017. Art. 1º A receita consolidada do para o exercício econômico-financeiro de 2017 foi estimada

Leia mais

CONVENÇÃO DO CONDOMÍNIO BOSQUES DE ATLÂNTIDA

CONVENÇÃO DO CONDOMÍNIO BOSQUES DE ATLÂNTIDA CONVENÇÃO DO CONDOMÍNIO BOSQUES DE ATLÂNTIDA Índice geral OBJETO 03 CAPÍTULO I DO CONDOMÍNIO 05 CAPÍTULO II DOS ÓRGÃOS DE ADMINISTRAÇÃO 21 CAPÍTULO III DAS DESPESAS 29 CAPÍTULO IV DAS PENALIDADES 33 CAPÍTULO

Leia mais

LOTE-06: ÁGUAS LINDAS DE GOIÁS/GO CASA CONDOMÍNIO RESIDENCIAL M&P OCUPADO

LOTE-06: ÁGUAS LINDAS DE GOIÁS/GO CASA CONDOMÍNIO RESIDENCIAL M&P OCUPADO 1º Leilão:R$ 146.739,26 (cento e quarenta e seis mil, setecentos e trinta e nove reais e vinte e seis centavos) 2º Leilão:R$ 208.319,08 (duzentos e oito mil, trezentos e dezenove reais e oito centavos)

Leia mais

Prefeitura Municipal de Taubaté

Prefeitura Municipal de Taubaté ANEXO XIX - VAGAS DE ESTACIONAMENTO PARA EMPREENDIMENTOS NÃO CLASSIFICADOS COMO EMPREENDIMENTOS POLO GERADOR DE TRÁFEGO Art. 1º Em todas as edificações, de qualquer uso, que façam frente para vias públicas

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 693, DE 8 DE MAIO DE 2012.

LEI COMPLEMENTAR Nº 693, DE 8 DE MAIO DE 2012. LEI COMPLEMENTAR Nº 693, DE 8 DE MAIO DE 2012. Altera a tabela referida no art. 51 da Lei Complementar nº 7, de 7 de dezembro de 1973, e alterações posteriores, dispondo sobre lançamento da taxa de aprovação

Leia mais

O PREFEITO MUNICIPAL Faço saber que a Câmara de Vereadores decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

O PREFEITO MUNICIPAL Faço saber que a Câmara de Vereadores decreta e eu sanciono a seguinte Lei: LEI N o 2.638, DE 20 DE OUTUBRO DE 2011 Faz alterações no Plano Diretor de Três de Maio, Lei n o 2.566/2010, de 24 de agosto de 2010. O PREFEITO MUNICIPAL Faço saber que a Câmara de Vereadores decreta

Leia mais

MUNICÍPIO DE MERIDIANO. www.meridiano.sp.gov.br www.meridiano.dioe.com.br. Sexta-feira, 06 de fevereiro de 2015 Ano I Edição nº 43 Página 1 de 14

MUNICÍPIO DE MERIDIANO. www.meridiano.sp.gov.br www.meridiano.dioe.com.br. Sexta-feira, 06 de fevereiro de 2015 Ano I Edição nº 43 Página 1 de 14 Sexta-feira, 06 de fevereiro de 2015 Ano I Edição nº 43 Página 1 de 14 SUMÁRIO PODER EXECUTIVO DE MERIDIANO 2 Atos Oficiais 2 Leis 2 Decretos 10 Licitações e Contratos 11 Contratos 11 PODER LEGISLATIVO

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 806, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2016.

LEI COMPLEMENTAR Nº 806, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2016. LEI COMPLEMENTAR Nº 806, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2016. Dispõe sobre a realização de inspeção predial em edificações no Município de Porto Alegre. O PREFEITO MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE Faço saber que a Câmara

Leia mais

EDITAL DE LEILÃO EXTRAJUDICIAL ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA (LEI Nº /97)

EDITAL DE LEILÃO EXTRAJUDICIAL ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA (LEI Nº /97) EDITAL DE LEILÃO EXTRAJUDICIAL ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA (LEI Nº. 9.514/97) ANTONIO BRASIL II, Leiloeiro Oficial, MATRICULADO na JUCEG sob o Nº.019, devidamente autorizado pelo Credor Fiduciário BANCO DO BRASIL,

Leia mais

TRAJETÓRIA DO MERCADO IMOBILIÁRIO E CENÁRIOS FUTUROS

TRAJETÓRIA DO MERCADO IMOBILIÁRIO E CENÁRIOS FUTUROS TRAJETÓRIA DO MERCADO IMOBILIÁRIO E CENÁRIOS FUTUROS Fonte:SMDU/SP Fonte:SMDU/SP Fonte:SMDU/SP Fonte:SMDU/SP Fonte:SMDU/SP CENÁRIO Apresentação do PL 688/13 na CMSP Promulgado o PDE Lei nº 16.050/14 Apresentação

Leia mais

PROPOSIÇÃO DE LEI Nº 760/CMSR/2015

PROPOSIÇÃO DE LEI Nº 760/CMSR/2015 DISPÕE SOBRE A CONTRIBUIÇÃO PARA CUSTEIO DO SERVIÇO DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O povo de Santana do Riacho, através de seus legítimos representantes, aprova e eu, André Ferreira Torres,

Leia mais

MINISTÉRIO DAS CIDADES GABINETE DO MINISTRO

MINISTÉRIO DAS CIDADES GABINETE DO MINISTRO MINISTÉRIO DAS CIDADES GABINETE DO MINISTRO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 11, DE 7 DE MARÇO DE 2017 (PUBLICADA NO DOU Nº 46, EM 08 DE MARÇO DE 2017, SEÇÃO 1, PÁGINAS 128 a 131) Dá nova redação à Instrução Normativa

Leia mais

MUNICÍPIO DE JARINU PREFEITURA MUNICIPAL PROJETO DE LEI MUNICIPAL N DE 31 DE JULHO DE 2015

MUNICÍPIO DE JARINU PREFEITURA MUNICIPAL PROJETO DE LEI MUNICIPAL N DE 31 DE JULHO DE 2015 PROJETO DE LEI MUNICIPAL N DE 31 DE JULHO DE 2015 Camará Municipal de Jarinu 55 Projelo de Lai N 00012/201fc i)dlõ 31 '07/20lb Horò 15 51 Interessado VICENTE CRHDIDO TEIXÉJRP F "Dispõe sobre a regularização

Leia mais

PREFEITURA DE GOIÂNIA

PREFEITURA DE GOIÂNIA 1 Gabinete do Prefeito PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº ----, DE ----- DE DEZEMBRO DE 2012 Altera a Lei Complementar nº 171, de 29 de maio de 2007, que Dispõe sobre o Plano Diretor e processo de planejamento

Leia mais

CONSELHO CURADOR DO FUNDO DE GARANTIA DO TEMPO DE SERVIÇO RESOLUÇÃO Nº 836, DE 6 DE FEVEREIRO DE 2017 Dá nova redação à Resolução nº 702, de 4 de

CONSELHO CURADOR DO FUNDO DE GARANTIA DO TEMPO DE SERVIÇO RESOLUÇÃO Nº 836, DE 6 DE FEVEREIRO DE 2017 Dá nova redação à Resolução nº 702, de 4 de CONSELHO CURADOR DO FUNDO DE GARANTIA DO TEMPO DE SERVIÇO RESOLUÇÃO Nº 836, DE 6 DE FEVEREIRO DE 2017 Dá nova redação à Resolução nº 702, de 4 de outubro de 2012, que estabelece diretrizes para elaboração

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº. 165 de 17 de Dezembro de ALTERA O PLANO DIRETOR PARTICIPATIVO DO MUNICÍPIO DE PINHALZINHO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

LEI COMPLEMENTAR Nº. 165 de 17 de Dezembro de ALTERA O PLANO DIRETOR PARTICIPATIVO DO MUNICÍPIO DE PINHALZINHO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. LEI COMPLEMENTAR Nº. 165 de 17 de Dezembro de 2014. ALTERA O PLANO DIRETOR PARTICIPATIVO DO MUNICÍPIO DE PINHALZINHO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. FABIANO DA LUZ, Prefeito Municipal de Pinhalzinho, Estado

Leia mais

Município de Rebouças Rua José Afonso Vieira Lopes, 96 - Fone (42) CEP CNPJ / Rebouças Paraná

Município de Rebouças Rua José Afonso Vieira Lopes, 96 - Fone (42) CEP CNPJ / Rebouças Paraná LEI Nº 1.767/2013 Súmula: Autoriza o poder executivo municipal a adquirir imóvel para fins de implantação de conjunto habitacional., prefeito municipal de Rebouças, Estado do Paraná, no uso das atribuições

Leia mais

LEI Nº 871, DE 10 DE OUTUBRO DE 2011.

LEI Nº 871, DE 10 DE OUTUBRO DE 2011. LEI Nº 871, DE 10 DE OUTUBRO DE 2011. Estima a Receita e Fixa a Despesa do Município, para o exercício 2012, e dá outras providências. A PREFEITA DO MUNICIPIO DE ALTO GARÇAS, SUELY MARIA ARAÚJO BARBOSA,

Leia mais

PARCELAMENTO DO SOLO URBANO - LOTEAMENTO E DESMEMBRAMENTO - LEI 6.766/79

PARCELAMENTO DO SOLO URBANO - LOTEAMENTO E DESMEMBRAMENTO - LEI 6.766/79 PARCELAMENTO DO SOLO URBANO - LOTEAMENTO E DESMEMBRAMENTO - LEI 6.766/79 A lei 6.766/79, em seu artigo 2º define: "O parcelamento do solo urbano poderá ser feito mediante loteamento ou desmembramento,

Leia mais

Código de Obras L E G I S L A Ç Ã O P R O F I S S I O N A L E S E G U R A N Ç A D O T R A B A L H O P R O F ª B Á R B A R A S I L V É R I A

Código de Obras L E G I S L A Ç Ã O P R O F I S S I O N A L E S E G U R A N Ç A D O T R A B A L H O P R O F ª B Á R B A R A S I L V É R I A Código de Obras L E G I S L A Ç Ã O P R O F I S S I O N A L E S E G U R A N Ç A D O T R A B A L H O P R O F ª B Á R B A R A S I L V É R I A Código de Obras Instrumento que permite à Administração Municipal

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 11, DE 7 DE MARÇO DE 2017 (DOU 08/03/2017)

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 11, DE 7 DE MARÇO DE 2017 (DOU 08/03/2017) INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 11, DE 7 DE MARÇO DE 2017 (DOU 08/03/2017) Dá nova redação à Instrução Normativa nº 22, de 14 de dezembro de 2015, do Ministério das Cidades, que regulamenta o Programa Carta de

Leia mais

REGULARIZAÇÃO E HABITE-SE DE OBRA UNIFAMILIAR

REGULARIZAÇÃO E HABITE-SE DE OBRA UNIFAMILIAR REGULARIZAÇÃO E HABITE-SE DE OBRA UNIFAMILIAR SETEMBRO 2013 3. No caso de Empresa, apresentar cartão do CNPJ, Contrato Social e/ou Alteração Contratual, Requerimento de Empresário. que comprove a isenção

Leia mais

LEI Nº 3.905, DE 19 DE DEZEMBRO DE O Prefeito Municipal: Faço saber que a Câmara Municipal decreta e eu sanciono a seguinte Lei: CAPÍTULO I

LEI Nº 3.905, DE 19 DE DEZEMBRO DE O Prefeito Municipal: Faço saber que a Câmara Municipal decreta e eu sanciono a seguinte Lei: CAPÍTULO I LEI Nº 3.905, DE 19 DE DEZEMBRO DE 2016. Estima a receita e fixa a despesa do Município para o exercício financeiro de 2017 e dá outras disposições. O Prefeito Municipal: Faço saber que a Câmara Municipal

Leia mais

LAUDO DE AVALIAÇÃO DE IMÓVEL URBANO

LAUDO DE AVALIAÇÃO DE IMÓVEL URBANO LAUDO DE AVALIAÇÃO DE IMÓVEL URBANO Imóveis Distrito Industrial Polo Industrial Fernando Santucci - Leme (SP) Exmo Sr. Prefeito Municipal da Comarca de Leme (SP) Sr. Paulo Roberto Blascke Admilson Aparecido

Leia mais

Decreto n º 1321 de 25 de novembro de 1977

Decreto n º 1321 de 25 de novembro de 1977 Decreto n º 1321 de 25 de novembro de 1977 Estabelece normas relativas a edificações, grupamentos de edificações e urbanização aplicáveis a empreendimentos de interesse social, nas Áreas de Planejamento

Leia mais

Deliberação Normativa COPAM n.º 58, de 28 de Novembro de (Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 04/12/2002)

Deliberação Normativa COPAM n.º 58, de 28 de Novembro de (Publicação - Diário do Executivo - Minas Gerais - 04/12/2002) Deliberação Normativa COPAM n.º 58, de 28 de Novembro de 2002 Estabelece normas para o licenciamento ambiental de loteamentos do solo urbano para fins exclusiva ou predominantemente residenciais, e dá

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 068/2016

LEI COMPLEMENTAR Nº 068/2016 LEI COMPLEMENTAR Nº 068/2016 Altera os parágrafos 1º, 2º e 3º e acrescenta os parágrafos 4º, 5º e 6º ao art. 143, da Lei Municipal nº 1.108/2001 Código Tributário Municipal. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE

Leia mais

Prefeitura Municipal de DIAS D AVILA ESTADO DA BAHIA

Prefeitura Municipal de DIAS D AVILA ESTADO DA BAHIA Projeto de Lei n. 278 /2007 De 28 de setembro de 2007. Estima a Receita e fixa a Despesa do Município de Dias D avila para o exercício financeiro de 2008. A Câmara Municipal de Dias D avila, Estado da

Leia mais

Prefeitura Municipal de Vitória Estado do Espírito Santo DECRETO Nº

Prefeitura Municipal de Vitória Estado do Espírito Santo DECRETO Nº Estado do Espírito Santo DECRETO Nº 11.505 Cria o Parque Natural Municipal do Vale do Mulembá-Conquista e dá outras providências. O Prefeito Municipal de Vitória, Capital do Estado do Espirito Santo, usando

Leia mais

Aprovação de Loteamentos e Condomínios Dificuldades do Setor e dos Órgãos Públicos. Companhia Ambiental do Estado de São Paulo CETESB

Aprovação de Loteamentos e Condomínios Dificuldades do Setor e dos Órgãos Públicos. Companhia Ambiental do Estado de São Paulo CETESB Aprovação de Loteamentos e Condomínios Dificuldades do Setor e dos Órgãos Públicos Companhia Ambiental do Estado de São Paulo CETESB CETESB Lei Estadual nº 13542, 08.05.2009 (vigor em 07.08.09) alterou

Leia mais

RESUMO DE CONTRATO /PREGÃO

RESUMO DE CONTRATO /PREGÃO Diário Oficial Ano: 1 Páginas: 8 Índice do diário Outros Extrato - EXTRATOS DE CONTRATO Licitações Inexigibilidade - Nº 003/2013 Outros Extrato EXTRATOS DE CONTRATO RESUMO DE CONTRATO /PREGÃO CONTRATO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JAÚ DO TOCANTINS RUA02 ESQUINA COM AV. B Nº388 CENTRO CEP: FONE/FAX: /1108/1112 CNPJ:

PREFEITURA MUNICIPAL DE JAÚ DO TOCANTINS RUA02 ESQUINA COM AV. B Nº388 CENTRO CEP: FONE/FAX: /1108/1112 CNPJ: LEI Nº. 393/2014, DE 15 DE DEZEMBRO DE 2014. ESTIMA A RECEITA E FIXA A DESPESA DO MUNICÍPIO PARA O EXERCÍCIO DE 2015. A CÂMARA MUNICIPAL DE JAÚ, Estado do Tocantins, no uso de suas atribuições legais e

Leia mais

MUNICÍPIO DE JACAREÍ

MUNICÍPIO DE JACAREÍ MANUAL 1. Este manual contém as exigências técnicas necessárias à obtenção de Licença de Obras de construção, ampliação de edificações, Certificado de Mudança de Uso e Habite-se, através da aprovação de

Leia mais

Dedução da Receita para formação do FUNDEB R$ ,00 (Vinte e quatro milhões, vinte mil e seiscentos e sessenta e dois reais).

Dedução da Receita para formação do FUNDEB R$ ,00 (Vinte e quatro milhões, vinte mil e seiscentos e sessenta e dois reais). Mensagem n 68/2017. São Sebastião, 26de setembro de 2017. Exmo. Sr. Vereador Reinaldo Alves Moreira Filho DD. Presidente da Câmara de Vereadores de São Sebastião-SP. Sirvo-me do presente para encaminhar

Leia mais

LEI Nº DE 17 DE JANEIRO DE 2000

LEI Nº DE 17 DE JANEIRO DE 2000 Ver Lei n 9.573, de 17/12/1997 Ver Lei n 10.566, de 29/06/2000 LEI Nº 10.410 DE 17 DE JANEIRO DE 2000 (Publicação DOM de 18/01/2000) DISPÕE SOBRE EMPREENDIMENTOS HABITACIONAIS DE INTERESSE SOCIAL, E ESTABELECE

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO CASCALHEIRA ESTADO DE MATO GROSSO CNPJ / GABINETE DO PREFEITO

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO CASCALHEIRA ESTADO DE MATO GROSSO CNPJ / GABINETE DO PREFEITO LEI N. 609 DATA: 22 DE DEZEMBRO DE 2011 ESTIMA A RECEITA E FIXA A DESPESA DO MUNICIPIO DE RIBEIRÃO CASCALHEIRA MT, PARA O EXERCICIO DE 2012. ADÁRIO CARNEIRO FILHO, Prefeito Municipal de Ribeirão Cascalheira,

Leia mais

Prefeitura Municipal de Côcos BA

Prefeitura Municipal de Côcos BA DECRETO Nº 050/2012, 13 DE DEZEMBRO DE 2012 Regulamenta os Artigos 50, 51, 52, 53 e 58 da Lei Municipal nº 402 de 16 de outubro de 2003 que institui o Código Tributário Municipal e dá outras providências.

Leia mais

LEI Nº , 04 DE JANEIRO DE 2002

LEI Nº , 04 DE JANEIRO DE 2002 Capítulo 20- Leis sobre reservatório de detenção PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO, aos 04 de janeiro de 2002, 448º da fundação de São Paulo. DIARIO OFICIAL DO MUNICIPIO. Ano 47 - Número 3 - São Paulo,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE NEPOMUCENO

PREFEITURA MUNICIPAL DE NEPOMUCENO Nepomuceno, 23 de setembro de 2013. MENSAGEM Nº 523/2013 DD. Presidente da Câmara Municipal de NEPOMUCENO MG EXMO. SR. FRANCISO RICARDO GATTINI Senhor Presidente, Submeto à consideração da Augusta Casa

Leia mais

Art. 1º Esta Lei Complementar dispõe sobre os Projetos Urbanísticos com Diretrizes Especiais para Unidades Autônomas PDEU.

Art. 1º Esta Lei Complementar dispõe sobre os Projetos Urbanísticos com Diretrizes Especiais para Unidades Autônomas PDEU. LEI COMPLEMENTAR Nº 710, DE 06 DE SETEMBRO DE 2005 DODF DE 08.09.2005 (VIDE - Decreto nº 26.660, de 21 de março de 2006) Dispõe sobre os Projetos Urbanísticos com Diretrizes Especiais para Unidades Autônomas

Leia mais

DECRETO Nº , DE 4 DE MAIO DE 2004 Regulamenta a outorga onerosa de potencial construtivo adicional, nos termos dos artigos 209 a 216 da Lei nº

DECRETO Nº , DE 4 DE MAIO DE 2004 Regulamenta a outorga onerosa de potencial construtivo adicional, nos termos dos artigos 209 a 216 da Lei nº 1 DECRETO Nº 44.703, DE 4 DE MAIO DE 2004 Regulamenta a outorga onerosa de potencial construtivo adicional, nos termos dos artigos 209 a 216 da Lei nº 13.430, de 13 de setembro de 2002, que aprovou o Plano

Leia mais

LEI Nº. 2344/2016 DATA:

LEI Nº. 2344/2016 DATA: LEI Nº. 2344/2016 DATA: 11 de outubro de 2016 SÚMULA: Autoriza o Poder Executivo a abrir Crédito Adicional Suplementar no valor de R$ 1.945.119,00 (um milhão novecentos e quarenta e cinco mil cento e dezenove

Leia mais

CastroDigital.com.br ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA INSTALADA EM 16 DE FEVEREIRO DE 1835 DIRETORIA LEGISLATIVA

CastroDigital.com.br ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA INSTALADA EM 16 DE FEVEREIRO DE 1835 DIRETORIA LEGISLATIVA LEI Nº 10.555 DE 29 DE DEZEMBRO DE 2016 O GOVERNADOR DO, Estima a receita e fixa a despesa do Estado do Maranhão para o exercício financeiro de 2017. Faço saber a todos os seus habitantes que a Assembleia

Leia mais

APROVAÇÃO DE EMPREENDIMENTOS

APROVAÇÃO DE EMPREENDIMENTOS APROVAÇÃO DE EMPREENDIMENTOS HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL - H.I.S. HABITAÇÃO DO MERCADO POPULAR - H.M.P. SECRETARIA DA HABITAÇÃO DEP. DE APROVAÇÃO DAS EDIFICAÇÕES APROV LEGISLAÇÃO VIGENTE LEI 11.228 26/06/1992

Leia mais

550,00. OBRAS EM ANDAMENTO. m 2. Um bairro planejado e acessível para sua família viver em Piracicaba.

550,00.  OBRAS EM ANDAMENTO. m 2. Um bairro planejado e acessível para sua família viver em Piracicaba. OBRAS EM ANDAMENTO ATENDIMENTO TODOS OS DIAS NA GALERIA JARAGUÁ Av. Madre Maria Teodora, 1077 Bairro Jaraguá Um bairro planejado e acessível para sua família viver em Piracicaba. 550,00 OPORTUNIDADE! Parcelas

Leia mais

ORÇAMENTO 2014 QUADRO COMPARATIVO ENTRE A LEI Nº 9.979/13 E O PROJETO Nº 307/13

ORÇAMENTO 2014 QUADRO COMPARATIVO ENTRE A LEI Nº 9.979/13 E O PROJETO Nº 307/13 1 ORÇAMENTO 2014 QUADRO COMPARATIVO ENTRE A LEI Nº 9.979/13 E O PROJETO Nº 307/13 LEI Nº 9.979/13 Estima a receita e fixa a despesa do Estado para o exercício Financeiro de 2013. PROJETO DE LEI Nº 307/13

Leia mais

A MM. JUÍZA FEDERAL TITULAR DA 6ª VARA FEDERAL CÍVEL DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESPÍRITO SANTO TORNA PÚBLICO QUE SERÁ REALIZADO O SEGUINTE LEILÃO:

A MM. JUÍZA FEDERAL TITULAR DA 6ª VARA FEDERAL CÍVEL DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESPÍRITO SANTO TORNA PÚBLICO QUE SERÁ REALIZADO O SEGUINTE LEILÃO: EDITAL DE LEILÃO UNIFICADO EDI.0012.000004-0/2016 A MM. TITULAR DA DA SEÇÃO PROCESSO DE REFERÊNCIA: Processo ORDINÁRIA/TRIBUTÁRIA nº 0002456-74.2011.4.02.5001 (2011.50.01.002456-0), proposta pelo(a) IMOBILIARA

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE TRÊS LAGOAS ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL

PREFEITURA MUNICIPAL DE TRÊS LAGOAS ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE TRÊS LAGOAS ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL LEI N. 2.738, DE 16 DE JULHO DE 2013. "DISPÕE SOBRE A INSTITUIÇÃO DO PROGRAMA "IMÓVEL LEGAL" E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS." MARCIA MOURA, Prefeita

Leia mais

LEI N 924/2010, de 29 de setembro de 2010.

LEI N 924/2010, de 29 de setembro de 2010. LEI N 924/2010, de 29 de setembro de 2010. ALTERA DISPOSIÇÕES DA LEI 361/99, QUE ESTABELE O CÓDIGO TRIBUTÁRIO MUNICIPAL E DA OUTRAS PROVIDENCIAS. SILVÉRIO STRÖHER, Prefeito Municipal de Vale Real, Estado

Leia mais

Demonstração dos fluxos de caixa - método direto Período de 01 de janeiro a 30 de junho de 2016 (Em milhares de reais)

Demonstração dos fluxos de caixa - método direto Período de 01 de janeiro a 30 de junho de 2016 (Em milhares de reais) FII CAIXA CONVIDA SUAPE CNPJ: 22.211.522/0001-75 (Administrado pela Caixa Econômica Federal) Demonstração dos fluxos de caixa - método direto Período de 01 de janeiro a 30 de junho de 2016 (Em milhares

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº. 088/2016

LEI COMPLEMENTAR Nº. 088/2016 LEI COMPLEMENTAR Nº. 088/2016 DISPÕE SOBRE ISENÇÃO POR TEMPO DETERMINADO DE IMPOSTO PREDIAL E TERRITORIAL URBANO - IPTU PARA LOTEAMENTOS APROVADOS, REGULARIZADOS E REGISTRADOS NA ÁREA URBANA DO MUNICÍPIO

Leia mais