Plano de Pastoral da Arquidiocese de São Salvador da Bahia

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Plano de Pastoral da Arquidiocese de São Salvador da Bahia"

Transcrição

1

2

3 Arquidiocese de São Salvador da Bahia Plano de Pastoral da Arquidiocese de São Salvador da Bahia O Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida como resgate em favor de muitos (Mt 23,28). Texto aprovado na Assembleia Arquidiocesana de Pastoral de 21 de novembro de 2015.

4 Plano de Pastoral da Arquidiocese de São Salvador da Bahia Arquidiocese de São Salvador da Bahia Av. Leovigildo Filgueiras, Garcia Salvador - BA Fone (71) / Fax (71) Editoração eletrônica: José Valmeci de Souza (Atta) blogdoatta.blogspot.com.br (48) /

5 A PALAVRA DO ARCEBISPO Quem não sabe aonde quer chegar, não chega a lugar nenhum, ensina a milenar sabedoria chinesa. Nós, da Arquidiocese de São Salvador da Bahia, temos, como qualquer Igreja Particular, um grande leque de responsabilidades. Somos chamados a pregar a Palavra de Deus, a unir o povo em torno de Jesus Cristo e a apresentá-lo, por Cristo, no Espírito Santo, ao Pai. Como, no meio das inúmeras atividades, não perder o foco? Como dar uma resposta adequada aos desafios a serem enfrentados? Este Plano de Pastoral quer chamar a atenção de todos os agentes de pastoral para algumas necessidades especiais. Por serem especiais, merecem uma atenção particular. De propósito, é um Plano muito simples um Plano que pode e deve ser estudado e revisto a todo momento. Para a sua execução, todos são convocados inclusive, você! Enfim, irmãos, alegrai-vos, trabalhai no vosso aperfeiçoamento, encorajai-vos, tende um mesmo sentir e pensar, vivei em paz, e o Deus do amor e da paz estará convosco. [...] A graça do Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a comunhão do Espírito Santo estejam com todos vós (2Cor 13,11.13). Dom Murilo S.R. Krieger, scj Arcebispo de São Salvador da Bahia 3

6 OBJETIVO GERAL EVANGELIZAR, a partir de Jesus Cristo, na força do Espírito Santo, como Igreja discípula, missionária, profética e misericordiosa, alimentada pela Palavra de Deus e pela Eucaristia, à luz da evangélica opção preferencial pelos pobres, para que todos tenham vida, rumo ao Reino definitivo (CNBB DGAE ). 4

7 APRESENTAÇÃO A Arquidiocese de São Salvador da Bahia elaborou o Plano de Pastoral da Arquidiocese à luz das Diretrizes da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e das orientações da CNBB - Regional Nordeste 3. Moveunos a certeza de que Planejar a pastoral não é um processo meramente técnico. É uma ação carregada de sentido espiritual. Por isto, todo processo precisa ser rezado, celebrado e transformado em louvor a Deus (DGAE, n. 140). Temos consciência de que a paróquia deve ser pensada e deve atuar de acordo com o modelo de Igreja apresentada pelo Concílio Vaticano II: uma Igreja comunhão de vocações e carismas, a serviço da missão de evangelização e de transformação do mundo. Somos convidados, como Igreja Peregrina, a viver com novo ardor missionário, animados pelo Ano Santo da Misericórdia ( a ), empenhando-nos na luta pela renovação pastoral das nossas comunidades, superando toda estrutura caduca. 5

8 PRIORIDADES PASTORAIS ARQUIDIOCESANAS A PARTIR DAS CINCO URGÊNCIAS: A) Igreja em estado permanente de missão: Desenvolver ações diferenciadas, que possam atingir os fiéis que frequentam regularmente nossas comunidades, as pessoas batizadas que delas não participam, aqueles que são indiferentes, os grupos humanos e as categoriais que mais necessitam de apoio, particularmente, a Juventude e a Família; Realizar missões populares (COMIDI e COMIPA). B) Igreja: casa de iniciação à vida cristã: Desenvolver a Catequese segundo o processo de Iniciação à Vida Cristã, tendo o seu conteúdo inspirado numa relação estreita entre a Palavra de Deus e a Catequese, entre a Catequese e a Liturgia. Formar leigos discípulos(as) missionários(as). Elaborar um roteiro de processo formativo baseado em cinco aspectos: encontro com Jesus Cristo, conversão, discipulado, comunhão e missão, para ser desenvolvido nas paróquias, tendo orientações para as etapas desenvolvidas em nível de Forania e de Arquidiocese. 6

9 C) Igreja: lugar de animação bíblica da vida e da pastoral: Desenvolver um processo de formação de minis- tros e ministras da Palavra (Leitores), dando ênfase à realização de encontros de formação sobre a leitura orante da Palavra de Deus (Lectio Divina). Formar equipes de animação bíblica e definir suas atribuições. D) Igreja: comunidade de comunidades: Continuar o processo de descentralização das paróquias em unidades menores e valorização das diversas formas de pequenas comunidades, particularmente os grupos bíblicos. Desenvolver ações pastorais e evangelizadoras que atuem em conjunto, em vista do fortalecimento de ações, para atingir um maior número de pessoas. E) Igreja a serviço da vida plena para todos: Dar uma atenção especial à família. Formar pessoas e comunidades à luz da Doutrina Social da Igreja, em vista da presença e da atuação da Igreja nas periferias geográficas e existenciais, bem como na defesa da mulher, das pessoas com deficiência e dos idosos. 7

10 CONCLUSÕES Para o bom funcionamento do plano pastoral são ne- cessários evangelizadores que se abram sem medo à ação do Espírito Santo, que anunciem a Boa-Nova com uma vida transfigurada pela presença de Deus e que rezem e trabalhem (cf. DGAP, 128). É necessário suscitar, em toda Arquidiocese, uma forte consciência missionária, para que todos tomem iniciativas e saiam ao encontro das pessoas e das famílias (cf. Mc 16,15); Confiamos à Nossa Senhora da Conceição da Praia todo esforço que for feito para a execução do Plano de Pastoral Pedimos que ela apresente a seu Filho Jesus os frutos que, por graça divina, nascerem dessa execução. 8

11

12

Arquidiocese de Ribeirão Preto

Arquidiocese de Ribeirão Preto ENCONTRO DA PASTORAL DO DÍZIMO Arquidiocese de Ribeirão Preto Casa Dom Luís Brodowski 19 e 20 de Agosto 2017 CNBB Conferência Nacional dos Bispos do Brasil CNBB 14 Outubro de 1952 1º Presidente: Dom Carlos

Leia mais

Conselho Arquidiocesano de Pastoral

Conselho Arquidiocesano de Pastoral Conselho Arquidiocesano de Pastoral Capítulo 1 Marco histórico-eclesial Marco Histórico-Eclesial (VER-JULGAR-AGIR) OS LEIGOS NA ÉPOCA DA CRISTANDADE... A presença e organização dos leigos buscou sempre

Leia mais

EM RESUMO, QUE LUZES NOS TRAZ O DOCUMENTO DE APARECIDA?

EM RESUMO, QUE LUZES NOS TRAZ O DOCUMENTO DE APARECIDA? EM RESUMO, QUE LUZES NOS TRAZ O DOCUMENTO DE APARECIDA? O documento Conclusivo da V Conferência contém inúmeras e oportunas indicações pastorais, motivadas por ricas reflexões à luz da fé e do atual contexto

Leia mais

Diocese de Patos-PB CALENDÁRIO DAS ATIVIDADES 2017

Diocese de Patos-PB CALENDÁRIO DAS ATIVIDADES 2017 Diocese de Patos-PB CALENDÁRIO DAS ATIVIDADES 2017 OBJETIVO GERAL Evangelizar, tendo como modelo Jesus Cristo, rosto da misericórdia e missionário do Pai, na força do Espírito Santo, como Igreja discípula,

Leia mais

A DINÂMICA DA EVANGELIZAÇÃO NA ARQUIDIOCESE DE BELO HORIZONTE

A DINÂMICA DA EVANGELIZAÇÃO NA ARQUIDIOCESE DE BELO HORIZONTE A DINÂMICA DA EVANGELIZAÇÃO NA ARQUIDIOCESE DE BELO HORIZONTE INTRODUÇÃOODUÇÃO Só uma Igreja missionária e evangelizadora experimenta a fecundidade e a alegria de quem realmente realiza sua vocação. Assumir

Leia mais

MARCO SITUACIONAL - DIOCESE DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM - ES

MARCO SITUACIONAL - DIOCESE DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM - ES MARCO SITUACIONAL - DIOCESE DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM - ES MARCO SITUACIONAL - DIOCESE DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM - ES V Conferência Geral do Episcopado da América Latina e Caribe Aparecida, 13 a 31 de

Leia mais

Roteiro de leitura e síntese para compreender. o significado da Comunidade Eclesial

Roteiro de leitura e síntese para compreender. o significado da Comunidade Eclesial Roteiro de leitura e síntese para compreender o significado da Comunidade Eclesial Comunidade Eclesial Sinal do Reino no presente e no futuro O livro está dividido em 4 capítulos: Refletindo sobre Comunidade

Leia mais

ASSEMBLEIA GERAL DOS BISPOS

ASSEMBLEIA GERAL DOS BISPOS PASTORAL DO DÍZIMO ASSEMBLEIA GERAL DOS BISPOS A 53ª Assembleia Geral dos Bispos (CNBB 2015) e 54ª Assembleia Geral dos Bispos (CNBB -2016) discutem profundamente sobre o tema do Dízimo e fazem emendas

Leia mais

Diocese de Criciúma. Plano. Diocesano. de Pastoral

Diocese de Criciúma. Plano. Diocesano. de Pastoral Diocese de Criciúma Plano Diocesano de Pastoral 2012-2016 OBJETIVO GERAL Nós, povo de Deus da Diocese de Criciúma, animados pela Santíssima Trindade, queremos: Evangelizar vivendo em comunidade, como Igreja

Leia mais

COMO IGREJA POVO DE DEUS:

COMO IGREJA POVO DE DEUS: Objetivo Geral: COMO IGREJA POVO DE DEUS: Celebrar a presença e a organização dos cristãos leigos e leigas no Brasil; Aprofundar a sua identidade, vocação, espiritualidade e missão; Testemunhar Jesus Cristo

Leia mais

PRIMEIRO DIA LADAINHA. MEDITAÇÃO Nosso Compromisso: Rede de Comunidades. Animador das primeiras comunidades, Caridoso com os mais empobrecidos,

PRIMEIRO DIA LADAINHA. MEDITAÇÃO Nosso Compromisso: Rede de Comunidades. Animador das primeiras comunidades, Caridoso com os mais empobrecidos, PRIMEIRO DIA LADAINHA São Judas Tadeu, Apóstolo de Cristo, Eleito por Jesus, Seguidor do Evangelho, Testemunha do Ressuscitado, Animador das primeiras comunidades, Fiel pregador do Evangelho, Zeloso ministro

Leia mais

RESUMO. Apresentação abreviada Recapitulação breve = repetição do que foi apresentado Para transmitir uma ideia geral do que foi apresentado

RESUMO. Apresentação abreviada Recapitulação breve = repetição do que foi apresentado Para transmitir uma ideia geral do que foi apresentado UMA TENTATIVA RESUMO Apresentação abreviada Recapitulação breve = repetição do que foi apresentado Para transmitir uma ideia geral do que foi apresentado SÍNTESE Mostra e revela as relações entre elementos

Leia mais

Arquidiocese de São Salvador da Bahia. Regimentos

Arquidiocese de São Salvador da Bahia. Regimentos Arquidiocese de São Salvador da Bahia Regimentos Arquidiocese de São Salvador da Bahia www.arquidiocesesalvador.org.br Capa e Editoração Eletrônica Atta (blogdoatta.blogspot.com.br) 2 A ordem a serviço

Leia mais

1.1 Recuperar a comunidade (Base do Antigo Israel); 1.2 A nova experiência de Deus: o Abbá (Oração e escuta comunitária da Palavra);

1.1 Recuperar a comunidade (Base do Antigo Israel); 1.2 A nova experiência de Deus: o Abbá (Oração e escuta comunitária da Palavra); Uma nova paróquia Introdução DA: Conversão Pastoral Escolha de outro caminho; Transformar a estrutura paroquial retorno a raiz evangélica; Jesus: modelo (vida e prática); Metodologia: Nele, com Ele e a

Leia mais

Calendário 2017 OUTUBRO. Semana Missionária Arquidiocesana. Capacitação para lideranças em preparação para a Semana Missionária

Calendário 2017 OUTUBRO. Semana Missionária Arquidiocesana. Capacitação para lideranças em preparação para a Semana Missionária Ide pelo mundo inteiro e anunciai a Boa Nova a toda criatura! Quem crer e for batizado será salvo (Mc 16, 15) Em unidade com o COMIDI a Primeira Urgência tem as seguintes propostas para 2017: FEVEREIRO:

Leia mais

A finalidade pastoral do Código de Direito Canônico. Tiago Nascimento Nigro. Pe. Luiz Henrique Bugnolo

A finalidade pastoral do Código de Direito Canônico. Tiago Nascimento Nigro. Pe. Luiz Henrique Bugnolo 1 A finalidade pastoral do Código de Direito Canônico Tiago Nascimento Nigro Pe. Luiz Henrique Bugnolo Faculdade Católica de Filosofia e Teologia de Ribeirão Preto. Durante o período de elaboração do novo

Leia mais

ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade

ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade Tanto o Documento de Aparecida (248) como a Exortação Apostólica Verbum Domini (73) se referem à uma nova linguagem e a um novo passo na questão bíblica:

Leia mais

CNLB. Conselho Nacional do Laicato do Brasil

CNLB. Conselho Nacional do Laicato do Brasil CNLB Conselho Nacional do Laicato do Brasil Somos leigos e leigas... - Marcados pelo batismo, a maior parcela do Povo de Deus = Igreja - Corresponsáveis pela missão de Jesus = Igreja - De maneira singular,

Leia mais

Os bispos, como pastores e guias espirituais das comunidades a nós encomendadas, somos chamados a fazer da Igreja uma casa e escola de comunhão.

Os bispos, como pastores e guias espirituais das comunidades a nós encomendadas, somos chamados a fazer da Igreja uma casa e escola de comunhão. Os bispos, como pastores e guias espirituais das comunidades a nós encomendadas, somos chamados a fazer da Igreja uma casa e escola de comunhão. Como animadores da comunhão, temos a missão de acolher,

Leia mais

Plano Bienal

Plano Bienal Plano Bienal 2016-2017 Quem somos "Deus manifesta-se numa revelação histórica, no tempo. O tempo inicia os processos, o espaço cristaliza-os. Deus encontra-se no tempo, nos processos em curso. Não é preciso

Leia mais

Assembleia Paroquial Ser Igreja: Comunidade de Comunidade.

Assembleia Paroquial Ser Igreja: Comunidade de Comunidade. Assembleia Paroquial Ser Igreja: Comunidade de Comunidade. EVANGELIZAR, a partir de Jesus Cristo, na força do Espírito Santo, como igreja discípula, missionaria, profética e misericordiosa, alimentanda

Leia mais

Assembleia Arquidiocesana de Pastoral Planejamento Pastoral

Assembleia Arquidiocesana de Pastoral Planejamento Pastoral Assembleia Arquidiocesana de Pastoral Planejamento Pastoral 2016 APRESENTAÇÃO O coração da Igreja é a pastoral. Palavra que nos remete ao ministério de Jesus e seus relacionamentos com as pessoas. Toda

Leia mais

Partir de cada realidade e suas particularidades NOVA PAROQUIA, uma Comunidade Comunidades (setorização), Estado permanente de missão

Partir de cada realidade e suas particularidades NOVA PAROQUIA, uma Comunidade Comunidades (setorização), Estado permanente de missão PISTAS DE AÇÃO GRUPO 1 Partir de cada realidade e suas particularidades, para criar conselhos missionários diocesanos e paroquiais onde ainda não existem, e fortalecer aqueles existentes, para dinamizar

Leia mais

Três eixos temáticos. I. A alegria do Evangelho II. Sinodalidade e Comunhão III. Testemunho e Profetismo

Três eixos temáticos. I. A alegria do Evangelho II. Sinodalidade e Comunhão III. Testemunho e Profetismo Três eixos temáticos I. A alegria do Evangelho II. Sinodalidade e Comunhão III. Testemunho e Profetismo Um eixo transversal: A Igreja em saída na perspectiva ad gentes - Segue o método ver, julgar e agir

Leia mais

Igreja, casa da iniciação à vida cristã

Igreja, casa da iniciação à vida cristã Igreja, casa da iniciação à vida cristã Igreja, casa da iniciação à vida cristã Paulo e Silas anunciaram a Palavra do Senhor ao carcereiro e a todos os da sua casa. E, imediatamente, foi batizado, junto

Leia mais

Coordenação Pastoral

Coordenação Pastoral Coordenação Pastoral Necessidade de um Coordenador Arquidiocesano de Pastoral. Dom Jaime colocou esta função como necessária. Diz ele: Falta um plano diocesano de Pastoral, com linhas de ação em comum..

Leia mais

Paróquia missionária comunidades de comunidades. Animada pela Palavra de Deus

Paróquia missionária comunidades de comunidades. Animada pela Palavra de Deus Paróquia missionária comunidades de comunidades Animada pela Palavra de Deus Renovação paroquial Toda paróquia é chamada a ser o espaço onde se recebe e se acolhe a Palavra (172). Sua própria renovação

Leia mais

A DIMENSÃO MISSIONÁRIA DA PRNM

A DIMENSÃO MISSIONÁRIA DA PRNM A DIMENSÃO MISSIONÁRIA DA PRNM A DM tem seu eixo na opção fundamental feita pela nossa IGREJA: EVANGELIZAR... com RENOVADO ARDOR MISSIONÁRIO FAZ-SE NECESSÁRIO FORMAÇÃO ESPECÍFICA E PERMANENTE: de todos

Leia mais

Espiritualidade e Missão dos Animadores de Grupos (comunidade de comunidades)

Espiritualidade e Missão dos Animadores de Grupos (comunidade de comunidades) Espiritualidade e Missão dos Animadores de Grupos (comunidade de comunidades) Qual um dos principais objetivos do Ano Missionário? Criar comunidades de comunidades ao redor da Palavra de Deus! "Basicamente,

Leia mais

Três eixos temáticos. I. A alegria do Evangelho II. Sinodalidade e Comunhão III. Testemunho e Profetismo

Três eixos temáticos. I. A alegria do Evangelho II. Sinodalidade e Comunhão III. Testemunho e Profetismo Três eixos temáticos I. A alegria do Evangelho II. Sinodalidade e Comunhão III. Testemunho e Profetismo Um eixo transversal: A Igreja em saída na perspectiva ad gentes - Segue o método ver, julgar e agir

Leia mais

PLANO DE PASTORAL Arquidiocese de Fortaleza

PLANO DE PASTORAL Arquidiocese de Fortaleza juliaomatos.files.wordpress.com/2010/11/catedral_fortaleza_noitel.jpg Boa-nova da misericórdia para novos tempos Arquidiocese de Fortaleza APRESENTAÇÃO Boa-nova da misericórdia para novos tempos Sob este

Leia mais

Pontifícias Obras Missionárias

Pontifícias Obras Missionárias Pontifícias Obras Missionárias www.pom.org.br Três Campanhas Campanha da Fraternidade (1963) Na Quaresma - coleta Fundo Nacional de Solidariedade (FNS) Campanha Missionária (DMM - 1926) No mês de Outubro

Leia mais

Clamor do momento: Passar de uma Pastoral Bíblica para uma Animação Bíblica da Pastoral (DAp 248).

Clamor do momento: Passar de uma Pastoral Bíblica para uma Animação Bíblica da Pastoral (DAp 248). Clamor do momento: Passar de uma Pastoral Bíblica para uma Animação Bíblica da Pastoral (DAp 248). Na América Latina, a caminhada bíblica pode ser caracterizada em três etapas: quatro décadas de semeadura;

Leia mais

Ser testemunha de Jesus em fraternidade

Ser testemunha de Jesus em fraternidade Ser testemunha de Jesus em fraternidade Escuta do evangelho do domingo Jo 10,1-10; Eu Sou a Porta das ovelhas Estamos sempre à meditar sobre a nossa identidade No nosso voto, nos comprometemos à aprofundar

Leia mais

Pe. José Weber, SVD. Cantos do Evangelho. Anos A, B e C & Solenidades e Festas

Pe. José Weber, SVD. Cantos do Evangelho. Anos A, B e C & Solenidades e Festas Cantos do Evangelho Pe. José Weber, SVD Cantos do Evangelho Anos A, B e C & Solenidades e Festas Direção editorial Claudiano Avelino dos Santos Autor de todas as melodias Pe. José Weber, SVD Organização

Leia mais

O que percebemos... - Ausência da família - Formação do catequista - Adultos que não são prioridades - Pouco envolvimento do clero - Catequese para os sacramentos - Rotatividade dos catequistas

Leia mais

1- ASSUNTO: Curso de liturgia na Paróquia Santo Antônio

1- ASSUNTO: Curso de liturgia na Paróquia Santo Antônio 1- ASSUNTO: Curso de liturgia na Paróquia Santo Antônio 2- TEMA: Liturgia 3- OBJETIVO GERAL Assessorar as 12 comunidades pertencentes à Paróquia Santo Antônio, motivando-as a celebrar com fé o Mistério

Leia mais

+ Ilídio Pinto Leandro Bispo de Viseu

+ Ilídio Pinto Leandro Bispo de Viseu + Ilídio Pinto Leandro Bispo de Viseu Nota Pastoral Todos Discípulos. Todos Responsáveis O Plano Pastoral para o primeiro de 10 anos, na vivência e concretização do Sínodo Diocesano, convida-nos a ser

Leia mais

Dia Mundial das Missões - Coleta Nacional - 21 e 22 de outubro

Dia Mundial das Missões - Coleta Nacional - 21 e 22 de outubro Missionária 26º Domingo do Tempo Comum - 01/10/ Motivação inicial é o tema da Missionária que hoje iniciamos. A Igreja em saída é a comunidade que faz a experiência de Jesus e sai de si para anunciar a

Leia mais

PRIMEIRA URGÊNCIA Uma Igreja em estado permanente de missão

PRIMEIRA URGÊNCIA Uma Igreja em estado permanente de missão PRIMEIRA URGÊNCIA Uma Igreja em estado permanente de missão Na linha da primeira urgência das DGAE, uma Igreja em estado permanente de missão, destacam-se as seguintes ações concretas: - Formação e missão;

Leia mais

COMUM DOS SANTOS E DAS SANTAS

COMUM DOS SANTOS E DAS SANTAS 279 I rmãs e irmãos: Ao celebrar a solenidade de São N. (de Santa N.), nosso irmão (nossa irmã) na fé e no Baptismo, oremos a Deus Pai todo-poderoso, dizendo (ou: cantando): R. Deus, fonte de toda a santidade,

Leia mais

Vocação é missão do cristão leigo no Mundo

Vocação é missão do cristão leigo no Mundo Vocação é missão do cristão leigo no Mundo Paróquia Santa Rita de Cássia - Linhares - 11/06/2016 Assessora: Patrícia Teixeira Moschen Lievore O material utilizado é baseado no trabalho do Professor Dr.

Leia mais

DIRETRIZES GERAIS DA AÇÃO EVANGELIZADORA DA IGREJA NO BRASIL

DIRETRIZES GERAIS DA AÇÃO EVANGELIZADORA DA IGREJA NO BRASIL DIRETRIZES GERAIS DA AÇÃO EVANGELIZADORA DA IGREJA NO BRASIL 2015-2019 O QUE SÃO? São indicações São pistas São sendas Para toda a Igreja no Brasil; para as Igrejas Particulares, na elaboração dos seus

Leia mais

Assessoria de Educação. Pastor Joel Nascimento Congresso Renovação Ministerial Fev/2016 Avivamento Bíblico - Jaçanã

Assessoria de Educação. Pastor Joel Nascimento Congresso Renovação Ministerial Fev/2016 Avivamento Bíblico - Jaçanã Assessoria de Educação Pastor Joel Nascimento Congresso Renovação Ministerial Fev/2016 Avivamento Bíblico - Jaçanã Agenda O que é a EBD? Considerações sobre o Ensino Algumas recomendações para os professores

Leia mais

Celebração para o dia do/a Catequista Sugestão 2014-CNBB

Celebração para o dia do/a Catequista Sugestão 2014-CNBB Celebração para o dia do/a Catequista Sugestão 2014-CNBB INTRODUÇÃO Queridos/as Catequistas! Com nossos cumprimentos e gratidão, colocamos em suas mãos uma sugestão para a Celebração do dia do Catequista,

Leia mais

Catedral Diocesana de Campina Grande. II Domingo da Páscoa Ano C Domingo da Divina Misericórdia. ANO DA FÉ Rito Inicial

Catedral Diocesana de Campina Grande. II Domingo da Páscoa Ano C Domingo da Divina Misericórdia. ANO DA FÉ Rito Inicial Catedral Diocesana de Campina Grande Paróquia nossa Senhora da Conceição II Domingo da Páscoa Ano C Domingo da Divina Misericórdia Por suas chagas fomos curados, felizes aqueles que crêem sem terem visto.

Leia mais

A CARTA DE IDENTIDADE CARISMÁTICA DA FAMÍLIA SALESIANA DE DOM BOSCO

A CARTA DE IDENTIDADE CARISMÁTICA DA FAMÍLIA SALESIANA DE DOM BOSCO A CARTA DE IDENTIDADE CARISMÁTICA DA FAMÍLIA SALESIANA DE DOM BOSCO Notas de apresentação e propostas de leitura para os membros da Associação de Maria Auxiliadora (ADMA) 1 Critério seguido Unificar numa

Leia mais

MINISTÉRIOS DO POVO DE DEUS

MINISTÉRIOS DO POVO DE DEUS MINISTÉRIOS DO POVO DE DEUS Novas condições eclesiais A Igreja é como uma família, a filha da mãe Maria. A Igreja, de fato, não é uma instituição fechada em si mesma ou uma associação privada, uma ONG,

Leia mais

Paróquia missionária. O novo povo de Deus em forma de missão que participa da caminhada junto à humanidade.

Paróquia missionária. O novo povo de Deus em forma de missão que participa da caminhada junto à humanidade. Paróquia missionária O novo povo de Deus em forma de missão que participa da caminhada junto à humanidade. Renovação das paróquias As paróquias são células vivas da Igreja e o lugar privilegiado no qual

Leia mais

Coleção Estudos da cnbb 08. Pastoral do dízimo, CNBB 59. Formação de Catequistas, idem 65. Pastoral familiar no Brasil, idem 79. Música litúrgica no

Coleção Estudos da cnbb 08. Pastoral do dízimo, CNBB 59. Formação de Catequistas, idem 65. Pastoral familiar no Brasil, idem 79. Música litúrgica no Estudos da CNBB 109 Coleção Estudos da cnbb 08. Pastoral do dízimo, CNBB 59. Formação de Catequistas, idem 65. Pastoral familiar no Brasil, idem 79. Música litúrgica no Brasil (A), idem 81. Batismo de

Leia mais

VIVER A CATEQUESE BATISMAL. Arquidiocese de Ribeirão Preto

VIVER A CATEQUESE BATISMAL. Arquidiocese de Ribeirão Preto VIVER A CATEQUESE BATISMAL Arquidiocese de Ribeirão Preto O que é Catequese Batismal? A preparação para o Sacramento do Batismo, sem dúvida, é uma tarefa fascinante e necessária à vida pastoral de nossas

Leia mais

O documento da CNBB e o 7 o PPO apelos de conversão

O documento da CNBB e o 7 o PPO apelos de conversão O documento da CNBB e o 7 o PPO apelos de conversão Olhar a realidade com os olhos da fé: Olhar a realidade com um olhar positivo e esperançoso de quem busca, nesta realidade, ler os sinais de Deus, como

Leia mais

O Espírito Santo, que o Pai nos presenteia, identifica-nos com Jesus- Caminho, abrindo-nos ao seu mistério de salvação para que sejamos filhos seus e

O Espírito Santo, que o Pai nos presenteia, identifica-nos com Jesus- Caminho, abrindo-nos ao seu mistério de salvação para que sejamos filhos seus e O Espírito Santo, que o Pai nos presenteia, identifica-nos com Jesus- Caminho, abrindo-nos ao seu mistério de salvação para que sejamos filhos seus e irmãos uns dos outros; identifica-nos com Jesus-Verdade,

Leia mais

PESQUISA 5ª ASSEMBLEIA DO POVO DE DEUS ARQUIDIOCESE DE BELO HORIZONTE. Pré - Relatório

PESQUISA 5ª ASSEMBLEIA DO POVO DE DEUS ARQUIDIOCESE DE BELO HORIZONTE. Pré - Relatório PESQUISA 5ª ASSEMBLEIA DO POVO DE DEUS ARQUIDIOCESE DE BELO HORIZONTE Pré - Relatório Algumas observações 2 Este documento trata de um pré-relatório da Pesquisa 5ª Assembleia do Povo de Deus. Os dados

Leia mais

OFICINA. Formadora: Helena Gaia

OFICINA. Formadora: Helena Gaia OFICINA Formadora: Helena Gaia Deus abre à Igreja os horizontes de uma humanidade mais preparada para a sementeira evangélica (João Paulo II, RM n. 3). DA, 548: Compartilhar o dom do Encontro c/ Cristo

Leia mais

Barretos, 1º de agosto de Circular 07/2017. Caríssimos irmãos e irmãs,

Barretos, 1º de agosto de Circular 07/2017. Caríssimos irmãos e irmãs, Barretos, 1º de agosto de 2017 Circular 07/2017 Caríssimos irmãos e irmãs, Todos os anos, no mês de agosto, a Igreja do Brasil celebra o Mês Vocacional, dando destaque, a cada semana, a uma vocação específica:

Leia mais

DIOCESE DE ESTÂNCIA PLANO PASTORAL 2016-2019

DIOCESE DE ESTÂNCIA PLANO PASTORAL 2016-2019 DIOCESE DE ESTÂNCIA PLANO PASTORAL 2016-2019 APRESENTAÇÃO Com o desejo de ser uma Igreja missionária na alegria do Evangelho, a Assembleia Diocesana de Pastoral se reuniu na Chácara São João XXIII, em

Leia mais

Roteiro Celebrativo Mês Diocesano do Dízimo 2017

Roteiro Celebrativo Mês Diocesano do Dízimo 2017 02 de julho de 2017 13º Domingo do Tempo Comum Sejam bem-vindos à celebração eucarística. Convocados pelo Pai, incorporados a Cristo e movidos pelo Espírito Santo, tornamo-nos assembleia celebrativa para

Leia mais

42ª Assembleia. Diocesana de Pastoral

42ª Assembleia. Diocesana de Pastoral Comissão Diocesana Especial para o Laicato Bispo: Dom Francisco Carlos Bach Coordenador Diocesano da Ação Evangelizadora: Pe. Sergio da Silva Leigos e Leigas: Adalberto S Oligini; Alice Melz; Carla Maria

Leia mais

Quero afirmar ao Papa Francisco a comunhão filial e a presença orante da Igreja do Porto.

Quero afirmar ao Papa Francisco a comunhão filial e a presença orante da Igreja do Porto. Dia 20 de Setembro Dia de oração pela Paz Foi há precisamente 30 anos que o Papa João Paulo II se reuniu em Assis, Itália, com os Responsáveis das principais religiões do Mundo para rezar pela paz. Trinta

Leia mais

Capítulo Eletivo das Irmãs Concepcionistas. 9 quarta-feira 9h00min Conselho Presbiteral Centro de Pastoral Maria, Mãe da Igreja

Capítulo Eletivo das Irmãs Concepcionistas. 9 quarta-feira 9h00min Conselho Presbiteral Centro de Pastoral Maria, Mãe da Igreja O Secretariado de Pastoral publica a Agenda Pastoral da Arquidiocese de, feita em caráter provisório, pois foi construída a partir da Agenda do senhor Arcebispo. Faltam ainda o agendamento de várias atividades.

Leia mais

OS SETE PASSOS DA CAMINHADA MISSIONÁRIA

OS SETE PASSOS DA CAMINHADA MISSIONÁRIA OS SETE PASSOS DA CAMINHADA MISSIONÁRIA para organizar uma animação missionária séria, eficaz e programada. 1 1 Constituir o Grupo de Animação Missionária (GAM) Grupo = núcleo que se reúne para Rezar Discutir

Leia mais

Apresentação. Obje vo Geral

Apresentação. Obje vo Geral Com alegria e gratidão a Deus, nosso Senhor, apresento as Diretrizes da Ação Evangelizadora da Arquidiocese de Ribeirão Preto para o período de 2015-2019; elas são o fruto maduro colhido de todo o processo

Leia mais

CALENDÁRIO ATIVIDADES REGIONAIS

CALENDÁRIO ATIVIDADES REGIONAIS CONFERÊNCIA NACIONAL DOS BISPOS DO BRASIL Conselho Episcopal Regional Sul 2 CALENDÁRIO 2018 - ATIVIDADES REGIONAIS DATA REALIZAÇÃO EVENTO LOCAL JANEIRO 07 a 14 PASTORAL DA JUVENTUDE 12º ENCONTRO NACIONAL

Leia mais

GRUPO DE ORAÇÃO. Formação Missionária Diocese de Osasco

GRUPO DE ORAÇÃO. Formação Missionária Diocese de Osasco GRUPO DE ORAÇÃO Formação Missionária Diocese de Osasco Conceito Comunidade carismática presente em um lugar (...) que cultiva a oração, a partilha e todos os outros aspectos da vivência do Evangelho, a

Leia mais

Responsável pela Liturgia: Equipe de Liturgia

Responsável pela Liturgia: Equipe de Liturgia ARQUIDIOCESE DE FORTALEZA REGIÃO EPISCOPAL PRAIA SÃO PEDRO E SÃO PAULO PARÓQUIA DE N. S. DAS GRAÇAS PINDORETAMA - 2013 PÁROCO: PE. JOSÉ AIRTON LIMA Email: paroquiadepindoretama@gmail.com PROGRAMAÇÃO DA

Leia mais

Teologia Sistemática

Teologia Sistemática Teologia Sistemática Patriarcado de Lisboa Instituto Diocesano de Formação Cristã Escola de Leigos 1º Semestre 2014/2015 Docente: Juan Ambrosio Fernando Catarino Tema da sessão Lumen Gentium 1. Aspetos

Leia mais

15/8/2011. Dom Dimas MINISTÉRIO DO CATEQUISTA. Apresentação (D. Eugênio Rixen)

15/8/2011. Dom Dimas MINISTÉRIO DO CATEQUISTA. Apresentação (D. Eugênio Rixen) MINISTÉRIO DO CATEQUISTA Dom Dimas Mesmo crescendo o número de serviços eclesiais, o do catequista ainda é necessário e fundamental e com características peculiares (RM 73). Isto vem sendo estudado e refletido

Leia mais

ORAÇÃO PARA O JUBILEU DA MISERICÓRDIA

ORAÇÃO PARA O JUBILEU DA MISERICÓRDIA ORAÇÃO PARA O JUBILEU DA MISERICÓRDIA Senhor Jesus Cristo, Vós que nos ensinastes a ser misericordiosos como o Pai celeste, e nos dissestes que quem Vos vê, vê a Ele, mostrai-nos o Vosso rosto e seremos

Leia mais

INSTRUMENTO DE TRABALHO ETAPA ARQUIDIOCESANA 15/10/2016

INSTRUMENTO DE TRABALHO ETAPA ARQUIDIOCESANA 15/10/2016 INSTRUMENTO DE TRABALHO ETAPA ARQUIDIOCESANA 15/10/2016 Deus mostrou seu rosto amoroso na história do mundo e por ele se comoveu, envolvendose com ele (cf. Ex 3,7). Mostrou-se, de maneira definitiva, em

Leia mais

Coleção Chamados à Vida Chamados À Vida, Chamados À Vida Em Jesus Cristo,

Coleção Chamados à Vida Chamados À Vida, Chamados À Vida Em Jesus Cristo, Coleção Chamados à Vida Em preparação à Eucaristia 1ª Etapa: Chamados à vida 2ª Etapa: Chamados à vida em Jesus Cristo 3ª Etapa: Chamados à vida em Comunidade. 4ª Etapa: Chamados à vida para amar e servir.

Leia mais

Luzes dos Documentos Conciliares Para a Nova Evangelização

Luzes dos Documentos Conciliares Para a Nova Evangelização Luzes dos Documentos Conciliares Para a Nova Evangelização Prof. Denilson A. Rossi O que se entende por Nova Evangelização? Quais são as luzes dos documentos conciliares para a Nova Evangelização? Em que

Leia mais

Festa da Imaculada Conceição 2015

Festa da Imaculada Conceição 2015 Festa da Imaculada Conceição 2015 Maria nos estimula a viver a misericórdia de Jesus Cristo Libertador Dia 29 de novembro Domingo 1 dia da Maria nos ensina a sermos solidários e fraternos com os irmãos

Leia mais

PARA A PRIMEIRA PROFISSÃO DE UM RELIGIOSO

PARA A PRIMEIRA PROFISSÃO DE UM RELIGIOSO PRMERA PROFSSÃO DE UM RELGOSO 333 PARA A PRMERA PROFSSÃO DE UM RELGOSO rmãos e irmãs: A nossa família espiritual está hoje em festa por este(s) servo(s) de Deus, que se consagra(consagram) ao serviço de

Leia mais

O Ano Santo é um tempo de paz, reconciliação e perdão. Ele começa quando o Papa abre a

O Ano Santo é um tempo de paz, reconciliação e perdão. Ele começa quando o Papa abre a Neste mês ocorrerá a abertura do Ano Santo da Misericórdia: O jubileu dedicado à misericórdia de Deus. O rosto da misericórdia é o título da bula pela qual o Santo Padre convoca toda a Igreja para viver

Leia mais

ARQUIDIOCESE DE SÃO PAULO CALENDÁRIO ARQUIDIOCESANO DE PASTORAL 2017

ARQUIDIOCESE DE SÃO PAULO CALENDÁRIO ARQUIDIOCESANO DE PASTORAL 2017 ARQUIDIOCESE DE SÃO PAULO CALENDÁRIO ARQUIDIOCESANO DE PASTORAL 2017 Consulte sempre o site da Arquidiocese, pois irão sendo registradas as alterações e complementações que ocorrerem. DIA/SEM 20.01.2017

Leia mais

50 Anos do Concilio Vaticano II

50 Anos do Concilio Vaticano II 50 Anos do Concilio Vaticano II 9.3 Os jovens 465. Diante destes desafios sugerimos algumas linhas de ação: a) Renovar de maneira eficaz e realista uma opção preferencial pelos jovens, em continuidade

Leia mais

NOTA PASTORAL REESTRUTURAÇÃO DA CÚRIA DIOCESANA. 1. A renovação conciliar na reestruturação da Cúria Diocesana

NOTA PASTORAL REESTRUTURAÇÃO DA CÚRIA DIOCESANA. 1. A renovação conciliar na reestruturação da Cúria Diocesana NOTA PASTORAL REESTRUTURAÇÃO DA CÚRIA DIOCESANA 1. A renovação conciliar na reestruturação da Cúria Diocesana A renovação da Igreja, como comunidade enviada em missão, tão necessária para evangelizar a

Leia mais

Evangelizar é partilhar o evangelho e levar outros a aceitarem Jesus como seu Salvador pessoal, aceitá-lo como seu Senhor que logo virá; unir sua

Evangelizar é partilhar o evangelho e levar outros a aceitarem Jesus como seu Salvador pessoal, aceitá-lo como seu Senhor que logo virá; unir sua Evangelizar é partilhar o evangelho e levar outros a aceitarem Jesus como seu Salvador pessoal, aceitá-lo como seu Senhor que logo virá; unir sua vida à da Sua igreja. Reavivamento Estudo da Bíblia Oração

Leia mais

DIRETÓRIO DA PASTORAL FAMILIAR doc

DIRETÓRIO DA PASTORAL FAMILIAR doc DIRETÓRIO DA PASTORAL FAMILIAR doc 79-2004 O trabalho da PF é amplo e abrangente; principal enfoque é PROMOVER, FORTALECER e EVANGELIZAR a família. Uma das principais ações: UNIR ESFORÇOS PARA QUE A FAMÍLIA

Leia mais

SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO

SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO Objetivo geral do encontro: Ao final deste encontro, o grupo deverá ser capaz de compreender o Matrimônio como uma instituição elevada à categoria de Sacramento por Jesus Cristo,

Leia mais

Plano Arquidiocesano de Pastoral

Plano Arquidiocesano de Pastoral Plano Arquidiocesano de Pastoral 2013-2015 www.arquidiocesedepalmas.org.br Plano Arquidiocesano de Pastoral 2013-2015 é uma publicação da Pastoral da Comunicação. Arte da capa: Thiago Pio Diagramação e

Leia mais

Onde Situar a Catequese hoje?

Onde Situar a Catequese hoje? Onde Situar a Catequese hoje? Qual é o nosso conceito de catequese? Conceito amplo Itinerário amplo Conceito estrito Limitado ao momento do encontro A CATEQUESE É UMA AÇÃO ESSENCIALMENTE EDUCATIVA AÇÃO

Leia mais

CURSO PARA CAPACITAÇÃO DE LIDERANÇA E COORDENADORES DE GRUPOS JOVENS

CURSO PARA CAPACITAÇÃO DE LIDERANÇA E COORDENADORES DE GRUPOS JOVENS CURSO PARA CAPACITAÇÃO DE LIDERANÇA E COORDENADORES DE GRUPOS JOVENS Apresentação A JUVENTUDE MERECE ATENÇÃO ESPECIAL A Igreja Católica no Brasil diz que é preciso: Evangelizar, a partir de Jesus Cristo,

Leia mais

Celebração Dominical da Palavra. Cap. 07 Ione Buyst

Celebração Dominical da Palavra. Cap. 07 Ione Buyst Celebração Dominical da Palavra Cap. 07 Ione Buyst A Igreja de Cristo, desde o dia de Pentecostes, após a descida do Espírito Santo, sempre se reuniu fielmente para celebrar o mistério pascal, no dia que

Leia mais

(Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil )

(Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil ) (Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil 2015-2019) Em comunhão com a Igreja no Brasil, a Diocese de Uruguaiana tem a tarefa de continuar aqui, nesta Terra Santa, a missão de Jesus

Leia mais

Animação bíblica da escola

Animação bíblica da escola Animação bíblica da escola Coleção Animação Bíblica Da Pastoral Bíblica à Animação Bíblica da Pastoral, Gabriel Naranjo Salazar A animação Bíblica da Pastoral: sua identidade e missão, Santiago Silva Retamales

Leia mais

Calendário Janeiro. Fevereiro. São Paulo da Cruz - Calvário 20/02 qui 14h00 Equipe Regional de Comunicação Região Sé

Calendário Janeiro. Fevereiro. São Paulo da Cruz - Calvário 20/02 qui 14h00 Equipe Regional de Comunicação Região Sé Calendário 2014 Janeiro 01/01 qua Confraternização Universal 01/01 qua Solenidade da Santa Mãe de Deus 22 a 24 --- Triduo para a Festa de São Paulo Catedral da Sé 25/01 sáb 09h00 Celebração da Festa de

Leia mais

JANEIRO Tríduo da Festa de São Paulo Apóstolo

JANEIRO Tríduo da Festa de São Paulo Apóstolo ARQUIDIOCESE DE SÃO PAULO CALENDÁRIO ARQUIDIOCESANO DE PASTORAL 2017 Consulte sempre o site da Arquidiocese, pois irão sendo registradas as alterações e complementações que ocorrerem. DIA/SEM 25.05.2017

Leia mais

Oração Inicial: Leitura: Lucas 22, 7-20.

Oração Inicial: Leitura: Lucas 22, 7-20. Oração Inicial: Leitura: Lucas 22, 7-20. Objetivo do encontro: Despertar amor a Eucaristia e a participação da santa missa, onde o sacramento é oferecido. Texto: Ë o sacramento pelo qual participamos,

Leia mais

Brasil Região amazônica. Missão intercultural SVD Ad Extra

Brasil Região amazônica. Missão intercultural SVD Ad Extra Brasil Região amazônica Missão intercultural SVD Ad Extra 3.1 O Verbo Divino nos seus mais de 35 anos de presença na Amazônia quer ser uma presença de serviço, reconhecendo que existem muitas formas de

Leia mais

A leitura orante da Palavra de Deus Lectio Divina : fonte de toda vocacão

A leitura orante da Palavra de Deus Lectio Divina : fonte de toda vocacão A leitura orante da Palavra de Deus Lectio Divina : fonte de toda vocacão Escuta do evangelho do domingo Mt 5,13-16; Vocês são o Sal da Terra vocês são a Luz do mundo Do grupo de jovens Família MOPP surgiu

Leia mais

Ó Deus, que para comunicar vosso amor aos homens, enviastes seu Filho, Jesus Cristo, e o constituístes Mestre, Caminho, Verdade e Vida da humanidade,

Ó Deus, que para comunicar vosso amor aos homens, enviastes seu Filho, Jesus Cristo, e o constituístes Mestre, Caminho, Verdade e Vida da humanidade, Ó Deus, que para comunicar vosso amor aos homens, enviastes seu Filho, Jesus Cristo, e o constituístes Mestre, Caminho, Verdade e Vida da humanidade, concedei-nos a graça de utilizar os meios de comunicação

Leia mais

Planificação Anual 10º ano da catequese

Planificação Anual 10º ano da catequese Finalidade: Descobrir-se Cristão : Participar na eucaristia Concretizar projecto comunitário (partilha fraterna) Planificação Anual 10º ano da 1º Creio em Conhecer Confrontar com valores de caridade, amor,

Leia mais

ARQUIDIOCESE DE FORTALEZA AGENDA PASTORAL Dia Semana Hora Atividade Local 1 Domingo Solenidade da Santíssima Mãe de Deus Maria

ARQUIDIOCESE DE FORTALEZA AGENDA PASTORAL Dia Semana Hora Atividade Local 1 Domingo Solenidade da Santíssima Mãe de Deus Maria ARQUIDIOCESE DE FORTALEZA AGENDA PASTORAL 2017 O Secretariado de Pastoral está republicando, hoje, 25 de janeiro, a Agenda Pastoral da Arquidiocese de Fortaleza, com novas datas provenientes de coordenações

Leia mais

XVIII Encontro da Pastoral Familiar

XVIII Encontro da Pastoral Familiar XVIII Encontro da Pastoral Familiar Sub-Região Campinas Dioceses: Campinas, São Carlos, Piracicaba, Bragança Paulista, Limeira e Amparo Serra Negra, 03 e 04 de agosto de 2013 Tema: Fé, Família e Juventude

Leia mais

Educomunicação no Discurso e na Prática Religiosa 1 Proposta da CNBB às suas comunidades eclesiais. Mauricio Nascimento Cruz Filho 2

Educomunicação no Discurso e na Prática Religiosa 1 Proposta da CNBB às suas comunidades eclesiais. Mauricio Nascimento Cruz Filho 2 Educomunicação no Discurso e na Prática Religiosa 1 Proposta da CNBB às suas comunidades eclesiais Mauricio Nascimento Cruz Filho 2 RESUMO A comunicação que se estabelece entre o universo religioso com

Leia mais

II CONGRESSO LATINOAMERICANO E CARIBENHO DO DIACONADO PERMANENTE

II CONGRESSO LATINOAMERICANO E CARIBENHO DO DIACONADO PERMANENTE II CONGRESSO LATINOAMERICANO E CARIBENHO DO DIACONADO PERMANENTE Será realizado no período de 24 a 29 de maio de 2011 no Centro de Espiritualidade Inaciana Mosteiro da Vila Kostka de Itaicí, Indaiatuba,

Leia mais

LINHA DE AÇÃO 1 - IGREJA QUE SAI PARA SERVIR Ícone Bíblico - A Parábola do Bom Samaritano (Lc 10,25-37):

LINHA DE AÇÃO 1 - IGREJA QUE SAI PARA SERVIR Ícone Bíblico - A Parábola do Bom Samaritano (Lc 10,25-37): LINHA DE AÇÃO 1 - IGREJA QUE SAI PARA SERVIR Ícone Bíblico - A Parábola do Bom Samaritano (Lc 10,25-37): Quem é o meu próximo? perguntou o Doutor da Lei a Jesus, que em seguida lhe contou a Parábola do

Leia mais

Alegres cantemos Músicas para cantar a liturgia

Alegres cantemos Músicas para cantar a liturgia Alegres cantemos Músicas para cantar a liturgia Alegres Cantemos Músicas para cantar a liturgia Direção editorial Claudiano Avelino dos Santos Assistente editorial Jacqueline Mendes Fontes Organização

Leia mais